Você está na página 1de 3

08/10/2019 Blackboard Learn

Revisar envio do teste: ATIVIDADE 3

Usuário INGRID CAMILO DOS SANTOS


Curso DESAFIOS CONTEMPORANEOS - (EAD_20) - 201920.FMU-55635.06
Teste ATIVIDADE 3
Iniciado 08/10/19 03:10
Enviado 08/10/19 04:11
Status Requer avaliação
Resultado da tentativa Avaliação não disponível.
Tempo decorrido 1 hora, 1 minuto
Resultados exibidos Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários

Pergunta 1 Requer avaliação


Orientações Importantes:

1) Dê a sua contribuição sobre o tema. É proibida a cópia de textos da internet, sem


a adequada citação da fonte;

2) Caso você opte por usar alguma citação de outros autores, faça as devidas
referências: coloque o trecho entre aspas e indique sua fonte;

3) Você terá apenas uma oportunidade de enviar essa atividade;

4) Escreva de forma clara e coesa, utilizando a norma culta da língua portuguesa e a


ABNT. Não utilize abreviações, gírias e/ou linguagem coloquial.

***

Atividade da Unidade 3:
“Ir ao mercado e passar as compras em um caixa automático, pedir um Uber e ser levado por um carro
completamente automatizado que dispensa motorista, ir ao banco e resolver todas as pendências no caixa
eletrônico ou até mesmo pelo aplicativo de celular, fazer uma ligação para a central de uma empresa e ser
atendido por um robô. A cada dia essas atividades tornam-se mais comuns. Trabalhos que antes eram
desempenhados por funcionários, agora são feitos por máquinas.”

Fonte: EVANGELISTA. A. P. Seremos líderes ou escravos da indústria 4.0? Disponível em: https://www.
cartamaior.com.br/?/Editoria/Idades-da-Vida/Seremos-lideres-ou-escravos-da-Industria-4-0-/13/40955

A partir das informações apontadas no trecho acima e nos conhecimentos adquiridos ao longo da
Unidade 3, aponte impactos decorrentes da inovação tecnológica no mundo do trabalho.

Resposta Revoluções são necessárias para o desenvolvimento humano. Vimos


Selecionada: grandes transformações geradas a partir da Revolução Industrial ocorrida
na Inglaterra com grande impacto por toda a Europa. A "segunda
revolução", é possível dizer, é a da tecnologia com a invenção do
computador e a internet entre outras inovações até consolidar a "Era
Digital", a qual vivenciamos com uso de drones, GPS, inteligência artificial,
programações, softwares, cripto moeda, etc.

Um relatório elaborado pelo The Future Jobs aponta que "serão reduzidos
cerca de cinco milhões de empregos até 2022 (aproximadamente, mas em
contrapartida surgirão dois milhões nas áreas de engenharia, informática e
matemática. Esse fato ocorre devido a automatização dos serviços."
[CANALTECH, 2019]
https://fmu.blackboard.com/webapps/late-Course_Landing_Page_Course_20-BBLEARN/Controller 1/3
08/10/2019 Blackboard Learn

Alguns impactos podem ser apontados:

a) desemprego, devido à falta de especialização dos profissionais


disponíveis no mercado;
b) redução de quadro funcional nas empresas e possível acúmulo de
atividades exercidas pelos empregados;
c) necessidade de profissionais multifacetários, ou seja, com
habilidades de desenvolver atividades além da sua formação
acadêmica;
d) aumentará a demanda por qualificação especializada, além de
habilidades em lógica-matemática, criatividade, resolução de
problemas, resolução de conflitos, resiliência, capacidade de tomada
de decisão, adaptação às rápidas mudanças das aplicações e
recursos tecnológicos, por exemplo;
e) baixa oferta de postos de trabalho gerando uma grande
concorrência entre profissionais no mercado, em consequência,
baixos salários oferecidos; além disso,
f) extinção de postos de trabalhos, principalmente nas áreas de
serviços, com atividades substituídas por softwares.

