Você está na página 1de 60

Sumário

Introdução 4
Capítulo 01 - Modelos mentais: o que são e como os desenvolvemos? 6
Como são originados os modelos mentais .................................................. 7
Capítulo 02 - Mentes brilhantes, mentes treinadas 9
O amor inteligente ..................................................................................... 10
Mentes treinadas ....................................................................................... 11
Um novo modelo de educação .................................................................. 11
Capítulo 03 - Potencialize seu cérebro 12
Entendendo a mente ................................................................................. 13
Cérebro ...................................................................................................... 14
Pensamento lógico-matemático................................................................. 14
A memória e a atenção .............................................................................. 14
Os tipos de memória .................................................................................. 15
Inteligência emocional e comunicação ...................................................... 16
Capacidade de planejamento e estratégia................................................. 16
Alimentação e sono ................................................................................... 17
Capítulo 04 - Alguns tipos de modelos mentais. Qual você segue? 18
1. Inversão ................................................................................................. 19
2. Cisne Negro ........................................................................................... 19
3. A Navalha de Hanlon ............................................................................. 20
4. A Navalha de Occam ............................................................................. 21
Capítulo 05 - A lei da atração e o poder da mente 22
A Lei da Atração no mundo do pensamento .............................................. 23
As ondas de pensamento .......................................................................... 24
A Auto Sugestão ........................................................................................ 24
Uma conversa sobre a mente .................................................................... 25
A constituição da Mente ............................................................................ 25
Uma Auto-Sugestão poderosa................................................................... 25
O segredo da vontade ............................................................................... 26
Torne-se imune ao pensamento prejudicial ............................................... 26
Adote a Lei do Controle Mental ................................................................. 27
Treinando o hábito da mente ..................................................................... 27
A Psicologia da Emoção ............................................................................ 28
O poder da atração e a força do desejo .................................................... 28
Lei, não sorte ............................................................................................. 29
Capítulo 06 - Os segredos de uma mente milionária 31
1. Entenda seu modelo mental sobre dinheiro........................................... 32
2. Somos como nossos pais ...................................................................... 32
3. Antes de mudar sua maneira de pensar, avalie tudo ............................. 33
4. Repetir para conquistar.......................................................................... 33
5. Seja positivo .......................................................................................... 34
6. Dedique-se a isso .................................................................................. 34
7. Mire alto ................................................................................................. 34
8. Leve o dinheiro a sério........................................................................... 35
9. Mantenha sua auto estima no topo ........................................................ 35
Capítulo 07 - Seu modelo mental está programado para a riqueza ou para a
pobreza? 36
A abordagem negativa para o dinheiro é uma programação para a pobreza
................................................................................................................... 37
Modelos mentais: tome decisões de forma inteligente .............................. 38
Como fazer uso do conhecimento ............................................................. 38
Quantos itens sua caixa de ferramentas possui? ...................................... 39
Capítulo 08 - Modelo mental pense e enriqueça 40
Desejo ardente .......................................................................................... 41
Fé .............................................................................................................. 41
Autossugestão ........................................................................................... 42
Conhecimento especializado ..................................................................... 42
Imaginação ................................................................................................ 43
Planejamento organizado .......................................................................... 44
Decisão ...................................................................................................... 44
Persistência ............................................................................................... 45
O poder da Mente Superior ....................................................................... 46
A mente subconsciente ............................................................................. 46
Melhore seus pensamentos, melhore sua saúde ...................................... 47
Supere o medo da pobreza ....................................................................... 47
Capítulo 09 - Modelo mental para ficar rico 49
Primeiro Passo: identifique seu atual estado financeiro ............................ 50
Armadilhas da riqueza ............................................................................... 51
Guarde dinheiro para os dias difíceis ........................................................ 51
Ficar rico pelo sentimento errado .............................................................. 52
Achar que não tem muito a aprender ........................................................ 52
Correr atrás do próprio rabo ...................................................................... 52
O modelo mental ....................................................................................... 53
Fator de enriquecimento ............................................................................ 53
Querer ser rico ........................................................................................... 54
Sentir-se rico.............................................................................................. 54
Ser grato .................................................................................................... 54
Autorresponsabilidade ............................................................................... 55
Contágio social .......................................................................................... 55
O exercício do enriquecimento .................................................................. 55
Conclusão 56
Introdução
Você tem muita vontade de mudar seu atual estado financeiro?

Sonha em ficar rico, mas não tem ideia de como começar sua jornada?

O propósito deste e-book é fornecer a você algumas ferramentas mentais,


conhecidas como modelos mentais, que tem o poder de te direcionar rumo à
realização deste sonho.

Sonhar apenas não te levará ao seu objetivo. Mas idealizar, desejar, planejar e
agir o levará. Pensando nisso, apresento a você nos capítulos a seguir,
algumas ferramentas mentais e como adotá-las no seu dia a dia, para te
direcionar a bons resultados.

É por isso que abordaremos vários conceitos como:

• O que são os modelos mentais?


• Como os desenvolvemos?
• Como é possível desenvolver uma mente bem treinada para esta
jornada rumo à riqueza?
• Como potencializar o cérebro para resultados;
• Exemplos de alguns modelos mentais;
• Desenvolvimento e adoção da lei da atração, pensamento tem
poder!
• Como está o modelo mental que você adota? Está direcionado para
a riqueza de fato, ou é um modelo limitador, voltado para a pobreza?
• Dois exemplos detalhados de Modelo mental para ficar rico.

Aproveite o conteúdo deste e-book. É uma coletânea preciosa de


métodos e ideologias de vários líderes que os desenvolveram e
praticaram em suas jornadas rumo a sua riqueza, e de fato conseguiram.
Capítulo 01 - Modelos mentais: o
que são e como os
desenvolvemos?
Modelos mentais são as formas pelas quais sentimos diante das
situações da vida e percebemos o mundo.

Muitos não sabem, mas os modelos mentais podem definir sua capacidade de
agir em meio a diferentes situações da vida, condicionando-as à riqueza ou à
pobreza.

Resumindo, os modelos mentais são o agrupamento de sentidos,


generalizações, pressupostos e regras de raciocínio, que nos influenciam a
entender e agir.

De forma inconsciente, podem atuar em diferentes frentes:

• Na vida pessoal;
• Na vida profissional;
• Nas organizações sociais; definindo como pensamos e interagimos.

Diferentes percepções e ações são conflituosas, sempre que uma pessoa


acredita que a sua maneira de ver as coisas é a única maneira razoável de vê-
las (conforme seu modelo mental).

Muitas vezes o hábito, sendo inflexível, é necessário para atingir eficiência em


cenários estáveis, como acontece quando o piloto automático de um avião é
acionado. Estando nesta condição, o piloto humano consegue realizar outras
tarefas, relacionadas a novas demandas de atenção. Se este mesmo piloto
automático for acionado em meio a uma forte tempestade, a situação muda e a
estabilidade de um piloto automático torna perigoso o transporte.

A condição de inflexibilidade frente a certas condições pode originar extinção


de espécies, culturas, empresas, famílias e pessoas.

Como são originados os modelos mentais

As seguir, quatro fontes que tem o poder de influenciar e programar um modelo


mental:
• Biologia: define a capacidade de realização do ser humano com base
nas suas limitações fisiológicas. Estatura, cor, fisionomia, aparência...
Essas características de certa forma podem influenciar nos negócios.

• Linguagem: elemento estrutural da consciência do homem. Pode


significar sucesso ou não sucesso no mundo dos negócios, dependendo
da forma como for utilizada.

• Cultura: os modelos mentais coletivos são desenvolvidos com base em


experiências compartilhadas, envolvida em um conjunto de valores ou
próprios de cada cultura. É possível que este fator influencie em
relacionamentos pessoais e profissionais. Algumas nacionalidades
possuem descendentes com o espírito empreendedor mais acentuado.

• Experiência pessoal: diz respeito a muitas experiências da pessoa, no


que diz respeito à nacionalidade, à origem étnica, à condição social e
econômica, às influências familiares, ao nível de educação e à maneira
como as pessoas são tratadas por pessoas de sua convivência. Quando
começam a trabalhar e atingem sua autossuficiência, esse feito também é
resultado da sua experiência pessoal, influenciando o seu sucesso ou
fracasso.

