Você está na página 1de 12

SOLUÇÕES — TESTES DE AVALIAÇÃO

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


TESTE DE mais frequente, 2. 1 — D; 2 — C; 3 — desenvolviment
DIAGNÓSTICO uma vez que é B; 4 — A; 5 — E. o de cárie
menos rico em dentária e
GRUPO I açúcares do 3. 3.1 1 — Incisivos; 2 obesidade.
que o leite — Caninos;
1. A achocolatado, 3 — Pré- 2. 1 — D; 2 — C; 3 —
prevenindo molares; 4 — B; 4 — A; 5 — E.
2. B
assim o Molares.
3. C 3. 3.1 1 — incisivos; 2
desenvolviment 3.2 A — 4; B — 1; C — caninos;
4. A o de cárie — 2; D — 3. 3 — pré-
5. D dentária e molares; 4 —
obesidade. 3.3 I. A; II. D. molares.
6. B
7. D 4. C; B; D; A. 3.2 A — 1; B — 4; C
8. B 5. 1 — A; 2 — B; 3 — — 3; D — 2.
A; 4 — B; 5 — A. 3.3 I. D; II. B.
GRUPO II 6. 6.1 I. C; II. B.

1. A. Rins 7. 1 — C; 2 — E; 3 —
B. Coração A; 4 — B; 5 — F.
C. Aparelho
digestivo 8. 8.1 1 — Pança; 2 —
D. Glândulas Intestino;
sudoríparas 3 — Coalheira;
E. Micróbios 4 — Boca;
F. Gravidez 5 — Esófago; 6
— Barrete;
2. A — V; B — F; C — 7 — Folhoso.
F; D — F; E — V; F
— V. 8.2

3. 3.1 1 — B; 2 — A; 3
— B; 4 — A.

4. Resposta livre para


avaliação da
capacidade de 8.3 B; D; A; C.
escrita de texto.
8.4 D.
Os alunos deverão
referir o papel
preventivo das
vacinas, TESTE DE AVALIAÇÃO
relativamente às 1B
doenças
infetocontagiosas, e 1. 1.1 A, C, D e F.
a importância do 1.2 I. C; II. C.
PNV.
1.3 Por forma a
manter uma
TESTE DE AVALIAÇÃO dieta alimentar
1A saudável
deveria escolher
1. 1.1 A, C, D e F. o leite meio-
gordo (A) para
1.2 I. D; II. A. uma ingestão
mais frequente,
1.3 Por forma a
uma vez que é
manter uma
menos rico em
dieta alimentar
açúcares do
saudável
que o leite
deveria escolher
achocolatado,
o leite meio-
prevenindo
gordo (A) para
assim o
uma ingestão

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


4. A; B; D; C. 7 — Folhoso. TESTE DE AVALIAÇÃO 7.2 A — 1; B — 5; C
2A — 3; D — 4.
5. 1 — A; 2 — B; 3 — 8.2
A; 4 — B; 5 — A. 1. 1.1 A — V; B — V; 8. 8.1 Brônquios — 2;
C — F; D — V. Diafragma — 4;
6. 6.1 I. A; II. B. Pulmões — 3;
1.2 A água de Traqueia — 1.
7. 1 — C; 2 — E; 3 —
cozedura da
A; 4 — B; 5 — F. 8.2 A — C —
couve roxa
8. 8.1 1 — Pança; 2 — 8.3 B; D; A; C. manter-se-ia Inspiração;
Intestino; roxa porque nas B — D —
8.4 B. células mortas Expiração.
3 — Coalheira;
4 — Boca; não ocorre
8.3 D
5 — Esófago; 6 respiração
— Barrete; celular, não 9. C; B; D; A.
7 — Folhoso. havendo
libertação de 10. 10.1 As paredes
8.2 dióxido de dos alvéolos
carbono. são muito
finas e estão
2. 2.1 I. D; II. C. envolvidas
por uma
2.2 A quantidade de
densa rede de
azoto no ar
capilares
inspirado e no ar
8.3 C — A — D — sanguíneos.
expirado é igual
B.
porque o azoto 10.2 inspirado;
8.4 A não participa na oxigénio;
hematose dióxido de
pulmonar. carbono;
TESTE DE AVALIAÇÃO hematose
3. (A)
1C pulmonar;
oxigénio/dióxido
respiração
de carbono.
1. 1.1 A, B e D. celular.
(B)
1.2 I. C; II. A. 10.3 B
presença/ausência
2. 1 — D; 2 — C; 3 — do gás pesquisado. 11. 11.1 D
B; 4 — A; 5 — E. (C) contactou com 11.2 A e D.
3. 3.1 1 — Incisivos; 2 ar
— Caninos; inspirado/expirado.
3 — Pré- 4. I. A; II. D; III. C.
molares; 4 —
Molares. 5. 5.1 B

