Você está na página 1de 460

Sistemas elétricos - 55

CÓDIGOS DE FALHA - DTC

8010 FPT engine, TIER 3 - SR, 8010 FPT engine, TIER 3 - SR, 8010 FPT
engine, TIER 3 - SR, 8010 FPT engine, TIER 3 - SR, 8810 FPT engine, TIER 3 -
SR, 8810 FPT engine, TIER 3 - SR, 8810 FPT engine, TIER 3 - SR, 8810 FPT
engine, TIER 3 - SR

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 1
Conteúdo

Sistemas elétricos - 55

CÓDIGOS DE FALHA - DTC

DIAGNÓSTICO

3005 (DTC 4B84) - Entupimento do filtro de ar ou falha do circuito [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12


3007 (DTC 1113) - A tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento do motor é maior do
que o esperado [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
3008 (DTC 2213) - A tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento do motor é menor do
que a esperada [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
3014 (DTC 4C84) - Entupimento do filtro de ar ou falha do circuito presente durante muito tempo [ECU]18
3015 (DTC 1C15) - A tensão do sensor de temperatura do combustível está maior que o esperado [ECU]20
3016 (DTC 2D15) - Tensão do sensor de temperatura do combustível menor que o esperado [ECU] . 22
3019 (DTC 1D64) - A tensão do sensor de pressão do coletor de admissão é maior que o esperado
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
3024 (DTC 13C4) - Falha interna da ECU - A tensão do sensor de pressão ambiente é maior que o espe-
rado [ECU]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
3025 (DTC 24C4) - Falha interna da ECU - A tensão do sensor de pressão ambiente é menor que o
esperado [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
3028 (DTC 26D3) - Pressão do óleo muito baixa [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
3029 (DTC 18D3) - A tensão do sensor de pressão do óleo é maior que o esperado [ECU]. . . . . . . . . . 29
3030 (DTC 29D3) - A tensão do sensor de pressão do óleo é menor que o esperado [ECU] . . . . . . . . . 31
3034 (DTC 11E3) - A tensão do sensor de temperatura do óleo é maior que o esperado [ECU] . . . . . . 33
3035 (DTC 22E3) - A tensão do sensor de temperatura do óleo é menor que o esperado [ECU] . . . . . 35
3037 (DTC 2E64) - A tensão do sensor de pressão do coletor de admissão é menor que o esperado
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
3051 (DTC 1161) - A tensão da bateria é maior que o esperado [ECU]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39
3052 (DTC 2261) - A tensão da bateria é menor que o esperado [ECU]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40
3063 (DTC 6226) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42
3063 (DTC 6226) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45
3067 (DTC 6726) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48
3071 (DTC 6626) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
3075 (DTC 6526) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 6 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54
3075 (DTC 6526) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
3079 (DTC 6426) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
3079 (DTC 6426) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63
3083 (DTC 6326) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 5 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 66
3083 (DTC 6326) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 69

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 2
3102 (DTC 2525) - A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está abaixo do esperado
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 72
3104 (DTC F445) - A válvula de alívio de pressão do combustível está aberta [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . 74
3105 (DTC F245) - A válvula de alívio de pressão do combustível é forçada a abrir, execute um aumento
de pressão [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75
3106 (DTC 1145) - A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu a contagem de abertura máxima
permitida [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 76
3107 (DTC 6655) - A unidade de medição de combustível tem um curto com a tensão da bateria no lado
baixo [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
3108 (DTC 7755) - A unidade de medição de combustível tem um curto com o terra no lado baixo [ECU]79
3110 (DTC 1225) - O valor do sensor de pressão do trilho está acima do desvio máximo [ECU] . . . . . . 81
3111 (DTC 2325) - O valor do sensor de pressão do trilho está abaixo do desvio mínimo [ECU] . . . . . . 83
3112 (DTC 1425) - A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está acima do esperado
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 85
3118 (DTC E82D) - Tensão muito alta do fornecimento interno de 12 V [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 87
3119 (DTC E92D) - Tensão muito baixa do fornecimento interno de 12 V [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 88
3137 (DTC 5255) - A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta [ECU]. . . . . . . 89
3141 (DTC 4465) - A pressão da bomba de combustível excedeu os limites de pressão desejados [ECU]91
3146 (DTC 4415) - Falha de água detectada no combustível ou água no circuito de combustível [ECU]92
3158 - Falha na verificação de segurança antivandalismo do motor [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 94
3160 (DTC 6733) - Falha de curto-circuito com a bateria do solenoide da embreagem do ventilador
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 95
3161 (DTC 7833) - Falha de curto-circuito com o terra do solenoide da embreagem do ventilador [ECU]97
3162 (DTC 5533) - Falha de carga aberta no solenoide da embreagem do ventilador [ECU] . . . . . . . . . 99
3163 (DTC 8633) - Falha de excesso de temperatura do acionador da ECU do solenoide da embreagem
do ventilador [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 101
3164 (DTC 1A33) - A velocidade do ventilador está acima do limite máximo [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . 103
3165 (DTC 2B33) - A velocidade do ventilador está abaixo do limite mínimo [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . 105
3172 (DTC F523) - A temperatura do líquido de arrefecimento do motor excedeu o limite de pré-alerta
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 107
3173 (DTC F623) - A temperatura do líquido de arrefecimento do motor excedeu o limite de alerta
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 109
3175 (DTC 4933) - O sinal da velocidade do ventilador não pôde ser medido durante um período [ECU]111
3176 (DTC 3B65) - A quantidade em sobrecarga do fornecimento de combustível da bomba de alta pres-
são excede um limite máximo [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113
3188 (DTC 5316) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 1 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 114
3188 (DTC 5316) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 1 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 117
3192 (DTC 5516) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 3 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 120
3192 (DTC 5516) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 4 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123
3196 (DTC 5716) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 2 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 126
3200 (DTC 5416) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 5 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 129
3200 (DTC 5416) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 3 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 132
3204 (DTC 5816) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 4 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 135
3208 (DTC 5616) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 6 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 138
3208 (DTC 5616) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 2 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 3
3210 (DTC 7116) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 1 (todos os injetores do mesmo banco
podem ser afetados) [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144
3210 (DTC 7116) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 1 (todos os injetores do mesmo banco
podem ser afetados) [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145
3218 (DTC 7216) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 2 (todos os injetores do mesmo banco
podem ser afetados) [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 146
3218 (DTC 7216) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 2 (todos os injetores do mesmo banco
podem ser afetados) [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147
3235 (DTC F936) - Excesso de número de injeção para uma determinada velocidade do motor [ECU]148
3236 (DTC F836) - O número de injeções é limitado pelo sistema [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 149
3237 (DTC 1636) - Número de injeções desejadas excede o limite [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
3245 (DTC E51D) - Falha interna da ECU - Erros de comunicação de consulta/resposta [ECU] . . . . . 152
3255 (DTC E31D) - Falha interna da ECU - Teste do ADC [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153
3265 (DTC E4DD) - Injeção de combustível solicitada durante sobrecarga [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . 154
3280 (DTC E62D) - Tensão muito alta do fornecimento do sensor 1 de 12 V [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . 155
3281 (DTC E72D) - Tensão muito baixa do fornecimento do sensor 1 de 12 V [ECU] . . . . . . . . . . . . . . 156
3293 (DTC 2265) - A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio positivo
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 157
3301 (DTC 1565) - A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio negativo
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158
3305 (DTC 2765) - A pressão do trilho de combustível excedeu o limite mínimo [ECU]. . . . . . . . . . . . . 159
3309 (DTC 1865) - A pressão da galeria de combustível excedeu o limite máximo [ECU] . . . . . . . . . . 160
3361 (DTC E16D) - Houve um erro durante a operação Gravação/Leitura da EEPROM [ECU] . . . . . . 162
3362 (DTC E1FD) - Falha interna da ECU - Calibração do combustível [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 163
3425 (DTC 1438) - Falha de pressão baixa [ECU]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164
3436 (DTC FBBF) - O sistema de indução é bloqueado, devido a 3 detecções em 40 horas. O sistema
deve ser reiniciado usando a tela da ferramenta de serviço do concessionário "Engine Restart Counter
Reset" (Restauração do contador de reinicializações do motor) [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
3457 (DTC 1374) - A tensão do sensor de temperatura do coletor de admissão é maior que o esperado
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167
3459 (DTC 1BD3) - Temperatura do óleo muito alta [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 169
3460 (DTC 2CD3) - Temperatura do óleo muito baixa [ECU]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 170
3462 (DTC E79D) - Falha interna da ECU - Erro de monitoração do excesso de tensão [ECU]. . . . . . 172
3501 (DTC ED1D) - Falha interna da ECU - Redefinição do software no DSM 0 [ECU]. . . . . . . . . . . . . 173
3647 (DTC 1338) - Falha de pressão alta [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 174
3688 (DTC 4F15) - Sensor de água no combustível ou falha no circuito do sensor [ECU] . . . . . . . . . . 176
3703 (DTC 2B36) - O valor de pressão do trilho mínimo necessário para a injeção de combustível não foi
atingido [ECU]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 178
3735 (DTC 8355) - A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 179
3747 (DTC E83D) - Falha interna da ECU - Falha no teste positivo [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 181
3752 (DTC EE36) - A correção da injeção de combustível excedeu um limite mínimo [ECU] . . . . . . . . 182
3755 (DTC E7DD) - Falha interna da ECU - Comparação da solicitação de torque [ECU] . . . . . . . . . . 183
3757 (DTC E2DD) - Falha interna da ECU - Falha no desligamento da pós-injeção [ECU]. . . . . . . . . . 184
3758 (DTC E3DD) - Falha de eficiência da pós-injeção [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 185
3762 (DTC EBDD) - A tensão do fornecimento de 5 V da ECU está maior que o esperado [ECU] . . . 186

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 4
3763 (DTC ECDD) - A tensão de fornecimento de 5 V da ECU está menor que o esperado [ECU] . . 188
3764 (DTC F561) - Interrupção de energia no afterrun da ECU [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 189
3769 (DTC EA1D) - Falha interna da ECU - "ABE ativo" relatado devido à detecção de excesso de tensão
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 192
3770 (DTC EB1D) - Falha interna da ECU - "WDA/ABE ativo" relatado [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 193
3799 (DTC F345) - A válvula de alívio de pressão do combustível é forçada a abrir, execute um pico de
pressão [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 194
3805 (DTC 1D85) - Pressão máxima do trilho excedida [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 195
3808 (DTC 3C65) - A quantidade de fornecimento de combustível da bomba de alta pressão em posição
de marcha lenta é muito alta [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 196
3810 (DTC 4125) - O valor do sensor de pressão do trilho é intermitente [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 197
3811 (DTC E22D) - Falha interna da ECU - Alimentação 1 de 5 V do sensor [ECU]. . . . . . . . . . . . . . . . 199
3812 (DTC 115D) - O sensor de temperatura 1 da ECU está muito alto [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 201
3814 (DTC E55D) - Erro no sensor de temperatura da ECU detectado [ECU]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 202
3877 (DTC 647D) - Falha de curto com a bateria da alimentação UB1 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 203
3878 (DTC 667D) - Falha de curto com a bateria da alimentação UB2 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 205
3883 (DTC 797D) - Falha de curto com o terra da alimentação UB3 [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 207
3903 (DTC 1A15) - Temperatura do combustível muito alta [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 209
3905 (DTC 8814) - Erro de excesso de temperatura do acionador da ECU do aquecedor do ar de admissão
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 211
3910 (DTC 4155) - Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível
[ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 213
3911 (DTC 6455) - A unidade de medição de combustível tem um curto com a tensão da bateria no lado
alto [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 215
3912 (DTC 7555) - A unidade de medição de combustível tem um curto com o terra no lado alto [ECU]217
3916 (DTC 1745) - A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu o tempo de abertura máximo
permitido [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 219
3936 (DTC E52D) - Interno da ECU: erro na alimentação do sensor para o rastreador de tensão [ECU]221
3964 (DTC 125D) - O sensor de temperatura 2 da ECU está muito alto [ECU] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 222
3966 (DTC 165D) - A tensão do sensor de temperatura da ECU é maior que o esperado [ECU] . . . . 223
3967 (DTC 275D) - A tensão do sensor de temperatura da ECU é menor que o esperado [ECU] . . . . 224
A1000 - Pressão do corte de base muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 225
A1001 - O operador não está no banco de operação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 226
A1002 - O operador pressionou o botão de emergência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 227
A1100 - Detectado tensão de retorno do SCM1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 228
A1101 - SCM1 Emergency Stop OFF . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 229
A1200 - Baixo nível de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 230
A1202 - A tensão do alternador está muito baixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 231
A1203 - Alternador sobrecarregando . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 232
A2000 - Pressão do picador muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 233
A2001 - Valor de rotação do extrator primário inválido . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 234
A2002 - A rotação do extrator primário não pode ser lida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 235
A2003 - Pressão do extrator primário muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 236
A2100 - Detectado tensão de retorno do SCM2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 237
A2101 - SCM2 Emergency Stop OFF . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 238

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 5
A2103 - Filtro de ar obstruído . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 239
A2104 - Falta de líquido arrefecedor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 240
A2105 - Falta de óleo do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 241
A2106 - Filtro de óleo do motor saturado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 242
A2108 - Impossível ligar a máquina, pois as bombas de transmissão ou o joystick não estão no modo
neutro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 243
A2109 - Porta de serviço aberta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 244
A2110 - Motor não liga pois o nível de óleo hidráulico está baixo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 245
A2111 - Baixo nível de líquido arrefecedor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 246
A2112 - Baixa pressão do óleo do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 247
A2113 - Alta temperatura do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 248
A2115 - Motor será desligado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 249
A2131 - Acionar o botão de proteção dos implementos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
A2132 - Baixo nível óleo hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 251
A2133 - Baixo nível óleo hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 252
A2134 - Filtro de combustível saturado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 253
A2135 - Filtro de óleo saturado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 254
A2136 - Alta temperatura do óleo hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 255
A2201 - Água no combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 256
A2204 - Porta de serviço aberta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 257
A2214 - Porta de serviço aberta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 258
A3100 - Detectado tensão de retorno do SCM3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 259
A3101 - SCM3 Emergency Stop OFF . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 260
A5000 - SCM1 não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 261
A5001 - SCM1 perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 262
A5002 - SCM2 não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 263
A5003 - SCM2 perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 264
A5004 - SCM3 não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 265
A5005 - SCM3 perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 266
A5006 - ECM não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 267
A5007 - ECM perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 268
A5010 - RHM não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 269
A5011 - RHM perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 270
E0000 - Tensão da bateria SCM1 [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 271
E0001 - Tensão da chave SCM1 [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 272
E0002 - Tensão de referência, SCM1 8 V [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 273
E0003 - Tensão de referência 1, SCM1 5 V [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 274
E0004 - Tensão de referência 2, SCM1 5 V [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 275
E0005 - Tensão de realimentação SCM 1 [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 276
E0006 - Chave principal de fornecimento [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 277
E0007 - Interruptor do assento [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 278
E0008 - Interruptor de perigo [SCM1]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 279
E0009 - Estado dos faróis na estrada [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 280

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 6
E0016 - Água no combustível [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 281
E0017 - Altura do cortador de base [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 282
E0021 - Pressão do cortador de base [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 283
E0036 - Pedal de freio esquerdo [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 284
E0037 - Pedal de freio direito [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 285
E0038 - Nível de combustível [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 286
E0041 - Corrente do cetop de subir e descer o corte de base [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 287
E0045 - Relé de segurança em rodovia [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 288
E0046 - Iluminação do console direito (backlighting) [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 289
E0047 - Relé da luz de freio [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 290
E0052 - Container do reboque / articulação do corte de pontas [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 291
E0053 - Válvula piloto 1 [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 292
E0054 - Válvula piloto 2 [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 293
E0055 - Levantamento do corte de pontas [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 294
E0056 - Abaixamento do corte de pontas [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 295
E0057 - Abaixamento do cortador de base [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 296
E0058 - Levantar cortador de base [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 297
E0062 - Direção de lançamento do corte de pontas à esquerda [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 298
E0063 - Direção de lançamento do corte de pontas à direita [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 299
E0065 - Levantar divisor de linha lado esquerdo [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
E0066 - Abaixar divisor de linha lado esquerdo [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 301
E0067 - Levantar divisor de linha lado direito [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 302
E0068 - Abaixar divisor de linha lado direito [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 303
E0073 - Giro da tampa do extrator primário para a esquerda [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 304
E0074 - Giro da tampa do extrator primário para a esquerda [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305
E0077 - Seta esquerda [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 306
E0078 - Seta direita [SCM1]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 307
E0081 - Potência SCM1 - FET [SCM1] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 308
E0256 - SCM2 - Voltagem da 3 bateria [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 309
E0257 - Tensão da chave SCM2 [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 310
E0258 - Referência SCM2 com tensão de 8 V [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 311
E0259 - Referência SCM2 com tensão 1 de 5 V [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 312
E0260 - Referência SCM2 com tensão 2 de 5 V [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 313
E0261 - Tensão de realimentação SCM2 [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 314
E0262 - Pedal de giro do elevador direito [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 315
E0264 - Chave de partida da máquina [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 316
E0266 - Baixo nível de água no tanque de expansão [SCM2]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 317
E0267 - Pedal de giro do elevador esquerdo [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 318
E0269 - Interruptor do filtro de óleo hidráulico [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 319
E0270 - Interruptor do filtro de combustível [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 320
E0271 - Interruptor de baixo nível de óleo hidráulico [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 321
E0272 - Interruptor do Filtro de Ar [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 322

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 7
E0275 - Pressão hidráulica do picador [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 323
E0285 - Velocidade do picador [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 324
E0286 - Velocidade do cortador de base [SCM2]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 325
E0289 - Sensor de rotação do extrator primário [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 326
E0291 - Interruptor de aproximação da porta do radiador [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 327
E0295 - Temperatura do óleo hidráulico [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 328
E0297 - Corrente da PWM do ventilador do extrator primário [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 329
E0298 - Corrente da válvula do comprimento do tolete [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 330
E0300 - Válvula proporcional do ventilador do radiador [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 331
E0301 - Relé de habilitação da partida [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 332
E0302 - Alarme de reserva [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 333
E0304 - Relé do compressor da buzina [SCM2]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 334
E0305 - Válvula piloto do elevador [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 335
E0306 - Abertura do flap [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 336
E0307 - Fechar do flap [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 337
E0308 - Ligar e desligar o extrator primário [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 338
E0309 - PWM do extrator primário [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 339
E0310 - Válvula do comprimento do tolete [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 340
E0311 - Freio de estacionamento [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 341
E0312 - Bloqueio do diferencial [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 342
E0313 - Giro do elevador à esquerda [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 343
E0314 - Giro do elevador à direita [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 344
E0315 - Abaixamento do elevador [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 345
E0316 - Ventilador do extrator secundário [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 346
E0317 - Ventilador do líquido de arrefecimento de derivação hidráulica [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 347
E0318 - Direção da esteira do elevador sentido colheita [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 348
E0319 - Direção da esteira do elevador sentido reversão [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 349
E0320 - Levantar elevador [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 350
E0321 - Cortador de base/ picador sentido colheita [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 351
E0322 - Cortador de base/ picador sentido reverso [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 352
E0325 - Giro do capuz do extrator secundário para esquerda [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 353
E0326 - Giro do capuz do extrator secundário para direita [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 354
E0329 - Atuador da escova A [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 355
E0330 - Atuador da escova B [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 356
E0331 - Atuador da escova C [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 357
E0332 - Atuador da escova D [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 358
E0333 - Limpador dianteiro A [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 359
E0334 - Limpador dianteiro B [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 360
E0335 - Limpador dianteiro C [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 361
E0336 - Limpador dianteiro D [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 362
E0337 - Potência SCM2 - FET [SCM2] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 363
E0512 - Tensão da bateria SCM3 [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 364

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 8
E0513 - Tensão da chave SCM3 [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 365
E0514 - Referência SCM3 com tensão de 8 V [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 366
E0515 - Referência SCM3 com tensão 1 de 5 V [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 367
E0516 - Referência SCM3 com tensão 2 de 5 V [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 368
E0517 - Tensão de realimentação SCM3 [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 369
E0565 - Inclinação do corte de base subir [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 370
E0566 - Inclinação do corte de base descer [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 371
E0567 - Extensão à esquerda do revestimento lateral [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 372
E0568 - Retração à esquerda do revestimento lateral [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 373
E0569 - Extensão à direita do revestimento lateral [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 374
E0570 - Retração à direita do revestimento lateral [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 375
E0571 - Rotação do disco de corte lateral esquerdo sentido colheita [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 376
E0572 - Rotação do disco de corte lateral esquerdo sentido reversão [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 377
E0574 - Rotação do disco de corte lateral direito sentido colheita [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 378
E0575 - Rotação do disco de corte lateral direito sentido reversão [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 379
E0577 - Inclinação para dentro do divisor de colheita esquerdo [SCM3]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380
E0578 - Inclinação para fora do divisor de colheita esquerdo [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 381
E0579 - Inclinação para dentro do divisor de colheita direito [SCM3]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 382
E0580 - Inclinação para fora do divisor de colheita direito [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 383
E0585 - Rolo tombador para cima [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 384
E0586 - Abaixar rolo tombador [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 385
E0593 - Potência SCM3 - FET [SCM3] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 386
E1288 - Levantar rolo tombador [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 387
E1289 - Abaixar rolo tombador [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 388
E1290 - Giro do capô do extrator secundário esquerda [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 389
E1291 - Giro do capô do extrator secundário direita [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 390
E1294 - Função de colheita [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 391
E1296 - Interruptor do freio de estacionamento [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 392
E1300 - Interruptor momentâneo do ventilador do extrator primário [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 393
E1301 - Interruptor momentâneo do ventilador do extrator secundário [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 394
E1303 - Interruptor de bloqueio do diferencial [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 395
E1304 - Ligar o transbordo auxiliar [RHM]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 396
E1305 - Desligar o transbordo auxiliar [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 397
E1306 - Giro da tampa do extrator primário para a esquerda [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 398
E1307 - Giro do capuz do extrator primário para a esquerda [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 399
E1308 - Aumento da velocidade do ventilador do extrator primário [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 400
E1309 - Diminuição da velocidade do ventilador do extrator primário [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 401
E1311 - Interruptor momentâneo do modo estrada/campo [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 402
E1312 - Seta de direção para a direita [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 403
E1313 - Seta de direção para a esquerda [RHM]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 404
E1314 - Elevação do elevador [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 405
E1315 - Abaixamento do elevador [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 406

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 9
E1316 - Inclinação do corte de base subir [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 407
E1317 - Inclinação do corte de base descer [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 408
E1318 - Levantar disco de corte lateral esquerdo [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 409
E1319 - Abaixar disco de corte lateral esquerdo [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 410
E1321 - Direção de lançamento do corte de pontas à direita [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 411
E1322 - Levantamento do corte de pontas [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 412
E1323 - Divisor de linhas esquerdo para baixo [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 413
E1324 - Divisor de linhas direito para baixo [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 414
E1325 - Levantamento do cortador de base [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 415
E1326 - Divisor de linhas esquerdo para cima [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 416
E1328 - Ligar/desligar cortador de base [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 417
E1329 - Auto tracker [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 418
E1330 - Liga/desliga elevador [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 419
E1331 - Fechar flap [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 420
E1332 - Parada de emergência do software [RHM]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 421
E1333 - Abrir flap [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 422
E1334 - Abaixamento do cortador de base [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 423
E1335 - Divisor de linhas direito para cima [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 424
E1340 - Buzina [RHM]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 425
E1341 - Giro esquerdo do cortador de pontas [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 426
E1342 - Abaixamento do corte de pontas [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 427
E1343 - Shift (s) [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 428
E1352 - Liga/desliga extrator primário [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 429
E1353 - Liga/desliga extrator secundário [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 430
E1354 - Freio de estacionamento [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 431
E1359 - Luz traseira [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 432
E1361 - Disco de corte lateral esquerdo para frente [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 433
E1362 - Disco de corte lateral esquerdo para frente [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 434
E1363 - Disco de corte lateral direito para frente [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 435
E1364 - Disco de corte lateral direito para trás ligado [RHM]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 436
E1365 - Disco de corte lateral direito para cima [RHM]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 437
E1366 - Disco de corte lateral direito para baixo [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 438
E1379 - Disco de corte lateral esquerdo para frente [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 439
E1380 - Disco de corte lateral esquerdo para trás [RHM]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 440
E1381 - Disco de corte lateral direito para frente [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 441
E1382 - Disco de corte lateral direito para trás [RHM] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 442
E1792 - JOYSTICK [Eaton] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 443
E1793 - Sensor da bomba de transmissão direita [Eaton] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 444
E1794 - Sensor da bomba de transmissão direita [Eaton] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 445
E1795 - Solenoide da bomba de tração [Eaton] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 446
E1796 - Sensor de direção [Eaton] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 447

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 10
E1797 - Solenoide da direção [Eaton] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 448
E1798 - Voltagem do maestro [Eaton] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 449

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 11
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3005 (DTC 4B84) - Entupimento do filtro de ar ou falha do circuito


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o interruptor de obstrução do filtro de ar. Se a velocidade do
motor for maior que 1400 RPM após 10.00 min do motor em funcionamento e for detectado um entupimento no filtro
de ar ou falha no circuito, essa falha irá ocorrer.

Causa:
Um entupimento no filtro de ar ou falha no circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no filtro de ar, obstruído


2. Falha na fiação ou interruptor de obstrução do filtro de ar S-022
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Inspecione o filtro de ar do motor e o sistema de admissão de ar para ver se há uma condição entupida ou ob-
struída.

A. Se o filtro ou sistema de admissão de ar estiver entupido ou obstruído, repare ou substitua o filtro de ar, con-
forme necessário.

B. Se o filtro de ar ou o sistema de admissão de ar estiver entupido ou obstruído, continue na etapa 3.


3. Verifique o circuito S-022 para ver se há uma condição de curto-circuito.

Solte o conector X-911.

Desconecte os conectores X-223 e X-224.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 37, fio 9234 (YE) X-911 pino 27, fio 6570A (BL) Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito S-022. Localize e repare o condutor
em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 4.


4. Verifique o circuito S-022 para ver se há uma condição de curto com a alimentação da bateria da chave.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 12
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 37, fio 9234 (YE) Terra do chassi Não deve haver tensão.
X-911 pino 27, fio 6570A (BL) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe um curto-circuito com a alimentação da bateria da ignição no circuito S-022. Localize
e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 5.


5. Substitua a S-022.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3005 (DTC 4B84) – Entupimento do filtro de ar ou falha do
circuito.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 13
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3007 (DTC 1113) - A tensão do sensor de temperatura do líquido de


arrefecimento do motor é maior do que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito de temperatura do líquido de arrefecimento do
motor B-016 quanto a uma tensão acima da condição esperada. Se o A-095 detectar uma tensão maior que 4.93 V
no circuito do sinal B-016, essa falha irá ocorrer.

Causa:
O A-095 detectou uma tensão maior que 4.93 V no circuito do sinal B-016.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação B-016


2. Falha no B-016, falha interna
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique se o circuito B-016 possui uma condição de circuito aberto.

Solte o conector X-917.

Solte o conector X-831.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 39 (WH) X-831 pino 1 (WH) Deve haver continuidade.

A. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no circuito do sinal B-016. Localize e repare
o condutor quebrado.

B. Se houver continuidade, deixe ambos os conectores desconectados e continue na etapa 3.


3. Verifique se o B-016 circuito de sinal possui um curto-circuito.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 39 (WH) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito de sinal do B-016. Localize e repare
o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe ambos os conectores desconectados e continue na etapa 4.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 14
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

4. Verifique se há uma condição de curto com a alimentação da bateria da ignição no circuito do sinal de B-016.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 39 (WH) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, há uma condição de curto com a alimentação da bateria da ignição no circuito do sinal de
B-016. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 5.


5. Substitua a B-016.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3007 (DTC 1113) – A tensão do sensor de temperatura do
líquido de arrefecimento do motor é maior do que o esperado.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 15
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3008 (DTC 2213) - A tensão do sensor de temperatura do líquido de


arrefecimento do motor é menor do que a esperada
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle do motor (ECU) A-095 monitora o valor de entrada analógico do sensor de temperatura do
líquido de arrefecimento B-016 no pino 39 (WH) do conector do bujão do motor X-917. O sensor de temperatura
do líquido de arrefecimento B-016 é um termistor de coeficiente de temperatura negativa (NTC) com uma faixa de
resistência de 332 – 10.149K Ω a -10 – 80 °C (14.0 – 176 °F), em contrapartida. Se o sinal de entrada do circuito do
sensor de temperatura do líquido de arrefecimento B-016 for inferior a 0.188 V, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 está detectando uma sinal de entrada analógica inferior a 0.188 V no circuito de sinal do sensor de
temperatura do líquido de arrefecimento B-016.

Possíveis modos de falha:

1. Sensor de temperatura do líquido de arrefecimento B-016, em curto internamente


2. Circuito do sinal do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento B-016, em curto com o terra
3. Falha na ECU A-095, software da ECU

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo. Use a ferramenta eletrônica de
serviço (EST) para verificar o status da falha.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique a condição do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento B-016. Meça a resistência do sensor.

Desconecte o chicote do motor do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento B-016 no conector X-831.

Use um multímetro para executar o seguinte teste no componente:

Do Até Valor
Pino 1 do X-831 Pino 2 do X-831 Deve haver entre 332 – 10.149K Ω,
dependendo da temperatura do
líquido de arrefecimento.

A. Se a resistência medida for mínima ou zero, o sensor de temperatura do líquido de arrefecimento B-016 falhou
internamente. Substitua o sensor.

B. Se a resistência medida estiver dentro da faixa especificada, deixe o conector B-016 do sensor de temperatura
do líquido de arrefecimento X-831 desconectado e prossiga para a etapa 3.
3. Verifique se há uma condição de curto com o terra no circuito de sinal do sensor de temperatura do líquido de
arrefecimento B-016.

Use um multímetro para executar a seguinte verificação no lado do chicote do motor (EN):

Até Do Valor
X-831 pino 1 (WH) Terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector B-016 do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento X-831
desconectado e prossiga para a etapa 4.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 16
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se não houver continuidade, verifique se a ECU A-095 apresenta o software adequado e instale novamente,
se necessário.
4. Desconecte cuidadosamente o chicote do motor da ECU A-095 no conector X-917. Use um multímetro para
verificar a continuidade no lado do chicote do motor do conector X-917, entre o pino 39 (WH) e o aterramento do
chassi. Não deve haver continuidade.

A. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no chicote do motor entre a ECU A-095,
pino 39 (WH) do conector do bujão do motor X-917 e o sensor de temperatura do líquido de arrefecimento
B-016, pino 1 (WH) do conector X-831. Localize e repare o condutor aterrado.

B. Se não houver continuidade, verifique se a ECU A-095 apresenta o software adequado e instale novamente,
se necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 17
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3014 (DTC 4C84) - Entupimento do filtro de ar ou falha do circuito


presente durante muito tempo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o interruptor de obstrução do filtro de ar. O monitoramento
é executado em dois níveis. O primeiro nível de advertência é detectado se o A-095 detectar uma condição de
entupimento do filtro de ar ou de falha no circuito. Um segundo nível de advertência é detectado se nenhuma ação
for realizada após o primeiro nível de advertência. Se a velocidade do motor for maior que 1400 RPM após 10.00 min
do motor em funcionamento e for detectada uma advertência, essa falha irá ocorrer.

