Você está na página 1de 9

MITOS RELACIONADOS AO

MANEJO FLORESTAL
Curador: Prof. Eric Bastos Gorgens

MITOS

OU

VERDADES

UFVJM
2019
PREFÁCIO
A comunicação científica é um grade
desafio no mundo atual de mídias digitais.
A comunicação sempre foi uma
ferramenta importante para integração,
mobilização, instrução e desenvolvimento.
Atualmente o volume de informação e a
rapidez com que ela se espalha facilita a
disseminação de inverdades, bem como
incentiva uma superficialidade na
compreensão dos fenômenos atuais. A
relação da sociedade com os recursos
naturais sempre foi conflituosa, mas é
possível pensar no uso dos recursos
naturais de forma racional e sustentável.
Este trabalho dos alunos do curso de
Engenharia Florestal da UFVJM, busca
apresentar de uma forma diferente a base
científica por trás do manejo florestal.

Professor Eric Bastos Gorgens


Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
MANEJO DE PRODUÇÃO
EM FLORESTAS NATURAIS
DA AMAZÔNIA

‘‘A maior parte dos recursos florestais


é cortado por ocasião da implementação
dos planos de manejo florestal’’
Em um plano de manejo atual:
15% das árvores comerciais
15%
75%
PodeM ser Desbastadas
10%
das árvores
75%
10% das árvores comerciais são mantidas
devem ficar como matrizes

diâmetro permitido de corte


Em média, 60% do número
Maior ou igual
de árvores encontram-se 50 cm
no centro de classe
de 45 cm.
TOPOS DE MORROS
ENCOSTAS
declividade > 45º
áreas de preservação permanente (APP)
NASCENTES são mantidas integralmente
MATA CILIAR
UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI
FCA – FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Disciplina: Estrutura, Dinâmica e Manejo de Florestas Nativas
Discentes: Alan Gonçalves de Jesus - Bruno Henrique Ribeiro Pereira
Referência: MANEJO DE PRODUÇÃO EM FLORESTAS NATURAIS DA AMAZÔNIA: MITOS E VERDADES. Embrapa Florestas, Empresa Brasileira de Pesquisa
Agropecuária, Colombo, Paraná, Brasil: Nativa, 2015-2015. 2019. ISSN 2318-7670
O manejo adequado garante a sustentabilidade da floresta
MITO
Se a floresta não recupera o volume extraído
durante o ciclo, o manejo não é sustentável
“Recuperação” da madeira árvores com
diâmetro iguais ou superior a 30 cm.
CICLO DE CORTE
Intervalo de tempo de 35 anos com uma
produção em média de 30 m³.ha.ano

Intensida Fonte: FQNT.Wood

de de
corte
• Estrato
70% superior

20% • Estrato
médio
Fonte: pt.dreamstime.com

Braz, E. M., & de MATTOS, P. P. (2015). Manejo de produção em florestas naturais da Amazônia: mitos e
verdades. Embrapa Florestas-Artigo em periódico. Autor: Brenda Thaís B. Alencar
MITO OU VERDADE
MANEJO DE PRODUÇÃO
EM FLORESTAS NATURAIS
DA AMAZÔNIA

Protegemos as espécies quando elevamos o


DAP mínimo de corte

MITO!
Curva de crescimento
O manejo deve
explorar a taxa
X: Volume (m3/ha)
ótima de
estoque.
T: Idade (anos)

Espécies madeireiras VERDADE!


possuem um diâmetro de
máxima produção, após
esse ponto o seu
incremento decai.
Fonte:(SilverV; Suriya Phosri/Montagem sobre reprodução)

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL


Manejo de Florestas Nativas
Carolina Fernandes, Pietra Xavier.
Fonte: Braz,E.M.,et de MATTOS,P.P.(2015) Manejo de produção em florestas naturais da Amazônia : Mitos e verdades; <div>Icons made by <a
href="https://www.flaticon.com/authors/freepik";https://www.vestibulandoweb.com.br/biologia/populacoes.asp
MITO OU VERDADE
"O manejo só é sustentável se recuperar
a distribuição diamétrica inicial!"
Grupo: Dauvane Macinele Gomes dos Santos e Thalysson Bruno dos Santos
Disciplina: Estrutura, Dinâmica e Manejo de Florestas Nativas

Uma floresta primária não tocada pode estar semi-estagnada há mais


de 150 anos, ocasionando baixos incrementos de volume.

