Você está na página 1de 31

física

oscilações e ondulatória

QUESTÕES DE VESTIBULARES
2019.1 (1o semestre)
2019.2 (2o semestre)

sumário
cinemática e dinâmica das oscilações
VESTIBULARES 2019.1................................................................................................................................. 2
VESTIBULARES 2019.2................................................................................................................................. 4

introdução à ondulatória
VESTIBULARES 2019.1................................................................................................................................. 6
VESTIBULARES 2019.2................................................................................................................................. 7

equação fundamental da ondulatória


VESTIBULARES 2019.1................................................................................................................................. 9
VESTIBULARES 2019.2................................................................................................................................11

fenômenos ondulatórios
VESTIBULARES 2019.1............................................................................................................................... 13
VESTIBULARES 2019.2............................................................................................................................... 16

interferência de ondas
VESTIBULARES 2019.1.............................................................................................................................. 18
VESTIBULARES 2019.2...............................................................................................................................21

acústica (velocidade do som)


VESTIBULARES 2019.1.............................................................................................................................. 22
VESTIBULARES 2019.2.............................................................................................................................. 23

acústica (qualidades fisiológicas)


VESTIBULARES 2019.1.............................................................................................................................. 24
VESTIBULARES 2019.2.............................................................................................................................. 24
fontes sonoras (cordas e tubos)
VESTIBULARES 2019.1.............................................................................................................................. 26
VESTIBULARES 2019.2.............................................................................................................................. 27

efeito Doppler
VESTIBULARES 2019.1.............................................................................................................................. 29
VESTIBULARES 2019.2.............................................................................................................................. 29

japizzirani@gmail.com
OSCILAÇÕES (UEPG/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 14 (02+04+08)
A equação de um movimento harmônico simples (MHS)para deter-
cinemática e dinâmica das oscilações minada partícula é dada, no SI, por
p
x = 5cos(100p t + )
6
Então, assinale o que for correto.
VESTIBULARES 2019.1
01) A frequência angular do movimento vale 50 Hz.
02) A posição da partícula no tempo de um décimo de segundo vale
CINEMÁTICA DAS OSCILAÇÕES
5√ 3
m.
2
(UEG/GO-2019.1) - ALTERNATIVA: A 04) Graficamente, as funções que representam os movimentos har-
O gráfico a seguir representa a posição, em função do tempo, de um mônicos simples podem ser senoides ou cossenoides.
corpo que executa um movimento harmônico simples. 08) A amplitude vale 5 m.

(UECE-2019.1) - ALTERNATIVA: B
Em antigos relógios de parede era comum o uso de um pêndulo re-
alizando um movimento harmônico simples. Considere que um des-
ses pêndulos oscila de modo que vai de uma extremidade a outra
em 0,5 s. Assim, a frequência de oscilação desse pêndulo é, em Hz,
a) 0,5.
*b) 1.
c) 2π.
d) 2.

Para esse corpo, a função horária da velocidade v ( t ) é (UEM/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 18 (02+16)
3p Um ponto P percorre uma circunferência de raio r , centrada na ori-
a) –4p sen (p t + )
2 gem O de um plano xy , com velocidade angular constante e igual a
b) 4sen (4 t + p ) 3p rad·s–1. A projeção ortogonal de P sobre o eixo x define o ponto
p) Q. No instante inicial t = 0 s, P se encontra no primeiro quadrante,
c) 4cos (2 t + e a posição de Q é dada por x = r √ 3 /2. Sabendo-se que o ponto P
2
percorre a circunferência no sentido anti-horário, assinale o que for
d) 4p cos (p t + p )
correto.
3p
e) –4sen (2 t + ) Dados: cos 30º = √3 /2, cos 60º = 1/2, cos45º = √2 /2 .
2
01) Q retorna à posição inicial no instante t = (√2 /2) s.
(UFLA/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: A 02) No instante t = (1/9) s, a velocidade do ponto Q (em módulo) é
A figura abaixo representa um sistema massa-mola estudado na físi- máxima.
ca. Esse sistema é composto por um bloco conectado a duas molas 04) Visto que a velocidade angular é constante, o movimento do
idênticas, conforme figura abaixo. Considere que não existe atrito ponto Q é uniformemente acelerado.
entre o bloco e a superfície e que o ponto 0 é a posição de equilíbrio 08) No instante t = 0 s, o ângulo entre o eixo Ox e o segmento de
das molas, nem esticadas nem comprimidas. reta OP é igual a 60º.
16) Se as trajetórios de P e Q correspondem às trajetórias de
duas partículas idênticas (de mesma massa), então no instante
t = (5/18) s os módulos das forças resultantes que atuam em cada
partícula terão o mesmo valor.

DINÂMICA DAS OSCILAÇÕES

(PUC-CAMPINAS/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: E
No movimento do pêndulo, ocorrem transformações sucessivas en-
tre a energia potencial gravitacional e a energia cinética. Conside-
rando como referência o ponto mais baixo da trajetória do pêndulo,
Colocando o bloco para oscilar entre as posições – Xo e +Xo, assi- quando este se encontra no ponto mais alto de sua trajetória o valor
nale a alternativa que representa a aceleração do bloco em função da energia potencial gravitacional é
da posição x. a) igual ao valor da energia cinética.
b) igual à metade do valor da energia cinética.
*a) c)
c) igual ao dobro do valor da energia cinética.
d) nulo, e o valor da energia cinética é máximo.
*e) máximo, e o valor da energia cinética é nulo.

(UEPG/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 22 (02+04+16)


Um sistema massa-mola, que pode oscilar horizontalmente, é cons-
tituído por uma mola, de massa desprezível, que possui uma de
suas extremidades fixa e na outra um pequeno bloco de massa igual
a 100 g. O bloco, inicialmente em repouso, é deslocado horizontal-
mente de 5 cm em relação à posição de equilíbrio e deixado oscilar.
b) d) Sabendo que o período de oscilação do sistema é 0,2 π s e despre-
zando efeitos dissipativos, assinale o que for correto.
01) O período de oscilação do sistema massa-mola é independente
da massa do bloco.
02) O módulo da aceleração máxima do bloco é 5 m/s2.
04) A constante elástica da mola é 10 N/m.
08) Para um tempo igual a um quarto do período, o bloco está a uma
distância de 1,25 cm em relação à posição de equilíbrio.
16) No ponto de equilíbrio, a energia cinética do bloco é máxima.
japizzirani@gmail.com 2
(IMT-MAUÁ/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: E (UFSC-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 73 (01+08+64)
Um corpo preso a uma mola oscila sobre uma superfície horizontal No seu truque seguinte, o mágico Gafanhoto convence a plateia do
sem atrito. A figura apresenta o instante em que o corpo passa pela Circo da Física de que torcer por um time pode “mexer com ele”.
posição de equilíbrio x 0 , na qual a mola não está deformada, com O mágico apresenta um sistema composto de cinco pêndulos com
velocidade v, e o instante em que corpo atinge a posição B, com números representando times de Santa Catarina – Figueirense (1),
velocidade nula. Chapecoense (2), Joinville (3), Avaí (4) e Criciúma (5) – que têm
massas iguais, diferentes comprimentos e que estão ligados a uma
manivela por uma haste de metal. Conforme a plateia torce com
maior ou menor intensidade por um dos times, o mágico, movendo
a manivela da esquerda para a direita, faz apenas um dos pêndulos
balançar com grande amplitude, enquanto os outros pêndulos quase
não balançam. O grande segredo do truque está no movimento osci-
latório da manivela (pequenos semicírculos, demonstrado na figura
abaixo), mas o mágico Gafanhoto distrai o público, interagindo com
ele, a fim de que não perceba.

O gráfico que melhor representa a energia total (ET), a energia ciné-


tica (K) e a energia potencial elástica (UE), quando o corpo atinge a
posição B, é

a) d)

b) *e)
Com base no exposto acima e na figura, é correto afirmar que:
01. se quiser, o mágico Gafanhoto consegue, movimentando a ma-
nivela, ceder energia ao sistema de pêndulos sem movimentar com
grande amplitude nenhum deles.
02. o mágico Gafanhoto consegue balançar com maior amplitude
c)
um dos pêndulos devido à força do pensamento da plateia.
04. quanto maior a massa de um pêndulo, maior a sua frequência
natural de oscilação.
08. o segredo do mágico Gafanhoto consiste em, a cada vez que
quer “mexer com um time” com grande amplitude, movimentar a ma-
nivela com frequência igual à frequência de oscilação natural de um
(ITA/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: B dos pêndulos.
Considere um corpo celeste esférico e homogêneo de massa M e 16. os cinco pêndulos possuem a mesma frequência de oscilação
raio R atravessado de polo a polo por um túnel cilíndrico retilíneo de natural.
diâmetro desprezível. Em um desses polos um objeto pontual é solto
a partir do repouso no instante t = 0. Sendo G a constante universal 32. a razão entre os períodos de oscilação natural do pêndulo de
de gravitação, esse objeto vai alcançar o outro polo após o intervalo comprimento L e do pêndulo de comprimento L/5 é igual a 5.
de tempo dado por 64. a força gravitacional é a força restauradora quando os pêndulos
balançam sem a ação do mágico Gafanhoto.

a) ( )
R3 ½
GM
. d) 2p ( )
R3 ½
GM
.
(UECE-2019.1) - ALTERNAITVA: D
Considere um pêndulo simples oscilando sob efeito da gravidade.

( ) ( )
A partir da análise dimensional, pode-se determinar a forma como o
R3 ½ 4R 3 ½
*b) p . e) 2p . período T depende da dimensão de comprimento [L], da
GM 3GM dimensão da aceleração da gravidade [g] e da dimensão da massa
[M]. Para isso assume-se que [T] = [L] a [g] b [M] c. Para haver homo-
c)
( )
4R 3 ½ .
3GM
geneidade dimensional, os expoentes a, b e c devem ser
a) 0, 1 e 1.
b) 1, −1 e 0.
(UNIMONTES/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: D c) 1, 1 e 1.
Uma mola equivalente deve ser dimensionada para um sistema de *d) 1/2 , −1/2 e 0.
amortecimento de um carro com massa de 800 kg. Sabe-se que,
após um obstáculo que coloque a mola para oscilar em movimen-
(UECE-2019.1) - ALTERNATIVA: A
to harmônico simples, a frequência de oscilação desejada seria em
torno de 2 Hz. Com base nessas informações, assinale a alternativa Considere uma massa m acoplada a uma mola de constante elásti-
CORRETA. ca k. Assuma que a massa oscila harmonicamente com frequência
angular w = k / m . Nesse sistema, a posição da massa é dada por
a) Quanto maior a amplitude da oscilação, maior será a frequência x = Asen (w t) e sua velocidade é v = w Acos (w t). A energia mecâ-
de oscilação.
nica desse sistema é dada por
b) Quanto mais dura a mola (maior constante elástica), menor será
sua frequência de oscilação. *a) k A2 / 2.
c) Quanto mais passageiros estiverem dentro do carro, maior será a b) k [ Asen (w t)] 2 / 2.
frequência de oscilação do sistema de amortecimento.
c) k [ Acos (w t)] 2 / 2.
*d) A constante elástica da mola deve ser, aproximadamente,
126,3 kN/m. d) k w 2/ 2.
japizzirani@gmail.com 3
(UEL/PR-2019.1) - RESPOSTA: a) v = 1 m/s b) m = 1 kg (FPS/PE-2019.2) - ALTERNATIVA: D
Considere a composição formada pelos dois sistemas mecânicos, Considere a onda harmônica mostrada na Figura F2. Determine o
na figura a seguir. período (T) e a frequência (f) desta oscilação. Dê suas respostas em
segundos e em hertz, respectivamente.

Figura F2
a) T = 0,010 s e f = 100 Hz *d) T = 0,040 s e f = 25 Hz
b) T = 0,050 s e f = 20 Hz e) T = 0,020 s e f = 50 Hz
Na parte superior, a haste rígida fixa no centro (ponto O) executa c) T = 0,025 s e f = 40 Hz
um movimento circular uniforme. Na parte de baixo, uma massa m
executa um movimento harmônico simples ao longo da superfície (UNITAU/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: C
horizontal sem atrito, sob ação de uma mola de constante elástica Felipe, cuja especialidade é Medicina Esportiva, indicou para um
k. A amplitude do deslocamento da massa ao longo da superfície paciente a realização de exercício de agachamentos, conforme ilus-
horizontal é exatamente igual ao diâmetro da trajetória circular de- trado a seguir.
senvolvida pela haste.
A partir dessas informações, responda aos itens a seguir.
a) Deseja-se sincronizar o movimento circular da haste com o movi-
mento periódico do sistema massa-mola.
A constante da mola vale k = 100 N/m e a massa é de 4 kg. Se o
comprimento da haste é de 20 cm, determine o valor do módulo da
velocidade linear (v) imposta à esfera para que os dois movimentos
estejam sincronizados.
Justifique sua resposta, apresentando os cálculos envolvidos na re-
solução deste item.
b) Deseja-se sincronizar o movimento periódico do sistema massa-
mola com o movimento circular da haste. Imagem disponível em: http://rufforosa.com.br/exercicios/agachamento/.
Se o período de rotação é T = 0,63 s e a constante da mola é Acesso em jun. 2019.
k = 100 N/m, determine o valor da massa para que os dois movimen- Para analisar os resultados obtidos com a prática do exercício, o
( )
tos estejam sincronizados. 5.p.t
Justifique sua resposta, apresentando os cálculos envolvidos na re- médico utilizou a função h(t) = 140 + 36 cos , sendo h (t) a
3
solução deste item. altura atingida pela cabeça do paciente, expressa em centímetros,
no instante t, expresso em segundos.
Considerando h = 0 o solo, pode-se afirmar CORRETAMENTE que
a) o valor mínimo alcançado para h(t) é 1,40 metros.
VESTIBULARES 2019.2
b) o período de um movimento completo é de 5 segundos.
c) t = 24 segundos é um dos momentos em que o paciente atinge a
CINEMÁTICA DAS OSCILAÇÕES altura máxima.
d) t = 2 segundos é um dos momentos em que o paciente atinge a
altura de 158 cm.
(UECE-2019.2) - ALTERNATIVA: B e) t = 3 segundos, o paciente atinge a altura mínima pela primeira
Considere um pêndulo composto por uma corda flexível e inexten- vez.
sível presa ao teto e com uma massa presa à outra extremidade.
Suponha que a massa se desloca em um plano vertical. Uma das
condições para que o movimento desse pêndulo seja aproximado DINÂMICA DAS OSCILAÇÕES
por um movimento harmônico simples é que
a) a amplitude angular das oscilações seja entre π /4 e π /2. (UEM/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 28 (04+08+16)
*b) a amplitude angular das oscilações seja muito menor que o com- Um pêndulo simples de grandes proporções é montado no poço do
primento da corda. elevador de um edifício. Ele é feito com um fio de cobre de 29,4 m
c) a velocidade angular seja máxima no ponto mais baixo da traje- de comprimento, à temperatura de 20ºC, preso a um suporte na
tória. parte de cima do poço. Na outra extremidade do fio há uma bola
d) a velocidade angular seja mínima no ponto mais baixo da traje- de boliche (desconsidere o tamanho da bola e a massa do fio em
tória. comparação com a massa da bola). Nessas condições, verifica-se
que o período de oscilação do pêndulo é igual a T0 . Considere que
g = 9,8 m/s2 e que a = 17 ×10 –6 ºC –1, em que a é o coeficiente de
(UCB/DF-2019.2) - ALTERNATIVA: E
dilatação linear do cobre. Sobre esse sistema, assinale o que for
A pressão P (em milímetros de mercúrio) contra as paredes
correto.
dos vasos sanguíneos de um paciente é modelada pela função
8pt 01) T0 = 3p √ 2 s.
P = 100 – 20 cos , em que t é o tempo dado em segundos. Se 02) Em um dia quente, a frequência de oscilação do pêndulo é maior
3
um ciclo desse modelo é equivalente a um batimento cardíaco, en- do que em um dia frio.
tão o pulso do paciente, ou seja, a respectiva frequência cardíaca, 04) Em um dia quente, à temperatura de 40ºC, o período de oscila-
corresponde a ção do pêndulo será igual a T0 1 + e , com e = 0,00034.
a) 60 batimentos /minuto. 08) Em um dia frio, à temperatura de 0ºC, o período de oscilação do
b) 65 batimentos /minuto. pêndulo será igual a T0 1 - e , com e = 0,00034.
c) 70 batimentos /minuto. 16) Se o mesmo pêndulo fosse montado em uma base espacial na
d) 75 batimentos /minuto. lua (mantida à temperatura de 20ºC), onde a aceleração gravitacio-
*e) 80 batimentos /minuto. nal é g/6, o período de oscilação seria igual a √6 T0 .
japizzirani@gmail.com 4
(PUC/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: D (UEPG/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 11 (01+02+08)
Para os sistemas esquematizados abaixo, determine, respectiva- Uma mola ideal possui uma de suas extremidades fixa a uma parede
mente, as relações T1 / T2 , entre os períodos de oscilação, e X1 / X2 e na outra há um bloco cuja massa é 100 g. A mola é distendida ho-
referente às deformações elásticas sofridas. rizontalmente e o bloco oscila, realizando um movimento harmônico
simples, com uma amplitude de 10 cm, sobre uma superfície hori-
zontal sem atrito. Sabendo que a energia cinética máxima do bloco
é 0,2 J e desprezando efeitos dissipativos, assinale o que for correto.
01) A constante elástica da mola é 40 N/m.
02) O período próprio da oscilação é p / 10 s.
04) A energia mecânica desse sistema massa-mola é 0,4 J.
08) A pulsação do movimento harmônico simples em questão é
20 rad/s.
16) O módulo da força elástica máxima exercida pela mola sobre o
Dados: bloco é 8 N.
K1 = 20 N/m
K2 = 80 N/m
m = 4 kg
g = 10 m/s2

