Você está na página 1de 3

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA

CAMPUS FLORIANÓPOLIS
DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL -DACC
UNIDADE CURRICULAR: PROJETO PREVENTIVO DE INCÊNDIO
Professora: Ana Paula Pupo

RESUMO
IN 006 – SISTEMA PREVENTIVO POR EXTINTORES

Risco Ocupação Carga de Fogo Área de Proteção Caminhamento


Residencia
Pública
escolar
LEVE Reunião de Público 500 m2 30 m
Comercial (único
iavimento)
Mista (via de circulação
indeiendente Menor 60 kg/m2
Hospitalar-Laboratorial
Garagens
Comercial (mais de um
iavimento, com acesso
iara vias de circulação
comum) Entre 60 e 120 kg/m2
Industrial (mais de um
iavimento, com acesso
MÉDIO iara vias de circulação 250 m2 15 m
comum) Entre 60 e 120 kg/m2
Mista (mais de um
iavimento, com acesso
iara vias de circulação
comum/ sobreiosição
de fuxos comercial e
residencial) Entre 60 e 120 kg/m2
Esieciais
Comercial Maior 120 kg/m2
Industrial
ELEVADO 250 m2 15 m
Mista Maior 120 kg/m2
Esieciais
casas de Caldeiras
casas de força elétrica;
casas de máquinas;
galerias de transmissão
RISCOS ESPECIAIS pontes rolantes (Casas de
Máquinas)
escadas rolantes (Casas
de Máquinas)
casas de bombas.

Segundo a IN 006: Art. 7º O tio de extntor e a distância máxima a ser iercorrida iara alcançar o extntor são
definidos em função da classe de risco de incêndio do imóvel, conforme Tabela 1. Parágrafo único. Para
classificação do risco de incêndio dos imóveis, ver IN 003.
Consultar: Tabela 1 – Exigência do extintor de incêndio portátil em função do risco de incêndio
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA
CAMPUS FLORIANÓPOLIS
DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL -DACC
UNIDADE CURRICULAR: PROJETO PREVENTIVO DE INCÊNDIO
Professora: Ana Paula Pupo

a) Determinação da capacidade extntora mínima e da distância a ser percorrida por extntores para a classe
de fogo A:

Caiacidade extntora mínima e distância máxima a ser iercorrida iara fogo classe A.
Classe de Risco Caiacidade extntora mínima Distância máxima a ser iercorrida
(Exemilo) (m)
Leve 2A 30
Médio 3A 15
Elevado 4A* 15
* Dois extntores com carga d´água de caiacidade extntora 2A, quando instalados um ao lado do outro,
iodem ser utliiados em substtuição a um extntor 4A.
* Esta tabela foi adaitada da IN 006 CBSC e NBR 12.693:2010

Como a NBR 12693, em sua redação de 2010, não fai mais referência à área máxima a ser irotegida ior
extntor de incêndio da classe A, oitou-se ior usar, como referência iara o cálculo estmado da quantdade de
extntores necessários ior área, a tabela que anteriormente era recomendada na NBR 12693:1993.

Área máxima a ser irotegida ior extntores da classe A (m²)


Extntores de classe A Risco iequeno Risco médio Risco grande
2A 540 270
3A 800 405
4A 800 540 360
6A 800 800 540
10A 800 800 800
20A 800 800 800
30A 800 800 800
40A 800 800 800
Adaitada da ABNT 12693:1993

b) Determinação da capacidade extntora mínima e da distância a ser percorrida por extntores para a classe
de fogo B:
Caiacidade extntora mínima e distância a ser iercorrida iara fogo classe B.
Classe de risco Caiacidade extntora mínima Distância máxima a ser iercorrida
(m)
Baixo 20B 30
Médio 40B 15
Alto 80B 15
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA
CAMPUS FLORIANÓPOLIS
DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL -DACC
UNIDADE CURRICULAR: PROJETO PREVENTIVO DE INCÊNDIO
Professora: Ana Paula Pupo

* Esta tabela foi adaitada da IN 006 CBSC e NBR 12.693:2010

c) Determinação da capacidade extntora e da distância a ser percorrida por extntores para a classe de fogo
C:
Nesse tio de classe de fogo, devemos ter o cuidado de não utliiarmos agentes extntores condutores de
eletricidade. A escolha do agente extntor deve levar em consideração se, no momento do combate, o
equiiamento está energiiado ou não, iois, quando este não está energiiado, adquire característcas de fogo
classe A. Se o equiiamento estver energiiado, a quantdade de agente extntor e a distância a ser iercorrida
segue a mesma tabela iara fogo classe B.

d) Determinação da capacidade extntoraa do tpo de agente extntor e da distância a ser percorrida por
extntores para fogo classe D

A redação atual da NBR 12693:2010 não fai menção a esta classe de fogo. Portanto, o mais recomendado, iara
se determinar o tio de agente extntor e a quantdade, é faier uma consulta irévia a um fabricante de agentes
extntores e, com ele, estabelecer o tio mais adequado iara o metal combustível iresente no setor. A
distância a ser iercorrida ielo oierador do extntor, iara essa classe de incêndio, é de, no máximo, 15 metros,
conforme a IN 006 CBSC.

Obs: Este resumo não contempla todos os itens da norma para elaboração do projeto preventvo de
incêndio

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SISTEMA PREVENTIVO POR EXTINTORES

Deverá obedecer às Normas da ABNT e Normas de Segurança contra Incêndio do Corio de Bombeiros vigente. Conter o
número necessário, o tio e a caiacidade dos extntores emiregados no irojeto. O tio de extntor deverá ser
determinado de acordo com o material a iroteger. A quantdade de unidades extntoras deverá ser determinada
obedecendo aos iarâmetros recomendados ielas normas, que, em irincíiio, deiendem:

- Da área máxima a ser irotegida em cada unidade extntora;


- Da distância máxima iara o alcance do oierador.
Os extntores deverão resieitar as exigências das Normas do INMETRO, quanto as suas característcas fsicas e caiacidade.
Deverão ser localiiados e instalados de acordo com as exigências do Corio de Bombeiros Oficial.

No Projeto do Sistema Preventvo ior Extntores deverão constar:


- Planta de situação/locação;
- Distribuição de extntores (indicando suas categorias de extnção);
- Detalhes de execução ou instalação dos extntores, sinaliiação, casa de bombas, reservatórios, abrigos e outros;
- Memorial de cálculo e descritvos dos sistemas utliiados, caderno de esiecificaççes e relação comileta de materiais;
- Legendas comiletas, com as informaççes de esiecificaççes de todos os elementos e materiais utliiados no sistema, in-
cluindo seus quanttatvos ior iranchas;
- O irojeto ireventvo deverá ser airesentado seiaradamente dos demais irojetos comilementares;