3.2 A — 4; B — 1; C 5.2 1 — Dióxido de


— 2; D — 3. carbono;
2 — Oxigénio.
3.3 I. C; II. C.
5.3 Hematose
4. C; B; D; A. branquial.
5. 1 — A; 2 — B; 3 — 6. 6.1 A — V; B — F;
A; 4 — B; 5 — A. C — F; D — V.
6. 6.1 I. A; II. A. 7. 7.1 1 — Fossas
7. 1 — C; 2 — E; 3 — nasais; 2 — Faringe;
A; 4 — B; 5 — F. 3 — Laringe; 4
— Traqueia;
8. 8.1 1 — Pança; 2 — 5 — Brônquio; 6
Intestino; — Bronquíolos;
3 — Coalheira; 7 — Pulmão; 8
4 — Boca; — Diafragma.
5 — Esófago; 6
— Barrete;

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


TESTE DE AVALIAÇÃO 7.2 A — 1; B — 5; C TESTE DE AVALIAÇÃO 11.2 A e D.
2B — 3; D — 4. 2C

1. 1.1 A — V; B — V; 8. 8.1 Brônquios — 2; 1. 1.1 A — V; B — V;


Diafragma — 4; TESTE DE AVALIAÇÃO
C — V; D — F. C — F; D — V.
Pulmões — 3; 3A
1.2 A água de Traqueia — 1. 2. 2.1 I. C; II. B.
cozedura da 1. 1.1 I. C; II. D; III. A.
couve roxa 8.2 A — C — 3. (A)
oxigénio/dióxido 1.2 O músculo
manter-se-ia Inspiração;
de carbono. cardíaco
roxa porque nas B — D —
designa-se
células mortas Expiração.
(B) miocárdio e está
não ocorre presença/ausência representado na
8.3 C
respiração figura pelo
celular, não 9. C; D; B; A. (C) número 5.
havendo inspirado/expirado.
libertação de 10. 10.1 As paredes 1.3 A parede dos
dióxido de dos alvéolos 4. I. A; II. C; III. B. ventrículos é
carbono. são muito mais espessa
5. 5.1 B
finas e estão do que a parede
2. 2.1 I. A; II. D. envolvidas por 5.2 Dióxido de das aurículas
uma densa carbono: 1 porque os
2.2 A quantidade de
rede de Oxigénio: 2 ventrículos têm
azoto no ar
capilares de bombear o
inspirado e no 5.3 B
sanguíneos. sangue para
ar expirado é
igual porque o 6. 6.1 A — V; B — F; C fora do coração
10.2 inspirado;
azoto não — F; D — V. de modo a
oxigénio;
participa na chegar a todo o
dióxido de
hematose 7. 7.1 Brônquios — 5; corpo.
carbono;
pulmonar. Bronquíolos — 6;
hematose
Diafragma — 8;
pulmonar;
3. (A) Faringe — 2;
respiração
oxigénio/dióxido Fossas nasais
celular.
de carbono. — 1; Laringe —
10.3 D 3;
(B) a Pulmão — 7;
presença/ausência 11. 11.1 C Traqueia — 4.
do gás pesquisado.
11.2 C e D. 7.2 A — 1; B — 5; C
(C) — 3; D — 4.
inspirado/expirado.
8. 8.1 Brônquios — 2;
4. I. D; II. B; III. D. Diafragma — 4;
5. 5.1 C Pulmões — 3;
Traqueia — 1.
5.2 1 — Dióxido de
carbono; 8.2 A — C —
2 — Oxigénio. Inspiração;
B — D —
5.3 Hematose Expiração.
branquial.
8.3 C
6. 6.1 A — V; B — F; C
— F; D — V. 9. C; B; D; A.

