Você está na página 1de 138

PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA

ACESSANTES
REDES TRIFÁSICAS DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA DE ENERGIA ELÉTRICA COM CABOS
COBERTOS FIXADOS EM ESPAÇADORES - 13,8KV E 34,5KV

Coordenação de Engenharia da Distribuição

Gerência de Engenharia e Expansão da Rede de Distribuição

Superintendência de Distribuição

Diretoria de Engenharia
SUMÁRIO

1. OBJETIVO ............................................................................................................................. 02
2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS ............................................................................................. 02
3. TERMOS E DEFINIÇÕES ...................................................................................................... 03
4. CONDIÇÕES BÁSICAS......................................................................................................... 05
4.1. GERAIS .......................................................................................................................... 05
4.2. PROJETO ....................................................................................................................... 06
4.3. CONSTRUÇÃO .............................................................................................................. 10
5. AFASTAMENTOS MÍNIMOS ................................................................................................. 12
6. ESTRUTURAS DE REDE ...................................................................................................... 22
6.1. PADRÃO 13,8 kV ........................................................................................................... 23
6.2. PADRÃO 34,5 kV ........................................................................................................... 40
7. ESTRUTURAS PARA INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ................................................ 57
7.1. PADRÃO 13,8 kV ........................................................................................................... 58
7.2. PADRÃO 34,5 kV ........................................................................................................... 79
8. ATERRAMENTO ................................................................................................................... 94
9. ENGASTAMENTO ............................................................................................................... 106
10. AMARRAÇÕES E ANCORAGENS ..................................................................................... 110
11. CONEXÕES E EMENDAS ................................................................................................... 116
12. LISTA DE UNIDADES DE MONTAGEM ............................................................................. 120

1
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
1. OBJETIVO

Esta padronização apresenta as estruturas e recomendações básicas a serem observadas


pelos acessantes na elaboração de projeto e construção de redes trifásicas de distribuição
aérea de energia elétrica com cabos cobertos fixados em espaçadores para as tensões
nominais primárias de 13,8 kV e 34,5 kV, doravante denominada rede compacta em
espaçadores com as siglas 13CE e 34CE.

Notas:
1) Aparecem ao longo deste documento, valores de tensão de 15 kV e 36,2 kV,
sendo que referem-se respectivamente as tensões de 13,8 kV e 34,5 kV;

2) Atualmente a LIGHT apresenta a tensão de 25 kV, porém, devido a futura


conversão para a tensão de 34,5 kV, a rede já foi preparada para operar
normalmente nessa tensão.

2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

Os documentos relacionados a seguir são complementares à aplicação desta


padronização. Para referências datadas, aplicam-se somente as edições citadas. Para
referências não datadas, aplicam-se as edições mais recentes do referido documento
(incluindo emendas).

- Padronização de Redes Aéreas de Distribuição Urbana, para complementação dos


tópicos que esta padronização não contempla, como exemplo, os métodos de estaiamento;

- Norma de projeto para redes aéreas de distribuição urbanas e rurais, em tensões até 34,5
kV da LIGHT;

- Norma Regulamentadora nº 10, Segurança em instalações e serviços em eletricidade;

- ABNT NBR 5.422 - Projeto de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica;

- ABNT NBR 15.688 - Redes de distribuição aérea de energia elétrica com condutores nus;

- ABNT NBR 14.165 - Via férrea – Travessia elétrica.

2
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
- ABNT NBR 15.992 - Redes de distribuição aérea de energia elétrica com cabos cobertos
fixados em espaçadores para tensões até 36,2 kV.

3. TERMOS E DEFINIÇÕES

Os principais termos técnicos utilizados neste documento estão definidos abaixo:

3.1. CABO MENSAGEIRO

Cabo utilizado para sustentação dos espaçadores e para proteção elétrica e mecânica da
rede compacta.

3.2. ESTRUTURA CE1A

Estrutura com braço tipo “L”, estribo para espaçador, espaçador losangular e braço
antibalanço, permitindo deflexão horizontal da rede compacta com pequenos ângulos,
tracionando ou comprimindo o referido braço antibalanço.

3.3. ESTRUTURA CE2

Estrutura com braço tipo “C” ou braço afastador horizontal (J) e isolador polimérico tipo
pino. É utilizada nos casos de deflexão da rede com ângulos médios.

3.4. ESTRUTURA CE3

Estrutura com braço tipo “C”, cantoneira auxiliar para braço tipo “C” e isolador de
ancoragem, utilizada em ancoragem simples.

3.5. ESTRUTURA CE4

Estrutura com braço tipo “C” ou braço afastador horizontal (J), isolador de ancoragem e
isolador polimérico tipo pino. É utilizada em ancoragem dupla, em alinhamento reto como
ponto de ancoragem, grandes deflexões e também quando for necessária mudança de
seção do condutor.

3.6. FIO DE ALUMÍNIO COBERTO

Fio de alumínio utilizado para amarração do cabo coberto ao isolador polimérico tipo pino.
Eventualmente pode ser utilizado para amarração do cabo coberto e/ou do mensageiro ao
espaçador, no lugar do anel elastomérico.

3
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
3.7. REDE COMPACTA EM ESPAÇADORES

Rede de distribuição aérea de energia elétrica com cabos cobertos fixados em espaçadores
sustentados por cabo mensageiro, apresentando uma configuração compacta.

3.8. TENSÃO MÁXIMA DO SISTEMA (U)

Máximo valor de tensão de operação que ocorre sob condições normais de operação em
qualquer tempo e em qualquer ponto do sistema.

3.9. CABO COBERTO

Cabo dotado de cobertura protetora de material polimérico, visando a redução da corrente


de fuga em caso de contato acidental do cabo com objetos aterrados e redução do
espaçamento entre condutores.

3.10. ESPAÇADOR

Acessório de material polimérico de formato losangular ou vertical cuja função é a


sustentação e separação dos cabos cobertos na rede compacta ao longo do vão, mantendo
o isolamento elétrico da rede.

3.11. BRAÇO SUPORTE TIPO “L”

Ferragem, em formato “L”, que é presa ao poste cuja função é de sustentar o cabo
mensageiro da rede compacta.

3.12. BRAÇO SUPORTE TIPO “C”

Ferragem, em formato “C”, presa ao poste, com a finalidade de ancoragem das fases em
condições de ângulo e final de linha, derivações e conexão de equipamentos à rede.

3.13. BRAÇO SUPORTE TIPO "J"

Ferragem, em formato "J", presa ao poste, cujas funções são de afastamento.

3.14. BRAÇO ANTI-BALANÇO

Acessório de material polimérico cuja função é a redução da vibração mecânica das redes
compactas.
3.15. ESTRIBO PARA BRAÇO SUPORTE TIPO “L”

4
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Ferragem complementar ao braço tipo “L” cuja função é a sustentação do espaçador junto
ao braço.

3.16. CANTONEIRA RETA

Ferragem de abas iguais, utilizada na instalação de equipamento, suporte “Z” e ancoragem


de rede.

4. CONDIÇÕES BÁSICAS

4.1. GERAIS

4.1.1 A rede compacta em espaçadores deve ser tratada como rede primária convencional
para todos os aspectos de segurança que envolvam construção, operação e manutenção.
Portanto, seus condutores e acessórios não devem ser tocados enquanto a rede não estiver
desligada e corretamente aterrada, exceto na condição de linha viva, sob pena de colocar
em risco a segurança dos envolvidos na tarefa e terceiros.

4.1.2 Qualquer trabalho em redes de distribuição de energia elétrica com cabos cobertos
em espaçadores devem obedecer aos requisitos estabelecidos na Norma
Regulamentadora nº 10.

4.1.3 Os condutores cobertos permitem eventuais toques de galhos de árvores, porém, não
devem ocorrer contatos permanentes das árvores com os condutores, a fim de se evitar a
perfuração da cobertura, consequentemente não eliminando a poda.

4.1.4 Na codificação (designação) das estruturas de rede compacta contidas nos desenhos,
foram adotadas as seguintes regras:

a) Estruturas básicas: Sigla CE (compacta em espaçadores) seguida da numeração 1


(com braço tipo “L”), 2 (com isolador polimérico tipo pino), 3 (uma ancoragem de
rede) ou 4 (duas ancoragens de rede). Exemplo: CE1. Observamos que existe, a
princípio, uma exceção que é a estrutura CE1A (com braço antibalanço).

b) Estruturas montadas em níveis diferentes: as montagens foram separadas por traço,


na seguinte ordem, 1º nível-2º nível. Exemplo: CE2-N3.
c) Estruturas montadas no mesmo nível e do mesmo lado: indicado somente a primeira
montagem com a sigla CE e separada com um ponto. Exemplo: CE2.3.

5
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
d) Estruturas montadas no mesmo nível e em lados opostos: indicado as duas
montagens com a sigla CE e separá-las com um ponto. Exemplo CE2.CE3.

e) Estruturas com chave fusível (CF), seccionador unipolar (SU), transformador (TR),
transformador auto protegido (TR AP), para-raios (PR), religador (R), seccionalizador
(S) e chave interruptora tripolar (C3), indicado após a montagem a sigla do
equipamento separada por um espaço. Exemplo: CE3 TR.

IMPORTANTE: As regras contidas em 4.1.4 tem a finalidade de seguir as adotadas a nível


nacional através da ABNT. Em função de, atualmente, os campos de cadastro no SAP não
serem suficientes para as devidas codificações, quando do projeto no SAP, devem ser
consideradas as correspondentes contidas na tabela 10 do item 12.4.

4.2. PROJETO

4.2.1 Não sendo prático prever nesta Norma os diversos casos possíveis de acontecerem
em uma construção e os desenhos das estruturas sendo básicos, o projeto deve
eventualmente alterar ou complementar detalhes para atender a situações específicas,
desde que obedecidos os afastamentos mínimos, conforme Seção 5.

4.2.2 A rede compacta não deve ser utilizada em regiões com níveis de poluição pesado
ou muito pesado. A distância mínima para utilização da região citada é de 500 metros.

4.2.3 Em rede urbana, recomenda-se que o vão máximo seja de 40 metros. Em rede urbana
ou rural, podem ser projetados vãos maiores mediante análise específica.

4.2.4 A estrutura CE1A deve ser utilizada em longos trechos em tangência, de modo a evitar
que vibrações dos condutores venham a contribuir para a fadiga dos pontos de conexão.

4.2.5 Não projetar estruturas de derivações a partir das estruturas CE1A em função das
mesmas não apresentarem firmeza para operação.

4.2.6 É recomendável projetar estrutura CE4 a cada 500 m de rede, no máximo, visando
assegurar maior confiabilidade ao projeto mecânico da rede, além de facilitar a construção
e eventual substituição de condutores.

4.2.7 Necessário projetar chave seccionadora na transição da rede (ponto de conexão) do


acessante para rede da acessada.

6
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
4.2.8 Os circuitos múltiplos podem ser instalados em níveis ou em ambos os lados do poste,
obedecendo-se aos afastamentos mínimos previstos na Figura 7.

4.2.9 Preferencialmente a rede compacta com circuito duplo, deve ser projetada com um
circuito de cada lado do poste.

4.2.10 Apesar dos desenhos das estruturas apresentarem aterramento do mensageiro, o


mesmo só deve ser projetado seguindo-se as recomendações contidas em 8.1.1 e 8.1.2.

4.2.11 A existência de para-raios até a segunda estrutura adjacente à estrutura de transição


de rede compacta para rede convencional dispensa a instalação de para-raios na estrutura
de transição.

4.2.12 Deve ser projetado para-raios em todos os fins de rede, desde que a estrutura
adjacente não contenha os mesmos.

4.2.13 Os estais de âncora não devem ser utilizados em redes urbanas.

4.2.14 Os estais devem ser normalmente interligados ao cabo mensageiro e aterrados.

4.2.15 O afastamento entre o primeiro espaçador e a estrutura deve obedecer à


Tabela 1.

ESTRUTURA AFASTAMENTO (M)


CE1A (com braço antibalanço) 7 a 10
Demais estruturas 12

Tabela 1 – Afastamento do primeiro espaçador

7
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
4.2.16 O afastamento entre os espaçadores ao longo do vão pode variar de 7m a 10m,
conforme Figura 1. A Tabela 2 apresenta a quantidade de espaçadores considerando o
afastamento máximo de 10m entre espaçadores.

