Você está na página 1de 79

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL

Técnico Judiciário - Área Administrativa

M ATEMÁTICA E
R ACIOCÍNIO
L ÓGICO -M ATEMÁTICO
01 - RACIOCÍNIO LÓGICO (TEORIA)__________________________________01
02 - PORCENTAGEM________________________________________________ 26
03 - CONJUNTOS NUMÉRICOS_______________________________________ 35
04 - NÚMEROS E GRANDEZAS PROPORCIONAIS______________________ 48
05 - RACIOCÍNIO LÓGICO (PROBLEMAS) ______________________________59

www.cpcrs.com.br
RACIOCÍNIO LÓGICO
Proposição
Chamamos de sentença ou proposição o conjunto de palavras que exprimem um sentido completo.
Tecnicamente, uma proposição é uma declaração (afirmativa ou negativa) que pode ser verdadeira ou falsa.

Exemplos:
1. O Japão fica na Europa.
2. Porto Alegre é a capital do Rio Grande do Sul.
3. 2  3  6.

Proposições Abertas e Proposições Fechadas


Proposição Fechada: é aquela que podemos garantir como sendo verdadeira ou falsa.
Exemplos: 5 é um número primo.
Mumbai é um país da África.
Fernando Henrique Cardoso é o atual presidente do Brasil.

Proposição Aberta: é aquela que contém uma variável, um elemento desconhecido, e, portanto não podemos garantir
que seja verdadeira ou falsa.
Exemplo: A cidade x é a capital da Argentina.
Aquele país fica na África.
Ele é um ator famoso.

Proposições Simples e Proposições Compostas


Chama-se de proposição simples aquela que não contém outra proposição como parte integrante de si mesma.
Exemplo:
Carlos é solteiro.

Chama-se de proposição composta aquela formada pela combinação de duas ou mais proposições simples.
Exemplo:
Carlos é solteiro ou Pedro é estudante.

OPERADORES LÓGICOS
Negação:  ou  (não, não é verdade que, ...)
Conjunção:  (e)
Disjunção:  (ou)
Disjunção exclusiva:  (Ou... ou ...)
Implicação ou Condicional:  (se... então...)
Dupla implicação ou bicondicional:  (se e somente se)

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


1
Valor Lógico de uma Proposição
O valor lógico de uma proposição é a verdade se a proposição é verdadeira. Se p é uma proposição verdadeira,
dizemos que v(p)  V.
O valor lógico de uma proposição é a falsidade se a proposição é falsa. Se p é uma proposição falsa, dizemos
que v(p)  F.

Tabela Verdade
O valor lógico de uma proposição composta depende dos valores lógicos das proposições componentes, e se
determina por um dispositivo denominado tabela-verdade.
O número de linhas da tabela verdade de uma proposição composta depende do número de proposições
simples que a compõe. A tabela-verdade de uma proposição composta com n proposições simples contém 2n linhas.

Exemplos:
1. Para 2 proposições simples, p e q, a tabela terá: 22  4 linhas

2. Para 3 proposições simples, p, q e r, a tabela terá: 2 3  8 linhas

OPERAÇÕES LÓGICAS

1. Negação de uma proposição


A negação de uma proposição é representada por “ p” e seu valor lógico é a verdade quando p for falsa e a
falsidade quando p for verdadeira. Notar que “ p” tem valor lógico oposto a p.
Tabela-verdade
p p Exemplo:
V F João é inteligente.
F V

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


2
2. Conjunção de duas proposições
A conjunção de duas proposições p e q é representada por “p  q”. Seu valor lógico é a verdade quando p e q
forem ambas verdadeiras e a falsidade nos demais casos.

Tabela-verdade
p q pq
Exemplo:
V V V
João é inteligente e Pedro é alto.
V F F
F V F
F F F

Negação da Conjunção:  (p  q)   p   q

Tabela-verdade
p q pq  (p  q) p q p  q p  q
V V V F F F F F
V F F V F V F V
F V F V V F F V
F F F V V V V V

Exemplo:
João é inteligente e Pedro é alto.
Negação: João não é inteligente ou Pedro não é alto.

3. Disjunção Inclusiva de duas proposições


A disjunção inclusiva de duas proposições p e q é representada por “p  q”. Seu valor lógico é a verdade, exceto
quando p e q foram ambas falsas.
Tabela-verdade
p q pq
Exemplo:
V V V
João é inteligente ou Pedro é alto.
V F V
F V V
F F F

Negação da Disjunção inclusiva:  (p  q)   p   q

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


3
Tabela-verdade
p q pq  (p  q) p q p  q p  q
V V V F F F F F
V F V F F V V F
F V V F V F V F
F F F V V V V V

Exemplos:
João é inteligente ou Pedro é alto.
Negação: João não é inteligente e Pedro não é alto.

Caso ou compro uma bicicletas.


Negação: Não caso e não compro uma bicicleta.

4. Disjunção Exclusiva de duas proposições


A disjunção exclusiva de duas proposições p e q é representada por “p  q”. Seu valor lógico é a falsidade
quando p e q tiverem o mesmo valor lógico, ou seja, quando p e q forem ambas verdadeiras ou ambas falsas. Se os
valores lógicos forem contrários, ou seja, uma proposição verdadeira e a outra falsa, o valor lógico da proposição
composta será a verdade.
Tabela-verdade
p q pq
Exemplo:
V V F
Ou João é inteligente ou Pedro é alto.
V F V
F V V
F F F

5. Proposição Condicional (Implicação)


A proposição condicional é representada por “p  q”. Seu valor lógico é a falsidade somente quando p for
verdadeira e q for falsa. Nos demais casos, será a verdade.
Tabela-verdade
p q pq
V V V Exemplo: Se tiver férias, então viajo.
V F F
F V V
F F V

Negação da Implicação:  (p  q)  p   q

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


4
Tabela-verdade
p q pq (p  q) q p  q
V V V F F F
V F F V V V
F V V F F F
F F V F V F

CONTRAPOSITIVA: p  q   q   p

Exemplo:

Se tiver férias, então viajo.  Se não viajei, não tive férias.

Se chove então faz frio.  Se não fez frio, não choveu.

OBSERVAÇÃO:
Dada uma proposição condicional p  q, temos que:
RECÍPROCA: q  p
CONTRÁRIA OU INVERSA: ~p  ~q

6. Proposição Bicondicional (Dupla Implicação)


A proposição bicondicional é representada por “p  q”. Seu valor lógico será a verdade nos casos em que p e q
forem ambas verdadeiras ou ambas falsas.
Tabela-verdade
p q pq
V V V
Exemplo: Viajo se e somente se tenho férias.
V F F
F V F
F F V

Negação da Dupla Implicação: Ou p ou q (Disjunção Exclusiva)


Tabela-verdade
p q pq  (p  q) pq
V V V F F
V F F V V
F V F V V
F F V F F

Exemplo: Viajo se e somente se tenho férias.


Negação: Ou viajo ou tenho férias.

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


5
EXEMPLOS DE ENUNCIADOS

1. (ANPAD) Considere as sentenças a seguir: 4. (ANPAD) Considere as seguintes proposições


I. Faça a prova ou vá para casa! simples:
II. Se a taxa de juros sobe, então o poder de compra p: José é estudante.
diminui. q: Maria é professora.
III. Qual a tua idade? A proposição composta  ( p  q), em linguagem
É CORRETO afirmar que corrente, é
(A) apenas II não é uma proposição. (A) “José não é estudante ou Maria é professora”.
(B) apenas I e III não são proposições. (B) “José é estudante ou Maria não é professora”.
(C) apenas I e III são proposições (C) “José não é estudante ou Maria não é professora”.
(D) I, II e III não são proposições. (D) “José é estudante e Maria é professora”.
(E) I, II e III são proposições. (E) “José é estudante e Maria não é professora”.

2. (ANPAD) Considere as seguintes sentenças: 5. (ANPAD) Sejam as proposições


I. Eu fui para São Paulo ontem. p: Luísa é bancária.
II. Vamos trabalhar! q: Luísa é fumante.
III. O número -2 é um número natural. Então, a proposição ~(q  ~p), em linguagem corrente, é
Do ponto de vista da lógica, sabe-se que (A) “Luísa não é bancária é não é fumante.”
(A) II é uma proposição interrogativa. (B) “Luísa é bancária e não é fumante.”
(B) III é uma proposição verdadeira. (C) “Luísa é fumante, mas não é bancária.”
(C) I e II não são proposições. (D) “Luísa não é bancária ou é fumante.”
(D) I e III são proposições. (E) “Luísa é bancária ou é fumante.”
(E) I, II e III são proposições.

3. (ANPAD) A NEGAÇÃO da sentença “Ana não voltou 6. (ANPAD) Sejam as proposições p: João é inteligente
e foi ao cinema” é e q: Paulo joga tênis. Então,  ( p  q), em linguagem
(A) “Ana voltou ou não foi ao cinema”. corrente, é
(B) “Ana voltou e não foi ao cinema”. (A) João é inteligente ou Paulo não joga tênis.
(C) “Ana não voltou ou não foi ao cinema”. (B) João é inteligente e Paulo não joga tênis.
(D) “Ana não voltou e não foi ao cinema”. (C) João não é inteligente e Paulo não joga tênis.
(E) “Ana não voltou e foi ao cinema”. (D) João não é inteligente ou Paulo joga tênis.
(E) João é inteligente ou Paulo joga tênis.

7. (ANPAD) Considere as seguintes proposições simples:


p: Pardais adoram frutas.
q: Fazendeiros detestam pardais.
A proposição composta (p  q), em linguagem corrente, é
(A) “É falso que pardais adoram frutas e que fazendeiros detestam pardais”.
(B) “Fazendeiros detestam pardais ou pardais não adoram frutas”.
(C) “É falso que pardais adoram frutas ou que fazendeiros detestam pardais”.
(D) “Fazendeiros detestam pardais e pardais adoram frutas”.
(E) “Fazendeiros detestam pardais ou pardais adoram frutas”.

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


6
8. (ANPAD) Considere a sentença “Se é feriado, os 10. (ANPAD) Considere-se a proposição “Não é ver-
bancos estão fechados.” A CONTRAPOSITIVA dessa dade que, se Maria não é elegante, então ela é inteli-
sentença é gente”. Uma proposição logicamente equivalente é:
(A) “Se os bancos não estão fechados, não é feriado”. (A) Maria é elegante ou é inteligente
(B) “Se os bancos estão fechados, não é feriado”. (B) Maria é elegante e não é inteligente
(C) “Se não é feriado, os bancos estão fechados”. (C) Maria não é elegante e é inteligente
(D) “Se os bancos estão fechados, é feriado”. (D) Maria não é elegante e nem é inteligente
(E) “Se é feriado, os bancos estão fechados”. (E) Maria não é elegante ou não é inteligente

9. (ANPAD) Se Rubens estudar, então passará no 11. (FUNRIO) A negação da afirmação “a onça é
concurso. Deste modo, é correto afirmar que pintada ou a zebra não é listrada” é:
(A) se Rubens não passar no concurso, então não terá (A) a onça não é pintada ou a zebra é listrada.
estudado. (B) a onça não é pintada ou a zebra não é listrada.
(B) o estudo de Rubens é a condição necessária para (C) a onça não é pintada e a zebra é listrada.
que ele passe no concurso. (D) a onça não é pintada e a zebra não é listrada.
(C) se Rubens não estudar, não passará no concurso. (E) a onça não é pintada ou a zebra pode ser listrada.
(D) Rubens passará no concurso só se estudar.
(E) mesmo que Rubens estude, ele não passará no
concurso.

12. (FDRH – BANRISUL TTI 2013) Considere as proposições abaixo e assinale V, para valores lógico verdadeiros
e F, para os falsos.
( ) “Se 2  2  4, então 3 é um número par”.
( ) “2 é um número par e 3 é um número primo”.
( ) “3 é maior do que 4 ou 5 é menor do que 2”.
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) V – V – V
(B) V – V – F
(C) V – F – F
(D) F – V – F
(E) F – F – F

GABARITO
1–B 5–B 9–A
2–D 6–B 10 – D
3–A 7–B 11 – C
4–E 8–A 12 – D

www.facebook.com/prof.daniela.arboite
e-mail: danielaarboite@cpccrs.com.br

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


7
Proposições Logicamente Equivalentes
Dizemos que duas proposições são logicamente equivalentes ou, simplesmente equivalentes quando são
compostas pelas mesmas proposições simples e os resultados de suas tabelas-verdade são idênticos. Uma
consequência prática da equivalência lógica é que ao trocar uma dada proposição por qualquer outra equivalente,
estamos apenas mudando a maneira de dizê-la. Para representar a equivalência usamos os símbolos  ou .

Exemplos:
1. Verificar se as proposições  p  q e p  q são 2. Verificar se as proposições p  q e  (p  ~q) são
equivalentes. equivalentes.

~p p q pq pq p q ~q pq p  ~q  (p  ~q)


V V V V
V F V F
F V F V
F F F F

TAUTOLOGIAS, CONTRADIÇÕES E CONTINGÊNCIAS

TAUTOLOGIA: é toda proposição cujo valor lógico é sempre a verdade, quaisquer que sejam os valores lógicos das
proposições componentes. As tautologias são também denominadas proposições logicamente verdadeiras.
Exemplo: p   p
p p pp
V F V
F V V

CONTRADIÇÕES: é toda proposição cujo valor lógico é sempre a falsidade, quaisquer que sejam os valores lógicos
das proposições componentes. As contradições são também denominadas proposições logicamente falsas.
Exemplo: p   p
p p pp
V F F
F V F

CONTINGÊNCIAS OU INDETERMINADAS: são todas as proposições que não são tautologias nem contradições.
Exemplo: p  ~p
p ~p p  ~p
V F F
F V V

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


8
PROPOSIÇÕES CATEGÓRICAS
Na lógica clássica o estudo da dedução era desenvolvido usando-se proposições denominadas categóricas.
São proposições que usam quantificadores (todo, nenhum, algum,...).

QUANTIFICADORES
 Quantificador Universal ()
O símbolo (x) pode ser lido como para todo x, para qualquer elemento x, qualquer que seja x.
Exemplos:
1.Todos os homens são mortais.
2. Todo número primo é ímpar.

 Quantificador Existencial ()


O símbolo (x) pode ser lido como existe x tal que, para algum elemento x, para algum x.

Exemplos:
1. Existe homem que não é sábio.
2. Existe peixe que voa.
3. Algum professor é chato.

Negação de Proposições Categóricas

Proposição Exemplo Negação Exemplo da negação


Algum A não é B; Algum homem não é sábio.
Todo A é B Todo homem é sábio. Pelo menos um A Pelo menos um homem não é sábio.
não é B Existe homem que não é sábio.
Algum A é B; Algum homem é sábio.
Nenhum A é B Nenhum homem é sábio. Pelo menos um A Pelo menos um homem é sábio.
éB Existe homem que é sábio.
Nenhum homem é sábio.
Algum A é B Algum homem é sábio. Nenhum A é B
Não existem homens sábios.
Algum A não é B Algum homem não é sábio. Todo A é B Todo homem é sábio.

DIAGRAMAS LÓGICOS

- Todo professor é simpático. - Nenhum professor é chato. - Alguns professores são introvertidos.
Simpáticos
Simpáticos Professores
Professores Chatos
Professores

Prof.ª Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


9
ARGUMENTAÇÃO LÓGICA
Denomina-se argumento a relação que associa um conjunto de proposições, chamadas de premissas do
argumento, a uma proposição que e a conclusão do argumento.
Dizemos que um argumento é válido ou ainda que é legítimo ou bem construído quando a sua conclusão é
uma consequência obrigatória do seu conjunto de premissas. Posto de outra forma, quando um argumento é válido, a
verdade das premissas deve garantir a verdade da conclusão do argumento.
Exemplo:
Todos os pardais adoram jogar xadrez.
Nenhum enxadrista gosta de óperas.
Portanto, nenhum pardal gosta de óperas.

Dizemos que um argumento é inválido ou ainda que é ilegítimo ou falacioso quando a verdade das premissas
não é suficiente para garantir a verdade da conclusão do argumento.
Exemplos:
Todos os alunos do curso passaram.
Maria não é aluna do curso.
Portanto, Maria não passou.

Todos os gatos são pretos. Animais Pretos


Alguns animais pretos mordem.
Logo, alguns gatos mordem. Gatos
Animais que mordem

QUESTÕES DE PROVAS
(FMP) Considerando verdadeiras as proposições
• Todo carro da marca Fiat é preto.
• Todo Corsa é da marca Fiat.
Preto
pode-se dizer que
(A) o Corsa não é da marca Fiat. Fiat
(B) existe ao menos um carro Fiat que não é preto.
(C) todo Corsa é preto. corsa

(D) todo Fiat é Corsa


(E) todo carro preto é Fiat.

Logo, todo Corsa é preto.


Alternativa C
(CESPE)
1. Considerando-se como premissas as proposições “Nenhum pirata é bondoso” e “Existem piratas que são velhos”, se a
conclusão for “Existem velhos que não são bondosos”, então essas três proposições constituem um raciocínio válido.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


10
Nenhum pirata é bondoso.
Existem piratas que são velhos.

Piratas Bondosos

Velhos

Logo, existem velhos que não são bondosos.


ITEM CERTO

2. Considere como premissas as proposições “Todos os hobits são baixinhos” e “Todos os habitantes da Colina são
hobits”, e, como conclusão, a proposição “Todos os baixinhos são habitantes da Colina”. Nesse caso, essas três
proposições constituem um raciocínio válido.

Todos os hobits são baixinhos.


Todos os habitantes da Colina são hobits.
Não podemos concluir que “Todos os baixinhos são habitantes da Colina”.
Seria correto dizer “Todos os habitantes da Colina são baixinhos”.

Baixinhos

Hobits

Habitantes da
colina
ITEM ERRADO

RACIOCÍNIO LÓGICO – Exercícios Propostos:


1. (FCC) Considere as seguintes frases: 2. (FCC) Considere as proposições simples:
I) Ele foi o melhor jogador do mundo em 2005. p: Maly é usuária do Metrô e q: Maly gosta de dirigir
xy automóvel
II) é um número inteiro.
5 A negação da proposição composta p  ~q é:
III) João da Silva foi o Secretário da Fazenda do (A) Maly não é usuária do Metrô ou gosta de dirigir
Estado de São Paulo em 2000. automóvel.
É verdade que APENAS (B) Maly não é usuária do Metrô e não gosta de dirigir
(A) I e II são sentenças abertas. automóvel.
(B) I e III são sentenças abertas. (C) Não é verdade que Maly não é usuária do Metrô e
(C) II e III são sentenças abertas. não gosta de dirigir automóvel.
(D) I é uma sentença aberta. (D) Não é verdade que, se Maly não é usuária do
(E) II é uma sentença aberta. Metrô, então ela gosta de dirigir automóvel.
(E) Se Maly não é usuária do Metrô, então ela não
gosta de dirigir automóvel.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


11
3. (FCC) Se Lucia é pintora, então ela é feliz. 7. (FCC) Todas as estrelas são dotadas de luz própria.
Portanto: Nenhum planeta brilha com luz própria. Logo,
(A) Se Lucia não é feliz, então ela não é pintora. (A) todos os planetas são estrelas.
(B) Se Lucia é feliz, então ela é pintora. (B) nenhum planeta é estrela.
(C) Se Lucia é feliz, então ela não é pintora. (C) todas as estrelas são planetas.
(D) Se Lucia não é pintora, então ela é feliz. (D) todos os planetas são planetas.
(E) Se Lucia é pintora, então ela não é feliz. (E) todas as estrelas são estrelas.

4. (FCC) A negação de “Todas as portas estão 8. (FCC) Considere a proposição “Paula estuda, mas
trancadas” é não passa no concurso”. Nessa proposição, o
(A) “Todas as portas estão destrancadas”. conectivo lógico é
(B) “Todas as portas estão abertas”. (A) disjunção inclusiva
(C) “Alguma porta está fechada”. (B) conjunção
(D) “Alguma porta está trancada”. (C) disjunção exclusiva
(E) “Alguma porta está destrancada”. (D) condicional
(E) bicondicional

5. (FCC) Paloma fez as seguintes declarações: 9. (FCC) A correta negação da proposição “todos os
“Sou inteligente e não trabalho.” cargos deste concurso são de analista judiciário” é
“Se não tiro férias, então trabalho.” (A) alguns cargos deste concurso são de analista
Supondo que as duas declarações sejam verdadeiras, judiciário.
é FALSO concluir que Paloma (B) existem cargos deste concurso que não são de
(A) é inteligente. analista judiciário.
(B) tira férias. (C) existem cargos deste concurso que são de analista
(C) trabalha. judiciário.
(D) não trabalha e tira férias. (D) nenhum dos cargos deste concurso não é de
(E) trabalha ou é inteligente. analista judiciário.
(E) os cargos deste concurso são ou de analista, ou no
judiciário.

