Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS


DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA

ANEXO I

Plano de Ensino
Universidade Federal do Espírito Santo Campus: Goiabeiras

Curso: Bacharelado e Licenciatura Plena

Departamento Responsável: Filosofia

Data de Aprovação (Art. nº 91): x

Docente responsável: Louis de Freitas Richard Blanchet

Qualificação / link para o Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3336863684854924

Disciplina: História da Filosofia Moderna I Código: FIL - 05825

Pré-requisito: Nenhum Carga Horária Semestral: 60

Créditos: 4 Distribuição da Carga Horária Semestral


Teórica Exercício Laboratório
60 horas não não

Ementa: Apresentação e estudo das principais questões, escolas e/ou autores do


pensamento moderno, visando compreender a importância da filosofia moderna na tradição
do pensamento ocidental.
Objetivos Específicos

1. Apresentar os principais conceitos e discussões filosóficas da modernidade


2. Leitura de fragmentos dos textos dos principais autores que fundamentam os
conceitos modernos
3. Discussão acerca dos temas elencados no cronograma.
Conteúdo Programático

1. Discussão sobre o conceito de subjetividade como formulado por Descartes na Primeira


Meditação
2. Apresentação da teoria das ideias que fundamenta a noção de ideia representativa, seja
inata ou empírica, por oposição a noção de ideia como arquétipo.
3. Explicação da distinção entre Racionalismo e Empirismo estabelecendo como ambos se
inserem no contexto da filosofia subjetiva e da teoria das ideias representativas.
4. Explicar a reformulação do conceito de causalidade no contexto da revolução científica,
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS
DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA

ANEXO I

especialmente a substituição da doutrina escolástica das 4 causas apenas pela causa


eficiente na filosofia cartesiana. Apresentar as limitações dessa reformulação,
principalmente a partir da crítica de Leibniz
5. Apresentar as consequências do sistema mecanicista para a noção de liberdade e
fundamentação da ética, estabelecendo o contraste com noções básicas da filosofia
escolástica.
6. Apresentar a solução mecanicista para fundamentação da política (contratualismo de
Hobbes), e a noção de liberdade moderna aplicada ao liberalismo de Locke e Rousseau
7. Apresentar as noções básicas da crítica kantiana contra a metafísica moderna.
Metodologia

Aulas expositivas dos temas propostos e orientação para leitura, interpretação e discussão
de trechos de textos clássicos da filosofia moderna.
Critérios/Processo de avaliação da Aprendizagem

Entrega de um texto curto acerca de um dos conceitos de filosofia moderna apresentados


ao longo do curso.
Apresentação individual dos alunos seguida de discussão.
Bibliografia básica

ARISTÓTELES. A política. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006.


ARISTÓTELES. Ética. São Paulo: Nova Cultural, 1996. 320 p. (Os pensadores).
ARISTÓTELES. Física I e II. Campinas, SP: Ed. Unicamp, 2009.
BERKELEY, George. Tratado sobre os princípios do conhecimento humano; São Paulo:
Abril Cultural, 1973.
CASSIRER, Ernst. A filosofia do iluminismo. 3ª ed. Campinas: UNICAMP, 1997.
DESCARTES, René. Meditações. São Paulo: Abril Cultural, 1973.
DESCARTES, René. Os princípios da filosofia. 6. ed. Lisboa: Guimarães, 1998.
HOBBES, Thomas. Leviatã. São Paulo: Abril Cultural, 1974.
KANT, Immanuel. Crítica da Razão Pura. São Paulo, SP: Abril Cultural, 1980.
KOYRÉ, Alexandre. Do mundo fechado ao universo infinito. São Paulo: EDUSP, 1979.
LEIBNIZ, Gottfried Wilheilm Freiherr von, Discurso de metafisica. Lisboa: Edições 70, 1985.
LOCKE, John. Segundo tratado sobre o governo; Ensaio acerca do entendimento humano.
São Paulo: Abril Cultural, 1973.
ROUSSEAU, Jean-Jacques. O contrato social. São Paulo: Martins Fontes, 1989.
PLATÃO. Dialogos: Fedro. 5. ed. -. Rio de Janeiro: Globo, 1962.
VOLTAIRE, Tratado de metafisica; São Paulo: Abril Cultural, 1973.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS
DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA

ANEXO I

Bibliografia complementar

1. Lacerda, T. M. A liberdade de Leibniz, In: Cad. Hist. Fil. Ci., Campinas, Série 3, v. 12, n.
1-2, p. 171-186, jan.-dez. 2002.
2. Frateschi, Y. A. Cad. Hist. Fil. Ci., Campinas, Série 3, v. 15, n. 1, p. 7-32, jan.-jun. 2005.
3. Caputo, J. C. L. Voltaire e os limites da metafísica, In: Cadernos Petfilosofia número14,
2013.
4. Angioni, L. As quatro causas na filosofia da natureza de Aristóteles, In: Anais De Filosofia
Clássica, vol. V nº 10, 2011
5. Pinheiro, U. Razão e Necessidade Ideias gerais e termos gerais em Locke, In: Revista
Índice, vol. 01, n. 01, 2009/ 2
6. Barra, E. S. O. A metafísica cartesiana das causas do movimento: mecanicismo e ação
divina, In: Scientiæ Studia, Vol. 1, No. 3, 2003, p. 299-322
7. Ribeiro, L. M. C. Contrato Social e Direito Natural Em Jean-Jacques Rousseau, In:
Kriterion, Belo Horizonte, nº 136, Abr. 2017, p. 125-138.
Cronograma

Semana 1 Apresentação do Programa da Disciplina, explicação do método e critérios


de avaliação.
Semana 2 Tema 1: Subjetividade DESCARTES. Meditações. Primeira
Meditação e Segunda Meditação
Semana 3 Tema 2: Representação BERKELEY. Tratado sobre os princípios
do conhecimento humano.
PLATÃO. Dialogos: Fedro. 5. ed. -.
Rio de Janeiro: Globo, 1962.
Semana 4 Tema 3: Racionalismo DESCARTES. Meditações. Terceira e
Quinta Meditação
Semana 5 Tema 4: Empirismo LOCKE. Ensaio acerca do
entendimento humano.
Semana 6 Tema 4: Reformulação da noção ARISTÓTELES. Física I e II.
de causalidade; revolução DESCARTES. Os princípios da filosofia.
científica. KOYRÉ. Do mundo fechado ao
universo infinito.
Semana 7 Tema 5: Liberdade metafísica; DESCARTES. Os princípios da filosofia.
Preordenação divina e LEIBNIZ. Discurso de metafisica.
Determinismo
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS
DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA

ANEXO I

Semana 8 Os limites do Mecanicismo: causas LEIBNIZ. Discurso de metafisica.


finais, melhor dos mundos
possíveis
Semana 9 Tema 6: Crítica do Iluminismo aos CASSIRER. A filosofia do iluminismo.
Sistemas do Século XVII
Semana 10 Tema 7: Contratualismo HOBBES. Leviatã.
mecanicista ARISTÓTELES. A política.
Semana 11 Tema 7: Contratualismo liberal e ROUSSEAU. O Contrato Social.
contratualismo democrático LOCKE. Segundo tratado sobre o
*Data limite para entrega dos governo.
Trabalhos.
Semana 12 Tema Final: Crítica da Metafísica KANT. Crítica da Razão Pura.
Semana 13 *Devolução dos Trabalhos, comentários gerais sobre os textos entregues
Revisão panorâmica sobre os temas discutidos ao longo do semestre e
solução de dúvidas e orientações para a apresentações individuais
Semana 14 Apresentação individual e discussão dos Alunos
Semana 15 Apresentação individual e discussão dos Alunos