Figura 1 – Distância entre Espaçadores (Dimensões em milímetros)

ESPAÇADORES ESPAÇADORES ESPAÇADORES


Entre duas
VÃO Entre CE1A e VÃO estruturas VÃO
(M) (M) (M) Entre CE1A e
qualquer outra quaisquer
CE1A
estrutura (CE2/CE2,
CE3/CE3, etc.)
Até 22 1 Até 24 1 Até 21 2
23 a 32 2 25 a 34 2 22 a 31 3
33 a 42 3 35 a 44 3 32 a 41 4
NOTA Para vãos superiores aos indicados, a quantidade de espaçadores deve ser
calculada utilizando-se a regra definida na Tabela 1.

Tabela 2 – Quantidade de espaçadores

8
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
4.2.17 Para afastamento da rede compacta em espaçadores do poste, devido à
proximidade com construções, utilizar o BRAÇO AFASTADOR HORIZONTAL (J), código
F-4/13, conforme figura 2 abaixo.

Figura 2 – Afastamento da rede compacta

4.2.18 Para projeto da posteação com vãos de até 40m, utilizar as trações de projeto da
rede compacta contidas na tabela 3, abaixo:

TABELA 3 - TRAÇÕES DE PROJETO - daN


VÃOS
5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 55 60 70 80
(m)
1/0 311 311 311 313 325 335 342 348 352 355 358 360 363 365
397,5 633 633 633 633 633 648 661 670 678 684 689 692 698 702

Para projetos com vão superiores a 40m, deverá ser realizado estudo específico a fim de
verificar a posteação que deverá ser utilizada.

4.2.19 A sinalização de redes de distribuição, quando necessário, deve ser feita em


conformidade com os procedimentos adotados para linhas de transmissão e Figura 3.

9
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
300

Figura 3 – Sinalização aérea diurna (Dimensões em milímetros)

Nota: Deve ser previsto, em uma das estruturas de ancoragem, o aterramento da cordoalha
utilizada para instalação da esfera de sinalização.

4.3 CONSTRUÇÃO

4.3.1 A utilização de arruelas tem como objetivo evitar que a cabeça do parafuso ou porca
entre em contato com o material não metálico ou furos oblongos em peças metálicas.

4.3.2 Nivelamento dos condutores “fase”

Para se determinar o correto lançamento e nivelamento dos condutores “fase”, proceder


conforme o seguinte:

4.3.2.1 Medir a distância no espaçador, entre o berço do cabo mensageiro e o berço do


cabo condutor (“d”).

10
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Figura 5 – Distância vertical entre o berço do mensageiro e do berço do condutor

4.3.2.2 Verificar o valor da flecha “f”, conforme tabela 4, abaixo.

Temperatura - t (°C) 0 a 10 11 a 20 21 a 30 31 a 40 41 a 50
Flecha - f (mm) 150 175 200 225 250

Tabela 4 – Flecha dos condutores “fase”

4.3.2.3 Nivelar os cabos condutores “fase” através da soma de “d” e “f”

Figura 6 – Nivelamento dos condutores “fase”

11
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Onde:
d → Distância entre os berços do espaçador
f → Flecha dos condutores (fase) cobertos

5. AFASTAMENTOS MÍNIMOS

5.1 Os condutores cobertos devem ser considerados como condutores nus no que se refere
a todos os afastamentos mínimos já padronizados para redes primárias nuas para garantir
a segurança de pessoas, conforme Figura 7 à Figura 10.

5.2 Os afastamentos mínimos que constam na Tabela 5 à Tabela 7 e na Figura 7 à Figura


10 são sempre relativos às partes energizadas e não ao ponto de fixação.

5.3 Para os afastamentos mínimos da rede de 25kV, devem ser adotados os definidos para
36,2 kV.

5.4 Os afastamentos mínimos, indicados na Tabela 5 à Tabela 7 e na Figura 7 à Figura 10,


podem ser aumentados, convenientemente, dependendo das condições de operação e
manutenção da rede.

5.5 A largura da faixa de segurança para redes de distribuição rurais é no mínimo 15 metros,
distribuídos em 7,5 metros de cada lado em relação ao eixo da rede, permitindo-se apenas
o plantio de culturas rasteiras e vedando-se a construção de edificações e assemelhados
na referida faixa, atendendo-se assim aos requisitos de segurança de pessoas e bens.

5.6 As distâncias dos condutores ao solo referem-se às alturas mínimas nas condições de
flecha máxima, conforme Tabela 6 e Figura 10.

5.7 Não são permitidas construções civis sob as redes de distribuição. Em área rural, devem
ser obedecidos os valores da faixa de segurança, e na área urbana, as situações
apresentadas na Figura 8.

5.9 Os afastamentos entre condutores do mesmo circuito ou de circuitos diferentes,


inclusive condutores aterrados, devem respeitar os afastamentos mínimos estabelecidos
na Tabela 5, Figura 6 e Figura 9. Os afastamentos podem ser aumentados conforme os
procedimentos operacionais.

12
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
AFASTAMENTO MÍNIMO (MM)
TENSÃO U TENSÃO U
KV KV
(CIRCUITO (CIRCUITO SUPERIOR)
INFERIOR) U≤1 1 < U ≤ 15 15 < U ≤ 36,2
Comunicação 600 1.500 1.800
U≤1 600 800 1.000
1 < U ≤ 15 - NOTA 2 NOTA 2
15 < U ≤ 36,2 - - NOTA 2
NOTA 1 As distâncias apresentadas para circuitos com
tensão inferior a 1 kV referem-se a redes com condutores nus.
NOTA 2 Os afastamentos mínimos horizontais e verticais
entre circuitos são apresentados na Figura 7.

Tabela 5 – Afastamentos entre condutores de circuitos diferentes

AFASTAMENTO MÍNIMO (MM)


TENSÃO U (KV)
NATUREZA DO LOGRADOURO COMUNICAÇÃO
E CABOS U≤1 1 < U ≤ 36,2
ATERRADOS
Vias exclusivas de pedestre em áreas rurais 3.000 4.500 5.500
Vias exclusivas de pedestre em áreas urbanas 3.000 3.500 5.500
Locais acessíveis ao trânsito de veículos em
4.500 4.500 6.000
áreas rurais
Locais acessíveis ao trânsito de máquinas e
6.000 6.000 6.000
equipamentos agrícolas em áreas rurais
Ruas e avenidas 5.000 5.500 6.000
Entradas de prédios e demais locais de uso
4.500 4.500 6.000
restrito a veículos
Rodovias federais 7.000 7.000 7.000
Ferrovias não eletrificadas e não eletrificáveis 6.000 6.000 9.000
NOTA 1 Em ferrovias eletrificadas ou eletrificáveis, a distância mínima do condutor ao
boleto dos trilhos é de 12 m para tensões até 36,2 kV, conforme ABNT NBR 14.165.
NOTA 2 Para tensões superiores a 36,2 kV, consultar a ABNT NBR 5.422.
NOTA 3 Em rodovias estaduais, a distância mínima do condutor ao solo deve obedecer à
legislação específica do órgão estadual. Na falta de regulamentação estadual, obedecer aos
valores desta Tabela.

Tabela 6 – Afastamentos entre os condutores e o solo

13
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
RSI – Rede Secundária Isolada
14
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
AFASTAMENTOS MÍNIMOS (MM)
b c
TENSÃO k  2.500 k  2.500
kV kV e
kV
15 36,2 15 36,2 d f d f
15 300 430 410 540 800
350 150 500 200
36,2 - 580 - 690 1000

NOTA 1: No caso de cotas mínimas entre diferentes níveis, convém que os valores sejam
mantidos também entre partes energizadas, independente do tipo de estrutura, conforme
Tabela 5.

NOTA 2: A altura mínima h correspondente à flecha máxima é indicada na Tabela 6 e Figura


10.

NOTA 3: Os valores de x e y constam na Tabela 7 e recomenda-se que sejam considerados


do ponto energizado do isolador.

NOTA 4: Os valores de b e c referem-se aos afastamentos mínimos, horizontal e vertical


entre circuitos diferentes, independente do arranjo de montagem.

NOTA 5: O valor de e refere-se ao afastamento mínimo entre a rede secundária ou ramal


de ligação secundário para a rede primária.

Figura 7 – Afastamentos mínimos entre estruturas

TENSÃO SUPORTÁVEL AFASTAMENTO MÍNIMO (MM)


TENSÃO U NOMINAL SOB IMPULSO
FASE-FASE FASE-TERRA
KV ATMOSFÉRICO
(VALOR X) (VALOR Y)
KV
95 140 130
15 (13,8)
110 170 150
150 230 200
36,2 (25 e 34,5)
170 270 230
Tabela 7 – Distância mínima das partes energizadas à fase ou à terra em pontos
fixos

Nota: Para visualização dos valores X e Y, ver Figura 7.

15
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
16
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
AFASTAMENTOS MÍNIMOS (MM)
PRIMÁRIO
SECUNDÁRIO
FIGURA 15 KV 36,2 KV
A C A C B D
a 1.000 3.000 1.200 3.200 500 2.500
b - 1.000 - 1.200 - 500
c - 3.000 - 3.200 - 2.500
d 1.500 - 1.700 - 1.200 -
e 1.000 - 1.200 - 1.000 -
f 1.000 - 1.200 - 1.000 -
g 1.500 - 1.700 - 1.200 -

NOTA 1: Caso não seja possível manter os afastamentos verticais das Figuras “b” e “c”
recomenda-se que sejam mantidos, os afastamentos horizontais da Figura “d”.

NOTA 2: Se o afastamento vertical entre os condutores e as sacadas, terraços ou janelas


for igual ou maior do que as dimensões das Figuras “b” e “c”, não se exige o afastamento
horizontal da borda da sacada, terraço ou janela da Figura “d”, porém, recomenda-se que
o afastamento da Figura “e” seja mantido.

Figura 8 – Afastamentos mínimos a edificações

17
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Mensageiro
Circuito superior

Primário até 36,2 kV

Primário até 15 kV

690

540

410
Primário até 36,2 kV

Primário até 15 kV

Figura 9a - Rede compacta x rede compacta (dimensões em milímetros)

18
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Figura 9b - Rede compacta x rede com condutores nus (dimensões em milímetros)

19
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Figura 9c - Rede com condutores nus x rede compacta (dimensões em milímetros)

NOTA 1: Os valores das cotas indicadas são para as situações mais desfavoráveis de
flecha.

NOTA 2: Quando instaladas na mesma estrutura, do mesmo lado do poste, é recomendado


que a rede compacta seja instalada acima da rede com condutores nus.

20
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
36,2 kV

15 kV

1 kV

Comunicação e
cabos aterrados

5 000
5 500
6 000
6 000

4 500
4 500
6 000
6 000

7 000
7 000

6 000
6 000
9 000
9 000
7 000
7 000
3 000
4 500
5 500
5 500

3 000
3 500
5 500
5 500

4 500
4 500
6 000
6 000

6 000
6 000
6 000
6 000

Vias exclusivas Vias exclusivas Locais acessíveis Locais acessíveis ao Ruas e Entrada de Rodovias Ferrovias não
de pedestre em de pedestre em ao trânsito de trânsito de máquinas avenidas prédios e demais federais eletrificadas ou
áreas rurais áreas urbanas veículos em áreas e equipamentos locais de uso não eletrificáveis
rurais agrícolas em áreas restrito a veículos
rurais

NOTA: Os valores indicados são para o circuito mais próximo do solo na condição de flecha
máxima. Em caso de mais de um circuito, recomenda-se que sejam mantidos os
afastamentos mínimos definidos na Figura 9.

Figura 10 – Afastamentos mínimos - Condutor ao solo (dimensões em milímetros)

21
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
6. ESTRUTURAS DE REDE

22
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
6.1. PADRÃO 13,8 kV

23
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
6.2.PADRÃO 34,5 kV

PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017


7. ESTRUTURAS PARA INSTALAÇÃO DE
EQUIPAMENTOS

57
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
7.1. PADRÃO 13,8 kV

58
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
7.2. PADRÃO 34,5 kV

79
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
8. ATERRAMENTO

8.1. ATERRAMENTO DEFINITIVO

8.1.1 O mensageiro deve ser aterrado nas seguintes condições:

- na malha de terra dos equipamentos ao longo da rede;


- em intervalos máximos de 300 metros de outro aterramento ao longo da rede;
- em finais de rede.

NOTA: Em regiões de elevado nível ceráunico onde a rede está sujeita a descargas diretas
ou tensões induzidas, é recomendável o aterramento do mensageiro em intervalos máximos
de 200 metros. Há também a necessidade de separação entre aterramento do cabo
mensageiro e aterramento de neutro.

