Você está na página 1de 18

AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA – PRIMEIRO ANO

1. (UNESP) A Sociologia nasce sob a influência de duas Revoluções: a Industrial e a


Francesa. Que aspectos da Revolução Industrial mais influenciaram a formulação de
problemas e conceitos pela Sociologia?

a) A situação da classe trabalhadora, a transformação da propriedade, a cidade


industrial, a tecnologia e o sistema fabril.
b) O crescimento do radicalismo, a situação da classe trabalhadora, a religiosidade
popular e o conservadorismo.
c) O sistema fabril, o conservadorismo, o individualismo e a situação dos trabalhadores
rurais.
d) A religiosidade, as mudanças na família, o individualismo e a transformação da
propriedade.
e) O desenvolvimento da ciência, a situação da classe trabalhadora, a religiosidade
popular, a tradição e o racionalismo.

2. (UNESP) “Além disso, tomamos desse documento a ideia de que a proposta


curricular não pretende “formar sociólogos, mas sim contribuir, através da visão
sociológica da realidade, para a formação de cidadãos dotados, no mínimo, de
discernimento e de capacidade de perceber relações novas e não triviais entre os
elementos das suas experiências de vida. Assim, o alvo do aprendizado não é a
apreensão de conceitos, mas uma relação com a realidade social mais nuançada e
diferenciada do que a do senso comum.”
(Proposta Curricular do Estado de São Paulo, Sociologia; p.01)

Sobre o assunto do texto pode-se dizer que

a) o ensino da sociologia deve contribuir para a formação de cidadãos dotados de senso


comum.
b) a apreensão da realidade social deve ser instrumentalizada pela apreensão de
conceitos da sociologia.
c) por meio da visão sociológica da realidade, os cidadãos são dotados da capacidade de
perceber relações novas e triviais.
d) o aprendizado no campo da sociologia deve ser uma visão da realidade diferenciada
daquela do senso comum.
e) as experiências da vida não são levadas em conta no ensino de sociologia.

3. (UFUB) Assinale a alternativa correta:


O surgimento da Sociologia foi propiciado pela necessidade de:

a) Manter a interpretação mágica da realidade como patrimônio de um restrito círculo


sacerdotal.
b) Manter uma estrutura de pensamento mítica para a explicação do mundo.
c) Condicionar o indivíduo, através dos rituais, a agir e pensar conforme os
ensinamentos transmitidos pelos deuses.
d) Considerar os fenômenos sociais como propriedade exclusiva de forças
transcendentais.
e) Observar, medir e comprovar as regras que tornassem possível, através da razão,
prever os fenômenos sociais.
4. (PITÁGORAS) Observe as três fotografias a seguir. Cada uma delas retrata uma
situação típica da nossa sociedade.

a) A imagem 1 apresenta símbolos que representam o processo de organização do ser


humano em sociedade, identifique-os.

Os sinais de trânsito (faixas de pedestres, sinal, etc.) os próprios carros, as ruas, as


calçadas, as diversas placas de sinalização, as lojas, faixas de pedestres e sinal e canteiro
central, etc.

b) Observe a imagem 2. Quais padrões de comportamento a imagem sugere?

Sugere inicialmente a organização familiar padrão, relações entre pais e filhos, entre
cônjuges, horário de refeição, alimentação preparada, etc.

c) Observe a imagem 3. Quais são as intervenções humanas presentes?

Observa-se uma pastagem, animais cuidados pastando, cercas limitando o espaço,


intervenção do homem no ambiente natural, desmatamento, etc.

5. (PITÁGORAS) A partir das observações e dos registros elaborados para cada


imagem na questão anterior, relacione o que há de comum e de semelhante nas três
imagens.

Em todas as imagens, há um processo de intervenção do ser humano com o objetivo de


organizar as relações sociais. As imagens sugerem padrões estabelecidos, cada um para
a sua função: trânsito, família, trabalho no campo.
6. (UNESP) Quanto à particularidade dos estudos sociológicos, pode-se dizer que eles
lidam com fenômenos sociais de modo a

a) descrevê-los objetivamente.
b) reconhecer suas propriedades.
c) compreender os processos neles contidos.
d) apenas as alternativas A e C estão corretas.
e) apenas as alternativas A, B e C estão corretas.

