Você está na página 1de 47

Guia do Estudante

Orientações Gerais

Secretaria Executiva de Educação Integral e Profissional


Gerência de Educação a distância
2.ed. | 2019
Guia do Estudante

Orientações Gerais

Instrumento normativo para os cursos técnicos EAD Pernambuco

Gerência de Educação a Distância

Escola Técnica Estadual Professor Antônio Carlos Gomes da Costa

2.ed. | 2019

Recife - PE
Autores Catalogação e Normalização
Annara Perboire Hugo Cavalcanti (Crb-4 2129)
Hugo Cavalcanti
Renata Otero Diagramação
Hugo Cavalcanti
Revisão
Annara Perboire Coordenação Executiva
George Bento Catunda George Bento Catunda
Hugo Cavalcanti Renata Marques de Otero
Renata Otero Manoel Vanderley dos Santos Neto

Coordenação Design Educacional Coordenação Geral


Deisiane Gomes Bazante Maria de Araújo Medeiros Souza
Maria de Lourdes Cordeiro Marques
Design Educacional
Ana Cristina do Amaral e Silva Jaeger Secretaria Executiva de
Fernanda Paiva Furtado da Silveira Educação Integral e Profissional
Izabela Pereira Cavalcanti
Jailson Miranda Escola Técnica Estadual
Roberto de Freitas Morais Sobrinho Professor Antônio Carlos Gomes da Costa

Descrição de imagens Gerência de Educação a distância


Sunnye Rose Carlos Gomes

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) de acordo com ISDB

G943
Guia do Estudante: Orientações Gerais: Educação a Distância / Escola Técnica Estadual
Professor Antônio Carlos Gomes da Costa. – 2.ed. – Recife: Secretaria de Educação
Integral e Profissional de Pernambuco, 2019.
47 p.: il.

Instrumento normativo para os cursos técnicos EAD Pernambuco.

1. Normas. 2. Guia do Estudante. 3. Cursos Técnicos a Distância. 4. EAD Pernambuco. 5.


Educação Profissional. II. Título.
CDU – 061.27 (035) (81)

Elaborado por Hugo Carlos Cavalcanti | CRB-4 212


Sumário

Introdução .............................................................................................................................................. 6

1. A Educação Profissional em Pernambuco .......................................................................................... 7

2.Nossa identidade ................................................................................................................................. 8

3. A realidade da Educação a Distância .................................................................................................. 9

4. Tecnologia e Acessibilidade.............................................................................................................. 11

5. O modelo EAD Pernambuco ............................................................................................................. 12

5.1 Competências Semanais ......................................................................................................................... 12

6.Formatos de curso ............................................................................................................................. 14

6.1 Formato Semipresencial ......................................................................................................................... 14

6.1.1 Atividade Semanal ............................................................................................................................... 14

6.1.2 Avaliação da disciplina ......................................................................................................................... 15

6.1.3 Avaliação presencial............................................................................................................................. 16

6.1.4 Encontro Presencial ............................................................................................................................. 17

6.1.5 Encontros presencias no Polo de Apoio .............................................................................................. 17

6.2 Formato EAD .................................................................................................................................. 18

6.2.1 Atividade Semanal ............................................................................................................................... 19

6.2.2 Avaliação da disciplina ......................................................................................................................... 19

6.2.3 Avaliação presencial............................................................................................................................. 20

6.3 Atividades Complementares ................................................................................................................... 21

7 Composição das notas ....................................................................................................................... 23

7.1 Indicadores de avaliação ......................................................................................................................... 23

7.2 Procedimentos de 2ª Chamada ................................................................................................. 26

7.3 Recuperação ........................................................................................................................................... 27

7.4 Destaques ............................................................................................................................................... 27


7.5 Desafios ................................................................................................................................................... 28

7.6 Gerenciamento das estrelas obtidas e trocadas..................................................................................... 31

8 Acompanhamento do rendimento escolar ....................................................................................... 32

8.1 Do trancamento e renovação de matrícula ............................................................................................ 32

8.2 Comunicação........................................................................................................................................... 33

9 Nosso time ......................................................................................................................................... 37

9.1 Profissionais do Polo de Apoio Presencial .............................................................................................. 37

9.2 Profissionais que atuam nos cursos técnicos.......................................................................................... 38

10 Atuação do Estudante ..................................................................................................................... 40

10.1 Participação nos Encontros Presenciais (perfil semipresencial) ........................................................... 40

10.2 Outros recursos do AVA ........................................................................................................................ 40

11. Convivência .................................................................................................................................... 42

12 Da participação nos fóruns virtuais ................................................................................................. 43

12.1 Ações do coordenador .......................................................................................................................... 43

12.2 Infrações ............................................................................................................................................... 44

12.2.1 Ações corretivas ................................................................................................................................. 44

12.2.2 Infrações leves ................................................................................................................................... 44

12.2.3 Infrações graves ................................................................................................................................. 44

12.2.4 Infrações gravíssimas ......................................................................................................................... 45

12.3 Procedimento em caso de queixa ou crítica à coordenação ou professor virtual ............................... 45

13 Finalizando....................................................................................................................................... 46
Introdução
Prezado(a) cursista,

Desejamos as boas vindas ao seu curso técnico na modalidade de educação a distância da Secretaria
de Educação de Pernambuco. Parabéns pela sua escolha em fazer parte do maior programa público
de educação profissional a distância do país!

Este guia está organizado de forma a apresentar os principais esclarecimentos acerca de


procedimentos sejam educacionais ou administrativos. Além disso, apresentamos informações
acerca do AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) e demais informações relevantes para seu bom
desempenho no curso.

Destacamos que além deste manual, a equipe técnica e pedagógica da Escola Técnica Estadual
Professor Antônio Carlos Gomes da Costa Gerência de Educação a Distância e os Polos de Apoio
Presencial também está à disposição para auxiliá-lo (a) no que for necessário. Seu êxito é o nosso
maior compromisso.

