Você está na página 1de 14

MANUAL DE ORIENTAÇÕES

PARA ELABORAÇÃO DE
PROJETOS INTEGRADORES

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO

TECNOLÓGICA EM PROCESSOS

ESCOLARES

SÃO PAULO
2019
2

Introdução

A prática pedagógica dos Cursos Superiores de Graduação Tecnológica da UNISA busca


o desenvolvimento de competências e a capacidade de integração destas competências, portanto,
a avaliação dos conteúdos a partir das disciplinas será agregada à avaliação dos projetos
integradores. Os projetos integradores têm significância idêntica aos resultados das demais
disciplinas, inclusive para a obtenção da certificação de qualificação profissional, o que promove
o desenvolvimento das competências e integração dos conhecimentos. A prática pedagógica
destes cursos prevê que as avaliações dos projetos integradores sejam realizadas por professores
especializados nas diversas áreas do conhecimento, relacionados aos respectivos cursos e também
em bancas avaliadoras multidisciplinares.

Os projetos integradores possibilitam a visão crítica e integrada dos conhecimentos,


buscando a constante inovação, criatividade, adaptação e identificação de oportunidades e
alternativas na gestão das organizações. O modelo de integração de conhecimentos permite o
desenvolvimento de competências a partir da aprendizagem pessoal e não somente o ensino
unilateral. Os projetos integradores procuram estabelecer a ambientação da aprendizagem,
estimulando a resolução de problemas organizacionais, capacitando e ampliando as alternativas
para gestão e melhoria das práticas organizacionais.

O escopo dos projetos integradores é definido para o segundo, terceiro e quarto módulos
dos cursos, de modo que o aluno possa aplicar num mesmo trabalho saberes adquiridos dentro e
fora do ambiente escolar. O escopo é criado em forma de desafio ao aluno, procurando
desenvolver a visão crítica e sistêmica de processos, a criatividade, a busca de novas alternativas,
o empreendedorismo e a capacidade de interpretar o mercado e identificar oportunidades, a
gestão, o planejamento, além das condições para o autoconhecimento e avaliação.

Os projetos permitem o acompanhamento do desenvolvimento das competências


apresentadas ao longo dos módulos, aproximando alunos e professores na construção do
conhecimento e prática organizacional. A avaliação será através da aplicação de instrumentos
pertinentes às características dos projetos e desenvolvimento das respectivas disciplinas:
3

pesquisas, estudos de caso, desenvolvimento de projetos de intervenção, simulação na


implementação de projetos, estudos técnicos, etc., que serão propostos e acompanhados pela
Coordenação dos Cursos. A Coordenação dos Cursos também designará docente para a
orientação direta do projeto integrador para cada um dos cursos ofertados.

Ainda conforme legislação para os Cursos Superiores de Graduação Tecnológica, segundo


o Parecer CNE/CES nº. 436/2001, que trata de Cursos Superiores de Tecnologia – Formação de
Tecnólogos, para a concessão de diploma poderia ser opcional a apresentação de trabalho de
conclusão de curso, podendo ser desenvolvido sob a forma de Monografia, Projeto, Análise de
Casos, Performance, Produção Artística, Desenvolvimento de Instrumentos, Equipamentos,
Protótipos, entre outros, de acordo com a natureza da área profissional e os fins do curso,
portanto, para os Cursos Superiores de Tecnologia da UNISA, na área de Gestão, definimos a
elaboração dos Projetos Integradores e este Manual de Orientações instruirá e regulará o
funcionamento destes trabalhos.
4

1. Objetivos dos Projetos Integradores

Os Projetos Integradores têm por objetivo integrar os conhecimentos nas áreas específicas
dos cursos e a prática organizacional, promovendo o desenvolvimento de competências, ou seja,
a capacidade pessoal de mobilizar, articular e colocar em ação conhecimentos, habilidades,
atitudes e valores necessários para o desempenho eficiente e eficaz de atividades requeridas pela
natureza do trabalho e pelo desenvolvimento tecnológico.
O estreitamento do relacionamento entre o ambiente empresarial e os alunos dos cursos
tecnológicos de gestão será efetivamente realizado através destes projetos, ou seja, as
experiências providas por estas atividades facilitarão a articulação das competências
desenvolvidas ao longo do curso com o mercado de trabalho. Os projetos integradores reforçam
esta prática pedagógica, os objetivos gerais destes projetos são:

 Ambientação com o mercado de trabalho;

 Legitimação dos conceitos face às práticas organizacionais;

 Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento;

 Desenvolver habilidades de pesquisa e interpretação de dados e informações;

 Despertar o senso prático e o interesse pela pesquisa no exercício profissional;

 Promover integração e cooperação tecnológica entre a universidade e o mercado de


trabalho;

 Incentivar a criatividade e os talentos pessoais e profissionais;

 Identificar oportunidades de negócios e novas alternativas para a gestão empresarial;

 Interação com os conhecimentos acadêmicos e a aplicação no trabalho.