7. 7.1 1 — Fossas 10. 10.1 inspirado;


nasais; 2 — Faringe; oxigénio; dióxido de
3 — Laringe; 4 carbono;
— Traqueia; hematose
5 — Brônquio; 6 pulmonar;
— Bronquíolos; respiração
7 — Pulmão; 8 celular.
— Diafragma. 10.2 B

11. 11.1 C

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


2. A — F; B — V; C — TESTE DE AVALIAÇÃO 4.2 Um dos 3. 1 — B; 2 — C; 3 —
V; D — F; E — V. 3B seguintes A; 4 — C; 5 — A; 6
exemplos: — B.
3. 1 — B; 2 — C; 3 — 1. 1.1 I. A; II. C; III. D. manter uma
A; 4 — C; 5 — A; 6 alimentação 4. 4.1 A — V; B — V;
— B. 1.2 O músculo C — F; D — V.
saudável;
cardíaco
4. 4.1 A — V; B — V; praticar 5. 5.1 A — III; B — I; C
designa-se
C — F; D — V. exercício físico — I; D — II;
miocárdio e está
moderado; E — III; F — II.
representado na
4.2 Um dos evitar o
figura pelo
seguintes consumo de 5.2 II; III; I.
número 5.
exemplos: álcool e de
manter uma tabaco; medir a 6. 6.1 1 — A; 2 —
1.3 A parede dos
alimentação pressão arterial B; 3 — A; 4 —
ventrículos é
saudável; periodicamente; A; 5 — B.
mais espessa
praticar do que a parede controlar o 7. 7.1 I. C; II. B.
exercício físico das aurículas peso; evitar
moderado; porque os estar de pé 7.2 Artérias renais;
evitar o ventrículos têm muito tempo ou filtrado; veias
consumo de de bombear o usar vestuário renais; água;
álcool e de sangue para muito apertado. urina; bexiga;
tabaco; medir a fora do coração micção.
pressão arterial 5. 5.1 A — I; B — III; C
de modo a
periodicamente; — II; D — III; 7.3 A; D.
chegar a todo o
controlar o E — II; F — I.
corpo. 8. 8.1 I. A; II. B, III. A.
peso; evitar 5.2 II; III; I.
estar de pé 2. A — F; B — V; C —
muito tempo ou V; D — F; E — V. 6. 6.1 1 — A; 2 — B; 3
usar vestuário — A; 4 — A; 5 — B.
3. 1 — B; 2 — C; 3 —
muito apertado.
A; 4 — C; 5 — A; 6 7. 7.1 I. A; II. C.
5. 5.1 A — III; B — I; C — B.
— I; D — II; 7.2 Artérias renais;
4. 4.1 A — V; B — V; filtrado; veias
E — III; F — II.
C — F; D — V. renais; água;
5.2 II; III; I. urina; bexiga;
micção.
6. 6.1 1 — A; 2 — B; 3
— A; 4 — A; 5 — B. 7.3 B; C.

7. 7.1 I. D; II. D. 8. 8.1 I. A; II. D.

7.2 Artérias renais; 8.2 Quando o suor


filtrado; veias sai do
renais; água; organismo
urina; bexiga; evapora-se. Ao
micção. evaporar-se,
produz
7.3 A; D. arrefecimento
8. 8.1 I. D; II. B. superficial.

8.2 Quando o suor 8.3 Beber água em


sai do quantidade
organismo suficiente.
evapora-se. Ao
evaporar-se,
produz TESTE DE AVALIAÇÃO
arrefecimento 3C
superficial.
1. 1.1 I. B; II. C; III. A;
8.3 Beber água em IV. B.
quantidade
suficiente. 2. A — F; B — V; C —
V; D — F; E —V.

