Você está na página 1de 11

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR.

MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2018/2019
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

Domínio: Terra – um planeta com vida


Subdomínio Período Aulas previstas
1. Sistema Terra: da célula à biodiversidade
1. Condições próprias da Terra que a tornam o único planeta com vida conhecida no Sistema Solar.
2. A Terra como um sistema capaz de gerar vida.
3. A célula como unidade básica da biodiversidade existente na Terra.
1.º 39
2. Sustentabilidade na Terra: Ecossistemas
4. Níveis de organização biológica dos ecossistemas.
5.Dinâmicas de interação existentes entre os seres vivos e o ambiente.
6. Dinâmicas de interação existentes entre os seres vivos.

3. Sustentabilidade na Terra: Ecossistemas


7. Dinâmicas de interação existentes entre os seres vivos.
8. Importância dos fluxos de energia na dinâmica dos ecossistemas.
9. Papel dos principais ciclos de matéria nos ecossistemas.
10. Equilíbrio dinâmico dos ecossistemas com a sustentabilidade do planeta Terra. 2.º
40
11. Gestão dos ecossistemas para contribuir para alcançar as metas de um desenvolvimento sustentável.
12. Influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas.
13. Medidas de proteção dos ecossistemas.

4. Gestão Sustentável dos Recursos


14. Classificação dos recursos naturais.
15. Exploração e transformação dos recursos naturais.
16. O papel dos instrumentos de ordenamento e gestão do território com a proteção e a conservação da
Natureza. 3.º
23
17. Integrar conhecimentos de ordenamento e gestão do território.
18. Gestão de resíduos e da água com o desenvolvimento sustentável.

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2018/2019
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

1º Período

Domínio: Terra – um planeta com vida

Subdomínio Objetivo Geral & Descritores Estratégias Avaliação Aulas

Sistema Terra: da 1. Compreender as condições próprias da Terra que a tornam o 4


célula à único planeta com vida conhecida no Sistema Solar.
biodiversidade

1.1 Identificar a posição da Terra no Sistema Solar, através de


representações esquemáticas.
1.2 Explicar três condições da Terra que permitiram o
desenvolvimento e a manutenção da vida. - Exploração do manual escolar.
1.3 Interpretar gráficos da evolução da temperatura, da energia - Análise de figuras, esquemas e diagramas.
solar e do dióxido de carbono atmosférico ao longo do tempo - Interpretação de textos e gráficos. Avaliação diagnóstica
geológico. - Realização de fichas de trabalho. Fichas de trabalho
1.4 Descrever a influência da atividade dos seres vivos na - Realização de atividades de resolução de problemas.
Grelhas de observação direta
evolução da atmosfera terrestre. - Discussão em grande grupo.
1.5 Inferir a importância do efeito de estufa para a manutenção - Elaboração de mapas de conceitos. Questões de aula
de uma temperatura favorável à vida na Terra. - Pesquisa e seleção de informação. Trabalhos de pesquisa
- Realização de atividades práticas, de carácter
Relatórios escritos
2. Compreender a Terra como um sistema capaz de gerar vida. experimental/laboratorial:
Avaliação formativa 4

2.1 Descrever a Terra como um sistema composto por Testes de avaliação


subsistemas fundamentais (atmosfera, hidrosfera, geosfera,
biosfera).
2.2 Reconhecer a Terra como um sistema.
2.3 Argumentar sobre algumas teorias da origem da vida na
Terra.
2.4 Discutir o papel da alteração das rochas e da formação do
solo na existência de vida no meio terrestre.
Grupo disciplinar de Biologia e Geologia
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2018/2019
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

2.5 Justificar o papel dos subsistemas na manutenção da vida na


Terra.

