Você está na página 1de 6

1. SISTEMAS TÉRMICOS

Sistemas térmicos

Técnico em mecânica

5
5

“Termodinâmica 1 é a ciência da energia 2 e da entropia 3 . Um sistema termodinâmico ou sistema térmico é definido como uma quantidade de matéria, com massa e identidade fixas, sobre a qual nossa atenção é dirigida. Tudo o que é externo ao sistema é denominado meio ou vizinhança. O sistema é separado da vizinhança pelas fronteiras do sistema e essas fronteiras podem ser moveis ou fixas”. Sistema térmico é todo ou qualquer equipamento que transforme calor em trabalho. Como exemplos podem ser citados: caldeiras a vapor, condicionadores de ar, refrigeradores, motores a combustão, etc. Por mais novo que possa parecer o conceito de sistemas térmicos, ele está diretamente presente em nosso cotidiano e é indispensável para o funcionamento de uma indústria, pois em todos os seguimentos são aplicados equipamentos que utilizam de forma direta ou indireta energia térmica para a realização de suas funções.

Histórico e aplicações

Os primeiros sistemas térmicos criados foram as locomotivas a vapor no século XIX, nas quais existiam uma fornalha onde era realizada a queima de cavacos, como resultado da queima era gerada energia térmica na forma de calor, este calor era transformado em energia mecânica que era usado para o acionamento dos trens de rodagem da locomotiva. Atualmente sistemas termodinâmicos são aplicados em diversos seguimentos industriais, com as mais variadas finalidades, exemplos disso são as caldeiras usadas na geração de vapor, que podem ser utilizados na co-geração de energia como em forma de vapor para a alimentação de linhas do processo produtivo. Outras formas de sistemas termodinâmicos é a utilização de fluidos refrigerantes para a geração de frio, que pode ser utilizado tanto para o condicionamento de ar quanto para conservação de produtos alimentícios.

1 Termodinâmica: a palavra tem origem na composição das partes “therme” calor e “dynamis” força ou trabalho.

2 Energia: pode ser definida como a capacidade de determinada matéria realizar trabalho. 3 Entropia: é uma grandeza termodinâmica que mensura o grau de desordem de um sistema térmico.

Noção de temperatura

Sistemas térmicos

Técnico em mecânica

6
6

Temperatura: é uma grandeza física que mensura a energia térmica média de cada grau de liberdade de cada uma das partículas de um sistema em equilíbrio térmico. Esta definição é análoga e afirma-se que a temperatura mensurada e energia cinética média por grau de liberdade de cada partícula do sistema uma vez considerado todas as partículas de um sistema em equilíbrio térmico em certo instante.

É muito comum que associemos temperatura com as sensações de frio e quente,

no entanto temperatura nada mais é do que um parâmetro físico (uma variável termodinâmica) descritivo de um sistema.

A temperatura não é a medida de calor, mas a diferença de temperatura é a

responsável pela transferência da energia térmica na forma de calor entre dois ou mais sistemas. Ou seja, quando dois sistemas estão na mesma temperatura pode dizer que eles estão em equilíbrio térmico e neste caso não há calor. Por outro lado, quando existir

diferença entre as temperaturas mensuráveis dos sistemas, haverá a transferência de calor entre os corpos até que o sistema de menor potencial térmico, até a sua temperatura se igualar a temperatura do corpo de maior potencial, ocorrendo assim o equilíbrio térmico.

A troca de calor pode ocorrer basicamente de três formas, sendo elas: condução,

convecção e radiação térmica. As influencias precisas da temperatura sobre os sistemas são estudadas pela termodinâmica e esta é uma das principais grandezas intensivas encontradas na área.

Conceito de energia térmica e calor

Energia térmica é uma forma de energia que esta diretamente associada à temperatura absoluta de um sistema, e corresponde a soma das energias cinéticas (E ci ) que suas partículas constituintes possuem em virtude de seus movimentos de translação, vibração ou rotação. A transferência de energia térmica entre dois corpos de um sistema se dá o nome de calor. Calor é o fluxo de energia térmica que ocorre entre dois corpos (ou sistemas) de potenciais térmicos diferentes, ou seja, quando os corpos estão em temperaturas diferentes. A energia térmica é medida em unidade de energia: de acordo com o SI a unidade padrão para a medida de calor transferido é o Joule (J), normalmente usamos também a caloria (cal). A definição de caloria é a quantidade de calor necessária para

Sistemas térmicos

Técnico em mecânica

7
7

elevar 1 ºC em 1 grama de água. Matematicamente falando definimos energia térmica como:

Onde:

falando definimos energia térmica como: Onde:  Kb – corresponde a constante de Boltzmann 4

Kb corresponde a constante de Boltzmann 4 [Kb= 1,3806503 x 10 -23 J/K];

N corresponde ao número de partículas no sistema;

T corresponde a temperatura absoluta do sistema em kelvin [K]; e

r corresponde ao número de graus de liberdade por partícula do sistema, podendo assumir valores entre 9 e 3 (r=9 três graus de translação, três de rotação e três de vibração, isto para sistemas compostos por partículas mais complexas) e (r=3 nos sistemas tridimensionais mais simples compostos por partículas pontuais com três graus de liberdade de translação apenas)

