Você está na página 1de 1

oexp12_esquema-sintese_cesario_verde.

pdf - 1 de 1 - May 8, 2017 - 10:24:41

6.  Cesário Verde 19

A poesia de Cesário Verde


A representação da cidade e dos tipos sociais

 A descrição da cidade (de Lisboa) na sua vertente física e humana e reveladora dos contrastes sociais.
 A cidade como espaço conotado com a morte, a corrupção de valores e a doença, que produz a
sensação de aprisionamento e provoca um “desejo absurdo de sofrer”.
 O campo como espaço conotado com e vida/vitalidade, a pureza, a simplicidade, a alegria e a
felicidade, a liberdade e a saúde.
 A vertente crítica e as preocupações sociais: manifestação de solidariedade social face aos
desfavorecidos.
 A mulher natural, simples, frágil, sofredora, associada ao povo e ao espaço do campo, partilhando as
suas propriedades regeneradoras.
 A mulher fatal, bela, atraente e sedutora, fria, associada ao espaço da cidade.

Deambulação e imaginação: o observador acidental

 O carácter deambulatório.


 O real/o meio envolvente como inspiração.
 A observação objetiva enquanto ponto de partida para o trabalho de poetização.
 A poética de cariz realista.
 A apresentação do quotidiano.
 O gosto pelo pormenor.

Perceção sensorial e transfiguração poética do real

 A descrição objetiva da realidade (com interferências da subjetividade em breves “fugas imaginativas”).
 A representação do real exterior a partir da visão íntima e subjetiva do “eu”.
 A influência impressionista na captação do real:
– as sensações e impressões provocadas pelo meio envolvente;
– o visualismo e o cromatismo das descrições (predomínio das sensações visuais);
– a dimensão cinética das descrições.

O imaginário épico em “O sentimento dum ocidental”

 A homenagem insólita a Camões.


 A representação do reverso da epopeia camoniana.
 “O sentimento dum ocidental” como denúncia da realidade decadente e antiépica do final do século XIX.
 As alusões intertextuais a Os Lusíadas, com intenção crítica e depreciativa face à atualidade.
 O desfasamento entre a realidade desejada (o imaginário épico camoniano) e a realidade efetiva.

Marcas da linguagem e do estilo de Cesário Verde

 Vocabulário simples, concreto e objetivo.


 Tendência descritiva.
 Sensorialismo da linguagem (apresentação de sensações provocadas pelo real);
 Uso expressivo do adjetivo.
 Exploração dos efeitos de sentido produzidos pelos diminutivos.
OEXP11CAE © Porto Editora

 Utilização expressiva dos advérbios.


 Recurso a empréstimos.
 Predomínio da quadra e da quintilha.
 Utilização de versos longos (decassílabos e alexandrinos).

OEXP11CAE_20152299_F02_2PCImg.indd 19 14/03/16 10:45