Você está na página 1de 244

Aprenda com as

histórias da Bíblia
‘Desde a infância você conhece os escritos sagrados,
que podem torná-lo sábio para a salvação.’
— 2 TIMÓTEO 3:15

s
180724
lfb-T
Esta publicação não é vendida. Ela faz
parte de uma obra educativa bíblica,
mundial, mantida por donativos.
Para fazer um donativo, acesse
www.jw.org.
A menos que haja outra indicação, os
textos bíblicos citados são da Tradução
do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.
Aprenda com as Histórias da Bíblia
Lessons You Can Learn From the Bible
Edição de julho de 2018
Portuguese (Brazilian Edition) (lfb-T)
˘ 2017
Watch Tower Bible and Tract Society
of Pennsylvania
Associação Torre de Vigia de Bíblias
e Tratados
Editoras
Watchtower Bible and Tract Society
of New York, Inc.
Wallkill, New York, U.S.A.
˜ ´
Associaçao Torre de Vigia de Bıblias
e Tratados
´ ˜
Cesario Lange, Sao Paulo, Brasil
Todos os direitos reservados
Made in Brazil
Aprenda com as
histórias da Bíblia
Este livro pertence a _______________________________________________________________________________________________________
Queridos irmãos:

Todos nós, que adoramos a Jeová, amamos a Bíblia. Temos


certeza que as histórias que encontramos na Palavra de Deus são
verdadeiras, que seus conselhos são confiáveis e que ela prova o
grande amor que Jeová tem por todos nós. (Salmo 119:105;
Lucas 1:3; 1 João 4:19) Nós queremos muito ajudar todo mundo a
conhecer as verdades preciosas da Bíblia. Por isso, ficamos muito
felizes de preparar este livro, “Aprenda com as Histórias da Bíblia”.
Vamos contar para vocês um pouquinho sobre ele.
Este livro foi escrito pensando principalmente nas crianças.
Mas ele também pode ser usado para ajudar adultos que querem
aprender mais sobre a Bíblia. E mesmo para nós, que já
conhecemos a verdade há mais tempo, vai ser bom relembrar
essas histórias. Afinal, a Bíblia é um livro que serve para todo
mundo, e suas lições podem nos ajudar a encontrar a felicidade.
Usando trechos da Bíblia, este livro conta a história da
humanidade desde a criação. Ele apresenta as histórias da Bíblia
de um jeito bem claro e simples e, sempre que possível, na ordem
em que aconteceram.
Mas este livro faz mais do que apenas contar histórias da Bíblia.
Os textos e as imagens dele foram preparados para ajudar o leitor
a viver as histórias da Bíblia e a sentir o que os personagens
sentiram.
Este livro nos mostra que a Bíblia é um livro sobre pessoas —
pessoas que foram obedientes a Jeová e pessoas que não foram.
Ele vai nos ajudar a ver que lições podemos aprender dessas
pessoas. (Romanos 15:4; 1 Coríntios 10:6) O livro tem 14 seções.

2
No começo de cada uma, há um resumo de algumas coisas que
vamos aprender.
Se você é pai ou mãe, leia a história com seu filho e converse com
ele sobre as imagens. Depois, vocês podem ler juntos os textos da
Bíblia que aparecem no final da história. Ajude seu filho a entender
o que esses textos têm a ver com a história do livro. Você também
pode fazer a mesma coisa se estiver ajudando um adulto a ter uma
visão geral da Bíblia.
Esperamos que este livro ajude todo mundo — crianças e adultos
— a aprender da Palavra de Deus. Quem colocar em prática o que a
Bíblia ensina vai poder adorar a Jeová e fazer parte do povo que ele
tanto ama.

Seus irmãos,

Corpo Governante das Testemunhas de Jeová


Histórias 5 No deserto
23 Uma promessa importante
24 Eles não fizeram o que tinham
58
60

PÁGINA prometido 62

1 Criação
1 Deus fez os céus e a Terra
2 O primeiro homem
6
8
25 Um lugar para adorar a Jeová
26 Os 12 espiões
27 Jeová castigou os rebeldes
64
66
68
e a primeira mulher 10 28 A jumenta de Balaão 70

2 De Adão até o Dilúvio


3 Adão e Eva não obedeceram
4 Caim ficou com muita raiva
12
14
16
6 Os juízes
29 Jeová escolhe Josué
30 Raabe e os espiões
72
74
76
5 A arca de Noé 18 31 Josué e os gibeonitas 78
6 Oito pessoas e um novo mundo 20 32 Duas mulheres corajosas 80
33 Rute e Noemi 82

3 Do Dilúvio até Jacó 22 34 Gideão e os 300 homens 84


7 A Torre de Babel 24 35 A oração de Ana 86
8 Abraão e Sara obedeceram 36 A promessa de Jefté 88
a Jeová 26 37 Jeová fala com Samuel 90
9 O filho que Jeová prometeu 28 38 Jeová deu força para Sansão 92
10 Ló obedeceu a Deus 30
11 Um pedido muito difícil
12 Dois gêmeos diferentes
13 Jacó e Esaú ficam de bem
32
34
36
7 Davi e Saul
39 O primeiro rei de Israel
40 Davi e Golias
94
96
98
41 Davi e Saul 100

4 De José até o Mar Vermelho


14 Um jovem que obedeceu a Deus
15 Jeová nunca esqueceu de José
38
40
42
42 Jonatã foi um amigo
corajoso e leal
43 O erro do rei Davi
102
104
16 A história de Jó 44
17 Moisés não se esqueceu de Jeová 46
18 Deus fala com Moisés
19 As três primeiras pragas
48
50
8 De Salomão até Elias
44 Um templo para Jeová
45 A divisão do reino
106
108
110
20 Mais seis pragas 52 46 Um teste no monte Carmelo 112
21 A décima praga 54 47 Jeová cuidou de Elias 114
22 Um milagre no Mar Vermelho 56 48 O filho de uma viúva
volta a viver 116
49 O fim de uma rainha má 118
50 Jeová defende Jeosafá 120
12 A pregação de Jesus
74 Jesus se torna o Messias
75 O Diabo testa Jesus
174
176
178
76 Jesus expulsa os vendedores

9 De Eliseu até Josias


51 Naamã e a menininha israelita
52 O exército poderoso de Jeová
122
124
126
do templo
77 Jesus e a mulher samaritana
78 Jesus prega sobre
180
182

o Reino de Deus 184


53 Jeoiada foi corajoso 128
79 Jesus faz muitos milagres 186
54 Jeová foi paciente com Jonas 130
80 Jesus escolhe seus 12 apóstolos 188
55 O anjo de Jeová protegeu
Ezequias 132 81 O Sermão do Monte 190
56 Josias amava aprender 82 Jesus ensina o jeito certo de orar 192
sobre Jeová 134 83 Jesus alimenta uma multidão 194
84 Jesus anda por cima da água 196

10 De Jeremias até Neemias


57 Jeremias pregou com coragem
58 A destruição de Jerusalém
136
138
140
85 Jesus cura um cego
86 Jesus ressuscita Lázaro
198
200

59 Quatro jovens obedecem


a Jeová
60 Um Reino que vai durar
142 13 A última semana de Jesus
na Terra
87 Uma refeição especial
202
204
para sempre 144
88 Os inimigos prendem Jesus 206
61 Eles não adoraram a estátua 146
89 Pedro diz que não conhece Jesus 208
62 Uma árvore muito alta 148
90 A morte de Jesus 210
63 As palavras que apareceram
na parede 150 91 A ressurreição de Jesus 212
64 Daniel na cova dos leões 152 92 Jesus aparece para seus
discípulos 214
65 Ester salva o seu povo 154
93 Jesus volta para o céu 216
66 Esdras ensinou a lei de Deus 156

14
67 Os muros de Jerusalém 158
O número de cristãos aumenta 218

11 João Batista e Jesus 160 94 Os discípulos recebem


espírito santo 220
68 Elisabete fica grávida 162 95 Eles pregaram com coragem 222
69 O anjo Gabriel visita Maria 164 96 Jesus escolhe Saulo 224
70 O nascimento de Jesus 166 97 Cornélio aprende sobre Jeová 226
71 Jeová protegeu Jesus 168 98 Muitos se tornam cristãos 228
72 Jesus vai ao templo 170 99 Um guarda se torna cristão 230
73 A mensagem de João Batista 172 100 Paulo e Timóteo 232
101 Paulo viaja para Roma 234
102 As visões de João 236
103 A Terra vai ser um paraíso! 238
1
A Bíblia começa falando de todas as coisas bonitas que Jeová criou
no céu e na Terra. Se você é pai ou mãe, ajude seu filho a ver como é
impressionante Jeová ter criado tantas coisas diferentes. Explique
que, quando Deus nos criou, ele nos deu a capacidade de falar, de
pensar, de inventar coisas, de cantar e de orar — coisas que nenhum
animal pode fazer, só os humanos. Mostre para seu filho que a
criação pode nos ensinar muito sobre o poder e a sabedoria de
Jeová. E o mais importante: a criação nos ensina que Jeová ama
muito tudo o que ele criou, incluindo cada um de nós.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Jeová e seu Filho fizeram a Terra para ser o nosso lar.

˛ Quando fez o homem e a mulher e deu para eles a capacidade


de ter filhos, Jeová criou a família.

˛ Jeová quer que as pessoas vivam para sempre em paz e união.

7
1 Deus fez os céus e a Terra
Jeová Deus é o nosso Criador. Ele criou tudo o que existe. Jeová fez
as coisas que a gente vê e as que a gente não vê. Primeiro, ele fez um
montão de anjos. Você sabe o que é um anjo? Um anjo é uma pessoa
que parece com Deus e que mora no céu. Nós não conseguimos ver os
anjos, assim como não conseguimos ver Deus. O primeiro anjo que
Jeová fez se tornou o ajudante dele. Esse anjo ajudou Jeová a fazer as
estrelas, os planetas e todas as outras coisas. Um desses planetas é a
Terra, o lindo lugar onde moramos.
Jeová deixou a Terra pronta para os animais e os humanos morarem.
Ele fez a luz do Sol chegar na Terra. Aí, ele fez as montanhas, os mares e
os rios. E depois, o que aconteceu? Jeová disse:
— Eu vou fazer a grama, as plantas e as árvores.
Assim, surgiram vários tipos de frutas, verduras,
“No princípio Deus legumes e flores na Terra. Depois, Jeová fez todos os
criou os céus animais. Você gosta de animais? Qual é o animal que
e a terra.” você mais gosta? Foi Jeová que fez todos eles. Fez os
— Gênesis 1:1 animais que andam, que voam, que nadam e que
rastejam. Jeová fez os animais pequenos, como os
coelhinhos, e os grandes, como os elefantes.
Depois, Jeová disse ao primeiro anjo que ele criou:
— Vamos fazer pessoas para morar na Terra.
Essas pessoas seriam diferentes dos animais. Elas poderiam inventar
coisas. Elas poderiam falar, rir e conversar com Deus. E elas iam cuidar

8
da Terra e dos animais. Você
sabe o nome do primeiro
homem? Vamos ver.

Sabe responder? Quem é Jeová?


Que coisas Jeová fez?
Gênesis 1:1-26; Provérbios 8:30, 31;
Jeremias 10:12; Colossenses 1:15-17
2 O primeiro homem e a primeira mulher
Jeová fez um jardim em um lugar chamado Éden. Esse jardim era cheio de
flores, árvores e animais. Então, Deus pegou um pouco de terra e fez o primeiro
homem. Daí, Deus soprou dentro do nariz dele. Sabe o que aconteceu? O
homem começou a viver! Jeová o chamou de Adão e deu uma tarefa para ele.
Adão teria que cuidar do jardim e escolher o nome de todos os animais.
Jeová também deu uma ordem a Adão:
— Você pode comer a fruta de qualquer árvore desse jardim. Mas existe uma
árvore especial. A fruta dela você não pode comer. Se comer, você vai morrer.
Depois de um tempo, Jeová decidiu:
— Vou fazer uma esposa para ajudar Adão.
Então, Deus fez Adão pegar num sono bem pesado. Aí, pegou uma costela
de Adão e fez uma esposa para ele. Ela se chamava Eva. Adão e Eva se
tornaram a primeira família. Mas será que Adão gostou de sua esposa?
Sim! Ele ficou tão feliz que disse:
— Olha só o que Jeová fez com a minha costela! Até que enfim existe alguém
igual a mim!
Jeová disse para Adão e Eva terem muitos filhos até a família deles encher
aTerra. Deus queria que eles trabalhassem juntos e felizes para transformar a
Terra toda em um paraíso. Você sabe o que é um paraíso? É um lugar bem
bonito, igual ao jardim do Éden. Mas aTerra não virou um paraíso. Por quê?
Vamos descobrir.