Considere que o corpo m, associado às molas, executa um movi-


mento harmônico simples em ambos os casos.
a) 0,4 e 0,16 c) 2,5 e 0,16
b) 0,4 e 6,25 *d) 2,5 e 6,25

(UECE-2019.2) - ALTERNATIVA: A
Um pêndulo simples oscila harmonicamente com frequência fT na
superfície da Terra. Caso esse mesmo pêndulo seja posto para osci-
lar também harmonicamente na superfície lunar, onde a gravidade é
aproximadamente 1 6 do valor na Terra, sua frequência de oscilação
será fL . A razão entre a frequência de oscilação na Lua e na Terra é

a) 1 /√6 .
b) √6.
c) 6.
d) 1 / 6 .

(USF/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: C
A atenuação da elevação da frequência cardíaca (FC) ao exercício,
conhecida como incompetência cronotrópica (IC), tem sido asso-
ciada à isquemia miocárdica e à doença arterial coronariana (DAC)
mesmo em pacientes saudáveis. Apesar disso, ainda não é um diag-
nóstico rotineiro e bem definido nos protocolos de avaliação cardio-
lógica, sendo seus mecanismos fisiopatológicos desconhecidos e
suas implicações clínicas subestimadas.
O teste ergométrico (TE) apresenta-se como uma metodologia bem
estabelecida no diagnóstico e estratificação de risco dos pacientes
com DAC.
Disponível em: <www.scielo.br/pdf/abc/v98n5/aop03012.pdf>
Acesso em: 17/05/2019.

Para se saber se um paciente apresenta incompetência cronotrópi-


ca, calcula-se um índice conhecido como índice cronotrópico, dado
por:
FC atingida – FC de repouso
Índice cronotrópico = = x100
FC máxima(220 – idade) – FC de repouso
Na equação acima, a frequência cardíaca máxima (FC máxima) é
dada pela diferença entre a constante 220 e a idade da pessoa, em
anos. Se uma pessoa apresenta um índice cronotrópico menor que
0,8 (80%) afirma-se que ela tem a incompetência cronotrópica.
Para os cálculos abaixo, se necessário, considere π = 3 e g = 10 m/s².
Uma pessoa, de 50 anos de idade, com FC de repouso igual a 70 ba-
timentos por minuto, ao realizar um teste de esteira, apresentou um
índice cronotrópico igual a 0,55. Pode-se afirmar que a frequência
cardíaca atingida pelo paciente é numericamente igual à frequência
a) de um motor cuja eixo de rotação apresenta uma velocidade an-
gular de 20 π rad/s.
b) de um pêndulo simples de comprimento 40 cm, que oscila com
pequena amplitude, em um plano vertical.
*c) de um bloco de massa 2,56 kg, preso a uma mola de constante
elástica 400 N/m, realizando um movimento harmônico simples, em
um plano horizontal liso.
d) do movimento do ponteiro dos segundos de um relógio.
e) de um disco circular de diâmetro 20 cm, no qual um ponto da
periferia se move com velocidade de 240 cm/s.
japizzirani@gmail.com 5
ONDULATÓRIA (IFSUL/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: A
Um observador percebe que uma torneira com defeito goteja num
introdução à ondulatória tanque com água a intervalos regulares de tempo. Ele conta 30 go-
tas a cada 15 s, portanto, a frequência das ondas circulares produzi-
das na superfície da água é igual a
VESTIBULARES 2019.1 *a) 2,0 Hz.
b) 20 Hz.
c) 10Hz.
(SENAI/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: D d) 0,50 Hz.
As ondas eletromagnéticas estão presentes em inúmeros equipa-
mentos eletroeletrônicos comuns nas casas sem que as pessoas se
deem conta disso. Essas ondas podem se propagar no vácuo e em (IF/TO-2019.1) - ALTERNATIVA: B
meios materiais, desde que não sejam materiais metálicos. As ondas eletromagnéticas são ondas que resultam da liberação
Num experimento de blindagem eletromagnética, um rádio, um tele- das fontes de energia elétrica e magnética em conjunto. Diferente-
fone celular e um telefone com fio foram envolvidos em papel alumí- mente das ondas mecânicas, as ondas eletromagnéticas não preci-
nio. Nessas condições, verificou-se interferência no funcionamento sam de um meio material para se propagar. Considere as seguintes
a) de todos os equipamentos. ondas: ultrassom, som, ondas de rádio, luz e micro-ondas. Sobre
b) do rádio e do telefone com fio, apenas. essas ondas, é correto afirmar que:
c) do telefone celular, apenas. a) Luz é onda eletromagnética e as outras são ondas mecânicas.
*d) do telefone celular e do rádio, apenas. *b) Todas são ondas eletromagnéticas, exceto som e ultrassom.
e) do telefone com fio, apenas. c) Luz e micro-ondas são ondas eletromagnéticas e as outras são
ondas mecânicas.
d) Som é onda mecânica e as outras são ondas eletromagnéticas.
(UNCAMP/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: B e) Todas são ondas eletromagnéticas.
A depilação a laser é um procedimento de eliminação dos pelos que
tem se tornado bastante popular na indústria de beleza e no mundo
dos esportes. O número de sessões do procedimento depende, en- (UFRGS/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: C
tre outros fatores, da coloração da pele, da área a ser tratada e da Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do
quantidade de pelos nessa área. enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.
Uma sessão de depilação a laser utiliza pulsos de alta potência e Na propagação de uma onda mecânica longitudinal, o meio é deslo-
curta duração. O tempo total da sessão depende da área tratada. cado ........ à direção de propagação, ........ ao transporte de energia.
Considere certa situação em que a luz do laser incide perpendicular- Nessa propagação, ........ transporte de matéria.
mente em uma área A = 2 mm2 com uma intensidade média igual a
I = 2,0 ×104 W/m2. A energia luminosa que incide nessa área durante a) paralelamente – perpendicular – ocorre
um intervalo de tempo Dt = 3 ms é igual a b) paralelamente – paralela – ocorre
*c) paralelamente – paralela – não ocorre
a) 1,3 ×10–1 J.
d) perpendicularmente – paralela – não ocorre
*b) 1,2 ×10–4 J. e) perpendicularmente – perpendicular – não ocorre
c) 3,0×107 J.
d) 3,0 ×10–13 J. (INATEL/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: 04 D e 05 E
Utilize o enunciado abaixo para as questões 04 e 05.
(CESUPA-2019.1) - ALTERNATIVA: C A figura abaixo mostra uma onda produzida em uma corda. Esta
Durante a ocorrência de uma descarga elétrica na atmosfera pode- onda propaga-se para a direita com velocidade de 10 m/s:
mos observar dois tipos de fenômenos ondulatórios: o relâmpago e
o trovão. No primeiro temos a propagação de uma onda eletromag-
nética e no segundo, a propagação de uma onda mecânica. Quanto
à natureza destas ondas, temos as afirmativas:
I - Na onda eletromagnética, o sentido de vibração dos campos
elétrico e magnético é transversal à direção de propagação;
II - Tanto a onda eletromagnética quanto a onda mecânica ne-
cessitam de um meio de propagação e possuem a mesma
velocidade;
III - Nos dois tipos de onda mencionados, a amplitude é definida QUESTÃO 04
como o máximo valor de um campo elétrico; De acordo com a figura, assinale a alternativa correta:
a) Esta onda é mecânica, longitudinal e tem amplitude de 1,0 m.
IV - Na onda sonora, o sentido da vibração mecânica se dá lon-
b) Esta onda é eletromagnética, longitudinal e tem amplitude de
gitudinalmente à direção de propagação.
0,5 m.
Estão corretas apenas as afirmações: c) Esta onda é eletromagnética, transversal e tem amplitude de
a) I, III e IV 1,0 m.
b) II e IV *d) Esta onda é mecânica, transversal e tem amplitude de 0,5 m.
*c) I e IV e) Esta onda é eletromagnética, transversal e tem amplitude de
d) I e III 0,5 m.
QUESTÃO 05
(IFSUL/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: A Com relação aos pontos A, B, C, D e E, assinale a alternativa falsa:
De acordo com a teoria ondulatória, analise as afirmações abaixo. a) O ponto A está se deslocando para cima.
b) O ponto B encontra-se em uma crista da onda.
I - A velocidade de onda emitida por uma fonte depende do c) O ponto C está se deslocando para baixo.
meio de propagação. d) O ponto D encontra-se em uma vale da onda.
II - Uma onda é uma perturbação que sempre necessita de um *e) O ponto E está se deslocando para cima.
meio material para se propagar.
III - O som é uma onda de natureza eletromagnética.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
*a) I.
b) II.
c) III.
d) I e III.
japizzirani@gmail.com 6
VESTIBULARES 2019.2 (SENAI/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: E
As ondas eletromagnéticas são ondas formadas pela combinação
dos campos magnético e elétrico que se propagam no espaço per-
(SENAI/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: D pendicularmente um em relação ao outro e na direção de propaga-
O texto abaixo se refere à questão 48. ção da energia.
As ondas mencionadas no texto a seguir têm diversos usos no mun- Fonte: Disponível em: <http://www.brasilescola.com/fisica/o-que-sao-ondas-eletro-
do moderno. magneticas.htm>. Acesso em: 20 fev. 2011.

Quando alguém, dentro do ônibus ou do carro, é obrigado a enfren- Avalie as afirmativas a seguir.
tar o trânsito de qualquer grande cidade, não imagina que acima de
sua cabeça outro meio de transporte também disputa um espaço I. Os raios infravermelhos são exemplos de ondas eletromagné-
cada vez mais concorrido. São as ondas eletromagnéticas de varia- ticas aplicadas em binóculos de visão noturna.
das intensidades, amplitudes e frequências, que vão e vêm carre- II. As ondas de rádio e de televisão são exemplos de ondas ele-
gando todo tipo de mensagens e imagens. Não se pode vê-las, mas tromagnéticas.
elas estão lá, assim como em toda parte ao redor do mundo. Essas
III. Os exames de raios x são exemplos da aplicação das ondas
ondas conseguem atravessar a ionosfera terrestre, a 100 mil metros
eletromagnéticas.
de altitude, e se propagar pelo Cosmo. (...)
Fonte: adaptado de: Disponível em: ˂http://super.abril.com.br/ciencia/ondas-eletro- Sobre o uso das ondas eletromagnéticas está correto o afirmado em
magneticas-congestionamentoinvisivel˃. Acesso em: 13 jan. 2017. a) I, apenas. d) II e III, apenas.
QUESTÃO 48 b) II, apenas. *e) I, II e III.
Assinale a alternativa que relaciona corretamente esse tipo de onda c) I e II, apenas.
ao seu respectivo uso.
a) As micro-ondas, utilizadas em aquecedores elétricos.
(SENAI/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: A
b) Os raios x, empregados em transmissões via satélite.
Para que uma onda sonora se propague é necessário um meio ma-
c) Os raios ultravioletas, utilizados em radiografias.
terial. Isso significa dizer que o som não se propaga
*d) Os raios gama, usados em técnicas de radioterapia.
*a) no vácuo.
e) O infravermelho, empregado em transmissões de rádio.
b) nos gases.
c) em materiais muito porosos.
(UNIFENAS/MG-2019.2) - ALTERNATIVA: E d) através do gás carbônico.
Ao dedilhar as cordas de um violão, surgem ondas estacionárias. e) em líquidos pouco densos.
Considere que a corda seja tracionada com uma força de 100 N e
que a densidade linear da corda seja de 10 gramas por metro. Qual
a velocidade da propagação da onda? (USF/SP-209.2) - ALTERNATIVA: B
A utilização da Física na Biologia e na Medicina não é nova, e vem
evoluído rapidamente. O emprego de aparelhos desenvolvidos ini-
cialmente para pesquisas físicas é fundamental para a obtenção de
informações mais precisas e completas nos mais diferentes diag-
nósticos médicos. Por exemplo, as ondas luminosas que formam os
feixes de laser são usadas nas importantes cirurgias de correção da
visão para as pessoas que têm miopia, hipermetropia e astigmatis-
mo. Atualmente há várias aplicações na área da medicina, o que
promoveu consistentes avanços em diversos campos da saúde.
Exames como a radiografia, tomografia, ecografia, ressonância
https://pt.wikihow.com/Afinar-um-Viol%C3%A3o magnética, além da radioterapia usada no tratamento do câncer são
alguns exemplos da utilização de ondas e, consequentemente, da
a) 10 m/s; d) 80 m/s; aplicação, na medicina, de uma área da física denominada Ondu-
b) 20 m/s; *e) 100 m/s. latória.
c) 60 m/s; Dentre os vários exames médicos nos quais se utilizam ondas para
promover a diagnose de algumas doenças, qual deles não se utiliza
de ondas de caráter transversal?
(ACAFE/SC-2019.2) - ALTERNATIVA: A
a) Tomografia.
Os sensores de estacionamento ultrassonográficos, utilizados em
*b) Ecografia.
automóveis, possuem receptores que são distribuídos em pontos
estratégicos do veículo para proporcionar o controle de vários ân- c) Raios X.
gulos. d) Ressonância magnética.
e) Radioterapia.