De acordo com um estudo desenvolvido pela Universidade de Oxford,


foram levados em consideração "cerca de 700 ocupações, e metade
podem ser extintas na próxima década devido ao uso da tecnologia."
[CANALTECH, 2019]

Já é realidade nas indústrias no mundo, inclusive no Brasil, as linhas de


produção automatizadas e também uso de realidade virtual.

De acordo com o Estadão, “a Siemens Eletronics Manufacturing Plant, em


Amberg na Alemanha, é considerada um dos modelos mais
representativos da indústria 4.0. A maioria dos processos da fábrica são
interligados e gerenciados de forma digital. Os produtos controlam a sua
própria fabricação, por meio de um código de identificação, e informam às
máquinas quais etapas de produção deverão seguir. Isso garante uma taxa
mínima de falhas e diminui a necessidade de expansão física – enquanto a
produção aumentou oito vezes desde 1989, quando a fábrica foi
inaugurada, seu tamanho nunca precisou de alterações.” Outro exemplo é
a fábrica da BMW, localizada em Leipzig, também na Alemanha. “Em sua
linha de montagem de 1,6 quilômetros, não há sinal de poluição sonora ou
visual, já que a maioria das operações é feita por alguns dos mais de mil
robôs presentes na unidade. Todo o trabalho das máquinas é
supervisionado por engenheiros e designers, por meio de computadores
(que podem ser laptops ou óculos). E mesmo os profissionais que não
estão envolvidos diretamente na produção dos veículos (financeiro, RH,
etc.) têm uma visão ampla de toda a linha de montagem. O objetivo é que
todos os funcionários saibam exatamente do que estão fazendo parte.
Além disso, toda a produção é ambientalmente sustentável, o que significa
50% menos consumo de energia e 70% de redução no uso de água.”
[ESTADÃO, SEM DATA]

O avanço dessas tecnologias deverá mudar, em um futuro próximo, a


maneira como as pessoas moram, cuidam da saúde, se locomovem e,
principalmente, trabalham. O futuro dos trabalhadores também deverá ser
bastante promissor, segundo as previsões do relatório Future Work Skills
in 2020, “Em algumas áreas, as novas máquinas substituirão os humanos,
liberando as pessoas para atividades mais estimulantes e prazerosas. Em
outras, serão nossos colaboradores, melhorando nossas habilidades,
performances e qualidade de vida”. [ESTADÃO, SEM DATA]

Por fim, segundo a teoria da evolução das espécies, desenvolvida pelo


inglês Charles Darwin (1809-1882) afirma que os organismos mais bem
https://fmu.blackboard.com/webapps/late-Course_Landing_Page_Course_20-BBLEARN/Controller 2/3
08/10/2019 Blackboard Learn
inglês Charles Darwin (1809 1882), afirma que os organismos mais bem
adaptados ao meio são aqueles que têm as maiores chances de
sobrevivência. Ou seja, “o ser humano precisará adaptar-se, aceitar
mudanças, recapacitar-se e ser criativo.” [JORNAL DO COMÉRCIO, 2018]

REFERENCIAIS:
A REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA 4.0. CANALTHEC. Disponível
em https://canaltech.com.br/mercado/a-revolucao-tecnologica-40-
92576/ Acesso em 08 out. 2019.
REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA MUDA O AMBIENTE DAS
EMPRESAS.ESTADÃO. Disponível
em: http://patrocinados.estadao.com.br/o-que-o-brasil-
quer/pessoas/revolucao-tecnologica-muda-ambiente-das-
empresas/ Acesso em 08 out. 2019.
REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA. JORNAL DO COMÉRCIO. Disponível
em: https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/opiniao/2018/10/654462-
revolucao-tecnologica.html Acesso em 08 out. 2019.

Resposta [Nenhuma]
Correta:
Feedback da [Sem Resposta]
resposta:
Terça-feira, 8 de Outubro de 2019 04h11min28s BRT

https://fmu.blackboard.com/webapps/late-Course_Landing_Page_Course_20-BBLEARN/Controller 3/3

Você também pode gostar