6. (FCC) Considere a seguinte proposição: “Na 10. (CESGRANRIO) Considere verdadeira a afirma-
eleição para a prefeitura, o candidato A será eleito ou ção “Se uma figura plana for um quadrado, então será
não será eleito.” Do ponto de vista lógico, a afirmação um retângulo”. Com base nessa afirmação, é correto
da proposição caracteriza: afirmar que, se uma figura plana:
(A) um silogismo (A) não for um quadrado, então não será um
(B) uma tautologia retângulo.
(C) uma equivalência (B) não for um quadrado, então será um retângulo.
(D) uma contingência (C) não for um retângulo, então não será um
(E) uma contradição quadrado.
(D) não for um retângulo, então será um quadrado.
(E) for um retângulo, então será um quadrado.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


12
11. (FCC) Considere um argumento composto pelas 12. (FCC) Se Alceu tira férias, então Brenda fica
seguintes premissas: trabalhando. Se Brenda fica trabalhando, então Clóvis
- Se a inflação não é controlada, então não há projetos chega mais tarde ao trabalho. Se Clóvis chega mais
de desenvolvimento. tarde ao trabalho, então Dalva falta ao trabalho.
- Se a inflação é controlada, então o povo vive melhor. Sabendo-se que Dalva não faltou ao trabalho, é
- O povo não vive melhor. correto concluir que
Considerando que todas as três premissas são (A) Alceu não tira férias e Clóvis chega mais tarde ao
verdadeiras, então, uma conclusão que tornaria o trabalho.
argumento válido é (B) Brenda não fica trabalhando e Clóvis chega mais
(A) A inflação é controlada. tarde ao trabalho.
(B) Não há projetos de desenvolvimento. (C) Clóvis não chega mais tarde ao trabalho e Alceu
(C) A inflação é controlada ou há projetos de não tira férias.
desenvolvimento. (D) Brenda fica trabalhando e Clóvis chega mais tarde
(D) O povo vive melhor e a inflação não é controlada. ao trabalho.
(E) Se a inflação não é controlada e não há projetos (E) Alceu tira férias e Brenda fica trabalhando.
de desenvolvimento, então o povo vive melhor.

13. (FCC) Um jornal publicou a seguinte manchete:


“Toda Agência do Banco do Brasil tem déficit de funcionários.”
Diante de tal inverdade, o jornal se viu obrigado a retratar-se, publicando uma negação de tal manchete. Das
seguintes sentenças, aquela que expressaria de maneira correta a negação da manchete publicada é
(A) Existem Agências com déficit de funcionários que não pertencem ao Banco do Brasil.
(B) O quadro de funcionários do Banco do Brasil está completo.
(C) Qualquer Agência do Banco do Brasil não têm déficit de funcionários.
(D) Nenhuma Agência do Banco do Brasil tem déficit de funcionários.
(E) Alguma Agência do Banco do Brasil não têm déficit de funcionários.

14. (CESGRANRIO) Qual a negação da proposição 15. (CESGRANRIO) Qual a negação de “Todos os
“Algum funcionário da agência P do Banco do Brasil filhos de Maria gostam de quiabo e desgostam de
tem menos de 20 anos”? bife”?
(A) Todo funcionário da agência P do Banco do Brasil (A) nenhum dos filhos de Maria gosta de quiabo e
tem menos de 20 anos. desgosta de bife.
(B) Não existe funcionário da agência P do Banco do (B) nenhum dos filhos de Maria desgosta de quiabo ou
Brasil com 20 anos. gosta de bife.
(C) Algum funcionário da agência P do Banco do (C) algum filho de Maria desgosta de quiabo e gosta
Brasil tem mais de 20 anos. de bife.
(D) Nenhum funcionário da agência P do Banco do (D) algum filho de Maria desgosta de quiabo ou gosta
Brasil tem menos de 20 anos. de bife.
(E) Nem todo funcionário da agência P do Banco do (E) algum dos filhos de Maria gosta de bife.
Brasil tem menos de 20 anos.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


13
16. (FCC) Um economista deu a seguinte declaração 19. (FCC) Durante uma sessão no plenário da Assembleia
em uma entrevista: “Se os juros bancários são altos, Legislativa, o presidente da mesa fez a seguinte declaração,
então a inflação é baixa.” Uma proposição logicamen- dirigindo-se às galerias da casa:
“Se as manifestações desrespeitosas não forem
te equivalente à do economista é
interrompidas, então eu não darei início à votação”.
(A) se a inflação não é baixa, então os juros bancários
Esta declaração é logicamente equivalente à afirmação
não são altos;
(A) se o presidente da mesa deu início à votação, então as
(B) se a inflação é alta, então os juros bancários são manifestações desrespeitosas foram interrompidas.
altos; (B) se o presidente da mesa não deu início à votação, então
(C) se os juros bancários não são altos, então a as manifestações desrespeitosas não foram interrompidas.
inflação não é baixa; (C) se as manifestações desrespeitosas forem

(D) os juros bancários são baixos ou a inflação é interrompidas, então o presidente da mesa dará início à
baixa; votação.
(D) se as manifestações desrespeitosas continuarem, então
(E) ou os juros bancários ou a inflação é baixa.
o presidente da mesa começará a votação.
(E) se as manifestações desrespeitosas não continuarem,
então o presidente da mesa não começará a votação.

17. (FDRH) A negação da proposição “Alfredo vai ao 20. (CESGRANRIO) Considere verdadeira a proposi-
médico se, e somente se, está doente” é a alternativa: ção: “Marcela joga vôlei ou Rodrigo joga basquete”.
(A) “Se Alfredo não vai ao médico, então ele não está Para que essa proposição passe a ser falsa:
doente”. (A) é suficiente que Marcela deixe de jogar vôlei.
(B) “Alfredo vai ao médico e não está doente”. (B) é suficiente que Rodrigo deixe de jogar basquete.
(C) “Ou Alfredo vai ao médico, ou Alfredo está (C) é necessário que Marcela passe a jogar basquete.
doente”. (D) é necessário, mas não suficiente, que Rodrigo
(D) “Alfredo está doente e não vai ao médico”. deixe de jogar basquete.
(E) “Alfredo vai ao médico ou não está doente e está (E) é necessário que Marcela passe a jogar basquete
doente ou não vai ao médico”. e Rodrigo passe a jogar vôlei.

18. (CESGRANRIO) A negação da proposição 21. (FUNDATEC) A negação da proposição Se João


“Alberto é alto e Bruna é baixa” é estuda então não trabalha é logicamente equivalente
(A) Alberto é baixo e Bruna é alta. a:
(B) Alberto é baixo e Bruna não é alta. (A) João não estuda, mas trabalha.
(C) Alberto é alto ou Bruna é baixa. (B) João não estuda, ou não trabalha.
(D) Alberto não é alto e Bruna não é baixa. (C) João não estuda nem trabalha.
(E) Alberto não é alto ou Bruna não é baixa. (D) João estuda e trabalha.
(E) João estuda, mas não trabalha.

22. (CESGRANRIO) A negação da proposição “Se o candidato estuda, então passa no concurso” é
(A) o candidato não estuda e passa no concurso.
(B) o candidato estuda e não passa no concurso.
(C) se o candidato estuda, então não passa no concurso.
(D) se o candidato não estuda, então passa no concurso.
(E) se o candidato não estuda, então não passa no concurso.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


14
23. (CESGRANRIO) Se Rita toca teclado, Pedro 27. (CESGRANRIO) Assinale a alternativa que
acorda cedo e Luciano não consegue estudar. Então, apresenta uma proposição composta cujo valor lógico
se Luciano conseguiu estudar, conclui-se que é verdadeiro.
(A) Pedro foi dormir tarde. (A) 42  24  (−3)2  −9
(B) Pedro acordou mais cedo. (B) 2  3  6  21 é primo
(C) Rita tocou teclado e Pedro acordou cedo. (C) 7  7  −1  −2
(D) Rita tocou teclado. (D) 32 = 8  1 < 2
(E) Rita não tocou teclado.
(E) 3 − 2  1  4  3

24. (CESGRANRIO) Considere a proposição compos- 28. (CESGRANRIO) Qual é a negação de “Márcio fala
ta “Se o mês tem 31 dias, então não é setembro”. A francês e não fala inglês”?
proposição composta equivalente é (A) Márcio não fala francês ou não fala inglês.
(A) “O mês tem 31 dias e não é setembro”. (B) Márcio não fala francês ou fala inglês.
(B) “O mês tem 30 dias e é setembro”. (C) Márcio não fala francês e não fala inglês.
(C) “Se é setembro, então o mês não tem 31 dias”. (D) Márcio não fala francês e fala inglês.
(D) “Se o mês não tem 31 dias, então é setembro”. (E) Márcio fala francês ou não fala inglês.
(E) “Se o mês não tem 31 dias, então não é
setembro”.

25. (CESGRANRIO) Qual é a negação de “Todos os 29. (CESGRANRIO) A negação de “Todos os


candidatos desse concurso têm mais de 18 anos”? elementos do conjunto A são números positivos” é:
(A) Todos os candidatos desse concurso têm menos (A) Todos os elementos do conjunto A são números
de 18 anos. negativos.
(B) Pelo menos um candidato desse concurso tem (B) Todos os elementos do conjunto A não são
menos de 18 anos. números positivos.
(C) Pelo menos um candidato desse concurso tem 18 (C) Pelo menos um dos elementos do conjunto A é um
anos ou menos. número negativo.
(D) Nenhum candidato desse concurso tem menos de (D) Pelo menos um dos elementos do conjunto A não
18 anos. é um número positivo.
(E) Nenhum candidato tem exatamente 18 anos. (E) Pelo menos um dos elementos do conjunto A é o
zero.

26. (CESGRANRIO) Considere verdadeira a declara- 30. (CESGRANRIO) A negação de “Todos os filhos
ção: “Se eu ficar em casa então não assistirei à TV”. de Maria gostam de quiabo” é
Qual a situação que torna a declaração FALSA? (A) nenhum dos filhos de Maria gosta de quiabo
(A) Se eu não ficar em casa, então assistirei à TV. (B) nenhum dos filhos de Maria desgosta de quiabo
(B) Se eu ficar em casa, então assistirei à TV. (C) pelo menos um dos filhos de Maria gosta de
(C) Não fiquei em casa e não assisti à TV. quiabo
(D) Não fiquei em casa e assisti à TV. (D) pelo menos um dos filhos de Maria desgosta de
(E) Fiquei em casa e assisti à TV. quiabo
(E) alguns filhos de Maria não gostam de quiabo

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


15
31. (CESGRANRIO) Qual é a negação da proposição 34. (CESGRANRIO) A negação da proposição “Mário
“Se Lino se esforça, então consegue”? é brasileiro ou Maria não é boliviana” é
(A) Se Lino não se esforça, então não consegue. (A) Mário não é brasileiro ou Maria é boliviana.
(B) Se Lino consegue, então se esforça. (B) Mário não é brasileiro e Maria é boliviana.
(C) Lino se esforça e não consegue. (C) Mário não é brasileiro e Maria não é boliviana.
(D) Lino não se esforça e não consegue. (D) Mário é brasileiro e Maria não é boliviana.
(E) Lino não se esforça e consegue. (E) Mário é brasileiro ou Maria é boliviana.

32. (FUNDATEC) A proposição "Carlos trabalha ou 35. (FUNDATEC) A afirmação: "Ela é bonita"
Carlos não trabalha" expressa uma representa
(A) implicação (A) uma preposição
(B) tautologia (B) uma sentença aberta
(C) contradição (C) uma proposição falsa
(D) reciprocidade (D) uma proposição verdadeira
(E) equivalência (E) uma sentença fechada

33. (CESGRANRIO) Qual é a negação da proposição 36. (CESGRANRIO) Sejam p e q proposições e ~ p e


“Alguma lâmpada está acesa e todas as portas estão ~ q suas respectivas negações. Assinale a opção que
fechadas”? apresenta uma tautologia.
(A) Todas as lâmpadas estão apagadas e alguma (A) p  ~ p
porta está aberta. (B) p  ~ p
(B) Todas as lâmpadas estão apagadas ou alguma (C) p  ~ p
porta está aberta. (D) p  q
(C) Alguma lâmpada está apagada e nenhuma porta
(E) ~ p  p
está aberta.
(D) Alguma lâmpada está apagada ou nenhuma porta
está aberta.
(E) Alguma lâmpada está apagada e todas as portas
estão abertas.

GABARITO
1–A 5–C 9–B 13 – E 17 – C 21 – D 25 – C 29 – D 33 – B
2–A 6–B 10 – C 14 – D 18 – E 22 – B 26 – E 30 – D 34 – B
3–A 7–B 11 – B 15 – D 19 – A 23 – E 27 – D 31 – C 35 – B
4–E 8–B 12 – C 16 – A 20 – D 24 – C 28 – B 32 – B 36 – C

e-mail: danielaarboite@cpcrs.com.br
www.facebook.com/prof.daniela.arboite

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


16
EXERCÍCIOS DE RACIOCÍNIO LÓGICO – LISTA 2
1. (FCC) A negação da sentença “A Terra é chata e a 5. (FCC) Uma afirmação equivalente à afirmação “Se
Lua é um planeta.” é: bebo, então não dirijo” é
(A) Se a Terra é chata, então a Lua não é um planeta. (A) Se não bebo, então não dirijo.
(B) Se a Lua não é um planeta, então a Terra não é (B) Se não dirijo, então não bebo.
chata. (C) Se não dirijo, então bebo.
(C) A Terra não é chata e a Lua não é um planeta. (D) Se não bebo, então dirijo.
(D) A Terra não é chata ou a Lua é um planeta. (E) Se dirijo, então não bebo.
(E) A Terra não é chata se a Lua não é um planeta.

2. (FCC) A negação da afirmação condicional “se Ana 6. (FCC) Todos os macerontes são torminodoros.
viajar, Paulo vai viajar” é: Alguns macerontes são momorrengos. Logo,
(A) Ana não está viajando e Paulo vai viajar. (A) todos os momorrengos são torminodoros.
(B) Se Ana não viajar, Paulo vai viajar. (B) alguns torminodoros são momorrengos.
(C) Ana está viajando e Paulo não vai viajar. (C) todos os torminodoros são macerontes.
(D) Ana não está viajando e Paulo não vai viajar. (D) alguns momorrengos são pássaros.
(E) Se Ana estiver viajando, Paulo não vai viajar. (E) todos os momorrengos são macerontes.

3. (FCC – TRT PR 2004) Sabe-se que existem pessoas 7. (FCC- PGE BA 2013 – Analista) Considere como
desonestas e que existem corruptos. Admitindo-se verdadeiras as seguintes afirmações:
verdadeira a frase "Todos os corruptos são “Algum pândego é trôpego.”
desonestos", é correto concluir que: “Todo pândego é nefelibata.”
(A) quem não é corrupto é honesto. Deste modo, a assertiva necessariamente verdadeira
(B) existem corruptos honestos. é:
(C) alguns honestos podem ser corruptos. (A) Todo pândego trôpego não é nefelibata.
(D) existem mais corruptos do que desonestos. (B) Algum pândego trôpego não é nefelibata.
(E) existem desonestos que são corruptos. (C) Algum pândego é nefelibata.
(D) Todo pândego nefelibata é trôpego.
(E) Algum pândego que não é trôpego não é nefelibata.

4. (FCC – PGE BA 2013) A negação de “Ruy Barbosa é 8. (FCC – PGE BA 2013) Sou pai de Pedro ou sou pai
abolicionista e Senador Dantas é baiano” é: de Francisco. Sou pai de Ana ou não sou pai de Pedro.
(A) Ruy Barbosa não é abolicionista e Senador Dantas Sou pai de Beatriz ou não sou pai de Francisco. Ora,
não é baiano. não sou pai de Beatriz. Deste modo,
(B) Ruy Barbosa é baiano e Senador Dantas é (A) não sou pai de Ana e sou pai de Pedro.
abolicionista. (B) não sou pai de Beatriz e não sou pai de Ana.
(C) Ruy Barbosa não é abolicionista ou Senador Dantas (C) sou pai de Francisco e pai de Ana.
não é baiano. (D) sou pai de Ana e pai de Pedro.
(D) Ruy Barbosa é baiano ou Senador Dantas não é (E) sou pai de Francisco e não sou pai de Beatriz.
abolicionista.
(E) Ruy Barbosa é Senador Dantas e Senador Dantas é
Ruy Barbosa.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


17
9. (FCC – DPE RS 2013) Ao ser questionado por seus 12. (FCC- PGE BA 2013 – Analista) Considere as três
alunos sobre a justiça da avaliação final de seu curso, informações dadas a seguir, todas verdadeiras.
um professor fez a seguinte afirmação: “Não é verdade − Se o candidato X for eleito prefeito, então Y será
que todos os alunos que estudaram foram reprovados”. nomeado secretário de saúde.
Considerando verdadeira a afirmação do professor, − Se Y for nomeado secretário de saúde, então Z será
pode-se concluir que, necessariamente, promovido a diretor do hospital central.
(A) todos os alunos que não estudaram foram − Se Z for promovido a diretor do hospital central, então
reprovados. haverá aumento do número de leitos.
(B) somente alunos que não estudaram foram Sabendo que Z não foi promovido a diretor do hospital
reprovados. central, é correto concluir que
(C) pelo menos um aluno que estudou não foi (A) o candidato X pode ou não ter sido eleito prefeito.
reprovado. (B) Y pode ou não ter sido nomeado secretário de
(D) todos os alunos que estudaram não foram saúde.
reprovados. (C) o número de leitos do hospital central pode ou não
(E) pelo menos um aluno que não estudou foi ter aumentado.
reprovado. (D) o candidato X certamente foi eleito prefeito.
(E) o número de leitos do hospital central certamente
não aumentou.

10. (FCC – INSS 2012) Abaixo estão listas cinco 13. (FCC) Considere que as sentenças abaixo são
proposições a respeito de Maria, Luís, Paula e Raul, verdadeiras.
sendo que, entre parênteses, está indicado se a Se a temperatura está abaixo de 5ºC, há nevoeiro.
proposição é verdadeira (V), ou falsa (F). Se há nevoeiro, os aviões não decolam.
- Maria tem de 20 anos de idade. (F) Assim sendo, também é verdadeira a sentença
- Luís é marido de Maria. (V) (A) Se não há nevoeiro, os aviões decolam.
- Paula é irmã caçula de Maria. (F) (B) Se não há nevoeiro, a temperatura está igual a ou
- Raul é filho natural de Luís. (V) acima de 5ºC.
- Luís já foi casado duas vezes. (V) (C) Se os aviões não decolam, então há nevoeiro.
Das informações do enunciado, é correto afirmar que (D) Se há nevoeiro, então a temperatura está abaixo de
(A) Paula tem mais do que 20 anos. 5ºC.
(B) Raul é mais novo do que Luís. (E) Se a temperatura está igual a ou acima de 5ºC os
(C) Luís é mais velho do que Maria. aviões decolam.
(D) Paula é tia de Raul.
(E) Luís é mais novo do que Maria.

11. (FCC) Se p e q são proposições, então a 14. (FCC) Das proposições abaixo, a única que é
proposição p  (~ q) é equivalente a logicamente equivalente a p  q é
(A) ~ (p  ~q) (A) ~q  ~p
(B) ~ (p  q) (B) ~q  p
(C) ~q  ~p (C) ~p  ~q
(D) ~ (q  ~p) (D) q  ~p
(E) ~ (p  q) (E) ~ (q  p)

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


18
15. (FCC) Na tabela verdade abaixo, p e q são 18. (FCC) Dentre as alternativas abaixo, assinale a
proposições: correta.
p q ? (A) As proposições ~ (p  q) e (~p  ~q) não são
V V F logicamente equivalentes.
V F V (B) A negação da proposição “Ele faz caminhada se, e
F V F somente se, o tempo está bom” é a proposição “Ele não
F F F faz caminhada se, e somente se, o tempo não está
bom”.
A proposição composta que substitui corretamente o
(C) A proposição ~ [p  ~( p  q)] é logicamente falsa.
ponto de interrogação é
(D) A proposição “Se está quente, ele usa camiseta”, é
(A) p  q
logicamente equivalente à proposição “Não está quente
(B) p  q
e ele usa camiseta”.
(C) ~ (p  q)
(E) A proposição “Se a Terra é quadrada, então a Lua é
(D) p  q
triangular” é falsa.
(E) ~ (p  q)

16. (FCC) Partindo das premissas: 19. (FCC- PGE BA 2013 – Analista) Se Marcus é
(1) Todo advogado é sagaz. violonista, então Flávia é flautista. Se Flávia é flautista,
(2) Todo advogado é formado em Direito. então Carlos toca ao piano uma valsa. Se Carlos toca
(3) Roberval é sagaz. ao piano uma valsa, então Arlete é sanfoneira.
(4) Sulamita é juíza. Sabendo-se que Arlete não é sanfoneira, é correto
Pode-se concluir que concluir que
(A) há pessoas formadas em Direito que são sagazes. (A) Carlos não toca ao piano uma valsa e Marcus não é
(B) Roberval é advogado. violonista.
(C) Sulamita é sagaz. (B) Flávia não é flautista e Carlos toca ao piano uma
(D) Roberval é promotor. valsa.
(E) Sulamita e Roberval são casados. (C) Marcus não é violonista e Carlos toca ao piano uma
valsa.
(D) Flávia é flautista e Carlos toca ao piano uma valsa.
(E) Marcus é violonista e Flávia é flautista.