(IF/PE-2019.2) - ALTERNATIVA: B
Com relação aos fenômenos ondulatórios, analise as afirmativas
abaixo.
I. Uma onda consiste em qualquer perturbação que se propa-
ga através de um meio, transportando matéria na direção da
propagação.
II. Uma onda transversal é aquela em que as partículas do meio
Fonte: Disponível em: https://www.oficinadanet.com.br/tecnologia/22594-como-fun- vibram na mesma direção em que a onda se propaga.
ciona-o-sensor-de-estacionamento. [Adaptada]. Acesso em: 19 de abril de 2019.
Estes modelos de sensores funcionam por sinais sonoros impercep- III. A luz é um exemplo de onda eletromagnética e transversal.
tíveis ao ouvido humano. Os sinais são direcionados aos objetos, IV. As ondas sonoras são exemplos de ondas mecânicas e lon-
rebatidos e acabam sendo captados pelos sensores que passam a gitudinais.
informação das distâncias dos objetos até o veículo.
Com base no exposto, assinale, a alternativa correta. V. Quanto à sua natureza, as ondas podem ser classificadas
*a) As ondas emitidas pelo sensor de estacionamento tem frequên- como ondas mecânicas ou eletromagnéticas.
cia superior a 20 000 Hz.
Estão CORRETAS, apenas, as afirmativas
b) O funcionamento do sensor de estacionamento está baseado no
fenômeno da difração. a) I, II e V.
c) As ondas emitidas pelo sensor de estacionamento são eletromag- *b) III, IV e V.
néticas. c) II, III e IV.
d) As ondas emitidas pelo sensor de estacionamento não podem d) I, II e IV.
ser refratadas. e) I, III e V.
japizzirani@gmail.com 7
(UNIRG/TO-2019.2) - ALTERNATIVA: C
As ondas gravitacionais foram previstas por Albert Einstein em 1916
e detectadas em 2015, após a colisão de dois buracos negros. As
ondas gravitacionais são deformações do Espaço-Tempo causadas
pela aceleração de uma massa de grandes dimensões. Embora sua
origem seja diferente, a onda gravitacional possui algumas caracte-
rísticas comuns às ondas eletromagnéticas, tais como:
a) transportar massa e necessitar de um meio material para se pro-
pagar.
b) transportar massa e energia.
*c) transportar energia e se propagar no vácuo.
d) transportar quantidade de movimento e necessitar de um meio
material para se propagar.

japizzirani@gmail.com 8
ONDULATÓRIA (PUC/RJ-2019.1) - ALTERNATIVA: B
No espectro de luz visível, a luz laranja no vácuo tem um compri-
equação fundamental da ondulatória mento de onda típico de 600 nm (1 nm = 10–9 m).
Qual é a frequência da luz laranja, em Hz?
a) 1,8 ×1011
VESTIBULARES 2019.1 *b) 5,0 ×1014
Dado
15 Velocidade da luz
c) 2,0 ×10
(UNIFENAS/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: C 16
no vácuo = 3,00 ×108 m/s
d) 5,0 ×10
Considerando que a RÁDIO UNIFENAS, localizada em Alfenas,
e) 1,8 ×1020
transmita na frequência de 100 MHz e que a velocidade de propaga-
ção das ondas seja de 3 .108 m/s, determine, em função do compri-
mento de onda, l , o espaço percorrido pela onda em 1 milionésimo (PUC/RJ-2019.1) - ALTERNATIVA: B
de segundo. Uma onda senoidal se propaga em uma longa corda com velocidade
de 0,12 m/s, como mostrado na figura.
a) 1l .
b) 10 l .
*c) 100 l .
d) 1 000 l .
e) 10 000 l .

(VUNESP-UNICID-2019.1) - ALTERNATIVA: A
As antenas das emissoras de rádio emitem ondas eletromagnéticas
nas quais o som é codificado. Considerando a velocidade de propa-
gação das ondas eletromagnéticas no ar igual a 3,0 ×108 m/s, o pe-
ríodo das ondas emitidas por uma emissora de rádio que transmite
ondas de comprimento igual a 600 m é
*a) 2,0 ×10–6 s.
b) 5,0 ×10–6 s.
Considere as seguintes afirmações com relação a essa onda.
c) 5,0×10–4 s.
I. A amplitude da onda é 0,40 m.
d) 2,0 ×10–4 s.
II. A frequência da onda é 80 mHz.
e) 2,0 ×10–8 s.
III. O comprimento de onda da onda é 1,0 m.
Marque a única alternativa correta.
(UFPR-2019.1) - ALTERNATIVA OFICIAL: C a) Apenas a afirmação I é verdadeira.
O gráfico abaixo apresenta a frequência fv de uma onda sonora que *b) Apenas a afirmação II é verdadeira.
se propaga num dado meio em função do comprimento de onda l c) Apenas a afirmação III é verdadeira.
dessa onda nesse meio. d) As afirmações I e II são verdadeiras.
Com base nesse gráfico, assinale a alternativa que expressa cor- e) As afirmações II e III são verdadeiras.
retamente o módulo da velocidade do som v no meio considerado,
quando a frequência da onda sonora é de 25 Hz. (UNICAMP/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: A
a) v = 250 m/s. A depilação a laser é um procedimento de eliminação dos pelos que
b) v = 340 m/s. tem se tornado bastante popular na indústria de beleza e no mundo
*c) v = 750 m/s. dos esportes. O número de sessões do procedimento depende, en-
d) v = 1000 m/s. tre outros fatores, da coloração da pele, da área a ser tratada e da
e) v = 1500 m/s. quantidade de pelos nessa área.
Três tipos de laser comumente utilizados para depilação têm compri-
mentos de onda l1 ≈ 760 nm, l2 ≈ 800 nm e l3 ≈ 1 060 nm, respec-
(ENEM-2018) - ALTERNATIVA: A tivamente. Se a velocidade da luz vale c = 3,0 ×108 m/s, o laser de
A figura representa um prisma óptico, constituido de um material maior frequência tem uma frequência de aproximadamente
transparente, cujo índice de refração é crescente com a frequência
*a) 3,9 ×1014 Hz.
da luz que sobre ele incide. Um feixe luminoso, composto por luzes
vermelha, azul e verde, incide na face A, emerge na face B e, após b) 2,8 ×105 Hz.
ser refletido por um espelho, incide num filme para fotografia colori- c) 2,5 ×1015 Hz.
da, revelando três pontos. d) 3,7 ×1012 Hz .

(VUNESP-USCS/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: C
A figura representa as compressões e rarefações do ar, sucessivas
e periódicas, causadas por uma onda sonora que se propaga com
velocidade de 340 m/s.

Perfil
do
filme
Feixe
incidente

Observando os pontos luminosos revelados no filme, de baixo para (www.ib.usp.br. Adaptado.)


cima, constatam-se as seguintes cores:
Considerando que as distâncias entre dois máximos de compressão
*a) Vermelha, verde, azul.
consecutivos seja sempre igual a 85 cm, a frequência dessa onda
b) Verde, vermelha, azul. sonora é
c) Azul, verde, vermelha. a) 255 Hz. d) 425 Hz.
d) Verde, azul, vermelha. b) 289 Hz. e) 40 Hz.
e) Azul, vermelha, verde. *c) 400 Hz.
japizzirani@gmail.com 9
(UEPG/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 15 (01+02+04+08) (UFGD/MS-2019.1) - ALTERNATIVA: A
Onda é qualquer perturbação que se propaga em um meio. Ondula- As estações de rádio FM (Frequência Modulada) transmitem um si-
tória é a parte da Física que estuda esses fenômenos. Nesse âmbi- nal entre 87,5 e 108 megahertz de frequência, ou seja, esse tipo de
to, assinale o que for correto. onda eletromagnética, no vácuo, corresponde a ondas com compri-
01) Ondas mecânicas não se propagam no vácuo. mentos que estão entre
02) A velocidade de propagação de onda em uma corda depende da *a) 1 e 5 m.
densidade linear da corda. b) 5 e 10 m.
04) Para ondas de mesma natureza, em cada meio, o comprimento
c) 20 e 40 m.
de onda é inversamente proporcional à frequência.
08) Ondas longitudinais não sofrem o fenômeno da polarização. d) 15 e 20 m.
e) 100 e 200 m.

(CESUPA-2019.1) - ALTERNATIVA: B
O equipamento de ultrassom pode gerar ondas mecânicas com fre- (UECE-2019.1) - ALTERNATIVA: D
quências da ordem de 5 ×106 Hz. Utilizado na medicina, ele auxilia o A radiação X, com comprimentos de onda entre 0,01 nm a 10 nm,
diagnóstico médico ao permitir a visualização de formas e movimen- tem frequência menor do que a frequência
tos internos de órgãos do corpo humano. Supondo que a velocidade a) da radiação ultravioleta, cujos comprimentos de onda são na faixa
dessas ondas no tecido humano é aproximadamente 1 500 m/s, qual de 380×10–9 m a 10–9 m.
o comprimento de onda empregado pelo ultrassom? b) da radiação infravermelha, cujos comprimentos de onda são na
a) 2,5 mm; faixa de 700 nm a 50.000 nm.
*b) 0,3 mm; c) da radiação na faixa visível, cujos comprimentos de onda são na
c) 30 mm; faixa de 400 nm a 750 nm.
d) 2,5 m. *d) da radiação gama, cujos comprimentos de onda são na faixa de
10–12 m a 10–14 m.

(ENEM-2018) - ALTERNATIVA: C
O sonorizador é um dispositivo físico implantado sobre a superfí- (MACKENZIE/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: C
cie de uma rodovia de modo que provoque uma trepidação e ruído O gráfico a seguir representa uma onda sonora que se propaga com
quando da passagem de um veículo sobre ele, alertando para uma uma velocidade de 340 m/s.
situação atípica à frente, como obras, pedágios ou travessia de pe-
destres. Ao passar sobre os sonorizadores, a suspensão do veículo
sofre vibrações que produzem ondas sonoras, resultando em um
barulho peculiar. Considere um veículo que passe com velocidade
constante igual a 108 km/h sobre um sonorizador cujas faixas são
separadas por uma distância de 8cm.
Disponível em: www.denatran.gov.br. Acesso em: 2 set. 2015 (adaptado).
A frequência da vibração do automóvel percebida pelo condutor du-
rante a passagem nesse sonorizador é mais próxima de
a) 8,6 hertz. Sabendo que o ser humano, em média, consegue ouvir sons de fre-
b) 13,5 hertz. quência em um espectro de 20 Hz até 20000 Hz, esta onda sonora
*c) 375 hertz. a) não pode ser ouvida pelo ser humano, pois apresenta frequência
d) 1 350 hertz. igual a 34 000 Hz.
e) 4 860 hertz. b) não pode ser ouvida pelo ser humano, pois apresenta frequência
igual a 22 000 Hz.
(FPS/PE-2019.1) - ALTERNATIVA: E *c) pode ser ouvida pelo ser humano, pois apresenta frequência de
Um feixe de luz monocromática verde, de comprimento de onda aproximadamente 11 300 Hz.
igual a 550 nm, se propaga no vácuo, com velocidade igual a c. d) pode ser ouvida pelo ser humano, pois apresenta frequência de
O feixe incide sobre uma superfície de vidro onde sua velocidade aproximadamente 113 Hz.
passa a ser 0,8 c. Calcule o comprimento de onda deste feixe de luz e) pode ser ouvida pelo ser humano, pois apresenta frequência igual
dentro do vidro. Dê sua reposta em nm. Dado: 1nm = 10 –9 m. a 340 Hz.
a) 400 nm
b) 520 nm (UEPG/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02)
c) 480 nm O gráfico a seguir representa a configuração de uma onda trans-
d) 550 nm versal que se propaga com uma velocidade de 0,4 m/s numa corda
*e) 440 nm tensionada. A partir do gráfico, assinale o que for correto.

(UFJF/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: D
Uma emissora de rádio FM emite ondas eletromagnéticas com com-
primento de onda de 3 m. Considerando a velocidade das ondas
eletromagnéticas na atmosfera igual a 300 000 km/s, a frequência
dessa emissora é de:
a) 87 MHz
b) 90 MHz
c) 93 MHz
*d) 100 MHz
e) 110 MHz

(SENAI/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: A
Em um dia de mar calmo, um pescador estava com seu barco pa-
rado, em relação à areia da praia, e observou que, quando uma 01) A amplitude da onda é 10 –1m.
onda tocava a popa do barco, a onda imediatamente anterior saía 02) A frequência da onda é 100 Hz.
pela proa. Sabendo que o barco tinha 2,5 m de comprimento, qual a 04) O período da onda é 1 s.
frequência, em hertz, com que o pescador é levado para cima pela 08) A equação da onda pode ser expressa por

( )
onda, se a velocidade das ondas era de 1,8 km/h? x t
*a) 0,20. d) 2,59. y = 1 cos p + .
10 100 250
b) 0,72. e) 3,98. 16) Uma onda transversal se propagando numa corda transporta
c) 2,00. matéria e energia durante o seu movimento.
japizzirani@gmail.com 10
(VUNESP-FAMERP/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: E (UNIFOR/CE-2019.2) - ALTERNATIVA: C
A figura representa, na mesma escala, duas ondas sonoras que se A Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel) concluiu em
propagam no ar. abril o modelo de como será a licitação do 5G, a tecnologia que
promete revolucionar as conexões. Ela definiu quais serão as ban-
das ofertadas no processo, que deve ocorrer em março de 2020. As
bandas (ou faixas de frequência) funcionam como grandes avenidas
aéreas pelas quais trafegam dados de internet através de ondas
eletromagnéticas. Segundo o superintendente da Anatel, as faixas
definidas para o leilão da quinta geração de banda larga móvel são
as seguintes:
Faixa 1: 700 Mhz;
Faixa 2: 2.3 Ghz;
(https://lusoacademia.org. Adaptado.)
Faixa 3: 3.5 Ghz;
Com relação a essas ondas, pode-se afirmar que apresentam Faixa 4: 26 Ghz;
a) o mesmo período e a mesma velocidade de propagação.
Disponível em: https://noticias.uol.com.br Acesso em: 08 abr, 2019 (adaptado)
b) a mesma amplitude e a mesma frequência.
c) o mesmo comprimento de onda e o mesmo período. O comprimento de uma onda tem relação inversa com a sua fre-
d) a mesma frequência e o mesmo comprimento de onda. quência, dada pela equação fundamental da ondulatória por ν = λƒ
*e) a mesma velocidade de propagação e a mesma amplitude. em que ν é a velocidade, λ é o comprimento da onda e ƒ é a fre-
quência. Uma vez que toda as ondas eletromagnéticas viajam com
(IF/PE-2019.1) - ALTERNATIVA: E a mesma velocidade no vácuo, é correto afirmar que
Uma onda gerada em uma corda oscila com frequência 40 Hz. O a) o comprimento das ondas na faixa 1 é menor que o comprimento
gráfico mostra a corda em determinado instante. das ondas na faixa 2.
b) o comprimento das ondas na faixa 2 é igual ao das ondas da faixa
3, pois estão muito próximas.
*c) o comprimento das ondas na faixa 4 é menor do que nas outras
faixas citadas.
d) o comprimento das ondas na faixa 4 é quase oito vezes maior que
o das ondas da faixa 3.
e) o comprimento das ondas aumenta conforme aumenta a fre-
quência.