7. (UEM – 2010) Sobre o surgimento da Sociologia e suas proposições acerca da


explicação do mundo social, pode-se afirmar:

a) a Sociologia é uma manifestação do pensamento moderno e uma forma de


conhecimento do mundo social, cujas explicações são fundadas nas descobertas das
ciências naturais e físicas, por pressupor uma unidade entre sociedade e natureza e
rejeitar o uso de leis gerais no conhecimento.
b) os pensadores fundadores da Sociologia concentraram seus esforços em interesses
políticos e, portanto, práticos, face aos objetivos de contribuir para as transformações
sociais e para a consolidação de uma nova ordem social diversa das sociedades feudal e
capitalista.
c) a desagregação da sociedade feudal e a consolidação da sociedade capitalista, com o
consequente processo de industrialização e urbanização em países da Europa,
contribuíram para o surgimento da Sociologia como forma de conhecimento das
sociedades em extinção.
d) a Sociologia surgiu no século XIX, vinculada à sociedade moderna, no contexto das
transformações econômicas e sociais e no bojo das mudanças nas formas de
pensamento, influenciadas pelas revoluções burguesas do século, bem como pelos
ideais iluministas.
e) a Sociologia é uma forma política constituída através do pensamento científico e tem
por objetivo implantar ideias socialistas, dividindo a riqueza entre todos.

8. UEM (adaptada - 2011) - Sobre a relação entre a revolução industrial e o surgimento


da sociologia como ciência, assinale o que for incorreto.

a) A consolidação do modelo econômico baseado na indústria conduziu a uma grande


concentração da população no ambiente urbano, o qual acabou se constituindo em
laboratório para o trabalho de intelectuais interessados no estudo dos problemas que
essa nova realidade social gerava.
b) A migração de grandes contingentes populacionais do campo para as cidades gerou
uma série de problemas modernos, que passaram a demandar investigações visando à
sua resolução ou minimização.
c) Os primeiros intelectuais interessados no estudo dos fenômenos provocados pela
revolução industrial compartilhavam uma perspectiva positiva sobre os efeitos do
desenvolvimento econômico baseado no modelo capitalista.
d) Os conflitos entre capital e trabalho, potencializados pela concentração dos operários
nas fábricas, foram tema de pesquisa dos precursores da sociologia e continuam
inspirando debates científicos relevantes na atualidade.
e) A necessidade de controle da força de trabalho fez com que as fábricas e indústrias do
século XIX inserissem sociólogos em seus quadros profissionais, para atuarem no
desenvolvimento de modelos de gestão mais eficientes e produtivos.

9. (CNDL) Tomando como referência as discussões realizadas em sala de aula,


apresente uma definição para a Sociologia, relate o que podemos aprender com ele e
cite alguns temas estudados por esta ciência social.

O aluno poderá argumentar sobre a função da sociologia. Por exemplo, pode mencionar
que cabe à Sociologia enxergar além das aparências, do senso comum ou a partir dele;
cabe, também "desnaturalizar" o que para todos parece natural, cabe, ainda, um olhar de
"estranhamento" à normalidade. A Sociologia observa a realidade social, estuda as
relações estabelecidas entre os seres humanos e sua interdependência e busca permitir,
pelo estudo científico, compreender razões sociais para problemas sociais e tipos de
soluções adequadas a eles. Desigualdade social, diversidade cultural, violência urbana,
cidadania, exclusão, conflitos, desemprego, etc. são alguns dos temas trabalhados por
esta Ciência Social.