Causa:
Um entupimento no filtro de ar ou falha no circuito foi detectado por mais que 30.00 min.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no filtro de ar, obstruído


2. Falha na fiação ou interruptor de obstrução do filtro de ar S-022
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 7.
2. Verifique se existem as seguintes falhas relacionadas:

3005 (DTC 4B84) – Entupimento do filtro de ar ou falha do circuito

A. Se a falha estiver ativa, diagnostique-a primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3014 (DTC 4C84) –
Entupimento do filtro de ar ou falha do circuito presente durante muito tempo.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Inspecione o filtro de ar do motor e o sistema de admissão de ar para ver se há uma condição entupida ou ob-
struída.

A. Se o filtro ou sistema de admissão de ar estiver entupido ou obstruído, repare ou substitua o filtro de ar, con-
forme necessário.

B. Se o filtro de ar ou o sistema de admissão de ar estiver entupido ou obstruído, continue na etapa 4.


4. Verifique o circuito S-022 para ver se há uma condição de curto-circuito.

Solte o conector X-911.

Desconecte os conectores X-223 e X-224.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 37, fio 9234 (YE) X-911 pino 27, fio 6570A (BL) Não deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 18
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito S-022. Localize e repare o condutor
em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 5.


5. Verifique o circuito S-022 para ver se há uma condição de curto com a alimentação da bateria da chave.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 37, fio 9234 (YE) Terra do chassi Não deve haver tensão.
X-911 pino 27, fio 6570A (BL) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe um curto-circuito com a alimentação da bateria da ignição no circuito S-022. Localize
e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 6.


6. Substitua a S-022.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3005 (DTC 4B84) – Entupimento do filtro de ar ou falha do
circuito.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
7. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 19
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3015 (DTC 1C15) - A tensão do sensor de temperatura do


combustível está maior que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a tensão do circuito do sinal B-017 do sensor de temperatura
do combustível. Se o A-095 determinar que há tensão mais alta que a condição esperada no circuito do sinal B-017,
essa falha irá ocorrer.

Causa:
O A-095 detectou um valor maior que 4.93 V no circuito do sinal B-017.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no circuito do sinal B-017, condição de curto com a fonte de tensão alta
2. Falha no B-017, falha interna
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue com 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique se o circuito de sinal B-017 está em curto com a fonte de alta tensão.

Solte o conector X-832.

Solte o conector X-917 do A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 12 (OR) Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito de sinal do B-017. Localize e repare
o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 3.


3. Verifique se o B-017 possui uma condição de curto com a potência de ignição.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 12 (OR) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe uma condição de curto com a potência de ignição no circuito de sinal B-017. Localize
e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 4.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 20
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

4. Substitua a B-017.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3015 (DTC 1C15) – A tensão do sensor de temperatura do
combustível está maior que o esperado.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 21
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3016 (DTC 2D15) - Tensão do sensor de temperatura do combustível


menor que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a tensão do circuito do sinal B-017 do sensor de temperatura
do combustível. Se o A-095 determinar que há tensão mais baixa que a condição esperada no circuito do sinal B-017,
essa falha irá ocorrer.

Causa:
O A-095 detectou um valor menor que 188 mV no circuito do sinal B-017.

Possíveis modos de falha:

1. Circuito do sinal com defeito B-017, condição de curto com o terra


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue com 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se o circuito de sinal B-017 está em curto com o terra.

Solte o conector X-832.

Solte o conector X-917 do A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 12 (OR) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 12 (OR) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do sinal do B-017. Localize e repare
o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 3.


3. Substitua a B-017.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3016 (DTC 2D15) – Tensão do sensor de temperatura do com-
bustível menor que o esperado.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 22
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 23
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3019 (DTC 1D64) - A tensão do sensor de pressão do coletor de


admissão é maior que o esperado
Módulo de controle: ECU
NOTA: Como essa falha causa indução, é necessário executar a configuração de redefinição do contador da reinicia-
lização do motor/desbloqueio da indução com a ferramenta eletrônica de serviço (EST) antes de retornar a máquina
ao serviço. Consulte o menu de configuração correspondente na EST.

Contexto:
A unidade de controle do motor (ECU) A-095 monitora o circuito do sinal de pressão do sensor de pressão do coletor
de admissão B-013. Se a ECU A-095 determinar que a tensão no circuito do sinal de pressão é maior que o esperado,
essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma tensão maior que 4.91 V por um período maior que 0.5 s no circuito do sinal de pressão
do sensor de pressão do coletor de admissão B-013.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no sensor de pressão do coletor de admissão B-013, falha interna


2. Falha no circuito do sinal de pressão do sensor de pressão do coletor de admissão B-013, condição de circuito
aberto ou de curto com a fonte de tensão alta
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique o circuito de sinal do sensor de pressão do coletor de admissão B-013 para ver se há uma condição de
circuito aberto.

Solte o conector X-828.

Desconecte o conector X-917 da ECU A-095.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 86 (WH) X-828 pino 4 (WH) Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, deixe ambos os conectores desconectados e continue na etapa 3.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no circuito do sinal de pressão do sensor de
pressão do coletor de admissão B-013. Localize e repare o condutor quebrado.
3. Verifique o circuito do sinal de pressão do sensor de pressão do coletor de admissão B-013 para ver se há uma
condição de curto com a fonte de alta tensão.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 24
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-917 pino 86 (WH) X-917 pino 7 (WH/BK) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com a fonte de tensão alta no circuito do sinal de pressão
do sensor de pressão do coletor de admissão B-013. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 4.


4. Substitua o sensor de pressão do coletor de admissão B-013.

Use a EST para verificar se 3019 (DTC 1D64) – A tensão do sensor de pressão do coletor de admissão é
maior que o esperado foi resolvida.

A. Se a falha tiver sido resolvida, use a EST para executar a configuração de redefinição do contador da reini-
cialização do motor/desbloqueio da indução. Consulte o menu de configuração correspondente na EST. Em
seguida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 25
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3024 (DTC 13C4) - Falha interna da ECU - A tensão do sensor de


pressão ambiente é maior que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico A-095 monitora a pressão ambiente pelo sensor de pressão ambiente que está na
parte interna do A-095. Se o A-095 detectar uma tensão maior que 4.88 V durante um período maior que 800 ms,
essa falha irá ocorrer. Se essa falha ocorrer, o A-095 será congelado no último valor de pressão ambiente válido para
uma falha preliminar e uma substituição de pressão ambiente de 0.8 bar (11.6 psi) se a falha for validada. Como
essa falha pode ocorrer na altitude anormal, verifique se a máquina não está sendo operada em condições extremas
de altitude antes de diagnosticar essa falha.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 26
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3025 (DTC 24C4) - Falha interna da ECU - A tensão do sensor de


pressão ambiente é menor que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico A-095 monitora a pressão ambiente pelo sensor de pressão ambiente que está
na parte interna do A-095. Se o A-095 detectar uma tensão menor que 190.00 mV durante um período maior que
800 ms, essa falha irá ocorrer. Se essa falha ocorrer, o A-095 será congelado no último valor de pressão ambiente
válido para uma falha preliminar e uma substituição de pressão ambiente de 0.8 bar (11.6 psi) se a falha for validada.
Como essa falha pode ocorrer na altitude acima do normal, verifique se a máquina não está sendo operada em
condições extremas de altitude antes de diagnosticar essa falha.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 27
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3028 (DTC 26D3) - Pressão do óleo muito baixa


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora se há uma condição de baixa pressão do óleo do motor. Se
o A-095 determinar que a pressão do óleo está muito baixa, essa falha irá ocorrer.

Causa:
O A-095 detectou uma condição de pressão do óleo do motor baixa.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no sensor de pressão do óleo B-014


2. Falha no nível do óleo do motor
3. Falha no óleo do motor, contaminação do combustível
4. Falha na válvula de controle da pressão do óleo
5. Falha na linha de sucção do óleo: danificada ou com vazamento
6. Bomba de óleo com defeito.
7. Defeito nos rolamentos principais, folga ou uso impróprio
8. Falha no A-095, software

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 28
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3029 (DTC 18D3) - A tensão do sensor de pressão do óleo é maior


que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito de sinal B-014 do sensor da pressão do óleo. Se
o A-095 determinar que a tensão no circuito de sinal de pressão é maior do que o esperado, essa falha ocorrerá.

Causa:
O A-095 detectou uma tensão maior que 4.93 V por um período maior que 500 ms no circuito de sinal de pressão
B-014.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no B-014, falha interna


2. Falha no circuito de sinal de pressão B-014, condição de curto com a fonte alta ou de circuito aberto
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique se o circuito de sinal de pressão B-014 possui um circuito aberto.

Solte o conector X-829.

Solte o conector X-917 do A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 35 (GN) X-829 pino 4 (GN) Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, deixe ambos os conectores desconectados e continue na etapa 3.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no circuito de sinal de pressão B-014. Loca-
lize e repare o condutor quebrado.
3. Verifique se o circuito de sinal B-014 está em curto com a fonte de alta tensão.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 35 (GN) X-917 pino 31 (WH) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 35 (GN) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com a fonte alta no circuito de sinal de pressão B-014.
Localize e repare o condutor em curto.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 29
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 4.


4. Substitua a B-014.

Use a EST para verificar se 3029 (DTC 18D3) – A tensão do sensor de pressão do óleo é maior que o espe-
rado foi resolvida.

A. Caso ele tenha sido resolvido, retorne a máquina ao serviço.

B. Caso ele não tenha sido resolvido, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se
necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 30
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3030 (DTC 29D3) - A tensão do sensor de pressão do óleo é menor


que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito de sinal B-014 do sensor da pressão do óleo. Se
o A-095 determinar que a tensão no circuito de sinal de pressão é menor que o esperado, essa falha ocorrerá.

Causa:
O A-095 detectou uma tensão menor que 200 mV por um período maior que 500 ms no circuito de sinal de pressão
B-014.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no B-014, falha interna


2. Circuito do sinal de pressão com defeito B-014, condição de curto com o terra
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se o circuito de sinal de pressão B-014 está em curto com o terra.

Solte o conector X-829.

Solte o conector X-917 do A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 35 (GN) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 35 (GN) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito de sinal de pressão B-014. Localize
e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 3.


3. Substitua a B-014.

Use a EST para verificar se 3030 (DTC 29D3) – A tensão do sensor de pressão do óleo é menor que o
esperado foi resolvida.

A. Caso ele tenha sido resolvido, retorne a máquina ao serviço.

B. Caso ele não tenha sido resolvido, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se
necessário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 31
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 32
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3034 (DTC 11E3) - A tensão do sensor de temperatura do óleo


é maior que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito de sinal B-014 do sensor de temperatura do óleo.
Se o A-095 determinar que a tensão no circuito de sinal de temperatura é maior do que o esperado, essa falha
ocorrerá.

Causa:
O A-095 detectou uma tensão maior que 4.93 V por um período maior que 500 ms no circuito de sinal de temperatura
B-014.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no B-014, falha interna


2. Falha no circuito de sinal de temperatura B-014, condição de curto com a fonte alta ou de circuito aberto
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue com 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique se o circuito de sinal da temperatura B-014 possui uma condição de circuito aberto.

Solte o conector X-829.

Solte o conector X-917 do A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 13 (OR) X-829 pino 2 (OR) Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, deixe ambos os conectores desconectados e continue na etapa 3.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no circuito de sinal de temperatura B-014.
Localize e repare o condutor quebrado.
3. Verifique se o circuito de sinal B-014 está em curto com a fonte de alta tensão.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 13 (OR) X-917 pino 31 (WH) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 13 (OR) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com a fonte alta no circuito de sinal de temperatura B-014.
Localize e repare o condutor em curto.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 33
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 4.


4. Substitua a B-014.

Use a EST para verificar se 3034 (DTC 11E3) – A tensão do sensor de temperatura do óleo é maior que o
esperado foi resolvida.

A. Caso ele tenha sido resolvido, retorne a máquina ao serviço.

B. Caso ele não tenha sido resolvido, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se
necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 34
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3035 (DTC 22E3) - A tensão do sensor de temperatura do óleo


é menor que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito de sinal B-014 do sensor de temperatura do óleo.
Se o A-095 determinar que a tensão no circuito de sinal de temperatura é menor que o esperado, essa falha ocorrerá.

Causa:
O A-095 detectou uma tensão menor que 235 mV por um período maior que 500 ms no circuito de sinal de tempe-
ratura B-014.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no B-014, falha interna


2. Circuito do sinal de temperatura com defeito B-014, condição de curto com o terra
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se o circuito de sinal de temperatura B-014 está em curto com o terra.

Solte o conector X-829.

Solte o conector X-917 do A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 13 (OR) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 13 (OR) X-917 pino 6 (VT) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 13 (OR) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito de sinal de temperatura B-014.
Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 3.


3. Substitua a B-014.

Use a EST para verificar se 3035 (DTC 22E3) – A tensão do sensor de temperatura do óleo é menor que o
esperado foi resolvida.

A. Caso ele tenha sido resolvido, retorne a máquina ao serviço.

B. Caso ele não tenha sido resolvido, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se
necessário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 35
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 36
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3037 (DTC 2E64) - A tensão do sensor de pressão do coletor de


admissão é menor que o esperado
Módulo de controle: ECU
NOTA: Como essa falha causa indução, é necessário executar a configuração de redefinição do contador da reinicia-
lização do motor/desbloqueio da indução com a ferramenta eletrônica de serviço (EST) antes de retornar a máquina
ao serviço. Consulte o menu de configuração correspondente na EST.

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito do sinal B-013 do sensor de pressão do coletor de
admissão. Se a ECU A-095 determinar que a tensão no circuito do sinal de pressão é menor que o esperado, essa
falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma tensão menor que 0.203 V por um período maior que 0.5 s no circuito do sinal de pressão
do sensor de pressão do coletor de admissão B-013.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no sensor de pressão do coletor de admissão B-013, falha interna


2. Falha no sensor de pressão do coletor de admissão, circuito do sinal de pressão B-013, condição de curto com
o terra
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique o circuito do sinal de pressão do sensor de pressão do coletor de admissão B-013 para ver se há uma
condição de curto com o terra.

Solte o conector X-828.

Desconecte o conector X-917 da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 86 (WH) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há um curto com o terra no circuito do sinal de pressão B-013 do sensor de pressão
do coletor de admissão. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 3.


3. Substitua o sensor de pressão do coletor de admissão B-013.

Use a EST para verificar se 3037 (DTC 2E64) – A tensão do sensor de pressão do coletor de admissão é
menor que o esperado foi resolvida.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 37
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Caso ele tenha sido resolvido, use a EST para executar a configuração de redefinição do contador da reini-
cialização do motor/desbloqueio da indução. Consulte o menu de configuração correspondente na EST. Em
seguida, retorne a máquina ao serviço.

B. Caso ele não tenha sido resolvido, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 38
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3051 (DTC 1161) - A tensão da bateria é maior que o esperado


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a tensão da bateria. Se o A-095 determinar que a tensão da
bateria excedeu 16.1 V , essa falha irá ocorrer.

Causa:
A tensão da bateria é maior que 16.1 V.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no sistema de carregamento


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique a tensão da bateria.

O motor deve estar funcionando.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
Terminal da bateria (+) Terminal da bateria (-) Deve haver aproximadamente 12 V

A. Se não houver aproximadamente 12 V, continue na etapa 3.

B. Se houver aproximadamente 12 V, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
3. Verifique o sistema de carga quanto à operação adequada.

A. Se o sistema de carga não estiver funcionando corretamente, repare-o, conforme necessário.

B. Se o sistema de carga estiver funcionando corretamente, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 39
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3052 (DTC 2261) - A tensão da bateria é menor que o esperado


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a tensão da bateria. Se o A-095 determinar que a bateria é
menor que 10.2 V , essa falha irá ocorrer.

Causa:
A tensão da bateria é menor que 10.2 V.

Possíveis modos de falha:

1. Bateria defeituosa
2. Motor acionado por um longo período de tempo
3. Falha na fiação de alimentação A-095
4. Falha no sistema de carregamento
5. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique a tensão da bateria.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
Terminal da bateria (+) Terminal da bateria (-) Deve haver aproximadamente 12 V

A. Se não houver aproximadamente 12 V, Carregue a bateria e, em seguida, realize o teste de carga na bateria.
Se a bateria passar no teste de carga, siga para a Etapa 3. Se a bateria não passar no teste de carga, siga
para a Etapa 5.

B. Se houver aproximadamente 12 V, continue na etapa 3.


3. Verifique o fornecimento de tensão no A-095.

Solte o conector X-911.

A chave deve estar na posição LIGADO para a tensão e na posição DESLIGADO para continuidade.

Use um multímetro para executar as seguintes verificações de fiação:

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) Terra do chassi Deve haver aproximadamente 12 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) Terra do chassi Deve haver aproximadamente 12 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) Terra do chassi Deve haver aproximadamente 12 V
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) Terra do chassi Deve haver aproximadamente 12 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) Terra do chassi Deve haver aproximadamente 12 V
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) Terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) Terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) Terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 40
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) Terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) Terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se os valores especificados forem medidos, continue na etapa 4.

B. Se os valores especificados não forem medidos, há uma falha na fiação de alimentação A-095. Localize e
repare o condutor com falha.
4. Verifique o sistema de carga quanto à operação adequada.

A. Se o sistema de carga não estiver funcionando corretamente, repare-o, conforme necessário.

B. Se o sistema de carga estiver funcionando corretamente, continue na etapa 5.


5. Substitua a bateria.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha, 3052 (DTC 2261) – A tensão
da bateria é menor que o esperado.

A. Se a falha tiver sido resolvida, Realize um teste de consumo parasita para medir o excesso de consumo de
corrente da bateria. Se for encontrado um consumo excessivo, localize e repare conforme necessário e, em
seguida, retorne a máquina ao serviço..

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 41
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3063 (DTC 6226) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 1 Y-061, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide Y-061 do injetor do cilindro 1, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 1 Y-061.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 49 (WH) X-917 pino 73 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 1 Y-061 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 49 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 42
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
X-825 pino 4 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-825 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no chicote do motor entre o pino 4 (WH)
do conector da tampa da válvula X-825 e o pino 49 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e
repare o condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 1 em Y-061.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-061pino 1 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 1, entre
pino 1 do conector Y-061 e o pino 4 do conector X-825. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
X-825 pino 4 Pino 3 do X-825 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-825 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 1 em Y-061.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-061pino 1 Y-061pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-825 e Y-061. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 43
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 44
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3063 (DTC 6226) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 1 Y-061, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061, em curto ou aterrado.


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado).
3. Falha na ECU A-095, software.

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 1 Y-061.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 49 (WH) X-917 pino 73 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 1 Y-061 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 49 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 45
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
X-825 pino 4 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-825 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no chicote do motor entre o pino 4 (WH)
do conector da tampa da válvula X-825 e o pino 49 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e
repare o condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 1 em Y-061.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-061pino 1 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 1, entre
pino 1 do conector Y-061 e o pino 4 do conector X-825. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
X-825 pino 4 Pino 3 do X-825 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-825 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 5 em Y-061.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-061pino 1 Y-061pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-825 e Y-061. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 46
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 47
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3067 (DTC 6726) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 4 Y-064, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 4 Y-064.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 27 (WH) X-917 pino 3 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 4 Y-064 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 27 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-826.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 48
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
Pino 2 do X-826 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-826 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de curto com o terra no chicote do motor, entre o pino 2
(WH) X-826 do conector da tampa da válvula e o pino 27 (WH) X-917 do conector do bujão do motor. Localize
e repare o condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 4 em Y-064.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-064pino 1 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não há continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 4, entre o
pino 2 do conector X-826 e o pino 1 do conector Y-064. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-826.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
Pino 2 do X-826 Pino 1 do X-826 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-826 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 4 em Y-064.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-064pino 1 Y-064pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-826 e Y-064. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 49
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 50
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3071 (DTC 6626) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 2 Y-062, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 2 Y-062.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 51 (WH) X-917 pino 73 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 2 Y-062 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 51 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 51
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
Pino 1 do X-825 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-825 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de curto com o terra no chicote do motor, entre o pino do
conector 1 X-825 da tampa da válvula e o pino do conector 51 do bujão do motor X-917. Localize e repare o
condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 2 em Y-062.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-062pino 2 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não há continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 2, entre o
pino 2 do conector Y-062 e o conector X-825. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
Pino 1 do X-825 Pino 2 do X-825 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-825 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do Cilindro 2 em Y-062.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-062pino 1 Y-062pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-825 e Y-062. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 52
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 53
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3075 (DTC 6526) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 6


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 6 Y-066, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide Y-066 do injetor do cilindro 6, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 6 Y-066.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 26 (WH) X-917 pino 2 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 6 Y-066 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 26 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-827.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 54
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
Pino 2 do X-827 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-827 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no chicote do motor entre o pino 2 (WH)
do conector da tampa da válvula X-827 e o pino 26 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e
repare o condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 6 em Y-066.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-066pino 1 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 6 Y-066 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 6, entre
pino 1 do conector Y-066 e o pino 2 do conector Y-066. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-827.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
Pino 2 do X-827 Pino 1 do X-827 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-827 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 6 em Y-066.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-066pino 1 Y-066pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-827 e Y-066. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 6 Y-066 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 55
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 56
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3075 (DTC 6526) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 2 Y-062, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 2 Y-062.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 51 (WH) X-917 pino 73 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 2 Y-062 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 51 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 57
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
Pino 1 do X-825 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-825 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de curto com o terra no chicote do motor, entre o pino do
conector 1 X-825 da tampa da válvula e o pino do conector 51 do bujão do motor X-917. Localize e repare o
condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 2 em Y-062.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-062pino 2 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não há continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 2, entre o
pino 2 do conector Y-062 e o conector X-825. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
Pino 1 do X-825 Pino 2 do X-825 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-825 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do Cilindro 2 em Y-062.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-062pino 1 Y-062pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-825 e Y-062. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 58
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 59
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3079 (DTC 6426) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 3 Y-063, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide Y-063 do injetor do cilindro 3, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 3 Y-063.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 50 (WH) X-917 pino 74 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 3 Y-063 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 50 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 60
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
X-825 pino 4 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-825 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no chicote do motor entre o pino 4 (WH)
do conector da tampa da válvula X-825 e o pino 50 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e
repare o condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 3 em Y-063.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-063pino 1 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 3 Y-063 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 3, entre
pino 1 do conector Y-063 e o pino 4 do conector Y-063. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
X-825 pino 4 Pino 3 do X-825 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-825 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 3 em Y-063.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-063pino 1 Y-063pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-825 e Y-063. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 3 Y-063 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 61
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 62
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3079 (DTC 6426) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 4 Y-064, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 4 Y-064.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 27 (WH) X-917 pino 3 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 4 Y-064 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 27 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-826.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 63
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
Pino 2 do X-826 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-826 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de curto com o terra no chicote do motor, entre o pino 2
(WH) X-826 do conector da tampa da válvula e o pino 27 (WH) X-917 do conector do bujão do motor. Localize
e repare o condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 4 em Y-064.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-064pino 1 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não há continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 4, entre o
pino 2 do conector X-826 e o pino 1 do conector Y-064. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-826.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
Pino 2 do X-826 Pino 1 do X-826 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-826 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 4 em Y-064.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-064pino 1 Y-064pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-826 e Y-064. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 64
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 65
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3083 (DTC 6326) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 5


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 5 Y-065, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide Y-065 do injetor do cilindro 5, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 5 Y-065.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 25 (WH) X-917 pino 1 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique se o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 5 Y-065 possui uma condição de curto com
o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 25 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-827.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 66
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
Pino 3 do X-827 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-827 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no chicote do motor entre o pino 3 (WH)
do conector da tampa da válvula X-827 e o pino 25 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e
repare o condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 5 em Y-065.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-065pino 1 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 5 Y-065 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 5, entre
pino 2 do Y-065 e o pino 3 do conector X-827. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-827.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
Pino 3 do X-827 X-827 pino 4 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-827 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 5 em Y-065.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-065pino 1 Y-065pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-827 e Y-065. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 5 Y-065 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 67
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 68
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3083 (DTC 6326) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 3 Y-063, o padrão para o curto-circuito foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide Y-063 do injetor do cilindro 3, em curto ou aterrado


2. Fiação elétrica com defeito, curto com o lado alto ao lado baixo ou com o terra (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não
estar ativa no momento. Continue na etapa 10.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 3 Y-063.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 50 (WH) X-917 pino 74 (WH) Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se houver mais que 0.1 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver menos que 0.1 Ω, continue na etapa 6.


NOTA: A quantidade medida de resistência da bobina do injetor é um valor muito reduzido, normalmente entre
0.2 – 0.5 Ω.
3. Verifique o circuito de controle do lado alto do injetor do cilindro 3 Y-063 para ver se há uma condição de curto
com o terra.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote EN:

Do Até Valor
X-917 pino 50 (WH) terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 8.


4. Determine o local da condição do curto com o terra.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 69
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado da tampa do injetor (válvula):

Do Até Valor
X-825 pino 4 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade com o aterramento do chassi, mantenha o conector X-825 desplugado e continue
na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no chicote do motor entre o pino 4 (WH)
do conector da tampa da válvula X-825 e o pino 50 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e
repare o condutor aterrado.
5. Determine o local da condição do curto com o terra.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 3 em Y-063.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-063pino 1 terra do chassi Não deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 3 Y-063 está com defeito, substitua o
injetor.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do injetor do cilindro 3, entre
pino 1 do conector Y-063 e o pino 4 do conector Y-063. Localize e repare o condutor aterrado.
6. Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para medir a resistência no lado da tampa do injetor da tampa da válvula:

Do Até Valor
X-825 pino 4 Pino 3 do X-825 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a resistência for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor do motor
entre o conector da tampa da válvula X-825 e o conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
curto-circuito.

B. Se a resistência for inferior a 0.1 Ω, continue na etapa 7.


7. Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do cilindro 3 em Y-063.

Use um multímetro para verificar a continuidade no injetor:

Do Até Valor
Y-063pino 1 Y-063pino 2 Deve haver mais que 0.1 Ω

A. Se a tensão for maior que 0.1 Ω, existe uma condição de curto-circuito no chicote do injetor, entre o pino 1 e
o pino 2 do conector X-825 e Y-063. Localize e repare os condutores em curto.

B. Se a resistência for menor que 0.1 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 3 Y-063 está com defeito.
Substitua o injetor.
8. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 70
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 9.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
9. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
10. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 71
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3102 (DTC 2525) - A tensão do sensor de pressão da galeria de


combustível está abaixo do esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de combustível de alta pressão, consulte HIGH PRESSURE FUEL SYSTEM THEORY
OF OPERATIONS no manual apropriado. A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito do sinal do
sensor de pressão da galeria de combustível B-015. Se o A-095 determinar que a tensão no circuito do sinal B-015
é menor do que o esperado, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou um valor menor que 189 mV por um período maior que 200 ms.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no B-015, falha interna


2. Circuito do sinal com defeito B-015, condição de curto com o terra
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se o circuito de sinal B-015 está em curto com o terra.

Solte o conector X-830.

Solte o conector X-917 do A-095.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 36 (VT/RD) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 36 (VT/RD) X-917 pino 60 (WH) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 36 (VT/RD) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito do sinal do B-015. Localize e repare
o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 3.


3. Substitua a B-015.

Use a EST para verificar o status de 3102 (DTC 2525) – A tensão do sensor de pressão da galeria de com-
bustível está abaixo do esperado.

A. Se a falha estiver resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não estiver resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 72
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 73
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3104 (DTC F445) - A válvula de alívio de pressão do combustível


está aberta
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Uma válvula de alívio de pressão (PRV) mecânica, parte integrante da galeria de combustível, será aberta no caso
de uma pressão excessiva da galeria. A unidade de controle do motor (ECU) A-095 detecta e conta as reduções
radicais na pressão da galeria. Se uma abertura da válvula for detectada, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou que a PRV está aberta.

Possíveis modos de falha:

1. A A-095 comandou a abertura da PRV com picos de pressão


2. Falha nos injetores de combustível
3. Falha na bomba de alta pressão
4. Falha na unidade de medição do combustível Y-011, falha interna ou na fiação
5. Falha na PRV
6. Falha no sensor de pressão do trilho B-015, sinal implausível
7. Falha no A-095, software

Solução:

1. Outras falhas possíveis no sistema de combustível que podem ocorrer ou podem ter causado esta falha:

3105 (DTC F245) – A válvula de alívio de pressão do combustível é forçada a abrir, execute um aumento
de pressão

3799 (DTC F345) – A válvula de alívio de pressão do combustível é forçada a abrir, execute um pico de
pressão

3104 (DTC F445) – A válvula de alívio de pressão do combustível está aberta

3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta

3910 (DTC 4155) – Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível

3735 (DTC 8355) – A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura

3808 (DTC 3C65) – A quantidade de fornecimento de combustível da bomba de alta pressão em posição
de marcha lenta é muito alta

3176 (DTC 3B65) – A quantidade em sobrecarga do fornecimento de combustível da bomba de alta pressão
excede um limite máximo

3293 (DTC 2265) – A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio positivo

3805 (DTC 1D85) – Pressão máxima do trilho excedida

3112 (DTC 1425) – A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está acima do esperado

3977 (DTC 15E5) – A tensão do sensor de pressão do combustível do pré-filtro está maior que o esperado

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 74
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3105 (DTC F245) - A válvula de alívio de pressão do combustível é


forçada a abrir, execute um aumento de pressão
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de injeção do motor, consulte o manual apropriado. Para determinar o des-
gaste mecânico ou enviar o sistema no modo de funcionamento limitado, a unidade de controle eletrônico (ECU)
A-095 pode forçar a válvula de alívio de pressão do combustível aberta. Essa ação consiste em duas etapas, espe-
rar que a pressão da galeria acumule e executar o choque de pressão. Se a A-095 comandar essa operação, essa
falha ocorrerá. Depois que a falha no sensor de pressão da galeria B-015 for detectada ou a pressão máxima da
galeria for excedida, o sistema entrará em um modo de funcionamento limitado. Se essa falha ocorrer, outras falhas
do sistema relacionadas ao combustível poderão ocorrer devido ao aumento na pressão de combustível.

Solução:

1. Outras falhas possíveis no sistema de combustível que podem ocorrer ou podem ter causado esta falha:

3799 (DTC F345) – A válvula de alívio de pressão do combustível é forçada a abrir, execute um pico de
pressão

3104 (DTC F445) – A válvula de alívio de pressão do combustível está aberta

3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta

3910 (DTC 4155) – Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível

3735 (DTC 8355) – A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura

3808 (DTC 3C65) – A quantidade de fornecimento de combustível da bomba de alta pressão em posição
de marcha lenta é muito alta

3176 (DTC 3B65) – A quantidade em sobrecarga do fornecimento de combustível da bomba de alta pressão
excede um limite máximo

3293 (DTC 2265) – A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio positivo

3805 (DTC 1D85) – Pressão máxima do trilho excedida

3112 (DTC 1425) – A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está acima do esperado

3977 (DTC 15E5) – A tensão do sensor de pressão do combustível do pré-filtro está maior que o esperado

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 75
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3106 (DTC 1145) - A válvula de alívio de pressão do combustível


atingiu a contagem de abertura máxima permitida
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Uma válvula de alívio de pressão (PRV) mecânica, parte integrante da galeria de combustível, será aberta no caso
de uma pressão excessiva da galeria. A unidade de controle do motor (ECU) A-095 detecta e conta as reduções
repentinas na pressão da galeria devido a uma abertura da PRV. Se a contagem de 50 for excedida, essa falha
ocorrerá.