De modo prático, os modelos mentais de uma pessoa, se mal construídos,


podem determinar o fracasso nos negócios por conta própria. Da mesma forma
que, quando bem construídos, os modelos mentais podem significar a
superação de dificuldades inerentes a qualquer negócio por conta própria.

Outros fatores também devem ser considerados, como por exemplo os


modelos mentais que são determinantes na formação do pensamento de um
empreendedor. Riqueza, sucesso e felicidade nos negócios não acontecem
para pessoas com modelos mentais negativos, que atribuem ao governo, por
exemplo, a causa de seu insucesso.
Capítulo 02 - Mentes brilhantes,
mentes treinadas
O equilíbrio entre a razão e a emoção é o primeiro passo antes de trabalhar
conceitos de modelo mental.
Antes de falar especificamente sobre os modelos mentais, abordaremos como
a sua mente pode ser brilhante quando treinada corretamente. Essa condição é
estritamente necessária para que tenhamos um bom desempenho junto do
modelo mental para ficar rico.

Sendo assim, abordaremos neste capítulo os tópicos relacionados à condição


que o cérebro tem de se reprogramar para atingir a riqueza.

Criado por Augusto Cury, a obra “Mentes brilhantes, mentes treinadas”


apresenta orientações para quem deseja dominar a si mesmo.

Segundo a obra, é possível atingir um equilíbrio entre a razão e a emoção, a


forma de pensar e a nossa inteligência. Já as mentes apegadas podem
desenvolver transtornos psíquicos controladores, prejudiciais às pessoas ao
redor. Uma mente brilhante surge quando treinamos nossa mente para
construir um amor inteligente e uma mente saudável. É possível atingir êxito na
administração da própria vida e uma “vacina” para prevenir problemas
emocionais e psicológicos.

O amor inteligente

Quando somos muito emocionais, geramos conflitos como medos, ansiedade,


angústias, fantasias bobas e uma preocupação exacerbada pela opinião alheia.
Da mesma forma, quando somos racionais demais, amamos sonhamos pouco.

O amor inteligente é a principal característica da mente equilibrada. Este amor


ainda corre riscos, mas pensa nas consequências. Quando está
desequilibrado, o amor se transforma na superproteção que asfixia a
criatividade, bloqueia a capacidade de lidar com desafios e aprisiona a
determinação.
Mentes treinadas

Todas as pessoas que não conhecem o amor inteligente, estão enfadadas a


viver de migalhas de afeto, de tranquilidade, etc. Externam a imagem de
gigantes, mas na realidade são frágeis e tímidos.

É por isso que a base do amor inteligente estabelece uma relação romântica
com seu próprio ser, relacionando amor pelas outras pessoas e meio ambiente.

Pratique o amor inteligente:

• Supere o conformismo, aceite que há situações que não controlamos;


• Transforme erros em acertos, lágrimas em sabedoria;
• Treine sua emoção e sinta prazer em ver os outros felizes, em vê-los
gastar, viajar, ser reconhecido;
• Aprenda a ouvir mais do que fala e a sentir mais do que pensa.
• Desmistifique seu heroísmo, reconheça sua estupidez, estilhace seu
orgulho;
• Aprenda a se fazer pequeno para tornar os pequenos grandes.

Sem dúvida, o amor inteligente se manifesta em vários tipos de


relacionamentos, sejam eles profissionais ou pessoais.

Um novo modelo de educação

É necessário repensar os modelos educacionais para formar mentes que se


autoconheçam. O futuro da humanidade depende das pessoas desenvolverem
um “eu” lúcido que saiba se conhecer.
Capítulo 03 - Potencialize seu
cérebro
O treinamento de habilidades da mente mantém-nos competitivos e nosso
cérebro saudável.

Neste capítulo abordaremos conceitos compartilhados no livro “Potencialize


seu cérebro”. Na era em que estamos, novas habilidades são potencializadas
para atendimento da demanda moderna. Treinar as diferentes habilidades da
mente, além de evitar a deterioração em uma idade mais avançada, pode
significar otimizar a atuação do cérebro e aumento de competitividade.

Sendo assim, o desenvolvimento do cérebro é benéfico e duradouro.

Potencializar o cérebro envolve 5 temas específicos:

• Pensamento lógico-matemático;
• Memória;
• Criatividade e pensamento lateral;
• Planejamento e estratégia;
• Inteligência emocional.

Entendendo a mente

Nossa mente é formada pelo conjunto de atividades conscientes e


inconscientes, que são mantidas pelo sistema nervoso. Esses processos
psíquicos nos fornecem a habilidade de pensar.

A mente vem sendo objeto de estudo há muitos anos, sempre com o objetivo
de entender mais sobre o pensamento humano. Ainda hoje, mesmo com os
avanços nas áreas da neurologia e psicologia, não há uma única e precisa
definição acerca da mente.

Atualmente, sabe-se que é o sistema nervoso, principalmente o cérebro, o


responsável por arquivar e processar os dados.
Cérebro

O cérebro é o órgão que detém a responsabilidade de processar as


informações que chegam aos sentidos, mantém o controle deles, a
coordenação do movimento, a linguagem, a memória, as emoções e o
aprendizado.

Pensamento lógico-matemático

O pensamento lógico-matemático é um processo realizado pela mente humana


cujo objetivo é elaborar, a partir de dados conhecidos, uma conclusão. Há dois
tipos de conhecimentos:

• Conhecimento físico: obtido pela experiência direta e pela interação com


o ambiente;

• Pensamento lógico-matemático: existe apenas na mente das pessoas que


o constrói. Todas as decisões que tomamos, estão relacionadas com o
tipo de pensamento em questão. Relaciona habilidades como: observar,
analisar, sintetizar, comparar, classificar, ordenar, generalizar, relacionar e
raciocinar.

A memória e a atenção

A memória é a capacidade de armazenar informações e sentidos. Sem a


memória, a aprendizagem não é viabilizada, já que necessitamos das
recordações das experiências para evoluir com as habilidades da linguagem,
do manejo de ferramentas e da realidade que nos cerca.

Nossa memória está fundamentada em 3 processos:

• Registro: algo percebido pelo cérebro e filtrado para ficar ou não na


consciência;
• Armazenamento: para ficar na memória;
• Recuperação: quando recordamos uma informação.

Os tipos de memória

• Memória sensorial: relacionada à retenção de dados que chegam por


meio dos sentidos. As informações ficam retidas por pouco tempo. Esta
memória trabalha fora do controle da consciência;

• Memória implícita: está relacionada com os hábitos – assim como a


memória emocional. Abrange recordações inconscientes. Alguns
exemplos estão relacionados a comportamentos como apertar a mão de
uma pessoa que acabou de conhecer ou pedir desculpa ao esbarrar em
alguém. Esta memória é construída ao longo da vida;

• Memória emocional: faz parte da memória implícita, relacionada com as


emoções. Por exemplo, o medo é uma resposta com base nesse tipo de
memória, sendo totalmente independente da consciência;

• Memória explícita: relacionada ao armazenamento das recordações


conscientes, podendo ser consultada voluntariamente. É formada aos
poucos, à medida que se tenha contato com o ambiente;

• Memória de curto prazo (MCP): ou memória operacional, pois a


informação retida é a que interage com o entorno. Os dados são
armazenados por um breve período de tempo;

• Memória de longo prazo (MLP): nela são armazenados dados como


lugares que visitou, situações vividas, sons, leituras etc. A maior parte
desses dados podem ser acessados voluntariamente, enquanto que
outros podem ser conscientemente buscados a partir de exercícios que
estimulem a recordação;

• Memória visual e verbal: relaciona recordação de imagens, sons, cheiros,


sensações táteis e gustativas. Para maior eficácia, pode envolver vários
sentidos.

Inteligência emocional e comunicação

A inteligência emocional é um conjunto de habilidades que relacionam o


reconhecimento de suas próprias emoções e determinam, nossa maneira de
pensar e de nos adaptarmos ao meio social.