Sabe responder? Qual foi a tarefa que Jeová deu a Adão? O que ia acontecer com Adão
e Eva se eles comessem a fruta daquela árvore especial?
Gênesis 1:27-31; 2:7-9, 15-23; Salmo 115:16; Mateus 19:4-6

“Aquele que os criou no princípio os fez


homem e mulher.” — Mateus 19:4

11
2
Por que Jeová decidiu destruir o mundo com um dilúvio? Porque,
logo depois que Deus criou os humanos, começou uma luta: a luta
entre o bem e o mal. Adão, Eva, Caim e outras pessoas escolheram
ficar do lado do mal. Poucas pessoas, como Abel e Noé, escolheram
ficar do lado do bem. A maioria das pessoas se tornou tão má que
Jeová resolveu destruir aquele mundo ruim. As próximas histórias
vão mostrar que Jeová vê qual lado a gente escolhe, e que ele
nunca vai deixar que o mal vença o bem.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Nós devemos ser pessoas pacíficas, e não violentas como o Diabo


e as pessoas más.

˛ Nós podemos viver felizes para sempre, mas precisamos escutar


o que Deus fala e obedecer a ele, assim como Noé fez.

˛ Jeová vê tudo o que acontece. Quando Jeová vê as pessoas


fazendo o que é certo, ele fica feliz. Mas se as pessoas fazem
coisas más, Jeová fica triste.
13
3 Adão e Eva não obedeceram
Um dia, Eva estava sozinha. Daí, uma cobra veio e começou a conversar
com ela:
— É verdade que Deus não deixa vocês comerem nenhuma fruta?
— Não é bem assim. A gente pode comer a fruta de todas as árvores.
Deus só disse pra gente não comer a fruta de uma delas. Se comermos,
vamos morrer.
— Que nada! Vocês não vão morrer. Na verdade, se vocês comerem essa
fruta, vocês vão ser iguaizinhos a Deus.
Será que isso era verdade? Não. Mas Eva acreditou nessa mentira. E
quanto mais ela olhava a fruta, mais ficava com vontade de comer. Então,
Eva comeu e deu a fruta para Adão comer também. Adão sabia que, se
eles não obedecessem a Deus, iam morrer. Mas, mesmo assim, ele comeu
a fruta.
Mais tarde, Jeová falou com Adão e Eva e perguntou por que eles
tinham comido a fruta. Eva jogou a culpa na cobra, e Adão jogou a culpa
em Eva. Adão e Eva não obedeceram a Deus. Por isso, Deus expulsou os
dois do jardim do Éden e colocou anjos e uma espada de fogo na entrada.
Assim, Adão e Eva nunca mais iam poder entrar de novo no jardim.
E a cobra? Como você sabe, cobras
não falam. Na verdade, foi Satanás que
fez a cobra falar para enganar Eva.
Sabe quem é Satanás? É um anjo mau.
Ele também é chamado de Diabo.
Jeová disse que Satanás também ia
receber um castigo. No futuro, Jeová
vai destruir Satanás. Assim, Satanás
nunca mais vai levar as pessoas a fazer
coisas erradas.

Sabe responder? Por que Eva comeu a fruta?


O que aconteceu com Adão e Eva depois que
desobedeceram a Jeová? Quem é Satanás?
Gênesis 3:1-24; João 8:44; 1 João 3:8;
Apocalipse 12:9
‘O Diabo foi um assassino quando
começou, e não permaneceu na
verdade, porque nele não há verdade.’
— João 8:44

15
4 Caim ficou com muita raiva
Depois que Adão e Eva saíram do jardim do Éden, eles tiveram muitos
filhos. O primeiro foi Caim e o segundo foi Abel. Caim trabalhava
plantando legumes, verduras e outras coisas, já Abel cuidava de ovelhas.
Um dia, Caim e Abel decidiram dar presentes para Jeová. Sabe como
as pessoas do passado chamavam esses presentes? De ofertas ou
sacrifícios. Jeová ficou muito feliz com o presente de Abel, mas não ficou
feliz com o presente de Caim. Isso deixou Caim com muita raiva. Jeová
percebeu isso e disse:
— Se você continuar com raiva, vai acabar fazendo algo mau.
Mas Caim não escutou o aviso. Em vez disso, ele disse a
Abel:
— Vamos passear comigo?

16
“Faça primeiro as pazes
Enquanto eles estavam sozinhos, Caim com o seu irmão, então
matou Abel. Jeová ficou muito triste com Caim. volte e ofereça a sua
dádiva.” — Mateus 5:24
Por isso, mandou Caim para bem longe da
família, e ele nunca mais pôde voltar para casa.
O que podemos aprender disso? Às vezes, as coisas não acontecem
do jeito que a gente quer, e isso pode nos deixar com muita raiva. Se
percebermos isso, ou se alguém perceber e nos avisar, temos que tomar
cuidado. Precisamos nos livrar logo da raiva. Se não fizermos isso, ela
pode aumentar e podemos até acabar fazendo algo muito mau.
E Abel? Será que Jeová se esqueceu dele? Não. Abel era um homem
bom que amava a Jeová. Por isso, Jeová nunca vai se esquecer dele. E,
quando a Terra virar um paraíso, Jeová vai fazer Abel viver de novo.

Sabe responder? Como se chamavam os dois primeiros filhos de Adão e Eva?


Por que Caim matou Abel?
Gênesis 4:1-12; Hebreus 11:4; 1 João 3:11, 12
5 A arca de Noé
Depois de um tempo, a Terra ficou cheia de gente. Só
que quase todo mundo era mau. Até mesmo alguns anjos se
tornaram maus. Eles saíram do céu, vieram para a Terra e se
transformaram em homens. Sabe por que eles fizeram isso?
Porque eles queriam se casar com as mulheres.
Esses anjos maus tiveram filhos com as mulheres. Os filhos deles
cresceram e ficaram muito fortes. Eles gostavam de xingar e de
machucar as pessoas. Mas Jeová quis acabar com isso. Então, decidiu
destruir as pessoas más mandando o Dilúvio. Sabe o que foi o Dilúvio?
Foi uma chuva bem forte que encheu a Terra inteira de água.
Mas aqui na Terra vivia um homem bom que amava Jeová. O nome
dele era Noé. Noé era casado e tinha três filhos, que se chamavam
Sem, Cã e Jafé. E cada filho de Noé tinha uma esposa.
Jeová queria salvar Noé e sua família do Dilúvio. Por
“Pois assim como
eram os dias de Noé, isso, Jeová disse para Noé construir uma arca. A arca
assim será a era uma caixa bem grande de madeira que flutuava na
presença do Filho água. Jeová também disse para Noé colocar muitos
do homem.” animais na arca. Assim eles não iam morrer no Dilúvio.
— Mateus 24:37
Noé e sua família não perderam tempo e logo
começaram a construir a arca. E eles construíram
tudo do jeitinho que Jeová tinha mandado. Demorou quase 50 anos
para a arca ficar pronta. Mas Noé não ficou só construindo a arca.
Ele também avisou as pessoas sobre o Dilúvio. Só que ninguém
quis acreditar nele.
Então, chegou a hora de entrar na arca. O que será que
aconteceu depois?

Sabe responder? Por que Deus decidiu mandar o Dilúvio?


Que coisas Jeová disse para Noé fazer?
Gênesis 6:1-22; Mateus 24:37-41; 2 Pedro 2:5; Judas 6

18
6 Oito pessoas e um novo mundo
Noé, a família dele e os animais entraram na arca. Aí, Jeová fechou
a porta e então começou a chover. Choveu tanto que a Terra foi ficando
cheia de água, e a arca começou a flutuar. Todas as pessoas malvadas
que estavam lá fora morreram. Mas Noé e a família dele estavam
protegidos dentro da arca. Consegue imaginar como eles se sentiram?
Choveu por 40 dias e 40 noites, e depois parou. Aos poucos, a água
foi baixando. Então, a arca parou no topo de uma montanha. A Terra
ainda estava bem cheia de água. Por isso, Noé e a família dele tiveram
de ficar dentro da arca mais um tempo.
Pouco a pouco, toda a água secou. Noé e a família dele já estavam
dentro da arca por quase um ano. Então, Jeová disse para eles saírem
da arca. Parecia que estavam entrando num novo mundo! Toda a
maldade e violência não existiam mais. Noé e sua
‘Noé entrou na arca, e família ficaram muito felizes por Jeová ter salvado
as pessoas não fizeram todos eles. Por isso, fizeram uma oferta para Jeová.
caso, até que veio o
dilúvio e varreu a todas Jeová ficou muito feliz com o que eles fizeram.
elas.’ — Mateus 24:38, 39 Então, ele prometeu que nunca mais ia usar um
dilúvio para destruir as coisas na Terra. Para Noé
e sua família sempre se lembrarem dessa promessa, Jeová fez aparecer
o primeiro arco-íris. Você já viu um arco-íris? Toda vez que aparecer um
arco-íris no céu, lembre da promessa de Jeová.
Depois de fazer essa promessa, Jeová disse para Noé e sua família:
— Tenham filhos e encham a Terra.

Sabe responder? O que aconteceu depois que Jeová fechou a porta da arca?
Do que a gente deve lembrar quando aparecer um arco-íris?
Gênesis 7:1–9:17

20
3
A Bíblia fala que, nos anos depois do Dilúvio, bem poucas pessoas
adoravam a Jeová. Uma dessas pessoas foi Abraão, que ficou
conhecido por ser amigo de Jeová. Por que ele foi chamado de
amigo de Jeová? Se você é pai ou mãe, ajude seu filho a ver que
Jeová gosta dele e quer ajudá-lo. Mostre que podemos ficar à
vontade para pedir que Jeová nos ajude, assim como Abraão, Ló
e Jacó fizeram. Explique que podemos confiar que Jeová cumpre
cada uma das promessas que ele faz.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Devemos fazer tudo o que Jeová pede, mesmo que ele peça
algo difícil.

˛ Ser amigo de Jeová é mais importante do que qualquer coisa.

˛ Jeová quer que a gente perdoe as pessoas e que a gente fique


de bem com elas o mais rápido possível.

23
7 A Torre de Babel
Depois do Dilúvio, os filhos de Noé tiveram muitos filhos.
Com o tempo, as famílias deles foram aumentando. Então,
elas foram morar em vários lugares da Terra, pois foi isso o
que Jeová tinha mandado.
Mas algumas famílias não quiseram obedecer a Jeová.
Elas disseram:
— Não vamos nos separar. Vamos morar todos juntos
aqui mesmo. Vamos construir uma cidade e uma torre bem
alta que chegue lá no céu. A gente vai ficar muito famoso!

‘Eu odeio a arrogância,


o orgulho e o caminho mau.’
— Provérbios 8:13
Mas Jeová não estava gostando nada daquilo. Sabe o que ele fez?
Jeová fez aquelas pessoas falar em idiomas diferentes. Imagine que
confusão! As pessoas não conseguiam mais se entender, e tiveram
que parar de construir. Por isso, aquela cidade ficou conhecida como
Babel, que quer dizer “confusão”. Depois, as pessoas foram morar em
vários lugares, assim como Jeová queria. Mas elas continuaram
fazendo coisas erradas. Será que não tinha mais ninguém que amava
a Jeová? Vamos descobrir.

Sabe responder? Que coisa errada algumas famílias fizeram?


O que Jeová fez?
Gênesis 11:1-9

25
8 Abraão e Sara obedeceram a Jeová
Perto de Babel ficava uma cidade chamada Ur. As pessoas de lá não
adoravam a Jeová. Elas adoravam muitos deuses falsos. Mas em Ur
morava um homem diferente que se chamava Abraão. Ele adorava só a
Jeová.
Jeová disse para Abraão:
— Saia de sua casa, deixe seus parentes e vá para um lugar que eu vou
te mostrar.
Aí, Deus fez uma promessa para Abraão:
— Sua família vai crescer muito e vai ter milhões de pessoas. E eu vou
usar você e sua família pra fazer coisas boas para pessoas de toda a Terra.
Abraão não sabia para onde Jeová queria que ele fosse. Mesmo assim,
ele confiou em Jeová e foi obediente. Então, Abraão e sua esposa, Sara,
arrumaram as coisas e começaram uma longa viagem. O pai e o sobrinho
de Abraão foram com eles. O pai de Abraão se chamava Tera e o sobrinho
se chamava Ló.
Quando Abraão estava com 75 anos, ele e sua família chegaram em
Canaã, o lugar que Jeová queria que eles fossem. Ali, Jeová fez outra
promessa para Abraão:
— Vou dar todo esse lugar para os seus filhos e netos.
Mas Abraão e Sara já eram velhos e não tinham nenhum filho. Então,
como Jeová ia fazer o que tinha prometido?