Causa:
O contador de abertura da PRV, interno à A-095, excedeu 50.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na PRV, verifique o aperto e a pressão de abertura


2. Falha na unidade de medição de combustível Y-011, fiação
3. Falha na unidade de medição de combustível Y-011, falha interna

Solução:

1. Verifique o status das seguintes falhas relacionadas:

3141 (DTC 4465) – A pressão da bomba de combustível excedeu os limites de pressão desejados

3309 (DTC 1865) – A pressão da galeria de combustível excedeu o limite máximo

3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta

3910 (DTC 4155) – Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível

3293 (DTC 2265) – A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio positivo

3301 (DTC 1565) – A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio negativo

A. Se qualquer uma das falhas listadas estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta
falha, 3106 (DTC 1145) – A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu a contagem de abertura
máxima permitida.

B. Se nenhuma das falhas listadas estiver ativa, continue na etapa 2.


2. Substitua a PRV.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para executar a redefinição do contador da PRV.

A. Retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha ainda estiver ativa, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se
necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 76
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3107 (DTC 6655) - A unidade de medição de combustível tem um


curto com a tensão da bateria no lado baixo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre a unidade de medição de combustível Y-011, consulte o manual apropriado. O está-
gio de energia da unidade de medição de combustível Y-011 no lado baixo é monitorado pela unidade de controle
eletrônico (ECU) A-095 quanto a falhas elétricas. Se a A-095 detectar um curto com uma fonte de tensão alta no
estágio de alimentação do Y-011 no lado baixo, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma condição de curto com a fonte de tensão alta no circuito do lado baixo da Y-011.

Possíveis modos de falha:

1. Falha interna no Y-011


2. Condição de curto com a fonte de tensão alta no Y-011 para o chicote do motor (EN) da ECU A-095
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se o código de falha está ativo.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar essa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique o Y-011 quanto a um curto interno.

Solte o Y-011 conector X-833.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Pino 1 do X-833 Pino 2 do X-833 O valor deve estar entre 2.8 – 3.2 Ω
(2.8 – 3.2 Ω).

A. Se o valor estiver dentro da faixa especificada, deixe o conector X-833 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor não estiver dentro da faixa especificada, a Y-011 falhou internamente. Substitua o Y-011 e realize
a Substituição da unidade de medição da pressão do trilho - Redefinir os dados da ECU.
3. Verifique a tensão no circuito da Y-011, lado baixo.

Desconecte o conector X-917 da A-095.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar o teste a seguir:

Até Do Valor
Pino 83 do X-917 Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, há um curto com a fonte de tensão alta no circuito da Y-011, lado baixo. Consulte o manual
de serviço apropriado para localizar e reparar o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, vá para a etapa 4.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 77
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

4. Verifique se há continuidade entre todos os pinos no conector X-917.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 83 (YE/BK) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há um curto com a fonte de tensão alta no circuito da Y-011, lado baixo. Use o manual
de serviço apropriado para localizar e reparar o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se neces-
sário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 78
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3108 (DTC 7755) - A unidade de medição de combustível tem um


curto com o terra no lado baixo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre a unidade de medição de combustível Y-011, consulte o manual apropriado. Se a
unidade de controle do motor (ECU) A-095 detectar um curto-circuito com o terra no lado baixo do Y-011, essa falha
ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou um curto com o terra no circuito da Y-011, lado alto.

Possíveis modos de falha:

1. Condição de curto com o terra interno no Y-011


2. Condição de curto com o terra no circuito Y-011, lado inferior
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se o código de falha está ativo.

Conecte a ferramenta eletrônica de serviço (EST) à porta de diagnóstico.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se há uma condição interna de curto com o terra no Y-011.

Solte o Y-011 conector X-833.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Pino 1 do X-833 Pino 2 do X-833 Deve haver entre 2.8 – 3.2 Ω (2.8 –
3.2 Ω).

A. Se o valor estiver dentro da faixa especificada, deixe o conector X-833 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor não estiver dentro da faixa especificada, a Y-011 falhou internamente. Substitua o Y-011 e realize
a Substituição da unidade de medição da pressão do trilho - Redefinir os dados da ECU.
3. Verifique se existe uma condição de curto com o terra no chicote (EN) do conector X-917 da A-095.

Solte o A-095 conector X-917.

O interruptor da ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 83 (YE/BK) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 83 (YE/BK) Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito. Use o manual de serviço apropriado
para localizar e reparar o condutor em curto.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 79
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se não houver continuidade, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se neces-
sário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 80
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3110 (DTC 1225) - O valor do sensor de pressão do trilho está


acima do desvio máximo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a pressão da galeria de combustível no desvio de compen-
sação no suporte do motor ainda após um período de espera. Isso permite que pressão da galeria caia até a pressão
ambiente, que é de aproximadamente 1.00 bar. Se a A-095 determinar que o sensor de pressão da galeria B-015
está acima da compensação máxima, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 determinou que o sensor de pressão da galeria B-015 está acima da compensação máxima.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação B-015


2. Falha no B-015, falha interna. (possivelmente devido à sobrepressão)
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique se existem as seguintes falhas relacionadas:

3112 (DTC 1425) – A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está acima do esperado

3810 (DTC 4125) – O valor do sensor de pressão do trilho é intermitente

A. Se qualquer uma das falhas listadas estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta falha,
3110 (DTC 1225) – O valor do sensor de pressão do trilho está acima do desvio máximo.

B. Se nenhuma das falhas listadas estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique se o B-015 está instalado corretamente e preso.

A. Se o sensor estiver solto ou montado incorretamente, repare conforme necessário.

B. Se o B-015 estiver montado e preso corretamente, continue na etapa 4.


4. Substitua a B-015.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3110 (DTC 1225) – O valor do sensor de pressão do trilho está
acima do desvio máximo.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
conforme necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 81
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 82
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3111 (DTC 2325) - O valor do sensor de pressão do trilho está


abaixo do desvio mínimo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a pressão da galeria de combustível no desvio de compen-
sação no suporte do motor ainda após um período de espera. Isso permite que pressão da galeria caia até a pressão
ambiente, que é de aproximadamente 1.00 bar. Se a A-095 determinar que o sensor de pressão da galeria B-015
está abaixo da compensação mínima, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou que o sensor de pressão da galeria B-015 está abaixo da compensação mínima.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação B-015


2. Falha na falha interna B-015, (possivelmente devido à sobrepressão)
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique se existem as seguintes falhas relacionadas:

3102 (DTC 2525) – A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está abaixo do esperado

3810 (DTC 4125) – O valor do sensor de pressão do trilho é intermitente

A. Se qualquer uma das falhas listadas estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta falha,
3111 (DTC 2325) – O valor do sensor de pressão do trilho está abaixo do desvio mínimo.

B. Se nenhuma das falhas listadas estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique se o B-015 está instalado corretamente e preso.

A. Se o sensor estiver solto ou montado incorretamente, repare conforme necessário.

B. Se o B-015 estiver montado e preso corretamente, continue na etapa 4.


4. Substitua a B-015.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3111 (DTC 2325) – O valor do sensor de pressão do trilho está
abaixo do desvio mínimo.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
conforme necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 83
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 84
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3112 (DTC 1425) - A tensão do sensor de pressão da galeria de


combustível está acima do esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de combustível de alta pressão, consulte o manual apropriado. A unidade de
controle do motor (ECU) A-095 monitora o circuito do sinal do sensor de pressão da galeria de combustível B-015.
Se a ECU A-095 determinar que a tensão no circuito do sinal do sensor de pressão do trilho B-015 é maior que o
esperado, essa falha irá ocorrer.

Causa:
A ECU A-095 detectou um valor maior que 4.9 V durante um período maior que 0.2 s.

Possíveis modos de falha:

1. Tensão de referência de falha no sensor de pressão do trilho B-015, excessiva


2. Falha no sensor de pressão do trilho B-015, falha interna
3. Falha no sensor de pressão do trilho B-015, circuito do sinal, condição de curto com a fonte de tensão alta ou
circuito aberto
4. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 7.
2. Verifique se existem as seguintes falhas relacionadas:

3285 (DTC E42D) – Falha interna da ECU - Alimentação 3 de 5 V do sensor

A. Se a falha estiver ativa, resolva a falha 3285 (DTC E42D) – Falha interna da ECU - Alimentação 3 de 5 V do
sensor. Em seguida, determine se a falha 3112 (DTC 1425) – A tensão do sensor de pressão da galeria
de combustível está acima do esperado também foi resolvida.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique se o circuito do sinal do sensor de pressão do trilho B-015 possui uma condição de circuito aberto.

Solte o conector X-830.

Desconecte o conector X-917 da ECU A-095.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 36 (VT/RD) X-830 pino 2 (VT/RD) Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no circuito do sinal do sensor de pressão
do trilho B-015. Localize e repare o condutor quebrado.
4. Verifique se o circuito do sinal do sensor de pressão do trilho B-015 está em curto com uma fonte de alta tensão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 85
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 36 (VT/RD) X-917 pino 11 (WH) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 36 (VT/RD) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto com a fonte de tensão alta no circuito de sinal do sensor
de pressão do trilho B-015. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 5.


5. Verifique o circuito do sinal do sensor de pressão do trilho B-015 quanto a uma condição de curto com a alimen-
tação da ignição.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 36 (VT/RD) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, há uma condição de curto com a alimentação da ignição no circuito do sinal do sensor de
pressão de B-015. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 6.


6. Substitua o sensor de pressão da galeria B-015.

Use a EST para verificar o status de 3112 (DTC 1425) – A tensão do sensor de pressão da galeria de com-
bustível está acima do esperado.

A. Se a falha estiver resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não estiver resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
7. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 86
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3118 (DTC E82D) - Tensão muito alta do fornecimento interno de


12 V
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a tensão interna de fornecimento da bateria 12 V. Se a A-095
determinar que esse valor é maior do que o esperado, essa falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 87
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3119 (DTC E92D) - Tensão muito baixa do fornecimento interno


de 12 V
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a tensão interna de fornecimento da bateria 12 V. Se a A-095
determinar que esse valor é menor do que o esperado, essa falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 88
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3137 (DTC 5255) - A unidade de medição de combustível tem um


erro de carga aberta
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre a operação da unidade de medição de combustível Y-011, consulte o manual apro-
priado. Se a unidade de medição de combustível Y-011 não estiver operando, a pressão do combustível estará no
máximo.

Causa:
A unidade de controle do motor (ECU) A-095 determinou que o circuito de controle elétrico da unidade de medição
de combustível Y-011 está aberto.

Possíveis modos de falha:

1. Bobina do solenoide da unidade de medição de combustível Y-011, com defeito


2. Falha no circuito de controle da unidade de medição de combustível Y-011, fiação quebrada
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue com 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique a condição da bobina do solenoide da unidade de medição de combustível Y-011.

Desconecte o chicote do motor (EN) da unidade de medição de combustível Y-011 no conector X-833.

Use um multímetro para medir a resistência da bobina do solenoide da unidade de medição de combustível Y-011.

Do Até Valor
Pino 1 do X-833 Pino 2 do X-833 Deve haver entre 3.2 Ω.

A. Se a resistência medida for igual ao especificado, mantenha o conector X-833 desplugado e continue na etapa
3.

B. Se o resultado medido for de resistência infinita, a bobina do solenoide da unidade de medição de combustível
Y-011 falhou. Substitua a unidade de medição de combustível Y-011.
3. Verifique a condição do circuito de controle da unidade de medição de combustível Y-011.

Desconecte o chicote do motor (EN) da ECU A-095 no conector X-917.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-833 pino 1 (YE/GN) X-917 pino 58 (YE/GN) Deve haver continuidade.
X-833 pino 2 (YE/BK) X-917 pino 83 (YE/BK) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade nas duas verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente
e reinstale, se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 89
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se não houver continuidade no circuito de controle do lado alto ou do lado baixo, há uma condição de circuito
aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 1 (YE/GN) de X-833 e o pino 58 (YE/GN) de X-917 ou entre o
pino 2 (YE/BK) de X-833 e o pino 83 (YE/BK) de X-917. Localize e repare o condutor quebrado.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 90
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3141 (DTC 4465) - A pressão da bomba de combustível excedeu


os limites de pressão desejados
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de injeção do motor, consulte o manual apropriado. A unidade de medição
de combustível Y-011 controla o fluxo de combustível desejado para a galeria de combustível. A unidade é ajustada
pelo controle de feedback da unidade de controle eletrônico (ECU) A-095. Se pressão real do combustível exceder
a pressão do combustível solicitado, o vazamento será assumido e essa falha ocorrerá.

Causa:
A pressão real do combustível excedeu a pressão do combustível solicitado em 100.0 bar (1450.0 psi).

Possíveis modos de falha:

1. Operação em condições de pressão ambiente acima do normal


2. Falha nos injetores de combustível, vazamento interno ou obstrução
3. Falha no sensor de pressão B-015, fiação ou falha interna
4. Falha na unidade de medição do combustível Y-011, falha interna ou na fiação
5. Falha na bomba de alta pressão, eficiência de alimentação baixa
6. Falha na bomba de engrenagens de carga, pressão muito alta
7. Falha no A-095, software

Solução:

1. Use a EST para verificar se há as seguintes falhas relacionadas que possam ter provocado essa falha. Se alguma
das falhas listadas estiver ativa, faça o diagnóstico delas primeiro e, em seguida, retorne para essa falha, 3141
(DTC 4465) – A pressão da bomba de combustível excedeu os limites de pressão desejados.

3107 (DTC 6655) – A unidade de medição de combustível tem um curto com a tensão da bateria no lado
baixo

3912 (DTC 7555) – A unidade de medição de combustível tem um curto com o terra no lado alto

3735 (DTC 8355) – A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura

3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta

3910 (DTC 4155) – Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível

3112 (DTC 1425) – A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está acima do esperado

3808 (DTC 3C65) – A quantidade de fornecimento de combustível da bomba de alta pressão em posição
de marcha lenta é muito alta

3176 (DTC 3B65) – A quantidade em sobrecarga do fornecimento de combustível da bomba de alta pressão
excede um limite máximo

3301 (DTC 1565) – A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio negativo

3293 (DTC 2265) – A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio positivo

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 91
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3146 (DTC 4415) - Falha de água detectada no combustível ou água


no circuito de combustível
Módulo de controle: ECU
NOTA: Este código de falha é referente ao interruptor Água no combustível com alojamento do conector preto.

Contexto:
A unidade de controle do motor (ECU) A-095 monitora a saída de tensão do interruptor de água no combustível
B-012 para determinar se existe água no fornecimento de combustível. Se for detectada a presença de água no
combustível, serão exibidas mensagens de advertência para alertar o operador de possíveis danos ao motor se a
operação continuar. O sinal de alta tensão do interruptor de água no combustível B-012 indica a presença de água.

Causa:
Esse código de falha é exibido para alertar o operador que a unidade de controle do motor (ECU) A-095 detectou
excesso de água no sistema de combustível ou uma falha no circuito do interruptor de água no combustível.

Possíveis modos de falha:

1. Excesso de água no fornecimento de combustível


2. Falha no interruptor de água no combustível B-012, falha na fiação ou interna (mecânica e/ou elétrica)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, Continue na etapa 7.
2. Verifique se há contaminação de água no combustível.

A. Se houver contaminação da água, continue na etapa 3.

B. Se não houver contaminação da água, continue na etapa 4.


3. Verifique se a operação do interruptor de água no combustível B-012 é adequada.

Purgue o sistema de fornecimento de combustível, substitua os filtros de combustível e reabasteça com combus-
tível que esteja livre de contaminação de água.

Dê partida e funcione o motor por 5 minutos.

Verifique a presença do código para retornar ao status ativo.

A. Se o código retornar em um status ativo, substitua o interruptor de água no combustível B-012.

B. Se o código permanecer inativo, retorne a máquina ao serviço.


4. Verifique se há circuito aberto, curto-circuito e circuito aterrado no circuito do interruptor de água no combustível
B-012.

Desconecte o interruptor de água no combustível B-012 no conector X-242.

Desconecte o chicote do veículo (VE) da ECU A-095 no conector X-911.

Com o interruptor da ignição na posição DESLIGADO, use um multímetro para realizar os seguintes testes no
chicote do veículo (VE):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 92
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) X-911 pino 13, fio 2040B (YE) Deve haver continuidade.
X-242 pino 2, fio 9279B (BL) X-911 pino 43, fio 9279 (BL) Deve haver continuidade.
X-242 pino 3, fio 071CB (WH) X-911 pino 69, fio 071CA (WH) Deve haver continuidade.

Em seguida, use o multímetro para executar os seguintes testes, no chicote do veículo (VE):

Do Até Valor
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) X-242 pino 2, fio 9279B (BL) Não deve haver continuidade
X-242 pino 2, fio 9279B (BL) X-242 pino 3, fio 071CB (WH) Não deve haver continuidade
X-242 pino 3, fio 071CB (WH) X-242 pino 1, fio 2040B (YE) Não deve haver continuidade

Em seguida, use o multímetro para executar os seguintes testes, no chicote do veículo (VE):

Do Até Valor
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) Terra Não deve haver continuidade
X-242 pino 2, fio 9279B (BL) Terra Não deve haver continuidade
X-242 pino 3, fio 071CB (WH) Terra Não deve haver continuidade

A. Se os resultados não estiverem conforme o esperado para qualquer um dos testes de fiação listados acima,
isso indica que há um circuito aberto, curto-circuito ou circuito aterrado na fiação. Use o manual de serviço e
os diagramas do veículo para diagnosticar e reparar a fiação.

B. Se os resultados estiverem conforme o esperado em todos os testes de fiação listados acima, isso indica que
a fiação está ok. Deixe os conectores X-911 e X-242 desconectados e continue com a etapa 5.
5. Verifique o fornecimento de tensão do interruptor de ignição para o interruptor de água no combustível B-012.

Com o interruptor da ignição na posição LIGADO, use um multímetro para realizar o seguinte teste no lado do
chicote do veículo (VE):

Do Até Valor
X-242 pino 3, fio 071CB (WH) Terra Deve haver tensão no interruptor da
ignição.
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) Terra Não deve haver tensão no interruptor
da ignição.

A. Se houver tensão presente no interruptor da ignição durante a primeira verificação e não houver tensão na
segunda verificação, continue na etapa 6.

B. Se não houver tensão presente no interruptor da ignição na primeira verificação nem na segunda, use o ma-
nual de serviço e os diagramas do veículo para diagnosticar e reparar a fiação.
6. Substitua o interruptor de água no combustível B-012 e, em seguida, verifique se essa falha foi resolvida.

A. Se a falha estiver resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não estiver resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
7. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Se houver danos ou leituras anormais no monitor, repare os danos descobertos durante a inspeção ou localize
e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 93
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3158 - Falha na verificação de segurança antivandalismo do motor


Módulo de controle: ECU
Causa:
Esse código de falha pode aparecer após baixar o software na unidade de controle do motor (ECU) A-095 e concluir o
registro do conjunto de dados, se o motor não puder ser operado por pelo menos cinco minutos antes de DESLIGAR
o interruptor de ignição.
A mensagem para "registrar o conjunto de dados, caso ele tenha sido alterado" aparecerá ocasionalmente na ferra-
menta eletrônica de serviço (EST) após baixar o software. Se o procedimento de registro do conjunto de dados for
concluído, a máquina precisará ser operada por cinco minutos para concluir o processo de registro entre os módulos
da máquina.

Possíveis modos de falha:

1. O A-095 não tem o conjunto de dados válido instalado.


2. O novo conjunto de dados do motor não foi registrado na máquina.
3. Não foi possível operar o motor por pelo menos cinco minutos após concluir o registro do conjunto de dados antes
de DESLIGAR o interruptor de ignição.

Solução:

1. Faça o download do conjunto de dados do motor correto usando a EST.


Após a conclusão do download, registre o conjunto de dados do motor para usar com a tela de configuração da
EST “Engine data registration” (Registro de dados do motor).

Esse código de falha ou a mensagem para registrar o conjunto de dados é exibida na EST com o procedimento
de registro já concluído, não sendo necessário conclui-lo novamente. Dê a partida no motor e deixe-o em marcha
lenta por cinco minutos.

Após deixar o motor em marcha lenta por cinco minutos, a falha pode aparecer como "inactive" (inativa) ou "non
present" (ausente). Quando isso ocorrer, o código de falha poderá ser excluído e não deverá aparecer nova-
mente.
Se a falha ocorrer novamente, opere o motor por mais cinco minutos, garantindo que o código de falha não ocorra
novamente.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 94
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3160 (DTC 6733) - Falha de curto-circuito com a bateria do


solenoide da embreagem do ventilador
Módulo de controle: ECU
NOTA: Quando a causa do código de falha for corrigida, limpe o código de falha e teste se o sistema opera normal-
mente.
NOTA: Esse código de falha é aplicável somente a máquinas equipadas com um ventilador vistronic. Para máquinas
com um ventilador reversível, consulte a seção 10.414.AQ.

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito do solenoide da embreagem do ventilador Z-008
quanto a uma condição de curto-circuito com a bateria. Se a A-095 detectar uma condição de curto-circuito com a
bateria na fiação Z-008, irá ocorrer uma falha.

Causa:
A A-095 detectou uma condição de curto com a bateria na fiação Z-008.

Possíveis modos de falha:

1. Falha Z-008, falha interna ou na fiação


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique a Z-008 quanto a uma falha interna.

Solte o conector X-811.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Z-008pino 3 Z-008pino 4 Deve haver aproximadamente 6 –
12 Ω

A. Se o valor especificado for medido, deixe o conector desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor medido não estiver dentro da especificação, o Z-008 falhou internamente. Substitua a Z-008.
3. Verifique se a fiação Z-008 possui uma condição de em curto com a bateria.

Solte o conector X-911.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) X-911 pino 74, fio 6580 (BL) Não deve haver continuidade.
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito Z-008. Localize e repare o condutor
quebrado.

B. Se houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 4.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 95
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

4. Verifique se há uma condição de curto com a alimentação da bateria da ignição na fiação Z-008.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, há uma condição de curto com a alimentação da bateria da ignição no circuito Z-008. Lo-
calize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 5.


5. Substitua a Z-008.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3160 (DTC 6733) – Falha de curto-circuito com a bateria do
solenoide da embreagem do ventilador.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 96
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3161 (DTC 7833) - Falha de curto-circuito com o terra do solenoide


da embreagem do ventilador
Módulo de controle: ECU
NOTA: Quando a causa do código de falha for corrigida, limpe o código de falha e teste se o sistema opera normal-
mente.
NOTA: Esse código de falha é aplicável somente a máquinas equipadas com um ventilador vistronic. Para máquinas
com um ventilador reversível, consulte a seção 10.414.AQ.

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito do solenoide da embreagem do ventilador Z-008
quanto a uma condição de curto com o terra. Se a A-095 detectar uma condição de curto com o terra na fiação Z-008,
irá ocorrer uma falha.

Causa:
A A-095 detectou uma condição de curto com o terra na fiação Z-008.

Possíveis modos de falha:

1. Falha Z-008, falha interna ou na fiação


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique a Z-008 quanto a uma falha interna.

Solte o conector X-811.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Z-008pino 3 Z-008pino 4 Deve haver aproximadamente 6 –
12 Ω.

A. Se o valor especificado for medido, deixe o conector desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor medido não estiver dentro da especificação, o Z-008 falhou internamente. Substitua a Z-008.
3. Verifique se a fiação Z-008 possui uma condição de em curto com o terra.

Solte o conector X-911.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito na fiação do Z-008. Localize e repare o con-
dutor quebrado.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 4.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 97
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

4. Substitua a Z-008.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3161 (DTC 7833) – Falha de curto-circuito com o terra do
solenoide da embreagem do ventilador.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 98
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3162 (DTC 5533) - Falha de carga aberta no solenoide da


embreagem do ventilador
Módulo de controle: ECU
NOTA: Quando a causa do código de falha for corrigida, limpe o código de falha e teste se o sistema opera normal-
mente.

NOTA: Esse código de falha é aplicável somente a máquinas equipadas com um ventilador vistronic. Para máquinas
com um ventilador reversível, consulte a seção 10.414.AQ.

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o solenoide da embreagem do ventilador Z-008 quanto a um
erro de carga aberta. Se a A-095 detecta um erro de carga aberta na fiação Z-008, irá ocorrer uma falha.

Causa:
A A-095 detectou um erro de carga aberta na fiação Z-008.

Possíveis modos de falha:

1. Falha Z-008, falha interna ou na fiação


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique a Z-008 quanto a uma falha interna.

Solte o conector X-811.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Z-008pino 3 Z-008pino 4 Deve haver aproximadamente 6 –
12 Ω.

A. Se o valor especificado for medido, deixe o conector desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor medido não estiver dentro da especificação, o Z-008 falhou internamente. Substitua a Z-008.
3. Verifique se a fiação Z-008 possui uma condição de circuito aberto.

Solte o conector X-911.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) X-811 pino 3, fio 6330 (BR) Deve haver continuidade.

A. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no circuito Z-008. Localize e repare o con-
dutor quebrado.

B. Se houver continuidade, continue na etapa 4.


4. Substitua a Z-008.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 99
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3162 (DTC 5533) – Falha de carga aberta no solenoide da
embreagem do ventilador.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 100
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3163 (DTC 8633) - Falha de excesso de temperatura do acionador


da ECU do solenoide da embreagem do ventilador
Módulo de controle: ECU
NOTA: Quando a causa do código de falha for corrigida, limpe o código de falha e teste se o sistema opera normal-
mente.
NOTA: Esse código de falha é aplicável somente a máquinas equipadas com um ventilador vistronic. Para máquinas
com um ventilador reversível, consulte a seção 10.414.AQ.

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o solenoide da embreagem do ventilador Z-008 quanto a
uma condição de excesso de temperatura/corrente. Se a A-095 detectar uma condição de excesso de temperatura/
corrente na fiação Z-008, irá ocorrer uma falha.

Causa:
A A-095 detectou uma condição de excesso de temperatura/corrente na fiação Z-008.

Possíveis modos de falha:

1. Falha Z-008, falha interna ou na fiação


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. 3Verifique Z-008 quanto a uma falha interna.

Solte o conector X-811.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Z-008pino 3 Z-008pino 4 Deve haver aproximadamente 6 –
12 Ω.

A. Se o valor especificado for medido, deixe o conector desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor medido não estiver dentro da especificação, o Z-008 falhou internamente. Substitua a Z-008.
3. Verifique se a fiação Z-008 possui uma condição de em curto com a bateria.

Solte o conector X-911.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) X-911 pino 74, fio 6580 (BL) Não deve haver continuidade.
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.
X-911 pino 74, fio 6580 (BL) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito na fiação do Z-008. Localize e repare o con-
dutor quebrado.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 101
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 4.


4. Verifique se há uma condição de curto com a alimentação da bateria da ignição na fiação Z-008.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 87, fio 6330 (BR) Terra do chassi Não deve haver tensão.
X-911 pino 74, fio 6580 (BL) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, há uma condição de curto com a alimentação da bateria da ignição na fiação Z-008. Loca-
lize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 5.


5. Substitua a Z-008.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3163 (DTC 8633) – Falha de excesso de temperatura do acio-
nador da ECU do solenoide da embreagem do ventilador.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 102
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3164 (DTC 1A33) - A velocidade do ventilador está acima do limite


máximo
Módulo de controle: ECU
NOTA: Quando a causa do código de falha for corrigida, limpe o código de falha e teste se o sistema opera normal-
mente.
NOTA: Esse código de falha é aplicável somente a máquinas equipadas com um ventilador vistronic. Para máquinas
com um ventilador reversível, consulte a seção 10.414.AQ.

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de velocidade do ventilador Z-008 quanto à velo-
cidade do ventilador. A velocidade do ventilador é medida usando intervalo de tempo entre os pulsos. Se a A-095
determinar que a velocidade do ventilador está acima do limite máximo com base na velocidade do motor, essa falha
ocorrerá.

Causa:
A A-095 determinou que a velocidade do ventilador está acima do limite máximo.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na operação do ventilador de arrefecimento


2. Falha no solenoide da embreagem do ventilador vistronic Z-008, falha interna ou na fiação
3. Falha Z-008, falha interna ou na fiação
4. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 7.
2. Use a EST para verificar se existe qualquer uma das seguintes falhas relacionadas:

3160 (DTC 6733) – Falha de curto-circuito com a bateria do solenoide da embreagem do ventilador

3163 (DTC 8633) – Falha de excesso de temperatura do acionador da ECU do solenoide da embreagem do
ventilador

A. Se qualquer uma das falhas listadas estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta falha,
3164 (DTC 1A33) – A velocidade do ventilador está acima do limite máximo.

B. Se nenhuma das falhas listadas estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique se a embreagem do ventilador funciona corretamente.

O motor deve estar funcionando.

Desconecte o conector do ventilador X-811. O ventilador deve ir até o travamento total.

A. Se o ventilador travar, deixe o conector desconectado e continue na etapa 4.

B. Se o ventilador não travar, o conjunto da embreagem do ventilador está com defeito. Substitua a embreagem
do ventilador Y-9103.
4. Verifique se a embreagem do ventilador funciona corretamente.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 103
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Solte o conector X-811.

O motor deve estar funcionando.

Use um fio de ligação para fornecer tensão ao Z-008.

Do Até
Bateria + Z-008pino 4
Bateria - Z-008pino 3

O ventilador deve operar na velocidade mínima. Isso pode levar até 60.00 s.

A. Se o ventilador não funcionar, o conjunto da embreagem do ventilador está com defeito. Substitua a Z-008.

B. Se o ventilador funcionar, deixe o conector desconectado e continue na etapa 5.


5. Verifique a fiação Z-008 para ver se existe uma condição de curto-circuito.

Solte o conector X-911.

A chave deve estar desligada para continuidade e ligada para tensão.

Use um multímetro para executar as seguintes verificações de fiação:

Do Até Valor
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) X-911 pino 67, fio 6331A (BR) Não deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se os valores especificados não forem medidos, há uma condição de curto-circuito na fiação do Z-008. Loca-
lize e repare o condutor em curto.

B. Se os valores especificados forem medidos, continue na etapa 6.


6. Substitua a Z-008.

Use a EST para verificar se a falha foi solucionada.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
7. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 104
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3165 (DTC 2B33) - A velocidade do ventilador está abaixo do limite


mínimo
Módulo de controle: ECU
NOTA: Quando a causa do código de falha for corrigida, limpe o código de falha e teste se o sistema opera normal-
mente.
NOTA: Esse código de falha é aplicável somente a máquinas equipadas com um ventilador vistronic. Para máquinas
com um ventilador reversível, consulte a seção 10.414.AQ.

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de velocidade do ventilador Z-008 quanto à velo-
cidade do ventilador. A velocidade do ventilador é medida usando intervalo de tempo entre os pulsos. Se a A-095
determinar que a velocidade do ventilador está abaixo do limite mínimo com base na velocidade do motor, essa falha
ocorrerá.

Causa:
A A-095 determinou que a velocidade do ventilador está abaixo do limite mínimo.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na operação do ventilador de arrefecimento, bloqueado ou inoperante


2. Falha no solenoide da embreagem do ventilador vistronic Z-008, falha interna ou na fiação
3. Falha Z-008, falha interna ou na fiação
4. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 7.
2. Use a EST para verificar se existe qualquer uma das seguintes falhas relacionadas:

3162 (DTC 5533) – Falha de carga aberta no solenoide da embreagem do ventilador

A. Se a falha listada estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3164 (DTC 1A33)
– A velocidade do ventilador está acima do limite máximo.

B. Se a falha listada não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique se a embreagem do ventilador funciona corretamente.

O motor deve estar funcionando.

Desconecte o conector do ventilador X-811. O ventilador deve ir até o travamento total.

A. Se o ventilador travar, deixe o conector desconectado e continue na etapa 4.

B. Se o ventilador não travar, o conjunto da embreagem do ventilador está com defeito. Substitua a embreagem
do ventilador Z-008.
4. Verifique se a embreagem do ventilador funciona corretamente.

