Você está na página 1de 194

Dicionário aberto de calão e expressões idiomáticas

José João Almeida (jj@di.uminho.pt)

12 de Setembro de 2018
2

Este dicionário é o resultado de um exercício de lin- Sousa; António Pina; António M. Pereira Costa; Bar-
guística, de linguagens de programação e de Perl. bara Santos; Bete Vieira; Bruno Miranda, dicionário
Detalhes acerca do modo como ele está construído de Saloiês e não só; Cândida Ribeiro; Caio Gracco Pi-
podem ser obtidos do autor. nheiro Dias; Carlos; Carlos; Carlos Carvalho; Carlos
Este dicionário contem presentemente cerca de 4000 Gravato; Carlos Ilhargo; Carlos Moreno; Carol; Cé-
entradas e precisa desesperadamente da sua co- lia Soares; César Analide; Cláudia Magalhães; Con-
laboração. Deve ser olhado não como um dicionário ceição Saraiva; Conceição Paiva; Corina; Daniel San-
completo mas como uma colecção amadora que tem tos; Daniela Rodrigues; David; Drausio Fortes Henri-
contado com a colaboração de vários informantes a que Faria; Edgar Carvalho; Eduardo Cavalcanti Gomes
quem muito agradecemos Ferreira; Eduardo; Eugénio Otero; Fábio Santos; Fer-
Tecnicamente, este dicionário está a usar a lingua- nandes; Fernando Jorge; Fernando Rangel; Fernando
gem programação DPL (dictionary programming lan- Serrano Torres; Felippe; Félix; Filipe Carvalhosa; Fi-
guage), do projecto Natura lipe Silva; Filipe Martins; Filipe Resão; Florbela So-
ares; Francisco Almada Lobo; Francisco Gonçalves;
Estrutura das entradas Hernâni Mergulhão; Helena Nogueira; Hugo Felício;
Inês de Matos; Gilberto Conde; Jacinto; Jorge Gus-
tavo; Jorge Marcedo; Jorge Otto S. Becken; Jorge
 sin.:
Quinta-Nova; Jorge Galrito; José Bernardo; José João
 semantica: signicado Almeida; José Manuel Ruas; José Nuno Oliveira; José
 ex.:
Pedro; José Pedro Oliveira; José Pinheiro Neta; José
• frase: exemplo de uso Orlando Pereira; José Paracana; José Leon Machado;
• paraf: explicação José Lucena; José Rocha e Silva; João; João; João José
 level:
Cardoso; João Alves; João Pedro Correia; J. Vicente;
• normal J. Varela; Júlio Bueno; Júlio Reis; Justino Oliveira;
• calão Lia Raquel; Luís Pedro Fernandes; Luís Miguel Ma-
• erudito chado; Madalena Vidal; Manuel Rodrigues; Manuela
• coloquial Gonzaga; Márcio Roberto Lisboa; Margarita Correia;
• calão carroceiro Mariana; Macedo; Magda; Magma; Miguel Borges;
• calão muito carroceiro Mirella Ugolini; Noel Soares; Nádia Conceição; Nel-
• calão estupidamente carroceiro son Domingos; Nuno Andrade; Orlando Delm; Ós-
 é um:
car Pereira; P.Pires; P.Matos; Patrícia Malhão; Paulo
• termo da Cruz; Paulo Ferreira; Paulo Jorge Azevedo; Pedro;
• frase pitoresca Pedro Cipriano; Pedro Cunha; Pedro Salgado; Pedro
• interjeição Marques; Pedro Soares; Raul Pereira; Ricardo; Renato
• provérbio Duarte Plantier; Rúben; Rui Correia; Rui Vilela; Sara
• insulto Fernandes; Sérgio Delgado; Sónia; Susanne Morch; Te-
• termo calão resa Preta; Tiago Pedroso; Tó Maria; Ulisses Pinto;
• idiomática Valdemar Andrade; Vanda Gutierrez; Victor Rafael;
• outra Virgínia Capoto; Vítor Pereira; Xinha; jarocha; Zé dos
 local:
Pregos; e muitos outros que me esqueci de assentar na
pt

altura
pt norte

pt centro

pt sul

Brasil

Angola

Madeira

Açores

particular

 outrolocal: origem geográca
 from:
email: email (não ca público)
nome: nome

Lista de colaboradores
Gil Vicente; Bocage; Adriano Martins; Alberto Manuel
Brandão Simões; Alexandre; Alexandra; Ana; Ana
Carvalho; Ana Lúcia Batista Rodrigues; Ana Mar-
garida Ferreira; Ana Martins; Ana Salgado; André
Manique; André Santos; Antónia Forjaz; António de
abafa-palhinha 3 abono de família

A
à beça
em grande quantidade
sin.: bué de; bué-muito; tótil de; muitíssimo; a dar
com um pau; baita; um ror de _; pargas; paletes
de algo; milhentas; catrefada de _
abafa-palhinha gram: loc. adv. de quantidade
◦ homossexual masculino passivo level: coloquial
◦ indivíduo efeminado local: Brasil
sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; bai-
abécula
tola; abichanado; lingrinhas; maricas; miasco; é um: insulto
rabo; rabeta; rebola; rabolho; panasca; panisga; diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente
panilas; panão; panuco; picolho; veado; perobo; sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; besta; ca-
boiola; frozô; roto; gay melo; calhau; cavalgadura; alimária; abantesma;
ex.:
estafermo; energúmeno; sendeiro
frase: És um abafa-palhinha •
equiv: És um maricas ◦ Pessoa que tem pouca habilidade manual, desig-
genero: masculino
nadamente na preensão dos objectos (que deixa
level: calão carroceiro
frequentemente cair ao chão)
abafar ◦ incapaz de fazer determinada tarefa
esconder, esquecer, mudar de assunto, fazer com que
sin.: aselha; mão de aranha; desajeitado
um processo ou uma denûncia não siga
abichanado
ex.: um escândalo tremendo mas que foi logo aba-
◦ homossexual masculino passivo
fado pela câmara
◦ indivíduo efeminado
abafo
sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; bai-
festas, carinho
sin.: cafuné; carícia; meiguice; quitute; quindim;
tola; lingrinhas; maricas; miasco; rabo; rabeta;
tagaté; dengo rebola; rabolho; panasca; panisga; panilas; pa-
abananado não; panuco; picolho; veado; perobo; boiola;
admirado, aturdido e sem palavras frozô; roto; abafa-palhinha; gay
genero: masculino
sin.: estupefacto; azuratado; aturdido; embasba-
level: calão
cado
ex.: Levou tamanho soco que até cou abananado

level: coloquial
efeminado, aparentando ser homossexual
sin.: borboleta; amaricado
abanar o capacete
ex.: esse teu Mini cor de rosa é um bocado abicha-
dançar
abanar os ananases nado
abanando provocadoramente o rabo abientô
ex.: ela levantou-se e foi até à pista abanando os expressão de despedida (frequentemente cínica)
ananases sin.: à bientôt ; astalavista

abancar à bientôt
sentar-se à mesa (para comer) expressão de despedida (frequentemente cínica)
sin.: alapar; sentar-se sin.: abientô; astalavista

ex.: Toca a abancar pessoal! abiscoidato


abandalhar ser doido, sem juízo
fazer algo sem o levar a sério sin.: Sócio da F.N.A.C.; amalucado; destravado;

sin.: avacalhar desmiolado; ser marado dos cornos


ex.: local: Brasil

frase: Não te deixes abandalhar abismado


equiv: tem cuidado com a tua imagem, postura, espantado
forma física •
abantesma é um: trocadilho por aglutinação libertina
é um: insulto sujeito que caiu de um abismo
diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente abispar
sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; besta; ca- sin.: armar-se em esperto; arriscar
melo; calhau; cavalgadura; abécula; alimária; es- ex.: Oh meu, abispa-te e dou-te no focinho!
tafermo; energúmeno; sendeiro abono de família
abarbatar-se com coisa órgão sexual masculino, pénis, pênis
guardar para si, fazer desaparecer, car com... sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho;
sin.: aambrar; abotoar-se com coisa; aambrar-se cacete; camandro; pau; pinto; ponteiro; porra;
com coisa; gamar; deitar a mão; deitar as garras drejo; bregalho; bicha; vergalho; piroca; pirilau;
ex.: "O Manel abarbatou-se com o presunto e nin- pichota; basalto; banana; pirola; lampreão; pin-
guém mais o viu" guelo; piçalho; bitola; blica; black and decker ;
abono de família 4 acertar no olho do mosquito

bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo; manga- à bruta


lho; besugo; quinta perna do burro; sabordalhão; excelente
sardão; tora; verga sin.: de arrebimba o malho; com toda a força
level: coloquial abusar da maçaneta
à borla fazer sexo homossexual (no caso dos homens) ou
algo que se recebe ou come gratuitamente sexo anal (no caso das mulheres)
sin.: à pala; à borliú; de graça; saber a pato com sin.: dar o cu; cagar para dentro; cavalgar a jibóia;
penas levar na anilha; tirar leito do pau; queimar rosca
à borliú level: calão carroceiro

algo que se recebe ou come gratuitamente local: Brasil

sin.: à pala; à borla; de graça; saber a pato com abutre


penas é um: ave
patt: à (borliú/borlius) ave de rapina necrófaga
aborrecer acabado de estrear
sin.: chatear; incomodar; melgar coisa nova
aborrecido sin.: novo em folha
diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes- patt: (acabado/acabadinho) de estrear
soas, de modo incomodativo acabar em pizza
sin.: chato; incomodativo; melga; gosma; fega; não se realizar
cromo; postal; autocolante; adesivo; besunta sin.: car em águas de bacalhau; dar em nada
abotoar o paletó a cair aos pedaços
morreu, faleceu Pessoa que evidencia ao olhar doença grave ou
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- grande cansaço, muitas vezes ligado a excesso de
leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir trabalho ou de farra
para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das sin.: cair da boca aos cães; a cair de podre
tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para a cair de podre
os anjinhos; ir às malvas; passar desta para me- Pessoa que evidencia ao olhar doença grave ou
lhor; quinar; dar o peido mestre; dormir o sono grande cansaço, muitas vezes ligado a excesso de
eterno; descanso eterno; dar o último suspiro; dar trabalho ou de farra
o couro às vacas; entregar a alma a Deus; nar-se; sin.: cair da boca aos cães; a cair aos pedaços
anafragar; estertorar; marchar acarajes
patt: (abotoar*/apertar*) o paletó
local: Brasil
local: Brasil

abotoar-se com coisa acertar em cheio


guardar para si, fazer desaparecer, car com... adivinhar, acertar precisamente
sin.: dar em cheio; acertar na mosca; acertar na
sin.: aambrar; aambrar-se com coisa; abarbatar-
se com coisa; gamar; deitar a mão; deitar as lata; acertar na muche; acertar no olho do mos-
garras quito
local: Portugal
abraçar o jacaré
acertar na lata
◦ situação sem saída, incómoda, desagradável
◦ encontra-se em situação complicada, difícil de re-
adivinhar, acertar precisamente
sin.: dar em cheio; acertar em cheio; acertar na
solver
sin.: estar frito; estar tramado; estar ferrado; es-
mosca; acertar na muche; acertar no olho do mos-
tar feito ao bife; estar metido numa grande em- quito
local: Brasil
brulhada; estar metido num sarilho; estar metido
numa alhada acertar na mosca
local: Brasil
adivinhar, acertar precisamente
sin.: dar em cheio; acertar em cheio; acertar na lata;
abrenúncio!
interjeição de desagrado e esconjuro acertar na muche; acertar no olho do mosquito
local: Brasil
sin.: o Diabo seja cego, surdo e mudo; vade retro Sa-
tanás; credo, cruzes, canhoto!; lagarto! lagarto! acertar na muche
lagarto! adivinhar, acertar precisamente
sin.: dar em cheio; acertar em cheio; acertar na
abrir o jogo
denunciar algo, dizer a verdade, revelar os detalhes, mosca; acertar na lata; acertar no olho do mos-
claricar as intenções quito
sin.: pôr as cartas na mesa; descobrir o jogo
acertar no olho do mosquito
abrir os olhos a alguém adivinhar, acertar precisamente
sin.: dar em cheio; acertar em cheio; acertar na
elucidar, alertar
sin.: isto é um abr'ólhos
mosca; acertar na lata; acertar na muche
achandrar-se 5 afanar

achandrar-se adeus
é um: ameaça é um: saudação
◦ acalma-te e cala-te (imperativo, em tom de ame- olá
aça) ex.:
◦ envolve car em posição de submissão frase: Adeus! Como está?
sin.: baixar a bola; ca caladinho; não pies equiv: Olá, como está?
ex.: local: Algarve
frase: Achandra-te lá antes que leves nas trombas adjectivo como a merda
equiv: acalma-te superlativo de adjectivo , que pode funcionar em
achavascado sentido positivo ou em sentido depreciativo
é um: insulto sin.: adjectivo como o caralho
mal-educado, bruto, ignorante, rude, sem maneiras level: calão
sin.: bertoldo; burgesso; ordinário; alarve; gros- adjectivo como o caralho
seiro; rude; matarruano; ser um casca-grossa superlativo de adjectivo , que pode funcionar em
local: Brasil sentido positivo ou em sentido depreciativo
aço sin.: adjectivo como a merda
sin.: naifa; fava; navalha; facalhão; ponta e mola ex.: um bife grande como o caralho
ex.: temos que lhe espetar o aço level: calão
a coisa está a tornar-se feia patt: adjectivo como o (caralho/caraças/caneco)
sin.: a coisa está feia adoçar a pílula
patt: a coisa está a (tornar-se/car) feia é um: frase pitoresca
a coisa está feia de modo conciliador e delicado. Dizer algo desagra-
sin.: a coisa está a tornar-se feia dável ou difícil de aceitar de forma provisória ou
patt: a coisa está (feia/preta/mal parada/a correr minimizando os aspectos negativos inerentes ao
mal) facto a reportar ou comunicar
acordar com os pés de fora sin.: dourar a pílula; aligeirar; com paninhos quen-

acordar muito mal disposto tes; sem ferir susceptibilidades; eufemismo


Acreditas em amor à primeira vista, ou tenho ori.: Quando um remédio (no caso, em pílula) tem

que passar por aqui mais uma vez? mau sabor pode-se juntar açúcar para a toma ser
é um: piropo de gosto duvidoso menos penosa
acunhar ex.: "O Ministro das Finanças veio ontem à tele-

fugir, afastar-se visão falar dos novos impostos mas adoçando a


sin.: dar ares de Vila Diogo; dar à sola; dar de pílula..."
frosques; dar de trancas; cavar; pirar-se; fugir; oposto: curto e grosso

vazar; pôr-se no piro; pôr-se na alheta; pôr-se local: Portugal

nas andadeiras; pôr-se ao fresco; pôr-se a mexer; advogado


pôr-se a bulir; pôr-se a milhas; pôr-se a andar; é um: Denição compacta genial para palavras cru-

cair fora; mandar-se; ralar peito; picar a mula; zadas


escafeder-se; pisar fundo sujeito que salva os nossos bens dos inimigos, e os
local: Brasil guarda para ele.
a dar com um pau aéreo
em grande quantidade estar completamente distraído; Não estar atento
sin.: bué de; à beça; bué-muito; tótil de; muitíssimo; por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
baita; um ror de _; pargas; paletes de algo; temporária de focalização na realidade do mo-
milhentas; catrefada de _ mento
ex.: sin.: estar na lua; andar nas nuvens; aluado; me-

frase: Havia lá comida a dar c'um pau. ditabundo; ensimesmado; desligado; ausente; em
equiv: muita comida parte incerta; dormir na forma; estar noutro com-
gram: loc. adv. de quantidade primento de onda
adeceibar à espreita
bater com muita violência em alguém atento, estar a espreitar (ligado à ideia de voyeu-
sin.: estouro; bato; desfaço; estrafego todo rismo ou secretismos)
ex.: Se não fazes o que mando, até te adeceibo sin.: andar à coca; às ocultas

local: Caxinas afanar


adesivo furtar, roubar
diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes- sin.: bifar; pifar; gamar; gardanho; rapinar; surri-

soas, de modo incomodativo piar; fanar; roubar; palmar; empalmar; fazer mão
sin.: chato; aborrecido; incomodativo; melga; leve a
gosma; fega; cromo; postal; autocolante; besunta ex.: oh professor, aquele menino afanou-me o lápis

level: coloquial level: coloquial


aambrar 6 alarve

aambrar à grande e à francesa


vestir-se bem anedota: O cariz internacionalista do povo portu-
ex.: ele vai todo aambrado guês é inegável. Senão vejamos:
• - Se tem um problema para ultrapassar ... diz
guardar para si, fazer desaparecer, car com... que se vê grego;
sin.: abotoar-se com coisa; aambrar-se com - Se alguma coisa é difícil de compreender ... diz
coisa; abarbatar-se com coisa; gamar; deitar que é chinês;
a mão; deitar as garras - Se trabalha de manhã à noite ... diz que é um
ex.: mouro;
frase: aambraste o meu CD - Se tem uma invenção moderna e mais ou menos
equiv: caste-me com o CD inútil... diz que é uma americanice;
aambrar alguém - Se alguém mexe em coisas que não deve ... diz
ter relações sexuais que é como o espanhol;
sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; copu- - Se alguém vive com luxo e ostentação ... diz
lar; dar uma ponteirada; dar-lhe aço; estar no que vive à grande e à francesa;
refustedo; fornicar; transar; anfar-lhe; afogar - Se alguém faz algo para causar boa impressão
o ganso; pinocar; gibra; mandar o Bernardo às aos outros ... diz que é só para inglês ver;
compras - Se alguém tenta "regatear"o preço de alguma
level: calão coisa ... diz que é pior que um marroquino;
aambrar-se com coisa Mas quando alguém faz asneira ou alguma coisa
guardar para si, fazer desaparecer, car com... corre mal ... diz que é à Portuguesa!
sin.: aambrar; abotoar-se com coisa; abarbatar-se aguentar os cavalos
com coisa; gamar; deitar a mão; deitar as garras esperar com calma, conando que tudo se resolverá
ex.: "Vocês aambraram-se com o meu guarda- sin.: dar tempo ao tempo
chuva e nunca mais lhe puz a vista em cima" aguentar-se nas canelas
anar Pessoa que por doença ou cansaço está com dicul-
sin.: chatear-se; levar a mal dade em permanecer em pé
anfar-lhe sin.: aguentar-se nas canetas; não se ter em pé
ter relações sexuais aguentar-se nas canetas
sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; copu- Pessoa que por doença ou cansaço está com dicul-
lar; dar uma ponteirada; dar-lhe aço; estar no dade em permanecer em pé
refustedo; fornicar; transar; aambrar alguém; sin.: aguentar-se nas canelas; não se ter em pé
afogar o ganso; pinocar; gibra; mandar o Ber- ex.: no nal ele já não se aguentava nas canetas e
nardo às compras foi preciso levá-lo
level: calão
ainda a noite é uma criança
• algo que está apenas a começar
bater em (física ou psicologicamente) sin.: ainda a procissão vai no adro
sin.: atirar-lhe com
ainda a procissão vai no adro
aição algo que está apenas a começar
sin.: aperto de alma
sin.: ainda a noite é uma criança
afogar o ganso ainda não caiu a cha
ter relações sexuais ◦ não entender nada
sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; copu-
◦ não dominar certo assunto
lar; dar uma ponteirada; dar-lhe aço; estar no sin.: não perceber peva; não perceber um boi de;
refustedo; fornicar; transar; aambrar alguém; ser chinês; não entender patavina
anfar-lhe; pinocar; gibra; mandar o Bernardo às ajustar contas com
compras
castigar, normalmente ligado a vingança
level: calão
sin.: fazer um acerto de contas; ter umas contas a
local: Brasil
ajustar
à ganância
patt: (ajustar*/ir* ajustar) contas com
impecável, perfeito
sin.: à maneira
alapar

sentar-se à mesa (para comer)
sin.: abancar; sentar-se
querer tudo, comer tudo
agarrado ala que se faz tarde
patt: (ala que se faz/fazer*-se) tarde
pessoa muito agarrada ao dinheiro
sin.: avarento; unhas de fome; sovina; somítico; pe-
alarve
é um: insulto
lintra; pão duro; perangueiro
agora é que a porca torce o rabo mal-educado, bruto, ignorante, rude, sem maneiras
sin.: bertoldo; burgesso; ordinário; grosseiro; acha-
é que aparecem as diculdades
patt: (agora/aqui) é que a porca torce o rabo
vascado; rude; matarruano; ser um casca-grossa
alcagoitas 7 à maneira

alcagoitas sin.: dourar a pílula; adoçar a pílula; com paninhos


amendoins quentes; sem ferir susceptibilidades; eufemismo
sin.: minuins oposto: curto e grosso
alcofa alimária
referente à região das nádegas ou ânus, frequente- é um: mamífero
mente usado em expressões brejeiras de aprecia- animal de carga
ção estética •
sin.: bunda; cu; peida; rabo; bilha; traseiro; tutu;
é um: insulto
peidola; pacote; regueifa; cagueiro; zuate diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente
ex.:
sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; besta; ca-
frase: tens uma grande alcofa
melo; calhau; cavalgadura; abécula; abantesma;
equiv: tens um rabo enorme
estafermo; energúmeno; sendeiro
alcoviteiro
alma danada
actividade de se meter na vida dos outros, espiar,
comentar, armar intrigas pessoa instigadora do mal, pessoa perversa
sin.: cuscar; bisbilhotar; cheiretar; fazer fofocas; in-
alma do outro mundo
triguista; rasgar seda; tagarelar; dar ao badalo sin.: alma penada; fantasma

• alma penada
◦ indivíduo que vive à custa de uma prostituta sin.: alma do outro mundo; fantasma
◦ ruão almeidas
sin.: gigolô; chulo; putanheiro; ruão varredores do lixo
aldrabão alternadeira
pessoa que engana os outros mulher que frequenta muitos bares nocturnos com a
sin.: vigarista; vígaro; trapaceiro
intenção de conseguir que os cliente bebam, con-
aldrabice sumam muito, normalmente uma prostituta
usar de vantagem ilegítima ou indevida para ul- uso:
trapassar parceiros ou competidores (usualmente
eufemismo: prostituta
sem grande impacto económico ou social)
sin.: mangaruça; batota; tramóia; esperteza saloia
alto e para o baile
• é um: exclamação de desagrado

situação confusa, anárquica ou com intento engana- esta expressão é uma ordem de paragem usada
dor quando a situação está a descambar, está a se-
sin.: caldeirada; confusão; anarquia guir uma direção inconveniente
alfacinha aluado
habitante de Lisboa estar completamente distraído; Não estar atento
• por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
adivinha: temporária de focalização na realidade do mo-
p: Porque é que os habitantes de Lisboa se cha- mento
mam alfacinhas? sin.: estar na lua; andar nas nuvens; meditabundo;

r: Porque não têm tomates. Se tivessem seriam ensimesmado; aéreo; desligado; ausente; em parte
saladinhas incerta; dormir na forma; estar noutro compri-
algazarra mento de onda
◦ Barulho, barulheira ex.:

◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes- frase: Hoje o Alcindo está aluado. Não vale a
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem pena falar com ele.
◦ desordem, desorganização equiv: Provável ideia de que a pessoa se encontra
sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en- (mentalmente) num local tão longínquo como
granzel; cagaçal; bagunceira; bagunça; chinfrim; a lua; Poderá ser, também, uma alusão a que,
chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei- em função das fases da lua, as pessoas (as mu-
rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho lheres em especial) mudam o seu comporta-
nem trebelho mento
ex.: parem lá com essa algazarra toda. Assim nin- local: pt
guém de entende! amalucado
alhada ser doido, sem juízo
situação complicada sin.: Sócio da F.N.A.C.; destravado; desmiolado;
sin.: complicação; sarilho; embrulhada abiscoidato; ser marado dos cornos
aligeirar à maneira
de modo conciliador e delicado. Dizer algo desagra- impecável, perfeito
dável ou difícil de aceitar de forma provisória ou sin.: à ganância
minimizando os aspectos negativos inerentes ao
facto a reportar ou comunicar
amarelar 8 andar ao lambisco

amarelar andar a balões de soro


◦ ser medroso estar muito velho, avariado, inseguro, a funcionar
◦ tem grandes receios de algo mal, cansado de esforço ou doença
sin.: pelar-se de medo; tem medo que se pela; mor- sin.: estar a cair da tripeça; estar a cair aos bocados;
rer de medo; borrar-se de medo andar a arrastar os pés
ex.: então ele amarelou e desistiu etim: doentes de hospital ligados a garrafas de soro
local: Brasil andar à cata
a maré não está para peixe procurar atentamente
usa-se quando há ausência de raparigas ou estas não sin.: andar ao lambisco
aparentem estar recetivas a convite
andar a coçar os colhões
ori.: a pesca não parece viável (mar perigoso ou
ausência de peixe) não fazer nada de útil
sin.: não fazer a ponta de um corno
amaricado
level: calão
efeminado, aparentando ser homossexual
patt: andar* a coçar os (colhões/tomates)
sin.: borboleta; abichanado
amarrar pano andar a esfolar cabritos
casar, ir viver junto com alguém mulher que se prostitui ostensivamente e explora
sin.: juntar os trapinhos; dar o nó; dar o doce; dar ex.: aquela ali anda há muitos anos a esfolar cabritos

o sim nota: caricatura da situação em que uma prostituta

local: Guiné consegue obter de um seu cliente todo o dinheiro


amena cavaqueira que este levava, o qual ca "esfolado como um
sin.: franca cavaqueira; conversa ada cabrito", ie: despojado do que tinha...
a meu ver andar à futrica
em minha opinião andar desmazelado, com pouco cuidado com a apa-
sin.: pela parte que me toca rência
a minha fatia andar à moina
o resultado de uma divisão (bens, lucros, tarefas a ◦ sem dinheiro, a mendigar
realizar) ◦ situação de penúria, depressão
sin.: o que me toca; a minha parte; o meu quinhão
sin.: andar ó tio ó tio; sem cheta; uma mão atrás
a minha parte e outra à frente; andar nas lonas; estar à depen-
o resultado de uma divisão (bens, lucros, tarefas a dura; sem um tusto; estar na merda; estar liso;
realizar) estar teso; teso como um carapau; pedinchar; an-
sin.: o que me toca; o meu quinhão; a minha fatia
dar a pedir esmola
amuar andar a monte
car sentido com o que lhe foi dito, sugerido ou in-
◦ andar fugido à justiça
sinuado e reagir com expressão facial ou corporal
◦ ser procurado pela polícia
a tal facto
sin.: armar o burro; car emburrado
andar à nora
anafragar adivinha:

morreu, faleceu p: Qual o melhor sogro do mundo?


sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- r: É o Cavaco que se foi embora e deixou tudo à
leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir nora
para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das •
tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para não perceber nada do que se disse, estar desorien-
os anjinhos; ir às malvas; passar desta para me- tado
lhor; quinar; dar o peido mestre; dormir o sono sin.: andar aos papéis; andar desnorteado
eterno; descanso eterno; dar o último suspiro; dar andar a nove
o couro às vacas; abotoar o paletó; entregar a é um: frase pitoresca
alma a Deus; nar-se; estertorar; marchar com muita pressa
level: arcaico
sin.: ir para o comboio; ir tirar o pai da forca
anarquia ori.: máxima velocidade atingida pelos carros eléc-
situação confusa, anárquica ou com intento engana- tricos cujo manípulo de condução girava em torno
dor de um eixo no sentido dos ponteiros do relógio até
sin.: caldeirada; confusão; aldrabice
ao ponto 9  máxima velocidade
andar a arrastar os pés ex.: ando eu aqui a nove e tu não fazes nada
estar muito velho, avariado, inseguro, a funcionar dom: eléctricos
mal, cansado de esforço ou doença
andar ao lambisco
sin.: estar a cair da tripeça; estar a cair aos bocados;
andar a balões de soro procurar atentamente
sin.: andar à cata
ex.: O nosso guarda-redes anda para aí a arrastar
os pés...
andar aos caídos 9 andar à pancada

andar aos caídos andar a coçar o cu pelas esquinas


◦ estar deprimido, estar num mau período _ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por
◦ estado de decadência não trabalhar e andar na vadiagem
◦ seguir muito baixos níveis de exigência sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no
sin.: pela hora da morte; nas ruas da amargura; laréu; andar a polir esquinas; andar a mandriar;
estar na mó de baixo; estar em baixo; estar numa andar a vadiar; andar a aino; andar a preguiçar;
pior; estar na pior ócio; andar na vadiagem; andar na trolaró; andar
andar aos papéis a fazer versos à Lua
é um: frase pitoresca level: calão
não perceber nada do que se disse, estar desorien- patt: (andar*/estar*) a coçar o cu pelas esquinas
tado andar a fazer cera
sin.: andar à nora; andar desnorteado _ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por
ex.: não trabalhar e andar na vadiagem
frase: ando aos papéis sin.: andar à boa-vida; andar no laréu; andar a co-
equiv: não percebi nada çar o cu pelas esquinas; andar a polir esquinas;
andar a pedir esmola andar a mandriar; andar a vadiar; andar a aino;
◦ sem dinheiro, a mendigar andar a preguiçar; ócio; andar na vadiagem; an-
◦ situação de penúria, depressão dar na trolaró; andar a fazer versos à Lua
sin.: andar ó tio ó tio; sem cheta; uma mão atrás
patt: (andar*/estar*/) a fazer* cera
e outra à frente; andar nas lonas; estar à depen- andar a fazer versos à Lua
dura; sem um tusto; estar na merda; estar liso; _ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por
estar teso; teso como um carapau; pedinchar; an- não trabalhar e andar na vadiagem
dar à moina sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no
andar à porra e à maça laréu; andar a coçar o cu pelas esquinas; andar a
◦ espancar, lutar
polir esquinas; andar a mandriar; andar a vadiar;
◦ situação de luta generalizada
andar a aino; andar a preguiçar; ócio; andar na
sin.: passar a vias de facto; andar à batatada; andar
vadiagem; andar na trolaró
à traulitada; andar à pancada; andar à porrada; patt: (andar*/estar*/) a fazer versos à Lua
andar à lapada; arraial de pancadaria; arraial de andar a aino
porrada; roleta; pancada de criar bicho; porrada
_ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por
velha
não trabalhar e andar na vadiagem
level: coloquial
sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no
patt: (andar*/) à porra e à maça
laréu; andar a coçar o cu pelas esquinas; andar
andar às apalpadelas
procurar sem saber muito bem o quê ou como a polir esquinas; andar a mandriar; andar a va-
andar com a casa às costas diar; andar a preguiçar; ócio; andar na vadiagem;
andar sempre muito carregado andar na trolaró; andar a fazer versos à Lua
patt: (andar*/estar*/) a aino
andar com a lua
andar de costas ao alto andar à lapada
não trabalhar nada, vadiar ◦ espancar, lutar
andar de cu tremido ◦ situação de luta generalizada
andar de carro sin.: passar a vias de facto; andar à batatada; andar

patt: (andar* de/) cu tremido à traulitada; andar à pancada; andar à porrada;


andar desnorteado andar à porra e à maça; arraial de pancadaria;
não perceber nada do que se disse, estar desorien- arraial de porrada; roleta; pancada de criar bicho;
tado porrada velha
sin.: andar aos papéis; andar à nora patt: (andar*/estar*/) à lapada
andar em pancas andar a mandriar
◦ ter muito (demasiado) que fazer _ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por
◦ estar super atarefado não trabalhar e andar na vadiagem
sin.: andar numa fona; andar numa correria; não sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no
chegar para as encomendas; não dar vazão; não laréu; andar a coçar o cu pelas esquinas; andar a
dar conta do recado polir esquinas; andar a vadiar; andar a aino; an-
andar à batatada dar a preguiçar; ócio; andar na vadiagem; andar
◦ espancar, lutar na trolaró; andar a fazer versos à Lua
◦ situação de luta generalizada patt: (andar*/estar*/) a mandriar
sin.: passar a vias de facto; andar à traulitada; an- andar à pancada
dar à pancada; andar à porrada; andar à porra ◦ espancar, lutar
e à maça; andar à lapada; arraial de pancada- ◦ situação de luta generalizada
ria; arraial de porrada; roleta; pancada de criar sin.: passar a vias de facto; andar à batatada; andar
bicho; porrada velha à traulitada; andar à porrada; andar à porra e
patt: (andar*/estar*/) à batatada à maça; andar à lapada; arraial de pancadaria;
andar à pancada 10 andar na vadiagem

arraial de porrada; roleta; pancada de criar bicho; andar à mama


porrada velha level: calão
patt: (andar*/estar*/) à pancada patt: (andar*/estar*/car*) à mama

andar a polir esquinas andar ao corrente


_ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por _ bem informado de determinada situação
não trabalhar e andar na vadiagem sin.: andar a par

sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no patt: (andar*/estar*/car*) ao corrente

laréu; andar a coçar o cu pelas esquinas; andar a andar a par


mandriar; andar a vadiar; andar a aino; andar _ bem informado de determinada situação
a preguiçar; ócio; andar na vadiagem; andar na sin.: andar ao corrente

trolaró; andar a fazer versos à Lua patt: (andar*/estar*/car*) a par

ex.: Não fez o trabalho de casa porque andou a polir andar a sonhar com ladrões
esquinas estar a imaginar situações piores que a realidade
patt: (andar*/estar*) a polir esquinas patt: (andar*/estar*/car*/) a sonhar com ladrões

andar à porrada andar com a mosca


◦ espancar, lutar estar mal disposto e zangado
◦ situação de luta generalizada sin.: chegar a mostarda ao nariz; estar com os azei-

sin.: passar a vias de facto; andar à batatada; andar tes; estar com a telha; de candeias às avessas;
à traulitada; andar à pancada; andar à porra e estar de mal com alguém
à maça; andar à lapada; arraial de pancadaria; patt: (andar*/estar*/car*) com a mosca

arraial de porrada; roleta; pancada de criar bicho; andar nas lonas


porrada velha estar desgastado, no limite das suas forças
level: coloquial patt: (andar*/estar*/car*) nas lonas

patt: (andar*/estar*/) à porrada •


andar a preguiçar ◦ sem dinheiro, a mendigar
_ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por ◦ situação de penúria, depressão
não trabalhar e andar na vadiagem sin.: andar ó tio ó tio; sem cheta; uma mão atrás e
sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no outra à frente; estar à dependura; sem um tusto;
laréu; andar a coçar o cu pelas esquinas; andar a estar na merda; estar liso; estar teso; teso como
polir esquinas; andar a mandriar; andar a vadiar; um carapau; pedinchar; andar a pedir esmola;
andar a aino; ócio; andar na vadiagem; andar andar à moina
na trolaró; andar a fazer versos à Lua patt: (andar*/estar*/car*) nas lonas

patt: (andar*/estar*/) a preguiçar andar à coca


andar à traulitada atento, estar a espreitar (ligado à ideia de voyeu-
◦ espancar, lutar rismo ou secretismos)
◦ situação de luta generalizada sin.: à espreita; às ocultas

sin.: passar a vias de facto; andar à batatada; andar patt: (andar*/estar*/car*/pôr-se*) à coca

à pancada; andar à porrada; andar à porra e à andar à rasca


maça; andar à lapada; arraial de pancadaria; ar- ver-se em diculdades para realizar algo
raial de porrada; roleta; pancada de criar bicho; sin.: estar à brocha

porrada velha ex.: quando eu o vi, ele cou à rasca

patt: (andar*/estar*/) à traulitada patt: (andar*/estar*/car*/ver*-se) à rasca

andar a vadiar andar na má vida


_ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por vida boémia, festejos desregrados
sin.: vida airada; estroinice; vagabundagem
não trabalhar e andar na vadiagem
patt: (andar*/estar*) na má vida
sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no
laréu; andar a coçar o cu pelas esquinas; andar a andar na trolaró
polir esquinas; andar a mandriar; andar a aino; _ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por
andar a preguiçar; ócio; andar na vadiagem; an- não trabalhar e andar na vadiagem
sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no
dar na trolaró; andar a fazer versos à Lua
patt: (andar*/estar*/) a vadiar
laréu; andar a coçar o cu pelas esquinas; andar a
andar à boa-vida polir esquinas; andar a mandriar; andar a vadiar;
_ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por andar a aino; andar a preguiçar; ócio; andar na
não trabalhar e andar na vadiagem vadiagem; andar a fazer versos à Lua
patt: (andar*/estar*/) na trolaró
sin.: andar a fazer cera; andar no laréu; andar a
coçar o cu pelas esquinas; andar a polir esquinas; andar na vadiagem
andar a mandriar; andar a vadiar; andar a aino; _ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por
andar a preguiçar; ócio; andar na vadiagem; an- não trabalhar e andar na vadiagem
sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar no
dar na trolaró; andar a fazer versos à Lua
patt: (andar*/estar*/car*) à boa-vida
laréu; andar a coçar o cu pelas esquinas; andar a
polir esquinas; andar a mandriar; andar a vadiar;
andar na vadiagem 11 andorinha

andar a aino; andar a preguiçar; ócio; andar na andar numa fona


trolaró; andar a fazer versos à Lua ◦ ter muito (demasiado) que fazer
patt: (andar*/estar*/) na vadiagem ◦ estar super atarefado
andar no engate sin.: andar numa correria; não chegar para as enco-

cavalheiros que tentam seduzir namoradas. Pode mendas; não dar vazão; não dar conta do recado;
também referir-se a prostituta que anda à pro- andar em pancas
cura de clientes. patt: (andar*/) numa fona

sin.: engatar; garanhar; galar andar o Diabo à solta


ex.: vi uma gaja no bar e tentei-a engatar andar ó tio ó tio
level: coloquial ◦ sem dinheiro, a mendigar
patt: (andar*/estar*) no engate ◦ situação de penúria, depressão
andar no gamanço sin.: sem cheta; uma mão atrás e outra à frente; an-

andar a roubar dar nas lonas; estar à dependura; sem um tusto;


patt: (andar*/estar*) no gamanço
estar na merda; estar liso; estar teso; teso como
andar no laréu um carapau; pedinchar; andar a pedir esmola;
_ sem fazer nada, ser preguiçoso, ter preferência por andar à moina
ex.: sem trabalho, agora ele anda para aí ó tio!ó tio!
não trabalhar e andar na vadiagem
nota: Provavelmente, noutros tempos, os tios se-
sin.: andar a fazer cera; andar à boa-vida; andar a
coçar o cu pelas esquinas; andar a polir esquinas; riam os mais acessíveis da família para obter uns
andar a mandriar; andar a vadiar; andar a aino; trocos para devaneios da mocidade ou dinheiro
andar a preguiçar; ócio; andar na vadiagem; an- emprestado para inicio da vida conjugal. Depois
dar na trolaró; andar a fazer versos à Lua há aquelas histórias dos tios que caram ricos no
level: coloquial
Brasil...
local: pt norte
patt: (andar*/estar*) no laréu
andar para trás como o caranguejo
andar a butes
Pessoa ou Entidade que regride no seu desempenho
_ a pé sin.: andar para trás como o comboio de Chelas;
sin.: ir a calcantes; andar à pata
Regredir; Retroceder
patt: (andar*/ir*) a butes
patt: (andar* para trás/) como o caranguejo
andar à pata andar para trás como o comboio de Chelas
_ a pé é um: termo
sin.: andar a butes; ir a calcantes
Pessoa ou Entidade que regride no seu desempenho
patt: (andar*/ir*/) à pata
sin.: andar para trás como o caranguejo; Regredir;
andar na boa-vai-ela Retroceder
festa, normalmente envolvendo beber uns copos ex.: "O Duarte já perdeu dois anos lectivos: é como
sin.: borga; paródia; pândega; trolaró; pagode; tai- o comboio de Chelas"
nada; patuscada; comezaina; festarola; cópios; etim: Hipótese:porventura, num dado período, o ra-
naite mal ferroviário de Lisboa-centro a Chelas seria de
andar nas bocas do mundo via única sem raquete ou via de resguardo para
tema muito falado e comentado por toda a gente reposicionamento da locomotiva na estação ter-
sin.: fazer manchete; estar na berlinda; ser assunto minal de Chelas. Assim sendo, após marcha nor-
quente mal (avante) de Lisboa a Chelas o comboio tinha
patt: (andar*/) nas bocas do mundo de regressar a Lisboa em marcha à ré (locomotiva
andar nas nuvens a empurrar), portanto a "andar para trás"
patt: (andar* para trás/) como o comboio de Chelas
estar completamente distraído; Não estar atento
local: pt sul
por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
temporária de focalização na realidade do mo- andar tudo numa grande barbuda
mento diz de uma situação em que, por falta de autoridade,
sin.: estar na lua; aluado; meditabundo; ensimes- ninguém faz nada ou que está a ter comportamen-
mado; aéreo; desligado; ausente; em parte in- tos abandalhados ou desadequados
certa; dormir na forma; estar noutro compri- sin.: patrão fora dia santo na loja

mento de onda Andas na tropa?!... é que já marchavas!


andar no mundo por ver andar os outros é um: piropo de gosto duvidoso

andar numa correria andorinha


◦ ter muito (demasiado) que fazer é um: insulto

◦ estar super atarefado diz-se de alguém muito lento pouco activo


sin.: andar numa fona; não chegar para as enco- sin.: paspalho; paspalhão; preguiçoso

mendas; não dar vazão; não dar conta do recado; ex.: "aquele andorinha nem sequer é capaz de fazer

andar em pancas a coisa mais simples que se lhe possa dar a fazer"
local: Portugal
andrade 12 aperto de alma

andrade ao desbarato
é um: adepto ferrenho de clube de futebol quase gratuitamente, preço muito baixo, económico,
adepto do Porto (FCP) barato
sin.: dragão sin.: a preço irrisório; ao preço da chuva; pelo preço
à nesga da uva mijona; pechincha; por tuta e meia; cinco
pequeníssima distância ou margem pela qual se ul- reis de mel coado
trapassou algo ou se falhou algo ao fechar da loja
sin.: por uma unha negra; por um cabelo; por um no último instante
o; por um triz; à tangente; rés-vés; à tanja sin.: à última hora; ao atar das feridas; ao cair do
angustiado pano
superlativo: mais angustiado que barata de pernas a olho nu
para o ar sem auxílio de binóculos, fácil de ver
anhar sin.: à vista desarmada

ex.: ao preço da chuva


frase: Eu anhei completamente quase gratuitamente, preço muito baixo, económico,
equiv: não percebi nada barato
level: calão sin.: ao desbarato; a preço irrisório; pelo preço da
local: pt centro uva mijona; pechincha; por tuta e meia; cinco reis
anilíngua de mel coado
sexo oro-anal patt: (ao/pelo) preço da chuva

sin.: botão de rosa ao revés


anjinho em oposição a, sem o consentimento
é um: insulto sin.: à revelia; ao arrepio de

pessoa fácil de enganar ao sabor da maré


sin.: otário; palerma; tanso; lorpa; totó; menino ao acaso, sem tomar posição
Pompeu; betinho sin.: ir ao sabor da corrente
local: pt norte à pala
ano algo que se recebe ou come gratuitamente
adivinha: sin.: à borla; à borliú; de graça; saber a pato com
p: qual é o instrumento musical que tem mais penas
que três e menos que quatro anos? apalpar o terreno
r: piano proceder com cuidado
ansioso sin.: sondar o terreno
superlativo: mais ansioso que anão em comício apanhar com a boca na botija
antipático apanhar alguém em pleno crime, em pleno acto
de mau humor, mal encarado, pessoa com expressão sin.: em agrante delito; em cheio
facial agreste ou de antipatia patt: (apanhar*/estar*/) com a boca na botija
sin.: ser um cara de pau; estar de trombas apanhar com as calças na mão
antro desprevenido, em situação melindrosa
casa miserável, suja e desarrumada patt: (apanhar*/estar*/car*/) com as calças na
sin.: chafarica; espelunca; barraco mão
anzoneira apanhar um chumbo
diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora reprovar
meter-se na vida dos outros sin.: chumbar; gatar
sin.: cabaneiro; coscuvilheiro; cusca; metediço; bis- patt: (apanhar*/levar*) um chumbo
bilhoteiro; fofoqueiro; mexiriqueiro; bilhardeiro a pensar morreu um burro
ex.: fulana é uma anzoneira é um: provérbio
ao arrepio de etim: A expressão nasce de uma história de um ló-
em oposição a, sem o consentimento sofo francês do séc. XIV, Jean Buridan, sobre a
sin.: à revelia; ao revés indecisão característica de muitos seres humanos.
ex.: o funcionamento da assembleia anda completa- Um burro caminhava pelo deserto cheio de fome e
mente ao arrepio da lei cheio de sede. Depois de dias e noites, deparou-
ao atar das feridas se com duas vasilhas; uma de aveia e outra de
no último instante água. Por qual começar? Com tanta indecisão,
sin.: à última hora; ao cair do pano; ao fechar da sem conseguir escolher, o burro morreu de fome e
loja de sede. (origem:Pórtico da Língua Portuguesa)
ao cair do pano apertado
no último instante superlativo: mais apertado que chapéu novo

sin.: à última hora; ao atar das feridas; ao fechar aperto de alma


da loja sin.: aição
apitar 13 arejar a pevide

apitar aqui há gato


avisar, pôr-nos a par de qualquer coisa é um: interjeição
ex.: ◦ ser algo estranho, suspeito
frase: se te vires aito, apita ◦ algo com segundas intenções
equiv: ... avisa-nos que nós ajudamos sin.: trazer água no bico; cheirar a esturro

à porta fechada aranha


secretamente, em segredo é um: animal

à portuguesa •
anedota: O cariz internacionalista do povo portu- órgão sexual feminino
guês é inegável. Senão vejamos: sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina;

- Se tem um problema para ultrapassar ... diz ninho; parreco; pombinha; racha; febra; entrefo-
que se vê grego; lhos; mexilhão; ostra; greta; pachacha; patareca;
- Se alguma coisa é difícil de compreender ... diz passarinha; perseguida; boceta; conaça; crica; fa-
que é chinês; nesga; boca do corpo; xana
- Se trabalha de manhã à noite ... diz que é um en: pussy

mouro; level: calão carroceiro

- Se tem uma invenção moderna e mais ou menos local: Brasil

inútil... diz que é uma americanice; araújo


- Se alguém mexe em coisas que não deve ... diz corpo estranho num olho
que é como o espanhol; sin.: orgueiro
- Se alguém vive com luxo e ostentação ... diz ex.: Estou a lacrimejar porque tenho um araújo no
que vive à grande e à francesa; olho
- Se alguém faz algo para causar boa impressão level: coloquial
aos outros ... diz que é só para inglês ver; local: pt
- Se alguém tenta "regatear"o preço de alguma arbusto
coisa ... diz que é pior que um marroquino; pêlos púbicos
Mas quando alguém faz asneira ou alguma coisa sin.: pintelho; pentelho
corre mal ... diz que é à Portuguesa! level: calão
a preço irrisório •
quase gratuitamente, preço muito baixo, económico, é um: trocadilho por aglutinação libertina
barato busto com um certo ar. Busto arejado
sin.: ao desbarato; ao preço da chuva; pelo preço arcaboiço
da uva mijona; pechincha; por tuta e meia; cinco homem com físico desenvolvido, musculado, entron-
reis de mel coado cado
aprender de ouvido sin.: capado; caparro; físico
_ música sem partituras nem professores patt: (arcaboiço/arcabouço)
patt: (aprender*/tocar*) de ouvido ardiúmes na pachacha
apressado calores vaginais
superlativo: mais apressado que cavalo de carteiro sin.: febres da pita; lumes de cona
aproveitador ex.: Estou cá com uns ardiúmes na pachacha!
alguém que se aproveita dos outros level: calão carroceiro
sin.: chulo; chupista; parasita local: pt norte

a qualquer preço rebentar pelas costuras


diz-se de algo difícil que impreterivelmente tem que estar muito apertado, muito cheio
ser realizado sin.: estar como sardinha em lata; ensardinhar
sin.: à viva força; doa a quem doer; custe o que ex.:
custar frase: hoje o teatro estava a rebentar pelas cos-
aquecer-lhe o motor turas
é um: frase pitoresca equiv: estava cheio

◦ punir, sovar, castigar patt: (/a) rebentar* pelas costuras

◦ ameaça de bater, normalmente indicativa de de- arejar


sagrado com situação sin.: desanuviar; espairecer; saltar o muro
sin.: dar cabo do canastro; ir aos fagotes de al- ex.: trata mas é de arejar a cabeça
guém; ir às fuças; dar o arroz; assentar as costu- arejar a pevide
ras; moer os osso a alguém sair de casa sem ser por razões prossionais ou por
ex.: quando te apanhar, vou-te aquecer o motor obrigação; dar um passeio
aqui há atrasado sin.: laurear a pevide; passear; cirandar; dar uma
... há uns tempos atrás volta; dar um giro
sin.: há três - quinze dias ex.: Ao Domingo vamos sempre arejar a pevide
ex.: aqui há atrasado encontrei o teu pai no cinema local: pt
à revelia 14 arriar a jiga

à revelia sin.: passar a vias de facto; andar à batatada; andar


em oposição a, sem o consentimento à traulitada; andar à pancada; andar à porrada;
sin.: ao arrepio de; ao revés andar à porra e à maça; andar à lapada; arraial de
ex.: o movimento foi feito à revelia do povo pancadaria; roleta; pancada de criar bicho; por-
arma branca rada velha
level: coloquial
faca, arma não explosiva
arma de desdruição massiva arranjar chatice
sin.: meter-se em trabalhos; meter-se em complica-
mau cheiro dos pés
sin.: sulfato de peúga; chulé
ções; meter-se numa grande alhada
armante arranjar lenha para me queimar
patt: arranjar* lenha para (me/te/se) queimar
diz-se de alguém muito convencido, arrogante e que
se gaba mesmo do que não faz arranjinho
sin.: gabarolas; granadas; ser um convencido
◦ negócios ilegal
level: coloquial
◦ modo ilegal de obter algo
sin.: esquema
armar ao pingarelho
ex.: Tu consegues sempre uns arranjinhos e passas
diz-se de alguém que tem a mania que é bom à frente a toda gente.
sin.: armar aos cucos; armar-se
arrastar a asa
armar aos cucos
fazer a corte, namorar
diz-se de alguém que tem a mania que é bom sin.: damar; galantear; cortejar; fazer pé de alferes
sin.: armar-se; armar ao pingarelho
level: coloquial
armar o burro arrebanhar
car sentido com o que lhe foi dito, sugerido ou in- tentar car com tudo ou com o máximo possível
sinuado e reagir com expressão facial ou corporal arre çamona
a tal facto interjeição de espanto e de quantidade
sin.: amuar; car emburrado
sin.: caraças; chiça; chiça penico
ex.: Maria armou o burro. Não precisavas de lhe
ex.: Arre çamona! Comeste até te fartares!
dizer que o vestido dela era horrível... level: coloquial
armar os sextos arregaçar as mangas
armar-se
◦ iniciar um trabalho
diz-se de alguém que tem a mania que é bom ◦ trabalhar com anco
sin.: armar aos cucos; armar ao pingarelho
◦ concretizar algo
armar-se aos cágados sin.: pôr mãos à obra; bergar a mola; meter ombros
◦ armar-se em bom, gabar-se ao trabalho; pegar o touro pelos cornos
◦ alguém que se considera muito esperto arreguntar
sin.: estar armado em carapau de corrida; estar ar-
guardar o lugar
mado em parvo; arrotar postas de pescada arrepiar caminho
armar-se em esperto ◦ voltar para trás
sin.: abispar; arriscar ◦ desfazer algo já feito
ex.: Oh meu, abispa-te e dou-te no focinho!
arre porra!
armar um 31 interjeição de desagrado ou de espanto
armar uma grande confusão sin.: foda-se!; caralho!; carago!; caraças; caramba;
sin.: armar uma lã de cão; caçar barulho; procurar porra; poça!; droga!; chiça; puta que pariu!
confusão level: calão
armar uma lã de cão arrezoirar
armar uma grande confusão atirar
sin.: armar um 31; caçar barulho; procurar confusão arriar a canastra
ex.: vai haver uma lã de cão
Prepara-se para uma discussão ou para usar pala-
arraial de pancadaria vreado pouco recomendável
◦ espancar, lutar sin.: arriar a jiga; arriar o cesto; estalar o verniz;
◦ situação de luta generalizada estar a burra nas couves
sin.: passar a vias de facto; andar à batatada; andar arriar a jiga
à traulitada; andar à pancada; andar à porrada; Prepara-se para uma discussão ou para usar pala-
andar à porra e à maça; andar à lapada; arraial de vreado pouco recomendável
porrada; roleta; pancada de criar bicho; porrada sin.: arriar o cesto; arriar a canastra; estalar o ver-
velha niz; estar a burra nas couves
arraial de porrada ex.:

◦ espancar, lutar frase: A Márcia ao ouvir aquilo arriou a jiga e


◦ situação de luta generalizada disse-lhe das boas...
arriar a jiga 15 assaltante

equiv: Alusão às peixeiras e outras vendedeiras de frase:"Algumas artistas de rebolado tentam imi-
rua (que transportavam os produtos em jigas tar, sem conseguir, a Cármen Miranda"
ou canastras, cestos à cabeça) conhecidas pela equiv: Alusão ao movimento de ancas, induzindo
linguagem desbragada que frequentemente uti- o efeito de rebolar
lizavam local: Brasil
arriar o calhau artolas
fazer necessidades siológicas sólidas idiota e ingénuo
sin.: cagar; defecar; fazer as suas necessidades; sin.: parvalhão; totó
mandar um telegrama; ir enviar um fax; fazer árvore das patacas
cocó; largar o barro fonte de rendimento fácil (mas rara) sem trabalho
level: coloquial sin.: galinha dos ovos de ouro
arriar o cesto ás de paus
Prepara-se para uma discussão ou para usar pala- diz-se de alguém muito magro
vreado pouco recomendável sin.: ser um pau de virar tripas; magricela; escani-
sin.: arriar a jiga; arriar a canastra; estalar o verniz; frado; escanzelado
estar a burra nas couves aselha
arriscar diz-se de alguém com pouca destreza e pouco eci-
sin.: abispar; armar-se em esperto ência
ex.: Oh meu, abispa-te e dou-te no focinho! sin.: trengo; palerma; pacóvio
arrombado •
◦ homossexual masculino passivo ◦ Pessoa que tem pouca habilidade manual, desig-
◦ indivíduo efeminado nadamente na preensão dos objectos (que deixa
sin.: paneleiro; larilas; lelé; bicha; baitola; abi- frequentemente cair ao chão)
chanado; lingrinhas; maricas; miasco; rabo; ra- ◦ incapaz de fazer determinada tarefa
beta; rebola; rabolho; panasca; panisga; panilas; sin.: abécula; mão de aranha; desajeitado
panão; panuco; picolho; veado; perobo; boiola; a seu bel-prazer
frozô; roto; abafa-palhinha; gay como quiser
ori.: pessoa que possui o ânus alargado devido à sin.: a seu talante
frequente prática do sexo anal. a seu talante
genero: masculino
como quiser
level: calão carroceiro
sin.: a seu bel-prazer
local: Brasil
level: arcaico
arrota pelintra, que vais a Sintra as mais variadas coisas
pára de te gabares um amplo conjunto de coisas ou pessoas
arrota puta que comeste grelos sin.: toda a sorte de coisa; toda uma variedade de
não te gabes coisa
level: calão carroceiro
ex.: o novo horto vende as mais variadas plantas
local: Mirandela
decorativas
arrotar asneira
level: coloquial
dizer disparates, coisas erradas
arrotar postas de pescada sin.: bacorada; patetice
◦ armar-se em bom, gabar-se à socapa
◦ alguém que se considera muito esperto vir sem barulho, silenciosamente, disfarçadamente
sin.: estar armado em carapau de corrida; armar-se
sin.: com pés de ladrão; pé ante pé; vir com pezi-
aos cágados; estar armado em parvo nhos de lã; sorrateiramente
arroto às ocultas
level: coloquial
atento, estar a espreitar (ligado à ideia de voyeu-
arrumador rismo ou secretismos)
indivíduo chato que se não dás uma moedinha acima sin.: andar à coca; à espreita
de 1 euro te risca o carro as paredes têm ouvidos
sin.: carocho; estacionador
indicação à outra pessoa de que tenha cuidado com
arrumar as botas a possibilidade de que esteja alguém a estudar a
desistir, abandonar, terminar uma carreira, conversa, de que não é seguro dizer segredos...
reformar-se ex.: Cuidado com o dizes! As paredes têm ouvidos
sin.: pendurar as chuteiras
aspirado
artista de rebolado
é um: trocadilho por aglutinação libertina
Artista secundário ou gurante em espectáculo mu-
carta de baralho completamente chanfrada
sical que dança com uso gestualidade excessiva e
assaltante
lasciva
é um: trocadilho por aglutinação libertina
sin.: corista; dançarina; Mirita
ex.:
um 'A' que salta compulsivamente
assentar as costuras 16 à última hora

assentar as costuras level: coloquial


◦ punir, sovar, castigar patt: atamancado*GN
◦ ameaça de bater, normalmente indicativa de de- •
sagrado com situação diz-se de uma obra ou atividade inacabada, malfeita
sin.: aquecer-lhe o motor; dar cabo do canastro; ir ou a melhorar
aos fagotes de alguém; ir às fuças; dar o arroz; sin.: arestas a limar
moer os osso a alguém level: coloquial
level: coloquial patt: atamancado*GN
assentar-lhe mal à tangente
◦ alimento cuja digestão foi muito difícil pequeníssima distância ou margem pela qual se ul-
◦ alguma coisa que causou repulsa trapassou algo ou se falhou algo
sin.: dar volta ao estômago sin.: por uma unha negra; por um cabelo; por um
assim de repente o; por um triz; rés-vés; à tanja; à nesga
◦ sem necessidade de preparação •
◦ rapidamente, de repente com muito curta margem
sin.: do pé para a mão; da noite para o dia; do dia sin.: res-vés Campo de Ourique; por um triz
para a noite; dum dia para o outro à tanja
ex.: pequeníssima distância ou margem pela qual se ul-
frase: assim de repente, não sei fazer isso
trapassou algo ou se falhou algo
equiv: sem preparação não sei
sin.: por uma unha negra; por um cabelo; por um
nota: expressão usada em frases negativas
o; por um triz; à tangente; rés-vés; à nesga
assinar de cruz aterrar de pára-quedas
dizer que sim sem analisar a situação. Tem a ver chegar a um local e sem saber o teor de uma con-
com o modo como assinavam os analfabetos (an- versa, começar a opinar sobre a mesma
tigamente, a grande maioria dos portugueses) , ex.: "ele aterrou aqui de pára-quedas e pensa que
que faziam (desenhavam) uma cruz no lugar do sabe tudo"
nome. Diz-se, também, de quem assina um docu- atilho
mento sem ter tido o cuidado de o ler (tal como o
no caso do analfabeto, assina-se sem conhecer o sin.: nagalho
conteúdo do documento) ex.: tem um nagalho para atar este saco?
assobiar às botas atirar-lhe com
é um: frase pitoresca
bater em (física ou psicologicamente)
dar algo por perdido. Ser tarde demais para conse-
sin.: anfar-lhe
guir algo que se pretendia, ou para inverter certa
atirar-se de cabeça
situação
Envolver-se numa nova situação sem hesitações
ex.: Já venderam o anel: agora assobia-lhe às botas!
ex.: O gajo atirou-se à garina de cabeça
local: pt
astalavista a toque de caixa
expressão de despedida (frequentemente cínica) sob pressão, rapidamente
sin.: à bientôt ; abientô
a torto e a direito
asterisco frequentemente
é um: insulto
atrapalhar
sin.: entalar
alguém que devido à sua ausência de personalidade
ex.: fulano cou entalado com a pergunta
não se consegue aperceber das guras ridículas
que faz e cujo único objectivo na vida é inferni- atrunhado
zar todos os seres circundantes. Ver a explicação indivíduo com alguma curvatura na parte superior
de cromo e multiplicar pelo maior número que da coluna vertebral, que lhe provoca que a cabeça
conseguir imaginar... caia para a frente
sin.: bisonho
ex.:
frase: és pior que o asterisco
a tua avó torta
é um: interjeição
equiv: não existe ninguém no universo pior do
que tu expressão de discordância e repúdio
level: calão sin.: o teu avô torto!; é o tanas!; tanas, badanas e

atamancado barbatanas
◦ argumento ou método de duvidoso mérito, credi- aturdido
bilidade usado de improviso ou muito precaria- admirado, aturdido e sem palavras
mente sin.: abananado; estupefacto; azuratado; embasba-

◦ atividade mal feita, feita à pressa, sem planea- cado


mento à última hora
sin.: tirar do cu com um gancho; feito em cima dos no último instante
joelhos; feito às três pancadas; meia bola e força; sin.: ao atar das feridas; ao cair do pano; ao fechar
de qualquer maneira; improvisar da loja
a última morada 17 bacamarte

a última morada azeiteiro


cemitério (referência informal a falecer) é um: insulto
sin.: quinta das tabuletas; jardim das tabuletas sin.: parolo; chunga; chulo; pimba; mitra
ausente level: calão
estar completamente distraído; Não estar atento •
por introspecção, aborrecimento ou incapacidade aquele que põe à venda os préstimos sexuais de mu-
temporária de focalização na realidade do mo- lheres em proveito próprio
mento sin.: chulo; azeite; proxeneta
sin.: estar na lua; andar nas nuvens; aluado; me- level: calão
ditabundo; ensimesmado; aéreo; desligado; em azeitona
parte incerta; dormir na forma; estar noutro com- é um: fruto
primento de onda azucrinar o juízo
autocolante
◦ ralhar, protestar
diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes-
◦ apanhar física ou psicologicamente
soas, de modo incomodativo
sin.: levar na tarraqueta; xingar-lhe a cabeça; dar
sin.: chato; aborrecido; incomodativo; melga;
cabo do juízo; dar cabo da cabeça; levar na ca-
gosma; fega; cromo; postal; adesivo; besunta
beça
ex.: és um autocolante do caralho
ex.: já sei, não me venhas azucrinar mais o juízo
level: coloquial
patt: azucrinar (o juízo/)
avacalhar
fazer algo sem o levar a sério azuratado
sin.: abandalhar
admirado, aturdido e sem palavras
sin.: abananado; estupefacto; aturdido; embasba-
avalizar
avalizar, conar plenamente e sem reservas em al- cado
level: coloquial
guém
sin.: pôr a mão no fogo
avarento
pessoa muito agarrada ao dinheiro
B
sin.: unhas de fome; sovina; somítico; pelintra;
agarrado; pão duro; perangueiro babar-se por
level: coloquial
babilónia
a verdade é como o azeite, vem sempre ao de polícia (instituição/edifício)
cima sin.: bóa; esquadra da polícia; esquadra
é um: provérbio

diz-se em situações em que alguém tentou, sem su-
cesso, esconder a verdade ou enganar alguém confusão, reunião tumultuosa e com excessos de vá-
à vista desarmada ria ordem
sin.: pandemónio; balbúrdia; regabofe
sem auxílio de binóculos, fácil de ver
ex.: estou tramado! que grande babilónia!!
sin.: a olho nu
à viva força baboseira
diz-se de algo difícil que impreterivelmente tem que sem fundamento, conversa fútil, sem interesse, de
ser realizado veracidade duvidosa
sin.: conversa de chacha; conversa ada; tretas; pa-
sin.: doa a quem doer; custe o que custar; a qual-
quer preço leio; paleio vigarista; paleio de vendedor de es-
azar covas; balelas; chuchadeira; patacoadas; mentira
má sorte esfarrapada
sin.: sorte macaca; sorte ingrata; sorte madrasta; bacalhoar
azar da piça; azar do caralho cumprimentar
azar da piça sin.: dar um bacalhau; dar um passou bem; dar um

má sorte aperto de mão


sin.: sorte macaca; sorte ingrata; sorte madrasta; bacamarte
azar do caralho; azar órgão sexual masculino, pénis, pênis
azar do caralho sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-

má sorte cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de


sin.: sorte macaca; sorte ingrata; sorte madrasta; família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho;
azar da piça; azar piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola;
azeite lampreão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black
aquele que põe à venda os préstimos sexuais de mu- and decker ; bordalo; marsápio; marsapo; manga-

lheres em proveito próprio lho; besugo; quinta perna do burro; sabordalhão;


sin.: chulo; azeiteiro; proxeneta sardão; tora; verga
level: calão
bacana 18 baixar a bola

bacana bago
bom, agradável dinheiro
sin.: xe; bestial; porreiro; porreiraço sin.: carcanhois; taco; cacau; caroço; graveto;
ex.: granfo; papel; patacão; pilim; cheta; massa;
frase: que ideia bacana, meu vil metal; grana; pastel; pasta; dinheiro; guito;
equiv: que ideia boa guita; tutu; verdinha
level: coloquial level: coloquial

bacano bagunça
◦ Barulho, barulheira
usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
referir uma pessoa
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
sin.: gajo; tipo; meco; caramelo; indivíduo; fulano;
◦ desordem, desorganização
fabiano; mano; melro
sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en-
ex.: O bacano nunca mais me entrega o serviço
granzel; cagaçal; bagunceira; algazarra; chinfrim;
pronto
chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei-
level: coloquial
rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho
bacoco nem trebelho
é um: insulto
ex.: esta miudagem está a fazer imensa bagunça
idiota que não sabe fazer nada bagunceira
sin.: básico; tosco; idiota; nabo; palerma; tatarola;
◦ Barulho, barulheira
tolinhas ◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
ex.: aquele individuo é um bacoco
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
bacorada ◦ desordem, desorganização
dizer disparates, coisas erradas sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en-
sin.: asneira; patetice granzel; cagaçal; bagunça; algazarra; chinfrim;
ex.: não digas bacoradas! chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei-
badalhoco rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho
pessoa ou actividade de baixo nível, reles, pouco nem trebelho
limpa baita
sin.: ensafornado; sujo; javardo; porco; lagaço em grande quantidade
ex.: que piada badalhoca sin.: bué de; à beça; bué-muito; tótil de; muitíssimo;

badalo a dar com um pau; um ror de _; pargas; paletes


órgão sexual masculino, pénis, pênis de algo; milhentas; catrefada de _
gram: loc. adv. de quantidade
sin.: pila; pincel; piça; picha; caralho; cacete; ca-
local: Brasil
mandro; pau; pinto; ponteiro; abono de família;
porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; piroca; baitola
◦ homossexual masculino passivo
pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; lam-
◦ indivíduo efeminado
preão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and
sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; abi-
decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo;
mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor- chanado; lingrinhas; maricas; miasco; rabo; ra-
dalhão; sardão; tora; verga beta; rebola; rabolho; panasca; panisga; panilas;
level: coloquial
panão; panuco; picolho; veado; perobo; boiola;
frozô; roto; abafa-palhinha; gay
badameco genero: masculino
é um: insulto
level: calão carroceiro
diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente local: Brasil
sin.: cretino; imbecil; burro; besta; camelo; calhau;
bai no Batalha
cavalgadura; abécula; alimária; abantesma; esta- mentira, partida, brincadeira
fermo; energúmeno; sendeiro sin.: grupo; treta; peta; patranha; reinação
bafar etim: referência a que a situação presente seria equi-
fumar um pouco (droga ou cigarro) valente a um lme ou teatro a decorrer no cinema
sin.: dar uma passa Batalha
dom: droga level: coloquial

bagatela patt: (bai/vai) no Batalha

coisa de pouco valor baixar a bola


sin.: léria; ninharia fala com mais humildade, ser mais comedido
bagete •
tipo de pão comprido é um: ameaça
sin.: cacete
◦ acalma-te e cala-te (imperativo, em tom de ame-
aça)
◦ envolve car em posição de submissão
baixar a bola 19 barbela

sin.: achandrar-se; ca caladinho; não pies sin.: estupor; ser estuturado; bandido; vândalo
ex.: baixa lá a bolinha que contigo posso eu bem level: coloquial
baladinho bandeira branca
lho cujo os pais são solteiros ◦ símbolo de tréguas
sin.: lho natural; lho bastardo; bastardo ◦ símbolo de rendição
balbúrdia bandido
◦ Barulho, barulheira é um: insulto
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes- diz-se de alguém que se porta mal
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem sin.: bandalho; estupor; ser estuturado; vândalo
◦ desordem, desorganização •
sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en- alguém que pela forma de vestir (boné de lado, cal-
granzel; cagaçal; bagunceira; bagunça; algazarra; ças largas, piercings nas orelhas) ou de se com-
chinfrim; chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; portar não inspira conança, estando associado à
peixeirada; gritaria; quizumba; sem trelho nem criminalidade menor
trebelho sin.: guna; meliante; mitra; delinquente; desonesto;
• ralé; escória
confusão, reunião tumultuosa e com excessos de vá- banhada
ria ordem ex.: apanhei uma banhada...
sin.: babilónia; pandemónio; regabofe banha da cobra
balda banheira
situação em que reina o desinteresse e a irresponsa- é um: carro
bilidade carro grande
sin.: bandalheira ex.: Ele comprou um daqueles Mercedes, tipo ba-
level: calão nheira
balelas local: pt
sem fundamento, conversa fútil, sem interesse, de banheiro
veracidade duvidosa casa de banho
sin.: conversa de chacha; conversa ada; tretas; pa-
sin.: cagadeira; latrina; retrete; secreta; wc; toilette;
leio; paleio vigarista; paleio de vendedor de esco- sanitários
vas; baboseira; chuchadeira; patacoadas; mentira local: Brasil
esfarrapada banzado
bamby admiradíssimo
local: Brasil
sin.: estupefacto; varado
banana banzé
órgão sexual masculino, pénis, pênis ◦ Barulho, barulheira
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; ◦ desordem, desorganização
piroca; pirilau; pichota; basalto; pirola; lam- sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en-
preão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and granzel; cagaçal; bagunceira; bagunça; algazarra;
decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo;
chinfrim; chinfrineira; papagaiada; granel; peixei-
mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor- rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho
dalhão; sardão; tora; verga nem trebelho
level: calão
ex.: porra! Não façam tanto banzé!
bandalheira barafunda
situação em que reina o desinteresse e a irresponsa- confusão
bilidade sin.: pessegada; forrobodó
sin.: balda
barata tonta
level: coloquial
Pessoa de comportamento errático, ilógico, impre-

visível, pouco assertivo ou manifestamente desa-
é um: trocadilho por aglutinação libertina certado face ao contexto
agrupamento de alheiras sin.: parecer uma barata tonta
bandalho ex.: "O Narciso não acerta: corre de um lado para o
é um: insulto
outro sem acabar nenhuma tarefa: é mesmo uma
pessoa sem princípios, sem merecimento barata tonta"
sin.: canalha; calhordas; pulha; patife; escroque;
barbela
sacana; sacripanta; sacrista
queixo
level: coloquial
sin.: pêra

ex.: tens uma migalha na barbela
é um: insulto
local: pt norte
diz-se de alguém que se porta mal
barbicha 20 bate-papo

barbicha basculho
é um: trocadilho por aglutinação libertina ferramenta usada no ciclo do linho que consistia
bar frequentado por gays numa espécie de almofada presa à extremidade
barbie de um pau usado para guiar a água para o rego
usa-se para descrever mulheres muito bonitas, vai- pretendido
dosas, pouco inteligentes e que normalmente só •
pensam em sexo uma mulher grande, deselegante e desajeitada
sin.: loira; menina rocha
sin.: camafeu; cavalona; fubanga; ser uma baranga;
ex.: tu só gostas de barbies...
ser um bacalhau
level: coloquial
level: coloquial
barbuda
situação agitada com abrandamento de costumes, básico
é um: insulto
envolvendo comportamentos que não são adequa-
dos ao local idiota que não sabe fazer nada
sin.: bacoco; tosco; idiota; nabo; palerma; tatarola;
sin.: confusão; promiscuidade
ex.: A festa em casa da Marcelina acabou numa
tolinhas
etim: tem origem no termo militar de soldado bá-
grande barbuda
level: calão
sico, que é aquele que não tem nenhuma especia-
ver: patrão fora dia santo na loja
lidade
local: pt sul
local: pt
baronesa da perna aberta basqueiral
Prostituta que quer dar-se ares de grande dama ◦ Barulho, barulheira
ex.: ◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
frase: A Albertina é uma baronesa da perna soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
aberta ◦ desordem, desorganização
equiv: prostituta que tem a mania das vaidades sin.: chavascal; basqueiro; chiqueiro; engranzel; ca-
barracão gaçal; bagunceira; bagunça; algazarra; chinfrim;
é um: trocadilho por aglutinação libertina chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei-
dispositivo que impede a entrada de caninos rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho
barraco nem trebelho
casa miserável, suja e desarrumada ex.: acabem lá com esse basqueiral
sin.: chafarica; espelunca; antro
basqueiro
barregã
é um: insulto
◦ Barulho, barulheira
é usado genericamente para insultar violentamente ◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
alguém do sexo feminino que vive de expedientes, soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
que não tem objectivos. Tomado à letra indicaria ◦ desordem, desorganização
sin.: chavascal; basqueiral; chiqueiro; engranzel; ca-
- mulher que vive na prostituição
sin.: puta; mulher da má vida; mulher devassa;
gaçal; bagunceira; bagunça; algazarra; chinfrim;
mulher promíscua; coirão; mulher de mau porte; chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei-
mulher de meia porta; prostituta; putéa; pros- rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho
tiputa; cuarra; meretriz; vaca; vaca descomunal; nem trebelho
ex.: tamanho basqueiro por uma coisinha de nada!
vacão; quenga; pechenga; piriguete; reputenga;
vadia; oferecida; bicha de angola; galdéria; ra- bastardo
meira lho cujo os pais são solteiros
level: arcaico sin.: baladinho; lho natural; lho bastardo

barrigudo batata
pessoa com barriga grande é um: alimento
sin.: palaiudo; pançudo •
basalto nariz
é um: mineral
sin.: penca; nariganga

level: coloquial
órgão sexual masculino, pénis, pênis
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
bate papo
cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de conversa
ex.: quero ter um bate papo com você
família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho;
local: Brasil
piroca; pirilau; pichota; banana; pirola; lam-
preão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and bate-papo
decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo; sin.: dar dois dedos de conversa; dar duas palavri-

mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor- nhas; por a conversa em dia; dar duas de conversa
dalhão; sardão; tora; verga local: Brasil

level: coloquial
bater a bota 21 bêbado como um cacho

bater a bota abotoar o paletó; entregar a alma a Deus; nar-


morreu, faleceu se; anafragar; estertorar; marchar
sin.: bater o cachimbo; bater a caçoleta; esticar o local: Brasil
pernil; ir para a terra da verdade; ir para o céu; ir bater pratos
para o beleléu; ir para o jardim das tabuletas; ir acto homossexual feminino que consiste em roçar as
para a quinta dos pés juntos; ir para os anjinhos; vaginas
ir às malvas; passar desta para melhor; quinar; sin.: briga de aranhas
dar o peido mestre; dormir o sono eterno; des- level: calão estupidamente carroceiro
canso eterno; dar o último suspiro; dar o couro às bater uma pívia
vacas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus; masturbação masculina
nar-se; anafragar; estertorar; marchar sin.: segóvia; tocar à punheta; esgoviar; Espancar o
bater a caçoleta marreco; jogar bilhar de bolso; esgalhar o ganso
morreu, faleceu level: calão estupidamente carroceiro
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; esticar o per-
patt: (bater uma/) (pívia/píbia)
nil; ir para a terra da verdade; ir para o céu; ir bato
para o beleléu; ir para o jardim das tabuletas; ir
bater com muita violência em alguém
para a quinta dos pés juntos; ir para os anjinhos;
sin.: adeceibar; estouro; desfaço; estrafego todo
ir às malvas; passar desta para melhor; quinar;
dar o peido mestre; dormir o sono eterno; des- batota
canso eterno; dar o último suspiro; dar o couro às usar de vantagem ilegítima ou indevida para ul-
vacas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus; trapassar parceiros ou competidores (usualmente
nar-se; anafragar; estertorar; marchar sem grande impacto económico ou social)
sin.: mangaruça; aldrabice; tramóia; esperteza sa-
ex.: O Fulano acabou de bater a caçoleta
local: Portugal
loia
bater contra um obstáculo baza!
Ter um acidente com embate (em automóvel, moto, desaparece!
bicicleta) sin.: põe-te a andar!; põe-te a milhas!; monta num

sin.: estampar-se; espatifar-se; chocar; colidir porco e baza!; tá a andar de mota; desanda!; põe-
bater coro te na alheta!
seduzir, atirar-se a alguém bazóas
ex.: gabar-se de talentos, capacidades e coisas diversas
frase: bateste-me alto coro com grande exagero (e por vezes com pouca ver-
equiv: enganaste-me dade)
bater com a língua nos dentes sin.: gabarolices

◦ contar segredos ex.: é só bazóa; quando ele apareceu tu fugiste

◦ denunciar level: calão

sin.: ter a língua comprida; falar de mais B e A bá, Santa Justa


patt: (bater*/dar*) com a língua nos dentes é um: frase pitoresca
bater em retirada ser exacto e frontal. Dizer exactamente aquilo que
sair, fugir é, sem desvios
sin.: ir peneirar o fraque; dar no pé ex.: "O Júlio disse-lhe exactamente o que pensava
bater com a porta na cara dela  B e A bá, Santa Justa"
expulsar alguém ou recusar algo a alguém local: Portugal
patt: (bater*/fechar*/dar*) com a porta na cara beata
bater na parede pontas de cigarro
quebra física em actividade desportiva sin.: perisca
sin.: encostar às boxes; dar o rebenta; não ter per-

nas mulher que se dá ares de santa por passar o dia na
ex.:
igreja ou em preces e pregações, sempre mora-
frase: Após a quinta volta, bati na parede e de- lista e a ver pecado em tudo, tendo normalmente
sisti. podres de sobra.
equiv: estava tão cansado que desisti
sin.: rato de sacristia
bater o cachimbo nota: também aplicável a homens
morreu, faleceu
bêbado
sin.: bater a bota; bater a caçoleta; esticar o pernil;
ir para a terra da verdade; ir para o céu; ir para pessoa que está muitas vezes bêbada
sin.: borracho; borracholas
o beleléu; ir para o jardim das tabuletas; ir para
a quinta dos pés juntos; ir para os anjinhos; ir bêbado como um cacho
às malvas; passar desta para melhor; quinar; dar bêbado
o peido mestre; dormir o sono eterno; descanso sin.: estar com os copos; com um copo a mais

eterno; dar o último suspiro; dar o couro às vacas;


bebedeira 22 bertoldo

bebedeira berdamerda
car bêbado, beber de mais excrementos, fezes consistentes e enformadas
sin.: carraspana; ramada; puta; piela; narsa; encher sin.: merda; cagalhão; caca; fezes; poio; cirolho;
a cara; entornar o barril; entornar o caneco; ir bunicos; trampa; bosta
a trocar o passo; lamber o garrafão; buba; tosga; level: calão carroceiro
derrubar a adega; estar com um grão na asa; estar bergar a mola
com dois dedos de gramática; tomar um porre ◦ iniciar um trabalho
bebida ◦ trabalhar com anco
vinho ◦ concretizar algo
sin.: pomada; precioso néctar; tintol sin.: pôr mãos à obra; meter ombros ao trabalho;

beca arregaçar as mangas; pegar o touro pelos cornos


um pouco, um bocado level: coloquial

sin.: coche; machinha berlaitada


ex.: copular
 frase: isso é uma beca complicado sin.: foda; pinocada; queca; coito; dar uma rapi-

equiv: um bocado complicado dinha; dar uma trancada; dar uma caimbrada;
 frase: dá-me uma beca de pão cambalhota
equiv: um bocado de pão ex.: dar uma berlaitada

local: pt sul berlaite


beijo haxixe, produto solidicado da seiva do canabis.
é um: Denição compacta genial para palavras cru- Entorpecente extraído de uma variedade de câ-
zadas nhamo (Cannabis indica), cujos efeitos no orga-
pode ser uma vírgula, um ponto de interrogação, ou nismo humano são análogos aos do ópio. Do óleo
um ponto de exclamação. canábico se extrai o hidrocarbureto C. 18 H. 20,
beijoca denominado canabeno, antiespasmódico e narcó-
beijo (sonoro/) tico que, ministrado em doses consideráveis, pro-
sin.: choxo; ósculo duz sintomas psicóticos e intoxicação. É aplicável
ex.: nos estágios de delirium tremens. Muitos identi-
frase: dá cá uma beijoca ó lha! cam o haxixe com a maconha. Comuníssimo
equiv: pedir um beijo à trolha na África do Norte e no Oriente Próximo, o ha-
beita xixe tem muito em comum com o vocábulo as-
sémen, esperma sassino, pois este deriva do árabe aschinchin, de-
sin.: esporra; langonho; nanha; porra; meita nominação que se dava aos sectários de Hassan-
level: calão ben-Sabbab, apelidado o Velho da Montanha, o
belinha qual fundou, em ns do século XI, na fortaleza
◦ (ameaça de) pancada na zona da cabeça ou pes- de Alamout, na Pérsia, uma comunidade que se
coço pretendia soberana, verdadeiro Estado espiritu-
◦ usado tipicamente como aviso prolático alista assentado num tripé ideológico: no plano
sin.: cachaço; cascudo; galheta
político, obediência irrestrita ao chefe, Hassan-
Belzebu ben-Sabbah; como meio de ação, a imposição
Diabo do terror mediante assassinatos em massa; e no
sin.: mafarrico; Satanás
plano espiritual, a voluptuosidade eterna. Sob
benquista os efeitos do haxixe, os seguidores do Velho da
é um: adepto ferrenho de clube de futebol
Montanha praticavam atrocidades indescritíveis
adepto ferrenho do Benca e, com efeito, a seita ampliou consideravelmente
sin.: lampião
seu território, chegando a ser poderosa e temí-
bens materiais vel em vários países, mas foi totalmente exter-
bentas minada na segunda metade do século XIII... Os
é um: erro de escrita
viciados no haxixe perdem a noção do tempo e
ver: ventas
do espaço, sentindo-se irresistivelmente impelidos
para o crime...
bera
Marcus Cláudio Acquaviva, As Raízes do Vício,
é um: insulto
São Paulo, 1969.
de fraca qualidade
sin.: chamon; haxixe; maconha; xito; cacete
sin.: chunga; chungoso; foleiro; fatela; rasca
dom: droga
ori.: A ourivesaria Bera no Porto, séc XIX (?) ,
local: pt centro
usava ouro de menos quilates que o normal sendo
muito criticada por todos...
bertoldo
é um: insulto

mal-educado, bruto, ignorante, rude, sem maneiras
alguém que tem a mania que é mau
sin.: burgesso; ordinário; alarve; grosseiro; achavas-
nota: usado normalmente em troça ou gozo
cado; rude; matarruano; ser um casca-grossa
bertoldo 23 bicha de angola

ex.: Aquele indivíduo é mesmo um bertoldo. Basta level: calão


olhar para ele... oposto: mágico
level: coloquial local: pt
local: pt betão armado
besta betinho
é um: insulto é um: insulto
diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente pessoa fácil de enganar
sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; camelo; ca- sin.: anjinho; otário; palerma; tanso; lorpa; totó;
lhau; cavalgadura; abécula; alimária; abantesma; menino Pompeu
estafermo; energúmeno; sendeiro local: pt sul
bestão •
carta de jogar com especial valor (vulgo joker); tal- rapaz de famílias ricas (Cascais, Estoril, Foz) , ves-
vez também outros signicados mas foi ouvido tido de modo pouco funcional e demasiado bem
com este penteado
sin.: espenifra; joker
betoneira
bestial
bom, agradável pessoa com apetite devorador e estômago de innita
sin.: xe; porreiro; bacana; porreiraço
capacidade
sin.: lateiro; limpa-travessas; glutão; comilão

interjeição de agrado bicha
sin.: xolas; ser baril; ser altamente la
bestunteira •
cabeça órgão sexual masculino, pénis, pênis
sin.: mona; cachimónia; tola; bestunto; cornos; sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
cuca; melão; caixa dos pirolitos cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de
bestunto família; porra; drejo; bregalho; vergalho; piroca;
cabeça pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; lam-
sin.: mona; cachimónia; tola; bestunteira; cornos; preão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and
cuca; melão; caixa dos pirolitos decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo;
ex.: mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor-
frase: puxar pelo bestunto dalhão; sardão; tora; verga
equiv: pensar level: calão
besugo •
é um: peixe ◦ homossexual masculino passivo
• ◦ indivíduo efeminado
órgão sexual masculino, pénis, pênis sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; baitola; abi-
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca- chanado; lingrinhas; maricas; miasco; rabo; ra-
cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de beta; rebola; rabolho; panasca; panisga; panilas;
família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; panão; panuco; picolho; veado; perobo; boiola;
piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; frozô; roto; abafa-palhinha; gay
lampreão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black genero: masculino
and decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; mar- level: calão carroceiro
sapo; mangalho; quinta perna do burro; saborda- local: Brasil
lhão; sardão; tora; verga •
besunta mangueira
diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes- ex.: liga aí a bicha pra regar o jardim
soas, de modo incomodativo
bicha de angola
sin.: chato; aborrecido; incomodativo; melga;
é um: insulto
gosma; fega; cromo; postal; autocolante; adesivo
ex.: Lá vem aquele besunta pedir dinheiro para vi-
é usado genericamente para insultar violentamente
giar o caro alguém do sexo feminino que vive de expedientes,
local: pt sul
que não tem objectivos. Tomado à letra indicaria
• - mulher que vive na prostituição
sin.: puta; mulher da má vida; mulher devassa;
mecânico auxiliar
ori.: distinção hierárquica e de classe entre Ociais
mulher promíscua; coirão; mulher de mau porte;
(raramente, Sargentos) que pilotam os aviões e mulher de meia porta; prostituta; putéa; pros-
todos os outros, em especial o pessoal de manu- tiputa; barregã; cuarra; meretriz; vaca; vaca des-
tenção e ocinas comunal; vacão; quenga; pechenga; piriguete; re-
ex.: "Não percebes nada disso. Ainda se fosses Má-
putenga; vadia; oferecida; galdéria; rameira
level: calão
gico, mas tu és um reles Besunta"
dom: Força Aérea Portuguesa
bichano 24 black and decker

bichano bisbilhoteiro
é um: mamífero diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora
animal doméstico que mia meter-se na vida dos outros
sin.: gato sin.: anzoneira; cabaneiro; coscuvilheiro; cusca; me-
bicla tediço; fofoqueiro; mexiriqueiro; bilhardeiro
bicicleta biscoito
bifar é um: trocadilho fonético
furtar, roubar fazer sexo duas vezes
sin.: pifar; gamar; afanar; gardanho; rapinar; surri- referente: coito
piar; fanar; roubar; palmar; empalmar; fazer mão •
leve a é um: trocadilho por aglutinação libertina
level: coloquial fazer sexo duas vezes
bife bisga
é um: alimento
rapidez, com elevada velocidade
• sin.: bolina; esgalha; gazonete; gáspea; na mecha;
estrangeiro (penso que inicialmente se referia apenas estilha; ir nas horas do caralho
aos ingleses) ex.: anda sempre na bisga
bigode level: coloquial
é um: trocadilho por aglutinação libertina
bisonho
duplo Deus britânico pessoa que não acha graça a nada, sem sentido de
ver: dar* um bigode
humor
bilha sin.: sério; carrancudo; trombudo
referente à região das nádegas ou ânus, frequente-

mente usado em expressões brejeiras de aprecia-
indivíduo com alguma curvatura na parte superior
ção estética
da coluna vertebral, que lhe provoca que a cabeça
sin.: bunda; alcofa; cu; peida; rabo; traseiro; tutu;
caia para a frente
peidola; pacote; regueifa; cagueiro; zuate
sin.: atrunhado
ex.: Partia-te a bilha toda!
bilhardeiro bissexual
sin.: gilete
diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora
meter-se na vida dos outros bitaites
sin.: anzoneira; cabaneiro; coscuvilheiro; cusca; me-
especular, falar sem grande fundamentação
sin.: mandar postas; palpites
tediço; bisbilhoteiro; fofoqueiro; mexiriqueiro
ex.: acabaram-se os bitaites
local: Madeira
patt: (bitaites/bitates)
bimbo
local: Lisboa
é um: insulto
pessoa do norte (onomatopaico) bitocles
local: pt sul
absolutamente nada, negar algo
sin.: neps; népia; nicles; nicles de bitocles; nerones;
biobardo
é um: animal imaginário
coisíssima nenhuma
ave bitola
biqueiro órgão sexual masculino, pénis, pênis
pancada dada com o pé sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-

sin.: pontapé; pantufada cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de


birra família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho;
ex.: piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola;
frase: não faças birras lampreão; pinguelo; piçalho; blica; black and dec-
equiv: deixa-te de tas ker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo;

• mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor-


cerveja, néctar precioso, imprescindível na vida dos dalhão; sardão; tora; verga
portugueses level: calão carroceiro
sin.: bujeca; cerveja; jola; loira; buja; surbia black and decker
biruta órgão sexual masculino, pénis, pênis
pessoa que não regula bem da cabeça sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
sin.: chanfrado; xoné; maluco; pirado; doido; pílu- cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de
las; doido varrido; liru; tantan; maluquete família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho;
local: Brasil piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola;
bisbilhotar lampreão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; bor-
actividade de se meter na vida dos outros, espiar, dalo; bacamarte; marsápio; marsapo; mangalho;
comentar, armar intrigas besugo; quinta perna do burro; sabordalhão; sar-
sin.: cuscar; cheiretar; fazer fofocas; alcoviteiro; in- dão; tora; verga
triguista; rasgar seda; tagarelar; dar ao badalo ex.:
black and decker 25 boneca de capelista

frase: o gajo tem cá um black and decker bofetada sem mão


equiv: um pénis grande alusão ofensiva, insulto
blica bóa
órgão sexual masculino, pénis, pênis referências a um agente da polícia, ou à polícia em
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca- geral
cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de sin.: chui; judite; polícia; ramona; moina
família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; ex.: aquele bóa é mesmo bacoco
piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; level: coloquial
lampreão; pinguelo; piçalho; bitola; black and •
decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo; polícia (instituição/edifício)
mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor- sin.: babilónia; esquadra da polícia; esquadra

dalhão; sardão; tora; verga boiola


local: Açores ◦ homossexual masculino passivo
boa que nem cornos! ◦ indivíduo efeminado
é um: piropo de gosto duvidoso sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; bai-
boas noites candeeiro! tola; abichanado; lingrinhas; maricas; miasco;
expressão de conformação desconsolada rabo; rabeta; rebola; rabolho; panasca; panisga;
sin.: o que é que se há-de fazer? panilas; panão; panuco; picolho; veado; perobo;
boazona frozô; roto; abafa-palhinha; gay
mulher ou rapariga muito jeitosa genero: masculino
sin.: toura; mulher boa; bomba; és toda grossa; pi- local: Brasil, Rio de Janeiro
téu; conaça; fema; borracho bólido
level: calão carro, automóvel
boca do corpo sin.: carripana; caranguejola; chaço; calhambeque;
órgão sexual feminino ride; bote
sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina; bolina
ninho; parreco; pombinha; racha; febra; entrefo- rapidez, com elevada velocidade
lhos; mexilhão; ostra; greta; pachacha; patareca; sin.: esgalha; gazonete; gáspea; na mecha; bisga;
passarinha; perseguida; boceta; conaça; crica; estilha; ir nas horas do caralho
aranha; fanesga; xana ex.:
ex.:  Eh pá, o gajo ia na bolina e desfez-se contra
frase: o namorado já lhe conhece a boca do um muro
corpo...  ia cá com uma bolina...
equiv: tem já muita intimidade com a moça level: coloquial
en: pussy bomba
bocarra mulher ou rapariga muito jeitosa
boca exageradamente grande no equilíbrio das fei- sin.: toura; mulher boa; boazona; és toda grossa;
ções duma pessoa pitéu; conaça; fema; borracho
sin.: ter boca de charroco level: coloquial
boceta •
órgão sexual feminino seringa para injectar droga
sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina; sin.: compressor; seringa; caneta; chica; martelo;
ninho; parreco; pombinha; racha; febra; entrefo- gringa
lhos; mexilhão; ostra; greta; pachacha; patareca; dom: droga
passarinha; perseguida; conaça; crica; aranha; fa- bombarda
nesga; boca do corpo; xana saída de gazes intestinais
ex.: a boceta dela é grande sin.: peido; atulência; traque; bufa; farpa; pum

en: pussy ex.:

level: calão carroceiro frase: A Paula largou cá uma bombarda na aula...

local: Brasil equiv: Alusão ao efeito sonoro da bombarda (ca-


bodega nhão primitivo a bordo das naus)
manipular alimentos ou ingredientes originando mis- level: calão
turas ou detritos que sujam ou incomodam bom como o milho
sin.: fazer tibórnia; masteigada; misturada; mixór- patt: bom*GN como o milho

dia boneca de capelista


boé mulher que se veste e adorna de forma ridícula e
é um: erro de escrita com manifesto mau gosto, pela superabundância
ver: bué de adereços e cores
bofetada ex.: Olha-me aquela mulher: parece uma boneca de
pancada na cara capelista!
sin.: chapada; chapo; chapadão; tabefe; lapada; es- level: coloquial
talo; Levar uma à costa da mão! local: pt
bora lá 26 bregalho

bora lá borrifar-se para situação


vamos lá sin.: encolher os ombros
sin.: bute lá bosta
borboleta excrementos, fezes consistentes e enformadas
é um: termo sin.: berdamerda; merda; cagalhão; caca; fezes;
efeminado, aparentando ser homossexual poio; cirolho; bunicos; trampa
sin.: abichanado; amaricado ex.:
ex.: mas que borboleta que aquele gajo é frase: você é um bosta
nota: alusão ao modo de andar, algo saltitante, equiv: pessoa muito mole, suja, pessoa reles
que caracteriza o comportamento público de al- level: coloquial
guns homossexuais que desejam exprimir publi- bota abaixo
camente a sua orientação sexual crítica pouco construtiva
local: pt
ex.: lá estás tu no bota abaixo!
bordalo botão de rosa
é um: peixe
sexo oro-anal
pequeno peixe de rio sin.: anilíngua
• level: calão muito carroceiro
órgão sexual masculino, pénis, pênis local: pt
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
botar
cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de deitar bebida para copo ou jarro
família; porra; drejo; bregalho; bicha; verga- sin.: chimpar
lho; piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pi-
botar água no feijão
rola; lampreão; pinguelo; piçalho; bitola; blica;
black and decker ; bacamarte; marsápio; marsapo;
Utiliza-se essa expressão quando você vai receber vi-
mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor- sitas inesperadamente e, como não estava prepa-
dalhão; sardão; tora; verga rado, precisa fazer com que a comida renda. As-
bordel sim, bota-se água no feijão, para que ele tenha
sin.: casa de passe; casa de alterne
mais caldo e possa render bastante.
ex.: "Oi, lha, bote mais água no feijão que eu estou
borga
festa, normalmente envolvendo beber uns copos chegando em meia hora com a família toda"
local: Brasil
sin.: paródia; pândega; trolaró; pagode; tainada;
patuscada; comezaina; festarola; andar na boa- botar faladura
vai-ela; cópios; naite discurso vazio e de mau gosto
sin.: verborreia
ex.: vamos para a borga logo à noite?
patt: (botar*/) faladura
borracho
é um: ave
bote
pombo pequeno carro, automóvel
• sin.: carripana; bólido; caranguejola; chaço; ca-
mulher ou rapariga muito jeitosa lhambeque; ride
sin.: toura; mulher boa; bomba; boazona; és toda
ex.:

grossa; pitéu; conaça; fema frase: vou dar uma volta no meu bote
ex.: a Michele Pfeifer é um borracho. O Daniel Day equiv: vou dar uma volta no meu carro
Lewis também boysinha
genero: masculino ◦ mulher que se veste bem
gram: só usado no masculino ◦ mulher que tem a mania que é mais que os outros
• sin.: dondoca
pessoa que está muitas vezes bêbada local: Brasil
sin.: borracholas; bêbado bragalho
genero: masculino brasuca
gram: só usado no masculino é um: gentílico

borracholas habitanteDe: Brasil

pessoa que está muitas vezes bêbada brega


sin.: borracho; bêbado fora da moda
borrar a pintura sin.: cafona
arruinar uma situação através de comentário ou bregalho
ações desapropriados órgão sexual masculino, pénis, pênis
borrar-se de medo sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
◦ ser medroso cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de
◦ tem grandes receios de algo família; porra; drejo; bicha; vergalho; piroca; pi-
sin.: pelar-se de medo; tem medo que se pela; mor- rilau; pichota; basalto; banana; pirola; lampreão;
rer de medo; amarelar pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and decker ;
bregalho 27 burgesso

bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo; manga- bué de


lho; besugo; quinta perna do burro; sabordalhão; em grande quantidade
sardão; tora; verga sin.: à beça; bué-muito; tótil de; muitíssimo; a dar

level: calão com um pau; baita; um ror de _; pargas; paletes


briga de aranhas de algo; milhentas; catrefada de _
acto homossexual feminino que consiste em roçar as ex.:

vaginas frase: bué de xe


sin.: bater pratos
equiv: muito xe
gram: loc. adv. de quantidade
level: calão muito carroceiro
local: Lisboa?, África
local: Brasil

brigão bué-muito
em grande quantidade
pessoa que gosta de se envolver em questões sin.: bué de; à beça; tótil de; muitíssimo; a dar com
sin.: ruão; rua
um pau; baita; um ror de _; pargas; paletes de
brincadeira algo; milhentas; catrefada de _
estar a brincar, estar a mangar comigo gram: loc. adv. de quantidade
sin.: mangação; gozo; reinação bufa
brincar saída de gazes intestinais
usado pela geração 70 e tal para referir ao Acto sin.: peido; atulência; traque; farpa; pum; bom-

brincar com o fogo barda


nota: peido sem estrépido
brincar com situação perigosa
sin.: cutucar onça com vara curta
bufalampe
é um: animal imaginário
briol predador que muito amedrontava Joanica Pu
sin.: griso; frio
bufo
ex.: Hoje tá cá um briol!
é um: ave
level: coloquial
ave de rapina nocturna
broca •
cigarro feito à mão (mistura de tabaco e ha- pessoa que faz queixa dos outros, que denuncia ou-
xixe/erva) tros
sin.: ganza; porro; charro sin.: chibo; dedo duro
dom: droga buja
level: calão cerveja, néctar precioso, imprescindível na vida dos
broche feminino portugueses
sin.: bujeca; cerveja; birra; jola; loira; surbia
acto sexual oro-genital, lamber a vagina
sin.: trombada; minete; cunilingus; lamber-te; pas-
bujeca
sar a casa a pano; felácio cerveja, néctar precioso, imprescindível na vida dos
portugueses
brochista
sin.: cerveja; birra; jola; loira; buja; surbia
◦ aquel (e/a) que chupa pénis level: coloquial
◦ executante de felácio bunda
sin.: falófago
referente à região das nádegas ou ânus, frequente-
broeiro mente usado em expressões brejeiras de aprecia-
é um: insulto ção estética
alguém, normalmente rural, com pouca educação sin.: alcofa; cu; peida; rabo; bilha; traseiro; tutu;
sin.: parolo; saloio; tosco; rude; toino; montanheiros peidola; pacote; regueifa; cagueiro; zuate
level: coloquial local: Brasil
brozilhão bunicos
buba excrementos, fezes consistentes e enformadas
car bêbado, beber de mais sin.: berdamerda; merda; cagalhão; caca; fezes;
sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela; poio; cirolho; trampa; bosta
narsa; encher a cara; entornar o barril; entornar ex.: bunicos de burro

o caneco; ir a trocar o passo; lamber o garrafão; burgesso


é um: insulto
tosga; derrubar a adega; estar com um grão na
asa; estar com dois dedos de gramática; tomar mal-educado, bruto, ignorante, rude, sem maneiras
sin.: bertoldo; ordinário; alarve; grosseiro; achavas-
um porre
ex.:
cado; rude; matarruano; ser um casca-grossa
frase: Estou com uma grande buba! citação:

equiv: Estou com uma grande bebedeira!