(IFF/RJ-2019.2) - ALTERNATIVA: E
Os chamados RFID, acrônimo para Radio-Frequency Identifica-
Sobre a propagação da onda, analise as afirmações a seguir.
tion, são dispositivos eletrônicos de emissão e recepção de sinal
eletromagnético capazes de acionar mecanismos como portões
I - A amplitude de oscilação da onda é 10 cm.
eletrônicos, alarmes de carro e mecanismos de identificação, como
II - O comprimento de onda da onda referida é 80 cm. etiquetas. Estes consistem em emissores de Rádio Frequência pa-
dronizados na faixa de frequência de 30 kHz até a faixa de micro-on-
III - A velocidade de propagação da onda na corda vale 32 m/s.
das (frequências maiores que 1 GHz). Um padrão de RFID muito
IV - O período de oscilação da onda é 40 s. comum é o que utiliza frequências de 433 MHz. Considerando o
V - Tal propagação de onda em uma corda é um exemplo de padrão de frequência de RFID de 433 MHz, a velocidade da luz pro-
onda eletromagnética. pagando-se no ar a 300 000 000 m/s, podemos afirmar que o com-
primento desta onda eletromagnética é de
Assinale a alternativa que classifica CORRETAMENTE as afirma- cerca de
ções quanto a verdadeiras ou falsas na sequência apresentada. a) 29 cm d) 59 cm
a) V - F - F - V - V b) 39 cm *e) 69 cm
b) F - F - V - V - F c) 49 cm
c) V - F - F - F - V
d) V - V - V - F - F (ETEC/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: B
*e) F - V - V - F – F Os morcegos não enxergam muito bem, entretanto, são mamí-
feros capazes de ouvir sons cujas frequências vão de 1 000 Hz a
120 000 Hz. O maior comprimento de onda das ondas sonoras audí-
VESTIBULARES 2019.2 veis por morcegos é de
a) 0,12 m. Lembre-se de que v = λ ∙ f, em que:
• v é a velocidade de propagação do
*b) 0,34 m. som no ar, de valor 340 m/s;
(VUNESP-USCS/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: B
Analise a tabela que apresenta as faixas de frequência das ondas c) 1,2 m. • λ é o comprimento de onda, em m;
sonoras emitidas por alguns instrumentos de corda. d) 120 m. • f é a frequência da onda, em Hz.
e) 350 m.
Instrumento Faixa de frequência emitida (Hz)
Contrabaixo 45 a 250 (UNIGRANRIO/RJ-2019.2) - ALTERNATIVA: C
Harpa 200 a 3 500 A figura abaixo representa uma onda que oscila com frequência de
300 Hz.
Piano 30 a 4 100 y (cm)
Violino 30 a 2 200 2
(Emico Okuno. Física para ciências biológicas e biomédicas, 1982. Adaptado.)
1
Considerando que as ondas sonoras se propagam no ar com ve- 0 10 20
locidade de 340 m/s, entre os instrumentos listados na tabela, os 5 15 x (cm)
capazes de emitir uma onda sonora com comprimento de onda no −1
ar igual a 10 m são −2
a) a harpa e o piano.
Marque a opção que indica corretamente a velocidade com que essa
*b) o piano e o violino.
onda se propaga.
c) a harpa, o piano e o violino. a) 20 m/s d) 120 m/s
d) o contrabaixo e o violino. b) 50 m/s e) 150 m/s
e) o contrabaixo, a harpa e o piano. *c) 60 m/s
japizzirani@gmail.com 11
(UCB/DF-2019.2) - ALTERNATIVA: D
As ondas de rádio emitidas pelo primeiro buraco negro a ter uma
imagem formada por cientistas da Terra foram obtidas com apro-
ximadamente 200 GHz. Admitindo-se a velocidade da luz com
3,0 .108 m/s, assinale a alternativa que indica o valor do tamanho das
ondas captadas.
a) 6,7 mm
b) 0,67 mm
c) 6,0 mm
*d) 1,5 mm
e) 2,0 mm

japizzirani@gmail.com 12
ONDULATÓRIA (VUNESP-UEA/AM-2019.1) - ALTERNATIVA: C
Um barco está atracado em uma das margens de um rio e de dentro
fenômenos ondulatórios dele um garoto bate com uma haste na água, produzindo ondas pla-
nas que se propagam na superfície do rio. O leito desse rio apresen-
ta duas regiões com profundidades diferentes, h1 e h2, e, quando
VESTIBULARES 2019.1 uma onda refrata de uma região para outra, seu comprimento de
onda se altera de λ1 para λ2 .
(FGV/RJ-2019.1) - ALTERNATIVA: E
Um feixe de luz vermelha de frequência 4,0 ×1014 Hz se propaga
no ar e incide em uma placa de vidro de índice de refração igual a
1,5. Os valores do comprimento de onda e da frequência da luz, no
interior da placa, são, respectivamente,
a) 7,5 ×10–7 m e 4,0 ×1014 Hz.
b) 3,3 ×10–7 m e 6,0 ×1014 Hz.
c) 5,0×10–7 m e 2,6 ×1014 Hz.
d) 7,5 ×10–7 m e 2,6 ×1014 Hz.
*e) 5,0 ×10–7 m e 4,0×1014 Hz.
Considere a velocidade da luz no ar igual a 3 ×108 m/s.
Considerando que a velocidade de propagação de uma onda na su-
perfície de um líquido de profundidade h pode ser calculada com a
(VUNESP-StaCASA/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: C expressão v = g.h , onde g é a aceleração da gravidade local, a
Um tubo cilíndrico está totalmente cheio de água e tem uma torneira λ1
fechada em sua parte inferior. Quando a torneira é aberta, a água razão é igual a
λ2
escoa, fazendo com que seu nível, dentro do cilindro, abaixe com
uma velocidade constante de 1 cm/s. Um diapasão de frequência h1
a)
440 Hz é colocado para vibrar próximo à extremidade superior do h2
cilindro e a torneira é aberta.
h1 . h2
b)
h1

*c)
h1
h2

h2
d)
h1

Sabendo que a velocidade de propagação do som no ar dentro do h2


e)
tubo cilíndrico é 352 m/s, o intervalo de tempo necessário para que h1
sejam produzidas, dentro desse tubo, ondas sonoras estacionárias
com frequência igual à do modo fundamental de ressonância é de
(ITA/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: C
a) 15 s. d) 10 s.
Em férias no litoral, um estudante faz para um colega as seguintes
b) 25 s. e) 30 s. observações:
*c) 20 s.
I. A luz solar consiste de uma onda eletromagnética transver-
sal, não polarizada e policromática.
(IFN/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: A
II. A partir de um certo horário, toda a luz solar que incide sobre
Um modelo teórico para se estudar o fenômeno de refração, pro-
o mar sofre reflexão total.
posto por Huygens, no final do século XVII, está esquematizado na
Figura 06: III. A brisa marítima é decorrente da diferença entre o calor es-
FIGURA 06 pecífico da areia e o da água do mar.
A respeito dessas observações, é correto afirmar que
a) todas são verdadeiras.
b) apenas I é falsa.
*c) apenas II é falsa.
d) apenas III é falsa.
e) há mais de uma observação falsa.

(UEM/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 12 (04+08)


Considere uma corda tensionada horizontalmente, com a extremi-
dade final fixa em uma parede. O comprimento da corda é de 12 m,
a densidade linear dos 8 m iniciais é 0,06 kg/m e a do restante da
corda é 0,08 kg/m. Com um movimento vertical na extremidade livre,
(Disponível em: <http://upload.wikimedia.org.>Acesso em: 01/10/2018.) forma-se uma onda na corda.
Quanto à proposição de Huygens, é correto afirmar que: Com base nessas informações, assinale o que for correto.
*a) para um dado par de meios, esse modelo prevê que a razão 01) Essa onda é longitudinal.
entre os senos dos ângulos de incidência e de refração é constante. 02) A massa da parte menos densa da corda corresponde a 70% da
b) tal modelo fundamenta-se na concepção corpuscular para a na- massa total da corda.
tureza da luz, ou seja, na hipótese de que a luz é formada de par- 04) Se, por mudança do movimento na extremidade livre, o período
tículas. da onda aumentar em 25%, então a frequência diminuirá em 20%.
c) o comprimento de onda da luz, nos fenômenos refrativos, é dire- 08) A frequência da onda não se altera quando ela atravessa da
tamente proporcional ao índice de refração do meio em que ela se parte menos densa para a parte mais densa da corda.
propaga. 16) Considerando somente a parte menos densa da corda, se a ve-
d) esse modelo somente se aplica à refração de vibrações longitudi- locidade da onda não se altera e a frequência dobra, então o com-
nais, em meios materiais e para pequenos comprimentos de onda. primento da onda também dobra.
japizzirani@gmail.com 13
(UEPG/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 15 (01+02+04+08) (IFSUL/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: B
Onda é qualquer perturbação que se propaga em um meio. Ondula- Uma onda propaga-se em um meio A com uma velocidade de
tória é a parte da Física que estuda esses fenômenos. Nesse âmbi- 100 m/s e um comprimento de onda igual a 50 cm. A partir de um
to, assinale o que for correto. certo instante, a onda passa a se propagar em um meio B com uma
01) Ondas mecânicas não se propagam no vácuo. velocidade de 150 m/s.
02) A velocidade de propagação de onda em uma corda depende da É correto afirmar que o comprimento de onda no meio B é igual a
densidade linear da corda. a) 150 cm.
04) Para ondas de mesma natureza, em cada meio, o comprimento *b) 75 cm.
de onda é inversamente proporcional à frequência. c) 100 cm.
08) Ondas longitudinais não sofrem o fenômeno da polarização.
d) 50 cm.

(FPS/PE-2019.1) - ALTERNATIVA: E
(IFSUL/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: B
Um feixe de luz monocromática verde, de comprimento de onda
Uma pessoa pega o fundo de uma garrafa de vidro transparente que
igual a 550 nm, se propaga no vácuo, com velocidade igual a c.
está quebrada e, através da base da garrafa, observa as coisas a
O feixe incide sobre uma superfície de vidro onde sua velocidade
sua volta, percebendo que elas parecem menores. A mudança no
passa a ser 0,8 c. Calcule o comprimento de onda deste feixe de luz
tamanho das imagens, devido aos raios de luz que passam pelo
dentro do vidro. Dê sua reposta em nm. Dado: 1nm = 10 –9 m. fundo dessa garrafa, permite concluir que eles sofrem
a) 400 nm
a) polarização.
b) 520 nm
*b)refração.
c) 480 nm
d) 550 nm c) uma diminuição na sua frequência.
*e) 440 nm d) o fenômeno de reflexão total ao passar do ar para o vidro.

(UFJF/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: B (UFRGS/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: D


A temperatura das estrelas distantes pode ser aferida através do es- Considere as afirmações abaixo, sobre o fenômeno da difração.
pectro de radiação eletromagnética que elas emitem. Isto é, aqui na I – A difração é um fenômeno ondulatório que ocorre
Terra existem aparelhos, chamados “espectrógrafos”, que analisam apenas com ondas sonoras.
o tipo de radiação que uma determinada estrela emite. A partir dessa
análise, é possível estimar a temperatura da estrela e também as II – A difração que ocorre quando uma onda atravessa
substâncias das quais ela é feita. Sabendo-se que, em observações uma fenda é tanto mais acentuada quanto menor
da Terra, vemos o Sol com coloração amarelada, a estrela Betelgeu- for a largura da fenda.
se com coloração avermelhada e a estrela Mintaka com coloração III – A difração que ocorre quando uma onda atravessa
azulada, a alternativa correta que coloca as estrelas em ordem cres- uma fenda é tanto mais acentuada quanto maior for
cente de temperatura é: o comprimento de onda da onda.
a) Mintaka, Sol, Betelgeuse.
Quais estão corretas?
*b) Betelgeuse, Sol, Mintaka.
a) Apenas I.
c) Mintaka, Betelgeuse, Sol.
d) Betelgeuse, Mintaka, Sol. b) Apenas II.
e) Sol, Betelgeuse, Mintaka. c) Apenas I e III.
*d) Apenas II e III.
e) I, II e III.
(UNITINS/TO-20-19.1) - ALTERNATIVA: B
Um feixe de luz de frequência igual a 12,0 .1012 Hz propaga-se em
um meio A, a uma velocidade de 3,0 .106 m/s. Ao passar a propagar (UNICAMP/SP-2019.1) - RESPOSTA NO FINAL DA QUESTÃO
em um meio 2, sua velocidade será de 1,5 .106 m/s. De posse des- A separação da radiação luminosa nos diferentes comprimentos de
sas informações, Julgue as proposições a seguir. onda é usualmente feita pelo emprego de uma grade de difração ou
de um prisma. Quando um feixe luminoso incide numa das faces de
I - O comprimento de onda da Luz incidente é igual a 2,5 .10 –7 m.
um prisma, parte dele é refletida, e outra parte é refratada. Conside-
II - A frequência da luz refratada será 6,0 .1012 Hz. re que o feixe luminoso, composto das cores azul e vermelha, incide
na face do prisma conforme mostra a figura B.
III - O comprimento de onda da luz refratada será 12,5 .10 –8 m.

a) Somente I está correta.


*b) Somente I e III estão corretas.
c) Somente III está correta.
d) Somente I e II estão corretas.
e) Somente II e III estão corretas.

(UEPG/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 27 (01+02+08+16)


Um feixe de luz monocromático, com um comprimento de onda igual
a 500 nm, incide do ar sobre uma placa de vidro da lateral de um
aquário. Sabendo que o feixe de luz faz um ângulo de 30° com a Trace os raios refletidos e os raios refratados na primeira face do
normal à interface ar/vidro, assinale o que for correto. prisma, lebrando que o índice de refração depende do comprimento
Dados: nar = 1 de onda.
nvidro = 1,5 RESPOSTA UNICAMP/SP-2019.1:
nágua = 1,3
c = 3×108 m/s
01) O raio de luz se propaga na água em uma direção que faz um
ângulo menor do que 30° com a normal à interface vidro/água.
02) A velocidade de propagação da luz no vidro é menor do que a
velocidade de propagação na água.
04) O comprimento de onda da luz no vidro e na água é o mesmo
do que no ar.
08) Se o feixe de luz incidir perpendicularmente à placa de vidro, ele
não sofrerá desvio em nenhum dos meios.
16) A frequência das ondas eletromagnéticas que correspondem ao
feixe de luz em questão é 6 ×1014Hz.
japizzirani@gmail.com 14
(IFF/RJ-2019.1) - ALTERNATIVA: D (UFLA/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: A
“Quando os astrônomos pela primeira vez espreitaram o cosmo à A figura abaixo é uma representação esquemática de um pulso de
luz de micro-ondas, logo perceberam ter encontrado uma janela onda mecânica em duas cordas idênticas e homogêneas, que se
para observar a fase inicial do Universo. Afinal, a radiação cósmica deslocam no sentido indicado pelas setas:
de fundo - brilho nebuloso do Big Bang lançado quando o Universo
tinha apenas 380 mil anos - permitiu aos cientistas responder per-
guntas fundamentais sobre nossa origem. Mas a luz de micro-ondas
também nos aproximou de um intrigante mistério. Em 1990 astrôno-
mos notaram um exesso inexplicável de micro-ondas emanando da
nossa galáxia. Por mais de 20 anos, essa chamada emissão anô-
mola de micro-ondas permaneceu um enigma - até hoje. Um novo
estudo publicado na revista Nature Astronomy surege que nano-dia-
mantes giratórios podem ser os culpados.”
Disponível em: https://www2.uol.com.br/sciam/noticias/poeira_de_diamante_
que_paira_no_espaco_pode_resolver_misterio_de_20_anos.html.
Acesso em: 03 set. 2018.

Sobre as ondas eletromagnéticas na região micro-ondas, marque a No caso I, da esquerda, a corda está fixa a uma parede e, no caso
alternativa INCORRETA. II, da direita, a corda está livre para deslizar para cima e para baixo
a) Ao vir do espaço e entrar na nossa atmosfera a radiação mantém no tubo. Assinale a alternativa que representa os pulsos refletidos
a sua frequência inalterada. nos casos I e II.

b) As ondas de micro-ondas mudam a sua velocidade e seu compri-


mento de onda ao penetrar na água. *a)
c) As ondas de micro-ondas se propagam no espaço com a veloci-
dade da luz.
*d) As ondas de micro-ondas não fazem parte do espectro eletro-
magnético.
e) A radiação de micro-ondas tem menos energia que a radiação UV.

(IFSUL/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: D
De acordo com a física nas questões que envolvem termologia, óp-
tica e ondas, analise as afirmativas abaixo.
I - A temperatura de um corpo aumenta sempre que ele recebe
calor.
II - A imagem fornecida por um espelho convexo de um objeto
real é sempre virtual e menor que o objeto. b)
III - As ondas sonoras que se propagam no ar não podem sofrer
o fenômeno de polarização.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
a) I.
b) II.
c) III.
*d) II e III.

(ENEM-2018) - ALTERNATIVA: A
A figura representa um prisma óptico, constituido de um material
transparente, cujo índice de refração é crescente com a frequência
da luz que sobre ele incide. Um feixe luminoso, composto por luzes c)
vermelha, azul e verde, incide na face A, emerge na face B e, após
ser refletido por um espelho, incide num filme para fotografia colori-
da, revelando três pontos.

Perfil
do
filme
Feixe
d)
incidente

Observando os pontos luminosos revelados no filme, de baixo para


cima, constatam-se as seguintes cores:
*a) Vermelha, verde, azul.
b) Verde, vermelha, azul.
c) Azul, verde, vermelha.
d) Verde, azul, vermelha.
e) Azul, vermelha, verde.
japizzirani@gmail.com 15
(UFPR-2019.1) - RESPOSTA: f = 2,0×1014 Hz (UNIRG/TO-2019.2) - ALTERNATIVA: C
O gráfico abaixo apresenta o comportamento do índice de refração Quando um estreito feixe de luz branca, como, por exemplo, a luz
n de um dado material em função do comprimento de onda l da solar, incide sobre um prisma de vidro, a luz se refrata dando origem
radiação que se propaga por ele, para uma certa faixa de compri- a um feixe colorido, no qual se podem perceber as seguintes cores:
mentos de onda. vermelho, alaranjado, amarelo, verde, azul, anil e violeta.

