Você está na página 1de 30

ÍNDICE

INTRODUÇÃO....................................................................................... 2
RECEBIMENTO E INSTALAÇÃO ........................................................ 3 INTRODUÇÃO
Observações: ..................................................................................... 3
QUADRO GERAL DE INSTALAÇÃO.................................................. 4 Parabéns!
FUNCIONAMENTO ............................................................................... 4
Conceitos básicos: ............................................................................. 4
Operações de carregamento / descarregamento ................................. 4 Você acaba de adquirir um equipamento com a garantia SITEC
NOTAS IMPORTANTES ...................................................................... 6
Indústria e Comércio, há anos fabricando qualidade para você.
MANUTENÇÃO PREVENTIVA .............................................................. 6
A SITEC tem como objetivo primordial fabricar e fornecer equipamentos
Semanal: ............................................................................................ 6
e sistemas automáticos para lavanderias industriais de pequeno, médio
Mensal: ............................................................................................... 6
e grande porte, obedecendo às rigorosas especificações de segurança,
Trimestral: .......................................................................................... 7
de alta durabilidade e de excelente desempenho dos produtos.
NOTAS IMPORTANTES ...................................................................... 7
Nossos modelos, por serem um dos mais avançados do mercado e
ANÁLISE DE FALHAS ........................................................................... 8
exigirem baixo valor operacional, otimizam custos e prazos, o que, sem
Instruções para ajuste dos sensores de nível (pressostato) .................. 8
dúvida, vai ao encontro dos anseios do mercado, apoiados por
Passos para ajuste dos níveis: ........................................................... 8
eficientes equipes de assistência técnica e completo estoque de peças
INSTRUÇÕES DE PROGRAMAÇÃO DO C.L.P. ................................... 9
de reposição.
Modo testes: ....................................................................................... 9
Visando propiciar melhor assessoramento aos nossos clientes, nosso
Modo programação: ......................................................................... 10
Departamento Técnico elaborou este manual de instalação,
Modo execução (máquina em funcionamento) ................................. 11
funcionamento e manutenção dos equipamentos por nós fabricados.
INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO .......................................................... 16
Portanto, leia atentamente este manual e observe as recomendações
Operação (lado sujo) ........................................................................ 16
nele contidas. Assim procedendo, você terá por muitos anos seu
Operação (lado limpo) ...................................................................... 17
equipamento em perfeito funcionamento.
RECONHECENDO AS TECLAS.......................................................... 17
ANÁLISE DE FALHAS (C.L.P) ............................................................. 19
BORNES SAÍDAS DO PAINEL ........................................................... 21
MANUAL DO INVERSOR YASKAWA ............................................... 23
Lista de defeitos, causas e correções: .............................................. 24
TERMO DE GARANTIA ....................................................................... 26
DIAGRAMA ELÉTRICO ....................................................................... 26

Página 2 de 30
Observações:
RECEBIMENTO E INSTALAÇÃO
1- Retire as travas do sistema de suspensão para transporte (pintadas
Para que haja um perfeito serviço de recebimento e instalação de sua de amarelo).
lavadora extratora fixa automática, solicitamos que sejam seguidas as 2- Devido ao porte e demais peculiaridades do equipamento, a SITEC
seguintes instruções: fornece os serviços de instalação, ajustagem, partida e treinamento dos
1- Proceda o chumbamento da lavadora, utilizando os chumbadores e operadores inteiramente sem ônus para o comprador. A este cabe
arruelas de ferro e borracha que seguem com o equipamento. apenas providenciar os insumos até os pontos de conexão à máquina.
2- Verifique se houve algum dano de transporte. Caso seja constatada
alguma irregularidade, comunique-se imediatamente com a SITEC, Após completar esses serviços, proceda ao teste de funcionamento.
para que as devidas providências sejam tomadas.
3- Coloque a lavadora extratora hospitalar no local que lhe foi
destinada, observando o DESENHO GERAL DE INSTALAÇÃO.
Certifique-se que o piso do local esteja nivelado.
4- Ligue a alimentação de água, conectando o ponto de chegada de
água ao equipamento. Para este procedimento utilize conexões
galvanizadas, tubo galvanizado e registro para diâmetro nominal
observando o DESENHO GERAL DE INSTALAÇÃO.
UTILIZE PARA TAL: CHAVE DE GRIFFE - FITA TEFLON
5- Ligue a alimentação de vapor (se for utilizar), conectando o ponto de
chegada de vapor ao equipamento. Para este procedimento utilize
conexões vapor, tubo preto e registro para diâmetro nominal
observando o DESENHO GERAL DE INSTALAÇÃO.
UTILIZE PARA TAL: CHAVE DE GRIFFE - FITA TEFLON
6- Ligue a alimentação de ar comprimido, conectando ao ponto de
chegada de ar comprimido ao equipamento. Para este procedimento,
utilize conexões e tubo galvanizado e registro para diâmetro nominal
1/4”.
UTILIZE PARA TAL: CHAVE DE GRIFFE - FITA TEFLON
7- Ligue a alimentação trifásica na caixa elétrica, conforme esquema
que se encontra no final deste manual. Para isto, utilize o cabo
indicado conectando-o da proteção elétrica até a caixa elétrica que vem
acoplada à máquina.

Página 3 de 30
QUADRO GERAL DE INSTALAÇÃO FUNCIONAMENTO

CARACTERÍSTICAS UNID. SLEX-60 HA SLEX-120HA SLEX-200 HA


Conceitos básicos:
CAPACIDADE DE ROUPAS Kg 60 120 200
ALTURA Mm 1800 2400 2690 Este equipamento foi projetado e dimensionado para lavar, enxaguar e
PROFUNDIDADE Mm 1460 1950 2180 centrifugar conforme o quadro geral de instalação, a quantidade de
COMPRIMENTO Mm 1760 2100 2250 roupas secas por operação.
PESO Kg 3150 4600 6100 Sua concepção é do tipo frontal fixa de operação automática, isto é, os
POTÊNCIA DO MOTOR CV 20CV – 4 pólos 40CV – 6 pólos 50 CV – 4 pólos comandos do processo de lavagem são executados através do C.L.P.
PROTEÇÃO 220v A pólos
30 50 60 (Controlador Lógico programável).
ELÉTRICA* 380v A 20 30 40 Para que se obtenha um bom rendimento de lavagem, são necessários
BITOLA DO 220v mm2 4x#4,0 4x#10 4x#16 os seguintes requisitos básicos:
FIO** 380v mm2 5x#4,0 5x#6,0 5x#10 1- Seleção das Roupas - As roupas deverão ser selecionadas de
BITOLA DO ELETRODUTO POL. 3/4 1 2
acordo com a qualidade, tipo e nível de sujidade.
CONSUMO ELÉTRICO Kwh 5,4 10,1 17,5
2- Ação Mecânica - É conseguida através da queda das roupas no
BITOLA DE DESCARGA Ø 3 6 8
ENTRADA DE ÁGUA Ø 11/2 2 2
cesto interno.
ENTRADA DE VAPOR Ø. 1 11/2 1.1/2” 3- Ação Química - É obtida pela utilização de produtos de lavagem
PRESSÃO DE VAPOR Ø 100 100 100 adequados a cada tipo de sujidade e tecido.
CONSUMO DE VAPOR **** Kg 60 120 200 4- Temperatura - Aquecimento por injeção direta ou indireta de vapor.
ENTRADA DE AR Ø. 1/4 1/4 1/4 5- Duração da operação - Varia de acordo com o tipo de produto
PRESSÃO DO AR PSI 100 100 100 químico e nível de sujidade.
CONSUMO DE AR N Lts/h 100 100 100 5.1- Equipamento automático - Controlada diretamente pelo CLP com
a seleção de processo feita pelo operador.
* Usar disjuntor eletromagnético.
** Para uma instalação com até 10 m de comprimento.
*** O 5° fio é para o neutro do comando.
Operações de carregamento / descarregamento
****Opcional (consumo para cada aquecimento de 20° para 80°C)
As operações de carregamento e descarregamento são comandadas
manualmente pelo operador.

