Você está na página 1de 3

TRATAMENTO COM CROMOPUNTURA

A Cromopuntura tem por base a milenar acupuntura, onde a informação para o


organismo é transmitida através dos pontos dos meridianos pela inserção de agulhas.
Em Cromopuntura esta informação é transmitida, também via pele mas sem agulhas,
nos pontos de acupuntura, com pequenos feixes de luzes coloridas. Este método,
comprovado há mais de 25 anos, já está sendo aplicado em várias partes do mundo.
N...o Brasil a Cromopuntura é ainda pouco conhecida, apesar de já existirem vários
terapeutas que trabalham com este método.

É sabido que a pele, o nosso maior órgão por assim dizer, não é só o invólucro e a
proteção do nosso organismo. Ela reage ao toque, à temperatura e a vários outros
estímulos. Ela é também a antena e transformadora de todas as vibrações que nos
atingem e nos rodeiam. Isto é especialmente relevante para algumas áreas da pele e
pontos, que apresentam uma maior afinidade como antenas. E os pontos de acupuntura
que apresentam menor resistência elétrica tem uma relação especial a todo tipo de
estímulo e, consequentemente, também com as cores.

A milenar Terapia Tradicional Chinesa usa a pele como arsenal terapêutico através da
acupuntura, massagens, ventosas, moxa e outras manipulações. É sempre através do
estímulo da pele que se tenta obter uma reação no interior a partir do exterior. Em todos
os casos a pele é a porta para o interior e todas estas terapias se utilizam da pele como
meio para o tratamento da pessoa doente.

Até há pouco tempo, a acupuntura ainda era considerada um método empírico. Contudo,
há alguns anos, o Instituto para Terapia Experimental de Novosibirsk na Rússia, sob a
direção do professor Pankratow , foi capaz de provar, após anos de experimentação, que
existem no corpo humano (também em animais e plantas) vias de luz (caminhos) que
correspondem exatamente aos trajetos dos meridianos da Medicina Tradicional Chinesa.
A equipe deste Instituto comprovou que a condução de luz no corpo humano acontece
somente ao longo dos meridianos da acupuntura, com seus pontos de entrada e de
saída.. Somente nas regiões do corpo onde existem pontos de acupuntura, a luz se
estendia por todo o meridiano em questão. Também cientistas de Instituto Necker em
Paris provaram que existem linhas de transmissão luminosas igual os meridianos
descritos pela Medicina Tradicional Chinesa. Estes cientistas injetaram um líquido
radioativo em certos pontos de acupuntura e conseguiram demonstrar e
fotograficamente os raios gama percorrendo o corpo exatamente pelos mesmo caminhos
que já haviam sido descritos nos ensinamentos da acupuntura há milênios.
Em física, uma vibração harmoniosa é o movimento regular de trás para frente num
ritmo certo. O número de vibrações numa escala definida é chamado de freqüência. Há
freqüências específicas, i.é., energias, que afetam o nosso corpo físico. Estas energias já
foram mencionadas na medicina tradicional chinesa há milhares de anos. Para eles o
homem é a conexão entre o céu e a terra. Os filósofos chineses atribuem o equilíbrio do
corpo humano a uma força universal, a energia da vida chamada "Chi". O Chi é
dividido em Yin e Yang, sendo que os dois existem no corpo humano como
antagonistas. Esta bipolaridade de Yin e Yang pode ser comparada aos pólos negativos
e positivos da eletricidade. O positivo Yang é associado ao dia, ao calor, à luz e ao
masculino, tendo como suas cores quentes - o vermelho, o laranja e o amarelo. A noite,
a escuridão, o frio e o feminino, com suas cores frias azul, verde e violeta, é a parte
negativa, Yin.

Na medicina chinesa o excesso ou deficiencia de Yin ou Yang provoca as doenças.


Somente o equilíbrio eqüilateral da bio-energia garante um organismo sadio. Isto
significa que distúrbios, que até hoje não são passíveis de detecção pela medicina
ocidental, devem ser harmonizados por manipulação regulatória, tanto para curar como
para prevenir doenças.

A partir desta comprovação chega-se à conclusão que os meridianos e pontos podem


também ser influenciados, e muito mais especificamente, pela vibração da luz e pelas
cores.

A medicina naturalista sabe que os mais tênues estímulos, empregados corretamente,


podem obter os maiores efeitos. As mais altas potências da homeopatia, que não contêm
mais nenhuma matéria, provocam um maior efeito. E até os dias de hoje não existe uma
explicação científica do efeito dos remédios florais do Dr. Bach, que contêm
simplesmente a energia de uma flor ou planta. Parece que uma energia vibracional pura
seja o meio mais indicado para influenciar o nosso corpo energético, isto é., pelo
conteúdo da informação inerente às mais diversas freqüências e vibrações.

Segundo a teoria da Cromopuntura os receptores da pele reconhecem informações


luminosas e as transmitem para o sistema endócrino através de impulsos nervosos. Daí
acontece um processo de registro e análise de dados e são ativados os setores com
distúrbios vibracionais através da ressonância. Devido a este fenômeno, pequenas
oscilações provocam grandes efeitos, principalmente no eixo hipotálamo/hipofisário que
desempenha um papel importante no equilíbrio energético do organismo. Como,
fisiologicamente, a pele é capaz de registrar pressão, toque, temperatura e dor, ela
também registra e reage a vibrações e, portanto, ela é sensível à vibração das cores.

Considerando o exposto acima e mais o fato comprovado pela pesquisa dos biofótons
pelo biofísico Fritz A. Popp, de que todas as nossas células emitem e recebem vibrações
luminosas e que se comunicam entre si, podemos afirmar que as nossas células
respondem à irradiação de luz e cores específicas.

De acordo com a visão bioenergética, a doença não é um fenômeno isolado no corpo.


Ela atinge o indivíduo como um todo, o físico, a mente e o espírito. Cada célula do
nosso corpo está em comunicação com todas as outras células e cada célula carrega
dentro de si toda a programação do organismo. Nas células alteradas patologicamente
ocorre distúrbio das informações energéticas, perturbando o ritmo normal das
atividades, resultando até mesmo na mudança de cor e do brilho da célula. As
informações alteradas podem se disseminar pelo meio tecidual, causando desarmonia
em todo sistema, ou seja, a estrutura coerente de informações se torna distorcida. Tais
ocorrências são freqüentes no corpo humano, mas as funções reguladoras do nosso
sistema endócrino têm em geral o controle da situação, mantendo o organismo no
equilíbrio necessário.

A partir da explicação científica da luz e das cores e mais a teoria das células , a terapia
com cores e luz colorida é de suma importância, já que as diversas cores são vibrações e
freqüências específicas da luz branca fracionada e podem influenciar sistemas orgânicos
através das células.

Em resumo - Luzes coloridas podem equilibrar o biosistema do corpo físico, mental e


emocional. Luz é informação e esta informação, devidamente direcionada, pode
harmonizar todo o sistema, as células, as glândulas, os órgãos e as estruturas do corpo.
A vibração da luz (cores) estimula as células a proceder a uma auto-regulagem para
restituir a comunicação celular sem distúrbios ou bloqueios.

Atendimento com Cromopuntura com a Psicoterapeuta Holistica Andreia Corazza


CRTH BR 0332.
Consulta com hora marcada,agende.
(11)995235881 Vivo e (11)987037422 Tim
psicoterapeutaholistica.andreiacorazza@hotmail.comVer mais