Você está na página 1de 39

Universidade do Estado do Pará

Centro de Ciências Sociais e Educação - CCSE


Campus Universitário de São Miguel do Guamá
Curso de Licenciatura em Pedagogia/2019
Atividades Físicas, Recreação e Jogos
Professora Elizabeth Regina Gurrão

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky

Bianca Francisca Ribeiro Alves Cantão


Isadora da Silva Pereira
Izabella Alessandra Rodrigues da Silva
Juliana Gomes Gama
Leliane Gois de Souza

São Miguel do Guamá, 22 de outubro de 2019


INTRODUÇÃO
A teoria Sócio-interacionista de
Vygotsky buscou uma abordagem alternativa
que superasse as tendências antagônicas
presentes na psicologia de sua época,
baseando-se nos princípios do materialismo
dialético, construiu uma “nova psicologia” que
integrou o homem enquanto corpo e mente,
enquanto ser biológico e social, enquanto
membro da espécie humana e participante
de um processo histórico.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Breve biografia de Vygotsky

Lev Semenovich Vygotsky nasceu em


17 de setembro de 1896, em Orsha, na Biela
Russa. Viveu 37 anos e morreu de
tuberculose em 1934 em Moscou.

Vygotsky descendia de família judaica e


economicamente estável.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Breve biografia de Vygotsky

Ingressou na Universidade de Moscou


para estudar Direito e Literatura e, ao mesmo
tempo, frequentou as aulas de Historia e de
Filosofia na Universidade popular de
Shanyavskii.
Lecionou sobre Literatura e Psicologia,
em Gomel.
Anos mais tarde fez cursos na faculdade de
Medicina, primeiramente em Moscou e
depois em Kharkov.
Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky
Breve biografia de Vygotsky

A produção intelectual de Vygotsky


chega a quase 200 estudos científicos sobre
diferentes temas.
Vygotsky interessava-se pelo estudo da
gênese dos processos psicológicos
tipicamente humano, em seu contexto
histórico-cultural.
A teoria de Vygotsky é marcada pela
interdisciplinaridade com muitas informações
preliminares.
Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky
Contexto sócio-político e cultural da Rússia
nas primeiras décadas do século XX

A ciência era extremamente valorizada


devido à expectativa de que os avanços
científicos trouxessem a solução dos
prementes problemas sociais e econômico
do povo soviético.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Contexto sócio-político e cultural da Rússia
nas primeiras décadas do século XX

Psicologia com características de ciência


natural
X
Psicologia com características de ciência
mental
=
Crise da psicologia

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Contexto sócio-político e cultural da Rússia
nas primeiras décadas do século XX

Na nova psicologia proposta por


Vygotsky era aplicada os métodos e
princípios do materialismo dialético a fim de
compreender o aspecto intelectual humano,
pois acreditavam que assim era possível
tanto descrever quanto explicar as funções
psicológicas superiores.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky
Vygotsky se dedicou ao estudo das chamadas
funções psicológicas superiores, que consistem no
modo de funcionamento psicológico tipicamente
humano.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky
1. A mediação simbólica: é a relação do homem
com o mundo e com os outros homens.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky
1.1. Os sistemas simbólicos: são sistemas de
representação da realidade que permitem a
comunicação entre os indivíduos, o
estabelecimento de significados por determinado
grupo cultural, a percepção e interpretação dos
objetos, eventos e situações do mundo em volta.
• Linguagem
• Escrita

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky

O surgimento da linguagem imprime três


mudanças essenciais nos processos psíquicos:
a. A linguagem permite lidar com os objetos do
mundo exterior mesmo quando eles estão
ausentes;

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky

b. A linguagem possibilita abstrair e generalizar as


características dos objetos, eventos, situações
presentes na realidade.
c. A linguagem garante a comunicação entre os
homens e consequentemente a preservação,
transmissão e assimilação de informações e
experiências acumuladas pela humanidade ao
longo da historia.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky

1.2. O processo de internalização: ao internalizar


as experiências fornecidas pela cultura, o indivíduo
reconstrói individualmente os modos de ação
realizados externamente e aprende a organizar os
próprios processos mentais. O individuo deixa,
portanto, de se basear em signos externos e
começa a se apoiar em recursos internalizados.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky
O processo da conquista da utilização da
linguagem como instrumento do pensamento
obedece a seguinte trajetória:

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky
Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky

3. Desenvolvimento e aprendizado: o
aprendizado é considerado um aspecto necessário
e fundamental no processo de desenvolvimento das
funções psicológicas superiores.
O desenvolvimento pleno do ser humano depende
do aprendizado que realiza num determinado grupo
cultural, a partir da interação com os outros
indivíduos da sua espécie.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky

O aprendizado movimenta o processo de


desenvolvimento.
As relações entre o desenvolvimento e o
aprendizado são analisadas sob dois ângulos:
 Compreender a relação geral entre o
aprendizado e o desenvolvimento;
 Compreender as peculiaridades dessa relação no
período escola.
Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky
Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky
Zona de Desenvolvimento Proximal