10. (CNDL) A Sociologia é uma disciplina recente historicamente e surgiu num período
de grandes transformações das relações sociais, e seus pioneiros confundiam-se com
militantes dessa transformação.
Com relação ao pensamento dos autores clássicos da Sociologia é INCORRETO
afirmar

a) Marx aborda, com profundidade, as relações internas do capitalismo, percebendo e


denunciando um novo processo de libertação das pessoas na figura dos proletários que
possuíam boas condições de vida e de trabalho.
b) Weber elabora seu livro Ética protestante e o espírito capitalista, explicando como
uma conjunção de fatores históricos, econômicos, sociais e religiosos propiciaram a
efetivação do capitalismo.
c) Durkheim desenvolve uma análise da sociedade, criando os conceitos de
"Solidariedade Mecânica" e "Solidariedade Orgânica", em que observa uma mudança
nas relações, que se complexificam.
d) Marx, Weber e Durkheim apresentam um olhar peculiar da sociedade, o seu processo
de transformação e sua influência sobre a vida das pessoas. Durkheim e Marx fazem uso
de uma linguagem estrutural, em que há um determinismo social sobre o indivíduo, e
Weber faz uso de uma linguagem interpretativa, em que considera o sentido subjetivo
da ação individual.
e) a Sociologia nasce ou surge, em meio a uma transformação do mundo, como
instrumento de análise, de reflexão e argumento para a ação da própria transformação.
Questões extras

1. (IESP) A Sociologia é uma ciência moderna que surge e se desenvolve juntamente


com o avanço do capitalismo. Nesse sentido, reflete suas principais transformações e
procura desvendar os dilemas sociais por ele produzidos. Sobre a emergência da
sociologia, considere as afirmativas a seguir.

I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os


problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade
social e a concentração populacional nos centros urbanos.
II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da
crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as
mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização.
III. A emergência da Sociologia só pode ser compreendida se for observada sua
correspondência com o cientificismo europeu e com a crença no poder da razão e da
observação, enquanto recursos de produção do conhecimento.
IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das
ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do
modo de produção feudal.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e III
b) II e III
c) II e IV
d) I, II e IV
e) I, III e IV

2. (UFMA) Enumere a segunda coluna, de acordo com a primeira, relacionando as obras


com seus respectivos autores e em seguida marque a opção que contém a sequência
correta da segunda coluna.

Primeira coluna

(1) O suicídio
(2) A ética protestante e o espírito do capitalismo
(3) O capital

Segunda coluna
( ) Karl Marx (1818-1883)
( ) Émile Durkheim (1858-1917)
( ) Max Weber (1864-1920)

a) 3, 1, 2
b) 2, 3, 1
c) 1, 2, 3
d) 2, 1, 3
e) 3, 2, 1
3. (UEM) Leia o texto a seguir:

“A Sociologia não se limita ao estudo das condições de existência social dos seres
humanos. Todavia, essa constitui a porção mais fascinante ou importante de seu objeto e
aquela que alimentou a própria preocupação de aplicar o ponto de vista científico à
observação e à explicação dos fenômenos sociais. Ora, ao se falar do homem, como
objeto de indagações específicas do pensamento, é impossível fixar, com exatidão, onde
tais indagações se iniciam e quais são os seus limites. Pode-se, no máximo, dizer que
essas indagações começam a adquirir consistência científica no mundo moderno, graças
à extensão dos princípios e do método da ciência à investigação das condições de
existência social dos seres humanos. Sob outros aspectos, já se disse que o homem
sempre foi o principal objeto da curiosidade humana. Atrás do mito da Religião ou da
Filosofia sempre se acha um agente humano, que se preocupa, fundamental e
primariamente, com questões relativas à origem, à vida e ao destino de seus
semelhantes.”

(FERNANDES, Florestan. A herança intelectual da Sociologia. In: FORACCHI, Marialice e MARTINS,


José de Souza. Sociologia e Sociedade. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1977, p.11.)

Pode-se concluir do texto que a Sociologia

01) nasce e se desenvolve procurando compreender a Idade Média. Os sociólogos


utilizaram os recursos explicativos gerados, sobretudo, pelas doutrinas religiosas para
analisar a organização do mundo. ( )

02) empreende uma reflexão sistemática sobre as transformações sociais em curso nas
sociedades em que a ciência se tornou uma poderosa ferramenta de compreensão do
mundo. ( )

04) define, ao refletir sobre os conflitos estabelecidos nas relações entre indivíduo e
sociedade, que a função dos sociólogos é encontrar soluções para esses conflitos. ( )

08) objetiva construir formas de conhecimento científico sobre a realidade,


estabelecendo teorias e metodologias que gerem compreensão dos fenômenos sociais.
( )

16) elabora um estudo organizado do comportamento humano. Logo, podem ser objetos
de estudo dessa ciência, dentre outros: as formas de exclusão social, os novos arranjos
familiares, os processos de construção da cidadania e o fenômeno da violência urbana.
( )

Resposta: 02 + 08 + 16 = 26 ou F, V, F, V, V
PROVA DE SOCIOLOGIA – SEGUNDO ANO

1. (UFG) Leia a tira a seguir.

