Você está na página 1de 11

1

1.Introdução

O tema do meu trabalho é sistema turístico, o estudo em apreso tem como pano de fundo
analisar o sistema turístico fazer uma ponte entre os elementos e a função de cada elemento.

No turismo há a actividade turística, formada por um conjunto de elementos que resultam no


sistema turístico.

A natureza da actividade turística é um conjunto complexo de inter-relações de diferentes


factores que devem ser considerados conjuntamente sob uma óptica sistemática, ou seja, um
conjunto de elementos inter-relacionados que evoluem de forma dinâmica.

O que se procura apresentar aqui é uma real consolidação, ordenada e estruturada, dos
componentes do turismo, pois o que se nota é que os especialistas do assunto estudam um ou
mais componentes em separado, tratando-os minuciosamente, mas não se preocupando, quase
sempre, em correlacioná-los com os demais, também muito importantes, deixando de mostrar
o quadro amplo e total em que surgem, tocam-se, entrelaçam-se e casam-se para produzir o
fenómeno global.

Este trabalho leva, portanto, ao desenvolvimento da teoria e, ao se analisar os elementos que


constituem as relações do sistema do turismo com todos os componentes que a ele estão
ligados, em interdependência.

1.1.Objectivos

Objectivo Geral

 Conhecer os sistemas turisticos .

Objectivos Específicos


 Analisar o conceito do sistema e sistema turístico
 Explicar a função de cada sistema turístico.
2

1.2.Metodologia

A técnica para o levantamento dos dados adoptados foi a pesquisa documental. De acordo
com Lakatos e Marconi (2002), a característica desta técnica é que ela esta restrita a
documentação – que são denominados fontes primarias. Para aquelas autoras os documentos
são as fontes mais fidedignas de dados.

Para o efeito serviram documentos que abordam questões sobre o Turismo no geral,
recorremos a documentos que tratam da situação da sistema turístico no geral, estes manuais
serviram de base para o desenvolvimento do trabalho.
3

2.Sistema

Um sistema é um conjunto de elementos interdependentes de modo a formar um todo


organizado. É uma definição que acontece em varias disciplinas, como biologia , medicina ,
informática, administração, direito, vindo do grego, sistema significa combinar, ajustar.

Todo sistema possui um objectivo geral a ser atingido. O sistema é um conjunto


de órgãos funcionais que têm sua determinada função, componentes, entidades, partes
ou elementos e as relações entre eles, a integração entre esses componentes pode se dar por
fluxo de informações, fluxo de matéria, fluxo de sangue, fluxo de energia, enfim, ocorre
comunicação entre os órgãos componentes de um sistema.

A boa integração dos elementos componentes do sistema é chamada sinergia, determinando


que as transformações ocorridas em uma das partes influenciará todas as outras. A alta
sinergia de um sistema faz com que seja possível a este cumprir sua finalidade e atingir seu
objectivo geral com eficiência; por outro lado se houver falta de sinergia, pode implicar em
mau funcionamento do sistema, vindo a causar inclusive falha completa, morte, falência,
pane, queda do sistema etc.

De uma forma sintética e resumida, Bertalanffy (1973, in Barros & Silva, 2008; p.4)
considerado por muitos como o criador da teoria geral dos sistemas, refere que um sistema
corresponde a “qualquer unidade em que o todo é mais do que a soma das partes”, ou seja,
todos os elementos estão integrados e dependentes uns dos outros e quando uma das partes é
destruída, o sistema é afectado, (GUIMARÃES,2013,p.6).

3.O Sistema Turístico

É um conjunto sistematizado de planos, elementos e ideias que servirão para realizar o


desenvolvimento da actividade turística.