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Conceitos fundamentais da teoria sócio-
interacionista de Vygotsky

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Principais ideias de Vygotsky

1ª. Relação indivíduo/sociedade: resultado da


interação dialética do homem e seu meio
sociocultural. Ao mesmo tempo em que o ser
humano transforma o seu meio para atender suas
necessidades básicas, transforma-se a si mesmo.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Principais ideias de Vygotsky

2ª. Origem cultural das funções psíquicas: as


funções psicológicas especificamente humanas se
originam nas relações do individuo e seu contexto
cultural e social. A cultura é parte constitutiva da
natureza humana, já que sua característica
psicológica se dá através da internalização dos
modos historicamente determinados e
culturalmente organizados de operar com
informações.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Principais ideias de Vygotsky

3ª. A base biológica do funcionamento


psicológico: o cérebro é visto como o principal
órgão da atividade mental. É a base material da
atividade psíquica que cada membro da espécie
traz consigo a nascer, mas não significa um sistema
imutável e fixo.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Principais ideias de Vygotsky

4ª. A mediação: a mediação dos seres humano


entre si e deles com o mundo acontece por meio
dos instrumentos técnicos e dos sistemas de
signos, construídos historicamente. Sendo a
linguagem um signo mediador por excelência, pois
carrega em si os conceitos generalizados e
elaborados pela cultura humana.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Principais ideias de Vygotsky

5ª. A análise psicológica deve se capaz de conservar as


características básicas dos processos psicológicos,
exclusivamente humanos: os processos psicológicos
complexos não podem ser reduzidos à cadeia de reflexos.
Estes modos de funcionamentos psicológicos mais
sofisticados, que se desenvolvem num processo histórico,
podem ser explicados e descritos. Assim, vendo a
consciência humana como produto da historia social pode-
se estudar as mudanças que ocorrem no desenvolvimento
mental a partir do contexto social.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


A brincadeira e o desenvolvimento

O termo “brinquedo”, para Vygotsky, se refere


principalmente à atividade, ao ato de brincar.
Vygotsky se dedica ao jogo de papéis (a
brincadeira do “faz-de-conta”) que são
característicos de crianças que aprendem a falar, e
que, portanto, já são capazes de representar
simbolicamente e de se envolver numa situação
imaginária.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


A brincadeira e o desenvolvimento

A brincadeira representa a possibilidade de


solução do impasse causado, de um lado, pela
necessidade de ação da criança e, de outro, por
sua impossibilidade de executar as operações
exigidas por essas ações. Assim, através do
brinquedo, a criança projeta-se nas atividades dos
adultos procurando se coerente com os papéis
assumidos.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


A brincadeira e o desenvolvimento

Mesmo havendo uma significativa distancia


entre o comportamento na vida real e o
comportamento no brinquedo, a atuação no mundo
imaginário e o estabelecimento de regras a serem
seguidas criam uma zona de desenvolvimento
proximal, na medida em que impulsionam conceitos
e processos em desenvolvimento.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


A brincadeira e o desenvolvimento

Mesmo havendo uma significativa distancia


entre o comportamento na vida real e o
comportamento no brinquedo, a atuação no mundo
imaginário e o estabelecimento de regras a serem
seguidas criam uma zona de desenvolvimento
proximal, na medida em que impulsionam conceitos
e processos em desenvolvimento.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


ARGUMENTAÇÃO

“O homem se forma em contato com a


sociedade na ausência do outro o homem
não se constrói homem”.

Objetivos da proposta:
Ensinar a pensar
Despertar a curiosidade do aprender.

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


ARGUMENTAÇÃO

Resultados da proposta:
Observar
Pensar
Perguntar
Descobrir

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Debate
A escola tem um papel diferente e
insubstituível, na apropriação do
pensamento conceitual. Desta maneira, o
ensino não deve se basear na verbalização
do professor e nem nas práticas
espontaneístas.
Como seria este ensino?
Quais métodos para efetiva o aprendizado e
o desenvolvimento?
Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky
Debate

Será que o conhecimento construído pelo


grupo humano está sendo, de fato,
socialmente distribuído?

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Debate
Como fica a questão da exclusão, do
fracasso e a evasão (abandono) escolar por
parte dos alunos quando pensamos que a
escolarização desempenha um papel tão
fundamental na constituição do individuo que
vive numa sociedade letrada e complexa
como a nossa?

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Debate
A proposta de usar como ponto de partida o
conhecimento que a criança traz de casa e
que ela já sabe para fazer o planejamento
da ações/intervenções pedagógicas já é
uma prática educacional ou está longe de
acontecer?

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


Debate
Em um ambiente onde há descaso no
ensino e as interações entre os indivíduos
não é valorizado é possível que haja um
bom aprendizado e desenvolvimento
cognitivo?

Teoria Sócio-interacionista de Vygotsky


REFERÊNCIAS
REGO, T. C. Vygotsky: uma perspectiva histórico-cultural da
educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995 (educação e conhecimento).

Você também pode gostar