QUINO. Toda Mafalda. São Paulo: Martins Fontes, 1993. p. 372; 411. [Adaptado]

A tira, sobretudo a fala de Mafalda, questiona o apelo ao consumo. Na perspectiva dos


estudos geográficos, a generalização do consumo visa:

a) à ampliação da cidadania, por garantir mais espaços públicos do que privados nas
cidades.
b) à disseminação do sistema de crédito e da propaganda, por ampliar o acesso a bens e
produtos.
c) à distribuição de renda, por promover a equidade social nos países subdesenvolvidos.
d) ao aumento da produção e dos níveis de consumo nos países desenvolvidos.
e) à redução das diferenças entre cidadãos e consumidores, por equiparar o acesso ao
consumo aos valores democráticos.

2. (CNDL) Comparando dois instrumentos de comunicação que foram e ainda são


extremamente utilizados na nossa sociedade: uma carta e um e-mail. Observe a seguir
suas características e diferenças.

a) Relacione as diferenças entre os dois instrumentos de comunicação mencionados no


enunciado da questão.

Os dois instrumentos de comunicação cumprem seu papel, entretanto destacam-se as


diferenças: velocidade da comunicação, emprego da tecnologia avançada, utilização da
escrita manual e do teclado, linguagem mais formal, linguagem codificada, entre outras.

b) Essas diferenças provocaram consequências nos hábitos das pessoas? Justifique sua
resposta.

Transformação nos hábitos de linguagem, comunicação em tempo real, acesso à internet


que proporciona diversas informações, amizades via redes sociais.
3. (CNDL) Observe as fotografias a seguir. Elas retratam ícones femininos de épocas
diferentes.

Que diferenças podem ser observadas nos padrões de beleza das diversas épocas?

Em cada época a cultura determina os padrões de beleza e dos costumes das pessoas. As
fotos das modelos e atrizes, ao longo das décadas, demonstram as diferenças nos hábitos
alimentares, nos dias de hoje, provocando excessivos cuidados com a saúde.

4. (UFU) O panorama cultural do Ocidente nas últimas décadas tem sido marcado, entre
outros aspectos, pela presença mais acentuada de múltiplos grupos identitários, o que se
relaciona às críticas ao projeto da modernidade. Sobre este fenômeno, é correto afirmar:

a) o surgimento de uma diversidade cultural mais ampla é um fenômeno social que


reforça a validade das explicações científicas em torno do determinismo biológico e do
determinismo geográfico, os quais embasam as interpretações sobre as variações de
costumes entre diferentes grupos.
b) a modernidade ocidental se caracteriza por um projeto político, filosófico e científico
de unificação das identidades sociais, princípios estes que são reforçados a partir da
segunda metade do século XX em decorrência das mudanças sociais em direção ao
multiculturalismo.
c) a valorização da diversidade cultural é uma mudança recente ocorrida no ocidente,
que se destaca pela ênfase na homogeneidade cultural, pela defesa dos direitos
individuais e pelo combate às políticas de identidade, por entendê-las como forma de
naturalização dos costumes.
d) os princípios de diversidade cultural e de valorização das diferenças, com base na
multiplicidade de identidades constituídas por marcadores sociais − como, por exemplo,
raça/etnia, gênero, sexualidade, faixa etária, e outros − estão presentes na
contemporaneidade.
5. (CNDL) Observe a charge a seguir

http://cadernosociologia.blogspot.com/ acesso em 07/02/12.