CARREGAMENTO PELO LADO SUJO:

1- Verifique se a chave geral está ligada. Caso não esteja, ligue-a.


Coloque a chave liga x desliga na posição “Liga”. Acione a tecla
“RESET” no painel. Coloque a chave manual x automático, na posição

Página 4 de 30
“Manual” e a chave de porta na posição destrava liberando a trava da DESCARREGAMENTO PELO LADO LIMPO:
porta. Após ter executado estes procedimentos, deverá estar acesa, na
área Limpa, a lâmpada sinalizadora de PORTA ABERTA, e o 1- Acione o botão “Posicionamento do cesto”. A porta do cesto interno
equipamento estará pronto para ser carregado. se posicionará, “automaticamente”, alinhada com a porta externa.
2- Verifique se o ar comprimido está chegando no equipamento. Caso 2- Passe a chave de PORTA para a posição “DESTRAVA” da área
não esteja, o C.L.P. indicará “Falha de ar”, o que desativa os limpa, a trava de porta ira destravar e a lâmpada PORTA ABERTA da
dispositivos de segurança e inviabiliza o funcionamento da máquina. área suja deverá acender. Abra totalmente a porta do gabinete externo.
3- Acione o botão “Posicionamento do cesto”. A porta do cesto interno 3- Destrave e abra a porta do cesto interno como segue:
se posicionará, “automaticamente”, alinhada com a porta externa. 3.1- Puxe o pino de segurança, liberando a alavanca da tranca. Gire a
3- Gire o volante e abra a porta externa. No painel de comando (lado alavanca até que a porta seja destrancada. Puxe e gire a porta, até
limpo) indicará a lâmpada de porta aberta (lado sujo). que esteja totalmente aberta.
5- Destrave e abra a porta do cesto interno como segue: 3.2- Posicione o protetor rebatível de roupas e descarregue o
5.1- Puxe o pino de segurança, liberando a alavanca da tranca. Gire a compartimento.
alavanca até que a porta seja destrancada. Puxe e gire a porta até que 3.3- Completado o descarregamento, rebata o protetor de roupas e
esteja totalmente aberta. feche a porta do cesto interno. Siga a sequência inversa da descrita no
5.2- Posicione o protetor rebatível de roupas e carregue o item 3.1. Certifique-se de que o pino de segurança está corretamente
compartimento com a carga que lhe foi destinada, observando sempre posicionado.
a exata pesagem da mesma. 4- Posicione o outro compartimento e repita as operações 2 e 3 para os
5.3- Completado o carregamento, rebata o protetor de roupas e feche a demais compartimentos.
porta do cesto interno. Siga a sequência inversa da descrita no item 5- Feche a porta do gabinete externo, em seguida acione a chave de
5.1. Certifique-se de que o pino de segurança está corretamente PORTA na posição TRAVA, o cilindro de porta deve acionar a trava,
posicionado. mantendo a porta, do gabinete externo, fechada e travada. E a lâmpada
6- Repita as operações 4 e 5 para os demais compartimentos. sinalizadora de porta aberta, no painel da área contaminada deve se
7- Após completar o carregamento de todos os compartimentos, feche apagar automaticamente. Acione o botão de AVISO, para liberar o
a porta externa. No painel gire a chave da Porta para posição equipamento para nova carga na área contaminada.
“TRAVA”, a trava será acionada, mantendo a porta do externa da
lavadora fechada, e a lâmpada sinalizadora de “PORTA ABERTA” do
lado limpo apagada, pronta para o início de operação do equipamento.
Feito isto, a máquina está carregada e pronta para iniciar o ciclo
completo de lavagem e extração, selecionar a chave “manual x
automático”, na posição “Automático”, energizando o CLP. Ver
sequência de operação do CLP V9200 no manual anexo de
programação operação e falhas.
9- No fim do processo o CLP indica “FIM DE PROGRAMA nº”

Página 5 de 30
NOTAS IMPORTANTES
MANUTENÇÃO PREVENTIVA
1- Nunca exceda a capacidade especificada de roupas e tenha sempre
o cuidado de distribuir por igual a carga nos compartimentos para evitar Semanal:
vibração excessiva do equipamento.
1- Inspecione a válvula do dreno quanto a vazamentos. Remova as
2- Examine com cuidado as roupas que serão colocadas no felpas (caso existam) que impede o correto fechamento da borboleta.
equipamento, a fim de evitar que instrumentos perfuro cortantes sejam 2- Inspecione o equipamento quanto a vazamentos em geral. Observe
introduzidos junto com as mesmas. as vedações das portas, visor de níveis, conexões de entrada de água
e vapor. O mesmo vale para as gaxetas dos eixos do cesto, sendo que
3- Escolha e acompanhe atentamente o processo de lavagem de para estas o aperto deve ser apenas o suficiente para manter um
acordo com o tipo de tecido e grau de sujidade. “gotejamento”. Não deve ser apertado demais para não frear o cesto.
Caso o aperto não diminua o vazamento troque a gaxeta.
4- Acione suavemente os botões do comando, não exercendo pressão 3- Inspecione as porcas dos parafusos chumbadores da base e
excessiva sobre os mesmos (principalmente o teclado de programação reaperte, se necessário. O mesmo vale para os tirantes das molas de
do C.L.P.). suspensão e para as barras estabilizadoras (máquina com excesso de
vibração e barulho).
5- Certifique-se sempre de que as portas do cesto e externas estão 4- Inspecione os comandos pneumáticos, na lateral da máquina, quanto
corretamente fechadas e travadas. a possíveis vazamentos.

6- Notando irregularidades nas roupas (manchas, furos, rasgos, Mensal:


desgaste anormal) reveja o processo de lavagem adotado. Na grande
maioria dos casos, estes efeitos são de natureza química e não da 1- Verifique o desgaste das correias de acionamento.
ação mecânica da máquina. 2- Verifique e ajuste as tensões nas correias de acionamento, de tal
seguida, o operador da área suja deve passar a chave “manual x forma que a folga (flecha) não exceda a uma polegada por metro de
automático”, para posição “MANUAL”, e apertar o botão “AVISO” para vão (proporcional para outros vãos).
que o operador da área limpa possa proceder a descarga. 3- Inspecione todos os bornes elétricos quanto a possíveis
afrouxamentos devidos à vibração. Para manutenção do painel de
comando do inversor, é aconselhável limpar o filtro de entrada de ar e
os ventiladores de resfriamento da caixa e inversor. Após este serviço,
mantenha a tampa da caixa de comando fechada.