17. (TRF 3ª região 2014 – Analista) Diante, apenas, das 20. (FCC) Dizer que “Pedro não é pedreiro ou Paulo é
premissas “Nenhum piloto é médico”, “Nenhum poeta é paulista” é, do ponto de vista lógico, o mesmo que dizer
médico” e “Todos os astronautas são pilotos”, então é que:
correto afirmar que (A) se Pedro é pedreiro, então Paulo é paulista.
(A) algum poeta não é astronauta. (B) se Paulo é paulista, então Pedro é pedreiro.
(B) algum poeta é astronauta e algum piloto não é (C) se Pedro não é pedreiro, então Paulo é paulista.
médico. (D) se Pedro é pedreiro, então Paulo não é paulista.
(C) algum astronauta é médico. (E) se Pedro não é pedreiro, então Paulo não é
(D) todo poeta é astronauta. paulista.
(E) nenhum astronauta é médico.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


19
21. (FCC) Todos os advogados que trabalham numa 24. (FCC – PGE BA 2013) Se todas as bananas têm
cidade formaram-se na universidade X. Sabe-se ainda asas, então o ouro não é um fruto seco. Se o ouro não
que alguns funcionários da prefeitura dessa cidade são é um fruto seco, então todas as bananas têm asas.
advogados. A partir dessas informações, é correto Logo,
concluir que, necessariamente, (A) todas as bananas não têm asas se e somente se o
(A) existem funcionários da prefeitura dessa cidade ouro não for um fruto seco.
formados na universidade X. (B) todas as bananas têm asas se e somente se o ouro
(B) todos os funcionários da prefeitura dessa cidade for um fruto seco.
formados na universidade X são advogados. (C) todas as bananas não têm asas se o ouro é um
(C) todos os advogados formados na universidade X fruto seco.
trabalham nessa cidade. (D) todas as bananas têm asas se e somente se o ouro
(D) dentre todos os habitantes dessa cidade, somente não for um fruto seco.
os advogados formaram-se na universidade X. (E) algum ouro não é um fruto seco se e somente se
(E) existem funcionários da prefeitura dessa cidade que todas as bananas tiverem asas.
não se formaram na universidade X.

22. (FCC) Se todos os nossos atos têm causa, então 25. (FCC) São dadas as afirmações:
não há atos livres. Se não há atos livres, então todos os – Toda cobra é um réptil.
nossos atos têm causa. Logo, – Existem répteis venenosos.
(A) alguns atos não têm causa se não há atos livres. Se as duas afirmações são verdadeiras, então, com
(B) todos os nossos atos têm causa se e somente se há certeza, também é verdade que
atos livres. (A) Se existe uma cobra venenosa, então ela é um
(C) todos os nossos atos têm causa se e somente se réptil.
não há atos livres. (B) toda cobra é venenosa.
(D) todos os nossos atos não têm causa se e somente (C) algum réptil venenoso é uma cobra.
se não há atos livres. (D) qualquer réptil é uma cobra.
(E) alguns atos são livres se e somente se todos os (E) Se existe um réptil venenoso, então ele é uma
nossos atos têm causa. cobra.

23. (FCC) Considere as afirmações abaixo: 26. (FCC) Se todos os jaguadartes são momorrengos e
I) O número de linhas de uma tabela verdade é sempre todos os momorrengos são cronópios então pode-se
um número par. concluir que:

II) A proposição “(10  10 )  (8  3  6)” é falsa. (A) É possível existir um jaguadarte que não seja
momorrengo.
III) Se p e q são proposições, então a proposição “(p
(B) É possível existir um momorrengo que não seja
 q)  (~ q)” é uma tautologia.
jaguadarte.
É verdade o se afirma APENAS em
(C) Todos os momorrengos são jaguadartes.
(A) I
(D) É possível existir um jaguadarte que não seja
(B) II
cronópio.
(C) III
(E) Todos os cronópios são jaguadartes.
(D) I e II
(E) I e III

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


20
27. (FCC) Um dos novos funcionários de um cartório, 29. (FCC) As afirmações seguintes são resultados de
responsável por orientar o público, recebeu a seguinte uma pesquisa feita entre os funcionários de certa
instrução: empresa. “Todo indivíduo que fuma tem bronquite”.
“Se uma pessoa precisar autenticar documentos, “Todo indivíduo que tem bronquite costuma faltar ao
encaminhe-a ao setor verde.” trabalho”.
Considerando que essa instrução é sempre cumprida Relativamente a esses resultados, é correto concluir
corretamente, pode-se concluir que, necessariamente, que:
(A) uma pessoa que não precise autenticar documentos (A) existem funcionários fumantes que não faltam ao
nunca é encaminhada ao setor verde. trabalho.
(B) toda pessoa encaminhada ao setor verde precisa (B) todo funcionário que tem bronquite é fumante.
autenticar documentos. (C) todo funcionário fumante costuma faltar ao trabalho.
(C) somente as pessoas que precisam autenticar (D) é possível que exista algum funcionário que tenha
documentos são encaminhadas ao setor verde. bronquite e não falte habitualmente ao trabalho.
(D) a única função das pessoas que trabalham no setor (E) é possível que exista algum funcionário que seja
verde é autenticar documentos. fumante e não tenha bronquite.
(E) toda pessoa que não é encaminhada ao setor verde
não precisa autenticar documentos.

28. (FCC – TRT 19ª região 2014) Se o diretor está no 30. (FCC) Um analista esportivo afirmou:
escritório, então Rodrigo não joga no computador e “Sempre que o time X joga em seu estádio marca pelo
Tomás não ouve rádio. Se Tomás não ouve rádio, menos dois gols.”
então Gabriela pensa que Tomás não veio. Se Gabriela De acordo com essa afirmação, conclui-se que,
pensa que Tomás não veio, então ela fica mal humo- necessariamente,
rada. Gabriela não está mal humorada. A partir dessas (A) o time X marca mais gols em seu estádio do que
informações, é possível concluir, corretamente, que fora dele.
(A) o diretor não está no escritório e Tomás não ouve (B) o time X marca menos de dois gols quando joga
rádio. fora de seu estádio.
(B) Gabriela pensa que Tomás não veio e Tomás não (C) se o time X marcar um único gol em um jogo, este
ouve rádio. terá ocorrido fora de seu estádio.
(C) o diretor está no escritório e Tomás ouve rádio. (D) se o time X marcar três gols em um jogo, este terá
(D) Tomás não ouve rádio e Gabriela não pensa que ocorrido em seu estádio.
Tomás não veio. (E) o time X nunca é derrotado quando joga em seu
(E) o diretor não está no escritório e Gabriela não estádio.
pensa que Tomás não veio.

31. (FCC – TRT 19ª região 2014) Considere a seguinte afirmação:


Se José estuda com persistência, então ele faz uma boa prova e fica satisfeito.
Uma afirmação que é a negação da afirmação acima é
(A) José estuda com persistência e ele não faz uma boa prova e ele não fica satisfeito.
(B) José não estuda com persistência e ele não faz uma boa prova ou fica satisfeito.
(C) José estuda com persistência ou ele faz uma boa prova ou ele não fica satisfeito.
(D) José estuda com persistência e ele não faz uma boa prova ou ele não fica satisfeito.
(E) Se José fica satisfeito então ele fez uma boa prova e estudou com persistência.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


21
32. (FCC) Considere que as seguintes premissas são 34. (FCC) Sobre as consultas feitas a três livros X, Y e
verdadeiras: Z, um bibliotecário constatou que:
I. Se um homem é prudente, então ele é competente.  Todas as pessoas que haviam consultado Y
II. Se um homem não é prudente, então ele é ignorante. também consultaram X.
III. Se um homem é ignorante, então ele não tem  Algumas pessoas que consultaram Z também
esperanças. consultaram X.
IV. Se um homem é competente, então ele não é De acordo com suas constatações, é correto afirmar
violento. que, com certeza:
Para que se obtenha um argumento válido, é correto (A) pelo menos uma pessoa que consultou Z também
concluir que se um homem consultou Y.
(A) não é violento, então ele é prudente. (B) se alguma pessoa consultou Z e Y, então ela
(B) não é competente, então ele é violento. também consultou X.
(C) é violento, então ele não tem esperanças. (C) toda pessoa que consultou X também consultou Y.
(D) não é prudente, então ele é violento. (D) existem pessoas que consultaram Y e Z.
(E) não é violento, então ele não é competente. (E) existem pessoas que consultaram Y e não
consultaram X.

33. (FCC) Considere que as seguintes afirmações são 35. (FCC) Considere que as seguintes afirmações são
verdadeiras: verdadeiras:
- Todo motorista que não obedece às leis de trânsito é
multado.
Assim sendo, qual das afirmações seguintes é - Existem pessoas idôneas que são multadas.
Com base nessas afirmações é verdade que
(A) Alguma mulher inteligente é vaidosa (A) se um motorista é idôneo e não obedece às leis de
(B) Alguma mulher vaidosa não é inteligente trânsito, então ele é multado.
(C) Alguma mulher não vaidosa não é inteligente (B) se um motorista não respeita as leis de trânsito,
(D) Toda mulher inteligente é vaidosa então ele é idôneo.
(E) Toda mulher vaidosa não é inteligente (C) todo motorista é uma pessoa idônea.
(D) toda pessoa idônea obedece às leis de trânsito.
(E) toda pessoa idônea não é multada.

36. (FCC) Devido à proximidade das eleições, foi decidido que os tribunais eleitorais deveriam funcionar, em
regime de plantão, durante um determinado domingo do ano. Em relação a esse plantão, foi divulgada a seguinte
orientação:
“Se todos os processos forem analisados até às 11 horas, então o plantão será finalizado nesse horário.”
Considere que a orientação foi cumprida e que o plantão só foi finalizado às 18 horas. Então, pode-se concluir
que, necessariamente
(A) nenhum processo foi analisado até às 11 horas.
(B) todos os processos foram analisados até às 11 horas.
(C) pelo menos um processo terminou de ser analisado às 18 horas.
(D) todos os processos foram analisados até às 18 horas.
(E) pelo menos um processo não foi analisado até às 11 horas.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


22
37. (FCC) Certo dia, cinco Agentes de um mesmo setor 39. (FCC) Argemiro, Belisário, Coriolano e Divina são
do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – funcionários de um mesmo setor do Departamento
Amarilis, Benivaldo, Corifeu, Divino e Esmeralda – Nacional de Obras Contra as Secas. Certo dia, após a
foram convocados para uma reunião em que se realização de uma reunião em que se discutiu um
discutiria a implantação de um novo serviço de projeto de irrigação a ser implantado numa região,
telefonia. Após a realização dessa reunião, alguns algumas pessoas fizeram as seguintes declarações
funcionários do setor fizeram os seguintes comentários: sobre seus participantes:
– “Se Divino participou da reunião, então Esmeralda − Se Divina participou da reunião, então o Diretor
também participou”; também participou.
– “Se Divino não participou da reunião, então Corifeu − Se Coriolano não participou da reunião, então Divina
participou”; participou.
– “Se Benivaldo ou Corifeu participaram, então Amarilis − Se Argemiro participou da reunião, então Belisário e
não participou”; Coriolano não participaram.
– “Esmeralda não participou da reunião”. Considerando que o Diretor não participou de tal
Considerando que as afirmações contidas nos quatro reunião e que as três declarações são verdadeiras, é
comentários eram verdadeiras, pode-se concluir com correto afirmar que, com certeza, também não
certeza que, além de Esmeralda, não participaram de participaram
tal reunião (A) Argemiro e Belisário.
(A) Amarilis e Benivaldo. (B) Argemiro e Divina.
(B) Amarilis e Divino. (C) Belisário e Coriolano.
(C) Benivaldo e Corifeu. (D) Belisário e Divina.
(D) Benivaldo e Divino. (E) Coriolano e Divina.
(E) Corifeu e Divino.

38. (TST 2012) A declaração abaixo foi feita pelo 40. (FCC) Uma senhora afirmou que todos os novelos
gerente de recursos humanos da empresa X durante de lã guardados numa gaveta são coloridos e nenhum
uma feira de recrutamento em uma faculdade: deles foi usado. Mais tarde, ela percebeu que havia se
“Todo funcionário de nossa empresa possui plano de enganado em relação à sua afirmação, o que permite
saúde e ganha mais de R$ 3.000,00 por mês.” concluir que
Mais tarde, consultando seus arquivos, o diretor (A) pelo menos um novelo de lã da gaveta não é
percebeu que havia se enganado em sua declaração. colorido ou algum deles foi usado.
Dessa forma, conclui-se que, necessariamente, (B) pelo menos um novelo de lã da gaveta não é
(A) dentre todos os funcionários da empresa X, há um colorido ou todos eles foram usados.
grupo que não possui plano de saúde. (C) os novelos de lã da gaveta não são coloridos e já
(B) o funcionário com o maior salário da empresa X foram usados.
ganha, no máximo, R$ 3.000,00 por mês. (D) os novelos de lã da gaveta não são coloridos e
(C) um funcionário da empresa X não tem plano de algum deles já foi usado.
saúde ou ganha até R$ 3.000,00 por mês. (E) existem novelos de lã brancos na gaveta e eles já
(D) nenhum funcionário da empresa X tem plano de foram usados.
saúde ou todos ganham até R$ 3.000,00 por mês.
(E) alguns funcionários da empresa X não têm plano de
saúde e ganham, no máximo, R$ 3.000,00 por mês.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


23
41. (FCC – PGE BA 2013 – Analista) Há uma forma 43. (FCC) Considere a seguinte proposição:
de raciocínio dedutivo chamado silogismo. Nesta “Se uma pessoa não faz cursos de aperfeiçoamento na
espécie de raciocínio, será formalmente válido o sua área de trabalho, então ela não melhora o seu
argumento cuja conclusão é consequência que desempenho profissional.”
necessariamente deriva das premissas. Neste Uma proposição logicamente equivalente à proposição
sentido, corresponde a um silogismo válido: dada é:
(A) Premissa 1: Todo maceronte gosta de comer (A) É falso que, uma pessoa não melhora o seu
fubá. Premissa 2: As selenitas gostam de fubá. desempenho profissional ou faz cursos de
Conclusão: As selenitas são macerontes. aperfeiçoamento na sua área de trabalho.
(B) Premissa 1: Todo maceronte gosta de comer (B) Não é verdade que, uma pessoa não faz cursos de
fubá. Premissa 2: Todo maceronte tem asas. aperfeiçoamento profissional e não melhora o seu
Conclusão: Todos que têm asas gostam de comer desempenho profissional.
fubá. (C) Se uma pessoa não melhora seu desempenho
(C) Premissa 1: Nenhum X é Y. profissional, então ela não faz cursos de
Premissa 2: Algum X é Z aperfeiçoamento na sua área de trabalho.
Conclusão: Algum Z não é Y. (D) Uma pessoa melhora o seu desempenho
(D) Premissa 1: Todo X é Y. profissional ou não faz cursos de aperfeiçoamento na
Premissa 2: Algum Z é Y. sua área de trabalho.
Conclusão: Algum Z é X. (E) Uma pessoa não melhora seu desempenho
(E) Premissa 1: Capitu é mortal. profissional ou faz cursos de aperfeiçoamento na sua
Premissa 2: Nenhuma mulher é imortal. área de trabalho.
Conclusão: Capitu é mulher.

42. (FCC) Considere como verdadeiras as seguintes 44. (FCC – DPE SP 2013) Considere as proposições
premissas: abaixo.
– Se Alfeu não arquivar os processos, então Benito fará p: Afrânio estuda. ; q: Bernadete vai ao cinema. ;
a expedição de documentos. r: Carol não estuda.
– Se Alfeu arquivar os processos, então Carminha não Admitindo que essas três proposições são verdadeiras,
atenderá o público. qual das seguintes afirmações é FALSA?
– Carminha atenderá o público. (A) Afrânio não estuda ou Carol não estuda.
Logo, é correto concluir que (B) Se Afrânio não estuda, então Bernadete vai ao
(A) Alfeu arquivará os processos. cinema.
(B) Alfeu arquivará os processos ou Carminha não (C) Bernadete vai ao cinema e Carol não estuda.
atenderá o público. (D) Se Bernadete vai ao cinema, então Afrânio estuda
(C) Benito fará a expedição de documentos. ou Carol estuda.
(D) Alfeu arquivará os processos e Carminha atenderá (E) Se Carol não estuda, então Afrânio estuda e
o público. Bernadete não vai ao cinema.
(E) Alfeu não arquivará os processos e Benito não fará
a expedição de documentos.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


24
45. (FCC – TRT 19ª região 2014) Considere verdadeiras as afirmações:
I. Se Ana for nomeada para um novo cargo, então Marina permanecerá em seu posto.
II. Marina não permanecerá em seu posto ou Juliana será promovida.
III. Se Juliana for promovida então Beatriz fará o concurso.
IV. Beatriz não fez o concurso.
A partir dessas informações, pode-se concluir corretamente que
(A) Beatriz foi nomeada para um novo cargo.
(B) Marina permanecerá em seu posto.
(C) Beatriz não será promovida.
(D) Ana não foi nomeada para um novo cargo.
(E) Juliana foi promovida.

46. (FCC – TRT 2ª região 2014) Durante um comício de 47. (FCC) O responsável por um ambulatório médico
sua campanha para o Governo do Estado, um afirmou:
candidato fez a seguinte afirmação: “Todo paciente é atendido com certeza, a menos que
“Se eu for eleito, vou asfaltar 2.000 quilômetros de tenha chegado atrasado.”
estradas e construir mais de 5.000 casas populares De acordo com essa afirmação, conclui-se que,
em nosso Estado.” necessariamente,
Considerando que, após algum tempo, a afirmação (A) nenhum paciente terá chegado atrasado se todos
revelou-se falsa, pode-se concluir que, tiverem sido atendidos.
necessariamente, (B) nenhum paciente será atendido se todos tiverem
(A) o candidato foi eleito e foram construídas mais de chegado atrasados.
5.000 casas populares no Estado. (C) se um paciente não for atendido, então ele terá
(B) não foram asfaltados 2.000 quilômetros de estradas chegado atrasado.
ou não foram construídas mais de 5.000 casas (D) se um paciente chegar atrasado, então ele não será
populares no Estado. atendido.
(C) o candidato não foi eleito e não foram asfaltados (E) se um paciente for atendido, então ele não terá
2.000 quilômetros de estradas no Estado. chegado atrasado.
(D) o candidato não foi eleito, mas foram construídas
mais de 5.000 casas populares no Estado.
(E) o candidato foi eleito, mas não foram asfaltados
2.000 quilômetros de estradas no Estado.

GABARITO
1–A 6–B 11 – B 16 – A 21 – A 26 – B 31 – D 36 – E 41 – C 46 – B
2–C 7–C 12 – C 17 – E 22 – C 27 – E 32 – C 37 – C 42 – C 47 – C
3–E 8–D 13 – B 18 – C 23 – E 28 – E 33 – A 38 – C 43 – E
4–C 9–C 14 – A 19 – A 24 – D 29 – C 34 – B 39 – B 44 – E
5–E 10 – B 15 – C 20 – A 25 – A 30 – C 35 – A 40 – A 45 – D

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


25
PORCENTAGEM

Razão Centesimal
Toda a razão que tem para consequente o número 100 denomina-se razão centesimal.
7 26 115
Exemplos: , ,
100 100 100

Podemos representar uma razão centesimal de outras formas:


7
 0,07  7% (lê-se “sete por cento”)
100
115
 1,15  115% (lê-se “cento e quinze por cento”)
100

Porcentagem é o valor obtido ao aplicarmos uma taxa percentual a um determinado valor.

Exemplo:
Calcular 12% de 250.
12
12% de 250  . 250  30
100
Logo, 30 é o valor correspondente à porcentagem procurada.

O que também pode ser calculado usando uma regra de três simples:

250 100%
x 12%
100 . x  250 . 12
100 . x  3000
3000
x
100
x  30

Fator de Multiplicação
Se, por exemplo, há um acréscimo de 10% a um determinado valor, podemos calcular o novo valor apenas
multiplicando esse valor por 1,10, que é o fator de multiplicação. Se o acréscimo for de 20%, multiplicamos por 1,20, e
assim por diante.
Acréscimo ou Lucro Fator de Multiplicação
10% 1,10
15% 1,15
20% 1,20
67% 1,67

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


26
No caso de haver um decréscimo, o fator de multiplicação será:
Fator de Multiplicação  1  taxa de desconto (na forma decimal)

Fator de
Desconto
Multiplicação
10% 0,90
25% 0,75
34% 0,66
60% 0,40

Acréscimos e/ou Descontos Sucessivos

Exemplos:
1. O que acontece com o preço de uma mercadoria que sofre um aumento de 20% e, em seguida, um desconto de
20%?