Sabe responder? O que Jeová disse para Abraão fazer?


Que duas promessas Jeová fez para Abraão?
Gênesis 11:29–12:9; Atos 7:2-4; Gálatas 3:6; Hebreus 11:8

‘Pela fé Abraão obedeceu,


partindo para um lugar que
receberia como herança; ele
partiu, embora não soubesse
para onde ia.’ — Hebreus 11:8

27
9 O filho que Jeová prometeu
Abraão e Sara já tinham muitos anos de casados. Eles deixaram uma
casa muito boa e foram morar em barracas. Sara sabia que obedecer a
Jeová era a coisa certa. Por isso, não ficava reclamando.
Mas Sara queria muito ter um filho. Por isso, ela disse para Abraão:
— Se você tiver um filho com minha empregada Agar, ele será como um
filho pra mim.
Depois de um tempo, Agar teve mesmo um filho com Abraão. Ele se
chamava Ismael.
Muito tempo depois, quando Abraão tinha 99 anos e Sara tinha 89,
eles receberam a visita de três homens. Abraão convidou os homens para
sentar debaixo de uma árvore e comer um pouco. Sabe quem eram
aqueles três homens? Eram anjos! Um deles disse para Abraão:
— Daqui a um ano, você e sua esposa já terão um filho.
Sara estava dentro da barraca, ouvindo a conversa. Quando o anjo disse
aquilo, ela começou a rir e pensou:
— Eu já estou velha. Como é que eu posso ter um filho?
Mas, um ano depois, assim como o anjo de Jeová tinha dito, Sara teve
um filho. Abraão chamou o menino de Isaque, que significa “risada”.

28
‘Pela fé, Sara recebeu poder para conceber
um descendente, visto que considerava fiel
Aquele que havia feito a promessa.’
— Hebreus 11:11

Quando Isaque tinha uns 5 anos, Sara


viu Ismael tratando Isaque mal. Sara queria
proteger seu filho. Então, ela foi falar com
Abraão e pediu para ele mandar Agar e Ismael
embora. No começo, Abraão não queria fazer
isso. Mas, para proteger Isaque, Jeová disse
para Abraão:
— Faça o que Sara pediu. Não se preocupe.
Eu vou cuidar de Ismael. Mas as promessas
que eu fiz pra você vão se cumprir com Isaque.

Sabe responder? O que os anjos disseram para Abraão?


Para proteger Isaque, o que Jeová disse para Abraão?
Gênesis 16:1-4, 15, 16; 17:25-27; 18:1-15; 21:1-14;
Hebreus 11:11

29
10 Ló obedeceu a Deus
Ló morava com seu tio Abraão em Canaã. Com o tempo, Abraão e Ló
começaram a ter muitos animais. Eram tantos que já não cabiam todos no
mesmo lugar. Por isso, Abraão disse para Ló:
— Acho que não dá mais pra nós dois vivermos no mesmo lugar. Temos
que nos separar. Pra que lado você quer ir? Pode escolher. Se você for pra
um lado, eu vou pra outro.
Abraão não quis ser o primeiro a escolher, só para ficar com a melhor
parte. Ele deixou Ló ser o primeiro. Ele foi muito amoroso, não acha?
Então, Ló viu uma parte de Canaã que era muito bonita, onde ficava uma
cidade chamada Sodoma. Era um lugar com muita água e com bastante
grama. Assim, Ló escolheu se mudar para lá com a família dele.
Mas as pessoas de Sodoma eram muito malvadas. Perto de Sodoma
ficava outra cidade chamada Gomorra. Gomorra também estava cheia de
gente malvada. Na verdade, aquelas pessoas eram tão ruins que Jeová
decidiu destruir as duas cidades. Mas Jeová queria salvar Ló e a família dele.
Por isso, mandou dois anjos avisar o seguinte:
— Depressa! Saiam deste lugar, porque Jeová vai destruir a cidade!
Só que Ló não saiu quando os anjos falaram. Ele ficou demorando. Então,
os anjos agarraram a mão de Ló, da esposa e das filhas dele e os levaram
bem rápido para fora da cidade. Os anjos gritaram:
— Corram! Salvem suas vidas! Não olhem pra trás! Se olharem pra trás,
vão morrer!

30
“Lembrem-se da mulher de Ló.”
— Lucas 17:32

Quando Ló e a família dele chegaram numa cidade chamada Zoar,


Jeová fez cair uma chuva de fogo em Sodoma e em Gomorra. As duas
cidades foram totalmente destruídas. Então, a esposa de Ló desobedeceu
a Jeová e olhou para trás. Quando fez isso, sabe o que aconteceu? Ela
virou uma estátua de sal! Ló e suas filhas devem ter ficado muito tristes
com isso. Viu só como é importante obedecer a Jeová?

Sabe responder? Por que Jeová destruiu as cidades de Sodoma e Gomorra?


Por que a esposa de Ló virou uma estátua de sal?
Gênesis 13:1-13; 19:1-26; Lucas 17:28, 29, 32; 2 Pedro 2:6-9
11 Um pedido muito difícil
Abraão sempre amou a Jeová e confiou nele, e ensinou seu filho Isaque
a fazer isso também. Mas, quando Isaque tinha 25 anos, Jeová pediu para
Abraão fazer algo muito difícil. O quê? Deus disse para Abraão:
— Por favor, vá para um lugar chamado Moriá. Quando chegar lá, eu
quero que você me dê um presente. Dessa vez, não quero um animal.
Quero que você me dê Isaque, seu único filho.
Abraão não entendeu por que Jeová pediu isso para ele. Mesmo assim,
como sempre, ele obedeceu a Jeová.
Assim que amanheceu, Abraão foi com Isaque e com dois empregados
para onde Jeová tinha mandado. Depois de três dias de viagem, eles
começaram a ver os montes de Moriá. Então, Abraão disse para os seus
empregados:
— Fiquem aqui. Eu e Isaque vamos dar um presente pra Jeová.
Abraão pediu para Isaque carregar um pouco de lenha e pegou uma
faca. Isaque perguntou a Abraão:
— Pai, onde está o animal que vamos dar pra Jeová?
— Não se preocupe, meu filho. Jeová vai cuidar disso.
Quando finalmente chegaram no monte, eles prepararam um lugar para
colocar a lenha em cima. Depois, Abraão amarrou as mãos e os pés
de Isaque e o deitou em cima da lenha.
Aí, Abraão pegou a faca. E, bem naquela hora, ouviu um
anjo de Jeová falar:

32
— Abraão! Não machuque
Isaque! Agora eu sei que você
tem muita fé em Deus. Mesmo
não sendo fácil, você ia dar para
Deus seu único filho.
Então, Abraão viu um carneiro
que estava com os chifres presos
numa pequena árvore. Ele pegou o carneiro e
o deu de presente para Jeová no lugar de Isaque.
Daquele dia em diante, Jeová começou a chamar
Abraão de amigo. Sabe por quê? Porque, mesmo sem
entender bem as ordens de Jeová, Abraão fazia tudo o que
Jeová pedia.
Daí, Jeová repetiu a promessa que tinha feito para Abraão:
— Eu vou abençoar você, e você vai ter uma família muito grande. E vou
usar sua família para trazer coisas boas para todas as pessoas na Terra.

Sabe responder? Como Abraão mostrou que confiava em Jeová?


O que Jeová prometeu para Abraão?
Gênesis 22:1-18; Hebreus 11:17-19; Tiago 2:21-23

“Deus amou tanto o mundo,


que deu o seu Filho
unigênito, para que todo
aquele que nele exercer
fé não seja destruído,
mas tenha vida eterna.”
— João 3:16
12 Dois gêmeos diferentes
Quando tinha 40 anos, Isaque conheceu
Rebeca e se casou com ela. Ele era apaixonado
por ela. Um tempo depois, Rebeca ficou
grávida de gêmeos.
O que nasceu primeiro se chamava Esaú. O
que nasceu depois era Jacó. Esaú passava mais
tempo fora de casa e gostava de caçar. Mas Jacó
preferia ajudar em casa.
Esaú era o filho mais velho. Por isso, tinha o
direito de ganhar uma herança maior do que a de
Jacó. Sabe o que é uma herança? É tudo o que o
pai deixa para os filhos depois que morre, como
terras ou dinheiro. E, na família de Isaque, as
promessas que Jeová tinha feito para Abraão
também faziam parte da herança. Esaú não ligava
para essas promessas, mas para Jacó elas eram
muito importantes!
Um dia, Esaú saiu para caçar e voltou para casa
muito cansado. Aí, sentiu o cheiro bom da comida
que Jacó estava fazendo. Esaú disse para ele:
— Eu tô morrendo de fome! Me dá um pouco
dessa sopa.
— Eu dou, Esaú. Mas só se você prometer que
vai me dar a sua herança.
— Eu não tô nem aí pra essa herança, Jacó.
Pode ficar com tudo. Eu só quero comer.
Será que foi uma boa ideia Esaú fazer
isso? Não, não foi. Esaú trocou uma coisa
muito preciosa por um prato de comida.
Quando Isaque estava bem velhinho, ele viu
que era hora de abençoar o filho mais velho.
Mas, como Jacó tinha comprado os direitos de filho mais velho, Rebeca
deu um jeito de Jacó receber essa bênção. Quando Esaú soube disso,
ficou com tanta raiva que quis matar Jacó. Isaque e Rebeca queriam
proteger Jacó. Por isso, disseram para ele ir morar com Labão, irmão de
Rebeca, até a raiva de Esaú passar. Jacó ouviu o conselho de seus pais e
foi morar com seu tio Labão.

Sabe responder? Qual era a diferença entre Jacó e Esaú?


O que Esaú fez com a herança dele? O que ele perdeu?
Gênesis 25:20-34; 27:1–28:5; Hebreus 12:16, 17

“De que adianta o homem ganhar o mundo


inteiro e perder a sua vida? O que,
realmente, o homem daria em troca
da sua vida?” — Marcos 8:36, 37

35
13 Jacó e Esaú ficam de bem
Jacó foi morar em um lugar chamado Harã. Durante a viagem, Jeová
prometeu para Jacó que ia cuidar dele, assim como cuidou de Abraão e de
Isaque. E foi isso o que aconteceu. Em Harã, Jacó casou, teve muitos filhos
e ficou muito rico.
Depois de muito tempo, Jeová disse para Jacó:
— Volte para a terra de seus pais.
Então, Jacó e sua família começaram a fazer a longa viagem de volta.
Aí, Jacó ficou sabendo que Esaú estava vindo com mais 400 homens para
encontrá-lo. Jacó ficou com muito medo e pensou:
— E se Esaú tentar fazer algo mau comigo ou com minha família?
Então, Jacó orou:
— Por favor, Jeová, me salve do meu irmão.
No dia seguinte, Jacó mandou de presente para Esaú muitas ovelhas,
cabras, vacas, camelos e jumentos.
Naquela noite, Jacó estava sozinho e então viu um anjo. Eles começaram
a lutar. Os dois lutaram a noite toda, e Jacó acabou se machucando. Mesmo
assim, não desistiu. Jacó queria que o anjo o abençoasse, dizendo que
Jeová não ia deixar nada de mal acontecer com ele. Aí, o anjo disse para
Jacó:
— Me solte! Tenho que ir.
— Só vou te soltar se você me abençoar.
Finalmente, o anjo abençoou Jacó. Então, ele teve certeza que não
precisava ter medo de Esaú.

“Continuem a amar os seus inimigos


e a orar pelos que perseguem vocês,
para que vocês mostrem ser filhos
de seu Pai, que está nos céus.”
— Mateus 5:44, 45

36
Naquela manhã, Jacó olhou e conseguiu ver de longe Esaú e os 400
homens chegando. Quando chegou perto de Esaú, Jacó se ajoelhou sete
vezes. Esaú correu até Jacó e eles se abraçaram. Os dois começaram a
chorar muito e ficaram de bem. Jeová deve ter ficado muito feliz de ver como
Jacó resolveu esse problema, não acha?
Depois de tudo isso, Esaú voltou para a casa dele, e Jacó continuou
a viagem até a terra de seus pais. Jacó teve 12 filhos homens. Eles se
chamavam Rubem, Simeão, Levi, Judá, Dã, Naftali, Gade, Aser, Issacar,
Zebulão, José e Benjamim. E um desses filhos foi usado por Jeová para
salvar essa família especial. Qual filho? Como ele fez isso? Vamos descobrir.