Página 6 de 30
Trimestral:
NOTAS IMPORTANTES
1- Lubrifique os mancais de rolamento do cesto interno e mancal 1- Nunca deixe cair óleo ou graxa nas correias de acionamento. Caso
intermediário, com a graxa especificada em tabela anexa. isto ocorra, limpe imediatamente com pano ou estopa embebido de
2- Inspecione os amortecedores da suspensão (sua vida útil é de gasolina ou querosene. Logo em seguida, seque com pano limpo.
aproximadamente 1 ano, num regime de trabalho de 8 horas diárias).
Verifique também os coxins (Borrachas) das barras estabilizadoras e 2- Graxas, óleos e produtos químicos atacam violentamente a pintura
das molas da suspensão. da máquina. Em caso de derramamento acidental, limpe com pano
3- limpeza das correias e polias, se necessário passar parafina para embebido de querosene e, logo após, passe um pano seco.
eliminar os “rangidos”.
3- Nunca lave a máquina com jato de água. Limpe-a com pano úmido
TABELA DE GRAXAS e sabão neutro. Tenha o cuidado de não molhar a máquina ao lavar o
PARA USO EM CASTROL IPIRANGA ESSO chão em sua volta.
MANCAL DE CASTROL LM ISAFLEX -2 EXXON
ROLAMENTOS GREASE BEACON - 2 4- Não opere sua máquina sem o protetor de polias, para sua
segurança e de seus colegas.
TABELA DE ÓLEOS
5- Nunca inicie qualquer reparo ou manutenção no equipamento sem
PARA USO EM MARCA/TIPO
se certificar de que a chave geral está desligada.
LUBRIFICADOR DO AR CASTROL - MAGMA SPX (OU SIMILAR)
COMPRIMIDO (Cliente)

Página 7 de 30
ANÁLISE DE FALHAS Instruções para ajuste dos sensores de nível
(pressostato)
FALHAS CAUSAS PROCEDIMENTOS
SEM ALIMENTAÇÃO VERIFIQUE A
MOTOR NÃO ALIMENTAÇÃO
FUNCIONA DISJUNTOR VERIFIQUE ANTES E
MOTOR E DESARMADO REARME
APRESENTA INVERSOR EM ALARME RESET O INVERSOR*
RUÍDO SEM CABO DO TERMINAL VERIFIQUE OS CABOS
ROTAÇÃO SOLTO DO MOTOR
ROLAMENTOS SUBSTITÚA OS
DANIFICADOS ROLAMENTOS
CORREIAS DE ESTIQUE OU
MOTOR TRANSMISSÃO SOLTAS TROQUE
GIRANDO SEM OU GASTAS AS CORREIAS
RODAR
O CESTO ÓLEOS NAS LIMPE AS
CORREIAS CORREIAS
CESTO EXCESSO DE CARGA RETIRE O EXCESSO
PARA INVERSOR EM ALARME RESET O INVERSOR*
SÚBITAMENTE
VIBRAÇÃO DESGASTES NOS SUBSTITÚA OS
EXCESSIVA O pressostato utilizado no controle de nível atua com uma pressão
NAS ROLAMENTOS ROLAMENTOS mínima de 150 mm de coluna de água. Ele possui três níveis distintos
REVERSÕES para o controle de processo (utilizamos o alto e o baixo /zero).

* Todo e qualquer problema com a rede elétrica ou com o motor, o


inversor será alarmado e no display do painel de operação indicará
Passos para ajuste dos níveis:
“FALHA DO INVERSOR”. Antes de resetá-lo, verifique o código de
alarme no inversor, e o anote. Caso persista o defeito, comunique com a) Ajuste do pressostato: (girando o parafuso de ajuste no sentido horário
nosso departamento técnico. com uma chave Philips em cada sensor de nível)
b) Admitir água na máquina, até o nível mínimo / baixo desejado, ajustar o
primeiro sensor do pressostato, no sentido anti-horário até sua atuação
(esta pode ser ouvida no próprio pressostato no interior do painel, ou

Página 8 de 30
visualizada no display do CLP, tecla M2; indicação de testes de entradas INSTRUÇÕES DE PROGRAMAÇÃO DO C.L.P.
(1) / níveis (alto, médio, baixo)).
c) Admitir água na máquina, até o nível máximo / alto desejado, ajustar o A programação do sistema é feita através da interface homem-máquina
segundo sensor do pressostato superior, no sentido anti-horário até sua já descrita anteriormente. Através das teclas M1 e M2 podemos entrar
atuação (esta pode ser ouvida no próprio pressostato). com todos os parâmetros da máquina antes de colocá-la em operação.
d) Após efetuar os ajustes anteriores executar um a receita e proceder um Abaixo segue um sumário dos vários menus de programação.
ajuste fino com a máquina carregada e em funcionamento.
Neste tipo de máquina teremos dois tipos de caso a serem
considerados para o teclado. No primeiro caso, ou seja, quando a
Observação: Para o caso da máquina em questão, peço sempre observar máquina estiver parada as teclas M1 e M2 nos permitirão um total
se o reservatório de ar na lateral da máquina e a mangueira de conexão acesso à programação do sistema, enquanto que uma vez que a
com a pressostato possuem volume de ar suficiente para preencher os máquina tenha sido colocada em ciclo as mesmas teclas terão como
pressostato, caso isto não esteja acontecendo favor verificar o finalidade o monitoramento da lavadora extratora.
reservatório, trocando-o e limpando a mangueira (utilizando para isto ar
comprimido).
Modo testes:
1- Executa programa atual ou
Muda número programa atual
MENU 2- Parâmetros Especiais: (Só c / Senha devido a
segurança do equipamento)
Tempo admissível de drenagem
Tempo admissível de entrada de água
= Tempo admissível de aquecimento à vapor
Tempo admissível de Distribuição após lavagem
Tempo admissível de frenagem após centrifugação
3- Editar programa >>>>>> senha xxxxxxxxx (permite
alterar o programa de Lavagem )

4- Lavagem manual:
1- Lig. / Desl. (lavar manualmente)
2- Liga água fria
3- Liga água quente (quando houver)
4- Liga vapor
5- Liga vapor
6- Tempo de lavagem manual
0- Desliga itens 2 a 5

Página 9 de 30
Seguindo-se o roteiro do resumo acima, vemos que a máquina se torna
1- ENT / TP: facilmente programável, visto a constante interação entre o programa e
MENU 1- Entrada dos Níveis: Referência, Baixo, Médio o operador, através de menus e sub menus.
e Alto Após pressionarmos M1 aparecerão, no visor de cristal líquido, 4
2- Porta (Falha do Inversor) / Desbalanço opções numeradas, as quais poderão ser facilmente acessadas através
0 = Não Acionado / 1 = Acionado, pressione a da digitação do número correspondente; desta maneira simples de
operação valerá para toda a programação:
tecla para testar o sensor de temperatura e
pressione novamente para sair.