2. O que acontece com o preço de uma mercadoria que sofre um aumento de 30% e, em seguida, um outro aumento de
10%?

3. O que acontece com o preço de uma mercadoria que sofre um desconto de 20% e, em seguida, um outro desconto de
15%?

OBSERVAÇÃO:

VALOR DE
100%
REFERÊNCIA

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


27
PORCENTAGEM – Exercícios Propostos:
1. (FCC) Um comerciante compra certo artigo ao 4. (FCC) O preço de um objeto foi aumentado em 20%
preço unitário de R$ 48,00 e o coloca à venda por um de seu valor. Como as vendas diminuíram, o novo
preço que lhe proporcionará uma margem de lucro de preço foi reduzido em 10% de seu valor. Em relação
40% sobre o preço de venda. O preço unitário de ao preço inicial, o preço final apresenta
venda desse artigo é (A) um aumento de 10%
(A) R$ 78,00 (B) um aumento de 8%
(B) R$ 80,00 (C) um aumento de 2%
(C) R$ 84,00 (D) uma diminuição de 2%
(D) R$ 86,00 (E) uma diminuição de 10%
(E) R$ 90,00

2. (FCC) Devido a uma promoção, um televisor está 5. (FCC) A empresa X possui 60 funcionários, dos
sendo vendido com 12% de desconto sobre o preço quais 15% são mulheres. De acordo com uma lei
normal. Cláudio, funcionário da loja, está interessado aprovada recentemente, toda empresa do ramo onde
em comprar o televisor. Sabendo que, como atua a empresa X deverá ter, no mínimo, 40% de
funcionário da loja, ele tem direito a 25% de desconto mulheres entre seus funcionários. Para que a empresa
sobre o preço promocional, o desconto que Cláudio X se adapte à nova lei sem demitir nenhum de seus
terá sobre o preço normal do televisor, caso decida atuais funcionários e não contratando novos
adquiri-lo, será de funcionários homens, ela deverá admitir um número
(A) 37%. de mulheres, no mínimo, igual a
(B) 36%. (A) 25.
(C) 35%. (B) 22.
(D) 34%. (C) 20.
(E) 33%. (D) 18.
(E) 15.

3. (FCC) Sobre o total de 45 técnicos judiciários e 6. (FCC) Do total de X veículos que entraram no
auxiliares que trabalham em uma Unidade de um estacionamento de um Tribunal em certo dia, 25%
Tribunal, sabe-se que: transportavam somente o motorista, 30% transporta-
– 60% do número de técnicos praticam esporte; vam exatamente 2 passageiros e os 54 restantes
– 40% do número de auxiliares não praticam esporte; transportavam mais do que 2 passageiros. O número
– 10 técnicos não praticam esporte. X é igual a
Nessas condições, o total de (A) 180
(A) técnicos que praticam esporte é 10. (B) 150
(B) auxiliares que não praticam esporte é 12. (C) 140
(C) pessoas que praticam esporte é 30. (D) 120
(D) técnicos é 28. (E) 100
(E) auxiliares é 20.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


28
7. (FCC) Em um edifício, 40% dos condôminos são 10. (FCC) Certo dia, Alan, chefe de seção de uma
homens e 60% são mulheres. Dentre os homens, 80% empresa, deu certa quantia em dinheiro a dois
são favoráveis à construção de uma quadra de funcionários − Josemir e Neuza − solicitando que
futebol. Para que a construção seja aprovada, pelo fossem lhe comprar um lanche e ressaltando que
menos a metade dos condôminos deve ser a favor. poderiam ficar com o troco. Sabe-se que, na compra
Supondo que nenhum homem mude de opinião, para do lanche eles gastaram 75% da quantia dada pelo
que a construção seja aprovada, o percentual de chefe e que, do troco recebido, Josemir ficou com
mulheres favoráveis deve ser, no mínimo, 40%, enquanto que Neuza ficou com os R$ 3,75
(A) 20%. restantes. Nessas condições, o valor pago pelo lanche
(B) 25%. comprado foi
(C) 30%. (A) R$ 15,00.
(D) 35%. (B) R$ 15,75.
(E) 50%. (C) R$ 18,50.
(D) R$ 18,75.
(E) R$ 25,00.

8. (FCC – TRF 4ª região 2010) Considere que, do 11. (FCC) Um técnico judiciário arquivou 20% do total
custo de produção de determinado produto, uma de processos de um lote. Se 35% do número restante
empresa gasta 25% com mão de obra e 75% com corresponde a 42 processos, então o total existente
matéria-prima. Se o gasto com a mão de obra subir inicialmente no lote era
10% e o de matéria-prima baixar 6%, o custo do (A) 110
produto (B) 120
(A) baixará de 2%. (C) 140
(B) aumentará de 3,2%. (D) 150
(C) baixará de 1,8%. (E) 180
(D) aumentará de 1,2%.
(E) permanecerá inalterado.

9. (FCC) Um comerciante compra um artigo por 12. (FCC) Em uma sala com 200 pessoas, 90% são
R$ 80,00 e pretende vendê-lo de forma a lucrar homens. Após alguns homens se retirarem, tendo
exatamente 30% sobre o valor pago, mesmo se der permanecido todas as mulheres, elas passaram a
um desconto de 20% ao cliente. Esse artigo deverá representar 20% do grupo. A quantidade de homens
ser anunciado por que saíram da sala é igual a
(A) R$ 110,00 (A) 20
(B) R$ 125,00 (B) 40
(C) R$ 130,00 (C) 80
(D) R$ 146,00 (D) 90
(E) R$ 150,00 (E) 100

13. (FCC) Certo mês, um comerciante promoveu uma liquidação em que todos os artigos de sua loja tiveram
os preços rebaixados em 20%. Se, ao encerrar a liquidação o comerciante pretende voltar a vender os artigos
pelos preços anteriores aos dela, então os preços oferecidos na liquidação devem ser aumentados em
(A) 18,5%. (B) 20%. (C) 22,5%. (D) 25%. (E) 27,5%.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


29
14. (FCC – TRF 2ª regiao – 2012) Certo dia, Saulo e 16. (FCC – BB MAIO 2013) O preço de uma
Marieta abriram cada qual uma caderneta de mercadoria subiu 25% e, depois de uma semana,
poupança em um mesmo banco. Se o depósito inicial subiu novamente 25%. Para voltar ao preço inicial,
de Saulo foi R$ 15.000,00, o de Marieta foi vigente antes dessas duas elevações, o preço atual
R$ 7.800,00 e, ao final de um mesmo período, as deve cair um valor, em porcentagem, igual a
duas cadernetas juntas renderam R$ 1.596,00, então (A) 20.
a diferença entre o rendimento de Saulo e o de (B) 64.
Marieta foi de (C) 44.
(A) R$ 498,00. (D) 50.
(B) R$ 504,00. (E) 36.
(C) R$ 538,00.
(D) R$ 574,00.
(E) R$ 608,00.

15. (FCC) Das 96 pessoas que participaram de uma 17. (FCC – TRF 2ª regiao – 2012) Certo dia, no início
festa de confraternização dos funcionários do do expediente, um Técnico Judiciário constatou que
Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, no almoxarifado do Tribunal havia 120 pastas, 60%
sabe-se que 75% eram do sexo masculino. Se, num das quais eram verdes e as demais, azuis. Sabe-se
dado momento antes do término da festa, foi que, tendo sido retiradas algumas pastas do
constatado que a porcentagem dos homens havia se almoxarifado, no final do expediente ele constatou que
reduzido a 60% do total das pessoas presentes, a porcentagem do número de pastas verdes havia se
enquanto que o número de mulheres permaneceu reduzido a 52% do total de pastas que lá restavam.
inalterado, até o final da festa, então a quantidade de Assim, considerando que o número de pastas azuis
homens que haviam se retirado era era o mesmo que havia inicialmente, a quantidade de
(A) 36 pastas verdes que foram retiradas é um número
(B) 38 (A) menor que 10.
(C) 40 (B) compreendido entre 10 e 18.
(D) 42 (C) compreendido entre 18 e 25.
(E) 44 (D) compreendido entre 25 e 30.
(E) maior que 30.

18. (FCC) As estatísticas da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele, organizada há 11 anos
pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, revelam que o brasileiro não se protege adequadamente do sol:
70% dos entrevistados afirmaram não usar qualquer tipo de proteção solar, nem mesmo quando vão à praia
(adaptado de www.sbd.org.br). Se foram entrevistadas 34.430 pessoas, o número delas que usam protetor
solar é
(A) 24.101
(B) 15.307
(C) 13.725
(D) 12.483
(E) 10.329

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


30
19. (FCC – BB MAIO 2013) Uma pessoa resolveu investir a quantia de R$ 200.000,00 em três investimentos
diferentes. No investimento F, ela aplicou R$ 80.000,00. No investimento G, ela aplicou R$ 50.000,00 e no
investimento H ela aplicou R$ 70.000,00. Após um período de tempo, os investimentos apresentaram os
seguintes resultados:
− investimento F com ganho líquido de 5%.
− investimento G com ganho líquido de 3%.
− investimento H com perda de 2%.
O valor atualizado do total investido é, em reais, igual a
(A) 200.500,00.
(B) 204.100,00.
(C) 198.500,00.
(D) 201.500,00.
(E) 206.900,00.

20. (CESGRANRIO) João solicitou a uma instituição 22. (FCC) Dos funcionários de uma empresa sabe-se
financeira a liquidação antecipada de um empréstimo que o número de mulheres está para o de homens,
e foi informado que, se a quitação do mesmo fosse assim como 12 está para 13. Relativamente ao total
feita até o final do mês em curso, o valor pago seria de funcionários dessa empresa, é correto afirmar que
R$ 7.350,00, o que representaria um desconto de o número de funcionários do sexo feminino
12,5% sobre o valor a ser pago na data combinada corresponde a
inicialmente. Qual foi, em reais, o valor do desconto (A) 40%
oferecido para a liquidação antecipada? (B) 42%
(A) 882,00 (C) 45%
(B) 918,75 (D) 46%
(C) 1.044,05 (E) 48%
(D) 1.050,00
(E) 1.368,50

21. (FCC) Sobre os usuários de uma Estação do 23. (FCC – TRT 4ª região 2010) Jeová comprou dois
Metrô que ao longo de certo mês foram atendidos por automóveis, um para seu próprio uso e o outro para
um Agente, sabe-se que: 5% do total foram abordados dar de presente à sua esposa, e, após um ano,
em casos de transgressão no sistema e 16% do vendeu cada um deles por R$ 39.100,00. Sabendo
número restante, no auxílio do embarque e desembar- que, relativamente aos custos de tais veículos, um
que. Nessas condições, o número de pessoas para as automóvel foi vendido com um lucro de 15% e o outro
quais esse Agente prestou quaisquer outros tipos de com um prejuízo de 15%, é correto afirmar que, com a
atendimento corresponde a que porcentagem do total venda dos dois automóveis, Jeová
de usuários dessa Estação nesse mês? (A) teve um prejuízo de R$ 1.800,00.
(A) 59,6% (B) lucrou R$ 2.500,00.
(B) 68% (C) teve um prejuízo de R$ 2.000,00.
(C) 68,4% (D) lucrou R$ 3.000,00.
(D) 79% (E) não teve lucro e nem prejuízo.
(E) 79,8%

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


31
24. (CESGRANRIO) Duas lojas de eletrodomésticos, 26. (FCC – INSS 2012) Em dezembro, uma loja de
X e Y, estavam vendendo televisores com as mesmas carros aumentou o preço do veículo A em 10% e o do
características, pelo mesmo preço. Para atrair mais veículo B em 15%, o que fez com que ambos fossem
clientes, o gerente da loja X decidiu oferecer 20% de colocados a venda pelo mesmo preço nesse mês. Em
desconto sobre o preço do televisor. No dia seguinte, janeiro houve redução de 20% sobre o preço de A e
o gerente da loja Y reduziu em 24% o preço do de 10% sobre o preço de B, ambos de dezembro, o
televisor e, assim, este passou a custar R$ 39,20 a que fez com que o preço B, em janeiro, superasse o
menos do que na loja X. Qual era, em reais, o preço de A em
desse televisor nas duas lojas, antes dos descontos? (A) 13,5%
(A) 790,00 (B) 13%
(B) 980,00 (C) 12,5%
(C) 1.166,00 (D) 12%
(D) 1.568,00 (E) 11,5%
(E) 1.630,00

25. (FCC – BB 2011) Em dezembro de 2007, um 27. (FCC – TRF 3ª região 2014) Comparando-se a
investidor comprou um lote de ações de uma empresa remuneração, por hora trabalhada, dos serviços A e B,
por R$ 8.000,00. Sabe-se que: em 2008 as ações verificou-se que no serviço B a remuneração era 25%
dessa empresa sofreram uma valorização de 20%; em a menos do que a remuneração no serviço A. Roberto
2009, uma desvalorização de 20%, em relação ao seu trabalhou 8 horas no serviço A e 4 horas no serviço B.
valor no ano anterior; em 2010, se valorizaram em Paulo trabalhou 4 horas no serviço A e 8 horas no
20%, em relação ao seu valor em 2009. De acordo serviço B. A porcentagem a mais que Roberto
com essas informações, é verdade que, nesses três recebeu, por suas 12 horas de trabalho, em relação ao
anos, o rendimento percentual do investimento foi de que Paulo recebeu, por suas 12 horas de trabalho, é
(A) 20% igual a
(B) 18,4% (A) 50.
(C) 18% (B) 10.
(D) 15,2% (C) 25.
(E) 15% (D) 0.
(E) 12,5.

28. (FCC – DPE SP 2013 – programador) Um comerciante comprou uma mercadoria por R$ 350,00. Para
estabelecer o preço de venda desse produto em sua loja, o comerciante decidiu que o valor deveria ser
suficiente para dar 30% de desconto sobre o preço de venda e ainda assim garantir lucro de 20% sobre o
preço de compra. Nessas condições, o preço que o comerciante deve vender essa mercadoria é igual a
(A) R$ 620,00.
(B) R$ 580,00.
(C) R$ 600,00.
(D) R$ 590,00.
(E) R$ 610,00.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


32
29. (FCC) No mês de outubro, o salário de um 31. (FCC – TRE AC 2010) Na última eleição, ao
servidor público foi 60% maior do que o salário do mês elaborar o relatório sobre o comparecimento dos
anterior, por ele ter recebido um prêmio especial de eleitores inscritos numa Seção Eleitoral, o presidente
produtividade. Em novembro, o valor voltou ao normal, da mesa de trabalhos observou que 40% do total de
igual ao mês de setembro. Em relação ao mês de inscritos haviam votado pela manhã e 75% do número
outubro, o salário de novembro desse servidor foi restante no período da tarde. Considerando que foi
(A) 27,5% menor. constatada a ausência de 27 eleitores, o total de
(B) 30,0% menor. inscritos nessa Seção era
(C) 37,5% menor. (A) 108.
(D) 40,0% menor. (B) 125.
(E) 60,0% menor. (C) 150.
(D) 172.
(E) 180.

30. (FCC – DPE SP 2013 – Oficial) Suponha que, ao 32. (FCC – TRF 4ª região 2007) Na compra de um lote
fazer o levantamento da quantidade de processos de certo tipo de camisa para vender em sua loja, um
protocolados em um Núcleo da Defensoria Pública de comerciante conseguiu um desconto de 25% sobre o
São Paulo, ao longo de três meses sucessivos, um valor a ser pago. Considere que:
funcionário constatou que o número de processos  Se não tivesse recebido o desconto, o
protocolados em dezembro de 2012 diminuíra de 75%, comerciante teria pago R$ 20,00 por camisa;
em relação à quantidade daqueles que haviam sido  Ao vender as camisas em sua loja, ele pretende
protocolados no mês anterior. Se em janeiro de 2013 dar ao cliente um desconto de 28% sobre o valor
a quantidade de processos protocolados voltou a ser a marcado na etiqueta e, ainda assim, obter um lucro
mesma observada em novembro de 2012, então, igual a 80% do preço de custo da camisa.
relativamente ao mês de dezembro de 2012, o número Nessas condições, o preço que deverá estar marcado
de processos protocolados sofreu um aumento de na etiqueta é
(A) 75%. (A) R$ 41,50
(B) 150%. (B) R$ 39,00
(C) 200%. (C) R$ 37,50
(D) 300%. (D) R$ 35,00
(E) 360%. (E) R$ 28,50

33. (FCC) Uma pesquisa revelou que, nos anos de 2006, 2007 e 2008, os totais de processos que deram
entrada em uma Unidade do TRT aumentaram, respectivamente, 10%, 5% e 10%, cada qual em relação ao
ano anterior. Isso equivale a dizer que, nessa Unidade, o aumento cumulativo das quantidades de processos
nos três anos foi de
(A) 25%
(B) 25,25%
(C) 26,15%
(D) 26,45%
(E) 27,05%

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


33
34. (FCC – TRT 4ª região 2011) Relativamente aos 75 funcionários de uma unidade do Tribunal Regional do
Trabalho, que participaram certo dia de um seminário sobre Primeiros Socorros, sabe-se que:
- no período da manhã, 48% dos participantes eram do sexo feminino;
- todas as mulheres participaram do início ao fim do seminário;
- no período da tarde, foi notada a ausência de alguns funcionários do sexo masculino e, assim, a quantidade
3
destes passou a ser a do total de participantes na ocasião.
7
Nessas condições, o número de homens que se ausentaram no período da tarde é
(A) 12
(B) 10
(C) 9
(D) 7
(E) 6

35. (FCC – TRT 4ª região 2006) Considere que em 36. (FCC – TRT 4ª região 2006) O preço de um
certo mês 76% das ações distribuídas em uma vara aparelho eletrodoméstico é P reais. Como eu só
trabalhista referiam-se ao reconhecimento de vínculo possuo X reais, que correspondem a 70% de P,
empregatício e que, destas, 20% tinham origem na mesmo que me fosse concedido um abatimento de
área de indústria, 25% na de comércio e as 209 ações 12% no preço, ainda faltariam R$ 54,00 para que eu
restantes, na área de serviços. Nessas condições, o pudesse comprar esse aparelho. Nessas condições, a
número de ações distribuídas e NÃO referentes ao quantia que possuo é
reconhecimento de vínculo empregatício era (A) R$ 254,00
(A) 240 (B) R$ 242,00
(B) 216 (C) R$ 237,00
(C) 186 (D) R$ 220,00
(D) 120 (E) R$ 210,00
(E) 108

GABARITO
1–B 7–C 13 – D 19 – B 25 – D 31 – E
2–D 8–A 14 – B 20 – D 26 – C 32 – C
3–E 9–C 15 – A 21 – E 27 – B 33 – E
4–B 10 – D 16 – E 22 – E 28 – C 34 – A
5–A 11 – D 17 – C 23 – A 29 – C 35 – D
6–D 12 – E 18 – E 24 – B 30 – D 36 – E

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


34
CONJUNTOS NUMÉRICOS

Números Naturais (N)


N  {0, 1, 2, 3, 4, 5, ...}

Um subconjunto importante de N é o conjunto N*:


N*  {1, 2, 3, 4, 5,...}  o zero foi excluído do conjunto N.
Podemos considerar os números naturais ordenados sobre uma reta, como mostra o gráfico abaixo:

0 1 2 3 4 5

Números Inteiros (Z)


Z  {...,  3,  2,  1, 0, 1, 2, 3, ...}

O conjunto N é subconjunto de Z.
Temos também outros subconjuntos de Z:
Z*  Z  {0}
Podemos considerar os números inteiros ordenados sobre uma reta, conforme mostra o gráfico abaixo:

2 1 0 1 2 3

Números Racionais (Q)


Os números racionais são todos aqueles que podem ser colocados na forma de fração (com o numerador e
denominador inteiros).

a
Assim, podemos escrever: Q  { x | x  , a  Z, b Z * }
b
5 3 5
Então:  2,  ,  1, , 1, , 0,333..., 1.25, por exemplo, são números racionais.
4 5 2

Exemplos referentes às decimais exatas: Exemplos referentes às decimais periódicas:


1 1
 0,5  0,333...
2 3
5 6
   1,25  0,857142857142...
4 7
75 7
 3,75  1,666...
20 6

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


35
Números Irracionais (I)
Os números irracionais são decimais infinitas não periódicas, ou seja, os números que não podem ser escritos
na forma de fração (divisão de dois inteiros).
Exemplos:

2  1,4142135...

3  1,7320508...
Um número irracional bastante conhecido é o número   3,1415926535...

Números Reais (R)


Dados os conjuntos dos números racionais (Q) e dos irracionais, definimos o conjunto dos números reais como:
R  Q  I  {x | x é racional ou x é irracional}

R
Q
Z
N

Adição e Subtração de Números Fracionários

CASO 1: Denominadores iguais


Para somar (ou subtrair) frações com denominadores iguais, basta somar (ou subtrair) os numeradores e
conservar o denominador.
Exemplo:
4 2 6
 
7 7 7
5 2 3
 
7 7 7

CASO 2: Denominadores diferentes


Para somar frações com denominadores diferentes, uma solução é obter frações equivalentes, de
denominadores iguais ao mínimo múltiplo comum dos denominadores das frações.
Exemplo:
4 5
Somar as frações e .
5 2
Obtendo o mínimo múltiplo comum dos denominadores temos mmc (5,2)  10.
4 5 8  25 33
  
5 2 10 10

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


36
Multiplicação e Divisão de Números Fracionários
Na multiplicação de números fracionários, devemos multiplicar numerador por numerador, e denominador por
denominador, assim como é mostrado nos exemplos abaixo:
8 4 84 32
  
3 3 33 9

5 4 54 20 10
    
2 3 23 6 3

Na divisão de números fracionários, devemos multiplicar a primeira fração pelo inverso da segunda, como é
mostrado no exemplo abaixo:
8
3  8  3  8  3  24  2
4 3 4 34 12
3

Operações com Números Racionais Decimais

 Transformação de Números Decimais em Frações Decimais


8
0,8 (lê-se "oito décimos"), ou seja, .
10
65
0,65 (lê-se "sessenta e cinco centésimos"), ou seja, .
100
Assim, um número decimal é igual à fração que se obtém escrevendo para numerador o número sem vírgula e
dando para denominador a unidade seguida de tantos zeros quantas forem as casas decimais.