O sistema turístico nasce do desejo do homem de conhecer lugares diferentes; para as quais
esse tipo de actividades deve ser planejado e organizado adequadamente, sua existência se
deve a um movimento espontâneo pelo qual a iniciativa privada, primeiro e o sector público,
resolviam as necessidades dos viajantes, incorporando cada vez que maior número de
serviços destinados a aumentar o conforto, razão pela qual é criada uma série de portarias que
permitirão o bom desenvolvimento da actividade turística.
4

Em conclusão, o sistema de turismo é necessário no mundo moderno de hoje, devido ao


grande fluxo de pessoas interessadas em visitar lugares diferentes, para os quais você deve ter
o apoio de duas entidades ou sectores prioritários para seu estabelecimento e aceitação
adequados (infra-estrutura e instalações). Turista); é o caso do sector público (que fornece
segurança aos investidores em turismo, através da criação da estrutura legal e da habilitação
de infra-estrutura básica), sector privado (composto pelos diferentes prestadores de serviços
de turismo nacionais ou estrangeiros que investem em um determinado país que desfrute de
atracções e recursos significativos para desenvolver a actividade turística).

4.Elementos do sistema turístico

O Sistema de Turismo é composto por vários elementos fundamentais e prioritários para o


desenvolvimento de um bom planeamento sistemático, nomeadamente:

Património, A demanda, O Produto Turístico, Recursos Humanos, Processo de Vendas, A


planta turística e as atracções turísticas, A Superestrutura., A oferta turística.

4.1.A oferta turística.- É composta pelo conjunto de bens e serviços representados pela
variedade de atracções, instalações e instalações turísticas que apresentam um destino
específico de interesse turístico que permitirá sua aceitação de acordo com os gostos e
requisitos que cada turista em potencial possui. Para que um serviço turístico se torne uma
oferta turística, é essencial que o consumidor em potencial conheça sua existência. Caso
contrário, esse produto não atende ao requisito de "ter entrado no mercado por um
determinado período". Não devemos esquecer que a oferta turística está intimamente
relacionada ao produto turístico, pois, com isso, o consumidor, o turista em potencial ou
também conhecido como turista cativo se sentirá motivado a querer conhecer determinado
destino de interesse turístico, de acordo com o que puder. para atender às suas múltiplas
necessidades. A Oferta é tudo o que atrai a atenção de turistas em potencial, seja através de
suas atracções culturais, naturais ou físico-recreativas; que permitirá capturar uma certa
demanda ou fluxo turístico; A oferta varia de acordo com o tipo de turismo que você deseja
desenvolver. Em resumo, podemos dizer que a oferta turística é integrada pelos serviços
prestados pelos elementos da planta turística e por alguns bens não turísticos,
comercializados através do sistema turístico, porque, em última análise, aquele que qualifica
a classe de um O sistema de produção é bom e não o tipo de consumidor, (JESÚS, 2015,p. 6).
5

4.2.- A demanda.- É composta pelos grandes segmentos ou grupos de consumidores


interessados em conhecer um destino turístico específico. A demanda é um dos principais
elementos do sistema turístico.

De acordo com as características dos destinos turísticos, a demanda aumenta em períodos de


assistência máxima (alta temporada), Páscoa, feriados nacionais, carnavais, alguns fins de
semana prolongados. Embora essas informações sejam úteis para analisar a evolução geral do
turismo por meio de taxas de crescimento e redução, é insuficiente definir técnica e
precisamente as características que o mercado adopta em cada uma das variantes e locais em
que Turismo de um país.

O desempenho de qualquer actividade económica é medido pela quantificação das vendas de


cada um dos produtos que produz, sobre a produção total, para evitar erros de superavaliação.
Com mais razão, se o que está à venda é um serviço, uma série de serviços, como em um
parque com tema da Disneylândia: mais do que o número total de pessoas que entraram nele,
é interessante saber a soma total do consumo que esses visitantes Eles realizam cada um dos
jogos ou atracções oferecidas, além das despesas com refeições e compras.

Esse seria o nível de profundidade que as investigações de demanda devem atingir. Quando
analisado em cada centro turístico; Para realizar um estudo completo, os seguintes tipos de
demanda devem ser analisados:

A demanda real; Indica o número de turistas que há um determinado horário em um


determinado local, além da soma de bens e serviços efectivamente solicitados pelos
consumidores naquele local durante o período de sua estadia.