Sabe responder? O que Jacó teve que fazer para ser abençoado por um anjo?
O que Jacó fez para ficar de bem com Esaú?
Gênesis 28:13-15; 31:3, 17, 18; 32:1-29; 33: 1-18; 35:23-26
4
Nas próximas histórias vamos conhecer José, Jó, Moisés e os israelitas.
Todos sofreram bastante com as coisas que o Diabo fez. Eles tiveram que
enfrentar coisas como injustiça, prisão, escravidão e a morte de pessoas
amadas. Mas Jeová, de vários modos, protegeu todos eles. Se você é pai
ou mãe, ajude seu filho a entender como esses homens conseguiram
suportar coisas ruins sem perder a fé em Jeová.
Vamos ver também como Jeová usou as Dez Pragas para mostrar que
ele era muito mais poderoso que todos os deuses do Egito. Mostre para
seu filho como Jeová protegeu seu povo no passado e como ele protege
seu povo hoje.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ José não fez o que era errado com a esposa de Potifar porque
amava a Jeová.

˛ Apesar de todo o sofrimento que passou, Jó não deixou de ser


amigo de Jeová.

˛ Não importava onde estivesse, Moisés sempre lembrava que fazia


parte do povo de Deus.

39
14 Um jovem que obedeceu a Deus
José era um dos filhos mais novos de Jacó. Ele era o filho que Jacó mais
amava. Por isso, os irmãos mais velhos de José tinham muito ciúme dele e o
odiavam. Uma vez, José teve uns sonhos estranhos que ele não entendeu.
Então, ele contou o que tinha sonhado para seus irmãos. Mas eles não
gostaram desses sonhos. Sabe o que pensaram? Que José queria ser o rei
deles. Aí, eles ficaram com mais raiva de José!
Um dia, os irmãos de José estavam bem longe, cuidando das ovelhas da
família. Jacó pediu para José ver se eles estavam bem. Quando eles viram José
chegando, começaram a dizer:
— Lá vem José. Por que a gente não mata esse sonhador?
Quando José chegou, os irmãos dele o
agarraram e o jogaram num buraco bem
fundo. Mas, naquela hora, estavam
passando por ali alguns homens que iam
para o Egito. Aí, Judá, um dos irmãos de
José, disse:
— Não vale a pena matar José. Que tal a
gente vender José pra ele virar escravo?
Então, eles venderam José para os
homens por 20 moedas. Depois, molharam
a roupa de José no sangue de um bode
para parecer que um animal tinha matado
José. Daí, eles mandaram a roupa de volta
para Jacó e perguntaram:
— Essa roupa é de José, não é?
Jacó pensou que seu filho tinha morrido
e ficou muito triste. Ninguém conseguia ajudar Jacó a se sentir melhor.
Quando chegou no Egito, José foi comprado por um homem importante
chamado Potifar e se tornou escravo dele. Mas Jeová continuou ajudando
José. Potifar viu que José trabalhava bem e que podia confiar nele. Em pouco
tempo, Potifar deixou José cuidar de tudo o que ele tinha.
A esposa de Potifar começou a notar que José era forte e bonito. Todo dia
ela pedia para José fazer sexo com ela. O que José fazia? Ele sempre dizia:

40
— Não! Não posso. Isso é errado. Você é casada com Potifar,
e ele confia em mim. E se eu fizer sexo com você, Jeová vai ficar
muito triste comigo. Eu não quero que isso aconteça!
Um dia, a esposa de Potifar tentou obrigar José a fazer
sexo com ela. Ela agarrou José pela roupa, mas ele saiu
correndo. Quando Potifar chegou em casa, a esposa
dele mentiu e disse:
— José tentou me agarrar!
Potifar ficou muito bravo! Então, ele mandou
José para a prisão. Será que Jeová se esqueceu
de José? Vamos ver.

Sabe responder? O que os irmãos de José fizeram


com ele? Por que José foi parar na prisão?
Gênesis 37:1-36; 39:1-23; Atos 7:9

“Humilhem-se sob a mão


poderosa de Deus, para que ele
os enalteça no tempo devido.”
— 1 Pedro 5:6
15 Jeová nunca esqueceu de José
Enquanto José estava na prisão, Faraó, o rei do Egito, teve alguns sonhos
que ninguém conseguia entender. Mas um homem disse para Faraó que José
poderia explicar os sonhos. Então, Faraó mandou buscar José na prisão. José
explicou:
— Durante sete anos, o Egito vai ter muito alimento e depois vai passar por
sete anos de muita fome. Então, escolha um homem inteligente pra guardar
alimento durante os sete anos bons. Assim, o povo não vai morrer de fome.
Por que José conseguiu explicar os sonhos de Faraó? Porque Jeová ajudou
José. E Faraó gostou tanto de entender o sonho que escolheu José para guardar
alimento. Faraó fez de José o segundo homem mais importante do Egito.
Durante sete anos, José guardou bastante alimento. Daí, chegaram os anos
de fome. A fome foi tão grande que pessoas de todos os lugares iam para o
Egito comprar alimento. Até Jacó, lá em Canaã, ficou sabendo que o Egito tinha
alimento. Então, mandou seus filhos ir para lá.
Quando chegaram no Egito, os irmãos de José foram falar com o homem
que vendia alimentos. Quando o viram, se ajoelharam na frente dele, mas não
reconheceram que aquele homem era José. Mas José reconheceu seus irmãos e
se lembrou do sonho que teve quando era mais novo. Para saber se seus irmãos
ainda eram malvados, José disse para eles:
— Vocês são espiões! Vocês só querem lutar contra o Egito!
— Não, não somos espiões! Nós viemos de Canaã. Éramos 12 irmãos, mas um
irmão nosso morreu, e o mais novo ficou com nosso pai.
— Se vocês trouxerem seu irmão mais novo aqui, eu vou acreditar em vocês.
Então, os irmãos de José voltaram para Canaã. Depois de um tempo, eles

42
“Se não perdoarem aos
foram de novo para o Egito comprar mais alimento. homens as falhas deles,
o seu Pai também não
Dessa vez, levaram Benjamim, o irmão mais novo, com perdoará as falhas de
eles. Quando encontraram José, mais uma vez não o vocês.” — Mateus 6:15
reconheceram. Aí, José decidiu fazer um teste com seus
irmãos. Ele escondeu um copo de prata nas coisas de
Benjamim e disse:
— Eles roubaram meu copo de prata! Revistem esses homens!
Os empregados de José fizeram isso e encontraram o copo na sacola de
Benjamim. Os irmãos de José ficaram muito assustados. Mas eles não foram
malvados com Benjamim como tinham sido com José. Eles imploraram:
— Por favor, senhor, não castigue Benjamim por isso. Castigue a gente.
Isso fez José ter certeza que seus irmãos tinham mudado. Então, ele não
conseguiu mais se segurar. Chorando muito, José disse:
— Eu sou José! Irmão de vocês. Meu pai ainda está vivo?
Seus irmãos não conseguiam acreditar! José estava vivo! Mas será que José
estava com raiva deles? Não. Para provar que tinha perdoado os irmãos, José
disse:
— Não precisam ficar com vergonha do que fizeram comigo. Deus me mandou
pra cá pra salvar a vida de vocês. Mas, por favor, tragam logo meu pai aqui!
Os irmãos de José voltaram para Canaã e contaram a boa notícia para Jacó.
Daí, a família toda foi morar no Egito. Depois de muitos anos, finalmente José e
seu pai estavam juntos outra vez.

Sabe responder? Por que José conseguiu explicar os sonhos de Faraó?


O que José falou para mostrar que tinha perdoado seus irmãos?
Gênesis 40:1–45:28; 46:1-7, 26-34; Salmo 105:17-19; Atos 7:9-15
16 A história de Jó
Será que uma pessoa boa nunca tem problemas? Veja o que aconteceu
com Jó. Ele morava em um lugar chamado Uz. Era muito rico e tinha uma
família grande. Jó era um homem bom e era amigo de Deus. Ele ajudava as
pessoas pobres, as mulheres que tinham perdido o marido e as crianças que
não tinham pai nem mãe.
Jó não sabia, mas Satanás estava de olho nele. Jeová
sabia disso e perguntou para Satanás:
— Por que você está de olho em Jó? Não tem ninguém
como ele na Terra inteira. Ele sempre me obedece e faz o que
é certo.
— Claro! O Senhor não deixa nada ruim acontecer com ele.
E dá muitas coisas boas para ele, como terras e animais. Mas
tire tudo que ele tem, e vamos ver se ele vai continuar a ser
seu amigo.
— Está bem. Eu deixo você fazer o que quiser com Jó. Só não tire a vida
dele.
Por que Jeová deixou Satanás fazer isso? Porque ele confiava muito em Jó.
Jeová sabia que Jó continuaria sendo amigo dele, mesmo na pior situação.
Então, Satanás começou a fazer coisas ruins com Jó. Primeiro, fez todos
os animais de Jó serem queimados ou roubados e fez os empregados que
cuidavam dos animais serem mortos. Mas aí, Satanás fez algo muito pior. Fez
todos os filhos de Jó morrerem. Eles estavam juntos em uma casa, fazendo
uma festa, e a casa caiu em
cima deles. Jó ficou muito
triste com tudo isso, mas
continuou sendo amigo de
Jeová.
Satanás queria que Jó
sofresse mais ainda. Então,
ele fez o corpo de Jó ficar
cheio de feridas que doíam
muito. Jó não sabia por que
“Vocês ouviram falar da
tudo isso estava acontecendo com ele. Mesmo assim, perseverança de Jó e
viram o resultado que
ele não desistiu de ser amigo de Jeová. Por isso, Jeová
Jeová proporcionou.”
ficou muito feliz. — Tiago 5:11
Depois, Satanás fez com que três amigos de Jó
fossem falar mentiras para ele. Esses amigos disseram que Jó tinha feito
alguma coisa errada, e que Deus estava dando um castigo para ele. Jó disse
que nunca tinha feito nada de errado. Mas ele começou a achar que era
mesmo Jeová que estava fazendo essas coisas ruins. Jó até disse que Deus
não estava sendo justo com ele.
Um homem chamado Eliú estava ali, quieto, ouvindo toda a conversa.
Então, ele decidiu falar:
— Tudo o que vocês estão falando não é verdade. A gente pode até
não entender por que Jeová deixou essas coisas ruins acontecer. Mas, com
certeza, ele nunca faria alguma maldade. Ele vê tudo o que acontece e ajuda
as pessoas quando elas têm problemas.
Depois disso, Jeová decidiu falar com Jó:
— Por que você acha que a culpa é minha? Se você nem entende como
eu criei o céu e a Terra, como vai entender por que essas coisas estão
acontecendo?
— Jeová, o Senhor tem razão. Eu sei que o Senhor é a pessoa mais poderosa
que existe. Eu sou um simples homem que não sabe de nada. Me desculpe
pelo o que eu falei.
Depois de tudo isso, Jeová curou Jó de sua doença e deu para
ele muito mais do que tinha antes. Jó viveu por muitos anos e
foi muito feliz. Jeová fez tudo isso porque Jó sempre
obedecia a ele, mesmo quando era difícil. E você?
Quer deixar Jeová feliz, assim como Jó? Então,
continue a ser amigo de Jeová, não importa o que
aconteça.

Sabe responder? O que Satanás fez com Jó?


Depois de tudo o que Jó passou, que coisas boas
Jeová deu para ele?
Jó 1:1–3:26; 4:7; 32:1-5; 34:5, 21; 35:2; 36:15, 26;
38:1-7; 40:8; 42:1-17

45
17 Moisés não se esqueceu de Jeová
Você lembra que a família de Jacó tinha ido morar no Egito? Lá,
a família dele começou a crescer, e eles ficaram conhecidos como
israelitas. Muito tempo depois de Jacó e José morrerem, um novo Faraó
se tornou o rei do Egito. Ele ficou com medo quando viu que tinha mais
israelitas do que egípcios. Por isso, obrigou os israelitas a trabalhar nas
plantações e a fazer tijolos. Mas não adiantou. Então, Faraó mandou
matar todos os meninos israelitas que nascessem. Os israelitas devem
ter ficado muito assustados, não acha?
Nessa época, uma mulher israelita chamada Joquebede teve um
lindo bebê. Para Faraó não matar o menino,
Joquebede o colocou dentro de uma cesta e
escondeu a cesta entre as plantas que nasciam
no rio Nilo. A irmã do menino, chamada Miriã,
ficou por perto para ver o que ia acontecer.
Então, a filha de Faraó foi tomar banho no
rio Nilo. Quando chegou lá, viu a cesta e um
bebê chorando. Ela ficou com muita pena dele.

