Você está na página 1de 5

Teste de Ciências Naturais, 7.

º ano

Escola: _____________________________________________________ Data: __ / __ / 2018

Aluno:______________________________________________________ N.º: ___ Turma: ___

Grupo I
1. Observa com atenção as imagens que se seguem, que representam dois minerais.

Mineral X Mineral Y

O mineral X, quando sujeito a tensões, parte-se em fragmentos de tamanho variável, mas


com forma idêntica e superfícies planas. Quando o mineral é observado a olho nu, é visível
uma cor castanha. Quando reduzido a pó, apresenta uma cor branca.
O mineral Y apresenta cor-de-rosa quando é observado a olho nu. Ao ser reduzido a pó,
apresenta cor branca. Quando é sujeito a tensões, parte-se em fragmentos de formas e
tamanhos variáveis, sem apresentar nenhuma superfície plana.

1.1. Estabelece a ligação entre os elementos da chave e as afirmações.

Chave:
A – Afirmação confirmada pelos dados.
B – Afirmação contrariada pelos dados.
C – Afirmação não confirmada nem contrariada pelos dados.
Afirmações:
____ I. O mineral X apresenta um traço de cor branca.
____ II. O mineral Y apresenta fratura.
____ III. O mineral X apresenta clivagem.
____ IV. O mineral X risca o mineral Y e não é riscado por este.
____ V. O mineral Y apresenta traço de cor-de-rosa.
____ VI. A cor de um mineral é sempre igual à do seu traço.
____ VII. O mineral Y reage com o ácido clorídrico.
____ VIII. O mineral X apresenta uma densidade superior à do mineral Y.
____ IX. O mineral X apresenta cor castanha.
____ X. O mineral Y apresenta clivagem.

1.1. Identifica as características que definem um mineral.

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

Edições ASA | 2018 Ciências Naturais 7.º ano | Bento Cavadas, Bruno Sousa e Nuno Ribeiro
2. Para se identificar os minerais recorre-se com alguma frequência à escala de dureza
representada na figura seguinte.

I II III IV V

Talco Gesso Calcite Fluorite Apatite

VI VII VIII IX X

Ortóclase Quartzo Topázio Corindo Diamante

2.1. Identifica a escala representada na figura anterior.

__________________________________________________________________________________

2.2. Completa as afirmações selecionando a opção correta.

2.2.1. A dureza de um mineral refere-se…


___ (A) à cor que um mineral apresenta quando é reduzido a pó.
___ (B) à forma como alguns minerais quebram de acordo com planos definidos.
___ (C) à resistência superficial ao risco.
___ (D) à reação efervescente quando em contacto com ácido clorídrico.

2.2.2. A ortóclase, com dureza 6,


___ (A) risca, mas não é riscada pela apatite.
___ (B) risca e é riscada pelo topázio.
___ (C) risca, mas não é riscada pelo quartzo.
___ (D) risca e é riscada pela fluorite.

2.3. Indica três minerais característicos das rochas magmáticas.

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

Grupo II

Pedras parideiras

As pedras parideiras são um fenómeno

Edições ASA | 2018 Ciências Naturais 7.º ano | Bento Cavadas, Bruno Sousa e Nuno Ribeiro
geológico muito raro na Terra. Na Europa, encontra-se documentado apenas em dois locais:
na aldeia de Castanheira (serra da Freita, Arouca) e num local de São Petersburgo (Rússia).
O fenómeno das pedras parideiras envolve fatores geológicos e climatéricos. A variação da
temperatura ambiente e a ação da água originam a libertação de fragmentos (pedras-
-filhas) de biotite a partir de uma rocha granítica (rocha-mãe).
Desde há muito tempo que as pedras parideiras são associadas a fenómenos de fertilidade
pelos habitantes da região de Arouca. O povo acreditava que no interior da rocha-mãe se
geravam novas rochas, as quais eram, depois, expulsas, como se de um parto se tratasse.
Esta crença levava as pessoas a levar pequenas pedras-filhas para casa com um objetivo:
colocá-las debaixo das almofadas das mulheres para que estas ficassem mais férteis.
Adaptado de www.portugalnummapa.com/pedras-parideiras (consultado em 24/09/2018)

1. Completa a afirmação selecionando a opção correta:


Os fragmentos libertados pelas pedras parideiras são
___ (A) rochas. ___ (C) porções de solo.
___ (B) minerais. ___ (D) gelo.

2. Compara a explicação científica com a explicação popular relativamente ao fenómeno das


pedras parideiras.
__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

3. Hoje em dia encontram-se grandes cartazes na região de Arouca com a informação de que
é proibido recolher as pedras parideiras. Explica a necessidade e a importância de
proteger esse património geológico.
__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

4. Indica os agentes geológicos externos que são responsáveis pelo processo de formação
das pedras parideiras.
__________________________________________________________________________________

5. Indica outros dois agentes geológicos externos que atuam nas rochas à superfície da Terra.
__________________________________________________________________________________

Grupo III

Barragens tiraram 1,5 milhões de toneladas de areia das praias portuguesas


As barragens são as grandes responsáveis pela falta de areia nas praias portuguesas,
afirmou à agência Lusa o hidrobiólogo Adriano Bordalo e Sá, do Instituto de Ciências
Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto. Este investigador indica que só as
barragens do rio Douro tiram mais de 1,5 milhões de toneladas de areia por ano à costa.
O rio Douro tem na sua bacia hidrográfica em Portugal e em Espanha mais de 50
barragens. Há 60 anos estima-se que a quantidade de areia transportada era na ordem dos
dois milhões de toneladas por ano. Atualmente, o caudal sólido está reduzido a 250 mil
toneladas. “Falta-nos areia vinda de terra para o mar”, disse o especialista.

Edições ASA | 2018 Ciências Naturais 7.º ano | Bento Cavadas, Bruno Sousa e Nuno Ribeiro
Em declarações à Lusa, o professor explicou que as barragens “interrompem o caudal
natural da água, mas também dos sedimentos” e que, “ao contrário do que tentam vender, a
hidroeletricidade não é verde”. Segundo o hidrobiólogo, a praia do Furadouro, em Ovar, perde
por ano nove metros de comprimento, a da Cortegaça, também em Ovar, perde três metros por
ano e a da Costa Nova, em Ílhavo, perde oito metros por ano. Para o professor, as praias
portuguesas têm “efetivamente uma situação de risco” e algumas podem desaparecer.
Adaptado de www.dn.pt/ (consultado em 24/09/2018)

1. Indica o problema identificado por Adriano Bordalo Sá.

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

2. Explica uma consequência decorrente da situação descrita na questão anterior.

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

3. Completa as afirmações, selecionando a opção correta.


3.1. Os sedimentos encontrados nas barragens são…
___ (A) maiores e mais angulosos do que os da praia do Furadouro.
___ (B) maiores e menos angulosos do que os da praia do Furadouro.
___ (C) menores e mais angulosos do que os da praia do Furadouro.
___ (D) menores e menos angulosos do que os da praia do Furadouro.

3.2. Além dos rios, o ______ é também considerado um agente de transporte.


___ (A) o vento.
___ (B) a gravidade.
___ (C) os glaciares.
___ (D) todos os anteriores.

4. A formação das rochas sedimentares é um processo longo que compreende várias fases.
A figura seguinte representa algumas dessas fases.

Edições ASA | 2018 Ciências Naturais 7.º ano | Bento Cavadas, Bruno Sousa e Nuno Ribeiro
4.1. Legenda a figura.

A – ____________________ B – ____________________ C – ____________________

4.2. Classifica cada uma das afirmações seguintes como verdadeira (V) ou falsa (F).

___ A. A cimentação é o primeiro processo que ocorre na diagénese.


___ B. O cimento resulta da precipitação de minerais entre os sedimentos.

___ C. Durante a compactação ocorre movimento de água para os espaços vazios que se
localizam entre os sedimentos.

___ D. A compactação ocorre devido à pressão que resulta do afundamento e da deposição de


novos sedimentos.
___ E. Todas as rochas sedimentares são formadas por este processo.
___ F. As rochas sedimentares acumulam-se numa sucessão de camadas designadas por
estratos.

4.3. Designa o processo que corresponde ao conjunto das fases A, B e C.

__________________________________________________________________________________

5. Faz a correspondência entre as afirmações da coluna I e os termos da coluna II.

Coluna I Coluna II
1. Rocha que reage fortemente com o ácido clorídrico.
2. Rocha quimiogénica constituída por halite.
3. Rocha biogénica formada a partir de corais. A – Calcário
4. Rocha formada por precipitação de calcite. B – Sal-gema
5. Rocha detrítica consolidada por um cimento natural. C – Argila
6. Rocha detrítica não consolidada. D – Conglomerado
7. Aparece frequentemente em paisagens cársicas.
8. Rocha com sabor salgado.

__________________________________________________________________________________

Edições ASA | 2018 Ciências Naturais 7.º ano | Bento Cavadas, Bruno Sousa e Nuno Ribeiro