Você está na página 1de 1

O contato com a arte pode ser feito através de exposições e vendas ou através de ministrações de aulas.

Infelizmente não é todo mundo que possui essa sensibilidade e talento para passar adiante. Mas se você
possui esse dom e não está mais aguentando guarda-lo com você e deseja transmiti-lo ao mundo, confira só
essas 7 dicas para dar aulas de arte.

#Dica 1: Domine a Técnica Que Você Deseja Ensinar


Descubra qual é a técnica em que você se sai melhor e especialize-se nisso. Até porque se você não conhecer
muito bem o assunto, de alguma forma seus alunos saberão. E imagina só que chato perder os alunos por
não dominar a própria área?!
#Dica 2: Aposte nas Apostilas de Arte
Por não ser obrigatório o uso de apostilas, vai a critério do professor. Alguns gostam de utilizar por
acharem uma ferramenta eficaz de aprendizagem. Outras já nem tanto e preferem mais a  prática a
anotações.  No entanto, independente das preferências, estudos comprovam que fazer alguns registros
durante a aula podem ser benéficos para absorção do conteúdo.
#Dica 3: Comunique-se de Forma Didática
Se seus alunos forem iniciantes no mundo da arte, você deve ter em mente que eles vão precisar de uma
explicação bem clara. Busque sempre novas formas de ensino para que as técnicas sejam bem
compreendidas por eles. Eles precisam fazer a diferença no mercado e demonstrar que foram muito bem
ensinados por um profissional.

Não há nenhum mistério em dar aulas de artes. Seguindo essas dicas e incrementando com uma bela
divulgação, suas aulas serão as mais badaladas de sua cidade. E aí, bora começar?!

Bases do desenho para as crianças


Através de todos esses temas, as crianças podem facilmente aprender os conceitos básicos de desenho e
aperfeiçoar sua técnica.

Entre os essenciais, encontramos (de acordo com as idades):

• Desenho linear: aprenda a desenhar formas, desenhar os contornos de um objeto, respeitar as


proporções…
• Desenho em perspectiva: para passar do desenho em 2D para 3D, o professor de desenho deve
transmitir as técnicas essenciais. Esse é um passo essencial para dominar a arte do desenho realista.
• Técnicas relacionadas a diferentes ferramentas: qual ferramenta para qual suporte? Para que efeito?
As aulas de desenho são uma oportunidade para se familiarizar com todos os tipos de ferramentas:
tinta acrílica, guache, pintura a óleo, lápis, pastel, caneta, carvão, pedra 
•  negra…
• Os efeitos da estrutura, sombra e luz… Como dar profundidade ao desenho e reproduzir o que
vemos? Aprendemos aqui a tocar nos detalhes para fazer reproduções fiéis à realidade, para passar
uma emoção ou para valorar um elemento preciso do desenho.
• Desenho de valores (ou em massas): como jogar nos volumes, os efeitos de luz e fazer aparecer os
formulários graças ao contraste assim criado? Uma atividade para cursos avançados que requer
uma boa base de desenho.
Assim fica mais fácil desenvolver o seu sentido artístico com o desenho. As oficinas de desenho também
são uma oportunidade para aprender sobre a pintura.

Portanto, aprender desenho visa primeiro refinar os recursos, desenvolver um domínio do gesto e adquirir
automatismos. Posteriormente, o trabalho se concentra em aspectos técnicos específicos que permitem às
crianças descobrir novas facetas da arte do desenho.