46
Miriã foi até a filha de Faraó e perguntou:
— Quer que eu chame uma mulher pra cuidar do bebê pra você?
A filha de Faraó disse que sim. Aí, Miriã foi chamar sua própria mãe,
Joquebede. A filha de Faraó disse para Joquebede:
— Leve esse bebê e cuide dele pra mim. Eu vou te pagar por isso.
Quando o menino cresceu um pouco, Joquebede o levou para a filha
de Faraó. A filha de Faraó chamou o menino de Moisés e cuidou dele
como se fosse seu próprio filho. Moisés foi criado como
um príncipe e podia ter tudo o que queria. Mas ele sabia
que era israelita e escolheu ficar com o povo
de Jeová.
Quando tinha 40 anos, Moisés decidiu
ajudar seu povo. Um dia, ele viu um egípcio
batendo num israelita. Aí, Moisés bateu no
egípcio. Mas bateu tão forte que o egípcio
morreu. Então, ele enterrou o egípcio na areia.
Só que Faraó descobriu e tentou matar
Moisés. Por isso, Moisés fugiu para um lugar
chamado Midiã. Mas Jeová continuou
cuidando dele.

Sabe responder? Como os israelitas foram tratados


no Egito? Por que Moisés fugiu de lá?
Gênesis 49:33; Êxodo 1:1-14, 22; 2:1-15; Atos 7:17-29;
Hebreus 11:23-27

‘Pela fé Moisés se recusou a


ser chamado filho da filha
de Faraó, escolhendo ser
maltratado com o povo de
Deus.’ — Hebreus 11:24, 25
18 Deus fala com Moisés
Moisés ficou morando em Midiã por 40 anos. Lá ele se casou e teve
filhos. Um dia, ele estava perto do monte Sinai cuidando de suas ovelhas.
Então, ele viu algo muito estranho. Uma pequena árvore estava pegando
fogo, mas não se queimava! Moisés quis ver de perto o que estava
acontecendo. Quando ele chegou perto da árvore, ouviu uma voz dizer:
— Moisés! Pare onde você está. Respeite o lugar que você está pisando e
tire suas sandálias.
Era Jeová que estava falando com Moisés. Moisés ficou com medo e
cobriu o rosto. Jeová disse:
— Eu sei que os israelitas estão sofrendo muito. Eu vou levar todos
eles pra morar num lugar muito bom. Eles não serão mais escravos dos
egípcios. E eu escolhi você pra tirar o meu povo do Egito.
Moisés deve ter ficado com muito medo quando
“Não fiquem preocupados Jeová disse isso para ele. Por isso, perguntou:
com o que falar ou — Mas e se eles perguntarem quem me mandou
como falar, porque pra ajudá-los? O que eu falo?
naquela hora lhes será
dado o que falar.” — Diga a eles que foi Jeová, o Deus de Abraão, o
— Mateus 10:19 Deus de Isaque e o Deus de Jacó, que mandou você.
— E se eles não acreditarem em mim?
Como Moisés ainda estava com medo, Jeová decidiu dar uma prova de
que iria ajudá-lo. Ele mandou Moisés jogar o seu bastão no chão. Quando o
bastão caiu no chão, ele se transformou numa cobra! Moisés agarrou a
cobra pela cauda, e ela se transformou em bastão de novo. Jeová disse:
— Quando os israelitas virem você fazendo isso, vão acreditar que fui eu
que mandei você.
— Mas, Senhor, pra mim é difícil falar na frente de outras pessoas.
— Eu vou te dizer o que você vai falar. E seu irmão Arão vai com você.
Moisés agora tinha certeza que Jeová iria ajudá-lo. Então, ele foi com a
esposa e com os filhos de volta para o Egito.

Sabe responder? Que coisa estranha Moisés viu? O que Jeová queria que Moisés fizesse?
Êxodo 3:1–4:20; Atos 7:30-36

48
19 As três primeiras pragas
Lá no Egito, os israelitas eram obrigados a trabalhar como escravos. Para
ajudar seu povo, Jeová mandou Moisés e Arão dizer para Faraó:
— Deixe meu povo ir embora do Egito. Eu quero que eles me adorem no
deserto.
Mas Faraó era muito orgulhoso e não queria obedecer a Jeová. Ele disse:
— Eu não tô nem aí para o que Jeová disse. Não vou deixar os israelitas ir
embora!
Só de raiva, Faraó fez os israelitas trabalhar ainda mais. Por isso, sabe o
que Jeová fez? Ele fez acontecer dez coisas horríveis no Egito, chamadas de
pragas. Jeová disse para Moisés:
— Diga pra Faraó que, já que ele não quer me obedecer, toda a água do
rio Nilo vai virar sangue.
Moisés foi falar com Faraó. E, quando Arão bateu o seu bastão na água
do rio Nilo, o rio se transformou em sangue! A água ficou cheirando mal, e
todos os peixes morreram. Não dava mais para beber a água do Nilo. Mesmo
vendo tudo isso, Faraó não quis deixar os israelitas ir embora. Uma semana
depois, Jeová disse para Moisés:

50
“Farei com que conheçam o meu poder e a
minha força, e terão de saber que o meu
nome é Jeová.” — Jeremias 16:21

— Vá falar com Faraó de novo. Diga que, se ele não mandar meu povo
embora, o Egito vai ficar cheio de sapos.
Faraó não quis obedecer a Jeová. Então, Arão levantou o seu bastão e
o Egito ficou cheio de sapos. Os sapos estavam em todo lugar: dentro das
casas, em cima das camas e até dentro das tigelas. Quando isso aconteceu,
Faraó disse para Moisés:
— Por favor, peça pra Jeová acabar com esses sapos. Eu prometo que deixo
os israelitas ir embora.
Então, Jeová parou aquela praga e todos os sapos morreram. O Egito inteiro
ficou cheirando mal. Os egípcios juntaram montes e mais montes de sapos
mortos. Mesmo assim, Faraó outra vez não quis deixar os israelitas ir embora.
Por isso, Jeová disse para Moisés:
— Diga pra Arão bater o bastão dele no chão, e a poeira vai se transformar
em mosquitos.
Arão fez isso, e milhares de mosquitos apareceram. Quando os egípcios
viram aquele monte de mosquitos, disseram para Faraó:
— Isso só pode ser coisa de Deus!
Mas Faraó não quis deixar os israelitas ir embora.

Sabe responder? Quais foram as três primeiras pragas?


Por que Jeová fez essas pragas acontecerem?
Êxodo 5:1-18; 7:8–8:19; Neemias 9:9, 10

51
20 Mais seis pragas
Moisés e Arão foram falar mais uma vez com Faraó:
— Deus disse que, se você não deixar os israelitas ir embora, ele vai encher o
Egito de moscões.
Então, milhares de moscões encheram as casas dos egípcios. Mas os
moscões não entraram nas casas dos israelitas. Essa praga e as que vieram
depois eram diferentes. Elas só aconteceram com os egípcios. Quando viu
isso, Faraó disse:
— Moisés, peça pra Jeová acabar com esses moscões e eu deixo vocês ir
embora.
Então, Jeová acabou com todos os moscões. Mas Faraó não deixou os
israelitas ir embora. Por isso, Jeová disse:
— Se Faraó não deixar meu povo ir embora, os animais do Egito vão ficar
doentes e vão morrer.
E isso aconteceu no dia seguinte. Só que os animais dos israelitas
continuaram vivos. Faraó ficou sabendo disso, mas como era muito teimoso
não quis deixar os israelitas ir embora. Assim, Jeová disse para Moisés:
— Pegue as cinzas de um forno e jogue no ar na frente
de Faraó.
“Vocês verão Moisés fez isso e o ar ficou cheio de poeira. Aí, quando
novamente a
diferença entre uma a poeira foi caindo, os egípcios e seus animais ficaram
pessoa justa e uma cheios de feridas que doíam muito. Mesmo assim, Faraó
pessoa má, entre não quis deixar os israelitas ir embora. Então, mais uma
quem serve a Deus e vez Jeová mandou Moisés falar com Faraó:
quem não o serve.” — Como você não quer deixar o meu povo ir embora,
— Malaquias 3:18 amanhã vai chover pedras de gelo em todo o Egito.

52
No dia seguinte, Jeová fez cair uma chuva muito forte, com
pedras de gelo, raios e trovões. Nunca tinha acontecido nada
assim no Egito. A chuva destruiu todas as árvores e plantações. Mas não
choveu pedras de gelo onde os israelitas moravam. Faraó disse para Moisés:
— Por favor, peça pra Jeová parar com essa chuva. Daí vocês podem ir
embora.
Moisés falou com Jeová, e aquela chuva forte parou. Mas Faraó mudou de
ideia outra vez. Então, Moisés disse:
— Todas as plantas que a chuva não destruiu, os gafanhotos vão comer.
Então, milhões de gafanhotos encheram o Egito e comeram todas as árvores
e plantas que tinham sobrado. Faraó disse:
— Por favor, peça pra Jeová tirar esses gafanhotos daqui.
Jeová fez os gafanhotos sumirem, mas Faraó não deixou os israelitas ir
embora. Por isso, Jeová mandou Moisés estender a mão para o céu. Quando
Moisés fez isso, de repente ficou tudo escuro. Durante três dias, os egípcios
não conseguiram ver nada nem ninguém. Só os israelitas tinham luz em casa.
Faraó chamou Moisés e disse:
— Está bem, Moisés. Você e seu povo podem ir embora. Mas os seus bois e
ovelhas ficam.
— Eles precisam ir com a gente. Queremos dar nossos animais de presente
pra Jeová.
Faraó ficou muito bravo e gritou com Moisés e Arão:
— Sumam da minha frente! Se aparecerem aqui de novo, eu mato vocês!

Sabe responder? Que outras seis pragas aconteceram no Egito?


Por que elas eram diferentes das três primeiras?
Êxodo 8:20–10:29

53
21 A décima praga
Moisés prometeu para Faraó que não voltaria mais para vê-lo. Mas, antes
de ir embora, Moisés disse:
— Por volta da meia-noite, todos os filhos mais velhos dos egípcios vão
morrer. Nenhuma família vai escapar. Nem a dos escravos nem a sua.
Então, Jeová mandou os israelitas fazerem um jantar especial naquela
noite. Deus disse:
— Matem um cordeiro ou um cabrito de um ano de idade. Peguem um
pouco do sangue dele pra passar em volta da porta de sua casa. Assem a
carne dele e comam junto com pão assado sem fermento. Fiquem prontos
pra ir embora. Hoje à noite, eu vou tirar vocês do Egito.
Imagine como os israelitas se sentiram
felizes! Finalmente eles iam sair do Egito!
À meia-noite, o anjo de Jeová foi
passando em todas as casas no Egito.
Quando ele não via sangue em volta da
porta da casa, ele entrava e matava o filho
mais velho daquela família. Mas quando via
que a porta da casa estava pintada de
sangue, ele não entrava nela. Por isso, toda
família egípcia, da mais rica até a mais
pobre, perdeu o filho mais velho. Mas
nenhum filho de israelita morreu.
Até o filho mais velho de Faraó morreu.
Faraó não estava mais aguentando tudo
aquilo. Por isso, ele mandou alguém
chamar depressa Moisés e Arão e disse:
— Vocês e seu povo podem ir embora.

“É exatamente por esta razão que deixei


você permanecer: para que, no seu caso,
eu mostre o meu poder e para que o meu
nome seja declarado em toda a terra.”
— Romanos 9:17
Vão e adorem o seu Deus. Levem os seus animais e saiam já daqui!
Assim, naquela noite de lua cheia, os israelitas saíram do Egito. Mas
saíram de lá organizados em grupos. Havia 600 mil homens israelitas e
muitas mulheres e crianças. E muitas pessoas que não eram israelitas
também foram embora com eles para adorar a Jeová. Finalmente os
israelitas estavam livres!
Para nunca se esquecerem de como Jeová tirou os israelitas do Egito, todo
ano eles faziam aquele mesmo jantar especial. Os israelitas chamavam esse
jantar de Páscoa.

Sabe responder? Qual foi a décima praga?


