Você está na página 1de 13

O PODER DAS



Te presenteio com este E-book de Mandalas para Colorir, para que, de


forma INTUITIVA e sem REGRAS você pratique e se familiarize com o
PODER DAS MANDALAS.

Também te deixarei a explicação sobre a Vibração de algumas Cores,


fator determinante na Energia das Mandalas.

As que estão mais “clarinhas” são apenas para aqueles que desejam
contornar reconhecendo a estrutura da Mandala.
Não impedindo de serem pintadas.

Com carinho e gratidão,


Maya Jurisic
AS CORES E SUAS VIBRAÇÕES

Em seguida listo algumas das tantas cores que podemos


utilizar ao elaborar uma Mandala ou em outras esferas de
nossas vidas onde podemos aplicá-las.

A conexão entre a simbologia das cores e às emoções ligadas


à elas, possui um especial poder de movimentação das
energias mais sutis que são necessárias para trazer a intenção
desejada à forma.

Te convido a meditar nesse universo de cores sentindo a


vibração que elas podem nos trazer. Mas sempre lembrando
que a sua intuição, sensação e sentimento em relação ao que
cada cor trouxer à tona, é mais importante que qualquer
descrição aqui mencionada.

A cor vermelha

está relacionada aos aspectos físicos da vida, da


individualização, das conquistas, das paixões, da confiança, da
força, por ser uma cor intensa e estimulante.

A cor laranja

é o símbolo da alegria, tem potencial restaurador e


regenerador, traz coragem, está relacionada ao prazer, ao
sucesso, à organização, à disciplina e à responsabilidade.

A cor amarela

é a cor da mente e do intelecto, facilita o raciocínio, traz a


consciência da personalidade, estimula a criatividade e a
ação, por ter uma vibração solar, é otimista.

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS


A cor verde
é responsável por acalmar, reequilibrar e reenergizar, está
relacionado ao poder de cura, ao crescimento, renascimento,
esperança, existência e propósito.

A cor azul turquesa


transmite serenidade, paciência, tranquilizando corpo e
mente, acalmando, suaviza e desenvolve ternura, traz
consciência da relação e da sociabilidade, além de ser a cor
da alma e da proteção espiritual.

A cor índigo
é um equilibrador de energias, auxilia o processo intuitivo, e
contribui para a limpeza e purificação de ambientes, é a cor
da inspiração e do sossego infinito.

A cor violeta ou lilás


é considerada uma cor espiritual e mística, auxilia na
transmutação de energia, age sobre o subconsciente, é a cor
da integração e fortalece processos meditativos.

A cor rosa
remete ao afeto, amor e união, ressalta a essência feminina, é
uma cor delicada que simboliza o romantismo, a inocência, o
carinho, a suavidade e o acolhimento.

A cor cinza
pode representar a reverência, a seriedade e o respeito, bem
como a ausência de emoção, podendo remeter à frieza, ao
anonimato, e às dúvidas.
A cor marrom
está relacionada à terra, sugerindo estabilidade, solidez e
segurança, acabando por ressaltar aspectos naturais e
saudáveis da vida terrena.

A cor preta
pode representar tradição, nobreza, superioridade e
profissionalismo, remetendo à elegância e à formalidade, ou
estar ligada ao fim de algo, à tristeza, à morte e ao medo.

A cor branca
é a cor da pureza e da clareza, simbolizando a paz, a inocência
e a simplicidade, traz a sensação de honestidade e pode ser
associada à perfeição.

Aproveite seu mergulho meditativo através da magia


das cores, seja ele ativo - por meio do ato de desenhar e pintar
as Mandalas - ou passivo - por meio de sua observação e
contemplação!

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS

WORKSHOP

O PODER DAS


Você também pode gostar