Você está na página 1de 6

ELETROMAGNETISMO: Capítulo V – Condutores, Dielétricos e Capacitância 1

Lista de Exercícios do Capítulo V


01) Certa densidade de corrente é expressa em coordenadas cilíndricas por:
ur r r
J = 100e-2z (ρa ρ +a z ) A/m 2 . Determine a corrente total que atravessa cada uma das seguintes
r r
superfícies: (a) z = 0, 0 ≤ ρ ≤ 1 , na direção a z ; (b) z = 1, 0 ≤ ρ ≤ 1 , na direção a z ;
(c) cilindro fechado 0 ≤ z ≤ 1 , 0 ≤ ρ ≤ 1 , na direção radial, apontando para fora.
Resp.: (a) 314,16 A ; (b) 42,52 A ; (c) 0.
r r r r
02) Sendo J =10y 2 za x -2x 2 ya y + 2x 2 za z A/m 2 , determine: (a) A corrente total atravessando a
r
superfície x = 3, 2 ≤ y ≤ 3, 3,8 ≤ z ≤ 5,2 , na direção a x ; (b) o módulo da densidade de corrente
no centro desta área; (c) o valor médio de Jx ao longo da superfície.
Resp.: (a)399 A ; (b)296 A/m 2 ; (c) 285 A/m 2 .

03) Em uma região próxima à origem, há uma densidade de corrente apontando radialmente para
fora, dada por 10r -1,5 A/m 2 . (a) Qual é a corrente que atravessa a superfície esférica r = 1 mm?
(b) Repita para r = 2 mm. (c) Qual é a taxa de variação de ρ para r = 1 mm?
(d) Com que taxa está aumentando a carga no interior da esfera r = 1 mm?
Resp.: (a) 3,97 A ; (b) 5,62 A ; (c) -1,581× 108 C/m3 ⋅ s ; (d) -3,97 C/s .

04) Determine o módulo da densidade de corrente no σ (S/m) µ (m 2 /V ⋅ s)


interior de uma amostra de alumínio se: (a) a intensidade Alumínio
3,82 × 107 0, 0012
do campo elétrico é 70 mV/m; (b) a velocidade de
Cobre 5,80 × 107 0, 0032
arrastamento dos elétrons é 10-4 m/s ; (c) a amostra tem a
forma de um cubo de 1mm de lado, onde flui uma Prata 6,17 × 107 0, 0056
corrente total de 2,5 A; (d) a amostra tem a forma de um
cubo de 1mm de lado, com uma diferença de potencial de 75 µV entre faces opostas.
Resp.: (a) 2,67 MA/m 2 ; (b) 3,18 MA/m 2 ; (c) 2,50 MA/m 2 ; (d) 2,86 MA/m 2 .

05) Qual é a tensão entre os terminais de um condutor de cobre se ele: (a) tem uma seção de reta
circular com um diâmetro igual a 0,007pol (1,778 × 10-4 m) , seu comprimento é igual a 100
pés (30,48m) e ele transporta uma corrente de 8 mA; (b) é um cilindro vazado de raio interno
de 2mm, raio externo de 3mm, cujo comprimento é 200 m e conduz uma corrente de 20 A?
Resp.: (a) 0,1693 V ; (b) 4,39 V .
ur r r r
06) O ponto P (-2,4,1) está na superfície de um condutor onde E = 400a x -290a y +310a z V/m .
Sabendo-se que o condutor está situado no vácuo, determinar: (a) En no ponto P;
(b) Et no ponto P; (c) ρ s no ponto P.
Resp.: (a) 583,27 V/m ; (b) 0 ; (c) 5,16 nC/m 2 .

07) Uma carga pontual igual a 18 µC está localizada no eixo z a 0,4 m do plano condutor z=0.
Determine: (a) a densidade superficial de carga no ponto (0,3 ; 0,4 ; 0); (b) D no ponto
(0 ; 0,2 ; 0,2).
Resp.: (a) -4,364 µC/m 2 ; (b) 19,767 µC/m 2 .
ELETROMAGNETISMO: Capítulo V – Condutores, Dielétricos e Capacitância 2

08) Encontre a polarização no interior de um material que: (a) tenha uma densidade de fluxo
elétrico igual a 1,5µ C/m 2 em um campo elétrico de 15k V/m; (b) tenha D=2,8 µC/m 2 e
χ e = 1,7 ; (c) tenha 10 20 moléculas/m 3 , cada uma com um momento de dipolo igual a
1,5 × 10-26 C ⋅ m quando E = 105 V/m ; (d) tenha E = 50 kV/m e ∈R = 4,4 .
Resp.: (a) 1,367 µC/m 2 ; (b) 1,763 µC/m 2 ; (c) 1,500 µC/m 2 (d) 1,505 µC/m 2 .