Bons estudos!
1. A Educação Profissional em Pernambuco

Em 2019, Pernambuco conta com 44 Escolas Técnicas Estaduais (ETE), ofertando mais de 30 cursos pensados
de acordo com as vocações produtivas de cada região. A rede estadual de ensino conta com mais de 50 mil
matrículas de educação profissional, sendo cerca de 23 mil presenciais e 31.528 na modalidade a distância
(EaD) – o que caracteriza o estado como maior ofertante público de EaD do Brasil nas formas concomitante
(alunos que estão cursando a partir do 2º ano do Ensino Médio) e subsequente (para os alunos que já
concluíram o Ensino Médio).

Atualmente, a rede estadual dispõe de 100 polos de Educação a Distância, distribuídos pelas Escolas Técnicas
Estaduais (ETEs), Escolas de Referência em Ensino Médio (EREMs) e Gerências Regionais de Educação (GREs).

Adicionalmente, a educação profissional conta com o Projeto Ensino Médio Articulado à Educação
Profissional, que tem por princípio fortalecer o ensino médio para os estudantes das escolas de referência
em ensino médio (EREMs). São cursos técnicos na modalidade a distância que atuam na formação integral do
sujeito, na medida em que possibilitam a articulação entre diversas práticas, possibilitando a atribuição de
sentido às aprendizagens, o que pode apontar não apenas para a formação de mão de obra qualificada, mas,
sobretudo para a formação de protagonistas e empreendedores, que gerenciarão melhor seus caminhos
acadêmicos e no mundo do trabalho.
2.Nossa identidade
3. A realidade da Educação a Distância

Educação a Distância pode ser entendida como uma forma de aprendizado, na qual as ações do
professor e do aluno estão separadas no espaço e/ou no tempo. As principais características que
diferenciam as diversas modalidades de cursos a distância são:

• A possibilidade de o estudante dedicar-se às atividades do curso no momento em que lhe for


mais apropriado;
• A possibilidade de o estudante dedicar-se às atividades do curso em local que lhe seja
conveniente;
• A possibilidade de o estudante evoluir no estudo do conteúdo didático de acordo com sua
velocidade de aprendizado.

A educação profissional a distância vem ganhando adeptos, principalmente após a publicação do


Decreto nº 9.057 de 25 de maio de 20171, substituindo o Decreto nº 5.622 de 19 de dezembro de
2005 que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

Baseando-se no artigo 1º do Decreto em tela temos a seguinte definição acerca da Educação a


Distância:

“[...] modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos


processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e
tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores
desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos”.

O Ministério da Educação e o Governo do Estado de Pernambuco têm investido nessa modalidade


de ensino como forma de ampliar o alcance das instituições de ensino público.

1
Acesse: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/decreto/D9057.htm
No Brasil, a EAD é uma realidade consolidada por meio das ações de diversas instituições de ensino
públicas e privadas. Nesse contexto insere-se a Secretaria de Educação de Pernambuco, imbuída do
sentido de que a EAD não está restrita ao uso das novas tecnologias, mas sim a uma nova forma de
produção do conhecimento, emancipadora e democratizante, na qual as necessidades dos sujeitos
envolvidos são levadas em conta, promovendo uma nova lógica educativa. Por este motivo,
utilizamos ambientes interativos e tecnologia avançada para oferecer cursos e programas em nível
técnico.

O estudante que opta estudar pela modalidade de ensino a distância deverá estar
ciente do perfil requerido nesta estratégia de ensino-aprendizagem. É importante
a administração do tempo no desenvolvimento das tarefas e no
acompanhamento dos conteúdos indicados pelo professor. Isto requer
autonomia e proatividade na construção do conhecimento. Seja você o
protagonista responsável pela sua qualificação profissional e saiba: estamos
juntos nesta empreitada!
4. Tecnologia e Acessibilidade

Para as pessoas com deficiência, a acessibilidade possibilita uma vida independente e com participação plena
em todos os seus aspectos; e para todas as pessoas, em diferentes contextos, pode proporcionar maior
conforto, facilidade de uso, rapidez, satisfação, segurança e eficiência.

De modo a ressaltar a importância dos aspectos de alcance, percepção e entendimento para os nossos
estudantes portadores de necessidades especiais, todos os materiais didáticos dos cursos EAD têm
acessibilidade audiovisual garantida seguindo os padrões normativos. Nossas aulas dispõem de Libras e
Audiodescrição.

Os e-books apresentam legendas e descrição de imagens para usuários cegos ou com baixa visão. Para o
acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem em dispositivos móveis (tablet, celular e etc.) o usuário tem a
opção de fazê-lo com conforto e praticidade em tela responsiva, operando nos sistemas operacionais
Android e IOS.
5. O modelo EAD Pernambuco

Os cursos técnicos EAD | PE duram 18 (dezoito) meses, perfazendo 03 (três) módulos. Há uma única
turma de cada vez por curso. Os novos estudantes entram na turma corrente naquele momento. No
início de cada módulo (ou semestre letivo) haverá alunos novatos (iniciando as atividades no curso)
juntamente com alunos veteranos que já cursaram módulo(s) anterior(es).

Figura 1 - Diagrama de oferta dos módulos

Quando a oferta estiver no Módulo Y, TODOS os estudantes (independente do período que


entraram) estarão cursando este módulo. Para concluir o curso, naturalmente, será necessário
cumprir os 03 (três) módulos propostos.

5.1 Competências Semanais

Com o objetivo de fortalecer a formação profissional do estudante, a matriz curricular dos cursos
EAD Pernambuco é estruturada por competências.
Competência é a faculdade de mobilizar um conjunto de recursos cognitivos
(saberes, capacidades, informações etc.) para solucionar com pertinência e
eficácia uma série de situações.

A formação técnica por competências2 colabora para que o estudante desenvolva os recursos
necessários para atuar no mundo do trabalho, articulando os saberes em diversas situações de
aprendizagem.

O estudante deve concentrar seus estudos para desenvolver uma única competência por semana,
que será evidenciada no ambiente virtual da disciplina:

Figura 2 – Exemplo de competência semanal evidenciada no AVA.