Aqueles que possuem inteligência emocional alta são mais efetivos em seus
trabalhos e têm menos problemas de saúde.

Os órgãos que regulam as emoções são bastante primitivos. Ao perceber uma


mudança no ambiente, eles a avaliam e buscam na memória experiências
similares para emitir uma emoção adequada.

Capacidade de planejamento e estratégia

A capacidade de planejar é uma habilidade intelectual cujo objetivo é fixar uma


meta e estabelecer os passos necessários para chegar nela. Há diversos tipos
de planejamento:

• Análise do passado: relacionada a um estudo do que ocorreu


anteriormente, incluindo os passos dados, para aplicar futuramente diante
de uma situação similar;

• Planejamento para o futuro: leva em consideração a importância e a


urgência.
Alimentação e sono

O estilo de vida, o sono e a alimentação influenciam diretamente no


desenvolvimento das capacidades mentais. As horas diárias de descanso são
essenciais para que o cérebro realize novas conexões. O sedentarismo e a
rotina são inimigos do desenvolvimento cerebral.
Capítulo 04 - Alguns tipos de
modelos mentais. Qual você
segue?
Modelos mentais: adote aqueles que te trarão resultados financeiros
positivos.

Neste capítulo daremos exemplos de alguns modelos mentais existentes:


inversão, cisne negro, navalha de Hanlon e a navalha de Occam, de modo a
facilitar a identificação de qual modelo é o seu.

1. Inversão

Como dizia o matemático Carl Gustav Jacob: “inverta, sempre inverta”. Apesar
de mencionar esta expressão na matemática, ela pode ser relacionada em
nossa rotina diária.

Sendo assim, problemas mais complicados devem ser de forma inversa, e não
de frente.

Veja o problema de forma inversa, sempre como uma oportunidade, não como
dificuldade. Alguns temas:

• Para viver feliz, foque em evitar a vida triste;


• Para ser inovador, foque no que te impede de inovar;
• Para ser mais saudável, foque no que deve parar de fazer.

Vá pelo caminho de evitar a ignorância, porque é mais fácil evitá-la do que ter
uma ideia genial.

2. Cisne Negro

Sempre que temos um imprevisto, agimos como se aquilo fosse uma


impossibilidade.

No entanto, não é porque não imaginaríamos que algo não ia acontecer que
não poderia ser previsto. Dessa forma, nos comportamos como se tivéssemos
encontrado um cisne negro.

Antigamente, cisne negro era quase uma impossibilidade. Porém, com o tempo,
o homem desenvolveu explicações para sua ocorrência após o evento,
tornando-o explicável e previsível.

Quando pensamos como se qualquer imprevisto fosse um cisne negro,


fechamos nossa mente para as possibilidades

3. A Navalha de Hanlon

De certa forma a navalha de Hanlon vai ao contrário da Lei de Murphy, que


prega que as coisas vão dar errado, e na sequência, tendenciar a achar um
culpado e criar uma explicação.

Segundo a navalha de Hanlon: “não atribua à malícia o que pode ser explicado
pela negligência”. Auxilia em decisões rápidas, pensando racionalmente.

Grande parcela das pessoas tende a culpar algo quando há uma falha no que
havia previsto. Acreditam que o mundo está contra.
Realmente, sempre criamos explicações para os eventos de falha, e em todos
os casos, relacionado a uma conspiração maliciosa que muitas vezes não
existe.

Reflita melhor o modo de pensar, uma vez que quando assumimos que há de
fato maldade nas falhas ocorridas, podemos gerar situações indesejadas.

Sendo assim, a navalha de Hanlon contém sua reação (e ao contrário de reagir


com raiva, reaja com educação, com gentileza).

Mas sempre que possível, utilize o contexto, a lógica e evidências, para não
cair na ingenuidade.
4. A Navalha de Occam

Este modelo, assim como a navalha de Hanlon, é muito útil para a tomada de
decisões de forma rápida, de forma simplificada sem muitas evidências.

Este modelo defende que a solução correta é a solução mais simples, focando
sempre no que funciona. No entanto, não é recomendado para decisões mais
importantes ou que envolvem algum risco.

Sempre que for possível adotar a lógica, envolver métodos mais coerentes,
científicos, adote-os. Adote evidências para ter decisões sustentáveis.

Segundo Sherlock Holmes, “Se você elimina o impossível, o que sobrar,


mesmo que improvável, deve ser a verdade”. 
Capítulo 05 - A lei da atração e o
poder da mente
Somos parte do que pensamos ser. Nossa atitude mental geral determina
o tipo das ondas de pensamentos que recebemos dos outros, assim
como os pensamentos que fluem de nós mesmos.

A pessoa que acredita em si possui atitude mental forte de confiança e


determinação não será afetada por pensamentos contrários e negativos que
vêm de outras pessoas. No entanto, quando estes pensamentos negativos
atingem alguém cuja atitude mental está mais fraca, isso aprofunda ainda mais
seu estado negativo.

Neste capítulo abordaremos como você pode direcionar seus pensamentos


para atrair em sua vida apenas coisas positivas e, assim, por meio da Lei da
Atração, conquistar todos os seus objetivos.

A Lei da Atração no mundo do pensamento

Sempre que pensamos, emitimos vibrações. Essas vibrações são tão reais
quanto as vibrações que se manifestam em luz, calor ou som. Mas de uma
natureza muito mais sutil.

Nossos pensamentos possuem intensidades que variam o tempo todo. As


ondas de pensamentos tem em si um poder de atração e influenciam a nós e
aos outros. Os pensamentos que praticamos atrairão pensamentos
correspondentes sobre nossa pessoa da mesma forma, mas produzidas pelas
outras pessoas.

Um exemplo é o do homem mal humorado que contagia a família toda com o


mesmo humor antes do final do café da manhã.

Ao conhecer o funcionamento das Leis da Atração do Pensamento, é possível


se manter calmo e positivo até em ambientes sem harmonia. A lógica disso é
que apesar de gostarmos de jogar a culpa nos outros, no fundo somos
realmente responsáveis pelo ambiente que nos cerca.
As ondas de pensamento

Ondas de pensamento se propagam por todas as direções, exatamente como


as ondas sonoras. Sua intensidade fica cada vez menor de acordo com a
distância percorrida.

Um pensamento forte pode despertar vibrações nas mentes afinadas para


recebê-lo. Muitos dos pensamentos errantes que chegam até nós foram assim
emitidos por outras pessoas. Mas a não ser que entendamos como nos tornar
afinados para receber estes pensamentos é quase certo que estes
pensamentos não nos afetarão. Nossa postura mental é o que em geral que
define a qualidade das ondas mentais que absorvemos.

A Auto Sugestão

Quando sua mente opera de maneira positiva você se sente forte, confiante e
se permite trabalhar bem. Esses pensamentos positivos, se forem fortes,
afetam outras pessoas e fazem com que elas cooperem com você. Por outro
lado pensamentos negativos fazem você se sentir fraco, passivo.

Lembre-se de que você possui o poder de tornar seus pensamentos positivos


com a sua força de vontade. Há mais pessoas vibrando no plano negativo do
pensamento (e portanto, mais vibrações negativas em nossa atmosfera
mental).

Esse é o poder das auto-sugestões e das afirmações, que possuem uma dupla
função:

• Estabelecer novos comportamentos mentais em nós mesmos e assim


nos transformar;
• Aumentam o tom mental para receber ondas de pensamentos positivos
na mesma vibração.
Não se permita ser afetado pelos pensamentos negativos daqueles que o
cercam.

Uma conversa sobre a mente

Na ciência mental temos que aprender a distinguir esforço ativo e esforço


passivo.

• Esforço ativo: resulta de impulsos mentais diretos e propositais, feitos no


momento do esforço;
• Esforço passivo: resulta de esforços ativos anteriores da própria mente,
da mente de outras pessoas ou de um pensamento ancestral.