De acordo com a charge, é incorreto afirmar que:


a) os avanços tecnológicos têm contribuído para tornar cada vez mais próxima a relação
entre pais e filhos.
b) nos últimos anos tem se verificado um aumento crescente da dependência em relação
à informática.
c) o crescente avanço tecnológico tem proporcionado mudanças nos hábitos das
pessoas.
d) a cultura de uma sociedade vai se transformando à medida que as novas tecnologias
vão provocando mudanças de hábitos das pessoas.
e) outra consequência do crescente uso de novas tecnologias de informação e
comunicação é a transformação de hábitos na linguagem.

6. (CNDL) De que maneira a globalização pode influenciar na produção cultural de um


país?

A maior influência da globalização na produção cultural de um país é a


descaracterização dessa cultura, se ela não for forte o suficiente entre sua população
para preservar-se.

7. (CNDL) O artigo 1 da Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural estabelece -


"A diversidade cultural, patrimônio comum da humanidade" - resguarda à humanidade
o direito à diversidade cultural.”
Com a globalização mundial, as diversidades regionais dos países estão preservadas?
Argumente.

Resposta pessoal. Geralmente, uma declaração universal torna-se um referencial a ser


atingido e muitas vezes é difícil atingi-lo, pois se refere a diversas realidades. Alguns
aspectos são respeitados na realidade brasileira, outros não.
8. (UEL) A imagem abaixo retrata um personagem, Jeca Tatu, criado pelo escritor
brasileiro Monteiro Lobato no começo do século XX.
Com base na imagem desse personagem e nos conhecimentos sobre a cultura caipira, é
correto afirmar:

(Jeca Tatu - Monteiro Lobato - 1918)

I. A cultura caipira resistiu ao desenvolvimento do capitalismo no campo, o que é


demonstrado pela expansão da música sertaneja moderna.
II. Jeca Tatu era visto como o modelo ideal de trabalhador para a indústria
automobilística nascente, por seu caráter dócil e seu espírito de iniciativa para enfrentar
as adversidades.
III. A tradição da cultura caipira baseava-se na produção de valores de uso e mutirões,
expressão do limitado desenvolvimento da economia de mercado, nos agrupamentos
rurais.
IV. Jeca Tatu exprimia, do ponto de vista econômico, a existência de disparidades
sociais entre, de um lado, um Brasil moderno e industrial e, de outro, aquele atrasado e
agrário.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
9. Sobre o conceito de cultura, assinale a alternativa incorreta:
a) Cultura é o todo complexo que inclui conhecimentos, crenças, arte, moral, leis,
costumes ou qualquer outra capacidade ou hábitos adquiridos pelo homem enquanto
membro de uma sociedade.
b) O homem é um ser predominantemente cultural, sendo assim, através da cultura, ele
superou suas limitações orgânicas.
c) A cultura não se constitui um processo acumulativo. O homem recebe conhecimentos
e experiências acumulados ao longo das gerações que o antecederam, mas não possui a
capacidade de reter esses conhecimentos.
d) Todo homem é produtor de cultura. Da criação da ópera pelos renascentistas italianos
às práticas medicinais dos índios, identificamos dois universos distintos: a cultura
erudita e a cultura popular.

10. (UFRJ) A rede McDonald s foi fundada na década de 1940 por Dick e Maurice
McDonald, mas comprada e vastamente expandida por Ray Kroc a partir dos anos
1950. Kroc, um imigrante tcheco, foi aparentemente o primeiro empresário que aplicou
os princípios da produção em massa a um setor de serviços. Em conseqüência de suas
inovações, hoje cerca de 50 milhões de pessoas por dia comem em um McDonald s em
mais de 120 países.
Adaptado de BURKE, Peter. "Folha de São Paulo", 15/04/2007.

A rede McDonald s tornou-se um dos símbolos de algumas das principais mudanças,


ocorridas em diversos países, nos últimos cinqüenta anos. Sua história se confunde com
a das relações econômicas internacionais.
Uma mudança que pode ser representada pela expansão dessa rede e sua respectiva
causa histórica são:
a) mundialização da cultura - extinção da dualidade local/global.
b) padronização do consumo - expansão de empresas transnacionais.
c) americanização dos costumes - internacionalização tecnológica do setor industrial.
d) uniformização dos hábitos alimentares - integração mundial dos mercados nacionais.