Cada módulo possui 20 semanas, sendo 18 delas compostas de competências a serem


desenvolvidas em cada disciplina, e 2 delas (as finais) dedicadas à avaliação presencial. Assim,
totaliza-se 60 (sessenta) semanas por curso – e 54 competências – considerando os 03 (três)
módulos.

2
PERRENOUD, Philippe. Construir as Competências desde a Escola. Porto Alegre: Artmed Editora, 1999.
6.Formatos de curso

O programa de ensino a distância na Educação Profissional de Pernambuco divide-se em 02 (dois)


formatos:

✓ Semipresencial
✓ EAD

6.1 Formato Semipresencial

O formato semipresencial é o curso a distância com encontros presenciais semanais e provas ao


final de cada módulo. Trata-se de uma proposta de educação a distância através de modelo
bimodal, composto por Encontros Semanais (no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem3) e o
aprendizado via Web, embasados em propostas pedagógicas inovadoras que minimizam a distância
entre o professor e o aluno. Neste modelo, o estudante participa de quatro momentos de ensino-
aprendizagem:

6.1.1 Atividade Semanal

Essa atividade é caracterizada por um questionário de múltipla escolha, o qual poderá ser
respondido ao longo da semana obedecendo ao prazo indicado no ambiente virtual, e cuja
pontuação vale de 0 (zero) a 2 (dois).

3
Acesse: https://ead.educacao.pe.gov.br
6.1.2 Avaliação da disciplina

Desde a primeira semana da disciplina, o aluno terá acesso a um questionário contendo 1 (hum) ou
mais enunciado(s) dissertativos que contemple(m) todo o conteúdo da disciplina, sendo assim, ao
longo da disciplina o aluno poderá responder a esse questionário que valerá até 2 (dois) pontos.

A pontuação atingida nesta atividade será replicada em cada uma das


competências da disciplina!
6.1.3 Avaliação presencial

Nas duas últimas semanas do módulo (19 e 20 do calendário escolar), haverá a realização de uma
avaliação presencial, contendo 18 (dezoito) questões de múltipla escolha e uma questão
dissertativa (aberta) que contempla todo o conteúdo estudado ao longo de todas as
semanas/disciplinas do módulo. O objetivo é de integrar os conteúdos que compõem a temática do
módulo cursado. Essa avaliação valerá 6,0 (seis) pontos e para realização da mesma será
necessário, no período proposto pela Equipe Central SEIP (Secretaria-executiva de Educação
Integral e Profissional), o agendamento e deslocamento do aluno para realização no Polo de Apoio
Presencial.
6.1.4 Encontro Presencial

No último dia da competência, como proposta de culminância das atividades e aprendizado


adquirido, haverá um momento no polo para desenvolver as atividades propostas definidas pelo
professor formador da disciplina. O estudante poderá frequentar o Polo Presencial neste momento
(apenas uma vez por semana). A mediação do encontro presencial é conduzida pelo tutor presencial
no polo, porém, as dúvidas pertinentes ao conteúdo da disciplina e/ou atividades, deverão ser
reportadas à equipe pedagógica da disciplina através dos fóruns no Ambiente Virtual de
Aprendizagem.

Para os casos de indisponibilidade do polo, a exemplo de falta de


transporte público, feriado local, falta de energia elétrica local ou
queda do link de internet, o encontro presencial NÃO SERÁ
REALIZADO, porém, permanecem atividades propostas no AVA a
distância para a competência semanal através do fórum. A
Atividade Semanal permanece com o prazo indicado na disciplina
para a respectiva competência.

6.1.5 Encontros presencias no Polo de Apoio

Cada curso técnico tem seu respectivo dia da semana para os encontros presenciais, bem como
para a realização das Avaliações Presenciais ao final de cada módulo. Assim, o estudante deverá se
dirigir ao polo escolhido no ato da sua matrícula para realização dos Encontros presenciais
(exclusivamente para aqueles que optaram pelo formato semipresencial) e da Avaliação Presencial
ao final de cada módulo (para ambos os formatos - Semipresencial e EAD), conforme abaixo:
Curso Encontro no Polo e Avaliação Presencial

Administração Quartas-feiras

Biblioteconomia Segundas-feiras

Design de Interiores Quintas-feiras

Desenvolvimento de Sistemas Quintas-feiras

Logística Terças-feiras

Multimeios Didáticos Segundas-feiras

Recursos Humanos Terças-feiras

Secretaria Escolar Segundas-feiras

Segurança do Trabalho Sextas-feiras

Tabela 1: Relação dos cursos técnicos EAD.

6.2 Formato EAD

Na modalidade a distância não existe a necessidade de comparecimento ao polo presencial exceto


para realização da Avaliação Presencial ao final de cada módulo.

Neste modelo, o estudante participará de três momentos de ensino-aprendizagem:


6.2.1 Atividade Semanal

Essa atividade é caracterizada por um questionário de múltipla escolha, o qual poderá ser
respondido ao longo da semana obedecendo ao prazo indicado no ambiente virtual, cuja pontuação
vale de 0 (zero) a 2 (dois).

6.2.2 Avaliação da disciplina

Desde a primeira semana da disciplina, o aluno terá acesso a um questionário contendo 1 (hum) ou
mais enunciado(s) dissertativos que contemple(m) todo o conteúdo da disciplina, sendo assim, ao
longo da disciplina o aluno poderá responder a esse questionário que valerá até 2 (dois) pontos.