8.1.2 Os aterramentos são os mesmos previstos na Padronização de Redes Aéreas Urbanas


de Distribuição, ou seja, AT-1, AT-2 e AT-3.

PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017


8.1.3 Confecção das barras de terra para Braço tipo C e Braço afastador horizontal (J),
para instalação de para raios.

101
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Figura 11 – barras de terra para Braço tipo C e Braço afastador horizontal (J)

102
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
8.2. ATERRAMENTO TEMPORÁRIO

O aterramento temporário deve ser instalado, preferencialmente, nas partes expostas das
redes (terminais de equipamentos, conector derivação de linha viva, e outros) de tal forma
que o local de trabalho esteja confinado entre dois pontos aterrados.

Nos trechos onde não houver partes expostas, devem ser previstos estribos de espera para
o teste de ausência de tensão e instalação do conjunto de aterramento temporário.

Para a colocação do estribo de espera, retirar a cobertura do cabo, instalar o estribo e


refazer a cobertura do cabo conforme procedimentos padronizados (ver seção 11.
Conexões e emendas). Orientação para instalação conforme desenho abaixo.

1 000

400 (mín.)

Dimensões em milímetros

Nota: O tipo de estrutura apresentado (CE2) para aterramento temporário é orientativo,


podendo ser instalados também em estrutura tipo CE3 e CE4. Não utilizar em estrutura
CE1A.

Figura 12 – Afastamento mínimo entre estribos

103
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
8.3 RESUMO

8.3.1 Onde existam, chaves de faca e outros equipamentos, cuja distância entre os mesmos
seja inferior a 300 metros, utilizar os estribos ou outros pontos vivos para aterrar as
extremidades do local de trabalho.

8.3.2 Onde a distância acima esteja entre 300 metros e 600 metros, projetar estribos de
espera como na figura a seguir, exatamente no ponto médio entre os equipamentos.

8.3.3 Para distância entre equipamentos superior a 600 metros, dividir o trecho em partes
iguais e sempre inferiores a 300 metros.

104
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
105
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
9. ENGASTAMENTO

O engastamento de poste consta na Figura 13 e Figura 14.


L

Figura 13 – Engastamento de poste - Fundação normal

106
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
A profundidade de engastamento e, para qualquer tipo de poste, é geralmente calculada
pela equação:

L
e  0,60 (m)
10

Onde:

- e é o engastamento, expresso em metros (m) com valor mínimo igual a 1,50 metros;

- L é o comprimento do poste, expresso em metros (m).

No engastamento simples, o terreno em volta do poste deve ser reconstruído, socando-se


compactamente camadas de 0,20 metros de terra, até o nível do solo.

Recomenda-se misturar brita, cascalho ou pedras, na terra de enchimento da vala e molhar


antes de socar energicamente as camadas de reconstituição do solo, conforme Figura 14.

Os valores de resistência de engastamento para poste com base reforçada calculados na


Tabela 8 consideram a distância entre o nível do terreno e a face superior do reforço,
conforme Figura 14, igual a 0,30 metros.

O matacão, placa ou escora devem ter uma espessura mínima que proporcione rigidez
mecânica, para o engastamento reforçado.

Os engastamentos que requeiram fundações especiais devem ser calculados de acordo


com os critérios da LIGHT.

A Tabela 8 apresenta os valores de resistência de engastamento de postes, calculados


pelo Método de Valensi, conforme RTD CODI-21.03, considerando coeficiente
compressibilidade C = 2 000 daN/m3, conicidade 20 mm/m para poste de concreto circular,
distância entre o nível do solo e a face superior do reforço igual a 0,30 metros.

107
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Dimensões em milímetros

F = Resultante dos esforços aplicados no poste

Figura 14 – Engastamento de poste - Detalhes da fundação

108
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Tabela 8 – Resistência de engastamento de postes
Resistência
Concreto seção DT Concreto seção circular Madeira
do poste

Comprimen Simples Reforçado Concretado Simples Reforçado Concretado Simples Reforçado Concretado
to do poste
m Concreto Madeira Resistência Resistência Dimensões Resistência Diâmetro Diâmetro Diâmetro
Resistência Resistência Dimensões Resistência Resistência Resistência Dimensões Resistência
daN (Tipo) mínimo mínimo mínimo
máxima máxima de escora máxima máxima máxima de escora máxima máxima máxima de escora máxima
da vala da vala da vala
daN daN (nxm) daN daN daN (nxm) daN daN daN (nxm) daN
m m m

150 L 140 220 0,2 x 0,6 320 0,5 230 Nota 2 - 150 220 0,2 x 0,6 320 0,5

200 Nota 3 210 320 0,2 x 1,0 Nota 2 - 230 340 - - - - - -

300 M 210 320 0,2 x 1,0 450 0,7 250 360 0,7 170 320 0,2 x 1,0 450 0,7
9 000
400 Nota 3 210 320 0,2 x 1,0 580 0,9 250 360 0,9 - - - - -

600 P 210 320 0,2 x 1,0 880 1,1 270 - Nota 2 890 1,1 190 370 0,2 x 1,0 880 1,1

1 000 XP 230 340 0,2 x 1,0 1 510 1,6 Nota 3 0,2 x 1,0 Nota 2 - - Nota 4 - - - -

150 L 160 220 0,2 x 0,6 Nota 2 - 270 0,2 x 1,0 450 Nota 2 - 170 220 0,2 x 0,6 340 0,5

300 M 240 350 0,2 x 1,0 480 0,7 290 0,2 x 1,0 580 480 0,7 190 340 0,2 x 1,0 480 0,7
10 000
600 P 240 350 0,2 x 1,0 920 1,1 310 410 0,2 x 1,0 920 1,1 220 360 0,2 x 1,0 910 1,1

1 000 XP 270 370 0,2 x 1,0 1 400 1,5 340 430 0,2 x 1,0 1 410 1,5 Nota 4 - - - -

150 L 170 230 0,2 x 0,6 Nota 2 - 290 Nota 2 - Nota 2 - 180 250 0,2 x 0,6 350 0,5

300 M 260 370 0,2 x 1,0 500 0,7 310 410 0.2 x 1,0 500 0,7 200 350 0.2 x 1,0 500 0,7

10 500 600 P 260 370 0,2 x 1,0 940 1,1 330 420 0,2 x 1,0 940 1,1 240 370 0,2 x 1,0 930 1,1

1 000 XP 290 390 0,2 x 1,0 1 420 1,5 360 450 0,2 x 1,0 1 430 1,5 Nota 4 - - - -

2 000 Nota 3 340 430 0,2 x 1,0 Nota 1 - Nota 3 - - - - - - - - -

PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017


200 Nota 3 180 300 0,2 x 1,0 Nota 2 - 310 Nota 2 - Nota 2 - - - - - -

300 M 280 380 0,2 x 1,0 510 0,7 330 430 0,2 x 1,0 Nota 2 - 250 390 0,2 x 1,0 510 0,7

400 Nota 3 280 380 0,2 x 1,0 660 0,9 330 430 0,2 x 1,0 660 0,9 - - - - -
11 000
600 P 280 380 0,2 x 1,0 950 1,1 350 440 0,2 x 1,0 960 1,1 270 400 0,2 x 1,0 950 1,1

1 000 XP 310 410 0,2 x 1,0 1 440 1,5 390 480 0,2 x 1,0 1 450 1,5 Nota 4 - - - -

1 500 Nota 3 Nota 3 - - - - 440 520 0,2 x 1,0 Nota 1 - - - - - -

300 Nota 3 320 420 0,2 x 1,0 Nota 2 - 380 470 0,2 x 1,0 Nota 2 - - - - - -

400 Nota 3 320 420 0,2 x 1,0 700 0,9 380 470 0,2 x 1,0 700 0,9 - - - - -

600 Nota 3 320 420 0,2 x 1,0 1 000 1,1 400 490 0,2 x 1,0 1 000 1,1 - - - - -
12 000
1 000 Nota 3 350 450 0,2 x 1,0 1 490 1,5 440 520 0,2 x 1,0 1 500 1,5 - - - - -

2 000 Nota 3 410 500 0,2 x 1,0 Nota 1 - 500 570 0,2 x 1,0 Nota 1 - - - - - -

3 000 Nota 3 440 520 0,2 x 1,0 Nota 1 - 500 570 0,2 x 1,0 Nota 1 - - - - - -

300 Nota 3 370 470 0,2 x 1,0 Nota 2 - 440 Nota 2 - Nota 2 - - - - - -

600 Nota 3 370 470 0,2 x 1,0 1 040 1,1 460 540 0,2 x 1,0 1 040 1,1 - - - - -
13 000
1 000 Nota 3 Nota 3 - - - - 500 580 0,2 x 1,0 1 540 1,5 - - - - -

2 000 Nota 3 Nota 3 - - - - 560 630 0,2 x 1,0 Nota 1 - - - - - -

NOTA 1: Valor não informado porque o diâmetro da vala excede 1,5 m, devendo ser utilizada fundação especial a critério da empresa.

NOTA 2: Valor não informado porque o engastamento simples ou reforçado já excedeu o valor de 1,4 vezes a carga nominal do poste.
NOTA 3: Poste não padronizado pela ABNT NBR 8452 ou ABNT NBR 8457.

NOTA 4: Valor não calculado para postes de madeira.

109
10. AMARRAÇÕES E ANCORAGENS

10.1 AMARRAÇÕES PARA ISOLADORES DE PINO

110
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Detalhe das voltas de fio em torno do isolador para amarração independente

750 mm de comprimento de fio

3 voltas apertadas

Figura 15 – Amarrações e ancoragens – Isolador polimérico tipo pino – Com fio de


alumínio coberto

10.2 AMARRAÇÕES PARA ESPAÇADORES


Nota: O espaçador padrão atual da LIGHT é o contendo travas integradas.

Figura 16 – Amarrações e ancoragens - Espaçadores - Com travas integradas

111
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
10.3 FIXAÇÃO DO ESPAÇADOR POLIMÉRICO NO ESTRIBO

Figura 17 – Amarrações e ancoragens – Fixação no estribo - Espaçador com travas integradas

10.4 ANCORAGENS

Figura 18 – Amarrações e ancoragens – Ancoragem simples – Alça pré formada


no condutor coberto

112
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Figura 19 – Amarrações e ancoragens – Ancoragem simples – Alça pré-formada no
cabo mensageiro

Figura 20 – Amarrações e ancoragens – Ancoragem dupla – Alça pré-formada no


condutor coberto

NOTA: Evitar o seccionamento do cabo quando os cabos forem da mesma seção.

113
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Alça pré-formada
de estai Conector (ver nota)

Sapatilha

Figura 21 – Amarrações e ancoragens – Ancoragem dupla – Alça pré-


formada no cabo mensageiro

NOTA: Evitar o seccionamento do cabo quando os cabos forem da mesma seção.

114
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
10.5 DERIVAÇÕES DO CABO DE ALUMÍNIO COBERTO E CABO MENSAGEIRO

Figura 22 – Amarrações e ancoragens – Derivações – Cabo


alumínio coberto

Figura 23 – Amarrações e ancoragens – Derivações – Cabo mensageiro

115
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Figura 24 – Amarrações e ancoragem - Derivações – Cabo mensageiro passante

11. CONEXÕES E EMENDAS

11.1 Não é permitido a emenda do cabo mensageiro no meio do vão.

11.2 Os pontos de emendas e conexões devem ficar em locais livres de contato com
acessórios poliméricos e com possibilidade de toques eventuais de objetos estranhos à
rede compacta.

11.3 A recomposição da cobertura do cabo nas emendas, conexões e extremidades, têm


caráter obrigatório e deve ser feita com manta de EPR.

116
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
11.3.1 Procedimento para recomposição da cobertura ou da extremidade com manta
de EPR (PAD – 327 151).

- Realizar a conexão, deixando 12 mm entre a cobertura do condutor e a conexão;

- Aplicar duas voltas de fita plástica isolante, de item de estoque 347 756, ao contrário, ou
seja, com parte adesiva para cima e não em contato com o cabo e a conexão;

117
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
- Retirar o liner protetor do dorso da manta e o papel siliconado que protege o mastic;

- Aplique a manta de reparo com o mastic sobre a região a ser reparada, deixando uma
distância mínima de 25 mm em cada lado sobre a cobertura do cabo.

Obs.: A manta é aplicada com o mastic voltado para o cabo, com a finalidade de fazer a
vedação do mesmo.

- No final da aplicação da manta de reparo, faça o fechamento da mesma, utilizando o


adesivo aplicado na parte interna do dorso.

