Você está na página 1de 4

Hora da leitura

A ESTRELA SEM NOME

Se fosse tão fácil acender estrelas pela vida fora como é fácil olhá-las
de noite, já acesas, num céu muito escuro, agrupadas em constelações,
como jóias de grande preço, não estava tão aflito aquele acendedor de
estrelas.
Um acendedor de estrelas? Sim!
Recebera do céu aquele encargo. Há poucas pessoas que mereçam
esta honra, mas o pequeno Luciano era uma delas. Não tinha mais de dez
anos, mas era alto para a idade, e com uns olhos tão claros, tão puros e
brilhantes como … como duas estrelas!
E todas as noites, todas, saía da barraquinha onde morava para
acender as estrelas.
Mas nessa noite de Inverno, Luciano, que saíra com muita
antecedência da barraquinha, abafado no sobretudo, com a gola levantada
até ao nariz e um gorro na cabeça, estava muito aflito. Tinha acendido as
estrelas todas, da primeira à última, sem se esquecer de nenhuma, porque
sabia o nome delas todas. Mas sabia também que essa noite era noite de
Natal e que precisava acender uma estrela maior e mais importante do que
as outras, que iluminasse a Terra inteira como um farol e indicasse com os
raios de diamante que além, lá longe, tinha nascido o Menino-Deus que
havia de iluminar as almas com uma luz mais forte, mais viva, e que não
apagasse nunca.
Essa estrela não tinha nome nem estava em constelação nenhuma.
Mas, conforme a noite ia envolvendo a Terra, ela havia de descer no céu e
aproximar-se dos homens até os aquecer, iluminando o caminho àqueles
que quisessem chegar ao Redentor.
Por isso Luciano estava aflito. Em que ponto do céu ficava
exactamente aquela estrela sem nome, apagada ainda, para que ele a
acendesse? Sobre a cidade? No alto das montanhas mais altas da Terra, ou
suspensa sobre o mar sem fim?

Leste bem?

1. Qual era o ofício de Luciano?


_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

2. Quem lhe tinha dado aquele ofício?

_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

3. Procura, no texto, duas expressões relativas ao retrato de Luciano.

_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

4. Indica, exactamente, quando se passou este episódio (localização no


tempo).

_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

5. Qual era a missão daquela estrela especial?

_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

Funções Sintácticas

1. Faz a análise sintácticas das seguintes frases:

• O espectáculo uniu, ontem, o público por causa da sua beleza.

• Nesse momento, alguém bateu à porta com muita força.

• A escola enviou um comunicado aos encarregados de educação.


• Nos intervalos das aulas, o barulho provoca uma sensação

desagradável.

• A tia comprou a fruta na mercado porque estava mais fresca.

• Na hora exacta, os convidados atiraram pétalas aos recém-nascidos.

• Este ano, naquela sala, o patrão ofereceu brindes aos seus

trabalhadores porque produziram muito.

• A Mariana nunca faz a vontade à filha por causa das suas birras.

• A avó visitou os netos no domingo.

• Ontem, os meninos deixaram o lanche em casa.

• Os meninos do ATL hoje foram à piscina porque estão de férias.

2. Produz frases para as seguintes funções sintácticas.

• Sujeito, verbo, modificador de tempo, CD, modificador de causa

_____________________________________________________________________________

• Sujeito, modificador de tempo, verbo, modificador de lugar,


modificador de causa

_____________________________________________________________________________

• Modificador de tempo, Sujeito, verbo, modificador de lugar,


modificador de modo

_____________________________________________________________________________

• Modificador de tempo, sujeito, verbo, CD, modificador de lugar

_____________________________________________________________________________

• Sujeito, verbo, CD, modificador de tempo


_____________________________________________________________________________

• Sujeito, verbo, CD, CI

_____________________________________________________________________________

• Sujeito, Modificador de tempo, verbo, CD, CI, modificador de causa

_____________________________________________________________________________

3. Indica as funções sintácticas das palavras a negrito.

Função Sintáctica de…

*A pintura estava danificada.

*Está a chover porque o céu está


escuro.

* Anteontem, esteve muito calor.

*O avô contou uma histórias aos


meninos.

*Na praia é preciso ter cuidado com


o sol.

*Ela arrumou o quarto ao


pormenor.

*A Raquel comprou o creme à Luisa.

*O João leu o livro.