O que os israelitas tiveram que fazer para escapar dela?
Êxodo 11:1–12:42; 13:3-10

55
22 Um milagre no Mar Vermelho
Quando Faraó soube que os israelitas tinham saído do Egito, ele gritou
para seus guerreiros:
— Preparem meus carros de guerra! Vamos atrás deles! A gente não devia
ter deixado esse povo ir embora!
Enquanto isso, Jeová ia mostrando o caminho por onde os israelitas
deviam ir. Sabe como? De dia ele usava uma nuvem e de noite ele usava uma
luz de fogo. Depois de um tempo, os israelitas chegaram no Mar Vermelho, e
Jeová mandou o povo esperar um pouco.
Ali, os israelitas viram Faraó e seu exército vindo atrás deles. Eles estavam
sem saída. Na frente deles estava o Mar Vermelho, e atrás os egípcios. Os
israelitas ficaram com tanto medo que falaram que queriam voltar para o
Egito. Mas Moisés confiava muito em Jeová. Ele disse:
— Não tenham medo. Vamos esperar e ver como Jeová vai nos salvar.
Então, Jeová disse para os israelitas se prepararem para continuar a
viagem. Daí, Jeová fez a nuvem que estava na frente dos israelitas ir para trás
deles. A nuvem ficou na frente dos egípcios. Aí, o lado onde os israelitas
estavam ficou claro e o lado dos egípcios ficou bem escuro.
Jeová disse para Moisés levantar a mão sobre o Mar Vermelho. Aí, Jeová
fez um vento forte soprar o mar a noite toda. Por causa do vento, o mar foi se
dividindo em duas partes, que pareciam duas paredes enormes feitas de
água. E no meio dessas duas paredes apareceu um caminho. Milhões de
israelitas entraram nesse caminho e andaram em terra seca até chegar no
outro lado do mar.
Faraó e seus guerreiros foram atrás dos israelitas pelo caminho que Jeová
tinha aberto no mar. Mas aí Jeová causou uma grande confusão entre os
guerreiros de Faraó e soltou as rodas dos seus carros de guerra. Os egípcios
gritaram:
— Vamos embora daqui! Jeová está lutando pelos israelitas.
Então, Jeová mandou Moisés levantar a mão novamente sobre o
Mar Vermelho. Quando Moisés fez isso, as duas paredes de água desabaram
de uma vez só em cima dos egípcios. Faraó e todos os seus guerreiros
morreram. Não sobrou nenhum deles.
Do outro lado do mar, os israelitas viram o que Jeová tinha feito. Então,
para agradecer a ele, as mulheres começaram a dançar e todos cantaram:
— Cantem para Jeová, porque hoje todos sabem como ele é poderoso!
Ele lançou no mar os cavalos e seus cavaleiros.
Todo mundo estava muito feliz. Finalmente os israelitas estavam livres
de verdade!

Sabe responder? Por que os israelitas estavam com medo?


O que Jeová fez para ajudar os israelitas?
Êxodo 13:21–15:21; Neemias 9:9-11; Salmo 106:9-12; 136:11-15; Hebreus 11:29

“Para que fiquemos cheios de coragem


e digamos: ‘Jeová é o meu ajudador;
não terei medo. O que me pode fazer
o homem?’ ” — Hebreus 13:6

57
5
Dois meses depois de atravessarem o Mar Vermelho, os israelitas
chegaram no monte Sinai. Lá, Jeová fez um pacto com Israel e disse
que eles seriam seu povo especial. Jeová protegeu os israelitas e
deu o que eles precisavam: maná para comer, roupas que não se
gastavam e um lugar seguro para morar. Se você é pai ou mãe,
ajude seu filho a entender por que Jeová deu aos israelitas a Lei,
o tabernáculo e o sacerdócio. Mostre como é importante
cumprirmos nossas promessas, continuarmos humildes e sempre
sermos leais a Jeová.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Quando prometer algo para Jeová, faça o que prometeu.

˛ Quem é orgulhoso, egoísta e rebelde sempre se dá mal.

˛ Muitas vezes, os israelitas foram desobedientes, mas Jeová foi


paciente e cuidou deles.

59
23 Uma promessa importante
Uns dois meses depois de saírem do Egito, os israelitas chegaram perto
do monte Sinai e ficaram ali por um tempo. Aí, Jeová mandou Moisés subir o
monte Sinai e disse:
— Eu salvei os israelitas. Se eles fizerem tudo o que eu mandar, eles vão se
tornar um povo especial pra mim.
Moisés desceu do monte e contou para os israelitas o que Jeová tinha dito.
Sabe o que os israelitas disseram?
— Nós vamos fazer tudo o que Jeová mandar.
Moisés subiu outra vez o monte Sinai. Jeová disse para ele:
— Vou falar com os israelitas daqui a três dias. Diga pra eles não subirem o
monte Sinai.
Moisés desceu do monte e disse para os israelitas se prepararem, porque
Jeová tinha algo importante para falar.
Três dias depois, os israelitas viram raios e uma nuvem escura cobrindo
o monte Sinai. Eles também ouviram trovões bem altos e o som de uma
buzina. Daí, eles viram fogo descendo no monte. Quando viram tudo isso, os
israelitas ficaram com muito medo. O monte
ficou coberto de fumaça e tremendo bem
“Ame a Jeová, seu Deus, de todo forte, e o som da buzina ficou cada vez mais
o seu coração, de toda a sua alto. Então, do meio do fogo, os israelitas
alma e de toda a sua mente.”
— Mateus 22:37 ouviram a voz de Deus dizendo:
— Eu sou Jeová. Vocês não podem adorar
nenhum outro deus.
Moisés subiu mais uma vez o monte Sinai, e Jeová falou para ele as leis
que os israelitas tinham que obedecer. Essas leis diziam como os israelitas
deviam adorar a Deus. Também explicavam que coisas eles podiam fazer e as
que não podiam. Moisés anotou tudo e leu as leis para os israelitas. Aí, os
israelitas prometeram:
— Jeová, nós vamos fazer tudo o que Senhor mandar.
Mas será que eles fizeram mesmo o que tinham prometido?

Sabe responder? O que aconteceu no monte Sinai? O que os israelitas prometeram fazer?
Êxodo 19:1–20:21; 24:1-8; Deuteronômio 7:6-9; Neemias 9:13, 14

60
24 Eles não fizeram o que
tinham prometido
Jeová disse para Moisés subir o monte Sinai.
Moisés ficou lá por 40 dias. Então, Jeová escreveu
dez leis muito importantes em duas tábuas de
pedra. Essas leis são chamadas de os Dez
Mandamentos.
Depois de algum tempo, os israelitas
começaram a achar que Moisés não ia voltar mais.
Eles disseram para Arão:
— Moisés sumiu. Precisamos de alguém pra nos
tirar daqui. Faça um deus pra nós.
Então, Arão pediu ouro para os israelitas. Ele
pegou o ouro, derreteu e fez um bezerro. Quando ficou pronto, os israelitas
começaram a adorar o bezerro e até fizeram uma festa para ele. Os
israelitas diziam:
— Este bezerro é o nosso Deus! Foi ele que nos tirou do Egito!
Será que os israelitas podiam ter feito isso? Não, não podiam. Eles
tinham prometido adorar só a Jeová. Mas não estavam fazendo o
que tinham prometido.

“Sempre que você fizer um


voto a Deus, não demore
a cumpri-lo, pois ele não
se agrada dos tolos.
O que votar, cumpra.”
— Eclesiastes 5:4

62
Quando viu isso, Jeová disse para Moisés:
— É melhor você descer pra ver os israelitas. Eles estão me
desobedecendo. Eles fizeram um deus falso e estão adorando a ele.
Moisés desceu o monte Sinai segurando as duas tábuas de pedra.
Quando chegou perto de onde os israelitas estavam, ele ouviu o povo
cantando. E quando chegou mais perto, viu os israelitas dançando e
adorando o bezerro de ouro. Moisés ficou muito bravo com isso. Ele pegou
as tábuas de pedra e jogou no chão. Jogou com tanta força que elas se
quebraram. Daí, ele destruiu o bezerro. Moisés perguntou:
— Arão, por que você deixou o povo te convencer a fazer esse bezerro?
Isso foi muito, mas muito errado!
— Moisés, por favor, não fique bravo. Você conhece esses israelitas. Eles
queriam um deus. Aí, eles me trouxeram ouro. Eu peguei o ouro, joguei no
fogo e saiu esse bezerro!
Então, Moisés subiu o monte Sinai outra vez e implorou para Jeová
perdoar os israelitas. Jeová só perdoou aqueles que queriam obedecer a ele.
Viu só? Para Jeová, a obediência é muito importante.

Sabe responder? O que os israelitas fizeram quando acharam que Moisés tinha sumido?
O que Moisés fez quando voltou?
Êxodo 24:12-18; 32:1-30
25 Um lugar para adorar a Jeová
Lá no monte Sinai, Jeová mandou Moisés construir um lugar especial
chamado tabernáculo. Ali, os israelitas iam poder adorar a Jeová.
Moisés devia construir o tabernáculo de um jeito que desse para montar,
desmontar e carregar.
Para ajudar na construção, Jeová pediu para os israelitas darem o que
podiam. Então, os israelitas deram ouro, prata, cobre, pedras preciosas,
joias, lã, tecidos, peles de animais e muito mais. Eles deram tantas
coisas que Moisés teve que dizer:
— Já está bom. Não precisam
trazer mais nada.
Muitos homens e mulheres
que sabiam fazer coisas
diferentes ajudaram a construir
o tabernáculo. Enquanto alguns
trabalhavam com tecidos,
outros trabalhavam com pedras
preciosas, ouro ou madeira.
Jeová ajudou os israelitas a
aprender tudo o que
precisavam para fazer essa
construção.
Os israelitas construíram o
tabernáculo como Jeová tinha
mandado. Do lado de fora do
tabernáculo ficava o pátio. Ali
tinha uma bacia de cobre e um
grande altar. Do lado de dentro, tinha uma cortina bem bonita que
dividia o tabernáculo em duas partes. Uma se chamava Santo e a outra
Santíssimo. Dentro do Santo, ficava um candelabro de ouro, uma mesa e
um altar. E dentro do Santíssimo ficava uma caixa feita de madeira e de
ouro chamada arca do pacto. Você sabe o que é um pacto? É uma
promessa especial. E a arca do pacto servia para lembrar os israelitas

64
“Então ouvi uma voz alta do trono
dizer: ‘Veja! A tenda de Deus está
que eles tinham prometido adorar e com a humanidade; ele residirá
obedecer só a Jeová. com eles, e eles serão o seu povo.
Jeová escolheu os filhos de Arão para O próprio Deus estará com eles.’ ”
— Apocalipse 21:3
ser sacerdotes. Eles deviam cuidar do
tabernáculo e das ofertas que o povo
levava para Jeová. Jeová escolheu Arão
para ser o sumo sacerdote. Só ele podia entrar no Santíssimo, e
apenas uma vez por ano. Sabe para quê? Para pedir perdão a Jeová
pelas coisas erradas que ele, seus filhos e os israelitas faziam.
O tabernáculo ficou pronto um ano depois de os israelitas
saírem do Egito. Finalmente eles tinham um lugar para adorar
a Jeová. Ali, eles sentiam que Jeová estava com eles.
Jeová fez uma nuvem aparecer em cima do tabernáculo.
Enquanto a nuvem ficava parada, os israelitas continuavam no
mesmo lugar. Mas, quando ela subia, eles sabiam que era hora
de continuar a viagem. Então, eles desmontavam o
tabernáculo e seguiam a nuvem.

Sabe responder? O que Jeová disse para Moisés construir?


Jeová escolheu Arão e os filhos dele para fazerem o quê?
Êxodo 25:1-9; 31:1-11; 40:33-38; Hebreus 9:1-7
26 Os 12 espiões
Os israelitas saíram do monte Sinai e viajaram pelo deserto. Quando
chegaram num lugar chamado Cades, Jeová disse para Moisés escolher
12 homens, um de cada tribo, para espiar Canaã. Moisés disse para os 12:
— Entrem em Canaã e descubram se lá a terra é boa para plantar. Vejam
como são as cidades e se o povo de Canaã é forte ou fraco.

Assim, os 12 espiões foram para Canaã. Depois de 40 dias, os espiões


voltaram de Canaã e trouxeram figos, romãs e uvas. Aí, eles contaram
para os israelitas o que viram:
— O lugar é bom, mas o povo que mora lá é forte. E as cidades têm
muros bem altos.
Mas Calebe, um dos espiões, disse:
— Mesmo assim, a gente pode ganhar deles. Vamos lá agora mesmo!
Por que Calebe falou isso? Porque ele confiava muito em Jeová. E outro
espião chamado Josué também. Só que os outros dez espiões disseram:
— De jeito nenhum! Os cananeus são muito grandes. Parecem
gigantes! Perto deles, a gente fica parecendo gafanhoto.
Quando ouviram isso, os israelitas ficaram com muito medo dos
cananeus. Eles começaram a reclamar e a dizer que queriam voltar para o
Egito. Josué e Calebe tentaram acalmar os israelitas:

66
— Não precisam ter medo deles. Jeová vai nos proteger. É só a gente
continuar obedecendo a Ele.
Mas os israelitas não queriam nem saber. Eles até queriam matar Josué
e Calebe! O que será que Jeová achou de tudo isso? Ele falou para Moisés:
— Fiz tanta coisa pelos israelitas, e mesmo assim eles não querem me
obedecer. Por isso, eles vão ficar morando no deserto por 40 anos, e é lá
que eles vão morrer. Os únicos que vão entrar em Canaã são Josué, Calebe
e os filhos dos israelitas.