Solte o conector X-811.

O motor deve estar funcionando.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 105
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um fio de ligação para fornecer tensão ao Z-008.

Do Até
Bateria + Z-008pino 4
Bateria - Z-008pino 3

O ventilador deve operar na velocidade mínima. Isso pode levar até 60.00 s.

A. Se o ventilador não funcionar, o conjunto da embreagem do ventilador está com defeito. Substitua a Z-008.

B. Se o ventilador funcionar, deixe o conector desconectado e continue na etapa 5.


5. Verifique a fiação Z-008 para ver se existe uma condição de curto-circuito.

Solte o conector X-911.

Solte o conector X-811.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) X-911 pino 65, fio 6330A (BR) Não deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) Terra do chassi Não deve haver continuidade.

A. Se os valores especificados não forem medidos, há uma condição de curto-circuito na fiação do Z-008. Loca-
lize e repare o condutor em curto.

B. Se os valores especificados forem medidos, continue na etapa 6.


6. Substitua a Z-008.

Use a EST para verificar se a falha foi solucionada.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
7. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 106
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3172 (DTC F523) - A temperatura do líquido de arrefecimento do


motor excedeu o limite de pré-alerta
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico A-095 monitora a temperatura do líquido de arrefecimento do motor B-016. Dois
limites de temperatura do motor estão disponíveis para sinalizar a alta temperatura do motor. Um pré-alerta é es-
tabelecido se a temperatura do líquido de arrefecimento do motor excede 106.0 °C (222.7 °F), e uma advertência é
estabelecida se a temperatura excede 110.0 °C (229.9 °F). Se o limite do pré-alerta for excedido, essa falha ocorrerá.

Causa:
O limite do pré-alerta de temperatura do líquido de arrefecimento do motor foi excedido.

Possíveis modos de falha:

1. Temperatura do motor muito alta (uso pesado ou temperatura ambiente alta)


2. Falha no sistema de arrefecimento do motor, líquido de arrefecimento baixo, termostato fechado e travado, pacote
de arrefecimento restrito, etc
3. Falha B-016, falha interna ou na fiação
4. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique se existem as seguintes falhas relacionadas:

3007 (DTC 1113) – A tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento do motor é maior do
que o esperado

A. Se a falha estiver ativa, diagnostique-a primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3172 (DTC F523) – A
temperatura do líquido de arrefecimento do motor excedeu o limite de pré-alerta.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique o sistema de arrefecimento do motor para ver se há uma temperatura excessiva.

Verifique o sistema de arrefecimento para ver se há vazamento, danos ou entupimento.

Verifique a temperatura do ar ambiente usando a EST para verificar se a máquina não está funcionando em
temperaturas ambientes extremas.

A. Se houver falhas, repare o sistema de arrefecimento conforme necessário.

B. Se nenhuma falha for encontrada, continue na etapa 4.


4. Verifique a fiação do B-016.

Solte o conector X-917.

Solte o conector X-831.

O interruptor de ignição deve estar na posição DESLIGADO para verificações de continuidade e na posição LI-
GADO para verificações de tensão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 107
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para executar as seguintes verificações de fiação:

Do Até Valor
X-917 pino 39 (WH) X-831 pino 1 (WH) Deve haver continuidade.
X-917 pino 39 (WH) X-917 pino 59 (GY) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 39 (WH) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 39 (WH) Todos os pinos no conector Não deve haver continuidade.
X-917 pino 39 (WH) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se os valores especificados não forem medidos, há uma condição de curto-circuito na fiação do B-016. Loca-
lize e repare o condutor em curto.

B. Se os valores especificados forem medidos, continue na etapa 5.


5. Substitua a B-016.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3172 (DTC F523) – A temperatura do líquido de arrefecimento
do motor excedeu o limite de pré-alerta.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 108
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3173 (DTC F623) - A temperatura do líquido de arrefecimento do


motor excedeu o limite de alerta
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico A-095 monitora a temperatura do líquido de arrefecimento do motor B-016. Dois
limites de temperatura do motor estão disponíveis para sinalizar a alta temperatura do motor. Um pré-alerta é es-
tabelecido se a temperatura do líquido de arrefecimento do motor excede 106.0 °C (222.7 °F), e uma advertência é
estabelecida se a temperatura excede 110.0 °C (229.9 °F). Se o limite da advertência for excedido, essa falha ocor-
rerá.

Causa:
O limite da advertência de temperatura do líquido de arrefecimento do motor foi excedido.

Possíveis modos de falha:

1. Temperatura do motor muito alta (uso pesado ou temperatura ambiente alta)


2. Falha no sistema de arrefecimento do motor, líquido de arrefecimento baixo, termostato fechado e travado, pacote
de arrefecimento restrito, etc
3. Falha B-016, falha interna ou na fiação
4. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique se existem as seguintes falhas relacionadas:

3007 (DTC 1113) – A tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento do motor é maior do
que o esperado

3172 (DTC F523) – A temperatura do líquido de arrefecimento do motor excedeu o limite de pré-alerta

A. Se a falha estiver ativa, diagnostique-a primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3173 (DTC F623) – A
temperatura do líquido de arrefecimento do motor excedeu o limite de alerta.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique o sistema de arrefecimento do motor para ver se há uma temperatura excessiva.

Verifique o sistema de arrefecimento para ver se há vazamento, danos ou entupimento.

Verifique a temperatura do ar ambiente usando a EST para verificar se a máquina não está funcionando em
temperaturas ambientes extremas.

A. Se houver falhas, repare o sistema de arrefecimento conforme necessário.

B. Se nenhuma falha for encontrada, continue na etapa 4.


4. Verifique a fiação do B-016.

Solte o conector X-917.

Solte o conector X-831.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 109
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

O interruptor de ignição deve estar na posição DESLIGADO para verificações de continuidade e na posição LI-
GADO para verificações de tensão.

Use um multímetro para executar as seguintes verificações de fiação:

Do Até Valor
X-917 pino 39 (WH) X-831 pino 1 (WH) Deve haver continuidade.
X-917 pino 39 (WH) X-917 pino 59 (GY) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 39 (WH) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 39 (WH) Todos os pinos no conector Não deve haver continuidade.
X-917 pino 39 (WH) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se os valores especificados não forem medidos, há uma condição de curto-circuito na fiação do B-016. Loca-
lize e repare o condutor em curto.

B. Se os valores especificados forem medidos, continue na etapa 5.


5. Substitua a B-016.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3173 (DTC F623) – A temperatura do líquido de arrefecimento
do motor excedeu o limite de alerta.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 110
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3175 (DTC 4933) - O sinal da velocidade do ventilador não pôde


ser medido durante um período
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a velocidade do ventilador usando o sensor de velocidade
do ventilador Z-008. A velocidade é medida usando intervalo de tempo entre os pulsos. Se a A-095 determina que
o intervalo de tempo está muito longo ou tenha parado completamente, essa falha irá ocorrer.

Causa:
A A-095 detectou que o sinal de velocidade do ventilador não pôde ser medido por um longo período de tempo.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no conjunto do ventilador do motor


2. Falha na fiação Z-008
3. Falha no Z-008, falha interna
4. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique a fiação do circuito de sinal Z-008.

Solte o conector X-811.

Solte o conector X-911.

A chave deve estar desligada para continuidade e ligada para tensão.

Use um multímetro para executar as seguintes verificações de fiação:

Do Até Valor
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) X-811 pino 1, fio 6300 (BR) Deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) X-911 pino 65, fio 6330 (BR) Não deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) X-911 pino 67, fio 6331A (BR) Não deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-911 pino 64, fio 6330B (BR) Aterramento do chassi (interruptor Não deve haver tensão.
de ignição LIGADO para tensão)

A. Se os valores especificados não forem obtidos, há uma falha na fiação do Z-008. Localize e repare o condutor
com falha.

B. Se os valores especificados forem obtidos, continue na etapa 3.


3. Inspecione o ventilador de arrefecimento para verificar se a operação está correta.

A. Se o ventilador não estiver corretamente engatando ou funcionando corretamente, repare o conjunto do ven-
tilador conforme necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 111
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se o conjunto do ventilador estiver funcionando corretamente, continue na etapa 4.


4. Substitua a Z-008.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3175 (DTC 4933) – O sinal da velocidade do ventilador não
pôde ser medido durante um período.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 112
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3176 (DTC 3B65) - A quantidade em sobrecarga do fornecimento de


combustível da bomba de alta pressão excede um limite máximo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de injeção do motor, consulte o manual apropriado. A unidade de controle
eletrônico (ECU) A-095 controla o fornecimento de combustível pela unidade de medição de combustível Y-011. A
A-095 monitora o vazamento de alta pressão durante a autoignição. Se a quantidade de fornecimento de combustível
de alta pressão excede um limite máximo em funcionamento excedente e a pressão de combustível desejada não
pode ser alcançada, o vazamento no sistema será assumido e essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 determinou que a pressão desejada da galeria de combustível é menor do que o esperado no funcionamento
excedente.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos injetores de combustível, vazamento interno ou emperrado na posição aberta


2. Falha na válvula de alívio de pressão, vazamento
3. Falha na unidade de medição de combustível Y-011
4. Falha na bomba de alta pressão
5. Falha no filtro de combustível, obstruído
6. Falha nas linhas de combustível de baixa pressão, vazamento (entrada de ar)
7. Falha na bomba de engrenagens de baixa pressão
8. Falha na bomba de elevação elétrica (se aplicável)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 113
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3188 (DTC 5316) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 1


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 1 Y-061, o padrão de um circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 1 Y-061.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 49 (WH) X-917 pino 73 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 49 (WH) X-825 pino 4 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-825 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 49
(WH) do conector X-917 e o pino 4 (WH) do conector X-825. Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 114
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-825 pino 3 (WH) X-917 pino 73 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 3 (WH)
do conector da tampa X-825 e o pino 73 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 1 em Y-061.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Y-061pino 1 X-825 pino 4 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 1 e continue com a etapa 6.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 1 de Y-061
e o pino 4 do conector X-825. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-061pino 1 Y-061pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se estiver entre 0.2 – 0.5 Ω, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor entre o pino 2 de Y-061
e o pino 3 do conector X-825. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061 falhou, substitua o
injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 115
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 116
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3188 (DTC 5316) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 1


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 1 Y-061, o padrão de um circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 1 Y-061.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 49 (WH) X-917 pino 73 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 49 (WH) X-825 pino 4 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-825 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 49
(WH) do conector X-917 e o pino 4 (WH) do conector X-825. Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 117
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-825 pino 3 (WH) X-917 pino 73 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 3 (WH)
do conector da tampa X-825 e o pino 73 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 1 em Y-061.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Y-061pino 1 X-825 pino 4 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 1 e continue com a etapa 6.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 1 de Y-061
e o pino 4 do conector X-825. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-061pino 1 Y-061pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se estiver entre 0.2 – 0.5 Ω, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor entre o pino 2 de Y-061
e o pino 3 do conector X-825. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 1 Y-061 falhou, substitua o
injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 118
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 119
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3192 (DTC 5516) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 3


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 3 , o padrão de um circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 3 Y-063, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 3 Y-063.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 50 (WH) X-917 pino 74 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-826.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 50 (WH) X-826 pino 4 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-826 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 50
(WH) do conector X-917 e o pino 4 (WH) do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 120
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-826 pino 3 (WH) X-917 pino 74 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 3 (WH)
do conector da tampa X-826 e o pino 74 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 3 em Y-063.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Y-063pino 1 X-826 pino 4 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 3 e continue com a etapa 6.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 1 de Y-063
e o pino 4 do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-063pino 1 Y-063pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se estiver entre 0.2 – 0.5 Ω, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor entre o pino 2 de Y-063
e o pino 3 do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 3 Y-063 falhou, substitua o
injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 121
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 122
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3192 (DTC 5516) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 4


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 4 Y-064, o padrão para o circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 4 Y-064.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 27 (WH) X-917 pino 3 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-826.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 27 (WH) X-826 pino 2 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-826 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 27 do
conector (WH) X-917 e o pino 2 do conector X-826 (WH). Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 123
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-826 pino 1 (WH) X-917 pino 3 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN), entre o pino 1
(WH) X-826 do conector da tampa da válvula e o pino 3 (WH) X-917 do conector do bujão do motor. Localize
e repare o condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 4 em Y-064.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Y-064pino 1 Pino 2 do X-826 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 4, continue na etapa 6.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 1 do
conector Y-064 e o pino 2 do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-064pino 1 Y-064pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 2 do
conector Y-064 e o pino 1 do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064 estiver com defeito,
substitua o injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 124
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 125
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3196 (DTC 5716) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 2


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 2 Y-062, o padrão para o circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 2 Y-062.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 51 (WH) X-917 pino 75 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 51 (WH) X-825 pino 1 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-825 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 51 do
conector (WH) X-917 e o pino 1 do conector X-825 (WH). Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 126
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-825 pino 2 (WH) X-917 pino 75 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN), entre o pino 2
(WH) X-825 do conector da tampa da válvula e o pino 75 (WH) X-917 do conector do bujão do motor. Localize
e repare o condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 2 em Y-062.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Pino 2 do X-825 Y-062pino 1 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 2, continue na etapa 6.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 2 X-825
e o pino 1 do conector Y-062. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-062pino 1 Y-062pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 2 do
conector Y-062 e o pino 1 do conector X-825. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062 estiver com defeito,
substitua o injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 127
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 128
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3200 (DTC 5416) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 5


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 5 Y-065, o padrão de um circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 5 Y-065, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 5 Y-065.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 25 (WH) X-917 pino 1 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa da válvula do injetor no conector X-827.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 25 (WH) X-827 pino 3 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-827 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 25
(WH) do conector X-917 e o pino 3 (WH) do conector X-827. Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 129
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-827 pino 4 (WH) X-917 pino 1 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 4
(WH) do conector da tampa X-827 e o pino 1 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e repare
o condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 5 em Y-065.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Y-065pino 2 Pino 3 do X-827 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 5 e continue com a etapa 6.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 2 de Y-065
e o pino 3 do conector X-827. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-065pino 1 Y-065pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se estiver entre 0.2 – 0.5 Ω, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor entre o pino 1 de Y-065
e o pino 4 do conector X-827. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 5 Y-065 falhou, substitua o
injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 130
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 131
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3200 (DTC 5416) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 3


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 3 , o padrão de um circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 3 Y-063, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 3 Y-063.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 50 (WH) X-917 pino 74 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-826.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 50 (WH) X-826 pino 4 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-826 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 50
(WH) do conector X-917 e o pino 4 (WH) do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 132
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-826 pino 3 (WH) X-917 pino 74 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 3 (WH)
do conector da tampa X-826 e o pino 74 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e repare o
condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 3 em Y-063.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Y-063pino 1 X-826 pino 4 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 3 e continue com a etapa 6.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 1 de Y-063
e o pino 4 do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-063pino 1 Y-063pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se estiver entre 0.2 – 0.5 Ω, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor entre o pino 2 de Y-063
e o pino 3 do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 3 Y-063 falhou, substitua o
injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 133
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 134
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3204 (DTC 5816) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 4


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 4 Y-064, o padrão para o circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 4 Y-064.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 27 (WH) X-917 pino 3 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-826.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 27 (WH) X-826 pino 2 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-826 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 27 do
conector (WH) X-917 e o pino 2 do conector X-826 (WH). Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 135
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-826 pino 1 (WH) X-917 pino 3 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN), entre o pino 1
(WH) X-826 do conector da tampa da válvula e o pino 3 (WH) X-917 do conector do bujão do motor. Localize
e repare o condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 4 em Y-064.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Y-064pino 1 Pino 2 do X-826 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 4, continue na etapa 6.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 1 do
conector Y-064 e o pino 2 do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-064pino 1 Y-064pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 2 do
conector Y-064 e o pino 1 do conector X-826. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 4 Y-064 estiver com defeito,
substitua o injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 136
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 137
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3208 (DTC 5616) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 6


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor do cilindro 6 Y-066, o padrão de um circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 6 Y-066, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 6 Y-066.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 26 (WH) X-917 pino 2 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-827.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 26 (WH) X-827 pino 2 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-827 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 26
(WH) do conector X-917 e o pino 2 (WH) do conector X-827. Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 138
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-827 pino 1 (WH) X-917 pino 2 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 1
(WH) do conector da tampa X-827 e o pino 2 (WH) do conector do bujão do motor X-917. Localize e repare
o condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 6 em Y-066.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Y-066pino 1 Pino 2 do X-827 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 6 e continue com a etapa 6.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 1 de Y-066
e o pino 2 do conector X-827. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-066pino 1 Y-066pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 2 do
conector Y-066 e o pino 1 do conector X-827. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 6 Y-066 falhou, substitua o
injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 139
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 140
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3208 (DTC 5616) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 2


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 utiliza a detec-
ção de padrão para identificar os erros específicos. Quando uma combinação esperada de erros é detectada, ocorre
a falha associada.

Causa:
Durante a avaliação do injetor de cilindro 2 Y-062, o padrão para o circuito aberto foi detectado.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062, circuito aberto


2. Falha na fiação elétrica, condutor rompido ou desconectado, lado alto ou lado baixo (chicote danificado)
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha
e executar o teste de corte do cilindro.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, a ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 9.
2. Verifique a integridade do circuito de controle do injetor do cilindro 2 Y-062.

Desconecte o chicote do motor da ECU A-095 no conector do bujão do motor X-917.

Use um multímetro para medir a resistência no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 51 (WH) X-917 pino 75 (WH) Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω.

A. Se houver mais que 0.5 Ω, deixe o conector do bujão do motor X-917 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, continue na etapa 7.


3. Determine o local da condição de circuito aberto.

Desconecte o chicote do cilindro do motor da tampa do injetor (válvula) no conector X-825.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

Do Até Valor
X-917 pino 51 (WH) X-825 pino 1 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o conector do bujão do motor X-917 e o conector da tampa do injetor (válvula)
X-825 desconectado e, em seguida, continue na etapa 4.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN) entre o pino 51 do
conector (WH) X-917 e o pino 1 do conector X-825 (WH). Localize e repare o condutor quebrado.
4. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote do motor (EN):

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 141
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-825 pino 2 (WH) X-917 pino 75 (WH) Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, continue na etapa 5.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no chicote do motor (EN), entre o pino 2
(WH) X-825 do conector da tampa da válvula e o pino 75 (WH) X-917 do conector do bujão do motor. Localize
e repare o condutor quebrado.
5. Determine o local da condição de circuito aberto.

Remova a tampa do injetor (válvula) e desconecte o chicote do injetor do injetor do cilindro 2 em Y-062.

Use um multímetro para verificar a continuidade no chicote do injetor:

Do Até Valor
Pino 2 do X-825 Y-062pino 1 Deve haver continuidade

A. Se houver continuidade, deixe o chicote do injetor desconectado do cilindro 2, continue na etapa 6.

B. Se não houver continuidade, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 2 X-825
e o pino 1 do conector Y-062. Localize e repare o condutor quebrado.
6. Determine o local da condição de circuito aberto.

Use um multímetro para medir a resistência, no injetor:

Do Até Valor
Y-062pino 1 Y-062pino 2 Deve haver entre 0.2 – 0.5 Ω

A. Se houver entre 0.2 – 0.5 Ω, existe uma condição de circuito aberto no chicote do injetor, entre o pino 2 do
conector Y-062 e o pino 1 do conector X-825. Localize e repare o condutor quebrado.

B. Se a resistência for maior que 0.5 Ω, a bobina do solenoide do injetor do cilindro 2 Y-062 estiver com defeito,
substitua o injetor.
7. Verifique a tensão de alimentação da ECU A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 8.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
8. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 142
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.
9. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)
Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 143
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3210 (DTC 7116) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 1


(todos os injetores do mesmo banco podem ser afetados)
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O esquema de controle do injetor também agrupa os circuitos
individuais do controle do injetor em bancos. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 usa a detecção de padrão
para identificar o injetor específico, bem como os erros. Quando uma combinação esperada de erros é detectada,
ocorre a falha associada. Se existir uma condição de falha de curto-circuito no banco 1, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 determinou que existe uma condição de curto-circuito no banco 1 do controle do injetor.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação do circuito do injetor do banco 1, curto


2. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do banco 1, curto
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se há código de falha do injetor do banco 1.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar se há presença de 3063 (DTC 6226) – Erro de curto-
circuito do injetor no cilindro 1 ou 3079 (DTC 6426) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3 ou 3071
(DTC 6626) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2.

A. Se 3063 (DTC 6226) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1 ou 3079 (DTC 6426) – Erro de curto-
circuito do injetor no cilindro 3 ou 3071 (DTC 6626) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2
estiver presente, resolva a falha relevante. Em seguida, determine se a falha 3210 (DTC 7116) – Falha de
curto-circuito do banco de injeção 1 (todos os injetores do mesmo banco podem ser afetados) também
foi resolvida.

B. Se nem 3063 (DTC 6226) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1 ou 3079 (DTC 6426) – Erro de
curto-circuito do injetor no cilindro 3 ou 3071 (DTC 6626) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro
2 estiver presente, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 144
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3210 (DTC 7116) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 1


(todos os injetores do mesmo banco podem ser afetados)
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O esquema de controle do injetor também agrupa os circuitos
individuais do controle do injetor em bancos. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 usa a detecção de padrão
para identificar o injetor específico, bem como os erros. Quando uma combinação esperada de erros é detectada,
ocorre a falha associada. Se existir uma condição de falha de curto-circuito no banco 1, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 determinou que existe uma condição de curto-circuito no banco 1 do controle do injetor.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação do circuito do injetor do banco 1, em curto.


2. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do banco 1, em curto.
3. Falha na ECU A-095, software.

Solução:

1. Verifique se há código de falha do injetor do banco 1.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar se há presença de 3063 (DTC 6226) – Erro de curto-
circuito do injetor no cilindro 1 ou 3079 (DTC 6426) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4.

A. Se 3063 (DTC 6226) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1 ou 3079 (DTC 6426) – Erro de curto-
circuito do injetor no cilindro 4 estiver presente, resolva a falha relevante. Em seguida, determine se a falha
3210 (DTC 7116) – Falha de curto-circuito do banco de injeção 1 (todos os injetores do mesmo banco
podem ser afetados) também foi resolvida.

B. Se nem 3063 (DTC 6226) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1 ou 3079 (DTC 6426) – Erro de
curto-circuito do injetor no cilindro 4 estiver presente, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 145
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3218 (DTC 7216) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 2


(todos os injetores do mesmo banco podem ser afetados)
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O esquema de controle do injetor também agrupa os circuitos
individuais do controle do injetor em bancos. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 usa a detecção de padrão
para identificar o injetor específico, bem como os erros. Quando uma combinação esperada de erros é detectada,
ocorre a falha associada. Se existir uma condição de falha de curto-circuito no banco 2, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 determinou que existe uma condição de curto-circuito no banco 2 do controle do injetor.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação do circuito do injetor do banco 2, curto


2. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do banco 2, curto
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se há código de falha do injetor do banco 2.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar se há presença de 3083 (DTC 6326) – Erro de curto-
circuito do injetor no cilindro 5 ou 3075 (DTC 6526) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 6 ou 3067
(DTC 6726) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4.

A. Se 3083 (DTC 6326) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 5 ou 3075 (DTC 6526) – Erro de curto-
circuito do injetor no cilindro 6 ou 3067 (DTC 6726) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4
estiver presente, resolva a falha relevante. Em seguida, determine se a falha 3218 (DTC 7216) – Falha de
curto-circuito do banco de injeção 2 (todos os injetores do mesmo banco podem ser afetados) também
foi resolvida.

B. Se nem 3083 (DTC 6326) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 5 ou 3075 (DTC 6526) – Erro de
curto-circuito do injetor no cilindro 6 ou 3067 (DTC 6726) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro
4 estiver presente, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 146
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3218 (DTC 7216) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 2


(todos os injetores do mesmo banco podem ser afetados)
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Os erros de ferragem dos injetores e seus respectivos estágios de alimentação da unidade de controle do motor
(ECU) A-095 são investigados dentro da ECU A-095. O esquema de controle do injetor também agrupa os circuitos
individuais do controle do injetor em bancos. O procedimento de diagnóstico da ECU A-095 usa a detecção de padrão
para identificar o injetor específico, bem como os erros. Quando uma combinação esperada de erros é detectada,
ocorre a falha associada. Se existir uma condição de falha de curto-circuito no banco 2, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 determinou que existe uma condição de curto-circuito no banco 2 do controle do injetor.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação do circuito do injetor do banco 2, em curto.


2. Falha nos enrolamentos do solenoide do injetor do banco 2, em curto.
3. Falha na ECU A-095, software.

Solução:

1. Verifique se há código de falha do injetor do banco 2.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar se há presença de 3083 (DTC 6326) – Erro de curto-
circuito do injetor no cilindro 3 ou 3075 (DTC 6526) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2.

A. Se 3083 (DTC 6326) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3 ou 3075 (DTC 6526) – Erro de curto-
circuito do injetor no cilindro 2 estiver presente, resolva a falha relevante. Em seguida, determine se a falha
3218 (DTC 7216) – Falha de curto-circuito do banco de injeção 2 (todos os injetores do mesmo banco
podem ser afetados) também foi resolvida.

B. Se nem 3083 (DTC 6326) – Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3 ou 3075 (DTC 6526) – Erro de
curto-circuito do injetor no cilindro 2 estiver presente, verifique se o software apropriado da ECU A-095
está presente e reinstale, se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 147
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3235 (DTC F936) - Excesso de número de injeção para uma


determinada velocidade do motor
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para obter mais informações sobre o sistema de injeção de combustível de alta pressão, consulte (teoria de opera-
ções do sistema de combustível de alta pressão). Se o número de injeções solicitadas for maior do que o número
de injeções injetadas para a velocidade atual do motor, essa falha ocorrerá.

Causa:
O número de injeções solicitadas é maior do que o número de injeções injetadas para a velocidade atual do motor.

Possíveis modos de falha:

1. O tempo para o cálculo da injeção é muito curto


2. Falha na unidade de controle do motor (ECU) A-095, software

Solução:

1. Verifique se a ECU A-095 possui o software adequado.

A. Verifique se a ECU A-095 possui o software adequado. Se necessário, reinstale a ECU A-095.

B. Se a ECU A-095 não pode ser reinstalada, substitua a ECU A-095.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 148
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3236 (DTC F836) - O número de injeções é limitado pelo sistema


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para obter mais informações sobre o sistema de injeção de combustível de alta pressão, consulte HIGH PRESSURE
FUEL INJECTION SYSTEM THEORY OF OPERATIONS . A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a diferença
entre o número solicitado de injeções de combustível e a capacidade atual do sistema de injeção de combustível que
usa o número solicitado. Se a diferença entre o número de injeções solicitadas e a injeção real forem cinco injeções,
essa falha ocorrerá.

Causa:
O número de injeções solicitadas excedeu o número de injeções reais por 5 injeções.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique a ECU A-095.

A. Verifique se a ECU A-095 possui o software adequado. Instale novamente, se necessário.

B. Se a ECU A-095 não pode ser reinstalada, substitua a ECU A-095.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 149
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3237 (DTC 1636) - Número de injeções desejadas excede o limite


Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para obter mais informações sobre o sistema de injeção de combustível, consulte (teoria de operações do sistema
de combustível). A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a quantidade exigida de injeções de com-
bustível em relação à quantidade real de injeções de combustível disparadas. Se a quantidade de injeções exigida
for maior que a quantidade real de injeções, essa falha irá ocorrer.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma grande quantidade de injeções de combustível exigidas acima das injeções reais.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no fornecimento de alimentação para a ECU A-095


2. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique a tensão de alimentação da unidade de controle do motor (ECU) A-095.

Desconecte o chicote da interface do veículo (VE) da ECU A-095 no conector do bujão do veículo X-911.

Ligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a tensão no lado do chicote da interface do veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se o 12.0 V estiver presente em todas as cinco verificações, deixe o conector do bujão do veículo X-911
desconectado e continue na etapa 2.

B. Se o 12.0 V não estiver presente em uma ou mais das verificações, use os diagramas elétricos apropriados
do veículo para localizar e reparar a falha.
2. Verifique os circuitos de aterramento da ECU A-095.

Desligue o interruptor de ignição.

Use um multímetro para verificar a continuidade no lado do chicote da interface veículo (VE) do bujão do veículo:

Do Até Valor
X-911 pino 3, fio 057FZ (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 5, fio 057FE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 28, fio 057HD (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 52, fio 057HC (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.
X-911 pino 75, fio 057HE (BK) terra do chassi Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em todas as cinco verificações, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver continuidade em uma ou mais verificações, use os diagramas elétricos apropriados do veículo
para localizar e reparar a falha.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 150
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 151
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3245 (DTC E51D) - Falha interna da ECU - Erros de comunicação de


consulta/resposta
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a comunicação entre a A-095 e o controlador de estágio de
energia no barramento da Interface periférica serial (SPI). Se não houver resposta ou se uma resposta errada for
detectada, a A-095 será reiniciada e monitorada novamente sete vezes. Se o erro ainda for detectado, essa falha
ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 152
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3255 (DTC E31D) - Falha interna da ECU - Teste do ADC


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a eficiência do conversor analógico para digital (ADC). Uma
tensão de entrada de teste fixo é enviada ao ADC e convertida por ele. O valor da tensão de teste deve estar entre
4.73 – 4.83 V. A A-095 monitora esse teste e conta cada vez que o valor não é registrado na faixa especificada. Se
o contador exceder 15 vezes, essa falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 153
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3265 (DTC E4DD) - Injeção de combustível solicitada durante


sobrecarga
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a injeção de combustível solicitado durante o funcionamento
excedente. Se forem solicitadas injeções durante o funcionamento excedente, essa falha ocorrerá.

Causa:
A injeção de combustível foi solicitada durante o funcionamento excedente.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos injetores de combustível, vazamento


2. Sincronização de injeção incorreta
3. Falha na válvula de alívio de pressão (PRV)
4. Falha no A-095, software

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 154
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3280 (DTC E62D) - Tensão muito alta do fornecimento do sensor 1


de 12 V
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora os fornecimentos do sensor de 12 V da A-095. Se a A-095
determinar que a tensão de fornecimento do sensor 1 está muito alta, essa falha ocorrerá. O pino associado com
esse fornecimento é o pino 84 no conector X-917.

Causa:
A A-095 determinou que uma tensão de fornecimento do sensor está muito alta.

Possíveis modos de falha:

1. Condição de curto-circuito no pino 84 do conector X-917.


2. Falha no A-095, software.

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 3.
2. Verifique se existe uma condição de curto-circuito no pino 84 do conector X-917.

Inspecione visualmente o conector X-917 quanto à corrosão, danos ou uma condição de queimado.

Solte o conector X-917.

A chave deve estar desligada para continuidade e ligada para tensão.

Use um multímetro para executar as seguintes verificações de fiação:

Do Até Valor
Pino 84 do X-917 Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.
Pino 84 do X-917 Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver corrosão, dano ou queima do conector, repare conforme necessário. Se os valores especificados
não forem medidos, há um curto-circuito no conector X-917. Repare conforme necessário.

B. Se não forem encontradas falhas dentro do conector e os valores especificados forem medidos, verifique se
o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.
3. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 155
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3281 (DTC E72D) - Tensão muito baixa do fornecimento do sensor 1


de 12 V
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora os fornecimentos do sensor de 12 V da A-095. Se a A-095
determinar que a tensão de fornecimento do sensor 1 está muito baixa, essa falha ocorrerá. O pino associado com
esse fornecimento é o pino 84 no conector X-917.

