Você está na página 1de 8

1

Clique Aqui e Adquira o Memorex DPE – RJ


Técnico Médio da Defensoria Completo
2

Clique Aqui e Adquira o Memorex DPE – RJ


Técnico Médio da Defensoria Completo
Parabéns por ter dado esse passo importante na sua preparação, meu amigo(a). Temos
TOTAL certeza de que este material vai te fazer ganhar muitas questões e garantir a sua
aprovação.

Você está tendo acesso agora à Amostra do Memorex. As outras 06 rodadas serão
disponibilizadas na sua área de membros conforme o cronograma abaixo:

Material Data
Rodada 01 Disponível Imediatamente
Rodada 02 12/03
Rodada 03 12/03
Rodada 04 19/03
Rodada 05 19/03
Rodada 06 26/03

Convém mencionar que todos que adquirirem o material completo irão receber TODAS AS
RODADAS já disponíveis, independente da data de compra.

Nesse material focamos também nos temas mais simples e com mais DECOREBA, pois,
muitas vezes, os deixamos de lado e isso pode, infelizmente, custar inúmeras posições no
resultado final.

Lembre-se: uma boa revisão é o segredo da APROVAÇÃO.

Portanto, utilize o nosso material com todo o seu esforço, estudando e aprofundando cada
uma das dicas.

Se houver qualquer dúvida, você pode entrar em contato conosco enviando suas dúvidas
para: contato@pensarconcursos.com

Ou fale conosco por meio do WhatsApp: 021 98677-6662


3

Clique Aqui e Adquira o Memorex DPE – RJ


Técnico Médio da Defensoria Completo

ÍNDICE

LÍNGUA PORTUGUESA ..................................................................................................... 4


LEGISLAÇÃO INSTITUCIONAL .................................................................................... 5
DIREITO ADMINISTRATIVO ......................................................................................... 6
DIREITO CONSTITUCIONAL ......................................................................................... 7
NOÇÕES DE TEORIA GERAL DO PROCESSO......................................................... 8
4

Clique Aqui e Adquira o Memorex DPE – RJ


Técnico Médio da Defensoria Completo
LÍNGUA PORTUGUESA

DICA 01

Texto Narrativo

A marca fundamental do texto narrativo é a existência de um enredo, do qual se


desenvolvem as ações das personagens, marcadas pelo tempo e pelo espaço. Assim, a
narração possui um narrador (quem apresenta a trama), as personagens (principais e
secundárias), o tempo (cronológico ou psicológico) e o espaço (local que se desenvolve a
história).

Sua estrutura básica é: apresentação, desenvolvimento, clímax e desfecho.

DICA 02

Texto Descritivo

O texto descritivo expõe apreciações e observações, de modo que indica aspectos,


características, detalhes singulares e pormenores, seja de um objeto, lugar, pessoa ou fato.

Dessa maneira, alguns recursos linguísticos relevantes na estruturação dos textos


descritivos são: a utilização de adjetivos, verbos de ligações, metáforas e comparações.

DICA 03

Texto Dissertativo

O texto dissertativo busca defender uma ideia e, logo, é baseado na argumentação e


no desenvolvimento de um tema.

Para tanto, sua estrutura, dividida em três partes fundamentais, tese (introdução),
antítese (desenvolvimento) e nova tese (conclusão). Define o modelo básico para
apresentar uma tese (ideia, tema, assunto), explorar argumentos contra e a favor (antítese)
e, por fim, sugerir uma nova tese, ou seja, uma nova ideia para concluir sua fundamentação.

Os textos dissertativos-argumentativos, além de ser um texto opinativo, buscam


persuadir o leitor.

DICA 04

Texto Expositivo

O texto expositivo pretende apresentar um tema, a partir de recursos como a


conceituação, a definição, a descrição, a comparação, a informação e enumeração.

Dessa forma, uma palestra, seminário ou entrevista são consideradas textos expositivos,
cujo objetivo central do emissor é explanar, discutir, explicar sobre um assunto.

São classificados em: texto informativo-expositivo (transmissão de informações) ou


texto expositivo-argumentativo (defesa de opinião sobre um tema). Outros exemplos de
textos expositivos são os verbetes de dicionários e as enciclopédias.
5

Clique Aqui e Adquira o Memorex DPE – RJ


Técnico Médio da Defensoria Completo
LEGISLAÇÃO INSTITUCIONAL

Lei Orgânica Nacional da Defensoria Pública

DICA 05

A Defensoria Pública é:

- instituição permanente

- essencial à função jurisdicional do Estado

- incumbindo-lhe, como expressão e instrumento do regime democrático,


fundamentalmente:

* a orientação jurídica

* a promoção dos direitos humanos e a defesa, em todos os graus, judicial e


extrajudicial, dos direitos individuais e coletivos, de forma integral e gratuita, aos
necessitados, assim considerados na forma do inciso LXXIV do art. 5º da Constituição
Federal.