5

2. Funcionamento do Projeto Integrador

Os Projetos Integradores para os Cursos Superiores de Tecnologia da UNISA foram


organizados ao longo dos módulos como disciplinas que integram a grade curricular do curso e
estão distribuídos nos módulos, da seguinte forma:

 Projeto Integrador – 5º módulo

O desafio do primeiro projeto será norteado para a pesquisa aberta sobre os temas propostos
até o módulo 4 do curso, de forma que articulem as competências desenvolvidas pelas
disciplinas trabalhadas até então. O escopo do projeto será elaborado e orientado pela
Coordenação de Cursos e por professores indicados nas áreas específicas dos cursos. O
projeto integrador poderá ser realizado individualmente ou em grupo de no máximo cinco
alunos. A apresentação da pesquisa seguirá os padrões definidos pela Coordenação do Curso,
utilizando o padrão de normas ABNT para elaboração e apresentação dos projetos (Anexo I).

Tema: Culturas Escolares

 Projetor Integrador - 8º Módulo

O desafio do segundo projeto será norteado para a pesquisa aberta sobre os temas propostos
até o módulo 7 do curso, de forma que articulem as competências desenvolvidas pelas
disciplinas trabalhadas até então. O escopo do projeto será elaborado e orientado pela
Coordenação de Cursos e por professores indicados nas áreas específicas dos cursos. O
projeto integrador poderá ser realizado individualmente ou em grupo de no máximo cinco
alunos. A apresentação da pesquisa seguirá os padrões definidos pela Coordenação do Curso,
utilizando o padrão de normas ABNT para elaboração e apresentação dos projetos (Anexo I).

Tema: Organização Escolar


6

3. Carga Horária

A carga horária para os Projeto Integrador foi distribuída segundo o desenvolvimento de


competências ao longo dos módulos dos cursos, inclusa como disciplina na grade curricular
dos cursos, dedicada à integração e interdisciplinaridade das competências propostas pelos
cursos mantendo-se a seguinte configuração:

 Projeto Integrador – 5 e 8º módulos


Carga Horária: 100 horas

4. Prazos para Entrega do Projeto

A Coordenação dos Cursos definirá os prazos para entrega dos projetos a cada módulo.
As datas serão publicadas no AVA com acompanhamento do professor.

5. Avaliação

A nota será auferida e expressa em grau numérico variando entre 0 (zero) e 10 (dez) pontos.
A nota para os projetos integradores é única, não admitindo prova substitutiva ou exame. O aluno
é aprovado na disciplina de Projeto Integrador caso obtenha nota igual ou superior a 7,00 (sete)
pontos.
7

6. Roteiro Geral do Projeto Integrador

O roteiro é exemplo de como o Projeto Integrador deve ser elaborado e apresentado, no


entanto, cada curso será orientado pela Coordenação de Cursos e por professores indicados nas
áreas específicas, atendendo as peculiaridades das competências desenvolvidas pelo aluno em seu
respectivo curso.

Estrutura de elaboração e apresentação do Projeto Integrador:

Pré-texto:
 Capa: deve conter o nome da universidade, o título da obra, o nome do autor, área de
concentração, local e data.
 Folha de rosto: repetem-se os elementos da capa e inclui-se a disciplina e o nome do
professor orientador.

Páginas preliminares:
 Dedicatória: é um item opcional, onde o autor presta homenagem ou dedica seu trabalho.
 Agradecimentos: espaço dedicado ao agradecimento às pessoas ou empresas que
auxiliaram de forma significativa para a execução do trabalho (coleta de material,
empréstimo ou doação de equipamentos, qualquer tipo de ajuda financeira ou pessoas que
colaboraram direta ou indiretamente).
 Resumo (máximo 10 linhas): condensação do estudo mencionando as principais
contribuições do trabalho para a sociedade científica e leitores em geral.
 Sumário: enumera as divisões dos capítulos e numeração das páginas na ordem em que se
sucedem no decorrer do texto.
 Listas: de tabelas, gráficos, figuras etc.

