Você está na página 1de 4

LINUX

Endereços de entrada/saída
# cat /proc/ioports

Requisição de interrupção (IRQ)


# cat /proc/interrupts CPU0

Acesso Direto a Memória (DMA)


# cat /proc/dma

Nome_Linux Nome_Windows Porta E/S DMA IRQ


ttyS0 COM1 0x3F8 - 4
ttyS1 COM2 0x2F8 - 3
ttyS2 COM3 0x3E8 - 4
ttyS3 COM4 0x2E8 - 3
lp0 LPT1 0x378 - 7
lp1 LPT1 0x278 - 5
/dev/hda1 C: 0x1F0 - 14clea
/dev/fd0 A: 0x3F0 2 6

Dispositivos PCI

Lista das placas de expansão encontradas


# cat /proc/pci

Utilitário lspci

Mostra informações sobre barrameno PCI do sistema e os dispositivos conectados a


eles.

-v: mostra informações detalhadas sobre todos os dispositivos


-vv: mostra informações mais detalhadas sobre os dispositivos
-n: mostra os códigos dos fabricantes e dispositivos
-xxx: mostra toda configuração PCI em Hexadecimal

# lspci

Utilitário lsmod

Utilitário que formata o conteúdo do diretório /proc/modules, mostrando os módulos


do
kernel que estão carregados na memória.

# lsmod

Utilitário modprobe

Adiciona/Remove módulo no kernel do linux. Ele procura por módulos no diretório


/lib/modules/versão_do_kernel.
Estes módulos podem ser driver de dispositivos, suporte a sistemas de arquivos ou
mesmo funções específicas, como criptografia.

Carrega o módulo de suporte ao IPv6.


# modprobe ipv6

Remove o módulo de suporte ao IPv6.


# modprobe -r ipv6
SysFS

Recurso do kernel para exportar informações úteis sobre o sistema para os processos
(programas) dos usuários através de um sistema de
arquivos em memória.
O sysfs organiza as informações do kernel em diretórios de forma rigorosa e baseada
na organização interna das estruturas de dados do kernel.
O sysfs geralmente é montado no diretório /sysfs

Block

O diretório block contém subdiretórios para cada sistema de arquivos de bloco


(discos rígidos, principalmente) existentes no sistema.
Nesta estrutura há diversos arquivos que indicam o tamanho do dispositivo, status
etc.

BUS

Contém subdiretórios para cada tipo de barramento suportado pelo Kernel. E cada
subdiretório contém os diretórios devices e drivers. O primeiro
contém uma lista de todos os dispositivos encontrados que são do tipo de barramento
indicado. O segundo contém os drivers de dispositivos daquele
tipo de barramento.

CLASS

o diretório clas contém representações de cada classe de dispositivoque está


registrado no Kernel. As classes indicam o tipo de dispositivo que elas
representam.
Ex: classe de impressoras, discos etc. Cada subdiretório terá um diretório para
cada tipo de dispositivo encontrado pertencente àquela classe.
Ex: a classe "net" contém os dispositivos "eth0" e "eth1", dentro de cada diretório
são encontrados arquivos e diretórios associados ao tipo de dispositivo a que
ele pertence.

DEVICES

Contém a hierarquia global dos dispositivos encontrados e suportados pelo Kernel.


Sua hierarquia de diretórios obedece a organização dos dispositivos em qual tipo de

conexão elétrica eles estão conectados. Apenas dois dispositivos são exceção da
regra: dispositivos de plataformas e de sistemas.

FIRMWARE

# modprobe <nome do módulo>

Configuração de um módulo do Kernel

Para carregar o suporte ao dispositivo através de um módulo do Kernel


# modprobe 8139too
Algumas placas ISA necessitam que o endereçamento de E/Se IRQ sejam passados como
argumento para alocação de recursos
# modprobe ne io=0x300 irq=10

O Linux suporte o carregamento automático das configuração a partir do arquivo


/etc/modules.conf
# cat /etc/modules.conf

Nas últimas versões do Kernel os arquivos estão divididos em


/lib/modules/versão_do_kernel

Configuração de Rede - IP Estático

Configurando a placa de rede


# ifconfig eth0 200.150.233.45 up netmask 255.255.255.0

configurando o default gateway


# route add default gw 200.150.233.1 dev eth0

configurando o servidor de nomes


# echo "nameserver 8.8.8.8" >> /etc/resolv.conf

Configuração de Rede - IP Dinâmico

Para verificar o estado da conexão:


# pump -i eth0 -status

Para devolver um endereço IP:


# pump -i eth0 -release

Para solicitar um endereço IP:


# pump -i eth0

Com o cliente dhcpd é mais simples. Sua utilização básica resume em solicitar um
endereço IP e devolver um endereço.

Para solicitar um endereço IP:


# dhcpd eth0

Para devolver um endereço IP:


# dhcpd -k eth0

Dispositivos USB

usb 1.0 -> 12 Mbps


usb 2.0 -> 480 Mbps
usb 3.0 -> 3,2 Gbps

Primeiro passo para configuração é detectar qual xHCI (Host Controller Interface)
sua placa-mãe possui e carregar o módulo correspondente ao chip

O comando determina qual o chip utilizado em sua placa-mãe:

# lspci -vt

Placa mãe INTEL ou VIA


# modprobe usb-uhci

Placa mãe OPTi,SiS, ALi, Compaq, Apple


# modprobe usb-ohci

Estes módulos fornecerão suporte aos dispositivos USB.


Agora vamos aos periféricos:

Teclado
# modprobe hid
# modprobe keydev

Mouse
# modprobe hid
# modprobe mousedev

Impressora
# modprobe printer

WebCam
# modprobe ov511

Outros dispositivos USB podem ser verificados o suporte em /lib/modules/versão-do-


kernel/kernel/drivers/usb

Carregamento Automático - Ferramentas

Hotplug
# /etc/init.d/hotplug start

Arquivos de configuração - /etc/hotplug


Pré-configurações do USB - /etc/hotplug/usb.distmap
Regras - /etc/hotplug/usb.user-map

Sistema de Boot