A constituição da Mente

Estamos formando nossas mentes a cada hora de nossas vidas,


conscientemente ou não. Por meio de nossas escolhas, acabamos formando
uma condição mental da qual não temos nenhum controle.

Um homem ou mulher que é escravo de seus humores, desejos e faculdades


inferiores, não aptos ainda a reivindicar os benefícios do controle da própria
mente.

Uma Auto-Sugestão poderosa

Repita para si mesmo: “Eu estou afirmando o controle do meu Eu Verdadeiro.”

Repita essas palavras de maneira positiva durante o dia por pelo menos uma
hora, especialmente quando estiver confrontado com condições que deixem
tentado a agir por impulso.
Repita essa frase ao acordar e ao ir dormir mas não apenas da boca para fora.
Forme a imagem mental do Eu verdadeiro, impondo seu controle sobre os
planos inferiores da mente.

Como exercício, concentre sua mente no Eu Superior e se inspire nele quando


sentir-se tentado a se render. Quando sentir que vai explodir de raiva, afirme o
“Eu” e sua voz se baixará.

Não permita que seus pensamentos controlem você. O Eu Verdadeiro é o Rei e


os pensamentos são seus súditos, não seus mestres. Se você seguir essas
práticas será uma pessoa completamente diferente ao final de um ano.

O segredo da vontade

É certo que a maioria de nós não queremos trabalhar duro. Existem algumas
práticas que podem ser feitas, como por exemplo, realizar todos os dias, pelo
menos uma tarefa desagradável. Este é um exercício de vontade, por isso, use
o poder da auto-sugestão. Repita para si mesmo “Eu estou usando minha força
de vontade.” Repita isso com frequência, mas principalmente quando se
deparar com algo que pede o exercício da sua força de vontade. Carregue
essas palavras juntamente com seus pensamentos. Na verdade o pensamento
é tudo e as palavras apenas pinos onde penduramos nossos pensamentos.
Diga então com verdade e sentimento.

Torne-se imune ao pensamento prejudicial

O medo é um hábito da mente que se prende em nós por meio de


pensamentos negativos, mas do qual podemos nos livrar com um esforço
especial e perseverança. E a melhor maneira de superar o medo é assumir
uma atitude mental de coragem, assim como a melhor maneira de se livrar da
escuridão é permitir a entrada da luz.
Realize coisas que você já estaria fazendo com maestria se o medo não o
impedisse de tentar.

Isso é verdadeiro para todos os pensamentos negativos. É uma perda de


tempo tentar lutar contra hábitos ruins. Em vez disso deve-se preencher o
espaço mental que ocupam com hábitos mentais bons. Não se deve lamentar a
tristeza, mas sim alimentar a alegria.
Não faça acordos com o medo, a tristeza ou a raiva. Sempre que surgirem eles
devem ser expulsos com um sentimento bom de natureza oposta, que por
definição possui maior força de manifestação.

Adote a Lei do Controle Mental

Seus pensamentos devem ser fiéis criados de sua vontade não apenas quando
você está acordado, mas também quando você dorme. Boa parte de nosso
trabalho mental acontece quando nossa mente consciente está em repouso. É
por isso que muitas vezes pela manhã temos a solução de problemas que nos
atormentaram na noite anterior.

De fato, para quem conhece as leis do pensamento é um absurdo ficar


acordado esquentando a cabeça com estes problemas. Depois que você já
pensou o suficiente em algo, muitas vezes a melhor coisa a fazer é pensar em
algum outro assunto - algo que seja o mais diferente possível do pensamento
que o afligia. Deixe-o ir e mantenha sua atenção em algo totalmente diferente
pelo esforço da sua vontade. Quando você menos esperar a solução estará
nos seus braços. Tente você mesmo.

Treinando o hábito da mente

A melhor coisa que a educação das leis mentais pode nos oferecer é fazer de
nosso sistema nervoso um aliado em vez de um inimigo. Para tanto precisamos
tornar automáticas e habituais o mais cedo possível o maior número de ações
úteis que pudermos e evitar cuidadosamente que elas se desenvolvam de
maneira a se tornar desvantajosas. Ao determinar um novo hábito e abandonar
um antigo tenha o cuidado de fazer com que a iniciativa seja a mais forte e
decidida possível. Nunca deixe acontecer uma exceção até que o novo hábito
esteja seguramente enraizado em sua vida.

Sempre que tiver que fazer uma escolha, faça a si mesmo a pergunta: “quais
dessas ações eu gostaria que se tornasse um hábito em minha vida?”
Devemos sempre estar alerta a formação de hábitos indesejáveis. Pode não
haver mal nenhum ao fazer uma coisa insignificante. Mas pode existir um
grande perigo em estabelecer o hábito de fazer algo que é prejudicial. Lembre-
se: cada vez que você resiste a um impulso sua vontade e resolução se tornam
mais fortes.

A Psicologia da Emoção

As emoções se tornam mais profundas pela repetição. Se alguém se permite


um estado de sentimento tomar o controle sobre ela, achará ainda mais fácil se
render a mesma emoção na segunda oportunidade. Se uma emoção
indesejada começar um processo de fazer morada em sua cabeça, expulse-a
logo no início. Embora não possamos controlar as emoções podemos sempre
controlar a forma como nos expressamos. Recuse-se a expressar uma emoção
negativa e ela morrerá. Conte até dez antes de soltar sua raiva e logo a
ocasião lhe parecerá ridícula. Por outro lado, se passar o dia se lastimando e
respondendo tudo com voz abatida a melancolia não irá embora tão cedo.

O poder da atração e a força do desejo

Para se obter algo é preciso que a mente se apaixone pelo objeto de desejo e
esteja consciente de sua existência a ponto de quase eliminar qualquer outra
coisa. Você precisa se apaixonar por aquilo que deseja conquistar assim como
se tivesse encontrado a mulher ou homem com o qual deseja se casar.
Não quer dizer que precise se tornar um monomaníaco pelo assunto, nem
perder o interesse pelas outras coisas da vida, pois a mente precisa de
recreação, descanso e mudanças. Mas é preciso que tudo adquira uma
importância secundária diante do seu objetivo maior.

Se você dispersa sua força de pensamento em vários sonhos, seu


subconsciente não saberá como agradá-lo e como resultado você não terá toda
a ajuda que poderia ter. Além disso, você perderá o resultado poderoso do
pensamento concentrado para estabelecer os detalhes dos seus planos.
A pessoa que tem a mente cheia de interesses e desejos fracassa ao exercer o
poder da atração que só é conquistado pelas pessoas cuja paixão é
predominante.

Se você for uma pessoa muito ambiciosa selecione qual dos seus objetivos é o
maior e então ame-o ardentemente. Mas apaixone-se só por uma coisa de
cada vez.

Lei, não sorte

Muitas pessoas chamam o sucesso de sorte e o fracasso de azar. A verdade é


que tudo no universo funciona baseado em leis imutáveis. Não há sorte ou
azar, mas apenas causas e consequências. A Lei da Atração é um nome para
uma manifestação da grande Lei única que rege todas as coisas.

A lição mais importante deste livro é que pensamentos são coisas reais. Eles
partem de você em todas as direções, combinando-se com pensamentos
similares emitidos por outras pessoas ou sendo neutralizados por pensamentos
de caráter distintos. Você é atraído e influenciado pelos pensamentos que são
formados pelos seus hábitos e decisões, mas também pelos pensamentos das
pessoas que o rodeiam.

Ao afinar sua mente no tom da coragem, da confiança, força e sucesso você


vai atrair pensamentos de natureza semelhante, pessoas de natureza
semelhante, e coisas e situações que se encaixam em seus padrões mentais.
Pegue o melhor que há no mundo do pensamento.
O melhor já está lá esperando você se harmonizar com ele. Não se conforme
com nada menos do que isso. Encontre as vibrações certas e embarque em
uma parceria com as outras boas mentes do universo.
Capítulo 06 - Os segredos de uma
mente milionária
Elimine da sua rotina as crenças e modelos mentais que limitam a
conquista da riqueza.

Neste capítulo abordaremos um resumo de um dos livros mais vendidos no


mundo, chamado “Os segredos da mente milionária”, de T. Harv Eker. Trata-se
de um livro cujo autor se tornou milionário em apenas dois anos e meio.