 Transformação de Fração Decimal em Número Decimal


Observe as igualdades entre frações decimais e números decimais a seguir:
75
 0,75
100
12
 1,2
10
Podemos concluir, então, que para se transformar uma fração decimal em número decimal basta dar ao
numerador tantas casas decimais quantos forem os zeros do denominador.

Dízimas Periódicas
1
Há frações que não possuem representação decimal exata. Por exemplo:  0,333...
3
Aos numerais decimais em que há repetição periódica e infinita de um ou mais algarismos, dá-se o nome de
numerais decimais periódicos ou dízimas periódicas. Numa dízima periódica, o algarismo, ou algarismos, que se
repetem infinitamente constituem o período dessa dízima.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


37
Representação:

0,555... ou 0, 5

1,12323... ou 0,123

Geratriz de uma Dízima Periódica


É possível determinar a fração (número racional) que deu origem a uma dízima periódica. Denominamos esta
fração de geratriz da dízima periódica.

 Dízima Simples
A geratriz de uma dízima simples é uma fração que tem para numerador o período e para denominador tantos
noves quantos forem os algarismos do período.
Exemplos:
7 23
0,777...  e 0,2323... 
9 99

 Dízima Composta
n
A geratriz de uma dízima composta é uma fração da forma , onde:
d
 n é a parte não periódica seguida do período, menos a parte não periódica.
 d tantos noves quantos forem os algarismos do período seguidos de tantos zeros quantos forem os
algarismos da parte não periódica.
Exemplos:
125  1 124
0,1252525...  
990 990
047  04 43
0,4777...  
900 900

DIVISOR
D(12)  {1, 2, 3, 4, 6, 12}
D(18)  {1, 2, 3, 6, 9, 18}
D(19)  {1, 19}

MÚLTIPLO
M(3)  {0, 3, 6, 9, 12, ...}
M(5)  {0, 5, 10, 15, 20, ...}

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


38
CRITÉRIOS DE DIVISIBILIDADE
 Divisibilidade por 2
Um número natural é divisível por 2 quando ele termina em 0, 2, 4, 6 ou 8, ou seja, quando ele é par.
Exemplos:
5.040 é divisível por 2, pois termina em 0
237 não é divisível por 2, pois não é um número par

 Divisibilidade por 3
Um número é divisível por 3 quando a soma dos valores absolutos dos seus algarismos for divisível por 3.
Exemplo:
234 é divisível por 3, pois a soma de seus algarismos é igual a 2  3  4  9, e como 9 é divisível por 3, então
234 é divisível por 3

 Divisibilidade por 4
Um número é divisível por 4 quando o número formado pelos dois últimos algarismos da direita for divisível por 4.
Exemplos:
4.116 é divisível por 4, pois 16 é divisível por 4
1.324 é divisível por 4, pois 24 é divisível por 4

 Divisibilidade por 5
Um número natural é divisível por 5 quando ele termina em 0 ou 5.
Exemplos:
55 é divisível por 5, pois termina em 5
90 é divisível por 5, pois termina em 0
87 não é divisível por 5, pois não termina em 0 nem em 5

 Divisibilidade por 6
Um número é divisível por 6 quando é divisível por 2 e por 3.
Exemplos:
312 é divisível por 6, porque é divisível por 2 (par) e por 3 (soma: 6)
5.214 é divisível por 6, porque é divisível por 2 (par) e por 3 (soma: 12)
716 não é divisível por 6, (é divisível por 2, mas não é divisível por 3)

 Divisibilidade por 8
Um número é divisível por 8 ou quando o número formado pelos três últimos algarismos da direita for divisível por 8.
Exemplos:
56.104 é divisível por 8, pois 104 é divisível por 8
61.112 é divisível por 8, pois 112 é divisível por 8
78.164 não é divisível por 8, pois 164 não é divisível por 8

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


39
 Divisibilidade por 9
Um número é divisível por 9 quando a soma dos valores absolutos dos seus algarismos for divisível por 9.
Exemplo:
2871 é divisível por 9, pois a soma de seus algarismos é igual a 2  8  7  1  18, e como 18 é divisível por 9,
então 2871 é divisível por 9

 Divisibilidade por 10
Um número natural é divisível por 10 quando ele termina em 0.
Exemplos:
4.150 é divisível por 10, pois termina em 0
2.106 não é divisível por 10, pois não termina em 0

Números Primos
Números primos são os números naturais que têm apenas dois divisores positivos: o 1 e ele mesmo.
Exemplos:
2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19, 23, 29, 31, ...
Observações:
 1 não é um número primo, porque ele tem apenas um divisor que é ele mesmo.
 2 é o único número primo que é par.
 Os números que têm mais de dois divisores são chamados números compostos.

Decomposição em Fatores Primos


Todo número natural, maior que 1, pode ser decomposto num produto de dois ou mais fatores.
Exemplo:
24  2  2  2  3  23  3
No produto 2  2  2  3 todos os fatores são primos.

Mínimo Múltiplo Comum (MMC)


O menor múltiplo comum de dois ou mais números, diferente de zero, é chamado de mínimo múltiplo comum
desses números. Usamos a abreviação mmc.
Para se calcular o mínimo múltiplo comum podemos utilizar o processo da decomposição simultânea. Neste
processo decompomos todos os números ao mesmo tempo, como no exemplo a seguir:
15 24 60 2
15 12 30 2
15 6 15 2
15 3 15 3
5 1 5 5
1 1 1
Portanto, mmc (15,24,60)  2  2  2  3  5  120

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


40
Máximo Divisor Comum (MDC)
O maior divisor comum de dois ou mais números é chamado de máximo divisor comum desses números.
Usamos a abreviação mdc.
Um modo de calcular o mdc de dois ou mais números é utilizar a decomposição desses números em fatores
primos. Os procedimentos são:
 decompomos os números em fatores primos
 o mdc é o produto dos fatores primos comuns, com o menor expoente

Exemplo:
Acompanhe o cálculo do mdc entre 36 e 90:
36  2  2  3  3
90  2  3  3  5
O mdc é o produto dos fatores primos comuns  mdc (36,90)  2  3  3  18.
Outra maneira de obter o máximo divisor comum é fazendo a decomposição simultânea, semelhante ao mínimo múltiplo
comum. A diferença é que no cálculo do mdc só será usado o divisor que “servir” pra todos os números.
36 90 2
18 45 3
6 15 3
2 5 2.3.3  18

POTENCIAÇÃO
Definição: an  a  a  a  ...  a

n
vezes
Propriedades:

1) a0  1, a  0 Todo número elevado a zero é igual a 1.

Multiplicação de potencia de mesma base: conserva a base e


2) am  an  am  n
soma os expoentes.
Divisão de potência de mesma base: conserva a base e
3) am  an  am  n
subtrai os expoentes.
Multiplicação de potência de mesmo expoente: multiplica as
4) an  bn  (a  b)n
bases e conserva o expoente.
Divisão de potência de mesmo expoente: divide as bases e
5) an  bn  (a  b)n
conserva o expoente.
Potência de potência: conserva a base e multiplica os
6) (am)n  am  n
expoentes.
1
7) a n  Expoente negativo: inverte a base e troca o sinal do expoente.
an

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


41
Exemplos:
(UFRGS) O algarismo das unidades do número natural (610  1) é
(A) 1 (B) 2 (C) 3 (D) 6 (E) 7

(FUNDATEC) A soma das potências 44  44  44  44 pode ser expressa por


(A) 164 (B) 1616 (C) 2564 (D) 416 (E) 45

Potências de base 10:


100  1
101  10 10 1  0,1
102  100 10 2  0,01
103  1.000 10 3  0,001

10n  100...00 10 n  0,00...01

n zeros n casas decimais

NOTAÇÃO CIENTÍFICA
Escrever um número na notação científica significa expressá-lo como o produto de dois números reais x e y, tais que:
1 ≤ x < 10 e y é uma potência de 10.
Exemplos:
0,0000017  1,7 × 10-6
3500000000  3,5 × 109

QUESTÃO COMENTADA:
(FCC – DPE SP/2013) Escrever um número na notação Comentário:
científica significa expressá-lo como o produto de dois
1,2  0,054 12  10 1  54  10 3
números reais x e y, tais que: 1 ≤ x < 10 e y é uma N 
0,64  0,000027 64  10 2  27  10 6
potência de 10. Assim, por exemplo, as respectivas
(Simplifica 54 por 27 e 12 e 64 por 4)
expressões dos números 0,0021 e 376,4, na notação
Multiplicação de potência de mesma base: conserva a
científica, são 2,1 × 10-3 e 3,764 × 102.
base e soma os expoentes.
Com base nessas informações, a expressão do número
3 10 1  2 10 3 6 10 4
1,2  0,054  (Divide 6 por 16)
N na notação científica é 16 10 2  1 10 6 16 10 8
0,64  0,000027
(A) 3,75 × 102 . Resolve a divisão de potências de mesma base:

(B) 7,5 × 102. conserva a base e subtrai os expoentes.

(C) 3,75 × 103. 6 10 4


16 10 8

 0,375 10 4 10 4  ( 8)  10 4  8  10 4 
(D) 7,5 × 103.
(E) 3,75 × 104. Em notação científica:
0,375 × 104  3,75 × 103 (ALTERNATIVA C)

e-mail: danielaarboite@cpcrs.com.br
www.facebook.com/prof.daniela.arboite

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


42
CONJUNTOS NUMÉRICOS – Exercícios Propostos:
1. (FCC) Considere o número inteiro e positivo X1Y, 5. (FCC) Seja XYZ um número inteiro e positivo em
em que X e Y representam os algarismos das centenas que X, Y e Z representam os algarismos das cente-
e das unidades, respectivamente. Sabendo que 31692 nas, das dezenas e das unidades, respectivamente.
(X1Y) 76, então a soma X Y é um número Sabendo que 36935  XYZ  83, é correto afirmar que
(A) quadrado perfeito. (A) X  Z
(B) menor que 10. (B) X.Y  16
(C) primo. (C) Z – Y  2X
(D) divisível por 6. (D) Y  2X
(E) múltiplo de 4.
(E) Z  X  2

2. (FCC) Seja N um número inteiro cujo produto por 9 é 6. (FCC) Considere o número inteiro e positivo X4Y,
igual a um número natural em que todos os alga- em que X e Y representam os algarismos das centenas
rismos são iguais a 1. A soma dos algarismos de N é e das unidades, respectivamente. Sabendo que
(A) 27 15480  (X4Y)  24, então X4Y é um número
(B) 29 compreendido entre
(C) 33 (A) 800 e 1 000
(D) 37 (B) 600 e 800
(E) 45 (C) 400 e 600
(D) 200 e 400
(E) 100 e 200

3. (FCC) Qual dos números seguintes NÃO é 7. (FCC) Considere que na numeração das X páginas
equivalente ao número 0,000000625? de um manual de instruções foram usados 222
5 algarismos. Se a numeração das páginas foi feita a
(A)  106
8 partir do número 1, então
(B) 6,25  10 7
(A) X  95
(C) 62,5  10 7
(B) 94  X  110
(D) 6 1
 107 (C) 109  X  125
4
(D) 124  X  130
(E) 625  109
(E) X  129

4. (FCC) Seja Δ a operação definida por uΔ  3 − 5u, 8. (FCC) Se N é o menor número inteiro positivo que
qualquer que seja o inteiro u. Calculando (−2)Δ  (2Δ )Δ multiplicado por 77 resulta em um número inteiro cujos
obtém-se um número compreendido entre: algarismos são todos iguais a 9, então a soma dos
(A) −20 e −10 algarismos de N é
(B) −10 e 20 (A) 36
(C) 20 e 50 (B) 34
(D) 50 e 70 (C) 31
(E) 70 e 100 (D) 29
(E) 27

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


43
9. (FCC) Pedro é um atleta que se exercita diaria- 11. (FCC) Do total de pessoas que estiveram
mente. Seu treinador orientou-o a fazer flexões de comprando bilhetes nos guichês de uma estação do
braço com a frequência indicada na tabela abaixo. 3
Metrô em certo dia, sabe-se que: foi atendido por
8
Dia da semana Número de flexões de braço
2
2as e 5as feiras 40 Dagoberto, por Breno e as demais por Leandro.
5
3as e 6as feiras 10
Nessas condições, o número de pessoas atendidas por
4as feiras 20
Leandro corresponde a que fração do total de pessoas
Sábados 30
atendidas nesse dia?
Domingos nenhuma
1
(A)
5
No dia de seu aniversário, Pedro fez 20 flexões de
9
braço. No dia do aniversário de sua namorada, 260 (B) 40
dias depois do seu, Pedro 1
(C)
(A) não fez flexão. 4

(B) fez 10 flexões. 19


(D)
40
(C) fez 20 flexões.
(D) fez 30 flexões. 31
(E)
40
(E) fez 40 flexões.

10. (FCC) O esquema abaixo apresenta a subtração 12. (FCC) Dispõe-se de dois lotes de boletins
de dois números inteiros e maiores que 1 000, em que informativos distintos: um, com 336 unidades, e outro,
alguns algarismos foram substituídos por letras. com 432 unidades. Um técnico judiciário foi incumbido
de empacotar todos os boletins dos lotes, obedecendo
as seguintes instruções:
 todos os pacotes devem conter a mesma quantidade
de boletins;

Se a diferença indicada é a correta, os valores de A, B,  cada pacote deve ter um único tipo de boletim.
C e D são tais que Nessas condições, o menor número de pacotes que
ele poderá obter é
(A) A  B  C  D
(A) 12
(B) B  A  D  C
(B) 16
(C) B  D  A  C
(C) 18
(D) D  A  C  B
(D) 24
(E) D  A  B  C
(E) 32

13. (FCC – TRF 4ª região 2010) A expressão N  0,0125 é equivalente ao produto de N por
(A) 1,25
(B) 12,5
1
(C)
80
(D) 80
125
(E)
100

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


44
14. (FCC) Sabe-se que na divisão de um número 17. (FCC) Considere que x é um número racional
inteiro e positivo por 13 o quociente obtido é igual ao 3x  8
definido pela sentença x   . Calculando-se
resto. Assim sendo, o maior número que satisfaz 8

essa condição é tal que a soma de seus algarismos 11  obtém-se um número
 

é igual a (A) negativo.


(A) 16 (B) compreendido entre 0 e 1.
(B) 15 (C) compreendido entre 1 e 2.
(C) 14 (D) compreendido entre 2 e 3.
(D) 13 (E) maior do que 3.
(E) 12

15. (FCC) A soma de três números inteiros positivos 18. (FCC) Seja P o produto de um número inteiro e
é igual ao maior número inteiro de 5 algarismos positivo N por 9. Se N tem apenas três dígitos e P
distintos. Se adicionarmos a cada um dos números o tem os algarismos das unidades, das dezenas e das
maior número inteiro de 3 algarismos, a nova soma centenas iguais a 4, 6 e 3, respectivamente, então
será igual a P  N é igual a
(A) 102.996 (A) 6480
(B) 102.960 (B) 6686
(C) 102.876 (C) 6840
(D) 101.726 (D) 5584
(E) 101.762 (E) 5960

16. (FCC) Sistematicamente, dois funcionários de 19. (FCC) Em uma urna, existem 80 bolas. Em cada
uma empresa cumprem horas-extras: um, a cada 15 bola, está marcado um número inteiro diferente.
dias, e o outro, a cada 12 dias, inclusive aos Desses números, 55 são pares e, dentre os ímpares,
sábados, domingos ou feriados. Se em 15 de todos são múltiplos de 3. Se em metade das bolas
outubro de 2010 ambos cumpriram horas-extras, está marcado um número múltiplo de 3, a quantidade
uma outra provável coincidência de horários das de bolas que estão marcadas com um número
suas horas-extras ocorrerá em múltiplo de 6 é igual a
(A) 9 de dezembro de 2010. (A) 15.
(B) 15 de dezembro de 2010. (B) 20.
(C) 14 de janeiro de 2011. (C) 25.
(D) 12 de fevereiro de 2011. (D) 30.
(E) 12 de março 2011. (E) 40.

20. (FCC) Relativamente a um lote de tijolos, usado por quatro operários na construção de um muro, sabe-
se que:
− coube a Amilcar assentar a oitava parte e a Benício a décima parte do total de tijolos;
− coube a Galileu assentar o dobro da soma das quantidades que Amilcar e Benício assentaram;
− Dante assentou os restantes 468 tijolos.
Nessas condições, o total de tijolos do lote é um número compreendido entre
(A) 1.250 e 1.500. (B) 1.500 e 1.750. (C) 1.750 e 2.000. (D) 2.000 e 2.250. (E) 2.250 e 2.500.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


45
21. (FCC) O esquema abaixo apresenta o algoritmo 24. (FCC) Sabe-se que Vitor e Valentina trabalham
da subtração de dois números naturais, em que como Auxiliares de Enfermagem em uma empresa e,
alguns algarismos foram substituídos pelas letras A, sistematicamente, seus respectivos plantões ocor-
B, C, D e E. rem a cada 8 dias e a cada 6 dias. Assim sendo, se
no último dia de Natal − 25/12/2010 − ambos estive-
ram de plantão, então, mantido o padrão de regulari-
dade, uma nova coincidência de datas de seus
plantões em 2011, com certeza, NÃO ocorrerá em
Os correspondentes algarismos representados por
(A) 18 de janeiro.
A, B, C, D e E, que tornam a diferença correta,
(B) 10 de fevereiro.
devem ser tais que (A − B  C − D  E)2 é igual a
(C) 31 de março.
(A) 9.
(D) 24 de abril.
(B) 16.
(E) 18 de maio.
(C) 25.
(D) 36.
(E) 49.

22. (FCC) Para analisar as afirmações seguintes, 25. (FCC) Se x e y são números inteiros tais que x é
considere que x é um número par e y é um número par e y é ímpar, considere as seguintes afirmações:
ímpar. I. x  y é ímpar.
I. 3x  2y é um número ímpar. II. x  2y é ímpar.
II. 5xy é um número par. III. (3x) . (5y) é impar.
III. x2  y2 é um número ímpar. É correto afirmar que
É correto afirmar que (A) I, II e III são verdadeiras.
(A) I, II e III são verdadeiras. (B) I, II e III são falsas.
(B) somente uma das afirmações é verdadeira. (C) apenas I é verdadeira.
(C) somente I e II são verdadeiras. (D) apenas I e II são verdadeiras.
(D) somente I e III são verdadeiras. (E) apenas II e III são verdadeiras.
(E) somente II e III são verdadeiras.

23. (FCC – TRF 4ª região 2010) Suponha que, 26. (FCC) Um mecânico faz revisão nos freios dos
sistematicamente, três grandes instituições X , Y e veículos dos três diretores de uma empresa, um a
Z – realizam concursos para preenchimento de cada 10 dias, outro a cada 12 dias e o terceiro a
vagas: X de 1,5 em 1,5 anos, Y de 2 em 2 anos e Z cada 15 dias, inclusive aos sábados, domingos e
de 3 em 3 anos. Considerando que em janeiro de feriados. Se hoje ele fizer a revisão nos três veículos,
2006 as três realizaram concursos, é correto concluir daqui a quantos dias será a próxima vez em que fará
que uma nova coincidência ocorrerá em a revisão dos três em um mesmo dia?
(A) julho de 2015. (A) 37
(B) junho de 2014. (B) 40
(C) julho de 2013. (C) 45
(D) janeiro de 2012. (D) 48
(E) fevereiro de 2011. (E) 60

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


46
27. (FCC) Suponha que 60 funcionários do Banco do 28. (FCC) Astolfo pretendia telefonar para um amigo,
Brasil – 60% dos quais lotados em certa Agência de mas não conseguia se lembrar por inteiro do número
Florianópolis e, os demais, em determinada Agência de seu telefone; lembrava-se apenas do prefixo
de Chapecó – serão divididos em grupos, a fim de (constituído pelos quatro algarismos da esquerda) e
participar de um curso sobre Desenvolvimento de que os outros quatro algarismos formavam um
Pessoal. Considerando que todos os grupos deverão número divisível por 15. Ligou para sua namorada
conter a mesma quantidade de funcionários e que que lhe deu a seguinte informação: “lembro-me
todos os funcionários de cada grupo deverão apenas de dois dos algarismos do número que você
pertencer à mesma Agência, então a menor quer: o das dezenas, que é 3, e o das centenas, que
quantidade de grupos que poderão ser formados é é 4”. Com base no que ele já sabia e na informação
um número dada pela namorada, o total de possibilidades para
(A) menor que 4. descobrir o número do telefone de seu amigo é
(B) primo. (A) 5
(C) divisível por 3. (B) 6
(D) par. (C) 7
(E) maior que 8. (D) 8
(E) 9

29. (FCC – TRT 1ª região/2013) Um professor dá aulas para três turmas do período da manhã, cada uma
2x
com x alunos, e duas turmas do período da tarde, cada uma com alunos. Até o momento, ele corrigiu
3
apenas as provas finais de todos os alunos de uma turma da manhã e uma da tarde. Uma vez que todos os
seus alunos fizeram a prova final, a quantidade de provas que ainda falta ser corrigida por esse professor
representa, em relação ao total,
8 10 3 5 7
(A) (B) (C) (D) (E)
13 13 5 8 8

30. (FCC – TRT 1ª região/2013) Um site da internet


que auxilia os usuários a calcularem a quantidade de GABARITO
carne que deve ser comprada para um churrasco 1–C 11 – B 21 – D
considera que quatro homens consomem a mesma 2–D 12 – B 22 – E
quantidade de carne que cinco mulheres. Se esse 3–C 13 – D 23 – D
4–D 14 – B 24 – B
site aconselha que, para 11 homens, devem ser
5–B 15 – E 25 – C
comprados 4.400 gramas de carnes, a quantidade
6–B 16 – D 26 – E
de carne, em gramas, que ele deve indicar para um 7–C 17 – B 27 – B
churrasco realizado para apenas sete mulheres é 8–E 18 – E 28 – C
igual a 9–E 19 – A 29 – A
10 – C 20 – A 30 – B
(A) 2.100.
(B) 2.240.
(C) 2.800.
(D) 2.520.
(E) 2.450.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


47
NÚMEROS E GRANDEZAS PROPORCIONAIS

a
Denominamos de razão entre dois números a e b (b diferente de zero) o quociente ou a : b.
b
A palavra razão, vem do latim ratio, e significa "divisão".
Exemplos:
 Dos 1200 inscritos num concurso, passaram 240 candidatos.
240 1

1200 5
Razão dos candidatos aprovados nesse concurso: De cada 5 candidatos inscritos, 1 foi aprovado.