Questões extras

1. (UERJ)
Quando nascemos fomos programados
A receber o que vocês nos empurraram
Com os enlatados dos USA, de 9 às 6.
Desde pequenos nós comemos lixo
Comercial e industrial
Mas agora chegou nossa vez
Vamos cuspir o lixo em cima de vocês.
Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Nós somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola.
(...)
Renato Russo

O trecho acima, da música "Geração Coca-Cola", evoca uma das principais


características do mundo moderno: o consumismo.
Com base nos conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa INCORRETA.
a) O consumismo se caracteriza como um comportamento social em que o consumo
deixa de ser meio e adquire status de finalidade.
b) A globalização da economia fez surgir uma nova geografia do consumo: países e
regiões com níveis de desenvolvimento econômico distintos consomem produtos e
serviços semelhantes.
c) O modelo de consumo "mundializado" deixa marcas evidentes no espaço das
metrópoles, onde proliferam estabelecimentos comerciais de grande porte, como
shopping centers, hipermercados, etc.
d) A presença, num mesmo espaço geográfico regional, do consumidor e do produtor do
bem de consumo é necessária, porque os circuitos espaciais de produção são
demarcados pelas fronteiras regionais.

2. Considerando as reflexões sociológicas sobre o conceito “cultura”, assinale V ou F


( ) O processo de modernização das sociedades gera impactos na manifestação das
tradições populares, o que, segundo algumas vertentes sociológicas, pode modificar as
práticas culturais, mas dificilmente extingui-las.
( ) A variedade das culturas acompanha, por um lado, a pluralidade da história humana
e, por outro, os processos de transformação social. Assim, dentro de um mesmo
território, é possível coexistirem diversos padrões culturais.
( ) Ao observar as tradições culturais manifestas nas colônias portuguesas, a sociologia
construiu o consenso de que a cultura do branco europeu é superior à do indígena e à do
africano.
( ) Algumas abordagens sociológicas buscam observar os elementos materiais e não
materiais das manifestações culturais, com o objetivo de compreender as funções sociais
dessas manifestações.
( ) Ao longo do século XX, a Sociologia acumulou conhecimento suficiente para
concluir que a cultura não sofre efeitos do desenvolvimento das tecnologias de
comunicação, tais como o cinema, a televisão e a internet.

Resposta: V, V, F, V, F

3. (CNDL) “O comércio cultural não pode ser apenas o resultado de cálculos para obter
vantagens comparativas que predominam, seguindo um frio racionalismo econômico.
Produtos e serviços culturais não podem ser tratados unicamente como mercadorias”.
Explique essa afirmação.

O grande perigo do comércio cultural, tratado apenas como mercadoria, está na lógica
do livre comércio, da oferta e da procura e do lucro. A produção cultural é, antes de
tudo, manifestações de um povo, das características de um país.
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA – TERCEIRO ANO

1. (UERJ) Observe a charge.

No Brasil, os críticos da abertura indiscriminada às importações alertam para o fato de


que ela contribui para aumentar o desemprego e a exclusão social. A insistência em
realizar essa abertura relaciona-se à seguinte característica do processo de globalização:

a) desestímulo ao processo de privatização de empresas


b) esvaziamento econômico do setor de comércio e serviços
c) imposição de medidas protecionistas para as empresas nacionais
d) facilidade de deslocamento de mercadorias, capitais e informações.

2. (UFSM)
"Essa é a dança do desempregado / Quem ainda não dançou tá na hora de aprender / A
nova dança do desempregado / Amanhã o dançarino pode ser você."