Nota: Os desenhos são exemplos, no entanto a manta de reparo de cabos, pode ser
utilizada em qualquer tipo de conector ou emenda (ex.: conector tipo estribo, cunha,
compressão, parafuso, etc.).

- Para emendas com derivação, aplicar o produto conforme mostrado na figura abaixo.
Sempre inicie a aplicação com mastic, ou seja, com a parte oposta a qual está aplicado o
adesivo de fechamento da manta. No final da aplicação do produto fazer o fechamento da
manta entre os cabos de derivação pressionando o mastic entre os cabos de forma a fazer
a completa vedação contra penetração de umidade.

118
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
11.4 A cobertura protetora de estribo e conectores deve ser utilizada em função dos
contatos acidentais com objetos e pequenos animais.

Figura 25 – Conexões e emendas – Proteção das conexões

119
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
12.LISTA DAS UNIDADES DE MONTAGEM

Nota: O número dos itens relacionados na tabela abaixo são de controle interno
da Light.

12.1 UNIDADES DE MONTAGEM DE POSTE - UMP

LISTA DE MATERIAL
CÓDIGO DENOMINAÇÃO
ITEM UN. QUANT.
P111300 Poste de concreto circular 11m/300daN 327 842 pç 01
P111600 Poste de concreto circular 11m/600daN 327 843 pç 01
P1111000 Poste de concreto circular 11m/1000daN 327 844 pç 01
P1111500 Poste de concreto circular 11m/1500daN 327 845 pç 01
P112300 Poste de concreto circular 12m/300daN 327 846 pç 01
P112600 Poste de concreto circular 12m/600daN 327 847 pç 01
P1121000 Poste de concreto circular 12m/1000daN 327 848 pç 01
P1122000 Poste de concreto circular 12m/2000daN 327 849 pç 01
P1151000 Poste de concreto circular 15m/1000daN 327 850 pç 01
Poste de fibra de vidro de seção circular
P411300 327 180 pç 01
11m/300daN
Poste de fibra de vidro de seção circular
P411600 327 177 pç 01
11m/600daN
Poste de fibra de vidro de seção circular
P412600 327 176 pç 01
12m/600daN
P311-300 Poste de madeira circular 11m/300daN 327 268 pç 01

12.2 UNIDADES DE MONTAGEM DE CONDUTOR – UMC

LISTA DE MATERIAL
CÓDIGO DENOMINAÇÃO
ITEM UNID. QUANT.
C1139734 Cabo CA 19 fios 397,5 MCM – XLPE (7,8mm) 323 014 m 01
C1139713 Cabo CA 19 fios 397,5 MCM – XLPE (3mm) 324 699 m 01
C121/013 Cabo CAA 6/1 fios 1/0 AWG – XLPE (3mm) 324 698 m 01
C13/16 Cabo de cobre Coberto, 16mm², XLPE 324 793 m 01
C-1/3-AR Cordoalha de aço zincado 9,5 mm (3/8”) - AR 323 219 m 01

120
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
12.3 UNIDADES DE MONTAGEM CE – UMCE

Nº DO
CÓDIGO DA CÓDIGO
DESCRIÇÃO SUCINTA DESENH
ESTRUTURA SAP
O
Com braço anti-balanço para vãos em tangente ou com
13CE1A 13CE1A 121.805
deflexão até 6°
13CE2 13CE2 Para deflexão da rede 121.806
13CE3 13CE3 Para fim de rede 121.807
Para deflexão especial, mudança de bitola ou ancoragem
13CE4 13CE4 121.808
dupla
13CE2.CE3 13CE2CE3 Para derivação do lado oposto da rede 121.811
Para derivação de circuito de poste com deflexão da rede
13CE2.3 13CE2.3 121.812
de 6° a β°
13CE3-CE3 13CE3CE3 Para derivação de circuito, dois fins de rede 121.813
Para derivação de rede em fim de linha e deflexão especial
13CE4.CE3 13CE4CE3 121.814
ou dupla ancoragem
Para transição de rede convencional para rede compacta
13CE3.N3 SU 13CEN3SU 121.809
com seccionamento
Para transição de rede convencional para rede compacta
13CE3.N3 PR 13CEN3PR 121.810
sem seccionamento
Para instalação de para-raios em vãos em tangente ou com
13CE2J PR 13CE2JPR 121.820
deflexão, com braço afastador horizontal (J)
Para instalação de chave seccionadora unipolar em carga,
13CEJ SU 13CEJSU em vãos em tangente ou com deflexão, com braço 121.822
afastador horizontal (J)

34CE1 34CE1 Para vãos em tangente ou com deflexão até 6° 121.837


Com braço anti-balanço para vãos em tangente ou com
34CE1A 34CE1A 121.838
deflexão até 6°
34CE2 34CE2 Para deflexão da rede 121.839
34CE3 34CE3 Para fim de rede 121.840
Para deflexão especial, mudança de bitola ou ancoragem
34CE4 34CE4 121.841
dupla
34CE3-CE3 34CE3CE3 Para derivação do lado oposto da rede 121.842
Para derivação de circuito de poste com deflexão da rede
34CE2.CE3 34CE2CE3 121.843
de 6° a β°
34CE2.3 34CE2.3 Para derivação de circuito, dois fins de rede 121.844
Para derivação de rede em fim de linha e deflexão especial
34CE4.CE3 34CE4CE3 121.845
ou dupla ancoragem
Para transição de rede convencional para rede compacta
34CE3.N3 SU 34CEN3SU 121.847
com seccionamento
121
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Para transição de rede convencional para rede compacta
34CE3.N3 PR 34CEN3PR 121.848
sem seccionamento
Para instalação de chave interruptora tripolar, com braço
34CE4J CHV3 34CE4JC3 121.853
afastador horizontal (J)
Para instalação de para-raios, em vãos em tangente ou
34CE2J PR 34CE2JPR 121.849
com deflexão, com braço afastador horizontal (J)
Para instalação de chave seccionadora unipolar em carga,
34CEJ SU 34CEJSU em vãos em tangente ou com deflexão, com braço 121.851
afastador horizontal (J)

12.4 UNIDADES DE MONTAGEM DIVERSA – UMD

Lista de unidades que se enquadram nos tipos acima e que servem para complementar as
montagens, tais como, aterramento, estaiamento, etc:

CÓDIGO DA
DESCRIÇÃO SUCINTA Nº DO DESENHO
ESTRUTURA
AT-1 Aterramento Tipo 1 121.109
AT-2 Aterramento Tipo 2 121.110
AT-3 Aterramento Tipo 3 121.111
EBC Engastamento com Base Concretada
EBC/01 Nota: Este Engastamento é formado pelo próprio
engastamento simples, acrescido de cimento (EBC/01) 14.292
EBC/02
e pedra britada/areia (EBC/02)
EC/P Estai de Cruzeta a Poste 14.457
EC/C Estai de Cruzeta a Cruzeta 14.642

12.5 UNIDADES DE MONTAGEM ADICIONAL – UMA

Lista das unidades que representam os materiais que variam em função do tipo
de condutor e/ou equipamento, tais como, conexões, emendas, terminais etc, ou
cuja mensuração depende do projeto, ou possam existir ou não:

LISTA DE MATERIAL
CÓDIGO DENOMINAÇÃO
ITEM UN. QUANT.
Arruela Quadrada
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
A-2 PADRAO: FABRICANTE; 949 990 pç 01
DIAMETRO INTERNO: 18,00 MM;
DIMENSOES: 18X38X3 MM; ESPESSURA: 3 MM;
ESP:ABNT NBR 8158/83; ESP:ABNT NBR 8159/84;
DES: LIGHT ALEA.D-14037.
Braço Anti Balanço 15 kV
A-3/13 MATERIAL: POLIAMIDA; 327 156 pç 01
PROTEÇAO: TRILHAMENTO ELETRICO/RAIOS ULTRA-VIOLETA/INTEMPERIES;

