Você está na página 1de 6

Resolução preparada pelo professor Walter Tadeu (retirada da internet mar 2017)

LISTA DE LEI DOS SENOS E COSSENOS


REVISÃO DE TRIGONOMETRIA - GABARITO

1) Algebrópolis, Geometrópolis e Aritmetrópolis são cidades do país Matematiquistão, localizadas


conforme a figura. A partir dos dados fornecidos, determine a distância aproximada de
Geometrópolis a Algebrópolis. Considere .
2  1,4

Solução. Encontrando o terceiro ângulo aplica-se a


Lei dos senos:

5 x 1 2
  x  5.
sen30º sen135º 2 2
x  5 2  x  5(1,4)  7 km x

2) (UEPA) A figura abaixo mostra o corte lateral de um terreno onde será construída uma rampa
reta, , que servirá para o acesso de veículos à casa, que se encontra na parte mais alta do
_____
AC
terreno. A distância de A a B é de 6 m, de B a C é de 10 m e o ângulo ABC mede 120º. Qual deve
ser o valor do comprimento da rampa em metros?
Solução
. Aplicação da Lei dos cossenos.

x 2  6 2  10 2  2(6)(10) cos 120º


 1
x 2  36  100  120.  
 2
x 2  136  60  x  196  14m.

3) Dado o triângulo ABC e sabendo que o lado a mede 16, o lado b mede 10 e o ângulo formado
por estes lados é 60º, qual é o valor do lado c do triângulo?
Solução.
Observe que o triângulo não é retângulo. Aplicando a lei dos cossenos em relação ao
ângulo C (oposto ao lado procurado), temos:

c 2  a 2  b 2  2ab cos C
c 2  (16) 2  (10) 2  2.(16).(10) cos C
1
c 2  256  100  320.  356  160  196
2
c  196  14
4) Dado o triângulo abaixo, e sabendo que dois de seus ângulos são de 15o e 45o respectivamente
e que o lado em comum mede 18, quais são os valores dos lados b e c?
Dados: sen15º = 0,26; sen120º = 0,86 e sen45º = 0,70
Solução.

Observe que o triângulo não é retângulo e que A = 120º. Aplicando a lei dos senos em
relação aos lados c e b (opostos aos ângulos C e B), temos:

a b c 18 b c
    
senA senB senC sen120º sen15º sen 45º
18(0,26)
b  5,44
0,86
18(0,70)
c  14,65
0,86

5) No paralelogramo desenhado abaixo, obtenha a medida da diagonal maior.


Solução. Observe que a diagonal é o lado oposto ao ângulo de 120º. Aplicando a lei dos
cossenos em relação ao ângulo C (oposto à diagonal D procurada), temos:

D 2  a 2  b 2  2ab cos C
D 2  (4) 2  (3) 2  2.(4).(3) cos C
1
D 2  16  9  24 cos C  25  24.( )  25  12  37
2
D  37  6,08cm

6) Sabendo que em um triângulo qualquer seus lados medem respectivamente 3, 5 e 7 , qual o


valor do cosseno do ângulo C deste triângulo?
Solução. Esta situação apresenta somente lados e o ângulo procurado está oposto ao lado
medindo 5. Aplicando a lei dos cossenos em relação ao ângulo C, temos:

c 2  a 2  b 2  2ab cos C
5 2  (7) 2  (3) 2  2.(7).(3) cos C
25  49  9  42 cos C
 33
 42 cos C  25  58  cos C   0,79
 42

7) Um triângulo é tal que AB = cm e AC = 6cm. Calcule a medida do lado BC sabendo que os


2 3

ângulos internos dos vértices B e C são tais que B = 2C.


Solução. O lado AC está oposto ao ângulo B. O lado AB está oposto ao ângulo C. Aplicando

a lei dos senos, temos: . O termo (sen2C) pode ser desenvolvido como:
6 2 3

sen 2C senC
2senCcosC.
Voltando ao problema, temos:
Logo C
6 2 3 2 3 (2senC cos C ) 6 6 3 3
 6  6  4 3 cos C  cos C    .
sen 2C senC senC 4 3 4 3 3 2
= 30º e B = 2C = 60º. Esse resultado indica que o terceiro ângulo vale 90º e o triângulo é
retângulo. O lado BC oposto ao ângulo reto é hipotenusa e vale:

a  62  2 3  2
 36  12  48  4 3cm.

