Você está na página 1de 3

Distância média ao Diâmetro

Planeta
Sol (u.a.) equatorial (km)
Mercúrio 0,4 4.800
Vênus 0,7 12.000
Terra 1,0 13.000
1. Analise as proposições com relação às Leis de Kepler Marte 1,5 6.700
sobre o movimento planetário.
Júpiter 5,2 140.000
I. A velocidade de um planeta é maior no periélio. Saturno 9,5 120.000
II. Os planetas movem-se em órbitas circulares, estando o Sol
no centro da órbita. Urano 20,0 52.000
III. O período orbital de um planeta aumenta com o raio médio Netuno 30,0 49.000
de sua órbita.
IV. Os planetas movem-se em órbitas elípticas, estando o Sol De acordo com a Tabela a razão entre os diâmetros
em um dos focos. equatoriais de Júpiter e da Terra, vale aproximadamente:
V. A velocidade de um planeta é maior no afélio.
a) 10,8.
Assinale a alternativa correta. b) 0,2.
a) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras. c) 0,9.
b) Somente as afirmativas II, III e V são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras. d) 1,0.
d) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras. e) 5,2.
e) Somente as afirmativas I, III e V são verdadeiras.
5. A elipse, na figura abaixo, representa a órbita de um
2. A figura representa a trajetória elíptica de um planeta em planeta em torno de uma estrela S. Os pontos ao longo da
movimento de translação ao redor do Sol e quatro pontos elipse representam posições sucessivas do planeta, separadas
sobre essa trajetória: M, P (periélio da órbita), N e A (afélio por intervalos de tempo iguais. As regiões alternadamente
da órbita). coloridas representam as áreas varridas pelo ralo da trajetória
nesses intervalos de tempo. Na figura, em que as dimensões
dos astros e o tamanho da órbita não estão em escala, o
segmento de reta SH representa o raio focal do ponto H, de
comprimento p.

O módulo da velocidade escalar desse planeta


a) sempre aumenta no trecho MPN.
b) sempre diminui no trecho NAM.
c) tem o mesmo valor no ponto A e no ponto P.
d) está aumentando no ponto M e diminuindo no ponto N.
e) é mínimo no ponto P e máximo no ponto A.

3. Dois pequenos satélites de mesma massa descrevem Considerando que a única força atuante no sistema estrela-
órbitas circulares em torno de um planeta, tal que o raio da planeta seja a força gravitacional, são feitas as seguintes
órbita de um é quatro vezes menor que o do outro. O satélite afirmações.
mais distante tem um período de 28 dias.
I. As áreas S1 e S2 , varridas pelo raio da trajetória, são
Qual é o período, em dias, do satélite mais próximo?
a) 3,5 iguais.
3
b) 7,0 II. O período da órbita é proporcional a p .
c) 14 III. As velocidades tangenciais do planeta nos pontos A e H,
d) 56 VA e VH, são tais que VA  VH.
e) 112
Quais estão corretas?
4. Os planetas do Sistema Solar giram em torno do Sol. A a) Apenas I.
Terra, por exemplo, está a aproximadamente 150 milhões de b) Apenas I e II.
km (1u.a.) do Sol e demora 1 ano para dar uma volta em c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III.
torno dele. A tabela a seguir traz algumas informações e) I, II e III.
interessantes sobre o Sistema Solar.
6. Muitas teorias sobre o Sistema Solar se sucederam, até
que, no século XVI, o polonês Nicolau Copérnico apresentou
uma versão revolucionária. Para Copérnico, o Sol, e não a 9. Saturno é o sexto planeta a partir do Sol e o segundo
Terra, era o centro do sistema. Atualmente, o modelo aceito maior, em tamanho, do sistema solar. Hoje, são conhecidos
para o Sistema Solar é, basicamente, o de Copérnico, feitas as mais de sessenta satélites naturais de Saturno, sendo que o
correções propostas pelo alemão Johannes Keppler e por maior deles, Titã, está a uma distância média de 1 200 000 km
cientistas subsequentes. de Saturno e tem um período de translação de,
aproximadamente, 16 dias terrestres ao redor do planeta.
Sobre Gravitação e as Leis de Kepler, considere as afirmativas,
a seguir, verdadeiras (V) ou falsas (F).

I. Adotando-se o Sol como referencial, todos os planetas


movem-se descrevendo órbitas elípticas, tendo o Sol como
um dos focos da elipse.
II. O vetor posição do centro de massa de um planeta do
Sistema Solar, em relação ao centro de massa do Sol, varre
áreas iguais em intervalos de tempo iguais, não importando
a posição do planeta em sua órbita.
III. O vetor posição do centro de massa de um planeta do
Sistema Solar, em relação ao centro de massa do Sol,
varre áreas proporcionais em intervalos de tempo iguais,
não importando a posição do planeta em sua órbita.
IV. Para qualquer planeta do Sistema Solar, o quociente do
cubo do raio médio da órbita pelo quadrado do período de
revolução em torno do Sol é constante.

Assinale a alternativa CORRETA.


a) Todas as afirmativas são verdadeiras. Tétis é outro dos maiores satélites de Saturno e está a uma
b) Apenas as afirmativas I, II e III são verdadeiras. distância média de Saturno de 300 000 km.
c) Apenas as afirmativas I, II e IV são verdadeiras. Considere:
d) Apenas as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.
e) Apenas as afirmativas I e II são verdadeiras.

7. Um satélite artificial, em uma órbita geoestacionária em


torno da Terra, tem um período de órbita de 24 h. Para outro
satélite artificial, cujo período de órbita em torno da Terra é de
48 h, o raio de sua órbita, sendo RGeo o raio da órbita
geoestacionária, é igual a:
a) 3  RGeo
1
b) 3 4  RGeo
c) 2  RGeo
1
d) 4 3  RGeo
e) 4  RGeo

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:


A(s) questão(ões) a seguir refere(m)-se ao texto abaixo.

Em seu livro O pequeno príncipe, Antoine de Saint-


Exupéry imaginou haver vida em certo planeta ideal. Tal
planeta teria dimensões curiosas e grandezas gravitacionais
inimagináveis na prática. Pesquisas científicas, entretanto,
continuam sendo realizadas e não se descarta a possibilidade
de haver mais planetas no sistema solar, além dos já
conhecidos.
Imagine um hipotético planeta, distante do Sol 10
vezes mais longe do que a Terra se encontra desse astro, com O período aproximado de translação de Tétis ao redor de
massa 4 vezes maior que a terrestre e raio superficial igual à Saturno, em dias terrestres, é
metade do raio da Terra. Considere a aceleração da gravidade a) 4.
na superfície da Terra expressa por g. b) 2.
c) 6.
d) 8.
8. Esse planeta completaria uma volta em torno do Sol em um e) 10.
tempo, expresso em anos terrestres, mais próximo de
10. Um planeta realiza uma órbita elíptica com uma estrela
a) 10.
em um dos focos. Em dois meses, o segmento de reta que liga
b) 14. a estrela ao planeta varre uma área A no plano da órbita do
c) 17. planeta. Em 32 meses tal segmento varre uma área igual a
d) 28. αA. Qual o valor de α ?
e) 32.
11. Um planeta orbita em um movimento circular uniforme de torno do Sol? Expresse o resultado de forma aproximada
período T e raio R, com centro em uma estrela. Se o período como um número inteiro.
do movimento do planeta aumentar para 8T, por qual fator o
raio da sua órbita será multiplicado?
a) 1/4
b) 1/2
c) 2
d) 4
e) 8

12. Muitos ainda acreditam que como a órbita da Terra em


torno do Sol é uma elipse e o Sol não está no centro dessa
elipse, as estações do ano ocorrem porque a Terra ora fica
mais próxima do Sol, ora mais afastada. Se isso fosse verdade,
como se explica o fato de o Natal ocorrer numa época fria (até
nevar) nos países do hemisfério norte e no Brasil ocorrer numa
época de muito calor? Será que metade da Terra está mais
próxima do Sol e a outra metade está mais afastada? Isso não
faz sentido. A existência das estações do ano é mais bem
explicada
a) pelo fato de o eixo imaginário de rotação da Terra ser
perpendicular ao plano de sua órbita ao redor do Sol.
b) pelo fato de em certas épocas do ano a velocidade de
translação da Terra ao redor do Sol ser maior do que em
outras épocas.
c) pela inclinação do eixo imaginário de rotação da Terra em
relação ao plano de sua órbita ao redor do Sol.
d) pela velocidade de rotação da Terra em relação ao seu eixo
imaginário não ser constante.
e) pela presença da Lua em órbita ao redor da Terra,
exercendo influência no período de translação da Terra ao
redor do Sol.

13. Sobre as leis de Kleper e a lei da Gravitação Universal,


assinale o que for correto.
01) A Terra exerce uma força de atração sobre a Lua.
02) Existe sempre um par de forças de ação e reação entre
dois corpos materiais quaisquer.
04) O período de tempo que um planeta leva para dar uma
volta completa em torno do Sol é inversamente
proporcional à distância do planeta até o Sol.
08) O segmento de reta traçado de um planeta ao Sol varrerá
áreas iguais, em tempos iguais, durante a revolução do
planeta em torno do Sol.
16) As órbitas dos planetas em torno do Sol são elípticas, e o
Sol ocupa um dos focos da elipse correspondente à órbita
de cada planeta.

14. Considere o raio médio da órbita de Júpiter em torno do


Sol igual a 5 vezes o raio médio da órbita da Terra.
Segundo a 3a Lei de Kepler, o período de revolução de Júpiter
em torno do Sol é de aproximadamente
a) 5 anos.
b) 11 anos.
c) 25 anos.
d) 110 anos.
e) 125 anos.

15. Em agosto de 2006, Plutão foi reclassificado pela União


Astronômica Internacional, passando a ser considerado um
planeta-anão. A terceira Lei de Kepler diz que T2 = K a3, onde T
é o tempo para um planeta completar uma volta em torno do
Sol, e 'a' é a média entre a maior e a menor distância do
planeta ao Sol. No caso da Terra, essa média é aT = 1,5 × 10 11
m, enquanto que para Plutão ap = 60 × 1011 m. A constante K é
a mesma para todos os objetos em órbita em torno do Sol. A
velocidade da luz no vácuo é igual a 3,0 × 108 m/s. Dado:
10  3,2 .

a) Considerando-se as distâncias médias, quanto tempo leva a


luz do Sol para atingir a Terra? E para atingir Plutão?
b) Quantos anos terrestres Plutão leva para dar uma volta em

Você também pode gostar