Este feito foi possível com a eliminação das crenças, que determinam o
controle financeiro. A seguir, o resumo das dicas de Harv para a adoção das
regras mentais em conjunto com algumas ferramentas.

1. Entenda seu modelo mental sobre dinheiro

Nosso inconsciente possui pensamentos programados sobre dinheiro, que são


originados com base em nossas experiências da infância. Esses pensamentos,
como já abordamos, são os modelos mentais que podem estar voltados para a
riqueza ou para a pobreza.

Geralmente nossos modelos mentais são formados pelos ensinamentos de


nossos pais acerca de dinheiro. Esses ensinamentos permanecem a vida toda,
sendo que as abordagens podem ser positivas ou negativas em relação ao
dinheiro.

2. Somos como nossos pais

Nosso modelo mental, além do que ouvimos nossos pais nos educarem sobre
dinheiro, é formado também pelos exemplos deles nas atitudes e como era a
fonte de renda deles. Alterar a forma dessas crenças no modelo mental que
criamos é muito desafiador. É necessário entender essas crenças e mudar
nossos hábitos.
3. Antes de mudar sua maneira de pensar, avalie tudo

É necessário esforço para mudar o modelo mental em relação ao dinheiro.

Por isso:

• Entenda a fonte de seus conceitos a respeito deste tema;


• Entenda como você é sabotado pelo subconsciente na busca pela
riqueza;
• Avalie sua programação mental, como seus pais o educavam em
relação a este tema e se você se mantém dentro desta educação;
• Avalie sua situação financeira (dívida ou dificuldade financeira), entenda
os porquês;
• Também é preciso substituir as antigas crenças sobre o dinheiro;
• Encontrando o modelo mental sobre a riqueza, este deverá ser
trabalhado diariamente.

4. Repetir para conquistar

Para fixar um modelo mental de riqueza em seu cérebro, você precisa repetir
constantemente, para você mesmo:

✓ Olhe no espelho, repita "Eu tenho uma mente milionária" ou "Quanto


mais dinheiro eu ganho, mais dinheiro ele atrai".

Este exercício precisa se tornar rotina, criando as crenças e hábitos positivos


voltados a riqueza. Adote a afirmação verbal para reprogramar seu cérebro.
Uma das crenças mais impactantes para quem quer enriquecer é saber que
você está no controle do seu destino e não os outros.

Sua riqueza depende apenas de você, assuma o controle de sua vida.

Livre-se de pensamentos que te vitimizam. Aponte seus gastos e investimentos


que não deram certo e pense por que eles não deram certo. Foque no que
você consegue mudar e escolha com mais critério seus investimentos.
5. Seja positivo

Quem vê obstáculos na riqueza certamente não será rico, porque se fecham à


possibilidade de enriquecer. É necessário superar crenças limitantes em
relação ao dinheiro.

Ricos aproveitam oportunidades e correm riscos com altos potenciais de


retorno. Sendo assim, é preciso gostar de verdade deles, admirando-os.

6. Dedique-se a isso

Queira com intensidade ficar rico, e entre em ação para tal. Isso significa:

• Sacrificar-se, trabalhar duro, manter seu foco a todo tempo;


• Tenha comprometimento, desafie-se a crescer e evoluir;
• Estude finanças, investimentos e entenda histórias de pessoas que
ficaram ricas;
• Você precisa ter a iniciativa, dedique-se. Escolha uma área para
explorar.

7. Mire alto

Tenha objetivos desafiadores, só assim se tornará rico.

Vai montar um negócio? Então mire em algo que envolva milhares, milhões ou
bilhões de pessoas. Escolha um negócio independente do seu tempo: caso
você ganha dinheiro em troca do seu tempo, este não é um negócio
interessante, porque tempo é escasso.
8. Leve o dinheiro a sério

Tenha disciplina e inteligência para acumular dinheiro. Lide com dinheiro de


forma sábia. Analise sua real riqueza: seu patrimônio líquido (o valor de tudo
aquilo que você possui). Foque em aumentar este patrimônio a todo o
momento.

Busque uma fonte de renda passiva, que são canais que geram ganhos
constantes, sem depender do seu trabalho:

• Investimentos em ações;
• Fundos de investimento;
• Aluguéis.

Harv orienta ter diferentes contas bancárias: uma para investimentos (com 10%
da renda nela). Transforme seu capital em fontes de ganhos passivos.

Consuma apenas 50% da sua receita com despesas gerais e reserve 10% do
seu para luxos. Mantenha seu custo de vida mínimo.

9. Mantenha sua auto estima no topo

Para ser rico, valorize você mesmo e o quanto você merece o que você ganha.
É necessário saber seu valor e ser capaz de liderar. E, para liderar, deve
encontrar seguidores e vender suas ideias a eles, através de seus pontos
fortes.

Use os 10% da sua receita para luxos. Perceba a vida dos ricos para
desenvolver seu amor próprio.
Capítulo 07 - Seu modelo mental
está programado para a riqueza ou
para a pobreza?

imaginamos, mas o dinheiro pode ter abordagens positivas ou negativas em


algumas famílias. Como exemplo de abordagem negativa, temos expressões
como: "Dinheiro não dá em árvore" ou "Dinheiro não compra a felicidade".
Ouvindo estas expressões, é possível se ter duas formas de reação:

1. Concordar com o que ouve, e assimilar a visão de pouco dinheiro, se


programando a ser pobre;

2. Discordar e assumir uma postura diferente ao que ouviu. Neste caso,


discordar não necessariamente te fará acumular muito dinheiro, pode ser
apenas um sintoma de rebeldia.

Para ganhar dinheiro de fato e acumular riqueza, as pessoas precisam


aprender a abordagem positiva no modelo mental, entendendo que o dinheiro
auxilia a conquistar as coisas. Assim os envolvidos terão mais facilidade para
conquistar mais dinheiro.

A abordagem negativa para o dinheiro é uma


programação para a pobreza

Alguns pensamentos que possuímos em nossa mente são modelos mentais


para tratar de dinheiro. Vários destes pensamentos estão voltados para a
riqueza, enquanto outros estão voltados para a pobreza.

Originado em nossa infância, esse modelo mental nos orienta influenciando em


nossa renda.

Este é o efeito do subconsciente das pessoas: atuar na regulação de sua


capacidade de acumular riqueza, como um termostato. Se ele está muito baixo,
quando as pessoas ganham algum dinheiro extra, elas gastam o dinheiro. Se o
termostato é definido no alto, estamos falando de alguém rico e, caso a falta de
dinheiro ocorra, ela é compensada rapidamente.
Modelos mentais: tome decisões de forma inteligente

Charles Munger não tem apenas uma quantidade de zeros à direita em uma
conta bancária (em bilhões de reais). Sem dúvida ele raciocina muito melhor do
que nós. Por isso, é fácil imaginarmos Munger avaliando relatórios, para filtrar
informações e tomar decisões complexas.

Ele comprime uma considerável quantidade de informações em um número de


agrupamentos de conhecimentos fundamentais, que podem ser aplicados a
uma grande quantidade de cenários do mundo real. Isso facilita o processo de
decisão. Ele usa modelos mentais.

Como fazer uso do conhecimento

Em 1990, durante um discurso, Munger explicou os detalhes sobre o que ele


chama de trançado de modelos mentais. Se os fatos não estão conectados por
algum tipo de conhecimento, você não os terá em uma forma aplicável, e você
não consegue extrair informação.

Para evitar o acúmulo de dados inúteis e fatos isolados você precisa ter alguns
modelos mentais. Isso porque possuir um modelo é o mesmo que ter apenas
um martelo na sua caixa de ferramentas: todos os problemas começarão a se
parecer com um prego.

Além de possuir diversos modelos, eles precisam se originar de diferentes


disciplinas porque nenhuma delas compreende todo o conhecimento do
mundo. Parece muito trabalho, mas, segundo Munger, 80 ou 90 modelos
mentais podem resolver 90% de todos os seus problemas.
Quantos itens sua caixa de ferramentas possui?

