Você está na página 1de 2

Química Analítica Quantitativa

Volumetria de precipitação e neutralização


Exercício
01. Determinada análise volumétrica de neutralização é ( ) O gráfico acima se refere a titulação de um ácido forte
representada graficamente a seguir. No gráfico, há uma por uma base fraca, em que no ponto de equivalência é
comparação entre uma titulação que envolve reagentes na observado a formação de sal alcalino.
concentração 0,01M (linha A) e 0,001M (linha B), em que é ( ) Após adição de 10 mL do titulante, haverá a formação de
possível ver a influencia da concentração na determinação uma solução tampão, em que o pH resultante será ácido.
do ponto final (Ve = 50 mL) da análise. A respeito do gráfico ( ) O gráfico se refere a titulação de um ácido fraco por uma
e com base no texto, avalie as assertivas: base forte, sendo um pH alcalino observado no ponto de
equivalência.
( ) Após adição de 30 mL do titulante, todo o titulado haverá
sido consumido, restando apenas sal e excesso do titulado,
o que está de acordo com um pH maior do que 7,0.
( ) O ponto de equivalência da titulação de neutralização é
caracterizado pela igualdade equimolar do titulante e do
titulado, sendo caracterizado pelo pH neutro.

03. Não podemos determinar o ponto de equivalência de


uma titulação experimentalmente. Em vez disso, podemos
apenas estimar sua posição pela observação de algumas
variações físicas associadas com a condição de
equivalência. Essa alteração é chamada ponto final da
titulação. A diferença no volume entre o ponto de
equivalência e o ponto final é o erro de titulação. Nos
métodos volumétricos, o erro de titulação Et é dado por:
Et  V pf  V pe
Em que, Vpf é o volume real para atingir o ponto final e Vpe é
( ) Soluções muito diluídas dificultam a escolha do indicador, o volume teórico para atingir o ponto de equivalência. Com
sendo de difícil visualização do ponto final da titulação. base no que foi exposto no texto e considerando a titulação
( ) A titulação representada pela linha A, é a mais indicada, de 10 mL de amostra 0,5% em NaCl (58,5 g/mol), Determine
pois esta apresenta uma maior faixa de pH para visualização o erro de titulação para a titulação da amostra com 12,5 mL
do ponto final da titulação. de AgNO3 0,0891M

( ) Ambas as análises representadas no gráfico de titulação 04. O Efeito da extensão da reação nas curvas de titulação
podem empregar fenolftaleína como indicador. pode ser avaliado pela variação brusca nas concentrações
( ) A concentração dos reagentes tem influencia direta sobre dos reagentes envolvidos na titulação. Ao se analisar o
o ponto final da análise, sendo que soluções mais diluídas (< gráfico a seguir, claramente, a variação em pAg no ponto de
0,001 M), apresentam uma melhor visualização do ponto de equivalência torna-se maior à medida que o produto de
equivalência. solubilidade fica menor, isto é, quando a reação entre o
analito e o nitrato de prata torna-se mais completa.
( ) O ponto de equivalência do gráfico de titulação ocorre no
mesmo volume (50 mL) para ambas as linhas, apresentando
diferenças apenas na concentração dos reagentes
empregados.
02. O estudo da
composição da
solução formada no
processo de
titulação pode ser
realizada pela
interpretação do
gráfico de titulação.
A cerca da
interpretação do
gráfico volumétrico,
avalie as assertivas a seguir.

1/2
Química Analítica Quantitativa
Volumetria de precipitação e neutralização
Exercício
Com base no que foi exposto, avalie as assertivas:

( ) Em uma solução contendo os ânions descritos no gráfico


de titulação, o primeiro elemento a precipitar na presença de
prata será cloreto.
( ) Espécies que apresentam valores de kps superiores a 10-
10
, são ideias para analise por volumetria de precipitação.
( ) Considerando uma variação de pAg em torno de 4 - 6, o
melhor indicador deve apresentar uma faixa de precipitação
da ordem de pKps ± 1, ou seja pKps de 8.
( ) A titulação do íon brometo não apresenta grandes
dificuldades ao ser analisado por volumetria de precipitação
com nitrato de prata, pois o mesmo apresenta-se como o
mais insolúvel.
( ) O gráfico ilustra como os valores de Kps influenciam nas
análises de precipitação, a saber, quanto maior o valor do
Kps, maior a precipitação do íon e consequentemente, maior
a sua aplicação na argentometria.

2/2