Demanda histórica; É o registo estatístico das demandas reais que ocorreram no passado e a
análise de suas variações e tendências para deduzir o ritmo de sua evolução.

A demanda futura; É o resultado do cálculo que terá que ser feito, com base na série
cronológica da demanda histórica de um determinado destino, para projectar a partir do
presente, através da aplicação de fórmulas e estratégias que nos permitam capturar uma
demanda futura, (JESÚS, 2015,p. 8).

A demanda potencial; É aquele que pode ser obtido de um mercado ou local emissor não
conquistado, para outro mercado receptor.
6

4.3.O Produto Turístico.

É formado pelo conjunto de bens e serviços básicos, principais e sistematizados que fazem
parte da oferta, o que permitirá a satisfação do turista em um destino específico de interesse
turístico. O nível de satisfação que um determinado produto turístico deve oferecer deve estar
de acordo com os requisitos e requisitos dos turistas, dependendo do tipo e tipo de turismo a
ser desenvolvido.

Para que o Produto Turístico seja desenvolvido de maneira ordenada em um país, região ou
destino específico de interesse turístico, ele deve ter os seguintes componentes:

1º Atracções e recursos turísticos:

- Atracções do site (Natural - Cultural - Físico / Recreativo)

- Atracções do evento (feiras - congressos - shows - apresentações etc.)

2º Instalações:

- Instalações Turísticas

- Instalações Complementares

- Instalações de infra-estrutura

3º Rotas de Acesso:

- Rota terrestre - ferrovia

- Seaway - lago

- Vias aéreas – aeroespacial, (JESÚS, 2015,p. 14).

4.4.Recursos Humanos: Formado por todos os profissionais e técnicos que permitirão o


desenvolvimento da actividade turística.

4.- Processo de Vendas.- É um dos principais elementos do sistema turístico e tem a


particularidade de que é o consumidor ou turista em potencial que viaja para um local
geográfico específico, onde a oferta está localizada e não vice-versa, como Isso geralmente
acontece com o restante dos produtos. O processo de vendas implica que a oferta turística
7

efectivamente chegue ao mercado, desde que o preço de seus produtos seja competitivo, pois,
caso contrário, a demanda escolherá outro destino mais económico e, se não o encontrar,
interromperá a viagem. Isso significa que a interacção da oferta com a demanda determina de
alguma forma o preço do produto. O processo de vendas é realizado através dos seguintes
elementos básicos para a divulgação e aceitação do produto turístico:

• Pré-venda (antes da venda): pública. - promoção - propaganda (marketing de produto)

• Venda (especifique a venda): reserva - separação - cancelamento

• Pós-venda (pós-venda): acompanhamento para obter fidelidade em nossa clientela


(telemarketing - e-mail - cartões postais e saudações etc.)

4.5.A planta turística e as atracções turísticas.- Os serviços que são vendidos aos turistas
são preparados por um subsistema que chamamos de “planta turística”, composta por dois
elementos: a. Equipamento - b. Instalações

a.- Equipamento; Inclui todos os estabelecimentos administrados por actividade pública ou


privados dedicados à prestação de serviços básicos.

b.- Instalações; Sob este cabeçalho, todas as construções especiais devem ser observadas.

4.5.1.- Infra-Estrutura.- Na economia moderna, infra-estrutura é entendida como a provisão


de bens e serviços que um país tem para sustentar suas estruturas sociais e produtivas. Fazem
parte dela: educação, serviços de saúde, habitação, transporte, comunicações, energia. Dado o
carácter de apoio à população de um país como um todo, também são chamados
investimentos em infra-estrutura (telefones, estradas, ferrovias, pontes, casas, escolas,
hospitais, etc.).

Um dos factores que mais claramente nos permite apreciar a distância entre um país
desenvolvido e um subdesenvolvido é a falta de infra-estrutura no segundo.

Uma das principais funções da infra-estrutura é vincular centros preenchidos entre si,
permitindo que eles forneçam serviços que atendam às suas necessidades internas básicas.

