Você está na página 1de 5

SIMULADO INTENDÊNCIA – ESPCEX 2019

1. Estas fotos retratam alguns dos tipos de formação vegetal nativa encontrados no território nacional.

Correlacione as formações vegetais retratadas nas fotos às áreas de ocorrência indicadas nos mapas abaixo.
a)

b)

c)

d)

e)

2. Os climogramas anteriores se referem, respectivamente, aos climas brasileiros:


a) Tropical de altitude, Tropical e Tropical úmido.
b) Equatorial Semiúmido, Tropical de altitude e Tropical Semiárido.
c) Tropical Úmido, Equatorial Semiúmido e Equatorial úmido.
d) Equatorial úmido, Tropical e Tropical úmido.
e) Tropical, Subtropical e Tropical de altitude.

3. Por volta das 9 horas do dia 11 de setembro de 2001, o mundo assistiu atônito aos ataques terroristas às
torres gêmeas do “World Trade Center”, na cidade de Nova lorque, localizada a 74° de longitude oeste de
Greenwich. Tem-se apontado como o autor intelectual dos ataques o saudita Osama Bin Laden, que se
encontra escondido no Afeganistão. A diferença horária entre a cidade de Cabul, no Afeganistão, e a cidade de
Nova lorque, nos EUA, é de +9h30min. Com base nas informações anteriores, a longitude da capital afegã é:
a) 142°30’ longitude oeste de Greenwich. b) 135°00’ longitude oeste de Nova lorque.
c) 216°30’ longitude leste de Nova lorque. d) 83°30’ longitude leste de Greenwich.
e) 68°30’ longitude leste de Greenwich.

4. Três jovens amigos estão localizados em pontos diferentes da Terra: Paulo está a 165° leste de Greenwich;
Pedro permanece a 45° a oeste de Paulo, e Clara está a 2° oeste de Greenwich. Sabendo que no Meridiano
Inicial são 18 horas do dia 5 de janeiro, a hora legal e o dia em que estão Paulo, Pedro e Clara são,
respectivamente:
A) Paulo 4h – dia 6 D) Paulo 7h – dia 6
Pedro 2h – dia 6 Pedro 9h – dia 5
Clara 16h – dia 5 Clara 18h – dia 6

B) Paulo 5h – dia 6 E) Paulo 5h – dia 6


Pedro 3h – dia 6 Pedro 2h – dia 6
Clara 5h – dia 5 Clara 18h – dia 5

C) Paulo 17h – dia 5


Pedro 15h – dia 5
Clara 18h – dia 6

5. Fusos horários e Projeções Cartográficas: (UFES) As figuras a seguir mostram o mundo representado em
projeções cartográficas diferentes.

Analisadas as figuras anteriores, é CORRETO afirmar que:


A) ambas as projeções são cilíndricas, sendo que a de Mercator é equivalente e a de Peters é conforme.
B) a projeção de Mercator conserva as áreas dos continentes e, por esse motivo, é chamada de eurocêntrica.
C) a projeção de Mercator é conforme, ou seja, conserva as formas dos continentes e é a mais adequada para a
navegação marítima.
D) a projeção de Peters é a mais adequada para a representação dos países do Terceiro Mundo, pois mantém
as formas em proporção correta.
E) a projeção de Peters é equidistante, ou seja, mantém a proporcionalidade real nas medidas de distâncias e
ângulos.
6. “Calcula-se que 78% do desmatamento na Amazônia tenha sido motivado pela pecuária – cerca de 35% do
rebanho nacional está na região – e que pelo menos 50 milhões de hectares de pastos são pouco produtivos.
Enquanto o custo médio para aumentar a produtividade de 1 hectare de pastagem é de 2 mil reais, o custo
para derrubar igual área de floresta é estimado em 800 reais, o que estimula novos desmatamentos.
Adicionalmente, madeireiras retiram as árvores de valor comercial que foram abatidas para a criação de
pastagens. Os pecuaristas sabem que problemas ambientais como esses podem provocar restrições à pecuária
nessas áreas, a exemplo do que ocorreu em 2006 com o plantio da soja, o qual, posteriormente, foi proibido
em áreas de floresta.”
A partir da situação-problema descrita, conclui-se que:
a) o desmatamento na Amazônia decorre principalmente da exploração ilegal de árvores de valor comercial.
b) um dos problemas que os pecuaristas vêm enfrentando na Amazônia é a proibição do plantio de soja.
c) a mobilização de máquinas e de força humana torna o desmatamento mais caro que o aumento da
produtividade de pastagens.
d) o superávit comercial decorrente da exportação de carne produzida na Amazônia compensa a possível
degradação ambiental.
e) a recuperação de áreas desmatadas e o aumento de produtividade das pastagens podem contribuir para a
redução do desmatamento na Amazônia.