MENU 2- Águas: Modo programação:


1- Testa água fria: 1 - Abre / 0 - Fecha
2- Testa água quente (quando houver): 2 - Abre / 0 -
Fecha MENU M1:
3- Testa vapor: 3 - Abre / 0 - Fecha
4- Testa dreno: 4 - Abre / 0 – Fecha 1- Executa: Esta opção nos permitirá colocar a máquina em
funcionamento ou alterar o número do programa em uso, uma
3- Motor: vez que poderemos ter 16 diferentes programas com até 16
1- Testa reversor pra esquerda: 1 - Gira / 0 - Para lavagens por programa. Antes de executarmos um programa,
2- Testa reversor para direita: 2 - Gira / 0 - Para devemos, obrigatoriamente, digitar a quantidade de roupa a ser
3- Testa Distribuição: 3 - Gira / 0 - Para
lavada. Pressionando a tecla “sim” ou “Não” para
4- Testa freio (quando não freada pelo inversor de
mudar de programa.
frequência): 4 - Freia / 0 - Para
5- Testa centrifugação: 5 - Gira / 0 - Para
2- Parâmetros: Permite programar os valores máximos admissíveis
de tempos de dreno, de entrada de água, de vapor, de
Obs: Testar uma função de cada vês e após o motor
distribuição e de frenagem. Isto quer dizer que o controlador tem
parar de girar, caso contrário haverá uma falha no
a capacidade de monitorar, por exemplo, o tempo de drenagem
inversor de frequência
da máquina numa determinada instalação. Caso o tempo tenha
ultrapassado o valor selecionado, um alarme intermitente, de um
5- Dosadores: em um segundo, será acionado até a condição seja cumprida,
1 a 6- Testa dosadores: quando então, o mesmo se desligará automaticamente. Sua
1- Liga Dosador 1 / 0 - Desliga senha será 1021. Atenção: Toda vez que se elabora um
2 - Liga Dosador 2 / 0 – Desliga processo de lavagem novo, no final deverá ser conferido esses
E assim por diante tempos principalmente o de Frenagem tendo que ser 30” a mais
7- Teste do Alarme: 7- Liga / 0 Desliga do tempo que a máquina leva para desacelerar e parar
totalmente para que o aviso de concluído ocorra com a máquina
totalmente parada.

Página 10 de 30
Modo execução (máquina em funcionamento)
3- Edita: Este menu é do tipo protegido. A senha de programação
é 99491840, será melhor apresentada no item 4.3 da operação 1- Nível: Mostra o número de níveis da lavagem;
do sistema. Mostra o tipo e o tempo de cada nível;
Mostra o nível atual real
4- Lavagem Manual: Nesta opção poderemos fazer com que a 2- Temperatura: Temperatura atual em graus Celsius
máquina lave manualmente, por um tempo livremente M1 T1: Temperatura Patamar Inferior
programável pelo usuário, bem como acionar individualmente a TS: Temperatura Patamar Superior
água fria e quente, o vapor e o dreno. Para iniciarmos a TF: Temperatura final de desaquecimento (Não
lavagem manual, basta pressionarmos a tecla “1”. Um novo usar desaquecimento)
toque e a lavagem será encerrada. As teclas numéricas, 3- Dosagens: Indica o número de dosagens, quando e
assinaladas no display, irão acionar aquelas funções, enquanto quanto
que a tecla “0” irá desligar todas as funções dos itens 2 a 5.
Atenção: (para modelos anteriores a 2012). Não use esta função 4- Alarmes: Indica número de alarmes, e quando
devido ao inversor de frequência ser do tipo de desaceleração ocorreram. (Só usar para aviso de colocação de
do motor e o tempo em que o motor leva para parar é superior produto manualmente)
ao tempo em que o CLP está programado ou seja 4” seg.
fazendo com que o sentido de giro mude antes do motor
1- Lavagem: Informa o nº. do Programa;
realmente parar podendo haver uma falha (alarme) no inversor
Lavagem atual e tempo decorrido;
de Frequência. OBS.: estamos desenvolvendo um novo
Número de lavagens deste programa
software. para correção desta falha trocando apenas a Eprom.
2- Reversor: Informa o tempo reversor ligado e
M2 desligado
MENU M2:
3- Centrifuga: Indica se haverá, e o tempo da mesma
O menu M2, do modo de programação e testes se comporta como uma
grande bateria de testes inteligentes, os quais possuem algum nível de
intertravamento, tais como: não ligar água e dreno juntos; ligar a 4- Rampa: Indica se houver tempo de subida de
centrifugação somente quando estiver totalmente seguro e o nível de rampa de aquecimento
água abaixo da referência etc..
Neste modo as teclas M1 e M2 terão como função ajudar o
monitoramento do processo no display, tendo funções puramente
indicativas.

Página 11 de 30
Digite a senha de acesso: 99491840 Esta senha estará apta até que se
Uma vez que o equipamento tenha sido energizado, aparecerá no desligue o equipamento. Não necessita redigitá-la para pequenos
ajustes do programa.
display uma mensagem comercial, até que se tecle ou .
Caso as mensagens “FALHA NA ENERGIA. CONCLUIR? S/N”, ou A seguir, uma mensagem indicando o número do programa escolhido
“PROCESSO INTERROMPIDO. CONCLUIR? S/N”, ou “FALTA DE irá perguntar o número de lavagens ou etapas que serão utilizadas no
FASES. CONCLUIR? S/N”, seja ativada, significará que a máquina já processo. Basta digitar um número entre 1 e 16, que é o número
estava em execução quando eventos ocorreram.
máximo de lavagens por programa 1 lavagem por exemplo. Digite

Caso se queira continuar do ponto onde se parou bastará digitar , + Enter.


caso se queira interromper o processo, deve-se digitar , quando
A próxima mensagem indicará o número do programa e qual a lavagem
logo a seguir a mensagem comercial será iniciada e a máquina sairá do
a ser editada. Caso tivéssemos mais de uma lavagem, neste programa
modo de execução para o modo de programação.
poderíamos saltar direto para a lavagem a ser alterada, sem ter que
Conforme já mencionamos M1 e M2 interromperão a mensagem e nos passar por todas as anteriores. Para isto, bastaria teclar “corrige”,
darão 4 opções no display. Abaixo segue um roteiro de como se
programar o programa número 1 com 01 (uma) lavagem por exemplo: o número da lavagem e a confirmação “Enter”.

Tempo de lavagem: digite o tempo em horas, minutos e segundos do


1- Teclar , ; tempo total de batimento desta lavagem, depois de obtido o nível e
2- Executa programa número 2 ? temperatura, caso haja rampa. Para termos acesso ao valor teclar

3- Teclar ; . Confirme após cada digitação com a tecla . Caso queira


4- Mudar programa atual?
retroceder para a mensagem anterior tecle .
5- Teclar ;
É no tempo de lavagem que os dosadores e alarmes poderão ser
6- Troca para programa número? utilizados. Este tempo poderá ser interrompido toda a vez que for
7- Digite o no do programa desejado Exemplo 1. necessária uma troca de nível (quando houver mais de um na mesma
lavagem), ou então, quando uma rampa de temperatura for desejada.
Tecle + “Enter” Neste último caso, haverá um tempo parcial de patamar inferior, e um
outro no patamar superior, que não deve ser confundido com o tempo
8- Entre no modo de edição teclando
parcial de patamar superior. Nestas interrupções o contador de tempo
9- Confirme ou não a edição do programa desejado! de lavagem permanecerá parado, até que a condição seja satisfeita
para continuar lavando.