Texto:
 Introdução: Apresentação do tema; justificativa do tema escolhido; objetivos gerais e
específicos; problema pesquisado; definições, categorias e conceitos utilizados. Perguntas
que se bem respondidas ajudam na execução desta parte do trabalho: De que trata o
8

assunto? Qual a situação-problema levantada? Em que se fundamenta o estudo? Qual o


objetivo do pesquisador? Qual o relato histórico do problema?
 Corpo do trabalho: Desenvolvimento do trabalho propriamente dito, dividindo-o em
capítulos a serem definidos de acordo com sua necessidade. Devem seguir uma ordenação
lógica das idéias.
 Desenvolvimento do tema: Descrição e documentação de todas as atividades de pesquisa.
Desenvolver o Relatório Pessoal procurando sempre relacionar o aprendizado teórico e
prático no decorrer do trabalho com o aprendizado teórico em sala de aula.
 Metodologia: Tipo de pesquisa; apresentação e justificativa do método escolhido;
descrição da população; descrição, justificativa e maneira de selecionar a amostra;
apresentação das técnicas e material de pesquisa (colocar em anexo cópia do instrumento
de coleta de dados); limitações da pesquisa.
 Análise dos resultados: Descrição dos dados obtidos pode ser apresentada por meio de
tabelas, quadros, gráficos, figuras.
 Conclusões: A essência do estudo está na conclusão que deve corresponder aos objetivos
do trabalho. A conclusão deve ser breve, clara e objetiva apresentando visão analítica do
corpo do trabalho. Na conclusão podem ser incluídos: a sua opinião sobre o estágio
realizado, citando: aspectos positivos e negativos para seu aprimoramento profissional; as
atividades mais interessantes; os pontos convergentes e divergentes em relação ao Curso;
o relato das dificuldades encontradas com relação aos conhecimentos técnicos e atuação
prática; a análise sobre quais das disciplinas de seu curso mais contribuíram para sua
capacitação profissional.

Pós-texto:
 Referências Bibliográficas: É a relação dos autores e obras consultadas para a elaboração
do trabalho. Devem constar todas as fontes que realmente foram consultadas, para mostrar
o conjunto utilizado e para permitir que as pessoas interessadas consultem as fontes
utilizadas.
 Anexos: É a parte do trabalho onde se colocam dados elucidativos à compreensão do
texto (tabelas, figuras, gráficos, etc).
9

Especificações Gráficas:
 Margens:
Superior: 3 cm
Inferior: 2 cm
Esquerda: 3 cm
Direita: 2 cm
 Tamanho do papel:
A4 – medidas 21,0 cm x 29,7 cm
 Parágrafo:
Alinhamento: justificado
Espaçamento entre linhas: 1,5
Recuo de parágrafos: 1,25 cm
 Fonte
Fonte: Times New Roman - Tamanho: 12
 Numeração de páginas
Lado superior direito do cabeçalho.
 Dados de Identificação (folha de rosto)
Adequar os nomes do relatório, dos alunos, professor orientador do curso, área de
concentração, número de matrícula, curso, série e turma.
10

7. Requisitos Específicos do Projeto Integrador

Culturas Escolares (5º módulo)

Descrever a inter-relação das disciplinas dos primeiros módulos do curso com as práticas
escolares escolhida pelo grupo, no formato de 1 – Teoria, 2 – Práticas Escolares, 3 – Análise da
Teoria X Prática (conclusão). Deve-se focar no cotidiano da escola, observar a “cultura escolar”
nas rotinas, problemas e soluções.

Organização escolar (8º módulo)

Descrever a inter-relação das disciplinas dos módulos iniciais até o 7º módulo de curso com as
questões relacionadas à Organização Escolar, com foco escolhido pelo grupo, no formato de 1 –
Teoria, 2 – Organização Escolar, 3 – Análise da Teoria X Prática (conclusão). Deve-se focar em
questões de organização escolar a partir de um ambiente da escola: EX: Secretaria, Biblioteca,
Cantina ou Cozinha, entre outros. Refletir sobre o funcionamento deste setor no cotidiano da
escola, formas de organização, registros, problemas e soluções.

O Manual de Orientações para elaboração do Projeto Integrador é um guia para a construção e


apresentação dos trabalhos desta disciplina que tem por objetivo integrar os conhecimentos
adquiridos ao longo do curso e reforçar a capacidade de solucionar problemas no ambiente
organizacional, promovendo a aliança entre as disciplinas teóricas e a prática organizacional.

Quaisquer outras dúvidas a respeito do Projeto Integrador deverão ser dirimidas pela
Coordenação dos Cursos Superiores de Tecnologia da UNISA, na figura do seu Coordenador,
e/ou Professor Orientador.