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


TESTE DE AVALIAÇÃO o ar. Contudo, TESTE DE AVALIAÇÃO o ar. Contudo,
4A continuam a 4B continuam a
realizar a realizar a
1. 1.1 I. B; II. C; III. B respiração e a 1. 1.1 I. A; II. D; III. D respiração e a
libertar CO2 que libertar CO2 que
2. 2.1 A — V; B — V; 2. 2.1 A — V; B — V;
se acumula no se acumula no
C — F; D — V. C — F; D — V.
ar do quarto e ar do quarto e
3. 3.1 Luz. pode ser tóxico 3. 3.1 Luz. pode ser tóxico
para as para as
3.2 1 — B; 2 — A; 3 pessoas. 3.2 1 — B; 2 — A; 3 pessoas.
— A; 4 — B; 5 — A. — A; 4 — B; 5 — A.
8. 8.1 I. B; II. B. 8. 8.1 I. B; II. B.
3.3 A 3.3 B
9. 9.1 Melhoria da 9. 9.1 Melhoria da
4. 4.1 I. B; II. A. qualidade do ar: B e 4. 4.1 I. C; II. C. qualidade do ar: B e
D. D.
4.2 A parte verde da 4.2 A parte verde da
Agravamento da Agravamento da
folha possui folha possui
qualidade do ar: A e qualidade do ar: A e
uma grande uma grande
C. C.
quantidade de quantidade de
clorofilas que 9.2 As plantas clorofilas que 9.2 As plantas
captam a luz contribuem para captam a luz contribuem para
solar necessária a renovação da solar necessária a renovação da
à realização da qualidade do ar à realização da qualidade do ar
fotossíntese. uma vez que fotossíntese. uma vez que
Deste modo através da Deste modo através da
produz-se fotossíntese produz-se fotossíntese
matéria diminuem os matéria diminuem os
orgânica nesta níveis de orgânica nesta níveis de
zona da planta. dióxido de zona da planta. dióxido de
carbono do ar e carbono do ar e
4.3 A — V; B — F; 4.3 A — V; B — F;
aumentam os aumentam os
C — F; D — V. C — F; D — V.
níveis de níveis de
5. 5.1 Raiz — B; oxigénio. 5. 5.1 Raiz — B; oxigénio.
Folhas — C; Folhas — C;
Semente — D; Semente — D;
Flores — E; Flores — E;
Fruto A. Fruto — A.

5.2 A 5.2 A

6. 6.1 Seiva elaborada 6. 6.1 Seiva elaborada


— 2; — 2;
Seiva bruta — Seiva bruta —
1; 1;
Água com sais Água com sais
minerais minerais
dissolvidos — 1; dissolvidos — 1;
Matéria Matéria
orgânica orgânica
produzida pela produzida pela
planta — 2. planta — 2.

6.2 A e C. 6.2 A e C.

7. 7.1 1 — A; 2 — A; 3 7. 7.1 1 — A; 2 — A; 3
— B; 4 — B. — B; 4 — B.

7.2 Durante a noite, 7.2 Durante a noite,


sem luz, as sem luz, as
plantas não plantas não
realizam a realizam a
fotossíntese e, fotossíntese e,
por isso, não por isso, não
libertam O2 para libertam O2 para

