Você está na página 1de 1

Ata Reunião 16/11/16

Presentes: Jéssica, Bruno, Larissa, Isabelle, Lilian, Lucas, Ayla, Maurício


Jéssica iniciou a reunião dando informes acerca do acidente de Tainá, a qual foi atropelada por
uma moto. Jéssica ficou de entrar em contato com a família para avaliação psicológica da jovem.
Peixinho falou da possibilidade de entrarem em contato com o serviço de odontologia da
Bahiana, a fim de atendimento odontológico.
A data do Sarau ficou definida para 10/12, às 09h, no Centro Espírita Luz Eterna.
Foi relatada a necessidade de rever o conteúdo da ficha de inscrição, acrescentando uma
autorização do direito do uso de imagem para ser assinada pelos pais.
Bruno relatou a necessidade de elaboração de um formulário de avaliação do curso, para ser
entregue à UFBA. Este documento também consistiria numa avaliação dos jovens que
frequentaram o curso, para saber quais deles irão passar para o próximo nível.
Lucas indagou sobre a possibilidade de um jovem recém-inscrito participar das aulas de inglês
neste período de fim de ano. Ficou acertado que novos jovens entrarão nestas atividades (Inglês,
Português e Música) no início do ano que vêm. Segundo Larissa, as aulas de inglês já podem ser
divididas em nível 1 e 2, a partir do ano que vem. Ayla levantou a possibilidade de dividirmos os
jovens do grupo de segunda por grupos etários.
Jéssica colocou no grupo a possibilidade dada por Peixinho deles usarem uniforme para a
entrada nas atividades. Foram discutidas vantagens e desvantagens do uso do uniforme. Jéssica
relatou que nas atividades de música, são elaborados exercícios que eles devem fazer em casa,
onde os alunos que estão mais adiantados funcionam como tutores daqueles menos adiantados.
Ayla relatou que Ônix e João Victor entraram na sala de informática, que estava com a porta
aberta. Foi colocada a necessidade de uma maior observação ante o comportamento de Ônix,
durante as atividades. Ayla e Maurício colocaram no grupo a experiência de estabelecer um
limite (30’) no horário de chegada dos jovens nas atividades.
Jéssica relatou sobre o resultado do pedido para colocar uma Mob (mobilizadora da paz) na
entrada do espaço, de forma a fiscalizar o trânsito dos jovens no espaço. Também relatou sobre
a criação da biblioteca comunitária, que ficará no corredor do espaço de educação em saúde.
Karine (assistente social do CCVP) solicitou ao grupo um treinamento para ser dado aos pais dos
jovens, para que estes possam ser voluntários na manutenção da biblioteca.
Os membros do grupo falaram das respectivas disponibilidades de horário para o ano que vem.
Jéssica relatou acerca do aniversário de Emilly (26/11), ao qual o grupo foi convidado.