Profª. Tatiana da Silva Calsavara


Coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Processos Escolares
11

ANEXO I - Roteiro para elaboração do Projeto Integrador


CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS ESCOLARES

1) INTRODUÇÃO

2) HISTÓRICO – 5º Módulo (Cultura Escolar) /8º Módulo (Organização Escolar)

3) ESTRUTURA/MODELO ORGANIZACIONAL
3.1. O Conceito de Organização escolar
3.2. Contextualização social e política educacional
3.3. Referenciais teóricos sobre organização escolar
3.4. Foco em um ambiente da escola/um setor específico
3.5. Gestão democrática na escola
3.6. Conclusão

4) CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

Cronograma de Atividades Mês 1 Mês 2 Mês 3 Mês 4 Total CH


Orientação do Projeto Integrador 6h 6h
Pesquisa em escolas 6h 6h
Abordagem em Escola 4h 4h
Coleta de Dados e Informações 5h 5h
Análise de Dados e Informações 6h 6h
Consolidação dos Resultados 5h 5h
Apresentação Escrita da Pesquisa 15 h 7h
Apresentação Gráfica da Pesquisa 6h 6h
Conclusões 1h 1h
Formatação do Trabalho 3h 3h
Preparação para Entrega 2h 2h
Preenchimento da Ficha de Identificação 1h 1h
Entrega do Projeto Integrador X -
Total de Horas Destinadas ao Projeto 16 h 16 h 22 h 6h 60h

5) CONCLUSÕES

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ANEXOS
12

Modelo de Capa (Anexo II)

UNIVERSIDADE SANTO AMARO – UNISA


(Times New Roman 16, caixa alta, negrito, centralizado)
Curso: Tecnologia em Processos Escolares
(Times New Roman 16, iniciais maiúsculas, negrito, centralizado)

Componentes do grupo e RA
(Times New Roman 12, iniciais maiúsculas, negrito, centralizado)

PROJETO INTEGRADOR: XXXXXXX


(Times New Roman 16, caixa alta, negrito, centralizado)

Cidade (Local)
2018
13

Modelo de Folha de Rosto (Anexo III)

UNIVERSIDADE SANTO AMARO – UNISA


(Times New Roman 16, caixa alta, negrito, centralizado)
Curso: Tecnologia em Processos Escolares
(Times New Roman 16, iniciais maiúsculas, negrito, centralizado)

Componentes do grupo e RA
(Times New Roman 12, iniciais maiúsculas, negrito, centralizado)

PROJETO INTEGRADOR: XXXXXXX


(Times New Roman 16, caixa alta, negrito, centralizado)

Trabalho do curso de Tecnologia em Processos Escolares da


Universidade Santo Amaro – UNISA, como requisito parcial para
aprovação da disciplina Projeto Integrador, sob a orientação do
Prof. Dr. XXXXXXX.
(Times New Roman, 12, iniciais maiúsculas, alinhado à esquerda com 4 TAB’S e
justificado à direita)

Cidade (Local)
2018
14

Modelo de Sumário (Anexo IV)


(Times New Roman 12, iniciais maiúsculas, centralizado)

SUMÁRIO
(times 16, caixa alta, negrito)

INTRODUÇÃO (times, 14, caixa alta, negrito) Pág.


(times14, negrito)
1 (times, 14, negrito) CAPÍTULO (times, 14, caixa alta, negrito) Pág.
(times14, negrito)
2 (times 14, negrito) CAPÍTULO (times 14, caixa alta, negrito) Pág.
(times14, negrito)
2.1 (times 12, negrito) SEÇÃO SECUNDÁRIA (times 12, caixa alta, negrito) Pág.
(times12, negrito)
2.1.1 (times 12, negrito) Seção Terciária (times 12, iniciais maiúsculas, negrito) Pág.
(times12, negrito)
2.1.1.1 (times 12, negrito) Seção Quaternária (times 12, iniciais maiúsculas, negrito) Pág.
(times12, negrito)
2.2 (times 12, negrito) Pág.
(times12, negrito)
2.3 (times 12, negrito) Pág.
(times12, negrito)
2.4 (times 12, negrito) Pág.
(times12, negrito)
3 (times 14, negrito) Pág.
(times14, negrito)
4 (times 14, negrito) Pág.
(times14, negrito)
REFERÊNCIAS (times 14, caixa alta, negrito) Pág.
(times14, negrito)
ANEXOS (times 14, caixa alta, negrito) Pág.
(times14, negrito)

Você também pode gostar