09) A região z < 0 contém um material dielétrico para o qual ∈R1 = 2,5 , enquanto que z > 0
ur
u r r r
caracteriza-se por ∈R2 = 4 . Sabendo-se que E1 = -30a x +50a y +70a z V/m , determine:
ur
(a) E n1 ; (b) E t1 ; (c) E t1 ; (d) E1 ; (e) θ1 .
r r
Resp.: (a) 70,0 V/m ; (b) -30a x +50a y V/m ; (c) 58,3 V/m (d) 91,1 V/m ; (e) 39,8° .

10) Determine a capacitância de um capacitor de placas paralelas que tem:


(a) d = 8mm, S= 2 m 2 e ε R = 250 ; (b) d = 0,08mm, S= 2 m 2 , E=105 V/m e
ρS = 2µ C/m 2 ;
(c) 5µ J de energia armazenada quando a tensão entre as placas é 4V.
Resp.: (a) 0,553 µF ; (b) 0,500 µF ; (c) 0,625 µF .

11) Encontre a capacitância: (a) do cabo coaxial 58C/U cujo diâmetro do condutor interno é
0,0295 pol e do externo é 0,116 pol, tendo um dielétrico de polietileno e comprimento 100 pés
(30,48m); (b) do sistema constituído por uma esfera condutora de 1cm de raio , recoberta com
uma camada de polietileno de 1cm, envolvida por uma casa esférica, concêntrica, com 2cm
de raio; (c) de um sistema igual ao do item (b) com exceção da casca externa, que agora tem
raio igual a 3cm. (Dados: Polietileno ε R = 2, 26 )
Resp.: (a) 2800 pF; (b) 5,0291 pF; (c) 2,8683 pF (= 2 capacitores em série).

12) Determine a capacitância entre um cilindro condutor circular de raio 2,5 mm situado no ar e :
(a) um plano condutor que dista 1cm do eixo do cilindro utilizando a equação
ρ L 2πεL 2πεL
C= L = = -1
;
V1 ln[(h+ h -b )/b] cosh (h/b)
2 2

2πεL
(b) o mesmo que no item (a), só que utilizando a equação C = onde (b << h) ;
ln(2h/b)
(c) um cilindro semelhante, estando os eixos separados de 1cm.
Resp.: (a) 26,96 pF/m; (b) 26,75 pF/m;
(c) 21,1216 pF/m ou 20,06 pF/m (para b<<h).

13) Uma superfície, em z = 0, é um catodo do qual são emitidos elétrons com velocidade inicial
ur r
nula. Eles sofrem a ação de um campo elétrico E = -2x106a z V/m . Sabendo-se que
e = 1,602 × 10-19 C e m = 9,11x10-31 kg , determine: (a) velocidade v(t) para um elétron
emitido em t = 0; (b) z(t); (c) v(z). (d) Se os elétrons deixam o catodo
continuamente, segundo um feixe de 100µ C de corrente e com uma seção reta de 10-7 m 2 ,
determine a densidade de corrente e a densidade volumétrica de carga.
Resp.: (a) 3,52 × 1017 t m/s ; (b) 1,759 ×1017 t 2 m ; (c) 8,39 ×108 z ;
(d) -1000 A/m 2 , -1,1909 ×10-6 / z C/m 3.
ELETROMAGNETISMO: Capítulo V – Condutores, Dielétricos e Capacitância 3

14) O componente z da densidade de corrente é J 0e − az /[(x 2 + 1) (y 2 + 1)] . Determine a corrente na


r
direção a z , que atravessa a superfície: (a) z = 0, x ≤ 1, y ≤ 1 ; (b) z = 0.
Resp.: (a) 2,4674J 0 ; (b) 9,8696J 0 .

15) Próximo ao ponto P(5,7,-5), a densidade de corrente pode ser representada pelo vetor
r r r r
J =2x 3ya x -5x 2z 2a y + 4x 2 ya z A/m 2 . (a) Qual é a corrente deixando um cubo de 1m de lado,
centrado em P com as arestas paralelas aos eixos coordenados? (b) Qual é a taxa de
crescimento da densidade volumétrica de carga no ponto P?
Resp.: (a) 1053,5 A; (b) -1050 C/m3 ⋅ s .

