Você está na página 1de 1

O nosso país perde o sentido de democracia, quando julgam de forma “retardaria”,

gostos musicais de um estilo que é a escolha para quem gosta do estilo e não para um
todo. É antidemocrático nosso país quando acusam um programa como "Big Brother" ou
outro da mídia por esta passando conteúdos que não é o gosto de um certo grupo, jugam
a globo, mas boa parte assiste a globo, principalmente as novelas, as pessoas se recusam
a ver a realidade. São essas mesmas pessoas que são as mais fáceis de ser manipuladas,
como não poderiam, muitas se recusam e tem resistência ou não foi da sua cultura,
procurar informações, ler, analisar e criticar.
O público brasileiro se apavora com qualquer coisa, mesmo assim as consome,
pois é engraçado os brasileiros julgarem cestas situações, mesmo assim querem viver no
“capitalismo”, a busca é pelo lucro, a cultura não importa em nosso país. Pois bem o nosso
país é formado por “pseudointelectuais” (falsos intelectuais) são esses que dominam e
manipulam as pessoas com uma dialética frágil mesmo assim violenta.
Este grupo é o que domina nossa política, e degrada nossa democracia, cria um
exército de “zumbis”, ignorantes que acham que nada do que está acontecendo é normal
da cultura, se tornam egocêntricas e cegas perante o social. As coisas se acontecem pelo
um natural, as atividades e o aumento dos “LGBTs” não é aumento, sempre existiu, uma
coisa é hoje existir a globalização que não conseguiu esconder isto, e outra era o passado
ser oprimido e incomunicativo. As pessoas não percebem que o que hoje temos já foi
impossível um dia, e se perdem e negam ao aceitar que as coisas devem mudar, por que
somos transcendentes, as coisas se transformam sempre.
Se pegarmos a linha histórica das civilizações, mesmo dentro de todas as culturas
hoje elas não são 100% mais as mesmas, nada se conserva e sim transforma. No nosso
país, as pessoas perdem tempo em escolher um lado, mas nunca em caminhar para frente.
A corrupção que nos assombras já assombra nosso país e o mundo a séculos, se
pegarmos na raiz o que está errado, posso afirmar que a república já começou errada em
se prevalecer em um golpe em nosso país, então logico que tudo que veio com ela desde
aquela época a atualidade, não teria como ter dado certo. Democracia é participação direta
do povo nas escolhas da nação, não órgãos governamentais e o governo fazerem isto,
como eles criam leis para a educação, sem ao menos consultarem os educadores e alunos,
o sentido democrático se perde, quando o nosso país se resume em lucro para o governo
assim de tudo. Quando as pessoas se tornam apenas objetos e não os sujeitos. Para os
brasileiros terem a noção de realmente o que está acontecendo, só será possível quando
decidirem despertar e buscarem o conhecimento sobre se, para se.

Lucas Carlos 06/02/2018 Alagoa Grande-PB