Você está na página 1de 3

2ª prova Celina

Gaudi

Gaudi foi um arquiteto espanhol, nativo de Barcelona, uma região que havia passado 400
anos subjulgada pelos castellanos e, ao conquistar a independência, entra em uma busca de
autonomia estética, poética e política.

Ele, nascido nesse momento de fomento cultural, a usa como inspiração a busca por
avanços técnicos sistemáticos por meio do estudo da química, física e matemática, e também
a busca por um patrimônio histórico, valorizando as ocupações e buscando um patrimônio
vivo, que teria seu valor na medida que fosse ocupado pelo homem.

GAUDI
 Uma das referÊncias mais importantes do estudo da arquitetura
 Estuda com muita dificuldade (pobreza): família de artesão
 Extremamente religioso
 Racionalização do projeto: inspiradas nos grupos austríacos e franceses, no
sentido de garantir que a elaboração projetual arquitetônica seria
multidisciplinar
o Ciências exatas
 Estudo e capacidade de estruturação dos edifícios (estruturais)
 Estudo técnico dos materiais
 Concreto protoarmado: traço da argamassa que garante
uma durabilidade do bem superior às anteriores, que
consegue ser incorporado a estrutura metálica
o Patrimônio Imaterial
 Patrimônio do povo catalão representados nas concepções de
projetos
 detalhes artísticos, estéticos e arquitetônico do passado
referenciado na arquitetura
 Referência dos povos amigos, vizinhos
 Oriente médio, norte da africa: cor
 Busca de referências no canteiro medial
o Várias decisões são tomadas no canteiro, e nessa época não havia
ainda projeto
o A abstração só termina com o objeto materizalizado
 Arquitetura de várias pessoas: processo do projetar e do produzir o espaço
 Rigor no detalhamento
 Casa Vicens, 1883-1888
o Fachada
 Torreão
 Tipo de balcão ( não tem cobertura, então não era varanda)
 Altamente leve: elemento artístico para o metal
 Trabalho com as ferrarias (sofisticadas e leves)
 Uso abundantes dos ladrinhos coorizados
 Uso de imagens humanas
 Referência turca
 Torre
 Uso de fendas das mesquitas antigas
 Arco oriental
 Alvenaria estrutural em pedra
 Marcenaria de alto nível
o Sala de Jantar
 referÊncias e estilemas que não mais são historicistas: Art
Nuveau
 Referências à fauna e a flora
 Conchoides advindos do fundo do mar: Valorização do
mediterrâneo
 Através da cultura dos gregos no tempo de esíduo
 Teto: Elemento estrutural que se transforma em arte
o Fumodromo
 Estalactite como se fosse uma gruta (AAAAAAAAAAA)
o Trabalho ligado ao ecletismo tardio. Pouca independencia dos espaços

 El Capricho
o Grande torreão
o Todos os elementos na forma natural
o Capitel que foge das ordens estilizadas: capitel floral
o Girassol: busca a vida e é gerador de vida
o Bolsagem: aquilo que tem em todos prédios de bh (listras horizontais)
o Concepçãp projetual: um tronco de árvore que se abre pros cômodos,
preocupaçao com o fluxo interno do
 Arco parabólico: cria as maquetes com a ação da gravidade. Cúpulas
catenárias (pesquisar)
 Arquitetura de alto custo
 Palacete Guell
o Terraços: totens. fantasmagoria
o Luz e sombra: ambiência medieval
o Integração entre o fora e o dentro
 Colegio Teresiano
o História com a Igreja Católica: Santa Tereza
 Escomungada por representar um amor quase carnal por Jesus
Cristo
 Por isso ela cria várias irmandades, inclusive a teresiana
o Inspira nas grandes contruções medievais que os peregrinos almejam
chegar
o Começa a trazer um clreamento no interior dos espaços
o Voto de humildade expresso pela ausência de elementos decorativos
 Casa Calvet
o Começa a trbalhar com restauração de edifícios
o Chafariz colonial na platimbanda
o Desenhos embaixo do balcão
 Parque Guell
o QUE VIAGEM INACREDITÁVEL
o Entrablamento que permite ventilação
o Brotoejas artísticas em homenagem ao fundo do mar (ALO STEPHAN
tenho certeza que ele mostrou essas cores na grécia)
o Cria o lúdico em todos os espaços
o Torre com a ossatura de dragão MANO
 Portão com dragão: Dragao que guardava o jardim de
hespérides(trabalho com mitologias)
o Picadeiro: edificação sem abertura de janelas iluminada pela torre
o Treliçado (como em todas as obras)
o Cripta Colonia Guell
 PILARES MUITO DOIDOS
 PEDRAS RÚSTICAS