Página 12 de 30
Importante ressaltar que, caso algum tempo de alarme ou dosador seja Temperatura patamar inferior?
interrompido pela parada do tempo este dosador ou alarme não voltará Aqui podemos fazer com que a lavadora somente comece a lavar,
mais, tão logo o tempo da lavagem seja reiniciado. quando uma temperatura mínima for atingida. Basta digitar o valor em
graus Celsius da temperatura requerida. O aquecimento se dará pela
Quantos níveis na lavagem? entrada de vapor na lavadora. (É recomendável no patamar inferior
Digite quantos níveis de água serão utilizados nesta lavagem. (Sempre sempre colocar a temperatura da própria água . +/- 10°C
1 nível)
Tempo do patamar inferior?
Qual o nível 1? Após atingido o nível e temperatura mínima (inferior), este é o tempo
Deve-se teclar qual o primeiro nível desejado, tecle “1” para nível baixo, em que a máquina irá lavar antes de iniciar a rampa programável de
“2” para medido e “3” para nível alto. temperatura.

Tempo de duração do nível? Temperatura do patamar superior?


Caso se utilize somente um nível n lavagem, então seu tempo deverá Aqui devemos digitar qual a temperatura que deverá ser atingida, para
ser o mesmo do tempo da lavagem, se não deve ser distribuído entre que a máquina volte a lavar normalmente. Atenção: nunca ultrapassar a
os diferentes níveis. temperatura de 100°C porque é o ponto de ebulição da água.

Encher com água quente ou fria? Tempo de rampa superior?


Pode-se escolher qual a entrada de água apropriada para cada Este é o tempo em que o computado irá controlar a temperatura do
processo. patamar superior anteriormente programado. Não deve ser confundido
com o tempo da lavagem que terá prioridade sobre o mesmo. Caso
Ligar o motor no enchimento? este tempo seja menor que o tempo restante da lavagem, então a
Podemos fazer com que o motor do reversor seja ligado ou não durante temperatura deixará de ser controlada, baixando normalmente. Se for
o enchimento de água da máquina para a obtenção de nível. (É maior, perderá função, quando se extinguir o tempo de lavagem.
recomendável sempre ligar o motor no enchimento pressione ) Tempo de subida da rampa?
Devemos digitar o tempo requerido, para atingirmos a temperatura do
Usar rampa de aquecimento? patamar superior. Com este dado e a temperatura do patamar superior,
Caso a resposta a esta pergunta seja afirmativa, então uma série de o controlador irá calcular a inclinação da reta de temperatura que
perguntas abaixo será efetuada. Se for negativa, pularemos para o item deverá ser efetuada para que a mesma suba gradualmente.
no 29. Quando usamos rampa de temperatura, tanto de subida quanto
de descida, queremos fazer com que a temperatura suba ou desça Usar desaquecimento?
linearmente, durante determinado tempo. Quando isto acontece, o Caso opte-se por usar uma rampa inversa a série de perguntas abaixo
tempo da lavagem é interrompido, bem como os dos alarmes e serão efetuadas. Se não podermos pular para o item de ligar o motor
dosadores. no aquecimento.

Página 13 de 30
Temperatura final de descida? Quantos alarmes?
Aqui iremos selecionar qual a temperatura que a lavadora deve ser Aqui vamos escolher o número de alarmes ou toques soados por 5
resfriada para uma rampa inversa de temperatura. segundos, durante o tempo da lavagem. Este toque difere do toque de
tempos máximos admissíveis por não ser do tipo intermitente, mas
Tempo de descida da rampa? contínuo. Caso não se queira alarmes digitar “0”, o controlador pulará
Devemos digitar o tempo requerido para atingirmos a temperatura final. direto para o item de centrifugar, após a lavagem.
Com este dado e a temperatura inicial, o controlador irá calcular qual a
inclinação da reta de temperatura, que deverá ser efetuada para que a Tempo de entrada alarme?
mesma desça gradualmente. Devemos digitar em que tempo da lavagem ter-se-á início o toque do
alarme. Esta pergunta se repetirá no máximo 3 vezes, pois poderemos
Ligar o motor no aquecimento? ter no máximo 3 alarmes por lavagem.
Podemos fazer com que o motor do reversor seja ligado ou não,
durante o aquecimento, até o patamar inferior. Na rampa e em Centrifugar após a lavagem “n”?
lavagem, o reversor sempre estará ligado. (Sempre ligue o motor no No final de cada lavagem, podemos sempre centrifugar ou
desaquecimento) simplesmente escoar a água da lavadora. Caso se queira centrifugar, o
controlador passará, automaticamente, para o item do tempo de
Quantas dosagens usar? centrifugação.
Aqui iremos selecionar o número de dosagens a serem utilizadas Ligar o motor no escoamento?
durante a lavagem. Caso não se queira dosadores, o controlador irá Aqui podemos escolher se o reversor deverá funcionar durante o
direto para o item dos alarmes. esgotamento de água da máquina ou não. Daqui o controlador irá direto
para a lavagem completa, encerrando a programação da etapa.
Dosagem, qual dosador? Sempre opte por motor ligado no escoamento.
Podemos escolher para a dosagem N° qual o dosador que deverá ser
ativado. Como temos 6 possíveis dosadores, podemos digitar um Tempo de centrifugação total?
número de 1 a 6. Neste item iremos informar ao computador, por quanto tempo iremos
centrifugar a roupa da lavadora. Devemos observar que uma
Tempo de entrada dosagem? centrifugação somente ocorrerá após uma distribuição, que é o tempo
Devemos digitar em que tempo da lavagem ter-se-á início da dosagem que o motor do reversor gira para só um lado, de maneira a distribuir a
do dosador, anteriormente escolhido. roupa homogeneamente, dentro da lavadora. Isto é feito para que
durante a aceleração da máquina na centrifugação, não ocorra um
Quanto tempo de dosagem? desbalanceamento, o que poderia ser extremamente perigoso para
Aqui iremos informar quanto tempo aquele dosador deverá estar todo o conjunto mecânico.
ativado durante o tempo da lavagem, de maneira que a quantidade A centrifugação também só poderá ocorrer, quando o nível de água
suficiente de produto seja liberada na lavadora. (Fazer junto com o estiver abaixo do nível de referência. Se houver um desbalanceamento,
fornecedor do produto químico o teste de vazão para a conversão de ml a máquina cessará a centrifugação e começará um processo especial,
em tempo) chamado “balanceamento”.