Com base nesse gráfico, determine a frequência f da radiação de


comprimento de onda l = 500 nm.
Essa dispersão ocorre porque cada cor que forma a luz branca, ao
passar de um meio para outro, sofre um desvio diferente, ocorrendo,
para cada cor, mudança
a) somente de sua velocidade.
b) de sua velocidade e de sua frequência.
VESTIBULARES 2019.2 *c) de sua velocidade e de seu comprimento de onda.
d) somente de sua frequência.
(PUC/PR-2019.2) - ALTERNATIVA: E
Considere um feixe de luz monocromática que sofre reflexão num (UEPG/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02)
espelho plano, retornando ao meio de origem. Em relação às ca- A óptica é um ramo do eletromagnetismo que trata das radiações
racterísticas da luz do feixe incidente e do refletido, é CORRETO eletromagnéticas com frequência na faixa do visível. Em relação às
afirmar que eles pos-suem iguais propriedades e fenômenos relacionados com a luz visível, assinale
a) velocidades de propagação e frequências, e diferentes compri- o que for correto.
mentos de onda. 01) O efeito da dispersão da luz branca, ao passar através de um
b) velocidades de propagação e comprimentos de onda, e diferentes prisma de vidro, está relacionado com o fato de que o desvio do raio
frequências. de luz, nas interfaces ar – vidro e vidro – ar, depende da frequência
c) frequências e comprimentos de onda, e diferentes velocidades de da onda eletromagnética envolvida.
propagação. 02) O efeito Doppler, sendo um efeito relacionado com propagações
d) frequências e diferentes velocidades de propagação e compri- ondulatórias, somente poderá ser observado quando há movimento
mentos de onda. relativo entre uma fonte luminosa e um observador.
*e) velocidades de propagação, frequências e comprimentos de 04) A luz pode ser considerada uma onda mecânica, pois ela precisa
onda. de um meio material, no caso o éter, para se propagar.
08) Se um objeto, ao ser iluminado com luz branca, é visto como ne-
(SENAI/SP-209.2) - ALTERNATIVA: D gro por um observador, isso se deve necessariamente ao efeito de
Existem resultados de estudos alertando que o uso de equipamen- interferência destrutiva das ondas luminosas refletidas pelo objeto.
tos para bronzeamento artificial com finalidade estética aumenta o
risco do aparecimento de câncer de pele. Esses equipamentos esti- (UNIVESP-2019.2) - ALTERNATIVA: D
mulam a produção de melanina por meio de tecnologia de emissão Numa bonita tarde de outono e com o céu limpo de nuvens, é pos-
de radiação sível ver uma das belas cenas da Natureza: o nascer, ou o por, do
a) correspondente à luz visível. *d) ultravioleta. Sol ou da Lua cheia. A beleza se dá porque, nesse instante, o “ta-
b) de baixa frequência. e) não ionizante. manho“ avistado do Sol ou da Lua está consideravelmente amplia-
c) infravermelha. do. É comum algumas pessoas acharem que isso ocorre por esses
astros estarem mais próximos da Terra. Entretanto, essa percepção
é equivocada.
(ACAFE/SC-2019.2) - ALTERNATIVA: A Tendo como base a cena descrita, o correto é afirmar que
Os sensores de estacionamento ultrassonográficos, utilizados em a) isso só é possível por acontecer no ponto cardeal Leste.
automóveis, possuem receptores que são distribuídos em pontos b) a dispersão luminosa está presente devido à natureza da luz re-
estratégicos do veículo para proporcionar o controle de vários ân- fletida da Lua e emitida pelo Sol.
gulos. c) o “tamanho” real do Sol e da Lua é semelhante e isso faz com que
seja possível essa imagem.
*d) isso é possível graças ao fenômeno da refração da luz ao passar
pelas diferentes camadas da atmosfera.
e) o fenômeno da difração das ondas eletromagnéticas, causada
pelo espaçamento entre as partículas atmosféricas, justifica tal apa-
rência.

(UEPG/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 20 (04+16)


Em relação às ondas sonoras e suas propriedades, assinale o que
Fonte: Disponível em: https://www.oficinadanet.com.br/tecnologia/22594-como-fun- for correto.
ciona-o-sensor-de-estacionamento. [Adaptada]. Acesso em: 19 de abril de 2019. 01) Ondas sonoras são ondas longitudinais que se propagam ape-
Estes modelos de sensores funcionam por sinais sonoros impercep- nas no ar.
tíveis ao ouvido humano. Os sinais são direcionados aos objetos, 02) As ondas sonoras, utilizadas em aparelhos de ultras-som, geral-
rebatidos e acabam sendo captados pelos sensores que passam a mente possuem frequência da ordem de 16 Hz.
informação das distâncias dos objetos até o veículo. 04) Uma ambulância, com a sirene ligada, aproxima-se de um ob-
Com base no exposto, assinale, a alternativa correta. servador em repouso. Se a velocidade da ambulância é 108 km/h,
*a) As ondas emitidas pelo sensor de estacionamento tem frequên- a frequência do som que o observador ouve é 10% maior do que a
cia superior a 20 000 Hz. frequência real do som emitido pela ambulância. Considere que a
b) O funcionamento do sensor de estacionamento está baseado no velocidade do som no ar seja 330 m/s
fenômeno da difração. 08) O som, pelo fato de ser uma onda longitudinal, não sofre difra-
c) As ondas emitidas pelo sensor de estacionamento são eletromag- ção.
néticas. 16) Sabendo que a intensidade do som emitido por um alto falante, a
d) As ondas emitidas pelo sensor de estacionamento não podem 1 m de distância, é 10 –8 W/m2, pode-mos afirmar que, nesse ponto,
ser refratadas. seu nível sonoro é 40 dB.
japizzirani@gmail.com 16
(PUC-CAMPINAS/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: E
As ondas sonoras são ondas de natureza mecânica e, portanto, ne-
cessitam de um meio material para se propagarem. Ao passarem de
um meio para outro, pode ocorrer variação na velocidade de propa-
gação dessas ondas, caracterizando o fenômeno da refração.
Se, ao mudar de meio de propagação, a velocidade de uma onda
aumentar,
a) o seu período diminui.
b) o seu período aumenta.
c) a sua frequência diminui.
d) o seu comprimento de onda diminui.
*e) o seu comprimento de onda aumenta.

(UEM/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02)


Em relação ao fenômeno da refração e ao conceito de índice de
refração, assinale o que for correto.
01) O índice de refração de um certo meio é um número adimensio-
nal que representa quantas vezes um raio de luz se propaga mais
rapidamente no vácuo do que nesse meio.
02) O índice de refração de um certo meio material depende da fre-
quência da luz que o atravessa.
04) Não ocorre refração na incidência perpendicular de um raio de
luz sobre uma superfície que permite sua passagem, pois o raio de
luz incidente não sofre desvio.
08) Raios infravermelhos não sofrem refração.
16) Não há explicação para o fenômeno da refração levando-se em
conta o modelo ondulatório da luz.

(UEM/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 15 (01+02+04+08)


Um forno de micro-ondas é utilizado para aquecer alimentos que
contêm água em sua composição. Quando as moléculas de água
entram em ressonância com as micro-ondas (frequência de apro-
ximadamente 2,5 GHz), essas moléculas passam a vibrar intensa-
mente. Em relação aos princípios físicos envolvidos durante o fun-
cionamento desse eletrodoméstico, assinale o que for correto.
01) A temperatura dos alimentos aumenta porque suas moléculas,
em contato com as moléculas de água neles contidas, também pas-
sam a vibrar mais intensamente.
02) Quando uma frequência natural de vibração das moléculas de
água é igual à frequência das micro-ondas, ocorre ressonância.
04) As excitações periódicas com frequência de 2,5 GHz têm perío-
do igual a 0,4 ns.
08) As ondas eletromagnéticas com frequência de 2,5 GHz apresen-
tam um comprimento de onda de 12 cm no vácuo.
16) Micro-ondas são ondas eletromagnéticas que apresentam fre-
quências maiores do que as frequências da faixa da luz visível.

japizzirani@gmail.com 17
ONDULATÓRIA (ENEM-2018) - ALTERNATIVA: E
Nos manuais de instalação de equipamentos de som há o alerta
interferência de ondas aos usuários para que observem a correta polaridade dos fios ao
realizarem as conexões das caixas de som. As figuras ilustram o
esquema de conexão das caixas de som de um equipamento de
VESTIBULARES 2019.1 som mono, no qual os alto-falantes emitem as mesmas ondas. No
primeiro caso, a ligação obedece às especificações do fabricante e
no segundo mostra uma ligação na qual a polaridade está invertida.
(VUNESP-UEA/2019.1) - ALTERNATIVA: A
Dois pulsos são gerados, simultaneamente, nas extremidades de
uma corda homogênea, que é mantida rígida e em posição hori-
zontal.
A figura mostra os dois pulsos no momento inicial de sua geração.
Os pulsos estão representados sobre uma malha quadriculada de
lado d, em metros.

Um pulso nessa corda demora 1 segundo para avançar a distância


d. Assinale a alternativa que representa a interferência dos pulsos na
corda após 3 segundos.

*a)

O que ocorre com os alto-falantes E e D se forem conectados de


acordo com o segundo esquema?
b) a) O alto-falante E funciona normalmente e o D entra em curto-cir-
cuito e não emite som.
b) O alto-falante E emite ondas sonoras com frequências ligeiramen-
te diferentes do alto-falante D provocando o fenômeno de batimento.
c) O alto-falante E emite ondas sonoras com frequências e fases di-
ferentes do alto-falante D provocando o fenômeno conhecido como
ruído.
d) O alto-falante E emite ondas sonoras que apresentam um lapso
de tempo em relação às emitidas pelo altofalante D provocando o
fenômeno de reverberação.
c) *e) O alto-falante E emite ondas sonoras em oposição de fase às
emitidas pelo alto-falante D provocando o fenômeno de interferência
destrutiva nos pontos equidistantes aos alto-falantes.

(PUC/SP-2019.1) - ALTERNATIVA OFICIAL: B


Uma corda inextensível e homogênea, de comprimento igual a
100 cm e massa igual a 50g, tem um de seus extremos conectado
a uma mola ideal disposta verticalmente. O outro extremo da corda
está preso a um corpo metálico de massa m, suspenso verticalmen-
te, conforme indicado na figura abaixo. A mola é posta a oscilar ver-
ticalmente em movimento harmônico simples, com uma frequência
d)
de 20 Hz. Adote g = 10 m/s2.

e)
Considerando a polia ideal, determine a massa do corpo metálico,
em unidades do SI, para que se obtenham dois ventres na onda
transversal estacionária que se forma na corda.
a) 4,0.
*b) 2,0.
c) 1,0.
d) 0,5.
japizzirani@gmail.com 18
(UCPel/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: C (VUNESP-FAC.ISRAELITA/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: B
Um estudante de física resolveu investigar as propriedades das Um bloco de massa m = 4 kg é mantido em repouso, preso a uma
ondas estacionárias geradas em cordas. Para isso, ele montou o corda de densidade linear de massa μ = 4 ×10 –3 kg/m, que tem sua
aparato experimental que é ilustrado nas figuras abaixo. Na figura 1, outra extremidade fixa no ponto A de uma parede vertical. Essa cor-
uma das pontas da corda é presa em uma fonte que vibra com fre- da passa por uma roldana ideal presa em uma barra fixa na parede,
quência constante e a outra extremidade da corda é presa a uma formando um ângulo de 60º com a barra. Considere que um diapa-
esfera suspensa. Nesse caso, a imagem mostra a formação de uma são seja colocado para vibrar próximo desse sistema e que ondas
onda estacionária na corda. Na figura 2, um recipiente com água estacionárias se estabeleçam no trecho AB da corda.
é introduzido no experimento de forma a deixar a esfera comple-
tamente submersa e, consequentemente, muda o padrão da onda
estacionária formada na corda.

Figura 1

Figura 2

Adaptado de: SERWAY, R.; JEWETT, . J. Princípios de Física - oscilações, ondas


e termodinâmica. Tradução 5ª edição Americana. Cengage Learning, 2015. v. 2. Sabendo que a velocidade de propagação de uma onda por
uma corda de densidade linear de massa μ , submetida a uma
Quando a esfera ficou completamente submersa,
T
a) a onda estacionária passou do segundo harmônico para o quinto força de tração T, é dada por v = m , que g = 10 m/s2 , que
harmônico, pois o empuxo exercido pela água aumentou a força de
cos 60º = sen 30º = 0,5 e considerando as informações da figura, po-
tração na qual a corda estava submetida e, consequentemente, au-
de-se afirmar que a frequência fundamental de ondas estacionárias
mentou a velocidade de propagação da onda na corda.
no trecho AB da corda é
b) a onda estacionária passou do primeiro harmônico para o segun-
do harmônico, pois o empuxo exercido pela água diminuiu a força a) 56 Hz. d) 48 Hz.
de tração na qual a corda estava submetida e, consequentemente, *b) 50 Hz. e) 40 Hz.
diminuiu a velocidade de propagação da onda na corda. c) 35 Hz.
*c) a onda estacionária passou do segundo harmônico para o quinto
harmônico, pois o empuxo exercido pela água diminuiu a força de
(IFSUL/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: D
tração na qual a corda estava submetida e, consequentemente, di-
A figura abaixo representa um aparato experimental para demons-
minuiu a velocidade de propagação da onda na corda.
tração de ondas estacionárias em cordas. O experimento, conhecido
d) a onda estacionária passou do primeiro harmônico para o terceiro
como gerador de ondas estacionárias, é composto por um vibrador,
harmônico, pois o empuxo exercido pela água diminuiu a força de
um dinamômetro, uma corda e uma base sólida para fixação do apa-
tração na qual a corda estava submetida e, consequentemente, au-
rato. Sabe-se que a corda utilizada tem comprimento igual a 1 metro
mentou a velocidade de propagação da onda na corda.
e massa igual a 10 gramas.
e) a onda estacionária passou do segundo harmônico para o quinto
harmônico, pois o empuxo exercido pela água diminuiu a força de
tração na qual a corda estava submetida e, consequentemente, au-
mentou a velocidade de propagação da onda na corda.

(FATEC/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: A
No curso de “Big Data no Agronegócio” da FATEC, o aluno estu-
da sobre eletrônica, circuitos eletrônicos e suas propriedades, tais
como ondas que podem ser registradas em um osciloscópio.
A figura representa duas dessas ondas que se propagam em senti-
dos opostos e com mesma velocidade de módulo 2 ×10–6 m/s.

