Você está na página 1de 33

Farmacologia Básica

Farmacologia

É a ciência que estuda como os


medicamentos ou substâncias
interagem com o organismo, sendo
capazes de promover alterações
funcionais e estruturais.
Terapêutica

Parte da medicina que se dedica ao


estudo dos métodos e
procedimentos para tratar
doenças: Como administra o
medicamento.

Ex:De 8 em 8 horas.
Medicamento

Medicamentos são produtos


que tem a finalidade de
diagnosticar, prevenir, curar
doenças ou então aliviar os seus
sintomas.
Medicamentos

✓ Simples
Contém somente um único princípio
ativo.
Ex: Novalgina® (dipirona).

✓Composto
Contém dois ou mais princípios
ativos.
Ex: Buscopan Composto®
(associação de dois princípios
ativos - dipirona e escopolamina).
Princípio Ativo

Substância que irá exercer a ação


terapêutica no organismo.
Ex: Metoclopramida tem ação de
evitar o vômito.
Posologia

Estudo das dosagens do medicamento


com fins terapêuticos.
Dose

Quantidade do medicamento que


deverá ser aplicada ou tomada, por
vez.

Muitos medicamentos requerem o


uso de mais de uma dose por dia
para fazer efeito.
Dosagem/ Concentração

Dose, frequência e duração do


tratamento.

Ex: 550 mg de naproxeno, 3 x


ao dia durante 3 dias.
Reações adversas X Efeitos
colaterais

• Reações adversas:

Efeitos indesejados causados pelo


medicamento em uso.

• Efeitos colaterais:

Possíveis reações que poderão


ocorrer durante o uso do
medicamento, podendo ser benéfico
ou maléfico.
Uso interno

Todo o medicamento que é


engolido, ou seja, passa por todo o
sistema digestivo.

Ex: Comprimido, cápsula,


xarope...
Uso Externo/Tópico

Todo o medicamento que não é


engolido.

Ex: Shampoo, colírio, cremes...


Ação Local

Região onde o medicamento fará


efeito, sem cair na corrente
sangüínea.
Ação Sistêmica

O medicamento precisa cair na


corrente sangüínea para fazer
efeito.
Apresentação

São as várias formas em que os


medicamentos são embalados
(envelope, ampola, blíster etc).
Medicamento de ação
rápida

São aqueles que após a sua administração


apresentam efeitos rápidos.

✓Sublingual – administração debaixo da


língua

✓Endovenosa – administração direto na


veia

✓Retal – administrados pelo reto (ânus)

✓Vaginal – administrado pelo canal


vaginal
Formas
Farmacêuticas

São várias formas de


industrialização do
medicamento (comprido,
pomada, xarope, etc).
Formas Farmacêuticas

Loção Creme Pomada

Gel Pasta Emulsão

Supositório
Formas Farmacêuticas

Tintura Alcoolatura Extratos

Colírio Enemas Pó
Formas Farmacêuticas

XAROPE SUSPENSÃO SOLUÇÃO

INJETÁVEIS COMPRIMIDOS DRÁGEAS

CÁPSULAS
Abreviaturas encontradas nas
prescrições

Amp: ampola

Caps: cápsula

Comp: comprimido

Drg: drágea

Env: envelope
Abreviaturas encontradas nas
prescrições

g: grama

mg: miligrama

Gtt: uma gota

Gts: gotas

U.I.: unidade internacional

V.O.: via oral

USO INT: Uso interno

USO EXT: Uso externo


Abreviaturas encontradas nas
prescrições

Inj: Injetável

EV: endovenosa

ID: intradérmica

IM: intramuscular

SC: subcutânea
Abreviaturas encontradas nas
prescrições

N.R.: não repetir

Q6h: a cada 6 horas

Sid: 1x ao dia

Bid: 2x por dia

Tid: 3x ao dia

Qid: 4x por dia


Equivalência de medidas

• Peso:

1g (grama)= 1000 mg (miligramas)

1 mg (miligrama)=1000mg ou mcg
(microgramas)

• Volume:

1 litro(L)= 1000 ML (Mililitros).


Como calcular doses?

• No cálculo da dosagem medicamentos, vários


aspectos devem ser levados em consideração.

• Na prática, ao efetuar um cálculo de dosagem de


medicamentos, é comum levar em consideração
somente a massa corporal do paciente.
Como calcular doses?

• Porém a via de administração, também deve ser


considerada para cálculo da administração do
medicamento.

• Todos os medicamentos apresentam uma dose


recomendada baseada no kg de peso do paciente.

• Importante considerar as concentração disponíveis


de acordo com cada medicamento.
Como calcular doses?

Exemplos:
• Metoclopramida (remédio para controlar vômito e
enjoo)
• 0,2-0,5 mg/kg
• Meloxican (anti-inflamatório)
• 0,1-0-2 mg/kg
• Azitromicina (antibiótico)

• 5-10 mg/kg
• Cetoprofeno (anti-inflamatório)
• 1 mg/kg
Como calcular doses?

Um cão idoso de 6kg, SRD, chega em sua clínica com histórico de dores
articulares. Você realiza a anamnese, exame físico e conclui que o animal está
clinicamente bem. Assim, para aliviar as dores do animal, você receita
Meloxicam (Anti-inflamatório não esteroidal). Para cães, a dose é de 2mg/kg por
via oral e existem apresentações do medicamento nas concentrações: 6mg/
comprimido, 20mg/ comprimido, 30mg/comprimido, 75mg/ comprimido e
95mg/comprimido. Para o caso em questão, qual é a quantidade de
medicamento que o animal necessita, qual seria a melhor apresentação visando
custo-benefício e quantos comprimidos seriam administrados?
Como calcular doses?

Um gato macho, 9 anos, com peso de 5kg chega em sua clínica com cansaço fácil,
tosse, respiração dificultada e histórico de alteração renal. Ao exame clínico,
observa-se mucosa lingual arroxeada, detecta um ruído durante a auscultação
pulmonar e alteração na auscultação cardíaca. Foram realizados exames
complementares e diagnosticou-se o caso como Insuficiência Cardíaca
Congestiva e edema pulmonar. Tratando-se se um animal com alteração renal, o
medicamento de escolha para o tratamento foi o Benazepril. Sabendo que a
dose desse medicamento para gatos é de 0,5mg/kg e possui concentração de
10mg/ comprimido, qual é quantidade de medicamento necessária e quantos
comprimidos?
Obrigada!!

Você também pode gostar