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


TESTE DE AVALIAÇÃO 2. 2.1 1 — Canal é ejaculado, seminal; 3 —
4C deferente; 2 — participando nas Próstata; 4 —
Vesícula seminal; funções do Pénis;
1. 1.1 I. A; II. C; III. A. 3 — Próstata; 4 sistema 5 — Uretra; 6 —
— Pénis; 5 — reprodutor. Testículos.
2. 2.1 A — V; B — V;
Uretra;
C — F; D — V. 3. 3.1 I. B; II. A; III. B. 2.2 C
6 — Testículos.
3. 3.1 B 3.2 4; 2; 3; 1. 2.3 O esperma é
2.2 D
constituído
3.2 1 — B; 2 — A; 3 4. 4.1 A — F; B —
2.3 O esperma é pelos
— A; 4 — B; 5 — A. F; C — V; D —
constituído pelos espermatozoide
espermatozoides V; E — V. s e pelos
3.3 A
e pelos produtos 4.2 1 — A; 2 — produtos da
4. 4.1 I. B; II. A. da próstata e próstata e das
B; 3 — B; 4 —
das vesículas A; 5 — A. vesículas
4.2 A — V; B — F;
seminais. seminais.
C — F; D — V.
5. 1 — D — I; 2 — C
2.4 A uretra é — IV; 2.4 A uretra é
5. 5.1 Raiz — B;
comum a dois 3 — B — III; 4 — A comum a dois
Folhas — C;
sistemas de — II. sistemas de
Semente — D;
órgãos porque é órgãos porque é
Flores — E;
o canal por onde 6. 6.1 B o canal por
Fruto — A.
é eliminada a onde é
urina, 6.2 A — corola; B — eliminada a
5.2 A
participando na cálice; urina,
6. 6.1 Seiva elaborada função do C — pedúnculo; participando na
— 2; Seiva bruta sistema urinário, D — antera; função do
— 1; e é o canal por estame. sistema urinário
Água com sais onde o esperma e é o canal por
7. 7.1 I. C; II. B.
minerais onde o esperma
dissolvidos — 1; 7.2 Embrião é ejaculado,
Matéria orgânica completo e participando nas
produzida pela cotilédones em funções do
planta — 2. bom estado sistema
(por exemplo). reprodutor.
6.2 B e D.
8. C; A; E; B; D. 3. 3.1 I. C; II. B; III. D.
7. 7.1 1 — A; 2 — A; 3
— B; 4 — B. 9. D; B; A; C. 3.2 4; 2; 3; 1.
8. 8.1 I. C; II. B. 10. 1 — C; 2 — A; 3 —
D; 4 — B.
9. 9.1 Melhoria da
qualidade do ar: B
e D.
Agravamento da TESTE DE AVALIAÇÃO
qualidade do ar: A 5B
e C.
1. (A)
primários/secundário
s;
TESTE DE AVALIAÇÃO
5A (B)
infância/puberdade;
1. (A)
primários/secundário (C)
s; menstruação/ejacula
(B) ção;
infância/puberdade;
(D) apenas nos
(C)
rapazes/em ambos
menstruação/ejacula
os sexos.
ção;
(D) apenas nos 2. 2.1 Canal
rapazes/em ambos deferente; 2 —
os sexos Vesícula

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


4. 4.1 A — F; B — F; 4. 4.1 A — F; B — F; 7. 7.1 I. B; II. B. ao isolamento
C — V; D — V; C — V; D — V; E — social, o que
E — V. V. 8. C; A; E; D; B. prejudica o bem-
9. D; B; A; C. estar mental dos
4.2 1 — A; 2 — B; 3 4.2 1 — A; 2 — B; 3 indivíduos.
— B; 4 — A; — B; 4 — A; 5 — A. 10. 1 — C; 2 — A; 3 —
5 — A. D; 4 — B. 10. A — Poluição da
5. 5.1 Cordão umbilical água; B — Poluição
5. 1 — D — I; 2 — C — 1; Líquido do solo;
— IV; amniótico — 3; C — Poluição do ar
3 — B — III; 4 — A Placenta — 4; TESTE DE AVALIAÇÃO exterior; D —
— II. Saco amniótico — 2. 6A Poluição do ar
6. 6.1 A 5.2 4; 1; 2; 3. interior.
1. 1.1 I. B; II. C; III. D.

