Você está na página 1de 7

ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO UBALDO MONTEIRO DA SILVA

EDUCARTE

VÁRZEA GRANDE
2018
IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR

A escola Estadual Deputado Ubaldo Monteiro da Silva, Localizada no


município de Várzea Grande, a rua Minas Gerais, bairro Jardim dos Estados,
tem como gestora: Sirlei Rosa Chaga e para o biênio 2019 e 2020 Elma
Francisca Gomes. A escola possui 1115 alunos divididos em três turnos:
matutino, vespertino e noturno, porém a maior concentração de estudantes
está no período matutino e vespertino. A instituição oferece as modalidades de
Ensino Fundamental, Ensino Médio, e Educação de Jovens e Adultos. O
Telefone para contato são 3694-8319 e email –
vzg.ee.ubaldom.silva@educacao.mt.gov.br.
JUSTIFICATIVA

Adotar medidas para ampliar o conhecimento e desenvolvimento dos


educandos no processo de ensino e aprendizagem é função da escola, bem
como do poder publico que a mantém, portanto vimos no projeto Educarte uma
das possibilidades de melhorar o desempenho dos alunos em vários aspectos
como: físico, emocional, intelectual e mental, pois entendemos que muitos
estudantes precisam de oportunidades além da sala de aula para
desenvolverem potencialidades que lhe permitam compreender melhor si
mesmo e outros grupos com os quais convive cotidianamente.
O projeto Educarte pode ser uma porta para que os educandos
percebam possibilidades, a partir das oficinas e outras atividades que o projeto
propõem que envolvem as relações humanas e atividades artísticas como
teatro, dança, locução, atividades artesanais e produção de vídeos e
fotografias, essas atividades podem oferecer aos alunos outra visão sobre o
modo de ser e estar no mundo.
Sabemos ainda que são poucos os alunos que possuem acesso a
atividades culturais, por isso se a escola puder oferecer essa oportunidade e
acompanhar os alunos nesse processo é mais uma ferramenta que
oportunizará o crescimento e a socialização dos alunos integrados ao projeto.
A escola tem trabalhado o Educomunicação há alguns anos e já é uma
atividade consolidada, que tem produzido um efeito bastante positivo para os
participantes bem como para a escola, uma vez que os mesmos se interessam
muito pela Rádio escolar. Os alunos têm demonstrado e desenvolvido
habilidades de comunicação oral, leitura e planejamento de textos orais que
apresentados no horário de transmissão, portanto o uso da rádio na escola já é
uma atividade de sucesso.
Portanto consideramos de suma importância que a escola possa ampliar
seu atendimento aos estudantes por meio do projeto Educarte para que
tenham maiores condições de desenvolver habilidades e aptidões, bem como
conhecimentos que lhes auxiliem na busca por novas formas de pensar e agir
no mundo, o que contribuirá para transformar sua realidade e porque não a de
outros com os quais convive.

OBJETIVOS

Oportunizar aos educandos um espaço de aprendizagem além da sala


de aula de modo a incentivá-los e auxiliá-los no processo de aprendizagem, a
partir de praticas cooperativas e colaborativas que visem promover
transformação intelectual e emocional num processo contínuo de ação e
reflexão de práticas criativas propostas no projeto Educarte.
Possibilitar aos educandos ampliar conhecimentos no processo de
aprendizagem e interação, bem como desenvolver habilidades artísticas por
meio do movimento, encenação e produção que lhes possibilitem atuar como
protagonistas no ato de aprender.

Para desenvolver o projeto Educarte na Escola Estadual Ubaldo


Monteiro da Silva nos propomos trabalhar as seguintes atividades:

II. Desenho/Pintura/Escultura e Cerâmica/Artesanato


IV. Rádio Escolar/Ambiente de redes Sociais
VI. Teatro/Dança

As turmas serão compostas de acordo com as atividades:


II. Desenho/Pintura/Escultura e Cerâmica/Artesanato
30 alunos: 15 alunos do período matutino e 15 do período vespertino
Aulas: 2 horas durante a semana na quarta-feira manhã e tarde 4 e 4 horas no
sábado. Total de 8 horas por semana.

IV. Rádio Escolar/Ambiente de redes Sociais


35 alunos 15 no período matutino, 15 no período vespertino e 5 alunos no
período noturno.
Encontros: 1 hora e 30 minutos por atendimento de funcionamento da Rádio
nos três períodos segunda, quarta e sexta-feira. Total de horas 13 semanais
VI. Teatro/Dança
35 alunos que podem se dividir entre as atividades de dança e teatro
Aulas: 3 horas de manhã 2 horas a tarde e 4 horas no sábado. Total 9 horas.
O total geral são de 100 alunos atendidos pelo projeto Educarte.