A pontuação atingida nesta atividade será replicada em cada uma das


competências da disciplina!
6.2.3 Avaliação presencial

Nas duas últimas semanas do módulo (19 e 20 do calendário escolar), haverá a realização de uma
avaliação presencial, contendo 18 (dezoito) questões de múltipla escolha e uma questão
dissertativa (aberta) que contempla todo o conteúdo estudado ao longo de todas as
semanas/disciplinas do módulo. O objetivo é de integrar os conteúdos que compõem a temática do
módulo cursado. Essa avaliação valerá 6,0 (seis) pontos e para realização da mesma será
necessário, no período proposto pela Equipe Central SEIP (Secretaria-executiva de Educação
Integral e Profissional), o agendamento e deslocamento do aluno para realização no Polo de Apoio
Presencial.
6.3 Atividades Complementares

Os cursos de Segurança do Trabalho (SEG), Multimeios Didáticos (MMD) e Secretaria Escolar (SEC)
possuem em suas matrizes curriculares complementação de carga horária. Sendo assim, em cada
módulo, o estudante deverá cumprir 40h de atividades extracurriculares, totalizando 120h por
curso. Essas atividades extracurriculares poderão ser realizadas/promovidas pelo polo presencial,
pela coordenação dos cursos ou/e individualmente.

A comprovação de cada atividade será lançada no AVA em um campo específico, que deverá ser
validada pela coordenação do curso. Serão válidas comprovações de cursos, palestras, participação
em eventos etc. (presencial ou EAD), porém, estas deverão ser compatíveis com área de estudo de
cada curso. É importante dizer que essas comprovações (certificados, declarações), por sua vez, só
deverão ser submetidas caso se refiram a eventos acontecidos no máximo 6 meses antes do início
do curso e realização do mesmo.
No tocante à visita técnica e demais atividades, serão apenas aceitas quando promovidas pela
coordenação de pólo e/ou coordenação de curso. Serão aceitas visitas técnicas, pesquisas,
entrevistas entre outras, porém, essas apenas serão validadas quando solicitadas e orientadas pela
coordenação de curso ou promovida pela coordenação do pólo. Sua comprovação, contudo, dar-se-
á através da entrega de um relatório elaborado pelo aluno, seguindo orientações do solicitante.
Essas atividades, por sua vez, valerão, no máximo, 6h. Nas demais atividades realizadas pelos
alunos, a validação da carga horária dependerá do quantitativo de horas contida no documento de
comprovação (declarações e certificados) limitando-se a 30h por evento/declaração.
7 Composição das notas

Os critérios de avaliação do ensino-aprendizagem a serem adotados em cada disciplina serão


facultados às equipes de professores, juntamente com a Coordenação de Curso.

7.1 Indicadores de avaliação

Nos cursos organizados por competências, como é o caso deste, a aprovação somente se dará
quando o aluno atingir nota final igual ou maior que 6,0 (seis) em todas as competências de cada
disciplina (ou seja, nota seis em todas as semanas). Essa nota final é o resultado obtido a partir do
somatório das notas do aluno em cada atividade (semanal, disciplina e módulo), perfazendo o total
máximo de 10 (dez) pontos.

A aprovação nos cursos EAD PE se dá individualmente por competências. Para isto, é preciso somar:

▪ Nota da Atividade Semanal (até 2,0 pontos)


▪ Nota da Avaliação da Disciplina (até 2,0 pontos)
▪ Nota da Avaliação Presencial (até 6,0 pontos)

Para o resultado final de aprovação deverá constar a nota maior ou igual a seis
?

Pedidos de revisão de notas devem ser comunicados ao professor da disciplina

Desta forma, para composição da nota, o aluno será avaliado por competência, por disciplina e por
módulo, de acordo com o seguinte:
1. Semanalmente o aluno realizará a Atividade Semanal, composta por questões de múltipla
escolha que valerão até 2,0 pontos.

2. Ao longo da disciplina, o aluno deverá realizar a Avaliação da Disciplina, composta por uma
ou mais questões dissertativas (abertas) que valerão, ao todo, até 2,0 pontos. Essa
pontuação será replicada para todas as competências da disciplina.

3. Ao final de cada módulo, o aluno deverá realizar uma Avaliação Presencial composta de 18
questões de múltipla escolha e 1 questão aberta de caráter integrador do módulo em curso.

As questões de múltipla escolha valem até 2,0 pontos cada, já a questão aberta vale 4,0.

Cada questão de múltipla escolha corresponde à respectiva competência cursada pelo estudante no
módulo. A nota obtida em cada questão irá compor a nota da competência correspondente (ex:
questão 1, vale até 2 pontos na competência da semana 1, e daí por diante). No que tange à
questão aberta (que vale até 4,0 pontos) sua nota será replicada para todas as competências do
módulo em curso.

A avaliação terá pontuação de zero a seis, assim dividida:

▪ 18 (dezoito) questões objetivas (fechadas): 2,0 (dois) pontos cada


▪ 01 (uma) questão subjetiva (aberta) até 4,0 (quatro) pontos
EXEMPLO:

Teremos como base uma disciplina com 3 (três) competências:

Competência 1

Atividade Semanal: 1,5 (um e meio) + Avaliação da Disciplina: 2 (dois)


(Nota replicada a todas as competências da disciplina) = 3,5 (três e meio).

Avaliação Presencial: 6,0 (seis). Nota replicada a todas as competências do


módulo.

▪ Nota final da Competência 1: 9,5

Competência 2

Atividade Semanal: 1,0 (um) + Avaliação da Disciplina: 2 (dois). Nota


replicada a todas as competências da disciplina = 3,0 (três).

Avaliação Presencial: 6,0 (seis). Nota replicada a todas as competências do


módulo.

▪ Nota final da Competência 2: 9,0

Competência 3

Atividade Semanal: 0 (zero) + Avaliação da Disciplina: 2 (dois). Nota


replicada a todas as competências da disciplina = 2,0 (dois).

Avaliação Presencial: 6,0 (seis). Nota replicada a todas as competências do


módulo.

▪ Nota final da Competência 3: 8,0


O prazo máximo para correção de qualquer atividade é de até 15 (quinze) dias
corridos, contados a partir da data limite (último dia) para entrega das atividades
pelo estudante. Condições especiais poderão ocorrer e serão devidamente
comunicadas pela coordenação do curso. As correções das atividades são de
responsabilidade do professor da disciplina.

Caso o estudante deseje, poderá solicitar revisão de nota das atividades. O


prazo máximo é de até 08 (oito) dias corridos a contar da data de divulgação
7 Estratégias pedagógicas de ensino e aprendizagem
do resultado.