 Para cada 100 convidados, 75 eram mulheres.


75 3

100 4
Razão entre o número de mulheres e o número de convidados: De cada 4 convidados, 3 eram mulheres.

Termos de uma Razão


a a
Observe a razão: a : b  (lê-se "a está para b" ou "a para b"). Na razão a:b ou , o número a é denominado
b b
antecedente e o número b é denominado consequente.
3
Veja o exemplo: 3:5 
5
Lê-se: 3 está para 5 ou 3 para 5.

Razões Inversas
Duas razões são inversas entre si quando o produto delas é igual a 1.
4 5 4 5
Considere as razões e e observe que o produto dessas duas razões é igual a 1, ou seja,   1. Nesse caso,
5 4 5 4
4 5
podemos afirmar que e são razões inversas.
5 4

Exemplo: 3 e
7 3 7
são razões inversas, pois   1.
7 3 7 3

Aplicações:
1. Consumo médio
Beatriz foi de São Paulo a Campinas (92km) no seu carro. Foram gastos nesse percurso 8 litros de combustível. Qual a
razão entre a distância e o combustível consumido? O que significa essa razão?
92km
Razão   11,5km/l (lê-se "11,5 quilômetros por litro").
8l

Essa razão significa que a cada litro consumido foram percorridos em média 11,5km.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


48
2. Velocidade média
Moacir fez o percurso de 450km em 5 horas. Qual a razão entre a medida dessas grandezas?
450km
Razão   90km/h (lê-se "90 quilômetros por hora").
5h

3. Escala
Escala é a razão entre a medida no desenho (mapa) e a medida no real.
d
E  Onde: d  medida no desenho
D
D  medida no real

Proporções
Proporção é uma igualdade entre duas razões.

a c
 ou a : b :: c : d, com a, b, c e d não- nulos
b d

Lê-se: "a está para b assim como c está para d"

Propriedade Fundamental das Proporções


Em toda proporção, o produto dos meios é igual ao produto dos extremos.

a c
De modo geral, temos que:   a. d  c .b
b d

Exemplos:
5 15 5 35 9 x
1)  2)  3) 
8 x 8 x 70 35

DIVISÃO EM PARTES PROPORCIONAIS


Exemplos:
1. (CESGRANRIO) Uma fazenda dispõe de 620 hectares de área cultivável. Essa área é dividida em três partes
destinadas ao plantio de diferentes culturas, cujas áreas são diretamente proporcionais a 9, 10 e 12. A diferença, em
hectares, entre as áreas da maior e da menor parte é
(A) 20
(B) 40
(C) 60
(D) 120
(E) 180

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


49
2. (CESGRANRIO) Certa empresa de produção de papel e celulose mantém 3 reservas naturais, totalizando 2.925
hectares de área preservada. Se as áreas dessas 3 reservas são diretamente proporcionais a 3, 5 e 7, qual é, em
hectares, a área da maior reserva?
(A) 195
(B) 215
(C) 585
(D) 975
(E) 1.365

3. (FCC) Três funcionários, A, B e C, decidem dividir entre si a tarefa de conferir o preenchimento de 420 formulários. A
divisão deverá ser feita na razão inversa de seus respectivos tempos de serviço no Tribunal. Se A, B e C trabalham no
Tribunal há 3, 5 e 6 anos, respectivamente, o número de formulários que B deverá conferir é
(A) 100
(B) 120
(C) 200
(D) 240
(E) 250

4. (FCC – TRF 4ª região/2010) Um prêmio em dinheiro é repartido entre 3 pessoas em partes inversamente
proporcionais às suas idades, ou seja, 24, 36 e 48 anos. Se a pessoa mais nova recebeu R$ 9.000,00 a mais que a mais
velha, então a pessoa que tem 36 anos recebeu
(A) R$ 9.000,00.
(B) R$ 12.000,00.
(C) R$ 15.000,00.
(D) R$ 18.000,00.
(E) R$ 21.000,00.

5. (FCC) No quadro abaixo, têm-se as idades e os tempos de serviço de dois técnicos judiciários do Tribunal Regional
Federal de uma certa circunscrição judiciária.
Idade Tempo de Serviço
(em anos) (em anos)
João 36 8
Maria 30 12

Esses funcionários foram incumbidos de digitar as laudas de um processo. Dividiram o total de laudas entre si, na razão
direta de suas idades e inversa de seus tempos de serviço no Tribunal. Se João digitou 27 laudas, o total de laudas do
processo era
(A) 40
(B) 41
(C) 42
(D) 43
(E) 44

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


50
6. (FCC) Certo mês, o dono de uma empresa concedeu a dois de seus funcionários uma gratificação no valor de
R$ 500,00. Essa quantia foi dividida entre eles, em partes que eram diretamente proporcionais aos respectivos números
de horas de plantões que cumpriram no mês e, ao mesmo tempo, inversamente proporcionais às suas respectivas
idades. Se um dos funcionários tinha 36 anos e cumpriu 24 horas de plantões e, o outro, de 45 anos, cumpriu 18 horas,
coube ao mais jovem receber
(A) R$ 302,50
(B) R$ 310,00
(C) R$ 312,50
(D) R$ 325,00
(E) R$ 342,50

7. (FCC) Dois funcionários de uma Repartição Pública foram incumbidos de arquivar 164 processos e dividiram esse
total na razão direta de suas respectivas idades e inversa de seus respectivos tempos de serviço público. Se um deles
tem 27 anos e 3 anos de tempo de serviço e o outro 42 anos e está há 9 anos no serviço público, então a diferença
positiva entre os números de processos que cada um arquivou é
(A) 48
(B) 50
(C))52
(D) 54
(E) 56

Grandezas
Entendemos por grandeza tudo aquilo que pode ser medido, contado. As grandezas podem ter suas medidas
aumentadas ou diminuídas. Alguns exemplos de grandeza: o volume, a massa, a superfície, o comprimento, a
capacidade, a velocidade, o tempo, o custo e a produção.

Grandezas Diretamente Proporcionais

Duas grandezas variáveis dependentes são diretamente proporcionais quando a razão entre os
valores da primeira grandeza é igual à razão entre os valores correspondentes da segunda.

Grandezas Inversamente Proporcionais

Duas grandezas variáveis dependentes são inversamente proporcionais quando a razão entre os valores da
primeira grandeza é igual ao inverso da razão entre os valores correspondentes da segunda.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


51
REGRA DE TRÊS SIMPLES E COMPOSTA

Regra de Três Simples


Regra de três simples é um processo prático para resolver problemas que envolvam quatro valores dos quais
conhecemos três deles. Devemos, portanto, determinar um valor a partir dos três já conhecidos.

Passos utilizados numa regra de três simples:


 Construir uma tabela, agrupando as grandezas da mesma espécie em colunas e mantendo na mesma linha as
grandezas de espécies diferentes em correspondência.
 Identificar se as grandezas são diretamente ou inversamente proporcionais.
 Montar a proporção e resolver a equação.

Exercícios resolvidos:
1. Com uma área de absorção de raios solares de 1,2m 2, uma lancha com motor movido a energia solar consegue
produzir 400 watts por hora de energia. Aumentando-se essa área para 1,5m 2, qual será a energia produzida?
Montando a tabela e identificando a relação entre as grandezas:
Área (m2) Energia (wh)
1,2 400
1,5 x

Aumentando a área de absorção, a energia solar aumenta, ou seja, as grandezas são diretamente proporcionais.
Assim sendo, colocamos uma outra seta no mesmo sentido (para baixo) na 1ª coluna.
Área Energia
1,2 400
1,5 x

Montando a proporção, temos:


1,2 400 1,5 . 400
  1,2x  1,5 . 400  x   500
1,5 x 1,2
Logo, a energia produzida será de 500 watts por hora.

2. (FAURGS) Viajando a uma velocidade média de 80km/h, um carro leva 5 horas para percorrer certa distância. Se a
velocidade fosse de 100km/h, essa distância seria percorrida em
(A) 2 horas. (B) 3 horas. (C) 4 horas. (D) 5 horas. (E) 8 horas.

Aumentando a velocidade, o tempo do percurso diminui, as grandezas são inversamente proporcionais.


Velocidade Tempo
80 5
100 x
Montando a proporção, temos:
x 80 400
  100x  5 . 80  x  4
5 100 100
Logo, o tempo desse percurso seria de 4 horas.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


52
Regra de Três Composta
A regra de três composta é utilizada em problemas com mais de duas grandezas, direta ou inversamente
proporcionais.

Exercícios resolvidos:
1. Numa fábrica de brinquedos, 8 homens montam 20 carrinhos em 5 dias. Quantos carrinhos serão montados por 4
homens em 16 dias?
Homens Carrinhos Dias
8 20 5
4 x 16
Aumentando o número de homens, a produção de carrinhos aumenta. Portanto a relação é diretamente
proporcional. Aumentando o número de dias, a produção de carrinhos aumenta. Portanto a relação também é
diretamente proporcional.
Homens Carrinhos Dias
8 20 5
4 x 16
20 8 5
 .
x 4 16
20 . 4 . 16
x   32
8.5

Logo, serão montados 32 carrinhos.

2. (FMP) Um carro é montado em 4 dias por 15 operários, que trabalham 6 horas por dia. O número de dias que 20
operários, trabalhando 9 horas por dia, levará para montar um carro é de
(A) 2
32
(B)
9
4 dias --- 15 operários --- 6 horas/dia
9 x --- 20 operários --- 9 horas/dia
(C)
2
(D) 4
(E) 8

4 dias --- 15 operários x 6


3 dias --- 6 horas/dia  x  2
x --- 20 operários 3 9

x 15 x --- 9 horas/dia
 x  3 ALTERNATIVA A
4 20

3. (ESAF – RF 2012) Para construir 120 m 2 de um muro em 2 dias, são necessários 6 pedreiros. Trabalhando no mesmo
ritmo, o número de pedreiros necessários para construir 210 m 2 desse mesmo muro em 3 dias é igual a
(A) 2. (B) 4. (C) 3. (D) 5. (E) 7.

120 m2 --- 2 dias --- 6 pedreiros


210 m2 --- 3 dias --- x

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


53
Observe que:
120 m2 de um muro em 2 dias são 60m2 por dia
210 m2 de um muro em 3 dias são 70m2 por dia

60m2/dia --- 6 pedreiros


70m2/dia --- x
x  7 pedreiros
ALTERNATIVA E

4. (FCC – BANESE/2012) Considere que em uma indústria todos os seus operários trabalham com desempenhos iguais
e constantes. Sabe-se que 24 desses operários, trabalhando 6 horas por dia, durante 10 dias, conseguem realizar 75%
de uma determinada tarefa. O número de operários que conseguirão realizar toda a tarefa em 15 dias, trabalhando 8
horas por dia, é igual a
(A) 12.
(B) 15.
(C) 16.
(D) 18.
(E) 20.

Comentários:
24 operários --- 6horas/dia ---- 10 dias
x --- 8horas/dia --- 15 dias

Deve-se observar cada grandeza em relação ao x:


24 operários --- 6horas/dia Mais horas por dia, menos
x --- 8horas/dia operários: inversamente proporcional
x 6
  x  18
24 8

Ou seja, seriam 18 operários se o trabalho fosse feito em 10 dias. Pra fazer o trabalho em 15 dias:
18 operários --- 10 dias
Mais dias, menos operários:
x --- 15 dias
inversamente proporcional
x 10
  x  12
18 15
3
Seriam necessários 12 operários para fazer 75% da tarefa, ou seja, 75% = da tarefa.
4

1
Portanto, para fazer a tarefa inteira (100%), precisa de mais dos operários: 12  4  16.
4
ALTERNATIVA C

e-mail: danielaarboite@cpcrs.com.br

http://www.facebook.com/prof.daniela.arboite

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


54
RAZÕES E PROPORÇÕES – Exercícios Propostos:
1. (FCC) Das pessoas atendidas em um ambulatório 4. (FCC) A razão entre as idades de dois técnicos é
certo dia, sabe-se que 12 foram encaminhadas a um 5
igual a . Se a soma dessas idades é igual a 70 anos,
9
clínico geral e as demais para tratamento odontológico.
Se a razão entre o número de pessoas encaminhadas quantos anos o mais jovem tem a menos do que o mais
ao clínico e o número das restantes, nessa ordem, é velho?
(A) 15
3
, o total de pessoas atendidas foi
5 (B) 18

(A) 44 (C) 20

(B) 40 (D) 22

(C) 38 (E) 25

(D) 36
(E) 32

2. (FCC) Sabe-se que um número X é diretamente 5. (FCC) Certo dia, três funcionários da Companhia do
proporcional a um número Y e que, quando X  8, tem- Metropolitano de São Paulo foram incumbidos de
5 distribuir folhetos informativos contendo orientações
se Y  24. Assim, quando X  o valor de Y é
6 aos usuários dos trens. Para executar tal tarefa, eles
5 dividiram o total de folhetos entre si, em partes
(A)
2 inversamente proporcionais aos seus respectivos
5 tempos de serviço no Metrô: 2 anos, 9 anos e 12 anos.
(B)
3 Se o que trabalha há 9 anos ficou com 288 folhetos, a
3 soma das quantidades com que os outros dois ficaram
(C)
2 foi
2 (A) 448
(D)
3 (B) 630
1 (C) 954
(E)
3 (D) 1.512
(E) 1.640

3. (FCC) Três auxiliares receberam a tarefa de 6. (FCC) Três técnicos do TRT foram incumbidos de
organizar 675 pastas em armários. Decidiram dividir o catalogar alguns documentos e os dividiram entre si, na
total de pastas entre eles, em partes diretamente razão inversa de seus tempos de serviço público: 4
proporcionais ao número de horas diárias que anos, 6 anos e 15 anos. Se àquele que tem 6 anos de
dedicariam a esse trabalho. Se o primeiro dedicou 2 serviço coube catalogar 30 documentos, a diferença
horas diárias, o segundo, 3 horas e o terceiro, 4 horas, positiva entre os números de documentos catalogados
o número de pastas que o primeiro recebeu foi pelos outros dois é
(A) 150 (A) 28
(B) 200 (B) 33
(C) 225 (C) 39
(D) 280 (D) 42
(E) 300 (E) 55

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


55
7. (FCC – TRF 4ª região 2010) Dos funcionários 10. (FCC) Um casal, José e Maria, são trabalhadores
concursados lotados em certa repartição pública, sabe- autônomos e recebem, respectivamente, R$ 20,00 e
se que a razão entre o número de homens e o de R$ 25,00 por hora de prestação de serviços. Em
mulheres, nesta ordem, é 1,20. Se 88% dos fevereiro de 2012, eles observaram que, no mês
funcionários dessa repartição são concursados, então, anterior, os tempos de prestação de serviços dos dois
relativamente ao total de funcionários, a porcentagem totalizavam 176 horas e que as quantidades de horas
de funcionários concursados do sexo que cada um havia trabalhado, eram inversamente
(A) feminino é maior que 42%. proporcionais às suas respectivas idades. Assim, se
(B) masculino está compreendida entre 45% e 52%. José tem 30 anos e Maria tem 25 anos, então, juntos,
(C) feminino é menor que 35%. eles receberam no mês de janeiro
(D) masculino é maior que 50%. (A) R$ 3.800,00.
(E) masculino excede a dos funcionários do sexo (B) R$ 3.895,00.
feminino em 6%. (C) R$ 4.000,00.
(D) R$ 4.265,00.
(E) R$ 4.695,00.

8. (FCC) Certo mês, os números de horas extras 2


11. (FCC) Um digitador gastou 18 horas para copiar
cumpridas pelos funcionários A, B e C foram inversa- 7
mente proporcionais aos seus respectivos tempos de do total de páginas de um texto. Se a capacidade
serviço na empresa. Se A trabalha há 8 meses, B há 2 operacional de outro digitador for o triplo da capacidade
anos, C há 3 anos e, juntos, os três cumpriram um total do primeiro, o esperado é que ele seja capaz de digitar
de 56 horas extras, então o número de horas extras as páginas restantes do texto em
cumpridas por B foi (A) 15 horas
(A) 8 (B) 14 horas e 15 minutos
(B) 12 (C) 14 horas
(C) 18 (D) 13 horas e 30 minutos
(D) 24 (E) 13 horas
(E) 36

9. (FCC) Um total de 141 documentos devem ser 12. (FCC) Um certo número de guardas municipais
catalogados por três técnicos judiciários. Para cumprir a foram encaminhados, em Salvador, para ações
tarefa, dividiram os documentos entre si, em partes comunitárias de proteção às crianças. No ano anterior,
inversamente proporcionais às suas respectivas idades: para as mesmas ações, participaram 24 guardas,
24, 36 e 42 anos. Nessas condições, o número de durante 6 dias, trabalhando 8 horas por dia. Sabendo
documentos que coube ao mais jovem foi que, neste ano, os guardas trabalharão durante 8 dias,
(A) 78 4 horas por dia, quantos guardas serão necessários
(B) 63 para a execução das mesmas tarefas?
(C) 57 (A) 12
(D) 42 (B) 16
(E) 36 (C) 24
(D) 36
(E) 64

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


56
13. (FCC) Certo dia, três auxiliares judiciários 15. (FCC) Dos funcionários de um Tribunal, sabe-se que o
protocolaram 153 documentos e, curiosamente, foi número de homens excede o número de mulheres em 30
observado que as quantidades que cada um havia unidades. Se a razão entre o número de mulheres e o de
protocolado eram inversamente proporcionais às suas 3
homens, nessa ordem, é , o total de funcionários desse
respectivas idades. Se um deles tinha 24 anos, o outro 5
30 anos e o terceiro, 32 anos, então o número de Tribunal é
documentos protocolados pelo mais velho era (A) 45
(A) 35 (B) 42 (C) 45 (B) 75
(D) 52 (E) 60 (C) 120
(D) 135
(E) 160

14. (FCC – TRF 3ª região 2014) Quatro funcionários 16. (FCC) Um empresário resolve premiar três funcio-nários
dividirão, em partes diretamente proporcionais aos anos que se destacaram no ano de 2011. Uma quantia em
dedicados para a empresa, um bônus de R$ 36.000,00. dinheiro é dividida entre eles em partes inversamente
Sabe-se que dentre esses quatro funcionários um deles proporcionais ao número de faltas injustificadas de cada um
já possui 2 anos trabalhados, outro possui 7 anos em 2011, ou seja: 3, 5 e 8 faltas. Se o valor do prêmio do
trabalhados, outro possui 6 anos trabalhados e o outro funcionário que recebeu a menor quantia foi de R$ 6.000,00,
terá direito, nessa divisão, à quantia de R$ 6.000,00. então o valor do prêmio do funcionário que recebeu a maior
Dessa maneira, o número de anos dedicados para a quantia foi igual a
empresa, desse último funcionário citado, é igual a (A) R$ 11.600,00.
(A) 5. (B) R$ 12.000,00.
(B) 7. (C) R$ 15.000,00.
(C) 2. (D) R$ 15.600,00.
(D) 3. (E) R$ 16.000,00.
(E) 4.

17. (FCC) A tabela a seguir mostra as participações dos três sócios de uma empresa na composição de suas ações.