A regeneração fica comprometida Ao longo do tempo a estrutura em


em uma floresta superestocada pelo J-invertido e o incremento total da
baixo acesso a luz às árvores floresta pode ser descaracterizado.
menores.

Fonte: João Lima e João Leão Fonte: Diego Aguiar.

Aguardar que a floresta


atinja a distribuição Crescimento
diamétrica inicial é esperar
que ela envelheça e volte ao
seu ponto de estagnação.
Fonte: Flaticon.com

Manejo florestal
sustentável
Proporciona uma
adequada dinâmica das
classes de diâmetro que Fonte: Mata Nativa.

possam contribuir com o


incremento em volume.
Referência:
BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. Manejo em florestas naturais da amazônia: mitos e verdades. Nativa, Sinop, v.03, n. 04, p. 292-295, 2015.
MITO OU VERDADE
A RETIRADA DE SOMENTE 30 m³ É IDEAL PARA
TODA AMAZÔNIA ?!  MITO!!!

BIOMA AMAZÔNIA ENTENDA O MITO:


5.217.423 Km²

INCREMENTO MÉDIO ANUAL Assim, em alguns sítios a


(PINTO, 2008) capacidade de recuperação será
subestimada, prejudicando o
setor produtivo, e em outros
Pela legislação será superestimada
0,86 m³/ha/ano comprometendo a capacidade
produtiva da floresta.
A legislação atual preconiza um
Estudos científicos valor para o IMA, que muitas
4,5 m³/ha/ano das vezes desfavorece a prática
correta de manejo.

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL


Manejo de Florestas Nativas
Abnaria Moura, Átila Coimbra, Karla Flávio.
Braz, E. M., & de MATTOS, P. P. (2015). Manejo de produção em florestas naturais da Amazônia: mitos e verdades. Embrapa Florestas-Artigo em periódico indexado (ALICE).
AMAZÔNIA
MITO SOBRE MANEJO SUSTENTÁVEL
Clara de Almeida GUERRA, Sabrina PEREIRA
FLO103- Estrutura, dinâmica e manejo de florestas nativas

Devem-se aumentar os ciclos para


que sejam sustentáveis
RESOLUÇÃO CONAMA 406/2009
É o período de tempo
(quantos anos) que deve se  Ciclo de corte: 25 a 35 anos;
esperar para, após a
exploração, ser possível  Intensidade máxima de corte: 30 m³
fazer uma segunda há-¹;
exploração.
 Intensidade máxima / ciclo de corte: ≤
a 0,86 m3 ha-¹ ano-¹.

Fonte: Shutterstock.com

É o diâmetro mínimo de uma


árvore, medido a 1,3 metro de
altura a partir do solo, para
que seja possível explorá-la
1,30 m

Fonte: Flaticon.com

O aumento MAIORES DIÂMETROS


 Não produz incremento liquido, só bruto;
do Ciclo de
corte é  Aumento na taxa de mortalidade;
diretamente
proporcional  Sobrevivência baixa em classes altas (> 70 cm).
ao Diâmetro.
BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. Manejo em florestas naturais da Amazônia: mitos e verdades. Nativa,
Sinop, v.03, n. 04, p. 292-295, 2015.
MITO OU VERDADE
MANEJO DE PRODUÇÃO
EM FLORESTAS NATURAIS
DA AMAZÔNIA

As melhores árvores são retiradas


no manejo de florestas naturais
prejudicando árvores futuras!

Essas árvores
Árvores mais
geralmente de grandes
espessuras muitas das antigas nem
vezes apresentam sinais
de senescência como a sempre são as
presença de ocos ou
melhores

40%
defeitos no fuste

Árvores com
melhor
qualidade de
Das árvores
fuste podem ser
comerciais podem
ser rejeitadas por encontradas
ocos ou defeitos em classes
no fuste menores
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL
Manejo de Florestas Nativas
Iolanda Araújo, Thalita Saraiva.
Fonte: Braz,E.M.,et de MATTOS,P.P.(2015) Manejo de produção em florestas naturais da Amazônia : Mitos e verdades; <div>Icons made by <a
href="https://www.flaticon.com/authors/freepik"

Você também pode gostar