 De acordo com: Dicionário inFormal (SP)
local: pt sul
observação: um burgesso fala assim :- Ó lho
da puta! Bâmos ao Dragaum bêre o Puôrto
......?
burgesso 28 cacau

 De acordo com: Dicionário inFormal (SP) cabelinho à foda-se


observação: Animal, supostamente racional, corte de cabelo avant-garde ou estranho
que aproveita determinados sítios da Inter- level: calão
net para expressar a sua ignorância pro- cabelo na venta
funda e o carácter primário da sua perso- caber numa mão fechada
nalidade, ao invés de ajudar ...... ser pequeno, pouco
burro cabide-ambulante
é um: mamífero cabo dos trabalhos
sin.: jumento estar metido num grande sarilho ou diculdade
• sin.: camisa-de-onze-varas
é um: insulto ex.:
diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente frase: Quando ele chegou foi o cabo dos trabalhos
sin.: cretino; imbecil; badameco; besta; camelo; ca- equiv: coisa ou situação complicada, difícil
lhau; cavalgadura; abécula; alimária; abantesma; cabra
estafermo; energúmeno; sendeiro é um: insulto
bute lá sin.: cabrão
vamos lá level: calão
sin.: bora lá local: Portugal

C cabra da peste
valente, enérgico, com genica
sin.: pêlo na venta; ter sangue na guelra; ter garra
local: Brasil

cabrão
cabaneiro
é um: insulto
diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora
sin.: cabra
meter-se na vida dos outros
level: calão carroceiro
sin.: anzoneira; coscuvilheiro; cusca; metediço; bis-
local: Portugal
bilhoteiro; fofoqueiro; mexiriqueiro; bilhardeiro
local: pt norte
cabritar
cabaré da cocha vomitar
sin.: vomitar; chamar o Gregório; gregar
sítio onde vale tudo, toda a gente pode entrar, man-
ex.: cabritou-se todo
dar, etc.
sin.: casa de mãe Joana
caca
ex.: Porta-te bem. Pensas que isto é o cabaré da
excrementos, fezes consistentes e enformadas
sin.: berdamerda; merda; cagalhão; fezes; poio; ci-
cocha?
cabeça-de-abóbora rolho; bunicos; trampa; bosta
level: calão
é um: insulto
distraído cacafelho
sin.: cabeça-de-alho-chocho; cabeça-de-burro; ◦ criança que está a começar a aprender coisas e
cabeça-no-ar a percebê-las, garoto que tem a mania que é es-
cabeça-de-alho-chocho perto, criança ainda pequena que crê saber mais
é um: insulto
do que de facto sabe
distraído ◦ garoto, jovem do sexo masculino, algo atrevido
sin.: ganapo; pirralho; pivete; catraio; puto; miúdo;
sin.: cabeça-de-abóbora; cabeça-de-burro; cabeça-
no-ar garoto; guri
ex.: "Sempre que me dás um beijo é porque me
cabeça-de-burro
é um: insulto
queres perguntar alguma coisa. Tenho razão ou
distraído não, meu cacafelho?"
level: coloquial
sin.: cabeça-de-abóbora; cabeça-de-alho-chocho;
cabeça-no-ar caçar barulho
cabeça-de-giz armar uma grande confusão
sin.: armar uma lã de cão; armar um 31; procurar
polícia militar (alusão aos capacetes brancos)
cabeça-de-vento confusão
level: coloquial
alguém que está sempre a mudar de ideias
local: Brasil
cabeça-no-ar
é um: insulto
cacau
distraído dinheiro
sin.: cabeça-de-abóbora; cabeça-de-alho-chocho; sin.: carcanhois; bago; taco; caroço; graveto;
cabeça-de-burro granfo; papel; patacão; pilim; cheta; massa;
cabeça-oca vil metal; grana; pastel; pasta; dinheiro; guito;
é um: insulto
guita; tutu; verdinha
cacete 29 caga-lume

cacete  frase: levas um cachaço


tipo de pão comprido equiv: levas um pancada no pescoço
sin.: bagete cachimónia
• cabeça
órgão sexual masculino, pénis, pênis sin.: mona; tola; bestunto; bestunteira; cornos;
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca- cuca; melão; caixa dos pirolitos
mandro; pau; pinto; ponteiro; abono de família; cachuchos
porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; piroca; caderneta militar
pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; lam- ...tem a haver com o facto de ter capa preta
preão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and sin.: viuvinha

decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo; café-jacking


mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor- Alguém à nossa frente está a tirar um café; café-
dalhão; sardão; tora; verga jacking consiste em roubar o café acabado de sair

level: calão normalmente com uma ligeira carga de ombro.


local: Brasil Esta perniciosa manobra, só deve ser aplicada a
• amigos com bom feitio.
haxixe, produto solidicado da seiva do canabis. ver: sobremesa-jacking

Entorpecente extraído de uma variedade de câ- cafona


nhamo (Cannabis indica), cujos efeitos no orga- fora da moda
nismo humano são análogos aos do ópio. Do óleo sin.: brega

canábico se extrai o hidrocarbureto C. 18 H. 20, ex.:

denominado canabeno, antiespasmódico e narcó- frase: Que jeito cafona!


tico que, ministrado em doses consideráveis, pro- equiv: feio, fora da moda
duz sintomas psicóticos e intoxicação. É aplicável local: Portugal
nos estágios de delirium tremens. Muitos identi- cafuné
cam o haxixe com a maconha. Comuníssimo festas, carinho
na África do Norte e no Oriente Próximo, o ha- sin.: carícia; meiguice; quitute; quindim; tagaté;

xixe tem muito em comum com o vocábulo as- abafo; dengo


sassino, pois este deriva do árabe aschinchin, de- nota: festas na cabeça com as pontas dos dedos

nominação que se dava aos sectários de Hassan- local: Brasil

ben-Sabbab, apelidado o Velho da Montanha, o cagaçal


qual fundou, em ns do século XI, na fortaleza ◦ Barulho, barulheira
de Alamout, na Pérsia, uma comunidade que se ◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
pretendia soberana, verdadeiro Estado espiritu- soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
alista assentado num tripé ideológico: no plano ◦ desordem, desorganização
político, obediência irrestrita ao chefe, Hassan- sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en-

ben-Sabbah; como meio de ação, a imposição granzel; bagunceira; bagunça; algazarra; chin-
do terror mediante assassinatos em massa; e no frim; chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; pei-
plano espiritual, a voluptuosidade eterna. Sob xeirada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem tre-
os efeitos do haxixe, os seguidores do Velho da lho nem trebelho
Montanha praticavam atrocidades indescritíveis ex.: tanto cagaçal para nada

e, com efeito, a seita ampliou consideravelmente cagadeira


seu território, chegando a ser poderosa e temí- casa de banho
vel em vários países, mas foi totalmente exter- sin.: latrina; retrete; secreta; banheiro; wc; toilette;

minada na segunda metade do século XIII... Os sanitários


viciados no haxixe perdem a noção do tempo e level: calão carroceiro

do espaço, sentindo-se irresistivelmente impelidos cagagésimo


para o crime... unidade de tempo innitesimal. O cagagésimo é nor-
Marcus Cláudio Acquaviva, As Raízes do Vício, malmente denido como o espaço de tempo entre
São Paulo, 1969. o aparecimento do sinal verde e a businadela do
sin.: chamon; haxixe; maconha; xito; berlaite carro de trás
dom: droga cagalhão
cachaço excrementos, fezes consistentes e enformadas
é um: pancada sin.: berdamerda; merda; caca; fezes; poio; cirolho;

◦ (ameaça de) pancada na zona da cabeça ou pes- bunicos; trampa; bosta


coço level: calão carroceiro

◦ usado tipicamente como aviso prolático caga-lume


sin.: cascudo; galheta; belinha sin.: pirilampo; vaga-lume

ex.: ex.: vi ali no quintal um caga-lume

 frase: levas uma nesse cachaço level: calão

equiv: ameaça de pancada local: pt


caganifância 30 caixa dos pirolitos

caganifância cair das nuvens


coisa sem importância e sem interesse prático cair de cangalhas
sin.: insignicância; preocupação injusticada car completamente surpreendido ou pasmado
cagão sin.: cair de cu
é um: insulto cair de cu
sin.: medricas; cagarolas; cobarde; coneiro; roto; car completamente surpreendido ou pasmado
pancona; tanso; lerdo sin.: cair de cangalhas
cagar level: coloquial
fazer necessidades siológicas sólidas cair fora
sin.: defecar; fazer as suas necessidades; arriar o fugir, afastar-se
calhau; mandar um telegrama; ir enviar um fax; sin.: dar ares de Vila Diogo; dar à sola; dar de
fazer cocó; largar o barro frosques; dar de trancas; cavar; pirar-se; fugir;
level: calão vazar; pôr-se no piro; pôr-se na alheta; pôr-se
cagarolas nas andadeiras; pôr-se ao fresco; pôr-se a mexer;
é um: insulto pôr-se a bulir; pôr-se a milhas; pôr-se a andar;
sin.: cagão; medricas; cobarde; coneiro; roto; pan- mandar-se; ralar peito; picar a mula; escafeder-
cona; tanso; lerdo se; acunhar; pisar fundo
level: calão local: Brasil
cagar orgasmo cair na cantiga
ter um enorme orgasmo ser enganado
ex.: foi tão grande o minete que caguei orgasmo sin.: cair que nem um anjinho; cair no conto do
level: calão muito carroceiro vigário; cair na esparrela
cagar para dentro cair na esparrela
fazer sexo homossexual (no caso dos homens) ou ser enganado
sexo anal (no caso das mulheres) sin.: cair que nem um anjinho; cair na cantiga; cair
sin.: dar o cu; cavalgar a jibóia; abusar da maça- no conto do vigário
neta; levar na anilha; tirar leito do pau; queimar cair na gandaia
rosca cair no vício de participar em orgias e na má vida
level: calão carroceiro sin.: cair no mundo
local: Brasil cair no anzol
cagar sentenças ◦ cair na armadilha
ser muito opinativo, sem que se lhe reconheça capa- ◦ ser seduzido
cidade ou autoridade para tal cair no conto do vigário
sin.: dar sentenças ser enganado
ex.: Aquele tipo é insuportável: passa os dias a ca- sin.: cair que nem um anjinho; cair na cantiga; cair
gar sentenças sobre tudo e mais alguma coisa... na esparrela
level: calão cair no goto
nota: Talvez por oposição ao mérito reconhecido cair no mundo
à sentença (decisão de um Magistrado, erudita cair no vício de participar em orgias e na má vida
por pressuposto), usando o negativo associado às sin.: cair na gandaia
fezes, símbolo de mal-cheiroso e indesejável cair no papo
local: pt cair o Carmo e a Trindade
caga-tacos ◦ uma grande catástrofe
pessoa pequena ◦ situação de enorme pânico, pavor e desgraça
sin.: rodas-baixas; minorca; roda 24 ex.: Se ele sabe que tu partiste o jarrão, vai cair o
level: calão Carmo e a Trindade
cagueiro etim: O Carmo e a Trindade eram dois importantes
referente à região das nádegas ou ânus, frequente- conventos de Lisboa que ruíram durante o terra-
mente usado em expressões brejeiras de aprecia- moto de 1755
ção estética cair que nem um anjinho
sin.: bunda; alcofa; cu; peida; rabo; bilha; traseiro; ser enganado
tutu; peidola; pacote; regueifa; zuate sin.: cair na cantiga; cair no conto do vigário; cair
ex.: Aquela gaja manda-me cá um cagueiro na esparrela
level: calão carroceiro cair redondo
cair da boca aos cães patt: cair* redondo*GN
Pessoa que evidencia ao olhar doença grave ou caixa de óculos
grande cansaço, muitas vezes ligado a excesso de alcunha de quem usa óculos
trabalho ou de farra sin.: vidrinho
sin.: a cair de podre; a cair aos pedaços caixa dos pirolitos
ex.: Olha-me para aquele homem: está mesmo a cabeça
cair da boca aos cães! sin.: mona; cachimónia; tola; bestunto; bestunteira;
local: pt norte cornos; cuca; melão
calabouço 31 camandro

calabouço calhau
cadeia é um: insulto
sin.: pildra; choça; xilindró; prisão; prisa; masmor- diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente
ras; cárcere; xadrez sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; besta; ca-
calaceiro melo; cavalgadura; abécula; alimária; abantesma;
é um: insulto estafermo; energúmeno; sendeiro
sin.: manga; manguela; moina; moinante; pregui- calhordas
çoso; sorna; mandrião; calão é um: insulto
calão pessoa sem princípios, sem merecimento
é um: insulto
sin.: canalha; bandalho; pulha; patife; escroque; sa-
sin.: manga; manguela; moina; moinante; pregui-
cana; sacripanta; sacrista
çoso; sorna; mandrião; calaceiro level: coloquial
cala o bico calhordice
cala-te patifaria, acção vil
sin.: calar a caixa; fecha-me essa cloaca
sin.: sacanice; pulhice; velhacaria; picardia; fazer
calar a caixa uma desfeita
cala-te
calinada
sin.: cala o bico; fecha-me essa cloaca
level: coloquial
erro linguístico
sin.: pontapé na gramática
calcanhar de Aquiles
ponto fraco (de algo que parece não ter pontos fra- calinas
cos) aquele que nada faz
ori.: A mãe de Aquiles banhou-o no rio Estige para local: Portugal

que casse indestrutível, mas o calcanhar por caloiro


onde o segurava cou por submergir; Este único emprega-se para todo o novato em qualquer coisa
ponto fraco foi mais tarde aproveitado por Páris sin.: maçarico; principiante; novato

para o derrotar. calotear


calças do outro não pagar uma coisa adquirida
sin.: saias de um lado sin.: pregar o calote; pregar um calote; ferrar o cão
caldeirada level: arcaico
é um: idiomática caloteiro
situação confusa, anárquica ou com intento engana- pessoa que não paga o que deve, mau pagador
dor sin.: xexêro
sin.: confusão; aldrabice; anarquia
camafeu
ex.:
uma mulher grande, deselegante e desajeitada
frase: "(1)Ontem na Assembleia Geral acabou sin.: basculho; cavalona; fubanga; ser uma baranga;
tudo numa grande caldeirada; (2) Eles arma- ser um bacalhau
ram uma grande caldeirada para enganar o cli- ex.:
ente" frase: muito bem vestida mas é um autêntico ca-
equiv: Alusão a que na caldeirada (prato de mafeu
peixe) há uma grande mistura de ingredientes equiv: muito feia
local: pt
local: Portugal
calé

de etnia cigana
calhambeque mulher ou rapariga elegante e bonita
local: Brasil
carro, automóvel
sin.: carripana; bólido; caranguejola; chaço; ride; •
bote retratos miniatura antigos, muito requintados e que
calha mesmo bem frequentemente favoreciam a retratada. (usos
◦ algo que ocorre na altura certa opostos em PT e BR)
◦ ocorre de modo oportuno camandro
sin.: vir mesmo a calhar; calhar que nem ginjas órgão sexual masculino, pénis, pênis
calhar que nem ginjas sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
◦ algo que ocorre na altura certa cete; pau; pinto; ponteiro; abono de família;
◦ ocorre de modo oportuno porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; piroca;
sin.: vir mesmo a calhar; calha mesmo bem pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; lam-
calhar na rifa preão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and
algo que é obtido por resultado de um sorteio decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo;
sin.: sair-me em sortes mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor-
nota: normalmente usado negativamente dalhão; sardão; tora; verga
patt: (calhar*/sair) na rifa
cambalhota 32 caquenha

cambalhota cangosta
copular espaço entre as bochechas do cu ou das mamas
sin.: foda; pinocada; queca; coito; dar uma rapi- sin.: rego; vale
dinha; dar uma trancada; dar uma caimbrada; level: calão
berlaitada canhangulo
ex.: pistola
frase: volta e meia, ele dá uma cambalhota com sin.: pistola; canhão; canhota; fugante; fusca
a vizinha •
equiv: deu uma queca espingarda antiga
camelo canhão
é um: mamífero
pistola
• sin.: pistola; canhangulo; canhota; fugante; fusca
é um: insulto
canhona
diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente é um: animal
sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; besta; ca-
ovelha
lhau; cavalgadura; abécula; alimária; abantesma;
canhota
estafermo; energúmeno; sendeiro
pistola
caminhoneira
sin.: pistola; canhangulo; canhão; fugante; fusca
homossexual feminina
sin.: fufa; lésbica; fessureira; sapatona
cantar de galo
local: Brasil
especialmente dedicado aos políticos mas também a
camisa-de-onze-varas alguns manganões com muita lábia e pouca fei-
estar metido num grande sarilho ou diculdade tura
sin.: falar de alto; ter muita lábia
sin.: cabo dos trabalhos
ori.: camisas usadas pelas vítimas nos autos de fé
cantar um fadinho
(tenho fortes reservas a esta explicação...) argumentação com o intuito de tentar comover e
ex.: despida a camisa-de-onze-varas...
convencer
sin.: fazer o choradinho
camisa de Vénus
sin.: camisinha; preservativo canzana
en: condon Sexo vaginal por trás; "Quando se está com uma
level: calão carroceiro gaja, e se quer mandar uma por trás, a malta
camisinha diz: - Vai uma à kanzana, lha? = Foda na cona
sin.: camisa de Vénus; preservativo por trás"
en: condon ex.: Vai uma à kanzana, lha?
level: calão carroceiro level: calão carroceiro
camone patt: (canzana/kanzana)
turista estrangeiro local: Portugal

camurcina cão
sin.: casaco é um: mamífero

canalha animal doméstico que é o melhor amigo do homem


conjunto de miúdos cão danado
sin.: putos; garotada; ganapada; pivetada; rapazi- ◦ diz-se de alguém perseguido por todos
ada ◦ alguém que é irracionalmente agressivo
local: pt norte sin.: cão raivoso
• ex.: abate que é cão danado
é um: insulto cão raivoso
pessoa sem princípios, sem merecimento ◦ diz-se de alguém perseguido por todos
sin.: calhordas; bandalho; pulha; patife; escroque; ◦ alguém que é irracionalmente agressivo
sacana; sacripanta; sacrista sin.: cão danado
nota: em alguns locais, pode ser um insulto muito caparro
grave homem com físico desenvolvido, musculado, entron-
canastrão cado
diz-se de alguém grande, deselegante e desajeitado sin.: capado; arcaboiço; físico
ex.: eu precisava de ajuda e só me aparece este ca- capindó
nastrão do caraças capa (ou, também, sobretudo, gabardina) que cai
level: coloquial
mal, desajeitada
caneta caquenha
seringa para injectar droga alguém muito implicativo e que olhe demasiado aos
sin.: compressor; seringa; bomba; chica; martelo;
detalhes
gringa sin.: não ser um picuinhas; coca-bichinhos
dom: droga
cara 33 carrapato

cara caramelo
Designação pejorativa da cara de alguém usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de
sin.: focinho; ventas; tromba; fronha referir uma pessoa
caraças sin.: gajo; tipo; meco; indivíduo; fulano; fabiano;

interjeição de desagrado ou de espanto bacano; mano; melro


sin.: foda-se!; caralho!; carago!; caramba; porra; carango
poça!; droga!; chiça; arre porra!; puta que pariu! soldado recentemente incorporado (e que, proveni-
level: coloquial ente de meio rural, ainda não se adaptou à vida
• da cidade) . Associava-se ao galucho a sopeira
interjeição de espanto e de quantidade (criada de servir, empregada doméstica que vivia
sin.: chiça; arre çamona; chiça penico na casa dos patrões) , pois ambos aproveitavam
cara chapada a curta folga de domingo para se catrapiscarem,
muito parecido com ou seja, para trocarem olhares que podiam levar
ex.: ele é a cara chapada do pai! a um namoro
cara de bode sin.: galucho; magala

cara de bolacha caranguejola


cara arrecondada carro, automóvel
sin.: cara de lua cheia sin.: carripana; bólido; chaço; calhambeque; ride;

cara de caso bote


estar preocupado carcanhois
ex.: estás com cara de caso. O que é que aconteceu? dinheiro
cara de cu à paisana sin.: bago; taco; cacau; caroço; graveto; granfo;

é um: insulto papel; patacão; pilim; cheta; massa; vil metal;


level: calão grana; pastel; pasta; dinheiro; guito; guita; tutu;
patt: cara de cu (à paisana/) verdinha
cara de lua cheia patt: (carcanhois/carcanhol)

cara arrecondada cárcere


sin.: cara de bolacha cadeia
ex.: tens mesmo cara de lua cheia sin.: pildra; choça; xilindró; prisão; prisa; cala-

cara de um, cu do outro bouço; masmorras; xadrez


indica total ausência de parecenças entre duas pes- carícia
soas festas, carinho
level: calão sin.: cafuné; meiguice; quitute; quindim; tagaté;
carago! abafo; dengo
interjeição de desagrado ou de espanto carioca
sin.: foda-se!; caralho!; caraças; caramba; porra; é um: gentílico
poça!; droga!; chiça; arre porra!; puta que pariu! habitanteDe: Rio de Janeiro
level: calão carocho
caralheira indivíduo chato que se não dás uma moedinha acima
caralho de 1 euro te risca o carro
órgão sexual masculino, pénis, pênis sin.: estacionador; arrumador
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; cacete; ca- level: calão
mandro; pau; pinto; ponteiro; abono de família; caroço
porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; piroca; dinheiro
pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; lam- sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; graveto; granfo;
preão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and papel; patacão; pilim; cheta; massa; vil metal;
decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo;
grana; pastel; pasta; dinheiro; guito; guita; tutu;
mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor- verdinha
dalhão; sardão; tora; verga ex.: houve falta de caroço para acabar a obra...
level: calão carroceiro
carrabagem
caralho!
monte de miúdos a fazer barulho
interjeição de desagrado ou de espanto
level: coloquial
sin.: foda-se!; carago!; caraças; caramba; porra;
poça!; droga!; chiça; arre porra!; puta que pariu! carrajona
level: calão carroceiro
carrancudo
caramba pessoa que não acha graça a nada, sem sentido de
interjeição de desagrado ou de espanto humor
sin.: sério; bisonho; trombudo
sin.: foda-se!; caralho!; carago!; caraças; porra;
poça!; droga!; chiça; arre porra!; puta que pariu! carrapato
carraspana 34 cavalo de pau

carraspana ex.: ele mora em cascos de rolha!


car bêbado, beber de mais cascudo
sin.: bebedeira; ramada; puta; piela; narsa; encher é um: pancada

a cara; entornar o barril; entornar o caneco; ir ◦ (ameaça de) pancada na zona da cabeça ou pes-
a trocar o passo; lamber o garrafão; buba; tosga; coço
derrubar a adega; estar com um grão na asa; estar ◦ usado tipicamente como aviso prolático
com dois dedos de gramática; tomar um porre sin.: cachaço; galheta; belinha

ex.: ele apanhou cá uma carraspana! casmurro


carripana teimoso
carro, automóvel sin.: ter cabeça dura

sin.: bólido; caranguejola; chaço; calhambeque; catano


ride; bote admiração, interjeição de espanto
carroceiro ex.: com um catano, cum catano!

aquele que guia uma carroça. Os carroceiros são local: pt

tradicionalmente muito hábeis e produtivos no catinga


uso do calão... mau cheiro
carro de vassoura sin.: fedor; pivete; futum; inhaca; odor

último catraio
sin.: lanterna vermelha ◦ criança que está a começar a aprender coisas e
dom: ciclismo a percebê-las, garoto que tem a mania que é es-
• perto, criança ainda pequena que crê saber mais
m do cortejo ciclístico (na volta a Portugal) do que de facto sabe
carrolaços ◦ garoto, jovem do sexo masculino, algo atrevido
pancada sin.: ganapo; pirralho; pivete; puto; miúdo; garoto;

sin.: traulitada; pantufada; pirolito; gelado quente; guri; cacafelho


charutada catrefada de _
ex.: vais apanhar uns carrolaços em grande quantidade
local: Madeira sin.: bué de; à beça; bué-muito; tótil de; muitíssimo;

carvalho a dar com um pau; baita; um ror de _; pargas;


é um: eufemismo por semelhança sonora paletes de algo; milhentas
sin.: ex.: tenho uma catrefada de testes para corrigir
casaco gram: loc. adv. de quantidade
sin.: camurcina cavalgadura
casa de doidos é um: mamífero
usa-se para descrever situações ou organizações ir- sin.: cavalo; égua
racionais •
sin.: manicómio em autogestão é um: insulto

ex.: Como é que isto é possível? Isto é uma casa de diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente
doidos? sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; besta; ca-

casa de mãe Joana melo; calhau; abécula; alimária; abantesma; es-


sítio onde vale tudo, toda a gente pode entrar, man- tafermo; energúmeno; sendeiro
dar, etc. cavalgar a jibóia
sin.: cabaré da cocha fazer sexo homossexual (no caso dos homens) ou
etim: Joana, rainha de Nápoles e condessa de Pro- sexo anal (no caso das mulheres)
vença (1326-1382), liberou os bordéis em Avig- sin.: dar o cu; cagar para dentro; abusar da maça-
non, onde estava refugiada, e mandou escrever neta; levar na anilha; tirar leito do pau; queimar
nos estatutos: "que tenha uma porta por onde rosca
todos entrarão". O lugar cou conhecido como level: calão carroceiro

Paço de Mãe Joana, em Portugal local: Brasil

casa de alterne cavalo


sin.: casa de passe; bordel é um: mamífero

patt: casa*N de alterne sin.: égua; cavalgadura

casa de passe •
sin.: bordel; casa de alterne sin.: heroína; charro; xarro

patt: casa*N de (passe/tias) dom: droga

cascos de rolha level: coloquial

Diz-se de um sítio muito longe cavalo de pau


sin.: cu de Judas; car lá para os quintos dos in- mulher alta, magra e ossuda, sem formas
fernos; morar em casa do Diabo mais velho; car ex.: Aquela rapariga até é bonita de cara mas é um

para lá do sol posto; onde o Diabo perdeu as bo- autêntico cavalo de pau
tas; no meio de nenhures; onde Judas perdeu as level: calão
botas local: pt
cavalona 35 chapadão

cavalona chamon
uma mulher grande, deselegante e desajeitada haxixe, produto solidicado da seiva do canabis.
sin.: basculho; camafeu; fubanga; ser uma baranga; Entorpecente extraído de uma variedade de câ-
ser um bacalhau nhamo (Cannabis indica), cujos efeitos no orga-
cavar nismo humano são análogos aos do ópio. Do óleo
fugir, afastar-se canábico se extrai o hidrocarbureto C. 18 H. 20,
sin.: dar ares de Vila Diogo; dar à sola; dar de
denominado canabeno, antiespasmódico e narcó-
frosques; dar de trancas; pirar-se; fugir; vazar; tico que, ministrado em doses consideráveis, pro-
pôr-se no piro; pôr-se na alheta; pôr-se nas anda- duz sintomas psicóticos e intoxicação. É aplicável
deiras; pôr-se ao fresco; pôr-se a mexer; pôr-se a nos estágios de delirium tremens. Muitos identi-
bulir; pôr-se a milhas; pôr-se a andar; cair fora; cam o haxixe com a maconha. Comuníssimo
mandar-se; ralar peito; picar a mula; escafeder- na África do Norte e no Oriente Próximo, o ha-
se; acunhar; pisar fundo xixe tem muito em comum com o vocábulo as-
cedo ouviste, tarde piaste sassino, pois este deriva do árabe aschinchin, de-
cenaita nominação que se dava aos sectários de Hassan-
ben-Sabbab, apelidado o Velho da Montanha, o
coisa, situação, estado de coisas qual fundou, em ns do século XI, na fortaleza
ex.:
de Alamout, na Pérsia, uma comunidade que se
frase: eh pá, que granda cenaita!
pretendia soberana, verdadeiro Estado espiritu-
equiv: eh pá, o que te foi acontecer
alista assentado num tripé ideológico: no plano
level: calão
político, obediência irrestrita ao chefe, Hassan-
local: Portugal
ben-Sabbah; como meio de ação, a imposição
cerimonioso do terror mediante assassinatos em massa; e no
pessoa que habitualmente se excede em cumprimen- plano espiritual, a voluptuosidade eterna. Sob
tos e mesuras os efeitos do haxixe, os seguidores do Velho da
sin.: ser cavalo de cortesias; mesureiro Montanha praticavam atrocidades indescritíveis
cerveja e, com efeito, a seita ampliou consideravelmente
cerveja, néctar precioso, imprescindível na vida dos seu território, chegando a ser poderosa e temí-
portugueses vel em vários países, mas foi totalmente exter-
sin.: bujeca; birra; jola; loira; buja; surbia minada na segunda metade do século XIII... Os
chaço viciados no haxixe perdem a noção do tempo e
carro, automóvel do espaço, sentindo-se irresistivelmente impelidos
sin.: carripana; bólido; caranguejola; calhambeque;
para o crime...
ride; bote Marcus Cláudio Acquaviva, As Raízes do Vício,
ex.: O meu chaço está outra vez avariado
São Paulo, 1969.
sin.: haxixe; maconha; xito; berlaite; cacete
chá de marmeleiro
ex.:
apanhar umas pauladas
frase: tens chamon?
sin.: xarope de bengala
equiv: tens haxixe?
ori.: alusão à boa qualidade dos cajados de pau de
dom: droga
marmeleiro e do seu efeito correctivo
local: pt sul
ex.: bem precisas dum chazinho de marmeleiro
chanfrado
level: coloquial
pessoa que não regula bem da cabeça
chafarica sin.: biruta; xoné; maluco; pirado; doido; pílulas;
casa miserável, suja e desarrumada doido varrido; liru; tantan; maluquete
sin.: espelunca; antro; barraco
chão que deu uva
chamar à pedra é um: frase pitoresca
chamar-lhe um go argumento estafado ou já fora de contexto, iniciativa
anedota: Uma freira diz à madre :- Irmã, quando sem relevância ou proveito expectável
os meninos são pequenos tem uma coisa que se ex.: Procurar emprego nos jornais? Isso já foi chão
chama pila. Quando são homens como se chama que uva...
aquilo? Diz a madre - Eu chamava-lhe um go patt: (chão/parra) que deu uva

chamar nomes local: Portugal

insultar chapada
chamar o Gregório pancada na cara
sin.: chapo; chapadão; bofetada; tabefe; lapada; es-
vomitar
sin.: vomitar; cabritar; gregar
talo; Levar uma à costa da mão!
chapadão
chambarcos
pancada na cara
sin.: tairocos; tamancos
sin.: chapada; chapo; bofetada; tabefe; lapada; es-
talo; Levar uma à costa da mão!
chapo 36 chiar

chapo chegar a mostarda ao nariz


pancada na cara estar mal disposto e zangado
sin.: chapada; chapadão; bofetada; tabefe; lapada; sin.: andar com a mosca; estar com os azeites; estar
estalo; Levar uma à costa da mão! com a telha; de candeias às avessas; estar de mal
charro com alguém
sin.: cavalo; heroína; xarro chegar ao pessegueiro
dom: droga indicação (frequentemente exagerada) de que se está
level: coloquial a morrer
• sin.: sentei-me; daqui não passo; estar entre a cruz
cigarro feito à mão (mistura de tabaco e ha- e a caldeirinha; estar de pés para a cova
xixe/erva) ex.:
sin.: ganza; porro; broca frase: agora que eu cheguei ao pessegueiro
dom: droga equiv: Cheguei ao m da vida
level: calão local: pt centro
charutada chegar a roupa ao pêlo
pancada bater, agredir alguém
sin.: traulitada; pantufada; pirolito; gelado quente;
ex.: espera aí que já te vou chegar a roupa ao pêlo
carrolaços chegar fogo ao paiol
chatear sin.: pôr tudo em estado de sítio; pôr tudo em pol-
sin.: aborrecer; incomodar; melgar
vorosa
level: coloquial
chegar lá para as quinhentas
chatear-se
muito tarde na noite
sin.: anar; levar a mal
ex.:
chatice
frase: ele só chega lá para as quinhentas
situação maçadora e prolongada
equiv: ele vai chegar tardíssimo
sin.: ser como a espada de D. Afonso Henriques;
patt: (chegar*/) lá para as quinhentas
maçada
chato chegar para as encomendas
é um: insecto
◦ realizar com sucesso o que lhe foi pedido
sin.: morcão
◦ ter força para enfrentar tudo e todos
ex.:

diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes- frase: eles eram cinco mas o Manel chegou para
soas, de modo incomodativo as encomendas
equiv: derrotou-os a todos
sin.: aborrecido; incomodativo; melga; gosma; fega;
cromo; postal; autocolante; adesivo; besunta chegar para ele
level: coloquial chegar-se à sardinha
chavala cheio de nota
namorada, rapariga viver com luxo, ser rico
sin.: garina; guria; garota; cruzeta; gaja; pailha; sin.: viver à grande e à francesa; viver à larga; viver

mina; miúda; rapariga como um rei; prodigamente


ex.: Olá chavala, tás boa? patt: cheio*GN (de/da) nota

level: coloquial cheio de peneiras


local: Portugal patt: cheio*GN de peneiras

chavalo cheirar a esturro


sin.: rapaz; indivíduo ◦ ser algo estranho, suspeito
ex.: o chavalo estava ali e ... ◦ algo com segundas intenções
chavascal sin.: trazer água no bico; aqui há gato
◦ Barulho, barulheira cheiretar
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes- actividade de se meter na vida dos outros, espiar,
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem comentar, armar intrigas
◦ desordem, desorganização sin.: cuscar; bisbilhotar; fazer fofocas; alcoviteiro;
sin.: basqueiral; basqueiro; chiqueiro; engranzel; ca- intriguista; rasgar seda; tagarelar; dar ao badalo
gaçal; bagunceira; bagunça; algazarra; chinfrim; cheta
chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei- dinheiro
rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; caroço; graveto;
nem trebelho granfo; papel; patacão; pilim; massa; vil metal;
chefe grana; pastel; pasta; dinheiro; guito; guita; tutu;
é um: Denição compacta genial para palavras cru- verdinha
zadas chiar
sujeito que vem cedo quando tu vens tarde, e tarde gemer de prazer (sexo)
quando tu vens cedo.
chibar 37 chocar

chibar chifres
denunciar hastes dos animais
sin.: fazer queixinhas sin.: cornos
chibaria chimpar
denunciar em massa deitar bebida para copo ou jarro
ex.: sin.: botar
frase: depois da polícia começar a fazer os inter- ex.: chimpa aqui um bocadito de vinho
rogatórios aquilo foi uma chibaria completa chinfrim
equiv: houve inúmeras denúncias de parte a parte
◦ Barulho, barulheira
chibo ◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
pessoa que faz queixa dos outros, que denuncia ou- soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
tros ◦ desordem, desorganização
sin.: bufo; dedo duro
sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en-
chica granzel; cagaçal; bagunceira; bagunça; algazarra;
seringa para injectar droga chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei-
sin.: compressor; seringa; caneta; bomba; martelo;
rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho
gringa nem trebelho
dom: droga
chinfrineira
chiça ◦ Barulho, barulheira
interjeição de desagrado ou de espanto
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
sin.: foda-se!; caralho!; carago!; caraças; caramba;
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
porra; poça!; droga!; arre porra!; puta que pariu!
◦ desordem, desorganização
level: calão
sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en-

granzel; cagaçal; bagunceira; bagunça; algazarra;
interjeição de espanto e de quantidade
chinfrim; banzé; papagaiada; granel; peixeirada;
sin.: caraças; arre çamona; chiça penico
balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho nem
level: calão
trebelho
chiça penico
interjeição de espanto e de quantidade chiqueiro
sin.: caraças; chiça; arre çamona
espaço, quarto ou casa imundos
sin.: pocilga; esterqueira
level: calão
chico •
militar que se quer evidenciar ◦ Barulho, barulheira
sin.: militarista
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
ex.: Aquele gajo é um chico do caraças...
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
level: coloquial
◦ desordem, desorganização
nota: Este termo pode aplicar-se tanto ao militar
sin.:chavascal; basqueiral; basqueiro; engranzel; ca-
que começando por baixo (soldado) e ascendeu a gaçal; bagunceira; bagunça; algazarra; chinfrim;
postos mais elevados e anda sempre com o RDM chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei-
(Regulamento da Disciplina Militar) na ponta da rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho
língua, como ao militar que, sem ser do quadro, nem trebelho
ex.: menos chiqueiro, minha gente, menos chiqueiro!
exagera no seu porte militarista para se eviden-
ciar chispes
ver: chico esperto pé de porco (designação usada em culinária)
local: pt •
Chico-esperto chico-esperto pés (usado em fazes humorísticas ou de crítica)
pessoa que passa à frente dos outros à custa de estra- ex.:
tagemas pouco éticos. Normalmente essa pessoa frase:Não voltes a pôr os chispes cá em casa
acha-se melhor e mais esperto que os outros e não enquanto não cortares o cabelo
olha a meios equiv: não voltes cá enquanto não...
sin.: espertalhão choça
ex.: não venhas para aqui armar-te em chico esperto cadeia
chicuelina sin.: pildra; xilindró; prisão; prisa; calabouço; mas-
passe de tauromaquia muito arriscado morras; cárcere; xadrez
• level: coloquial
manobra automóvel em que um carro, pelo menos, chocar
faz uma ultrapassagem impossível pelo lado er- Ter um acidente com embate (em automóvel, moto,
rado, pião, passando por espaços onde não cabe bicicleta)
ex.: "Aquele parvalhão em vez car na bicha como
sin.: estampar-se; espatifar-se; colidir; bater contra
toda gente anda para aí a fazer chicuelinas a ver um obstáculo
se mata alguém"
chonar 38 chupa-mos!

chonar chui
ir para a cama dormir referências a um agente da polícia, ou à polícia em
sin.: dormir; ressonar; ferrar o galho; ferrar no sono; geral
passar a vale de lençóis; ir amassar a palha sin.: bóa; judite; polícia; ramona; moina

chorar baba e ranho gram:

car extremamente comovido e chorar copiosamente pl: chuias


chouriço level: coloquial
sorte chular
sin.: mijo; paio; reco; piço aproveitar-se de, ser parasita de
chover a cântaros level: calão carroceiro

chover muito chulé


sin.: chover a potes; chover picaretas; chover que mau cheiro dos pés
Deus a dá; chover canivetes; chover torrencial- sin.: sulfato de peúga; arma de desdruição massiva

mente; ser o penico do céu level: coloquial

chover a potes chulo


chover muito é um: insulto

sin.: chover a cântaros; chover picaretas; chover que sin.: azeiteiro; parolo; chunga; pimba; mitra

Deus a dá; chover canivetes; chover torrencial- •


mente; ser o penico do céu aquele que põe à venda os préstimos sexuais de mu-
chover canivetes lheres em proveito próprio
chover muito sin.: azeiteiro; azeite; proxeneta

sin.: chover a potes; chover a cântaros; chover pi- level: calão carroceiro

caretas; chover que Deus a dá; chover torrencial- •


mente; ser o penico do céu alguém que se aproveita dos outros
chover no molhado sin.: chupista; parasita; aproveitador
level: calão
◦ não (dizer/fazer) nada de relevante, dizer sempre
a mesma coisa •
◦ Ideia ou iniciativa que a nada conduz ◦ indivíduo que vive à custa de uma prostituta
◦ Inutilidade ◦ ruão
sin.: malhar em ferro frio; tiro de pólvora seca
sin.: gigolô; putanheiro; alcoviteiro; ruão
chover picaretas level: calão
chover muito chumbar
sin.: chover a potes; chover a cântaros; chover que
reprovar
sin.: apanhar um chumbo; gatar
Deus a dá; chover canivetes; chover torrencial-
mente; ser o penico do céu chunga
é um: insulto
chover que Deus a dá
sin.: azeiteiro; parolo; chulo; pimba; mitra
chover muito
sin.: chover a potes; chover a cântaros; chover pica-

retas; chover canivetes; chover torrencialmente; é um: insulto
ser o penico do céu de fraca qualidade
sin.: chungoso; foleiro; fatela; rasca; bera
chover torrencialmente
chover muito chungoso
é um: insulto
sin.: chover a potes; chover a cântaros; chover pi-
caretas; chover que Deus a dá; chover canivetes; de fraca qualidade
sin.: chunga; foleiro; fatela; rasca; bera
ser o penico do céu
choxo chupa-me a pichota
◦ sexo oral masculino
beijo (sonoro/)
◦ interjeição violenta de desagrado
sin.: ósculo; beijoca
sin.: fazer um broche; fazer um bobó; mamada; fa-
ex.: dá um choxo cá ao rapaz

chuchadeira zer um bico; falofagia; felácio


ex.: chupa-me a piça ó boi do caralho
sem fundamento, conversa fútil, sem interesse, de
level: calão estupidamente carroceiro
veracidade duvidosa
patt: chupa-me a (pichota/piça)
sin.: conversa de chacha; conversa ada; tretas; pa-
leio; paleio vigarista; paleio de vendedor de esco-
chupa-mos!
é um: interjeição
vas; balelas; baboseira; patacoadas; mentira es-
ordem de não aborrecer e de se ir embora
farrapada
sin.: ir para o caralho!; ir chupar uma piroca!; ir
chuchar no dedo
para a cona da tia Virgínia!; não enche o saco!;
chuço
ir para a puta que o pariu!
guarda-chuva
ex.:
level: coloquial
frase: chupa-mos, porco do caraças
chupa-mos! 39 cocó

equiv: chupa-me a piça claro como água choca


level: calão muito carroceiro Confuso. Alusão jocosa face ao que acabou de ser
local: pt norte transmitido ou exposto por outrem
chupar ex.: Percebeste bem o que te disse? Sim, foi claro
ex.: "Maria, queres (que te chupe/ketchup)? Não,
como água choca
oposto: claro como a água
(mais tarde/mustard)"
en: blowjob
cleptobandido
pessoa que tem a mania de roubar coisas
chupista
sin.: cleptopatife; cleptomaníaco
alguém que se aproveita dos outros cleptomaníaco
sin.: chulo; parasita; aproveitador
pessoa que tem a mania de roubar coisas
level: coloquial
sin.: cleptopatife; cleptobandido
chutar level: erudito
injetar droga com uma seringa •
sin.: xuto é um: trocadilho por aglutinação libertina
dom: droga mania por Eric Clapton
chutar com o pé que estiver mais à mão cleptopatife
é um: citação com origem no mundo do futebol
pessoa que tem a mania de roubar coisas
sin.: cleptobandido; cleptomaníaco
andar para a frente
chuva molha-tolos clitóris
parte dos órgãos sexuais femininos
chuva ligeira sin.: grelo; pingalim
patt: chuva (/de) molha-tolos
level: erudito
ciar cobarde
ter ciúmes de alguém é um: insulto
level: calão sin.: cagão; medricas; cagarolas; coneiro; roto; pan-
local: Brasil cona; tanso; lerdo
ciclista coça
alcunha dada ao feijão frade pois provoca gazes in- sin.: sova; porrada; pancada; tareia; surra

testinais coca-bichinhos
sin.: feijão frade alguém muito implicativo e que olhe demasiado aos
local: Guimarães detalhes
sin.: não ser um picuinhas; caquenha
cimento desarmado
level: coloquial
cimento ou betão mal feito com ausência de ferro
cocaína
level: calão
sin.: quiza
oposto: cimento armado
dom: droga
cinco reis de gente cocar
alguém baixinho, muito pequeno estar a observar disfarçadamente e a adivinhar as
sin.: meia-leca intenções de terceiros
patt: (cinco/dez) reis de gente sin.: mancar; coxear
cinco reis de mel coado coche
quase gratuitamente, preço muito baixo, económico, um pouco, um bocado
barato sin.: beca; machinha

sin.: ao desbarato; a preço irrisório; ao preço da ex.: dá-me um coche de presunto

chuva; pelo preço da uva mijona; pechincha; por nota: dar um pouco do que se está a comer a outra

tuta e meia pessoa


ex.: vendeste isso por cinco reis de mel coado... coché
patt: (cinco/dez) reis de mel coado comm: ?

local: pt cocó
é um: frase pitoresca
cirandar
Pessoa excessivamente vaidosa (e convencida da sua
sair de casa sem ser por razões prossionais ou por
originalidade e projecção), projectando ostensi-
obrigação; dar um passeio
vamente tal facto no modo como se referencia,
sin.: arejar a pevide; laurear a pevide; passear; dar
comunica e traja, a ponto de se tornar quase ri-
uma volta; dar um giro
dículo para terceiros e mesmo objecto de reparos
cirolho jocosos
excrementos, fezes consistentes e enformadas ex.: Olha-me para aquele cocó!!
sin.: berdamerda; merda; cagalhão; caca; fezes; nota: Analogia com um galináceo de pequenas di-
poio; bunicos; trampa; bosta mensões mas com considerável impacto visual e
level: calão carroceiro
a que algumas pessoas dão o nome de cocó??
local: pt
coio 40 com duas pedras na mão

coio é um:
sítio onde me escondo  trocadilho fonético
sin.: esconderijo; covil  anedota
coirão fazer sexo duas vezes
é um: insulto !name: biscoito
é usado genericamente para insultar violentamente •
alguém do sexo feminino que vive de expedientes, trocadilho:
que não tem objectivos. Tomado à letra indicaria é um:
- mulher que vive na prostituição  trocadilho fonético
sin.: puta; mulher da má vida; mulher devassa; mu-  anedota
lher promíscua; mulher de mau porte; mulher de pessoa vítima do coito
meia porta; prostituta; putéa; prostiputa; bar- !name: coitado
regã; cuarra; meretriz; vaca; vaca descomunal; colado com cuspe
vacão; quenga; pechenga; piriguete; reputenga; algo feito de modo muito precário, mal-feito
vadia; oferecida; bicha de angola; galdéria; ra- colegas são as putas
meira é um: frase pitoresca
level: calão Forma brusca de chamar a atenção a um recém in-
• corporado no Exército de que os seus pares se de-
é um: insulto signam por Camaradas (de armas) e nunca por
mulher promíscua ou mesmo prostituta Colegas
ex.: Com aquela não quero nada: é um coirão... ex.: Soldado: pedi a um Colega para me guardar a
uma puta! arma; Sargento:Colega?? ò sua besta: não sabe
level: calão que Colegas são as putas??
local: pt area: meio militar
coisas de nada local: pt
factos ou coisas de pouco ou nenhum valor colhões
sin.: cunices; merdices; coneirices; mariquices; in- elemento constituinte dos órgãos sexuais masculinos
signicâncias sin.: quilhões; tomates; testículos
coisas do arco-da-velha level: calão muito carroceiro
coisas inacreditáveis, absurdas, extraordinárias colidir
etim: Arco-da-velha é como é o arco-íris em Portu-
Ter um acidente com embate (em automóvel, moto,
gal; existem muitas lendas sobre suas proprieda- bicicleta)
des mágicas. Recomenda-se beber a água de uma sin.: estampar-se; espatifar-se; chocar; bater contra
ponta e devolvê-la na outra. um obstáculo
patt: (coisas/) do arco-da-velha
colo de brocha
coisinha fofa alternativa insultuosa para quem se recusa a fazer
patt: coisinha*N fofa*N
um serviço
coisinho sin.: come sopa de minhoca; come merda que não
pronome de emergência utilizado quando não apa- tem osso
rece a palavra correcta level: calão carroceiro
sin.: coiso; não-sei-quê
com a cona aos pulos
coisíssima nenhuma diz-se de uma mulher com vontade de foder
absolutamente nada, negar algo sin.: estar com o pito aos saltos; estar com o cio;
sin.: neps; népia; nicles; bitocles; nicles de bitocles;
estar com tusa; estar cheia de fome
nerones level: calão muito carroceiro
coiso com a pulga atrás da orelha
pronome de emergência utilizado quando não apa- desconado, com desconança
rece a palavra correcta com armas e bagagens
sin.: não-sei-quê; coisinho
combinar bem
ex.: Chega-me esse coiso
estar a condizer (cores, géneros, formas) , a fazer
coitado simetria
é um: trocadilho fonético
sin.: fazer pandango
pessoa vítima do coito comboio dos torresmos
referente: coito
comboio lento que pára em todas as estações e ape-
coito adeiros
copular com cara de poucos amigos
sin.: foda; pinocada; queca; dar uma rapidinha; dar
zangado
uma trancada; dar uma caimbrada; berlaitada;
patt: (com/) cara de poucos amigos
cambalhota
com duas pedras na mão

patt: com (duas/sete) pedras na mão
trocadilho:
come merda que não tem osso 41 compincha

come merda que não tem osso com mil demónios!


alternativa insultuosa para quem se recusa a fazer patt: com (mil/os) demónios!

um serviço com nervoso miudinho


sin.: come sopa de minhoca; colo de brocha com o coração nas mãos
level: calão carroceiro com o Diabo no corpo
comer à fartar vilanagem como diz o outro
à larga, em grandes quantidades como dois pombinhos
sin.: comer à tripa-forra de modo muito apaixonado
comer alguém como gato sobre brasas
tem um sentido libidinoso rapidamente
ex.: "A jogada mais imoral do xadrez e quando o como gente grande
Bisco come a Rainha por detrás da torre" fazer as coisas bem feitas..., com grande mestria
comer à tripa-forra sin.: como manda a sapatilha; como manda o gu-

à larga, em grandes quantidades rino


sin.: comer à fartar vilanagem como manda a sapatilha
comer comida de urso é um: termo

apanhar pancada, ser sovado fazer as coisas bem feitas..., com grande mestria
sin.: levar para o tabaco sin.: como manda o gurino; como gente grande

ex.: Se te apanho vais comer comida de urso ex.: ele arrumou a casa como manda a sapatilha...

level: calão local: pt

comer como um abade como manda o gurino


comer muito fazer as coisas bem feitas..., com grande mestria
sin.: como manda a sapatilha; como gente grande
comer gato por lebre
ser enganado ou enganar como pão para a boca
patt: (comer*/comprar*/vender*/) gato por lebre
ex.:

comer e calar frase: eu precisava de uma casa como pão para a


não relar boca
equiv: precisava muito
comer o pão que o Diabo amassou
passar por grandes diculdades e provações como quem não quer a coisa
sin.: cortar um dobrado
disfarçadamente
patt: (comer*/) o pão que o Diabo amassou
com o sangue na guelra
comer sopas de cavalo cansado com os tarecos às costas
patt: (comer*/) sopas de cavalo cansado
como um pinto
todo molhado
comes e bebes
como um príncipe
come sopa de minhoca
como um raio
alternativa insultuosa para quem se recusa a fazer
como veio ao mundo
um serviço
sem roupa, despido
sin.: come merda que não tem osso; colo de brocha
sin.: nu; em pêlo; em pelote; nuzinho da silva; estar
ex.: quer mole? come sopa de minhoca
como Deus o deitou ao mundo; estar em couro;
level: calão carroceiro
pelacho
local: Brasil
com paninhos quentes
argolada de modo conciliador e delicado. Dizer algo desagra-
errar, enganar-se escandalosamente dável ou difícil de aceitar de forma provisória ou
sin.: meter o pé na argola; meter a pata na poça;
minimizando os aspectos negativos inerentes ao
gafe; meter água facto a reportar ou comunicar
patt: (/cometer* uma) argolada
sin.: dourar a pílula; adoçar a pílula; aligeirar; sem
gafe ferir susceptibilidades; eufemismo
errar, enganar-se escandalosamente oposto: curto e grosso
sin.: meter o pé na argola; meter a pata na poça;
patt: (com/) (paninhos/panos) quentes
argolada; meter água com pés de ladrão
patt: (/cometer* uma) gafe
vir sem barulho, silenciosamente, disfarçadamente
comezaina sin.: pé ante pé; vir com pezinhos de lã; sorrateira-
festa, normalmente envolvendo beber uns copos mente; à socapa
sin.: borga; paródia; pândega; trolaró; pagode; tai-
com pés e cabeça
nada; patuscada; festarola; andar na boa-vai-ela; com sentido e planeamento
cópios; naite com pilhas de graça
comilão de modo cómico, hilariante
pessoa com apetite devorador e estômago de innita compincha
capacidade amigo próximo, companheiro
sin.: lateiro; limpa-travessas; betoneira; glutão
sin.: mano; parceiro; Manolo
complicação 42 confundir cagalhões com nêsperas

complicação cona de sabão


situação complicada sujeito que só atrapalha
sin.: alhada; sarilho; embrulhada sin.: enreda; empata; empecilho; estrupício
complicado level: calão carroceiro
superlativo: mais complicado que calças de polvo local: Leiria
compor o ramalhete coneirão
ex.: para compor o ramalhete só faltava aparecer a
pessoa que usa a subserviência para sobreviver
minha sogra
sin.: lambe-botas; lamber as botas; lamber os pés
comprar nabos em saco
ex.:
não examinar o que se compra
frase: Aquele indivíduo é um coneirão nas mãos
compressor
seringa para injectar droga do patrão!
equiv: vende a sua dignidade para conseguir os
sin.: seringa; caneta; bomba; chica; martelo; gringa
ex.:
seus ns
frase: Aquilo é malta de compressores coneirices
equiv: aqueles são drogados factos ou coisas de pouco ou nenhum valor
dom: droga sin.: cunices; merdices; coisas de nada; mariquices;
comprido insignicâncias
superlativo: mais comprido que esperança de pobre level: calão carroceiro
• coneiro
superlativo: mais comprido que suspiro em velório
é um: insulto
comprometido sin.: cagão; medricas; cagarolas; cobarde; roto; pan-
aspeto comprometido, culpado, envergonhado pela cona; tanso; lerdo
acção que praticou level: calão carroceiro
sin.: encaralhado
confundir a estrada da Beira com a beira da
com punhos de renda
estrada
com que se compram os melões
é um: frase pitoresca
com toda a força
excelente diz-se quando alguém está a trocar tudo
sin.: misturar alhos com bugalhos; confundir o gé-
sin.: de arrebimba o malho; à bruta
com todos os matadores nero humano com o Manuel Germano; confundir
sem faltar nada cagalhões com nêsperas; confundir o olho do cu
level: coloquial
com a feira de Montemor; confundir o olho do cu
com uma mão à frente e outra atrás com a feira de Borba; confundir a obra-prima do
em atitude de pedinte mestre com a prima do mestre de obra; confundir
com uma mão por baixo e outra por cima o corredor de fundo com o fundo do corredor
com um copo a mais confundir a obra-prima do mestre com a prima
bêbado do mestre de obra
sin.: estar com os copos; bêbado como um cacho é um: frase pitoresca
cona diz-se quando alguém está a trocar tudo
órgão sexual feminino sin.: misturar alhos com bugalhos; confundir o gé-
sin.: pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina; ninho; nero humano com o Manuel Germano; confundir
parreco; pombinha; racha; febra; entrefolhos; me- a estrada da Beira com a beira da estrada; con-
xilhão; ostra; greta; pachacha; patareca; passari- fundir cagalhões com nêsperas; confundir o olho
nha; perseguida; boceta; conaça; crica; aranha; do cu com a feira de Montemor; confundir o olho
fanesga; boca do corpo; xana do cu com a feira de Borba; confundir o corredor
en: pussy de fundo com o fundo do corredor
level: calão muito carroceiro confundir cagalhões com nêsperas
conaça é um: frase pitoresca
órgão sexual feminino diz-se quando alguém está a trocar tudo
sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina;
sin.: misturar alhos com bugalhos; confundir o gé-
ninho; parreco; pombinha; racha; febra; entrefo- nero humano com o Manuel Germano; confundir
lhos; mexilhão; ostra; greta; pachacha; patareca; a estrada da Beira com a beira da estrada; con-
passarinha; perseguida; boceta; crica; aranha; fa- fundir o olho do cu com a feira de Montemor;
nesga; boca do corpo; xana confundir o olho do cu com a feira de Borba;
en: pussy
confundir a obra-prima do mestre com a prima
level: calão muito carroceiro
do mestre de obra; confundir o corredor de fundo
• com o fundo do corredor
mulher ou rapariga muito jeitosa level: calão carroceiro
sin.: toura; mulher boa; bomba; boazona; és toda
local: pt centro sul
grossa; pitéu; fema; borracho
level: calão muito carroceiro
confundir o corredor de fundo com o fundo do corredor
43 conte comigo

confundir o corredor de fundo com o fundo do conhecer às léguas


corredor _ muito bem
é um: frase pitoresca sin.: conhecer como as próprias mãos; conhecer por

diz-se quando alguém está a trocar tudo dentro e por fora; conhecer de ginjeira
sin.: misturar alhos com bugalhos; confundir o gé- conhecer como as próprias mãos
nero humano com o Manuel Germano; confundir _ muito bem
a estrada da Beira com a beira da estrada; con- sin.: conhecer por dentro e por fora; conhecer de

fundir cagalhões com nêsperas; confundir o olho ginjeira; conhecer às léguas


do cu com a feira de Montemor; confundir o olho patt: conhecer* como as próprias (mãos/dedos)

do cu com a feira de Borba; confundir a obra- conhecer de ginjeira


prima do mestre com a prima do mestre de obra _ muito bem
sin.: conhecer como as próprias mãos; conhecer por
confundir o género humano com o Manuel Ger-
mano dentro e por fora; conhecer às léguas
é um: frase pitoresca
conhecer de vista
diz-se quando alguém está a trocar tudo conhecer supercialmente
sin.: misturar alhos com bugalhos; confundir a es-
conhecer o nome aos bois
trada da Beira com a beira da estrada; confundir ser um perito
sin.: ser entendido no assunto; saber da poda
cagalhões com nêsperas; confundir o olho do cu
com a feira de Montemor; confundir o olho do cu conhecer os podres
com a feira de Borba; confundir a obra-prima do conhecer o terreno
mestre com a prima do mestre de obra; confundir conhecer pela pinta
o corredor de fundo com o fundo do corredor conhecer por dentro e por fora
_ muito bem
confundir o olho do cu com a feira de Borba sin.: conhecer como as próprias mãos; conhecer de
é um: frase pitoresca
ginjeira; conhecer às léguas
diz-se quando alguém está a trocar tudo conhecido
sin.: misturar alhos com bugalhos; confundir o gé-
superlativo: mais conhecido que a reza do padre-
nero humano com o Manuel Germano; confundir nosso
a estrada da Beira com a beira da estrada; con- coninha de sabão
fundir cagalhões com nêsperas; confundir o olho representa alguém que é manhoso e interesseiro
do cu com a feira de Montemor; confundir a obra- sin.: interesseiro; egoísta; dissimulado; manhoso
prima do mestre com a prima do mestre de obra; ex.:
confundir o corredor de fundo com o fundo do frase: Olha-me aquele coninha de sabão.
corredor equiv: Olha-me aquele manhoso interesseiro.
level: calão
level: calão
local: pt centro sul
local: Madeira
confundir o olho do cu com a feira de Montemor constrangido
é um: frase pitoresca superlativo: mais constrangido que padre em puteiro
diz-se quando alguém está a trocar tudo consultar o travesseiro
sin.: misturar alhos com bugalhos; confundir o gé- ponderar, pensar num assunto com calma, normal-
nero humano com o Manuel Germano; confundir mente durante a noite
a estrada da Beira com a beira da estrada; con- sin.: dormir sobre o assunto; dormir sobre o caso;
fundir cagalhões com nêsperas; confundir o olho pensar com os pés debaixo da mesa
do cu com a feira de Borba; confundir a obra- contagem regressiva
prima do mestre com a prima do mestre de obra; sin.: estar em contagem decrescente
confundir o corredor de fundo com o fundo do conta redonda
corredor patt: conta*N redonda*N
level: calão contar com o ovo no cu da galinha
local: pt centro sul ◦ contar com incerto
confusão ◦ basear-se em suposições
situação confusa, anárquica ou com intento engana- sin.: contar com sapatos de ruim defunto

dor contar com sapatos de ruim defunto


sin.: caldeirada; aldrabice; anarquia ◦ contar com incerto
• ◦ basear-se em suposições
sin.: contar com o ovo no cu da galinha
situação agitada com abrandamento de costumes,
patt: contar* com sapatos de (ruim/) defunto
envolvendo comportamentos que não são adequa-
dos ao local
contar pelos dedos
sin.: barbuda; promiscuidade
contar ponto por ponto
contas à moda do Porto
confusão de narizes contas exactas
conte comigo
contente 44 correr muita tinta

contente copular
superlativo: mais contente que cão com dois rabos ter relações sexuais
• sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; dar

superlativo: mais contente que centopeia com sapa- uma ponteirada; dar-lhe aço; estar no refustedo;
tos novos fornicar; transar; aambrar alguém; anfar-lhe;
Contigo... era até achar petróleo! afogar o ganso; pinocar; gibra; mandar o Ber-
é um: piropo de gosto duvidoso
nardo às compras
continuar tudo no mesmo pé coração ao largo
conto do vigário coração de pedra
engano, logro coração rasgado
cor berrante
contos da carochinha
cor de burro quando foge
contos de fadas
corista
contra a corrente
Artista secundário ou gurante em espectáculo mu-
atitude, posição, opinião que é oposta à geral sical que dança com uso gestualidade excessiva e
sin.: contra ventos e marés; contra tudo e todos
lasciva
contra tudo e todos sin.: artista de rebolado; dançarina; Mirita
atitude, posição, opinião que é oposta à geral corno de vaca
sin.: contra ventos e marés; contra a corrente
marido cuja mulher o traiu com outra mulher (ver
contra vapor corno)
contra ventos e marés ex.: O Manuel descobriu que é corno de vaca!
atitude, posição, opinião que é oposta à geral local: pt
sin.: contra tudo e todos; contra a corrente
cornos
contribuir hastes dos animais
é um: trocadilho por aglutinação libertina sin.: chifres
ir para algum lugar com vários indígenas tribais •
controlo anti-dopping cabeça
fazer xixi sin.: mona; cachimónia; tola; bestunto; bestunteira;
sin.: mijar; urinar; verter águas; tirar água do joe- cuca; melão; caixa dos pirolitos
lho; fazer xixi ex.: tens de meter nos cornos essa matéria toda
conversa de chacha corpo a corpo
sem fundamento, conversa fútil, sem interesse, de corpo moído
veracidade duvidosa corpo sem alma
sin.: conversa ada; tretas; paleio; paleio vigarista; correr a bom correr
paleio de vendedor de escovas; balelas; baboseira; correr à conquista
chuchadeira; patacoadas; mentira esfarrapada correr a cortina
conversa ada correr à pedrada
sem fundamento, conversa fútil, sem interesse, de afugentar
veracidade duvidosa correr as capelinhas
sin.: conversa de chacha; tretas; paleio; paleio vi- correr a sete pés
garista; paleio de vendedor de escovas; balelas; correr às mil maravilhas
baboseira; chuchadeira; patacoadas; mentira es- correr bem
farrapada sin.: correr tudo sobre rodas