A infra-estrutura em um determinado ponto de interesse turístico será essencial para a


instalação eficaz da planta turística, (JESÚS, 2015, p. 14).
8

4.5.2.A Superestrutura. - Para que o sistema turístico funcione adequadamente, também é


necessária infra-estrutura, um subsistema superior que regula todo o sistema, que
chamaremos de superestrutura.

A superestrutura turística inclui todas as agências especializadas, tanto públicas quanto


privadas, responsáveis por optimizar e modificar, conforme necessário, a operação de cada
uma das partes que compõem o sistema, além de harmonizar suas relações para facilitar a
produção e a venda. dos múltiplos serviços que compõem o produto turístico.

A existência de uma superestrutura poderosa e, acima de tudo, eficiente é muito mais


importante do que se pensa, para que o sector do turismo ceda directamente à importância das
atracções e da planta que foi construída para explorá-las, (BENI,2003, p. 28)..

4.6.Património. - O conceito de património turístico é definido como a relação entre a


matéria-prima (atracções turísticas), a planta turística (aparato produtivo), a infra-estrutura
(suporte ao aparato produtivo) e a superestrutura (subsistema organizacional e recursos).
humanos disponíveis para operar o sistema).

A herança turística de um país deve ser determinada a partir da integração de 4 componentes:


Atracções - Planta turística - Infra-estrutura e superestrutura, (BENI,2003, p. 32).
9

5.Conclusão

O Sistema Turístico todo o conjunto de elementos que inter-relacionados, coordenados de


forma unificada e organizada contribuem para alcançar determinados objectivos. Estes
sistemas podem ser abertos ou fechados: são sistemas fechados os que não revelam nenhuma
acção do exterior, enquanto os sistemas abertos são aqueles que são influenciados pelo
mundo exterior implicando, pelo menos, um acto proveniente do exterior que assegura a sua
manutenção.

O sistema funcional do turismo assenta na oferta e na procura. O sujeito do sistema é a


procura turística, constituído pelos núcleos emissores e toda a complexidade de situações que
determinam os fluxos turísticos.

A oferta é constituída pelo subsistema objecto, do qual fazem parte os núcleos receptores, os
meios de transporte que ligam a origem ao destino, as entidades ou organizações que
garantem os mecanismos de funcionamento e administração, quer sejam públicos quer
privados, e os meios e as formas promocionais que influenciam e orientam a procura turística.

Para que um sistema de turismo possa ser completo, deve possuir meio ambiente ,local em
que o sistema se encontra; unidades (as partes do sistema); relações entre as unidades do
sistema); atributos
10

6.Bibliografia

BENI, M.C. Sistema de turismo: construiu de um modelo teórico referenciai para


aplicação na pesquisa ma turismo. São Paulo: ECAlUSP, 2003.

CHURCHMAN, G. W. Introdução à teoria dos sistemas. São Paulo: Vozes, 2004.

HUNZIKER, W. Os países em vias de desenvolvimento. Berna: AIEST, 1998

JESÚS, Cruz Baras. Agencias de Viajes y Turismo. Universidade Tecnologica del Peru,
2015
11

Índice

1.Introdução ............................................................................................................................... 1
1.1.Objectivos ............................................................................................................................ 1
2.Sistema .................................................................................................................................... 3
3.O Sistema Turístico................................................................................................................. 3
4.Elementos do sistema turístico................................................................................................ 4
Património, A demanda ............................................................................................................. 4
4.1.A oferta turística.- ................................................................................................................ 4
4.2.- A demanda ......................................................................................................................... 5
4.3.O Produto Turístico.............................................................................................................. 6
4.4.Recursos Humanos............................................................................................................... 6
4.- Processo de Vendas.- ............................................................................................................ 6
4.5.A planta turística e as atracções turísticas.- ......................................................................... 7
4.5.1.- Infra-Estrutura ................................................................................................................ 7
4.5.2.A Superestrutura. .............................................................................................................. 8
4.6.Património. ........................................................................................................................... 8
5.Conclusão................................................................................................................................ 9