122
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
COR BRACO: PRETA;
COMPRIMENTO: 305 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO
COMPACTA EM ESPACADORES-15 KV. UTILIZADO EM CONJUNTO COM BRACO
TIPO "L";
ESP: ABNT NBR 5389/81; ESP: ABNT NBR 5405/83; ESP: ABNT NBR 10296/88;
DES: LIGHT 121702.
Braço Anti Balanço 34,5 KV;
APLICACAO: REDE AEREA DISTRIBUICAO;
MATERIAL: POLIETILENO ALTA DENSIDADE;
PROTECAO: TRILHAMENTO ELETRICO/RAIOS ULTRA-VIOLETA/INTEMPERIES;
COR BRACO: CINZA CLARO;
A-3/34 COMPRIMENTO: 555 MM; 327 041 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: COMPACTA EM ESPACADORES-34,5 KV;
UTILIZADO EM CONJUNTO COM BRACO TIPO L; O MATERIAL DEVE SER
RESISTENTE AO TRILHAMENTO ELETRICO, A RAIOS ULTRA-VIOLETA E AS
INTEMPERIES;
FAB: ABNT - REF: NBR 5389/81, NBR 5405/83 E NBR 10296/88;
DES: LIGHT 121702.
Fita de aço inoxidável 1020 x 12,7mm
APLICACAO: REDE DE DISTRIBUICAO SUBTERRANEA;
MATERIAL: ACO INOX OU ACO CARBONO;
A-5/2 TRATAMENTO SUPERFICIAL: ZINCADO SOMENTE P/ACO CARBONO; 343 283 m 01
TRATAMENTO TERMICO: SEM TRATAMENTO TERMICO;
ESPESSURA: 0,80 MM; LARGURA: 12,7 ± 0,2 MM;
ESP:ABNT NBR-6635/81.
Fecho para fita de aço 12,7mm
APLICACAO: REDE DISTRIBUICAO SUBT;
A-5/4 MATERIAL: INOX AISI-304/ SAE-1020 ZINCADO; 343 282 pç 01
DIMENSOES FITA: 12,7MM ± 0,2 MM;
ESP:ASTM A-493; ESP:ASTM A-90; ESP:ASTM D-459
Cobertura prot. p/ estribo e conector derivação de linha
viva
COR: CINZA OU PRETA;
CLASSE DE TENSAO: 15 KV;
COMPRIMENTO: 335 +30/-20 MM;
DIMENSOES: ALTURA 305 +20/-5 MM;
A-12 FIXACAO: ATRAVES DE OLHAL DE FIXACAO; 327 171 pç 01
PADRAO: NBR/ASTM;
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: CONECTOR ESTRIBO E CONECTOR
DERIVACAO DE LINHA VIVA NAS REDES AEREAS DE DISTRIBUICAO;
MATERIAL: POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE OU RETICULADO;
ESP: ABNT NBR 10296; ESP: ASTM G-155;
DES: LIGHT 121765.
Fita plástica isolante (aéreo)
TIPO: ADESIVA;
MATERIAL: FILME DE PVC;
A-15/01 APLICACAO: REDE AEREA 13,2 KV; 347 756 pç 01
ESPESSURA: 0,25 MM; LARGURA: 19 MM; COMPRIMENTO: 15 M;
REQUISITOS ADICIONAIS: TIPO DE ADESIVO: TERMOPLASTICO;
TEMPERATURA MAXIMA DE OPERACAO CONTINUA: 90 GRAUS C;
ESP:ABNT NBRNM 60454.
Fita de borracha auto aglomerante
TIPO: AUTO AGLOMERANTE;
UTILIZACAO: RECOMPOSICAO DA CAMADA ISOLANTE DE CABOS, EM EMENDAS
E
TERMINACOES PARA CABOS DE POTENCIA EM MEDIA TENSAO;
A-15/03 MATERIAL: FILME DE EPR; 347 755 pç 01
COR: PRETA;
ESPESSURA: 0,76 MM; LARGURA: 25 MM; COMPRIMENTO: 10 M;
REQUISITOS ADICIONAIS: TEMPERATURA MAXIMA DE OPERACAO CONTINUA:
90 GRAUS CELSUS;
ESP:ABNT NBR 5037/83; ESP:ASTM D 3391/80.
Abraçadeira plástica
A-14/01 FORMATO: CINTA; 335 036 pç 01
TIPO: AUTO TRAVANTE;
MATERIAL: POLIAMIDA;
123
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
COR: PRETA;
CAPACIDADE: 200,0 X 4,6 X 1,3 MM;
MATERIAL: RESISTENTE AO INTEMPERISMO UV; GRAXAS; GASOLINA;
SOLVENTES, ETC;
COR: PRETA;
TENSAO SUPORTAVEL DE RUPTURA: 22.7 KGF;
CARACTERISTICAS ADICIONAIS: SISTEMA DE FECHAMENTO AUTO-TRAVANTE
SEM RETORNO;
Espaçador losangular de 15kV com fixadores auto
travantes
APLICACAO: REDE AEREA COMPACTA;
TIPO: LOSANGULAR;
MATERIAL: POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE;
REVESTIMENTO: SEM REVESTIMENTO;
COR: CINZA;
A-18p/15 CLASSE TENSAO: 15 KV; 327 178 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: ESPACADOR COM SISTEMA DE FIXACAO DAS FASES
E CABO DE ACO ATRAVES DE FIXADORES AUTO TRAVANTES ACOPLADOS;
RESISTENTE A UV E AS INTEMPERIES;
DISTANCIA DE ESCOAMENTO MINIMA: 290 MM ENTRE FASES E ENTRE FASES E
MENSAGEIRO;
ESP: ABNT-NBR 16094;
DES: LIGHT 121797 FLS.1 E 2.
Espaçador losangular de 34,5kV com fixadores auto
travantes
APLICACAO: REDE AEREA COMPACTA;
TIPO: LOSANGULAR;
MATERIAL: POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE;
REVESTIMENTO: SEM REVESTIMENTO;
A-18p/34 COR: CINZA; 327 750 pç 01
CLASSE TENSAO: 35 KV;
AMARRACOES: 4 - 3 P/FASE - 1 P/MENSAGEIRO;
REQUISITOS ADICIONAIS: O ESPACADOR DEVE POSSUIR FIXADORES AUTO
TRAVANTES;
ESP: ABNT NBR 16094:2012; ESP: ABNT NBR16095:2012;
DES: LIGHT 121944.
Protetor polimérico para fio terra
APLICACAO: FIO TERRA;
MATERIAL: POLIMERO;
ACABAMENTO: SUPERFICIE LISA E UNIFORME;
A-22/p PROTECAO: RESISTENTE RAIOS UV E INTEMPERIES; 327 158 pç 01
COMPRIMENTO: 2700 MM;
COR: PRETO OU CINZA;
FAB: ASTM - REF: 155 (INTEMPERISMO); ASTM D - 256-85; ASTM D - 638-23; ASTM
D - 638-28 ASTM D - 2240-61;
DES: LIGHT 121714.
Sapatilha
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020, LAMINADO OU TREFILADO;
A-25 REVESTIMENTO: ZINCADA A QUENTE; 327 613 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: PARA RAMAL DE LIGACAO;
ESP:ABNT NBR-8158/83;
DES:LIGHT 14364.
Suporte de transformador tipo 1,  195mm
APLICACAO: TRANSFORMADOR;
MODELO: TIPO I;
REQUISITOS ADICIONAIS: POSTE SECAO CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1010 A 1020, LAMINADO;
A-30/01 ELEMENTOS DE FIXACAO: PARAFUSO DE CABECA ABAULADA COM PORCA 329 506 jg 01
QUADRADA;
PROTECAO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSAO A QUENTE;
DIAMETRO INTERNO: 195MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14869 ITEM 1.
Suporte de transformador tipo 1,  225mm
A-30/02 APLICACAO: TRANSFORMADOR; 329 507 jg 01
MODELO: TIPO I;
REQUISITOS ADICIONAIS: POSTE SECAO CIRCULAR;
124
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1010 A 1020, LAMINADO; ELEMENTOS DE
FIXACAO: PARAFUSO DE CABECA ABAULADA COM PORCA QUADRADA;
PROTECAO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSAO A QUENTE;
DIAMETRO INTERNO: 225MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14869 ITEM 2.
Suporte de transformador tipo 1,  255mm
APLICACAO: TRANSFORMADOR;
MODELO: TIPO I;
REQUISITOS ADICIONAIS: POSTE SECAO CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1010 A 1020, LAMINADO;
A-30/03 ELEMENTOS DE FIXACAO: PARAFUSO DE CABECA ABAULADA COM PORCA 329 508 jg 01
QUADRADA;
PROTECAO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSAO A QUENTE;
DIAMETRO INTERNO: 255MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14869 ITEM 3.
Suporte de transformador tipo 1,  285mm
APLICACAO: TRANSFORMADOR;
MODELO: TIPO 1;
REQUISITOS ADICIONAIS: POSTE SECAO CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1010 A 1020, LAMINADO;
A-30/4 ELEMENTOS DE FIXACAO: PARAFUSO DE CABECA ABAULADA COM PORCA 329 865 jg 01
QUADRADA;
PROTECAO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSAO A QUENTE;
DIAMETRO INTERNO: 285 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14869 ITEM 4.
Suporte de transformador tipo 1,  350mm
APLICACAO: TRANSFORMADOR;
MODELO: TIPO 1;
REQUISITOS ADICIONAIS: POSTE SECAO CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1010 A 1020, LAMINADO;
A-30/5 ELEMENTOS DE FIXACAO: PARAFUSO DE CABECA ABAULADA COM PORCA 329 866 jg 01
QUADRADA;
PROTECAO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSAO A QUENTE;
DIAMETRO INTERNO: 350 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14869 ITEM 5.
Arruela de pressão M18
FORMATO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1040/1070;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
PADRAO: ASME B18.21.1;
DIAMETRO NOMINAL: M18;
A-65 DIAMETRO INTERNO: 18,0 MM ±2 MM; 949 878 pç 01
DIAMETRO EXTERNO: 27,0 MM + 2 MM;
ESPESSURA: 4,0 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: FORMA: B; PARA USO NA REDE AEREA DA
DISTRIBUICAO; VIDE CARTAS SOBRE GALVANIZACAO ED-50374-ENRG;
EED-00979- SUPT. DE 18.06.56 E 28.03.57; RESPECTIVAMENTE;
ESP:ABNT NBR 5854/88; ESP:DIN 127/85; ESP:DIN 137/85;
DES: LIGHT 14363.
Dispositivo auxiliar para cinta ajustável
APLICAÇÃO: CINTA AJUSTÁVEL DA REDE AÉREA DE DISTRIBUIÇÃO;
MATERIAL: AÇO CARBONO,ABNT 1010 A 1020, LAMINADO;
A-67 PROTEÇÃO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSÃO A QUENTE; 327 149 pç 01
DIMENSÕES: 120 X 75 X 36 MM;
NORMAS TÉCNICAS: NBR 6323/07, NBR 8158/83;
DESENHO: 121694.
Cordoalha de aço carbono zincado 9,5 mm
MATERIAL: ACO CARBONO;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
C-1/3-AR QUANTIDADE DE FIOS: 7 FIOS; 323 219 m 01
FORMACAO: 1+6; CATEGORIA: AR - ALTA RESISTENCIA;
DIAMETRO NOMINAL: 9,50 MM;
CARGA DE RUPTURA: 4900 KGF;

125
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO CABO PARA-RAIOS DE LINHAS DE
TRANSMISSAO AEREAS, ESTAIS, TIRANTES OU CABOS MENSAGEIROS;
ESP: LIGHT NTL 0046/15-R1; ESP: ABNT NBR 5908/82; ESP: ABNT NBR 5909/85;
ESP: ABNT NBR 5996/84; ESP: ABNT NBR 6005/11; ESP: ABNT NBR 6236/04; ESP:
ABNT NBR 7311/06; ESP: ABNT NBR 7397/07; ESP: ABNT NBR 7400/09; ESP: ASTM
A90; ESP: ASTM A239; ESP: ASTM A363; ESP: ASTM A475; ESP: ASTM B6;
DES: LIGHT 121901.
Cabo de cobre 25mm² c/ PVC
TEMPERA: MOLE;
ENCORDOAMENTO: CLASSE 2;
ISOLACAO: PVC/ABW;
C-8/25 COR: PRETA; 324 217 m 01
TEMPERATURA: 70 GRAUS CELSIUS;
TENSAO DE ISOLAMENTO: 750 V;
SECAO NOMINAL: 25,00 MM2;
ESP:ABNT NBR 5471; ESP:ABNT NBR NM280; ESP: NBR NM247-3;
ESP:LIGHT NTL0035/96.
Cabo de cobre 35mm² c/ XLPE
TIPO: UNIPOLAR;
APLICACAO: RAMAL DE CONSUMIDOR (SUBT);
MATERIAL DO CONDUTOR: COBRE;
TEMPERA: MOLE;
ENCORDOAMENTO: CLASSE 2;
C-8X/35 MATERIAL DA ISOLACAO: XLPE; 324 780 m 01
COR DA ISOLACAO: PRETA;
TENSAO DE ISOLACAO: 0,6/1,0 KV;
TEMPERATURA: 90 GRAUS CELSIUS;
NUMERO CONDUTORES: 01;
SECAO NOMINAL: 1 X 35 MM2;
ESP:ABNT NBR 6251; ESP:ABNT NBR NM280; ESP:LIGHT NTL0036/00-R8.
Cabo nu de aço-cobre 25,1mm²
APLICACAO: REDE AEREA DISTRIBUICAO;
MATERIAL DO FIO: ACO CARBONO ABNT 1010;
REVESTIMENTO DO FIO: COBRE 102 OFHC;
ESPESSURA MIN DO REVESTIMENTO: O,2448 MM;
C-17 NUMERO DE FIOS: 3 OU 7; 324 668 m 01
CONDUTIVIDADE: 40 POR CENTO;
SECAO NOMINAL: 25,1 MM2;
DIAMETRO NOMINAL: 7,04 MM;
ESP:ABNT NBR 8120/83; ESP:ASTM B 228;
DES:LIGHT 121108.
Braço afastador horizontal (J)
SUPORTE INSTALACAO ELETRICA;
TIPO: JOTA;
APLICACAO: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1010/1020 LAMINADO;
F-4/13 REVESTIMENTO: ZINCAGEM POR IMERSAO A QUENTE; 327 168 pç 01
ACESSORIOS: PRENSA-CABO;
DIMENSOES: SEGUNDO DESENHO;
REQUISITOS ADICIONAIS: VIGA "U" COM 41 MM (ALT.) X 100 MM (LARG.) E
ESPESSURA DA ALMA DE 6 MM +1/-0
ESP: ABNT NBR 6323; ESP: ABNT NBR 8158; ESP: ABNT NBR 8159;
DES: LIGHT 121743.
Cantoneira auxiliar para braço tipo C
TIPO: P/BRACO C;
APLICACAO: ESPACADOR;
REQUISITOS ADICIONAIS:
APLICACAO: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO COMPACTA DE 13,8 E 34,5 KV, EM
ESPACADORES;
F-9 MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1010 A 1020; 327 184 pç 01
PROTECAO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSAO A QUENTE;
LARGURA DA ABA: 65 MM ± 5;
ESPESSURA DA ALMA: 6.00 MM;
COMPRIMENTO: 900 MM ± 20.;
ESP: ABNT NBR 8158; ESP: ABNT NBR 8159;
DES: LIGHT 121846.