Munger faz um paralelo afirmando que a sua caixa de ferramentas possui 30


chaves de precisão, 4 alicates, 7 outras ferramentas, 10 chaves de fenda, 5
chaves estrela, entre outros itens e um tubinho com pelo menos 200 parafusos
diferentes.

Seus modelos mentais compõem sua caixa de ferramentas. Então sim, você
precisa de dezenas de modelos. E eles precisam ser ideias muito bem
fundamentadas e aplicáveis, ou seja, são princípios.

Quando somos confrontados com um cenário, nossa reação inicial é buscar


informações que confirmem aquilo que pensamos. Mesmo quando elas não
confirmam, as moldamos para se encaixar na situação. Isso se chama
heurística da disponibilidade. Se você só tem um martelo, tudo vira um prego.

Para diminuir a chance de cometer erros de raciocínios e de sermos levados


por vieses, precisamos ter uma visão mais abrangente. Se você tem que
apertar um parafuso, você precisa ter uma chave de fenda na sua caixa de
ferramentas.

Se você pegar 100 livros best-seller com ideias “novas”, provavelmente


encontrará um único princípio milenar por trás delas. Ele só está usando uma
máscara diferente. Quase como o Pokémon Ditto — ele muda a própria forma,
mas continua sendo um Ditto.

O trançado de modelos mentais é compreender esses princípios e criar uma


árvore de conhecimentos. Criar uma tapeçaria de modelos é um trabalho longo,
mas a cada novo modelo, a cada oportunidade de aplicá-los, seu entendimento
se aprofunda e suas decisões se tornam mais inteligentes.
Capítulo 08 - Modelo mental pense
e enriqueça
Este capítulo abordará um plano mestre para o sucesso. Tenha-o claro em sua
mente e comece a praticá-lo.

Desejo ardente

O desejo ardente se aproxima de uma necessidade de conquistar ou fazer


alguma coisa. Começa com uma percepção ou ideia e se desenvolve até o
ponto de se tornar a força motriz de cada ação diária.

Para transformar o seu desejo de abundância em realidade financeira, são


propostos os seguintes passos:

• Clareza quanto a meta que você quer obter;


• Estabelecimento de um firme compromisso com tudo o que está disposto
a realizar em troca do dinheiro que você quer;
• Uma data exata em que pretender conseguir esse valor;
• Elaboração de um plano e forma de o colocar em prática o quanto antes;
• Evitar a procrastinação;
• Redija uma declaração concisa e clara de sua missão pessoal;
• Leia essa declaração, pelo menos, duas vezes ao dia – antes de dormir e
ao acordar.

Lechter desafia a ideia de que a fé se refere apenas às crenças religiosas. Para


a autora, a fé consiste em visualizar o desejo e acreditar em sua realização. É
a fé que realmente define o nosso destino, criando o mapa do caminho seguido
pelo subconsciente.

Falta de fé gera negatividade. Enquanto positividade, fé e otimismo lançam as


bases a partir das quais o sucesso é construído. Imbuída de fé você acessa um
tremendo poder que manterá o seu espírito em chamas e a impulsionará
quando seus músculos estiverem fracos e sua mente cansada.
Embora a fé possa ser inspirada, ela reside dentro de você e não pode ser
retirada do seu íntimo: ela é sua para ser desvendada, elevada e compartilhada
com as outras pessoas, a fim de que elas também sejam capazes de encontrar
a fé dentro de si mesmas.

Autossugestão

A autossugestão é a melhor ferramenta de que dispomos para influenciar


nosso subconsciente, é o controle graças ao qual você pode, voluntariamente,
nutrir sua mente com pensamentos criativos ou, negligentemente, permitir que
ideias destrutivas consigam penetrar.

Você é capaz de alterar as circunstâncias a que está submetida, concentrando-


se intencionalmente em pensamentos e ações positivas. Foque em obter bons
resultados em sua vida, pensando firmemente, por um lado, sobre que quer
receber e, por outro, sobre o quanto está disposta a doar em prol de seus
objetivos.

Conhecimento especializado

Os conhecimentos provêm, via de regra, tanto de suas experiências pessoais


quanto da sua capacidade de observação.

O conhecimento geral, por maior e mais variado que possa ser, não apresenta
grande utilidade na obtenção de riquezas. Na prática, conhecimento não atrai
dinheiro, a não ser que ele seja direcionado e inteligentemente organizado para
esse fim.

Diariamente, milhões de empreendedores perdem inúmeras oportunidades de


enriquecimento por ignorar esse simples fato e acreditarem na velha máxima,
segundo a qual “conhecimento é poder”.
Essa frase encerra, no máximo, uma meia-verdade, pois, o conhecimento é
somente a possibilidade de alcançar o poder.

Para que os seus conhecimentos se convertam em poder, você deve aprender


a organizá-los para resolver os problemas e atender as necessidades das
pessoas. Apenas assim você conseguirá despertar o seu potencial adormecido
e transformá-los em dinheiro.

Imaginação

A imaginação é a oficina da sua mente. Você deve recarregar periodicamente o


seu “eu criativo”, a fim de possibilitar voos cada vez mais altos para a sua
imaginação. A autora sugere uma série de iniciativas para potencializar sua
capacidade imaginativa:

• Dormir o suficiente todas as noites;


• Fazer exercícios;
• Caminhar e sentar-se ao ar livre;
• Ler;
• Ouvir boas músicas, que te coloque sempre para cima;
• Se livrar de crenças limitadoras e jamais se comparar aos outros;
• Crer que tudo é possível;
• Carregar sempre um bloco para anotações;
• Sair da zona de conforto;
• Refletir em silêncio;
• Se divertir;
• Criar coisas novas.

Reserve um tempo para a “imaginação” em sua agenda e incorpore essas


práticas em seu dia a dia.
Planejamento organizado

O planejamento organizado é a transformação da sua vontade em ação prática.


Preparar o almoço, pagar as contas, construir algo – tudo requer preparação e
planejamento. O mesmo é válido para edificar sua carreira ou um negócio de
sucesso.

Um plano detalhado e organizado é crucial para mapear seu caminho para o


sucesso. Quando o plano geral estiver montado, elabore uma lista de ações
diárias com, pelo menos, dez itens fundamentais que deseja realizar nas
próximas 24 horas e que a ajudarão a atingir seus objetivos de longo prazo.

A simples tarefa de riscar os itens da lista fará com que você se sinta incrível.
Desafie-se a começar pela ação menos atraente da lista: ao finalizá-la terá um
forte impulso para o prosseguimento do seu dia.

Como você tem múltiplas atividades, para que você possa se cuidar por inteira
é indispensável lidar com os assuntos relativos às suas metas físicas,
espirituais, sociais, mentais, financeiras e emocionais. Caso contrário, quando
atingir o sucesso financeiro, não terá saúde para aproveitá-lo.

Decisão

O oposto exato da decisão é a procrastinação que, por sua vez, é o sintoma de


diversas coisas, incluindo a ausência de propósitos. Porém, as pessoas foram
programadas pelo Ser Supremo para almejar propósito e significado.

Todas as pessoas compartilham uma necessidade interior de preencher de


significado todas as suas ações. Para isso, você tem duas opções:

• Pensar de modo diferente a respeito de sua rotina diária, de forma que


pareça grandiosa e significativa.
• Encontrar decidida e rapidamente coisas que a ilumine devido a um
profundo significado.

A definição de propósito fornecerá esse profundo significado à sua vida.


Quando seu objetivo de vida estiver perfeitamente alinhado com os objetivos
do seu negócio, você será irrefreável. Em seguida, basta deixar a mágica
acontecer.

Em sua busca de propósito e significado, as pessoas se tornam grandes


empreendedoras. Você começará sua jornada com insuperáveis vantagens,
pois, você possui:

• Espírito colaborativo e de equipe;


• Capacidade de ouvir ativamente;
• Transparência, solidariedade e intuição;
• Alegria em dividir o crédito de suas realizações.