Sabe responder? O que aconteceu quando os 12 espiões voltaram de Canaã?


Como Josué e Calebe mostraram que confiavam em Jeová?
Números 13:1–14:38; Deuteronômio 1:22-33; Salmo 78:22;
Hebreus 3:17-19

“Por que vocês estão com tanto medo,


homens de pouca fé?” — Mateus 8:26
27 Jeová castigou os rebeldes
Um tempo depois, quando os israelitas ainda estavam no deserto,
alguns homens ficaram rebeldes. Eles não queriam mais obedecer a
Moisés. Eles se chamavam Corá, Datã e Abirão. E mais 250 homens
ficaram do lado deles. Eles disseram para Moisés:
— Já estamos cansados de vocês! Por que você acha que pode
mandar na gente? E por que só Arão pode ser o sumo sacerdote?
Jeová não está só com vocês. Está com a gente também.
Jeová não gostou nada disso. Para Jeová, aqueles homens estavam
se rebelando contra ele! Moisés respondeu para Corá e para os outros
homens:
— Venham amanhã para o tabernáculo e tragam incenso para
queimar. Jeová vai mostrar quem ele escolheu.
No dia seguinte, Corá e os 250 homens foram se encontrar com
Moisés no tabernáculo e começaram a queimar incenso. Mas só os
sacerdotes podiam fazer isso. Então, Jeová disse para Moisés e Arão:
— Saiam de perto de Corá e dos amigos dele.
Enquanto isso, Datã e Abirão estavam em suas barracas. Eles
desobedeceram a Moisés e não foram ao tabernáculo. Daí, Jeová disse
para todo mundo sair de perto das barracas de Corá, Datã e Abirão.

68
Todo mundo fez isso, menos Datã, Abirão e as famílias deles. De repente,
Jeová abriu um buraco enorme no chão e fez aqueles rebeldes cair dentro
dele! Daí, Jeová fez cair fogo do céu e queimou Corá e os 250 homens que
estavam lá no tabernáculo! Depois, Jeová disse
para Moisés: “Sejam obedientes
— Pegue 12 bastões, um para cada tribo de aos que exercem
Israel. Escreva no bastão o nome do chefe da tribo. liderança entre vocês
Mas no bastão da tribo de Levi escreva o nome de e sejam submissos.”
— Hebreus 13:17
Arão. Coloque os bastões no tabernáculo. Eu vou
fazer flores nascerem no bastão do homem que eu
escolher para ser sumo sacerdote.
No dia seguinte, Moisés foi ao tabernáculo pegar os bastões. Sabe o que
aconteceu? Nasceram flores no bastão de Arão. Moisés mostrou os bastões
para os homens mais importantes de cada tribo. Assim, todo mundo teve
certeza que Jeová tinha escolhido Arão para ser o sumo sacerdote.

Sabe responder? Por que Corá e os outros homens ficaram rebeldes?


Como Jeová provou que tinha escolhido Arão para ser sumo sacerdote?
Números 16:1–17:13; 26:9-11; Salmo 106:16-18
28 A jumenta de Balaão
Viajando pelo deserto por uns quarenta anos, os israelitas venceram
muitas guerras contra cidades fortes. Agora, eles estavam perto de um lugar
chamado Moabe. O rei de Moabe, que se chamava Balaque, ficou com medo
de lutar contra os israelitas e perder. Por isso, ele pediu para um homem
chamado Balaão vir para Moabe e falar que ia acontecer algo bem ruim com
os israelitas.
Mas Jeová disse para Balaão:
— Não fale nada de ruim contra os israelitas.
Por isso, Balaão não foi para Moabe. Daí, o rei Balaque mandou outra
mensagem para ele, dizendo:
— Se você vier, eu prometo que dou tudo o que você quiser.
Mesmo assim, Balaão não foi para Moabe. Mas Jeová disse para ele:
— Você pode ir, mas só fale o que eu mandar.
“Resguardem-se de todo Então, Balaão montou em sua jumenta e viajou
tipo de ganância, para Moabe. Mas decidiu que ia falar algo mau
porque, mesmo quando contra os israelitas. Por isso, durante a viagem, um
alguém tem abundância, anjo apareceu na estrada. Balaão não conseguia
sua vida não vem das ver o anjo, mas sua jumenta conseguia. Para se
coisas que possui.”
— Lucas 12:15 desviar do anjo, a jumenta saiu da estrada e Balaão
bateu nela. Mais para frente, o anjo apareceu de
novo. Quando a jumenta tentou se desviar do anjo,
ela se espremeu contra um muro e apertou o pé de Balaão no muro. Ele bateu
nela de novo. Daí, o anjo apareceu mais uma vez. Só que dessa vez a jumenta
não conseguiu se desviar. Por isso, ela deitou no meio da estrada. Então,
Balaão bateu na jumenta mais uma vez.
Nessa hora, Jeová fez a jumenta falar. Ela perguntou para Balaão:
— Por que você está me batendo?
— Porque você está me fazendo passar vergonha. Se eu tivesse uma
espada aqui, eu ia te matar!
— Você sempre montou em mim, não é? Eu já fiz isso com você antes?
Aí, Jeová deixou Balaão ver o anjo. O anjo disse:
— Jeová avisou que você não devia falar nada de ruim contra Israel, não foi?

70
— Eu errei. Vou voltar para casa.
— Você pode ir para Moabe. Mas só fale o que Jeová mandar.
Será que Balaão aprendeu a lição? Não. Quando chegou em Moabe, ele
tentou dizer que coisas ruins iam acontecer com os israelitas. E tentou fazer
isso três vezes. Mas Jeová fez Balaão dizer que iam acontecer coisas boas
com os israelitas. Depois, quando os israelitas invadiram Moabe, Balaão foi
morto. Teria sido muito melhor se Balaão tivesse obedecido a Jeová desde o
começo, não acha?

Sabe responder? Por que Balaão decidiu ir para Moabe?


O que aconteceu durante a viagem?
Números 22:1–24:25; 31:8; Neemias 13:2; 2 Pedro 2:15, 16; Judas 11
6
Quando os israelitas finalmente chegaram na Terra Prometida, o lugar que
eles iam para adorar a Jeová era o tabernáculo. Os sacerdotes ensinavam
as leis, e os juízes davam outras orientações de Deus para ajudar o povo a
saber o que fazer. As próximas histórias vão mostrar como as decisões e
ações de uma pessoa podem afetar a amizade dela com Jeová, bem como
levar outros a fazer o bem ou o mal. Deixe bem claro para seu filho como
Débora, Noemi, Josué, Ana, a filha de Jefté e Samuel foram excelentes
exemplos para outros que adoravam a Jeová. Mostre que Raabe, Rute,
Jael, os gibeonitas e outras pessoas que não serviam a Jeová decidiram
ficar do lado dos israelitas porque sabiam que Deus estava com eles.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Jeová usou juízes para ajudar o seu povo de maneiras incríveis.

˛ Jeová recompensou jovens e idosos por confiarem


totalmente nele.

˛ Para Jeová, não importa o país ou a história de vida


de uma pessoa, e sim se ela o ama e faz o que é certo.

73
29 Jeová escolhe Josué
Moisés cuidou dos israelitas por muitos anos. Mas sua vida já estava
chegando ao fim. Jeová disse para ele:
— Você não vai levar os israelitas pra Canaã, a terra que eu prometi dar
pra eles. Mas vou deixar você ver a terra de longe.
Então, Moisés pediu para Jeová escolher outro homem para cuidar
dos israelitas e Jeová escolheu Josué.
Assim, Moisés contou para os
israelitas que logo iria morrer.
Falou também que Jeová tinha
escolhido Josué para levá-los até
Canaã. Daí, Moisés disse para
Josué:
— Não tenha medo. Jeová vai
ajudar você.
Depois disso, Moisés subiu o
monte chamado Nebo. Ali, Jeová
deixou Moisés ver toda a terra que ele tinha prometido dar para Abraão,
Isaque e Jacó. Então, Moisés morreu quando tinha 120 anos.
Jeová disse para Josué:
— Atravesse o rio Jordão e entre em Canaã. Eu vou te ajudar, assim
como ajudei Moisés. Leia todo dia a lei que dei para os israelitas. Não
tenha medo. Seja corajoso. Vá e faça tudo o que eu mandei.

74
Assim, Josué mandou dois espiões para a
cidade de Jericó. Na próxima história, vamos
saber mais sobre o que aconteceu lá. Quando os
espiões voltaram, eles disseram que era a hora
certa de entrar em Canaã. Então, Josué falou
para os israelitas se prepararem, porque logo
iriam atravessar o rio Jordão. Ele mandou os
sacerdotes que carregavam a arca do pacto ir na
frente. Quando chegaram no
rio Jordão, viram que o rio “Jeová sempre o guiará
estava muito cheio, e que e lhe dará fartura até
atravessar poderia ser perigoso. Mas, quando os mesmo numa terra
sacerdotes colocaram os pés na água, o rio parou árida.” — Isaías 58:11
de correr e secou. Os sacerdotes ficaram parados
no meio do rio, esperando todos os israelitas atravessarem. Com certeza,
isso deve ter feito os israelitas se lembrarem do que Jeová tinha feito no
Mar Vermelho.
Finalmente, depois de tantos anos, os israelitas chegaram no lugar
que Jeová tinha prometido para eles. Eles poderiam construir casas e
cidades, e poderiam plantar o que quisessem. Era uma terra muito boa e
muito bonita.

Sabe responder? Quem ficou cuidando dos israelitas quando Moisés morreu?
O que aconteceu no rio Jordão?
Números 27:12-23; Deuteronômio 31:1-8; 34:1-12;
Josué 1:1–3:17
30 Raabe e os espiões
Quando os espiões chegaram em Jericó, eles ficaram na casa de
uma mulher chamada Raabe. Mas o rei de Jericó ficou sabendo disso e
mandou soldados ir até a casa de Raabe para prender os espiões.
Quando os soldados chegaram, Raabe falou para os espiões se
esconderem. Daí, ela disse para os soldados:
— Os espiões estavam aqui, mas já foram embora. Corram! Talvez
vocês consigam pegá-los.
Depois que os soldados foram embora, Raabe disse para os espiões:
— Eu sei que Jeová quer dar a cidade de Jericó para os israelitas. Por
isso, eu vou ajudar vocês. Mas, por favor, prometam que vão salvar a
minha família.
— A gente promete que todos os que estiverem dentro da sua casa
serão salvos. Você só tem que amarrar esta corda vermelha na sua
janela.
Então, os espiões fugiram pela janela e se esconderam nas
montanhas durante três dias. Depois foram se encontrar com Josué.

76
‘Da mesma maneira, não foi também
Raabe declarada justa por obras,
depois de receber os mensageiros
hospitaleiramente e de mandá-los
embora por outro caminho?’
— Tiago 2:25

Foi depois disso que os israelitas atravessaram o


rio Jordão. A primeira cidade que os israelitas
atacaram foi Jericó. Jeová mandou os israelitas
marchar uma vez por dia em volta da cidade.
Eles tinham que fazer isso durante seis dias.
No sétimo dia, eles marcharam sete vezes
ao redor da cidade. Os sacerdotes
tocaram as cornetas e os israelitas
gritaram com toda a força. Aí, os muros
de Jericó desabaram! Mas a casa de
Raabe, que ficava em cima do muro da
cidade, não caiu. Raabe confiou em Jeová e
fez o que os espiões falaram. Por isso, ela e a
família se salvaram.

Sabe responder? Por que Raabe ajudou os espiões?


O que os israelitas fizeram quando atacaram Jericó?
O que aconteceu com Raabe e a família dela?
Josué 2:1-24; 6:1-27; Hebreus 11:30, 31; Tiago 2:24-26

77
31 Josué e os gibeonitas
Canaã inteira ficou sabendo o que tinha acontecido em Jericó. Então,
os reis de Canaã decidiram lutar contra os israelitas. Mas as pessoas de
uma cidade de Canaã chamada Gibeão decidiram fazer de conta que não
eram de Canaã. Para isso, elas mandaram alguns homens vestirem roupas
bem velhas e falarem com Josué:
— Somos de um lugar bem longe. Ficamos sabendo do que Jeová fez por
vocês lá no Egito e em Moabe. Se vocês prometerem que não vão atacar
nossa cidade, nós vamos trabalhar como escravos pra vocês.
Josué acreditou neles e prometeu que não ia atacá-los. Mas, três dias
depois, Josué descobriu que eles não eram de um lugar distante, e sim de
Canaã. Josué perguntou para os gibeonitas por que eles tinham mentido.
Eles responderam:
— Porque ficamos com medo. Nós sabemos que Jeová está ajudando
vocês a ganhar a terra de Canaã. Por favor, não mate o nosso povo!
Então, Josué cumpriu o que tinha prometido e deixou os gibeonitas viver.
Pouco tempo depois, cinco reis cananeus foram lutar contra Gibeão.