• correr as sete partidas do mundo


sin.: franca cavaqueira; amena cavaqueira viajar ou percorrer
conversa mole patt: correr* (as sete partidas do/) mundo

conversão correr a via sacra


é um: trocadilho por aglutinação libertina
percurso ou actividade penosa
conversa prolongada correr Ceca e Meca
conversa para boi dormir procurar em todo o lado, viajar muito
sin.: correr Ceca e Meca e olivais de Santarém; já
coordenada
é um: trocadilho por aglutinação libertina
corri tudo
que não tem cor, transparente? correr Ceca e Meca e olivais de Santarém
cópios procurar em todo o lado, viajar muito
sin.: correr Ceca e Meca; já corri tudo
festa, normalmente envolvendo beber uns copos
sin.: borga; paródia; pândega; trolaró; pagode; tai-
correr como uma lebre
nada; patuscada; comezaina; festarola; andar na velozmente
boa-vai-ela; naite correr mal
sin.: dar para o torto
ex.: Hoje sempre vamos para os cópios?
correr muita tinta
correr de boca em boca 45 crocodilar

correr de boca em boca covil


patt: ((correr*/passar*) de/) boca em boca sítio onde me escondo
correr montes e vales sin.: coio; esconderijo
percorrer grandes distâncias, afadigar-se coxear
patt: (correr*/por) montes e vales estar a observar disfarçadamente e a adivinhar as
correr riscos intenções de terceiros
arriscar, fazer algo perigoso sin.: mancar; cocar
patt: correr* (riscos/o risco de) cozer a bebedeira
correr tudo sobre rodas sin.: curar a bebedeira; ressacar; marsugado
correr bem credo, cruzes, canhoto!
sin.: correr às mil maravilhas
interjeição de desagrado e esconjuro
corrida de sacos sin.: abrenúncio!; o Diabo seja cego, surdo e mudo;
patt: corrida*N de sacos
vade retro Satanás; lagarto! lagarto! lagarto!
cortar a alma patt: (credo,/) cruzes, canhoto!
cortar a direito cremalheria
com decisão e honestidade
dentadura
cortar a palavra
cortar as asas a crer a olhos fechados
não deixar fazer nada cresce e aparece
sin.: cortar as pernas
crescer a olhos vistos
verbo muito
cortar as pernas
patt: (crescer*/verbo) a olhos vistos
não deixar fazer nada
sin.: cortar as asas a
cresta
cortar as unhas rentes comm: ?

cortar na casaca cretino


censurar, denegrir é um: insulto

cortar na pele diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente


cortar o coração sin.: imbecil; burro; badameco; besta; camelo; ca-

cortar o mal pela raiz lhau; cavalgadura; abécula; alimária; abantesma;


cortar o pio estafermo; energúmeno; sendeiro
cortar os braços criar asas
cortar terreno criar barriga
cortar um dobrado criar calo
passar por grandes diculdades e provações criar embalagem
sin.: comer o pão que o Diabo amassou criar fama e deitar-se a dormir
local: Brasil criar raízes
cortejar criar uma alma nova
fazer a corte, namorar crica
sin.: arrastar a asa; damar; galantear; fazer pé de órgão sexual feminino
alferes sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina;
level: arcaico ninho; parreco; pombinha; racha; febra; entrefo-
cortina de ferro lhos; mexilhão; ostra; greta; pachacha; patareca;
fronteira separadora entre países comunistas e oci- passarinha; perseguida; boceta; conaça; aranha;
dentais nos anos 1950 fanesga; boca do corpo; xana
cortina de fumo ex.: vai para a crica meu lho da puta

patt: cortina*N de fumo*N en: pussy

coruja level: calão muito carroceiro

é um: ave crista da onda


ave de rapina nocturna crivado de balas
corvo-marinho patt: crivado*GN de balas

é um: ave crivado de dívidas


sin.: galheta patt: crivado*GN de dívidas
coscuvilheiro crocodilar
diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora enganar alguém
meter-se na vida dos outros sin.: vigarizar; passar a perna a alguém; levar à
sin.: anzoneira; cabaneiro; cusca; metediço; bisbi- certa; indrominar
lhoteiro; fofoqueiro; mexiriqueiro; bilhardeiro level: coloquial
costas largas local: Brasil
costas quentes
cromo 46 dado e arregaçado só o caralho

cromo cunices
diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes- factos ou coisas de pouco ou nenhum valor
soas, de modo incomodativo sin.: merdices; coneirices; coisas de nada; mariqui-

sin.: chato; aborrecido; incomodativo; melga; ces; insignicâncias


gosma; fega; postal; autocolante; adesivo; be- ex.: deixa-te lá de cunices e anda embora

sunta level: calão carroceiro

ex.: és um cromo do caralho cunilingus


level: coloquial acto sexual oro-genital, lamber a vagina
local: pt norte sin.: trombada; minete; lamber-te; passar a casa a

• pano; felácio; broche feminino


pessoa muito lenta que se não mexe e sem iniciativa, level: calão muito carroceiro

pessoa falsa patt: (cunilingus/cunnilingus)

sin.: morcão; sonso; pastel; lesma; papa-açorda curar a bebedeira


cruzar os braços sin.: cozer a bebedeira; ressacar; marsugado

cruzeta curtir
namorada, rapariga sin.: gozar à brava

sin.: garina; chavala; guria; garota; gaja; pailha; curvar a fronte


mina; miúda; rapariga cusca
ex.: Vou ao cinema com a minha cruzeta diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora
cu meter-se na vida dos outros
referente à região das nádegas ou ânus, frequente- sin.: anzoneira; cabaneiro; coscuvilheiro; mete-
mente usado em expressões brejeiras de aprecia- diço; bisbilhoteiro; fofoqueiro; mexiriqueiro; bi-
ção estética lhardeiro
sin.: bunda; alcofa; peida; rabo; bilha; traseiro; raiz:

tutu; peidola; pacote; regueifa; cagueiro; zuate abreviado: coscuvilheiro

level: calão cuscar


cuarra actividade de se meter na vida dos outros, espiar,
é um: insulto comentar, armar intrigas
é usado genericamente para insultar violentamente sin.: bisbilhotar; cheiretar; fazer fofocas; alcovi-
alguém do sexo feminino que vive de expedientes, teiro; intriguista; rasgar seda; tagarelar; dar ao
que não tem objectivos. Tomado à letra indicaria badalo
- mulher que vive na prostituição cuspir para o ar
sin.: puta; mulher da má vida; mulher devassa; custar cara a brincadeira
mulher promíscua; coirão; mulher de mau porte; custar couro e cabelo
mulher de meia porta; prostituta; putéa; prosti- ser muito caro
puta; barregã; meretriz; vaca; vaca descomunal; sin.: custar os olhos da cara

vacão; quenga; pechenga; piriguete; reputenga; custar os olhos da cara


vadia; oferecida; bicha de angola; galdéria; ra- ser muito caro
meira sin.: custar couro e cabelo
ex.: sua cuarra! custe o que custar
level: calão diz-se de algo difícil que impreterivelmente tem que
cuca ser realizado
cabeça sin.: à viva força; doa a quem doer; a qualquer preço
sin.: mona; cachimónia; tola; bestunto; bestunteira; cutucar onça com vara curta
cornos; melão; caixa dos pirolitos brincar com situação perigosa
sin.: brincar com o fogo
cu de Judas
local: Brasil
Diz-se de um sítio muito longe
sin.: car lá para os quintos dos infernos; morar em
casa do Diabo mais velho; cascos de rolha; car
para lá do sol posto; onde o Diabo perdeu as
D
botas; no meio de nenhures; onde Judas perdeu
as botas da boca para fora
ex.: ele mora no cu de Judas
de ânimo leve
cu de sono dado e arregaçado só o caralho
pessoa que, mesmo a pé, está sempre a dormir é um: expressão de rejeição
sin.: dorminhoco; sonolento; zombi
Negação veemente e jocosa ou depreciativa
cueca o dental ex.: Emprestar-te o meu carro? Dado e arregaçado
cumprir com as obrigações só o caralho...
cumprir o seu papel level: calão carroceiro
cunho pessoal local: Portugal
dali a nada 47 dar ares de Vila Diogo

dali a nada dar a César o que é de César


da loja dos 300 dar aço
produto barato e de muito pouca qualidade andar a toda a velocidade (normalmente referente a
patt: da (loja/lojinha) dos (300/chineses) carros)
dama da noite sin.: gás à tábua!; meter o prego a fundo
patt: dama*N da noite dar acordo
dama de honor dar à cremalheira
patt: dama*N de honor comer, mastigar
damar sin.: dar ao dente
fazer a corte, namorar ex.: Pessoal, toca a dar à cremalheira
sin.: arrastar a asa; galantear; cortejar; fazer pé de level: calão
alferes dar a entender
level: coloquial dar água pela barba
da melhor água tarefa ou situação que deu muito trabalho e compli-
da melhor vontade cações
da minha banda dar alnetadas
danado dar à língua
◦ alguém perverso e vingativo dar alta
◦ alguém cuja esperteza surpreende patt: dar* alta*N
sin.: tramado dar a lume
dançar conforme a música dar à luz
dançarina dar andamento
é um: depreciativo dar a nota
Artista secundário ou gurante em espectáculo mu- dar ao badalo
sical que dança com uso gestualidade excessiva e actividade de se meter na vida dos outros, espiar,
lasciva comentar, armar intrigas
sin.: artista de rebolado; corista; Mirita
sin.: cuscar; bisbilhotar; cheiretar; fazer fofocas; al-
dançar na corda bamba coviteiro; intriguista; rasgar seda; tagarelar
actividade ou situação de risco elevado e evidente dar ao demo a cardada
dançar pau com os ursos esta arrependido
da noite para o dia dar ao dente
◦ sem necessidade de preparação comer
◦ rapidamente, de repente sin.: morfar; moufar
sin.: do pé para a mão; assim de repente; do dia

para a noite; dum dia para o outro comer, mastigar
nota: expressão usada em frases negativas
sin.: dar à cremalheira
danos colaterais dar ao pé
vítimas inocentes, não intencionais mas normal-
andar depressa
mente graves
sin.: dar aos calcanhares; dar à perna
da pesada
dar aos calcanhares
da pior espécie
da ponta dos pés à raiz dos cabelos andar depressa
sin.: dar ao pé; dar à perna
daqui a nada
daqui lá, é um tiro dar a palavra
daqui não levas nada dar um bigode
daqui não passo ◦ vencer com grande vantagem
indicação (frequentemente exagerada) de que se está ◦ ultrapassagem
a morrer ◦ fazer uma nta (futebol) de fazer trocar os olhos
patt: (dar*/apanhar*) um bigode
sin.: chegar ao pessegueiro; sentei-me; estar entre a
cruz e a caldeirinha; estar de pés para a cova dar à perna
dar a alma a Deus andar depressa
sin.: dar ao pé; dar aos calcanhares
sin.: dar a alma ao Criador; dar a alma ao Diabo
dar a alma ao Criador dar ares
sin.: dar a alma a Deus; dar a alma ao Diabo
dar ares de Vila Diogo
dar a alma ao Diabo fugir, afastar-se
sin.: dar à sola; dar de frosques; dar de trancas;
sin.: dar a alma a Deus; dar a alma ao Criador
da raça do Diabo cavar; pirar-se; fugir; vazar; pôr-se no piro; pôr-se
dar à canela na alheta; pôr-se nas andadeiras; pôr-se ao fresco;
dar a cara pôr-se a mexer; pôr-se a bulir; pôr-se a milhas;
apoiar publicamente uma causa pôr-se a andar; cair fora; mandar-se; ralar peito;
patt: dar* a cara (/por)
picar a mula; escafeder-se; acunhar; pisar fundo
dar a rodos 48 dar de chapa

dar a rodos dar cabo do juízo


em grandes quantidades, exageradamente ◦ ralhar, protestar
sin.: dar às mãos cheias; esbanjar ◦ apanhar física ou psicologicamente
patt: (dar*/) a rodos sin.: levar na tarraqueta; xingar-lhe a cabeça; dar

dar asas à imaginação cabo da cabeça; azucrinar o juízo; levar na cabeça


dar às canetas ex.: quando eles souberam, deram-me cabo do juízo

dar as cartas dar cabo dos nervos


dar as despedidas enervar
dar às mãos cheias dar carta branca
em grandes quantidades, exageradamente concordar, aprovar, dar autorização
sin.: dar luz verde; plenos poderes
sin.: dar a rodos; esbanjar
patt: (dar*/) às mãos cheias
dar cartas
dar asneira demonstrar grande mestria em certa actividade ou
assunto
falhar, ser um asco dar com a cabeça nas paredes
sin.: dar raia; dar asco; dar zebra
dar com a coisa
dar à sola dar com as ventas na porta
fugir, afastar-se dar com o nariz na porta
sin.: dar ares de Vila Diogo; dar de frosques; dar deparar-se com algo fechado, sem possibilidade de
de trancas; cavar; pirar-se; fugir; vazar; pôr-se no entrar
piro; pôr-se na alheta; pôr-se nas andadeiras; pôr- dar com o nariz no sedeiro
se ao fresco; pôr-se a mexer; pôr-se a bulir; pôr- fracassar, errar desastrosamente
se a milhas; pôr-se a andar; cair fora; mandar-se; sin.: dar com os burros na água
ralar peito; picar a mula; escafeder-se; acunhar; dar com os burros na água
pisar fundo fracassar, errar desastrosamente
dar a sua palavra sin.: dar com o nariz no sedeiro
dar as últimas patt: dar* com os (burros/burrinhos/burricos) na
dar a tacada água
dar à taramela dar com os costados
dar até à última pinga de sangue dar conta
dar a volta dar conta de si
dar a volta por cima dar contas a Deus
dar azo dar corda
dar barraca dar corda aos sapatos
dar boa conta do recado dar corda para se enforcar
resolver bem as tarefas que lhe foram conadas curuca
patt: dar* (boa/) conta do recado ◦ dar graticações ou subornos
dar bronca ◦ subornar
dar cabo da cabeça sin.: untar as mãos; dar luvas; untar as unhas de;

◦ ralhar, protestar molhar a mão


◦ apanhar física ou psicologicamente patt: (/dar*) curuca

sin.: levar na tarraqueta; xingar-lhe a cabeça; dar local: Brasil

cabo do juízo; azucrinar o juízo; levar na cabeça dar o badagaio


ex.: O meu pai deu-me cabo da cabeça quando desmaiou ou cou doente de repente
soube sin.: dar o berro; dar-lhe um chilique; dar-lhe a

dar cabo de macacoa; dar-lhe um xilique; dar-lhe o beri-béri;


destruir dar-lhe o fanico; dar-lhe a loxera; dar-lhe o tran-
ex.: emprestei-lhe o carro 5 minutos, e ele deu-me
gulomango
patt: (dar*/dar*-lhe) o badagaio
cabo do farol
dar de bandeja
dar cabo do canastro
entregar ou receber sem pedir nada em troca, sem
é um: frase pitoresca
discussão, sem reclamar
◦ punir, sovar, castigar sin.: servir numa bandeja; receber de mão beijada
◦ ameaça de bater, normalmente indicativa de de- dar de barato
sagrado com situação embora seja questionável, não pôr em causa
sin.: aquecer-lhe o motor; ir aos fagotes de alguém;
sin.: não levantar objeções
ir às fuças; dar o arroz; assentar as costuras; moer dar de cara com algo
os osso a alguém confrontar-se diretamente com _
ex.: ... e ele deu-lhe cabo do canastro
sin.: tropeçar em algo
local: pt norte
patt: dar* de cara (com algo/)
dar de chapa
dar de frosques 49 dar-lhe na cachimónia

dar de frosques dar asco


fugir, afastar-se falhar, ser um asco
sin.: dar ares de Vila Diogo; dar à sola; dar de sin.: dar raia; dar asneira; dar zebra
trancas; cavar; pirar-se; fugir; vazar; pôr-se no dar frutos
piro; pôr-se na alheta; pôr-se nas andadeiras; pôr- dar graxa
se ao fresco; pôr-se a mexer; pôr-se a bulir; pôr- dar jeito
se a milhas; pôr-se a andar; cair fora; mandar-se; dar largas
ralar peito; picar a mula; escafeder-se; acunhar; dar um enxerto de porrada
pisar fundo é um: frase pitoresca
level: coloquial patt: (dar*/levar*/apanhar*) (um (enxerto/ensaio)
local: pt de/uma carga de/) porrada (/da grossa)
dar pérolas a porcos dar um raspanete
(tratar muito bem/dar alguma coisa a alguém) quem patt: (dar*/levar*/passar*) um raspanete
não sabe apreciar dar tampa
sin.: mais vale sustentar burros a pão de ló
patt: (dar*/levar*) tampa
patt: (dar*/deitar*) pérolas a porcos
dar uma resposta torta
dar de mão
patt: (dar*/levar*) uma resposta torta
dar de si
dar de trancas dar uma trepa
patt: (dar*/levar*) uma trepa
fugir, afastar-se
sin.: dar ares de Vila Diogo; dar à sola; dar de
dar um banho
frosques; cavar; pirar-se; fugir; vazar; pôr-se no patt: (dar*/levar*) um banho

piro; pôr-se na alheta; pôr-se nas andadeiras; pôr- dar um puxão de orelhas
se ao fresco; pôr-se a mexer; pôr-se a bulir; pôr- castigar ou repreender alguém
se a milhas; pôr-se a andar; cair fora; mandar-se; patt: (dar*/levar*) um puxão de orelhas

ralar peito; picar a mula; escafeder-se; acunhar; dar um toque


pisar fundo patt: (dar*/levar*) um toque
level: coloquial dar-lhe aço
local: pt
ter relações sexuais
dar de trombas com sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; co-
encontrar-se imprevistamente com alguém pular; dar uma ponteirada; estar no refustedo;
ex.: mal virei a esquina, dei de trombas com o polí- fornicar; transar; aambrar alguém; anfar-lhe;
cia! afogar o ganso; pinocar; gibra; mandar o Ber-
dar dois dedos de conversa nardo às compras
sin.: dar duas palavrinhas; por a conversa em dia; ex.:
dar duas de conversa; bate-papo frase: "passa um amigo com uma miúda gira e
dar duas de conversa alguém lhe diz  dá-lhe aço"
sin.: dar dois dedos de conversa; dar duas palavri- equiv: ...copular vigoroso
nhas; por a conversa em dia; bate-papo level: calão
dar duas palavrinhas dar-lhe a loxera
sin.: dar dois dedos de conversa; por a conversa em desmaiou ou cou doente de repente
dia; dar duas de conversa; bate-papo sin.: dar o badagaio; dar o berro; dar-lhe um chili-
dar em chalado que; dar-lhe a macacoa; dar-lhe um xilique; dar-
patt: dar* em chalado*N lhe o beri-béri; dar-lhe o fanico; dar-lhe o tran-
dar em cheio gulomango
adivinhar, acertar precisamente dar-lhe a macacoa
sin.: acertar em cheio; acertar na mosca; acertar
desmaiou ou cou doente de repente
na lata; acertar na muche; acertar no olho do sin.: dar o badagaio; dar o berro; dar-lhe um chili-
mosquito que; dar-lhe um xilique; dar-lhe o beri-béri; dar-
local: Brasil
lhe o fanico; dar-lhe a loxera; dar-lhe o trangu-
dar em nada lomango
não se realizar dar-lhe a valer
sin.: car em águas de bacalhau; acabar em pizza
dar-lhe na cachimónia
dar espectáculo lembrar-se (irracionalmente) de fazer algo impre-
dar a mão à palmatória visto
reconhecer o erro sin.: dar na telha; dar-lhe para ali; dar-lhe na real
patt: (dar*/estender*) a mão à palmatória
gana
dar a mão patt: dar*-lhe na (cachimó-
patt: (dar*/estender*) a mão*N nia/cabeça/mona/veneta)
dar faísca
dar-lhe na real gana 50 dar o corpo ao manifesto

dar-lhe na real gana dar-me cabo da troika


lembrar-se (irracionalmente) de fazer algo impre- algo que é uma grande preocupação
visto sin.: de pôr a cabeça em água; ser uma dor de ca-
sin.: dar-lhe na cachimónia; dar na telha; dar-lhe beça
para ali ex.: Este meu marido dá-me cabo da troika
patt: dar*-lhe na (real/) gana level: coloquial
dar-lhe o beri-béri dar mel pelos beiços
desmaiou ou cou doente de repente elogiar, lisonjear exageradamente alguém
sin.: dar o badagaio; dar o berro; dar-lhe um chili-
dar mostras
que; dar-lhe a macacoa; dar-lhe um xilique; dar-
dar música
lhe o fanico; dar-lhe a loxera; dar-lhe o trangu-
dar na bolha
lomango
dar na mesma
dar-lhe o lâmpedo dar nas vistas
◦ desapareceu denitivamente, sumiu-se
tornar-se notado
◦ cou inutilizado
sin.: escandalizar
sin.: ir à viola; foi à vela; dar o triste pio; foi para
o maneta dar na telha
dar-lhe o trangulomango lembrar-se (irracionalmente) de fazer algo impre-
desmaiou ou cou doente de repente visto
sin.: dar-lhe na cachimónia; dar-lhe para ali; dar-lhe
sin.: dar o badagaio; dar o berro; dar-lhe um chili-
que; dar-lhe a macacoa; dar-lhe um xilique; dar- na real gana
dar nela
lhe o beri-béri; dar-lhe o fanico; dar-lhe a loxera
dar-lhe o fanico copular
desmaiou ou cou doente de repente sin.: saltar-lhe na pachacha

sin.: dar o badagaio; dar o berro; dar-lhe um chili- ex.: gostava muito de dar nela

que; dar-lhe a macacoa; dar-lhe um xilique; dar- dar nome às vacas


lhe o beri-béri; dar-lhe a loxera; dar-lhe o tran- identicar cuidadosamente e inequivocamente os ob-
gulomango jectos em causa
patt: dar*-lhe (o/um) fanico ex.: vamos lá começar por dar nome às vacas
dar-lhe para ali dar no pé
lembrar-se (irracionalmente) de fazer algo impre- sair, fugir
visto sin.: ir peneirar o fraque; bater em retirada
sin.: dar-lhe na cachimónia; dar na telha; dar-lhe
local: Brasil
na real gana
dar-lhe uma ensaboadela dar o arroz
ensinar, estudar, relembrar ◦ punir, sovar, castigar
sin.: refrescar as ideias
◦ ameaça de bater, normalmente indicativa de de-
ex.:
sagrado com situação
sin.: aquecer-lhe o motor; dar cabo do canastro; ir
frase: vou dar-lhe a ensaboadela de gramática
para o teste de amanhã aos fagotes de alguém; ir às fuças; assentar as
equiv: ensinar-lhe à pressa
costuras; moer os osso a alguém
ex.:
dar-lhe um chilique
frase: Espera lá que já te dou o arroz
desmaiou ou cou doente de repente
equiv: espera lá que já te vou castigar
sin.: dar o badagaio; dar o berro; dar-lhe a macacoa;
dar-lhe um xilique; dar-lhe o beri-béri; dar-lhe dar o assunto por encerrado
o fanico; dar-lhe a loxera; dar-lhe o trangulo- não falar mais de um assunto
mango sin.: enterrar o assunto

dar-lhe um xilique dar o berro


desmaiou ou cou doente de repente desmaiou ou cou doente de repente
sin.: dar o badagaio; dar o berro; dar-lhe um chili- sin.: dar o badagaio; dar-lhe um chilique; dar-lhe
que; dar-lhe a macacoa; dar-lhe o beri-béri; dar- a macacoa; dar-lhe um xilique; dar-lhe o beri-
lhe o fanico; dar-lhe a loxera; dar-lhe o trangu- béri; dar-lhe o fanico; dar-lhe a loxera; dar-lhe
lomango o trangulomango
nota: graa duvidosa
dar o braço a torcer
patt: dar*-lhe um (xilique/xelique)
admitir o erro
dar luz verde
concordar, aprovar, dar autorização dar o corpo ao manifesto
patt: dar* o corpo*N ao manifesto
sin.: dar carta branca; plenos poderes
patt: (dar*/) luz verde
dar o couro às vacas 51 dar o último suspiro

dar o couro às vacas dar o peido mestre


morreu, faleceu morreu, faleceu
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-

leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade;
ir para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim ir para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim
das tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; das tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir
ir para os anjinhos; ir às malvas; passar desta para os anjinhos; ir às malvas; passar desta para
para melhor; quinar; dar o peido mestre; dormir melhor; quinar; dormir o sono eterno; descanso
o sono eterno; descanso eterno; dar o último sus- eterno; dar o último suspiro; dar o couro às va-
piro; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus; cas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus;
nar-se; anafragar; estertorar; marchar nar-se; anafragar; estertorar; marchar
local: Brasil ex.:

dar o cu frase: Fulano deu o peido mestre.


fazer sexo homossexual (no caso dos homens) ou equiv: Fulano morreu
level: calão
sexo anal (no caso das mulheres)
sin.: cagar para dentro; cavalgar a jibóia; abusar
dar o pontapé de saída
da maçaneta; levar na anilha; tirar leito do pau; dar início a
sin.: dar o primeiro passo
queimar rosca
level: calão carroceiro
dar o primeiro passo
dar início a
dar o cu e cinco tostões por sin.: dar o pontapé de saída
gostar tanto de algo que se fará tudo para o ter, dar o rebenta
gostar muito terminar uma relação amorosa
ex.: o tipo dá o cu e cinco tostões por uma cerveja
sin.: dar o fora
level: calão

dar o dito por não dito quebra física em actividade desportiva
não cumprir o prometido sin.: encostar às boxes; bater na parede; não ter
sin.: voltar com a palavra atrás; faltar à palavra pernas
dar o doce dar o salto
casar, ir viver junto com alguém dar os bons-dias
sin.: juntar os trapinhos; dar o nó; amarrar pano;
dar o sim
dar o sim casar, ir viver junto com alguém
sin.: juntar os trapinhos; dar o nó; dar o doce; amar-
local: Brasil

dar o exemplo rar pano


dar o anco dar os últimos toques
dar o fora dar o tiro de misericórdia
patt: dar* o (tiro/golpe) de misericórdia
terminar uma relação amorosa dar o tom
sin.: dar o rebenta
ajudar ao início
dar o golpe do baú sin.: dar o lamiré; dar o mote
patt: (dar* o/) golpe do baú dar o triste pio
dar o grito do Ipiranga ◦ desapareceu denitivamente, sumiu-se
libertar-se* ◦ cou inutilizado
etim: O grito do Ipiranga (Independência ou morte) sin.: dar-lhe o lâmpedo; ir à viola; foi à vela; foi

antecedeu a independência do Brasil para o maneta


dar o laço dar troco
dar o lamiré ◦ dar conversa, responder
◦ vingança
ajudar ao início
◦ vingar-se
sin.: dar o tom; dar o mote
patt: dar* (/o) troco
dar o litro dar o último suspiro
esforçar-se morreu, faleceu
dar o mote sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-

ajudar ao início leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade;


sin.: dar o lamiré; dar o tom ir para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim
dar o nó das tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos;
casar, ir viver junto com alguém ir para os anjinhos; ir às malvas; passar desta
sin.: juntar os trapinhos; dar o doce; amarrar pano;
para melhor; quinar; dar o peido mestre; dormir
dar o sim o sono eterno; descanso eterno; dar o couro às
vacas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus;
nar-se; anafragar; estertorar; marchar
dar o nó cego 52 dar uma mão

dar o nó cego dar o ouro ao bandido


patt: dar* (o/um) nó cego fazer algo que nos prejudica, em benefício dos ad-
dar luvas versários
◦ dar graticações ou subornos ex.: Porra Manel! não deites a manilha. Estás a
◦ subornar entregar o ouro ao bandido!
sin.: untar as mãos; untar as unhas de; molhar a patt: (dar*/servir*/entregar*) o ouro ao bandido
mão; curuca dar sinal
patt: (dar*/pagar*) luvas dar sinal de si
dar palmadinhas nas costas dar tanga
dar palminhas sin.: fazer chacota; gozar com; reinar com

dar para os gastos ex.: deu-te uma ganda tanga

suciente mas com pouco folga dar tempo ao tempo


sin.: ganhar para os alnetes esperar com calma, conando que tudo se resolverá
ex.: sin.: aguentar os cavalos
frase: como vai essa saúde? Vai dando para os dar pano para mangas
gastos ◦ dar* muito trabalho
equiv: mais ou menos ◦ abundantemente
dar para o torto patt: (dar*/ter*) pano para mangas

sin.: correr mal dar tratos de polé


dar para trás maltratar
sin.: fazer do gato sapato; fazer a vida negra; tratar
dar parte
dar pela marosca mal; tratar abaixo de cão
level: arcaico
dar por ela
dar por isso dar trela
dar-se como o cão e o gato conversar, anuir perante a conversa de alguém, ali-
diz-se de pessoas que se dão mal mentar a conversa
sin.: dar-se como cães ex.: ela é perigosa, não lhe devias dar trela
patt: dar*P-se como o cão e o gato dar troco
dar pulso livre dar tudo por tudo
dar que falar dar uma achega
dar raia dar uma ajuda
falhar, ser um asco ajudar
sin.: dar uma mão
sin.: dar asco; dar asneira; dar zebra

dar rédea larga dar uma apitadela


sin.: solta
telefonar, avisar
dar satisfações dar uma boleia
sin.: dar uma carona
justicar-se; explicar
sin.: prestar contas
dar uma cabeçada
ex.: Ele não dá satisfações a ninguém do que faz.
dar uma caimbrada
dar-se à luz copular
sin.: foda; pinocada; queca; coito; dar uma rapidi-
tornar-se sócio ou adepto do Benca
nha; dar uma trancada; berlaitada; cambalhota
sin.: encarnar; lampiar
level: calão
dar-se ao luxo patt: (dar* uma/) caimbrada
dar-se ao trabalho
dar uma carona
dar-se ares
sin.: dar uma boleia
dar sebo nas botas
dar-se como cães dar uma de João sem braço
diz-se de pessoas que se dão mal fazer de conta que se desconhece a situação, que não
sin.: dar-se como o cão e o gato
se tem nada a ver com isto
sin.: fazer-se mula; fazer-se de Inês; fazer-se desa-
dar-se como Deus com os Anjos
percebido
diz-se de pessoas que se dão muito bem local: Brasil
dar sentenças dar uma desanda
ser muito opinativo, sem que se lhe reconheça capa- dar uma lição
cidade ou autoridade para tal dar uma mão
sin.: cagar sentenças
ajudar
ex.: não venhas para aqui dar sentenças que...
sin.: dar uma ajuda
level: coloquial
patt: dar* uma (mão/mãozinhas)
dar uma no cravo, outra na ferradura 53 de alto coturno

dar uma no cravo, outra na ferradura frase: Vamos dar um giro.


alternar entre fazer bem e fazer mal equiv: Vamos dar uma volta.
sin.: dar uma no cravo, outra no focinho do cavalo dar um jeitão
patt: (dar*/) uma no cravo, outra na ferradura dar um jeitinho
dar uma no cravo, outra no focinho do cavalo dar um jeito
alternar entre fazer bem e fazer mal patt: dar* um (jeito/jeitinho)
sin.: dar uma no cravo, outra na ferradura dar um lamiré
patt: (dar*/) uma no cravo, outra no focinho do falar com alguém no sentido de pedir um favor ou
cavalo dar uma explicação
dar uma palavrinha sin.: dar uma palavrinha
falar com alguém no sentido de pedir um favor ou dar um mau passo
dar uma explicação sin.: dar um passo em falso
sin.: dar um lamiré patt: (dar*/) um mau passo
dar uma passa dar um passo em falso
fumar um pouco (droga ou cigarro) sin.: dar um mau passo
sin.: bafar patt: (dar*/) um passo em falso
dom: droga dar um passou bem
dar um apertão cumprimentar
dar um aperto de mão sin.: dar um bacalhau; bacalhoar; dar um aperto de
cumprimentar mão
sin.: dar um bacalhau; dar um passou bem; baca- dar um pezinho de dança
lhoar dar um pontapé na gramática
dar uma ponteirada dar um pontapé na sorte
ter relações sexuais dar um rombo
sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; co- dar um saltinho
pular; dar-lhe aço; estar no refustedo; fornicar; visita breve
transar; aambrar alguém; anfar-lhe; afogar dar um tiro no pé
o ganso; pinocar; gibra; mandar o Bernardo às prejudicar-se a si próprio
compras ex.: tentou enganá-lo mas acabou por ser um tiro
dar uma rapidinha no pé
copular dar vazão
sin.: foda; pinocada; queca; coito; dar uma tran-
dar volta ao estômago
cada; dar uma caimbrada; berlaitada; camba- ◦ alimento cuja digestão foi muito difícil
lhota ◦ alguma coisa que causou repulsa
level: calão
sin.: assentar-lhe mal
patt: (dar* uma/) rapidinha
dar volta ao miolo
dar um ar da sua graça ideia baralhadora, difícil de entender
dar uma trancada dar zebra
copular falhar, ser um asco
sin.: foda; pinocada; queca; coito; dar uma rapidi-
sin.: dar raia; dar asco; dar asneira
nha; dar uma caimbrada; berlaitada; cambalhota local: Brasil
level: calão
das Arábias
patt: (dar* uma/) trancada
das dúzias
dar uma vista de olhos da sua justiça
observação supercial da sua lavra
dar uma volta de escacha-pessegueiro
sair de casa sem ser por razões prossionais ou por de modo contundente, drástico, extraordinário ou
obrigação; dar um passeio assombroso
sin.: arejar a pevide; laurear a pevide; passear; ci-
randar; dar um giro
ex.:"As razões que apresentou foram de escacha-
dar um bacalhau pessegueiro, deixaram todos sem resposta"
cumprimentar
sin.: dar um passou bem; bacalhoar; dar um aperto
ex.: Ele entrou à escacha-pessegueiros, e foi ver
de mão
quem mais fugia
patt: dar* (um bacalhau/uma bacalhausada)
patt: (de/à) escacha-pessegueiro*
dar um giro •
de alto a baixo
sair de casa sem ser por razões prossionais ou por
de alto coturno
obrigação; dar um passeio
coisa de alta qualidade, pessoa de alta aristocracia
sin.: arejar a pevide; laurear a pevide; passear; ci-
level: arcaico
randar; dar uma volta
oposto: de baixo coturno
ex.:
de Anás para Caifás 54 de homem para homem

de Anás para Caifás de cortar à faca


sin.: de Herodes para Pilatos ambiente de animosidade contida e evidente perigo-
de ânimo leve sidade
de arrebimba o malho de cortar o coração
excelente de cu
sin.: à bruta; com toda a força problema de resolução imediata
patt: de (arrebimba/rebimba) o malho sin.: de caras

de arromba dedo duro •


de atalaia pessoa que faz queixa dos outros, que denuncia ou-
debaixo das asas tros
debaixo do braço sin.: bufo; chibo

debalde local: Brasil

sin.: em vão de duas caras


de barriga para o ar de encher as medidas
de beiça diz-se de algo (normalmente uma miúda) muito bo-
de boa-fé nito e espectacular
de bom grado sin.: de fazer parar o trânsito; encher as medidas

de bom-tom patt: de encher (as medidas/o olho)

de borla de enada
de braço dado de espada em riste
patt: de braço*N dado*N de faca e alguidar
de braços abertos de facto
amistosamente de fazer chorar as pedras
é um: ironia
de braços cruzados
de cabeça situação, argumentação ou história exageradamente
de cabeça erguida trista e lamentosa
de cabo a rabo de fazer parar o trânsito
na totalidade, do princípio ao m diz-se de algo (normalmente uma miúda) muito bo-
sin.: de o a pavio; dos pés à cabeça; de ponta à
nito e espectacular
sin.: de encher as medidas; encher as medidas
ponta; de lés a lés
ex.: uma miúda de fazer parar o trânsito
de cacaracá
de caixão à cova defecar
de calibre fazer necessidades siológicas sólidas
sin.: cagar; fazer as suas necessidades; arriar o ca-
de caminho
de candeias às avessas lhau; mandar um telegrama; ir enviar um fax;
estar mal disposto e zangado fazer cocó; largar o barro
level: erudito
sin.: andar com a mosca; chegar a mostarda ao na-
riz; estar com os azeites; estar com a telha; estar de feição
de mal com alguém defender-se com unhas e dentes
de cara à banda com desespero e vigor
patt: (defender-se*/lutar*/) com unhas e dentes
de caras
problema de resolução imediata de o a pavio
na totalidade, do princípio ao m
sin.: de cu
sin.: de cabo a rabo; dos pés à cabeça; de ponta à
ex.:
ponta; de lés a lés
frase: isso é de caras
de fresco
equiv: isso é muito fácil
de ginjeira
patt: de (caras/caretas)
ex.:
de chapéu na mão frase: eu conheço-te de ginjeira
de chofre equiv: conheço-te muito bem
declaração de amor de graça
patt: declaração*N de amor
algo que se recebe ou come gratuitamente
de cócoras sin.: à pala; à borla; à borliú; saber a pato com
de conta, peso e medida penas
na quantidade certa, nas proporções corretas •
patt: (de/com) conta, peso e medida
de há tempos a esta parte
de cor de Herodes para Pilatos
de coração aberto sin.: de Anás para Caifás
de cordel de hoje em diante
de corpo inteiro para o futuro
de corpo presente de homem para homem
deitar a casa abaixo 55 de meia-tigela

deitar a casa abaixo deixar andar


deitar água benta permitir que uma certa situação continue
apaziguar, acalmar sin.: deixar correr
sin.: deitar água na fervura deixar a porta aberta
deitar a língua de fora deixar as coisas como estão
deitar a mão deixar correr
guardar para si, fazer desaparecer, car com... permitir que uma certa situação continue
sin.: aambrar; abotoar-se com coisa; aambrar- sin.: deixar andar
se com coisa; abarbatar-se com coisa; gamar; deixar em paz
deitar as garras deixar muito a desejar
deitar a perder desiludir, car abaixo do esperado
deitar a rede sin.: car muito aquém das expectativas

deitar as barbas de molho ex.: Aquele restaurante deixou muito a desejar.

deitar as garras deixar-se de cantigas


guardar para si, fazer desaparecer, car com... deixar-de de ngir, parar de insistir em algo que não
sin.: aambrar; abotoar-se com coisa; aambrar- convence
se com coisa; abarbatar-se com coisa; gamar; sin.: deixar-se de histórias; deixar-se de tas

deitar a mão deixar-se de tas


deitar as unhas deixar-de de ngir, parar de insistir em algo que não
deitar as unhas de fora convence
ameaçar, postura ameaçadora sin.: deixar-se de cantigas; deixar-se de histórias

deitar contas à vida deixar-se de histórias


fazer contas à vida deixar-de de ngir, parar de insistir em algo que não
deitar corpo convence
deitar foguetes antes da festa sin.: deixar-se de cantigas; deixar-se de tas

patt: (deitar*/lançar) foguetes antes da festa Deixar-se ir na conversa...


deitar as mãos à cabeça Deixar-se convencer a ter relações sexuais
car* espantado ou assustado sin.: escorregar na calçada; escorregar na fonte

sin.: pôr as mãos na cabeça deixar-se ir na corrente


patt: (deitar*/levar*) as mãos à cabeça deixemo-nos de conversas
deitar-lhe as mãos de lamber os beiços
deitar mau-olhado ◦ alimento delicioso
deitar o barro à parede ◦ mulher bonita
deitar o coração ao largo sin.: de lamber os dedos

deitar o nariz de fora de lamber os dedos


deitar os bofes pela boca ◦ alimento delicioso
estar muito cansado e com respiração ofegante ◦ mulher bonita
sin.: estar estafado sin.: de lamber os beiços

deitar os garfos de lança em riste


roubar de lés a lés
ex.: na totalidade, do princípio ao m
frase: deita os garfos nessa mala sin.: de o a pavio; de cabo a rabo; dos pés à cabeça;

equiv: roubar a carteira da mala (da senhora) de ponta à ponta


deitar para trás das costas delinquente
deitar pimenta na língua alguém que pela forma de vestir (boné de lado, cal-
deitar água na fervura ças largas, piercings nas orelhas) ou de se com-
apaziguar, acalmar portar não inspira conança, estando associado à
sin.: deitar água benta criminalidade menor
patt: (deitar*/pôr*) água na fervura sin.: guna; meliante; mitra; bandido; desonesto;
deitar por terra ralé; escória
deitar-se a adivinhar de longe em longe
deitar-se atrás do comboio de loucos
Referência jocosa a alegação, mentirosa, de intenção de má fama
de suicídio de mais a mais
ex.: "O Henrique and há 10 anos a dizer que se vai de mal a pior
matar. Qualquer dia vai ... deitar-se atrás dum de mão em mão
comboio!" de mãos dadas
local: pt norte patt: (de/) mãos dadas

deitar tudo para trás das costas de mãos livres


deitar veneno de mau grado
sin.: destilar veneno de lacrau de meia-tigela
de memória 56 desarincanço

de memória de qualquer maneira


de mim para mim ◦ argumento ou método de duvidoso mérito, credi-
democracia bilidade usado de improviso ou muito precaria-
é um: trocadilho por aglutinação libertina mente
sistema de governo do inferno ◦ atividade mal feita, feita à pressa, sem planea-
de modo que mento
de molho sin.: tirar do cu com um gancho; atamancado; feito
de momento a momento em cima dos joelhos; feito às três pancadas; meia
demonstrar por A mais B bola e força; improvisar
demorado de quando em quando
superlativo: mais demorado que enterro de rico sin.: volta não volta; volta e meia; de vez em
de nada quando; de quando em vez
de nariz no ar de quando em vez
dengo sin.: volta não volta; volta e meia; de vez em
festas, carinho quando; de quando em quando
sin.: cafuné; carícia; meiguice; quitute; quindim;
de quarentena
tagaté; abafo de raspão
dê no que der de rastos
dente do siso de respeito
patt: dente*N do siso
de ressuscitar um morto
dentro da ordem derreter dinheiro
de olhos abertos derreter-se todo
de olhos tapados derrubar a adega
de olho vivo car bêbado, beber de mais
patt: (de/) olho vivo
sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela;
de ora em diante narsa; encher a cara; entornar o barril; entornar
de palmo e meio o caneco; ir a trocar o passo; lamber o garrafão;
de papo cheio buba; tosga; estar com um grão na asa; estar com
de papo para o ar dois dedos de gramática; tomar um porre
de par em par local: Brasil
de pau feito
de pedra e cal desajeitado
de peito aberto ◦ Pessoa que tem pouca habilidade manual, desig-
de pernas para o ar nadamente na preensão dos objectos (que deixa
◦ grande confusão frequentemente cair ao chão)
◦ diz-se de um objecto ou situação invertido ◦ incapaz de fazer determinada tarefa
sin.: abécula; aselha; mão de aranha
de ponta à ponta
na totalidade, do princípio ao m desamparar a loja
não me dás largueza, não me deixas em paz, não me
sin.: de o a pavio; de cabo a rabo; dos pés à cabeça;
de lés a lés deixas trabalhar
ex.: eu com tanto que fazer e tu não me desamparas
de ponta e mola
de pôr a cabeça em água a loja!
level: coloquial
algo que é uma grande preocupação
sin.: ser uma dor de cabeça; dar-me cabo da troikadesanda!
ex.: vai lá estudar, não me ponhas a cabeça em água desaparece!
patt: ((de/) pôr*/car* com/ter*/fazer*) a cabeça sin.: põe-te a andar!; põe-te a milhas!; baza!; monta

em água num porco e baza!; tá a andar de mota; põe-te


dê por onde der na alheta!
de porta em porta desanuviar
de pouca monta sin.: arejar; espairecer; saltar o muro
de primeira água desarincanço
de propósito resposta improvisada ou de ocasião a uma questão
intencionalmente incómoda ou embaraçosa (por desconhecimento
ex.: ou por desconforto) relativamente à qual se não
frase: magoaste-me de propósito quer contudo dar 'parte de fraco' ou alegar igno-
equiv: magoaste-me intencionalmente rância
deputedo sin.: improviso; desenrascanço
modo de referir o conjunto dos deputados. Mistura ex.: Aquele político só com um grande desarincanço
insultuosa de putedo e deputados é que não cou mal no boneco...
ex.: o deputedo não faz um caralho level: calão
level: calão
descalçar a bota 57 destilar veneno de lacrau

descalçar a bota desenrascar


resolver um problema por si criado fazer um favor, ajudar
sin.: tirar um espinho sin.: quebrar o galho
ex.: chamaste-a ela veio( tu não querias) agora re- ex.: tive uma avaria, o que vale é que o Manel me
solve desenrascou
descansar desfaço
sin.: dormitar; passar pelas brasas; pesar gos bater com muita violência em alguém
descanso eterno sin.: adeceibar; estouro; bato; estrafego todo

morreu, faleceu desfeito em lágrimas


sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- patt: desfeito*GN em lágrimas

leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir desligado


para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das estar completamente distraído; Não estar atento
tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
os anjinhos; ir às malvas; passar desta para me- temporária de focalização na realidade do mo-
lhor; quinar; dar o peido mestre; dormir o sono mento
eterno; dar o último suspiro; dar o couro às va- sin.: estar na lua; andar nas nuvens; aluado; medi-
cas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus; tabundo; ensimesmado; aéreo; ausente; em parte
nar-se; anafragar; estertorar; marchar incerta; dormir na forma; estar noutro compri-
descargo de consciência mento de onda
patt: descargo*N de consciência*N desmancha-prazeres
descobrir a careca pessoa que desmoraliza e impede a realização de ac-
◦ expor ou trazer a público as fraquezas, vigarices, tividades saborosas mas frequentemente ilícitas
mentiras a alguém sin.: empata-fodas

◦ ser exposto ao ridículo desmiolado


sin.: descobrir os podres; vir os podres ó de cima ser doido, sem juízo
descobrir o jogo sin.: Sócio da F.N.A.C.; amalucado; destravado;

denunciar algo, dizer a verdade, revelar os detalhes, abiscoidato; ser marado dos cornos
claricar as intenções •
sin.: pôr as cartas na mesa; abrir o jogo pessoa que gasta tudo o que tem e que não tem de
descobrir os podres modo boémio
◦ expor ou trazer a público as fraquezas, vigarices, sin.: estroina; doidivanas; esbanjador; perdulário

mentiras a alguém desnortear-se


◦ ser exposto ao ridículo ◦ _ muito zangado
sin.: descobrir a careca; vir os podres ó de cima ◦ diz-se de alguém completamente transtornado,
descobriu a pólvora descontrolado, de mau-humor
sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado;
patt: descobriu*N a pólvora

desconseguir estar fora de si; perder as estribeiras; passar-se


não ter logrado alcançar o objectivo xado ou a re- dos carretos; car piurso; car furioso; car furi-
alização de tarefa acordada bundo; car tresloucado; car deitar fumo pelas
sin.: falhar redondamente; ter um desaire
orelhas; saltar-lhe a tampa; perder a tramontana;
ex.: Não terminei o trabalho  desconsegui...
perder o norte; ferver em pouca água; ferver-lhe
local: Angola
o sangue nas veias
desconsolo de sol a sol
desonesto
desilusão, desapontamento
alguém que pela forma de vestir (boné de lado, cal-
sin.: ser um balde de água fria
ças largas, piercings nas orelhas) ou de se com-
desculpas de mau pagador! portar não inspira conança, estando associado à
sin.: ser uma desculpa de mau pagador; ser uma
criminalidade menor
desculpa esfarrapada sin.: guna; meliante; mitra; delinquente; bandido;
desde que o mundo é mundo ralé; escória
desde sempre despedir-se à francesa
desenferrujar a língua sair sem dizer adeus a ninguém
desenrascanço sin.: sair de ninho
resposta improvisada ou de ocasião a uma questão desta feita
incómoda ou embaraçosa (por desconhecimento destilado
ou por desconforto) relativamente à qual se não é um: trocadilho por aglutinação libertina
quer contudo dar 'parte de fraco' ou alegar igno- do lado contrário a esse
rância destilar veneno de lacrau
sin.: desarincanço; improviso
sin.: deitar veneno
destrambelhado 58 dicionário Lisboa Porto

destrambelhado Deus te guarde


pessoa muito descuidada no vestir sin.: Deus te ajude; Deus te valha
sin.: fraldisqueiro; mal-pronto; mal amanhado Deus te livre!
level: coloquial Deus te valha
destravado sin.: Deus te ajude; Deus te guarde

ser doido, sem juízo de vão de escada


sin.: Sócio da F.N.A.C.; amalucado; desmiolado; instalações com muito más condições
abiscoidato; ser marado dos cornos sin.: xafarica

desvendar o o à meada ex.:

desvendar frase: "aquela sapataria excelente anal não


sin.: encontrar o o à meada passa de uma xafarica de vão de escada"
desviado equiv: péssimas instalações

é um: trocadilho fonético de vento em popa


uma dezena de homossexuais dever favores
referente: veado ex.: "cou a dever favores ao presidente, e agora não

local: Brasil pode reclamar"


detergente dever muitas obrigações
é um: trocadilho por aglutinação libertina de vez
acto de prender seres humanos denitivamente, com total certeza
determine sin.: de uma vez para sempre; de uma vez por todas

é um: trocadilho por aglutinação libertina de vez em quando


prender a namorada do Mickey sin.: volta não volta; volta e meia; de quando em

de todo quando; de quando em vez


de todo o coração de vida ou de morte
de trazer por casa de viva voz
de fraca qualidade falando
de uma assentada de vulto
de uma vez só Dezembro
é um: mês
sin.: de um fôlego; de uma tirada
de uma ga é uma subdivisão do ano
de uma forma geral dez cães a um osso
sin.: de um modo geral; de uma maneira geral
demasiados candidatos a um recurso escasso
patt: (dez/sete/trinta/cem) cães a um osso
de uma maneira geral
sin.: de um modo geral; de uma forma geral
dia a dia
de uma penada Diabo em gura de gente
de uma tirada diabos te carreguem
de uma vez só Dia D
sin.: de uma assentada; de um fôlego
dia das mentiras
de uma vez para sempre dia 1 de Abril, onde se costuma pregar partidas brin-
denitivamente, com total certeza cadeiras diversas
sin.: primeiro de Abril; dia dos enganos
sin.: de uma vez por todas; de vez
de uma vez por todas dia de nados
denitivamente, com total certeza dia dos enganos
sin.: de uma vez para sempre; de vez
dia 1 de Abril, onde se costuma pregar partidas brin-
cadeiras diversas
de um dia para o outro
sin.: primeiro de Abril; dia das mentiras
de um fôlego
diálogo de surdos
de uma vez só
discussão entre duas ou mais pessoas ou instituições
sin.: de uma assentada; de uma tirada
em que cada um tenta fazer prevalecer a sua ra-
de um lado para o outro
zão e ouvir os outros e sem nunca chegar a um
de um modo geral
consenso
sin.: de uma maneira geral; de uma forma geral
dia morto
de um momento para o outro diante dos olhos
de um rasgo dia sim, dia não
de um trago dias não são dias
deu o que tinha a dar dicionário Lisboa Porto
Deus é grande ◦ Lisboa: Não tenho certeza se vai ser possível!
Deus é testemunha Porto: Nem que tu te fodas!
Deus seja louvado ◦ Lisboa: A sério? E Incrível! Diria mesmo Impres-
Deus te ajude sionante!
sin.: Deus te guarde; Deus te valha
Porto: Puta que o pariu!
dicionário Lisboa Porto 59 dizer do coração

