Você está na página 1de 15

FACULDADE DE CIÊNCIAS E EMPREENDEDORISMO

CORRENTE RUSSA

Santo Antônio de Jesus – Ba


26 de SETEMBRO de 2019
COMPONENTES
Carine Nogueira
Flávia Barbosa
Iago Leal
Karina Souza
Sabrina Miranda
Vanessa Mota

ORIENTADOR
Jane
INTRODUÇÃO

A CORRENTE RUSSA é um estímulo elétrico usado para


produzir uma contração muscular no local em que ele é
aplicado. Com isso, pode haver melhora no tônus muscular e
na flacidez da pele, além de estimular a circulação
sanguínea e linfática e a oxigenação celular.
HISTÓRIA
A técnica foi desenvolvida na Rússia, na década de 80, e
foi utilizada inicialmente para a melhora da flacidez, atrofia e
fadiga muscular que os astronautas do país apresentavam,
pela falta da ação da gravidade na musculatura, ao retornar
de suas missões espaciais.
INDICAÇÕES

 Casos de flacidez da pele;


 Celulite;
 Melhora do tônus muscular do rosto e corpo;
 Pós-parto, pós emagrecimento e pré e pós-lipoaspiração;
 Patologias traumato-ortopédicas;
 Doenças neurológicas.
CONTRA-INDICAÇÕES

 Pessoas cardiopatias;
 Portadores de marca-passo;
 Indivíduos com patologias circulatórias;
 Processos infecciosos e inflamatórios;
 Patologias pulmonares
 Gestantes.
COMO USAR?
PARÂMETROS

 FREQUÊNCIA → 250HZ
 FREQUÊNCIA DE MODULAÇÃO → 10 A 15 HZ
 INTENSIDADE → 0 A 150 m A
 TEMPO ON → 1 a 30 segundos
 TEMPO OF → 1 a 30 segundos
FISIOLOGIA DO MÚSCULO
O SISTEMA SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO
constitui a maior parte da musculatura do corpo. Essa
musculatura recobre totalmente o esqueleto e está presa
aos ossos, sendo responsável pela movimentação
corporal.
FISIOLOGIA DO MÚSCULO
 Sendo o sistema muscular responsável pelos movimentos
do corpo no interior das células possuímos fibras
contráteis.
FLACIDEZ
A flacidez é uma “sequela” causada por vários episódios
ocorridos ao longo dos anos como a inatividade física, o
emagrecimento demasiado, o envelhecimento;
 A musculatura perde a tonicidade e sem contornos definidos
as fibras musculares tornam-se atrofiadas e flácidas.
COMO A CORRENTE RUSSA
PODE AJUDAR?
 Estimulando os nervos motores, despolarizando as
membranas, induzindo assim a contração muscular mais
forte e sincronizada, resultando em fortalecimento
muscular.
CASO CLÍNICO

 Foi realizada uma pesquisa experimental com uma voluntária, sexo feminino, com 21 anos, que apresentava flacidez no
glúteo máximo, utilizando o aparelho eletroterápico corrente russa;
 Teve a duração de dois meses, sendo três sessões de fisioterapia por semana;
 Os parâmetros utilizados na corrente russa foram: Frequência ( f ): 30hz, Ciclo: 50%, Rise: 2s, On: 6s, Decay:2s, Off: 20s,
modo sincronizado, com a duração de quarenta minutos na região do glúteo máximo e a intensidade a ser colocada
respeitou o limite de tolerância da voluntária.
RESULTADOS
REFERÊNCIAS
 MONÇÃO, E. G. et al. O uso da eletroestimulação muscular com corrente de média
frequência associada ao exercício resistido no músculo glúteo máximo: Estudo de
caso. Rio de Janeiro , v. 4, n. 2, p. 81-89, dez./2013. Disponível em:
https://www.actabiomedica.com.br/index.php/acta/article/view/68. Acesso em: 23 set. 2019.