F-6/13 Braço tipo C – 15 kV 327 989 pç 01


TIPO: C;
126
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
TIPO CONSTRUTIVO: VIGA U;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT1010/1020 LAMINADO; PROTECAO
SUPERFICIAL: ZINCADO A QUENTE;
ESPESSURA ALMA VIGA: 5 MM +2/-0;
REQUISITOS ADICIONAIS: COMPACTAS EM ESPACADORES - 15 KV;
ESP:ABNT NBR 8158/83 E NBR 8159/84;
DES:LIGHT 121701
Braço tipo C – 34,5 kV
TIPO: C;
TIPO CONSTRUTIVO: VIGA U;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT1010/1020 LAMINADO;
F-6/34 PROTECAO SUPERFICIAL: ZINCADO A QUENTE; 327 040 pç 01
ESPESSURA ALMA VIGA: 5 MM +2/-0;
REQUISITOS ADICIONAIS: COMPACTAS EM ESPACADORES - 34,5 KV;
ESP:ABNT NBR 8158/83 E NBR 8159/84;
DES:LIGHT 121701
Cinta para poste circular  170mm
TIPO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO;
F-10/05 REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; 329 171 pç 01
FIXACAO: PARAFUSO CABECA ABAULADA/PORCA QUADRADA;
DIAMETRO INTERNO: 170,00 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14229 ITEM 5.
Cinta para poste circular  200mm
TIPO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO;
F-10/06 REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; FIXACAO: PARAFUSO CABECA 329 184 pç 01
ABAULADA/PORCA QUADRADA;
DIAMETRO INTERNO: 200,00 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14229 ITEM 6.
Cinta para poste circular  220mm
TIPO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO;
F-10/07 REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; 329 186 pç 01
FIXACAO: PARAFUSO CABECA ABAULADA/PORCA QUADRADA;
DIAMETRO INTERNO: 220,00 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14229 ITEM 7.
Cinta para poste circular  260mm
TIPO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO;
F-10/08 REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; 329 191 pç 01
FIXACAO: PARAFUSO CABECA ABAULADA/PORCA QUADRADA;
DIAMETRO INTERNO: 260,00 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14229 ITEM 8.
Cinta para poste circular  280mm
TIPO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO;
F-10/09 REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; 329 197 pç 01
FIXACAO: PARAFUSO CABECA ABAULADA/PORCA QUADRADA;
DIAMETRO INTERNO: 280,00 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14229 ITEM 9.
Cinta para poste circular  300mm
TIPO: CIRCULAR;
F-10/10 MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020; 329 201 pç 01
PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
FIXACAO: PARAFUSO CABECA ABAULADA/PORCA QUADRADA;
127
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
DIAMETRO INTERNO: 300,00 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14229 ITEM 10.
Cinta para poste circular  320mm
TIPO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
F-10/11 PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO; REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; 329 863 pç 01
FIXACAO: PARAFUSO CABECA ABAULADA/PORCA QUADRADA;
DIAMETRO INTERNO: 320,00 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14229 ITEM 11.
Cinta para poste circular  360mm
TIPO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO;
F-10/12 REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; 329 864 pç 01
FIXACAO: PARAFUSO CABECA ABAULADA/PORCA QUADRADA;
DIAMETRO INTERNO: 360,00 MM;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14229 ITEM 12.
Grampo Olhal
TIPO: OLHAL;
TRAVA SEGURANCA: SEM TRAVA DE SEGURANCA;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1045;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
PADRAO: ABNT NBR 8158/8159;
SECAO TRANSVERSAL GANCHO: 22 MM;
F-13 ABERTURA GANCHO: 21 MM; 327 600 pç 01
COMPRIMENTO UTIL: 80 MM;
DIAMETRO INTERNO/EXTERNO OLHAL: 18 X 43 MM;
ESPESSURA OLHAL: 13 MM;
CARGA RUPTURA: 5000 DAN;
REQUISITOS ADICIONAIS: MATERIAL TAMBEM PODE SER DE FERRO
FUNDIDO MALEAVEL OU FERRO FUNDIDO NODULAR;
DES:LIGHT ALEA.0-14330.
Haste de aterramento de aço-cobre 16x2400mm
TIPO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1010/1020;
REVESTIMENTO: COBRE ELETROLITICO;
DIAMETRO REAL: 14,30 MM;
F-17/3 COMPRIMENTO: 2400,0 MM; 357 478 pç 01
ATERRAMENTO EM REDES DE DISTRIBUICAO;
MATERIAL: REVESTIDO DE COBRE ELETROLITICO COM 95% DE PUREZA E
ESPESSURA DE 0,254 MM (MINIMA);
ESP: NBR 13571 DE 02/1996; ESP: UL 467;
DES: LIGHT 121715.
Manilha sapatilha
TIPO: SAPATILHA;
PINO: PINO/ CUPILHA;
MATERIAL: ACO CARBONO;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
F-22 PADRAO: FABRICANTE; 327 614 pç 01
CAPACIDADE: 5098 KG;
REQUISITOS ADICIONAIS: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO; CARGA DE
RUPTURA: 5000 DAN;
ESP:ABNT NBR 8158/83; ESP:ABNT NBR 8159/84; ESP:LIGHT NTL0031/84-R0
EMENDA 1 NOV/86;
DES:LIGHT ALEA.D-14365;
Parafuso de cabeça abaulada 16x45mm
ENCAIXE: SEM ENCAIXE;
FORMATO: PESCOCO QUADRADO;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
F-31 REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; 329 203 pç 01
PONTA: PLANA;
PADRAO DO PARAFUSO: LIGHT;
ROSCA: TOTAL;
TIPO DE ROSCA: MG-METRICA GROSSA; SENTIDO: ROSCA DIREITA;
DIAMETRO NOMINAL: M16;
128
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
PASSO: 2,00 MM;
COMPRIMENTO: 45 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: FIXACAO DA MAO FRANCESA A CINTA
OU A CRUZETA;
ACESSORIOS:C/PORCA QUADRADA;
DES: LIGHT 14230;
ESP: LIGHT NTL0022/91-R1.
Parafuso de cabeça abaulada 16x70mm
ENCAIXE: SEM ENCAIXE;
FORMATO: PESCOCO QUADRADO;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
PONTA: PLANA;
PADRAO DO PARAFUSO: LIGHT;
F-31a ROSCA: TOTAL; 327 618 pç 01
TIPO DE ROSCA: MG-METRICA GROSSA; SENTIDO: ROSCA DIREITA;
DIAMETRO NOMINAL: M16; PASSO: 2,00 MM;
COMPRIMENTO: 70 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS:
APLICACAO: FIXACAO DA MAO FRANCESA A CINTA OU A CRUZETA;
ACESSORIOS: C/PORCA QUADRADA;
DES: LIGHT 14230;
ESP: LIGHT NTL0022/91-R1.
Parafuso de cabeça abaulada 16x150mm
ENCAIXE: SEM ENCAIXE;
FORMATO: PESCOCO QUADRADO;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
PONTA: PLANA;
PADRAO DO PARAFUSO: LIGHT;
ROSCA: PARCIAL;
F-31b TIPO DE ROSCA: MG-METRICA GROSSA; SENTIDO: ROSCA DIREITA; CLASSE: 327 611 pç 01
6G; DIAMETRO NOMINAL: M16; PASSO: 2,00 MM;
COMPRIMENTO: 150 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: FIXACAO DA MAO FRANCESA A CINTA
OU A CRUZETA;
COMPRIMENTO DA PARTE ROSCADA: 75 MM 27/8"
ACESSORIOS: C/PORCA QUADRADA;
ESP: LIGHT NTL0022/91-R1;
DES: LIGHT 14230.
Parafuso de rosca dupla 16x250mm
APLICAÇÃO: REDE AÉREA DE DISTRIBUIÇÃO;
MATERIAL: AÇO CARBONO ABNT 1010 A 1020;
PROTEÇÃO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSÃO A QUENTE;
CLASSE DE RESISTÊNCIA MECÂNICA: 5000 daN;
DIÂMETRO NOMINAL: 16 mm;
F-32/02 COMPRIMENTO NOMINAL: 250 mm; 327 652 pç 01
COMPRIMENTO DA PARTE ROSCADA: 100 mm (EM CADA EXTREMIDADE);
TIPO DE ROSCA: MÉTRICA;
PASSO: 2 mm;
EXTREMIDADES: PONTA PLANA COM CHANFROS;
ACESSÓRIOS: 2 PORCAS E 2 ARRUELAS QUADRADAS;
NORMA TÉCNICA: NTL 0022/91-R1;
DESENHO: ALEA.O-14297 ITEM 7.
Parafuso de rosca dupla 16x500mm
APLICAÇÃO: REDE AÉREA DE DISTRIBUIÇÃO;
MATERIAL: AÇO CARBONO ABNT 1010 A 1020;
PROTEÇÃO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSÃO A QUENTE;
CLASSE DE RESISTÊNCIA MECÂNICA: 5000 daN;
DIÂMETRO NOMINAL: 16 mm;
F-32/07 COMPRIMENTO NOMINAL: 500 mm; 327 608 pç 01
COMPRIMENTO DA PARTE ROSCADA: 225 mm (EM CADA EXTREMIDADE);
TIPO DE ROSCA: MÉTRICA;
PASSO: 2 mm;
EXTREMIDADES: PONTA PLANA COM CHANFROS;
ACESSÓRIOS: 4 PORCAS E 4 ARRUELAS QUADRADAS;
NORMA TÉCNICA: NTL 0022/91-R1;
DESENHO: ALEA.O-14297 ITEM 3..

129
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Parafuso 12,7 x 38mm para terminais 1/0AWG
ENCAIXE: SEM ENCAIXE;
CONSTRUCAO: NORMAL;
FORMATO: STANDARD;
MATERIAL: ACO CARBONO ASTM A307 A;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
DIAMETRO NOMINAL: 1/2 ";
COMPRIMENTO TOTAL: 1.1/2 ";
PONTA: NORMAL; 941 203 pç 02
PADRAO DO PARAFUSO: ASME B18.2.1;
ROSCA: TOTAL;
TIPO DE ROSCA: UNC-UNIFICADA GROSSA; SENTIDO: ROSCA DIREITA;
CLASSE: 2A; PADRAO DA ROSCA: ASME B1.1; PASSO: 13 FPP;
COMPRIMENTO DA ROSCA: 1.1/2";
REQUISITOS ADICIONAIS: CARACTERISTICAS ADICIONAIS: PORCA SEXTAVADA;
PARA USO NA REDE AEREA;
ESP: LIGHT NTL0125/90-R0.
Arruela plana 14mm
F-34t/1 FORMATO: CIRCULAR;
CONSTRUCAO: REGULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO;
REVESTIMENTO: ZINCADO; 949 858 pç 02
PADRAO: FABRICANTE;
DIAMETRO NOMINAL: 9/16";
DIAMETRO INTERNO: 15,4 MM;
DIAMETRO EXTERNO: 38,0 MM;
ESPESSURA: 2,05 MM;
Arruela de pressão 14mm
FORMATO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1040/1070;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
PADRAO: ASME B18.21.1;
DIAMETRO NOMINAL: 1/2 "; 949 893 pç 02
DIAMETRO INTERNO: 12,9MM;
DIAMETRO EXTERNO: 22,3 MM;
ESPESSURA: 3,2 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: FORMA: B;
EXTREMIDADES RETAS;
Parafuso 12,7 x 51mm para terminais 397 e 400 MCM
SEM ENCAIXE;
CONSTRUCAO: NORMAL;
FORMATO: STANDARD;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
DIAMETRO NOMINAL: 1/2 ";
COMPRIMENTO TOTAL: 2 "; 941 205 pç 02
PONTA: NORMAL;
PADRAO DO PARAFUSO: ASME B18.2.1; ROSCA: TOTAL; TIPO DE ROSCA: UNC-
UNIFICADA GROSSA; SENTIDO: ROSCA DIREITA; CLASSE: 2A; PADRAO DA
ROSCA: ASME B1.1; PASSO: 13 FPP;
REQUISITOS ADICIONAIS: ACESSORIOS: COM PORCA SEXTAVADA;
NOTA - EXCECAO A NTL: O COMPRIMENTO DA ROSCA DEVERA SER TOTAL;
ESP: LIGHT NTL0125/90-R0.
F-34t/2 Arruela plana 14mm
FORMATO: CIRCULAR;
CONSTRUCAO: REGULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO;
REVESTIMENTO: ZINCADO; 949 858 pç 02
PADRAO: FABRICANTE;
DIAMETRO NOMINAL: 9/16";
DIAMETRO INTERNO: 15,4 MM;
DIAMETRO EXTERNO: 38,0 MM;
ESPESSURA: 2,05 MM;
Arruela de pressão 14mm
FORMATO: CIRCULAR;
MATERIAL: ACO CARBONO ABNT 1040/1070; 949 893 pç 02
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
PADRAO: ASME B18.21.1;
130
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
DIAMETRO NOMINAL: 1/2 ";
DIAMETRO INTERNO: 12,9MM;
DIAMETRO EXTERNO: 22,3 MM;
ESPESSURA: 3,2 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: FORMA: B;
EXTREMIDADES RETAS;
Porca olhal
MATERIAL: AÇO CARBONO,
ABNT 1010 A 1045 FORJADO OU FERRO FUNDIDO NODULAR OU MALEÁVEL;
PROTEÇÃO SUPERFICIAL: ZINCAGEM POR IMERSÃO A QUENTE;
DIÂMETRO NOMINAL: 16 MM;
ALTURA TOTAL: 97 MM;
F-40 TIPO DE ROSCA: MÉTRICA; 327 462 pç 01
PASSO: 2 MM;
DIÂMETRO INTERNO DO OLHAL: 36 MM;
COMPRIMENTO INTERNO DO OLHAL: 60,5 MM;
CARGA DE RUPTURA: 5000 DAN (MÍNIMA);
DESENHO: 14296 REV.5;
NORMAS TÉCNICAS: NTL 0135/91-R0, NBR 8159/83.
Cinta ajustável para poste
TIPO: CIRCULAR AJUSTAVEL;
MATERIAL: ACO CARBONO SAE 1010/1020;
PROCESSO FABRICACAO: LAMINADO;
F-76 REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE; FIXACAO: 333 002 pç 01
PARAFUSOS/PORCAS/ARRUELAS; DIAMETRO INTERNO: COMP 1100,00 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO POSTE CIRCULAR DA REDE DE
DISTRIBUICAO;
ESP:ABNT NBR 6323;
DES:LIGHT 121484 FL1/5 A 5/5
Isolador de disco polimérico – 15 Kv
TIPO: BASTAO;
MATERIAL: SILICONE;
REVESTIMENTO: SEM REVESTIMENTO;
COR: CINZA; ENGATE:
GARFO-OLHAL REDONDO;
DISTANCIA DE ESCOAMENTO: 375 MM ;
TENSAO SUPORTAVEL SOB CHUVA: 70 KV EF;
I-7/13 TENSAO SUP IMPULSO ATMOSFERICO: 125 KV; 327 992 pç 01
CARGA DE RUPTURA MECANICA: 5000 DAN;
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ REDE AEREA DE DISTRIBUICAO COMPACTA EM
ESPACADORES;
TIPO DE PINO: COMUM;
TENSAO MAXIMA DE OPERACAO: 15 KV;
TENSAO DE TRILHAMENTO ELETRICO: 2,7 KV;
ESP: LIGHT NTL 214/15-R0;
DES: LIGHT 14936 ITEM 1.
Alça pré-formada de distribuição p/ cabo 1/0AWG-CAA-
TIPO: LAMINADO E TREFILADO (ACO CARBONO);
MATERIAL DO ARAME: ACO CARBONO ABNT 1050 A 1070;
REVESTIMENTO: ALUMINIZADO;
RESISTENCIA NOMINAL: 65 DAN (MIN.) ESCORREGAMENTO;
CODIGO DE COR: VERDE;
M1/1/0SI APLICACAO: REDE DISTRIBUICAO AEREA COMPACTA; 327 200 pç 01
UTILIZACAO: CABO ELETRICO PROTEGIDO XLPE;
DIAMETRO PARA APLICACAO: 14,00 A 16,50 MM;
BITOLA DO CABO: 1/0 AWG;
COMPRIMENTO APLICADO: 385,0 MM;
ESP: ABNT NBR 6756; ESP: ABNT NBR 10711; ESP: ABNT NBR 16051; ESP: ABNT
NBR 16052; ESP: ASTM A-428; ESP: ASTM A-474; ESP: ASTM B-341;
DES: LIGHT 121872, (ITEM 11).
Alça pré-formada de distribuição p/ cabo 397MCM-CA-
XLPE
TIPO: DISTRIBUICAO; MATERIAL DO ARAME: LIGA ALUMINIO;
M1/397SI REVESTIMENTO: SEM REVESTIMENTO; 327 443 pç 01
CODIGO DE COR: VERDE;
APLICACAO: REDE DISTRIBUICAO AEREA COMPACTA;
BITOLA DO CABO: 397,5 MCM;
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ CABO ELETRICO COBERTO,

