Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP

RELATÓRIO LABORATÓRIO DE FÍSCA II PRÁTICA 2: DENSIMETRIA

DANIEL OTÁVIO SILVA DEZEJACOMO 11272662


JOÃO PEDRO GERIN SANTANA 11372646
OTÁVIO AUGUSTO ESTEVÃO NASCIMENTO 11232285

16/09/2019
OBJETIVO
O principal objetivo deste experimento foi determinar a densidade de um corpo
metálico e de um liquido inflamável e incolor, o álcool, através do princípio de
Arquimedes. Um princípio básico de suma importância para aplicações de métodos,
de forma determinar a densidade desses materiais, visto que a densidade é uma
característica peculiar de cada material.

MÉTODO EXPERIMENTAL

Materiais:
- Areômetro de Nicholson.
- Balança (± 0,05 g).
- Arruelas de diversos tamanhos e peso.
- Álcool.
- Densímetro (± 0,2 g/cm³).
- Solido cilíndrico (12,88 ± 0,05)g.
- Béquer (Colocar o álcool).
- Proveta (Contendo água para experimento de empuxo).

Abaixo segue -se fotos da realização do experimento:

1º Parte experimental: Determinar densidade do sólido cilíndrico.


A primeira parte consistiu em pesar, diretamente com uma balança, a massa do
cilindro e assim obter como resultado 12,88. Outro processo desta mesma etapa
estava relacionado em obter volume do sólido utilizando a balança, e assim foi feito.
Com a proveta e areômetro e suas devidas massas, medimos o volume do sólido
que resultou em 1,51 cm³ através da balança.

2º Parte experimental: Determinar volume e densidade do solido cilíndrico.


Segunda parte experimental, pegamos sólido cilíndrico de massa 12,88 g e
colocamos sobre o prato superior do areômetro e adicionamos algumas arruelas até
o afloramento. Após esse processo, coletamos as arruelas inseridas e pesamos,
dando um total de massa de 34,34 g.
Depois, trocamos o sólido cilíndrico do areômetro no prato inferior e colocamos
sobre o prato superior algumas arruelas até o afloramento. Obtivemos um total de
massa de 23,25 g. De
3ª Parte experimental: Determinar densidade de um líquido (Álcool)
A terceira parte estava estruturada em determinar o volume do areômetro, no qual
pegamos as massas da segunda parte experimental e com uma balança,
conseguimos obter o volume.
Após esse processo, fizemos o afloramento com areômetro no álcool e depois
pesamos com a balança a massa total adquirida no prato superior.
Assim, através dos dados obtidos, foi possível calcular a densidade do álcool e
entre outros cálculos apresentados ao longo desse relatório.