◦ Lisboa: Claro que isso não me preocupa! ◦ Lisboa: Esse projecto não vai gerar o retorno pre-
Porto: Tou-me a cagar e a andar! visto!
◦ Lisboa: Eu não estava envolvido nesse projecto! Porto: Tá tudo fodido!
Porto: Mas que caralho é que eu tenho a ver com diferente como a água do vinho
essa merda? completamente diferente
◦ Lisboa: Interessante, hein? patt: diferente*N como a água do vinho
Porto: Foda-se! dinheiro
◦ Lisboa: Será difícil concretizar a tarefa no tempo dinheiro
estipulado! sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; caroço; graveto;
Porto: Não vai dar nem que me foda todo! granfo; papel; patacão; pilim; cheta; massa; vil
◦ Lisboa: Precisamos melhorar a comunicação in- metal; grana; pastel; pasta; guito; guita; tutu;
terna! verdinha
Porto: Puta de merda! não há nenhum caralho dinheiro em caixa
que me responda??? direito de antena
◦ Lisboa: Talvez eu possa trabalhar até mais tarde! ◦ tempo reservado aos partidos para propaganda
Porto: E no cu? não queres levar no cu tam- eleitoral
bém??? ◦ (metaforicamente) breves instantes em que al-
◦ Lisboa: Não está familiarizado com o problema! guém muito ocupado nos dá atenção
Porto: Cala-te caralho! sin.: tempo de antena
◦ Lisboa: Desculpe! discutir o sexo dos anjos
Porto: Vai pa puta que te pariu! discutir algo irrelevante
◦ Lisboa: Desculpe, senhor! dissimulado
Porto: Vai pa puta que te pariu seu paneleiro! representa alguém que é manhoso e interesseiro
◦ Lisboa: Acho que não posso ajudar! sin.: coninha de sabão; interesseiro; egoísta; ma-
Porto: Fode-te praí sozinho! nhoso
◦ Lisboa: Adoro desaos! dissipar
Porto: Puta trabalhinho de corno! divertir-se gastando tudo o que tem e que não tem
◦ Lisboa: Finalmente reconheceram a tua compe- de modo boémio
tência! sin.: estroinar; esbanjar
Porto: Foste ao cu a quem? distância ideal
◦ Lisboa: E necessário um treino para o pessoal an- por denição a distância ideal d é a que separa a
tes de ligarem a máquina! tua casa da casa da tua sogra se e só se: d for
Porto: Vou partir os cornos a quem mexer nesta sucientemente grande para não permitir que a
merda! sogra venha visitar-te de pantufas e d for su-
◦ Lisboa: Eles não caram satisfeitos com o resul- cientemente pequeno para que ela não traga as
tado do trabalho! malas
Porto: Bando de lhos da puta! dom: sogra
◦ Lisboa: Por favor, refaça o trabalho! distraído
Porto: Ena essa merda no cu, está uma bela é um: Denição compacta genial para palavras cru-

merda! zadas
◦ Lisboa: Precisamos reforçar nosso programa de sujeito que na hora de ir dormir, beija o relógio, dá
treino! corda ao gato e enxota a mulher pela janela.
Porto: Se sei quem foi o lho da puta que fez dito e feito
isso...! dividir o mal pelas aldeias
◦ Lisboa: E necessário melhorarmos nossos índices patt: (dividir*/repartir*) o mal pelas aldeias

de produtividade! dizer à boca cheia


Porto: E se fossem bater a punheta pro meio da dizer à boca pequena
rua???!!! corre o boato de que...
◦ Lisboa: Que pena. Teremos outra não conformi- patt: (dizer*/) à boca pequena

dade! dizer adeus ao mundo


Porto: Caralho! vai sair cagada outra vez! dizer adeus à sorte
◦ Lisboa: Vamos negociar o projecto com mais de- dizer alto e bom som
terminação! dizer as verdades
Porto: Vou enar isto pela goela abaixo desses dizer bem
lhos da puta! dizer cobras e lagartos
◦ Lisboa: Desculpe, eu poderia ter avisado! sin.: dizer mal

Porto: Eu sabia que ia dar merda! dizer coisas do outro mundo


◦ Lisboa: Os índices de produtividade da empresa patt: (dizer* coisas/) do outro mundo

estão a apresentar uma queda sensível! dizer da sua justiça


Porto: Esta merda tá a ir pro caralho! dizer de si para si
dizer do coração
dizer duas palavras 60 dormir como um porco

dizer duas palavras dono do seu nariz


dizer-lhe do bom e do bonito diz-se de alguém que é altivo
dizer mal sin.: ter o rei na barriga; ter o nariz arrebitado
sin.: dizer cobras e lagartos patt: dono*GN do seu nariz
dizer mal da sua vida do peito
dizer o que vem à boca do pé para a mão
dizer para os seus botões ◦ sem necessidade de preparação
diz-me dessas ◦ rapidamente, de repente
diz o roto ao nu sin.: assim de repente; da noite para o dia; do dia
doa a quem doer para a noite; dum dia para o outro
diz-se de algo difícil que impreterivelmente tem que ex.:
ser realizado frase: uma casa não se arranja assim do pé para
sin.: à viva força; custe o que custar; a qualquer
a mão
preço equiv: uma casa não se arranja facilmente
do antigamente nota: expressão usada em frases negativas
do bom e do melhor local: pt norte
dobrar a língua dor de alma
dobrar a parada
dor profunda, situação confrangedora
dobrar o Cabo das Tormentas
ultrapassar uma sequência de situações difíceis dor de cotovelo
dobrar o garfo inveja
trabalhar dorminhoco
dobras de oiro pessoa que, mesmo a pé, está sempre a dormir
doce como o mel sin.: sonolento; zombi; cu de sono

do contra dormir
pessoa que nunca concorda com os outros, que nunca ir para a cama dormir
aceita a situação sin.: chonar; ressonar; ferrar o galho; ferrar no sono;
do dia para a noite passar a vale de lençóis; ir amassar a palha
◦ sem necessidade de preparação dormir a sesta
◦ rapidamente, de repente sem preocupações, sem ligar ao trabalho que há para
sin.: do pé para a mão; assim de repente; da noite
fazer
para o dia; dum dia para o outro sin.: dormir à sombra da bananeira
nota: expressão usada em frases negativas
dormir à sombra da bananeira
doidivanas sem preocupações, sem ligar ao trabalho que há para
pessoa que gasta tudo o que tem e que não tem de
fazer
modo boémio
sin.: dormir a sesta
sin.: estroina; desmiolado; esbanjador; perdulário
level: coloquial
dormir a sono solto
doido dormir profundamente
sin.: dormir como um justo; dormir como uma pe-
pessoa que não regula bem da cabeça
sin.: chanfrado; biruta; xoné; maluco; pirado; pílu-
dra; dormir como um porco; dormir como um
las; doido varrido; liru; tantan; maluquete prego; sono profundo; estar ferrado a dormir
doido varrido dormir com as galinhas
pessoa que não regula bem da cabeça deitar-se muito cedo
sin.: chanfrado; biruta; xoné; maluco; pirado; sin.: ir-se deitar com as galinhas

doido; pílulas; liru; tantan; maluquete dormir como uma pedra


patt: doido*GN varrido*GN dormir profundamente
dois a dois sin.: dormir a sono solto; dormir como um justo;
dois dedos de conversa dormir como um porco; dormir como um prego;
dois dedos de testa sono profundo; estar ferrado a dormir
do jeito que vem, vai dormir como um justo
sin.: o que vem fácil, fácil vai dormir profundamente
en: easy came, easy go sin.: dormir a sono solto; dormir como uma pedra;
do mal o menos dormir como um porco; dormir como um prego;
domínio público sono profundo; estar ferrado a dormir
Dom Juan dormir como um porco
Dona Elvira dormir profundamente
dondoca sin.: dormir a sono solto; dormir como um justo;
◦ mulher que se veste bem dormir como uma pedra; dormir como um prego;
◦ mulher que tem a mania que é mais que os outros sono profundo; estar ferrado a dormir
sin.: boysinha
level: calão
level: coloquial
dormir como um prego 61 é a doer

dormir como um prego dourar a pílula


dormir profundamente de modo conciliador e delicado. Dizer algo desagra-
sin.: dormir a sono solto; dormir como um justo; dável ou difícil de aceitar de forma provisória ou
dormir como uma pedra; dormir como um porco; minimizando os aspectos negativos inerentes ao
sono profundo; estar ferrado a dormir facto a reportar ou comunicar
ex.: A Cristina meteu-se nos copos e depois cou-se sin.: adoçar a pílula; aligeirar; com paninhos quen-

a dormir como um prego tes; sem ferir susceptibilidades; eufemismo


dormir com um olho fechado e outro aberto etim: Algumas farmácias antigamente, embrulha-

dormir o sono dos justos vam as pílulas em requintados papéis, para dar
dormir o sono eterno melhor aparência ao amargo remédio
oposto: curto e grosso
morreu, faleceu
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-
doutor da mula ruça
patt: doutor*N da mula ruça
leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir
para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das dragão
é um: adepto ferrenho de clube de futebol
tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para
os anjinhos; ir às malvas; passar desta para me- adepto do Porto (FCP)
sin.: andrade
lhor; quinar; dar o peido mestre; descanso eterno;
dar o último suspiro; dar o couro às vacas; abo- drejo
toar o paletó; entregar a alma a Deus; nar-se; órgão sexual masculino, pénis, pênis
anafragar; estertorar; marchar sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-

patt: (dormir* o/) sono eterno cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de
dormir sobre o assunto família; porra; bregalho; bicha; vergalho; piroca;
pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; lam-
ponderar, pensar num assunto com calma, normal-
preão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and
mente durante a noite
decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo;
sin.: dormir sobre o caso; consultar o travesseiro;
mangalho; besugo; quinta perna do burro; sabor-
pensar com os pés debaixo da mesa
dalhão; sardão; tora; verga
dormir sobre o caso level: calão
ponderar, pensar num assunto com calma, normal- droga!
mente durante a noite interjeição de desagrado ou de espanto
sin.: dormir sobre o assunto; consultar o travesseiro;
sin.: foda-se!; caralho!; carago!; caraças; caramba;
pensar com os pés debaixo da mesa porra; poça!; chiça; arre porra!; puta que pariu!
dormitar drogado
sin.: passar pelas brasas; pesar gos; descansar diz-se de alguém que está sob a inuência da draga
dor de cabeça sin.: pedrado

preocupação dom: droga

patt: dor*N de cabeça duas palavrinhas


doses industriais pequeno recado
muita quantidade duma assentada
dos fracos não reza a história duma ga
dos pés à cabeça duma pernada
dum dia para o outro
na totalidade, do princípio ao m
◦ sem necessidade de preparação
sin.: de o a pavio; de cabo a rabo; de ponta à
◦ rapidamente, de repente
ponta; de lés a lés
sin.: do pé para a mão; assim de repente; da noite
• para o dia; do dia para a noite
totalmente ex.:
ex.:
frase:isso não se consegue dum dia para o outro
frase: molhou-se dos pés à cabeça equiv: vai demorar
equiv: cou todo molhado nota: expressão usada em frases negativas
do tempo da Maria Cachucha duro de ouvido
diz-se de algo antigo, de uma época passada não ter grandes aptidões musicais
sin.: do tempo da outra senhora patt: duro*GN de ouvido

do tempo da outra senhora duro de cabeça


diz-se de algo antigo, de uma época passada patt: duro*N de cabeça

sin.: do tempo da Maria Cachucha


ex.: no tempo da outra senhora não se podia fazer
férias
E
do tempo da pedra lascada
é a doer
é boa! 62 em agrante delito

é boa! emaranhado
é bom para ir buscar a morte sin.: engastilhado; enleado
é certo e sabido é mato
é como quem diz grande quantidade
é da ponta da orelha em baixo
é de apitos em baixo de forma
é de fazer perder a paciência a um santo embalar a trouxa
estar completamente farto, estar com a paciência preparar-se para partir ou para deixar certo cargo
esgotada sin.: fazer as malas; fazer a trouxa
sin.: estar pelos cabelos; estar farto de; já não embasbacado
aguento mais!; farto até às orelhas; não há pa- admirado, aturdido e sem palavras
chorra! sin.: abananado; estupefacto; azuratado; aturdido
patt: (é de/) fazer* perder a paciência a um santo embatucar
é de fazer ressuscitar um morto ◦ calar-se derrotadamente
é de força! ◦ submeter-se, sair humilhado e derrotado
é de gritos! sin.: meter a viola no saco; meter a língua no saco;
é de marca maior ! meter o rabo entre as pernas; perder o pio
patt: é de marca (maior/) ! level: coloquial
é de olhão! em boa ordem
e depois morreram as vacas e caram os bois em boas mãos
é um: lengalenga embrulhada
é de pôr os cabelos em pé situação complicada
assustar sin.: alhada; complicação; sarilho
patt: (é de/) (pôr*/porem-se/car* com) os cabelos em câmara lenta
em pé executar algo demasiado lentamente
é de truz! em carne e osso
é do piorio em carne viva
muito mau em casa do Diabo mais velho
sin.: é pior que sarna em cheio
é dos carecas que elas gostam mais apanhar alguém em pleno crime, em pleno acto
referência ao órgão sexual masculino sin.: apanhar com a boca na botija; em agrante
e ele a dar-lhe delito
e esta, heim? em cima da hora
cite: Fernando Pessoa em cima do joelho
e ca pouco feliz com a situação feito à pressa
eciência em claro
é um: trocadilho por aglutinação libertina em consciência
estudo das propriedades e leis da letra F em corpo e alma
é fresco! em dado momento
egoísta em demasia
representa alguém que é manhoso e interesseiro em desespero de causa
sin.: coninha de sabão; interesseiro; dissimulado; em doses industriais
manhoso em grande quantidade
égua em duas palavras
é um: mamífero resumidamente
sin.: cavalo; cavalgadura emendar a mão
ela por ela em espírito
ele é isso em falos
ele há coisas! em família
ele lá sabe as linhas com que se cose em agrante delito
em aberto trocadilho:

e mais-não-sei-o-quê é um:

utilizado para terminar uma frase já longa e desne-  trocadilho fonético


cessariamente complexa  anedota
nota: ou mesmo e mai-nã-sê-quê em agrante delito envolvendo pelo menos um li-
em alto e bom som tro...
em apuros !name: em agrante de litro

achar-se em situação muito difícil de resolver •


sin.: ver-se em maus lençóis; estar em palpos de apanhar alguém em pleno crime, em pleno acto
aranha sin.: apanhar com a boca na botija; em cheio
em agrante de litro 63 em torno

em agrante de litro em pêlo


é um: trocadilho fonético sem roupa, despido
em agrante delito envolvendo pelo menos um litro... sin.: nu; em pelote; nuzinho da silva; como veio

referente: em agrante delito ao mundo; estar como Deus o deitou ao mundo;


em força estar em couro; pelacho
em grandes quantidades em pelote
sin.: em peso sem roupa, despido
em forma sin.: nu; em pêlo; nuzinho da silva; como veio ao

eminência parda mundo; estar como Deus o deitou ao mundo; es-


é mister tar em couro; pelacho
em mão patt: em (pelote/pelota)

em meia dúzia de palavras empenhar


em menos de nada pôr na casa dos penhores a troco de algum dinheiro
num instante emprestado...
sin.: em menos de um fósforo; num ápice sin.: pôr no prego

em menos de um fósforo em peso


num instante em grandes quantidades
sin.: em força
sin.: em menos de nada; num ápice
ex.: Os adeptos apareceram em peso para festejar
empalear
não despachar uma tarefa, demorar muito a realizar em pessoa
algo em pleno dia
sin.: engonhar; enredar; enconar; indrominar
em polvorosa
level: coloquial
em ponto
emprenhar de ouvido
empalmar
ser fácil de convencer, inuenciar
furtar, roubar em primeira mão
sin.: bifar; pifar; gamar; afanar; gardanho; rapinar;
diz-se de algo que é novo, desconhecido, não usado
surripiar; fanar; roubar; palmar; fazer mão leve a anteriormente
em parte incerta emproado
estar completamente distraído; Não estar atento ◦ excesso de segurança
por introspecção, aborrecimento ou incapacidade ◦ que tem aparência ou atitude soberba, altiva
temporária de focalização na realidade do mo- ◦ pretensioso, vaidoso
mento sin.: estar todo cheio de cagança
sin.: estar na lua; andar nas nuvens; aluado; me-
em quatro penadas
ditabundo; ensimesmado; aéreo; desligado; au- ◦ assunto ou actividade fácil
sente; dormir na forma; estar noutro compri- ◦ tarefa realizável com muita facilidade
mento de onda sin.: fazer algo com uma perna às costas; fazer
empata algo com a avó ao colo; fazer algo de olhos
sujeito que só atrapalha fechados; nem tem espinhas!
sin.: enreda; empecilho; estrupício; cona de sabão ex.:
level: coloquial frase: deixa lá que o Manel faz isso em quatro
empata-fodas penadas
é um: insulto equiv: sem diculdade, com grande rapidez
pessoa que desmoraliza e impede a realização de ac- patt: em (quatro/duas) penadas
tividades saborosas mas frequentemente ilícitas em que param as modas
sin.: desmancha-prazeres Qual a decisão nal?
ex.: és mesmo um empata-fodas sin.: em que pé
empatar em que pé
◦ falar sem dizer nada para ocupar o tempo quando Qual a decisão nal?
algo está atrasado sin.: em que param as modas
◦ actividade inútil para ocupar tempo ex.: Então em que pé caram as coisas?
sin.: encher chouricos em risco de vida
empecilho em segunda mão
◦ pessoa ou coisa de pouco utilidade diz-se de uma coisa que já teve vários donos
◦ encargo penoso ex.:

◦ pessoa que mal se mexe frase: vou comprar um carro em segunda mão
sin.: trambolho equiv: vou comprar um carro usado
• em suma
sujeito que só atrapalha em surdina
sin.: enreda; empata; estrupício; cona de sabão em todo o caso
em torno
em três tempos 64 Enciclopédia do piropos à Trolha

em três tempos encher as medidas


rapidamente diz-se de algo (normalmente uma miúda) muito bo-
sin.: enquanto o Diabo esfrega um olho nito e espectacular
ex.: um problema tão difícil e ele resolveu isto em sin.: de fazer parar o trânsito; de encher as medidas
três tempos patt: encher* (as medidas/o olho)
é muito rico, tem um burro e um burrico encher chouricos
é um: frase pitoresca
◦ falar sem dizer nada para ocupar o tempo quando
em último recurso
algo está atrasado
em vão
◦ actividade inútil para ocupar tempo
sin.: debalde
sin.: empatar
em vida
ex.: Eu quei para aqui a encher chouriços porque
Encanar a perna à rã
ser moroso, demorar muito tempo a fazer qualquer o patrão estava atrasado
level: coloquial
coisa
patt: encher* (chouricos/o chouriço)
level: coloquial
local: Alcanena
encher o bandulho
encaralhado Comer muito
aspeto comprometido, culpado, envergonhado pela sin.: encher a barriga; encher a pança; encher o
acção que praticou papo; encher a malbada
sin.: comprometido patt: (encher*/) o bandulho
ex.: encher o papo
frase: E ali está ele, com aquele ar encaralhado! Comer muito
equiv: ar comprometido sin.: encher a barriga; encher a pança; encher o
local: pt bandulho; encher a malbada
encarar as coisas de frente patt: (encher*/) o papo
encarcerar encher o saco
meter na cadeia Enciclopédia do piropos aprendiz de informá-
sin.: pôr a ferros; prender; enar nas masmorras
tica
encarnar
tornar-se sócio ou adepto do Benca ◦ Deixa-me meter a pen na tua porta USB
sin.: lampiar; dar-se à luz
◦ Quanto te vejo o meu CPU acelera...
ori.: quais as 3 maiores razões para ser ben- ◦ Diz-me como te chamas para te colocar nos meus
quista?<br> razão natura: A mulher dá à luz, Favoritos
não dá às Antas, nem a Alvalade.<br> razão bí- ◦ Tu tens prioridade máxima na lista de processos.
blica: "dominarei os leões e os dragões e voarei ◦ Tu estás sempre em C:/meu/coração
para o céu sobre as asas de uma Águiabr> ra- ◦ Tu e eu na cama seria puro overclocking.
zão teológica: Jesus Cristo encarnou, não azulou, ◦ Lisete, dá pra meter a disquete?
nem esverdeou ◦ Não há placa gráca consiga renderizar a tua -
encher a barriga gura.
Comer muito ◦ Nós junto somos como um processador dual core.
sin.: encher a pança; encher o bandulho; encher o
◦ O meu sistema entra em modo de hibernação
papo; encher a malbada quando não estás ao meu lado.
patt: (encher*/) a barriga
◦ Tu és o ENTER da minha vida.
encher a cara ◦ Nem mesmo formatando o disco te consigo tirar
car bêbado, beber de mais da minha cabeça.
sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela; ◦ Queria ser teclado para me tocares com tuas
narsa; entornar o barril; entornar o caneco; ir mãos.
a trocar o passo; lamber o garrafão; buba; tosga; ◦ És o carregador do meu iPod.
derrubar a adega; estar com um grão na asa; estar Enciclopédia do piropos à Trolha
com dois dedos de gramática; tomar um porre ◦ I  A RIMA RICA
local: Brasil ◦  Ó or, dá para pôr?
encher a malbada  Ó musa, dás-me tusa...
Comer muito  Ó bomboca, mostra a toca!
sin.: encher a barriga; encher a pança; encher o  Ó doce, era onde fosse...
bandulho; encher o papo  Ó boneca, vai uma queca?
ex.: encher a malbada ◦ II  O TROCADILHO
patt: (encher*/) a malbada ◦  És como um helicóptero  gira e boa...
encher a pança  Ó febra, junta-te aqui à brasa.
Comer muito  Ó jóia, anda aqui ao ourives.
sin.: encher a barriga; encher o bandulho; encher o  Ó 'morcona', comia-te o suxo...
papo; encher a malbada  Andas na tropa? É que marchavas que era
patt: (encher*/) a pança uma maravilha!
Enciclopédia do piropos à Trolha 65 enar nas masmorras

 Se fosses um barco pirata, comia-te o tesouro  Com uma montra dessas, imagino como é o
que tens entre as pernas... armazém...
 Tantas curvas e eu sem travões.  Ó doce, anda cá a cima fazer uma festinha ao
 Usas cuecas TMN? É que tens um rabinho que tareco.
é um mimo... ◦ VII  QUEM DESDENHA...
 A tua mãe só pode ser uma ostra para cuspir ◦  Não és nada de se deitar fora, já tive pior e a
uma pérola como tu... pagar...
 O teu pai deve ser Terrorista. És cá uma  Ó lha, tens carinha de modelo, mas o teu cu
bomba! é um continente!
 Tens um cu que parece uma cebola, é de comer  Com umas bóias dessas o Titanic não tinha
e chorar por mais! ido ao fundo.
 Belas pernas... A que horas abrem? ◦ VIII  QUANDO A CANÇÃO FALHA...
 A ti não te custava nada e a mim sabia-me tão ◦  Ai não queres? Eu vi logo... Gorda como estás,
bem... é porque não suas muito!
◦ III  A METÁFORA  És mesmo esguia, pareces uma sereia  metade
◦  Ó lha, com um cuzinho desses deves cagar mulher, metade baleia.
bombons...  Ó lha, com menos cu também se caga...
 Ó lha, levavas aí com o martelo pneumático  Ó lha, se o teu cu fosse uma torrada, preci-
que fazíamos o túnel do Marquês num ins- sava de um remo para o barrar.
tante...  Ó lha, com esse atrelado só com carta de pe-
 Que bela anilha que tu tens, deixa lá enroscar sados...
o meu parafuso. ◦ APÊNDICES
 Só custa a cabeça que o resto é pescoço! ◦ literários
 Que rica sardinha para o meu gatinho... ◦  Chamas-te Alice? É que parece que estou no
 Anda cá a cima afagar-me a cobra zarolha... país das maravilhas
◦ IV  OS ORDINÁRIOS encolher os ombros
◦  Ó lha, fazia-te um pijaminha de cuspo. sin.: borrifar-se para situação
 Quem me dera que fosses um frango para te enconar
meter um pau no cu e fazer-te suar... não despachar uma tarefa, demorar muito a realizar
 Só não tenho pêlos na língua porque tu não algo
queres... sin.: engonhar; enredar; empalear; indrominar
 Ó linda, sobe aqui à palmeira e anda-me lam- level: calão carroceiro
ber os cocos... encontrar o o à meada
 O teu cu parece uma serra eléctrica  não há desvendar
pau que lhe resista! sin.: desvendar o o à meada
 Podia car um mês a cagar trapos, mas comia-
encostar à parede
te com roupa e tudo...
encostar às boxes
 Posso pagar-te uma bebida ou preferes em di-
nheiro? quebra física em actividade desportiva
sin.: bater na parede; dar o rebenta; não ter pernas
 Se isso é o que está na montra, imagino o que
ex.:
estará no armazém
 O teu pai deve ser arquitecto, tens um cu que frase: No nal da primeira parte, já não tinha
é uma obra. pernas e tive que encostar às boxes
equiv: tive de parar
◦ V  OS RELIGIOSOS
patt: (encostar*/ir*) às boxes
◦  Diz-me lá como te chamas para te pedir ao
Menino Jesus. energúmeno
 Ó lha, queres ir ao céu? Sobe os andaimes é um: insulto

que o resto do caminho é por minha conta... diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente
 Por acaso és católica? É que tens um cu que sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; besta; ca-

valha-me Deus. melo; calhau; cavalgadura; abécula; alimária;


◦ VI  OS ESPIRITUOSOS abantesma; estafermo; sendeiro
◦  És um bilhete de primeira classe para o pe- enfeitar o ramalhete
cado... enfeitar-se com penas de pavão
 Queria ser um patinho de borracha para passar enar a carapuça
o dia na tua banheira... sentir-se atingido por censura, comentário deprecia-
 Deves estar tão cansada, passaste a noite às tivo expressado impessoalmente
voltas na minha cabeça! sin.: enar o barrete; servir a carapuça

 Posso não ser bonito como o Brad Pitt, nem enar nas masmorras
ter os músculos do Schwarzenegger, mas a lam- meter na cadeia
ber sou uma Lassie... sin.: pôr a ferros; encarcerar; prender
enar o barrete 66 ensinar o teu pai a fazer lhos

enar o barrete engraxador


sentir-se atingido por censura, comentário deprecia- aquele que engraxa sapatos (jocoso)
tivo expressado impessoalmente sin.: Massagista de couros
sin.: servir a carapuça; enar a carapuça enleado
enar um barrete sin.: engastilhado; emaranhado
ser enganado enquanto o Diabo esfrega um olho
sin.: ser burlado rapidamente
ex.: sin.: em três tempos
frase: Aquela compra foi um barrete de todo o enquanto o mundo for mundo
tamanho sempre
equiv: foi uma péssima compra enrabador de curiosos
patt: (enar* um/ser* um) barrete
resposta dada a quem insiste em perguntar a pros-
enganar a fome são de alguém
enganar-se na rotunda level: calão carroceiro
engasgar-se enrabar
engarrafamento sin.: ir ao cu; sodomizar; sodomia
trânsito em bicha level: calão muito carroceiro
sin.: pára-arranca enreda
engastilhado sujeito que só atrapalha
sin.: emaranhado; enleado sin.: empata; empecilho; estrupício; cona de sabão
ex.: level: coloquial
frase: A corrente do cão cou toda engastilhada enredar
equiv: A corrente do cão cou toda emaranhada
não despachar uma tarefa, demorar muito a realizar
local: pt norte algo
engatar sin.: engonhar; enconar; empalear; indrominar
cavalheiros que tentam seduzir namoradas. Pode ensafornado
também referir-se a prostituta que anda à pro- pessoa ou actividade de baixo nível, reles, pouco
cura de clientes. limpa
sin.: andar no engate; garanhar; galar sin.: sujo; javardo; badalhoco; porco; lagaço
ex.: Quando é que engatas aquela tua vizinha boa- ex.:
zona? frase: estás todo ensafornado
level: coloquial
equiv: estás todo sujo
engolir as lágrimas ensardinhar
engolir sapos estar muito apertado, muito cheio
sin.: engolir sapos vivos
sin.: estar como sardinha em lata; rebentar pelas
engolir sapos vivos costuras
sin.: engolir sapos ex.: hoje vinhamos completamente ensardinhados
engolir um sapo vivo no autocarro
quando se tem de fazer algo que não se quer, total- ensimesmado
mente contra as nossas convicções estar completamente distraído; Não estar atento
engonhar por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
não despachar uma tarefa, demorar muito a realizar temporária de focalização na realidade do mo-
algo mento
sin.: enredar; enconar; empalear; indrominar sin.: estar na lua; andar nas nuvens; aluado; me-
level: calão ditabundo; aéreo; desligado; ausente; em parte
engraçar com alguém incerta; dormir na forma; estar noutro compri-
simpatizar mento de onda
engranzel ensinar o padre-nosso ao vigário
◦ Barulho, barulheira diz-se em situações em que alguém está a tentar en-
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes- sinar alguma coisa a alguém que a conhece ainda
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem melhor
◦ desordem, desorganização sin.: ensinar o teu pai a fazer lhos
sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; ca- ensinar o teu pai a fazer lhos
gaçal; bagunceira; bagunça; algazarra; chinfrim; diz-se em situações em que alguém está a tentar en-
chinfrineira; banzé; papagaiada; granel; peixei- sinar alguma coisa a alguém que a conhece ainda
rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho melhor
nem trebelho sin.: ensinar o padre-nosso ao vigário
ex.: que engranzel que esta canalha toda vem para ex.: Grande novidade! Estás a ensinar o teu pai a
aqui fazer fazer lhos...
entalar 67 é o tanas!

entalar entrar por um ouvido e sair pelo outro


sin.: atrapalhar não prestar atenção nenhuma
ex.: fulano cou entalado com a pergunta entre a espada e a parede
enterrar a gata entre a vida e a morte
enterrar o chumbo entre dois fogos
enterrar o assunto Alvo visado simultânea e conjugadamente por duas
não falar mais de um assunto armas
sin.: dar o assunto por encerrado sin.: fogo cruzado

enterrar o machado da guerra entrefolhos


enterrar os mortos e cuidar dos vivos órgão sexual feminino
ultrapassar a desgraça e seguir em frente sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina;

ori.: Marquês de Pombal, após o terramoto de 1755, ninho; parreco; pombinha; racha; febra; mexi-
quando o rei perguntou - que fazer? lhão; ostra; greta; pachacha; patareca; passari-
entornar o barril nha; perseguida; boceta; conaça; crica; aranha;
car bêbado, beber de mais fanesga; boca do corpo; xana
sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela; en: pussy

narsa; encher a cara; entornar o caneco; ir a tro- level: calão

car o passo; lamber o garrafão; buba; tosga; der- entregar a alma a Deus
rubar a adega; estar com um grão na asa; estar morreu, faleceu
com dois dedos de gramática; tomar um porre sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-

local: Brasil leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir


entornar o caldo para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das
entornar o caneco tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para
car bêbado, beber de mais os anjinhos; ir às malvas; passar desta para me-
sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela;
lhor; quinar; dar o peido mestre; dormir o sono
narsa; encher a cara; entornar o barril; ir a trocar eterno; descanso eterno; dar o último suspiro; dar
o passo; lamber o garrafão; buba; tosga; derrubar o couro às vacas; abotoar o paletó; nar-se; ana-
a adega; estar com um grão na asa; estar com dois fragar; estertorar; marchar
patt: (entregar*/encomendar*) a alma (a Deus/ao
dedos de gramática; tomar um porre
local: Brasil
criador)
entradas de leão e saídas de sendeiro entregar-se de alma e coração
entrar a matar dedicar-se muito a uma tarefa
sin.: entregar-se de corpo e alma
entrar com o pé direito
entrar bem, entrar da melhor maneira entregar-se de corpo e alma
ori.: No Império Romano, nas festas, os convidados
dedicar-se muito a uma tarefa
sin.: entregar-se de alma e coração
eram obrigados a entrar dextro no salão pede -
com o pé direito. Assim, evitariam má sorte. entreguei
é um: trocadilho fonético
entrar em órbita
entrar em parafuso estar cercado de homossexuais
referente: gay
car desorientado, transtornado, atordoado
ex.: Quando a namorada o deixou, ele entrou com-
entre mãos
pletamente em parafuso. entre quatro paredes
entrar pelos olhos dentro entre um e o outro, venha o Diabo e escolha
opção entre duas más escolhas
ser evidente, ser uma evidência
patt: (entre um e o outro,/) venha o Diabo e escolha
sin.: está na cara; estar bom de ver; estar lá chapado
entupir
patt: (entrar*/meter-se*/) pelos olhos dentro
deixar sem palavras, atrapalhar
entrar mudo e sair calado
e o mais são histórias
não dizer nada (devido a alguma situação embara- sin.: e o resto são cantigas
çosa) é o que está a dar
sin.: não tugir nem mugir
estar na moda, ser afamado
entrar na linha sin.: estar na berra
ganhar bons hábitos, disciplinar-se, passar a cum- é o que se leva deste mundo
prir as leis e o resto são cantigas
entrar na matéria sin.: e o mais são histórias
patt: entrar* na*N matéria*N
é o tanas!
entrar pela madeira dentro é um: interjeição
entrar pela porta do cavalo expressão de discordância e repúdio
estar por cunha ou de forma pouco canónica sin.: o teu avô torto!; a tua avó torta; tanas, bada-
patt: (entrar*/) pela porta do cavalo
nas e barbatanas
entrar pelo cano patt: (é/) o tanas!
é o vais! 68 esconder o jogo

é o vais! escalafobético
é pá! ◦ diz-se de uma coisa muito estranha, torta, fora do
é pegar ou largar normal
é pior que sarna ◦ desajeitado
muito mau sin.: escanifobético; escaganifobético; estrambólico

sin.: é do piorio level: coloquial

é preciso ter muita lata! local: Brasil

que descaramento escandalizar


sin.: que lata! tornar-se notado
equilibrar o barco sin.: dar nas vistas

era o que faltava escangalhar-se a rir


ênfase na armação de coisa óbvia ou lógica rir intensamente, de modo sincero, sem conseguir
sin.: por apenas que não fosse ...; obviamente que parar de rir
sim sin.: ser de partir a moca; rir como um perdido; ser

erecção de morrer a rir; ser de rir às gargalhadas; rir a


◦ Homem em estado de de erecção bandeiras despregadas; partir o coco a rir
◦ também aplicável quando alguém está com von- escanifobético
tade de incontrolável de fazer determinada tarefa ◦ diz-se de uma coisa muito estranha, torta, fora do
sin.: estar com uma ponta!; estar com tesão; estar normal
com touça; estar de pau feito; estar abananado ◦ desajeitado
é remédio santo sin.: escaganifobético; estrambólico; escalafobético

errar é humano level: coloquial

erro escanifrado
incorrecção num texto diz-se de alguém muito magro
sin.: gralha; gato sin.: ser um pau de virar tripas; ás de paus; magri-

erro crasso cela; escanzelado


erro imperdoável escanzelado
sin.: erro de palmatória diz-se de alguém muito magro
sin.: ser um pau de virar tripas; ás de paus; magri-

enorme erro cela; escanifrado
erro de palmatória escapar de boa
erro imperdoável escapar por uma unha negra
sin.: erro crasso
escapar por muito pouco
sin.: escapar por um triz
esbanjador
pessoa que gasta tudo o que tem e que não tem de escapar por um triz
modo boémio escapar por muito pouco
sin.: escapar por uma unha negra
sin.: estroina; doidivanas; desmiolado; perdulário

esbanjar escarduçada
em grandes quantidades, exageradamente bátega de chuva inesperada e curta
sin.: dar às mãos cheias; dar a rodos
escarolho

com desvio ou deciência ocular
sin.: zarolho; mirolho; vesgo; estrábico
divertir-se gastando tudo o que tem e que não tem
de modo boémio
És católica?... É que tens umas mamas, valha-
sin.: estroinar; dissipar
me Deus!
é um: piropo de gosto duvidoso
escafeder-se
escolhido a dedo
fugir, afastar-se
escolhidos cuidadosamente
sin.: dar ares de Vila Diogo; dar à sola; dar de
ex.: Esta turma joga muito bem mas foram todos
frosques; dar de trancas; cavar; pirar-se; fugir;
escolhidos a dedo
vazar; pôr-se no piro; pôr-se na alheta; pôr-se
oposto: escolhidos ao acaso
nas andadeiras; pôr-se ao fresco; pôr-se a mexer;
patt: escolhido*GN a dedo
pôr-se a bulir; pôr-se a milhas; pôr-se a andar;
És como um helicóptero  gira e boa!
cair fora; mandar-se; ralar peito; picar a mula;
é um: piropo de gosto duvidoso
acunhar; pisar fundo
esconderijo
local: Brasil
sítio onde me escondo
escaganifobético sin.: coio; covil
◦ diz-se de uma coisa muito estranha, torta, fora do
esconder o jogo
normal não contar tudo, guardar segredos, esconder, fazer
◦ desajeitado
mistério
sin.: escanifobético; estrambólico; escalafobético
sin.: fechar-se em copas; guardar segredo; fazer cai-
level: coloquial
xinha
escória 69 espelunca

escória esgalha
alguém que pela forma de vestir (boné de lado, cal- rapidez, com elevada velocidade
ças largas, piercings nas orelhas) ou de se com- sin.: bolina; gazonete; gáspea; na mecha; bisga; es-
portar não inspira conança, estando associado à tilha; ir nas horas do caralho
criminalidade menor ex.: o gajo ia no esgalha mas não chegou a tempo
sin.: guna; meliante; mitra; delinquente; bandido; esgalhar
desonesto; ralé tirar galhos de uma árvore
escorregar em uma casca de banana •
_ armadilha andar ou realizar uma tarefa com muito depressa
patt: (escorregar* em/deitar*/) uma casca de ba- esgalhar o ganso
nana masturbação masculina
escorregar na calçada sin.: bater uma pívia; segóvia; tocar à punheta; es-
Deixar-se convencer a ter relações sexuais goviar; Espancar o marreco; jogar bilhar de bolso
sin.: escorregar na fonte; Deixar-se ir na conversa... esgoviar
ex.: Diz-se que a Armandina escorregou na cal- masturbação masculina
çada... sin.: bater uma pívia; segóvia; tocar à punheta; Es-
level: calão pancar o marreco; jogar bilhar de bolso; esgalhar
escorregar na fonte o ganso
Deixar-se convencer a ter relações sexuais level: calão muito carroceiro

sin.: escorregar na calçada; Deixar-se ir na con- é sol de pouca dura


versa... espairecer
ex.: Ela lá escorregou na fonte... sin.: arejar; desanuviar; saltar o muro
level: calão Espancar o marreco
nota: Antigamente, quando as moças e não só, iam masturbação masculina
buscar água à fonte, local onde podiam encon- sin.: bater uma pívia; segóvia; tocar à punheta; es-
trar os seus pretendentes, longe dos olhares e ou- goviar; jogar bilhar de bolso; esgalhar o ganso
vidos das mães. Nessas ocasiões os pretenden- ex.: Ele gosta é de espancar o marreco
tes aproveitavam para convencer as suas amadas level: calão muito carroceiro
a irem na sua conversa, a terem relações sexu- espanholada
ais. Quando tal acontecia, a moça escorregou na copular substituindo a vagina pelo seio das mamas
fonte... level: calão muito carroceiro
local: pt •
escrever direito por linhas tortas fanfarronada
fazer o bem por métodos pouco convencionais espanta ratos
escrivão da pena grossa espapaçado
referência depreciativa, antiga a varredor da rua deitar-se comodamente num sofá ou poltrona
sin.: varredor de rua sin.: refastelar-se; esparramar-se
ex.: esparramar-se
frase: "Ele disse que é empregado da Câmara deitar-se comodamente num sofá ou poltrona
Municipal. Esqueceu-se foi de dizer que é es- sin.: refastelar-se; espapaçado
crivão da pena grossa" espatifar-se
equiv: Compara a vassoura de varredor de rua Ter um acidente com embate (em automóvel, moto,
(em tempos idos) e a "pena"que o escrivão bicicleta)
usava na escrituração de livros de escritório ou sin.: estampar-se; chocar; colidir; bater contra um
tribunal. Distinção aqui implícita marca bem obstáculo
a distância social entre o trabalhador manual especial de corrida
na base da escala e o "funcionário de carteira", ◦ ser excelente num determinada actividade
com mais estudos e outro tipo de inserção so- ◦ ser um artigo de qualidade excecional
cial sin.: ser um ás; ser todo XPTO; ser muito à frente;
local: pt sul ser um truta; ser bicho cacau
escroque ori.: vários carros tinham um modelo "especial de
é um: insulto corrida"com característica excecionais
pessoa sem princípios, sem merecimento ex.:
sin.: canalha; calhordas; bandalho; pulha; patife; frase: Vai lá buscar a tua mochila especial de
sacana; sacripanta; sacrista corrida que já é tarde
é sempre a aviar equiv: a tua excelente mochila, de que tanto te
esfaródia orgulhas
broa (pão de milho) espelunca
esfolar o rabo casa miserável, suja e desarrumada
terminar sin.: chafarica; antro; barraco
espenifra 70 estar à altura

espenifra essa não lembra ao Diabo


é um: termo Ideia, solução ou argumento rebuscado, resultado de
carta de jogar com especial valor (vulgo joker); tal- fértil imaginação, inapropriado ou fora do con-
vez também outros signicados mas foi ouvido texto
com este sin.: não passar pela cabeça; não lembra ao careca;
sin.: joker; bestão não lembrar a ninguém
ex.: saiu-me nalmente o espenifra patt: (essa/) não lembra ao Diabo
local: pt essa não parece sua
espera-lhe pela volta está calado que já la vai o tempo em que os
esperar a visita da cegonha animais falavam
grávida é um: repreensão benigna
sin.: estar de esperanças; estar à espera de bebé
ordem de não aborrecer e de se ir embora
espertalhão estacionador
pessoa que passa à frente dos outros à custa de estra- indivíduo chato que se não dás uma moedinha acima
tagemas pouco éticos. Normalmente essa pessoa de 1 euro te risca o carro
acha-se melhor e mais esperto que os outros e não sin.: carocho; arrumador
olha a meios
sin.: Chico-esperto chico-esperto
estado de graça
estafermo
esperteza saloia
é um: insulto
usar de vantagem ilegítima ou indevida para ul-
trapassar parceiros ou competidores (usualmente diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente
sin.: cretino; imbecil; burro; badameco; besta; ca-
sem grande impacto económico ou social)
sin.: mangaruça; aldrabice; batota; tramóia
melo; calhau; cavalgadura; abécula; alimária;
ex.: "O Raul ngiu que não existiam senhas para
abantesma; energúmeno; sendeiro
atendimento e passou à frente dos outros. Olha estalar o verniz
que esperteza saloia!" Prepara-se para uma discussão ou para usar pala-
espingardar vreado pouco recomendável
ex.: não venhas para aqui espingardar que eu não sin.: arriar a jiga; arriar o cesto; arriar a canastra;

tive culpa nenhuma estar a burra nas couves


espírito de contradição estalo
espírito de corpo pancada na cara
espírito de sacrifício sin.: chapada; chapo; chapadão; bofetada; tabefe;

Espírito Santo de orelha lapada; Levar uma à costa da mão!


ter alguém a segredar as respostas ex.: levas um estalo que até voas!

ex.: ele respondeu tudo bem mas houve Espírito está longos períodos com o instrumento apoiado
Santo de orelha... na perna sem tocar
esporra estamboereda
sémen, esperma queda aparatosa
sin.: langonho; nanha; beita; porra; meita sin.: tralho; grande malho; tombo; palhaço; tram-
level: calão bolhão; grande terno
esquadra estamos conversados
polícia (instituição/edifício) sin.: estamos nessa
sin.: babilónia; bóa; esquadra da polícia
estamos nessa
esquadra da polícia
sin.: estamos conversados
polícia (instituição/edifício)
sin.: babilónia; bóa; esquadra
estampar-se
patt: (esquadra da/) polícia
Ter um acidente com embate (em automóvel, moto,
esquema bicicleta)
sin.: espatifar-se; chocar; colidir; bater contra um
◦ negócios ilegal
obstáculo
◦ modo ilegal de obter algo
sin.: arranjinho
ex.: A Inácia estampou-se com o carro ontem à noite
ex.: O nosso director anda sempre metido em es-
local: pt
quemas está na cara
essa é boa ser evidente, ser uma evidência
essa é forte sin.: entrar pelos olhos dentro; estar bom de ver;

essa é mais velha do que o cagar de pé estar lá chapado


coisa óbvia e sobejamente conhecida estar a aar o dente
sin.: ser mais velho que o cagar; vulgaridade preparar-se para comer
level: calão estar à altura
essa é que é essa
estar abananado 71 estar a ver cena

estar abananado estar a ferver


◦ Homem em estado de de erecção estar a jeito
◦ também aplicável quando alguém está com von- ao alcance de todos
tade de incontrolável de fazer determinada tarefa sin.: estar à mão de semear
sin.: estar com uma ponta!; estar com tesão; estar estar a leste
com touça; estar de pau feito; erecção desconhecer
ex.: estar à mão de semear
frase: Olha: mal viu a miúda cou abananado! ao alcance de todos
equiv: com erecção evidente sin.: estar a jeito
level: calão patt: estar* à mão (de semear/)
local: pt estar a marimbar-se para situação
estar à bica patt: estar* a marimbar-se (para situação/)
coisas prestes a acontecer, realizar-se estar a matar
estar a burra nas couves estar a mijar fora do penico
Prepara-se para uma discussão ou para usar pala- só estás a dizer disparates
vreado pouco recomendável patt: estar* a mijar fora do (penico/testo)
sin.: arriar a jiga; arriar o cesto; arriar a canastra;
estar a apanhar bonés
estalar o verniz patt: (estar*/andar*) a apanhar bonés
estar a cair aos bocados estar com a corda na garganta
estar muito velho, avariado, inseguro, a funcionar estar cheio de dívidas, ameaçado
mal, cansado de esforço ou doença sin.: ter a faca na garganta
sin.: estar a cair da tripeça; andar a arrastar os pés;
patt: ((estar*/andar*/car*) com/ter*) a corda (na
andar a balões de soro garganta/no pescoço)
estar a cair da tripeça no o da navalha
estar muito velho, avariado, inseguro, a funcionar inseguro, prestes a fracassar, em risco
mal, cansado de esforço ou doença sin.: estar na corda bamba; estar tremido
sin.: estar a cair aos bocados; andar a arrastar os
patt: (/estar*/andar*) no o da navalha
pés; andar a balões de soro estar a postos
ex.: o meu carro está a cair da tripeça e ainda queres
estar a pregar no deserto
que eu acelere? estar armado até aos dentes
estar a dar as últimas estar carregado de muitas e poderosas armas
estar a dar tilt estar armado em parvo
car maluco momentaneamente
◦ armar-se em bom, gabar-se
sin.: ipar; marar; passar-se; perder a cabeça; pirar
◦ alguém que se considera muito esperto
de vez
sin.: estar armado em carapau de corrida; armar-se
level: coloquial
aos cágados; arrotar postas de pescada
estar a deitar fumo
patt: (estar* armado em/armar*-se em) parvo
estar à dependura
◦ sem dinheiro, a mendigar
estar armado em carapau de corrida
◦ armar-se em bom, gabar-se
◦ situação de penúria, depressão
◦ alguém que se considera muito esperto
sin.: andar ó tio ó tio; sem cheta; uma mão atrás
sin.: armar-se aos cágados; estar armado em parvo;
e outra à frente; andar nas lonas; sem um tusto;
estar na merda; estar liso; estar teso; teso como arrotar postas de pescada
patt: (estar* armado em/) carapau de corrida
um carapau; pedinchar; andar a pedir esmola;
andar à moina armado em parto
estar a desfazer em indivíduo com atitudes estúpidas e desaadoras, ou
dizer mal de com um discurso incongruente
level: coloquial
patt: estar* a desfazer (em/)
patt: (/estar*) armado em parto
dormir na forma
estar completamente distraído; Não estar atento estar arrumado
patt: estar* arrumado*GN
por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
temporária de focalização na realidade do mo- estar às moscas
mento estar quase vazio
sin.: meia dúzia de gatos pingados
sin.: estar na lua; andar nas nuvens; aluado; me-
ex.: ontem, o cinema estava às moscas
ditabundo; ensimesmado; aéreo; desligado; au-
sente; em parte incerta; estar noutro compri- estar a tenir
mento de onda estar avariado da caixa dos pirolitos
patt: estar* avariado*GN da caixa dos pirolitos
patt: (/estar a) dormir na forma
estar à espera de bebé estar a ver a coisa muito feia
grávida estar a ver cena
sin.: estar de esperanças; esperar a visita da cego- deduzir, entender, compreender, perceber
nha sin.: estar a ver que
estar a ver que 72 estar com o saco cheio

estar a ver que estar como Deus o deitou ao mundo


deduzir, entender, compreender, perceber sem roupa, despido
sin.: estar a ver cena sin.: nu; em pêlo; em pelote; nuzinho da silva; como

ex.: estou a ver que resolveste acordar cedo veio ao mundo; estar em couro; pelacho
patt: estar* a ver (que/porque/) estar com olho bem aberto
estar bem arranjado! patt: (estar* com/) olho bem aberto

estar metido em problemas estar como o aço


sin.: estar bem aviado!; estar entregue à bicharada está óptimo, está em excelente forma
patt: estar* bem arranjado*GN! ex.: "Os próximos dias serão importantes para Rafa

estar bem aviado! mostrar a José Peseiro que está como o aço"
estar metido em problemas estar com o paquete
sin.: estar bem arranjado!; estar entregue à bicha- menstruação
rada sin.: estar com o período

patt: estar* bem aviado*GN! ex.: A Maria está com o paquete

estar bem entregue patt: (estar* com o/) paquete

patt: estar* bem entregue*N local: Brasil

estar bom de ver estar como peixe na água


ser evidente, ser uma evidência patt: (estar* como/) peixe (na/fora de) água

sin.: entrar pelos olhos dentro; está na cara; estar


estar com o período
lá chapado menstruação
sin.: estar com o paquete
estar cada vez mais na mesma
patt: (estar* com o/) período
estar cheia de fome
local: Portugal
diz-se de uma mulher com vontade de foder
sin.: estar com o pito aos saltos; com a cona aos
estar com o pito aos saltos
pulos; estar com o cio; estar com tusa diz-se de uma mulher com vontade de foder
sin.: com a cona aos pulos; estar com o cio; estar
level: calão carroceiro

estar cheio dele com tusa; estar cheia de fome


level: calão estupidamente carroceiro
estar com a bolha
estar com a caganeira estar como sardinha em lata
diarreia estar muito apertado, muito cheio
sin.: ensardinhar; rebentar pelas costuras
estar com a mão na massa
patt: ((estar*/) como) sardinha*N em lata
estar com a pinga
estar com a telha estar com os azeites
estar mal disposto e zangado estar mal disposto e zangado
sin.: andar com a mosca; chegar a mostarda ao na-
sin.: andar com a mosca; chegar a mostarda ao na-
riz; estar com os azeites; de candeias às avessas; riz; estar com a telha; de candeias às avessas;
estar de mal com alguém estar de mal com alguém
patt: (estar*/) com os azeites
estar com a pedra no sapato
estar com os copos
patt: (estar* com a/ter* uma/) pedra no sapato
bêbado
estar com cagufes
sin.: com um copo a mais; bêbado como um cacho
estar com medo
cornos no ar
estar com cara de caso estar atento e curioso
estar com dois dedos de gramática level: coloquial
car bêbado, beber de mais patt: (/estar* com os) cornos no ar
sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela;
estar com os olhos fechados
narsa; encher a cara; entornar o barril; entornar estar como um pinto
o caneco; ir a trocar o passo; lamber o garrafão; estar todo molhado
buba; tosga; derrubar a adega; estar com um grão estar com gatilho leve
na asa; tomar um porre alguém que dispara ao primeiro sinal, alguém que
local: Brasil
explode facilmente
estar com ela ferrada patt: (estar* com/ser* de/) gatilho leve
estar com fogo no rabo estar com a barriga a dar horas
diz-se de quem vai com muita pressa ter fome
patt: (estar* com/levar*) fogo no rabo
patt: (estar* com/ter*) a barriga a dar horas
estar com o cio estar com dor de corno
diz-se de uma mulher com vontade de foder ter sido traído em questão de amores
sin.: estar com o pito aos saltos; com a cona aos
level: calão carroceiro
pulos; estar com tusa; estar cheia de fome patt: (estar* com/ter*/) dor de corno
level: calão muito carroceiro
estar com o saco cheio
estar como Deus com os anjos patt: (estar* com/ter*) o saco cheio
estar com tesão 73 estar em maré de sorte

estar com tesão estar de molho


◦ Homem em estado de de erecção estar acamado por doença ou preguiça
◦ também aplicável quando alguém está com von- sin.: estar deitado

tade de incontrolável de fazer determinada tarefa ex.: A Judite adoeceu e cou em casa de molho

sin.: estar com uma ponta!; estar com touça; estar local: pt

de pau feito; estar abananado; erecção estar de pau feito


level: calão carroceiro ◦ Homem em estado de de erecção
estar com touça ◦ também aplicável quando alguém está com von-
◦ Homem em estado de de erecção tade de incontrolável de fazer determinada tarefa
◦ também aplicável quando alguém está com von- sin.: estar com uma ponta!; estar com tesão; estar

tade de incontrolável de fazer determinada tarefa com touça; estar abananado; erecção
sin.: estar com uma ponta!; estar com tesão; estar ex.: O Abílio mal vê uma mulher ca logo de pau

de pau feito; estar abananado; erecção feito


level: calão carroceiro level: calão carroceiro

estar com tusa estar de perna estendida


diz-se de uma mulher com vontade de foder estar de pernas abertas para
sin.: estar com o pito aos saltos; com a cona aos ex.:

pulos; estar com o cio; estar cheia de fome frase: estar de pernas abertas para fulano...
level: calão muito carroceiro equiv: estar sempre disponível para fulano...
level: calão carroceiro
estar com uma ponta!
◦ Homem em estado de de erecção estar de serviço
◦ também aplicável quando alguém está com von- estar destacado para fazer determinada tarefa
tade de incontrolável de fazer determinada tarefa sin.: estar de faxina

sin.: estar com tesão; estar com touça; estar de pau estar em baixo
feito; estar abananado; erecção ◦ estar deprimido, estar num mau período
level: calão carroceiro ◦ estado de decadência
estar com um grão na asa ◦ seguir muito baixos níveis de exigência
sin.: pela hora da morte; andar aos caídos; nas ruas
car bêbado, beber de mais
sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela;
da amargura; estar na mó de baixo; estar numa
narsa; encher a cara; entornar o barril; entornar pior; estar na pior
o caneco; ir a trocar o passo; lamber o garrafão; estar em branco
buba; tosga; derrubar a adega; estar com dois estar em brasa
dedos de gramática; tomar um porre estar em causa
patt: estar* com um (grão/grãozinho) na asa situação em que a sobrevivência, viabilidade, exis-
estar cru tência de algo está ameaçada
sin.: estar em risco; estar em perigo
estar de boa saúde
ex.: Olha que está em causa a permanência na pri-
saudável
sin.: estar são como um pêro
meira divisão