Persistência

O estado mental adquirido pelo cultivo da persistência sustenta o esforço


requerido para induzir a sua fé. Para treinar essa característica tão importante,
você deve conjugar:

• Propósito definido: para ser persistente, é necessário saber exatamente o


que você quer;
• Desejo: é mais fácil continuar sendo persistente na busca intensa do seu
objeto de desejo;
• Autoconfiança: acreditar em sua capacidade o encorajará a seguir em
frente;
• Planos definidos: sua persistência será encorajada se você tiver um plano
bem organizado;
• Conhecimento exato: conhecer a solidez dos planos baseados em
observação e experiência;
• Cooperação: compreensão, simpatia e cooperação harmônica com os
colaboradores tende a potencializar a persistência;
• Força de vontade: o medo pode ser efetivamente superado pela forçada
repetição de atos de coragem;
• Hábito: a persistência é diretamente gerada por bons hábitos.

O poder da Mente Superior

A Mente Superior consiste na coordenação de esforços e conhecimentos entre,


pelo menos, duas pessoas, com o intuito de atingir um propósito definido.
Lechter descreve dois benefícios distintos da Mente Superior.
Em primeiro lugar, os evidentes benefícios econômicos dos resultados
alcançados com o esforço coletivo. Você obtém o beneficio da educação,
experiência, imaginação e aptidão das outras mentes com a sua Mente
Superior. Essa aliança cooperativa é o verdadeiro alicerce das grandes
fortunas.

Em segundo lugar, a autora descreve os benefícios espirituais do esforço


coletivo: duas mentes reunidas criam, necessariamente uma terceira força
intangível e invisível: uma terceira mente.

Esse espírito de profunda harmonia gera uma energia que fica à disposição
dos membros do grupo.

A mente subconsciente

A mente subconsciente é o elemento conector da sua vontade de realização.


Infelizmente, muitas pessoas não têm consciência de que estão se
autossabotando o tempo todo.

Para que isso não aconteça com você, Lechter recomenda:

• Policiar-se constantemente para evitar julgar os outros;


• Transformar pensamentos relacionados à autoestima em pensamentos
voltados a empreender seu máximo esforço;
• Considere os erros e o fracasso como oportunidades de aprender,
impedindo que essas situações definam que você realmente é;
• Ser bom com você mesmo, aceitando a existência de sentimentos bons e
ruins em seu âmago. Se você não deve julgar os outros, tampouco
convêm julgar a si própria;
• Demonstrar compaixão e empatia quando as pessoas expressarem suas
emoções;
• Substituir o desejo de ser o melhor pela vontade de fazer, sempre, o
melhor.

Melhore seus pensamentos, melhore sua saúde

Sobre o que você costuma pensar de forma negativa? Talvez, esses


pensamentos destrutivos estejam relacionados à sua família, ao seu trabalho
ou à sua autoimagem. Para melhorar esses pensamentos e,
consequentemente, melhorar a sua saúde:

• Faça exercícios, pelo menos, duas vezes por semana;


• Adote uma dieta saudável, a fim de obter boa nutrição para o corpo e para
a mente;
• Reserve alguns momentos, todos os dias, para relembrar os
pensamentos negativos que você deixou habitarem sua mente;
• Incorpore o humor em sua rotina. Estudos comprovam que o humor
contribui para a redução do estresse e ajuda a ser mais otimista;
• Crie ambientes positivos em sua casa e seu trabalho;
• Limite o tempo que você passa com pessoas negativas e que lhe fazem
mal de alguma forma.

Supere o medo da pobreza

É possível superar o medo da pobreza por meio da educação. Você mesmo


pode dar o primeiro passo para conquistar sua independência financeira
apenas ficando ciente da sua atual situação.
A seguir, a autora sugere alguns passos adicionais para você se livrar, de uma
vez por todas, desse medo:

• Estabeleça objetivos financeiros – aqui, vale a pena contar com o auxílio


de um consultor profissional;
• Obtenha educação financeira;
• Nesse quesito, confie apenas em si mesmo;
• Gaste menos do que ganha;
• Crie um fundo para emergências;
• Invista no mercado financeiro, ainda que, a princípio, com valores baixos;
• Fique atento à gestão diária do seu dinheiro;
• Trabalhe para deixar sua pontuação de crédito tão alta quanto possível;
• Não use o dinheiro para sentir-se bem consigo mesmo;
• Aprenda a partir dos seus erros.
Capítulo 09 - Modelo mental para
ficar rico
É necessário saber seu ponto de partida e chegada para ter seu caminho
até a riqueza.

Neste capítulo compartilharemos algumas das diretrizes abordadas na obra


“Criação de Riqueza”, de Paulo Vieira. Com ele, você terá um guia para mudar
as suas condições financeiras e conquistar sua prosperidade.

Se você tem atravessado situações complicadas ou ainda não conseguiu


alcançar o nível financeiro que deseja, este capítulo é para você.
Descubra o que está te travando e qual o modelo mental poderá seguir para
ficar rico.

Primeiro Passo: identifique seu atual estado financeiro

Identifique seu estado atual no desempenho financeiro. Liste elementos como:

• Fonte de renda (média);


• Total de contas mensais (valor);
• Total de dívidas, juros a cada uma delas;
• Total de investimentos e aplicações;
• Alocação de investimentos;
• Rentabilidade por investimento;
• Patrimônio líquido.

Uma vez levantados estes dados, consegue-se caracterizar a situação real das
suas finanças. Confrontado com a realidade, você pode responder de duas
maneiras principais:

• Interpretá-la como positiva e satisfação pela conquista; ou


• Sentimento de dor.

A consciência do atual estado financeiro demonstra que você está nessa


jornada e o quanto ainda falta avançar rumo aos seus objetivos predefinidos.
É tendo clareza de onde está em sua vida financeira e aonde quer chegar, que
sua jornada é delimitada.

Armadilhas da riqueza

Até mesmo a riqueza pode gerar algumas armadilhas. A falta de atenção a


esses elementos pode prejudicar significativamente o seu caminho até a
prosperidade e o sucesso financeiro.

Guarde dinheiro para os dias difíceis

Geralmente quem poupa para os dias difíceis tendem a negligenciar os


mecanismos mentais. A maioria faz, afirmações como: “guardei esse dinheiro
por 10 anos. Como seria minha vida agora caso não tivesse essa quantia para
solucionar meus problemas?"

Muito provavelmente se essas pessoas não tivessem guardado dinheiro para


superar os dias mais difíceis, os problemas não aconteceriam.
O poupador não reconhece que está repetindo uma autossugestão que pode
proporcionar a condição:

• Esperar pelos dias difíceis;


• Guardar dinheiro para estes dias;
• Atrair ou produzir dias difíceis;
• Gastar o dinheiro guardado com os dias difíceis.

O sucesso está no que fazemos, no como e no porquê fazemos. Não há


problemas em ter dinheiro armazenado e utilizá-lo em eventuais emergências.
Mas problemas acontecem quando você define uma meta de ter dinheiro para
gastar nos dias difíceis.
Ficar rico pelo sentimento errado

Quando se almeja enriquecer com o sentimento certo, tanto o caminho trilhado


como o final da jornada são sempre benéficos.

Mas quando a busca pela riqueza se converte em raiva do passado, pelo temor
de reviver as frustrações ou compensar sentimentos de inferioridade, não
somente o caminho será mais árduo como também o enriquecimento não trará
paz de espírito.

Achar que não tem muito a aprender

O enriquecimento depende de 3 variáveis-chave, a saber:

• Rentabilidade sobre investimentos;


• Poupança para investir;
• Renda mensal.

Ricos são aqueles que dominam essas 3 variáveis. Portanto, devem saber
como aumentar suas rendas, como guardar o máximo do que ganham, e se
especializar em investimentos.