Considerando a situação apresentada pela figura no instante t = 0,


podemos afirmar que, após Considerando a onda estacionária gerada no momento em que a
*a) 1 segundo, a superposição das ondas 1 e 2 apresenta uma nova foto do experimento foi registrada e o fato de, nesse instante, o dina-
onda com amplitude de 1 volt. mômetro indicar uma força de tensão de 156,25 newtons, a frequên-
b) 1 segundo, ocorre uma interferência destrutiva total. cia de vibração da fonte é igual a
c) o cruzamento das ondas, a onda 2 é completamente amortecida.
a) 6,00 Hz.
d) o cruzamento das ondas, a amplitude da onda 2 fica maior que
a da onda 1. b) 93,75 Hz.
e) o cruzamento das ondas, a frequência da onda 1 fica maior que c) 156,25 Hz.
a da onda 2. *d) 187,50 Hz.
japizzirani@gmail.com 19
(UFJF/MG-2019.1) - RESPOSTA NO FINAL DA QUESTÃO (FUVEST/SP-2019.1) - RESPOSTA NO FINAL DA QUESTÃO
Ondas periódicas são aquelas em que a perturbação do meio se Em uma cuba de ondas contendo água, uma haste vibra com fre-
repete periodicamente. Uma onda periódica pode ser visualizada quência 5 Hz, paralelamente à superfície da água e à lateral esquer-
como uma sucessão de pulsos gerados a intervalos de tempo cons- da da cuba. A haste produz ondas planas que se propagam para a
tantes. direita, como ilustra a figura.
As ondas periódicas podem ser caracterizadas por cinco parâme-
tros: amplitude, polarização, velocidade de propagação, frequência
e comprimento de onda.
a) Considerando que, na superfície de um líquido contido num re-
cipiente, são gerados dez pulsos por segundo e sabendo que a
distância entre duas cristas consecutivas é de 2,5 cm, determine a
velocidade e o período das ondas.
b) Considere que duas barreiras são colocadas à direita e à esquer-
da do sentido positivo da propagação da onda e que, neste caso,
ocorra uma onda estacionária com cinco ventres e seis nós para a
frequência de 10 Hz, conforme o esquema da figura.

a) Determine, a partir da figura, o comprimento de onda l da onda


plana.
Na cuba, em x = 0, há um anteparo rígido, paralelo às frentes da
onda plana, com duas pequenas fendas cujos centros estão em
y = ± b /2. O lado direito da figura mostra o resultado da interferência
Determine a distância L entre as barreiras e qual seria a frequência das duas ondas que se propagam a partir das fendas.
fundamental f f . Determine
RESPOSTA UFJF/MG-2019.1: b) a coordenada y1 , para y > 0, do primeiro mínimo de interferência
a) v = 25 cm/s e T = 0,1 s na parede do lado direito da cuba. Calcule o valor da distância b, en-
b) L = 6,25 cm e f f = 2 Hz tre os centros das fendas, considerando que a posição do primeiro
Dl
mínimo pode ser aproximada por y1 = , em que D é a distância
2b
(UNESP-2019.1) - RESPOSTA: a) f = 5,0 Hz b) E = 16 N entre as fendas e o lado direito da cuba;
Uma corda elástica, de densidade linear constante μ = 0,125 kg/m, c) a frequência f de vibração da haste para que o primeiro mínimo de
tem uma de suas extremidades presa a um vibrador que oscila com interferência, na parede do lado direito da cuba, esteja na coordena-
frequência constante. Essa corda passa por uma polia, cujo pon- da y = 15 cm, considerando que a velocidade da onda não depende
to superior do sulco alinha-se horizontalmente com o vibrador, e, da frequência.
na outra extremidade, suspende uma esfera de massa 1,8 kg, em
RESPOSTA FUVEST/SP-2019.1:
repouso. A configuração da oscilação da corda é mostrada pela
figura 1. a) l = 2,0 cm b) y1 = 7,5 cm; b = 4,0 cm c) f = 2,5 Hz
Figura 1
(UNICAMP/SP-2019.1) - RESPOSTA: a) f3 = 15 kHz b) d = 0,5 mm
A levitação acústica consiste no emprego de ondas acústicas para
exercer força sobre objetos e com isso mantê-los suspensos no ar,
como a formiga representada na figura A, ou movimentá-los de for-
ma controlada. Uma das técnicas utilizadas baseia-se na formação
de ondas acústicas estacionárias entre duas placas, como ilustra a
figura B, que mostra a amplitude da pressão em função da posição
vertical.

Em seguida, mantendo-se a mesma frequência de oscilação cons-


tante no vibrador, a esfera é totalmente imersa em um recipiente
contendo água, e a configuração da oscilação na corda se altera,
conforme figura 2.
Figura 2

a) As frequências de ressonância acústica entre duas placas, ou


nv
num tubo fechado nas duas extremidades, são dadas por fn = ,
2L
sendo L a distância entre as placas, v = 340 m/s a velocidade do som
no ar, e n um número inteiro positivo e não nulo que designa o modo.
Qual é a frequência do modo ilustrado na figura B?
b) A força acústica aplicada numa pequena esfera aponta sempre
na direção z e no sentido do nó de pressão mais próximo. Nas pro-
ximidades de cada nó, a força acústica pode ser aproximada por
Adotando g = 10 m/s2 e sabendo que a velocidade de propagação Fac = −k Δz , sendo k uma constante e Δz = z − z nó. Ou seja, a for-
de uma onda em uma corda de densidade linear μ , submetida a uma ça aponta para cima (positiva) quando a esfera está abaixo do nó
T (Δz negativo), e vice-versa. Se k = 6,0 ×10–2 N/m e uma esfera de
tração T, é dada por v = , calcule:
m massa m = 1,5 ×10–6 kg é solta a partir do repouso na posição de
a) a frequência de oscilação, em Hz, do vibrador. um nó, qual será a menor distância percorrida pela esfera até que
b) a intensidade do empuxo, em N, exercido pela água sobre a esfe- ela volte a ficar instantaneamente em repouso? Despreze o atrito
ra, na situação da figura 2. viscoso da esfera com o ar.
japizzirani@gmail.com 20
(UEM/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 11 (01+02+08) VESTIBULARES 2019.2
Uma corda de náilon de uma guitarra, com densidade linear igual a
7,2 g/m, está sob uma tração de 72 N. Os suportes fixos que man-
têm a corda esticada estão a uma distância de 90 cm um do outro. (VUNESP-FTT/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: B
Assinale o que for correto sobre as ondas estacionárias (modos de A figura mostra os primeiros quatro modos de vibração de uma corda
vibração) que podem se formar na corda. em regime estacionário e com os dois extremos fixos, onde V é o
01) A onda estacionária pode ser vista como uma superposição de ventre, e N, o nó da onda.
ondas incidentes e refletidas.
02) A velocidade das ondas transversais na corda corresponde (em
módulo) a 100 m/s.
04) Na onda estacionária com dois ventres, o comprimento de onda
da vibração na corda é igual a 0,45 m.
08) Na onda estacionária com três ventres, a corda vibra em uma
frequência de (500/3) Hz.
16) O comprimento de onda do som emitido pela corda é igual ao
comprimento de onda da vibração correspondente na corda, inde-
pendentemente do modo de vibração.

(http://www.refrigeracao.net/Imagens/Microondas/ondas_estacion%C3%A1rias.jpg)

Sendo L a distância entre os dois extremos fixos no modo fundamen-


tal, o comprimento de onda no décimo harmônico será de
a) 0,1 L. d) 0,4 L.
*b) 0,2 L. e) 0,5 L.
c) 0,3 L.

(UNITAU/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: B
Uma jovem mãe, grande conhecedora dos conceitos da Física e
muito preocupada em propiciar uma alimentação balanceada para
sua família, levou seu filho a um passeio no parque e, ao chegar,
percebeu a presença de dois personagens muito comuns nesse am-
biente: o pipoqueiro e o sorveteiro. A mãe estimou as distâncias das
posições desses personagens em relação a ela em 3 e 4 metros,
conforme a figura a seguir.
3m
Pipoqueiro Mãe e filho
4m

Sorveteiro

O pipoqueiro e o sorveteiro gritavam, em fase, as informações sobre


seus produtos, com uma frequência de 425 Hz, e comprimento de
onda de 0,8 m.
Admitindo que a velocidade do som seja de 340 m/s e, além dis-
so, que o pipoqueiro, o sorveteiro, a mãe e seu filho pudessem ser
considerados corpos pontuais, é TOTALMENTE CORRETO afirmar:
a) A mãe escolheu ficar naquela posição junto a seu filho, porque
era uma região de interferência construtiva, e, assim, ela ouviria as
informações sobre os produtos.
*b) A mãe escolheu ficar naquela posição junto a seu filho, porque
era uma região de interferência destrutiva, e, assim, não poderia
ouvir com nitidez as informaçõessobre os produtos.
c) A mãe escolheu ficar naquela posição junto a seu filho, porque era
uma região de interferência parcial, e, assim, não poderia ouvir as
informações sobre os produtos.
d) A mãe escolheu ficar naquela posição junto a seu filho, porque
era uma região de interferência construtiva, e, assim, ela não ouviria
com nitidez as informações sobre os produtos.
e) A mãe escolheu ficar naquela posição junto a seu filho, porque era
uma região de interferência destrutiva, e, assim, poderia ouvir com
nitidez as informações sobre os produtos.
japizzirani@gmail.com 21
ONDULATÓRIA (VUNESP-USCS/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: C
A figura representa as compressões e rarefações do ar, sucessivas
acústica (velocidade do som) e periódicas, causadas por uma onda sonora que se propaga com
velocidade de 340 m/s.

VESTIBULARES 2019.1

(UEG/GO-2019.1) - ALTERNATIVA: B
Um navio ancorado utiliza um sonar para determinar a distância do
seu casco até o fundo do mar. Se o sonar emitir uma onda sonora,
cuja frequência seja de 28 kHz e comprimento de onda 0,050 m,
qual será o tempo (em segundos) gasto por esse sonar para detec-
tar a profundidade de 1680 m do mar? (www.ib.usp.br. Adaptado.)
a) 1,2
*b) 2,4 Considerando que as distâncias entre dois máximos de compressão
c) 3,6 consecutivos seja sempre igual a 85 cm, a frequência dessa onda
d) 4,2 sonora é
e) 5,4 a) 255 Hz.
b) 289 Hz.
(SENAI/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: B *c) 400 Hz.
No ar, o som caminha a uma velocidade de 340 m/s, à temperatura d) 425 Hz.
ambiente e sob a pressão de 1 atm. Sabendo que os meios ma- e) 40 Hz.
teriais e suas respectivas organizações (em níveis microscópicos)
interferem na propagação do som, indique a alternativa em que esse (IFTM/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: D
fenômeno ocorre com maior velocidade. Joãozinho estava “frente-a-frente” de um grande paredão, distante
a) No mercúrio líquido, cujas partículas estão muito distantes entre 30 m, conforme a figura abaixo. Resolveu dar um grito para “tentar”
si. ouvir seu ECO. Então, gritou bem alto: MÃÃÃEE...
*b) No ferro sólido, cujas partículas estão muito próximas entre si.
c) No hidrogênio gasoso, cujas partículas estão muito próximas en-
tre si.
d) Na água líquida salgada, cujas partículas estão muito distantes
entre si.
e) No dióxido de carbono gasoso, cujas partículas estão muito pró-
ximas entre si.
(INFORMAÇÃO: ECO é o fenômeno onde alguém consegue ouvir
(VUNESP-StaCASA/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: C o mesmo som duas vezes de forma distinta. A primeira vez no mo-
Um tubo cilíndrico está totalmente cheio de água e tem uma torneira mento que ele fala e a segunda vez, após um tempo de cerca de
fechada em sua parte inferior. Quando a torneira é aberta, a água “0,1 segundo”, após este som ir, refletir em algum obstáculo e voltar.)
escoa, fazendo com que seu nível, dentro do cilindro, abaixe com Considerando a velocidade do som no ar constante e igual a 300 m/s
uma velocidade constante de 1 cm/s. Um diapasão de frequência e observando cuidadosamente as informações dadas acima, assina-
440 Hz é colocado para vibrar próximo à extremidade superior do le a alternativa correta.
cilindro e a torneira é aberta. a) Ele conseguirá ouvir seu eco, pois este chegará aos seus ouvidos
após “0,3 segundo”.
b) Ele não conseguirá ouvir seu eco, pois este chegará aos seus
ouvidos antes de “0,1 segundo”.
c) Ele conseguirá ouvir seu eco, pois este chegará aos seus ouvidos
“0,1 segundo” depois de ouvir o primeiro som.
*d) Ele conseguirá ouvir seu eco, pois este chegará aos seus ouvi-
dos “0,2 segundo” depois de ouvir o primeiro som.
e) Ele não conseguirá ouvir seu eco, pois este chegará aos seus
ouvidos após “0,5 segundo” depois de ouvir o primeiro som.

(UEPG/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 28 (04+08+16)


Sabendo que a velocidade de propagação do som no ar dentro do Em relação às propriedades de ondas sonoras, assinale o que for
tubo cilíndrico é 352 m/s, o intervalo de tempo necessário para que correto.
sejam produzidas, dentro desse tubo, ondas sonoras estacionárias 01) Devido às ondas de pressão, nenhum objeto pode se mover com
com frequência igual à do modo fundamental de ressonância é de uma velocidade maior do que a do som.
a) 15 s. d) 10 s. 02) A velocidade do som em um meio aumenta com o aumento da
b) 25 s. e) 30 s. densidade deste meio.
*c) 20 s. 04) O som é uma onda mecânica e pode ser produzido por uma
fonte vibrando em um meio material.
08) Sensores de estacionamento automotivos podem utilizar ondas
(VUNESP-UEA/AM-2019.1) - ALTERNATIVA: C
sonoras para a localização de obstáculos.
O tempo mínimo de acuidade auditiva é o intervalo de tempo ne-
16) Ondas sonoras podem apresentar os fenômenos de reflexão,
cessário para que nossos ouvidos captem distintamente dois sons.
refração, difração e interferência.
Quando o som percorre o ar, a 340 m/s, esse tempo corresponde a
0,10 s.
Uma pessoa posicionada entre dois muros paralelos produz um bre- (INATEL/MG-2019.1) - ALTERNATIVA: C
ve som batendo uma vez as palmas de suas mãos. Após a produção O eco de um som é percebido na posição do emissor do som 2,4
desse som, seus ouvidos captam o eco de dois sons, o primeiro segundos após o som ter sido emitido. Se considerarmos a veloci-
após 0,15 s e o segundo após 0,20 s. dade do som no ar como 340 m/s, qual deverá ser a distância entre
Nessas condições, a distância entre os dois muros é o emissor do som e o obstáculo de reflexão?
a) 45,5 m. a) 340 m
b) 55,0 m. b) 816 m
*c) 59,5 m. *c) 408 m
d) 63,0 m. d) 240 m
e) 65,5 m. e) 680 m
japizzirani@gmail.com 22
VESTIBULARES 2019.2

(SENAI/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: A
No esquema a seguir, as esferas representam as partículas cons-
tituintes de uma mesma substância em diferentes estados físicos.

Fonte: Disponível em: <http://alvinhouau.blogspot.com.br/2015/03/exercicios-mistu-


ras-e-substancias.html>. Acesso em: 12 fev. 2017.

Analisando essas imagens pode-se afirmar que o som se propagará


mais rapidamente na substância
*a) III, pois a proximidade entre as partículas facilita a transmissão
das vibrações entre si, causadas pelas ondas sonoras.
b) I, pois a grande distância entre as partículas permite que as ondas
sonoras alcancem maiores distâncias.
c) II, pois a proximidade mediana entre as partículas, além de per-
mitir a movimentação das mesmas, facilita a transmissão das vibra-
ções entre si.
d) III, pois a proximidade entre as partículas impede completamente
as movimentações, dificultando a transmissão.
e) I, pois o grande distanciamento entre as partículas facilita a trans-
missão das vibrações entre si, causadas pelas ondas sonoras.

