Você está na página 1de 2

MÓDULO 13:

Terapia Aspectos comportamentais: Reforço


Comportamental
Dialética

Wilson Vieira Melo


Doutor em Psicologia (UFRGS / Universityof Virginia)

PROCEDIMENTOS DE MUDANÇA: Procedimentos de contingência Raciocínio para procedimentos


(controlar contingências e observar limites)
de contingências
• Implementar um plano de tratamento
consistente, que especifique as consequências • As consequências de um comportamento afetam
de certos comportamentos. a probabilidade de que o comportamento ocorra
– Exemplos: novamente.
• A paciente não pode ligar para o terapeuta por 24h
depois de um parassuicídio.
• Se a paciente telefonar mais que x vezes durante uma REFORÇO
mesma semana perderá a oportunidade de ligar na
semana seguinte.
• Implementar sistemas de níveis e privilégios em
unidades de internação. PUNIÇÃO EXTINÇÃO

Relação terapêutica Relação terapêutica


como contingência como contingência

• Para a maioria das pacientes borderline, o • A relação é utilizada a serviço dos objetivos a
reforço mais poderoso geralmente tem a ver longo prazo da paciente.
com a qualidade da relação terapêutica.
O terapeuta primeiro desenvolve uma forte relação positiva e
depois a utiliza para “chantagear”a paciente para fazer as
O desenvolvimento de uma relação mudanças exigidas, mas dolorosamente difíceis, em seu
interpessoal forte e intensa com a comportamento.
paciente é essencial.

Terapia Comportamental Dialética 1


Relação terapêutica Procedimento de controle
como contingência das contingências

• Cada resposta dentro de uma interação interpessoal


Você precisa ter é uma forma potencial de reforço, punição ou
dinheiro no
banco para extinção.
podergastá-lo!
• O modo como o terapeuta responde à paciente a
cada momento afeta o que ela faz, sente, pensa e
A força, ou a percebe subsequentemente.
intensidade, da
relação deve
ser mútua.

1. REFORÇAR COMPORTAMENTOS ADAPTATIVOS


RELEVANTES PARA AS METAS Momento do reforço

1. O que a paciente está fazendo?


2. Esse comportamento deveria aumentar, diminuir ou • O reforço
é irrelevante para os objetivos atuais?
imediato é
3. Como tais objetivos respondem aos
comportamentos da paciente? muito mais
poderoso do
O terapeuta deve observar comportamentos que o reforço
clinicamente relevantes e reforçar aqueles que tardio.
representem progresso.

Validação, responsividade e
Protocolo do reforço atenção gratuita como
reforço
• Reforçar uma paciente borderline é extremamente complexo.
• No começo da – Para algumas, expressões de afeto e proximidade sãobastante eficazes;
– Para outras, tais expressõessão tão ameaçadoras que seu efeito é exatamente o oposto do
pretendido.
terapia, pode ser
• ELEMENTOS GERALMENTE REFORÇADORES:
necessário a. Expressão de aprovação, cuidado, preocupação e interesse do terapeuta;
b. Comportamentos que transmitam que o terapeuta gosta ou admira a paciente;
reforço c. Comportamentos que tranquilizem a paciente de que o terapeuta é confiável e que a
terapia é segura;
contínuo. d.
e.
Quase toda resposta validante;
Comportamentos que respondam às solicitações e contribuições da paciente;
f. Atenção do e contato com o terapeuta (ex. ter as consultas previstas ou consultas extras,
poder telefonar para o terapeuta entre as sessões, ter sessões mais longas ou mais curtas
do que deseja).

Terapia Comportamental Dialética 2