7.2 Procedimentos de 2ª Chamada

Caso o aluno tenha agendado a Avaliação Presencial e não compareça na data marcada, poderá protocolar
requisição de 2ª chamada junto à coordenação do Polo de Apoio Presencial onde está matriculado(a). Há um
formulário disponível na Sala do SISACAD que deverá ser preenchido, juntamente com o agendamento da
prova. Nesse formulário, o aluno deverá acrescentar um documento comprobatório, de acordo com as
situações apresentadas:

• Contingência Polo – Não requer documento comprobatório;


• Saúde – Requer documento comprobatório;
• Trabalho – Requer documento comprobatório;
• Outros – Requer documento comprobatório.

A coordenação do pólo é quem julga tais casos deferindo ou não cada requisição. O estudante apenas
realizará a prova, mediante deferimento e autorização do pólo. É importante ficar atento ao prazo para
requisição da avaliação de segunda chamada.

A realização da avaliação da segunda chamada acontecerá na terceira semana do módulo subseqüente.


7.3 Recuperação

Caso o estudante não obtenha nota final igual ou maior que 6,0 (seis) em todas as competências do
módulo em curso, haverá um período de recuperação a ser realizado nas SÉTIMAS E OITAVAS
semanas do módulo subsequente. A realização da recuperação será presencial (no polo de
matrícula do aluno), através de agendamento prévio.

O formato avaliativo é semelhante à avaliação presencial, porém a prova valerá de zero a


dez pontos sendo quatro pontos cada questão fechada e seis pontos para a questão
aberta.

Não será necessária a realização de todas as questões objetivas, apenas das questões
referentes às competências que o cursista necessite recuperar.

7.4 Destaques 4

Visando o relacionamento permanente entre o estudante e a equipe pedagógica do curso, o AVA


encaminhará 03 (três) mensagens breves contendo um reforço da competência semanal.

As mensagens são elaboradas pelo professor formador e enviadas automaticamente pelo sistema
em dias preestabelecidos, de forma a não deixar nenhum estudante passar mais de 2 (dois) dias
sem a presença da equipe do curso ao longo da semana.

Vejamos como exemplo, o cronograma de envio dos destaques para um curso que tem seu
encontro presencial às segundas-feiras:

4
Extraído e adaptado de: DUTRA, Paulo F. V. et al. EAD Pernambuco: a construção de uma política pública de Educação
a Distância. Recife: George Bento Catunda, 2017. ISBN 9788592348106.
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo
1ª Mensagem 2ª Mensagem 3ª Mensagem
Período de elaboração da Atividade Semanal
Tabela 4 – Exemplo de cronograma dos destaques

Para este exemplo, as mensagens, portanto, são enviadas nas quartas, sextas e domingos.

Figura 4 – Ícones sinalizadores dos destaques (AVA)

7.5 Desafios5

Após a apuração de cada disciplina no SISACAD, dois resultados são possíveis: o estudante
desenvolver a competência ou não a desenvolver.

Caso o estudante atinja a média 4,0 (quatro) como resultado da atividade semanal + avaliação da
disciplina, o mesmo será desafiado a participar de uma atividade de aprofundamento, chamado de
DESAFIO DE APROFUDAMENTO.

5
Extraído e adaptado de: DUTRA, Paulo F. V. et al. EAD Pernambuco: a construção de uma política pública de Educação
a Distância. Recife: George Bento Catunda, 2017. ISBN 9788592348106.
Caso o aluno obtenha média inferior a 4,0 (quatro), como resultado da atividade semanal + avaliação
da disciplina, será ofertado um DESAFIO DE REENSINO.

O quantitativo de questões disponibilizadas varia de acordo com a quantidade de semanas de cada disciplina.
Porém, as questões são gerais ao conteúdo temático da disciplina. O ranking geral dos desafios é
divulgado logo na página inicial do AVA:

Figura 5 – Página inicial do AVA | resultado individual no ranking dos desafios

As estrelas conquistadas valem para além do ranking. Elas podem ser trocadas PONTOS na
RECUPERAÇÃO. Cada 5 estrelas valem 1 ponto na questão aberta da recuperação DENTRO DO
MÓDULO CURSADO.
Vamos a este exemplo:

Considerando uma disciplina de 40h, 02 (duas) semanas:

Semana 1: Atividade semanal 1 = 01 (um) + Avaliação da disciplina = 2 (dois);


Média 3,0 (três).

Semana 2: Atividade semanal 2 = 02 (dois) + Avaliação da disciplina = 2 (dois);


Média 4,0 (quatro).

Referente à competência 1, o estudante receberá o desafio de REENSINO.


Já para a competência 2, receberá o desafio de APROFUDAMENTO.

Supondo
Referenteque o estudante1, tenha
à competência alcançado
o estudante comosucesso
receberá os REENSINO.
desafio de dois desafios

propostos, ele obterá
para a competência 3 ESTRELAS,
2, receberá sendo
o desafio UMA equivalente à semana 1 e
de APROFUDAMENTO.
DUAS equivalentes à semana 2.
Supondo que o estudante tenha alcançado com sucesso os dois desafios
propostos, ele obterá 3 ESTRELAS, sendo UMA equivalente à semana 1 e DUAS
equivalentes à semana 2.

Observe que o estudante ainda não terá o quantitativo de estrelas suficiente


para troca de pontos na questão aberta da recuperação do módulo. Sendo
assim, será necessário realizar outros desafios em outras disciplinas do mesmo
módulo para acumular estrelas. Lembrando que a cada cinco estrelas o
estudante poderá fazer a troca por um ponto na questão aberta da
recuperação.
7.6 Gerenciamento das estrelas obtidas e trocadas

Uma vez cursado um módulo, as pontuações dos desafios respondidos ao longo das disciplinas serão
apuradas no histórico escolar do SISACAD – Sistema Acadêmico da Educação a distância6.

Ficará disponível ao estudante trocar as estrelas obtidas pela pontuação correspondente à questão
aberta da recuperação. O sistema automaticamente indicará a quantidade de estrelas por pontos
disponíveis para cada estudante e as opções possíveis de troca.