16) Um pedaço de material condutor para o qual σ=5M S/m tem ra forma de uma cunha truncada,
r
4<ρ<10cm, 0<φ<0,2π, 0<z<6cm . No interior do material E = 2a φ /ρ mV/m . (a) Qual é a
corrente total que atravessa o objeto? (b) Qual é a sua resistência?
Resp.: (a) 549,77 A; (b) 2,286µΩ .

17) Duas placas condutoras paralelas têm, cada uma, 2 m2 de área, estando separadas de 1,25 mm
no vácuo. Os terminais de uma bateria de 100 V são a ela conectados e, depois de algum
tempo, são então desconectados. (a) Determine V0 , E, D, ρS , Q, WE e C. (b) Uma folha de
material dielétrico, cuja forma e área são as mesmas das placas tendo 1 mm de espessura, é
cuidadosamente introduzida entre as placas. Se ∈R = 5 para o dielétrico, determine Q, ρ S ,
WE C e V0 , bem como E e D no material dielétrico.
,
Resp.: (a) 100V; 80k V/m; 0,708 µC/m 2 ; 0,708 µC/m 2 ; 1,417 µC ; 70,8 µJ ; 14,17 nF;
(b) 1,417 µC ; 0,708 µC/m 2 ; 25,5 µJ ; 39,4 nF; 36V; 16 kV/m; 0,708 µC/m 2 .
r
18) Determine o J em um condutor para o qual: (a) a mobilidade é 4,1× 10-3 m 2 /V ⋅ s , a
densidade volumétrica de carga é -3,6 × 109 C/m 3 , e a intensidade do campo elétrico é 0,085
V/m; (b) a velocidade de arrastamento é 0,04 mm/s e há 6 × 10 28 elétrons de condução/m3 ; (c)
a resistividade é 3 × 10-8Ω ⋅ m e a intensidade do campo elétrico é 48 mV/m.
Resp.: (a) 1,255 MA/m 2 ; (b) 0,385 MA/m 2 ; (c) 1,6 MA/m 2 .

19) V = 1000ρ 2 em coordenadas cilíndricas. (a) Se a região 0,1<ρ<0,3m é vácuo e as superfícies


ρ = 0,1 m e ρ = 0,3 m são condutoras, especifique a densidade superficial de carga em cada
condutor. (b) Qual é a carga ao longo de 1 m de comprimento da região onde há vácuo? (c)
Qual é a carga total ao longo de 1 m de comprimento, incluindo ambas as cargas superficiais?
Resp.: (a) interno: -1,771 nC/m 2 ; externo: 5,31 nC/m 2 ; (b) -8,90 nC ; (c) 0 .

20) Em um ponto P (-2,5,-4) em superfície condutora esférica, a densidade superficial de carga


ur
é 75 nC/m 2 . Se o condutor está isolado no vácuo, encontre E fora e dentro do condutor nas
vizinhanças do ponto P.
r r r
Resp.: dentro: 0; fora: -2525,44a x + 6313,59a y - 5050,87a z V/m .

21) Um campo potencial é dado por V = 100ln{[(x+1) 2 +y 2 ]/[(x-1)2 +y 2 ]} V . Sabendo que o


ponto P(2, 1, 1) está na superfície do condutor e que ele está situado no vácuo, determinar o
vetor unitário normal à superfície bem como a densidade superficial de carga no condutor.
r r r
Resp.: a n = ± (0,447a x +0,894a y ), ρs = ± 792 pC/m 2 .
ELETROMAGNETISMO: Capítulo V – Condutores, Dielétricos e Capacitância 4

22) Duas cascas esféricas condutoras possuem raios a = 2 cm e b = 5 cm. O interior é um


dielétrico perfeito no qual εR = 10. (a) Determinar a capacitância do capacitor formado.
(b) Uma porção do dielétrico é agora removida de modo que εR = 1, 0 < θ < π/6, e εR = 10,
π/6 < θ < π. Determinar a capacitância para esta configuração do capacitor.
Resp.: (a) 37,1 pF; (b) 34,9 pF;.

23) A uma certa temperatura, as mobilidades do elétron e do buraco são, respectivamente, 0,43 e
0,21 m 2 /V ⋅ s para o germânio puro. Se as concentrações de elétrons e buracos são iguais a
2,3 × 1019 m-3 , determine a condutividade a essa temperatura.
Resp.: 2,36 S/m .

