Você está na página 1de 3

Normas e regulamento - COPA EVANGÉLICA

1. Objetivos

1.1. Promover o intercâmbio entre as igrejas, a união entre os mesmos, através da


realização de um programa comum aos membros envolvidos;

1.2. Promover e incentivar a prática de esportes, a competitividade sadia entre as


igrejas presentes, reforçando o espírito cristão de união, respeito e companheirismo
durante as disputas.

2. Modalidades

2.1. A modalidade esportiva de caráter competitivo oferecida é:  Futsal (masculino)

4. Inscrições

4.1. Futsal - Masculino

4.1.1. A inscrição das equipes serão feitas através de e-mail. E-mail e o período serão
informados pelo Comitê com antecedência;
4.1.2. Para a participação nos jogos, existe a cobrança de uma taxa de inscrição,
divulgada pelo Comitê;

4.1.3. É obrigatório o envio da relação de jogadores, em data previamente marcada pelo


Comitê (conforme modelo de planilha disponibilizada);

4.1.4. No Congresso Técnico, a mesma relação deve ser entregue de forma impressa,
contendo nome legível e assinatura do líder de esportes e missionário/pastor;

4.1.5. Os jogadores inscritos devem possuir freqüência às reuniões, cultos e demais


atividades da igreja;

4.1.6. Serão permitidos até 12 jogadores inscritos;

4.1.6.1. Se no início da partida, uma equipe não tiver, no mínimo, 3 jogadores em


quadra, será considerado WO, sendo que será contabilizada vitória com o placar de 3x0
para a equipe adversária;

4.1.6.2. Se durante a partida, uma das equipes ficar reduzida a menos de 3 jogadores
na quadra, devido a lesões ou expulsões, a partida será encerrada. Sendo que será
contabilizada vitória para equipe adversária pelo placar de 3X0, caso o placar estiver
maior, mantém-se o placar;

4.1.7. É permitida a participação dos missionários / pastores como jogadores;

4.1.8. Não serão aceitos jogadores “emprestados” de outras igrejas, nem a aglutinação
de igrejas para a formação de uma equipe. Isto significa que na
cidade/distrito/paróquia/comunidade onde houver mais de uma igreja, não poderá se
juntar com outras existentes;
4.1.9. O jogador que estiver participando de duas ou mais igrejas, deverá optar por qual
igreja queira participar, mesmo que tenha frequência em mais igrejas;

4.1.10. A idade mínima para poder participar dos Jogos é de 16 anos, aos menores de
18 anos, será necessária autorização dos pais ou responsáveis;

4.1.11. A apresentação das relações dos jogadores é obrigatória nos jogos.

5. Premiações

5.1. Troféu e medalhas para o primeiro colocado. Medalhas para o segundo e terceiro
colocados. Troféu para o artilheiro e goleiro menos vazado.

6. Os Jogos

6.1. Nos dias dos jogos, os jogadores devem apresentar o documento de identificação
com foto (Carteira de identidade, CNH, passaporte).

6.2. Futsal

6.2.1. As regras adotadas serão da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), com


algumas particularidades listadas nos itens subseqüentes;

6.2.2. Tempo de jogo: 1 tempo de 20 minutos corridos na fase de classificação; 2


tempos de 15 minutos na fase de mata-mata.

6.2.3. Não é permitido pedir “tempo” no decorrer dos jogos;

6.2.4. Cabe aos árbitros das partidas o julgamento correto e aplicação de cartões
amarelos ou vermelhos nas respectivas partidas;

6.2.4.1. O atleta que pronunciar quaisquer palavrões, qualquer ofensa, tanto para
árbitros, adversários ou para companheiros da equipe será punido instantaneamente
com o cartão amarelo.

6.2.5. Classificam-se os 2 primeiros colocados de cada chave. Havendo empate no


somatório dos pontos, os critérios são: a) Saldo de gols (gols prós menos gols
sofridos); b) Maior número de gols prós; c) Menor número de gols sofridos; d) Menor
número de cartões vermelhos por equipe; e) Menor número de cartões amarelos por
equipe; f) Menor número total de faltas; g) Confronto direto; h)Sorteio.

6.2.6. No quadrangular final:

6.2.6.1. Os jogos são disputados em sistema de eliminatórias simples. Havendo empate


durante o tempo normal haverá cobrança de pênaltis para definir o vencedor, com 3
cobranças intercaladas para cada equipe e, se persistir o empate cada equipe irá cobrar
uma penalidade máxima de forma alternada até que haja um vencedor.

7. Punições
7.1. Serão aplicadas as seguintes punições aos jogadores portadores de cartões de
advertência: a) O jogador que receber 2 cartões amarelos (acumulativos) estará
suspenso da próxima partida que a equipe vier a disputar. Caso o jogador tenha
recebido o 2º cartão amarelo no último jogo de sua equipe na edição dos jogos, este
deve cumprir a suspensão no primeiro jogo da competição seguinte; b) O jogador que
receber 1 cartão vermelho durante a competição, estará suspenso da próxima partida
que a equipe vier a disputar. Caso o jogador tenha recebido o cartão vermelho no último
jogo de sua equipe nos jogos, este deve cumprir a suspensão no primeiro jogo da
competição seguinte; c) O jogador que for punido com cartão vermelho ainda poderá
ser julgado pela Comissão Organizadora, podendo receber punição maior.

7.2. Qualquer participante dos jogos que por ventura vier se comportar de forma
inconveniente e indisciplinada poderá sofrer alguma forma de punição avaliada e
decidida pelo comitê. Podendo o grupo deste participante vir a perder pontos ou ainda
ser desqualificado dos jogos por um período de até 2 anos.

8. Dispositivos Gerais

8.1. Sugere-se a utilização de arbitragem neutra para os jogos, evitando quaisquer


falatórios desnecessários e discussões inconvenientes;

8.2. A igreja que estiver participando dos jogos, e que não tiver mais chances de se
classificar, “entregando” o jogo por luxo, sofrerá a penalidade de não poder participar do
próximo torneio.

8.3. A igreja que se inscrever para os jogos, confirmar e não participar, não poderá
participar do próximo torneio.

8.4. Toda e qualquer reclamação somente será aceita e averiguada, quando solicitado
pelo líder/responsável pela igreja;

8.5. Qualquer caso não mencionado neste documento será analisado pela coordenação
do evento, cuja decisão é soberana. Contamos com o apoio, oração e motivação de
todos vocês neste evento.

J,
Joinville, Maio de 2018.

Organização da Copa Evangélica.