Figura 6 – Gerenciamento das estrelas obtidas e trocadas (SISACAD).

Uma vez beneficiado pela bonificação dos desafios, o estudante não poderá reaver as estrelas
trocadas.

A outorga da láurea acadêmica será concedida ao discente com a maior


quantidade de estrelas acumuladas. Portanto, recomenda-se utilizá-las apenas
quando necessário.

6
Acesse: https://sisacad.educacao.pe.gov.br/
8 Acompanhamento do rendimento escolar

A cada conclusão de competência, a coordenação do curso procederá à apuração das notas no


histórico escolar do SISACAD.

Através desse portal, o estudante terá acesso ao seu desempenho escolar ao longo das disciplinas,
acompanhando paulatinamente o resultado a cada término de competência.

Figura 8 – Página inicial do SISACAD

Outra opção de verificar a nota obtida é através do Ambiente Virtual, acessando o artefato da
atividade corrigida. Para as atividades abertas (dissertativas), será disponibilizado um comentário
do tutor virtual responsável pela correção.

8.1 Do trancamento e renovação de matrícula


O estudante poderá solicitar trancamento de curso após ter cursado um módulo integralmente.
Para isso, deverá dar entrada nesta solicitação junto ao polo, preenchendo requerimento
específico.

Importante destacar que a volta do estudante ao curso está condicionada à disponibilidade de


vagas no curso. O período de trancamento é válido por até 01 (hum) ano.

Ao final de cada módulo, os alunos são convocados a renovar a matrícula para o módulo seguinte.
Esta renovação é realizada através do SISACAD. O estudante poderá fazê-lo de qualquer
computador conectado à internet através do site http://sisacad.educacao.pe.gov.br/. Se necessário,
o laboratório de informática do polo de apoio presencial deve ser utilizado para tal ação. Para a
conclusão da matrícula, é obrigatório responder a um questionário avaliativo do curso
disponibilizado no momento da rematrícula.

A não renovação da matrícula no prazo estipulado acarretará na desvinculação do


estudante junto ao curso. Não haverá possibilidade de reverter a situação após o
prazo.

8.2 Comunicação

A comunicação entre o estudante e a equipe dos cursos EAD deverá ser feita exclusivamente via
Ambiente Virtual de Aprendizagem. Para isto, utilize o fórum aberto das disciplinas para falar dos
conteúdos das competências ou o espaço de mensagem privada na página inicial do AVA (destinado
a dúvidas sobre a vida escolar do estudante ou solicitação de caráter pessoal).
Figura 9 – Página inicial do SISACAD (Mensagem privada)

A comunicação de contingências e demais informes importantes será feita por este


espaço. Portanto fique atento, acessando seu Ambiente Virtual diariamente!

Sua participação nos fóruns da disciplina é fundamental e valorada, sendo também


uma forma de avaliação. Certifique-se das regras de utilização e convivência dos
fóruns, disponível no ambiente das disciplinas. Comunique-se conosco, será um
prazer recebê-lo!

Se você deseja se comunicar por conta de um ASSUNTO ESPECÍFICO DO SEU CURSO, inerentes a
temas como:

● Matriz Curricular;
● Dispensa de disciplina;
● Aulas Práticas / Estágios;
● Carreira e Locais de Trabalho;
● Revisão de notas;
● Atrasos na correção de atividades;
● Disciplinas e Artefatos da sala virtual;
● Assuntos relacionados à gestão discente.

Fale com a coordenação do seu curso. Envie uma mensagem privada através do AVA
Se você deseja se comunicar por conta de um ASSUNTO REFERENTE À DISCIPLINA OFERTADA,
relacionado a temas como:

● Dúvidas técnicas do assunto abordado;


● Discordância de notas (correção).

Fale com o(a) professor(a) formador(a) da sua disciplina através dos fóruns no
ambiente virtual

Se você deseja se comunicar por conta de um ASSUNTO ADMINISTRATIVO, relacionado a temas


como:

● Emissão de diplomas;
● Matrícula;
● Validação de diplomas;
● Carteira de Estudante;
● VEM estudantil;
● Documentação;
● Requerimentos diversos.

Fale com a Central dos Estudantes da Escola Técnica Estadual Prof. Antônio Carlos
Gomes da Costa! Envie uma mensagem privada através da sala do estudante.

Se você deseja se comunicar por conta de um ASSUNTO ADMINISTRATIVO QUE NECESSITE DE


ATENDIMENTO PRESENCIAL, relacionado a temas como:

● Auxílio para renovação de matrícula no SISACAD (online);


● Manuseio do SISACAD e/ou Ambiente Virtual de Aprendizagem;
● Esquecimento de senhas ou modificação de dados cadastrais;
● Transferência de Polo/Turno (apenas após um módulo cursado);
● Assuntos relacionados à gestão discente que necessite de atendimento presencial.
Fale com a coordenação do seu polo de apoio ou com a tutoria presencial
9 Nosso time

Um Polo de Apoio Presencial, em nosso modelo de operação, é o local onde o estudante se


encontra com pessoas que vão ajudá-lo em sua formação. Aqui ele terá CONTATO PESSOAL com
tutores que cuidarão para que ele possa se dedicar exclusivamente aos os estudos.

9.1 Profissionais do Polo de Apoio Presencial

Há dois profissionais que atuam num Polo: A COORDENAÇÃO DE POLO e a TUTORIA PRESENCIAL
que estão a postos para auxiliar os estudantes na gestão escolar discente.

▪ COORDENADOR (A) DE POLO: O coordenador do Polo é o profissional responsável pela


gestão. Ele vai estar à sua disposição para garantir o perfeito funcionamento de todos os
recursos necessários ao seu bom aproveitamento educacional.

▪ TUTOR (A) PRESENCIAL: O tutor presencial é o profissional responsável por cuidar, zelar e
acompanhar os estudantes vinculados ao Polo de Apoio Presencial e, eventualmente, dos
estudantes visitantes (vinculados a outros polos presenciais).