(UFVJM/MG-2019.2) - ALTERNATIVA: B
Um menino com os olhos vendados resolveu fazer testes com a sua
audição para localizar objetos em seu entorno. Ele estala sua língua
no céu da boca e usa o eco provocado pelos objetos para construir o
cenário próximo a ele. Dessa forma, o menino consegue descobrir a
distância em que ele se encontra dos objetos. A técnica é semelhan-
te à do sonar usado por morcegos e golfinhos.
Considere que o menino leva 0,1s para ouvir o eco provocado por
uma parede a sua frente e que a velocidade de propagação do som
no ar é de 1 224 Km/h.
Fonte: Adaptado de: http://www.bbc.com/portuguese/noticias/
2009/10/091006_menino_cego_sonar_rw.shtml

ASSINALE a alternativa que indica a distância correta de separação,


em metros, entre o menino e a parede.
a) 34,0 m
*b) 17,0 m
c) 61,0 m
d) 122,4 m

(UFU/MG-2019.2) - ALTERNATIVA: B
O morcego é um animal que possui um sistema de orientação por
meio da emissão de ondas sonoras. Quando esse animal emite um
som e recebe o eco 0,3 segundos após, significa que o obstáculo
está a que distância dele? (Considere a velocidade do som no ar
de 340 m/s).
a) 102 m.
*b) 51 m.
c) 340 m.
d) 1 133 m.

japizzirani@gmail.com 23
ONDULATÓRIA (IF/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: D
Em um orquestra, na execução de uma música, por vezes, diferen-
acústica (qualidades fisiológicas) tes instrumentos tocam juntos as mesmas notas musicais. Conside-
rando as grandezas físicas e as propriedades fisiológicas dos sons
emitidos pelos instrumentos durante a execução de uma música,
VESTIBULARES 2019.1 assinale a alternativa INCORRETA.
a) Quanto mais agudo o som de uma nota tocada por um piano, mais
alto é seu som.
(UNIRG/TO-2019.1) - ALTERNATIVA: D b) A propriedade fisiológica que permite distinguir dois sons diferen-
A baleia cachalote é o animal que emite o som mais intenso. Durante tes, emitidos por um piano e por um trompete, que tocam juntos a
apenas 3 milissegundos, ela produz um estalo que pode chegar a mesma nota musical, é o timbre.
230 decibéis. c) A propriedade fisilógica que permite distinguir duas notas diferen-
A opção que dá corretamente a intensidade sonora máxima produzi- tes tocadas sucessivamente por um violino, por exemplo, as notas
da por esse cetáceo marinho é mi e lá, é a altura.
(Dado: limiar de audibilidade = 10–12 W/m 2.) *d) A velocidade de propagação dos sons de frequências altas, inde-
8
a) 10 W/m . 2 pendente do instrumento que os emitem, é maior do que a propaga-
ção dos de frequências baixas.
b) 109 W/m2.
e) Quanto mais agudo o som de uma nota musical, menor seu com-
c) 1010 W/m2. primento de onda e seu período de vibração.
*d) 1011 W/m2.
(UECE-2019.1) - ALTERNATIVA: B
(UFSC-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 70 (02+04+64) Considere duas ondas sonoras que produzem variações na pressão
As apresentações no Circo da Física se encerram de forma triunfal em um mesmo ponto do espaço por onde elas se propagam. Caso
com a orquestra de cientistas. Nesse espetáculo, os músicos usam a pressão nesse ponto seja dada por P = 5 + 2cos(4t ) quando uma
máscaras e roupas para homenagear grandes nomes da Física. Isa- das ondas passa, e P = 5 + 2sen(4t ) quando a outra passa pelo
ac Newton e Albert Einstein, por exemplo, tocam trompa e flauta, ponto, é correto afirmar que as duas ondas têm
respectivamente. No quadro abaixo, estão os nomes dos cientistas a) amplitudes diferentes.
homenageados, os instrumentos que tocam e suas características *b) mesmo timbre.
sonoras.
c) frequências diferentes.
d) mesma fase.
Característica
Cientista Instrumento Imagem
sonora
VESTIBULARES 2019.2
Instrumento de so-
Albert Einstein Flauta de Pan
pro (Tubo fechado) (PUC/PR-2019.2) - ALTERNATIVA: C
Leia o texto a seguir.
Instrumento de sopro Freddie Mercury, ex-integrante da banda britânica Queen, é conhe-
Isaac Newton Trompa cido pelas composições musicais, pelo talento no piano e, princi-
(Tubo aberto)
palmente, pela voz inconfundível. As notas emitidas por Mercury
Instrumento de sopro viraram tema de pesquisa realizada na República Tcheca. O estudo,
Michael Faraday Trompete dirigido pelo professor Christian Herbst, mostra que a voz de Fred-
(Tubo aberto)
die Mercury atingia níveis especiais. O pesquisador explica que o
segredo estava no vibrato — a oscilação de frequência em torno de
Instrumento de sopro uma nota musical — de Mercury. Em entrevista ao NPR Music, Her-
Nikola Tesla Saxofone
(Tubo aberto) bst destacou: “Normalmente você consegue cantar em um tom, mas
cantores de ópera tentam modular as frequências fundamentais.
Geralmente, o vibrato de um cantor de ópera tem uma frequência de
Max Planck Violino Instrumento de corda 5,5-6 Hz. O de Freddie Mercury era mais alto e mais irregular, e isso
cria uma qualidade muito singular”.
Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/ 2017/ 11/
Marie Curie Contrabaixo Instrumento de corda 24 /interna_diversao_arte,643269/estudo-mostra-que-voz-de-freddie-mercury-era-
incomum.shtml. Acesso em: 10/2/2019.

A qualidade fisiológica do som que permitiria diferenciar Freddie


Mercury de outro cantor, que emitisse uma nota musical de mesma
Galileu Galilei Harpa Instrumento de corda
frequência e potência, seria o (a)
a) período. d) altura.
b) comprimento de onda. e) velocidade.
Com base no quadro, é correto afirmar que: *c) timbre.
01. mesmo que todos os instrumentos musicais toquem a mesma
nota, podemos distingui-los por causa de suas intensidades sono- (UEPG/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 20 (04+16)
ras. Em relação às ondas sonoras e suas propriedades, assinale o que
for correto.
02. no saxofone, a onda estacionaria produzida possui ventres nas
01) Ondas sonoras são ondas longitudinais que se propagam ape-
duas extremidades do tubo.
nas no ar.
04. duas notas musicais distintas, por exemplo Lá e Fá, tocadas por 02) As ondas sonoras, utilizadas em aparelhos de ultras-som, geral-
um mesmo instrumento possuem frequências diferentes. mente possuem frequência da ordem de 16 Hz.
08. em todos os instrumentos musicais, as ondas estacionárias são 04) Uma ambulância, com a sirene ligada, aproxima-se de um ob-
produzidas devido aos fenômenos da refração e da interferência. servador em repouso. Se a velocidade da ambulância é 108 km/h,
16. as ondas sonoras produzidas pelos instrumentos de sopro pos- a frequência do som que o observador ouve é 10% maior do que a
suem maior velocidade no ar do que as ondas sonoras produzidas frequência real do som emitido pela ambulância. Considere que a
pelos instrumentos de corda. velocidade do som no ar seja 330 m/s
08) O som, pelo fato de ser uma onda longitudinal, não sofre difra-
32. na flauta de Pan, os comprimentos dos tubos definem as ampli- ção.
tudes das ondas sonoras produzidas. 16) Sabendo que a intensidade do som emitido por um alto falante, a
64. as ondas sonoras produzidas pelos instrumentos musicais não 1 m de distância, é 10 –8 W/m2, pode-mos afirmar que, nesse ponto,
podem ser polarizadas porque são ondas longitudinais. seu nível sonoro é 40 dB.
japizzirani@gmail.com 24
(UNIFENAS/MG-2019.2) - ALTERNATIVA: D
Sobre as qualidades fisiológicas do som, julgue V, para verdadeiro
e, F, para falso.

https://www.google.com.br/search?biw=1360&bih=608&tbm=isch&sa=1&ei=sjTXW6vr-
F4KawgSc1r3ICA&q=qualidades+fisiológicas+do+som+altura+intensidade+e+timbre

I. A altura relaciona-se com a frequência.


II. Som forte é aquele que é agudo.
III. Som fraco é aquele que é grave.
IV. Som alto é o que apresenta frequência maior em relação ao
outro som considerado.

a) V, V, V, V. *d) V, F, F, V.
b) V, F, V, F. e) F, V, V, F.
c) V, F, V, V.

(UEM/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 30 (02+04+08+16)


Define-se nível de intensidade sonora como

b = log  I 
,
 I0 
em que I representa a intensidade do som em W/m2 , I 0 representa
um valor de referência para a intensidade do som e log se refere
ao logaritmo na base 10. Embora b seja adimensional, utiliza-se a
unidade bel (B) ou uma fração do bel, o decibel (1dB = 0,1B). O valor
de referência é definido como I 0 = 1 ×10 –12 W/m2 e corresponde a
um valor aproximado da intensidade mínima do som que o ouvido
humano consegue captar. Sobre esse assunto, assinale o que for
correto.
01) Se I = I 0 , então b = 1 dB.
02) Se I = 10 I 0 , então b = 1 B.
04) Um nível de 20 dB corresponde a uma intensidade sonora 100
vezes maior que a intensidade de referência I 0 .
08) O nível sonoro de uma emissão de 1 ×10 –8 W/m2 corresponde
a 40 dB.
16) 120 dB correspondem a uma emissão sonora de 1 W/m2 .
japizzirani@gmail.com 25
ONDULATÓRIA (IME/RJ-2019.1) - ALTERNATIVA: A
Considerando as Figuras 1 e 2 abaixo e, com relação às ondas so-
fontes sonoras (cordas e tubos) noras em tubos, avalie as afirmações a seguir:

VESTIBULARES 2019.1

CORDAS SONORAS
Figura 1
(UNIOESTE/PR-2019.1) - ALTERNATIVA OFICIAL: A
Em um violão, a corda mais grossa é responsável pelo som mais
grave de baixa frequência e a corda mais fina é responsável pelo
som agudo de alta frequência. Suponha que neste violão todas as
cordas são feitas do mesmo material e estão submetidas a mesma
tensão. A razão entre as densidades lineares entre a corda mais
grossa (G) e a corda mais fina (F) é dada por μG /μF = 4. Alguém
dedilha essas duas cordas com a mesma força e provoca um pulso
transversal de mesma amplitude. De acordo com o enunciado, assi-
nale a alternativa CORRETA que relaciona as grandezas: velocidade
de propagação (v), frequência (f) e comprimento (λ) para a onda Figura 2
criada nessas duas cordas.
Afirmação I. as ondas sonoras são ondas mecânicas, longitu-
*a) vF = 2vG ; fF > fG ; λF < λG d) vF = 2vG ; fF < fG ; λF < λG dinais, que necessitam de um meio material para se propagarem,
b) vF = 1/2vG ; fF > fG ; λF > λG e) vF = 1/2vG ; fF > fG ; λF < λG como representado na Figura 1.
c) vF = 4vG ; fF < fG ; λF < λG Afirmação II. uma onda sonora propagando-se em um tubo sono-
ro movimenta as partículas do ar no seu interior na direção transver-
(VUNESP-FAC.ISRAELITA/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: B sal, como representado na Figura 2.
Um bloco de massa m = 4 kg é mantido em repouso, preso a uma Afirmação III. os tubos sonoros com uma extremidade fechada,
corda de densidade linear de massa μ = 4 ×10 –3 kg/m, que tem sua como representado na Figura 2, podem estabelecer todos os harmô-
outra extremidade fixa no ponto A de uma parede vertical. Essa cor- nicos da frequência fundamental.
da passa por uma roldana ideal presa em uma barra fixa na parede, É correto o que se afirma em:
formando um ângulo de 60º com a barra. Considere que um diapa- *a) I, apenas.
são seja colocado para vibrar próximo desse sistema e que ondas
b) II, apenas.
estacionárias se estabeleçam no trecho AB da corda.
c) I e II, apenas.
d) II e III apenas.
e) I e III, apenas.

(VUNESP-StaCASA/SP-2019.1) - RESPOSTA NO FINAL


Em um canteiro de obras, um tubo cilíndrico oco de massa 54 kg e
comprimento 1,5 m, aberto em suas duas extremidades, é mantido
suspenso na horizontal, em repouso, por um guindaste. O tubo é
preso ao gancho do guindaste por duas cordas ideais, A e B, de
mesmo comprimento, como representado na figura.

Sabendo que a velocidade de propagação de uma onda por


uma corda de densidade linear de massa μ , submetida a uma
T
força de tração T, é dada por v = m , que g = 10 m/s2 , que
cos 60º = sen 30º = 0,5 e considerando as informações da figura, po-
de-se afirmar que a frequência fundamental de ondas estacionárias
no trecho AB da corda é
a) 56 Hz. d) 48 Hz.
*b) 50 Hz. e) 40 Hz.
c) 35 Hz.

TUBOS SONOROS Devido ao vento que sopra próximo à extremidade do tubo, ocorre
ressonância em seu interior e é possível ouvir o som emitido nesse
(FMABC/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: E fenômeno. Considerando a velocidade de propagação do som na
Um tubo sonoro, aberto em uma extremidade e fechado na outra, região igual a 345 m/s e adotando g = 10 m/s2, calcule, enquanto o
tem comprimento igual a 25 cm e está cheio de ar. Sabendo que tubo permanece em repouso:
a velocidade de propagação das ondas sonoras no ar é igual a a) a frequência do som emitido por ele, em Hz, sabendo que a res-
340 m/s e que o intervalo de frequências das ondas sonoras que o sonância dentro do tubo ocorre de acordo com o modo fundamental
sistema auditivo humano pode captar é de 20 Hz a 20 kHz, a maior de vibração.
frequência das ondas sonoras produzidas por esse tubo que pode b) a intensidade da força de tração, em N, em cada uma das cordas
ser percebida pelo sistema auditivo humano é A e B.
a) 19 550 Hz. d) 19 040 Hz. RESPOSTA VUNESP-StaCASA/SP-2019.1:
b) 19 720 Hz. *e) 19 380 Hz. a) f = 115 Hz
c) 18 870 Hz. b) T = 180 √3N
japizzirani@gmail.com 26
(UFSC-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 70 (02+04+64) Sendo λ1 e λ2 os respectivos comprimentos de onda das ondas re-
As apresentações no Circo da Física se encerram de forma triunfal presentadas nos tubos 1 e 2, e f 1 e f 2 suas frequências, as razões
com a orquestra de cientistas. Nesse espetáculo, os músicos usam entre os comprimentos de onda λ1 / λ2 e as frequências f 1 /f 2 são,
máscaras e roupas para homenagear grandes nomes da Física. Isa- nessa ordem,
ac Newton e Albert Einstein, por exemplo, tocam trompa e flauta, a) 1 e 1.
respectivamente. No quadro abaixo, estão os nomes dos cientistas
b) 2 e 1.
homenageados, os instrumentos que tocam e suas características
sonoras. *c) 2 e 1/2.
d) 1/2 e 1.
Característica e) 1/2 e 2.
Cientista Instrumento Imagem
sonora
(IME/RJ-2019.1) - ALTERNATIVA: C
Instrumento de so- Um tubo sonoro de comprimento total L = 1m, aberto nas duas extre-
Albert Einstein Flauta de Pan
pro (Tubo fechado) midades, possui uma parede móvel em seu interior, conforme a figu-
ra. Essa parede é composta de material refletor de ondas sonoras e
pode ser transladada para diferentes posições, dividindo o tubo em
Instrumento de sopro duas câmaras de comprimento L1 e L2 .
Isaac Newton Trompa
(Tubo aberto)

Instrumento de sopro
Michael Faraday Trompete
(Tubo aberto)

Instrumento de sopro
Nikola Tesla Saxofone
(Tubo aberto)
Duas ondas sonoras distintas adentram nesse tubo, uma pela aber-
tura da esquerda, com f 1 = 2,89 kHz, e outra pela abertura da direita,
Max Planck Violino Instrumento de corda com f 2 = 850 Hz. Em relação às ondas sonoras, os valores de L1 e
L2 , em cm, que possibilitarão a formação de ondas ressonantes em
ambas as cavidades são, respectivamente:
Marie Curie Contrabaixo Instrumento de corda
Dado:
• O meio no interior do tudo é o ar, onde o som se propaga com
velocidade 340 m/s.
Galileu Galilei Harpa Instrumento de corda
a) 14,7 e 85,3
b) 44,1 e 55,9
*c) 50,0 e 50,0
Com base no quadro, é correto afirmar que: d) 70,0 e 30,0
01. mesmo que todos os instrumentos musicais toquem a mesma e) 90,0 e 10,0
nota, podemos distingui-los por causa de suas intensidades sono-
ras.
02. no saxofone, a onda estacionaria produzida possui ventres nas
duas extremidades do tubo. VESTIBULARES 2019.2
04. duas notas musicais distintas, por exemplo Lá e Fá, tocadas por
um mesmo instrumento possuem frequências diferentes. CORDAS SONORAS
08. em todos os instrumentos musicais, as ondas estacionárias são
produzidas devido aos fenômenos da refração e da interferência. (VUNESP-FTT/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: B
16. as ondas sonoras produzidas pelos instrumentos de sopro pos- A figura mostra os primeiros quatro modos de vibração de uma corda
suem maior velocidade no ar do que as ondas sonoras produzidas em regime estacionário e com os dois extremos fixos, onde V é o
pelos instrumentos de corda. ventre, e N, o nó da onda.
32. na flauta de Pan, os comprimentos dos tubos definem as ampli-
tudes das ondas sonoras produzidas.
64. as ondas sonoras produzidas pelos instrumentos musicais não
podem ser polarizadas porque são ondas longitudinais.

