Você está na página 1de 5

"O verdadeiro amor é amar e deixar-se amar"

(Papa Francisco Encontro com os jovens,


Manila, 18/01/2015).

"O amor abre-te às surpresas, o amor é sempre


uma surpresa, porque supõe um diálogo entre
dois: entre o que ama e o que é amado. E de
Deus dizemos que é o Deus das surpresas,
porque Ele nos amou sempre primeiro e
espera-nos com uma surpresa" (Papa Francisco
Encontro com os jovens, Manila, 18/01/2015).

"Peçamos ao Senhor que nos faça entender a


lei do amor. Que bom é ter esta lei! Quanto
bem nos faz amarmo-nos uns aos outros contra
tudo!" (Papa Francisco Encíclica Evangelii
Gaudium).

"Para levar a diante uma família é necessário


usar três palavras. Quero repeti-lo, três palavras:
'por favor', 'muito obrigado' e 'desculpa'." (Papa
Francisco Palavras às famílias durante a
peregrinação à tumba de São Pedro,
26/10/2013).

"O verdadeiro amor leva-te a queimar a vida,


mesmo com o risco de ficares com as mãos
vazias. Pensemos em São Francisco: deixou
tudo, morreu com as mãos vazias, mas com o
coração cheio" (Papa Francisco Encontro com
os jovens, Manila, 18/01/2015).

"O segredo é que o amor é mais forte do que o


momento em que se discute, e por isso
aconselho aos esposos: não terminem o dia em
que discutiram sem fazer as pazes, sempre"
(Papa Francisco Audiência Geral na Praça de
São Pedro, quarta-feira, 2/04/2014).

"Quantas dificuldades na vida do casal se


solucionam se arranjamos um espaço para o
sonho. Se nos detemos e pensamos no cônjuge,
na cônjuge. E sonhamos com as bondades que
tem, as coisas boas que tem. Por isso é muito
importante recuperar o amor através do
entusiasmo de todos os dias. Nunca deixem de
ser namorados!" (Papa Francisco Encontro com
as famílias, Manila, 16/01/2015).

"No Pai-nosso dizemos: 'O pão nosso de cada


dia nos dai hoje'. Os esposos podem rezar
assim: 'Senhor, o amor de cada dia nos dai
hoje... ensina-nos a amar-nos'" (Papa Francisco
Praça de São Pedro, 14/02/2014).
" De todas as coisas aquilo que mais pesa é a
falta de amor. Pesa não receber um sorriso, não
ser recebidos. Pesam certos silêncios. Às vezes,
também em família, entre marido e mulher,
entre pais e filhos, entre irmãos. Sem amor, o
esforço torna-se mais pesado, intolerável" (Papa
Francisco Palavras às famílias durante a
peregrinação à tumba de São Pedro,
26/10/2013).

"A verdadeira alegria vem da harmonia


profunda entre as pessoas, que todos
experimentam no seu coração e que nos faz
sentir a beleza de estar juntos, de se apoiar
mutuamente no caminho da vida" (Papa
Francisco Santa Missa de encerramento da
peregrinação das famílias a Roma, 27/10/2013).

Viver juntos é uma arte, um caminho paciente,


bonito e fascinante. Ele não termina quando vos
conquistastes um ao outro... Pelo contrário, é
precisamente neste momento que ele tem
início! Papa Francisco, 14/02/2016
Cada amor humano é sinal do Amor eterno que
nos criou.
Bento XVI, 11-09-2011

Não tens reparado em que “ninharias” está o


amor humano? - Pois também em “ninharias”
está o Amor divino. (Ver mais textos no
artigo: Mãe do amor formoso) São Josemaria
Escrivá

O que é preciso para conseguir a felicidade não


é uma vida cômoda, mas um coração
enamorado. São Josemaria Escrivá

“O amor humano, o amor aqui embaixo na


terra, quando é verdadeiro, ajuda-nos a
saborear o amor divino”. São Josemaria Escrivá
“Há quem diga que hoje o casamento está “fora
de moda”. Está fora de moda? [Não…]. Na
cultura do provisório, do relativo, muitos
pregam que o importante é “curtir” o momento,
que não vale a pena comprometer-se por toda
a vida, fazer escolhas definitivas, “para sempre”,
uma vez que não se sabe o que reserva o
amanhã. Em vista disso eu peço que vocês
sejam revolucionários, eu peço que vocês vão
contra a corrente; sim, nisto peço que se
rebelem: que se rebelem contra esta cultura do
provisório que, no fundo, crê que vocês não são
capazes de assumir responsabilidades, crê que
vocês não são capazes de amar de verdade. Eu
tenho confiança em vocês, jovens, e rezo por
vocês. Tenham a coragem de “ir contra a
corrente”. E tenham também a coragem de ser
felizes! ” Papa Francisco JMJ Rio Encontro com
os Voluntários da JMJ no Pavilhão 5 do Rio
Centro 2013.