Causa:
A A-095 determinou que uma tensão de fornecimento do sensor está muito baixa.

Possíveis modos de falha:

1. Curto com o terra no pino 84 do conector X-917.


2. Falha no A-095, software.

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 3.
2. Verifique se existe uma condição de curto com o terra no pino 84 do conector X-917.

Inspecione visualmente o conector X-917 quanto à corrosão, danos ou uma condição de queimado.

Solte o conector X-917.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
Pino 84 do X-917 Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.
Pino 84 do X-917 Terra do chassi Não deve haver continuidade.

A. Se houver corrosão, dano ou queima do conector, repare conforme necessário. Se houver continuidade, há
um curto-circuito no conector X-917. Repare conforme necessário.

B. Se nenhuma falha for encontrada dentro do conector e os valores especificados forem medidos, verifique se
o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.
3. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 156
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3293 (DTC 2265) - A pressão da galeria de combustível excedeu os


limites máximos de desvio positivo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de combustível, consulte o manual apropriado. A unidade de controle ele-
trônico (ECU) A-095 monitora o controle de pressão de combustível. A pressão do combustível é controlada pela
unidade de medição de combustível Y-011. Se a A-095 determinar que a pressão da galeria é mais baixa do que
o esperado com base na velocidade do motor depende do limite, a pressão da galeria de combustível excedeu os
limites máximos de desvio positivo e essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 determinou que a pressão medida da galeria é menor que a pressão controlada, de acordo com o limite
dependente da velocidade do motor.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos injetores de combustível, vazamento


2. Falha na válvula de alívio de pressão (PRV), vazamento
3. Falha na unidade de medição de combustível Y-011
4. Falha na bomba de alta pressão
5. Falha no filtro de combustível, obstruído
6. Falha nas linhas de combustível de baixa pressão, entrada de ar, obstrução ou dano
7. Falha na bomba de combustível elétrica (se equipada)
8. Falha na bomba de engrenagens de baixa pressão

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 157
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3301 (DTC 1565) - A pressão da galeria de combustível excedeu os


limites máximos de desvio negativo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de combustível, consulte o manual apropriado. A unidade de controle ele-
trônico (ECU) A-095 monitora o controle de pressão de combustível. A pressão do combustível é controlada pela
unidade de medição de combustível Y-011. Se a A-095 determinar que a pressão desejada do combustível foi ex-
cedida, embora a Y-011 esteja totalmente fechada, a pressão da galeria de combustível terá excedido os limites
máximos de desvio e essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 determinou que a pressão desejada do combustível foi atingida apesar de a Y-011 estar fechada.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no Y-011, falha interna


2. Falha na fiação Y-011
3. Falha na pressão da bomba de engrenagens
4. Falha nas linhas de combustível de baixa pressão da bomba de alta pressão para o tanque, obstrução ou dano

Solução:

1. Verifique se existem as seguintes falhas relacionadas:

3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta

3910 (DTC 4155) – Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível

3735 (DTC 8355) – A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura

A. Se qualquer uma das falhas listadas estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta
falha, 3301 (DTC 1565) – A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio
negativo.

B. Se nenhuma das falhas listadas estiver ativa, continue na etapa 2.


2. Verifique as linhas de combustível de baixa pressão da bomba de alta pressão até o tanque para ver se há danos
ou entupimento. Também verifique a pressão adequada da bomba de engrenagens.

A. Se as linhas apresentarem danos ou sinais de entupimento, poderá haver uma obstrução que não esteja
permitindo que o excesso de combustível seja devolvido ao tanque de combustível. Se a pressão da bomba de
engrenagens for excessiva, uma condição de desvio máximo negativo da pressão da galeria de combustível
poderá estar presente. Repare o sistema de combustível conforme necessário.

B. Se as linhas estiverem livres de danos, entupimento e a pressão da bomba de engrenagens estiver dentro da
faixa especificada, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 158
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3305 (DTC 2765) - A pressão do trilho de combustível excedeu o


limite mínimo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de injeção do motor, consulte o manual apropriado. A unidade de controle
eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de pressão da galeria de combustível B-015 quanto a pressão apropriada
do combustível. Se a ECU A-095 determinar que a pressão de combustível é menor que a pressão necessária para
executar a injeção de combustível, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma pressão de combustível menor que 200.0 bar (2900.0 psi).

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos injetores, vazamento interno ou emperrado na posição aberta


2. Falha na unidade de medição do combustível Y-011, falha interna ou na fiação
3. Falha na bomba de alta pressão
4. Falha no filtro de combustível, obstruído
5. Falha na válvula de alívio de pressão (PRV), vazamento ou emperrada na posição aberta
6. Falha na bomba de elevação elétrica (se equipada)
7. Falha na pressão da bomba de engrenagens, muito baixa
8. Falha no A-095, software

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 159
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3309 (DTC 1865) - A pressão da galeria de combustível excedeu o


limite máximo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de injeção do motor, consulte o manual apropriado. A unidade de controle
eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de pressão da galeria de combustível B-015 quanto à pressão apropriada
do combustível. Se a ECU A-095 determinar que a pressão do combustível está abaixo de 2000 bar (29000 psi),
essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma pressão de combustível maior que 2000 bar (29000 psi) por um período maior que 1 s.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação do Y-011, condição de circuito aberto


2. Falha no Y-011, falha interna
3. Falha na linha de retorno do combustível, danificada ou obstruída
4. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique a possível seguinte falha relacionada:

3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta

A. Se a falha estiver ativa, diagnostique-a primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3309 (DTC 1865) – A
pressão da galeria de combustível excedeu o limite máximo.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique a Y-011 quanto a uma falha interna.

Solte o conector X-833.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Pino 1 do X-833 Pino 2 do X-833 Deve haver entre 2.8 – 3.2 Ω.

A. Se o valor estiver dentro do intervalo especificado, continue na etapa 4.

B. Se o valor não estiver dentro do intervalo especificado, o Y-011 falhou internamente. Substitua a Y-011.
4. Inspecione a linha de retorno de combustível da bomba de alta pressão para ver se há danos ou obstruções.

A. Se houver danos ou obstruções, repare a linha de combustível, conforme necessário.

B. Se as linhas de combustível não tiverem danos ou obstruções, verifique se o software apropriado da ECU
A-095 está presente e reinstale, se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 160
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 161
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3361 (DTC E16D) - Houve um erro durante a operação


Gravação/Leitura da EEPROM
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 tem capacidade de leitura e gravação de valores para memória flash
ou EEPROM. A A-095 monitora a capacidade de leitura e gravação desta função. Se a A-095 determinar que parâ-
metros calibrados para a taxa de transmissão não podem ser lidos da EEPROM durante este monitoramento, essa
falha irá ocorrer.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 162
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3362 (DTC E1FD) - Falha interna da ECU - Calibração do combustível


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a conversão da quantidade de combustível em torque para
fins de consistência durante a inicialização da A-095. Se for detectado um erro de calibração durante esse teste,
esta falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 163
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3425 (DTC 1438) - Falha de pressão baixa


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de pressão do turbo de admissão B-013. Se a
A-095 determinar que a pressão do turbo é mais baixa do que o esperado com base na velocidade do motor e na
pressão ambiente.

Causa:
A pressão do turbo é menor que o esperado.

Possíveis modos de falha:

1. Operação em uma pressão ambiente extrema


2. Vazamento no turbo
3. Filtro de ar obstruído
4. Atuador do turbocompressor de geometria variável eletrônico (EVGT) emperrado ou bloqueado (se equipado)
5. Articulação do EVGT desconectada ou danificada (se equipada)
6. Falha na descarga ou na articulação do turbocompressor (se equipado)
7. Falha B-013, falha interna ou na fiação
8. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 7.
2. Use a EST para verificar se existe qualquer uma das seguintes falhas relacionadas:

3019 (DTC 1D64) – A tensão do sensor de pressão do coletor de admissão é maior que o esperado

A. Se a falha estiver ativa, diagnostique-a primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3425 (DTC 1438) – Falha
de pressão baixa.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Inspecione visualmente a atuação do turbocompressor de geometria variável eletrônico (EVGT) (se equipado).
Verifique se o mecanismo e a articulação do EVGT estão corretamente conectados e se não estão restritos ou
bloqueados de alguma forma.

Inspecione visualmente a descarga do turbocompressor (se equipado). Verifique se a articulação não está dani-
ficada ou desconectada.

Verifique se a máquina não está sendo operada em condição de pressão ambiental extrema, o que pode ter
disparado essa falha.

Verifique se há vazamentos do turbo.

Verifique o filtro de ar e o sistema de indução de ar em busca de qualquer obstrução ou bloqueio.

A. Se houver falhas, repare conforme necessário.

B. Se nenhuma falha for encontrada, continue na etapa 4.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 164
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

4. Verifique a fiação do B-013.

Solte o conector X-917.

Solte o conector X-828.

A chave deve estar desligada para continuidade e ligada para tensão.

Use um multímetro para executar as seguintes verificações de fiação:

Do Até Valor
X-917 pino 86 (WH) X-828 pino 4 (WH) Deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) X-917 pino 7 (WH/BK) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) X-917 pino 90 (WH) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se os valores especificados forem medidos, continue na etapa 5.

B. Se os valores especificados não forem medidos, Localize e repare o condutor com falha.
5. Substitua a B-013.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3425 (DTC 1438) – Falha de pressão baixa.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, continue na etapa 6.


6. Substitua a descarga do turbocompressor (se equipado) ou substitua o EVGT (se equipado).

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3425 (DTC 1438) – Falha de pressão baixa.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
7. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 165
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3436 (DTC FBBF) - O sistema de indução é bloqueado, devido a 3


detecções em 40 horas. O sistema deve ser reiniciado usando a
tela da ferramenta de serviço do concessionário "Engine Restart
Counter Reset" (Restauração do contador de reinicializações do
motor)
Módulo de controle: ECU
NOTA: Considerando que essa falha faz parte da estratégia de indução e que resultou em uma condição de tra-
vamento da indução, pode ser necessário realizar a configuração de Redefinição do contador da reinicialização do
motor/Desbloqueio da indução e/ou o teste de verificação de reparo de falha da SCR com a ferramenta eletrônica
de serviço (EST) antes de retornar a máquina ao serviço, exceto se esses dois foram executados como parte da
resolução da falha que causou essa falha. Consulte o menu de configuração correspondente na EST se necessário.
Se a máquina permanecer travada na indução final após os procedimentos acima serem realizados, você deverá
usar o software Easy Engine fornecido com a EST para apagar todas as falhas.

Contexto:
Este caminho de falha é somente para informar. Um ou mais dos blocos de indução foi detectado como ativo pelo
menos três vezes no último 40 h pela unidade de controle do motor (ECU) A-095, o que fez com que o sistema
de indução travasse. A falha que está causando a indução deve ser localizada, resolvida e redefinida antes da
redefinição dessa falha. A ferramenta eletrônica de serviço (EST) é necessária para liberar a indução.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 166
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3457 (DTC 1374) - A tensão do sensor de temperatura do coletor de


admissão é maior que o esperado
Módulo de controle: ECU
NOTA: Como essa falha causa indução, é necessário executar a configuração de redefinição do contador da re-
inicialização do motor/desbloqueio da indução assim que a falha foi resolvida. Consulte o menu de configuração
correspondente na ferramenta eletrônica de serviço (EST).

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de temperatura do coletor de admissão B-013 quanto
a uma tensão acima da condição esperada. Se uma tensão acima da condição esperada for detectada e essa falha
ocorrer, o A-095 irá alternar para um valor substitutivo da temperatura do coletor de admissão de 29.96 °C (85.93 °F).

Causa:
O A-095 detectou uma tensão maior que 4.93 V por mais de 500 ms no circuito do sinal de temperatura B-013.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no fio do sinal de temperatura de B-013, condição de curto com a fonte de tensão alta ou circuito aberto
2. Falha no B-013, falha interna
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a EST para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique se o circuito de sinal da temperatura B-013 possui uma condição de circuito aberto.

Solte o conector X-828.

Solte o conector X-917 do A-095.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 37 (WH) X-828 pino 2 (WH) Deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, mantenha o X-828 e X-917 desconectados e continue na etapa 3.

B. Se não houver continuidade, há uma condição de circuito aberto no circuito de sinal de temperatura B-013.
Localize e repare o condutor quebrado.
3. Verifique se o circuito do sinal de temperatura B-013 possui uma condição de curto com a fonte de tensão alta.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 37 (WH) X-917 pino 7 (WH/BK) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 37 (WH) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto com a fonte de tensão alta no circuito do sinal de
temperatura B-013, fio EN-005. Localize e repare o condutor em curto.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 167
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se não houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 4.


4. Verifique o circuito do sinal de B-013 quanto a uma condição de curto com a alimentação da ignição.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 37 (WH) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe uma condição de curto com a potência de ignição no circuito de sinal B-013. Localize
e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 5.


5. Substitua a B-013.

Use a EST para verificar se a falha foi solucionada.

A. Se a falha tiver sido resolvida, use a EST para executar a configuração de redefinição do contador da reini-
cialização do motor/desbloqueio da indução. Em seguida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se
necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 168
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3459 (DTC 1BD3) - Temperatura do óleo muito alta


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A Unidade de controle do motor (ECU) A-095 monitora a temperatura do óleo pelo sensor de temperatura do óleo
B-014. O valor é processado pelo conversor de analógico para digital, interno à A-095, em um valor de temperatura
do óleo físico. Se a A-095 determinar que o valor da temperatura do óleo está muito alto, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou um valor de temperatura do óleo maior que 124.96 °C.

Possíveis modos de falha:

1. Condições ambientais extremas.


2. Baixo nível do líquido de arrefecimento.
3. Fluxo de ar insuficiente para o radiador, radiador entupido, outro bloqueio no sistema de arrefecimento.
4. Falha na bomba de água.
5. Falha no termostato.
6. Diluição de óleo (com combustível, líquido de arrefecimento ou óleo hidráulico)
7. Nível baixo de óleo.
8. Problema no arrefecedor de óleo.
9. Falha na pressão do óleo com o sensor de temperatura do óleo B-014, valor implausível.
10. Falha no sensor de temperatura do líquido de arrefecimento B-016, valor implausível.
11. Falha no A-095, software.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 169
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3460 (DTC 2CD3) - Temperatura do óleo muito baixa


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a temperatura do óleo pelo sensor de temperatura do óleo
B-014. O valor é processado pelo conversor de analógico para digital, interno à A-095, em um valor de temperatura
do óleo físico. Se a A-095 determinar que o valor da temperatura do óleo está muito baixo, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou um valor de temperatura do óleo menor que -35.04 °C.

Possíveis modos de falha:

1. Temperaturas extremas de operação no ambiente


2. Falha no B-014, valor implausível
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se o circuito de sinal de temperatura B-014 está em curto com o terra.

Solte o conector X-829.

Solte o conector X-917 do A-095.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 13 (OR) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 13 (OR) X-917 pino 6 (VT) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 13 (OR) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no circuito de sinal de temperatura B-014.
Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, continue na etapa 3.


3. Substitua a B-014.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status de, 3460 (DTC 2CD3) – Temperatura do
óleo muito baixa.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 170
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 171
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3462 (DTC E79D) - Falha interna da ECU - Erro de monitoração do


excesso de tensão
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 executa caminhos de desligamento que desativam todos os estágios
de energia relevantes para a injeção de combustível se certos erros internos da A-095 são detectados. Para testar
essa função, cada caminho é brevemente ativado durante a inicialização da A-095. Depois que o desligamento está
ativo, nenhuma injeção de combustível deve ocorrer durante esse teste. Se uma tensão mais alta do que a condição
esperada for detectada durante esse teste, essa falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 172
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3501 (DTC ED1D) - Falha interna da ECU - Redefinição do software


no DSM 0
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora um possível erro no software interno da A-095. Se a A-095
detectar uma falha de software, uma redefinição do software será realizada e essa falha ocorrerá. Durante uma re-
definição do software, todas as luzes do painel de instrumentos poderão piscar (teste de ativação) e os instrumentos
poderão indicar zero brevemente.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 173
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3647 (DTC 1338) - Falha de pressão alta


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de pressão do turbo de admissão B-013. Se a A-095
determinar que a pressão do turbo é mais alta do que o esperado com base na velocidade do motor e na pressão
ambiente.

Causa:
A pressão do turbo é mais alta que o esperado.

Possíveis modos de falha:

1. Pressão ambiente acima do normal


2. Atuador do turbocompressor de geometria variável eletrônico (EVGT) emperrado ou bloqueado (se equipado)
3. Articulação do EVGT desconectada ou danificada (se equipada)
4. Falha na descarga ou na articulação do turbocompressor (se equipado)
5. Falha B-013, falha interna ou na fiação
6. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 7.
2. Use a EST para verificar se existe qualquer uma das seguintes falhas relacionadas:

3019 (DTC 1D64) – A tensão do sensor de pressão do coletor de admissão é maior que o esperado

A. Se a falha estiver ativa, diagnostique-a primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3647 (DTC 1338) – Falha
de pressão alta.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Inspecione visualmente a atuação do turbocompressor de geometria variável eletrônico (EVGT) (se equipado).
Verifique se o mecanismo e a articulação do EVGT estão corretamente conectados e se não estão restritos ou
bloqueados de alguma forma.

Inspecione visualmente a descarga do turbocompressor (se equipado). Verifique se a articulação não está dani-
ficada ou desconectada.

Verifique se a máquina não está sendo operada em condição de pressão ambiental extrema, o que pode ter
disparado essa falha.

A. Se houver falhas, repare conforme necessário.

B. Se nenhuma falha for encontrada, continue na etapa 4.


4. Verifique a fiação do B-013.

Solte o conector X-917.

Solte o conector X-828.

A chave deve estar desligada para continuidade e ligada para tensão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 174
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Use um multímetro para executar as seguintes verificações de fiação:

Do Até Valor
X-917 pino 86 (WH) X-828 pino 4 (WH) Deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) X-917 pino 7 (WH/BK) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) X-917 pino 90 (WH) Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 86 (WH) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se os valores especificados forem medidos, continue na etapa 5.

B. Se os valores especificados não forem medidos, Localize e repare o condutor com falha.
5. Substitua a B-013.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3647 (DTC 1338) – Falha de pressão alta.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, continue na etapa 6.


6. Substitua a descarga do turbocompressor (se equipado) ou substitua o EVGT (se equipado).

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3647 (DTC 1338) – Falha de pressão alta.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
7. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 175
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3688 (DTC 4F15) - Sensor de água no combustível ou falha no


circuito do sensor
Módulo de controle: ECU
NOTA: Este código de falha é referente ao interruptor Água no combustível com alojamento do conector preto.

Contexto:
O interruptor de água no combustível B-012 fornece um sinal de autoteste de diagnóstico (menos de 3.9 V para 2.5 s
+/- 20%) com a ignição LIGADA. Se a unidade de controle do motor (ECU) A-095 não detectar o sinal do autoteste
diagnóstico, essa falha ocorrerá e não haverá monitoramento do conteúdo de água no fornecimento de combustível.

Causa:
A ECU A-095 não recebeu nenhum sinal de autoteste aceitável B-012 do interruptor de água no combustível.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação do circuito do interruptor de água no combustível B-012, danificada


2. Falha no interruptor de água no combustível B-012, falha interna
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se este código de falha ainda está presente e em um estado ativo.

Use o software Easy Engine fornecido na ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status da falha.

A. Se a falha ainda estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, continue na etapa 6.
2. Use a EST para verificar o status da falha relacionada

3146 (DTC 4415) – Falha de água detectada no combustível ou água no circuito de combustível

A. Se a falha 3146 (DTC 4415) – Falha de água detectada no combustível ou água no circuito de combus-
tível estiver ativa, resolva a falha 3146 (DTC 4415) – Falha de água detectada no combustível ou água
no circuito de combustívele, em seguida, determine se a falha 3688 (DTC 4F15) – Sensor de água no
combustível ou falha no circuito do sensor também foi resolvida.

B. Se a falha 3146 (DTC 4415) – Falha de água detectada no combustível ou água no circuito de combus-
tível não estiver ativa,continue na etapa 3.
3. Verifique o interruptor de água no combustível B-012 quanto ao pulso inicial de tensão do autoteste.

Teste cuidadosamente o interruptor de água no combustível B-012 no conector X-242.

Com a ajuda de um assistente, use um multímetro para realizar o seguinte teste na ignição LIGADA:

Do Até Valor
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) Terra Deve haver menos do que 3.9 V
para 2.5 s +/- 20%.
NOTA: A linha de sinal deve comutar a tensão da bateria após o período de autoteste.

A. Se o autoteste for bem-sucedido, continue na etapa 4.

B. Se o autoteste não for bem-sucedido, isso indica que o interruptor de água no combustível B-012 falhou inter-
namente. Substitua o interruptor.
4. Verifique se há circuito aberto, curto-circuito e circuito aterrado no circuito do interruptor de água no combustível
B-012.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 176
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Desconecte o interruptor de água no combustível B-012 no conector X-242.

Desconecte o chicote do veículo (VE) da ECU A-095 no conector X-911.

Com o interruptor da ignição na posição DESLIGADO, use um multímetro para realizar os seguintes testes no
chicote do veículo (VE):

Do Até Valor
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) X-911 pino 13, fio 2040B (YE) Deve haver continuidade.
X-242 pino 2, fio 9279B (BL) X-911 pino 43, fio 9279 (BL) Deve haver continuidade.
X-242 pino 3, fio 071CB (WH) X-003 pino 3, fio 71 (WH) Deve haver continuidade.

Em seguida, use o multímetro para executar os seguintes testes, no chicote do veículo (VE):

Do Até Valor
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) X-242 pino 2, fio 9279B (BL) Não deve haver continuidade
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) X-242 pino 3, fio 071CB (WH) Não deve haver continuidade
X-242 pino 2, fio 9279B (BL) X-242 pino 3, fio 071CB (WH) Não deve haver continuidade

Em seguida, use o multímetro para executar os seguintes testes, no chicote do veículo (VE):

Do Até Valor
X-242 pino 1, fio 2040B (YE) Terra Não deve haver continuidade
X-242 pino 2, fio 9279B (BL) Terra Não deve haver continuidade
X-242 pino 3, fio 071CB (WH) Terra Não deve haver continuidade

A. Se os resultados não estiverem conforme o esperado para qualquer um dos testes de fiação listados acima,
isso indica que há um circuito aberto, curto-circuito ou circuito aterrado na fiação. Use o manual de serviço e
os diagramas do veículo para diagnosticar e reparar a fiação.

B. Se os resultados estiverem conforme o esperado em todos os testes de fiação listados acima, isso indica que
a fiação está ok. Mantenha o conector X-242 desplugado e continue na etapa 5.
5. Verifique o fornecimento de tensão do interruptor de ignição para o interruptor de água no combustível B-012.

Se não tiver sido reconectado, reconecte o chicote do veículo (VE) à ECU A-095 no conector X-911.

Com o interruptor da ignição na posição LIGADO, use um multímetro para realizar o seguinte teste no lado do
chicote do veículo (VE):

Do Até Valor
X-242 pino 3, fio 071CB (WH) Terra Deve haver tensão no interruptor da
ignição.

A. Se houver tensão presente no interruptor da ignição, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está
presente e reinstale, se necessário.

B. Se não houver tensão presente no interruptor da ignição, use o manual de serviço e os diagramas do veículo
para diagnosticar e reparar a fiação.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Se houver danos ou leituras anormais no monitor, repare os danos descobertos durante a inspeção ou localize
e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 177
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3703 (DTC 2B36) - O valor de pressão do trilho mínimo necessário


para a injeção de combustível não foi atingido
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de pressão do combustível B-015 quanto à pressão
mínima necessária para permitir a injeção de combustível. Se a A-095 determinar que a pressão de combustível
está abaixo de 180.0 bar (2610.0 psi), a injeção de combustível não será permitida e essa falha ocorrerá.

Causa:
O valor mínimo de pressão da galeria necessário para permitir a injeção de combustível não foi atingido.

Possíveis modos de falha:

1. Falha B-015, falha interna ou na fiação


2. Falha no sistema de injeção do motor, lado da baixa pressão (filtro de combustível obstruído, vazamento ou ob-
strução)
3. Falha na pressão da bomba de engrenagens, muito baixa
4. Falha na unidade de medição do combustível Y-011, falha interna ou na fiação
5. Falha na bomba de alta pressão
6. Falha na válvula de alívio de pressão (PRV), emperrada na posição aberta

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 178
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3735 (DTC 8355) - A unidade de medição de combustível tem um


erro de excesso de temperatura
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre a unidade de medição de combustível Y-011, consulte o manual apropriado. A uni-
dade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito Y-011 da unidade de medição de combustível para uma
condição de excesso de temperatura/corrente. Se uma condição de excesso de temperatura/corrente for detectada,
essa falha irá ocorrer.

Causa:
O A-095 detectou uma condição de excesso de temperatura/corrente no circuito Y-011.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no Y-011, falha interna


2. Falha na fiação Y-011
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique se a unidade de medição de combustível Y-011 possui uma falha interna.

Solte o conector X-833.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Pino 1 do X-833 Pino 2 do X-833 Deve haver 2.8 – 3.2 Ω.

A. Se houver entre 2.8 – 3.2 Ω, mantenha o X-833 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se não houver entre 2.8 – 3.2 Ω, o Y-011 falhou internamente. Substitua a Y-011.
3. Verifique a fiação Y-011 para ver se existe uma condição de curto-circuito.

Solte o conector X-917.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 58 (YE/GN) Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.
X-917 pino 83 (YE/BK) Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe um curto-circuito na fiação Y-011. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 4.


4. Verifique a fiação Y-011 quanto a uma condição de curto com a alimentação da ignição.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 179
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 58 (YE/GN) Terra do chassi Não deve haver tensão.
X-917 pino 83 (YE/BK) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se não houver tensão, há uma condição de curto com a alimentação da ignição na fiação Y-011. Localize e
repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 5.


5. Substitua a Y-011.

Use a EST para verificar o status de 3735 (DTC 8355) – A unidade de medição de combustível tem um erro
de excesso de temperatura.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 180
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3747 (DTC E83D) - Falha interna da ECU - Falha no teste positivo


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 executa caminhos de desligamento que desativam todos os estágios
de energia relevantes para a injeção se certos erros internos da A-095 são detectados. Para testar o funcionamento
correto do procedimento de desligamento, cada caminho é ativado brevemente durante a inicialização da A-095 para
ativar o estágio de energia da injeção de combustível. Depois que a A-095 tiver ativado o desligamento, nenhuma
injeção de combustível deverá ocorrer durante esse teste. Se for detectado um erro durante esse teste, esta falha
ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 181
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3752 (DTC EE36) - A correção da injeção de combustível excedeu


um limite mínimo
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a calibração do zero de combustível (ZFC) e a quantidade
zero de combustível durante a marcha lenta baixa (ZFL). A ZFC e ZFL são usadas para corrigir a quantidade de
injeção piloto, conforme necessário. A A-095 monitora essas funções quanto à plausibilidade. Se qualquer uma
das faixas estiver fora da faixa de limite mínimo, essa falha ocorrerá. A ZFC também é usada para monitorar a
eficiência dos injetores de combustível. Use o manual de serviço apropriado para testar os injetores de combustível
para ver se há vazamento interno e externo. Além disso, teste o sistema de combustível de alta pressão para ver se
há vazamento interno. Se nenhuma falha for encontrada, verifique a ECU A-095 para obter o software adequado e
instale novamente, se necessário.

Causa:
A ZFC é usada para compensar um envelhecimento dos injetores. Se o limite de compensação for excedido, essa
falha ocorrerá.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos injetores de combustível, desgastados


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Use o manual de serviço apropriado para realizar um teste de vazamento no sistema de combustível de alta
pressão. Além disso, teste os injetores de combustível para ver se há vazamento interno e externo.

A. Se houver falhas, repare conforme necessário.

B. Se nenhuma falha for encontrada, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 182
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3755 (DTC E7DD) - Falha interna da ECU - Comparação da


solicitação de torque
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 determina o torque do motor com base nas solicitações de muitas
funções do veículo. O torque total do motor solicitado é comparado com o torque máximo do motor permitido. Se
o torque total solicitado for maior do que o torque máximo permitido, a A-095 apresentará um erro de calibração e
essa falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 183
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3757 (DTC E2DD) - Falha interna da ECU - Falha no desligamento


da pós-injeção
Módulo de controle: ECU
Contexto:
O desempenho do motor é assistido pela adição de injeções piloto, injeções principais e três pós-injeções. A unidade
de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a quantidade de desligamento da pós-injeção 2 no modo normal. Se
a A-095 detectar que a quantidade de desligamento da pós-injeção 2 excedeu 5.00 mg no modo normal, essa falha
ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 184
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3758 (DTC E3DD) - Falha de eficiência da pós-injeção


Módulo de controle: ECU
Contexto:
O desempenho do motor é assistido pela adição de injeções piloto, injeções principais e pós-injeções. A unidade de
controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a eficiência da pós-injeção 3. Se a injeção não for comandada em uma
velocidade do motor maior que 1200 RPM e uma velocidade do motor maior que 1320 RPM é detectada pelo menos
duas vezes, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou um aumento indesejado na velocidade do motor. Esta falha pode ter sido causada pelo vazamento
indesejado de combustível ou óleo do motor ou por pós-injeções indesejadas.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos injetores de combustível, vazamento


2. Vazamento de óleo do motor nos cilindros, falha nos anéis do pistão
3. Falha no A-095, software

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 185
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3762 (DTC EBDD) - A tensão do fornecimento de 5 V da ECU está


maior que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A ECU A-095 monitora um erro de tensão da alimentação interna de 5 V. Se o fornecimento de tensão exceder o
limite máximo interno, essa falha ocorrerá.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na fiação de fornecimento A-095


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique a fiação de fornecimento da A-095.

Solte o conector X-911.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 1, fio 6408B (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 25, fio 6408C (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 26, fio 6408D (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 49, fio 6408E (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V
X-911 pino 73, fio 6408F (GN) terra do chassi Deve haver 12.0 V

A. Se não houver aproximadamente 12 V, verifique o sistema de carga para uma operação adequada e repare
conforme necessário.

B. Se houver aproximadamente 12 V, continue na etapa 3.


3. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.


4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 186
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 187
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3763 (DTC ECDD) - A tensão de fornecimento de 5 V da ECU está


menor que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A ECU A-095 monitora um erro de tensão da alimentação interna de 5 V. Se o fornecimento de tensão estiver abaixo
do limite máximo interno, essa falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 188
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3764 (DTC F561) - Interrupção de energia no afterrun da ECU


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o interruptor de ignição. Quando a ECU A-095 determinar
que o interruptor de ignição está desligado, ela ativará a autoignição. O relé de desconexão da autoignição K-063
controla a tensão para o relé principal, que permite que a ECU A-095 armazene falhas na memória (e outros parâ-
metros operacionais relevantes da máquina) antes de ser desligada. Se a ECU A-095 determinar que o ciclo após a
operação foi interrompido três vezes consecutivas, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma interrupção no processo da autoignição.

Possíveis modos de falha:

1. Uso prematuro do interruptor de desconexão da bateria (se equipado)


2. Falha na tensão da bateria
3. Falha no K-063, falha interna ou conexão solta
4. Falha no K-066, falha interna ou conexão solta
5. Falha no fusível F-114
6. Falha na fiação K-063
7. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 11.
2. Verifique a tensão da bateria.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
Polo da bateria (+) Polo da bateria ( -) Deve haver aproximadamente 12 V.