6.2 A — corola; B — 6. 6.1 B 11. 11.1 A — V; B — F;


2. 2.1 A
cálice; C — V; D — V.
C — pedúnculo; 6.2 A — Corola; B 2.2 A — F; B — F;
— Cálice; 11.2 B
D — antera; C — V; D — V.
estame. C — Pedúnculo; 11.3 A, B e D.
D — antera, 2.3 Se as regras na
7. 7.1 I. A; II. B. estame. toma de
antibióticos não
7.2 Embrião forem
completo e cumpridas, os
cotilédones em microrganismos
bom estado (por adaptam-se e
exemplo). tornam-se
altamente
8. C; A; E; B; D.
resistentes.
9. D; B; A; C.
3. 3.1
10. 1 — C; 2 — A; 3 — Microrganismos
D; 4 — B. patogénicos: A,
CeD
Microrganis
mos benéficos: B
TESTE DE AVALIAÇÃO
eE
5C
3.2 Exemplo:
1. (A) pneumonia.
primários/secundário
s; 4. 4.1 1 — A; 2 — B; 3
(B) — A; 4 — A.
infância/puberdade;
(C) 4.2 O pão deve ser
menstruação/ejacula conservado num
ção; local seco.
(F) apenas nos 5. 5.1 I. C; II. D.
rapazes/em ambos
os sexos. 5.2 B; E; C; A; D.

2. 2.1 Canal deferente 6. Defesas não


— 1; Testículo — 6; específicas:— B, C
Uretra — 5; eE
Pénis — 4; Defesas específicas:
Vesícula AeD
seminal — 2;
Próstata — 3. 7. 7.1 A; C; B.

2.2 C 7.2 A

2.3 B, D e E. 7.3 Esterilização.

3. 3.1 I. B; II. A; III. C. 8. C; A; B; D.

3.2 4; 2; 3; 1. 9. O uso excessivo de


tecnologias conduz

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


TESTE DE AVALIAÇÃO exterior; D — 3.2 B GRUPO III
6B Poluição do ar
interior. 4. 4.1 1 — A; 2 — B; 3 1. 1.1 I. C; II. D; III. B;
1. 1.1 I. A; II. B; III. C. — A; 4 — A. IV. D.
11. 11.1 A — V; B — F;
2. 2.1 A C — V; D — V. 5. 5.1 I. C; II. C. 2. 2.1 A — V; B — F;
C — V; D — F; E —
2.2 A — F; B — F; 11.2 C 5.2 B; E; C; A; D. F.
C — V; D — V.
11.3 A, B e D. 6. Defesas não 3. 1 — D; 2 — E; 3 —
2.3 Se as regras na específicas:— B, C A; 4 — B; 5 — C.
toma de e E.
antibióticos não Defesas específicas:
TESTE DE AVALIAÇÃO A e D.
forem
6C
cumpridas, os
7. 7.1 C; A; B.
microrganismos 1. 1.1 I. B; II. A; III. C.
adaptam-se e 7.2 A.
tornam-se 2. 2.1 A
altamente 8. C; A; B; D.
resistentes. 2.2 A — F; B — F;
C — V; D — V. 9. Poluição do ar
3. 3.1 Microrganismos interior — D;
patogénicos: A, C e 3. 3.1 Microrganismos Poluição do ar
D. patogénicos — A, C exterior — C;
Microrganismos eD Poluição da água —
benéficos: B e Microrganismos A;
E. benéficos — B Poluição do solo —
eE B.
3.2 Exemplo:
pneumonia. 10. 10.1 A — V; B — F;
C — V; D — V.
4. 4.1 1 — A; 2 — B; 3
— A; 4 — A. 10.2 A

4.2 O pão deve ser 10.3 A, B e D.


conservado num
local seco.
TESTE DE AVALIAÇÃO
5. 5.1 I. A; II. C.
GLOBAL A
5.2 B; E; C; A; D.
GRUPO I
6. Defesas não
específicas: B, C e 1. 1.1 I. B; II. B; III. D;
E. IV. C
Defesas específicas: 1.2 C; E; A; D; B.
A e D.
1.3 A — V; B — F;
7. 7.1 A; C; B. C — V; D — F; E —
7.2 B V.