Página 14 de 30
No balanceamento a primeira coisa será a frenagem do sistema, a lavadora. Durante este tempo, o reversor gira somente para um dos
seguir o enchimento até o nível de referência, após isto, dois minutos lados. Findo este tempo, a lavadora centrifugará.
com reversor funcionando e ? segundos para cada lado e parando por
? segundos. Tempo de escoamento?
Findo estes dois minutos, o processo entra novamente em tempo de Este tempo é utilizado quando a lavagem não for centrifugar. É contado
distribuição, prosseguindo então, até completar o tempo restante de quando a água fica abaixo do nível de referência e garante que toda a
centrifugação. água foi escoada da lavadora.
Convém ressaltar que poderemos ter até dois balanceamentos na
mesma lavagem, se houver um terceiro, o sistema será freado e a Programa nº completo?
lavagem encerrada. O término normal de uma centrifugação será Assinala final de programação do programa atual. O display voltará
sempre de uma frenagem ou desaceleração pelo inversor de então para a tela inicial do modo de programação, possibilitando o
frequência. operador a colocação em marcha da lavadora extratora.
Programa “n” lavagem completa: esta mensagem apenas serve para
indicar que uma lavagem foi completamente programada e armazenada
na memória, e que, caso este programa tenha mais de uma lavagem, o
fluxograma de perguntas irá novamente voltar para o item do tempo de
lavagem recomeçando toda uma série de perguntas para a
programação desta nova lavagem.
Quando todas as lavagens forem completamente programadas, o
controlador passará para uma série de perguntas finais listadas abaixo.

Tempo de reversor ligado?


Este é o tempo em que o reversor ficará ligado para o mesmo lado
alternadamente.

Tempo de reversor desligado?


Este é o tempo em que o reversor ficará desligado ou de repouso. Após
este tempo o reversor alterna o lado ligado anteriormente.
Atenção: Em máquinas com desaceleração este tempo deverá ser
calculado considerado a desaceleração podendo variar de acordo com
o tempo de desaceleração do inversor de frequência e da capacidade
da máquina em questão

Tempo distribuição após lavagem?


Este é o tempo utilizado somente quando a etapa ou lavagem utiliza
centrifugação e é responsável pela distribuição homogênea da roupa na

Página 15 de 30
INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO ao da abertura, sempre observando ser o travamento dos trincos estão
corretos.
Em seguida, posicione a porta do(s) outro(s) compartimento(s) e
Após feitos todos os testes do C.L.P. e a programação dos processos
proceda a carga da mesma forma que a anterior.
de lavagem, iniciaremos a operação de sua Lavadora Extratora, que é
Feche a porta do gabinete externo, e passe a chave de “PORTA”, para
extremamente simples, não exigindo um treinamento muito
posição “TRAVA”. O cilindro de porta deve acionar a trava, mantendo a
aprofundado.
porta do gabinete externo travada, e a lâmpada sinalizadora de
O equipamento possui dois painéis de comando, sendo um na área
“PORTA ABERTA”, no painel do lado limpo, apagada.
contaminada e outro na área limpa.
ACIONANDO O C.L.P.
Operação (lado sujo) Depois de efetuada a carga e o fechamento do equipamento, a
lavadora está pronta para efetuar o processo de lavagem, através da
No painel desta área temos a chave geral que será a primeira chave a execução dos seguintes passos:
ser acionada quando da operação do equipamento.
O próximo passo para que possamos operar o equipamento é 1- Movimente a chave COMANDO Para posição AUTOMÁTICO. O
deixarmos a chave COMANDO na posição MANUAL e a chave de display do C.L.P. deverá acender e começará a passar a
PORTA na posição DESTRAVA, o cilindro pneumático da porta deverá mensagem comercial;
liberar a trava, possibilitando a abertura da porta.
2- Aperte a tecla ou , a mensagem irá desaparecer e irão
Após ter executado estes procedimentos, deverá estar acesa, na área
aparecer 4 opções numeradas, as quais poderão ser facilmente
Limpa, a lâmpada sinalizadora de PORTA ABERTA, e o equipamento
acessadas através da digitação do número correspondente. Esta
estará pronto para ser carregado.
maneira simples de operação valerá para toda a programação;
CARREGANDO O EQUIPAMENTO 3- Aperte a tecla – “executa”: esta operação nos permitirá
Estando todos os passos anteriores executados, estamos prontos para colocar a máquina em funcionamento ou alterar o número do
procedermos a carga da roupa no equipamento. programa em uso, uma vez que podemos ter 16 diferentes
Acione os botões POSICIONA CESTO pressionando SOBE ou DESCE programas com até 16 etapas de lavagem por programa ou 6
até que a porta do gabinete interno esteja alinhada com a porta do programas diferentes com 16 etapas de lavagem. Antes de
gabinete externo. executarmos um programa, deveremos, obrigatoriamente, digitar o
Depois de alinhados, abra a porta do gabinete interno, soltando as peso total da carga de roupa a ser lavada;
travas e puxando para fora o lado da porta onde estão os trincos. 4- Aparecerá, no display, a mensagem: “executa o programa número 2
Vire a bandeja de roupas para dentro do cesto. Este procedimento é ? S/N”;
necessário para que não caiam roupas entre os gabinetes externo e
interno, evitando também que panos travem a válvula de esgotamento. 5- Teclar , em seguida aparecerá: “mudar programa atual? S/N”;
Coloque a roupa dentro do cesto, sempre observando que a roupa não 6- Teclar , em seguida aparecerá: “troca para programa número?
deve ficar enrolada, mas sim aberta dentro do cesto. Em seguida, feche
a porta do cesto travando-a sempre. Fazendo o procedimento inverso

Página 16 de 30
3- Após a descarga, feche a porta do cesto interno, observando
7- Aperte a tecla (corrige), e digite o no do programa desejado. sempre se ficou travada;
4- Posicione o outro compartimento e proceda da mesma forma que a
Por exemplo: , em seguida (Enter);
anterior;
8- Em seguida, o display voltará ao 1o menu, com as quatro opções.
5- Feche a porta do gabinete externo, em seguida acione a chave de
Ao apertar a tecla , aparecerá no display a mensagem: PORTA na posição TRAVA, o cilindro de porta deve acionar a trava,
“executa o programa no 1? S/N” mantendo a porta do gabinete externo fechada e travada. E a
9- Aperte a tecla (sim) lâmpada sinalizadora de porta aberta, no painel da área
10- Em seguida aparecerá a mensagem: “programa no 1, quantos contaminada deve se apagar automaticamente. Acione o botão de
quilos de roupa? campainha, para liberar o equipamento para nova carga na área
contaminada.
11- Aperte a tecla (corrige), e digite o peso da carga;
12- Aperte a tecla , seu equipamento vai começar a executar o
processo de lavagem; RECONHECENDO AS TECLAS
13- Terminado o processo de lavagem e centrifugação, o equipamento
soará a campainha, e no display do C.L.P. aparecerá a seguinte
mensagem: programa no 1 concluído;
14- Em seguida, o operador da área contaminada deve passar a chave
COMANDO para posição MANUAL, e apertar o botão CAMPAINHA
para que o operador da área limpa possa proceder a descarga.

