Você está na página 1de 6

MANGAROTOS

HISTORINHA DOS NÚMEROS ROMANOS


Galerinha está jogando bola no campinho do bairro.

FELIPE: Inhame, assim não!

LÉO: Nossa velho, ele não entende.

INHAME: Meus jovens, sou tão eficiente que nem precisei driblar nossos adversários
para marcar o gol. Aliás, porque será que eles não efetuaram a marcação?

NATY: Porque a gente faz gol do outro lado Inhame!

IME: Oba! Vencemos de novo!

ADRIANO: Aí irmão, chega por hoje! Vou para casa.

IME: Mas a gente já vai parar?

ENXAKEKA: Que bom, não é Mercadante? Pelo menos você consegue ir à igreja.

MERCADANTE: Nossa, a igreja!!!

LÉO: Espera aí, Mercadante! Espera!

NATY: Nossa, ele estava com pressa mesmo. Nem esperou a gente.

FELIPE: Vamos seguir o Mercadante para ver o que ele vai fazer?

ADRIANO: Olha, se fosse para fazer algo correto eu ficaria em dúvida, mas como é
errado, eu estou dentro.

TODOS: Hahaha!!!

A galerinha segue Mercadante até a entrada da igreja, porém ele acaba entrando por
uma porta lateral.

LÉO: Enxakeka, ele não disse o que ia fazer na igreja?

ENXAKEKA: Não. Eu achei que ele ia confessar os pecados.

FELIPE: Mas você é burro hein! Nem para perguntar!

mangarotos@gmail.com
MANGAROTOS

NATY: Faz tanto tempo que eu não venho à igreja para confessar.

IME: Você confessa com frequência, Enxakeka?

ENXAKEKA: Eu nunca fiz isso. É que meus pais são evangélicos, então vou em outra
igreja.

IME: E você Adriano?

ADRIANO: Irmão, eu não caio mais nessa. Da última vez que minha mãe mandou eu
confessar meus pecados só de “Pai Nosso” eu levei 7 horas.

LÉO: Olhem, a porta ficou aberta! Vamos entrar?

ENXAKEKA: Não seria melhor pedir autorização para entrar?

FELIPE: Claro, aliás vou enviar uma carta ao Vaticano pedindo permissão ao Papa.
Lógico que não, Enxakeka. Se a gente vai entrar escondido é porque a gente não tem
permissão.

ADRIANO: Vamos logo antes que alguém nos veja.

LÉO: Velho, espera aí! Tem alguma coisa se mexendo nessa árvore aqui ao lado.

IME: Será que é um bicho?

NATY: Eu estou com medo!

ENXAKEKA: Calma gente, é o Inhame!

INHAME: Olá rapagotes, não querem um pedaço desse fruto delicioso?

FELIPE: Desce daí, Inhame! Depois você pega mais manga. Entra logo aqui com a gente.

A garotada finalmente entra na igreja. Em seguida, começam a bisbilhotar as salas.

LÉO: Nessa sala não tem nada, somente essas roupas de freira.

NATY: Eu não gostaria de usar essa roupa, deve esquentar muito.

IME: Gente! Gente! Tem uma freira vindo para cá!

ENXAKEKA: E agora, o que a gente faz?

ADRIANO: Deixa que eu resolvo. Inhame, veste essa roupa de freira que eu ponho essa
daqui.

INHAME: Mas essas roupas não são destinadas às mulheres?

FELIPE: Inhame, faça o que o Adriano está falando.

mangarotos@gmail.com
MANGAROTOS

No corredor Inhame e Adriano encontram a freira que vinha em direção à sala.

FREIRA: Boa tarde minhas jovens irmãs. Vocês são novas por aqui?

ADRIANO: Sim. Meu nome é Adriana, mas pode me chamar de Drica.

FREIRA: Não, hoje não temos canjica. Apenas macarrão.

ADRIANO: Nossa irmão, essa freira é surda. Não escuta nada!

FREIRA: Isso mesmo, minha filha. Apenas macarronada. E você, qual o seu nome?

INHAME: Só um momento minha nobre anciã, estou tentando tirar fiapos de manga
dos meus dentes.

FREIRA: Mas você já usa absorvente? Nossa, como o mundo evoluiu. Esperem um
pouco aqui que lhe trago um de nossas irmãs mais jovens.

ADRIANO: Aí irmandade, já podem sair.

FELIPE: Ufa! Não aguentava mais aquela sala!

NATY: Adriano, me dê sua roupa para eu colocar no lugar. Você também Inhame.

INHAME: Mas nós não vamos esperar aquela amável velhinha?

NATY: Claro que não Inhame. Vem logo com a gente.

LÉO: Velho, que barulho é esse?

ENXAKEKA: É o sino da igreja. Olhem lá, já são quatro horas.

FELIPE: Mas o que são aquelas letras no relógio?

LÉO: São os números romanos. A gente aprendeu na última aula do professor Paulo.

FELIPE: Quem mandou eu nascer no final do ano! Estou sempre um ano atrasado em
relação à vocês.

INHAME: Não se entristeça Felipe. Eu posso explicar a leitura dos números romanos e
colocar algo em sua mente. Nós temos sete símbolos e cada um separadamente tem
um valor. I vale um, V vale cinco, X vale dez, L vale cinquenta, C vale cem, D vale
quinhentos e M vale mil.

FELIPE: Mas e o número dois? E o quatro?

INHAME: Acalme-se meu jovem de pouca paciência. Eu explicarei o restante. Podemos


repetir até três vezes o mesmo símbolo em sequência. O número dois, por exemplo, é
escrito com dois traços. O três é escrito com três traços. Não podemos repetir o

mangarotos@gmail.com
MANGAROTOS

mesmo símbolo mais de três vezes seguido. Logo, o número quatro nós não podemos
fazer com quatro traços, então escrevemos IV, que é o número cinco com o número
um antes, ou seja, cinco menos um, que vale quatro. O mesmo acontece com o
número nove, representado pelo símbolo IX. O número seis é representado por VI, que
é o número cinco com o número um depois, ou seja, cinco mais um, que vale seis.
Assim, nós temos os seguintes números que servem como base para a escrita dos
números romanos:

Tabela base para os números Romanos


I=1 II = 2 III = 3 IV = 4 V=5 VI = 6
VII = 7 VIII = 8 IX = 9 X = 10 XX = 20 XXX = 30
XL = 40 L = 50 LX = 60 LXX = 70 LXXX = 80 XC = 90
C = 100 CC = 200 CCC = 300 CD = 400 D = 500 DC = 600
DCC = 700 DCCC = 800 CM = 900 M = 1000 MM=2000 MMM=3000

FELIPE: Quantas combinações! Eu fiquei até perdido de tanta informação.

INHAME: Veja como é simples. Vamos pensar, por exemplo, no número 49 e no


número 976. Para formar o número 49 vamos escrevê-lo da seguinte maneira:

49 = 40 + 9

Agora nós buscamos na tabela os números 40 e o número 9:

40 = XL e 9 = IX

Basta agora colocar os símbolos nessa sequência:

49 = XLIX

Para formar o número 976 faremos o mesmo:

976 = 900 + 70 + 6

Agora nós buscamos na tabela os números 900, 70 e 6:

900 = CM, 70 = LXX e 6 = VI

Basta agora colocar os símbolos nessa sequência:

976 = CMLXXVI

FELIPE: E se o número for maior que 3999? Como faço para representá-lo?

INHAME: Não é muito comum a utilização de números romanos tão grandes assim,
mas se quisermos, por exemplo, escrever o número 4000, escrevemos o número

mangarotos@gmail.com
MANGAROTOS

quatro com um traço em cima, ou seja, IV . O número 5223 seria representado pelo

símbolo V CCXXIII . Entendeu meu jovem?

FELIPE: Agora sim. Só tem uma coisa que eu não entendi: como você consegue ensinar
matemática e não consegue fazer gol no lugar certo?

ENXAKEKA: Pessoal, não é melhor a gente voltar?

NATY: Enxakeka, deixa de ser medroso!

FELIPE: a Naty de Santa só tem o rosto.

LÉO: Gente, olhem ali naquela sala: é o Mercadante!

IME: Mas o que estão fazendo com ele?

INHAME: Meus jovens, acredito que eles estão fazendo exercícios, pois vejo daqui uma
corda.

ENXAKEKA: Mas dentro da igreja?

LÉO: Gente, eles não estão fazendo exercícios. Eles estão amarrando o Mercadante!

IME: Eu achava que o padre era bonzinho. Estou tão triste agora.

ADRIANO: Aí irmandade, a gente deve denunciar essa quadrilha.

INHAME: Talvez não sejam tão maus assim. Quem sabe não se trata apenas de uma
seita diabólica.

FELIPE: Esperem um pouco. Temos que bolar um plano para resgatar o Mercadante.

FREIRA: Mas nós não temos refrigerante!

TODOS: Aaahhh!!!!

PADRE: Que barulho é esse aqui?

MERCADANTE: Oi pessoal, o que estão fazendo por aqui?

IME: Mercadante, a gente não vai deixar eles te raptarem.

LÉO: Nem tentem se mexer senão a gente chama a polícia.

INHAME: Creio não ser possível meu jovem. Nós não temos telefone!

FELIPE: Fica quieto Inhame!

mangarotos@gmail.com
MANGAROTOS

PADRE: Meus pequenos cordeiros, não estamos fazendo mal algum. Estamos
preparando uma encenação e o colega de vocês será Jesus. Para não machucar as
mãos do Mercadante, usaremos cordas para prendê-lo à cruz.

IME: Ufa! Ainda bem que foi só um mal-entendido.

NATY: Que bom!

PADRE: Inclusive preciso de mais uma criança para participar da encenação. Pela
aparência, acredito que você seria perfeito nesse papel.

ADRIANO: Eu?

PADRE: Isso, você mesmo!

ADRIANO: Fala a verdade hein! Sou ou não sou importante?

PADRE: Mas antes você deve terminar de rezar. Como fugiu da última vez, pode
começar a rezar agora e, com 3 horas por dia, você terminará em duas semanas.

ADRIANO: Mas padre, eu...

PADRE: Não tem choro e nem vela.

ADRIANO: Mas eu...

TODOS: Hahaha!!!

FIM

mangarotos@gmail.com