3. Compreender a célula como unidade básica da


biodiversidade existente na Terra. 6

3.1 Distinguir células procarióticas de células eucarióticas, com


base em imagens fornecidas. - Exploração do manual escolar.
3.2 Identificar organismos unicelulares e organismos - Análise de figuras, esquemas e diagramas.
pluricelulares, com base em observações microscópicas. - Interpretação de textos e gráficos.
3.3 Enunciar as principais caraterísticas das células animais e das - Realização de fichas de trabalho.
células vegetais, com base em observações microscópicas. - Realização de atividades de resolução de problemas.
3.4 Descrever os níveis de organização biológica dos seres vivos. - Discussão em grande grupo.
3.5 Reconhecer a célula como unidade básica dos seres vivos. - Elaboração de mapas de conceitos.
- Pesquisa e seleção de informação.
Ecossistemas 2
4. Compreender os níveis de organização biológica dos
ecossistemas. - Realização de atividades práticas, de carácter Avaliação diagnóstica
4.1 Apresentar uma definição de ecossistema. experimental/laboratorial: Fichas de trabalho
4.2 Descrever os níveis de organização biológica dos Observação microscópica de células Grelhas de observação direta
ecossistemas. procarióticas/eucarióticas.
4.3 Usar os conceitos de estrutura, de funcionamento e de Observação microscópica de células eucarióticas Questões de aula
equilíbrio dos ecossistemas numa atividade prática de campo, animais/vegetais. Trabalhos de pesquisa
próxima do local onde a escola se localiza. Observação de um ecossistema no jardim da Escola. Relatórios escritos
Avaliação formativa
Testes de avaliação
5. Analisar as dinâmicas de interação existentes entre os seres 8
vivos e o ambiente.
5.1 Descrever a influência de cinco fatores abióticos (luz, água, Estudo da influência dos fatores abióticos:
solo, temperatura, vento) nos ecossistemas. -Variável dependente/ independente e grupo de
5.2 Apresentar exemplos de adaptações dos seres vivos aos controlo
fatores abióticos estudados. -Temperatura
5.3 Testar variáveis que permitam estudar, em laboratório, a -Luz
influência dos fatores abióticos nos ecossistemas. -Humidade
5.4 Concluir acerca do modo como as diferentes variáveis do
meio influenciam os ecossistemas.

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2018/2019
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

5.5 Prever a influência dos fatores abióticos na dinâmica dos


ecossistemas da região onde a escola se localiza.
5.6 Relacionar as alterações do meio com a evolução ou a
extinção de espécies. - Exploração do manual escolar.
- Análise de figuras, esquemas e diagramas.
6. Explorar as dinâmicas de interação existentes entre os seres - Interpretação de textos e gráficos.
Avaliação diagnóstica 7
vivos. - Realização de fichas de trabalho.
6.1 Distinguir, dando exemplos, interações intraespecíficas de - Realização de atividades de resolução de problemas. Fichas de trabalho
interações interespecíficas. - Discussão em grande grupo.
Grelhas de observação direta
6.2 Identificar tipos de relações bióticas, em documentos - Elaboração de mapas de conceitos.
diversificados. - Pesquisa e seleção de informação. Questões de aula
6.3 Interpretar gráficos que evidenciem dinâmicas populacionais Trabalhos de pesquisa
decorrentes das relações bióticas. - Realização de atividades práticas, de carácter
Relatórios escritos
6.4 Avaliar as consequências de algumas relações bióticas na experimental/laboratorial:
dinâmica dos ecossistemas.  Relações Bióticas: competição nas plantas. Avaliação formativa
6.5 Explicar o modo como as relações bióticas podem conduzir à Estudos de caso no âmbito das relações bióticas: Testes de avaliação
evolução ou à extinção de espécies. - Relações interespecíficas de predação,
parasitismo, competição, comensalismo,
amensalismo, simbiose, mutualismo.
- Relações intra-específicas de cooperação,
competição e canibalismo.

Total de aulas no período: 39 aulas

Aulas destinadas à lecionação de matérias: 31 aulas


Aulas destinadas às avaliações: 8 aulas

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2016/2017
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

2º Período

Domínio: Terra – um planeta com vida

Subdomínio Objetivo Geral & Descritores Estratégias Avaliação Aulas

7. Compreender a importância dos fluxos de energia na 4


Gestão sustentável dinâmica dos ecossistemas.
dos recursos 7.1. Transferência de energia existentes nos ecossistemas.
7.2 Cadeias tróficas de ambientes marinhos, fluviais e terrestres.
7.3 Cadeias tróficas e teias alimentares.
7.4 Impactes da ação humana que contribuam param a Exploração do manual escolar.
alteração da dinâmica das teias alimentares. - Análise de figuras, esquemas e diagramas.
7.5 Medidas de minimização dos impactes da ação humana na - Interpretação de textos e gráficos. Avaliação diagnóstica
alteração da dinâmica dos ecossistemas. - Realização de fichas de trabalho.
Fichas de trabalho
- Realização de atividades de resolução de problemas.
- Discussão em grande grupo. Grelhas de observação direta
8. Sintetizar o papel dos principais ciclos de matéria nos - Elaboração de mapas de conceitos. Questões de aula 4
ecossistemas. - Pesquisa e seleção de informação.
Trabalhos de pesquisa
8.1 Atividades dos seres vivos (alimentação, respiração, - Realização de atividades práticas, de carácter
fotossíntese) que interferem nos ciclos de matéria. experimental/laboratorial: Relatórios escritos
8.2 Importância da reciclagem da matéria na dinâmica dos Estudos de caso no âmbito dos ciclos de matéria. Avaliação formativa
ecossistemas.
8.3 Ciclo da água, do ciclo do carbono, do ciclo do oxigénio e do Testes de avaliação
ciclo do azoto, a partir de esquemas.
8.4 Relação entre a ação humana pode e os principais ciclos de
matéria.

9. Relacionar o equilíbrio dinâmico dos ecossistemas com a 4


sustentabilidade do planeta Terra.
9.1 Fases de uma sucessão ecológica, utilizando um exemplo
concreto.
9.2 Sucessão ecológica primária e sucessão ecológica
Grupo disciplinar de Biologia e Geologia
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2016/2017
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

secundária.
9.3 Identificar o tipo de sucessão ecológica descrita em
documentos diversificados.
9.4 Causas e as consequências da alteração do equilíbrio
dinâmico dos ecossistemas.
9.5 Importância do equilíbrio dinâmico dos ecossistemas para a
sustentabilidade da vida no planeta Terra. - Exploração do manual escolar.
- Análise de figuras, esquemas e diagramas.
- Interpretação de textos e gráficos. Avaliação diagnóstica
10.Analisar a forma como a gestão dos ecossistemas pode - Realização de fichas de trabalho. Fichas de trabalho 4
contribuir para alcançar as metas de um desenvolvimento - Realização de atividades de resolução de problemas.
sustentável - Discussão em grande grupo. Grelhas de observação direta
10.1 Conceito de desenvolvimento sustentável. - Elaboração de mapas de conceitos. Questões de aula
10.2 Diferenciar os serviços dos ecossistemas, ao nível da - Pesquisa e seleção de informação.
Trabalhos de pesquisa
produção, da regulação, do suporte e da cultura.
10.3 Justificar o modo como os serviços dos ecossistemas - Realização de atividades práticas, de carácter Relatórios escritos
afetam o bem-estar humano. experimental/laboratorial Avaliação formativa
10.4 Opções disponíveis para a conservação dos ecossistemas e Estudos de caso no âmbito das catástrofes naturais.
Testes de avaliação
a sua contribuição para responder às necessidades humanas. Simulação do efeito de estufa.
Simulação das chuvas ácidas.
6
11. Compreender a influência das catástrofes no equilíbrio dos
ecossistemas.
11.1 Catástrofes de origem natural e catástrofes de origem
antrópica.
11.2 Principais catástrofes de origem antrópica.
11.3 Extrapolar o modo como a poluição, a desflorestação, os
incêndios e as invasões biológicas afetam o equilíbrio dos
ecossistemas.
11.4 Explicitar o modo como as catástrofes influenciam a
diversidade intraespecífica, os processos de extinção dos seres
vivos e o ambiente, através de pesquisa orientada.
11.5 Testar a forma como alguns agentes poluentes afetam o
equilíbrio dos ecossistemas, a partir de dispositivos
experimentais
Avaliação diagnóstica

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2016/2017
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

12. Sintetizar medidas de proteção dos ecossistemas. Grelhas de observação direta


12.1 Medidas que visem diminuir os impactes das catástrofes de - Exploração do manual escolar. 4
Fichas de trabalho
origem natural e de origem antrópica nos seres vivos e no - Análise de figuras, esquemas e diagramas.
ambiente. - Interpretação de textos e gráficos. Questões de aula
12.2 Riscos naturais e de ocupação antrópica existentes na - Realização de fichas de trabalho. Trabalhos de pesquisa
região onde a escola se localiza, recolhida com base em - Realização de atividades de resolução de problemas.
pesquisa orientada. - Discussão em grande grupo. Relatórios escritos
12.3 Medidas de proteção dos seres vivos e do ambiente num - Elaboração de mapas de conceitos. Avaliação formativa
ecossistema próximo da região onde a escola se localiza. - Pesquisa e seleção de informação. Testes de avaliação 2
12.4 Construir documentos, em diferentes formatos, sobre
medidas de proteção dos seres vivos e do ambiente,
implementadas na região onde a escola se localiza.
12.5 Explicitar o modo como cada cidadão pode contribuir para
a efetivação das medidas de proteção dos ecossistemas.

Total de aulas no período: 40 aulas

Aulas destinadas à lecionação de matérias: 32 aulas


Aulas destinadas às avaliações: 8 aulas

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2016/2017
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