(Gabriel, o pensador)

Esses versos remetem à reflexão sobre o desemprego. Com relação a esse assunto, é
INCORRETO afirmar:
a) Com a globalização da economia, intensifica-se a transferência de empresas e
tecnologias para os países onde os salários são mais baixos e as normas que regem o
sistema de empregos, mais rígidas, o que garante a estabilidade econômica das
corporações transnacionais.
b) Nos países em que as empresas investem em informatização e robótica, verifica-se o
desemprego estrutural, que ocorre independentemente do crescimento ou da crise da
economia.
c) As empresas perderam a bandeira da Pátria e ignoram fronteiras, instalando suas
fábricas onde a mão-de-obra é mais barata e passando a extrair a mais-valia em escala
mundial.
d) Nos países subdesenvolvidos, a diminuição da taxa de emprego na indústria é
parcialmente compensada por um aumento da taxa de ocupação no setor terciário e
informal.
e) A crescente informatização do setor terciário elimina cada vez mais a possibilidade
de absorção de mão-de-obra, fator que explica, em parte, o número crescente de
desempregados no mundo dos países ricos.
3. (IFCE - 2011)

Fonte: www.padogeo.com.br. Acessado em 27/10/2010.

Sobre a charge, é falso afirmar-se que


A) as classes privilegiadas dos países ricos e industrializados concentram riquezas e
ostentam poder.
B) o processo de globalização em curso amenizou as desigualdades sociais entre os
países do mundo inteiro.
C) a América Latina apresenta grandes desigualdades sociais, se comparada à América
do Norte.
D) apesar de industrializado, o Brasil apresenta, em seu quadro social, realidades à da
charge apresentada.
E) quase metade da população mundial sobrevive com menos de dois dólares por dia.

4. (CNDL) Com base em seus conhecimentos, desenvolva uma argumentação


relacionando Pobreza, Fome, Crise dos alimentos e Reforma Agrária.

Resposta: Pensando em rede, observamos que pobreza, fome, crise de alimentos e


reforma agrária encontram-se interligados tanto como causa dos problemas quanto
como soluções para eles. A reforma agrária torna-se necessária para solucionar a crise
de alimentos, como também para contribuir para a erradicação da pobreza e da fome no
mundo.
5. (CNDL) “A crise, que começou como crise imobiliária americana, transformou-se em
crise financeira global ao atingir as economias de vários países. Pensar em economia
globalizada requer pensar em rede, algo que acontece aqui se ramifica pela rede e afeta
a todos. Quando a origem do problema se dá numa economia como a norte-americana,
com todo seu poderio, certamente a rede é muito mais atingida.”
(MONTEIRO, Eduardo José Machado. Sociologia: ensino médio: livro 3. Belo Horizonte: Editora
Educacional, 2011, p. 16.)

Explique, tendo em vista o processo de globalização, a razão pela qual uma crise em
determinado país pode afetar áreas relativamente distantes.
Resposta: Devido à interdepência econômica entre os países no contexto da
globalização.

6. (UNESP) No mundo atual têm ocorrido grandes transformações socioeconômicas


atribuídas ao processo de globalização.
Cite dois aspectos positivos e dois negativos da atual globalização.

Resposta: Aspectos positivos: desenvolvimento dos meios de comunicação, avanço da


tecnologia, formação grandes blocos econômicos, entre outros;
Aspectos negativos: exclusão social, desemprego, disparidades econômicas, entre
outros.

7. (PITÁGORAS) Explique o trecho:


“A chamada globalização dos mercados é apresentada teoricamente pelo pensamento
burguês como uma evidência correspondente a fenômenos profícuos e completamente
inéditos que a humanidade estaria a conhecer”.

O pensamento burguês apresenta a globalização como um estágio mais avançado do


capitalismo, em que todos que dela participam saem beneficiados, não apresentando os
aspectos de desigualdade que ela provoca.
8. (CNDL) Observe atentamente a charge.

Com base na interpretação da charge e em seus conhecimentos, explique como a crise


que abalou a economia mundial em 2008 afetou o cidadão comum.

Resposta: A limitação de crédito diminui os investimentos produtivos, o que por sua vez
faz com que as empresas cortem seus gastos, provocando demissões em massa, afetando
desta forma diretamente o cidadão comum. O aumento do desemprego que atinge
diretamente as condições de vida dos trabalhadores.