Os lucros da empresa em determinado ano, que totalizaram R$ 560.000,00, foram divididos entre os três sócios
proporcionalmente à quantidade de ações que cada um possui. Assim, a sócia Maria Oliveira recebeu nessa divisão
(A) R$ 17.500,00. (B) R$ 56.000,00. (C) R$ 112.000,00.
(D) R$ 140.000,00. (E) R$ 175.000,00.

18. (FCC) Dois analistas judiciários devem emitir pareceres sobre 66 pedidos de desarquivamento de processos. Eles
decidiram dividir os pedidos entre si, em quantidades que são, ao mesmo tempo, diretamente proporcionais às suas

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


57
respectivas idades e inversamente proporcionais aos seus respectivos tempos de serviço no Tribunal Regional do
Trabalho. Se um deles tem 32 anos e trabalha há 4 anos no Tribunal, enquanto que o outro tem 48 anos e lá trabalha há
16 anos, o número de pareceres que o mais jovem deverá emitir é
(A) 18
(B) 24
(C) 32
(D) 36
(E) 48

19. (FCC – DPE RS 2013) Para produzir 60% de uma 20. (FCC) Suponha que, pelo consumo de energia elétrica
encomenda, os oito funcionários de uma empresa de uma máquina que, durante 30 dias funciona
gastaram um total de 63 horas. Como dois ficaram ininterruptamente 8 horas por dia, paga-se o total de
doentes, os outros seis funcionários terão de produzir R$ 288,00. Se essa máquina passar a funcionar 5 horas por
sozinhos os 40% restantes da encomenda. Considerando dia, a despesa que ela acarretará em 6 dias de
que todos eles trabalham no mesmo ritmo e executam as funcionamento ininterrupto será de
mesmas tarefas, pode-se estimar que o restante da (A) R$ 36,00.
encomenda será produzido em (B) R$ 36,80.
(A) 42 horas. (C) R$ 40,00.
(B) 56 horas. (D) R$ 42,60.
(C) 60 horas. (E) R$ 42,80.
(D) 70 horas.
(E) 84 horas.

QUESTÃO COMENTADA:
(FCC – TRF 4ª região 2010) Considere as seguintes equivalências de preços, em reais: o de 2 cadernos equivale ao de
30 lápis; o de 3 canetas equivale ao de 5 cadernos. Se 5 canetas custam R$ 40,00, quantos lápis poderiam ser
comprados com R$ 32,00?
(A) 102.
(B) 100.
(C) 98.
(D) 96.
(E) 94.

5 canetas custam R$ 40,00 ---> R$ 8,00 cada caneta


3 canetas equivale a 5 cadernos ---> 3 x 8 = R$ 24,00
24 dividido por 5 = R$ 4,80 cada caderno
2 cadernos equivale a 30 lápis ---> 2 x 4,80 = R$ 9,60
R$ 9,60 --- 30 lápis
R$ 32,00 – x GABARITO
x  100 lápis 1–E 5–D 9–B 13 – C 17 – E
ALTERNATIVA B 2–A 6–B 10 – C 14 – D 18 – E
3–A 7–B 11 – A 15 – C 19 – B
4–C 8–B 12 – D 16 – E 20 – A

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


58
RACIOCÍNIO LÓGICO
Programa: Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas
informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações.
Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio
sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos.

Exercícios Propostos:
1. (FCC) Considere o conjunto: 4. (FCC) Em uma estrada, dois automóveis percorreram a
X  {trem, subtropical, findar, fim, preguiça, enxoval, distância entre dois pontos X e Y, ininterruptamente.
chaveiro, ...}, em que todos os elementos têm uma Ambos saíram de X, o primeiro às 10h e o segundo às
característica comum. Das palavras seguintes, a única 11h30min, chegando juntos em Y às 14h. Se a
que poderia pertencer a X é: velocidade média do primeiro foi de 50km/h, a velocidade
(A) PELICANO. média do segundo foi de
(B) FORMOSURA. (A) 60km/h
(C) SOBRENATURAL. (B) 70km/h
(D) OVO. (C) 75km/h
(E) ARREBOL. (D) 80km/h
(E) 85km/h

2. (FCC) Existem três caixas idênticas e separadas umas 5. (FCC) Certo dia, Adriano, Benjamin e Cibele foram
das outras. Dentro de cada uma dessas caixas existem almoçar juntos em um restaurante popular que oferecia
duas caixas menores, e dentro de cada uma dessas apenas três tipos de refeições (salada verde, sopa de
caixas menores outras seis caixas menores ainda. feijão e filé de frango) e apenas três tipos de sobremesas
Separando-se todas essas caixas, tem-se um total de (gelatina de morango, pudim de leite e goiabada com
caixas igual a: queijo). Sabe-se que:
(A) 108. – Cibele comeu a salada verde;
(B) 45. – um dos três se serviu de sopa de feijão e comeu
(C) 39. gelatina de morango como sobremesa;
(D) 36. – a sobremesa de Adriano foi goiabada com queijo.
(E) 72. Considerando que tanto as refeições como as
sobremesas servidas aos três eram distintas entre si, é
correto afirmar que
3. (ANPAD) Analise a seguinte seqüência de palavras:
(A) Adriano comeu sopa de feijão.
primata, segmento, terminar, quadra. quilombo,
(B) Benjamin comeu filé de frango.
sexualidade, sétuplo.
(C) a sobremesa de Benjamin foi pudim de leite.
Das alternativas abaixo, a palavra que mantém uma
(D) a sobremesa de Cibele foi gelatina de morango.
seqüência lógica é
(E) a sobremesa de Cibele foi pudim de leite.
(A) noventa.
(B) homem.
(C) sentimento.
(D) gêmeo.
(E) oitiva.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


59
6. (FCC – TRF 4ª região 2010) Uma propriedade comum 8. (FCC – DPE RS 2013) Em uma montadora, são
caracteriza o conjunto de palavras seguinte: pintados, a partir do início de um turno de produção, 68
MARCA - BARBUDO - CRUCIAL - ADIDO - FRENTE - ? carros a cada hora, de acordo com a seguinte sequência
De acordo com tal propriedade, a palavra que, em de cores: os 33 primeiros são pintados de prata, os 20
sequência, substituiria corretamente o ponto de seguintes de preto, os próximos 8 de branco, os 5
interrogação é seguintes de azul e os 2 últimos de vermelho. A cada
(A) FOFURA. hora de funcionamento, essa sequência se repete. Dessa
(B) DESDITA. forma, o 530º carro pintado em um turno de produção
(C) GIGANTE. terá a cor
(D) HULHA. (A) azul.
(E) ILIBADO. (B) vermelha.
(C) prata.
(D) preta.
(E) branca.

7. (FCC) Se em certo ano bissexto o dia 1º de janeiro 9. (ANPAD) Se “a” é um número inteiro, define-se a
ocorreu em uma sexta-feira, então, nesse mesmo ano, o operação  como a  2a  5. Então, o valor da
dia 1º de maio ocorreu em expressão (2) é
(A) um sábado. (A)  7
(B) um domingo. (B)  1
(C) uma segunda-feira. (C) 0
(D) uma terça-feira. (D) 1
(E) uma quarta-feira. (E) 7

10. (FCC) Certa operação , sobre o conjunto de números inteiros E {1, 2, 3, 4, 5, 6}, é definida pela tábua seguinte:

Assim, como exemplos, tem-se: 2 6 5; 4 (5 3) 4 1 4 e (5 5) (6 4) 4 3 5
Sabe-se que a função do primeiro grau d, dada pela expressão d (t) v . t, permite calcular d (t), a distância
percorrida, em quilômetros, por um automóvel à velocidade média v, em km/h, decorridas t horas de sua partida. De
acordo com essas informações e considerando t 2 [(5 6) (4 5)] horas, então, se um automóvel trafegar por
uma rodovia à velocidade média de 90km/h, a distância que terá percorrido, em quilômetros, será igual a
(A) 180.
(B) 270.
(C) 360.
(D) 450.
(E) 540.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


60
11. (FCC) Na sucessão de figuras seguintes as letras 13. (FCC) Duas pessoas, A e B, estão de costas,
foram colocadas obedecendo a um determinado padrão. encostadas uma na outra num terreno plano. Estão
olhando para direções opostas. A pessoa A caminha 1
metro na direção que olha, gira 90° para esquerda e
AC BD CE DF ?
caminha 2 metros nessa nova direção, gira 90° para a
direita e caminha 4 metros nessa nova direção, gira 90°
Z V S O ?
para esquerda e caminha 8 metros nessa nova direção e
para. A pessoa B caminha 1 metro na direção que olha,
gira 90° para sua direita e caminha 1 metro nessa nova
Se a ordem alfabética adotada exclui as letras K, W e Y, direção, gira 90° para sua esquerda e caminha 3 metros
então, completando-se corretamente a figura que tem os nessa nova direção, gira 90° para sua direita e caminha 3
pontos de interrogação obtém-se metros nessa nova direção, gira 90° para sua esquerda e
caminha 2 metros nessa nova direção, gira 90° para sua
direita e caminha 6 metros nessa nova direção e para.
EG EH EG EH EG Após esses movimentos de ambas as pessoas, a
distância entre elas é de
I I J J M (A) 8 metros.
(B) 9 metros.
(C) 10 metros.
(A) (B) (C) (D) (E)
(D) 11 metros.
(E) 12 metros.

12. (FCC) Considere que a tábua abaixo define uma 14. (FCC) Cada uma das duas primeiras linhas seguintes
operação , sobre o conjunto E  {1, 2, 3, 4, 5}. apresenta um par de palavras que foram formadas
obedecendo a determinado critério. Esse mesmo critério
 1 2 3 4 5
deve ser usado para completar a terceira linha, na qual
1 5 4 3 2 1
falta uma palavra.
2 4 3 2 1 5
GROSSO – SOGRO
3 3 2 1 5 4
TESTEMUNHAR – ARTES
4 2 1 5 4 3
AMEDRONTAR – ?
5 1 5 4 3 2
A palavra que deve estar no lugar do ponto de
Assim, por exemplo, 5  (4  3)  5  5  2. interrogação é
Nessas condições, se x é um elemento de E, tal que [(4  (A) ARAME
3)  (2  5)]  x  1, então o valor de x é (B) ARDEM

(A) 1 (C) ENTOA

(B) 2 (D) RONDA

(C) 3 (E) TRAMA

(D) 4
(E) 5

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


61
15. (FCC) Cinco pessoas caminham enfileiradas. A 17. (FCC) Em uma praia chamava a atenção um catador
primeira, chamada de número 1, a segunda chamada de de cocos (a água do coco já havia sido retirada). Ele só
número 2, a terceira chamada de número 3, a quarta pegava cocos inteiros e agia da seguinte maneira: o
chamada de número 4 e a quinta chamada de número 5. primeiro coco ele colocava inteiro de um lado; o segundo
Após 15 minutos de caminhada, a número 1 para, deixa ele dividia ao meio e colocava as metades em outro lugar;
todas as outras passarem por ela e continua a caminhada o terceiro coco ele dividia em três partes iguais e
atrás de todas as outras. Após 20 minutos, as duas colocava os terços de coco em um terceiro lugar,
primeiras pessoas da fila, a número 2 e a número 3, diferente dos outros lugares; o quarto coco ele dividia em
param e deixam que todos os outros, ordenadamente, quatro partes iguais e colocava os quartos de coco em
passem a frente, e seguem atrás de todos, mantendo a um quarto lugar diferente dos outros lugares. No quinto
ordenação, com o 2 à frente do 3. E assim essa coco agia como se fosse o primeiro coco e colocava
alternância segue. Após o intervalo de 15 minutos, a inteiro de um lado, o seguinte dividia ao meio, o seguinte
pessoa a frente para e os demais passam. Em seguida, em três partes iguais, o seguinte em quatro partes iguais
após o intervalo de 20 minutos, as duas pessoas que e seguia na sequência: inteiro, meios, três partes iguais,
estavam à frente param e deixam todas as outras quatro partes iguais, inteiro, meios, três partes iguais,
passarem e continuam a caminhada atrás delas, e na quatro partes iguais. Fez isso com exatamente 59 cocos
mesma ordem em que estavam entre si. Volta a quando alguém disse ao catador: eu quero três quintos
acontecer o intervalo de 15, depois o de 20, volta o de 15 dos seus terços de coco e metade dos seus quartos de
e segue. Essa alternância ocorre ordenadamente, com coco. O catador consentiu e deu para a pessoa
todas as componentes e da maneira como foi descrita (A) 52 pedaços de coco.
durante 2 horas e 40 minutos. Após esse tempo, todos (B) 55 pedaços de coco.
param. A pessoa que, nesse momento de parada, ocupa (C) 59 pedaços de coco.
a última posição na fila é a chamada de número (D) 98 pedaços de coco.
(A) 1. (E) 101 pedaços de coco.
(B) 2.
(C) 3.
(D) 4.
(E) 5.

16. (FCC) Observe que em cada um dos dois primeiros pares 18. (FCC) Na sentença abaixo falta a última palavra.
de palavras abaixo, a palavra da direita foi formada a partir da Você deve procurar, entre as palavras indicadas nas
palavra da esquerda, utilizando-se um mesmo critério. cinco alternativas, a que melhor completa a sentença.
DIANA - ANDA O pobre come pouco porque não pode comer mais. O
CRATERA - ARCA rico come mal porque não sabe comer melhor. A
BROCHES - ? alimentação do primeiro é insuficiente e, a do segundo,
Com base nesse critério, a palavra que substitui ......................
corretamente o ponto de interrogação é (A) saborosa.
(A) RECO. (B) inadequada.
(B) ROBE. (C) racional.
(C) SECO. (D) sóbria.
(D) SEBO. (E) perigosa.
(E) SOBE.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


62
19. (FCC) Na sentença abaixo falta a última palavra. 22. (FCC) Esta sequência de palavras segue uma lógica:
Procure nas alternativas a palavra que melhor completa

essa sentença.
Xale
Padecia de mal conhecido e de tratamento relativamente
Japeri
fácil. Como era imprudente e não se cercava dos devidos
cuidados, tornava impossível qualquer Uma quarta palavra que daria continuidade lógica à sequência

(A) diagnóstico. poderia ser

(B) observação. (A) Casa.

(C) consulta. (B) Anseio.

(D) prognóstico. (C) Urubu.

(E) conjetura. (D) Café.


(E) Sua.

20. (FCC) Todo ano bissexto é um número múltiplo de 4. 23. (FCC) Na sentença abaixo falta a última palavra. Procure
Com base nessa afirmação, é correto afirmar que, se nas alternativas a palavra que completa essa sentença.
23/01/2012 ocorreu em uma segunda-feira, então, no ano A empresa está revendo seus objetivos e princípios à procura
de 2019 o dia 23 de janeiro ocorrerá em das causas que obstruíram o tão esperado sucesso e
(A) um domingo. provocaram esse inesperado
(B) um sábado. (A) êxito. (B) susto. (C) malogro. (D)
(C) uma sexta-feira. fulgor. (E) lucro.
(D) uma quinta-feira.
(E) uma quarta-feira.

21. (FCC) Considere a adição abaixo, entre números do 24. (FCC) Três Agentes Administrativos − Almir, Noronha e
sistema de numeração decimal, em que símbolos iguais Creuza − trabalham no Departamento Nacional de Obras Contra
indicam um mesmo algarismo e símbolos diferentes as Secas: um, no setor de atendimento ao público, outro no
indicam algarismos diferentes. setor de compras e o terceiro no almoxarifado. Sabe-se que:
− esses Agentes estão lotados no Ceará, em Pernambuco e na
Bahia;
− Almir não está lotado na Bahia e nem trabalha no setor de
compras;
− Creuza trabalha no almoxarifado;
Nessas condições, a multiplicação é
− o Agente lotado no Ceará trabalha no setor de compras.
igual a
Com base nessas informações, é correto afirmar que o Agente
(A) lotado no Ceará e o Agente que trabalha no setor de
atendimento ao público são, respectivamente,
(B)
(A) Almir e Noronha.
(C) (B) Creuza e Noronha.
(C) Noronha e Creuza.
(D)
(D) Creuza e Almir.
(E) (E) Noronha e Almir.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


63
25. (FCC) A seguinte sequência de palavras foi escrita 28. (FCC) Observe a característica comum apresentada por
obedecendo a um padrão lógico: todas as palavras do conjunto seguinte:
PATA −REALIDADE −TUCUPI −VOTO −? {MITIGAR , VOO , XUXA , PENEDO , DOIDA , CURARE ,
Considerando que o alfabeto é o oficial, a palavra que, de CIRCO, ...}
acordo com o padrão estabelecido, poderia substituir o De acordo com essa característica, das palavras que seguem, a
ponto de interrogação é única que poderia pertencer ao conjunto dado é:
(A) QUALIDADE. (A) COSER.
(B) SADIA. (B) DONZELA.
(C) WAFFLE. (C) VIA.
(D) XAMPU. (D) PAPEL.
(E) YESTERDAY.

26. (FCC) Observe que em cada um dos dois primeiros 29. (FCC) No esquema seguinte têm-se indicadas as operações
pares de palavras abaixo, a palavra da direita foi formada que devem ser sucessivamente efetuadas, a partir de um
a partir da palavra da esquerda, utilizando-se um número x, a fim de obter-se como resultado final o número 12.
determinado critério.
Adicionar 39 Dividir por 4 Subtrair 12 Multiplicar por 3
ASSOLAR - SALA
x 12
REMAVAM - ERVA
LAMENTAM - ? E verdade que o número x é
Com base nesse critério, a palavra que substitui (A) primo.
corretamente o ponto de interrogação é: (B) par.
(A) ALMA (C) divisível por 3.
(B) LATA (D) múltiplo de 7.
(C) ALTA (E) quadrado perfeito.
(D) MALA
(E) TALA

27. (FCC) Considere que os símbolos  e , que 30. (FCC) No quadro seguinte, os símbolos  e  substituem as
aparecem no quadro seguinte, substituem as operações operações que devem ser efetuadas em cada linha a fim de
que devem ser efetuadas em cada linha a fim de obter-se obter-se o correspondente resultado que se encontra na coluna
o resultado correspondente, que se encontra na coluna da da extrema direita.
extrema direita. 18  2  5  4
36  4  5  14 44  4  6  5
48  6  9  17 65  5  4  ?
54  9  7  ?
Para que o resultado da terceira linha seja o correto, o ponto de
Para que o resultado da terceira linha seja o correto, o ponto interrogação deverá ser substituído pelo número
de interrogação deverá ser substituído pelo número (A) 8
(A) 16 (B) 9
(B) 15 (C) 10
(C) 14 (D) 11
(D) 13 (E) 12
(E) 12

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


64
31. (FCC) Certo mês, três Técnicos Judiciários – Ivanildo, 33. (FCC) Alaor, presidente de uma empresa, participou
Lindolfo e Otimar – fizeram 10 viagens transportando de uma reunião com outros três funcionários que
equipamentos destinados a diferentes unidades do ocupavam os seguintes cargos na empresa: vice-
Tribunal Regional do Trabalho. Sabe-se que: presidente, analista financeiro e diretor executivo. Sabe-
– os três fizeram quantidades diferentes de viagens e se que: Alaor sentou-se à esquerda de Carmela;
cada um deles fez pelo menos duas; Bonifácio sentou-se à direita do vice-presidente; Dalton,
– Ivanildo fez o maior número de viagens e Lindolfo o que estava sentado em frente de Carmela, não era
menor. analista financeiro. Nessas condições, os cargos
Sobre o número de viagens que Otimar fez a serviço do ocupados por Bonifácio, Carmela e Dalton são,
Tribunal nesse mês, respectivamente,
(A) nada se pode concluir. (A) analista financeiro, diretor executivo e vice-presidente.
(B) foram 4. (B) analista financeiro, vice-presidente e diretor executivo.
(C) foram 3. (C) diretor executivo, analista financeiro e vice-presidente.
(D) excedeu em 2 unidades a quantidade de viagens (D) vice-presidente, diretor executivo e analista financeiro.
feitas por Lindolfo. (E) vice-presidente, analista financeiro e diretor executivo.
(E) era igual a 30% da quantidade de viagens feitas por
Ivanildo.