131
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
PADRAO URBANO, AREAS ARBORIZADAS;
NUMERO DE FIOS DO CONDUTOR: 19;
CODIGO DE COR: VERDE;
ESP:LIGHT NTL0080/95-R2;
DES:LIGHT 14135 REV 12.
Alça pré-formada de distribuição p/ cabo 397MCM-CA-
XLPE
TIPO: LAMINADO E TREFILADO (ACO CARBONO);
MATERIAL DO ARAME: ACO CARBONO ABNT 1050 A 1070;
REVESTIMENTO: ALUMINIZADO;
RESISTENCIA NOMINAL: 360 DAN (MIN.) ESCORREGAMENTO;
CODIGO DE COR: VERDE;
M1397S34 APLICACAO: REDE DISTRIBUICAO AEREA COMPACTA - 34,5 KV; 327 199 pç 01
UTILIZACAO: CABO ELETRICO PROTEGIDO XLPE;
DIAMETRO PARA APLICACAO: 31,60 A 34,90 MM;
BITOLA DO CABO: 397,50 MCM CA COBERTO;
COMPRIMENTO APLICADO: 815,0 MM;
ESP: ABNT NBR 6756; ESP: ABNT NBR 10711; ESP: ABNT NBR 16051; ESP: ABNT
NBR 16052; ESP: ASTM A-428; ESP: ASTM A-474; ESP: ASTM B-341;
DES: LIGHT 121872, (ITEM 10).
Alça pré-formada de estai
TIPO: LAMINADO E TREFILADO;
MATERIAL DO ARAME: ACO CARBONO ABNT 1050 A 1070;
REVESTIMENTO: ALUMINIZADO, ZINCADO OU GALVANIZADO;
RESISTENCIA NOMINAL: 3160 DAN (MIN.) ESCORREGAMENTO;
CODIGO DE COR: LARANJA;
APLICACAO: REDE DISTRIBUICAO AEREA;
M2/9 UTILIZACAO: CABO ACO NU; 327 195 pç 01
DIAMETRO PARA APLICACAO: 3/8";
BITOLA DO CABO: 3/8" (9,5 MM);
COMPRIMENTO APLICADO: 660,0 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: ESTAI; P/ CORDOALHA DE ACO
CATEGORIA MR E AR (USO EM CHAVE DESLIGADORA DE FACA-PADRAO
RURAL); ESP: ABNT NBR 6756; ESP: ABNT NBR 10711; ESP: ABNT NBR 16051;
ESP: ABNT NBR 16052; ESP: ASTM A-428; ESP: ASTM A-474; ESP: ASTM B-341;
DES: LIGHT 121872, (ITEM 16).
Fio de alumínio coberto com XLPE – 4AWG
APLICACAO: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO COMPACTA EM ESPACADORES;
TEMPERA: MOLE;
COBERTURA: POLIMERO RESISTENTE RAIOS UV;
ESPESSURA DA COBERTURA: 1,4 MM (MINIMO);
M-30 COR: PRETA OU CINZA; 323 012 m 01
BITOLA: 4 AWG;
REQUISITOS ADICIONAIS: RESISTENTE AO TRILHAMENTO ELETRICO;
ESP: ABNT NBR 5118; ESP: ABNT NBR 5471; ESP: ABNT NBR 7285; ESP: ABNT
NBR 11873;
DES: LIGHT 14441 ITEM 2.
Conector para haste de aterramento
TIPO: CUNHA;
CONEXAO: CABO A BARRA (HASTE);
MATERIAL: LIGA DE COBRE OU ACO INOX;
REVESTIMENTO: SEM REVESTIMENTO;
APLICACAO: CONDUTORES DE ACO-COBRE;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA;
O-4 MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE COBRE OU ACO INOX; 357 989 pç 01
SEM REVESTIMENTO;
CONDUTOR: 35 MM2 / HASTE 14,3 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: UTILIZACAO: ATERRAMENTO DE
REDES/EQUIPAMENTOS.;
ESP: ASTM D-92; ESP: ASTM D-217; ESP: ASTM D-566; ESP: ABNT NBR 5370; ESP:
ABNT NBR 8094; ESP: ABNT NBR 9326; ESP: ABNT NBR 9366;
DES: LIGHT 121860 FLS. 1 A 3.
Conector tipo cunha 397,5CA x 397,5CA
TIPO: CUNHA;
O-12/03 MODELO: PARALELO; 329 714 pç 01
CONEXAO: CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO;
SEM REVESTIMENTO;

132
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
APLICACAO: CONDUTORES DE ALUMINIO;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA;
MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE ALUMINIO;
SEM REVESTIMENTO;
CONDUTOR PRINCIPAL: 397,5 MCM;
CONDUTOR DERIVACAO: 397,5 MCM;
REQUISITOS ADICIONAIS: DERIVACAO; REDE AEREA DE DISTRIBUICAO;
CODIGO DE COR: AMARELA;
ESP:LIGHT NTL0122/95-R2.
DES:LIGHT 14467;
Cartucho conector cunha
APLICACAO:INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE ALUMINIO;
COR: AMARELO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM; 329 701 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE
ALUMINIO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM;
Conector tipo cunha 397,5CA x 1/0CAA ou 4AWGCA
TIPO: CUNHA;
MODELO: PARALELO;
CONEXAO: CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO;
SEM REVESTIMENTO;
APLICACAO: CONDUTORES DE ALUMINIO;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA; 329 721 pç 01
MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE ALUMINIO;
CONDUTOR PRINCIPAL: 397,5 MCM;
CONDUTOR DERIVACAO: 1/0 AWG;
REQUISITOS ADICIONAIS: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO;
O-12/05 CODIGO DE COR: AMARELA;
ESP:LIGHT NTL0122/95-R2;
DES:LIGHT 14467.
Cartucho conector cunha
APLICACAO:INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE ALUMINIO;
COR: AMARELO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM; 329 701 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE
ALUMINIO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM;
Conector tipo cunha 1/0CAA x 1/0CAA
TIPO: CUNHA;
MODELO: PARALELO;
CONEXAO: CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO;
SEM REVESTIMENTO;
APLICACAO: CONDUTORES DE ALUMINIO;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA; 329 871 pç 01
MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE ALUMINIO;
REVESTIMENTO DA FIXACAO: SEM REVESTIMENTO;
CONDUTOR PRINCIPAL: 1/0 AWG - 50,00 MM2;
CONDUTOR DERIVACAO: 1/0 AWG - 50,00 MM2;
O-12/08 REQUISITOS ADICIONAIS: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO;
CODIGO DE COR: AZUL;
ESP:LIGHT NTL0122/95-R2;
DES:LIGHT 14467.
Cartucho conector cunha
APLICACAO:INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE ALUMINIO;
COR: AMARELO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM; 329 701 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE
ALUMINIO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM;