9. (PITÁGORAS) Assinale dentre as afirmativas a seguir aquela que melhor EXPRIME


uma situação representativa de um mundo globalizado.

a) "Polícia do Canadá apreende ecstasy com anéis olímpicos".


b) "Acesso por banda larga no Brasil duplica entre 2005 e 2008, diz IBGE".
c) "Morales deve aprofundar sua revolução social na Bolívia".
d) "Nobel da Paz, Obama diz que há ‘guerra justa’".
e) "Após prejuízo, Sony planeja fechar fábrica de TVs LCD no México".

10. (Enem 2ª aplicação 2010)


Sozinho vai descobrindo o caminho
O rádio fez assim com seu avô
Rodovia, hidrovia, ferrovia
E agora chegando a infovia
Para alegria de todo o interior
GIL, G. Banda larga cordel. Disponível em: www.uol.vagalume.com.br. Acesso em: 16 abr. 2010
(fragmento).

O trecho da canção faz referência a uma das dinâmicas centrais da globalização,


diretamente associada ao processo de
a) evolução da tecnologia da informação.
b) expansão das empresas transnacionais.
c) ampliação dos protecionismos alfandegários.
d) expansão das áreas urbanas do interior.
e) evolução dos fluxos populacionais.
Questões extras

1. (UERJ)

Disneylândia Samba do approach

(...) Venha provar meu "brunch"


Música hindu contrabandeada saiba que eu tenho "approach"
por ciganos poloneses faz sucesso na hora do "lunch"
no interior da Bolívia. eu ando de "ferryboat"
(...) eu tenho "savoir-faire"
meu temperamento é "light"
Multinacionais japonesas instalam minha casa é "hi-tech"
empresas em Hong-Kong e toda hora rola um "insight"
produzem com matéria-prima brasileira (...)
para competir no mercado americano.
(...) Zeca Baleiro
Titãs

Os fragmentos das letras de música fazem referência a várias dimensões do processo de


globalização vigente no sistema capitalista, sobretudo a partir da década de 1980.

Uma característica econômica e uma tendência desse processo, respectivamente, são:

a) estatização das empresas - homogeneização do consumo.


b) redução da intervenção estatal - padronização de culturas.
c) internacionalização dos processos de produção - diminuição da exclusão social.
d) segmentação dos investimentos internacionais - diversificação dos modelos
educacionais.

2. (Pucrj – 2010)
Em maio de 2008, Paul Krueger, um “Sem Teto”, foi preso pela polícia de Atlantic City
acusado de dar golpes em mulheres inscritas em um site de relacionamento. Segundo a
promotora da cidade: “Um mendigo com um laptop consegue um tremendo acesso ao
mundo exterior”.

Charles Pitt, morador das ruas de São Francisco, possui perfis nos sites MySpace,
Facebook e Twitter, além de comandar o fórum SF Homeless, que possui 140 membros.
Nele os participantes podem ser alertados sobre encontros para moradias públicas,
dentre outras informações. Para Pitt, “Você não precisa de uma TV. Você não precisa
de um rádio. Você não precisa nem mesmo de um jornal. Mas você precisa da internet”.

As reportagens ilustram uma importante característica do mundo atual apresentada na


opção:
a) Ampliação da inclusão social, consequência do desinteresse das classes mais pobres
pelas novas tecnologias da informação.
b) Redução das desigualdades sociais, possibilitada pelo acesso irrestrito às novas
tecnologias de comunicação em todas as partes do mundo.
c) Expansão dos fluxos materiais, resultado da consolidação das redes mundiais de
produção que garantem o acesso às redes globais de informação.
d) Consolidação de velhas redes sociais, acessíveis a todos e plenamente no mundo
graças à rapidez na troca de informações em escala planetária.
e) Aumento das possibilidades de interatividade com o mundo, resultado da facilitação
do acesso à informação e da intensificação dos fluxos imateriais.

3. (CNDL) Com base em seus conhecimentos, apresente cinco características do atual


processo de globalização econômica e cultural.

As principais características da globalização são a homogeneização dos centros urbanos,


a expansão das corporações para regiões fora de seus núcleos geopolíticos, a revolução
tecnológica nas comunicações e na eletrônica, a reorganização geopolítica do mundo em
blocos comerciais (não mais ideológicos), a hibridização entre culturas populares locais
e uma cultura de massa universal, etc.

Você também pode gostar