3º Período

Domínio: Terra – um planeta com vida

Subdomínio Objetivo Geral & Descritores Estratégias Avaliação Aulas

13. Compreender a classificação dos recursos naturais.


Gestão sustentável 4
dos recursos 13.1 Conceito de recurso natural.
13.2 Critérios de classificação dos recursos naturais,
apresentando exemplos.
13.3 Recursos energéticos versus recursos não energéticos, com
exemplos. - Exploração do manual escolar. Avaliação diagnóstica
13.4 Recursos renováveis e recursos não renováveis, - Análise de figuras, esquemas e diagramas.
Fichas de trabalho
apresentando exemplos. - Interpretação de textos e gráficos.
13.5 Justificar a importância da classificação dos recursos - Realização de fichas de trabalho. Grelhas de observação direta
naturais. - Realização de atividades de resolução de problemas. Questões de aula
- Discussão em grande grupo.
Trabalhos de pesquisa
- Elaboração de mapas de conceitos. 4
14. Compreender o modo como são explorados e - Pesquisa e seleção de informação. Relatórios escritos
transformados os recursos naturais. Avaliação formativa
14.1 Identificar três formas de exploração dos recursos naturais. - Realização de atividades práticas, de carácter
Testes de avaliação
14.2 Principais transformações dos recursos naturais. experimental/laboratório:
14.3 Iimpactes da exploração e da transformação dos recursos Estudos de caso no âmbitos dos recursos naturais.
naturais, a curto, a médio e a longo prazo, com base em
documentos fornecidos.
14.4 Medidas que visem diminuir os impactes da exploração e
da transformação dos recursos naturais.
14.5 Medidas que estão a ser implementadas em Portugal para
promover a sustentabilidade dos recursos naturais.

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2016/2017
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

15. Relacionar o papel dos instrumentos de ordenamento e


gestão do território com a proteção e a conservação da 2
Natureza.
15.1 Conceito de ordenamento do território. - Exploração do manual escolar.
15.2 Exemplos de instrumentos de ordenamento e gestão do - Análise de figuras, esquemas e diagramas.
território. - Interpretação de textos e gráficos.
15.3 Tipologias de Áreas Protegidas. - Realização de fichas de trabalho.
15.4 Áreas Protegidas em Portugal e no mundo, com base em - Realização de atividades de resolução de problemas.
pesquisa orientada. - Discussão em grande grupo.
15.5 Medidas de proteção e de conservação das Áreas - Elaboração de mapas de conceitos.
Protegidas em Portugal. - Pesquisa e seleção de informação. Avaliação diagnóstico
Fichas de trabalho
- Realização de atividades práticas, de carácter
Grelhas de observação direta
16. Integrar conhecimentos de ordenamento e gestão do experimental/laboratório:
território. Estudos de caso: Questões de aula 2
16.1 Associações e organismos públicos de proteção e de -áreas protegidas. Trabalhos de pesquisa
conservação da Natureza existentes em Portugal, com base em -geossítios.
Relatórios escritos
pesquisa orientada. Construção de uma ETAR.
16.2 Construir uma síntese sobre um problema ambiental Avaliação formativa
existente na região onde a escola se localiza, indicando possíveis Testes de avaliação
formas de minimizar danos, sob a forma de uma carta dirigida a
um organismo de conservação da Natureza ou de um trabalho
de projeto.

17. Relacionar a gestão de resíduos e da água com o


desenvolvimento sustentável. 4
17.1 Tipos de resíduos.
17.2 Promoção da recolha, do tratamento e da gestão
sustentável de resíduos.
17.3 Campanhas de informação e de sensibilização sobre a
gestão sustentável de resíduos.
17.4 Plano de ação que vise diminuir o consumo de água na
escola e em casa, com base na Carta Europeia da Água.
17.5 Medidas de redução de riscos e de minimização de danos
relativos à contaminação da água procedente da ação humana.

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2016/2017
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

18. Relacionar o desenvolvimento científico e tecnológico com


a melhoria da qualidade de vida das populações humanas. 2

18.1 Desenvolvimento científico e tecnológico na história da


ciência, com base em pesquisa orientada.
18.2 Impactes ambientais, sociais e éticos de casos de
desenvolvimento científico e tecnológico.
18.3 Consequências possíveis de um caso de desenvolvimento
tecnológico na qualidade de vida das populações humanas, com
base em inquérito científico.
18.4 Contributos do desenvolvimento científico e tecnológico
para o desenvolvimento sustentável.
Total de aulas no período: 23 aulas

Aulas destinadas à lecionação de matérias: 15 aulas


Aulas destinadas às avaliações: 8 aulas

☻Trabalhos de Pesquisa/ Investigação

Este trabalho vai ser elaborado ao longo do ano letivo, onde, de acordo com a transversalidade dos conteúdos abordados em sala de aula, será solicitada a sua aplicação ao
trabalho a desenvolver.

Tema: Seleção de seres vivos de um bioma – classificação das células, influência dos fatores abióticos, relações interespecíficas / intraespecíficas e influência das catástrofes
ambientais.

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. MÁRIO FONSECA
Ano Letivo 2016/2017
Ciências Naturais

Planificação de Ciências Naturais do 8º ano

Grupo disciplinar de Biologia e Geologia