32. (FCC) Observe que com 10 moedas iguais é possível 34. (ANPAD – FEV 2013) Lira, Mário e Cleber são três
construir um triângulo: amigos cujas profissões são bancário, eletricista
secretário, mas não se sabe ao certo qual é a profissão
de cada um deles. Sabe-se, no entanto, que apenas uma
das seguintes afirmações é verdadeira:
I. Lira é bancário.
II. Mário não é secretário.
III. Cleber não é bancário.
As profissões de Lira, Mário e Cleber são,
respectivamente,
Movendo apenas três dessas moedas é possível fazer (A) secretário, eletricista e bancário.
com que o triângulo acima fique com a posição invertida, (B) secretário, bancário e eletricista.
ou seja, a base para cima e o vértice oposto para baixo. (C) eletricista, secretário e bancário.
Para que isso aconteça, as moedas que devem ser (D) eletricista, bancário e secretário.
movidas são as de números (E) bancário, secretário e eletricista.
(A) 1, 2 e 3
(B) 1, 8 e 9
(C) 1, 7, e 10
(D) 2, 3 e 5
(E) 5, 7 e 10

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


65
(FCC) Para responder às questões de números 35 e 36, 37. (FCC) São dados cinco conjuntos, cada qual com
você deve observar que em cada um dos dois primeiros quatro palavras, três das quais têm uma relação entre si e
pares de palavras dadas, a palavra da direita foi obtida da uma única que nada tem a ver com as outras:
palavra da esquerda segundo determinado critério. Você X  {cão, gato, galo, cavalo}
deve descobrir esse critério e usá-lo para encontrar a Y  {Argentina, Bolívia, Brasil, Canadá}
palavra que deve ser colocada no lugar do ponto de Z  {abacaxi, limão, chocolate, morango}
interrogação. T  {violino, flauta, harpa, guitarra}
U  {Aline, Maria, Alfredo, Denise}
35. arborizado – azar
Em X, Y, Z, T e U, as palavras que nada têm a ver com
asteróides – dias
as demais são, respectivamente:
articular – ?
(A) galo, Canadá, chocolate, flauta e Alfredo.
(A) luar
(B) galo, Bolívia, abacaxi, guitarra e Alfredo.
(B) arar
(C) cão, Canadá, morango, flauta e Denise.
(C) lira
(D) cavalo, Argentina, chocolate, harpa e Aline.
(D) luta
(E) gato, Canadá, limão, guitarra e Maria.
(E) rara
38. (FCC) Se na numeração das páginas de um livro
36. ardoroso – rodo
foram usados 405 algarismos, quantas páginas tem esse
dinamiza – mina
livro?
maratona – ?
(A) 164
(A) mana
(B) 171
(B) toma
(C) 176
(C) tona
(D) 184
(D) tora
(E) 181
(E) rato

39. (FCC) Três letras devem preencher o esquema abaixo de modo a formar uma palavra. Para tal, use as
informações que o seguem.

– a palavra SOM não tem qualquer letra em comum com a palavra procurada;
– a palavra USO tem uma única letra em comum com a palavra procurada mas não em sua devida posição;
– a palavra RUM tem apenas uma letra em comum com a palavra procurada, na devida posição em que ela deve
ocupar;
– a palavra ARO tem uma única letra em comum com a palavra procurada mas não na sua devida posição;
– a palavra ATO tem exatamente duas letras em comum com a palavra procurada.
De acordo com as informações dadas, é correto concluir que a palavra que deve preencher o esquema
(A) tem duas consoantes na sua composição.
(B) termina por uma consoante.
(C) é um pronome possessivo.
(D) é um adjetivo.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


66
40. (FCC) Considere a figura abaixo. 41. (FCC) Dos seguintes grupos de letras, apenas quatro
apresentam uma característica comum:
GEFD–JHIG–NLMJ–SQRT–XUVT
Considerando que a ordem alfabética adotada exclui as
letras K, W e Y, o único grupo que não tem a
Se fosse possível deslizar sobre esta folha de papel as característica dos demais é
figuras apresentadas nas alternativas abaixo, aquela que (A) G E F D
coincidiria com a figura dada é (B) J H I G
(A) (C) N L M J
(D) S Q R T
(E) X U V T

42. (FCC) Isolda fez um saque no valor de R$ 130,00 no

(B) caixa eletrônico de um Banco, no momento em que ele


emitia apenas cédulas de R$ 10,00 e R$ 20,00. O total de
cédulas que, com certeza, Isolda NÃO deve ter recebido
é
(C) (A) 12
(B) 10
(C) 9
(D) 7
(E) 6
(D)
43. (FCC) Se em um determinado ano o mês de agosto
teve cinco sextas-feiras, cinco sábados e cinco domingos,
então o dia 13 de setembro desse ano caiu em
(E)
(A) uma quarta-feira.
(B) uma quinta-feira.
(C) uma sexta-feira.
(D) um sábado.
(E) um domingo.

44. (FCC – TCE SE/2011) Em uma repartição pública com 20 funcionários, 8 possuem o curso superior, 7 possuem o
curso médio sem o curso superior e 5 possuem apenas o ensino fundamental. Deseja-se constituir um grupo de
trabalho com estes funcionários para realizar uma determinada tarefa. Escolhendo aleatoriamente os funcionários, o
número mínimo de funcionários que devem fazer parte do grupo de trabalho para se ter certeza de que pelo menos
um funcionário possui curso superior é
(A) 8.
(B) 12.
(C) 13.
(D) 15.
(E) 16.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


67
45. (FCC – DPE SP 2013) A sequência chamada a partir de agora de DS (dobro da soma) é: 1; 1; 4; 10; 28; 76; ... .
Os dois primeiros termos da sequência DS são o número 1 e os termos seguintes são criados com a regra: dobro da
soma dos dois termos imediatamente anteriores. Assim, o terceiro termo é 4 pois 4 é o dobro da soma entre 1 e 1. O
quarto termo é 10 porque 10 é o dobro da soma entre 4 e 1. E a sequência segue dessa maneira ilimitadamente.
Sabendo que o 8º termo de DS é 568 e o 10º termo de DS é 4240, o 9º termo dessa sequência é
(A) 2120.
(B) 1552.
(C) 1136.
(D) 2688.
(E) 3104.

46. (FCC) Em um concurso de televisão, há uma caixa 47. (FCC) Huguinho, Zezinho e Luizinho, três irmãos
fechada com nove bolas, sendo três brancas, três azuis e gêmeos, estavam brincando na casa de seu tio quando
três verdes. O participante responde nove perguntas do um deles quebrou seu vaso de estimação. Ao saber do
apresentador e, a cada resposta correta, retira uma bola ocorrido, o tio perguntou a cada um deles quem havia
da caixa. O participante, que só identifica a cor da bola quebrado o vaso.
após retirá-la da caixa, ganha o prêmio do programa se Leia as respostas de cada um.
conseguir retirar da caixa pelo menos uma bola de cada Huguinho → “Eu não quebrei o vaso!”
cor. Para que o participante tenha certeza de que Zezinho → “Foi o Luizinho quem quebrou o vaso!”
ganhará o prêmio, independentemente de sua sorte ao Luizinho → “O Zezinho está mentindo!”
retirar as bolas da caixa, deverá responder corretamente, Sabendo que somente um dos três falou a verdade,
no mínimo, conclui-se que o sobrinho que quebrou o vaso e o que
(A) 3 perguntas. disse a verdade são, respectivamente,
(B) 5 perguntas. (A) Huguinho e Luizinho.
(C) 6 perguntas. (B) Huguinho e Zezinho.
(D) 7 perguntas. (C) Zezinho e Huguinho.
(E) 9 perguntas. (D) Luizinho e Zezinho.
(E) Luizinho e Huguinho.

48. (TRT 6ª região/2012) Uma faculdade possui cinco salas equipadas para a projeção de filmes (I, II, III, IV e V). As
salas I e II têm capacidade para 200 pessoas e as salas III, IV e V, para 100 pessoas. Durante um festival de cinema,
as cinco salas serão usadas para a projeção do mesmo filme. Os alunos serão distribuídos entre elas conforme a
ordem de chegada, seguindo o padrão descrito abaixo:
1ª pessoa: sala I
2ª pessoa: sala III
3ª pessoa: sala II
4ª pessoa: sala IV
5ª pessoa: sala I
6ª pessoa: sala V
7ª pessoa: sala II
A partir da 8ª pessoa, o padrão se repete (I, III, II, IV, I, V, II...). Nessas condições, a 496ª pessoa a chegar assistirá
ao filme na sala
(A) V. (B) IV. (C) III. (D) II. (E) I.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


68
49. (FCC – Executivo público SP/2010) Num quadra- 50. (FCC – TCE Amapá/2012) Considere que os
do mágico 4  4, os dezesseis números inteiros de 1 a números inteiros e positivos que aparecem no quadro
16 devem ser distribuídos entre as dezesseis células abaixo foram dispostos segundo determinado critério.
do quadrado (um número em cada célula) de modo 1 1 3 1 5 1
que a soma dos quatro números de qualquer linha, 2 2 2 4 2 5
qualquer coluna ou qualquer das duas diagonais seja
1 3 3 3 4
sempre a mesma. Considere o quadrado mágico
4 2 4 3
abaixo, parcialmente preenchido, em que as letras
1 5 2
representam os números que estão faltando.
6 1

Completando corretamente esse quadro de acordo


com tal critério, a soma dos números que estão
faltando é
(A) maior que 19.
(B) 19.
(C) 16.
Nessas condições, a diferença (Q  Z) vale
(D) 14.
(A) 13.
(E) menor que 14.
(B) 11.
(C) 1.
(D) 11.
(E) 13.

GABARITO
1–A 6–A 11 – A 16 – D 21 – E 26 – C 31 – C 36 – D 41 – D 46 – D 51 – E
2–B 7–B 12 – D 17 – B 22 – B 27 – D 32 – C 37 – A 42 – E 47 – A 52 – E
3–E 8–E 13 – D 18 – B 23 – C 28 – D 33 – B 38 – B 43 – D 48 – A 53 – A
4–D 9–A 14 – A 19 – D 24 – E 29 – E 34 – D 39 – C 44 – C 49 – D 54 – D
5–E 10 – B 15 – C 20 – E 25 – D 30 – B 35 – A 40 – B 45 – B 50 – A 55 – A

e-mail: danielaarboite@cpcrs.com.br
www.facebook.com/prof.daniela.arboite

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


69
EXERCÍCIOS DE SEQUÊNCIAS LÓGICAS

1. (FCC) Observe que no esquema seguinte a disposição das figuras segue um determinado padrão.

?
De acordo com tal padrão, a figura que completa a série é

(A) (B) (C) (D) (E)

2. (FCC) Considere a sequência de figuras abaixo.

A figura que substitui corretamente a interrogação é

(A) (B) (C) (D) (E)

3. (FCC) A sequência de figuras denominada A é formada por três figuras que se repetem ilimitadamente, sempre na
mesma ordem. A sequência de figuras denominada B é formada por quatro figuras que se repetem ilimitadamente,
sempre na mesma ordem.

Considerando as 15 primeiras figuras de cada sequência pode-se observar que o número de vezes em que as duas
sequências apresentam figuras simultaneamente iguais é
(A) 1. (B) 2. (C) 3. (D) 4. (E) 5.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


70
4. (FCC) A sequência de figuras abaixo foi construída obedecendo a determinado padrão.

♥ ?
♣ ♥
♣ ♣

Segundo esse padrão, a figura que completa a sequência é


(A) (B) (C) (D) (E)

♣ ♥ ♣ ♥
♥ ♥ ♣ ♥ ♣

5. (FCC) Em cada linha do quadro abaixo, as figuras foram desenhadas obedecendo a um mesmo padrão de
construção.

Segundo esse padrão, a figura que deverá substituir corretamente o ponto de interrogação é:

(A) (B) (C) (D) (E)

6. (FCC) A sequência de figuras seguinte foi escrita obedecendo a determinado padrão.

Segundo esse padrão a figura que completa a série dada é


(A) (B) (C) (D)

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


71
7. (CESGRANRIO) Na sequência A B C D E A B C D E A B C D E A ..., a letra que ocupa a 728ª posição é
(A) A (B) B (C) C (D) D (E) E

8. (FCC) No alfabeto oficial da língua portuguesa é fixada a ordem que cada letra ocupa:

Se as letras do alfabeto oficial fossem escritas indefinida e sucessivamente na ordem fixada - A B C D E F G H I J KL M


N O P Q R S T U V W X Y Z A B C D E F G H I ... -,a letra que ocuparia a 162ª posição seria
(A) B. (B) C. (C) F. (D) K. (E) N.

9. (FCC) Estão representados a seguir os quatro primeiros elementos de uma sequência de figuras formadas por
quadrados.

Mantido o padrão, a 20ª figura da sequência será formada por um total de quadrados igual a
(A) 80 (B) 84 (C) 88 (D) 96 (E) 100

10. (FCC – SERGIPE GÁS/Administrador/2013) Apenas cinco figuras diferentes formam a sequência W de dez figuras.
Sequência W:

Imagine a sequência Z que repete a sequência W ilimitadamente e na mesma ordem de seus elementos.
Assim, uma sequência de três figuras formada pelas 34ª, 49ª e 75ª figuras da sequência Z é
(A) (B)

(C) (D)

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


72
(E)

11. (FCC) A figura abaixo mostra um triângulo composto por letras do alfabeto e por alguns espaços vazios, nos quais
algumas letras deixaram de ser colocadas.

A
– L
B C D
– – ? P
E F G H I

Considerando que a ordem alfabética é a oficial e exclui as letras K, W e Y, então, se as letras foram dispostas
obedecendo a determinado critério, a letra que deveria ocupar o lugar do ponto de interrogação é
(A) J
(B) L
(C) M
(D) N
(E) O

12. (FCC- PGE BA 2013) Assinale a alternativa correspondente ao número que falta na seguinte série:

(A) 134
(B) 37
(C) 233
(D) 335
(E) 50

GABARITO
1–B 2–A 3–C 4–D 5–B 6–C
7–C 8–C 9–B 10 – C 11 – E 12 – B

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


73
EXERCÍCIOS DE SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS

1. (FCC – TRF 4ª região 2010) Considere que os números dispostos em cada linha e em cada coluna da seguinte malha
quadriculada devem obedecer a determinado padrão.

Entre as células seguintes, aquelas que completam corretamente a malha é


(A) (B) (C) (D) (E)

2. (FCC) No quadro abaixo, a letra X substitui o número que faz com que a terceira linha tenha o mesmo padrão das
anteriores.

4 28 22

6 42 36

9 63 X

Segundo tal padrão, o número que deve substituir X é


(A) menor que 50.
(B) maior que 60.
(C) primo.
(D) múltiplo de 5.
(E) divisível por 3.

3. (FCC) Considere que os termos da sequência seguinte foram obtidos segundo determinado critério:

 1 5 3 15 13 65 63 
 , , , , , , , ... 
 1 4 3 12 11 44 43 
x
Se é o nono termo dessa sequência, obtido de acordo com esse critério, então a soma x  y é um número
y

(A) menor que 400.


(B) múltiplo de 7.
(C) ímpar.
(D) quadrado perfeito.
(E) maior que 500.

4. (FCC) Considere que os termos da sequência seguinte foram sucessivamente obtidos segundo determinado padrão:
(3, 7, 15, 31, 63, 127, 255, ...)
O décimo termo dessa sequência é
(A) 1537. (B) 1929. (C) 1945. (D) 2047. (E) 2319.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


74
5. (FCC) No quadriculado seguinte os números foram colocados nas células obedecendo a um determinado padrão.

16 34 27 X

13 19 28 42

29 15 55 66

Seguindo esse padrão, o número X deve ser tal que


(A) X  100
(B) 90 X  100
(C) 80  X  90
(D) 70  X  80
(E) X  70

6. (FCC) Os números abaixo estão dispostos de maneira lógica.


8 1 12 10 14 11 ...... 3 7 5 16 9
A alternativa correspondente ao número que falta no espaço vazio é
(A) 51 (B) 7 (C) 12 (D) 6 (E) 40

7. (FCC) Na sequência seguinte o número que aparece entre parênteses é obtido segundo uma lei de formação.
63(21)9 – 186(18)31 – 85( ? )17
O número que está faltando é
(A) 15 (B) 17 (C) 19 (D) 23 (E) 25

8. (FCC) Assinale a alternativa que substitui corretamente a interrogação na seguinte sequência numérica:
8 12 24 60 ?
(A) 56 (B) 68 (C) 91 (D) 134 (E) 168

9. (FCC) Observe que na sucessão seguinte os números foram colocados obedecendo a uma lei de formação.

4 8 5 X 7 14 11

4 12 10 Y 28 84 82

Os números X e Y, obtidos segundo essa lei, são tais que X  Y é igual a:


(A) 40
(B) 42
(C) 44
(D) 46
(E) 48

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


75
10. (FCC) Observe a seguinte sucessão de multiplicações:
5 × 5  25
35 × 35  1.225
335 × 335  112.225
3.335 × 3. 335  11.122.225
A análise dos produtos obtidos em cada linha permite que se conclua corretamente que, efetuando 33.333.335 ×
33.333.335, obtém-se um número cuja soma dos algarismos é igual a:
(A) 28 (B) 29 (C) 31 (D) 34 (E) 35

11. (FCC) Assinale a alternativa que completa a série seguinte: 9, 16, 25, 36, ...
(A) 45 (B) 49 (C) 61 (D) 63 (E) 72

12. (FCC) Observe que, na sucessão de figuras abaixo, os números que foram colocados nos dois primeiros triângulos
obedecem a um mesmo critério.

Para que o mesmo critério seja mantido no triângulo da direita, o número que deverá substituir o ponto de interrogação é
(A) 32 (B) 36 (C) 38 (D) 42 (E) 46

13. (PONTUA) Observe a sequência numérica:


1 16 25 64
, , , , ...
4 9 36 49
Assinale a alternativa CORRETA, que correspondente ao próximo número da sequência:
82 100 81 100
(A) (B) (C) (D)
99 72 100 81

14. (PONTUA) Observe a sequência numérica abaixo e assinale a alternativa CORRETA, que corresponde ao próximo
número da sequência: 77, 49, 36, 18,....
(A) 8 (B) 7 (C) 10 (D) 14

GABARITO
1–E 2–E 3–D 4–D 5–A 6–D 7–A
8–E 9–A 10 – A 11 – B 12 – B 13 – C 14 – A

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


76
QUESTÕES COMENTADAS

1. (FCC – TRF 2ª região/2012) Suponha que, no dia 15 de janeiro de 2011, um sábado, Raul recebeu o seguinte e-mail
de um amigo:
"Este é um mês especial, pois tem 5 sábados, 5 domingos e 5 segundas-feiras e isso só ocorrerá novamente daqui a
823 anos. Repasse esta mensagem para mais 10 pessoas e, dentro de alguns dias, você receberá uma boa notícia."
Tendo em vista que é aficionado em Matemática, Raul não repassou tal mensagem pois, após alguns cálculos,
constatou que a afirmação feita na mensagem era falsa. Assim sendo, lembrando que anos bissextos são números
múltiplos de 4, Raul pode concluir corretamente que o próximo ano em que a ocorrência de 5 sábados, 5 domingos e 5
segundas-feiras acontecerá no mês de janeiro será
(A) 2022.
(B) 2021.
(C) 2020.
(D) 2018.
(E) 2017.

15/01/2011 (sábado) – Conforme o enunciado


1º/01/2011 (sábado) – exatamente 2 semanas antes
1º/01/2012 (domingo)
1º/01/2013 (terça) – porque 2012 é bissexto
1º/01/2014 (quarta)
1º/01/2015 (quinta)
1º/01/2016 (sexta)
1º/01/2017 (domingo) – porque 2016 é bissexto
1º/01/2018 (segunda)
1º/01/2019 (terça)
1º/01/2020 (quarta)
1º/01/2021 (sexta) – porque 2020 é bissexto
1º/01/2022 (sábado)
ALTERNATIVA A

2. (FCC – Metrô SP/2012) Todo ano bissexto é um número múltiplo de 4. Com base nessa afirmação, é correto afirmar
que, se 23/01/2012 ocorreu em uma segunda-feira, então, no ano de 2019 o dia 23 de janeiro ocorrerá em
(A) um domingo.
(B) um sábado.
(C) uma sexta-feira.
(D) uma quinta-feira.
(E) uma quarta-feira.

O ano tem 365 dias e isso corresponde a 52 semanas e um dia. Assim, a cada ano, cada data será no dia seguinte da
semana. Quando o ano é bissexto são 52 semanas e 2 dias, então “pula” um dia.

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


77
23/01/2012  SEGUNDA
23/01/2013  QUARTA (porque 2012 é bissexto)
23/01/2014  QUINTA
23/01/2015  SEXTA
23/01/2016  SÁBADO
23/01/2017  SEGUNDA (porque 2016 é bissexto)
23/01/2018  TERÇA
23/01/2019  QUARTA
ALTERNATIVA E

3. (FCC – TRF 3ª região 2014) Na sequência (1; A; 2; 3; B; 4; 5; 6; C; 7; 8; 9; 10; D; 11; . . .) o terceiro termo que aparece
após o aparecimento da letra J é
(A) 69.
(B) 52.
(C) K.
(D) 58.
(E) 63.

A sequência segue o seguinte padrão:


1–A
2, 3 – B
4, 5, 6 – C
7, 8, 9, 10 – D
Antes de cada letra, a quantidade de números vai aumentando 1 a 1.
Dessa forma, antes do J serão 10 números.
1  2  3  4  4  5  6  7  8  9  10  55

Depois do J os números são 56, 57, 58, ...

Logo, o terceiro termo que aparece depois do J é 58.

Outra forma de observar:


A – 2, 3
B – 4, 5, 6
C – 7, 8, 9, 10
D – 11, 12, 13, 14, 15
E – 16, 17, 18, 19, 20, 21
F – 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28
G – 29, 30, 31, 32, 33, 34, 35, 36
H – 37, 38, 39, 40, 41, 42, 43, 44, 45
I – 46, 47, 48, 49, 50, 51, 52, 53, 54, 55
J – 56, 57, 58, ...
ALTERNATIVA D

Profª. Daniela Arboite MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO


78

Você também pode gostar