METODOLOGIA
Consideramos importante no processo metodológico adequar o
desenvolvimento do projeto Educarte ao espaço escolar para que este se
desenvolva de modo satisfatório. A escola possui uma pequena sala de mídia
equipada com computador, mesa e caixas de som já instalados nos corredores
da escola, onde funciona a Rádio Escolar local onde os alunos se reúnem para
realizar as atividades propostas pelo projeto. No momento a escola não possui
uma sala ociosa, mas pretendemos nos reunir para ensaios de teatro e dança
depois das aulas normais, bem como aos sábados com a participação da
equipe gestora.
A Rádio Escolar funcionará 3 (três) dias por semana nos três turnos:
matutino, vespertino e noturno. Os alunos do período matutino vem no período
da tarde e os educandos do matutino no turno vespertino. No período noturno
pode haver um revezamento entre os alunos do vespertino e do período
noturno, pois muitos educandos querem participar, mas trabalham durante o
dia, por isso participam a noite mesmo. A Rádio escolar funciona sempre no
intervalo das aulas, ou seja durante o recreio. O coordenador responsável
precisa chegar com antecedência para decidir com os participantes o que será
transmitido, quem vai fazer a locução e as músicas que darão início ao
programa.
Será feito uma reunião por semana com os participantes do projeto para
definir os assuntos veiculados e temas a serem trabalhados, bem como a
alimentação de noticias do projeto nas redes sociais. Essa reunião será entre
as 17:00 e 19:00 horas.
Para as atividades de dança e teatro será ofertada uma parte teórica
básica a respeito do teatro e da dança, pois são aulas que darão um
embasamento teórico ao que os alunos vão posteriormente praticar. São 8
aulas teóricas destinadas ao Teatro e 8 aulas para a Dança. Para realizar as
aulas práticas consideramos importante decidir em conjunto o tipo de dança e
teatro que seria interessante trabalhar nos grupos, pois os mesmos possuem
um público bastante amplo para apresentações na própria escola ou em
escolas próximas. A unidade escolar trabalha anualmente o projeto “Semana
Literária” onde os alunos fazem muitas apresentações de teatros, que são
muito bem trabalhadas porque se trata de uma atividade que estes gostam e se
dedicam muito. As atividades teatrais envolvem: seleção, adaptação,
memorização, encenação, produção de cenário e vestuário. Nesse sentido é
importante que haja um acompanhamento contínuo do coordenador para
incentivar os alunos a produzir um bom trabalho.
Para o trabalho com a dança é preciso diálogo sobre o tipo de dança,
pesquisa sobre o assunto para conhecer melhor a modalidade artística,
selecionar música que acompanhará os ensaios que serão realizados na
quadra da escola. Será feito também dinâmicas de interação para ampliar os
laços de amizade e companheirismo entre os grupos de trabalho no sentido de
desenvolver atitudes cooperativas e colaborativas de trabalho em equipe, pois
quanto mais entrosados estiverem melhor produzirão.
As atividades de Desenho/Pintura/Escultura e Cerâmica/Artesanato
serão realizadas no pátio da escola conforme já foi apresentado acima. A
escola realiza alguns eventos durante o ano em que são necessários
confeccionar objetos de cunho decorativo, sendo assim as atividades
produzidas nessa oficina podem contribuir para a ornamentação, decoração do
próprio ambiente escolar, bem como serão feitas exposições bimestrais de
trabalhos realizados pelos alunos na escola nos três períodos de
funcionamento. Assim que o grupo inscrito na oficina decidir que tipo de
atividade realizar e dependendo do interesse dos estudantes é possível buscar
parcerias com pessoas que tenham maior conhecimento de técnicas
específicas em Desenho/Pintura/Escultura e Cerâmica/Artesanato, como
também é importante incentivar a pesquisa em livros e na internet no sentido
de ampliar o conhecimento nessa área para se produzir um bom trabalho.
Sabemos ainda que os recursos financeiros da escola são poucos vimos
como alternativa trabalhar com material reciclado que pode ser encontrado com
facilidade e que não vão gerar gastos excessivos para a escola. Trabalhos
conhecidos internacionalmente como o de Vik Muniz no documentário Lixo
Extraordinário pode ser uma excelente parâmetro para incentivar os alunos
segui-lo como exemplo, pois além de produzir trabalhos fantásticos vão
contribuir para o aumento da consciência ambiental.

RECURSOS PEDAGÓGICOS
A escola já possui o equipamento completo da Rádio Escolar
Fantoches para teatro
TNT para confecção de vestuário
Papéis sulfites
Material fotocopiado
Sala de Multimídia
Caixa de som e notebook
Materiais reciclados para confecção de trabalhos artesanais

ESPAÇOS PARA AS AULAS DO PROJETO EDUCARTE


A escola possui a sala onde funciona a Rádio Escolar, uma quadra onde
podem ser feitos os ensaios de teatro e dança, o pátio para a realização de
oficinas de Desenho/Pintura/Escultura e Cerâmica/Artesanato e salas comuns
aos sábados.

A AVALIAÇÃO DO PROJETO
A avaliação se dará de modo processual e contínuo pelo coordenador e equipe
gestora da escola, bem como é importante fazer rodas de conversas e uma
avaliação escrita por bimestre com os educandos para que eles também
participem essa avaliação no sentido de buscar melhorias para o projeto.

O projeto será executado durante o ano letivo de 2019.

IDENTIFICAÇÃO DOS ELABORADORES DO PROJETO

Marcia Maria Silva de Souza


Sirley Rosa Chaga
Andreia Cristina de Freitas