133
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
Conector tipo cunha 120mm² x 25,1mm²
TIPO: CUNHA;
MODELO: PARALELO;
CONEXAO: CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO;
REVESTIMENTO: SEM REVESTIMENTO;
APLICACAO: CONDUTORES DE ALUMINIO;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA;
MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE ALUMINIO; 329 872 pç 01
REVESTIMENTO DA FIXACAO: SEM REVESTIMENTO;
CONDUTOR PRINCIPAL: 120,00 MM2;
CONDUTOR DERIVACAO: 4 AWG;
REQUISITOS ADICIONAIS: CABOS MULTIPLEXADOS DA REDE DE DISTRIBUICAO
O-12/09 AEREA SECUNDARIA ISOLADA;
CODIGO DE COR: AZUL;
ESP:LIGHT NTL0122/95-R2;
DES:LIGHT 14467.
Cartucho conector cunha
APLICACAO: INSTALACAO/EXTRACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE ALUMINIO;
COR: AZUL
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 329 702 pç 01
MCM E 397,5 MCM;
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ INSTALACAO/EXTRACAO DA CUNHA DO
CONECTOR DE ALUMINIO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO; BITOLA DOS CONECTORES: 556,5
MCM E 397,5 MCM (P/EXTRACAO), 1/0 AWG (P/INSTALACAO);
Conector cunha 35mm² x 25,1mm² ou 1/0CAA x 4CAA ou
25,1mm² x 9,5mm
TIPO: CUNHA;
MODELO: PARALELO VII;
CONEXAO: CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE COBRE;
REVESTIMENTO: ESTANHADO;
APLICACAO: CONDUTORES ALUMINIO OU COBRE;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA;
O-12/11 MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE COBRE; 329 700 pç 01
REVESTIMENTO DA FIXACAO: ESTANHADO;
REQUISITOS ADICIONAIS: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO;
CODIGO DE COR: BRANCO/VERMELHO;
RELACAO CONDUTOR TRONCO/DERIVACAO: CABO CA-CAA 1/0AWG / CABO CA-
CAA 6AWG OU CABO CA-CAA 4AWG, CABO CA-CAA 2AWG / CABO CA-CAA
2AWG; ACONDICIONAMENTO: CAIXA DE PAPELAO COM 100 PECAS
ACONDICIONADAS INDIVIDUALMENTE EM EMBALAGENS PLASTICAS;
DES: LIGHT 14741;
ESP: LIGHT NTL0122/95-R2.
Conector tipo cunha 53 ou 70mm² x 53mm²
TIPO: CUNHA;
MODELO: PARALELO;
CONEXAO: CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO;
REVESTIMENTO: SEM REVESTIMENTO;
APLICACAO: CONDUTORES ALUMINIO OU COBRE;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA;
MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE ALUMINIO;
REVESTIMENTO DA FIXACAO: SEM REVESTIMENTO;
CONDUTOR PRINCIPAL: 1/0 AWG - 50,00 MM2; 329 876 pç 01
O-12/32 CONDUTOR DERIVACAO: 1/0 AWG - 50,00 MM2;
REQUISITOS ADICIONAIS:
PADRAO PRE-REUNIDO COM BLINDAGEM METALICA E REDES COMPACTAS EM
REDE DE DISTRIBUICAO AEREA DE 13,8 KV; FIXACAO DOS CONDUTORES: POR
EFEITO MOLA; COM CAPA;
CODIGO DE COR: AZUL;
ACONDICIONAMENTO: CAIXA DE PAPELAO COM 30 PECAS EMBALADAS
INDIVIDUALMENTE;
DES:LIGHT 121926;
ESP: LIGHT NTL0122/95-R2..
Cartucho conector cunha 329 701 pç 01
134
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
APLICACAO:INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE ALUMINIO;
COR: AMARELO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM;
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE
ALUMINIO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM;
ACONDICIONAMENTO: CAIXA DE PAPELAO CONTENDO 40 CAIXAS DE 25
PECAS CADA, NUM TOTAL DE 1000 PECAS
Conector terminal tipo compressão – 397,5MCM-CA
TIPO: COMPRESSAO;
MODELO: ADAPTACAO TERMINAL RETO;
CONEXAO: CABO A BARRA (TERMINAL PLANO);
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO;
REVESTIMENTO: ESTANHADO;
APLICACAO: CONDUTORES DE ALUMINIO;
FIXACAO: POR COMPRESSAO;
O-13/397 CONDUTOR: 397,5 MCM; 329 727 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO;
CARACTERISTICAS DOS CONDUTORES: 1 CABO CA 397,5 MCM A BARRA COM 2
FUROS DE 14 MM;
ACONDICIONAMENTO: CAIXA DE PAPELAO COM 100 PECAS; CADA CAIXA
DEVERA SER IDENTIFICADA EXTERNAMENTE COM O NOME/MARCA DO
FABRICANTE, NUMERO DO PEDIDO, QUANTIDADE DE PECAS E ESPECIFICACAO
DO MATERIAL; DES: LIGHT 14346;
ESP: LIGHT NTL0107/95-R3.
Conector terminal tipo compressão – 1/0AWG-CAA
TIPO: COMPRESSAO;
MODELO: ADAPTACAO TERMINAL RETO;
CONEXAO: CABO A BARRA (TERMINAL PLANO);
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO;
REVESTIMENTO: ESTANHADO;
O-13/1/0 APLICACAO: CONDUTORES DE ALUMINIO; 329 728 pç 01
FIXACAO: POR COMPRESSAO;
CONDUTOR: 1/0 AWG;
REQUISITOS ADICIONAIS: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO;
CARACTERISTICAS DOS CONDUTORES: 1 CABO CAA 1/0 AWG A BARRA COM 2
FUROS DE 14 MM;
ESP: LIGHT NTL0107/95-R3;
DES: LIGHT 14346.
Conector tipo cunha 25,1mm² x 16mm²
TIPO: CUNHA;
MODELO: PARALELO I;
CONEXAO: CABO A FIO / CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE COBRE;
REVESTIMENTO: ESTANHADO;
APLICACAO: CONDUTORES ALUMINIO OU COBRE;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA;
MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE COBRE;
REVESTIMENTO DA FIXACAO: ESTANHADO;
O-15/01 REQUISITOS ADICIONAIS: LIGACAO DE CONSUMIDORES NA REDE AEREA DE 329 705 pç 01
DISTRIBUICAO;
CODIGO DE COR: CINZA;
RELACAO CONDUTOR TRONCO/DERIVACAO: ESTRIBO 7MM DIA. / CABO CA-CAA
6AWG OU CABO CA-CAA 4AWG, CABO CA-CAA 2AWG / CABO CA-CAA 6AWG OU
CABO CA-CAA 4AWG, CABO CU 4AWG / CABO CAA 4AWG, CABO CU 2AWG /
CABO CA-CAA 4AWG, FIO CU 16MM2 / CABO CAA 4AWG, CABO CU 16MM2 /
CABO CAA 4AWG, CABO CU 25MM2 / CABO CA-CAA 6AWG (NAO COMPACTADO)
OU CA-CAA 4AWG, CABO CU 35MM2 / CABO CA-CAA 4AWG;
CODIGO DE COR: CINZA;
ESP: LIGHT NTL0122/95-R2;
DES: LIGHT 14741.
Conector tipo cunha 21mm² x 16mm²
TIPO: CUNHA;
O-15/02 MODELO: PARALELO II; 329 709 pç 01
CONEXAO: CABO A FIO / CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE COBRE;
REVESTIMENTO: ESTANHADO;

135
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
APLICACAO: CONDUTORES ALUMINIO OU COBRE;
FIXACAO: POR EFEITO MOLA;
MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE COBRE;
REVESTIMENTO DA FIXACAO: ESTANHADO;
REQUISITOS ADICIONAIS: LIGACAO DE CONSUMIDORES NA REDE AEREA DE
DISTRIBUICAO;RELACAO CONDUTOR TRONCO/DERIVACAO: CABO CU 8AWG /
CABO CAA 4AWG, CABO CU 6AWG / CABO CA- CAA 4 AWG, CABO CU 4AWG /
CABO CA-CAA 6AWG OU CABO CA 4AWG, CABO CU 6MM2 / CABO CAA 4AWG,
FIO CU 10MM2 / CABO CAA 4AWG, CABO CU 10MM2 / CABO CA-CAA 4AWG, FIO
CU 16MM2 / CABO CA 4AWG, CABO CU 16MM2 / CABO CA-CAA 6AWG OU CABO
CA 4 AWG, CABO CU 25MM2 / CABO CA-CAA 6AWG (COMPACTADO);
CODIGO DE COR: VERDE;
ESP: LIGHT NTL0122/95-R2;
DES: LIGHT 14741.
Conector tipo cunha 9,5mm x 9,5mm
TIPO: CUNHA;
MODELO: PARALELO VIII;
CONEXAO: CABO A CABO;
MATERIAL: LIGA DE COBRE;
REVESTIMENTO: ESTANHADO;
APLICACAO: CONDUTORES ALUMINIO OU COBRE;
O-15/06 FIXACAO: POR EFEITO MOLA; 329 708 pç 01
MATERIAL DA FIXACAO: LIGA DE COBRE;
REVESTIMENTO DA FIXACAO: ESTANHADO;
REQUISITOS ADICIONAIS: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO;
CODIGO DE COR: VERDE/BRANCO;
CARACTERISTICAS DO CONDUTOR TRONCO: 1 CABO CA E CAA 1/0AWG;
CARACTERISTICAS DO CONDUTOR DERIVACAO: 1 CABO CA E CAA 1/0 AWG;
ESP: LIGHT NTL0122/95-R2;
DES: LIGHT 14741.
Adaptador estribo de compressão p/ 395
APLICACAO: REDE AEREA DISTRIBUICAO;
TIPO: NORMAL - ESTRIBO MOVEL;
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO 1100-F
MATERIAL DO ESTRIBO: COBRE ELETROLITICO;
O-25/01 REVESTIMENTO DO ESTRIBO: SEM REVESTIMENTO; 329 473 pç 01
FIXACAO: POR COMPRESSAO; CONDUTORES: CA OU CU;
SECAO DOS CONDUTORES: 397,5 A 600,0 MCM;
SECAO DO ESTRIBO: 1/0 AWG;
ESP:LIGHT NTL0135/91-R0;
DES:LIGHT 14070.
Adaptador estribo de compressão p/ 1/0
TIPO: NORMAL - ESTRIBO MOVEL;
MATERIAL: LIGA DE ALUMINIO 1100-F
MATERIAL DO ESTRIBO: COBRE ELETROLITICO;
REVESTIMENTO DO
O-25/02 ESTRIBO: SEM REVESTIMENTO; 329 472 pç 01
FIXACAO: POR COMPRESSAO;
CONDUTORES: CA OU CAA OU CU; SECAO DOS CONDUTORES: 1/0 A 4/0 AWG;
SECAO DO ESTRIBO: 2 AWG;
ESP:LIGHT NTL 135-MAR/91;
DES:LIGHT 14070.
Cartucho conector cunha
APLICACAO:INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE ALUMINIO;
COR: AMARELO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
O-12/AMA BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM; 329 701 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ INSTALACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE
ALUMINIO;
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO;
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5 MCM E 397,5 MCM;
Cartucho conector cunha
APLICACAO: INSTALACAO/EXTRACAO DA CUNHA DO CONECTOR DE ALUMINIO;
COR: AZUL
O-12/AZU MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO; 329 702 pç 01
BITOLA DOS CONECTORES: 556,5
MCM E 397,5 MCM;
REQUISITOS ADICIONAIS: P/ INSTALACAO/EXTRACAO DA CUNHA DO
CONECTOR DE ALUMINIO;
136
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017
MATERIAL DO CORPO: TERMOPLASTICO; BITOLA DOS CONECTORES: 556,5
MCM E 397,5 MCM (P/EXTRACAO), 1/0 AWG (P/INSTALACAO).

Manta de EPR
APLICAÇÃO: NA COBERTURA PERMANENTE DE CONEXÕES EM CABOS E
TERMINAIS DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO;
MATERIAL: DORSO EM EPR RECOBERTO COM CAMADA DE MASTIC,
PAD RESISTENTE A UV E AO TRILHAMENTO ELÉTRICO; 327 151 pç 01
CLASSE DE TENSÃO: 15 KV;
DIMENSÕES: 400 X 200 MM;
NORMAS APLICÁVEIS: NBR 10296 DE MAIO/1988 (TRILHAMENTO ELÉTRICO) E
ASTM G 53 (RESISTÊNCIA A UV).
Cruzeta polimérica, 2000mm
MATERIAL DA CRUZETA: POLIESTER;
FORMATO: QUADRADA;
SECAO TRANSVERSAL: 90,0 X 90,0 MM;
FURACAO: COM FURACAO;
R-4/1 COMPRIMENTO: 2000 MM; 327 185 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO DE 13,8
KV; RESISTENCIA NOMINAL: 400 DAN; CARACTERISTICAS DO MATERIAL:
POLIESTER REFORCADO COM FIBRA DE VIDRO RESISTENTE AS INTEMPERIES
(RAIOS UV, POLUENTES, CHUVA, MARESIA, ETC.);
ESP: LIGHT I.T. CTP 005 REV.05;
DES: LIGHT 121874.
Cruzeta polimérica, 2400mm
MATERIAL DA CRUZETA: POLIESTER;
FORMATO: QUADRADA;
SECAO TRANSVERSAL: 90,0 X 90,0 MM;
FURACAO: COM FURACAO;
R-4/2 COMPRIMENTO: 2400 MM; 327 186 pç 01
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO DE 34,5
KV; RESISTENCIA NOMINAL: 400 DAN;
CARACTERISTICAS DO MATERIAL: POLIESTER REFORCADO COM FIBRA DE
VIDRO RESISTENTE AS INTEMPERIES (RAIOS UV, POLUENTES, CHUVA,
MARESIA, ETC.); ESP: LIGHT I.T. CTP 005 REV.05;
DES: LIGHT 121874.
Cruzeta de aço, 2000mm
MATERIAL DA CRUZETA: ACO CARBONO;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
FORMATO: QUADRADA;
R-5/1 SECAO TRANSVERSAL: 90,0 X 90,0 MM; 327 187 pç 01
FURACAO: COM FURACAO; COMPRIMENTO: 2000 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO DE 13,8
KV;
ESP: LIGHT IT CTP 005/08 REV.04;
DES: LIGHT 121873.
Cruzeta de aço, 2400mm
MATERIAL DA CRUZETA: ACO CARBONO;
REVESTIMENTO: ZINCADO A QUENTE;
FORMATO: QUADRADA;
SECAO TRANSVERSAL: 90,0 X 90,0 MM;
R-5/2 FURACAO: COM FURACAO; 327 188 pç 01
COMPRIMENTO: 2400 MM;
REQUISITOS ADICIONAIS: APLICACAO: REDE AEREA DE DISTRIBUICAO DE 34,5
KV;
ESP: LIGHT IT CTP 005/08 REV.04;
DES: LIGHT 121873.

137
PADRONIZAÇÃO DE REDE COMPACTA PARA ACESSANTES – Maio de 2017

Você também pode gostar