Você está na página 1de 4

Provérbios 16:1-33

É da natureza humana fazer planos, mas a resposta


certa vem do Senhor.
Ainda que as pessoas se considerem puras, o
Senhor examina as intenções de cada um.
Confie ao Senhor tudo que você faz, e seus planos
serão bem-sucedidos.
O Senhor fez tudo com propósito, até mesmo o
perverso para o dia da calamidade.
Os orgulhosos são detestáveis para o Senhor;
certamente serão castigados.
Amor e fidelidade fazem expiação pelo pecado; o
temor do Senhor evita o mal.
Quando a vida de uma pessoa agrada o Senhor, até
seus inimigos vivem em paz com ela.
É melhor ter pouco com justiça que ser rico com
desonestidade.
É da natureza humana fazer planos, mas é o Senhor
quem dirige nossos passos.
As decisões do rei têm grande autoridade; ele
nunca deve julgar de modo injusto.
O Senhor exige balanças e pesos exatos; ele
determina os padrões da imparcialidade.
A maldade é detestável para o rei, pois seu governo
é estabelecido sobre a justiça.
O rei se agrada de palavras que vêm de lábios justos
e ama quem fala o que é certo.
A ira do rei é como uma sentença de morte, mas o
sábio procura acalmá-lo.
Quando o rei sorri, há vida; seu favor refresca como
chuva de primavera.
É melhor adquirir sabedoria que ouro, e é melhor
obter discernimento que prata.
O caminho dos justos os afasta do mal; quem segue
esse caminho está seguro.
O orgulho precede a destruição; a arrogância
precede a queda.
É melhor viver humildemente com os pobres que
repartir o despojo com os orgulhosos.
Quem ouve a instrução prospera; quem confia no
Senhor é feliz.
O sábio é conhecido por seu discernimento;
palavras agradáveis são convincentes.
A sensatez é fonte de vida para quem a possui, mas
é desperdício disciplinar os insensatos.
Da mente sábia vêm conselhos sábios; as palavras
dos sábios são convincentes.
Palavras bondosas são como mel: doces para a alma
e saudáveis para o corpo.
Há caminhos que a pessoa considera corretos, mas
acabam levando à estrada da morte.
É bom que os trabalhadores tenham apetite; o
estômago vazio os impulsiona.
A pessoa sem caráter cria problemas; suas palavras
são fogo destruidor.
O perverso semeia discórdia; o difamador separa
até os melhores amigos.
A pessoa violenta engana os companheiros e os leva
para o mau caminho.
Com olhos semicerrados as pessoas tramam o mal;
com sorriso malicioso o põem em prática.
Os cabelos brancos são coroa de glória, para quem
andou nos caminhos da justiça.
É melhor ser paciente que poderoso; é melhor ter
autocontrole que conquistar uma cidade.
As pessoas podem lançar as sortes, mas quem
determina o resultado é o Senhor.

Você também pode gostar