A. Se houver aproximadamente 12 V, continue na etapa 3.

B. Se não houver aproximadamente 12 V, existe uma falha no sistema de carregamento ou na bateria. Repare
conforme necessário.
3. Verifique se existem as seguintes falhas relacionadas:

3981 (DTC 5971) – Circuito do acionador no lado baixo do relé de afterrun com circuito aberto ou falha
de curto com o terra

3968 (DTC 5171) – Falha de circuito aberto do acionador no lado alto do relé do afterrun

3974 (DTC 6771) – Falha de curto com a bateria no circuito do acionador no lado baixo do relé de afterrun

3973 (DTC 8671) – Falha de excesso de temperatura no circuito do acionador da ECU no lado baixo do
relé do afterrun

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 189
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3969 (DTC 8271) – Falha de excesso de temperatura no circuito do acionador da ECU no lado alto do relé
do afterrun

3971 (DTC 6471) – Falha de curto com o terra do circuito do acionador no lado alto do relé de afterrun

A. Se qualquer uma das falhas listadas estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta
falha, 3764 (DTC F561) – Interrupção de energia no afterrun da ECU.

B. Se nenhuma das falhas listadas estiver ativa, continue na etapa 4.


4. Verifique a K-063 quanto a uma falha interna.

Remova o K-063.

Use um multímetro para executar o seguinte teste de resistência:

Do Até Valor
X-944 pino R3_85 X-944 pino R3_86 A resistência deve estar entre 70 –
130 Ω.

A. Se a resistência estiver entre 70 – 130 Ω, mantenha o K-063 desconectado e continue com a etapa 5.

B. Se a resistência não estiver dentro da faixa especificada, o K-063 falhou internamente. Substitua a K-063.
5. Verifique a fiação do K-063.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para fazer a seguinte verificação da tensão do relé do soquete do K-063:

Do Até Valor
X-944 pino R3_30, fio 1GB (RD) Terra do chassi. Deve haver aproximadamente 12 V.

A. Se não houver aproximadamente 12 V, haverá uma falha na fiação da bateria até o K-063. Localize e repare
o condutor com falha.

B. Se houver aproximadamente 12 V, continue na etapa 6.


6. Verifique o fusível F-114.

Remova o F-114.

Use um multímetro para determinar a condição do fusível.

A. Se não houver continuidade, houve falha do F-144. Substitua a F-144.

B. Se houver continuidade, continue na etapa 7.


7. Verifique o relé principal K-066 para ver se há uma falha interna.

Remova o K-066.

Use um multímetro para verificar a resistência da bobina.


Deve haver 70 – 130 Ω.

A. Se a resistência estiver entre 70 – 130 Ω, mantenha o K-066 desconectado e continue com a etapa 8.

B. Se a resistência não estiver dentro da faixa especificada, o K-066 falhou internamente. Substitua a K-066.
8. Verifique o K-063 até a fiação do relé principal K-066.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a seguinte verificação de continuidade do soquete do relé K-063 até o soquete
do relé K-066:

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 190
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-944 pino R3_87 X-035 pino R1_87 Deve haver continuidade.
X-944 pino R3_87 Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-944 pino R3_87 Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. O valor especificado não é detectado. Há uma falha na fiação entre os relés.Localize e repare o condutor
com falha.

B. Se o valor especificado foi detectado, continue na etapa 9.


9. Verifique a fiação do K-066.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para fazer a seguinte verificação da tensão do relé do soquete do K-066:

Do Até Valor
do soquete de X-035 pino R1_85, Terra do chassi Deve haver aproximadamente 12 V.
fio 71C (WH)

A. Se não houver aproximadamente 12 V, haverá uma falha na fiação da bateria até o K-066. Localize e repare
o condutor com falha.

B. Se houver aproximadamente 12 V, continue na etapa 10.


10. Verifique a fiação do K-066.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
do soquete de X-035 pino R1_86, Terra do chassi Deve haver continuidade.
fio 57DJ (BK)

A. Se não houver continuidade, existe um caminho interrompido para o terra na fiação do K-066. Localize e
repare o condutor quebrado.

B. Se houver continuidade, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se ne-
cessário.
11. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspe-
ção ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 191
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3769 (DTC EA1D) - Falha interna da ECU - "ABE ativo" relatado


devido à detecção de excesso de tensão
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a comunicação entre os estágios de alimentação e o fornece-
dor de tensão do estágio de alimentação. Se o teste do caminho de desligamento não está ativo e a A-095 detectar
uma condição de alta tensão durante este teste, essa falha irá ocorrer.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 192
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3770 (DTC EB1D) - Falha interna da ECU - "WDA/ABE ativo" relatado


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a comunicação entre os estágios de alimentação e o fornece-
dor de tensão do estágio de alimentação. Isso é feito continuamente, enquanto o teste do caminho de desligamento
não está ativo e a tensão da bateria é maior que 8.00 V. Se o fio de comunicação WDA/ABE se tornar ativo por um
motivo desconhecido durante esse monitoramento, essa falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 193
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3799 (DTC F345) - A válvula de alívio de pressão do combustível é


forçada a abrir, execute um pico de pressão
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de injeção do motor, consulte o manual apropriado. Para determinar o des-
gaste mecânico ou enviar o sistema no modo de funcionamento limitado, a unidade de controle eletrônico (ECU)
A-095 pode forçar a válvula de alívio de pressão do combustível aberta. Essa ação consiste em duas etapas, espe-
rar que a pressão da galeria acumule e executar o choque de pressão. Se a A-095 comandar essa operação, essa
falha ocorrerá. Assim que uma falha no sensor de pressão do trilho for detectada ou uma pressão máxima no trilho
for excedida, o sistema entrará no modo de funcionamento limitado. Se essa falha ocorrer, a A-095 determinou que
ocorreu um choque de pressão e que outras falhas relacionadas ao sistema de combustível podem ocorrer devido
ao aumento na pressão de combustível.

Solução:

1. Outras falhas possíveis no sistema de combustível que podem ocorrer ou podem ter causado esta falha:

3105 (DTC F245) – A válvula de alívio de pressão do combustível é forçada a abrir, execute um aumento
de pressão

3104 (DTC F445) – A válvula de alívio de pressão do combustível está aberta

3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta

3910 (DTC 4155) – Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível

3735 (DTC 8355) – A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura

3808 (DTC 3C65) – A quantidade de fornecimento de combustível da bomba de alta pressão em posição
de marcha lenta é muito alta

3176 (DTC 3B65) – A quantidade em sobrecarga do fornecimento de combustível da bomba de alta pressão
excede um limite máximo

3293 (DTC 2265) – A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio positivo

3805 (DTC 1D85) – Pressão máxima do trilho excedida

3112 (DTC 1425) – A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está acima do esperado

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 194
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3805 (DTC 1D85) - Pressão máxima do trilho excedida


Módulo de controle: ECU
NOTA: Como essa falha causa indução, é necessário executar a configuração de redefinição do contador da reinicia-
lização do motor/desbloqueio da indução com a ferramenta eletrônica de serviço (EST) antes de retornar a máquina
ao serviço. Consulte o menu de configuração correspondente na EST.

Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a pressão da galeria de combustível durante o modo de
funcionamento limitado. Se a A-095 determinar que a pressão de combustível excedeu 2250.0 bar (32625.0 psi)
durante esse modo, essa falha ocorrerá.

Causa:
A pressão máxima do combustível foi excedida.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na unidade de medição do combustível Y-011, falha mecânica ou na fiação


2. Falha na válvula de alívio de pressão (PRV), obstruída
3. Falha nos injetores de combustível, falha elétrica ou mecânica
4. Falha nas linhas de retorno do combustível
5. Falha na pressão da bomba de engrenagens, muito alta
6. Falha no A-095, software

Solução:

1. Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para procurar as falhas relacionadas. As falhas a seguir podem
ter causado essa falha, 3805 (DTC 1D85) – Pressão máxima do trilho excedidae devem ser diagnosticadas
primeiro se estiverem ativas:

3910 (DTC 4155) – Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível

3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta

3107 (DTC 6655) – A unidade de medição de combustível tem um curto com a tensão da bateria no lado
baixo

3912 (DTC 7555) – A unidade de medição de combustível tem um curto com o terra no lado alto

3735 (DTC 8355) – A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 195
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3808 (DTC 3C65) - A quantidade de fornecimento de combustível


da bomba de alta pressão em posição de marcha lenta é muito alta
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de injeção do motor, consulte o manual apropriado. A unidade de controle
eletrônico (ECU) A-095 controla o fornecimento de combustível pela unidade de medição de combustível Y-011. Se
a A-095 determinar que a pressão do combustível adequada não pode ser atingida na velocidade de marcha lenta
do motor, o vazamento no sistema será assumido e essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 determinou que a pressão comandada da galeria de combustível está mais baixa do que o esperado em
velocidade de marcha lenta do motor.

Possíveis modos de falha:

1. Falha nos injetores de combustível, vazamento interno ou emperrado na posição aberta


2. Falha na válvula de alívio de pressão, vazamento
3. Falha na unidade de medição de combustível Y-011
4. Falha na bomba de alta pressão
5. Falha no filtro de combustível, obstruído
6. Falha nas linhas de combustível de baixa pressão, vazamento (entrada de ar)
7. Falha na bomba de engrenagens de baixa pressão
8. Falha na bomba de elevação elétrica (se aplicável)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 196
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3810 (DTC 4125) - O valor do sensor de pressão do trilho é


intermitente
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de pressão da galeria de combustível B-015 para
ver se há uma condição de conexão intermitente. Se a A-095 detectar cinco ou mais saltos de pressão acima de
350.00 bar em 10.00 ms e o tempo entre os saltos de pressão for maior que 3.00 s, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou uma conexão intermitente no circuito do B-015.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no B-015, falha interna


2. Falha na fiação B-015
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique se o circuito B-015 possui uma condição de circuito aberto intermitente.

Solte o conector X-830.

Solte o conector X-917 do A-095.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para fazer a seguinte verificação de continuidade ao mesmo tempo em que balança o chicote
para promover uma condição de conexão intermitente:

Do Até Valor
X-917 pino 36 (VT/RD) X-830 pino 2 (VT/RD) Deve haver continuidade.
X-917 pino 11 (WH) X-830 pino 3 (WH) Deve haver continuidade.
X-917 pino 60 (WH) X-830 pino 1 (WH) Deve haver continuidade.

A. Se houver intermitente ou sem continuidade, há um aberto intermitente ou condição de circuito aberto no


circuito do B-015. Localize e repare o condutor danificado.

B. Se houver continuidade, continue na etapa 3.


3. Verifique o circuito B-015 para ver se há uma condição de curto-circuito.

A chave deve estar desligada para continuidade e ligada para tensão.

Use um multímetro para fazer as seguintes verificações de fiação ao mesmo tempo em que balança o chicote
para promover uma condição de conexão intermitente:

Do Até Valor
X-917 pino 36 (VT/RD) Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.
X-917 pino 36 (VT/RD) Terra do chassi Não deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 197
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-917 pino 36 (VT/RD) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se os valores especificados não forem medidos, há uma condição de curto com a fonte de tensão alta no
circuito de B-015. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se os valores especificados forem medidos, continue na etapa 4.


4. Substitua a B-015.

Use a EST para verificar o status dessa falha, 3810 (DTC 4125) – O valor do sensor de pressão do trilho é
intermitente.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 198
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3811 (DTC E22D) - Falha interna da ECU - Alimentação 1 de 5 V


do sensor
Módulo de controle: ECU
NOTA: Como essa falha causa indução, é necessário executar a configuração de redefinição do contador da reinicia-
lização do motor/desbloqueio da indução com a ferramenta eletrônica de serviço (EST) antes de retornar a máquina
ao serviço. Consulte o menu de configuração correspondente na EST.

Contexto:
A unidade de controle do motor (ECU) A-095 oferece três fornecimentos de tensão independentes 5.0 V para os
sensores. Essas tensões são monitoradas pelo hardware dentro do A-095 para certificar-se de que elas estejam
dentro de um determinado intervalo. Este intervalo dado é definido pelo hardware da A-095 e não pode ser calibrado.
Se a tensão de referência de alimentação do sensor 1 estiver fora da faixa, essa falha ocorrerá.

Causa:
A tensão de referência de alimentação do sensor 1 da A-095 está fora da faixa.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no sensor de pressão da SCR A-088 ou no fio de alimentação do sensor


2. Falha no sensor de temperatura e de pressão do óleo B-014 ou no fio de alimentação do sensor
3. Falha no sensor de pressão e de temperatura do coletor de admissão B-013 ou no fio de alimentação do sensor

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Desconecte um conector de cada vez e use a EST para monitorar o status de 3811 (DTC E22D) – Falha interna
da ECU - Alimentação 1 de 5 V do sensor.

- Conector X-919 do sensor de pressão da SCR A-088

- Conector X-829 do sensor de temperatura e pressão do óleo B-014

- Conector X-828 do sensor de temperatura e a pressão do coletor de admissão B-013

A. Se 3811 (DTC E22D) – Falha interna da ECU - Alimentação 1 de 5 V do sensor for eliminado após uma
desconexão do conector, o componente relevante está com defeito. Substitua o componente relevante.

B. Se 3811 (DTC E22D) – Falha interna da ECU - Alimentação 1 de 5 V do sensor não foi eliminado após a
desconexão do conector, deixe todos os conectores desconectados e continue na etapa 3.
3. Verifique todos os circuitos da alimentação 1 quanto a uma condição de curto-circuito.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-919 pino 2, fio 9245 (PK) Terra do chassi Deve haver entre 4.5 – 5.5 V.
X-829 pino 3 (WH) Terra do chassi Deve haver entre 4.5 – 5.5 V.
X-828 pino 3 (WH/BK) Terra do chassi Deve haver entre 4.5 – 5.5 V.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 199
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Se qualquer um dos circuitos não estiver dentro da faixa especificada, existe uma condição de curto-circuito
no circuito relevante. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se todos os circuitos estiverem dentro da faixa especificada, verifique se o software apropriado do A-095 está
presente e reinstale, se necessário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)


Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 200
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3812 (DTC 115D) - O sensor de temperatura 1 da ECU está muito alto


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a temperatura interna A-095 com o uso de dois sensores
de temperatura interna. Se o sensor de temperatura 1 monitorar uma temperatura superior a 175 °C (347 °F), essa
falha irá ocorrer.

Causa:
O sensor de temperatura 1 A-095 monitorou uma temperatura superior a 175 °C (347 °F).

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 201
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3814 (DTC E55D) - Erro no sensor de temperatura da ECU detectado


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 executa uma verificação de sinal do sinal de cada sensor de tempe-
ratura digital interno da A-095. Se uma mensagem de erro enviada do sensor for detectada, essa falha ocorrerá.
O valor de temperatura será congelado no último valor válido de uma falha preliminar e um valor fixo de 39.96 °C
(103.93 °F) se a falha for validada.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 202
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3877 (DTC 647D) - Falha de curto com a bateria da alimentação UB1


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito de fornecimento UB1. Se a A-095 detectar que o
circuito de fornecimento UB1 tem uma condição de curto com a alimentação da bateria, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou uma condição de curto com a alimentação da bateria no circuito de fornecimento UB1.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no circuito de fornecimento UB1, condição de curto com a bateria


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se há uma condição de curto com a alimentação da bateria no circuito de fornecimento UB1.

Solte o conector X-911 do A-095.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 50, fio 9250C (BK) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade em qualquer pino, haverá uma condição de curto com a alimentação da bateria no
circuito de fornecimento UB1. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe o conector desconectado e continue na etapa 3.


3. Verifique se há uma condição de curto com a alimentação da bateria de ignição no circuito de fornecimento UB1.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a seguinte verificação de tensão:

Do Até Valor
X-911 pino 50, fio 9250C (BK) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe uma condição de curto com a alimentação da bateria de ignição no circuito de for-
necimento UB1. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se neces-
sário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 203
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 14 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 204
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3878 (DTC 667D) - Falha de curto com a bateria da alimentação UB2


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito de fornecimento UB2. Se a A-095 detectar que o
circuito de fornecimento UB2 tem uma condição de curto com a alimentação da bateria, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou uma condição de curto com a alimentação da bateria no circuito de fornecimento UB2.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no circuito de fornecimento UB2, condição de curto com a bateria


2. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se há uma condição de curto com a alimentação da bateria no circuito de fornecimento UB2.

Solte o conector X-911 do A-095.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 74, fio 6580 (BL) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito de fornecimento UB2. Localize e
repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe o conector desconectado e continue na etapa 3.


3. Verifique se há uma condição de curto com a alimentação da bateria de ignição no circuito de fornecimento UB2.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a seguinte verificação de tensão:

Do Até Valor
X-911 pino 74, fio 6580 (BL) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe uma condição de curto com a alimentação da bateria de ignição no circuito de for-
necimento UB2. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se neces-
sário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 205
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 206
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3883 (DTC 797D) - Falha de curto com o terra da alimentação UB3


Módulo de controle: ECU
NOTA: Como essa falha causa indução, é necessário executar o teste de verificação do reparo da falha da SCR
após a falha ser solucionada. Consulte o menu de configuração correspondente na ferramenta eletrônica de serviço
(EST).
NOTA: Como essa falha causa indução, é necessário executar a configuração de redefinição do contador da reini-
cialização do motor/desbloqueio da indução com a EST antes de retornar a máquina ao serviço. Consulte o menu
de configuração correspondente na EST.

Contexto:
A unidade de controle do motor (ECU) A-095 monitora o circuito de fornecimento UB3. Se a ECU A-095 detectar que
o circuito de fornecimento UB3 tem uma condição de curto com o terra, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma condição de curto com o terra no circuito de fornecimento UB3.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no circuito de fornecimento UB3, condição de curto com o terra


2. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se o circuito de fornecimento UB3 está em curto com o terra.

Desconecte o conector X-911 da ECU A-095.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 27, fio 6570A (BL) Todos os pinos no conector X-911 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito de fornecimento UB3. Localize e
repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe o conector desconectado e continue na etapa 3.


3. Verifique se o circuito de fornecimento UB3 está em curto com o terra.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar o seguinte teste de continuidade:

Do Até Valor
X-911 pino 27, fio 6570A (BL) Terra do chassi Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe um curto com o terra no circuito de fornecimento UB3. Localize e repare o
condutor em curto.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 207
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se não houver continuidade, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se
necessário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 208
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3903 (DTC 1A15) - Temperatura do combustível muito alta


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o B-017 sensor de temperatura do combustível. Se o A-095
detectar uma temperatura de combustível maior do que 90 °C (194 °F), essa falha irá ocorrer.

Causa:
A A-095 detectou uma temperatura do combustível superior a 90 °C (194 °F).

Possíveis modos de falha:

1. Falha no resfriamento de combustível, entupido (se equipado)


2. Temperatura ambiente alta
3. Falha no B-017, falha interna
4. Falha na fiação B-017
5. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique o status das seguintes falhas em potencial relacionadas:

3015 (DTC 1C15) – A tensão do sensor de temperatura do combustível está maior que o esperado

A. Se a falha estiver ativa, diagnostique-a primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3903 (DTC 1A15) –
Temperatura do combustível muito alta.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique se o B-017 circuito de sinal possui um curto-circuito.

Solte o conector X-832.

Solte o conector X-917.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 12 (OR) Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito de sinal do B-017. Localize e repare
o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe os conectores desconectados e continue na etapa 4.


4. Verifique se o B-017 possui uma condição de curto com a potência de ignição.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 209
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-917 pino 12 (OR) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe uma condição de curto com a potência de ignição no circuito de sinal B-017. Localize
e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, continue na etapa 5.


5. Substitua a B-017.

Use a EST para verificar o status de 3903 (DTC 1A15) – Temperatura do combustível muito alta.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 210
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3905 (DTC 8814) - Erro de excesso de temperatura do acionador da


ECU do aquecedor do ar de admissão
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle do motor (ECU) A-095 monitora o circuito de controle K-023 do relé do aquecedor de ar de
admissão para ver se há uma condição de excesso de temperatura. Se uma condição de excesso de temperatura
for detectada, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 detectou uma condição de excesso de temperatura no circuito de controle K-023.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na bobina K-023


2. Falha no circuito de controle K-023, condição de curto com a fonte de alta tensão
3. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 6.
2. Verifique o status das seguintes possíveis falhas relacionadas:

3154 (DTC 6A14) – Curto com a tensão da bateria no atuador do aquecedor do ar de admissão

A. Se a falha estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta falha, 3905 (DTC 8814) – Erro
de excesso de temperatura do acionador da ECU do aquecedor do ar de admissão.

B. Se a falha não estiver ativa, continue na etapa 3.


3. Verifique a bobina do K-023 quanto a uma falha interna.

Remova o K-023.

Use um multímetro para executar o seguinte teste de resistência:

Do Até Valor
X-215 pino 1 X-215 pino 2 A resistência da bobina deve estar
entre 70 – 130 Ω.

A. Se o valor não estiver dentro da resistência especificada, o K-023 falhou internamente. Substitua a K-023.

B. Se o valor estiver dentro do intervalo especificado, mantenha o K-023 desconectado e continue com a etapa
4.
4. Verifique se o circuito de sinal K-023 está em curto com a fonte de alta tensão.

Solte o conector X-911.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 211
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

Do Até Valor
X-911 pino 83, fio 6586 (VT) X-911 pino 74, fio 6580 (BL) Não deve haver continuidade.
X-911 pino 83, fio 6586 (VT) Todos os outros pinos Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito de sinal do K-023.

B. Se não houver continuidade, mantenha o X-911 desconectado e continue na etapa 5.


5. Verifique se o K-023 possui uma condição de curto com a potência de ignição.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-911 pino 83, fio 6586 (VT) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe uma condição de curto com a potência de ignição no circuito de sinal K-023.

B. Se não houver tensão, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se neces-
sário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 12 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 212
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3910 (DTC 4155) - Falha de conexão elétrica intermitente da unidade


de medição de combustível
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre a unidade de medição de combustível Y-011, consulte o manual apropriado. Um con-
tato solto na fiação da Y-011 pode resultar em um mau funcionamento da Y-011 e pode resultar no funcionamento
irregular do motor ou em possíveis falhas de pressão do combustível. A unidade de controle do motor (ECU) A-095
tem um contador interno que é incrementado cada vez que uma conexão intermitente é reconhecida e que diminui
se o tempo entre as conexões intermitente é maior que 3 s. Se o contador interno exceder 1000 contagens, essa
falha ocorrerá.

Causa:
O contador de conexão intermitente interno da A-095 excedeu 1000 contagens.

Possíveis modos de falha:

1. Falha na bobina Y-011


2. Falha no Y-011, conector X-833
3. Falha na fiação Y-011
4. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento, continue na etapa 6.
2. Verifique a condição do conector X-833 da Y-011.

Desconecte o chicote do motor (EN) da Y-011 no conector X-9007.

Inspecione os contatos do conector X-833 quanto à corrosão, a danos e à conexão correta.

A. Se a condição dos contatos X-833 estiver boa, deixe o X-833 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o X-833 estiver com defeito, consulte o manual de serviço apropriado para reparar ou substituir o chicote
do motor (EN) conforme necessário.
3. Verifique a Y-011 quanto a uma falha interna.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Pino 1 do X-833 Pino 2 do X-833 Deve haver entre 2.8 – 3.2 Ω (2.8 –
3.2 Ω).

A. Se o valor estiver dentro da faixa especificada, deixe o conector X-833 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor não estiver dentro da faixa especificada, a Y-011 falhou internamente. Substitua o Y-011 e realize
a Substituição da unidade de medição da pressão do trilho - Redefinir os dados da ECU. Consulte o menu de
configuração correspondente na ferramenta eletrônica de serviço (EST).
4. Verifique a condição do circuito de controle da Y-011.

Desconecte o conector X-917 do chicote do motor (EN).

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 213
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para fazer o seguinte teste de continuidade no chicote do motor (EN) enquanto agita o chicote
do motor (EN) para promover uma falha intermitente:

Do Até Valor
X-917 pino 58 (YE/GN) X-833 pino 1 (YE/GN) Não deve haver continuidade
intermitente.
X-917 pino 83 (YE/BK) X-833 pino 2 (YE/BK) Não deve haver continuidade
intermitente.

A. Caso haja uma continuidade intermitente ao agitar o chicote do motor (EN) entre o pino 58 (YE/GN) do co-
nector X-917 e o pino 1 (YE/GN) do conector X-833, há um condutor danificado nesse circuito. Consulte o
manual de serviço apropriado para localizar e reparar o condutor quebrado.

B. Caso haja uma continuidade intermitente ao agitar o chicote do motor (EN) entre o pino 83 (YE/BK) do conector
X-917 e o pino 2 (YE/BK) do conector X-833, há um condutor danificado nesse circuito. Consulte o manual
de serviço apropriado para localizar e reparar o condutor quebrado.

C. Se nenhum circuito tiver continuidade intermitente durante este teste, continue na etapa 5.
5. Verifique o conector X-917 da A-095 para todos os outros pinos no chicote.

Do Até Valor
X-917 Todos os outros pinos Não deve haver continuidade
intermitente.

A. Se houver continuidade, consulte o manual de serviço apropriado para localizar e reparar o condutor danifi-
cado.

B. Se não houver continuidade, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se neces-
sário.
6. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 214
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3911 (DTC 6455) - A unidade de medição de combustível tem um


curto com a tensão da bateria no lado alto
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o circuito do acionador do lado alto da unidade de medição
de combustível Y-011 para ver se há uma condição de curto com a alimentação da bateria. Se o A-095 detectar um
curto com a alimentação da bateria, essa falha ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou uma alimentação de curto com a bateria no circuito do acionados do lado alto Y-011.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no Y-011, falha interna


2. Falha na fiação do Y-011, condição de curto com a alimentação da bateria
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se a falha está presente e ativa.

Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar o status dessa falha.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 5.
2. Verifique o Y-011 quanto a um curto interno.

Solte o Y-011 conector X-833.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Pino 1 do X-833 Pino 2 do X-833 O valor deve estar entre 2.8 – 3.2 Ω
(2.8 – 3.2 Ω).

A. Se o valor estiver dentro da faixa especificada, deixe o conector X-833 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor não estiver dentro da faixa especificada, a Y-011 falhou internamente. Substitua o Y-011 e realize
a Substituição da unidade de medição da pressão do trilho - Redefinir os dados da ECU. Consulte o menu de
configuração correspondente na ferramenta eletrônica de serviço (EST).
3. Verifique se o circuito do acionador do lado alto Y-011 possui uma condição de curto com a alimentação da bateria.

Solte o conector X-917.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 58 (YE/GN) Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.

A. Se houver continuidade, existe uma condição de curto-circuito no circuito do acionador do lado alto Y-011.
Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, deixe ambos os conectores desconectados e continue na etapa 4.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 215
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

4. Verifique se o circuito do acionador do lado alto Y-011 possui uma condição de curto com a alimentação da igni-
ção.

A chave de ignição deve estar na posição LIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de tensão a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 58 (YE/GN) Terra do chassi Não deve haver tensão.

A. Se houver tensão, existe uma condição de curto com a potência de ignição no circuito do acionador de lado
alto Y-011. Localize e repare o condutor em curto.

B. Se não houver tensão, verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se neces-
sário.
5. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 216
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3912 (DTC 7555) - A unidade de medição de combustível tem um


curto com o terra no lado alto
Módulo de controle: ECU
Contexto:
Para mais informações sobre a unidade de medição de combustível Y-011, consulte o manual apropriado. Se a
unidade de controle do motor (ECU) A-095 detectar um curto-circuito com o terra no lado alto do Y-011, essa falha
ocorrerá.

Causa:
A A-095 detectou uma condição de curto com o terra no circuito do Y-011, lado alto.

Possíveis modos de falha:

1. Condição de curto com o terra interno no Y-011


2. Condição de curto com o terra no circuito Y-011, lado superior
3. Falha no A-095, software

Solução:

1. Verifique se o código de falha está ativo.

Conecte a ferramenta eletrônica de serviço (EST) à porta de diagnóstico.

A. Se a falha estiver presente e ativa, continue na etapa 2.

B. Se a falha não estiver mais presente ou estiver em um estado inativo, ela poderá ser intermitente e não estar
ativa no momento. Continue na etapa 4.
2. Verifique se há uma condição interna de curto com o terra no Y-011.

Solte o Y-011 conector X-833.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de resistência a seguir:

Do Até Valor
Pino 1 do X-833 Pino 2 do X-833 Deve haver entre 2.8 – 3.2 Ω (2.8 –
3.2 Ω).

A. Se o valor estiver dentro da faixa especificada, mantenha o X-833 desconectado e continue na etapa 3.

B. Se o valor não estiver dentro da faixa especificada, a Y-011 falhou internamente. Substitua o Y-011 e realize
a Substituição da unidade de medição da pressão do trilho - Redefinir os dados da ECU. Consulte o menu de
configuração correspondente na EST.
3. Verifique se existe uma condição de curto com o terra no chicote (EN) do conector X-917 da A-095.

Solte o A-095 conector X-917.

A chave de ignição deve estar na posição DESLIGADO.

Use um multímetro para executar a verificação de continuidade a seguir:

Do Até Valor
X-917 pino 58 (YE/GN) Terra do chassi Não deve haver continuidade.
X-917 pino 58 (YE/GN) Todos os pinos no conector X-917 Não deve haver continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 217
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A. Se houver continuidade, há uma condição de curto com o terra no chicote do motor (EN). Use o manual de
serviço apropriado para localizar e reparar o condutor em curto.

B. Se não houver continuidade, verifique se o software apropriado do A-095 está presente e reinstale, se neces-
sário.
4. Inspecione visualmente os chicotes e conectores para identificar pinos danificados, dobrados ou deslocados,
terminais corroídos ou fios partidos. Verifique se os conectores estão completamente instalados. Flexione os
chicotes envolvidos para revelar quebras ou curtos intermitentes na fiação avaliada. Opere a máquina enquanto
observa o monitor.

A. Caso encontre danos ou o monitor indique leituras anormais, repare os danos descobertos durante a inspeção
ou localize e repare a condição anormal do monitor e verifique se o erro foi corrigido.

B. Caso não encontre danos e o monitor indique somente leituras normais, apague o código de falha e continue
a operação.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 218
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3916 (DTC 1745) - A válvula de alívio de pressão do combustível


atingiu o tempo de abertura máximo permitido
Módulo de controle: ECU
NOTA: Como essa falha causa indução, é necessário executar a configuração de redefinição do contador da reinicia-
lização do motor/desbloqueio da indução com a ferramenta eletrônica de serviço (EST) antes de retornar a máquina
ao serviço. Consulte o menu de configuração correspondente na EST.

Contexto:
Para mais informações sobre o sistema de injeção do motor, consulte o manual apropriado. A válvula de alívio de
pressão (PRV), integrada à galeria de combustível, será aberta no caso de pressão excessiva da galeria de combus-
tível. A unidade de controle do motor (ECU) A-095 detecta, conta e registra o número e a duração das aberturas da
PRV. Se a ECU A-095 determinar que a PRV foi aberta por um período maior que 5.00 h, essa falha ocorrerá.

Causa:
A ECU A-095 tem registrado uma abertura da PRV por mais de 5.00 h.