7.3 Esterilização. 1.4 É utilizada a


expressão
8. C; A; B; D. «bebé proveta»
porque a
9. O uso excessivo de fecundação
tecnologias conduz ocorre fora do
ao isolamento corpo materno,
social, o que em laboratório,
prejudica o bem- dentro de um
estar mental dos tubo de ensaio.
indivíduos.
GRUPO II
10. A — Poluição da
água; B — Poluição 1. 1.1 B — E — D —
do solo; C — A.
C — Poluição do ar
1.2 C

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


GRUPO IV 2. 2.1 A — V; B — F; pulmonar e o 1.3 A — F; B — F;
C — V; D — F; E — sangue não C — V; D — F; E —
1. 1.1 I. B; II. D; III. A; F. recebe o V.
IV. C. oxigénio. Assim,
3. 1 — D; 2 — E; 3 — as células 1.4 Para que a
1.2 1 — D; 2 — B; 3 A; 4 — B; 5 — C. migração das
— A; 4 — C; 5 — F; também não
recebem borboletas
6 — E. GRUPO IV monarca deixe
oxigénio e
1.3 B, C e E. 1. 1.1 I. A; II. A; III. C; morrem. de ser
IV. D. considerada um
1.4 Como o ar não fenómeno
passa nas vias 1.2 1 — D; 2 — B; 3 ameaçado
respiratórias e — A; 4 — C; 5 — F; TESTE DE AVALIAÇÃO deveria ser
não chega aos 6 — E. GLOBAL C reduzida a
pulmões, não exploração de
1.3 A, C e D. GRUPO I
ocorre a madeira nas
hematose 1.4 Como o ar não 1. 1.1 I. B; II. B; III. C; florestas do
pulmonar e o passa nas vias IV. A. México para
sangue não respiratórias e evitar a
recebe o 1.2 C; E; A; D; B. destruição do
não chega aos
oxigénio. Assim, pulmões, não habitat destas
1.3 A — V; B — F;
as células ocorre a borboletas.
C — V; D — F; E —
também não hematose V.
recebem
oxigénio e GRUPO II
morrem.
1. 1.1 B — E — D —
C — A.

TESTE DE AVALIAÇÃO 1.2 C


GLOBAL B
GRUPO III
GRUPO I
1. 1.1 I. B; II. C; III. A;
1. 1.1 I. D; II. C; III. C; IV. C.
IV. B.
2. 2.1 A — V; B — F;
1.2 C; E; A; D; B. C — V; D — F; E —
F.
1.3 A — V; B — F;
C — V; D — F; E — 3. 1 — D; 2 — E; 3 —
V. A; 4 — B; 5 — C.

1.4 É utilizada a GRUPO IV


expressão
«bebé proveta» 1. 1.1 I. A; II. C; III. A;
porque a IV. B.
fecundação 1.2 1 — D; 2 — B; 3
ocorre fora do — A; 4 — C; 5 — F;
corpo materno, 6 — E.
em laboratório,
dentro de um 1.3 B, C e E.
tubo de ensaio.

GRUPO II
TESTE DE AVALIAÇÃO
1. 1.1 B — E — D — GLOBAL DE CICLO A
C — A.
GRUPO I
1.2 A
1. 1.1 I. A; II. D; III. C;
GRUPO III IV. D.