8) No triângulo da figura, x = 30º, y = 15º e AC mede . Calcule o lado BC.


15 2
Solução. O ângulo B vale: 180º - (30º + 15º) = 135º. Aplicando a lei dos senos, temos:

15 2 BC 15 2 BC 15 2 BC
    
senB senx sen135º sen30º 2 1
2 2
1 2
15 2 .  BC .  BC  15.
2 2

9) Considere um triângulo cujos lados medem 5cm, 6cm e 9cm. Qual a área de um quadrado cujo
lado é a mediana relativa ao maior lado do triângulo considerado em centímetros quadrados?

Solução. Aplicando a lei dos cossenos, temos:

i)

36  106 70
6 2  5 2  9 2  2(5)(9) cos y  cos y  
 90 90
ii) .
2
9 9
m 2  5 2     2(5)( ) cos y
2 2
81 70
m 2  25   45( )  m 2  10,25cm 2
4 90

10) Calcule o cosseno do ângulo obtuso x do triângulo ABC.


Solução. Aplicando a lei dos senos, temos:
3 4 3 4 1
    3senx  4.
sen30º senx 1 senx 2
2
2
2 2
3senx  2  senx  .  cos x  1   
3 3
4 5 5
cos x  1     (obtuso)
9 9 3

11) Calcule a soma dos lados AC e BC do triângulo.


Solução. Aplicando a lei dos senos, temos:
i)
3 2

BC

3 2

4

 
3 2
2

 BC .
1
sen30º sen 45º 1 2 2 2
2 2
32. BC 2 . 3 .2
  BC  6
2 2 2
ii) Aplicando a lei dos cossenos em relação ao lado AB, temos:
.
3
(3 2 ) 2  BC 2  AC 2  2( BC )( AC ) cos 30º  12  36  AC 2  2(6)( AC ).
2
12 3
AC 2  AC  18  36  0  AC 2  6 AC  18  0  AC 2  6 3 AC  18  0
2

Resolvendo:
. Como o ângulo
 ( 6 3 )  108  4(1)( 18) 6 3  36 6 3  6
AC     3( 3  1)
2 2 2

oposto ao lado AC é obtuso, ele é o maior lado. Logo AC = Logo a soma pedida
3( 3  1).

AC + BC será o valor
AC  BC  6  3( 3  1)  3(2,73)  6  14,2.

12) Calcule o valor de cos x no triângulo da figura.


Solução. Aplicando a lei dos cossenos, temos:

2
 3R 
   R  R  2( R )( R ) cos x  9 R  8 R  8( R ) cos x
2 2 2 2 2

 2 
1
R 2  8( R 2 ) cos x  cos x 
8

13) Um topógrafo pretende medir a distância entre dois pontos (A e B) situados em margens
opostas de um rio. Para isso, ele escolheu um ponto C na margem em que está, e mediu os
ângulos e , encontrando, respectivamente, 45° e
ACˆ B CAˆ B
75º. Determine , sabendo que mede 16 m. (Utilize
_____ _____
AB AC
).
2  1,4

Solução. Aplicação da Lei dos Senos:

16 x 3 2
  x  16
sen 60º sen 45º 2 2
16(1,4) 22,4 3 22,4 3
3 x  16 2  x    m
3 3. 3 3

14) Calcule a distância dos pontos A e B, entre os quais há uma montanha, sabendo que suas
distâncias a um ponto fixo M são de 2km e 3km, respectivamente. A medida do ângulo é
AMˆ B
igual a 60º.
Solução. Aplicação da Lei dos cossenos:

x 2  2 2  3 2  2(2)(3) cos 60º


1
x 2  4  9  12.
2
x  13  6  x  7km.
2

15) Determine a distância d indicada na figura.

Solução. Aplicando a Lei dos Senos, temos:

300 d 300 d d 3 300 2


    
sen 60º sen 45º 3 2 2 2
2 2
300 2 300. 2 . 3 300 6
d    100 6 .
3 3. 3 3