Possíveis modos de falha:

1. Falha no sistema de injeção do motor, fazendo com que a PRV fique aberta por um período de tempo estendido
2. Falha nas linhas de combustível de baixa pressão, filtro de combustível obstruído, falha na bomba de engrena-
gens de carga, falha na bomba de elevação (se equipada)
3. Falha na unidade de medição de combustível Y-011, falha interna ou na fiação
4. Falha na PRV, falha mecânica
5. Falha no sensor de pressão do trilho B-015, valor implausível
6. Falha na ECU A-095, software

Solução:

1. Use a ferramenta eletrônica de serviço (EST) para verificar se qualquer uma das falhas listadas estão ativas:
3137 (DTC 5255) – A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta
3735 (DTC 8355) – A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura
3108 (DTC 7755) – A unidade de medição de combustível tem um curto com o terra no lado baixo
3107 (DTC 6655) – A unidade de medição de combustível tem um curto com a tensão da bateria no lado
baixo
3912 (DTC 7555) – A unidade de medição de combustível tem um curto com o terra no lado alto
3309 (DTC 1865) – A pressão da galeria de combustível excedeu o limite máximo
3112 (DTC 1425) – A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está acima do esperado
3102 (DTC 2525) – A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está abaixo do esperado
3754 (DTC E6DD) – Falha interna da ECU - Plausibilidade da pressão do trilho
3110 (DTC 1225) – O valor do sensor de pressão do trilho está acima do desvio máximo
3111 (DTC 2325) – O valor do sensor de pressão do trilho está abaixo do desvio mínimo

A. Se qualquer uma das falhas listadas estiver ativa, diagnostique-as primeiro e, em seguida, retorne a esta falha,
3916 (DTC 1745) – A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu o tempo de abertura máximo
permitido.

B. Se nenhuma das falhas listadas estiver ativa, continue na etapa 2.


2. Verifique a existência de vazamento, entupimento ou dano que poderia permitir a entrada de ar no lado de baixa
pressão do sistema de combustível. Faça uma inspeção visual e pelo tato no lado de baixa pressão do sistema
de combustível para ver se há vazamentos, entupimentos ou danos por entrada de ar. Inspecione a bomba de
engrenagens para pressão apropriada.

A. Se for detectado vazamento, entupimento, entrada de ar, dano ou baixa pressão da bomba de engrenagens,
repare ou substitua as conexões, os filtros, as linhas etc., conforme necessário.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 219
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

B. Se não for detectado vazamento, entupimento, entrada de ar, dano ou baixa pressão da bomba de engrena-
gens, continue na etapa 3.
3. Substitua a unidade de medição de combustível Y-011.

Use a EST para verificar o status de 3916 (DTC 1745) – A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu
o tempo de abertura máximo permitido.

A. Se a falha tiver sido resolvida, realize a substituição da unidade de medição de pressão do trilho - Redefinição
dos dados da ECU. Depois, use a EST para realizar a configuração de redefinição do contador da reinicializa-
ção do motor/desbloqueio da indução. Depois, coloque a máquina novamente em serviço. Consulte o menu
de configuração correspondente na EST.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, continue na etapa 4.


4. Substitua a PRV.

Use a EST para verificar o status de 3916 (DTC 1745) – A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu
o tempo de abertura máximo permitido.

A. Se a falha tiver sido resolvida, realize a substituição da válvula de alívio de pressão (PRV) do trilho - Rede-
finição dos dados da ECU. Depois, use a EST para realizar a configuração de redefinição do contador da
reinicialização do motor/desbloqueio da indução. Depois, coloque a máquina novamente em serviço. Con-
sulte o menu de configuração correspondente na EST.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, continue na etapa 5.


5. Substitua o sensor de pressão da galeria B-015.

Use a EST para verificar o status de 3916 (DTC 1745) – A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu
o tempo de abertura máximo permitido.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale,
se necessário.

Chicotes elétricos - Folha de diagrama elétrico 13 (55.100)

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 220
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3936 (DTC E52D) - Interno da ECU: erro na alimentação do sensor


para o rastreador de tensão
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o rastreador de tensão externa quanto à alimentação interna
de 5 V da A-095. Se a A-095 determinar que a tensão está muito alta ou muito baixa, essa falha ocorrerá.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 221
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3964 (DTC 125D) - O sensor de temperatura 2 da ECU está muito alto


Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora a temperatura interna A-095 com o uso de dois sensores
de temperatura interna. Se o sensor de temperatura 2 monitorar uma temperatura superior a 175 °C (347 °F), essa
falha irá ocorrer.

Causa:
O sensor de temperatura 2 A-095 monitorou uma temperatura superior a 175 °C (347 °F).

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 222
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3966 (DTC 165D) - A tensão do sensor de temperatura da ECU


é maior que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de temperatura A-095, que está na parte interna
do A-095, quanto a uma tensão acima da condição esperada. Se o A-095 detectar uma tensão maior que 3.46 V
durante um período maior que 500 ms no circuito do sensor de temperatura, essa falha irá ocorrer.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 223
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

3967 (DTC 275D) - A tensão do sensor de temperatura da ECU


é menor que o esperado
Módulo de controle: ECU
Contexto:
A unidade de controle eletrônico (ECU) A-095 monitora o sensor de temperatura A-095, que está na parte interna
do A-095, quanto a uma tensão abaixo da condição esperada. Se o A-095 detectar uma tensão menor que 383 mV
durante um período maior que 500 ms no circuito do sensor de temperatura, essa falha irá ocorrer.

Solução:

1. Verifique se o software apropriado da ECU A-095 está presente e reinstale, se necessário.

A. Se a falha tiver sido resolvida, retorne a máquina ao serviço.

B. Se a falha não tiver sido resolvida, encaminhe um problema no ASIST.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 224
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A1000 - Pressão do corte de base muito alta


Solução:

1. Verifique o motivo da alta pressão.

Verificar no monitor se a pressão de embuchamento está muito baixa, para isso:


2. Caixa de ferramentas.
3. Guia corte de base.
4. Pressão de embuchamento.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 225
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A1001 - O operador não está no banco de operação


Solução:

1. Para operar a máquina e manter funcionando as funções de colheita o operador deve estar sentado no banco de
operação

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 226
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A1002 - O operador pressionou o botão de emergência


Solução:

1. Desligue a máquina e solte o botão de emergência.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 227
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A1100 - Detectado tensão de retorno do SCM1


Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 228
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A1101 - SCM1 Emergency Stop OFF


Solução:

1. Solte o botão vermelho.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 229
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A1200 - Baixo nível de combustível


Solução:

1. Preencha o tanque da máquina com combustível.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 230
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A1202 - A tensão do alternador está muito baixa


Solução:

1. Verifique os cabos e os conectores.


2. Substitua o alternador.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 231
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A1203 - Alternador sobrecarregando


Solução:

1. Verifique os cabos e os conectores.


2. Substitua o alternador.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 232
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2000 - Pressão do picador muito alta


Solução:

1. Verifique o motivo da alta pressão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 233
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2001 - Valor de rotação do extrator primário inválido


Solução:

1. Verifique se o ventilador do extrator está girando.


2. Verifique se o sensor está lendo a rotação. Gire o ventilador e verifique se o LED atrás do sensor está piscando.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 234
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2002 - A rotação do extrator primário não pode ser lida


Solução:

1. Verificar o que está obstruindo a comunicação entre sensor e módulo

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 235
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2003 - Pressão do extrator primário muito alta


Solução:

1. Verifique o motivo da alta pressão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 236
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2100 - Detectado tensão de retorno do SCM2


Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 237
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2101 - SCM2 Emergency Stop OFF


Solução:

1. Libere o botão de emergência

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 238
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2103 - Filtro de ar obstruído


Solução:

1. Limpe o filtro.
2. Verifique se há fornecimento de energia passando através dos conectores do chicote.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 239
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2104 - Falta de líquido arrefecedor


Solução:

1. Adicione líquido de arrefecimento no tanque de expansão.


2. Verifique se o interruptor está emperrado ou se foi montado de maneira incorreta.
3. Verifique se há fornecimento de energia passando através dos conectores do chicote.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 240
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2105 - Falta de óleo do motor


Solução:

1. Adicione óleo ao motor seguindo o procedimento no manual do operador.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 241
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2106 - Filtro de óleo do motor saturado


Solução:

1. Troque o filtro.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 242
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2108 - Impossível ligar a máquina, pois as bombas de transmissão


ou o joystick não estão no modo neutro
Solução:

1. Verifique se o joystick está no modo neutro.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 243
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2109 - Porta de serviço aberta


Solução:

1. Feche a porta de serviço.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 244
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2110 - Motor não liga pois o nível de óleo hidráulico está baixo
Solução:

1. Complete com óleo hidráulico até atingir o nível correto.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 245
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2111 - Baixo nível de líquido arrefecedor


Solução:

1. Verifique o nível do líquido de arrefecimento.


2. Verifique se há vazamento nas linhas de arrefecimento.
3. Verifique a bomba de água.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 246
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2112 - Baixa pressão do óleo do motor


Solução:

1. Verifique o nível de óleo.


2. Verifique se o filtro de óleo está saturado.
3. Verifique a bomba de óleo.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 247
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2113 - Alta temperatura do motor


Solução:

1. Limpe a tela fixa do sistema de arrefecimento.


2. Verifique se o radiador está sujo.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 248
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2115 - Motor será desligado


Solução:

1. Verifique o sistema quanto a irregularidades.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 249
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2131 - Acionar o botão de proteção dos implementos


Solução:

1. Acionar o botão antes de ligar a máquina, após partida liberar botão

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 250
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2132 - Baixo nível óleo hidráulico


Solução:

1. Complete com óleo hidráulico até o nível exigido.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 251
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2133 - Baixo nível óleo hidráulico


Solução:

1. Encontre o local do vazamento e repare-o. Depois, encha o tanque de óleo com óleo.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 252
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2134 - Filtro de combustível saturado


Solução:

1. Troque o filtro.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 253
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2135 - Filtro de óleo saturado


Solução:

1. Troque o filtro.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 254
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2136 - Alta temperatura do óleo hidráulico


Solução:

1. Limpe a tela fixa do sistema de arrefecimento.


2. Verifique se o radiador está sujo.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 255
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2201 - Água no combustível


Solução:

1. Drene a água do filtro.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 256
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2204 - Porta de serviço aberta


Solução:

1. Verifique as fechaduras da porta de serviço.


2. Verifique se existem cabos elétricos quebrados.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 257
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A2214 - Porta de serviço aberta


Solução:

1. Verifique as fechaduras da porta de serviço.


2. Verifique as fechaduras da porta de serviço.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 258
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A3100 - Detectado tensão de retorno do SCM3


Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 259
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A3101 - SCM3 Emergency Stop OFF


Solução:

1. Solte o botão vermelho.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 260
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5000 - SCM1 não detectado


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 261
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5001 - SCM1 perda de comunicação


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 262
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5002 - SCM2 não detectado


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 263
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5003 - SCM2 perda de comunicação


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 264
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5004 - SCM3 não detectado


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 265
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5005 - SCM3 perda de comunicação


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 266
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5006 - ECM não detectado


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 267
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5007 - ECM perda de comunicação


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 268
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5010 - RHM não detectado


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 269
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

A5011 - RHM perda de comunicação


Solução:

1. Verifique a resistência da rede CAN. O valor correto deve ser 60 Ω.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 270
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0000 - Tensão da bateria SCM1


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM1
4. SCM1 Corrente da bateria

Causa:

1. Oxidação dos polos


2. Nível baixo de eletrólito
3. Perca de capacidade de manter a carga

Solução:

1. Verifique se existe oxidação nos polos e remova-a em caso afirmativo.


2. Verifique o nível de eletrólito; se estiver abaixo da marca, E0000 SCM1 1 - Tensão da bateria SCM1, complete
com água destilada.
3. Verifique se o eletrólito está translucido; se estiver "turvo", substitua a bateria.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 271
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0001 - Tensão da chave SCM1


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM1
4. SCM1 chave de alimentação

Causa:

1. Fusível queimado
2. Relé 19 queimado
3. Mal contato do conector do chicote
4. Rompimento de cabos

Solução:

1. Substitua o fusível.
2. Substitua o relé.
3. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
4. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 272
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0002 - Tensão de referência, SCM1 8 V


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM1
4. SCM2 8 V ref1

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 273
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0003 - Tensão de referência 1, SCM1 5 V


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM1
4. SCM2 5 V ref1

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 274
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0004 - Tensão de referência 2, SCM1 5 V


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM1
4. SCM 15 V ref2

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 275
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0005 - Tensão de realimentação SCM 1


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM1
4. Sensor de retorno SCM1

Causa:

1. Relé 6
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos

Solução:

1. Substitua o relé.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 276
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0006 - Chave principal de fornecimento


Módulo de controle: SCM1
Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verifique se o sinal está passando pelo conector do chicote do sensor.
3. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 277
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0007 - Interruptor do assento


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Interruptor do assento

Causa:

1. Sensor sem alimentação


2. Defeito de conector do chicote
3. Defeito de sensor

Solução:

1. Verifique se há corrente elétrica indo para o sensor.


2. Verifique se o sinal está passando pelo conector do chicote do sensor.
3. Verificar a continuidade do sensor até o módulo.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 278
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0008 - Interruptor de perigo


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Interruptor de perigo

Causa:

1. Fusível queimado
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Diodo queimado
6. Relés queimados

Solução:

1. Verifique o fusível.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Substitua os diodos D004 e D005.
6. Verifique os relés.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 279
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0009 - Estado dos faróis na estrada


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Interruptor luz rodovia

Causa:

1. Fusível queimado
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Diodo queimado

Solução:

1. Verifique o fusível.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Substituir o diodo 001.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 280
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0016 - Água no combustível


Módulo de controle: SCM1
Causa:

1. Excesso de água no reservatório de água


2. Sensor não enviando sinal para o módulo
3. Sensor sem alimentação
4. Defeito de conector do chicote

Solução:

1. Drene a água.
2. Verificar a continuidade do sensor até o módulo.
3. Verifique se há corrente elétrica indo para o sensor.
4. Verifique se o sinal está passando pelo conector do chicote do sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 281
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0017 - Altura do cortador de base


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Funções de colheita
4. Altura do cortador de base

Causa:

1. Sensor sem alimentação


2. Sensor não enviando sinal para o módulo
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Falha do sensor
6. Defeito de conector do chicote

Solução:

1. Verifique se 5 V está chegando no sensor de posição; se não estiver, verifique o chicote.


2. Verifique a continuidade do sensor até o módulo; se não estiver OK, verifique o chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique a continuidade do aterramento.
5. Substitua o sensor.
6. Verifique se o sinal está passando pelo conector do chicote do sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 282
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0021 - Pressão do cortador de base


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Funções de colheita
4. Pressão do corte de base

Causa:

1. Sensor sem alimentação


2. Sensor não enviando sinal para módulo.
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Falha do sensor
6. Defeito de conector do chicote

Solução:

1. Verifique se 5 V está chegando no sensor de posição; se não estiver, verifique o chicote.


2. Verificar a continuidade do sensor até o módulo, se não estiver verificar o chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique a continuidade do aterramento.
5. Substitua o sensor.
6. Verifique se o sinal está passando pelo conector do chicote do sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 283
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0036 - Pedal de freio esquerdo


Módulo de controle: SCM1
Causa:

1. Curto-circuito
2. Falta de continuidade
3. Defeito de conector do chicote

Solução:

1. Verifique se há corrente elétrica indo para o sensor.


2. Medir continuidade entre o conector do pedal e o módulo 1.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do pedal e do chicote.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 284
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0037 - Pedal de freio direito


Módulo de controle: SCM1
Causa:

1. Curto-circuito
2. Falta de continuidade
3. Defeito de conector do chicote

Solução:

1. Verifique se há corrente elétrica indo para o sensor.


2. Medir continuidade entre o conector do pedal e o módulo 1.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do pedal e do chicote.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 285
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0038 - Nível de combustível


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Potência
4. Nível do tanque de combustível

Causa:

1. Falta de aterramento
2. Falta de comunicação
3. Defeito de conector do chicote
4. Falha do sensor

Solução:

1. Verifique a continuidade do aterramento.


2. Verificar continuidade do fio de comunicação do sensor até o módulo.
3. Verifique se o sinal está passando pelo conector do chicote do sensor.
4. Substitua o sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 286
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0041 - Corrente do cetop de subir e descer o corte de base


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função de colheita
4. Corrente elevar / abaixar corte de base

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Falta de aterramento
4. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade entre o fio de aterramento limpo do módulo e o PWM.
4. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 287
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0045 - Relé de segurança em rodovia


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Geral

Causa:

1. Queima de fusíveis
2. Falta de alimentação do módulo
3. Relé queimado

Solução:

1. Verifique o fusível F-001 e F-002.


2. Verificar continuidade entre módulo e o conector na placa de fusível.
3. Substitua o relé.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 288
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0046 - Iluminação do console direito (backlighting)


Módulo de controle: SCM1
Causa:

1. Falta de continuidade
2. Mal contato do conector do chicote
3. Lâmpada queimada

Solução:

1. Verifique a continuidade do chicote.


2. Verifique os conectores.
3. Substitua a lâmpada.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 289
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0047 - Relé da luz de freio


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Geral
4. Relé da luz de freio

Causa:

1. Defeito de conector C409


2. Falta de continuidade
3. Falta de alimentação da bateria no relé
4. Relé queimado

Solução:

1. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.


2. Verifique a continuidade no chicote.
3. Verifique o fusível F-0010.
4. Substitua o relé.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 290
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0052 - Container do reboque / articulação do corte de pontas


Módulo de controle: SCM1
Causa:

1. Falta de continuidade
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Falta de aterramento
5. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique a continuidade no chicote.


2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade do aterramento.
5. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 291
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0053 - Válvula piloto 1


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Piloto
4. Válvula piloto 1

Causa:

1. Falha de comunicação
2. Falta de aterramento
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Circuito aberto
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique a continuidade do conector C006, com o conector da tomada que vai na bobina.
2. Verifique a continuidade do aterramento.
3. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
4. Verificar as condições de encaixe do conector da tomada com o chicote.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 292
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0054 - Válvula piloto 2


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Piloto
4. Válvula piloto 2

Causa:

1. Falha de comunicação
2. Quebra da trava que segura o terminal no conector
3. Falta de aterramento
4. Circuito aberto
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique a continuidade do conector C006, com o conector da tomada que vai na bobina.
2. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
3. Verifique a continuidade do aterramento.
4. Verificar as condições de encaixe do conector da tomada com o chicote.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 293
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0055 - Levantamento do corte de pontas


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cortador de pontas
4. Elevar corte de pontas

Causa:

1. Falta de alimentação
2. Falta de continuidade
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Circuito aberto
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Com o botão da alavanca multifunção acionado, deve haver corrente elétrica na cetop.
2. Meça a continuidade entre o conector C006 e a cetop.
3. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
4. Verifique se há sinal passando pelos conectores até a cetop.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 294
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0056 - Abaixamento do corte de pontas


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cortador de pontas
4. Abaixamento do corte de pontas

Causa:

1. Falta de alimentação
2. Quebra da trava que segura o terminal no conector
3. Falta de continuidade
4. Circuito aberto
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Com o botão da alavanca multifunção acionado, deve haver corrente elétrica na cetop.
2. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
3. Meça a continuidade entre o conector C006 e a cetop.
4. Verifique se há sinal passando pelos conectores até a cetop.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 295
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0057 - Abaixamento do cortador de base


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Abaixamento do cortador de base

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Quebra da trava que segura o terminal no conector
3. Defeito de conector do chicote
4. Falta de aterramento
5. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade do aterramento.
5. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 296
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0058 - Levantar cortador de base


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Levantar corte de base

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Quebra da trava que segura o terminal no conector
3. Defeito de conector do chicote
4. Falta de aterramento
5. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade do aterramento.
5. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 297
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0062 - Direção de lançamento do corte de pontas à esquerda


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cortador de pontas
4. Cortar de pontas para a esquerda

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 298
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0063 - Direção de lançamento do corte de pontas à direita


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cortador de pontas
4. Cortar de pontas para a esquerda

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 299
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0065 - Levantar divisor de linha lado esquerdo


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Levantar corte de base elevar divisor de linha esquerdo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 300
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0066 - Abaixar divisor de linha lado esquerdo


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Abaixar corte de base elevar divisor de linha esquerdo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Quebra da trava que segura o terminal no conector
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 301
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0067 - Levantar divisor de linha lado direito


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Levantar corte de base elevar divisor de linha direito

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Quebra da trava que segura o terminal no conector
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 302
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0068 - Abaixar divisor de linha lado direito


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Abaixar corte de base elevar divisor de linha direito

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Quebra da trava que segura o terminal no conector
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 303
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0073 - Giro da tampa do extrator primário para a esquerda


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Extrator primário
4. Giro extrator primário esquerda

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 304
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0074 - Giro da tampa do extrator primário para a esquerda


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Extrator primário
4. Giro extrator primário direita

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Abra o conector e verifique se a trava do conector não está quebrada.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique a continuidade do aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 305
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0077 - Seta esquerda


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Seta esquerda

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Lâmpada queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está em contato com peças metálicas (sem pintura), verifique se o fio não está
solto.
5. Verificar se ao ativar a seta a lâmpada esta piscando.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 306
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0078 - Seta direita


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Seta esquerda

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Lâmpada queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está em contato com peças metálicas (sem pintura), verifique se o fio não está
solto.
5. Verificar se ao ativar a seta a lâmpada esta piscando.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 307
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0081 - Potência SCM1 - FET


Módulo de controle: SCM1
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM1
4. SCM1 relé principal
Resultado: Ao acionar ativa a parada de emergência

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 308
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0256 - SCM2 - Voltagem da 3 bateria


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM2
4. SCM2 Corrente da bateria

Causa:

1. Oxidação dos polos


2. Nível baixo de eletrólito
3. Perda da capacidade de manter a carga

Solução:

1. Verifique se existe oxidação nos polos e remova-a em caso afirmativo.


2. Verifique o nível de eletrólito; se estiver abaixo da marca, complete com água destilada.
3. Verifique se o eletrólito está translucido; se estiver "turvo", substitua a bateria.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 309
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0257 - Tensão da chave SCM2


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM2
4. SCM2 chave de alimentação

Causa:

1. Fusível queimado
2. Relé 19 queimado
3. Mal contato do conector do chicote
4. Rompimento de cabos

Solução:

1. Substitua o fusível.
2. Substitua o relé.
3. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
4. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 310
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0258 - Referência SCM2 com tensão de 8 V


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM2
4. SCM2 8 V ref

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 311
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0259 - Referência SCM2 com tensão 1 de 5 V


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM2
4. SCM2 5 V ref1

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 312
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0260 - Referência SCM2 com tensão 2 de 5 V


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM2
4. SCM2 5 V ref2

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 313
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0261 - Tensão de realimentação SCM2


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM2
4. Sensor de retorno SCM2

Causa:

1. Relé 8
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos

Solução:

1. Substitua o relé.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 314
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0262 - Pedal de giro do elevador direito


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Pedal giro elevador direito

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 315
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0264 - Chave de partida da máquina


Módulo de controle: SCM2
Causa:

1. Rompimento de cabos
2. Chave de ignição danificada

Solução:

1. Verifique a continuidade.
2. Tentar dar partida na máquina e se a mesma nem der sinal substitua a chave.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 316
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0266 - Baixo nível de água no tanque de expansão


Módulo de controle: SCM2
Causa:

1. Falta de líquido arrefecedor


2. Emperramento da boia do sensor
3. Mal contato do conector do chicote
4. Defeito de conector do chicote
5. Rompimento de cabos
6. Defeito de sensor

Solução:

1. Completar com líquido arrefecedor nas proporções especificadas no manual.


2. Verifique se não há nada emperrando a boia e corrija, se necessário.
3. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
4. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
5. Verifique a continuidade.
6. Substitua o sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 317
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0267 - Pedal de giro do elevador esquerdo


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Pedal giro elevador esquerdo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 318
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0269 - Interruptor do filtro de óleo hidráulico


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Potência
4. Interruptor filtro de sucção

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Interruptor danificado

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Substitua o interruptor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 319
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0270 - Interruptor do filtro de combustível


Módulo de controle: SCM2
Causa:

1. Curto-circuito
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Filtro saturado
6. Interruptor danificado

Solução:

1. Localizar onde está o curto e reparar o chicote.


2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Substitua o filtro.
6. Substitua o interruptor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 320
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0271 - Interruptor de baixo nível de óleo hidráulico


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Potência
4. Interruptor do baixo nível de óleo

Causa:

1. Falta de óleo hidráulico


2. Curto-circuito
3. Mal contato do conector do chicote
4. Defeito de conector do chicote
5. Rompimento de cabos
6. Filtro saturado
7. Interruptor danificado

Solução:

1. Abasteça com o óleo hidráulico conforme mostrado no manual do operador.


2. Localizar onde está o curto e reparar o chicote.
3. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
4. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
5. Verifique a continuidade.
6. Substitua o filtro.
7. Substitua o interruptor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 321
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0272 - Interruptor do Filtro de Ar


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Potência
4. Estado do filtro de ar

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Filtro saturado

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Substitua o filtro.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 322
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0275 - Pressão hidráulica do picador


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básica de colheita
4. Pressão do picador

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Sensor danificado

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Substitua o sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 323
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0285 - Velocidade do picador


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básica de colheita
4. Rotação do picador

Causa:

1. Sensor mal montado


2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Sensor mal montado
6. Sensor danificado

Solução:

1. Com o dente da engrenagem posicionado no centro do furo do sensor, a LED na parte traseira do sensor deve
ficar acesa.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Quando o ventilador do extrator for girado, a LED localizada na parte traseira do sensor deve ficar piscando. Se
não, reposicione o sensor corretamente (para mais perto dos dentes).
6. Substitua o sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 324
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0286 - Velocidade do cortador de base


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básica de colheita
4. Rotação do corte base

Causa:

1. Sensor mal montado


2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Sensor mal montado
6. Sensor danificado

Solução:

1. Com o dente da engrenagem posicionado no centro do furo do sensor, a LED na parte traseira do sensor deve
ficar acesa.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Quando o ventilador do extrator for girado, a LED localizada na parte traseira do sensor deve ficar piscando. Se
não, reposicione o sensor corretamente (para mais perto dos dentes).
6. Substitua o sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 325
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0289 - Sensor de rotação do extrator primário


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Extrator primário
4. Rotação do extrator primário

Causa:

1. Sensor mal montado


2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Sensor mal montado
6. Sensor danificado

Solução:

1. Com o dente da engrenagem posicionado no centro do furo do sensor, a LED na parte traseira do sensor deve
ficar acesa.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Quando o ventilador do extrator for girado, a LED localizada na parte traseira do sensor deve ficar piscando. Se
não, reposicione o sensor corretamente (para mais perto dos dentes).
6. Substitua o sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 326
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0291 - Interruptor de aproximação da porta do radiador


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Motor
4. Sensor de proximidade porta do radiador

Causa:

1. Porta de serviço aberta


2. Mesmo com a porta fechada, o erro persiste
3. Mal contato do conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Interruptor danificado

Solução:

1. Feche a porta.
2. Ajuste o sensor para mais perto da porta.
3. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
4. Verifique a continuidade.
5. Substitua o sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 327
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0295 - Temperatura do óleo hidráulico


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Potência
4. Temperatura do óleo hidráulico

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Sensor danificado
5. Defeito de aterramento

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Substitua o sensor.
5. Verifique o ponto de aterramento.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 328
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0297 - Corrente da PWM do ventilador do extrator primário


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Extrator primário
4. Corrente do extrator primário PWM

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 329
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0298 - Corrente da válvula do comprimento do tolete


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básica da colhedora
4. Válvula de comprimento do tarugo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 330
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0300 - Válvula proporcional do ventilador do radiador


Módulo de controle: SCM2
Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 331
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0301 - Relé de habilitação da partida


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Potência
4. Relé de habilitação da partida

Causa:

1. Relé queimado
2. Fusível queimado
3. Mal contato do conector do chicote
4. Defeito de conector do chicote
5. Rompimento de cabos
6. Falta de aterramento

Solução:

1. Substitua o relé.
2. Substitua o fusível.
3. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
4. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
5. Verifique a continuidade.
6. Verifique o aterramento.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 332
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0302 - Alarme de reserva


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Geral
4. Alarme de reserva

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Sirene queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o alarme de reserva.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 333
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0304 - Relé do compressor da buzina


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Relé do compressor da buzina

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Relé 11 queimado

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o relé.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 334
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0305 - Válvula piloto do elevador


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Piloto
4. Válvula piloto do elevador

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 335
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0306 - Abertura do flap


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Estender tampa do recipiente

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 336
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0307 - Fechar do flap


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Retrair tampa do recipiente

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 337
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0308 - Ligar e desligar o extrator primário


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Extrator primário
4. Ligar extrator primário

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 338
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0309 - PWM do extrator primário


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Extrator primário
4. Extrator primário PWM

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 339
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0310 - Válvula do comprimento do tolete


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Funções básicas da colhedora
4. Válvula de comprimento do tarugo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 340
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0311 - Freio de estacionamento


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Geral
4. Freio de estacionamento

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 341
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0312 - Bloqueio do diferencial


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Geral
4. Bloqueio do diferencial

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 342
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0313 - Giro do elevador à esquerda


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Giro do elevador à esquerda

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 343
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0314 - Giro do elevador à direita


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Giro do elevador à esquerda

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 344
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0315 - Abaixamento do elevador


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Elevator down

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 345
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0316 - Ventilador do extrator secundário


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Extrator secundário
4. Extrator secundário

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 346
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0317 - Ventilador do líquido de arrefecimento de derivação


hidráulica
Módulo de controle: SCM2
Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 347
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0318 - Direção da esteira do elevador sentido colheita


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Elevador carregando

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 348
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0319 - Direção da esteira do elevador sentido reversão


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Elevador reverso

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 349
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0320 - Levantar elevador


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Riser
4. Elevação do elevador

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 350
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0321 - Cortador de base/ picador sentido colheita


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Corte de base /picador para

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 351
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0322 - Cortador de base/ picador sentido reverso


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Reversão corte de base /picador

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 352
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0325 - Giro do capuz do extrator secundário para esquerda


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Extrator secundário
4. Giro do capuz para esquerda

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 353
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0326 - Giro do capuz do extrator secundário para direita


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Opção extrator secundário
4. Giro do capuz para direita

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Quebra da trava que segura o terminal no conector
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Substitua o conector.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
6. Substitua a bobina.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 354
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0329 - Atuador da escova A


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Motor
4. Atuador da escova A

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Defeito no motor da escova

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Troque o motor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 355
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0330 - Atuador da escova B


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Motor
4. Atuador da escova B

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Defeito no motor da escova

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Troque o motor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 356
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0331 - Atuador da escova C


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Motor
4. Atuador da escova C

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Defeito no motor da escova

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Troque o motor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 357
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0332 - Atuador da escova D


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Motor
4. Atuador da escova D

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Defeito no motor da escova

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Troque o motor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 358
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0333 - Limpador dianteiro A


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Limpador dianteiro A

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Defeito no motor

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Troque o motor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 359
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0334 - Limpador dianteiro B


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Limpador dianteiro B

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Defeito no motor

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Troque o motor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 360
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0335 - Limpador dianteiro C


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Limpador dianteiro C

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Defeito no motor

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Troque o motor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 361
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0336 - Limpador dianteiro D


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Cabine
4. Limpador dianteiro D

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Defeito no motor

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Troque o motor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 362
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0337 - Potência SCM2 - FET


Módulo de controle: SCM2
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM3
4. Fornecimento de energia principal SCM3
Resultado: Ao acionar ativa a parada de emergência

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 363
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0512 - Tensão da bateria SCM3


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM3
4. Bateria SCM3

Causa:

1. Fusível queimado
2. Relé 19 queimado
3. Mal contato do conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Oxidação dos polos
6. Nível baixo de eletrólito
7. Perda da capacidade de manter a carga

Solução:

1. Substitua o fusível.
2. Substitua o relé.
3. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
4. Verifique a continuidade.
5. Verifique se existe oxidação nos polos e remova-a em caso afirmativo.
6. Verifique o nível de eletrólito; se estiver abaixo da marca, complete com água destilada.
7. Verifique se o eletrólito está translucido; se estiver "turvo", substitua a bateria.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 364
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0513 - Tensão da chave SCM3