Operação (lado limpo)

DESCARREGANDO O EQUIPAMENTO
Após ouvir o sinal, o operador da área limpa irá proceder a descarga da
roupa da seguinte forma:

1- Passe a chave de “PORTA” para a posição DESTRAVA, da área


limpa, a trava de porta irá destravar e a lâmpada de “PORTA
ABERTA” da área suja deverá acender, abra totalmente a porta do
gabinete externo;
2- Acione os botões “SOBE ou DESCE”, para alinhar a porta do cesto
com a do gabinete externo. Destrave a porta do cesto e abra
totalmente. Coloque a bandeira para dentro do cesto, e faça a
retirada da roupa do equipamento;

Página 17 de 30
Tecla para teste das Entradas e Saídas das
Tecla “Sim” de confirmação das respostas (S/N) válvulas:
1- ENT/TP; 2- AGUAS; 3- MOTOR ou
4- DOSADOR
Tecla “Não” de confirmação das respostas (S/N) Tecla para Menu
Tecla “Corrige” usada para limpar as informações e
alterá-las.Exemplo: TROCA PARA PROG. NUMERO? Teclas numéricas
a
2 , , foi trocado p/ programa “1”
Tecla de Atalho para Entrar nos parâmetros especiais
através da Senha: 1021
Teclas não utilizadas de acordo com a versão do
softwer.
Tecla de Atalho para mudar de programa. Ex: MUDAR
PROGRAMA ATUAL? (S N)

Tecla de Atalho para Executar programa.


Exemplo: EXECUTA PROGRAMA NUMERO? (S/N)

Tecla de atalho para Editar, Programar ou Alterar


um programa (Através da Senha: 99491840)
Tecla de Atalho para testar o sensor de
Temperatura (somente com o CLP fora de
execução)

Tecla de Atalho para menu de operação

Tecla de Atalho para teste das entradas:


1- Níveis ou 2- Porta / desbalanço
Tecla ENTER usada para confirmar todas as
operações e informações

Tecla 0para Menu

Página 18 de 30
ANÁLISE DE FALHAS (C.L.P) recete o mesmo
Informação de Falha no Inversor desligando o através dos
Processo Interrompido de frequência disjuntores do painel
Problema Causa Solução (S/N) espere o display apagar
Verificar se os pilotos e voltando a ligar
estão acesos se sim confirme Sim “S” no CLP
verificar se as portas se a falha persistir
estão fechadas e consulte o manual do
acionando os fim de inversor de frequência.
cursos das mesmas e se É só pressionar a tecla
chave Comando se está
na posição Automático e se a falha persistir
CLP não liga CLP sem corrente se as chaves das portas Informação de falta de Houve uma falta há um mal contato na
estão na posição energia: Concluir (S/N) de energia alimentação do painel ou
TRAVA, se não verificar no CLP ou foi aberta
os disjuntores do painel uma das portas da
do CLP e do painel do máquina, com a mesma
inversor o botão de em funcionamento.
emergência girando no Verifique os fins de
sentido horário para curso das portas.
destravá-lo e a chave Se realmente tiver água
geral se está ligada verifique se o dreno está
verificar se está aberto. Se não tiver,
chegando corrente no desligue o CLP aborte a
conector 3-F e 2-N da lavagem e faça um teste
placa PS2 se Sim entrar de válvula através d do
em contato com a Alarme de Dreno Sensor que
contem água menu tecla , 2-
assistência técnica se
dentro da máquina água 4- dreno 4-abre e
Não verificar os testes
0- fecha a válvula de
anteriores mais uma vez
dreno. Se sim, o dreno
antes de entrar em
estiver aberto, verifique
contato.
se a mangueira do
Informação de Falha no Inversor Corrija a falha do
pressostato se está
Processo Interrompido de frequência inversor através do
entupida solte-a do
(S/N) código de falha que o
pressostato e injete ar
mesmo o informa,
comprimido através da
Anote que falha ocorreu,
mangueira

Página 19 de 30
Entre novamente no entupida solte-a do
pressostato e injete ar
menu desta vez comprimido através da
pressione 1-ENT/TP mangueira
pressione 1-Níveis Entre novamente no
verifique o estado do
nível se estão marcando Máquina Válvula de água menu desta vez
“0” Estão abertos se transbordando não fecha precione 1-ENT/TP
marcando “1” estão ...precione 1-Níveis
fechados tente assoprá- verifique o estado do
Alarme de Dreno Sensor que los e verifique se muda nível se estão marcando
contem água de estado sem a “0” Estão abertos se
dentro da máquina mangueira deve marcar marcando “1” estão
“0” em todos e fechados tente assoprá-
assoprando deve marcar los e verifique se muda
“1” gradativamente de estado sem a
começando por mangueira deve marcar
REFER:1 até chegar a “0” em todos e
AT:1 se isso ñ acontecer assoprando deve marcar
troque o pressostato “1” gradativamente
e faça a aferição do começando por
mesmo colocando os REFER:1 até chegar a
parafusos do novo na AT:1 se isso ñ acontecer
mesma regulagem do troque o pressostato
velho se possível. volte e faça a aferição do
a conectar a mangueira mesmo colocando os
no pressostato e volte a parafusos do novo na
lavar. mesma regulagem do
Aborte a lavagem e faça velho se possível. volte
um teste na válvula de a conectar a mangueira
água através do menu no pressostato e volte a
lavar.
Máquina Válvula de água tecla , 2-águas 1- Máquina não atinge a Válvula de vapor Faça um teste de válvula
transbordando não fecha água fria 1-abre e 0- temperatura (continua não abrindo através do menu tecla
fecha a válvula se fria)
estiver funcionando , 2- água 3- Vapor
verifique se a mangueira 3-abre e 0- fecha a
do pressostato se está válvula de vapor. Se

Página 20 de 30
estiver funcionado faça o BORNES SAÍDAS DO PAINEL
teste do sensor de
temperatura através da
Válvula de vapor Bornes de Saída
Máquina não atinge a não abrindo tecla e veja se BORNE ENTRDAS E SAÍDAS
temperatura (continua está marcando a 1 + PT100
fria) temperatura se estiver 2 GND
marcando ***C verifique 3 - PT100
o cabo do sensor de 4 NF
temperatura se estiver 5 COM. (Porta LL)
OK troque o sensor de 6 NA
temperatura (PT-100) e 7 NF
cuidado para não
8 COM. (Porta LS)
inverter a polaridade.
9 NA
Repita o teste acima e
10 COM.
veja se está marcando a
11 FREIO
temperatura ambiente se
12 PORTA LL
estiver volte a lavar.
13 PORTA LS
Máquina com Válvula de vapor Repita o teste acima e
temperatura não fecha verifique se a 14 DRENO
elevadíssima temperatura do sensor 15 VAPOR
está a mesma de um 16 AGUA FRIA
termômetro 17 AGUA QUENTE
convencional (aferição). 18 COM.
Se persistir, entre em 19 DOSADOR 1
contato com a 20 DOSADOR 2
assistência técnica. 21 DOSADOR 3
22 DOSADOR 4
23 DOSADOR 5
24 DOSADOR 6
25 NC
26 NF (PRESOSTATO)
27 COM. (PRESOSTATO)
28 NA (PRESOSTATO)
29 COM. 12 VCC DESBALANÇO
30 DESBALANÇO
31 COM. 12 VCC FALHA INVERSSOR

Página 21 de 30
32 FALHA INVERSSOR
33 COM. 12 VCC SENSOR NIVEL
34 REFERENCIA
35 BAIXO
36 MEDIA
37 ALTO
38 NC
39 VELOCIDADE JOG
40 ABILITA PARTIDA (1)
41 SENTIDO DE GIRO (2)
42 MULTSPEED LAVAGEN (4)
43 MULTSPEED DISTRIBUI (5)
44 MULTSPEED CENTRIFUGA ( 6 )
45 COMUM 24 VCC (9)
46 NC
47 FASE ( R ) 220V
48 NEUTRO 380V OU FASE (L) 220V
49 TERRA

Página 22 de 30
Consulte-nos sobre o CONTRATO DE MANUTENÇÃO
PREVENTIVA. Seu equipamento estará protegido, aumentando
MANUAL DO INVERSOR YASKAWA
assim consideravelmente sua vida útil e seu rendimento. Além do
mais, diminuirão sensivelmente suas perdas por parada do
equipamento.

Página 23 de 30
Erro de programação: Verifique os parâmetros
Lista de defeitos, causas e correções: OP( )
Piscando OP1: Entrada multifunções indicados
setadas com o mesmo valor,
parâmetros n36 a n39.
Esta seção descreve os alarmes apresentados no display do Operador OP2: Ajustes incorretos na
Digital do inversor (que encontra-se na caixa de comando da calandra), curva V/f, parâmetros n11,
Piscand n12, n14.
assim como sugere ações corretivas para eliminação de falhas. Somente OP3: Corrente do motor, n32,
o
Para o reset das falhas é necessário pressionar a tecla “>/RESET” do Alarme maior que 120% da corrente
Operador Digital do inversor ou desenergizar a calandra, religando-o nominal do inversor.
Piscand OP4: Limites de freqüência
somente após o Operador Digital estar completamente apagado. superior e inferior trocados,
o
Contato de parâmetros n30 e n31.
Alarme falha não é OP5: Freqüências de pulo,
Operado Led RUN atuado. parâmetros n49 a n50, fora
Status
r Digital (verde) Descrição de Falha Causas e Correções da faixa de freqüências.
Inversor
Led ALARM OP9: Freqüências
(verm.) portadoras, parâmetro n46,
Uu Subtensão:(Inversor Parado) Verifique: com ajuste incorreto.
Piscando Tensão do link CC está Alimentação do inversor. oL3 Sobretorque: Reduza a carga no motor
abaixo dos limites mínimos: Fiação de alimentação Piscando Corrente atual do motor e/ou aumente o tempo de
Classe 200V: Abaixo de Terminais de conexão da Aceso maior que o valor setado no Acel./Desacel..
200Vcc alimentação parâmetro n98
Classe 400V: Abaixo de Ser Piscand Erro de sequenciamento. Verifique o
400Vcc Piscando o O inversor recebe comandos sequenciamento.
Ou Piscando Somente Sobretensão:(Inversor Verifique tensão de de operação Local/Remoto
Piscando Alarme Parado) entrada enquanto o motor está
Tensão do link CC está rodando.
acima dos limites máximos: bb Supressão de pulsos externa: Verifique os circuitos
Piscando
Classe 200V: Acima de Piscando (Base Block externo) externos
Contato de 410Vcc Comando externo. O motor
falha não é Classe 400V: Acima de irá para por inércia.
atuado. 820Vcc EF Erro de sequenciamento: Verifique os circuitos
OH Sobretemperatura: Verifique a temperatura Piscando Comandos rodar Avante e externos
Piscando Com o inversor parado. externa Aceso rodar Reverso (FWD/REV),
Temperatura externa cima Piscand Somente acionados ao mesmo tempo
dos 55oC. SrP o Alarme Parada de emergência: Verifique o
Piscando Tecla STOP/RESET sequenciamento
CAL Comunicação MEMOBUS em Verifique a fiação de ou pressionada com o motor
Piscando espera. comunicação com o rodando pelo comando
comando Contato de externo.
Piscand
falha não é Entrada multifunção setada
o
atuado. em “Parada de Emergência”
Piscand
(Parada de acordo com n04)
o

Página 24 de 30
FAn Falha do ventilador. Verifique o ventilador e Uu 1 Subtensão: Possíveis causas:
Piscando O ventilador do suas conexões. Aceso O Inversor Com o inversor Queda de tensão.
inversor está desarmar e o parado. Perda de fase.
bloqueado ou motor para por Tensão do link Correção:
travado. inércia CC está abaixo Verifique a alimentação e
CE Falha de Verifique a fiação do Apagado dos limites as conexões.
Piscando comunicação comando mínimos:
Memobus: Piscando Classe 200V:
Erro durante a O contato de Abaixo de
comunicação Falha é atuado 200Vcc.
Memobus com o Classe 400V:
O Inversor comando. Abaixo de
GF desarmar e o Fuga a terra Verifique a isolação dos 400Vcc.
motor para por cabos e do motor
Apagado
oC inércia Sobrecorrente: Curto circuito ou fuga a
Aceso Corrente de saída terra na saída.
Piscando
maior que 200% da Carga excessiva.
corrente nominal Tempos de Acel. Curtos
O contato de do inversor. Religamento de um
Falha é atuador motor rodando.
Motor maior que a
capacidade do inversor.
Chaveamento de
contatores na saída.
ou Sobretensão. Possíveis causas:
Aceso Com o motor Desaceleração rápida.
rodando. Carga regenerativa.
Tensão do link CC Cargas de alta inércia.
acima dos limites Correção:
máximos, em Aumentar o tempo de
virtude de desacel. ou instalar
regeneração resistor de frenagem.
excessiva de
energia do motor.
Classe 200V:
Acima de 410Vcc
Classe 400V:
Acima de 820Vcc.

Página 25 de 30
TERMO DE GARANTIA

O seu produto SITEC é garantido contra defeitos de


fabricação, pelo prazo de 12 (doze) meses corridos, a contar da data da
emissão da nota fiscal. Esta garantia assegura ao comprador o direito à
troca ou conserto, de qualquer peça ou máquina, que após nossa
constatação, apresentar defeito de fabricação.
A substituição ou conserto das peças se efetuará mediante
entrega da peça danificada, para analise em nossa fábrica. Em caso de
constatação da má utilização do equipamento pelo operador, será
cobrada a peça e as despesas do deslocamento de nossos técnicos ao DIAGRAMA ELÉTRICO
local da instalação. As despesas com fretes e carretos para a
devolução de peças e máquinas que constatados como defeito de
fabricação serão de responsabilidade da SITEC.
Fica assegurada ao cliente toda a assistência que se fizer
necessária ao conserto ou substituição da peça danificada dentro do
menor prazo possível. Entretanto, não assumimos responsabilidade por
prejuízos provenientes da paralisação dos serviços, atrasos ou lucros
cessantes, ou danos ocasionados as pessoas.
Os componentes de máquinas como motores e materiais
elétricos e/ou materiais de desgaste tais como: correias, pastilhas,
lonas de freio, forração do cilindro, etc, tem o prazo e condições de
garantia limitadas às concedidas pelo próprio fabricante.

“PARA SUA TRANQUILIDADE, MANTENHA ESTE TERMO DE


GARANTIA E MANUAL SEMPRE A MÃO”.

Nota Fiscal no _____ Data: ____/____/_______.

Página 26 de 30
Página 27 de 30
Página 28 de 30
Página 29 de 30
Página 30 de 30