Você está na página 1de 2

COLÉGIO OBJETIVO SOCORRO - PIC FÍSICA: Energia Mecânica - Prof.

Ederson
IMPORTANTE: Todas as questões deverão ser entregues em folha separada e com resolução.

1. Quando um corpo é elevado a uma certa altura do solo, a 8. (Mackenzie 2016)


energia despendida para se conseguir tal intuito:
a) acumula-se, no corpo, sob a forma de energia interna.
b) é igual à variação da energia cinética do corpo.
c) é nula, pois a resultante média das forças na elevação é
nula.
d) fica armazenada no corpo sob a forma de energia potencial
gravitacional.
e) transforma-se em calor durante a sua subida.

2. Um corpo de 2 kg de massa é abandonado da janela de um


edifício a uma altura de 45 m, Supondo que ocorra um
movimento de queda livre, com aceleração gravitacional g = Uma criança de massa 30,0 kg encontra-se em repouso no
10 m/s2, ao atingir o solo, esse corpo terá uma energia topo (A) de um escorregador de altura 1,80 m, em relação
cinética igual a:
a) 900 J b) 600 J c) 400 J ao seu ponto mais baixo (B). Adotando-se o módulo da
d) 300 J e) 200 J aceleração da gravidade g = 10,0 m s2 e desprezando-se
todos os atritos, a velocidade da criança no ponto mais baixo
3. Um atleta de 60 kg, no salto com vara, consegue atingir é
uma altura de 5 m. Pode-se dizer que ele adquiriu uma a) 5,00 m s
energia potencial gravitacional, em relação ao solo, de
b) 5,50 m s
aproximadamente:
a) 12 J b) 300 J c) 3 000 J d) 6 000 J c) 6,00 m s
d) 6,50 m s
4. (UFRGS) Na modalidade esportiva de salto com vara, o e) 7,00 m s
atleta salta e apóia-se na vera para ultrapassar o sarrafo.
Mesmo assim, é uma excelente aproximação considerar que a 9. Um bloco de massa m = 1,0 kg desloca-se numa superfície
impulsão do atleta para ultrapassar o sarrafo resulta apenas polida com energia cinética igual a 180 J, quando penetra
da energia cinética adquirida na corrida, que é totalmente numa região rugosa. A dissipação de energia devida ao atrito
armazenada na forma de energia potencial de deformação da vale 10% da energia cinética inicial. A velocidade, no fim do
vara. trecho rugoso, é:
Na situação ideal – em que a massa da vara é desprezível e a a) 14 m/s
energia potencial da deformação da vara é toda convertida em b) 15 m/s
energia potencial gravitacional do atleta -, qual é o valor c) 16 m/s
aproximado do deslocamento vertical do centro de massa do d) 18 m/s
atleta, durante o salto, se a velocidade da corrida é de 10 e) 20 m/s
m/s?
a) 0,5 m. b) 5,0 m. c) 6,2 m. d) 7,1 m. 10. (Pucrj 2017) Uma bola de massa 10 kg é solta de uma
altura de 1,2 m a partir do repouso. A velocidade da bola,
5. Uma rampa forma um ângulo de 30º o com a horizontal. imediatamente após colidir com o solo, é metade daquela
Nessa rampa um homem percorre uma distância de 4 m registrada antes de colidir com o solo.
levando um carrinho de mão onde se encontra um objeto de
60 kg. Qual a maior energia potencial que o objeto pode Calcule a energia dissipada pelo contato da bola com o solo,
ganhar? em J
a) 1 200 J b) 600 J c) 100 J Dados: g = 10 m/s². Despreze a resistência do ar
d) 150 J e) 300 J a) 30
b) 40
6. Uma pedra com massa m = 0,10 kg é lançada verticalmente c) 60
para cima com energia cinética Ec = 20 J, Qual a altura d) 90
máxima atingida pela pedra? (g = 10 m/s2) e) 120
a) 10 m b) 15 m c) 20 m
d) 1 m e) 0,2 m 10. Um menino desce num tobogã de altura h = 10 m, a partir
do repouso. Supondo g = 10 m/s2 e que sejam dissipados
7. Uma bola de 0,2 kg é chutada para o ar. Sua energia 50% da energia adquirida na queda, a velocidade do menino
mecânica, em relação ao solo, vale 50 J. Quando está a 5 m ao atingir a base é de:
do solo, o valor de sua velocidade é: a) 10 √2 m/s b) 10 m/s c) 5 √2 m/s
a) 5 m/s b) 10 m/s c) √50 m/s d) 5 m/s e) 1 m/s
d) 20 m/s e) 100 m/s