estar de esperanças
sin.: estar em discussão
grávida
sin.: esperar a visita da cegonha; estar à espera de
estar em cima da hora
bebé estar no nal do prazo
patt: (estar*/) de esperanças
estar em contagem decrescente
sin.: contagem regressiva
estar de faxina
estar destacado para fazer determinada tarefa estar em couro
sin.: estar de serviço
sem roupa, despido
sin.: nu; em pêlo; em pelote; nuzinho da silva;
estar deitado
como veio ao mundo; estar como Deus o deitou
estar acamado por doença ou preguiça ao mundo; pelacho
sin.: estar de molho
estar em dia
estar de mala feita estar em discussão
estar de partida sin.: estar em causa
sin.: fazer a mala
estar em grande
patt: (estar*/) de mala (feita/aviada)
estar em jogo
estar de mal com alguém estar em mangas de camisa
estar mal disposto e zangado estar em maré de azar
sin.: andar com a mosca; chegar a mostarda ao na- patt: (estar* em/) maré de azar
riz; estar com os azeites; estar com a telha; de estar em maré de sorte
candeias às avessas patt: (estar* em/) maré de sorte
estar em perigo 74 estar entregue à bicharada

estar em perigo estar pior que estragado


situação em que a sobrevivência, viabilidade, exis- ◦ _ muito zangado
tência de algo está ameaçada ◦ diz-se de alguém completamente transtornado,
sin.: estar em causa; estar em risco descontrolado, de mau-humor
ex.: Está em perigo o futuro do país sin.: car verde de raiva; estar fora de si; perder
estar em picos as estribeiras; passar-se dos carretos; car piurso;
com grande excitação ou ansiedade car furioso; car furibundo; car tresloucado; -
sin.: estar em pulgas car deitar fumo pelas orelhas; saltar-lhe a tampa;
patt: (estar*/) em picos perder a tramontana; perder o norte; desnortear-
estar em pulgas se; ferver em pouca água; ferver-lhe o sangue nas
com grande excitação ou ansiedade veias
sin.: estar em picos patt: (estar*/car*/andar*) pior que (estra-
patt: (estar*/) em pulgas gado*/uma barata)
estar em risco estar atravessado na garganta
situação em que a sobrevivência, viabilidade, exis- ofensa, afronta, assunto mal resolvido cuja discus-
tência de algo está ameaçada são, vingança, resolução não cou esquecida, está
sin.: estar em causa; estar em perigo apenas adiada...
ex.: Está em risco a nossa independência sin.: trazer uma espinha atravessada na garganta
estar em todas patt: (estar*/car*/) atravessado na garganta
estar em voga estar com as orelhas a arder
estar entre a cruz e a caldeirinha sin.: estar com as orelhas quentes
indicação (frequentemente exagerada) de que se está patt: (estar*/car*) com as orelhas a arder
a morrer estar com as orelhas quentes
sin.: chegar ao pessegueiro; sentei-me; daqui não sin.: estar com as orelhas a arder
passo; estar de pés para a cova patt: (estar*/car*) com as orelhas quentes
estar estafado estar com cara de enterro
estar muito cansado e com respiração ofegante _ com ar pouco feliz
sin.: deitar os bofes pela boca patt: ((estar*/car*) com/fazer*) cara de enterro
estar farto de estar de pé atrás
estar completamente farto, estar com a paciência sin.: estar de sobreaviso
esgotada patt: (estar*/car*/) (de/com o) pé atrás
sin.: estar pelos cabelos; já não aguento mais!; farto estar de pés para a cova
até às orelhas; é de fazer perder a paciência a um indicação (frequentemente exagerada) de que se está
santo; não há pachorra! a morrer
ex.: estou farto de te aturar sin.: chegar ao pessegueiro; sentei-me; daqui não
estar feito ao bife passo; estar entre a cruz e a caldeirinha
◦ situação sem saída, incómoda, desagradável patt: (estar*/car*/) (de/com os) pés para a cova
◦ encontra-se em situação complicada, difícil de re- estar de guarda
solver patt: (estar*/car*) de guarda
sin.: estar frito; estar tramado; estar ferrado; estar estar de sobreaviso
metido numa grande embrulhada; estar metido sin.: estar de pé atrás
num sarilho; estar metido numa alhada; abraçar patt: (estar*/car*) de sobreaviso
o jacaré estar de trombas
patt: estar* feito*GN ao bife de mau humor, mal encarado, pessoa com expressão
estar ferrado a dormir facial agreste ou de antipatia
dormir profundamente sin.: ser um cara de pau; antipático
sin.: dormir a sono solto; dormir como um justo; patt: (estar*/car*/) de trombas
dormir como uma pedra; dormir como um porco; estar em cima da jogada
dormir como um prego; sono profundo patt: (estar*/car*) em cima da jogada
estar ferrado estar em cuidados
◦ situação sem saída, incómoda, desagradável patt: (estar*/car*) em cuidados
◦ encontra-se em situação complicada, difícil de re- estar em jejum
solver patt: (estar*/car*) em jejum
sin.: estar frito; estar tramado; estar feito ao bife; estar em pé de guerra
estar metido numa grande embrulhada; estar me- patt: (estar*/car*/) em pé de guerra
tido num sarilho; estar metido numa alhada; estar entre a vida e a morte
abraçar o jacaré patt: (estar*/car*) entre a vida e a morte
patt: estar* ferrado*GN estar entregue à bicharada
local: Brasil estar metido em problemas
estar pela hora da morte sin.: estar bem aviado!; estar bem arranjado!
patt: (estar*/car*/andar*) pela hora da morte patt: (estar*/car*) entregue*N à bicharada
estar feito num oito 75 estar liso

estar feito num oito estar na pior


estar muito cansado, ferido, em má forma ◦ estar deprimido, estar num mau período
sin.: estar mais morto que vivo; estar mais para lá ◦ estado de decadência
do que para cá ◦ seguir muito baixos níveis de exigência
patt: (estar*/car*) feito*GN num oito sin.: pela hora da morte; andar aos caídos; nas ruas

estar feliz da vida da amargura; estar na mó de baixo; estar em


patt: (estar*/car*) feliz da vida
baixo; estar numa pior
patt: (estar*/car*) na (pior/fossa)
estar fora de si
◦ _ muito zangado
estar na sombra
patt: (estar*/car*) na sombra
◦ diz-se de alguém completamente transtornado,
descontrolado, de mau-humor estar nas suas sete quintas
patt: (estar*/car*) nas suas sete quintas
sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado;
perder as estribeiras; passar-se dos carretos; car estar no papel
patt: (estar*/car*) no papel
piurso; car furioso; car furibundo; car treslou-
cado; car deitar fumo pelas orelhas; saltar-lhe numa boa
a tampa; perder a tramontana; perder o norte; estado relaxado, feliz, calmo
sin.: na maior; numa naice
desnortear-se; ferver em pouca água; ferver-lhe o
patt: (/estar*/car*) numa boa
sangue nas veias
patt: (estar*/car*) fora de si
estar numa pior
◦ estar deprimido, estar num mau período
estar fulo
◦ estado de decadência
patt: (estar*/car*) fulo*GN
◦ seguir muito baixos níveis de exigência
estar mais morto que vivo sin.: pela hora da morte; andar aos caídos; nas ruas
estar muito cansado, ferido, em má forma da amargura; estar na mó de baixo; estar em
sin.: estar mais para lá do que para cá; estar feito baixo; estar na pior
num oito patt: (estar*/car*) numa pior
patt: (estar*/car*) mais morto*GN que vivo*GN estar o caso muito mal parado
estar mais para lá do que para cá patt: (estar*/car*) o caso muito mal parado
estar muito cansado, ferido, em má forma estar sem pinga de sangue
sin.: estar mais morto que vivo; estar feito num oito patt: (estar*/car*) sem pinga de sangue
patt: (estar*/car*) mais para lá do que para cá estar frito
estar metido numa alhada ◦ situação sem saída, incómoda, desagradável
◦ situação sem saída, incómoda, desagradável ◦ encontra-se em situação complicada, difícil de re-
◦ encontra-se em situação complicada, difícil de re- solver
solver sin.: estar tramado; estar ferrado; estar feito ao bife;

sin.: estar frito; estar tramado; estar ferrado; estar estar metido numa grande embrulhada; estar me-
feito ao bife; estar metido numa grande embru- tido num sarilho; estar metido numa alhada;
lhada; estar metido num sarilho; abraçar o jacaré abraçar o jacaré
patt: (estar*/car*) metido*GN numa alhada patt: estar* frito*GN

estar metido num beco sem saída estar ganho


situação embaraçosa, diculdade insuperável ◦ situação controlada
sin.: meter-se num beco sem saída; ser um bico de
◦ competição está ganha
sin.: estar no papo
obra
patt: (estar*/car*) metido*GN num beco sem estar ganzado
saída está tolo
ex.: Este tipo está completamente ganzado!
estar na berlinda
dom: droga
tema muito falado e comentado por toda a gente
sin.: andar nas bocas do mundo; fazer manchete;
estar gatado
ser assunto quente cheio de erros
ex.: Aquele manuscrito estava todo gatado
ori.: berlinda - coche muito elegante
patt: (estar*/car*/) na berlinda
estar lá chapado
ser evidente, ser uma evidência
estar na mó de baixo sin.: entrar pelos olhos dentro; está na cara; estar
◦ estar deprimido, estar num mau período bom de ver
◦ estado de decadência estar liso
◦ seguir muito baixos níveis de exigência não ter dinheiro nenhum
sin.: pela hora da morte; andar aos caídos; nas ruas
sin.: não ter um chavo; não ter népia; não ter onde
da amargura; estar em baixo; estar numa pior; cair morto; não ter com que mandar cantar um
estar na pior cego; não ter eira nem beira; sem eira nem beira;
patt: (estar*/car*) na mó de baixo
não ter vagar; não ter plafont; não ter cinco reis

estar liso 76 estar numa redoma

◦ sem dinheiro, a mendigar estar na lua


◦ situação de penúria, depressão estar completamente distraído; Não estar atento
sin.: andar ó tio ó tio; sem cheta; uma mão atrás por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
e outra à frente; andar nas lonas; estar à depen- temporária de focalização na realidade do mo-
dura; sem um tusto; estar na merda; estar teso; mento
teso como um carapau; pedinchar; andar a pedir sin.: andar nas nuvens; aluado; meditabundo; en-
esmola; andar à moina simesmado; aéreo; desligado; ausente; em parte
estar metido numa grande embrulhada incerta; dormir na forma; estar noutro compri-
◦ situação sem saída, incómoda, desagradável mento de onda
◦ encontra-se em situação complicada, difícil de re- na maior
solver estado relaxado, feliz, calmo
sin.: estar frito; estar tramado; estar ferrado; es- sin.: numa boa; numa naice

tar feito ao bife; estar metido num sarilho; estar patt: (/estar*) na maior

metido numa alhada; abraçar o jacaré estar na marmelada


patt: estar* metido*GN numa (grande/) embru- sin.: fazer marmelada

lhada estar na merda


estar metido num sarilho ◦ sem dinheiro, a mendigar
◦ situação sem saída, incómoda, desagradável ◦ situação de penúria, depressão
sin.: andar ó tio ó tio; sem cheta; uma mão atrás
◦ encontra-se em situação complicada, difícil de re-
solver e outra à frente; andar nas lonas; estar à depen-
sin.: estar frito; estar tramado; estar ferrado; es-
dura; sem um tusto; estar liso; estar teso; teso
tar feito ao bife; estar metido numa grande em- como um carapau; pedinchar; andar a pedir es-
brulhada; estar metido numa alhada; abraçar o mola; andar à moina
jacaré estar na onda
patt: estar* metido*GN num sarilho
estar na última
estar muito batida estar no ar
estar no estaleiro
sin.: estar muito gasta
estar no poleiro
ex.:
patt: estar* no*N poleiro*N
 Essa (ideia) já está muito batida estar no papo
 oh, não te metas com essa gaja que ela já esta ◦ situação controlada
muito batida ◦ competição está ganha
patt: estar* (muito/) batida
sin.: estar ganho
estar muito cru estar no refustedo
patt: estar* muito cru*N ter relações sexuais
estar muito gasta sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; copu-
sin.: estar muito batida lar; dar uma ponteirada; dar-lhe aço; fornicar;
ex.: transar; aambrar alguém; anfar-lhe; afogar
 Essa (ideia) já está muito batida o ganso; pinocar; gibra; mandar o Bernardo às
 oh, não te metas com essa gaja que ela já esta compras
muito batida ex.: aqueles dois estão no refustedo

patt: estar* (muito/) gasta level: calão

estar muito verde estar nos braços de morfeu


patt: estar* muito verde*N estar no sétimo céu
estar na berra estar em sítio, companhia, estado psicológico muito
estar na moda, ser afamado agradável
sin.: estar na fresca ribeira; estou no lua e estou
sin.: é o que está a dar
quase a chegar ao céu; estar regalado
estar na corda bamba
patt: (estar* no/) sétimo céu
inseguro, prestes a fracassar, em risco estar nos meus dias
sin.: estar tremido; no o da navalha
patt: estar* nos (meus/teus/seus) dias
estar na engorda estar noutro comprimento de onda
estar na la estar completamente distraído; Não estar atento
estar na forja por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
estar na fresca ribeira temporária de focalização na realidade do mo-
estar em sítio, companhia, estado psicológico muito mento
agradável sin.: estar na lua; andar nas nuvens; aluado; me-
sin.: estar no sétimo céu; estou no lua e estou quase
ditabundo; ensimesmado; aéreo; desligado; au-
a chegar ao céu; estar regalado sente; em parte incerta; dormir na forma
estar na jogada estar no xadrez
estar numa redoma
estar OK 77 esta vida são dois dias

estar OK estar senhor de si


estar para lavar e durar conante, orgulhoso
ainda vai (durar/demorar) muito estar sobre brasas
patt: (estar*/) para lavar e durar estar tapado
estar pelas costuras patt: estar* tapado*GN
estar pelos ajustes estar debaixo de olho
estar pelos cabelos sob vigilância
estar completamente farto, estar com a paciência patt: (estar*/ter*/) debaixo de olho
esgotada estar teso
sin.: estar farto de; já não aguento mais!; farto até ◦ sem dinheiro, a mendigar
às orelhas; é de fazer perder a paciência a um ◦ situação de penúria, depressão
santo; não há pachorra! sin.: andar ó tio ó tio; sem cheta; uma mão atrás
ex.: tudo desarrumado; a mãe já deve estar pelos e outra à frente; andar nas lonas; estar à depen-
cabelos dura; sem um tusto; estar na merda; estar liso;
estar por baixo teso como um carapau; pedinchar; andar a pedir
estar por dentro esmola; andar à moina
estar por fora patt: (estar*/) teso
estar por terra estar todo cheio de cagança
estar por tudo ◦ excesso de segurança
estar por um cabelo ◦ que tem aparência ou atitude soberba, altiva
estar quase a acontecer ◦ pretensioso, vaidoso
sin.: estar por um o sin.: emproado
estar por um o estar tramado
estar quase a acontecer ◦ situação sem saída, incómoda, desagradável
sin.: estar por um cabelo ◦ encontra-se em situação complicada, difícil de re-
estar preto solver
estar regalado sin.: estar frito; estar ferrado; estar feito ao bife;
estar em sítio, companhia, estado psicológico muito estar metido numa grande embrulhada; estar me-
agradável tido num sarilho; estar metido numa alhada;
sin.: estar no sétimo céu; estar na fresca ribeira; abraçar o jacaré
estou no lua e estou quase a chegar ao céu patt: estar* tramado*GN

estar são como um pêro estar tremido


saudável inseguro, prestes a fracassar, em risco
sin.: estar de boa saúde sin.: estar na corda bamba; no o da navalha

estar-se a ver patt: estar* tremido*GN

estar-se borrifando estar uma ruína


◦ não se interessar, atitude de indiferença estar verde
◦ não dar importância a patt: estar* verde*N
sin.: estar-se cagando; estar-se marimbando; estar- estar à brocha
se nas tintas; não ligar nada a; não ligar; ver-se em diculdades para realizar algo
marimbar-se sin.: andar à rasca
estar-se cagando patt: (estar*/ver*-se) à brocha

◦ não se interessar, atitude de indiferença estar em palpos de aranha


◦ não dar importância a achar-se em situação muito difícil de resolver
sin.: estar-se borrifando; estar-se marimbando; sin.: ver-se em maus lençóis; em apuros
estar-se nas tintas; não ligar nada a; não ligar; patt: (estar*/ver-se*) em palpos de aranha
marimbar-se estar virado do avesso
level: calão estás a crescer para mim?
estar-se marimbando estás a ameaçar-me?, queres lutar comigo?
◦ não se interessar, atitude de indiferença level: coloquial
◦ não dar importância a estás a sacar?
sin.: estar-se cagando; estar-se borrifando; estar-se entendes?
nas tintas; não ligar nada a; não ligar; marimbar- sin.: topas?; estás a topar?; moró?; sacaste?
se estás a topar?
estar-se nas tintas entendes?
◦ não se interessar, atitude de indiferença sin.: topas?; moró?; sacaste?; estás a sacar?
◦ não dar importância a estás lindo!
sin.: estar-se cagando; estar-se borrifando; estar- está um frio de rachar
se marimbando; não ligar nada a; não ligar; esta vida não chega a netos
marimbar-se esta vida são dois dias
esterqueira 78 é tão certo como dois e dois serem quatro

esterqueira estrambólico
espaço, quarto ou casa imundos ◦ diz-se de uma coisa muito estranha, torta, fora do
sin.: chiqueiro; pocilga normal
estertorar ◦ desajeitado
morreu, faleceu sin.: escanifobético; escaganifobético; escalafobé-
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- tico
leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir estrame
para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das sozinho, desacompanhado, a seco, sem mais nada,
tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para sem acompanhante, sem tempero
os anjinhos; ir às malvas; passar desta para me- ex.: - Vou comer o arroz estrame.
lhor; quinar; dar o peido mestre; dormir o sono local: S. Pedro do Sul, Viseu
eterno; descanso eterno; dar o último suspiro; dar estrela cadente
o couro às vacas; abotoar o paletó; entregar a estrela polar
alma a Deus; nar-se; anafragar; marchar estroina
level: arcaico
pessoa que gasta tudo o que tem e que não tem de
esticar o pernil modo boémio
morreu, faleceu sin.: doidivanas; desmiolado; esbanjador; perdulá-
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- rio
leta; ir para a terra da verdade; ir para o céu; ir level: coloquial
para o beleléu; ir para o jardim das tabuletas; ir estroinar
para a quinta dos pés juntos; ir para os anjinhos; divertir-se gastando tudo o que tem e que não tem
ir às malvas; passar desta para melhor; quinar; de modo boémio
dar o peido mestre; dormir o sono eterno; des- sin.: esbanjar; dissipar
canso eterno; dar o último suspiro; dar o couro às
estroinice
vacas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus;
nar-se; anafragar; estertorar; marchar vida boémia, festejos desregrados
sin.: andar na má vida; vida airada; vagabundagem
estilha
rapidez, com elevada velocidade estrupício
sin.: bolina; esgalha; gazonete; gáspea; na mecha;
sujeito que só atrapalha
sin.: enreda; empata; empecilho; cona de sabão
bisga; ir nas horas do caralho
level: coloquial
estudante
és toda grossa é um: adepto ferrenho de clube de futebol

mulher ou rapariga muito jeitosa adepto do Académica de Coimbra


sin.: toura; mulher boa; bomba; boazona; pitéu; estupefacto
conaça; fema; borracho admiradíssimo
level: calão sin.: banzado; varado

estoirar os miolos level: erudito

estou-me a vir •
é um: interjeição admirado, aturdido e sem palavras
ter um orgasmo (normalmente usado por indivíduos sin.: abananado; azuratado; aturdido; embasbacado
do sexo masculino) level: erudito
ex.: oh sim! estou-me a vir estúpido como uma galinha
estou no lua e estou quase a chegar ao céu é um: insulto
estar em sítio, companhia, estado psicológico muito ser muito pouco inteligente
agradável sin.: ter miolos de galinha
sin.: estar no sétimo céu; estar na fresca ribeira; patt: estúpido*GN como uma galinha
estar regalado estupor
estoupar é um: insulto
estourar, rebentar diz-se de alguém que se porta mal
estouro sin.: bandalho; ser estuturado; bandido; vândalo
bater com muita violência em alguém level: calão
sin.: adeceibar; bato; desfaço; estrafego todo és um homem ou és um rato?
estou-te a ver pergunta retórica indicativa de que alguém se está
estrábico a portar de modo canalha, e apelando a que se
com desvio ou deciência ocular porte de modo mais corajoso e brioso
sin.: zarolho; mirolho; vesgo; escarolho
é tal e coisa
level: erudito
é tão certo como dois e dois serem quatro
estrafego todo é garantido
bater com muita violência em alguém sin.: é trigo limpo
sin.: adeceibar; estouro; bato; desfaço
é tarde Inês é morta 79 falta de meios

é tarde Inês é morta facalhão


não vale a pena perder mais tempo com isto sin.: naifa; aço; fava; navalha; ponta e mola

sin.: visto isto e os actos, quem não almoça escusa facto consumado
de pratos patt: facto*N consumado*N

level: arcaico falange de apoio


patt: é tarde Inês é morta (/já cheir mal e tudo) patt: falange*N de apoio

etim o músico falar a torto a direito


é todo doçuras falar barato
é trigo limpo não dizer nada de relevante
é garantido sin.: falar de graça

sin.: é tão certo como dois e dois serem quatro falar de alto
e troca o passo especialmente dedicado aos políticos mas também a
eu cá me entendo alguns manganões com muita lábia e pouca fei-
eu cá para mim tura
eufemismo sin.: ter muita lábia; cantar de galo

de modo conciliador e delicado. Dizer algo desagra- falar de cor


dável ou difícil de aceitar de forma provisória ou especular, sem saber exatamente o que está a dizer
minimizando os aspectos negativos inerentes ao sin.: sem conhecimento de causa; mandar postas de

facto a reportar ou comunicar pescada


sin.: dourar a pílula; adoçar a pílula; aligeirar; com falar de graça
paninhos quentes; sem ferir susceptibilidades não dizer nada de relevante
level: erudito sin.: falar barato

oposto: curto e grosso falar de mais


é uma anedota ser inconveniente
sin.: mala sem alsa
é uma boa encomenda
é uma brincadeira •
é uma chachada ◦ contar segredos
é uma gota de água no oceano ◦ denunciar
diz-se de um problema, exemplo ou situação insig- sin.: bater com a língua nos dentes; ter a língua
nicante comprida
patt: (é/) uma gota de água no oceano
falar no ar
é um ver se te avias falar para as paredes
eu na minha falar para nada, para ninguém
sin.: pregar aos peixes
eureka
exclamação usada quando de descobre subitamente falar pelos cotovelos
o modo de resolver qualquer coisa falar por falar
ori.: ver história do banho de Aristóteles quando
falar por meias palavras
tentava descobrir se a coroa do rei era ou não falar torto
verdadeira falhar redondamente
eu seja ceguinho não ter logrado alcançar o objectivo xado ou a re-
é vê-las ir alização de tarefa acordada
sin.: desconseguir; ter um desaire
exame de consciência
expedidor falinhas doces
falinhas mansas
é um: trocadilho por aglutinação libertina
fala amistosa mas simultaneamente ardiloso, ma-
mendigo que mudou de classe social
nhoso, com segundas intenções
explicar tim-tim por tim-tim falofagia
explorar o lão ◦ sexo oral masculino
patt: explorar* o*N lão*N
◦ interjeição violenta de desagrado
expressão corporal sin.: fazer um broche; fazer um bobó; mamada;

F chupa-me a pichota; fazer um bico; felácio


ex.: teve de recorrer à falofagia para se safar
level: calão
falófago
fabiano ◦ aquel (e/a) que chupa pénis
usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de ◦ executante de felácio
sin.: brochista
referir uma pessoa
ex.: Ei-la a exímia em falofagia!
sin.: gajo; tipo; meco; caramelo; indivíduo; fulano;
bacano; mano; melro falso testemunho
patt: falso*N testemunho*N
ex.: namorei com um fabiano de Ermesinde
falta de meios
falta de tacto 80 fazer algo às mijinhas

falta de tacto farpa


faltar ao prometido saída de gazes intestinais
não cumprir o combinado sin.: peido; atulência; traque; bufa; pum; bom-

sin.: roer a corda barda


faltar ao respeito level: coloquial

faltar à palavra farsola


não cumprir o prometido pessoa enganadora, que parece um santo e é um hi-
sin.: dar o dito por não dito; voltar com a palavra pócrita
atrás sin.: ngido; hipócrita

faltar às aulas ex.: aquele farsola disse-me que tinhas sido tu

não comparecer na escola por motivos fúteis farto até às orelhas


sin.: fazer gazeta estar completamente farto, estar com a paciência
patt: faltar (às aulas/) esgotada
faltar à verdade sin.: estar pelos cabelos; estar farto de; já não
mentir aguento mais!; é de fazer perder a paciência a
faltar-lhe um parafuso um santo; não há pachorra!
patt: (farto/) até às orelhas
ser ou parecer maluco
fatal como o destino
sin.: ter um parafuso a menos; ter pancada na mola;
fatela
ter a rosca moída; não bater bem da bola; não ser
é um: insulto
bom da cabeça
level: coloquial
de fraca qualidade
sin.: chunga; chungoso; foleiro; rasca; bera
patt: faltar*-lhe*PN (um parafuso/parafusos)

fanar fato domingueiro


estar bem vestido, com a melhor roupa (ao contrário
furtar, roubar
do habitual...)
sin.: bifar; pifar; gamar; afanar; gardanho; rapinar;
sin.: fato de ver a Deus
surripiar; roubar; palmar; empalmar; fazer mão
leve a
fato de ver a Deus
level: coloquial
estar bem vestido, com a melhor roupa (ao contrário
do habitual...)
fanesga
sin.: fato domingueiro
órgão sexual feminino patt: (fato/fatinho) de ver a Deus
sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina;
fava
ninho; parreco; pombinha; racha; febra; entrefo-
sin.: naifa; aço; navalha; facalhão; ponta e mola
lhos; mexilhão; ostra; greta; pachacha; patareca;
passarinha; perseguida; boceta; conaça; crica;
faz-de-conta
ex.: mundo de faz-de-conta
aranha; boca do corpo; xana
en: pussy
fazê-la pela calada
level: calão carroceiro
fazer algo secretamente, sem que ninguém se aper-
fangiada ceba, por vezes traiçoeiramente
sin.: fazer actividade às escondidas
diz-se de algo feito com demasiada pressa
patt: fazê-la*N pela calada
ori.: resultante de Fangio, notável corredor de au-
tomóveis fazer a cama a alguém
level: coloquial
preparar uma vingança, castigo, desforra
sin.: fazer-lhe a cama
fantasma
ex.:
sin.: alma penada; alma do outro mundo
frase: Espera lá meu menino que eu já te faço a
fardalheira cama
confusão, complicação equiv: já me vingo de ti
ex.: Vai para ali uma fardalheira!
fazer actividade às escondidas
local: pt norte
fazer algo secretamente, sem que ninguém se aper-
farinha do mesmo saco ceba, por vezes traiçoeiramente
Pessoas que têm comportamentos ou preferências sin.: fazê-la pela calada
idênticos e pouco recomendáveis fazer a festa e deitar os foguetes
sin.: tal e qual; idêntico perl
fazer algo a conta-gotas
ex.: "O Amaro e o Norberto são farinha do mesmo
em pequenas quantidades de cada vez, fazer lenta-
saco. nenhum deles me interessa para amigo." mente
faróis sin.: fazer algo às mijinhas
seios de mulher, busto fazer algo às mijinhas
sin.: mamas; tetas; marmelos; holofotes; peitos; em pequenas quantidades de cada vez, fazer lenta-
pára-choques; seios; prateleiras; marufas mente
sin.: fazer algo a conta-gotas
fazer algo às mijinhas 81 fazer de advogado do Diabo

ex.: estás a fazer esse trabalho às mijinhas, nunca fazer boa gura
mais acabas sin.: fazer um brilharete
patt: (fazer* algo/) às mijinhas fazer caixinha
fazer algo com a avó ao colo não contar tudo, guardar segredos, esconder, fazer
◦ assunto ou actividade fácil mistério
◦ tarefa realizável com muita facilidade sin.: fechar-se em copas; esconder o jogo; guardar
sin.: em quatro penadas; fazer algo com uma segredo
perna às costas; fazer algo de olhos fechados; fazer cara feia
nem tem espinhas! fazer castelos no ar
fazer algo com uma perna às costas fantasias, sonhar muito mas sem fundamento
◦ assunto ou actividade fácil fazer cavalo de batalha
◦ tarefa realizável com muita facilidade assunto ou argumento principal da discussão
sin.: em quatro penadas; fazer algo com a avó fazer cenas
ao colo; fazer algo de olhos fechados; nem tem ngir, simular uma grande dor, zanga, problema
espinhas! para convencer outros
fazer algo de olhos fechados sin.: fazer uma cena; fazer teatro; fazer tas
◦ assunto ou actividade fácil fazer cerimónia
◦ tarefa realizável com muita facilidade fazer chacota
sin.: em quatro penadas; fazer algo com uma sin.: dar tanga; gozar com; reinar com
perna às costas; fazer algo com a avó ao colo; fazer chorar as pedras
nem tem espinhas! fazer cocó
fazer amor fazer necessidades siológicas sólidas
ter relações sexuais sin.: cagar; defecar; fazer as suas necessidades; ar-
sin.: pinar; quilhar; foder; pilar; copular; dar uma riar o calhau; mandar um telegrama; ir enviar um
ponteirada; dar-lhe aço; estar no refustedo; forni- fax; largar o barro
car; transar; aambrar alguém; anfar-lhe; afo- level: coloquial
gar o ganso; pinocar; gibra; mandar o Bernardo fazer como a avestruz
às compras fazer conta
fazer andar a cabeça à roda fazer contas de cabeça
fazer andar numa roda viva fazer coro
fazer a mala fazer da merda pão
estar de partida tenho que (fazer/compor/realizar) o impossível
sin.: estar de mala feita ex.: deixaram-me este carro e agora tenho que fazer
patt: fazer* a*N mala*N da merda pão
fazer a trouxa level: calão
preparar-se para partir ou para deixar certo cargo fazer das fraquezas forças
sin.: fazer as malas; embalar a trouxa ganhar coragem, esforçar-se em condições adversas
patt: fazer* a*N trouxa*N sin.: inventar forças; fazer das tripas coração
fazer a papinha toda fazer das suas
patt: fazer* a papinha (toda/) fazer das tripas coração
fazer as coisas pela metade ganhar coragem, esforçar-se em condições adversas
fazer as malas sin.: fazer das fraquezas forças; inventar forças
preparar-se para partir ou para deixar certo cargo fazer de armeiro um cavaleiro
sin.: fazer a trouxa; embalar a trouxa transformar em tragédia algo que é banal
fazer asneira sin.: fazer uma tempestade num copo de água
sin.: fazer merda local: Brasil
fazer as onze fazer de conta
fazer as pazes fazer tas
fazer as suas necessidades ngir, simular uma grande dor, zanga, problema
fazer necessidades siológicas sólidas para convencer outros
sin.: cagar; defecar; arriar o calhau; mandar um sin.: fazer uma cena; fazer cenas; fazer teatro
telegrama; ir enviar um fax; fazer cocó; largar o patt: (fazer*/deixar*-se de) tas
barro fazer de advogado do Diabo
fazer as vezes de defender aquilo em que não se acredita no intuito de
substituir ajudar a apurar a verdade
fazer avarias ori.: Nos processos de canonização, era nomeada
fazer a vida negra uma pessoa (o advogado do Diabo) para indagar
maltratar a verdadeira santidade do candidato, procurando
sin.: dar tratos de polé; fazer do gato sapato; tratar descobrir as faltas, fraquezas, os podres do can-
mal; tratar abaixo de cão didato a santo, em oposição ao defensor do can-
fazer beicinho didato, (o advogado de Deus).
fazer de advogado do Diabo 82 fazer o que entende

Cabia ao advogado do Diabo argumentar que o fazer furor


suposto santo não era assim tão santo como pa- fazer gala
recia. fazer gazeta
patt: (fazer* de/ser*/) advogado do Diabo não comparecer na escola por motivos fúteis
fazer trinta por uma linha sin.: faltar às aulas
arranjar confusões devido a imprudências e asneiras ex.: A Alda fez hoje gazeta e os pais não sabem
variadas local: pt
patt: (fazer*/dizer*/) trinta por uma linha fazer gracinhas
fazer do gato sapato fazer horas
maltratar fazer ideia
sin.: dar tratos de polé; fazer a vida negra; tratar fazer impressão
mal; tratar abaixo de cão fazer jeito
patt: fazer* (do/) gato sapato fazer jus
fazer e acontecer fazer justiça por suas mãos
fazer efeito fazer-lhe a cama
fazer em fanicos preparar uma vingança, castigo, desforra
fazer em frangalhos sin.: fazer a cama a alguém

fazer em tiras fazer má gura


fazer escabeche dizer ou fazer alguma coisa que origine uma má ima-
fazer escola gem de quem o disse ou fez, face a terceiros, de-
fazer espécie signadamente sempre que se trate de declarações
fazer face ou actos de guras públicas
fazer falar sin.: car mal no boneco; car mal na fotograa;

fazer farinha fazer gura de urso


ex.: patt: fazer* (má/fraca) gura

frase:comigo não faz farinha fazer manchete


equiv:não me consegue (enganar/vencer) tema muito falado e comentado por toda a gente
fazer farinhêra sin.: andar nas bocas do mundo; estar na berlinda;

mostrar-se impotente, não conseguir uma erecção ser assunto quente


ex.: fazer mão leve a
frase: hoje ele fez farinhêra... furtar, roubar
equiv: ele não conseguiu copular sin.: bifar; pifar; gamar; afanar; gardanho; rapinar;

level: calão surripiar; fanar; roubar; palmar; empalmar


local: pt sul ex.: O Gastão fez mão leve ao relógio da Ricardina

fazer fé fazer marcha atrás


fazer gas fazer marmelada
fazer gura sin.: estar na marmelada

fazer gura de urso fazer menção


dizer ou fazer alguma coisa que origine uma má ima- fazer merda
gem de quem o disse ou fez, face a terceiros, de- sin.: fazer asneira

signadamente sempre que se trate de declarações level: calão

ou actos de guras públicas fazer milagres


sin.: car mal no boneco; car mal na fotograa; fazer mistério
fazer má gura fazer mossa
patt: (fazer/) gura de urso fazer nome
fazer ncapé fazer número
fazer ta fazer o bem
ngir fazer o choradinho
fazer fofocas argumentação com o intuito de tentar comover e
actividade de se meter na vida dos outros, espiar, convencer
comentar, armar intrigas sin.: cantar um fadinho

sin.: cuscar; bisbilhotar; cheiretar; alcoviteiro; in- fazer o frete


triguista; rasgar seda; tagarelar; dar ao badalo fazer o gosto ao dedo
local: Brasil fazer o impossível
fazer fogo com pólvora alheia fazer ondas
◦ alguém que oferece generosamente os préstimos fazer o ninho atrás da orelha
dos outros fazer o papel de
◦ alguém que brilha com o trabalho dos outro fazer o ponto de situação
sin.: ser óptimo a dar traques com o cu dos outros patt: fazer* o ponto (de/da) situação

fazer força fazer o possível


fazer frente fazer o que entende
fazer orelhas moucas 83 fazer um bico

fazer orelhas moucas fazer sombra


fazer os cabelos brancos fazer tábua rasa
fazer ouvidos de mercador fazer teatro
ngir que não ouviu ou não entendeu ngir, simular uma grande dor, zanga, problema
fazer pandango para convencer outros
estar a condizer (cores, géneros, formas) , a fazer sin.: fazer uma cena; fazer cenas; fazer tas
simetria fazer tempo
sin.: combinar bem fazer tibórneas
fazer panelinha Sujar, nomeadamente com líquidos, em resultado de
fazer pé de alferes manipulação descuidada ou inútil de produtos
fazer a corte, namorar ex.: Estiveste outra vez a fazer tibórneas e vê lá o
sin.: arrastar a asa; damar; galantear; cortejar resultado: está tudo sujo!
level: arcaico local: pt
fazer pela vida fazer tibórnia
fazer pender a balança manipular alimentos ou ingredientes originando mis-
fazer pim pam pum turas ou detritos que sujam ou incomodam
sortear usando uma lenga lenga tipo "pim pam pum, sin.: masteigada; misturada; mixórdia; bodega
cada bola mata um, prá galinha e pró peru, quem level: coloquial
está livre és mesmo tu" patt: (fazer*/) tibórnia
sin.: pimpar; pilhar fazer uma cena
level: infantil ngir, simular uma grande dor, zanga, problema
patt: (fazer*/) pim pam pum para convencer outros
fazer pouco de sin.: fazer cenas; fazer teatro; fazer tas
fazer projectos no ar fazer um acerto de contas
fazer queixinhas castigar, normalmente ligado a vingança
denunciar sin.: ter umas contas a ajustar; ajustar contas com
sin.: chibar fazer uma desfeita
fazer render o peixe patifaria, acção vil
fazer rodeios sin.: calhordice; sacanice; pulhice; velhacaria; pi-
fazer saltar os miolos cardia
fazer-se caro fazer uma direta
fazer sede não dormir nada
fazer-se de anjinho sin.: passar a noite em claro; passar a noite em
ngir-se de inocente ou desentendido branco
fazer-se de Inês fazer uma necessidade
fazer de conta que se desconhece a situação, que não fazer uma ponta
se tem nada a ver com isto pequena participação em lme
sin.: fazer-se mula; fazer-se desapercebido; dar uma
local: pt
de João sem braço fazer uma razia
ex.: não te estejas a fazer de Inês que eu bem sei
fazer uma tempestade num copo de água
que foste tu transformar em tragédia algo que é banal
fazer-se desapercebido sin.: fazer de armeiro um cavaleiro
fazer de conta que se desconhece a situação, que não fazer uma vaquinha
se tem nada a ver com isto associar-se monetariamente para determinada des-
sin.: fazer-se mula; fazer-se de Inês; dar uma de
pesa ou tarefa
João sem braço ex.: quem quer fazer uma vaquinha para a prenda
fazer-se difícil de casamento?
sin.: fazer-se rogado
fazer um bicho de sete cabeças com
fazer-se no
fazer uma complicação com coisas simples
fazer-se gente
sin.: fazer um drama
fazer-se mula
patt: (fazer*/) um bicho de sete cabeças com
fazer de conta que se desconhece a situação, que não
fazer um bico
se tem nada a ver com isto
◦ sexo oral masculino
sin.: fazer-se de Inês; fazer-se desapercebido; dar
◦ interjeição violenta de desagrado
uma de João sem braço
sin.: fazer um broche; fazer um bobó; mamada;
fazer sentir
chupa-me a pichota; falofagia; felácio
fazer-se pagar
ex.:
fazer-se rogado
frase: faz-me um bico
sin.: fazer-se difícil
equiv: lamber o sexo masculino
fazer-se valer
fazer sinal level: calão estupidamente carroceiro
fazer um bobó 84 feijão frade

fazer um bobó febra


◦ sexo oral masculino órgão sexual feminino
◦ interjeição violenta de desagrado sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina;

sin.: fazer um broche; mamada; chupa-me a pi- ninho; parreco; pombinha; racha; entrefolhos;
chota; fazer um bico; falofagia; felácio mexilhão; ostra; greta; pachacha; patareca; pas-
level: calão muito carroceiro sarinha; perseguida; boceta; conaça; crica; ara-
patt: (fazer* um/) bobó nha; fanesga; boca do corpo; xana
fazer um bom vinho de más uvas en: pussy
level: calão carroceiro
en: to make a silk purse out of a sow's ear

fazer um brilharete febres da pita


sin.: fazer boa gura
calores vaginais
sin.: ardiúmes na pachacha; lumes de cona
fazer um broche
level: calão carroceiro
◦ sexo oral masculino fechado a sete chaves
◦ interjeição violenta de desagrado muito bem (fechado/guardado)
sin.: fazer um bobó; mamada; chupa-me a pichota;
ori.: Na idade média usava-se um sistema de guar-
fazer um bico; falofagia; felácio dar tesouros e documentos importantes em baús
level: calão estupidamente carroceiro
ou cofres que tinham duas ou mais fechaduras,
patt: (fazer* um/) broche
sendo que as chaves distribuídas por pessoas di-
fazer um compasso de espera ferente, sendo apenas possível a sua abertura com
parar, interromper, fazer uma pausa todas as chaves presentes
fazer um drama patt: (fechado*GN/guardado*G-N) a sete chaves
fazer uma complicação com coisas simples fecha-me essa cloaca
sin.: fazer um bicho de sete cabeças com cala-te
fazer um gurão sin.: calar a caixa; cala o bico

sin.: fazer um vistaço; fazer um papelão ex.: Fecha-me essa cloaca fedorenta! Não falas assim

fazer um frete das minhas irmãs


fazer um jeito level: calão

fazer um manguito fechar com chave d'ouro


fazer um papelão terminar da melhor maneira
sin.: fazer um vistaço; fazer um gurão
fechar os olhos a
fazer um quatro ngir que não se viu, negligenciar
sin.: fazer vista grossa
fazer um sermão
fazer um triste papel fechar os olhos ao perigo
fazer um vistaço fechar-se em copas
sin.: fazer um gurão; fazer um papelão
não contar tudo, guardar segredos, esconder, fazer
mistério
fazer ver
sin.: esconder o jogo; guardar segredo; fazer caixi-
fazer versos à lua
nha
fazer vista grossa
fecundação articial
ngir que não se viu, negligenciar fedor
sin.: fechar os olhos a
mau cheiro
patt: (fazer*/) vista grossa
sin.: pivete; catinga; futum; inhaca; odor
fazer voar os miolos level: calão
fazer votos fedorento
fazer xispa e patanisca aquele ou aquilo que exala mau cheiro ou causa náu-
Confronto verbal ou epistolar com forte base ideoló- sea (por razões físicas, psicológicas ou comporta-
gica ou emotiva e posições extremadas, que tem mentais) ,
ou pode ter consequências signicativas sin.: malcheiroso; fétido; nauseabundo; nojento; pu-
ex.: "Os Deputados dos dois partidos envolveram- trefacto; podre; piolhoso; tinhoso
se em trocas de acusações e houve xispa e pata- level: calão
nisca" fega
level: coloquial diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes-
patt: fazer (xispa e/) patanisca soas, de modo incomodativo
fazer xixi sin.: chato; aborrecido; incomodativo; melga;
fazer xixi gosma; cromo; postal; autocolante; adesivo; be-
sin.: mijar; urinar; controlo anti-dopping ; verter sunta
águas; tirar água do joelho feijão frade •
level: infantil alcunha dada ao feijão frade pois provoca gazes in-
fazer xi-xi testinais
sin.: ciclista
feira das vaidades 85 a-te na Virgem e não corras

feira das vaidades ferver em pouca água


feira da ladra ◦ _ muito zangado
patt: feira*N da ladra ◦ diz-se de alguém completamente transtornado,
feira franca descontrolado, de mau-humor
patt: feira*N franca sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado;

feito às três pancadas estar fora de si; perder as estribeiras; passar-se


◦ argumento ou método de duvidoso mérito, credi- dos carretos; car piurso; car furioso; car furi-
bilidade usado de improviso ou muito precaria- bundo; car tresloucado; car deitar fumo pelas
mente orelhas; saltar-lhe a tampa; perder a tramontana;
◦ atividade mal feita, feita à pressa, sem planea- perder o norte; desnortear-se; ferver-lhe o sangue
mento nas veias
sin.: tirar do cu com um gancho; atamancado; feito ferver-lhe o sangue nas veias
em cima dos joelhos; meia bola e força; de qual- ◦ _ muito zangado
quer maneira; improvisar ◦ diz-se de alguém completamente transtornado,
ex.: isso foi mesmo feito às três pancadas descontrolado, de mau-humor
feito em cima dos joelhos sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado;

◦ argumento ou método de duvidoso mérito, credi- estar fora de si; perder as estribeiras; passar-se
bilidade usado de improviso ou muito precaria- dos carretos; car piurso; car furioso; car furi-
mente bundo; car tresloucado; car deitar fumo pelas
◦ atividade mal feita, feita à pressa, sem planea- orelhas; saltar-lhe a tampa; perder a tramontana;
mento perder o norte; desnortear-se; ferver em pouca
sin.: tirar do cu com um gancho; atamancado; feito água
às três pancadas; meia bola e força; de qualquer ferver mentiras
maneira; improvisar fessureira
patt: feito (em cima dos/nos) joelhos homossexual feminina
feito a martelo sin.: fufa; lésbica; sapatona; caminhoneira

patt: feito*GN a martelo festa brava


felácio festa de arromba
◦ sexo oral masculino festarola
◦ interjeição violenta de desagrado festa, normalmente envolvendo beber uns copos
sin.: fazer um broche; fazer um bobó; mamada; sin.: borga; paródia; pândega; trolaró; pagode; tai-

chupa-me a pichota; fazer um bico; falofagia nada; patuscada; comezaina; andar na boa-vai-
• ela; cópios; naite
acto sexual oro-genital, lamber a vagina fétido
sin.: trombada; minete; cunilingus; lamber-te; pas- aquele ou aquilo que exala mau cheiro ou causa náu-
sar a casa a pano; broche feminino sea (por razões físicas, psicológicas ou comporta-
fema mentais) ,
mulher ou rapariga muito jeitosa sin.: fedorento; malcheiroso; nauseabundo; nojento;

sin.: toura; mulher boa; bomba; boazona; és toda putrefacto; podre; piolhoso; tinhoso
grossa; pitéu; conaça; borracho level: erudito
ex.: aquela gaja é uma fema Fevereiro
local: Açores é um: mês

feriado é uma subdivisão do ano


um tempo livre na escola fezada
sin.: furo ex.: estou cá com uma fezada de que hoje vou ga-

ferrar a unha nhar


vender muito caro, vigarizar •
ferrar no sono intuição
ir para a cama dormir ex.: estou com uma fresada que hoje vai chover

sin.: chonar; dormir; ressonar; ferrar o galho; passar fezes


a vale de lençóis; ir amassar a palha excrementos, fezes consistentes e enformadas
ferrar o cão sin.: berdamerda; merda; cagalhão; caca; poio; ci-

não pagar uma coisa adquirida rolho; bunicos; trampa; bosta


sin.: pregar o calote; pregar um calote; calotear a mais no
ferrar o dente ex.: "antes fazia tudo o que lhe apetecia, agora a

comer mais no"


ferrar o galho patt: (a/pia) mais no

ir para a cama dormir a-te na Virgem e não corras


sin.: chonar; dormir; ressonar; ferrar no sono; pas- é um: dito proverbial

sar a vale de lençóis; ir amassar a palha não car à espera... fazer algo
ca caladinho 86 car em jejum

ca caladinho car com um grande melão


é um: ameaça ◦ car destroçado, desiludido, sem palavras
◦ acalma-te e cala-te (imperativo, em tom de ame- ◦ sofrer uma grande decepção
aça) sin.: car com um grande cabeça; car de orelha
◦ envolve car em posição de submissão murcha; car de beiça caída
sin.: achandrar-se; baixar a bola; não pies ex.: Depois da derrota, os benquistas caram com
patt: ca caladinho (/se não levas no focinho) um grande melão
car a chuchar no dedo car em águas de bacalhau
◦ Esperando algo que não aconteceu ou não apare- não se realizar
ceu, esperar em vão sin.: acabar em pizza; dar em nada
◦ sem nada, não conseguir obter o que pretendia patt: (car*/dar*/acabar*) em águas de bacalhau
sin.: lerpar; car a ver Braga por um canudo; car car de beiça caída
a ver navios; car com as mãos a abanar; voltar ◦ car destroçado, desiludido, sem palavras
de mãos vazias ◦ sofrer uma grande decepção
patt: car* a (chuchar/chupar) no dedo sin.: car com um grande cabeça; car com um
car à dependura grande melão; car de orelha murcha
car aguado car de boca aberta
car a rir-se pasmado
car arrumado patt: (car*/) de boca aberta
patt: car* arrumado*GN car de braços cruzados
car a secar car de cara à banda
car a tinir car de emenda
car a ver Braga por um canudo car de fora
◦ Esperando algo que não aconteceu ou não apare- car deitar fumo pelas orelhas
ceu, esperar em vão ◦ _ muito zangado
◦ sem nada, não conseguir obter o que pretendia ◦ diz-se de alguém completamente transtornado,
sin.: lerpar; car a ver navios; car a chuchar no descontrolado, de mau-humor
dedo; car com as mãos a abanar; voltar de mãos sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado;
vazias estar fora de si; perder as estribeiras; passar-se
ex.: tu vendeste o terreno e ele cou a ver Braga dos carretos; car piurso; car furioso; car furi-
por um canudo bundo; car tresloucado; saltar-lhe a tampa; per-
patt: (car* a/) ver Braga por um canudo der a tramontana; perder o norte; desnortear-se;
car a ver navios ferver em pouca água; ferver-lhe o sangue nas
◦ Esperando algo que não aconteceu ou não apare- veias
ceu, esperar em vão car de molho
◦ sem nada, não conseguir obter o que pretendia car de nariz torcido
sin.: lerpar; car a ver Braga por um canudo; car car de olho
a chuchar no dedo; car com as mãos a abanar; vigiar
voltar de mãos vazias car de orelha murcha
ori.: Dom Sebastião, morreu na batalha de Alcácer- ◦ car destroçado, desiludido, sem palavras
Quibir, mas o corpo não foi encontrado. A partir ◦ sofrer uma grande decepção
de então, o povo português esperava sempre o sin.: car com um grande cabeça; car com um
retorno do monarca salvador. grande melão; car de beiça caída
car baço car de pé
car balhelhas car de quarentena
é um: frase pitoresca car descalço
car tonto, confuso, toldado car desvairado
ex.: Depois de beber um copo o Carlos ca balhelhas car tresloucado devido a uma situação ou conjunto
de todo de acontecimentos que nunca deviam ter aconte-
local: pt cido
car com a criança nos braços sin.: ter uma apoplexia; ter um ataque de nervos;
car com a parte de leão ter um ataque de caspa; perder o norte
car com água na boca car de tanga
patt: ((car*/) com/(de/) (fazer*/) crescer*) água car em branco
na boca car emburrado
car como dantes car sentido com o que lhe foi dito, sugerido ou in-
car como se nada fosse sinuado e reagir com expressão facial ou corporal
car com pele de galinha a tal facto
car arrepiado sin.: armar o burro; amuar
patt: (car* com/) pele de galinha car em conta
car com uma grande cachola car em jejum
car em terra 87 car para semente

car em terra car grosso


◦ perder o transporte que ia apanhar patt: car* grosso*N
◦ car para trás car com as mãos a abanar
car encalhada ◦ Esperando algo que não aconteceu ou não apare-
Rapariga que permanece solteira para além do ceu, esperar em vão
tempo normal para casar ◦ sem nada, não conseguir obter o que pretendia
sin.: car para tia; solteirona sin.: lerpar; car a ver Braga por um canudo; car
ex.: Coitado do Maurício: a lha mais velha cou a ver navios; car a chuchar no dedo; voltar de
encalhada... mãos vazias
car engasgado patt: (car*/ir*/) (com as/de/) mãos a abanar
car entregue à bicharada car lá para os quintos dos infernos
car escaldado Diz-se de um sítio muito longe
car a zero sin.: cu de Judas; morar em casa do Diabo mais
patt: (car*/estar*) a zero velho; cascos de rolha; car para lá do sol posto;
car um brinco onde o Diabo perdeu as botas; no meio de nenhu-
car uma perfeição res; onde Judas perdeu as botas
patt: (car*/estar*/como) um brinco car mal na fotograa
car com um grande cabeça dizer ou fazer alguma coisa que origine uma má ima-
◦ car destroçado, desiludido, sem palavras gem de quem o disse ou fez, face a terceiros, de-
◦ sofrer uma grande decepção signadamente sempre que se trate de declarações
sin.: car com um grande melão; car de orelha ou actos de guras públicas
murcha; car de beiça caída sin.: car mal no boneco; fazer má gura; fazer
patt: (car*/estar*) com um grande (ca- gura de urso
beça/cachola/mona) ex.: o guarda-redes cou mal na fotograa; podia
car de cabeça perdida bem ter defendido
patt: (car*/estar*) de cabeça perdida car mal no boneco
car verde de raiva dizer ou fazer alguma coisa que origine uma má ima-
◦ _ muito zangado gem de quem o disse ou fez, face a terceiros, de-
◦ diz-se de alguém completamente transtornado, signadamente sempre que se trate de declarações
descontrolado, de mau-humor ou actos de guras públicas
sin.: estar pior que estragado; estar fora de si; per- sin.: car mal na fotograa; fazer má gura; fazer
der as estribeiras; passar-se dos carretos; car gura de urso
piurso; car furioso; car furibundo; car treslou- ex.: O Presidente cou mesmo mal no boneco com
cado; car deitar fumo pelas orelhas; saltar-lhe a declaração que fez...
a tampa; perder a tramontana; perder o norte; car muito aquém das expectativas
desnortear-se; ferver em pouca água; ferver-lhe o desiludir, car abaixo do esperado
sangue nas veias sin.: deixar muito a desejar
patt: (car*/estar*/) verde*N de raiva car na gaveta
car feito num go car na penumbra
car furibundo car na prateleira
◦ _ muito zangado car na sua
◦ diz-se de alguém completamente transtornado, car no papel
descontrolado, de mau-humor car no rol do esquecimento
sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado; car nos cornos do touro
estar fora de si; perder as estribeiras; passar- é um: idiomática
se dos carretos; car piurso; car furioso; - car mal visto, ser culpabilizado ou responsabilizado
car tresloucado; car deitar fumo pelas orelhas; por uma situação ingrata
saltar-lhe a tampa; perder a tramontana; per- sin.: lixar-se; tramar-se; lerpar
der o norte; desnortear-se; ferver em pouca água; ex.: Sempre que há confusão, eu é que co sempre
ferver-lhe o sangue nas veias nos cornos do touro.
car furioso local: pt centro
◦ _ muito zangado car no segredo dos deuses
◦ diz-se de alguém completamente transtornado, car para aí
descontrolado, de mau-humor car para as segundas núpcias
sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado; car para lá do sol posto
estar fora de si; perder as estribeiras; passar- Diz-se de um sítio muito longe
se dos carretos; car piurso; car furibundo; - sin.: cu de Judas; car lá para os quintos dos infer-
car tresloucado; car deitar fumo pelas orelhas; nos; morar em casa do Diabo mais velho; cascos
saltar-lhe a tampa; perder a tramontana; per- de rolha; onde o Diabo perdeu as botas; no meio
der o norte; desnortear-se; ferver em pouca água; de nenhures; onde Judas perdeu as botas
ferver-lhe o sangue nas veias car para semente
car para tia 88 no como um rato

car para tia láucia


Rapariga que permanece solteira para além do comm: ?
tempo normal para casar local: Brasil
sin.: car encalhada; solteirona lho bastardo
car pelo beicinho lho cujo os pais são solteiros
estar apaixonado sin.: baladinho; lho natural; bastardo
sin.: preso pelo beicinho lho da curta
car pelo beiço é um: eufemismo por semelhança sonora
car pendurado sin.:
patt: car* pendurado*GN
lho da mãe
car piurso lho da mamã
◦ _ muito zangado
diz-se de alguém muito mimado
◦ diz-se de alguém completamente transtornado,
sin.: menino da mamã
descontrolado, de mau-humor
lho da puta
sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado;
é um: insulto
estar fora de si; perder as estribeiras; passar-
se dos carretos; car furioso; car furibundo; - insulto grave (que não deve ser tomado literalmente)
level: calão muito carroceiro
car tresloucado; car deitar fumo pelas orelhas;
saltar-lhe a tampa; perder a tramontana; per- lho natural
der o norte; desnortear-se; ferver em pouca água; lho cujo os pais são solteiros
sin.: baladinho; lho bastardo; bastardo
ferver-lhe o sangue nas veias
level: coloquial
lho pródigo
car por cima lme de foda
car queimado lme pornográgico
patt: car* queimado*GN level: calão carroceiro

car sem conserto losoa jsocrática


car sem fala é um: uso pouco difundido

car sem jeito ◦ referente oshores, malas de dinheiros, conselhias


car sem sentidos e outros negócios de legalidade duvidosa
car comido por lorpa ◦ suborno, corrupção
patt: (car*/ser*) comido (por lorpa/) sin.: negócios escuros; jotasocrático

car todo inchado ex.: A losoa jsocrática tem guiado a política por-

car tresloucado tuguesa


◦ _ muito zangado patt: (losoa/abordagem) jsocrática

◦ diz-se de alguém completamente transtornado, na or


descontrolado, de mau-humor nar-se
sin.: car verde de raiva; estar pior que estragado; morreu, faleceu
estar fora de si; perder as estribeiras; passar-sesin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-
dos carretos; car piurso; car furioso; car furi- leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir
bundo; car deitar fumo pelas orelhas; saltar-lhe para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das
a tampa; perder a tramontana; perder o norte; tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para
desnortear-se; ferver em pouca água; ferver-lhe o os anjinhos; ir às malvas; passar desta para me-
sangue nas veias lhor; quinar; dar o peido mestre; dormir o sono
car trombudo eterno; descanso eterno; dar o último suspiro; dar
car tudo na mesma o couro às vacas; abotoar o paletó; entregar a
car varado alma a Deus; anafragar; estertorar; marchar
patt: car* varado*N level: erudito
car à nora ngido
expressão usada para descrever situações difíceis, es-
pessoa enganadora, que parece um santo e é um hi-
tar desorientado pócrita
adivinha: sin.: farsola; hipócrita
p: qual o melhor sogro do mundo? ngidor
r: É o Cavaco que se foi embora e deixou tudo à
Pessoa que alega, sem motivo, sofrer de doença que
nora o impede de trabalhar
patt: (car*/ver-se*/deixar*/andar*/estar*) à nora
sin.: ter uma dor em frente do joelho; ter ossos
el como um cão moles; preguiçoso
el farrapo no como um rato
gurão das dúzias ser esperto, astucioso, nório
guras de retórica sin.: nos como corais; no como um alho; melro
lar à perna de bico amarelo
ex.: se hão-de lar à perna do sr,
no como um alho 89 fogos reais

no como um alho foda-se!