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM3
4. SCM3 chave de alimentação

Causa:

1. Fusível queimado
2. Relé 19 queimado
3. Mal contato do conector do chicote
4. Rompimento de cabos

Solução:

1. Substitua o fusível.
2. Substitua o relé.
3. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
4. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 365
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0514 - Referência SCM3 com tensão de 8 V


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM3
4. SCM3 8 V ref

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 366
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0515 - Referência SCM3 com tensão 1 de 5 V


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM3
4. SCM3 5 V ref1

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 367
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0516 - Referência SCM3 com tensão 2 de 5 V


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM3
4. SCM3 5 V ref2

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 368
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0517 - Tensão de realimentação SCM3


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM3
4. Sensor de retorno SCM3

Causa:

1. Relé 7
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos

Solução:

1. Substitua o relé.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 369
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0565 - Inclinação do corte de base subir


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Inclinação do corte de base subir

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 370
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0566 - Inclinação do corte de base descer


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Inclinação do corte de base subir

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 371
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0567 - Extensão à esquerda do revestimento lateral


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Disco de corte lateral
4. Extender disco de corte lateral esquerdo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 372
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0568 - Retração à esquerda do revestimento lateral


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Disco de corte lateral
4. Recolher disco de corte lateral esquerdo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 373
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0569 - Extensão à direita do revestimento lateral


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Disco de corte lateral
4. Extender disco de corte lateral direito

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 374
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0570 - Retração à direita do revestimento lateral


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Disco de corte lateral
4. Recolher disco de corte lateral direito

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 375
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0571 - Rotação do disco de corte lateral esquerdo sentido colheita


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Disco de corte lateral
4. Rotação disco de corte lateral esquerdo sentido colheita

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 376
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0572 - Rotação do disco de corte lateral esquerdo sentido


reversão
Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Disco de corte lateral
4. Rotação disco de corte lateral esquerdo sentido reversão

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 377
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0574 - Rotação do disco de corte lateral direito sentido colheita


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Disco de corte lateral
4. Rotação disco de corte lateral direito sentido colheita

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 378
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0575 - Rotação do disco de corte lateral direito sentido reversão


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Disco de corte lateral
4. Rotação disco de corte lateral direito sentido reversão

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 379
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0577 - Inclinação para dentro do divisor de colheita esquerdo


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Inclinação do disco de corte lateral esquerdo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 380
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0578 - Inclinação para fora do divisor de colheita esquerdo


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Inclinação do disco de corte lateral esquerdo

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 381
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0579 - Inclinação para dentro do divisor de colheita direito


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Inclinação do disco de corte lateral direito

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 382
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0580 - Inclinação para fora do divisor de colheita direito


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Inclinação do disco de corte lateral direito

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 383
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0585 - Rolo tombador para cima


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Levantar rolo tombador

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 384
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0586 - Abaixar rolo tombador


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Função básicas de colheita
4. Abaixar rolo tombador

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Falta de aterramento
5. Quebra da trava que segura o terminal no conector
6. Bobina queimada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.
5. Substitua o terminal.
6. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 385
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E0593 - Potência SCM3 - FET


Módulo de controle: SCM3
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. SCM3
4. SCM3 fornecimento de energia principal
Resultado: Ao acionar ativa a parada de emergência

Causa:

1. Defeito interno do módulo

Solução:

1. Contate o fabricante.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 386
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1288 - Levantar rolo tombador


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de elevação do rolete de queda: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 387
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1289 - Abaixar rolo tombador


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de abaixamento do rolete de queda: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando
o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 388
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1290 - Giro do capô do extrator secundário esquerda


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do capô do extrator secundário demasiado para a esquerda: Com a chave de ignição ligada, a leitura
deve ser baixa: quando o botão for pressionado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 389
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1291 - Giro do capô do extrator secundário direita


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do capô do extrator secundário demasiado para a direita: Com a chave de ignição ligada, a leitura
deve ser baixa: quando o botão for pressionado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 390
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1294 - Função de colheita


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de função de colheita ativa: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o inter-
ruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 391
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1296 - Interruptor do freio de estacionamento


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de freio de estacionamento acionado: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando
o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 392
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1300 - Interruptor momentâneo do ventilador do extrator primário


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de ventilador do extrator principal: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 393
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1301 - Interruptor momentâneo do ventilador do extrator


secundário
Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de ventilador do extrator secundário: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando
o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 394
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1303 - Interruptor de bloqueio do diferencial


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de bloqueio do diferencial: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interrup-
tor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 395
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1304 - Ligar o transbordo auxiliar


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de saída auxiliar ligada: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor
for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 396
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1305 - Desligar o transbordo auxiliar


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de saída auxiliar desligada: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o inter-
ruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 397
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1306 - Giro da tampa do extrator primário para a esquerda


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do capô do extrator principal demasiado para a direita: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve
ser baixa: quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 398
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1307 - Giro do capuz do extrator primário para a esquerda


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do capô do extrator principal demasiado para a esquerda: Com a chave de ignição ligada, a leitura
deve ser baixa: quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 399
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1308 - Aumento da velocidade do ventilador do extrator primário


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de rotação do extrator principal: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 400
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1309 - Diminuição da velocidade do ventilador do extrator primário


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de rotação do extrator principal: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 401
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1311 - Interruptor momentâneo do modo estrada/campo


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do modo de estrada/campo: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o inter-
ruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 402
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1312 - Seta de direção para a direita


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de seta para a direita: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor
for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 403
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1313 - Seta de direção para a esquerda


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de seta para a esquerda: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor
for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 404
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1314 - Elevação do elevador


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de elevação do elevador: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor
for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 405
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1315 - Abaixamento do elevador


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de abaixamento do elevador: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 406
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1316 - Inclinação do corte de base subir


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de aumento de inclinação do corte de base: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa:
quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 407
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1317 - Inclinação do corte de base descer


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de diminuição de inclinação do corte de base: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa:
quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 408
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1318 - Levantar disco de corte lateral esquerdo


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de rotação do extrator principal: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 409
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1319 - Abaixar disco de corte lateral esquerdo


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de abaixamento do corte lateral do lado esquerdo: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser
baixa: quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 410
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1321 - Direção de lançamento do corte de pontas à direita


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW direita: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor
for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 411
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1322 - Levantamento do corte de pontas


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW superior: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor
for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 412
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1323 - Divisor de linhas esquerdo para baixo


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW A2: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 413
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1324 - Divisor de linhas direito para baixo


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW B2 : com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 414
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1325 - Levantamento do cortador de base


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW C1: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 415
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1326 - Divisor de linhas esquerdo para cima


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW A1: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 416
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1328 - Ligar/desligar cortador de base


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW S : com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 417
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1329 - Auto tracker


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW direita: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor
for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 418
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1330 - Liga/desliga elevador


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW E: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 419
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1331 - Fechar flap


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW Min: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 420
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1332 - Parada de emergência do software


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do software de emergência SW: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 421
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1333 - Abrir flap


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW + : com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 422
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1334 - Abaixamento do cortador de base


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW C2 : com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 423
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1335 - Divisor de linhas direito para cima


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW B1: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor for
ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 424
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1340 - Buzina
Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW traseira direita: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 425
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1341 - Giro esquerdo do cortador de pontas


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW esquerda: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o inter-
ruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 426
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1342 - Abaixamento do corte de pontas


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW inferior: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o interruptor
for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 427
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1343 - Shift (s)


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado da alavanca SW traseira esquerda: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Defeito na alavanca multifunção.

Solução:

1. Abra a alavanca multifunção e verifique se os conectores estão presos corretamente. Se os conectores estiverem
corretos, a alavanca deve ser substituída.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 428
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1352 - Liga/desliga extrator primário


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do ventilador do extrator principal: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o
interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 429
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1353 - Liga/desliga extrator secundário


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de ventilador do extrator secundário: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando
o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 430
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1354 - Freio de estacionamento


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de freio de estacionamento: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando o inter-
ruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 431
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1359 - Luz traseira


Módulo de controle: RHM
Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 432
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1361 - Disco de corte lateral esquerdo para frente


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de avanço do corte lateral do lado esquerdo: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa:
quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 433
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1362 - Disco de corte lateral esquerdo para frente


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de reversão do corte lateral do lado esquerdo: Com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa:
quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 434
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1363 - Disco de corte lateral direito para frente


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de avanço do corte lateral do lado direito: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa:
quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 435
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1364 - Disco de corte lateral direito para trás ligado


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de recuo do corte lateral do lado direito: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa: quando
o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Dano no fio.
2. Falha interna no interruptor.

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 436
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1365 - Disco de corte lateral direito para cima


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado de elevação do disco de corte do lado direito: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa:
quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Descontinuidade de fios
2. Defeito interno no botão

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 437
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1366 - Disco de corte lateral direito para baixo


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do status de avanço de corte do lado direito: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser baixa:
quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Descontinuidade de fios
2. Defeito interno no botão

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substituir botão

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 438
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1379 - Disco de corte lateral esquerdo para frente


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do status de avanço do corte lateral do lado esquerdo: com a chave de ignição ligada, a leitura deve
ser baixa: quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Descontinuidade de fios
2. Defeito interno no botão

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substituir botão

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 439
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1380 - Disco de corte lateral esquerdo para trás


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do status de recuo do corte lateral do lado esquerdo: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser
baixa: quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Descontinuidade de fios
2. Defeito interno no botão

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 440
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1381 - Disco de corte lateral direito para frente


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do status de avanço do corte lateral do lado direito: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser
baixa: quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Descontinuidade de fios
2. Defeito interno no botão

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 441
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1382 - Disco de corte lateral direito para trás


Módulo de controle: RHM
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Módulo direito
4. Resultado do status de recuo do corte lateral do lado direito: com a chave de ignição ligada, a leitura deve ser
baixa: quando o interruptor for ligado, a leitura deve ser alta

Causa:

1. Descontinuidade de fios
2. Defeito interno no botão

Solução:

1. Verifique se há continuidade nos fios.


2. Substitua o botão.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 442
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1792 - JOYSTICK
Módulo de controle: Eaton
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Eaton
4. Joystick
Resultado: com o interruptor de ignição ligado, a leitura deve ser 98% com o joystick para frente, -98% com o
joystick para trás, 98% com o joystick para a direita e -98%com o joystick para a esquerda

Causa:

1. Falha na rede CAN


2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Falta de aterramento
6. Defeito no Joystick

Solução:

1. Para verificar a resistência da rede CAN com um multímetro, faça a medição nos pontos C e D. A resistência
deve ser de 60 Ω. A resistência deve ser de 60 Ω, caso contrário a CAN está aberta. Verifique os resistores.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verificar continuidade
5. Verificar se o aterramento está fixado corretamente e/ou não há contaminação no ponto de aterramento
6. Substitua o joystick.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 443
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1793 - Sensor da bomba de transmissão direita


Módulo de controle: Eaton
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Eaton
4. Resultado do sensor da bomba da transmissão: esse valor deve estar entre +/- 3%

Causa:

1. Perda de calibração
2. Sensor fora de calibração
3. Mal contato do conector do chicote
4. Defeito de conector do chicote
5. Rompimento de cabos
6. Defeito de sensor

Solução:

No monitor selecione:
1. Calibração.
2. Guia Calibração, seguindo a sequência de calibração seguinte.
3. 1st Deslocamento da bomba.
4. 2nd Solenoide de acionamento.
5. 3rd Deslocamento da bomba (repetir).
6. 4th Balanço da bomba.
7. 1st Deslocamento da bomba.

Se ao fazer a calibração eletrônica o sensor ainda não ficar calibrado, o mecânico deve:

No monitor selecione:
8. Diagnóstico.
9. Guia Diagnóstico.
10. Eaton.
11. Sensor da bomba da transmissão. Após ajustar o monitor, solte os parafusos de fixação do sensor.
12. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
13. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
14. Verifique a continuidade.
15. Substitua o sensor.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 444
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1794 - Sensor da bomba de transmissão direita


Módulo de controle: Eaton
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Eaton
4. Resultado do sensor da bomba da transmissão: esse valor deve estar entre +/- 3%

Causa:

1. Perda de calibração
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Sensor fora de calibração
6. Defeito de sensor

Solução:

No monitor selecione:
1. Calibração.
2. Guia Calibração, seguindo a seguinte sequência de calibração.
3. 1st Deslocamento da bomba.
4. 2nd Solenoide de acionamento.
5. 3rd Deslocamento da bomba (repetir)
6. 4th Balanço da bomba
7. 1st Deslocamento da bomba
8. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
9. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
10. Verificar continuidade

Se a calibração eletrônica for realizada e não for bem-sucedida, o mecânico deverá fazer o
seguinte: no monitor, selecione:
11. Diagnóstico
12. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
13. Eaton
14. Sensor da bomba da transmissão. Após ajustar o monitor, solte o sensor e os parafusos de fixação

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 445
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1795 - Solenoide da bomba de tração


Módulo de controle: Eaton
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Eaton
4. Solenóide da bomba de transmissão

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Bobina danificada

Solução:

1. Substitua o sensor.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade.
5. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 446
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1796 - Sensor de direção


Módulo de controle: Eaton
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Eaton
4. Resultado do solenoide da bomba da transmissão: rodas alinhadas = 2.5 V Rodas à direita = 4.8 V 4.5 V Rodas
à esquerda = 0.2 V 0.5 V

Causa:

1. Perda de calibração
2. Ar no sistema de direção
3. Mal contato do conector do chicote
4. Defeito de conector do chicote
5. Rompimento de cabos
6. Defeito de sensor
7. Defeito interno na direção C

Solução:

No monitor selecione:
1. Calibração.
2. Guia Calibração, seguindo a seguinte sequência de calibração.
3. 1st Deslocamento da bomba.
4. 2nd Solenoide de acionamento.
5. 3rd Deslocamento da bomba (repetir)
6. 4th Balanço da bomba
7. 1st Deslocamento da bomba
8. Remova o ar do circuito.
9. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
10. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
11. Verifique a continuidade.
12. Substitua o sensor.
13. Substitua o cilindro da direção.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 447
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1797 - Solenoide da direção


Módulo de controle: Eaton
Contexto:

No monitor selecione:
1. Diagnóstico
2. Guia Diagnostics (Diagnóstico)
3. Eaton
4. Solenoide da direção

Causa:

1. Mal contato do conector do chicote


2. Defeito de conector do chicote
3. Rompimento de cabos
4. Bobina danificada

Solução:

1. Verifique se o conector está encaixado corretamente.


2. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
3. Verifique a continuidade.
4. Substituir bobina

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 448
Sistemas elétricos - CÓDIGOS DE FALHA

E1798 - Voltagem do maestro


Módulo de controle: Eaton
Causa:

1. Fusível queimado
2. Mal contato do conector do chicote
3. Defeito de conector do chicote
4. Rompimento de cabos
5. Rompimento de cabos

Solução:

1. Substitua o fusível.
2. Verifique se o conector está encaixado corretamente.
3. Verificar se está passando sinal pelo conector do chicote.
4. Verifique a continuidade do aterramento.
5. Verifique se o fio de aterramento está fixado corretamente e se há pouco contato no ponto de aterramento.

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 449
Índice

Sistemas elétricos - 55

CÓDIGOS DE FALHA - DTC


3005 (DTC 4B84) - Entupimento do filtro de ar ou falha do circuito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
3007 (DTC 1113) - A tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento do motor é maior
do que o esperado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
3008 (DTC 2213) - A tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento do motor é
menor do que a esperada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
3014 (DTC 4C84) - Entupimento do filtro de ar ou falha do circuito presente durante muito tempo 18
3015 (DTC 1C15) - A tensão do sensor de temperatura do combustível está maior que o esperado 20
3016 (DTC 2D15) - Tensão do sensor de temperatura do combustível menor que o esperado . . . . 22
3019 (DTC 1D64) - A tensão do sensor de pressão do coletor de admissão é maior que o esperado 24
3024 (DTC 13C4) - Falha interna da ECU - A tensão do sensor de pressão ambiente é maior que o
esperado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
3025 (DTC 24C4) - Falha interna da ECU - A tensão do sensor de pressão ambiente é menor que
o esperado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
3028 (DTC 26D3) - Pressão do óleo muito baixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
3029 (DTC 18D3) - A tensão do sensor de pressão do óleo é maior que o esperado . . . . . . . . . . . . 29
3030 (DTC 29D3) - A tensão do sensor de pressão do óleo é menor que o esperado . . . . . . . . . . . 31
3034 (DTC 11E3) - A tensão do sensor de temperatura do óleo é maior que o esperado . . . . . . . . 33
3035 (DTC 22E3) - A tensão do sensor de temperatura do óleo é menor que o esperado . . . . . . . 35
3037 (DTC 2E64) - A tensão do sensor de pressão do coletor de admissão é menor que o esperado
...................................................................................... 37
3051 (DTC 1161) - A tensão da bateria é maior que o esperado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39
3052 (DTC 2261) - A tensão da bateria é menor que o esperado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40
3063 (DTC 6226) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42
3063 (DTC 6226) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45
3067 (DTC 6726) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48
3071 (DTC 6626) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
3075 (DTC 6526) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
3075 (DTC 6526) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 6 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54
3079 (DTC 6426) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
3079 (DTC 6426) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 4 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63
3083 (DTC 6326) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 69
3083 (DTC 6326) - Erro de curto-circuito do injetor no cilindro 5 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 66
3102 (DTC 2525) - A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está abaixo do espe-
rado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 72
3104 (DTC F445) - A válvula de alívio de pressão do combustível está aberta . . . . . . . . . . . . . . . . . 74

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 450
3105 (DTC F245) - A válvula de alívio de pressão do combustível é forçada a abrir, execute um
aumento de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75
3106 (DTC 1145) - A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu a contagem de abertura
máxima permitida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 76
3107 (DTC 6655) - A unidade de medição de combustível tem um curto com a tensão da bateria no
lado baixo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
3108 (DTC 7755) - A unidade de medição de combustível tem um curto com o terra no lado baixo 79
3110 (DTC 1225) - O valor do sensor de pressão do trilho está acima do desvio máximo . . . . . . . . 81
3111 (DTC 2325) - O valor do sensor de pressão do trilho está abaixo do desvio mínimo . . . . . . . . 83
3112 (DTC 1425) - A tensão do sensor de pressão da galeria de combustível está acima do espe-
rado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 85
3118 (DTC E82D) - Tensão muito alta do fornecimento interno de 12 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 87
3119 (DTC E92D) - Tensão muito baixa do fornecimento interno de 12 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 88
3137 (DTC 5255) - A unidade de medição de combustível tem um erro de carga aberta . . . . . . . . . 89
3141 (DTC 4465) - A pressão da bomba de combustível excedeu os limites de pressão desejados 91
3146 (DTC 4415) - Falha de água detectada no combustível ou água no circuito de combustível . 92
3158 - Falha na verificação de segurança antivandalismo do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 94
3160 (DTC 6733) - Falha de curto-circuito com a bateria do solenoide da embreagem do ventilador 95
3161 (DTC 7833) - Falha de curto-circuito com o terra do solenoide da embreagem do ventilador 97
3162 (DTC 5533) - Falha de carga aberta no solenoide da embreagem do ventilador . . . . . . . . . . . 99
3163 (DTC 8633) - Falha de excesso de temperatura do acionador da ECU do solenoide da em-
breagem do ventilador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 101
3164 (DTC 1A33) - A velocidade do ventilador está acima do limite máximo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103
3165 (DTC 2B33) - A velocidade do ventilador está abaixo do limite mínimo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 105
3172 (DTC F523) - A temperatura do líquido de arrefecimento do motor excedeu o limite de pré-
alerta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 107
3173 (DTC F623) - A temperatura do líquido de arrefecimento do motor excedeu o limite de alerta 109
3175 (DTC 4933) - O sinal da velocidade do ventilador não pôde ser medido durante um período 111
3176 (DTC 3B65) - A quantidade em sobrecarga do fornecimento de combustível da bomba de alta
pressão excede um limite máximo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113
3188 (DTC 5316) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 114
3188 (DTC 5316) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 117
3192 (DTC 5516) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 120
3192 (DTC 5516) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 4 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123
3196 (DTC 5716) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 126
3200 (DTC 5416) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 132
3200 (DTC 5416) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 5 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 129
3204 (DTC 5816) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 4 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 135
3208 (DTC 5616) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141
3208 (DTC 5616) - Erro de carga aberta do injetor no cilindro 6 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 138
3210 (DTC 7116) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 1 (todos os injetores do mesmo
banco podem ser afetados) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144
3210 (DTC 7116) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 1 (todos os injetores do mesmo
banco podem ser afetados) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 451
3218 (DTC 7216) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 2 (todos os injetores do mesmo
banco podem ser afetados) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 146
3218 (DTC 7216) - Falha de curto-circuito do banco de injeção 2 (todos os injetores do mesmo
banco podem ser afetados) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147
3235 (DTC F936) - Excesso de número de injeção para uma determinada velocidade do motor . . 148
3236 (DTC F836) - O número de injeções é limitado pelo sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 149
3237 (DTC 1636) - Número de injeções desejadas excede o limite . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
3245 (DTC E51D) - Falha interna da ECU - Erros de comunicação de consulta/resposta . . . . . . . . 152
3255 (DTC E31D) - Falha interna da ECU - Teste do ADC . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153
3265 (DTC E4DD) - Injeção de combustível solicitada durante sobrecarga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 154
3280 (DTC E62D) - Tensão muito alta do fornecimento do sensor 1 de 12 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 155
3281 (DTC E72D) - Tensão muito baixa do fornecimento do sensor 1 de 12 V . . . . . . . . . . . . . . . . . 156
3293 (DTC 2265) - A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio
positivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 157
3301 (DTC 1565) - A pressão da galeria de combustível excedeu os limites máximos de desvio
negativo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158
3305 (DTC 2765) - A pressão do trilho de combustível excedeu o limite mínimo . . . . . . . . . . . . . . . . 159
3309 (DTC 1865) - A pressão da galeria de combustível excedeu o limite máximo . . . . . . . . . . . . . . 160
3361 (DTC E16D) - Houve um erro durante a operação Gravação/Leitura da EEPROM . . . . . . . . . 162
3362 (DTC E1FD) - Falha interna da ECU - Calibração do combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 163
3425 (DTC 1438) - Falha de pressão baixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164
3436 (DTC FBBF) - O sistema de indução é bloqueado, devido a 3 detecções em 40 horas. O sis-
tema deve ser reiniciado usando a tela da ferramenta de serviço do concessionário "Engine Restart
Counter Reset" (Restauração do contador de reinicializações do motor) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
3457 (DTC 1374) - A tensão do sensor de temperatura do coletor de admissão é maior que o espe-
rado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167
3459 (DTC 1BD3) - Temperatura do óleo muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 169
3460 (DTC 2CD3) - Temperatura do óleo muito baixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 170
3462 (DTC E79D) - Falha interna da ECU - Erro de monitoração do excesso de tensão . . . . . . . . . 172
3501 (DTC ED1D) - Falha interna da ECU - Redefinição do software no DSM 0 . . . . . . . . . . . . . . . . 173
3647 (DTC 1338) - Falha de pressão alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 174
3688 (DTC 4F15) - Sensor de água no combustível ou falha no circuito do sensor . . . . . . . . . . . . . . 176
3703 (DTC 2B36) - O valor de pressão do trilho mínimo necessário para a injeção de combustível
não foi atingido . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 178
3735 (DTC 8355) - A unidade de medição de combustível tem um erro de excesso de temperatura 179
3747 (DTC E83D) - Falha interna da ECU - Falha no teste positivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 181
3752 (DTC EE36) - A correção da injeção de combustível excedeu um limite mínimo . . . . . . . . . . . 182
3755 (DTC E7DD) - Falha interna da ECU - Comparação da solicitação de torque . . . . . . . . . . . . . 183
3757 (DTC E2DD) - Falha interna da ECU - Falha no desligamento da pós-injeção . . . . . . . . . . . . . 184
3758 (DTC E3DD) - Falha de eficiência da pós-injeção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 185
3762 (DTC EBDD) - A tensão do fornecimento de 5 V da ECU está maior que o esperado . . . . . . 186
3763 (DTC ECDD) - A tensão de fornecimento de 5 V da ECU está menor que o esperado . . . . . . 188
3764 (DTC F561) - Interrupção de energia no afterrun da ECU . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 189
3769 (DTC EA1D) - Falha interna da ECU - "ABE ativo" relatado devido à detecção de excesso de
tensão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 192

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 452
3770 (DTC EB1D) - Falha interna da ECU - "WDA/ABE ativo" relatado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 193
3799 (DTC F345) - A válvula de alívio de pressão do combustível é forçada a abrir, execute um pico
de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 194
3805 (DTC 1D85) - Pressão máxima do trilho excedida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 195
3808 (DTC 3C65) - A quantidade de fornecimento de combustível da bomba de alta pressão em
posição de marcha lenta é muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 196
3810 (DTC 4125) - O valor do sensor de pressão do trilho é intermitente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 197
3811 (DTC E22D) - Falha interna da ECU - Alimentação 1 de 5 V do sensor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 199
3812 (DTC 115D) - O sensor de temperatura 1 da ECU está muito alto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 201
3814 (DTC E55D) - Erro no sensor de temperatura da ECU detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 202
3877 (DTC 647D) - Falha de curto com a bateria da alimentação UB1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 203
3878 (DTC 667D) - Falha de curto com a bateria da alimentação UB2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 205
3883 (DTC 797D) - Falha de curto com o terra da alimentação UB3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 207
3903 (DTC 1A15) - Temperatura do combustível muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 209
3905 (DTC 8814) - Erro de excesso de temperatura do acionador da ECU do aquecedor do ar de
admissão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 211
3910 (DTC 4155) - Falha de conexão elétrica intermitente da unidade de medição de combustível 213
3911 (DTC 6455) - A unidade de medição de combustível tem um curto com a tensão da bateria no
lado alto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 215
3912 (DTC 7555) - A unidade de medição de combustível tem um curto com o terra no lado alto . 217
3916 (DTC 1745) - A válvula de alívio de pressão do combustível atingiu o tempo de abertura má-
ximo permitido . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 219
3936 (DTC E52D) - Interno da ECU: erro na alimentação do sensor para o rastreador de tensão . 221
3964 (DTC 125D) - O sensor de temperatura 2 da ECU está muito alto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 222
3966 (DTC 165D) - A tensão do sensor de temperatura da ECU é maior que o esperado . . . . . . . . 223
3967 (DTC 275D) - A tensão do sensor de temperatura da ECU é menor que o esperado . . . . . . . 224
A1000 - Pressão do corte de base muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 225
A1001 - O operador não está no banco de operação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 226
A1002 - O operador pressionou o botão de emergência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 227
A1100 - Detectado tensão de retorno do SCM1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 228
A1101 - SCM1 Emergency Stop OFF . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 229
A1200 - Baixo nível de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 230
A1202 - A tensão do alternador está muito baixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 231
A1203 - Alternador sobrecarregando . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 232
A2000 - Pressão do picador muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 233
A2001 - Valor de rotação do extrator primário inválido . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 234
A2002 - A rotação do extrator primário não pode ser lida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 235
A2003 - Pressão do extrator primário muito alta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 236
A2100 - Detectado tensão de retorno do SCM2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 237
A2101 - SCM2 Emergency Stop OFF . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 238
A2103 - Filtro de ar obstruído . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 239
A2104 - Falta de líquido arrefecedor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 240
A2105 - Falta de óleo do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 241

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 453
A2106 - Filtro de óleo do motor saturado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 242
A2108 - Impossível ligar a máquina, pois as bombas de transmissão ou o joystick não estão no
modo neutro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 243
A2109 - Porta de serviço aberta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 244
A2110 - Motor não liga pois o nível de óleo hidráulico está baixo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 245
A2111 - Baixo nível de líquido arrefecedor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 246
A2112 - Baixa pressão do óleo do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 247
A2113 - Alta temperatura do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 248
A2115 - Motor será desligado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 249
A2131 - Acionar o botão de proteção dos implementos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
A2132 - Baixo nível óleo hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 251
A2133 - Baixo nível óleo hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 252
A2134 - Filtro de combustível saturado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 253
A2135 - Filtro de óleo saturado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 254
A2136 - Alta temperatura do óleo hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 255
A2201 - Água no combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 256
A2204 - Porta de serviço aberta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 257
A2214 - Porta de serviço aberta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 258
A3100 - Detectado tensão de retorno do SCM3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 259
A3101 - SCM3 Emergency Stop OFF . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 260
A5000 - SCM1 não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 261
A5001 - SCM1 perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 262
A5002 - SCM2 não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 263
A5003 - SCM2 perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 264
A5004 - SCM3 não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 265
A5005 - SCM3 perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 266
A5006 - ECM não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 267
A5007 - ECM perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 268
A5010 - RHM não detectado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 269
A5011 - RHM perda de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 270
E0000 - Tensão da bateria SCM1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 271
E0001 - Tensão da chave SCM1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 272
E0002 - Tensão de referência, SCM1 8 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 273
E0003 - Tensão de referência 1, SCM1 5 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 274
E0004 - Tensão de referência 2, SCM1 5 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 275
E0005 - Tensão de realimentação SCM 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 276
E0006 - Chave principal de fornecimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 277
E0007 - Interruptor do assento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 278
E0008 - Interruptor de perigo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 279
E0009 - Estado dos faróis na estrada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 280
E0016 - Água no combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 281
E0017 - Altura do cortador de base . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 282

27/12/2017
55.5 [55.DTC] / 454
E0021 - Pressão do cortador de base . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 283
E0036 - Pedal de freio esquerdo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 284
E0037 - Pedal de freio direito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 285
E0038 - Nível de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 286
E0041 - Corrente do cetop de subir e descer o corte de base . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 287
E0045 - Relé de segurança em rodovia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 288
E0046 - Iluminação do console direito (backlighting) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 289
E0047 - Relé da luz de freio . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 290
E0052 - Container do reboque / articulação do corte de pontas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 291
E0053 - Válvula piloto 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 292
E0054 - Válvula piloto 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 293
E0055 - Levantamento do corte de pontas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 294
E0056 - Abaixamento do corte de pontas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 295
E0057 - Abaixamento do cortador de base . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 296
E0058 - Levantar cortador de base . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 297
E0062 - Direção de lançamento do corte de pontas à esquerda . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 298
E0063 - Direção de lançamento do corte de pontas à direita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 299
E0065 - Levantar divisor de linha lado esquerdo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
E0066 - Abaixar divisor de linha lado esquerdo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 301
E0067 - Levantar divisor de linha lado direito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 302
E0068 - Abaixar divisor de linha lado direito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 303
E0073 - Giro da tampa do extrator primário para a esquerda . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 304
E0074 - Giro da tampa do extrator primário para a esquerda . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305
E0077 - Seta esquerda . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 306
E0078 - Seta direita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 307
E0081 - Potência SCM1 - FET . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 308
E0256 - SCM2 - Voltagem da 3 bateria . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 309
E0257 - Tensão da chave SCM2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 310
E0258 - Referência SCM2 com tensão de 8 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 311
E0259 - Referência SCM2 com tensão 1 de 5 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 312
E0260 - Referência SCM2 com tensão 2 de 5 V . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 313
E0261 - Tensão de realimentação SCM2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 314
E0262 - Pedal de giro do elevador direito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 315
E0264 - Chave de partida da máquina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 316
E0266 - Baixo nível de água no tanque de expansão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 317
E0267 - Pedal de giro do elevador esquerdo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 318
E0269 - Interruptor do filtro de óleo hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 319
E0270 - Interruptor do filtro de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 320
E0271 - Interruptor de baixo nível de óleo hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 321
E0272 - Interruptor do Filtro de Ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .