Você está na página 1de 2

A importância e Objetivos da Educação Física escolar

A Educação Física é uma disciplina muito significativa, porém, por diversas


vezes, pouco valorizada na grade curricular. Ela insere, adapta e incorpora o aluno no
saber corporal de movimento, sua função é formar o cidadão que irá produzi-la,
reproduzi-la e transformá-la, qualificando-o para desfrutar os jogos, os esportes, as
danças, as lutas, as ginásticas e práticas de aptidão física, em proveito do exercício crítico
dos direitos e deveres do cidadão para a benfeitoria da qualidade de vida humana.

A educação física veio para somar e contribuir com a educação intelectual e moral
nas escolas, uma das responsabilidades dessa disciplina é de instruir e instigar o aluno a
opinar e se posicionar criticamente em relação às atuais linhas de cultura corporal de
movimento.

A lei 9394/96, no artigo 26, 3º parágrafo garante que deve ser ensinado educação
física nas escolas, inclusive para as crianças abaixo de seis anos. Apesar de bastante
discutido, a educação física na educação infantil é respaldada por lei, tentando garantir da
melhor forma possível o desenvolvimento das crianças.

Na educação infantil é importante disponibilizar o maior número de experiências


possíveis, apresentando um novo mundo. Nesse mundo, a criança começa a se relacionar
com um meio social e físico, ajudando no desenvolvimento. Para estimular o intelecto e
o físico é preciso que pessoas mais experientes ofereçam desafios cada vez mais difíceis.
A educação física consegue isso de uma forma muito prazerosa através de jogos,
brincadeiras e esportes.

Com as brincadeiras, a criança estimula a imaginação, aprende a respeitar as


regras, etc. O professor deve ser o interventor, ajudando o aluno a desenvolver seus
conhecimentos, habilidades e relações sociais. O profissional de educação física precisa
entender cada estágio de desenvolvimento, para estimular corretamente cada etapa. Esses
estímulos podem fazer a criança se desenvolver de uma forma mais acelerada.

A partir de brincadeiras e jogos podemos aprimorar as capacidades físicas básicas


como saltar, correr, arremessar, pular, subir. O cognitivo como lógica, situações em que
os professores colocam os alunos para que eles achem a solução e a parte afetiva, como
trabalhar em equipe, saber lidar com uma situação desagradável e estressante. Os
principais objetivos da atividade física infantil são: o domínio do controle corporal;
diferenciar cada parte do corpo através do movimento; a noção de espaço e tempo;
melhorar o desempenho em atividades de força, resistência, flexibilidade e velocidade; e
cooperar em atividades de grupo.

Objetivos da Educação Física no Ensino Fundamental: Participar de atividades


corporais, estabelecendo relações equilibradas e construtivas com os outros,
reconhecendo e respeitando características e de desempenho de si próprio e dos outros,
sem discriminar por características pessoais, físicas, sexuais ou sociais. Conhecer,
valorizar, respeitar e desfrutar da pluralidade de manifestações de cultura corporal do
Brasil e do mundo, percebendo-as como recurso valioso para integração entre pessoas e
entre diferentes grupos sociais.

Reconhecer-se como elemento integrante do ambiente, adotando hábitos


saudáveis, de higiene, alimentação e atividades corporais, relacionando-os com os efeitos
sobre a própria saúde, e de recuperação, manutenção e melhoria da saúde coletiva.
Solucionar problemas de ordem corporal em diferentes contextos, regulando e dosando o
esforço em um nível compatível com as possibilidades, considerando que o
aperfeiçoamento e o desenvolvimento das competências corporais decorrem de
perseverança e regularidade e devem ocorrer de modo saudável e equilibrado.

Conhecer a diversidade de padrões de saúde, beleza e estética corporal que


existem nos diferentes grupos sociais, compreendendo sua inserção dentro da cultura em
que são produzidos, analisando criticamente os padrões divulgados pela mídia e evitando
o consumismo e preconceito. Conhecer, organizar e interferir no espaço de forma
autônoma, bem como reivindicar locais adequados para promover atividades corporais de
lazer, reconhecendo-as como uma necessidade básica do ser humano e um direito do
cidadão.

Embora esse assunto seja discutido atualmente e a Educação Física seja


componente obrigatório da Educação Básica, ainda são apresentadas poucas soluções
para o trabalho efetivo principalmente na Educação Infantil e este fato compromete o
aluno, uma vez que ele perde a oportunidade de ter um melhor desenvolvimento.

Referências bibliográficas:

 BRASIL. Lei de diretrizes e bases da educação nacional. Ministério da Educação,


1996.

Você também pode gostar