Correr atrás do próprio rabo

Forme mais ativos do que passivos, este é um dos segredos mais bem
guardados dos ricos.
Para esclarecer, conceitos de ativos e passivos, segundo o modelo mental para
ficar rico:

• ativos: o que pode ser criado ou adquirido, dando-lhe dividendos ou


renda. Desse modo, um ativo ajudará a elevar seu poder aquisitivo ou
garantir a sua independência financeira. Exemplo: imóveis para locação
ou venda, direitos autorais, etc.;

• passivos: o oposto do anterior. Pode gerar despesas periódicas. Reduz


suas rendas na medida em que compromete parte dos seus ganhos com
novos gastos. Exemplo: dívidas para manter bens consumíveis, gastos
com automóveis, apartamentos residenciais etc.

O modelo mental

Articulando seus atos, sentimentos e pensamentos corriqueiros frequentes,


tem-se uma crença, um modelo mental. Este pode ser refeito sempre que for
alterado qualquer um desses 3 canais neurológicos.

Se a sua comunicação financeira não for positiva, você gerará apenas


resultados e crenças negativas. Similarmente, se os seus pensamentos forem
positivos, os seus resultados e as suas crenças também serão.

Lembre-se: sentimentos positivos promovem progresso e sentimentos


negativos promovem fracasso.

Fator de enriquecimento

Ser rico não se resume à condição financeira. É um estilo de vida, de estado de


espírito de abundância. Trata-se de uma forma diferente de sentir, pensar e se
comunicar.
Para conquistar uma vida farta e rica, lembre-se que a prosperidade e a
riqueza guardam, na realidade, pouca relação com o dinheiro em si. Este por
sua vez, deve ser considerado uma energia emocional, a concretização de
suas ideias e crenças sobre o mundo à sua volta e sobre si mesmo.

Querer ser rico

Primeiro requisito para enriquecer, é a vontade de ser rico. No entanto, será


que a intensidade deste desejo é o bastante?
O sucesso é uma construção das pessoas que se mostram capazes de adiar
os prazeres imediatos em prol de um prazer futuro ainda maior.

Sentir-se rico

Sinta-se rico hoje: esta é outra forma de conquistar a riqueza material e


financeira. Independente se hoje você mal paga suas contas.

Conforme abordado em outro tópico, se você for capaz de se sentir rico agora,
será mais fácil focar nas coisas certas. Os sentimentos vêm antes das
conquistas e realizações. Desta forma, os sentimentos de pobreza geram e
atraem condições de pobreza, ao passo que os sentimentos de riqueza geram
e atraem condições de riqueza.

Ser grato

Pratique a gratidão. Sem dúvida a gratidão é um dos mais importantes


requisitos para a criação de riqueza. Precisa ser expressa e comunicada por
meio de ações e palavras. A partir de uma intensa comunicação de gratidão
surgirá uma nova forma de pensar.

Isso significa que uma forma grata de pensar possibilita o surgimento de um


estado de plena gratidão por tudo que o cerca. Produz, portanto, aprendizados
que são aproveitados e percebidos pelas pessoas mais sábias.
Quem pratica a gratidão em seu dia a dia está um passo à frente dos demais,
tanto em sua condição financeira quanto em todos os demais aspectos da
existência.

Autorresponsabilidade

A autorresponsabilidade é a crença de que cada indivíduo tem exatamente a


vida que merece. Essa afirmação é realizada com base no reconhecimento de
que não existem coincidências colhemos hoje o que semeamos ontem.

Contágio social

O homem vive em constante criação e recriação de suas redes de


relacionamentos. Tendenciamos a buscar quem possui semelhanças conosco,
sejam características psicossociais, sonhos, histórias de vida, interesses.

Esse mecanismo ocorre para que a própria sociedade cresça e se perpetue em


determinadas direções. Na medida em que indivíduos se agrupam por
similaridade, se apoiam e enfrentam desafios unidos, tornando-se capazes de
crescer e sobreviver como grupo social.

O exercício do enriquecimento

Há um conjunto de comportamentos fundamentais que levam ao


enriquecimento. Esses comportamentos devem ser vivenciados na proporção e
na sequência certas. Exercite a sequência que, quando repetidamente, produz
mudanças imediatas e extraordinárias em sua vida financeira:

• Pagar-se primeiro (guarde parte dos seus ganhos mensais);


• Pagar todas contas;
• Doar;
• Poupar para os sonhos;
• Investir para enriquecer.
Conclusão
Preparado para ficar rico? Releia este e-book quantas vezes for
necessário.

Este e-book compartilhou com você que a forma de pensar sobre dinheiro,
riqueza e prosperidade está muitas vezes baseada nas crenças programadas
em sua mente, ainda durante sua infância.

Para conquistar resultados consolidados, é necessário que você entenda de


fato como cada um dos princípios de modelos mentais são formados. Também
são importantes as limitações e trabalhar para desenvolvê-las constantemente
se você quer realmente se tornar rico. Reafirme constantemente seu
compromisso com a prosperidade e dê o melhor de si para realmente alcançá-
la.

Traçar metas significa se comprometer a ser algo que você ainda não possui,
não faz ou não é. Estabelecer e realizar as suas metas é se tornar diferente e,
até mesmo, se tornar melhor ou mais capaz do que você tem sido. Quando
você segue em direção a uma meta, deixa a zona de conforto e ativa o seu
potencial adormecido.

Quem não se acostuma a estabelecer objetivos e metas tende a se concentrar


nos problemas do passado, perdendo tempo com atividades improdutivas e
fofocas. Isso se dá, talvez, porque ninguém nunca lhes disse que o ideal é
dedicar mais tempo e esforços às suas metas.

Pessoas focadas em objetivos e metas não desperdiçam tempo com


ressentimentos, hábitos improdutivos ou negativos e com ambientes ou
pessoas que podem interromper sua jornada rumo à riqueza.

O equilíbrio é uma das coisas mais difíceis de se obter. Quanto maior for o seu
sucesso, mais complicado será manter a perfeita harmonia dos mais diferentes
aspectos que compõe a sua vida.

Nossa mente não recebe qualquer tipo de pensamento. Recebe aqueles que
estão afinados com sua própria vibração.
Portanto, pensamentos de otimismo, coragem e alegria atraem e reforçam
pensamentos semelhantes.
Da mesma maneira pensamentos de tristeza, apatia e covardia atraem e
alimentam uns aos outros.

Infelizmente a maioria das pessoas não controla as próprias emoções mentais.


O resultado é que se tornam escravas dos pensamentos e não o mestre deles.
Essas pessoas acabam sendo emissores contínuos e inconscientes de
pensamentos desordenados e quase sempre negativos. A boa notícia é que
um pensamento positivo é muito mais forte que um negativo.

Uma onda de amor pode afastar muitos pensamentos de ódio, medo e tristeza.
Por isso devemos sempre observar que tipo de pensamento estamos atraindo.
Para tomar as rédeas deste mecanismo, podemos usar o poder da auto-
sugestão. Não podemos permitir que sentimentos aleatórios que surgem do
nada controlem nossa vida, e assim devemos extirpá-los tão logo antes que se
manifestem.

Entretanto, se utilizar consistentemente as orientações oferecidas por este e-


book e olhar sempre para dentro de si mesmo, conseguirá permanecer
aterrado aos seus valores, em contato com as coisas que mais importam, com
um forte equilíbrio emocional.

Releia este e-book quantas vezes achar necessário, até que esteja ciente dos
passos a dar, e adote melhorias sucessivas rumo ao seu sucesso!
Agora que você já está no caminho da prosperidade te
convidamos a conhecer também o método “Manifestando O
Segredo” para potencializar ainda mais seus resultados!

Manifestando o Segredo é uma coleção de áudios criada pelo físico


inglês John Brower, natural da cidade de Brixton e formado pelas
unidades de Cambridge e University College London. O programa
recebeu o apoio de engenheiros e neurocientistas entre os anos de
2002 e 2005. Isso tudo porque o objetivo era criar uma forma pura
das ondas Theta – que atingem diretamente o subconsciente.

Essas ondas Theta ajudam a reprogramar o subconsciente para


que você “edite” sua atenção e sua memória. Dessa maneira, você
consegue parar de concentrar o seu tempo nos seus problemas – e
começa a focar nos resultados. É como se estivessem “apagando”
as partes ruins... e liberando espaço para coisas novas.

Clique na imagem abaixo para conhecer