ser esperto, astucioso, nório interjeição de desagrado ou de espanto
sin.: no como um rato; nos como corais; melro de sin.: caralho!; carago!; caraças; caramba; porra;

bico amarelo poça!; droga!; chiça; arre porra!; puta que pariu!
patt: (no/esperto) como um alho level: calão muito carroceiro

nos como corais foder


ser esperto, astucioso, nório causar prejuízos ou embaraços a alguém
sin.: no como um rato; no como um alho; melro sin.: quilhar; tramar; lixar; prejudicar

de bico amarelo level: calão carroceiro

ex.: dos meus companheiros de classe, alguns nos •


como corais, poucos assinam hoje o nome ter relações sexuais
o condutor sin.: fazer amor; pinar; quilhar; pilar; copular; dar

o da meada uma ponteirada; dar-lhe aço; estar no refustedo;


que lá com esta fornicar; transar; aambrar alguém; anfar-lhe;
físico afogar o ganso; pinocar; gibra; mandar o Ber-
homem com físico desenvolvido, musculado, entron- nardo às compras
cado level: calão carroceiro

sin.: capado; arcaboiço; caparro fodilhão


ex.: tu não tens físico para pegar nisso homem que fode muito e com muitas
xe ex.: és um fodilhão

bom, agradável level: calão carroceiro

sin.: bestial; porreiro; bacana; porreiraço fodo-te todo à porrada


ex.: fulano é um tipo muito xe ameaça muito séria
xolas level: calão carroceiro

interjeição de agrado patt: fodo-te todo (à porrada/)

sin.: bestial; ser baril; ser altamente fofoqueiro


zeste-la bonita diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora
zeste asneira meter-se na vida dos outros
sin.: anzoneira; cabaneiro; coscuvilheiro; cusca; me-
atulência
saída de gazes intestinais tediço; bisbilhoteiro; mexiriqueiro; bilhardeiro
local: Brasil
sin.: peido; traque; bufa; farpa; pum; bombarda
level: erudito
fogo!
é um: eufemismo por semelhança sonora
ausino
sin.: trinca-espinhas
exclamação denotando desagrado ou pasmo
sin.: fonix!; fonha-se!; fosca-se!
ipar
fogo cruzado
uma forte demonstração de emoção ou sentimentos
Alvo visado simultânea e conjugadamente por duas
ex.:
armas
frase: A garina estava a ipar, meu! sin.: entre dois fogos
equiv: A mulher estava completamente louca de ex.:
emoção
frase: O navio cou na mira do fogo cruzado de
level: coloquial
defesa da barra
• equiv: Manobra táctica para aniquilar mais facil-
car maluco momentaneamente mente força inimiga, consistindo em combinar
sin.: marar; passar-se; perder a cabeça; pirar de vez;
fogo oriundo de duas origens actuando em si-
estar a dar tilt multâneo de lados opostos do alvo
level: coloquial
local: pt
irtar fogo de vista
focinho fogo de artifício
Designação pejorativa da cara de alguém sin.: fogo preso
sin.: ventas; tromba; fronha; cara
patt: fogo*N de artifício
level: coloquial
fogo posto
foco de infecção Acção criminosa que consiste em incendiar bens
patt: foco*N de infecção alheios por vingança, encomenda ou perturbação
foda mental
copular ex.: Ardeu a seara da Agustina - foi fogo posto por
sin.: pinocada; queca; coito; dar uma rapidinha; dar vingança dum antigo empregado
uma trancada; dar uma caimbrada; berlaitada; fogo preso
cambalhota sin.: fogo de artifício
level: calão muito carroceiro fogos reais
foi à vela 90 fronha

foi à vela fora dos eixos


◦ desapareceu denitivamente, sumiu-se forçar a barra
◦ cou inutilizado forçar a nota
sin.: dar-lhe o lâmpedo; ir à viola; dar o triste pio; forças vivas
foi para o maneta fornicar
patt: foi (à/de) vela ter relações sexuais
foi chão que deu uvas sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; copu-
foi o bom e o bonito lar; dar uma ponteirada; dar-lhe aço; estar no re-
patt: (foi/é/ouvir de/) o bom e o bonito fustedo; transar; aambrar alguém; anfar-lhe;
foi para o maneta afogar o ganso; pinocar; gibra; mandar o Ber-
◦ desapareceu denitivamente, sumiu-se nardo às compras
◦ cou inutilizado level: calão
sin.: dar-lhe o lâmpedo; ir à viola; foi à vela; dar o
foro íntimo
triste pio forrobodó
nota: Maneta é uma alusão a um general respon-
confusão
sável pelo desaparecimento de inúmeras coisas sin.: pessegada; barafunda
aquando das invasões francesas, trata-se do ge-
fortaleza voadora
neral Loison (as 3 invasões francesas)
patt: fortaleza*N voadora*N
patt: foi*N para o maneta
foi o m do mundo forte e feio
patt: (foi o/) m do mundo intensamente
foi para o caralho fosca-se!
perder-se, ser roubado, avariar, morrer é um: eufemismo por semelhança sonora
sin.: ir para o maneta; ir para o estaleiro; foi um ar exclamação denotando desagrado ou pasmo
que lhe deu; ir à vida sin.: fogo!; fonix!; fonha-se!
level: calão fosso longo
foi sol de pouca dura comm: ?
foi um ar que lhe deu
fraldisqueiro
perder-se, ser roubado, avariar, morrer
é um: termo calão
sin.: ir para o maneta; ir para o estaleiro; ir à vida;
foi para o caralho pessoa muito descuidada no vestir
sin.: mal-pronto; mal amanhado; destrambelhado
foleiro
ex.: que vestimenta mais fraldisqueira...
é um: insulto
nota: fralda da camisa fora das calças??
de fraca qualidade
local: pt
sin.: chunga; chungoso; fatela; rasca; bera
folha de pagamento franca cavaqueira
patt: folha*N de pagamento sin.: amena cavaqueira; conversa ada

folha de serviços franzir as sobrancelhas


patt: folha*N de serviços zangado
fome sin.: franzir a testa
sin.: larica; ráa
franzir a testa
ex.: estou cá com uma larica
zangado
fonha-se! sin.: franzir as sobrancelhas
é um: eufemismo por semelhança sonora
frase feita
exclamação denotando desagrado ou pasmo
patt: frase*N feita*N
sin.: fogo!; fonix!; fosca-se!
fonix! frenicoques
é um: eufemismo por semelhança sonora arrepios, contracções corporais, por impaciência ou
exclamação denotando desagrado ou pasmo irritação
sin.: fogo!; fonha-se!; fosca-se! ex.: Dá-me fernicoques ouvir aquele indivíduo dizer

fonte segura tais disparates


patt: fonte*N segura*N level: coloquial

fora da lei local: pt

fora das marcas frio


fora de horas sin.: briol; griso
fora de moda fronha
pessoa velha, fora de moda, ou com ideais antiqua- Designação pejorativa da cara de alguém
das sin.: focinho; ventas; tromba; cara
sin.: ser um coroa; retrógrado; ser um cota; velha-
ex.: Olha fronha daquela gaja. É mesmo feia
das; ser da geração do papel, canetas e selos; ser
um bota de elástico; careta
frozô 91 galdéria

frozô futum
◦ homossexual masculino passivo mau cheiro
◦ indivíduo efeminado sin.: fedor; pivete; catinga; inhaca; odor

G
sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; bai-
tola; abichanado; lingrinhas; maricas; miasco;
rabo; rabeta; rebola; rabolho; panasca; panisga;
panilas; panão; panuco; picolho; veado; perobo;
boiola; roto; abafa-palhinha; gay
genero: masculino gabarolas
local: Brasil diz-se de alguém muito convencido, arrogante e que
fruto proibido se gaba mesmo do que não faz
fubanga sin.: granadas; ser um convencido; armante

uma mulher grande, deselegante e desajeitada level: coloquial

sin.: basculho; camafeu; cavalona; ser uma baranga; gabarolices


ser um bacalhau gabar-se de talentos, capacidades e coisas diversas
local: Brasil com grande exagero (e por vezes com pouca ver-
fufa dade)
homossexual feminina sin.: bazóas

sin.: lésbica; fessureira; sapatona; caminhoneira level: calão

level: calão carroceiro gaba-te cesta!


fugante gabiru
pistola sin.: malandro

sin.: pistola; canhangulo; canhão; canhota; fusca gadelha


fugir cabeleira grande de preferência suja e desgrenhada
fugir, afastar-se sin.: gandufa; gaforina; juba; trunfa

sin.: dar ares de Vila Diogo; dar à sola; dar de gadelhudo


frosques; dar de trancas; cavar; pirar-se; vazar; jovem (masc) sicamente muito desenvolvido para a
pôr-se no piro; pôr-se na alheta; pôr-se nas anda- idade mas desleixado ou de aparência descuidada
deiras; pôr-se ao fresco; pôr-se a mexer; pôr-se a sin.: zabeludo
bulir; pôr-se a milhas; pôr-se a andar; cair fora; ver: gadelha
mandar-se; ralar peito; picar a mula; escafeder- gaforina
se; acunhar; pisar fundo cabeleira grande de preferência suja e desgrenhada
fugir como o Diabo da cruz sin.: gandufa; gadelha; juba; trunfa
fugir com o rabo à seringa local: Brasil
fugir-lhe a boca para a verdade gaja
fuínha namorada, rapariga
é um: mamífero
sin.: garina; chavala; guria; garota; cruzeta; pailha;
fulano mina; miúda; rapariga
usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de gajo
referir uma pessoa usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de
sin.: gajo; tipo; meco; caramelo; indivíduo; fabiano;
referir uma pessoa
bacano; mano; melro sin.: tipo; meco; caramelo; indivíduo; fulano; fabi-
fumar o cachimbo da paz ano; bacano; mano; melro
fumar uma cena level: coloquial
drogar (ganza, ganzado) galantear
sin.: ganzar
fazer a corte, namorar
dom: droga
sin.: arrastar a asa; damar; cortejar; fazer pé de
furar alferes
tirar a virgindade a (mulher) galar
level: calão carroceiro
cavalheiros que tentam seduzir namoradas. Pode
furar a bicha também referir-se a prostituta que anda à pro-
furar a greve cura de clientes.
furo sin.: andar no engate; engatar; garanhar
um tempo livre na escola level: calão
sin.: feriado
galdéria
ex.: hoje tive um furo ao segundo tempo
é um: insulto
fusca é usado genericamente para insultar violentamente
pistola alguém do sexo feminino que vive de expedientes,
sin.: pistola; canhangulo; canhão; canhota; fugante
que não tem objectivos. Tomado à letra indicaria
fuso horário - mulher que vive na prostituição
galdéria 92 ganzar

sin.: puta; mulher da má vida; mulher devassa; ganapada


mulher promíscua; coirão; mulher de mau porte; conjunto de miúdos
mulher de meia porta; prostituta; putéa; prosti- sin.: canalha; putos; garotada; pivetada; rapaziada
puta; barregã; cuarra; meretriz; vaca; vaca desco- local: pt norte
munal; vacão; quenga; pechenga; piriguete; repu- ganapo
tenga; vadia; oferecida; bicha de angola; rameira ◦ criança que está a começar a aprender coisas e
ex.: és uma galdéria a percebê-las, garoto que tem a mania que é es-
galdérias perto, criança ainda pequena que crê saber mais
conjunto de putas do que de facto sabe
sin.: putedo; levianas ◦ garoto, jovem do sexo masculino, algo atrevido
galera sin.: pirralho; pivete; catraio; puto; miúdo; garoto;
grupo de pessoas guri; cacafelho
sin.: grupo; turma ex.: o danado do ganapo foi-me às bolachas
galheta level: coloquial
é um: ave ganda
sin.: corvo-marinho é um: deturpação de pronúncia
• grande
é um: pancada gandufa
◦ (ameaça de) pancada na zona da cabeça ou pes- cabeleira grande de preferência suja e desgrenhada
coço sin.: gadelha; gaforina; juba; trunfa
◦ usado tipicamente como aviso prolático gandulagem
sin.: cachaço; cascudo; belinha sin.: malandragem
ex.: Se não te pões direito, levas um par de galhetas gandulo
que até andas de lado é um: insulto
level: calão
tipo suspeito
galifona sin.: maoso
galinha ganhar a vida
é um: ave
ganhar calo
galinha dos ovos de ouro ganhar fama e deitar-se a dormir
fonte de rendimento fácil (mas rara) sem trabalho ganhar o dia
sin.: árvore das patacas
ganhar para os alnetes
galinha choca suciente mas com pouco folga
alguém que não se mexe sin.: dar para os gastos
patt: galinha*N choca*N
ganhar este mundo e o outro
galucho ◦ grandes quantidades
soldado recentemente incorporado (e que, proveni- ◦ promessas exageradas e impossíveis de cumprir
ente de meio rural, ainda não se adaptou à vida sin.: ganhar mundos e fundos
da cidade) . Associava-se ao galucho a sopeira patt: (ganhar*/querer*/prometer*/pedir*) este
(criada de servir, empregada doméstica que vivia mundo e o outro
na casa dos patrões) , pois ambos aproveitavam
ganhar mundos e fundos
a curta folga de domingo para se catrapiscarem,
◦ grandes quantidades
ou seja, para trocarem olhares que podiam levar
◦ promessas exageradas e impossíveis de cumprir
a um namoro
sin.: ganhar este mundo e o outro
sin.: magala; carango
patt: (ganhar*/querer*/prometer*/pedir*/) mun-
gamar
dos e fundos
furtar, roubar
sin.: bifar; pifar; afanar; gardanho; rapinar; surri-
ganhar tempo
piar; fanar; roubar; palmar; empalmar; fazer mão ganhar terreno
leve a ganza
ex.: Ainda de hei de gamar a galinha
cigarro feito à mão (mistura de tabaco e ha-
level: coloquial
xixe/erva)
sin.: porro; charro; broca

ex.: vou fumar uma ganza
guardar para si, fazer desaparecer, car com...
dom: droga
sin.: aambrar; abotoar-se com coisa; aambrar-
level: calão
se com coisa; abarbatar-se com coisa; deitar a
local: pt sul
mão; deitar as garras
level: coloquial
ganzar
gambuzino drogar (ganza, ganzado)
sin.: fumar uma cena
é um: animal imaginário
dom: droga
ex.: vai caçar gambuzinos
garanhar 93 gigolô

garanhar gato
cavalheiros que tentam seduzir namoradas. Pode é um: mamífero
também referir-se a prostituta que anda à pro- animal doméstico que mia
cura de clientes. sin.: bichano
sin.: andar no engate; engatar; galar •
level: calão incorrecção num texto
gardanho sin.: gralha; erro
furtar, roubar genero: masculino
sin.: bifar; pifar; gamar; afanar; rapinar; surripiar; gram: só usado no masculino
fanar; roubar; palmar; empalmar; fazer mão leve level: coloquial
a gato pingado
ex.: ele anda no gardanho ex.:
level: calão frase:só apareceram uns 5 gatos pingados...
garina equiv: apareceu muito pouca gente
namorada, rapariga patt: gato*N pingado*N
sin.: chavala; guria; garota; cruzeta; gaja; pailha; gay
mina; miúda; rapariga ◦ homossexual masculino passivo
level: coloquial
◦ indivíduo efeminado
local: sul
sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; bai-
garota tola; abichanado; lingrinhas; maricas; miasco;
namorada, rapariga rabo; rabeta; rebola; rabolho; panasca; panisga;
sin.: garina; chavala; guria; cruzeta; gaja; pailha;
panilas; panão; panuco; picolho; veado; perobo;
mina; miúda; rapariga boiola; frozô; roto; abafa-palhinha
garotada genero: masculino
conjunto de miúdos level: calão carroceiro
sin.: canalha; putos; ganapada; pivetada; rapaziada

garoto trocadilho:
◦ criança que está a começar a aprender coisas e é um:
a percebê-las, garoto que tem a mania que é es-  trocadilho fonético
perto, criança ainda pequena que crê saber mais  anedota
do que de facto sabe estar cercado de homossexuais
◦ garoto, jovem do sexo masculino, algo atrevido !name: entreguei
sin.: ganapo; pirralho; pivete; catraio; puto; miúdo;
gazonete
guri; cacafelho
rapidez, com elevada velocidade
gás à tábua! sin.: bolina; esgalha; gáspea; na mecha; bisga; esti-
andar a toda a velocidade (normalmente referente a
lha; ir nas horas do caralho
carros)
level: coloquial
sin.: dar aço; meter o prego a fundo
gelado quente
gáspea
rapidez, com elevada velocidade pancada
sin.: traulitada; pantufada; pirolito; charutada; car-
sin.: bolina; esgalha; gazonete; na mecha; bisga;
estilha; ir nas horas do caralho rolaços
ex.: anda sempre na gáspea, e os resultados estão à
gelar-lhe o sangue nas veias
vista gente de fora
level: coloquial
gente de palmo e meio
gastar cera com ruim defunto crianças
não ser permiado pelos trabalhos prestados a alguém gente de paz
ex.: "Tratei-lhe de tudo e nem uma recompensa me
gente na é outra coisa
deu. Andei a gastar cera com ruim defunto" geração rasca
gastar o meu latim gibra
argumentar, tentar convencer ter relações sexuais
sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; copu-
ex.:
frase: não vale a pena gastares o teu latim... lar; dar uma ponteirada; dar-lhe aço; estar no
equiv: não me tentes convencer refustedo; fornicar; transar; aambrar alguém;
patt: gastar* o (meu/teu/seu) latim
anfar-lhe; afogar o ganso; pinocar; mandar o
gastar uns cobres Bernardo às compras
gata borralheira gigolô
patt: gata*N borralheira*N ◦ indivíduo que vive à custa de uma prostituta
gatar ◦ ruão
reprovar sin.: chulo; putanheiro; alcoviteiro; ruão

sin.: apanhar um chumbo; chumbar level: calão


gilete 94 grana

gilete gordo
sin.: bissexual sin.: obeso; labumba
ex.: gordo como um nabo
frase: essa fulana é gilette...
sin.: gordo como um texugo
equiv: como as primeiras lâminas de 2 cortes, o a
gordo como um texugo
que dá para os dois lados.
sin.: gordo como um nabo
ginástica rítmica
glossário de contra-resposta gordura é formosura
é um: lenga-lenga infantil gorduroso
◦ exp: estou com fome! ◦ alguma coisa que se cola a tudo
resp: come um homem! ◦ alguém incomodativo que não nos larga
◦ exp: estou com sede! sin.: viscoso; peganhento; pegajoso; sebento

resp: bebe uma parede! gorgomilo


◦ exp: estou com pressa! garganta, amígdalas.
resp: come uma travessa! sin.: goelas
◦ exp: o que é para o almoço? ex.:
resp: cascas de tremoço! frase: Já tem a pança cheia até aos gorgomilos!
◦ exp: o que é para o jantar? equiv: comeu de mais
resp: bordas de alguidar!
gorpelha
◦ exp: o que é para a ceia?
alcofa muito grande para transportar coisas
resp: morrões de candeia!
ex.: leva os gos na gorpelha
◦ exp: e depois?
local: alentejo e Algarve
resp: morreram as vacas e caram os bois!
◦ exp: queres que te diga? gosma
resp: sim. diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes-
resp2: morreu uma formiga. soas, de modo incomodativo
◦ exp: queres que te conte? sin.: chato; aborrecido; incomodativo; melga; fega;
resp: sim. cromo; postal; autocolante; adesivo; besunta
resp2: morreu no monte. gostar à brava
◦ exp: queres que te acabe de contar? gostos não se discutem
resp: sim. gozar à brava
resp2: ainda está por enterrar. sin.: curtir
glutão gozar com
pessoa com apetite devorador e estômago de innita sin.: fazer chacota; dar tanga; reinar com
capacidade gozar o panorama
sin.: lateiro; limpa-travessas; betoneira; comilão
gozo
Godoma e Somorra
estar a brincar, estar a mangar comigo
é um: trocadilho por cruzamento
sin.: mangação; brincadeira; reinação
versão ultra desregrada e promíscua de Sodoma e
Gomorra graças a Deus
goelas gralha
garganta, amígdalas. é um: ave

sin.: gorgomilo ave preta da famílias dos corvídeos


gola do vento •
usado quando um ma porção de líquido ou sólido se incorrecção num texto
aloja indevidamente nas vias aéreas, fora do seu sin.: erro; gato
normal trajecto pelo tubo digestivo superior level: coloquial
ex.: Fiquei engasgado! Foi-me para a gola do •
vento... pessoa (normalmente mulher) que fala demais, que
level: coloquial
nunca se cala
local: pt
gramar a bucha
golpe de asa grana
golpe de vista
dinheiro
golpe baixo
sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; caroço; graveto;
patt: golpe*N baixo*N
granfo; papel; patacão; pilim; cheta; massa; vil
golpe de estado
metal; pastel; pasta; dinheiro; guito; guita; tutu;
patt: golpe*N de estado
verdinha
golpe de mão
level: coloquial
patt: golpe*N de mão
local: Brasil
golpe de mestre
patt: golpe*N de mestre
granadas 95 guerra de nervos

granadas greta
diz-se de alguém muito convencido, arrogante e que órgão sexual feminino
se gaba mesmo do que não faz sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina;

sin.: gabarolas; ser um convencido; armante ninho; parreco; pombinha; racha; febra; entrefo-
ex.: lhos; mexilhão; ostra; pachacha; patareca; passa-
frase: tás-te a armar em granada? rinha; perseguida; boceta; conaça; crica; aranha;
equiv: pensas que és melhor do que os outros? fanesga; boca do corpo; xana
level: coloquial en: pussy
local: pt norte level: calão carroceiro
grande malho gringa
queda aparatosa seringa para injectar droga
sin.: compressor; seringa; caneta; bomba; chica;
sin.: tralho; tombo; palhaço; estamboereda; tram-
bolhão; grande terno martelo
dom: droga
patt: (grande/) malho

grande penalidade griso


sin.: briol; frio
patt: grande*N penalidade*N
gritar a plenos pulmões
grande terno gritaria
queda aparatosa ◦ Barulho, barulheira
sin.: tralho; grande malho; tombo; palhaço; estam-
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes-
boereda; trambolhão soas está a fazer demasiado barulho ou desordem
ex.: Ele deu um terno que pensei que tinha partido
◦ desordem, desorganização
os ossos todos! sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en-
patt: (grande/) terno
granzel; cagaçal; bagunceira; bagunça; algazarra;
granel chinfrim; chinfrineira; banzé; papagaiada; granel;
◦ Barulho, barulheira peixeirada; balbúrdia; quizumba; sem trelho nem
◦ Reclamação de que certa pessoa ou grupo de pes- trebelho
soas está a fazer demasiado barulho ou desordem grosseiro
◦ desordem, desorganização é um: insulto
sin.: chavascal; basqueiral; basqueiro; chiqueiro; en- mal-educado, bruto, ignorante, rude, sem maneiras
granzel; cagaçal; bagunceira; bagunça; algazarra; sin.: bertoldo; burgesso; ordinário; alarve; achavas-
chinfrim; chinfrineira; banzé; papagaiada; peixei- cado; rude; matarruano; ser um casca-grossa
rada; balbúrdia; gritaria; quizumba; sem trelho grosso da coluna
nem trebelho parte principal
ex.: que grande granel que para aqui vai grunho
granfo grupo
dinheiro mentira, partida, brincadeira
sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; caroço; graveto; sin.: treta; peta; patranha; reinação; bai no Batalha

papel; patacão; pilim; cheta; massa; vil metal;


grana; pastel; pasta; dinheiro; guito; guita; tutu; ex.:

verdinha frase: Eu cá não papo grupos

gravatada equiv: Não acredito em histórias da carochinha

pancada nos testículos


graveto ex.:
frase: Era grupo
dinheiro
equiv: era (mentira/brincadeira)
sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; caroço; granfo;
level: coloquial
papel; patacão; pilim; cheta; massa; vil metal;
grana; pastel; pasta; dinheiro; guito; guita; tutu; •
verdinha grupo de pessoas
sin.: galera; turma
gregar
guarda avançada
vomitar guarda de honra
sin.: vomitar; cabritar; chamar o Gregório
patt: guarda*N de honra
ex.: cuidado que ele vai gregar, caralho
guardar segredo
grelo não contar tudo, guardar segredos, esconder, fazer
é um: alimento
mistério
• sin.: fechar-se em copas; esconder o jogo; fazer cai-
parte dos órgãos sexuais femininos xinha
sin.: pingalim; clitóris guerra aberta
level: calão estupidamente carroceiro sin.: guerra sem quartel; guerra total
guerra de nervos
guerra fria 96 heroína

guerra fria Há ... mas são verdes


guerra sem quartel há pouco
sin.: guerra total; guerra aberta há que séculos!
guerra total exclamação usada quando se encontra alguém após
sin.: guerra sem quartel; guerra aberta ausência prolongada
guerreiro há três - quinze dias
é um: adepto ferrenho de clube de futebol
... há uns tempos atrás
adepto do Braga sin.: aqui há atrasado
guita
dinheiro arestas a limar
sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; caroço; graveto;
diz-se de uma obra ou atividade inacabada, malfeita
granfo; papel; patacão; pilim; cheta; massa; vil ou a melhorar
sin.: atamancado
metal; grana; pastel; pasta; dinheiro; guito; tutu;
verdinha ex.:

ex.: não posso ir ao cinema, estou com pouca guita...


frase: O trabalho está quase pronto mas ainda
guito há umas arestas a limar...
dinheiro equiv: ainda não está perfeito

sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; caroço; graveto; patt: (/haver* umas) arestas a limar

granfo; papel; patacão; pilim; cheta; massa; vil haxixe


metal; grana; pastel; pasta; dinheiro; guita; tutu; haxixe, produto solidicado da seiva do canabis.
verdinha Entorpecente extraído de uma variedade de câ-
ex.: já não há guito... nhamo (Cannabis indica), cujos efeitos no orga-
guna nismo humano são análogos aos do ópio. Do óleo
alguém que pela forma de vestir (boné de lado, cal- canábico se extrai o hidrocarbureto C. 18 H. 20,
ças largas, piercings nas orelhas) ou de se com- denominado canabeno, antiespasmódico e narcó-
portar não inspira conança, estando associado à tico que, ministrado em doses consideráveis, pro-
criminalidade menor duz sintomas psicóticos e intoxicação. É aplicável
sin.: meliante; mitra; delinquente; bandido; deso- nos estágios de delirium tremens. Muitos identi-
nesto; ralé; escória cam o haxixe com a maconha. Comuníssimo
ex.: "Que ganda guna! / Olha p' áquela gunada! / na África do Norte e no Oriente Próximo, o ha-
Eh lá, vamos desviar-nos, está ali um bando de xixe tem muito em comum com o vocábulo as-
gunas! / Este bairro é só gunas!" sassino, pois este deriva do árabe aschinchin, de-
local: pt norte nominação que se dava aos sectários de Hassan-
guri ben-Sabbab, apelidado o Velho da Montanha, o
◦ criança que está a começar a aprender coisas e qual fundou, em ns do século XI, na fortaleza
a percebê-las, garoto que tem a mania que é es- de Alamout, na Pérsia, uma comunidade que se
perto, criança ainda pequena que crê saber mais pretendia soberana, verdadeiro Estado espiritu-
do que de facto sabe alista assentado num tripé ideológico: no plano
◦ garoto, jovem do sexo masculino, algo atrevido político, obediência irrestrita ao chefe, Hassan-
sin.: ganapo; pirralho; pivete; catraio; puto; miúdo; ben-Sabbah; como meio de ação, a imposição
garoto; cacafelho do terror mediante assassinatos em massa; e no
level: coloquial plano espiritual, a voluptuosidade eterna. Sob
local: Brasil os efeitos do haxixe, os seguidores do Velho da
guria Montanha praticavam atrocidades indescritíveis
namorada, rapariga e, com efeito, a seita ampliou consideravelmente
sin.: garina; chavala; garota; cruzeta; gaja; pailha; seu território, chegando a ser poderosa e temí-
mina; miúda; rapariga vel em vários países, mas foi totalmente exter-
ex.: As gurias aqui são muito bonitas minada na segunda metade do século XIII... Os
local: sul do Brasil (RS) viciados no haxixe perdem a noção do tempo e

H do espaço, sentindo-se irresistivelmente impelidos


para o crime...
Marcus Cláudio Acquaviva, As Raízes do Vício,
São Paulo, 1969.
sin.: chamon; maconha; xito; berlaite; cacete
habilidoso
dom: droga
prossional não habilitado
etim: Do árabe haxix ou hashish, erva seca. Pelo
sin.: picaretagem; picareta
há-de-mas pagar francês hachisch.
há de tudo como na farmácia heroína
halogéneo sin.: cavalo; charro; xarro

é um: trocadilho por aglutinação libertina dom: droga

forma de cumprimentar pessoas muito inteligentes


hipócrita 97 incomodativo

hipócrita idiota
pessoa enganadora, que parece um santo e é um hi- é um: insulto
pócrita idiota que não sabe fazer nada
sin.: ngido; farsola sin.: bacoco; básico; tosco; nabo; palerma; tatarola;

história da carochinha tolinhas


patt: história*N da carochinha •
história de faca e alguidar Pessoa sem conhecimentos ou capacidades, inofen-
patt: história*N de faca e alguidar sivo ou mesmo simpático embora mas sem possi-
hoje em dia bilidade de inserção no seu meio, no limite por-
esta expressão não diz nada  normalmente apenas tador de perturbação mental
sin.: pateta alegre; imbecil; simplório
introduz uma frase de paleio vigarista
gram: locução conjuntiva paliativa
idiota chapado
holofotes muito idiota
sin.: parvo chapado
seios de mulher, busto
patt: idiota*N chapado*GN
sin.: mamas; tetas; marmelos; peitos; faróis; pára-
choques; seios; prateleiras; marufas ilustre desconhecido
ex.: os teus holofotes cegam-me patt: ilustre*N desconhecido*GN

level: coloquial imbecil


homem ao mar é um: insulto

homem da rua diz-se de alguém pouco inteligente, incompetente


homem de barba rija sin.: cretino; burro; badameco; besta; camelo; ca-

homem de Deus lhau; cavalgadura; abécula; alimária; abantesma;


homem de mão estafermo; energúmeno; sendeiro
pessoa que faz o trabalho sujo por outra •
homem do povo Pessoa sem conhecimentos ou capacidades, inofen-
homem público sivo ou mesmo simpático embora mas sem possi-
homossexual bilidade de inserção no seu meio, no limite por-
é um: trocadilho por aglutinação libertina
tador de perturbação mental
sin.: pateta alegre; idiota; simplório
sabão em pó para lavar as partes íntimas
honra lhe seja feita impávido e sereno-N
horas a o patt: impávido*GN e sereno*G-N

horas de ponta implicância


horas mortas crítica constante, remoque
horas vagas sin.: picuinha; pirraça; má vontade; perseguição

humor ocinal ex.: fazer picuinha, estar de picuinha com alguém

piadas (pornográcas) em ambiente de ocina improvisar

I
◦ argumento ou método de duvidoso mérito, credi-
bilidade usado de improviso ou muito precaria-
mente
◦ atividade mal feita, feita à pressa, sem planea-
mento
idade avançada sin.: tirar do cu com um gancho; atamancado; feito
idade da inocência em cima dos joelhos; feito às três pancadas; meia
ideia xa bola e força; de qualquer maneira
obsessão improviso
ex.: Já te disse que não. Tu és de ideias xas, pensa
resposta improvisada ou de ocasião a uma questão
noutra coisa! incómoda ou embaraçosa (por desconhecimento
comm: não esquecer que Ideax (ideia xa) é o nome
ou por desconforto) relativamente à qual se não
do cão do Obelix quer contudo dar 'parte de fraco' ou alegar igno-
patt: ideia*N xa*N
rância
ideia peregrina sin.: desarincanço; desenrascanço
sin.: ideia que não lembra ao Diabo incomodar
ideia que não lembra ao Diabo sin.: chatear; aborrecer; melgar
sin.: ideia peregrina incomodativo
idêntico perl diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes-
Pessoas que têm comportamentos ou preferências soas, de modo incomodativo
idênticos e pouco recomendáveis sin.: chato; aborrecido; melga; gosma; fega; cromo;
sin.: farinha do mesmo saco; tal e qual postal; autocolante; adesivo; besunta
indigestão 98 ir a morrer

indigestão intriguista
é um: Denição compacta genial para palavras cru- actividade de se meter na vida dos outros, espiar,
zadas comentar, armar intrigas
criação de Deus para impor uma certa moralidade sin.: cuscar; bisbilhotar; cheiretar; fazer fofocas; al-
ao estômago. coviteiro; rasgar seda; tagarelar; dar ao badalo
índio Intruso
diz-se de alguém exibicionista e de comportamento aquele que se faz abusivamente convidado em festas
irracional ou comemorações. Aquele que entra sem convite
sin.: palhaço sin.: penetra; passageiro clandestino
level: coloquial inventar a pólvora
indivíduo descobrir ou inventar algo que já todos conhecem
usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de sin.: inventar a roda
referir uma pessoa inventar a roda
sin.: gajo; tipo; meco; caramelo; fulano; fabiano;
descobrir ou inventar algo que já todos conhecem
bacano; mano; melro sin.: inventar a pólvora
• inventar forças
sin.: chavalo; rapaz
ganhar coragem, esforçar-se em condições adversas
indrómina sin.: fazer das fraquezas forças; fazer das tripas co-
diz-se da pessoa que engana ou tenta enganar ração
sin.: vígaro
in vitro
level: coloquial
ir à boleia de
indrominar
ser arrastado por uma situação ou sequência de
não despachar uma tarefa, demorar muito a realizar
acontecimentos
algo
sin.: ir a reboque
sin.: engonhar; enredar; enconar; empalear
ex.: O vizinho mudou o telhado e eu aproveitei a
level: coloquial
boleia

patt: (ir* à/aproveitar a) boleia de
enganar alguém
sin.: vigarizar; passar a perna a alguém; levar à
ir a banhos
certa; crocodilar ir de férias
level: coloquial
ir à borla
in extremis ir pendurado do lado de fora dos eléctricos
sin.: ir à guna
ingado
from: Pina
Diz-se no campo que quando um gato se habitua a
roubar comida em algum lugar e lá cou viciado ir a calcantes
e volta constantemente diz-se que cou ingado - _ a pé
um termo que denuncia vício perverso sin.: andar a butes; andar à pata

sin.: viciado ir à certa


local: pt centro ir à conança
inhaca ir à faca
mau cheiro ir ser operado
sin.: fedor; pivete; catinga; futum; odor ex.: Essa apendicite está feia. Quando é que vais à

in loco faca?
insignicância ir à guna
coisa sem importância e sem interesse prático ir pendurado do lado de fora dos eléctricos
sin.: caganifância; preocupação injusticada sin.: ir à borla
insignicâncias from: Pina
factos ou coisas de pouco ou nenhum valor ir amassar a palha
sin.: cunices; merdices; coneirices; coisas de nada; ir para a cama dormir
mariquices sin.: chonar; dormir; ressonar; ferrar o galho; ferrar
inspector do cacimbo no sono; passar a vale de lençóis
Pessoa que, sob a capa de uma função ou título im- patt: (ir*/) amassar a palha
portante, pouco ou nada faz local: Brasil
ex.: "O Luís foi colocado num alto cargo do banco ir a morrer
por razões familiares...é um inspector do ca- andar muito devagar (frequentemente aplicado aos
cimbo" carros)
local: Portugal ex.:
interesseiro frase: eu cheio de pressa e aquele carro ia ali a
representa alguém que é manhoso e interesseiro morrer
sin.: coninha de sabão; egoísta; dissimulado; ma- equiv: ia muito devagar
nhoso
ir ao cu 99 ir à fava

ir ao cu ir a todo o pano
sin.: enrabar; sodomizar; sodomia velozmente
level: calão muito carroceiro sin.: ir na brasa

• ir a trocar o passo
◦ castigar car bêbado, beber de mais
◦ ameaçar sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela;

level: calão narsa; encher a cara; entornar o barril; entornar o


ir ao galheiro caneco; lamber o garrafão; buba; tosga; derrubar
perder-se, estragar-se, desfazer-se a adega; estar com um grão na asa; estar com
sin.: ir tudo por água abaixo dois dedos de gramática; tomar um porre
patt: (ir*/) (ao/para o) galheiro ir à vida
ir ao sabor da corrente perder-se, ser roubado, avariar, morrer
ao acaso, sem tomar posição sin.: ir para o maneta; ir para o estaleiro; foi um ar

sin.: ao sabor da maré que lhe deu; foi para o caralho


ir aos arames •
car furioso morreu
ex.: ele foi aos arames quando eu lhe disse que não sin.: ir para a cova; ir para os quintos dos infernos;

podia ajudar ir para os anjinhos; ir fazer tijolo


ir aos fagotes de alguém ir à viola
◦ punir, sovar, castigar ◦ desapareceu denitivamente, sumiu-se
◦ ameaça de bater, normalmente indicativa de de- ◦ cou inutilizado
sagrado com situação sin.: dar-lhe o lâmpedo; foi à vela; dar o triste pio;

sin.: aquecer-lhe o motor; dar cabo do canastro; ir foi para o maneta


às fuças; dar o arroz; assentar as costuras; moer ir buscar a morte
os osso a alguém comportamento de risco
ex.: ir caçar grilos
frase: ele foi-lhes aos fagotes é um: interjeição

equiv: bateu-lhe ordem de não aborrecer e de se ir embora


ir aos ss sin.: vai dar sangue; vai à missa!

ir a reboque ir chupar uma piroca!


ser arrastado por uma situação ou sequência de é um: interjeição

acontecimentos ordem de não aborrecer e de se ir embora


sin.: ir à boleia de sin.: ir para o caralho!; ir para a cona da tia Vir-

ex.: O vizinho pintou o muro e eu fui à boleia gínia!; não enche o saco!; chupa-mos!; ir para a
ir às fuças puta que o pariu!
◦ punir, sovar, castigar level: calão muito carroceiro

◦ ameaça de bater, normalmente indicativa de de- local: Brasil

sagrado com situação ir de cana


sin.: aquecer-lhe o motor; dar cabo do canastro; ir sin.: ir para a prisão

aos fagotes de alguém; dar o arroz; assentar as ir de mal a pior


costuras; moer os osso a alguém estar a correr cada vez pior
ex.: eu vou-te às fuças se não me arrumas isto ir de vento em popa
ir às malvas estar a correr bem
morreu, faleceu ir enviar um fax
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- fazer necessidades siológicas sólidas
leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir sin.: cagar; defecar; fazer as suas necessidades; ar-

para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das riar o calhau; mandar um telegrama; fazer cocó;
tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para largar o barro
os anjinhos; passar desta para melhor; quinar; ex.: vou ali mandar um fax

dar o peido mestre; dormir o sono eterno; des- patt: ir* (enviar/mandar) um fax

canso eterno; dar o último suspiro; dar o couro às ir nas calmas


vacas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus; patt: (ir*/estar*) nas calmas

nar-se; anafragar; estertorar; marchar ir fazer tijolo


level: arcaico morreu
ir às meninas sin.: ir para a cova; ir para os quintos dos infernos;

ir à sua vida ir para os anjinhos; ir à vida


ir-se embora ir à fava
ir às urnas é um: interjeição

ir a eleições, ir a votos ordem de não aborrecer e de se ir embora


ir a todas patt: (ir*/mandar*) à fava
ir à merda 100 ir para o comboio

ir à merda ir para a quinta dos pés juntos


é um: interjeição morreu, faleceu
ordem de não aborrecer e de se ir embora sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-

sin.: vai à berdamerda; mandar abaixo de Braga leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade;
level: calão carroceiro ir para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim
patt: (ir*/mandar*) à merda das tabuletas; ir para os anjinhos; ir às malvas;
ir para o raio que te parta ! passar desta para melhor; quinar; dar o peido
é um: interjeição mestre; dormir o sono eterno; descanso eterno;
ordem de não aborrecer e de se ir embora dar o último suspiro; dar o couro às vacas; abo-
patt: (ir*/mandar*) para o raio que (te/o*/vos) toar o paletó; entregar a alma a Deus; nar-se;
(parta/carregue) ! anafragar; estertorar; marchar
ir na brasa ir para a terra da verdade
velozmente morreu, faleceu
sin.: ir a todo o pano sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a ca-

ir na cantiga çoleta; esticar o pernil; ir para o céu; ir para o


deixar-se convencer, ar-se beleléu; ir para o jardim das tabuletas; ir para
sin.: ir na ta; ir na conversa a quinta dos pés juntos; ir para os anjinhos; ir
ir na conversa às malvas; passar desta para melhor; quinar; dar
deixar-se convencer, ar-se o peido mestre; dormir o sono eterno; descanso
sin.: ir na ta; ir na cantiga eterno; dar o último suspiro; dar o couro às va-
ir na ta cas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus;
deixar-se convencer, ar-se nar-se; anafragar; estertorar; marchar
sin.: ir na conversa; ir na cantiga ir para o beleléu
ir na onda morreu, faleceu
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-
ser arrastado pela situação ou pelos outros
ir na peugada leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade;
seguir ou perseguir alguém ir para o céu; ir para o jardim das tabuletas; ir
ir nas horas do caralho para a quinta dos pés juntos; ir para os anjinhos;
rapidez, com elevada velocidade ir às malvas; passar desta para melhor; quinar;
sin.: bolina; esgalha; gazonete; gáspea; na mecha;
dar o peido mestre; dormir o sono eterno; des-
bisga; estilha canso eterno; dar o último suspiro; dar o couro às
ex.: O Rui vai nas horas do caralho ainda se fode
vacas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus;
level: calão
nar-se; anafragar; estertorar; marchar
ir nisso ir para o caralho!
é um: interjeição
concordar
ir num pé e vir no outro ordem de não aborrecer e de se ir embora
sin.: ir chupar uma piroca!; ir para a cona da tia
vir já
Virgínia!; não enche o saco!; chupa-mos!; ir para
ir o gato às lhós
a puta que o pariu!
ir para a cona da tia Virgínia!
ex.:
é um: interjeição
frase: vai para o caralho que te foda, meu grande
ordem de não aborrecer e de se ir embora
lho da puta
sin.: ir para o caralho!; ir chupar uma piroca!; não
equiv: estou um bocado zangado contigo
enche o saco!; chupa-mos!; ir para a puta que o
level: calão carroceiro
pariu!
nota: usado no pretérito signica avariar-se, perder-
level: calão muito carroceiro
se
local: pt norte
ir para o céu
ir para a cova morreu, faleceu
morreu sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-
sin.: ir para os quintos dos infernos; ir para os anji-
leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir
nhos; ir fazer tijolo; ir à vida para o beleléu; ir para o jardim das tabuletas; ir
ir para a prisão para a quinta dos pés juntos; ir para os anjinhos;
sin.: ir de cana
ir às malvas; passar desta para melhor; quinar;
ir para a puta que o pariu! dar o peido mestre; dormir o sono eterno; des-
é um: interjeição
canso eterno; dar o último suspiro; dar o couro às
ordem de não aborrecer e de se ir embora vacas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus;
sin.: ir para o caralho!; ir chupar uma piroca!; ir
nar-se; anafragar; estertorar; marchar
para a cona da tia Virgínia!; não enche o saco!; ir para o comboio
chupa-mos! com muita pressa
level: calão muito carroceiro
sin.: andar a nove; ir tirar o pai da forca
patt: (ir* para a/) puta que (o*/te/vos) pariu!
ex.: anda devagar, parece que vais para o comboio!
ir para o Diabo 101 já aqui não está quem falou

ir para o Diabo ir-se deitar com as galinhas


ir para o estaleiro deitar-se muito cedo
perder-se, ser roubado, avariar, morrer sin.: dormir com as galinhas

sin.: ir para o maneta; foi um ar que lhe deu; ir à patt: (ir-se* deitar/deitar-se*) com as galinhas

vida; foi para o caralho ir tirar o pai da forca


ir para o jardim das tabuletas com muita pressa
morreu, faleceu sin.: andar a nove; ir para o comboio

sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- ex.: Guia mais devagar. Parece que vais tirar o pai

leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; da forca!


ir para o céu; ir para o beleléu; ir para a quinta •
dos pés juntos; ir para os anjinhos; ir às malvas; é um: frase pitoresca
passar desta para melhor; quinar; dar o peido Actuar a correr e apressadamente, sem aparente jus-
mestre; dormir o sono eterno; descanso eterno; ticação
dar o último suspiro; dar o couro às vacas; abo- ex.: "O Manuel é um desmiolado: anda sempre a

toar o paletó; entregar a alma a Deus; nar-se; correr; parece que vai tirar o pai da forca"
anafragar; estertorar; marchar local: Portugal

patt: ir* para (o jardim/a quinta) das tabuletas ir tomar ar


ir para o maneta ir tudo por água abaixo
perder-se, ser roubado, avariar, morrer perder-se, estragar-se, desfazer-se
sin.: ir para o estaleiro; foi um ar que lhe deu; ir à sin.: ir ao galheiro

vida; foi para o caralho patt: (ir/) (tudo/) (por/pela) água abaixo

ir para os anjinhos isso é dos livros


patt: (isso/) é dos livros
morreu
sin.: ir para a cova; ir para os quintos dos infernos;
isso é outra história
sin.: isso é outra música
ir fazer tijolo; ir à vida
ir para os quintos dos infernos isso é outra música
sin.: isso é outra história
morreu
sin.: ir para a cova; ir para os anjinhos; ir fazer
isso mais devagar
tijolo; ir à vida isso não pega
isso nem se pergunta!
ir para os anjinhos
sin.: isso sim!
morreu, faleceu isso sim!
sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço-
sin.: isso nem se pergunta!
leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade;
isto é que está uma crise
ir para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim
isto é um abr'ólhos
das tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir
às malvas; passar desta para melhor; quinar; dar elucidar, alertar
sin.: abrir os olhos a alguém
o peido mestre; dormir o sono eterno; descanso
eterno; dar o último suspiro; dar o couro às va- isto é uma gaita!
cas; abotoar o paletó; entregar a alma a Deus; exclamação de desagrado
patt: (isto/) é uma gaita!
nar-se; anafragar; estertorar; marchar
patt: ir* (para/ter com) os anjinhos
isto não me cheira
patt: (isto/) não me cheira
ir de cavalo para burro
isto não vai lá
passar para uma situação ou estatuto pior
patt: (isto/) não vai lá
patt: (ir*/passar*/) de cavalo para burro

ir peneirar o fraque
sair, fugir
sin.: dar no pé; bater em retirada
J
ex.: a festa está chata. Vou peneirar o fraque.
patt: (ir*/) peneirar o fraque já a formiga tem catarro!
local: Brasil quando alguém insignicante toma uma posição de
ir por conta força. É usado para contestar, de modo meigo,
ir o carro à frente dos bois a opinião de alguém que pela sua pouca idade
patt: (ir*/pôr*) o carro à frente dos bois ou experiência, emite opinião sobre determinado
ir por partes assunto para o qual, aparentemente, não está ha-
ir pregar a outra freguesia bilitado
é um: interjeição já agora
ordem de não aborrecer e de se ir embora já aqui não está quem falou
patt: ir* pregar (a/para) outra freguesia sin.: retiro o que disse
patt: já (aqui/cá) não está quem falou
já cá canta 102 judite

já cá canta jet leg de segunda


tive sucesso, já consegui obter ou arranjar determi- Síndrome que acontece ao voltar ao trabalho ou às
nada coisa aulas após um m de semana de borga. Embora
já cheira mal os sintomas possam variar, é habitual presenciar-
◦ algo do qual já estou farto se falta de concentração, fadiga, dores de cabeça,
◦ situação de insistência desagradável nevoeiro. Em menor quantidade, há quem se
ex.: queixe do menos crítico jet leg de terça, ..., sexta.
frase: esta conversa já cheira mal Pode ser contagioso.
equiv: já está gasta, já está podre ex.: Fala mais baixo que estou com jet leg

level: coloquial patt: jet leg (de segunda/)

patt: (já/) cheira mal jogar à defesa


já corri tudo jogar a feijões
procurar em todo o lado, viajar muito jogar às escondidas
sin.: correr Ceca e Meca; correr Ceca e Meca e oli-
jogar bilhar de bolso
vais de Santarém masturbação masculina
sin.: bater uma pívia; segóvia; tocar à punheta; es-
ex.: Já corri tudo e não encontro lã castanha
patt: (já corri/correr*) tudo
goviar; Espancar o marreco; esgalhar o ganso
já deu o que tinha a dar ex.:

sin.: já foi chão que deu uvas


frase: o tipo joga bilhar de bolso muitas vezes...
já disse! equiv: masturbar-se sem preocupação grande de
já foi chão que deu uvas ser visto
level: calão muito carroceiro
sin.: já deu o que tinha a dar
jogar fora
janado
jogar pela certa
ex.: tu és janado dos cornos?
evitar correr riscos
já não aguento mais! sin.: jogar pelo seguro
estar completamente farto, estar com a paciência jogar pelo seguro
esgotada evitar correr riscos
sin.: estar pelos cabelos; estar farto de; farto até às
sin.: jogar pela certa
orelhas; é de fazer perder a paciência a um santo; ex.: nesta ponte temos de jogar pelo seguro
não há pachorra! jogar uma cartada
já não morremos hoje jogo de cintura
Janeiro jogo do empurra
é um: mês
jogo do pau
é uma subdivisão do ano jogo limpo
já que estar com a mão na massa jogos de azar
jardim à beira-mar plantado joker
jardim botânico carta de jogar com especial valor (vulgo joker); tal-
jardim das tabuletas vez também outros signicados mas foi ouvido
cemitério (referência informal a falecer) com este
sin.: quinta das tabuletas; a última morada sin.: espenifra; bestão
jardim infantil jola
patt: jardim*N infantil*N cerveja, néctar precioso, imprescindível na vida dos
já se me varreu portugueses
já se sabe o que a casa gasta sin.: bujeca; cerveja; birra; loira; buja; surbia
já conheço bem a pessoa ou situação, já estou pre- jotasocrático
parado para isto é um: uso pouco difundido
level: coloquial ◦ referente oshores, malas de dinheiros, conselhias
patt: já (se sabe/sei/conhecer*) o que a casa gasta e outros negócios de legalidade duvidosa
javardo ◦ suborno, corrupção
pessoa ou actividade de baixo nível, reles, pouco sin.: negócios escuros; losoa jsocrática

limpa ex.: Não me metas em projectos jotasocráticos

sin.: ensafornado; sujo; badalhoco; porco; lagaço juba


ex.: és um grande javardo cabeleira grande de preferência suja e desgrenhada
jeco sin.: gandufa; gadelha; gaforina; trunfa

é um: mamífero judite


sin.: porco referências a um agente da polícia, ou à polícia em
• geral
cão sin.: chui; bóa; polícia; ramona; moina

level: coloquial ex.: vamos vasar antes que venha a judite


level: coloquial
judite 103 lampião

nota: só para a polícia Judiciária. Até os outros lagarto


polícias usam este termo é um: adepto ferrenho de clube de futebol
jufas boas adepto (ferrenho) do Sporting (SCP)
juízo nal sin.: sportinguista

Júlio lagarto! lagarto! lagarto!