24) Uma amostra semicondutora tem uma seção reta retangular de 1,5 por 2 mm e comprimento
de 1,1 cm. As concentrações de elétrons e buracos são, respectivamente, 1,8 x1018 e
3 × 1015 m -3 . Se µ e = 0,082 m 2 /V ⋅ s e µ b = 0,0021 m 2 /V ⋅ s , determinar a resistência oferecida
entre as faces terminais da amostra.
Resp.: 155 kΩ .

25) O campo elétrico em um certo ponto no interior de um vidro pirex ( χ e = 3 ) é dado


ur r r r
por: E = -50a x +220a y - 85a z V/m . (a) Determine o valor de ∈R para este material.
ur ur
(b) Determine P e D no ponto em questão.
ur r r r
Resp.: (a) ∈R = χ e +1=4 ; (b) P = -1,328a x + 5,84a y - 2,26a z nC/m 2 ,
ur r r r
D = -1,771a x + 7,792a y - 3,01a z nC/m 2 .

26) O hidrogênio mono-atômico contém 5,42 × 1025 átomos/m3 sob certas condições de
temperatura e pressão. Quando um campo elétrico de 2500 V/m é aplicado, o dipolo formado
possui um comprimento efetivo d = 6,7 × 10-19 m . Calcule a constante dielétrica com seis casas
decimais.
Resp.: 1,000263.

27) A superfície de separação de dois dielétricos passa pela origem, e o vetor


ur r r r
A = -2a x +5a y +14a z lhe é perpendicular neste ponto, apontando da região 1 ( ∈R = 1) para a
ur
u r r r ur
região 2 ( ∈R = 2) . Sendo E1 = 30a x - 15a y + 45a z V/m , determine o ângulo (agudo) entre A e:
ur ur ur ur
(a) E1 ; (b) D1 ; (c) E 2 ; (d) D 2 .
Resp.: (a) 54, 0° ; (b) 54, 0° ; (c) 70, 0° ; (d) 70, 0° .

28) Um condutor cilíndrico tem raio de 7 mm, e seu eixo dista 25mm de um plano condutor. O
condutor está a um potencial de 2000 V e o plano está a 0 V. Considerando o conjunto no
vácuo, determine: (a) a capacitância por unidade de comprimento; (b) a carga por unidade de
comprimento do cilindro; (c) o campo elétrico no ponto do cilindro situado mais próximo do
plano.
r
Resp.: (a) 28,6 pF/m ; (b) 57,2 nC/m; (c) -195,8a x kV/m .
ELETROMAGNETISMO: Capítulo V – Condutores, Dielétricos e Capacitância 5

29) Para um capacitor de placas paralelas, totalmente preenchido com um dielétrico, temos: d = 4
mm, S = 64 cm 2 e ∈R = 5 . (a) Determine a sua capacitância.
Aplica-se uma tensão de 20 V entre as placas. (b) Determine E, D, Q e WE .
Agora, removemos a fonte de tensão, sem alterar a tensão entre as placas, e retiramos,
cuidadosamente, o dielétrico. (c) Qual é valor de Q após a operação? (d) Determine
novamente os valores de E, D e WE . (e) Qual é o valor de V0 após a operação?
Resp.: (a) 70,8 pF ; (b) 5 kV/m ; 0,221 µC/m 2 ; 1,417 nC; 14,17 nJ;
(c) 1,417 nC (d) 0,221 µC/m 2 ; 25 kV/m, 70,8 nJ ; (e) 100 V.

30) Os capacitores são tão mais caros quanto maiores forem a capacitância e Vmáx. A tensão Vmáx
depende do campo elétrico E RD para qual o dielétrico está na iminência de romper (rigidez
dielétrica). Qual dos seguintes dielétricos dará o maior produto CVmáx : (a)
8 6
mica: ∈R = 5,4, E RD = 10 V/m ; (b) titanato de bário: ∈R = 1200, E RD = 3 ×10 V/m ; (c)
neoprene: ∈R = 6,6, E RD = 1,2 ×106 V/m ; (d) ar: ∈R = 1, E RD = 3 ×106 V/m ?
Resp.: (b) titanato de bário.
r r
31) Dado J = 400senθ / (r 2 + 4)a r A/m2. (a) Encontre a corrente total que flui através da porção da
superfície esférica r = 0,8, limitada por 0,1π < θ < 0,3π, 0 < φ < 2π. (b) Encontre o valor
r
médio de J sobre a área definida.
r r
Resp.: (a) 77,4232 A (b) J med = 53a r [A/m2]
r
32) Se a densidade volumétrica de carga é dada como ρv = (cosωt) / r 2 C/m2, encontre J . Assuma
r
que J não é função de θ ou φ .
r r
Resp.: J = ωsenωt / ra r [A/m2]
r r
33) Dado J = −k / (rsenθ)a θ A/m2 em um meio condutor, onde k é constante. Determine a
r
corrente total na direção a z que atravessa um disco circular de raio R, centrado no eixo z e
localizado em (a) z = 0; (b) z = h
Resp.: (a) 2kπR (b) 2kπ( R 2 + h 2 − h)