(UFRGS/RS-2019.1) - ALTERNATIVA: C
Uma onda sonora propagando-se no ar é uma sucessão de com-
pressões e rarefações da densidade do ar.
Na figura abaixo, estão representadas, esquematicamente, ondas
sonoras estacionárias em dois tubos, 1 e 2, abertos em ambas as
extremidades. Os comprimentos dos tubos 1 e 2 são, respectiva-
mente, L e L/2.

(http://www.refrigeracao.net/Imagens/Microondas/ondas_estacion%C3%A1rias.jpg)
Sendo L a distância entre os dois extremos fixos no modo fundamen-
tal, o comprimento de onda no décimo harmônico será de
a) 0,1 L.
*b) 0,2 L.
c) 0,3 L.
d) 0,4 L.
tubo 1 tubo 2 e) 0,5 L.
japizzirani@gmail.com 27
(UNIFENAS/MG-2019.2) - ALTERNATIVA: E
Ao dedilhar as cordas de um violão, surgem ondas estacionárias.
Considere que a corda seja tracionada com uma força de 100 N e
que a densidade linear da corda seja de 10 gramas por metro. Qual
a velocidade da propagação da onda?

https://pt.wikihow.com/Afinar-um-Viol%C3%A3o
a) 10 m/s;
b) 20 m/s;
c) 60 m/s;
d) 80 m/s;
*e) 100 m/s.

TUBOS SONOROS

(IFSULMG-2019.2) - ALTERNATIVA: D
A crista do crânio de um dinossauro Parassaurolofo continha uma
passagem nasal na forma de um tubo longo e arqueado, aberto nas
duas extremidades. O dinossauro pode ter usado a passagem para
produzir sons no modo fundamental do tubo. Um dinossauro macho
típico possuía uma passagem nasal com 2,0 m de comprimento,
enquanto que os crânios dos fósseis das fêmeas da mesma espécie
revelaram passagens nasais mais curtas. Admitindo-se que o som
se propaga no ar com uma velocidade de 343 m/s, assinale a alter-
nativa que contém o valor da frequência do modo fundamental do
som emitido pelo macho e, comparativamente, a justificativa se a
frequência desse som seria maior ou menor nas fêmeas.
a) Aproximadamente 75 Hz; a frequência do som fundamental emiti-
do pela fêmea seria maior do que a do macho.
b) Aproximadamente 98 Hz; a frequência do som fundamental emiti-
do pela fêmea seria menor do que a do macho.
c) Aproximadamente 67 Hz; a frequência do som fundamental emiti-
do pela fêmea seria menor do que a do macho.
*d) Aproximadamente 86 Hz; a frequência do som fundamental emi-
tido pela fêmea seria maior do que a do macho.

(VUNESP-SÃO CAMILO/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: D


O grasnar de um ganso consiste na emissão de sons por essa ave
quando o ar vibra em sua traqueia com determinadas frequências de
ressonância. Considere a traqueia de um ganso típico como sendo
um tubo estreito que se estende ao longo de seu pescoço, cujo com-
primento médio é de 34 cm, aberto em uma extremidade e fechado
na outra. Considerando a velocidade do som no ar igual a 340 m/s,
a frequência de ressonância fundamental da traqueia de um ganso
típico é de
a) 340 Hz.
b) 280 Hz.
c) 300 Hz.
*d) 250 Hz.
e) 360 Hz.

japizzirani@gmail.com 28
ONDULATÓRIA (UEM/PR-2019.1) - RESPOSTA: SOMA = 21 (01+04+16)
A partir de medidas de desvio para o vermelho no espectro da luz
efeito Doppler proveniente de nebulosas extragalácticas, Hubble afirmou que esse
fenômeno poderia ser interpretado devido ao movimento radial des-
sas nebulosas em relação à Terra. Ele estabeleceu uma relação de
VESTIBULARES 2019.1 proporcionalidade entre a velocidade radial v de nebulosas extra-
galácticas e a distância d em que elas se encontram em relação à
Terra. Hoje em dia, essa relação é conhecida pelo nome de Lei de
(UNICENTRO/PR-2019.1) - ALTERNATIVA: D km/s
Uma pessoa conduz um veículo em alta velocidade e se assusta ao Hubble e pode ser escrita na forma v = Hd , em que H ≈ 71
Mpc
passar por uma sirene aguda (15 kHz) fixada em uma placa de alerta é chamada de constante de Hubble. Em um de seus livros, ele es-
ao lado da pista. O susto ocorre, pois ela começa a ouvir o ruído da creveu: “Os espectros das nebulosas são peculiares pelo fato de as
sirene no momento em que a cruza. linhas não estarem nas posições usuais encontradas nas fontes de
Considerando os limites do audível de um ser humano, entre 20 Hz luz próximas. Elas estão deslocadas em direção à extremidade ver-
e 20 kHz, a que velocidade mínima a pessoa estava para não ter melha de suas posições normais, como é indicado por espectros de
ouvido a sirene durante a aproximação? comparação apropriados. Os deslocamentos, denominados desvios
(Dado: velocidade do som = 330 m/s). para o vermelho, aumentam, na média, com a tenuidade aparente
a) 1188 km/h da nebulosa sob observação. Como a tenuidade aparente mede a
b) 185 km/h distância, segue-se que os desvios para o vermelho aumentam com
c) 496 km/h a distância. Uma investigação detalhada mostra que a relação é li-
*d) 397 km/h near.” (Adaptado de NEVES, M. C. D.; SILVA, J. A. P. Evoluções e
e) 236 km/h revoluções: O mundo em transição. 2a edição. Maringá: Massoni,
2010, p. 219).
(UNIFOR/CE-2019.1) - ALTERNATIVA: D Em relação a esse assunto e sabendo que 1Mpc ≈ 3 ×1019 km, assi-
Diapasão é um instrumento metálico em forma de forquilha, que ser- nale o que for correto.
ve para afinar instrumentos e vozes através da vibração de um som 01) Tanto a velocidade de afastamento das nebulosas quanto suas
musical de determinada altura. Ao ser golpeado contra uma superfí- distâncias em relação à Terra são inferidas a partir de desvios para
cie, as duas extremidades da forquilha do diapasão vibram, produ- o vermelho e tenuidade aparente, respectivamente.
zindo a nota que será utilizada para afinar o instrumento musical. Em 02) De acordo com o efeito Doppler luminoso, a luz proveniente de
geral, é necessário encostar a outra extremidade do diapasão na uma fonte luminosa afastando-se do observador chega com uma
caixa de ressonância do instrumento para amplificar seu som e per- frequência maior.
mitir que seja ouvido à distância. 04) Um deslocamento para a extremidade violeta das raias espec-
Nesse contexto, considere um violinista de uma determinada or- trais da luz proveniente de uma fonte luminosa pode ser interpretado
questra deixando cair um diapasão de frequência 440 Hz. Com uma como uma aproximação entre a fonte e o observador.
superaudição para notas musicais, este violinista ouve uma frequên- 08) A luz proveniente das nebulosas mencionadas no texto chega à
cia de 436 Hz do diapasão na iminência de tocar no chão. Despre- Terra com um comprimento de onda menor em comparação com o
zando a resistência do ar, a altura da queda é comprimento de onda da luz proveniente de fontes de luz próximas.
16) Por meio de análise dimensional da Lei de Hubble, conclui-se
que a constante de Hubble pode ser interpretada como uma grande-
za física com dimensão de frequência.

(UECE-2019.1) - ALTERNATIVA: B
Suponha que uma fonte sonora com velocidade de módulo V se
desloca na direção de uma pessoa. Este observador também se
desloca com a mesma velocidade V no mesmo sentido e direção,
tentando se afastar da fonte sonora. Nesta situação, pode-se afirmar
H
corretamente que
a) a frequência da onda sonora ouvida pela pessoa aumenta.
*b) a frequência da onda sonora ouvida pela pessoa não se altera.
c) a frequência da onda sonora ouvida pela pessoa diminui.
d) a potência da onda sonora ouvida pela pessoa aumenta.

diapasão

Dados: velocidade do som no ar = 330 m/s


VESTIBULARES 2019.2
aceleração da gravidade (g) = 10 m/s2
a) 9,4 m. (UNIFENAS/MG-2019.2) - ALTERNATIVA: A
b) 4,7 m. Sobre o Efeito Doppler, julgue V, para verdadeiro e, F, para falso.
c) 0,94 m.
*d) 0,47 m.
e) Inexistente, pois a frequência deve aumentar à medida que o dia-
pasão se aproxima do chão.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Efeito_Doppler
(MACKENZIE/SP-2019.1) - ALTERNATIVA: D
No campeonato de Fórmula 1 na cidade brasileira de São Paulo, I - Quando uma fonte sonora se afasta do observador, o com-
a fim de determinar a velocidade dos carros de corrida com um fre- primento de onda aumenta.
quenciômetro especialmente adaptado, um operador fica no interior
II - Quando uma fonte sonora se aproxima do observador, a fre-
de um posto na pista, verificando o módulo da velocidade dos carros
quência aparente aumenta.
que se aproximam. O posto está com uma sirene emitindo um som
de frequência f e o frequenciômetro que mede a frequência percebi- III - O referencial adotado é sempre do observador para a fonte.
da por um referencial no automóvel acusa o valor 12 f. IV - Quando uma estrela se afasta do nosso planeta, ocorre o
10
Adotando-se como 340 m/s o módulo da velocidade do som no ar, fenômeno que se conhecido por redshift.
afirma-se que o módulo da velocidade do automóvel que se aproxi-
*a) V, V, V, V.
ma do posto, em km/h, vale, aproximadamente,
b) F, F, F, F.
a) 68 *d) 245 c) V, F, V, V.
b) 136 e) 256 d) V, F, F, V.
c) 204 e) F, V, V, F.
japizzirani@gmail.com 29
(CEDERJ-2019.2) - ALTERNATIVA: D (PUC/PR-2019.2) - ALTERNATIVA: D
Um objeto se afasta de um observador em alta velocidade. Ele emite Um pesquisador desenvolve um equipamento capaz de determinar
uma luz amarela que, no entanto, chega ao observador em tom de a profundidade de poços por meio da diferença entre a frequência
vermelho, devido ao efeito Doppler. Esse efeito se deve à mudança real emitida por um dispositivo e a frequência detectada. Em uma
na abertura ao nível do solo, existe um poço de profundidade h. O emis-
a) frequência e na velocidade da onda recebida. sor de frequência é abandonado do repouso na abertura do poço e,
b) amplitude e na velocidade da onda recebida. no instante que atinge a superfície da água, emite um bipe sonoro
de frequência de 22,500 kHz.
c) amplitude e no comprimento da onda recebida.
*d) frequência e no comprimento da onda recebida.

(UFU/MG-2019.2) - RESPOSTA NO FINAL DA QUESTÃO


A luz visível pode apresentar diferentes comprimentos de onda ou
de frequência, conforme a figura abaixo.

O sensor de frequência está posicionado sobre o eixo em que o


emissor foi abandonado e detecta uma frequência de 19,125 kHz.
Considere que a velocidade do som é igual a 340,0 m/s, a acelera-
ção da gravidade constante e igual a 10,0 m/s2 e despreze possíveis
reflexões das ondas sonoras nas paredes do poço. Para a situação
descrita, qual é a profundidade h do poço?
a) 80,0 m
b) 100,0 m
Disponível em: <ttp://www.if.ufrgs.br/fis02001/aulas/aularad.htm>.
c) 120,0 m
Acesso em fev.2019. (Adaptado) *d) 180,0 m
e) 220,0 m
O comprimento de onda da luz emitida por um astro em repouso é
diferente quando comparado ao valor obtido se esse mesmo astro
se encontrar em movimento, distanciando-se do observador, que, (FATEC/SP-2019.2) - ALTERNATIVA: B
nesse caso, se mostraria deslocado em direção à cor vermelha do Para explicar o efeito Doppler, um professor do curso de Mecâni-
espectro, o chamado “desvio para o vermelho”. ca brinca com o uso de personagens de um desenho animado. Ele
A partir da situação descrita, responda: projeta uma figura do carro de Fred Flintstone no episódio em que
a) Por que o comprimento de onda da luz emitida por um astro apre- ele e Barney Rubble eram policiais. A figura mostra a representação
senta o “desvio para o vermelho” quando ele se encontra em movi- do carro visto de cima se deslocando para a direita com velocidade
mento, distanciando-se do observador ? constante em módulo.
b) Se esse astro está a 1 200 anos-luz de nós, em que ano a luz que Na figura ainda, ele representa, em outra perspectiva, as persona-
vemos hoje, em 2019, na Terra, partiu dele? Justifique sua resposta. gens Betty Rubble e Wilma Filntstone. Os círculos representam as
frentes de ondas sonoras de “YABBA DABBA DOO” emitidas pela
RESPOSTA UFU/MG-2019.2:
sirene.
a) Quando uma fonte luminosa se afasta ou se aproxima de um ob-
servador, este observa a luz emitida com frequência diferente. Esse
fenômeno é chamado de efeito Doppler. Assim, quando um astro
emitindo luz está se afastando, a frequência percebida pelo observa-
dor será menor, o que corresponde a um aumento do comprimento
de onda (desvio para o vermelho, conforme a figura do enunciado).
b) O ano-luz é uma unidade astronômica de distância e refere-se a
distância percorrida na velocidade da luz em um ano. Se um astro
está a 1 200 anos-luz da Terra significa que a luz que partiu dele leva
1 200 anos para chegar ao nosso planeta, sendo assim a luz que
vemos em 2019 é de 1200 anos atrás ou seja; 2019 – 1200 = 819.
Portanto a luz que vemos do astro é do ano 819.

(UEPG/PR-2019.2) - RESPOSTA: SOMA = 20 (04+16)


Em relação às ondas sonoras e suas propriedades, assinale o que
for correto.
01) Ondas sonoras são ondas longitudinais que se propagam ape-
nas no ar.
02) As ondas sonoras, utilizadas em aparelhos de ultras-som, geral-
mente possuem frequência da ordem de 16 Hz.
04) Uma ambulância, com a sirene ligada, aproxima-se de um ob-
servador em repouso. Se a velocidade da ambulância é 108 km/h, Considere que as observadoras Betty Rubble e Wilma Flintstone es-
a frequência do som que o observador ouve é 10% maior do que a tejam em repouso na posição apresentada na figura.
frequência real do som emitido pela ambulância. Considere que a Em relação ao som emitido do carro de Fred e Barney, é correto
velocidade do som no ar seja 330 m/s afirmar que
08) O som, pelo fato de ser uma onda longitudinal, não sofre difra- a) Wilma o escutará com uma frequência menor que a de Betty.
ção. *b) Wilma o escutará com uma frequência maior que a de Betty.
16) Sabendo que a intensidade do som emitido por um alto falante, a c) Betty o escutará mais intenso que Wilma.
1 m de distância, é 10 –8 W/m2, pode-mos afirmar que, nesse ponto, d) Betty o escutará mais agudo que Wilma.
seu nível sonoro é 40 dB. e) Betty o escutará mais alto que Wilma.
japizzirani@gmail.com 30
(PUC/PR-2019.2) - ALTERNATIVA: B
Considere os dados que seguem para responder a questão.
Para estudar o efeito Doppler, dois amigos resolvem fazer um ex-
perimento num velódromo. Um deles pedala uma bicicleta na pista
circular, cujo raio é R. Na bicicleta, estão acoplados um velocímetro,
que indica uma velocidade de módulo constante v, e uma sirene, que
emite um som de frequência constante f 0 . O outro, que permanece
em repouso a uma distância do centro da pista igual a 2 R, escuta o
som da sirene com uma frequência aparente que varia de um valor
máximo ( f máx ) a um valor mínimo ( f mín ).
Considerando que os ouvidos do amigo que está em repouso e a
trajetória da buzina estão num mesmo plano horizontal, o menor in-
tervalo de tempo (Δt) entre a percepção de f máx e f mín , em função
de v e R, é igual a

pR pR
a) d)
v 2v

2p R 3p R
*b) e)
3v 4v

2p R
c)
v

japizzirani@gmail.com 31