DICA 06

Princípios institucionais da Defensoria Pública: a unidade, a indivisibilidade e a


independência funcional.

DICA 07

Princípio da unidade: é UM SÓ ÓRGÃO, tendo UM SO CHEFE.

Princípio da indivisibilidade: Os membros podem ser substituídos nas hipóteses legais.


Ex.: impedimento, licenças, férias.

DICA 08

Independência funcional:

* além de ser um importante princípio institucional, é uma das principais características


da Defensoria Pública.

* a atuação dos membros não tem subordinação a qualquer dos Poderes da República
ou superiores hierárquicos, ou seja, é independente.

* tem liberdade de convicção.


6

Clique Aqui e Adquira o Memorex DPE – RJ


Técnico Médio da Defensoria Completo
DIREITO ADMINISTRATIVO

DICA 09

Todo cargo implica o exercício de função pública. O ato administrativo que atribui a uma
pessoa exercício inicial de um cargo é a nomeação.

DICA 10

A efetividade é alcançada com nomeação e posse, porém a estabilidade somente se adquire


após três anos de efetivo exercício (art. 41, CF).

A perda do cargo só poderá ocorrer, depois de adquirida a estabilidade, nos seguintes casos
(art. 41, § 1º, CF):

I – em virtude de sentença judicial transitada em julgado;

II – mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa;

III – mediante procedimento de avaliação periódica de desempenho, na forma de lei


complementar, assegurada ampla defesa.

DICA 11

Se ocorrer a hipótese de perda do cargo prevista no art. 169, CF (despesa com pessoal
ativo e inativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios), será caso de
exoneração. Não é demissão, pois esta implica uma penalidade por infração administrativa
praticada pelo servidor.

DICA 12

As funções de confiança, exercidas exclusivamente por servidores ocupantes de cargo


efetivo, e os cargos em comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos,
condições e percentuais mínimos previstos em lei, destinam-se apenas às atribuições de
direção, chefia e assessoramento.

DICA 13

Súmula Vinculante 13

A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade,


até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa
jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de
cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração
pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal
e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a
Constituição Federal.
7

Clique Aqui e Adquira o Memorex DPE – RJ


Técnico Médio da Defensoria Completo
DIREITO CONSTITUCIONAL

DICA 14

A segunda geração/dimensão contempla os direitos sociais, econômicos e culturais.


No Brasil, a primeira Constituição a prevê-la foi a de 1934, promulgada já na Era Vargas.

DICA 15

Para Paulo Bonavides, existiriam também os direitos à de quinta geração/dimensão,


que resguardariam o direito à paz, necessária ao progresso das nações.

DICA 16

Características dos Direitos Fundamentais

Relatividade - “não existe direito absoluto!”.

Significa que os direitos – todos eles – podem sofrer restrições. Por exemplo, num embate
entre a intimidade da vida privada e a liberdade de expressão, uma delas deverá ceder.

DICA 17

Características dos Direitos Fundamentais

Irrenunciabilidade

Embora possa haver o seu não exercício, não será possível o cidadão dele abrir mão
(renunciar) definitivamente. Admitem-se restrições pontuais, como acontece nos
programas de TV no modelo de BBB. Nesses casos, há data definida de início e término do
programa, sendo que o direito de intimidade fica restringido durante aquele período.

DICA 18

Não há o direito à segunda chamada nos testes de aptidão física (TAF) em casos de lesões
temporárias. A exceção ficaria por conta de o edital prever, de forma ampla, para todos
os candidatos.
8

Clique Aqui e Adquira o Memorex DPE – RJ


Técnico Médio da Defensoria Completo
NOÇÕES DE TEORIA GERAL DO PROCESSO

DICA 19

Extinto o processo, se a parte responsável pelas despesas processuais, devidamente


intimada, não as pagar dentro de 15 (quinze) dias, a administração judiciária encaminhará
os elementos necessários à Procuradoria-Geral do Estado, para sua inscrição na dívida ativa.

DICA 20

EFEITO RECURSAL: Devolutivo

Está associado a “devolução” ao Poder Judiciário da análise da decisão recorrida. É um efeito


comum dos recursos e normalmente é dividido na doutrina em efeito devolutivo em
EXTENSÃO e em PROFUNDIDADE.

DICA 21

EFEITO RECURSAL: Suspensivo

Impede a produção de efeitos da decisão e consequentemente sua execução provisória.


Pode ser automático (ope legis) ou a requerimento e concessão do juiz (ope judicis).

DICA 22

EFEITO RECURSAL: Obstativo

O simples ato de recorrer “obsta” o trânsito em julgado da decisão, impedindo a formação


da coisa julgada, assim como a execução definitiva da decisão.

DICA 23

EFEITO RECURSAL: Translativo

É a apreciação pelo tribunal de matéria cujo exame é obrigatório por força de lei, como as
matérias de ordem pública e cognoscíveis de ofício.