Você está na página 1de 7

Conceitos Iniciais

Fluido – matéria que se deforma continuamente sob a aplicação de


uma tensão de cisalhamento.

Mecânica dos Fluidos – descreve o comportamento dos fluidos em repouso e em movimento.

CLASSIFICAÇÃO DO ESCOAMENTO

Conceitos Iniciais 1
Laminar: as linhas de corrente formam como “lâminas”
paralelas que escoam em baixa velocidade;

Turbulento: as linhas de corrente formam pequenos turbilhões


(vórtices) ao longo do escoamento, geralmente em altas
velocidades.

Escoamento Permanente: as propriedades do fluido e


sua velocidade não variam no tempo, num dado ponto do
escoamento, podendo variar de ponto a ponto.

Escoamento transiente: as propriedades do fluido e sua


velocidade variam no tempo, num dado ponto do
escoamento, podendo variar também de ponto a ponto; transiente permanente

Conceitos Iniciais 2
Escoamento Uniforme: numa dada trajetória em todos os
pontos a velocidade é constante no intervalo de tempo
considerado, podendo variar de uma trajetória para outra.

Escoamento Variado: os diversos pontos da trajetória não


apresentam velocidade constante no intervalo de tempo considerado;

Compressível: =0;
Incompressível: ;
Viscosos: nos escoamentos viscosos o fluido em contato com a fronteira sólida tem velocidade zero.
Não-Viscoso: são aqueles em que despreza os efeitos da viscosidade.

Conceitos Iniciais 3
Escoamento Uni, Bi e Tridimensionais
São classificados de acordo com o número de coordenadas espaciais necessárias para especificar seu campo
de velocidade.

Unidimensional: quando o campo de velocidades varia apenas em uma dimensão;


Bidimensional: quando o campo de velocidades varia em duas dimensões;
Tridimensional: quando o campo de velocidades varia em três dimensões.

LINHA DE CORRENTE: é uma curva imaginária, tomada através do fluido, para indicar a direção da
velocidade em diversos pontos. As linhas de corrente nunca se cruzam pois, se isto ocorrer, a partícula que
estiver no ponto de cruzamento terá velocidades diferentes, o que é impossível na prática.

Conceitos Iniciais 4
Sistemas de Unidades

Homogeneidade dimensional: toda equação deve ser dimensionalmente homogênea. Ou seja, todos os
termos da equação devem ter as mesmas dimensões.
Dimensões: quantidades físicas (massa (M), comprimento (L), tempo (t), força (F), temperatura (), etc.).
Unidades: são somes arbitrários das dimensões.

Sistema de Unidades x = =

M L t F .
kg m s N S.I.
kg m s kgf Métrico
slug ft s lbf Gravitacional Britânico
lbm ft s lbf Inglês Técnico


≡ ≡ 9,81 lbf – libra-força lbm – libra-massa

≡ ≡ 32,174 kg – quilograma ft – pé N - Newton

Conceitos Iniciais 5
PROPRIEDADES

M 
Massa específica (  ): massa por unidade de volume. = ,  3 ,
∀ L 

∀  3 
Volume específico (ν): inverso da massa específica ou o volume por unidade de massa. = = ,  LM 
 

Densidade (d): ≡ [-] , º = 1000 kg/m3= 62,4 lbm/ft3, 1,94 slug/ft3


, º

Peso (p): ≡ [F]

Peso Específico (): ≡ [F L-3]

Viscosidade Cinemática () : ≡ [L2 t-1]

Vazão Volumétrica (Q): relação entre o volume de massa deslocado na unidade de tempo.

 L3 
Q  VA  
 t 
Vazão Mássica: relação entre a massa em escoamento na unidade de tempo.

M
m  VA  
 t 
Conceitos Iniciais 6
Pressão absoluta, pressão atmosférica e pressão manométrica

Pressão absoluta = Pressão total


Pabs1
p1 = pman,1 Pressão atmosférica = pressão
exercida pela atmosfera (varia com
o local e a elevação) e é o resultado
Patm
do peso do ar. Medida com o
patm barômetro.
p2 = pman,2
Pabs2
Pressão manométrica = É a
0 diferença entre pressão absoluta no
sistema e a pressão atmosférica. É
medida com manômetros.

p abs  p atm  p man,1 p abs2  p atm  p man,2


1

Constantes ao nível do mar:

= 9,81 = 32,174

patm = 100 KPa = 14,7 psi ≡ ≡ [ ≡ 12 ]

Conceitos Iniciais 7