7. Leia o texto.

Tendo em vista as grandes desigualdades inter-regionais no país, a seção analisa, nas cinco grandes regiões
brasileiras, as mudanças recentes no número e na área ocupada pelos estabelecimentos (empreendimentos)
agropecuários conforme os três estratos de área delimitados anteriormente: menos de 10 ha (pequeno), de 10
a menos de 100 ha (médio) e a partir de 100 ha. De acordo com os dados dos três últimos censos
agropecuários, há uma redução sistemática no número de estabelecimentos no Nordeste e no Sul do Brasil.
Nas demais regiões, há uma queda de 1985 para 1995/96 e um crescimento de 1995/96 a 2006.
O quadro da estrutura fundiária brasileira reflete a seguinte afirmação do geógrafo Ariovaldo Umbelino de
Oliveira (2005):
a) O desenvolvimento do capitalismo no campo abre espaço, simultaneamente, tanto para a expansão do
trabalho familiar camponês na sua forma clássica, quanto para o trabalhador assalariado.
b) A industrialização da agricultura revela que o capitalismo está contraditoriamente unificando o que ele
separou no início de seu desenvolvimento: homem e terra.
c) O traço essencial da estrutura fundiária brasileira é o caráter concentrador da propriedade da terra e,
contraditoriamente, o crescimento do número de pequenas propriedades.
d) O processo de industrialização da agricultura tem eliminado gradativamente a separação entre a cidade e o
campo, entre o rural e o urbano, unificando-os harmonicamente.
e) O estudo da agricultura brasileira deve ser feito no bojo da compreensão dos processos de desenvolvimento
da indústria de bens de consumo no território brasileiro.

8. A energia hidrelétrica é o resultado do aproveitamento do curso dos rios e seus desníveis, usando a força da
água (energia potencial) para movimentar turbinas que geram energia mecânica, e é transmitida por fios, à
população em forma de energia elétrica. Sobre as hidrelétricas é incorreto afirmar:
a) Apesar do alto custo para a instalação de uma usina hidrelétrica, o preço do seu combustível (a água) é zero.
b) Apesar de ser uma fonte de energia renovável e não emitir poluentes, as hidrelétricas causam grande
impacto ambiental e social.
c) Os reservatórios de hidrelétricas ajudam a absorver os gases do efeito estufa.
d) Boa parte das florestas inundadas se decompõe produzindo sulfeto de hidrogênio (H2S), um dos gases que
contribuem para o efeito estufa.
e) Causa extinção de certas espécies de peixes e torna o ambiente propício a transmissão de doenças como
malária e esquistossomose.
9. O Brasil tem um grande potencial em sua rede hidrográfica, por apresentar rios caudalosos, grande volume
d’água, predomínio de rios perenes, de foz em estuário, de regime pluvial de drenagem exorreica, de grande
potencial hidráulico e outros. Observe o mapa das bacias hidrográficas brasileiras.

A linha que vai de “A” a “B” passa sobre três bacias hidrográficas, que são
a) Amazônica, do Tocantins-Araguaia, do Nordeste. b) do São Francisco, do Nordeste, do Leste.
c)Platina, do São Francisco, do Sul-Sudeste. d) do Tocantins-Araguaia, do São Francisco, do Leste.
e) do Norte, Platina, do Leste.

10. Ao contrário da União Europeia, o MERCOSUL não pode ser considerado um verdadeiro mercado comum,
pois:
a) após várias tentativas frustradas, desistiu de unificar as moedas.
b) não pratica a livre circulação de serviços, capitais e pessoas.
c) é integrado por países que apresentam notável similaridade econômica, histórica e cultural.
d) não exige dos países-membros compromissos com a manutenção do regime democrático.
e) está vinculado à União Europeia, para fazer frente à ALCA, que o impede de ser um bloco econômico
autônomo.

11. “As relações com a África (notadamente com os países lusófonos) e com outros grandes países emergentes
(BRIC – Brasil, Rússia, Índia e China) foram objeto de atenção do governo Lula ao longo de seus dois mandatos.
Ele fez dez viagens à África, para 25 dos 53 países do continente, durante 8 anos […] durante sua sétima
viagem, ele foi acompanhado de empresários dos setores de energia, de construção, da indústria aeronáutica e
de finanças…”
Comparando esse momento da política de relações exteriores com a tradição brasileira nessa área, pode-se
concluir que
a) foi uma ação desse governo brasileiro, especialmente em relação ao continente africano, nova fronteira de
desenvolvimento econômico mundial, que manteve uma prática inaugurada em governos anteriores.
b) foi uma investida desse governo em novas perspectivas de relações exteriores, com o objetivo de criar
outros eixos de cooperação e comércio, em relação aos tradicionais agenciados pela diplomacia brasileira.
c) as ações no continente africano, que encontraram resistência no Brasil, não foram uma escolha e sim uma
imposição dos novos rumos da economia mundial, voltados agora para esse continente.
d) o que ocorreu de novo foi a abertura para a África, pois as relações com os países do BRIC apenas
acentuaram uma tradição de relações comerciais, especialmente no campo da tecnologia.

12. As previsões de especialistas para 2015 projetam que cerca de 33 cidades do mundo terão, pelo menos, 8
milhões de habitantes ocupando 0,4% da área do planeta. Assinale a alternativa que contém o processo
descrito e alguns impactos ambientais importantes dele resultantes.
a) Envelhecimento da população; favelas; voçoroca.
b) Globalização; efeito estufa; assoreamento dos rios.
c) Urbanização; segregação espacial; enchentes.
d) Emigração; chuva ácida; migrações pendulares.
e) Favelização; secas; erosão eólica.

Você também pode gostar