Estados de agregação da matéria

A matéria é formada por moléculas que são resultantes da associação de átomos de uma mesma substância. Essas moléculas se encontram em constante movimentação, esta movimentação pode ser aumentada ou diminuída de acordo com o grau de liberdade que esta partícula possua. Podemos identificar três estados básicos da matéria, são eles: estado sólido, estado líquido e estado gasoso. O que determina este estado é o grau de agitação das moléculas. Estado sólido: é o estado de agregação da matéria em que as moléculas estão próximas o suficiente para formal uma estrutura resistente a deformação. A matéria no estado sólido e caracterizada por ter volume e forma definidos;

sólido e caracterizada por ter volume e forma definidos; Estado líquido: é um estado em que
sólido e caracterizada por ter volume e forma definidos; Estado líquido: é um estado em que

Estado líquido: é um estado em que a matéria encontra-se com maior energia que o estado sólido. A distância entre as moléculas é suficiente para que a matéria possa se ordenar espacialmente de maneira transitória, assumindo facilmente a forma do recipiente onde esta colocada;

4 Constante de Boltzmann: é a constante física que relaciona temperatura e energia de moléculas.

Estado gasoso: a energia da matéria no estado gasoso é suficiente para que grande parte das moléculas se afaste uma das outras, reduzindo as forças repulsivas e atrativas entre elas.

Sistemas térmicos

Técnico em mecânica

8
8
entre elas. Sistemas térmicos Técnico em mecânica 8 Se usarmos a água como exemplo pode identificar

Se usarmos a água como exemplo pode identificar claramente a existência destas fases, ou seja: o gelo trata-se da água em estado sólido, a água que sai pelas torneiras a substância em estado líquido e ao aquecer a água aquela “fumaça” que sai da substância nada mais é do que vapor d’água (estado gasoso). Vale ressaltar que as substâncias podem permanecer em fases intermediaria podendo ser identificada duas ou mais fases da mesma substância em um mesmo instante. (entraremos em mais detalhes sobre este assunto no capítulo 3). O ponto de transição de fases recebe um nome para cada associação de estados, sendo eles:

Ponto de fusão: é a passagem do estado sólido para líquido;

Ponto de solidificação: é a passagem do estado líquido para sólido;

Ponto de sublimação: é a passagem do estado sólido para gasoso;

Ponto de evaporação ou ebulição: é a transição do estado líquido para o gasoso;

Ponto de condensação: é a passagem do estado gasoso para líquido;

Ponto de deposição: é a passagem do estado gasoso para sólido;

   

PARA

DE

SÓLIDO

LÍQUIDO

GASOSO

SÓLIDO

Sólido-sólido

Fusão

Sublimação

LÍQUIDO

Solidificação

N/A

Evaporação/Ebulição

GASOSO

Deposição

Condensação

N/A

Sistemas térmicos

Técnico em mecânica

9
9

CURIOSIDADE

Vidro é solido ou líquido?

Escrito por: Líria Alves

Alguma vez você já ouviu essa indagação? É uma dúvida que está perturbando os antigos conhecimentos que tínhamos sobre o vidro, que até então era conhecido como sendo um objeto no estado sólido. Mas qual a verdadeira forma do vidro: sólida ou líquida? Já sabemos que o vidro é um material inorgânico que possui a sílica como elemento básico. O procedimento de preparo dos vidros consiste em aquecer um líquido até altas temperaturas e depois resfriar este líquido até a temperatura ultrapassar o ponto de congelamento, tornando-o rígido antes que a solidificação tenha início. Observe que o que ocorre é um supercongelamento desse líquido. Esse fenômeno ocorre por resfriamento brusco a temperaturas muito abaixo do ponto de congelamento. Quando um líquido chega a esse ponto, sua viscosidade torna-se muito alta, adquire maior dureza, rigidez e forma constante, ou seja, ele se torna semelhante aos sólidos. Para ser sólido o vidro teria que apresentar estrutura cristalina definida, o que não é o caso, pois não possui estrutura microscópica periodicamente organizada. É o que chamamos de sólido amorfo, ou seja, um líquido com viscosidade enorme. Relatos já afirmaram que o vidro escorre se baseando nos vitrais das catedrais antigas, onde existe uma diferença de grossura no topo e na base dos citados vitrais. Mas não existe uma confirmação científica sobre este acontecimento. O correto é considerar o vidro como sendo um líquido com viscosidade muito elevada, mesmo que isso pareça estranho aos nossos conceitos sobre a individualidade deste material.

viscosidade muito elevada, mesmo que isso pareça estranho aos nossos conceitos sobre a individualidade deste material.

Fonte: http://www.brasilescola.com/quimica/o-vidro-solido-ou-liquido.htm

Sistemas térmicos

Técnico em mecânica

10
10

Exercícios de fixação

1. Defina energia térmica.

2. Quais as aplicações mais comuns dos sistemas térmicos?

3. Quais são os estados físicos da matéria?

4. Defina estado solido. Exemplifique-o.

5. Defina estado gasoso. Exemplifique-o.