Esse profissional atua sob algumas diretrizes pré-definidas, tais como:

● Rigor no cumprimento dos horários (de atendimento do Polo e de operação dos encontros
semanais);
● Organização e zelo pelo laboratório EAD;
● Mediação do encontro presencial no polo (para os alunos da modalidade semipresencial)
seguindo as orientações do professor formador da disciplina;
● Administração dos objetos de aprendizagem em sala de aula.
O tutor presencial não possui formação técnica na disciplina do seu curso técnico. Dúvidas
pertinente ao conteúdo das competências ou da atividade presencial deverão ser reportadas
à equipe de tutoria virtual ou ao professor formador do curso que estarão online para o
acolhimento necessário.

9.2 Profissionais que atuam nos cursos técnicos

Há três profissionais que atuam nos cursos técnicos EAD | PE:

1. COORDENAÇÃO DO CURSO
2. PROFESSOR FORMADOR E/OU CONTEUDISTA DA DISCIPLINA
3. PROFESSOR VIRTUAL

Todos estes são professores e, portanto, autoridade no ambiente da sala de aula (física e virtual) e
laboratórios.

▪ COORDENADOR (A) DO CURSO: O coordenador do Curso atua na gestão do curso, incluindo


a adequação dos conteúdos e organização do trabalho de todos os profissionais envolvidos,
além de garantir todos os recursos para o bom funcionamento do curso e a melhor
formação profissional do estudante.

Conheça o seu coordenador de curso acessando a Sala de Acolhimento!

▪ PROFESSOR FORMADOR E/OU CONTEUDISTA DA DISCIPLINA: Pesquisa e desenvolve todo o


conteúdo das disciplinas, além de aplicá-la no Ambiente Virtual de Aprendizagem. Atua em
parceria com a coordenação do curso e tutores virtuais dirimindo dúvidas e estimulando a
aprendizagem.
▪ PROFESSOR VIRTUAL: É o responsável por avaliar as atividades dos estudantes, sempre
apontando as possibilidades de melhorias. Auxilia também no desenvolvimento das
atividades pedagógicas no ambiente virtual da disciplina.
10 Atuação do Estudante

Para a realização das atividades frequentes do estudante, preparamos uma série de orientações e
as colocamos na sala do estudante. É necessário acessar sempre esta sala e manter-se informado de
tudo que está acontecendo no seu curso.

Estas orientações são de suma importância, pois trazem um passo a passo para a realização das
atividades frequentes. A seguir apresentamos um descritivo dessas atividades (a qualquer
momento, podem – e devem – surgir novas tarefas).

10.1 Participação nos Encontros Presenciais (perfil semipresencial)

Para os alunos do perfil semipresencial, durante os encontros semanais estarão à disposição do


estudante atividades propostas pelo professor pesquisador, as quais serão disponibilizadas no AVA
(Ambiente Virtual de Aprendizagem) e aplicadas pelo tutor presencial no polo. As orientações
disponíveis são:

● Fazer o download do e-book da disciplina;


● Assistir à vídeoaula e aos vídeos adicionais indicados (quando houver);
● Participar de uma dinâmica presencial previamente preparada pelo professor formador em
formato de roteiro;
● Participar do Fórum no AVA;
● Realizar a Atividade Semanal proposta.

10.2 Outros recursos do AVA

Além das atividades mencionadas acima, o estudante deverá:

● Ouvir o Podcast quando disponível;


● Estudar os textos e demais artefatos propostos pelo professor formador;
● Acompanhar os destaques semanais;
● Elaborar e postar a Atividade semanal dentro do prazo;
● Elaborar e postar a Avaliação disciplina dentro do prazo;
● Participar das atividades propostas pelo professor formador;
● Participar dos fóruns;
● Estar atento aos informes e avisos da coordenação no ambiente virtual.
11. Convivência

O padrão para convivência é o de respeito mútuo entre todos os participantes deste programa. Para
isto, devemos nos comunicar adequadamente com os colegas e professores, usando expressões
respeitosas uns com os outros. Identifique-se ao enviar qualquer mensagem no ambiente, dirigindo-
se respeitosamente ao seu interlocutor. O mesmo se aplica ao solicitar revisão de notas das
atividades ou quaisquer questionamentos que deseje fazer ao seu professor.

Ofensas, tratamento ríspido a qualquer professor ou participante do curso, bem como tumultos
criados no ambiente virtual e fora dele, não serão tolerados.

A sala de aula/laboratório é o local dos encontros semanais. Nesses locais deverão ser observados
princípios comportamentais, tais como:

▪ Utilizar os recursos computacionais apenas para o fim o proposto pelos professores;


▪ Não promover quaisquer situações que prejudiquem o aprendizado seu e dos demais
estudantes, bem como o respeito aos professores e coordenadores;
▪ Cumprir as regras próprias de cada Instituição que abriga nosso Polo de Apoio Presencial.

No AVA não é diferente. Nele devemos:

▪ Dirigir-nos com respeito aos colegas e professores;


▪ Utilizar o espaço exclusivamente para questões relacionadas aos cursos, sem instrumentos
de promoção de interesses pessoais;
▪ Utilizar os Fóruns apenas para dúvidas e discussões inerentes aos assuntos da disciplina,
sendo vedado seu uso para qualquer outra finalidade.
12 Da participação nos fóruns virtuais

Ao participar dos Fóruns EAD PERNAMBUCO você concorda com as regras aqui contidas, cuja leitura é de
responsabilidade do usuário.