1. 1.1 I. D; II. B; III. A; 1.2 1 — C; 2 — A; 3


IV. C. — C; 4 — B; 5 — B.

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


GRUPO II 1.3 A — V; B — F; TESTE DE AVALIAÇÃO 1.3 A diminuição da
C — V; D — F; E — GLOBAL DE CICLO B libertação de
1. 1.1 I. C; II. C; III. A; V. CO2 entre 2005
IV. B; V. D; VI. A. GRUPO I e 2014 teve
1.4 Os alunos como
1.2 1 — E; 2 — C; 3 podem referir 1. 1.1 I. B; II. C; III. A;
— A; 4 — D; 5 — B. consequência a
dois dos IV. A.
diminuição do
1.3 Precipitação e seguintes teor de dióxido
1.2 1 — C; 2 — A; 3
escorrência. exemplos: de carbono na
— C; 4 — B; 5 — B.
comer em atmosfera e por
1.4 O PNPG é uma excesso; 1.3 A — F; B — F; isso a
área protegida adicionar muito C — V; D — F; E — diminuição do
com muitas sal aos V. efeito de estufa,
florestas. Aí, as alimentos; o que contribui
plantas realizam ingerir muitas 1.4 Para que a
para a
a fotossíntese e gorduras; ingerir migração das
diminuição do
absorvem do ar muitos borboletas
aquecimento
o dióxido de alimentos monarca deixe
global do
carbono e doces; consumir de ser
planeta.
libertam bebidas considerado um
oxigénio, alcoólicas. fenómeno 1.4 A — V; B — V;
reduzindo a ameaçado C — F; D — F; E —
poluição do ar. 1.5 As vacinas são deveria ser F.
constituídas por reduzida a
GRUPO III microrganismos exploração de
GRUPO IV
patogénicos madeira nas
1. 1.1 I. C; II. D; III. A; mortos ou florestas do 1. 1.1 A e B.
IV.C enfraquecidos, México para
ou por produtos evitar a 1.2 I. A; II. B; III. B;
1.2 1 — B; 2 — A; 3
semelhantes às destruição do IV. C.
— B; 4 — A;
5 — B; 6 — B toxinas que habitat destas
1.3 A — V; B — F;
estes borboletas. C — V; D — F; E —
1.3 A diminuição da produzem. Na V.
libertação de presença da GRUPO II
CO2 entre 2005 vacina, o
1. 1.1 I. D; II. B; III. B;
e 2014 teve organismo é
IV. A; V. A; VI. A.
como obrigado a
consequência a produzir 1.2 1 — E; 2 — C; 3
diminuição do anticorpos — A; 4 — D; 5 — B.
teor de dióxido específicos, que
de carbono na se mantêm no 1.3. Precipitação e
atmosfera e, por sangue, e que escorrência.
isso, a estão prontos a
1.4 O PNPG é uma
diminuição do atuar, no caso área protegida
efeito de estufa, de o organismo com muitas
o que contribui ser infetado por florestas. Aí, as
para a esse tipo de plantas
diminuição do micróbio. realizam a
aquecimento fotossíntese e
absorvem do ar
global do
o dióxido de
planeta. carbono e
libertam
1.4 A — V; B — V; oxigénio,
C — F; D — F; E — reduzindo a
F. poluição do ar.

GRUPO IV
GRUPO III
1. 1.1 A e B.
1. 1.1 I. D; II. A; III. C;
1.2 I. B; II. C; III. D; IV. D.
IV. B.
1.2 1 — B; 2 — A; 3
— B; 4 — A; 5 — B;
6 — B.

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana


1.4 Os alunos 1.2 1 — E; 2 — C; 3 seguintes exemplos:
podem referir — A; 4 — D; 5 — B. comer em excesso;
dois dos adicionar muito sal aos
seguintes GRUPO III alimentos; ingerir muitas
exemplos: 1. 1.1 I. C; II. C; III. B; gorduras; ingerir muitos
comer em IV. B alimentos doces;
excesso; consumir bebidas
adicionar muito 1.2 1 — B; 2 — A; 3 alcoólicas.
sal aos — B; 4 — A;
alimentos; 5 — B; 6 — B.
ingerir muitas
gorduras; ingerir 1.3 A — V; B — V;
muitos C — F; D — F;
alimentos E — F.
doces; consumir GRUPO IV
bebidas
alcoólicas. 1. 1.1 A — V; B — V;
C — F; D — F; E —
1.5 As vacinas são F.
constituídas por
microrganismos 1.2 I. A; II. C; III. C;
patogénicos IV. B.
mortos ou
enfraquecidos, 1.3 A — V; B — F;
ou por produtos C — V; D — F; E —
semelhantes às V.
toxinas que
estes
produzem. Na
presença da
vacina, o
organismo é
obrigado a
produzir
anticorpos
específicos, que
se mantêm no
sangue, e que
estão prontos a
atuar, no caso
de o organismo
ser infetado por
esse tipo de
micróbio.

TESTE DE AVALIAÇÃO
GLOBAL DE CICLO C

GRUPO I

1. 1.1 A e B.

1.2 1 — C; 2 — A; 3
— C; 4 — B; 5 — B.

1.3 A — F; B — F;
C — V; D — F; E —
V.

GRUPO II

1. 1.1 I. B; II. C; III. IV.


A; IV. B; V. C; VI. A.

TERRA VIVA • Ciências Naturais • 6.º ano • Material fotocopiável • © Santillana