34) Um tronco de cone tem altura de 16 cm. As faces circulares no topo e base tem raios de 2 mm
e 0,1 mm, respectivamente. Se o material do tronco tem uma condutividade de 2×106 S/m,
determine a resistência entre as duas faces circulares.
Resp.: 0,127Ω

35) Duas superfícies condutoras perfeitas cilíndricas de comprimento L estão em ρ = 3 e ρ = 5


cm. A corrente total que sai radialmente do meio entre os cilindros é de 3 A. (a) Encontre a
ur
diferença de potencial e a resistência entre os cilindros, e E na região entre os cilindros, se
um material condutor de σ = 0,05 S/m está presente em 3 < ρ < 5 cm. (b) Mostre que a
integral sobre o volume da potência dissipada por unidade de volume dá a potência total
dissipada.
ur r
Resp.: (a) R = 1,626 / L Ω ; V = 4,878 / L V ; E = 9,55 / (ρL)a ρ V/m (b) P = 14,634 / L W
ELETROMAGNETISMO: Capítulo V – Condutores, Dielétricos e Capacitância 6

36) Seja V = 10(ρ +1)z 2 cosφ V no espaço livre. (a) Se a superfície equipotencial V = 20 V define
ur
uma superfície condutora, encontre a equação da superfície condutora. (b) Encontre ρ e E no
ponto da superfície condutora em que φ = 0,2π e z = 1,5. (c) Encontre |ρS| neste ponto.
ur r r r
Resp.: (a) (ρ +1)z 2 cosφ = 2 (b) ρ = 0,0987 ; E = −18,203a ρ +147,182a φ − 26,667a z
(c) 1,49 nC/m2

37) O segmento de reta x = 0, −1 ≤ y ≤ 1, z = 1 contém uma densidade linear de carga ρL =


π|y| µC/m. Se o plano z = 0 é condutor, determine a densidade de carga superficial em: (a)
(0, 0, 0); (b) (0, 1, 0).
Resp.: (a) −0,29289 µC / m 2 ; (b) −0,24339 µC / m 2

38) Seja V = 20x 2 yz −10z 2 V no espaço livre. (a) Determine as equações das superfícies
equipotenciais em que V = 0 e V = 60 V. (b) Assuma que essas superfícies são condutoras e
encontre a densidade superficial de carga no ponto da superfície V = 60 V onde x = 2 e z = 1.
Sabendo que 0 ≤ V ≤ 60 V é uma região que contém campo. (c) Encontre o vetor unitário
nesse ponto que é normal à superfície e dirigido para a superfície V = 0 V.
6
Resp.: (a) 2x 2 y − z = 0 (V=0) ; 2x 2 y − z = (V=60)
z
2 r r r r
(b) 1,04 nC/m ; (c) a n = −0,596a x − 0,681a y − 0,426a z

ur
39) Dado o campo potencial V = 100xz / (x 2 + 4) V no espaço livre: (a) Encontre D na superfície
z = 0. (b) Mostre que a superfície z = 0 é uma equipotencial. (c) Assuma que a superfície z =
0 é condutora e encontre a carga total na região definida por 0 < x < 2,−3 < y < 0.
ur 100ε x r
Resp.: (a) D = − 2 0 a z C/m2 ; (b) V(z=0) = 0 ; (c) Q = −0,9206 nC
x +4

40) A constante dielétrica da Ebonite é 2,8 e sua rigidez dielétrica vale 18,106 V/m. Qual a menor
área que podem ter as placas de um capacitor plano de 70 nF , usando a ebonite como
dielétrico para que este suporte uma diferença de potencial de 4000 V?
Resp.: S = 5,523 µm 2

Você também pode gostar