Regras são um conjunto de normas estabelecidas a fim de manter a ordem e o bom funcionamento de uma
organização. O Fórum possui regras pré-estabelecidas, elaboradas criteriosamente com a finalidade de
prestar um serviço de forma organizada e de fácil acesso aos estudantes. Ao participar, o membro concorda
em cumprir todas as regras aqui estipuladas. Portanto, termos como NÃO TER CONHECIMENTO SOBRE AS
REGRAS, LIBERDADE DE EXPRESSÃO, CENSURA, DITADURA e outros similares não devem ser utilizados para
justificar o descumprimento das regras. Dessa forma, quaisquer meios de expressão utilizados nos fóruns
que não forem condizentes com o mesmo e/ou que afrontem as regras serão passíveis de intervenções por
parte da Coordenação ou Tutoria Central, que tomarão as medidas cabíveis para restabelecer a ordem, o
bom andamento do Fórum e o cumprimento incondicional das Regras. Em caso de problemas, dúvidas,
reclamações ou críticas, recorra aos Coordenadores ou à Tutoria Central de Atendimento aos Alunos.

NOTA | O Fórum, por questões de segurança, registra o número de IP do autor das mensagens postadas.

12.1 Ações do coordenador

Os coordenadores podem, dentro das regras abaixo descritas:

▪ Mover/editar/bloquear/apagar/unir/separar tópicos de forma a oferecer a melhor organização


possível ao Fórum, além de, seguindo os critérios aqui definidos, aplicar sanções aos estudantes que
cometerem alguma das infrações discriminadas, nos termos descritos abaixo, ficando responsáveis
por estas ações e relatando-as à Administração do AVA;
▪ Sempre que necessário, fechar áreas, abrir novas áreas ou tomar quaisquer atitudes que visem
manter a melhor organização e o bom andamento do Fórum;
▪ Não é permitido postar links com finalidade comercial. O veto total se deve ao fato de ser inviável,
para a coordenação do Fórum, monitorar o conteúdo dos sites publicados e isto facilitaria a
divulgação indireta de conteúdos inadequados.
12.2 Infrações

12.2.1 Ações corretivas

O estudante que cometer uma infração leve receberá uma advertência por meio de mensagem privada. Se o
estudante receber uma segunda advertência (reincidência) ou cometer uma infração grave será suspenso do
AVA pelo período de 30 (trinta) dias. Os casos de infrações gravíssimas serão tratados de forma
individualizada, e, portanto, ao estudante serão imputadas consequências proporcionais e adequadas à
conduta por ele praticada, sem prejuízo às possíveis responsabilidades civis e penais.

12.2.2 Infrações leves

Mensagens não relacionadas ao assunto da disciplina ou que façam referência a questões pessoais (ex.:
revisão de nota, insatisfação com o curso, etc.). Tópicos ou mensagens que se transformarem em bate
papo/chat, isto é, o assunto desande para outro que não tenha nada a ver com a dúvida original. Títulos de
tópicos não relacionados a dúvidas, direcionado a algum membro ou relacionado com qualquer forma de
chamar atenção. Usar extensivamente letras maiúsculas, negrito, cores, fontes ou qualquer forma de chamar
a atenção, seja em toda a mensagem ou no título do tópico. É permitido destacar pequenos trechos da
mensagem. Uso excessivo de gírias e de escrita incompreensível.

12.2.3 Infrações graves

Falta de cordialidade e educação, seja em tópico, mensagem, assinatura, perfil ou mensagem privada. Crítica
sem fundamento ou manifesto de desapreço a qualquer pessoa física ou jurídica, independente do motivo,
seja via mensagem (pública ou privada), tópico, perfil, avatar ou assinatura. Envio de qualquer mensagem,
seja de texto ou audiovisual, de cunho comercial, marketing e/ou propaganda, incluindo nicknames
(apelidos), avatares e assinaturas, especialmente com o uso de links comerciais. O envio de mensagens
promovendo qualquer tipo de negócios (SPAM), com fins lucrativos ou não, seja na forma de tópico,
mensagem, mensagem privada ou e-mail, quando sobre objeto lícito (legal).
12.2.4 Infrações gravíssimas

Mensagens em tópicos, mensagens privadas, e-mails, assinaturas, imagens em tópicos ou avatares,


publicações em formato audiovisual, nicknames (apelidos) e outras formas que promovam:

a) Incitação e/ou apologia a qualquer tipo de discriminação (étnica, religiosa, política, gênero,
nacionalidade, origem, minorias, orientação sexual, etc.) e/ou cujo conteúdo esteja relacionado a
terrorismo.
b) Incitação e/ou apologia à tortura (física e/ou psicológica), a mutilações de qualquer natureza ou
suicídio.
c) Incitação e/ou apologia ao uso indiscriminado de drogas lícitas ou uso de drogas ilícitas (ilegais).

O envio de mensagens promovendo qualquer tipo de negócios (SPAM), com fins lucrativos ou não, seja na
forma de tópico, mensagem, mensagem privada ou e-mail, quando sobre objeto ilícito (ilegal). Participantes
que difamem os Cursos Técnicos EAD PERNAMBUCO (seus organizadores, colaboradores, estudantes, etc.)
neste ou em outros Fóruns, blogs, Facebook, Instagram, WhatsApp, páginas pessoais, entre outros. Caluniar,
difamar ou proferir ofensas agravadas por xingamentos e palavras inapropriadas, contra qualquer tipo de
pessoas, site ou instituição.

12.3 Procedimento em caso de queixa ou crítica à coordenação ou professor virtual

I - Entre em contato por mensagem privada com a Coordenação em questão, a fim de estabelecer um
diálogo. Procure explicar de forma clara e objetiva o motivo da contestação ou crítica, utilizando para isto o
bom senso e a cordialidade. Esses são elementos imprescindíveis para a solução de qualquer problema.

II - Caso não seja encontrada a solução para o problema ao dialogar com a Coordenação, entre em contato
com a Tutoria Central de Atendimento aos alunos, que poderá analisar e encontrar uma solução para o caso,
sendo desta a última palavra sobre o assunto.
13 Finalizando

A Educação Profissional é uma prioridade dentre as ações públicas do Estado de Pernambuco. Este
guia, complementado pelas orientações específicas, é instrumento-chave para a realização de um
trabalho organizado, tranquilo e mais eficaz para todos. Mantenha-se sempre informado,
acessando a Sala do Estudante e os informativos da coordenação do seu curso.

Parabéns por iniciar esta importante jornada de sua formação profissional.

Bons estudos!

Você também pode gostar