é um: eufemismo por semelhança sonora interjeição de desagrado e esconjuro
sin.: sin.: abrenúncio!; o Diabo seja cego, surdo e mudo;

ex.: esse? é cá um júlio vade retro Satanás; credo, cruzes, canhoto!


local: Portugal lágrimas de crocodilo
jumento choro ou atitude de pesar, hipócrita
ori.: Quando os crocodilos se alimentam das pre-
é um: mamífero
sin.: burro
sas, a forte pressão no céu da boca que estimula
juntar os trapinhos as glândulas lacrimais, causando a impressão de
casar, ir viver junto com alguém que o animal está chorando enquanto trucida a
sin.: dar o nó; dar o doce; amarrar pano; dar o sim
vítima.
ex.: chegou a hora de eu e o Manel juntarmos os
lágrimas de sangue
trapinhos lambe-botas
pessoa que usa a subserviência para sobreviver
juntar o útil ao agradável
sin.: lamber as botas; lamber os pés; coneirão
beneciar duplamente lambe cricas
sin.: juntar-se a fome com a vontade de comer
animal que tem o costume de lamber muito as pes-
juntar-se a fome com a vontade de comer soas, ainda que estranhos
beneciar duplamente ex.: este cão é um lambe-cricas
sin.: juntar o útil ao agradável
level: calão carroceiro
jurar a pés juntos nota: possivelmente associado ao vernáculo CRICA
patt: (jurar*/negar*) a pés juntos como sinónimo de vulva
justa local: pt
é um: prisão lamber as botas
zona prisional da Polícia Judiciária pessoa que usa a subserviência para sobreviver

K
sin.: lambe-botas; lamber os pés; coneirão
lamber as feridas
recompor-se de derrota, tristeza ou situação desfa-
vorável vivida
ex.: "O Fernando deixou a mulher. Agora ninguém
kiwi o vê: anda por aí a lamber as feridas"
é um: fruto lamber o garrafão
• car bêbado, beber de mais
é um: gentílico sin.: bebedeira; carraspana; ramada; puta; piela;
habitanteDe: Nova Zelândia narsa; encher a cara; entornar o barril; entornar o

L
caneco; ir a trocar o passo; buba; tosga; derrubar
a adega; estar com um grão na asa; estar com
dois dedos de gramática; tomar um porre
local: Brasil
lamber os pés
labrego pessoa que usa a subserviência para sobreviver
é um: insulto sin.: lambe-botas; lamber as botas; coneirão
sem maneiras, mal vestido, sem educação lamber sabão
sin.: simplório; parolo; ter falta de chá é um: interjeição
ex.: o fulano é um labrego ordem de não aborrecer e de se ir embora
local: pt centro ex.: vai lamber sabão!
labumba local: pt
sin.: gordo; obeso lamber-se todo
laços de sangue lamber-te
lado a lado acto sexual oro-genital, lamber a vagina
lafaruzio sin.: trombada; minete; cunilingus; passar a casa a

lá fora pano; felácio; broche feminino


lagaço ex.: lambia-te essa cona toda, lambia-te toda

pessoa ou actividade de baixo nível, reles, pouco lampião


limpa é um: adepto ferrenho de clube de futebol

sin.: ensafornado; sujo; javardo; badalhoco; porco adepto ferrenho do Benca


sin.: benquista
lampiar 104 lelé

lampiar laroca
tornar-se sócio ou adepto do Benca bonita, usado em piropos
sin.: encarnar; dar-se à luz ex.: anda cá minha carinha laroca

lampreão lateiro
órgão sexual masculino, pénis, pênis pessoa com apetite devorador e estômago de innita
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca- capacidade
cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de sin.: limpa-travessas; betoneira; glutão; comilão
família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; ex.:
piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola; frase: é um lateiro à mesa
pinguelo; piçalho; bitola; blica; black and decker ; equiv: comilão
bordalo; bacamarte; marsápio; marsapo; manga- latrina
lho; besugo; quinta perna do burro; sabordalhão; casa de banho
sardão; tora; verga sin.: cagadeira; retrete; secreta; banheiro; wc; toi-
lançar a moda lette; sanitários
lançar as culpas laurear a pevide
lançar às feras sair de casa sem ser por razões prossionais ou por
lançar achas na fogueira obrigação; dar um passeio
piorar uma situação já complicada sin.: arejar a pevide; passear; cirandar; dar uma
patt: (lançar*/deitar*) achas (na/para a) fogueira volta; dar um giro
langonho ex.: a juventude de hoje em dia só sabe laurear a
sémen, esperma pevide!
sin.: esporra; nanha; beita; porra; meita level: coloquial
level: calão lavado em lágrimas
patt: (langonho/langonha) muito triste, choroso e desconsolado
lanterna vermelha patt: lavado*GN em lágrimas
último lavagem ao cérebro
sin.: carro de vassoura patt: lavagem*N ao cérebro
lapada lavar a roupa suja
pancada na cara discutir assuntos pessoais com pouca descrição
sin.: chapada; chapo; chapadão; bofetada; tabefe; ex.: não se lava a roupa suja em público
estalo; Levar uma à costa da mão! lavar as mãos
ex.: no m do jogo, começou tudo à lapada descartar-se das responsabilidades
level: calão patt: lavar* as mãos (/como Pilatos)
lá para o ano dois mil lavar-se com a mão do gato
◦ um dia que nunca chegará, nunca é um: frase pitoresca
◦ num futuro muito longínquo Higiene diária muito sumária
sin.: nas calendas gregas; no dia de são nunca à ex.:
tarde; quando o rei faz anos frase: Hoje não tive água em casa: lavei-me com
largar o barro a mão do gato
fazer necessidades siológicas sólidas equiv: Os gatos lavam-se lambendo as patas e es-
sin.: cagar; defecar; fazer as suas necessidades; ar- fregando estas, seguidamente, em diversas par-
riar o calhau; mandar um telegrama; ir enviar um tes do corpo
fax; fazer cocó local: pt norte
level: coloquial lazarento
patt: (largar*/arriar*) o barro desgraçado
local: Brasil sin.: sarnento; miserável; sarnoso
largar o osso lei da rolha
larica censura
sin.: ráa; fome lei da selva
ex.: estou cá com uma larica lei do menor esforço
larilas lelé
◦ homossexual masculino passivo ◦ homossexual masculino passivo
◦ indivíduo efeminado ◦ indivíduo efeminado
sin.: arrombado; paneleiro; lelé; bicha; baitola; abi- sin.: arrombado; paneleiro; larilas; bicha; baitola;
chanado; lingrinhas; maricas; miasco; rabo; ra- abichanado; lingrinhas; maricas; miasco; rabo;
beta; rebola; rabolho; panasca; panisga; panilas; rabeta; rebola; rabolho; panasca; panisga; pani-
panão; panuco; picolho; veado; perobo; boiola; las; panão; panuco; picolho; veado; perobo; boi-
frozô; roto; abafa-palhinha; gay ola; frozô; roto; abafa-palhinha; gay
genero: masculino genero: masculino
level: calão carroceiro level: calão
lenda urbana 105 levar com os pés

lenda urbana levar a bem


conhecimento ou facto sensacionalista do domínio convencer alguém de modo não conituoso
comum que é provavelmente falso levar a cabo
sin.: mito urbano realizar, executar
ler a cartilha a levar a carta a Garcia
lerdo terminar uma missão com sucesso
é um: insulto
levar à certa
sin.: cagão; medricas; cagarolas; cobarde; coneiro;
enganar alguém
roto; pancona; tanso sin.: vigarizar; passar a perna a alguém; indromi-
• nar; crocodilar
pessoa lenta a entender, deciente mental levar a mal
sin.: tecla 3
car ofendido
léria

coisa de pouco valor
sin.: anar; chatear-se
sin.: bagatela; ninharia
patt: léria*N
levar a melhor
ler nas entrelinhas vencer
lerpar levar no focinho
◦ Esperando algo que não aconteceu ou não apare- dar ou apanhar pancada, tareia
patt: (levar*/apanhar*) (no focinho/nas ventas/na*
ceu, esperar em vão
◦ sem nada, não conseguir obter o que pretendia tromba*/na cara/no toutiço)
sin.: car a ver Braga por um canudo; car a ver levar uma coça
navios; car a chuchar no dedo; car com as mãos dar ou apanhar pancada, tareia
a abanar; voltar de mãos vazias sin.: levar uma sova; levar um arraial de porrada

ex.: tu comeste o bolo e eu lerpei patt: (levar*/apanhar*) uma coça

level: coloquial levar um arraial de porrada


• dar ou apanhar pancada, tareia
car mal visto, ser culpabilizado ou responsabilizado sin.: levar uma coça; levar uma sova

por uma situação ingrata patt: (levar*/apanhar*) um arraial de porrada

sin.: car nos cornos do touro; lixar-se; tramar-se levar uma sova
ler pela mesma cartilha dar ou apanhar pancada, tareia
lésbica sin.: levar uma coça; levar um arraial de porrada
homossexual feminina patt: (levar*/apanhar*) uma sova
sin.: fufa; fessureira; sapatona; caminhoneira levar a sério
lesma ◦ atribuir importância
pessoa muito lenta que se não mexe e sem iniciativa, ◦ aceitar a veracidade
pessoa falsa ◦ preocupar-se com
sin.: morcão; sonso; pastel; cromo; papa-açorda sin.: tomar a sério
letra garrafal ex.: não estamos a levar a sério o perigo da deserti-
letra muito grande cação
patt: letra*N garrafal*N levar a sua conta
levado da casqueira levar boa-vida
◦ endiabrado levar coiro e cabelo
◦ apresentar comportamento desajustado, por cobrar demasiado (dinheiro ou outro valor) por al-
grande agitação, disparates e exageros gum serviço prestado, produto ou trabalho
sin.: levado da breca; pintar o caneco; pintar a ma- ex.:
caca; pintar o Diabo a quatro; pintar a manta; frase: a obra cou bem mas levarm-me couro e
pintar o sete cabelo
local: Brasil equiv: foi muito caro
levantar âncora patt: levar* (coiro/couro) e cabelo
partir, ir-se embora levar com a porta na cara
sin.: levantar ferro
obter uma recusa violenta
levantar a voz sin.: levar um pontapé no cu; levar com os pés
levantar cabeça levar com os pés
levantar cabelo obter uma recusa a nível amoroso
levantar ferro sin.: levar sopa; levar um cabaz
partir, ir-se embora

sin.: levantar âncora
levantar uma ponta do véu obter uma recusa violenta
sin.: levar um pontapé no cu; levar com a porta na
◦ divulgar parcialmente um segredo
◦ explicar parcialmente um mistério
cara
levar nas ventas levas um biqueiro no
106céu da boca que cas com a tosse nos calcanhares!

levar nas ventas levar uma desanda


_ uma tareia repreensão, reprimenda forte
patt: (levar*/dar*) nas ventas sin.: piçada; ouvir um raspanete; levar um ras-
levar em consideração panço; ouvir um ralhete; levar uma descompus-
prestar atenção a certa situação, argumento, facto tura
sin.: levar em conta patt: (levar* uma/apanhar* uma/) desanda

levar na anilha levar uma descompustura


fazer sexo homossexual (no caso dos homens) ou repreensão, reprimenda forte
sexo anal (no caso das mulheres) sin.: piçada; ouvir um raspanete; levar um ras-
sin.: dar o cu; cagar para dentro; cavalgar a jibóia; panço; ouvir um ralhete; levar uma desanda
abusar da maçaneta; tirar leito do pau; queimar patt: (levar* uma/apanhar* uma/) descompustura
rosca levar uma lição
level: calão carroceiro levar um raspanço
patt: (levar* na/abrir a) anilha repreensão, reprimenda forte
levar na cabeça sin.: piçada; ouvir um raspanete; ouvir um ralhete;
◦ ralhar, protestar levar uma descompustura; levar uma desanda
◦ apanhar física ou psicologicamente patt: (levar* um/apanhar* um/) raspanço
sin.: levar na tarraqueta; xingar-lhe a cabeça; dar levar uma trepa
cabo do juízo; dar cabo da cabeça; azucrinar o dar ou apanhar pancada, tareia
juízo levar um baile
levar na tarraqueta ser derrotado humilhantemente
◦ ralhar, protestar sin.: levar uma abada
◦ apanhar física ou psicologicamente
levar um cabaz
sin.: xingar-lhe a cabeça; dar cabo do juízo; dar
obter uma recusa a nível amoroso
cabo da cabeça; azucrinar o juízo; levar na cabeça
sin.: levar sopa; levar com os pés
ex.: levou tantas na tarraqueta que mudou logo de
ideias levar um pontapé no cu
levar nos cornos obter uma recusa violenta
sin.: levar com a porta na cara; levar com os pés
sova, raspanete
level: coloquial
levar um rombo
levar para o tabaco levas milho
apanhar pancada, ser sovado ameaça benigna mas que pode facilmente pode pas-
sin.: comer comida de urso
sar à realidade
sin.: levas uma nêspera; levas um pêro; levas um
ex.: Aquele fez grossa asneira mas já levou para o
tabaco banano; levas um murro
level: calão levas uma nêspera
local: pt ameaça benigna mas que pode facilmente pode pas-
levar por diante sar à realidade
levar que contar • sin.: levas um pêro; levas milho; levas um banano;

ser ostensivamente repreendido ou castigado, na levas um murro


sequência de falha cometida ex.: se me chateias, levas uma nêspera que até vês

ex.: Fez grossa asneira mas levou que contar... estrelas


level: calão levas uma que dás três voltas às cuecas sem to-
levar sopa car no elástico!
obter uma recusa a nível amoroso é um: frase pitoresca

sin.: levar um cabaz; levar com os pés aviso, ameaça


patt: levar* (sopa/tampa) sin.: levas um pontapé no céu da boca que até as

levar em conta orelhas batem palmas!; levas um biqueiro no céu


prestar atenção a certa situação, argumento, facto da boca que cas com a tosse nos calcanhares!;
sin.: levar em consideração
levas um chapadão que andas de canto para es-
patt: (levar*/ter*) em conta
quina!
levar uma abada levas um banano
ser derrotado humilhantemente ameaça benigna mas que pode facilmente pode pas-
sin.: levar um baile sar à realidade
sin.: levas uma nêspera; levas um pêro; levas milho;
Levar uma à costa da mão!
pancada na cara levas um murro
sin.: chapada; chapo; chapadão; bofetada; tabefe; levas um biqueiro no céu da boca que cas com
lapada; estalo a tosse nos calcanhares!
ex.: Vê lá, vê! Levas uma à costa da mão... é um: frase pitoresca
aviso, ameaça
levas um biqueiro no céu da boca que cas com a tosse
107 nos calcanhares! loira

sin.: levas um pontapé no céu da boca que até as sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; bai-
orelhas batem palmas!; levas uma que dás três tola; abichanado; maricas; miasco; rabo; rabeta;
voltas às cuecas sem tocar no elástico!; levas um rebola; rabolho; panasca; panisga; panilas; pa-
chapadão que andas de canto para esquina! não; panuco; picolho; veado; perobo; boiola;
levas um chapadão que andas de canto para es- frozô; roto; abafa-palhinha; gay
quina! genero: masculino
level: coloquial
é um: frase pitoresca
aviso, ameaça língua comprida
sin.: levas um pontapé no céu da boca que até as ◦ alguém incapaz de guardar um segredo
orelhas batem palmas!; levas um biqueiro no céu ◦ alguém que fala excessivamente
da boca que cas com a tosse nos calcanhares!; sin.: má língua

levas uma que dás três voltas às cuecas sem tocar língua da sogra
no elástico! bolachas de baunilha cilíndricas frequentemente
ex.: ó meu ou paras quieto ou levas um chapadão vendidas na altura da praia
que andas de canto para esquina! língua de perguntador
levas um murro língua de trapos
ameaça benigna mas que pode facilmente pode pas- linguareiro
sar à realidade alguém que fala demais e com pouco acerto
sin.: levas uma nêspera; levas um pêro; levas milho; sin.: ser um fala barato

levas um banano línguas de perguntador


levas um pêro resposta dada a quem insiste em perguntar o menu
ameaça benigna mas que pode facilmente pode pas- do almoço ou jantar
sar à realidade linha da frente
sin.: levas uma nêspera; levas milho; levas um ba-
liru
nano; levas um murro pessoa que não regula bem da cabeça
levas um pontapé no céu da boca que até as sin.: chanfrado; biruta; xoné; maluco; pirado;
orelhas batem palmas! doido; pílulas; doido varrido; tantan; maluquete
ex.: De repente cou liru...
é um: frase pitoresca
local: pt
aviso, ameaça
Lisboa
sin.: levas um biqueiro no céu da boca que cas com
adivinha:
a tosse nos calcanhares!; levas uma que dás três
voltas às cuecas sem tocar no elástico!; levas um p: Porque é que os habitantes de Lisboa se cha-
chapadão que andas de canto para esquina! mam alfacinhas?
r: Porque não têm tomates. Se tivessem seriam
leve como uma pena saladinhas
muito leve literatura de cordel
levianas livrar-se de algo
conjunto de putas afastar-se, despedir, deitar fora
sin.: putedo; galdérias sin.: ver-se livre de algo
limpar o cu a frase nominal livre como um pássaro
armar um desprezo completo em relação a frase livre pensador
nominal patt: livre*N pensador*N

ex.: esse quadro? Limpa o cu a isso! lixar


level: calão muito carroceiro causar prejuízos ou embaraços a alguém
limpar o salão sin.: quilhar; foder; tramar; prejudicar

limpar o sebo lixar-se


matar car mal visto, ser culpabilizado ou responsabilizado
limpa-travessas por uma situação ingrata
sin.: car nos cornos do touro; tramar-se; lerpar
pessoa com apetite devorador e estômago de innita
capacidade lobo com pele de carneiro
sin.: lateiro; betoneira; glutão; comilão
lobo do mar
lindo de morrer logo vi!
loira
muito lindo
usa-se para descrever mulheres muito bonitas, vai-
patt: lindo*GN de morrer
dosas, pouco inteligentes e que normalmente só
lindo serviço! pensam em sexo
esclamação de desagrado sin.: barbie ; menina rocha
lingrinhas ex.: vê-se logo que é loira

◦ homossexual masculino passivo level: coloquial

◦ indivíduo efeminado •
loira 108 mágico

cerveja, néctar precioso, imprescindível na vida dos nos estágios de delirium tremens. Muitos identi-
portugueses cam o haxixe com a maconha. Comuníssimo
sin.: bujeca; cerveja; birra; jola; buja; surbia na África do Norte e no Oriente Próximo, o ha-
lol xixe tem muito em comum com o vocábulo as-
é um: abreviatura inglesa de origem chat sassino, pois este deriva do árabe aschinchin, de-
rindo sem parar, vagamente trocista nominação que se dava aos sectários de Hassan-
ex.: ben-Sabbab, apelidado o Velho da Montanha, o
lol
frase: qual fundou, em ns do século XI, na fortaleza
a rir sem parar
equiv: de Alamout, na Pérsia, uma comunidade que se
originalmente: lots of laugh pretendia soberana, verdadeiro Estado espiritu-
lorpa alista assentado num tripé ideológico: no plano
é um: insulto político, obediência irrestrita ao chefe, Hassan-
pessoa fácil de enganar ben-Sabbah; como meio de ação, a imposição
sin.: anjinho; otário; palerma; tanso; totó; menino do terror mediante assassinatos em massa; e no
Pompeu; betinho plano espiritual, a voluptuosidade eterna. Sob
lua de mel os efeitos do haxixe, os seguidores do Velho da
primeiros dia a seguir ao casamento Montanha praticavam atrocidades indescritíveis
lufada de ar e, com efeito, a seita ampliou consideravelmente
patt: lufada*N de ar seu território, chegando a ser poderosa e temí-
lugar de culto vel em vários países, mas foi totalmente exter-
lumes de cona minada na segunda metade do século XIII... Os
calores vaginais viciados no haxixe perdem a noção do tempo e
sin.: ardiúmes na pachacha; febres da pita do espaço, sentindo-se irresistivelmente impelidos
level: calão carroceiro para o crime...
lutar contra moinhos de vento Marcus Cláudio Acquaviva, As Raízes do Vício,
luz solar São Paulo, 1969.
é um: trocadilho por aglutinação libertina sin.: chamon; haxixe; xito; berlaite; cacete

luz emitida pela parte de baixo do sapato dom: droga

M
Madalena arrependida
pessoa chorosa, sempre a lamentar-se
patt: Madalena*N arrependida*N

mãe coruja
mãe exageradamente agarrada aos lhos
macaco de imitação sin.: mãe galinha
alguém que copia as acções, frases, ideias dos outros mãe galinha
patt: macaco*GN de imitação
mãe exageradamente agarrada aos lhos
macacos me mordam!
sin.: mãe coruja
maçada
situação maçadora e prolongada mafarrico
sin.: ser como a espada de D. Afonso Henriques;
Diabo
sin.: Satanás; Belzebu
chatice
má cara maoso
maçarico é um: insulto

emprega-se para todo o novato em qualquer coisa tipo suspeito


sin.: caloiro; principiante; novato sin.: gandulo

• magala
recruta, mas mais modernamente emprega-se para soldado recentemente incorporado (e que, proveni-
todo o novato em qualquer coisa ente de meio rural, ainda não se adaptou à vida
machinha da cidade) . Associava-se ao galucho a sopeira
um pouco, um bocado (criada de servir, empregada doméstica que vivia
sin.: beca; coche na casa dos patrões) , pois ambos aproveitavam
ex.: põe só uma machinha de sal na sopa a curta folga de domingo para se catrapiscarem,
maconha ou seja, para trocarem olhares que podiam levar
haxixe, produto solidicado da seiva do canabis. a um namoro
Entorpecente extraído de uma variedade de câ- sin.: galucho; carango

nhamo (Cannabis indica), cujos efeitos no orga- magarefe


nismo humano são análogos aos do ópio. Do óleo mágico
canábico se extrai o hidrocarbureto C. 18 H. 20, piloto aviador
denominado canabeno, antiespasmódico e narcó- ori.: por oposição a Besunta (Força Aérea Portu-
tico que, ministrado em doses consideráveis, pro- guesa) , ou seja o pessoal que não voa, designa-
duz sintomas psicóticos e intoxicação. É aplicável damente o pessoal de manutenção e ocinas
mágico 109 malhar com os ossos

ex.: "Na sala de ociais reúnem-se os Mágicos en- mais contente que centopeia com sapatos novos
quanto os Besuntas preparam os aviões para os é um: superlativo por comparação pitoresca
voos de treino desse dia" grau-normal: contente
dom: Força Aérea Portuguesa mais demorado que enterro de rico
level: coloquial é um: superlativo por comparação pitoresca
oposto: desunta grau-normal: demorado
local: Portugal mais do que três sacudidelas é punheta
magnório reclamação jocosa e brejeira quando um homem de-
é um: fruto mora muito tempo a urinar
fruto do magnoreiro level: calão carroceiro
sin.: nêspera mais lento que um cágado às cavalitas de um
magricela caracol
diz-se de alguém muito magro estar extremamente lento
sin.: ser um pau de virar tripas; ás de paus; escani-ex.: "Apre! Aquele site está mais lento que um
frado; escanzelado cágado às cavalitas de um caracol"
mainate mais morto que vivo
empregado doméstico afecto ao serviço pessoal de mais ou menos
alguém-antigo. Na actualidade é usado deprecia- mais que as mães
tivamente, ou em exclamações de reacção muitos
ex.: sin.: mais que muitos
frase: Julgas que sou teu mainate ou quê? mais que muitos
equiv: não me tentes escravizar que não vais ter muitos
sorte sin.: mais que as mães
local: pt mais triste que a noite
maior e vacinado mais vale sustentar burros a pão de ló
mais angustiado que barata de pernas para o ar (tratar muito bem/dar alguma coisa a alguém) quem
é um: superlativo por comparação pitoresca não sabe apreciar
grau-normal: angustiado sin.: dar pérolas a porcos
mais ansioso que anão em comício patt: (mais vale/) sustentar burros a pão de ló
é um: superlativo por comparação pitoresca mais velho que a Sé de Braga
grau-normal: ansioso muito velho
mais apertado que chapéu novo patt: (mais velho* que/velho* como) a Sé de Braga
é um: superlativo por comparação pitoresca malagueiro
grau-normal: apertado é um: termo
mais apressado que cavalo de carteiro ex.:
é um: superlativo por comparação pitoresca frase: ir para o malagueiro
grau-normal: apressado equiv: cair, morrer, ter um acidente grave
mais cedo ou mais tarde malaique
mais coisa, menos coisa é um: insulto
aproximadamente podre
ex.: Vai ser preciso 1000 euros mais coisa, menos ex.:
coisa frase: muito malaique
mais complicado que calças de polvo equiv: muito podre
é um: superlativo por comparação pitoresca local: Angola
grau-normal: complicado mal amanhado
mais comprido que esperança de pobre pessoa muito descuidada no vestir
é um: superlativo por comparação pitoresca sin.: fraldisqueiro; mal-pronto; destrambelhado
grau-normal: comprido malandragem
mais comprido que suspiro em velório sin.: gandulagem
é um: superlativo por comparação pitoresca malandro
grau-normal: comprido sin.: gabiru
mais conhecido que a reza do padre-nosso malcheiroso
é um: superlativo por comparação pitoresca aquele ou aquilo que exala mau cheiro ou causa náu-
grau-normal: conhecido sea (por razões físicas, psicológicas ou comporta-
mais constrangido que padre em puteiro mentais) ,
é um: superlativo por comparação pitoresca sin.: fedorento; fétido; nauseabundo; nojento; pu-
grau-normal: constrangido trefacto; podre; piolhoso; tinhoso
mais contente que cão com dois rabos mal empregado
é um: superlativo por comparação pitoresca mal e porcamente
grau-normal: contente malhar com os ossos
malhar em ferro frio 110 mandar uma bisga

malhar em ferro frio mandar para o outro mundo


◦ não (dizer/fazer) nada de relevante, dizer sempre matar
a mesma coisa sin.: mandar para os anjinhos
◦ Ideia ou iniciativa que a nada conduz patt: (mandar*/despachar*/ir*) para o outro
◦ Inutilidade mundo
sin.: chover no molhado; tiro de pólvora seca mandar abaixo de Braga
má língua é um: interjeição
◦ alguém incapaz de guardar um segredo ordem de não aborrecer e de se ir embora
◦ alguém que fala excessivamente sin.: ir à merda; vai à berdamerda
sin.: língua comprida etim: expressão antiga que se refere à antiga lixeira

mal parado e local para onde escorriam os esgotos de Braga


mal por mal (zona de Frossos?)
mal-pronto level: coloquial

pessoa muito descuidada no vestir patt: (mandar*/ir*) abaixo de Braga

sin.: fraldisqueiro; mal amanhado; destrambelhado mandar para o inferno


malta da pesada é um: interjeição

maluco ordem de não aborrecer e de se ir embora


pessoa que não regula bem da cabeça patt: (mandar*/ir*) para o inferno

sin.: chanfrado; biruta; xoné; pirado; doido; pílulas; mandar pentear macacos
doido varrido; liru; tantan; maluquete é um: interjeição

maluquete ordem de não aborrecer e de se ir embora


pessoa que não regula bem da cabeça patt: (mandar*/ir*) pentear macacos

sin.: chanfrado; biruta; xoné; maluco; pirado; mandar o Bernardo às compras


doido; pílulas; doido varrido; liru; tantan ter relações sexuais
ex.: Olha para a gura que aquele faz...é mesmo sin.: fazer amor; pinar; quilhar; foder; pilar; copu-
maluquete lar; dar uma ponteirada; dar-lhe aço; estar no
local: Brasil refustedo; fornicar; transar; aambrar alguém;
mamada anfar-lhe; afogar o ganso; pinocar; gibra
◦ sexo oral masculino ex.:

◦ interjeição violenta de desagrado frase: Ele só pensa em mandar o Bernardo às


sin.: fazer um broche; fazer um bobó; chupa-me a compras
pichota; fazer um bico; falofagia; felácio equiv: substitui - copular

ex.: Faz-me uma mamada! level: calão

mamar local: pt sul

sofre, apanhar mandar para o maneta


ex.: mamaste um golo que até um cego defendia matar ou ferir gravemente
mamar na teta da vaca mandar para os anjinhos
mamas matar
seios de mulher, busto sin.: mandar para o outro mundo

sin.: tetas; marmelos; holofotes; peitos; faróis; pára- mandar postas


choques; seios; prateleiras; marufas especular, falar sem grande fundamentação
mancar sin.: bitaites; palpites

estar a observar disfarçadamente e a adivinhar as level: coloquial

intenções de terceiros mandar postas de pescada


sin.: coxear; cocar especular, sem saber exatamente o que está a dizer
mandar alguém bugiar! sin.: falar de cor; sem conhecimento de causa

é um: interjeição mandar-se


ordem de não aborrecer e de se ir embora fugir, afastar-se
level: coloquial sin.: dar ares de Vila Diogo; dar à sola; dar de
patt: (mandar* alguém/ir*) bugiar! frosques; dar de trancas; cavar; pirar-se; fugir;
mandar à outra banda vazar; pôr-se no piro; pôr-se na alheta; pôr-se
é um: interjeição nas andadeiras; pôr-se ao fresco; pôr-se a mexer;
ordem de não aborrecer e de se ir embora pôr-se a bulir; pôr-se a milhas; pôr-se a andar;
mandar às urtigas cair fora; ralar peito; picar a mula; escafeder-se;
deixar de ter interesse por (por desânimo, cansaço, acunhar; pisar fundo
local: Brasil
etc)
ex.: Apetece-me mandar tudo às urtigas! mandar uma bisga
mandar bocas cuspir
mandar um telegrama 111 marcar passo

mandar um telegrama manicómio em autogestão


fazer necessidades siológicas sólidas usa-se para descrever situações ou organizações ir-
sin.: cagar; defecar; fazer as suas necessidades; ar- racionais
riar o calhau; ir enviar um fax; fazer cocó; largar sin.: casa de doidos
o barro mano
ex.: levantei-me da cama pra mandar um telegrama usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de
mandar vir referir uma pessoa
mandrião sin.: gajo; tipo; meco; caramelo; indivíduo; fulano;
é um: insulto fabiano; bacano; melro
sin.: manga; manguela; moina; moinante; pregui- ex.: aquele mano não me deixa em paz
çoso; sorna; calaceiro; calão level: coloquial
• •
Prossão ctícia atribuída a pessoa conhecida por amigo próximo, companheiro
fugir ao trabalho sin.: compincha; parceiro; Manolo
sin.: ser calceteiro marítimo; vadio Manolo
mano amigo próximo, companheiro
maoso sin.: compincha; mano; parceiro
manga ex.: O Mosca é o meu manolo.
é um: fruto
local: pt norte
• manso como um cordeiro
é um: insulto manta de farrapos
sin.: manguela; moina; moinante; preguiçoso; patt: manta*N de farrapos
sorna; mandrião; calaceiro; calão manta de retalhos
mangação patt: manta*N de retalhos
estar a brincar, estar a mangar comigo
manter à distância
sin.: brincadeira; gozo; reinação
manter à rédea curta
ex.:
mão amiga
frase:disse-o por mangação
mão de aranha
equiv: não é verdade o que disse
◦ Pessoa que tem pouca habilidade manual, desig-
level: calão
local: pt sul
nadamente na preensão dos objectos (que deixa
mangalho frequentemente cair ao chão)
órgão sexual masculino, pénis, pênis ◦ incapaz de fazer determinada tarefa
sin.: abécula; aselha; desajeitado
sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
ex.: O Óscar é um mãos de aranha! Já partiu mais
cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de
família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho; um copo...
level: coloquial
piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola;
local: Portugal
lampreão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black
and decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; mar-
mão de ferro
sapo; besugo; quinta perna do burro; saborda- autoritariamente, com prepotência
lhão; sardão; tora; verga mão na roda
ex.: sua ajuda foi uma mão na rola
mangaruça
comm: ?
usar de vantagem ilegítima ou indevida para ul-
trapassar parceiros ou competidores (usualmente mãos ao ar!
sem grande impacto económico ou social) mãos à obra!
sin.: aldrabice; batota; tramóia; esperteza saloia
preferir o simples ao complicado
sin.: se a montanha não vai a Maomé , vai Maomé
ex.: só conseguiu ganhar o jogo com uma grande
mangaruça à montanha
level: calão
mãos de fada
manguela marafona
é um: insulto travesti grotesco, burlesco, ligado a mascaradas do
sin.: manga; moina; moinante; preguiçoso; sorna; Carnaval de Torres Vedras
mandrião; calaceiro; calão sin.: matrafona

level: coloquial maralhal


manhoso multidão
diz-se de alguém que tem muita experiência, que não marar
se deixa enganar car maluco momentaneamente
sin.: raposa velha; mula; matreiro sin.: ipar; passar-se; perder a cabeça; pirar de vez;

• estar a dar tilt


representa alguém que é manhoso e interesseiro level: coloquial

sin.: coninha de sabão; interesseiro; egoísta; dissi- marcar passo


mulado sem sair do sítio
marcar pontos 112 marufas

marcar pontos marmelos


marcha forçada seios de mulher, busto
patt: marcha*N forçada*N sin.: mamas; tetas; holofotes; peitos; faróis; pára-
marcha nupcial choques; seios; prateleiras; marufas
patt: marcha*N nupcial*N ex.: deixa-me apalpar os teus marmelos

marchar level: coloquial

morreu, faleceu marrã


sin.: bater a bota; bater o cachimbo; bater a caço- mulher jovem, ainda não totalmente mulher
leta; esticar o pernil; ir para a terra da verdade; ir sin.: pita; miúda
para o céu; ir para o beleléu; ir para o jardim das level: coloquial
tabuletas; ir para a quinta dos pés juntos; ir para marrão
os anjinhos; ir às malvas; passar desta para me- que estuda muito
lhor; quinar; dar o peido mestre; dormir o sono level: calão
eterno; descanso eterno; dar o último suspiro; dar local: pt centro
o couro às vacas; abotoar o paletó; entregar a marrar
alma a Deus; nar-se; anafragar; estertorar tipo de estudo que consiste em decorar violenta-
mar de gente mente tudo
mar encapelado marsápio
Maria vai com as outras órgão sexual masculino, pénis, pênis
Pessoa que não pensa por si, limitando-se a fazer os sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
que os outros fazem cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de
ex.: Ela não tem cabeça; é uma Maria vai com as
família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho;
outras... piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola;
local: pt
lampreão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black
mariazinha and decker ; bordalo; bacamarte; marsapo; man-
level: calão
galho; besugo; quinta perna do burro; saborda-
maricas lhão; sardão; tora; verga
◦ homossexual masculino passivo level: calão
◦ indivíduo efeminado marsapo
sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; bai-
órgão sexual masculino, pénis, pênis
tola; abichanado; lingrinhas; miasco; rabo; ra- sin.: pila; badalo; pincel; piça; picha; caralho; ca-
beta; rebola; rabolho; panasca; panisga; panilas; cete; camandro; pau; pinto; ponteiro; abono de
panão; panuco; picolho; veado; perobo; boiola; família; porra; drejo; bregalho; bicha; vergalho;
frozô; roto; abafa-palhinha; gay piroca; pirilau; pichota; basalto; banana; pirola;
genero: masculino
lampreão; pinguelo; piçalho; bitola; blica; black
level: calão
and decker ; bordalo; bacamarte; marsápio; man-
marijuana galho; besugo; quinta perna do burro; saborda-
dom: droga
lhão; sardão; tora; verga
marimbar-se level: calão
◦ não se interessar, atitude de indiferença marsugado
◦ não dar importância a sin.: cozer a bebedeira; curar a bebedeira; ressacar
sin.: estar-se cagando; estar-se borrifando; estar-se
martelar os ouvidos
marimbando; estar-se nas tintas; não ligar nada gritar ou falar insistentemente
a; não ligar ex.: Pára de me martelar os ouvidos com essa his-
marinheiro de água doce tória
patt: marinheiro*N de água doce
martelo
mariquices seringa para injectar droga
factos ou coisas de pouco ou nenhum valor sin.: compressor; seringa; caneta; bomba; chica;
sin.: cunices; merdices; coneirices; coisas de nada;
gringa
insignicâncias dom: droga
marmanjão marufas
insulto, alguém que já tinha idade para fazer mais
seios de mulher, busto
sin.: marmanjo
sin.: mamas; tetas; marmelos; holofotes; peitos; fa-
marmanjo róis; pára-choques; seios; prateleiras
insulto, alguém que já tinha idade para fazer mais ex.:
sin.: marmanjão
frase: a fotograa é enganadora, parece que tem
ex.: eu trabalhar e aquele marmanjo ali especado
as marufas de fora
sem fazer nada
equiv: parece que tem os seios de fora
marmelo
level: coloquial
é um: fruto
masmorras 113 megera

masmorras matrafona
cadeia mulher desleixada na maneira de vestir, grotesca
sin.: pildra; choça; xilindró; prisão; prisa; cala- •
bouço; cárcere; xadrez travesti grotesco, burlesco, ligado a mascaradas do
ex.: armou-se em esperto e deu com os costados nas
Carnaval de Torres Vedras
masmorras sin.: marafona
massa matreiro
dinheiro diz-se de alguém que tem muita experiência, que não
sin.: carcanhois; bago; taco; cacau; caroço; graveto;
se deixa enganar
granfo; papel; patacão; pilim; cheta; vil metal; sin.: raposa velha; mula; manhoso
grana; pastel; pasta; dinheiro; guito; guita; tutu; mau grado
verdinha mau-Maria!
massa cinzenta interjeição de descontentamento e ameaça
cérebro sin.: mau-mau-Maria
massa folhada mau-mau-Maria
Massagista de couros
interjeição de descontentamento e ameaça
é um: graçola jocosa
sin.: mau-Maria!
aquele que engraxa sapatos (jocoso)
sin.: engraxador
mau como as cobras
ex.: "O Filipe é um presumido. É engraxador mas
muito mau
patt: mau*N como as cobras
deve pensar que é massagista de couros"
masteigada maus tratos
manipular alimentos ou ingredientes originando mis- má vida
turas ou detritos que sujam ou incomodam ◦ prostituição
sin.: fazer tibórnia; misturada; mixórdia; bodega
◦ boémia
ex.: má vontade •
frase: Teresinha, não faças masteigadas com a crítica constante, remoque
comida! sin.: picuinha; pirraça; perseguição; implicância

equiv: Possível alusão a petiscos tradicionais en- ex.: fazer picuinha, estar de picuinha com alguém

volvendo o escorrimento de líquidos ou restos mea culpa


local: pt norte meco
mastronço usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de
matabichar referir uma pessoa
tomar o pequeno almoço sin.: gajo; tipo; caramelo; indivíduo; fulano; fabi-

matar a cabeça ano; bacano; mano; melro


matar a fome level: coloquial

◦ comer medalha de cortiça


◦ tomar o pequeno almoço patt: medalha*N de cortiça
sin.: matar o bicho medir as forças
matar dois coelhos duma cajadada medir as palavras
fazer algo que resolve dois problemas duma só vez meditabundo
matar o bicho estar completamente distraído; Não estar atento
◦ comer por introspecção, aborrecimento ou incapacidade
◦ tomar o pequeno almoço temporária de focalização na realidade do mo-
sin.: matar a fome mento
• sin.: estar na lua; andar nas nuvens; aluado; en-

beber (normalmente bebidas alcoólicas) simesmado; aéreo; desligado; ausente; em parte


sin.: molhar a goela; molhar o bico; molhar a pala-
incerta; dormir na forma; estar noutro compri-
vra; tirar a poeira da garganta mento de onda
level: coloquial medricas
matar o tempo Pessoa que tem medo em excesso e de muitas coisas
matarruano sin.: ter medo da própria sombra

é um: insulto •
mal-educado, bruto, ignorante, rude, sem maneiras é um: insulto
sin.: bertoldo; burgesso; ordinário; alarve; gros- sin.:cagão; cagarolas; cobarde; coneiro; roto; pan-
seiro; achavascado; rude; ser um casca-grossa cona; tanso; lerdo
local: pt sul megera
matar tempo mulher vingativa, rancorosa, cobiça, ciumenta, inve-
josa
megera 114 merda

ori.: da mitologia grega-romana, é a mais temida meliante


das três irmãs conhecidas como as fúrias encarre- alguém que pela forma de vestir (boné de lado, cal-
gadas de perseguir os mortais que tivessem come- ças largas, piercings nas orelhas) ou de se com-
tido faltas. Persegue as suas vítimas com a maior portar não inspira conança, estando associado à
fúria, fazendo-as fugir eternamente, gritando-lhe criminalidade menor
aos ouvidos as suas faltas. Era especialista em sin.: guna; mitra; delinquente; bandido; desonesto;
castigar e vingar crimes ligados às indelidade ralé; escória
matrimoniais. Nenhuma atenuante a comove. melro
ex.: aquela megera não o deixa sequer comer a sopa é um: ave
até ao m •
meia bola e força usa-se como um modo, ligeiramente irreverente, de
◦ argumento ou método de duvidoso mérito, credi- referir uma pessoa
bilidade usado de improviso ou muito precaria- sin.: gajo; tipo; meco; caramelo; indivíduo; fulano;

mente fabiano; bacano; mano


◦ atividade mal feita, feita à pressa, sem planea- melro de bico amarelo
mento ser esperto, astucioso, nório
sin.: tirar do cu com um gancho; atamancado; feito sin.: no como um rato; nos como corais; no como

em cima dos joelhos; feito às três pancadas; de um alho


qualquer maneira; improvisar memória de elefante
ex.: A Raquel não é nada perfeita no que faz. É boa memória
tudo meia bola e força... menage à trois
meia casa sin.: surba

meia dúzia de gatos pingados menção honrosa


estar quase vazio patt: menção*N honrosa*N

sin.: estar às moscas menina e moça


ex.: só apareceram meia dúzia de gatos pingados menina rocha
meia irmã usa-se para descrever mulheres muito bonitas, vai-
meia leca dosas, pouco inteligentes e que normalmente só
meia-leca pensam em sexo
alguém baixinho, muito pequeno sin.: loira; barbie

sin.: cinco reis de gente ex.: só me saciem meninas rochas...

local: pt norte level: coloquial

meias palavras menino da mamã


eufemisticamente, sem dizer a verdade toda diz-se de alguém muito mimado
meias solas sin.: lho da mamã

meiguice patt: menino*GN da mamã

festas, carinho Menino Jesus


sin.: cafuné; carícia; quitute; quindim; tagaté; menino de coro
abafo; dengo patt: menino*N de coro

meio morto menino Pompeu


é um: insulto
muito cansado
meita pessoa fácil de enganar
sin.: anjinho; otário; palerma; tanso; lorpa; totó;
sémen, esperma
sin.: esporra; langonho; nanha; beita; porra
betinho
level: calão
menos mal
melão mentira esfarrapada
cabeça sem fundamento, conversa fútil, sem interesse, de
sin.: mona; cachimónia; tola; bestunto; bestunteira;
veracidade duvidosa
sin.: conversa de chacha; conversa ada; tretas; pa-
cornos; cuca; caixa dos pirolitos
melga leio; paleio vigarista; paleio de vendedor de esco-
é um: insecto
vas; balelas; baboseira; chuchadeira; patacoadas

mentira piedosa
patt: mentira*N piedosa*N
diz-se de um individuo insistente, que se cola às pes-
soas, de modo incomodativo
mentir com quantos dentes tem na boca
mentir descaradamente
sin.: chato; aborrecido; incomodativo; gosma; fega;
cromo; postal; autocolante; adesivo; besunta
mercado negro
level: coloquial
merda
excrementos, fezes consistentes e enformadas
melgar
sin.: berdamerda; cagalhão; caca; fezes; poio; ciro-
sin.: chatear; aborrecer; incomodar
lho; bunicos; trampa; bosta
level: coloquial
level: calão carroceiro
merdices 115 meter o prego a fundo

merdices meter a viola no saco


factos ou coisas de pouco ou nenhum valor ◦ calar-se derrotadamente
sin.: cunices; coneirices; coisas de nada; mariquices; ◦ submeter-se, sair humilhado e derrotado
insignicâncias sin.: meter a língua no saco; meter o rabo entre as

level: calão pernas; embatucar; perder o pio


meretriz level: coloquial

é um: insulto patt: (meter*/enar*) a viola no saco

é usado genericamente para insultar violentamente meter o pé na argola


alguém do sexo feminino que vive de expedientes, errar, enganar-se escandalosamente
sin.: meter a pata na poça; gafe; argolada; meter
que não tem objectivos. Tomado à letra indicaria
- mulher que vive na prostituição água
patt: (meter*/enar*) o pé na argola
sin.: puta; mulher da má vida; mulher devassa;
mulher promíscua; coirão; mulher de mau porte; meter o rabo entre as pernas
mulher de meia porta; prostituta; putéa; pros- ◦ calar-se derrotadamente
tiputa; barregã; cuarra; vaca; vaca descomunal; ◦ submeter-se, sair humilhado e derrotado
sin.: meter a viola no saco; meter a língua no saco;
vacão; quenga; pechenga; piriguete; reputenga;
vadia; oferecida; bicha de angola; galdéria; ra- embatucar; perder o pio
patt: (meter*/(fugir*/sair*) com) o rabo entre as
meira
level: arcaico
pernas
mesa redonda meter na cabeça
mestre de cerimónias meter na linha
patt: mestre*N de cerimónias
meter na ordem
meter o bedelho
mesureiro intrometer-se sem ser chamado
pessoa que habitualmente se excede em cumprimen- sin.: meter a colherada; meter o guedelho
tos e mesuras ex.: andas sempre a meter o bedelho em tudo
sin.: ser cavalo de cortesias; cerimonioso

metediço intrometer-se
diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora sin.: meter o focinho; meter o nariz; meter o nariz
meter-se na vida dos outros onde não é chamado; meter-se onde não é cha-
sin.: anzoneira; cabaneiro; coscuvilheiro; cusca; bis- mado
bilhoteiro; fofoqueiro; mexiriqueiro; bilhardeiro meter o bico
meter a colherada meter o focinho
intrometer-se sem ser chamado intrometer-se
sin.: meter o guedelho; meter o bedelho sin.: meter o nariz; meter o nariz onde não é cha-

meter a foice em seara alheia mado; meter-se onde não é chamado; meter o be-
entrar em assuntos que não são meus delho
ex.: não pretendendo meter foice em seara alheia meter o guedelho
acho que devias deixá-lo intrometer-se sem ser chamado
meter água sin.: meter a colherada; meter o bedelho
ex.: andam sempre a meter o guedelho em tudo
errar, enganar-se escandalosamente
sin.: meter o pé na argola; meter a pata na poça;
meter ombros ao trabalho
gafe; argolada ◦ iniciar um trabalho
meter a língua no saco ◦ trabalhar com anco
◦ concretizar algo
◦ calar-se derrotadamente
sin.: pôr mãos à obra; bergar a mola; arregaçar as
◦ submeter-se, sair humilhado e derrotado
sin.: meter a viola no saco; meter o rabo entre as
mangas; pegar o touro pelos cornos
pernas; embatucar; perder o pio
meter o nariz
intrometer-se
meter a mão na consciência sin.: meter o focinho; meter o nariz onde não é
meter a mão na massa chamado; meter-se onde não é chamado; meter
lançar-se a um trabalho o bedelho
meter a pata na poça meter o nariz onde não é chamado
errar, enganar-se escandalosamente intrometer-se
sin.: meter o pé na argola; gafe; argolada; meter sin.: meter o focinho; meter o nariz; meter-se onde
água não é chamado; meter o bedelho
meter a unha meter o prego a fundo
meter a uso andar a toda a velocidade (normalmente referente a
meter dó carros)
situação confrangedora sin.: gás à tábua!; dar aço
patt: (meter* (o/) /) prego a fundo
meter o Rossio na Betesga 116 mina

meter o Rossio na Betesga mexilhão


actividade volumetricamente impossível órgão sexual feminino
etim: O Rossio é uma enorme praça ao contrário da sin.: cona; pipi; pito; pitaço; pirona; rata; vagina;
pequena rua da Betesga ninho; parreco; pombinha; racha; febra; entrefo-
meter os pés pelas mãos lhos; ostra; greta; pachacha; patareca; passari-
atrapalhar-se e perder a capacidade de resposta nha; perseguida; boceta; conaça; crica; aranha;
sin.: não dizer coisa com coisa; trocar os pés pelas fanesga; boca do corpo; xana
mãos en: pussy
level: calão muito carroceiro
meter pena
meter-se na boca do lobo mexiriqueiro
entrar numa situação perigosa diz-se de uma pessoa demasiado curiosa e que adora
patt: (meter-se*/cair*) na boca do lobo meter-se na vida dos outros
sin.: anzoneira; cabaneiro; coscuvilheiro; cusca; me-
meter-se com
meter-se em altas cavalarias tediço; bisbilhoteiro; fofoqueiro; bilhardeiro
◦ demasiado trabalho, demasiada diculdade, de- miasco
masiada quantidade ◦ homossexual masculino passivo
◦ meter-se em tarefas superiores às suas capacida- ◦ indivíduo efeminado
des sin.: arrombado; paneleiro; larilas; lelé; bicha; bai-

◦ (isso) ultrapassa as minhas capacidades tola; abichanado; lingrinhas; maricas; rabo; ra-
sin.: ser muita fruta; o coco é seco; areia a mais beta; rebola; rabolho; panasca; panisga; panilas;
para a minha camioneta; dose de cavalo panão; panuco; picolho; veado; perobo; boiola;
meter-se em complicações frozô; roto; abafa-palhinha; gay
ex.: és mesmo miasco!
sin.: meter-se em trabalhos; arranjar chatice;
genero: masculino
meter-se numa grande alhada
level: calão carroceiro
meter-se em despesas
meter-se em trabalhos mijão
sin.: meter-se em complicações; arranjar chatice;
pessoa com muita sorte
sin.: piçudo; sortudo
meter-se numa grande alhada
level: calão
meter-se nos copos
meter-se numa grande alhada mijar
sin.: meter-se em trabalhos; meter-se em complica-
fazer xixi
sin.: urinar; controlo anti-dopping ; verter águas; ti-
ções; arranjar chatice
rar água do joelho; fazer xixi
meter-se numa redoma
level: calão carroceiro
meter-se num beco sem saída
mijar nos nados
situação embaraçosa, diculdade insuperável
sin.: estar metido num beco sem saída; ser um bico
trair, desrespeitar os antepassados
level: calão
de obra
meter-se onde não é chamado mijo
intrometer-se urina
sin.: xixi; urina
sin.: meter o focinho; meter o nariz; meter o nariz
level: calão
onde não é chamado; meter o bedelho

meter uma cunha
metrix! sorte
é um: eufemismo por semelhança sonora
sin.: paio; reco; piço; chouriço
ordem de não aborrecer e de se ir embora level: calão
sin.:
milhentas
ex.: Metrix! Aleijei-me!
em grande quantidade
sin.: bué de; à beça; bué-muito; tótil de; muitíssimo;
meu caro
meu dito, meu feito • a dar com um pau; baita; um ror de _; pargas;
Actuar imediatamente de acordo com o que foi anun- paletes de algo; catrefada de _
gram: loc. adv. de quantidade
ciado ou proposto
sin.: se bem o disse melhor o fez; ser tiro e queda
militarista
ex.: "Disse-lhe que que gostaria de um dia casar
militar que se quer evidenciar
sin.: chico
com ela e, meu dito-meu feito, marcou-se logo a
data" mina
level: coloquial namorada, rapariga
local: Portugal sin.: garina; chavala; guria; garota; cruzeta; gaja;

meuzola pailha; miúda; rapariga


minete 117 moeda corrente

minete mitra
acto sexual oro-genital, lamber a vagina é um: insulto
sin.: trombada; cunilingus; lamber-te; passar a casa sin.: azeiteiro; parolo; chunga; chulo; pimba
a pano; felácio; broche feminino ex.: aquele tipo é mesmo mitra
level: calão estupidamente carroceiro •
mineteiro alguém que pela forma de vestir (boné de lado, cal-
pessoa que faz o cunnilingus ças largas, piercings nas orelhas) ou de se com-
sin.: trombeiro
portar não inspira conança, estando associado à
level: calão muito carroceiro
criminalidade menor
sin.: guna; meliante; delinquente; bandido; deso-
minhoca
nesto; ralé; escória
é um: animal
ex.: Aquele bairro é só mitrada
ministério miúda
é um: trocadilho por aglutinação libertina namorada, rapariga
aparelho de som de dimensões muito reduzidas sin.: garina; chavala; guria; garota; cruzeta; gaja;
minorca pailha; mina; rapariga
pessoa pequena •
sin.: caga-tacos; rodas-baixas; roda 24 mulher jovem, ainda não totalmente mulher
level: coloquial sin.: pita; marrã

minuins miúda-jacking
é um: manobra reprovável
amendoins
sin.: alcagoitas
roubar descaradamente a namorada a alguém
ex.: "Parece impossível! Como é que pudeste fazer
Mirita
miúda-jacking ao teu próprio irmão??"
Artist