78
“Deixem simplesmente que a
Mas Josué e seus soldados foram ajudar os sua palavra ‘sim’ signifique
sim, e o seu ‘não’, não; pois
gibeonitas. Eles marcharam uma noite inteira e tudo o que for além disso é
no dia seguinte, bem cedo, começaram a luta. do Maligno.” — Mateus 5:37
Os cananeus ficaram confusos, correndo para
todos os lados. Aí, Jeová fez pedras de gelo
bem grandes cair em cima deles. Então, Josué pediu para Jeová fazer o sol
ficar parado. Mas Josué nunca tinha visto o sol ficar parado antes. Por que
ele teve a ideia de pedir isso? Porque Josué confiava muito em Jeová. O sol
ficou parado por um dia inteiro e não anoiteceu. Só escureceu depois que
os israelitas venceram todos os reis cananeus e os soldados deles.

Sabe responder? O que os gibeonitas fizeram para se salvar?


O que Jeová fez para ajudar os israelitas a vencer os reis cananeus?
Josué 9:1–10:15
32 Duas mulheres corajosas
Josué cuidou do povo de Jeová por muito tempo e
morreu com 110 anos. Quando Josué estava vivo, os
israelitas adoravam a Jeová. Mas, depois da morte de
Josué, eles começaram a imitar os cananeus e a adorar
deuses falsos. Por isso, Jeová deixou um rei cananeu
chamado Jabim tratar os israelitas muito mal. Aí, eles
imploraram pela ajuda de Jeová. Então, Jeová escolheu um
homem chamado Baraque para cuidar dos israelitas e ajudá-los a
voltar a fazer o que é certo.
Baraque precisava saber o que tinha que fazer. Por isso, Jeová mandou
uma profetisa chamada Débora falar com ele. Débora disse para Baraque:
— Escolha 10 mil homens e suba o monte Tabor. Depois, desça e lute
com o exército do rei Jabim no rio Quisom. É nesse lugar que você vai
derrotar Sísera, o chefe do exército de Jabim.
Baraque disse para Débora:
— Eu vou, mas só se você for comigo.
— Tá bom, eu vou. Mas Jeová disse que não é você que vai matar Sísera.
Uma mulher vai fazer isso.
Então, Débora, Baraque e os 10 mil homens subiram o monte Tabor para
se preparar para a luta. Quando Sísera ficou sabendo disso, ele formou
um exército bem poderoso com muitos soldados e carros de guerra.

80
Daí, foi se encontrar com os israelitas no rio Quisom. Débora disse para
Baraque:
— É hoje que vocês vão ganhar essa guerra! Jeová está com vocês!
Baraque e os 10 mil homens desceram correndo
“As mulheres que
o monte e foram lutar contra Sísera e o exército dele.
proclamam as boas
Então, Jeová fez o rio Quisom encher até transbordar. Os novas são um
carros de guerra do exército de Sísera ficaram presos na grande exército.”
lama do rio. Baraque e seus soldados venceram o exército — Salmo 68:11
de Sísera, mas Sísera desceu do carro e fugiu. Ele se
escondeu na barraca de uma mulher chamada Jael. Jael deu leite para
Sísera beber e o cobriu com um cobertor. Ele estava tão cansado que
pegou no sono. Jael andou bem de fininho, enfiou uma estaca na cabeça
de Sísera e o matou.
Baraque foi procurar Sísera. Então, Jael saiu de sua barraca e disse:
— Baraque, o homem que você tá procurando tá aqui.
Baraque entrou na barraca de Jael e viu Sísera morto. Os israelitas enfim
tinham vencido os seus inimigos. Então, Baraque e Débora começaram a
cantar cânticos para agradecer a Jeová pela ajuda. Depois disso, os
israelitas viveram em paz por 40 anos.

Sabe responder? Como Débora ajudou Baraque?


Como Jael mostrou que era corajosa?
Juízes 4:1–5:31
33 Rute e Noemi
Certa vez, começou a faltar comida em Israel. Então, uma mulher
chamada Noemi se mudou para Moabe com o marido e os dois filhos.
Mais tarde, o marido de Noemi morreu, e os filhos dela se casaram
com duas mulheres de Moabe, chamadas Rute e Orpa. Infelizmente,
depois de um tempo, os dois filhos de Noemi também morreram.
Quando Noemi ficou sabendo que não estava mais faltando comida
em Israel, ela decidiu voltar para lá. Rute e Orpa foram com ela. Mas,
durante a viagem, Noemi disse para elas:
— Vocês foram muito boas com meus filhos e comigo. Eu quero que
vocês casem de novo. Voltem pra casa de seus pais.
— Mas, Noemi, nós amamos você. Não vamos te deixar.
Noemi continuou dizendo para Rute e Orpa ir embora. Orpa decidiu

voltar para seu povo e para seus deuses. Então, Noemi disse para
Rute ir com ela. Mas Rute amava muito Noemi. Ela respondeu:
— Eu não vou te deixar, Noemi. O seu povo será o meu povo, e o seu
Deus será o meu Deus.
Então, Rute e Noemi chegaram em Israel. Um dia, Rute foi
trabalhar pegando o cereal que sobrava na plantação de Boaz, o filho
de Raabe. Boaz tinha ouvido falar que Rute estava sendo uma
verdadeira amiga para Noemi. Por isso, ele mandou seus empregados
deixarem Rute pegar de sua plantação quanto cereal ela quisesse.

82
Quando Rute chegou em casa à noite, Noemi perguntou:
— Onde você trabalhou hoje, Rute?
“Há um amigo que
— Na plantação de um homem chamado Boaz. se apega mais do
— Boaz é parente do meu marido. Continue que um irmão.”
trabalhando na plantação dele com as outras jovens. — Provérbios 18:24
Lá, ninguém vai te incomodar.
Rute continuou trabalhando na plantação de
Boaz até o final da colheita. Boaz notou que
Rute era uma mulher muito bondosa
e trabalhadora. Então, Boaz se casou
com ela. Eles tiveram um filho
chamado Obede, que depois se
tornou o avô do rei Davi. As
amigas de Noemi ficaram tão
felizes que disseram para ela:
— Primeiro, Jeová te deu Rute,
que foi muito boa com você. E
agora você tem um neto.
Vamos agradecer a Jeová por
tudo isso!

Sabe responder? Como Rute


mostrou que amava muito Noemi?
Como Jeová cuidou de Rute e de
Noemi?
Rute 1:1–4:22; Mateus 1:5
34 Gideão e os 300 homens
Depois de um tempo, os israelitas voltaram a adorar deuses falsos. Por
isso, por sete anos Jeová deixou os midianitas roubar os animais dos
israelitas e destruir as plantações deles. Para fugir dos midianitas, os
israelitas se escondiam em cavernas e nas montanhas. Eles imploraram
pela ajuda de Jeová. Assim, Jeová mandou um anjo falar com um jovem
chamado Gideão. O anjo disse que Jeová tinha escolhido Gideão para
salvar Israel. Gideão perguntou:
— Eu? Mas como vou fazer isso? Eu não sou ninguém!
Gideão decidiu fazer um teste para ter certeza de que tinha sido
escolhido por Jeová. Então, ele colocou um pedaço de lã no chão e orou:
— Jeová, se amanhã a lã estiver molhada e o chão estiver seco, eu vou
saber que o Senhor quer que eu salve Israel.
No dia seguinte, a lã estava encharcada e o chão estava seco! Só que
Gideão queria mais uma prova. Por isso, pediu o contrário para Jeová.
Pediu que, no dia seguinte, o chão ficasse molhado e a lã ficasse seca. E foi
isso o que aconteceu. Assim, Gideão teve certeza de que
tinha sido escolhido por Jeová. Aí, ele juntou seus soldados
e foi lutar contra os midianitas. Jeová disse para Gideão:
— Eu vou ajudar os israelitas a vencer. Mas não quero que achem que
venceram sem a minha ajuda. Por isso, deixe quem estiver com medo ir
embora.
Então, 22 mil soldados voltaram para casa. Só ficaram
10 mil. Jeová disse para Gideão: “Para que o poder
— Ainda tem gente demais. Mande os soldados beber além do normal seja
o de Deus, e não o
água no rio. E só leve pra guerra aqueles que beberem de nós mesmos.”
água, mas que ficarem de olho nos inimigos. — 2 Coríntios 4:7
Só 300 homens fizeram isso. Aí, Jeová prometeu que
usaria esse pequeno grupo para vencer os 135 mil soldados midianitas.
Naquela noite, Jeová disse para Gideão que era hora de atacar os
midianitas. Gideão deu para os soldados buzinas e jarros grandes com
tochas dentro e falou:
— Prestem atenção no que vou fazer e façam o mesmo.
Gideão tocou a buzina, quebrou o jarro, balançou a tocha e gritou:
— A espada de Jeová e de Gideão!
Todos os 300 homens fizeram o mesmo. Os midianitas ficaram morrendo
de medo e saíram correndo para todos os lados. No meio da confusão,
começaram a atacar um ao outro. Mais uma vez, Jeová ajudou os israelitas
a vencer os inimigos.

Sabe responder? Como Gideão teve certeza de que tinha sido escolhido por Jeová?
Por que Jeová quis que o exército de Gideão só ficasse com 300 homens?
Juízes 6:1-16, 6:36–7:25; 8:28

85
35 A oração de Ana
Um homem chamado Elcana viajava todo ano com a família
para adorar a Jeová na cidade de Silo, onde o tabernáculo estava
montado. Ele tinha duas esposas, Ana e Penina. Mas ele gostava
mais de Ana. Penina tinha muitos filhos, só que Ana não tinha
nenhum. E Penina vivia maltratando Ana por causa disso. Uma vez,
quando eles estavam em Silo, Elcana viu que Ana estava muito
triste. Ele ficou preocupado e foi
conversar com ela, mas não adiantou.
Depois de um tempo, Ana saiu para
orar. Chorando muito, ela disse:
— Jeová, se o Senhor me der um
filho, eu prometo que eu vou levá-lo
ao tabernáculo e ele vai trabalhar a
vida toda para o Senhor.
O sumo sacerdote Eli não achou
que Ana estava orando. Ele achou
que ela estava bêbada. Ana falou com
ele:
— Não, meu senhor, eu juro que não
bebi. Eu tô sofrendo muito e por isso
vim aqui falar com Jeová.
Eli viu que estava errado e disse que
Jeová ia dar o que Ana queria. Então,
ela foi embora mais animada. Não
demorou muito e Ana teve um filho
chamado Samuel. Ela deve ter ficado
muito feliz, não acha?
“Persistam em pedir, e lhes será
dado; persistam em buscar, e
acharão.” — Mateus 7:7

Será que Ana esqueceu da promessa que tinha feito para Jeová?
Não! Assim que Samuel parou de mamar, ela o levou para o
tabernáculo. Entregando Samuel para Eli, Ana disse:
— Lembra que eu tinha feito um pedido pra Jeová? Ele me ouviu e
me deu um filho. Ele vai servir a Jeová a vida toda.
Todo ano, Ana e Elcana iam visitar o filho e levar uma roupa nova
para ele. Depois Jeová deu mais três filhos e duas filhas para Ana.

Sabe responder? Por que Ana estava tão triste? Como Jeová ajudou Ana?
1 Samuel 1:1–2:11, 18-21

87
36 A promessa de Jefté
Mais uma vez, os israelitas pararam de adorar a Jeová e foram
adorar deuses falsos. Mas esses deuses falsos não ajudaram os
israelitas quando os amonitas vieram lutar contra eles. Por muitos
anos, os israelitas só se deram mal. Mas, um dia, eles disseram:
— Jeová, o que a gente fez foi errado. Por favor, nos ajude!
Então, os israelitas destruíram as imagens dos deuses falsos e
voltaram a adorar a Jeová. Por isso, Jeová quis ajudá-los.
Para ganhar a guerra contra os amonitas, o povo escolheu um
líder, um guerreiro chamado Jefté. Mas, antes de ir para a guerra,
Jefté prometeu a Jeová:
— Se a gente vencer os amonitas, a primeira pessoa que sair
“Quem ama o filho
ou a filha mais do
da minha casa pra me encontrar vai servir ao que a mim não é
digno de mim.”
Senhor no tabernáculo a vida toda. — Mateus 10:37
Aí, com a ajuda de Jeová, Israel venceu a
guerra.
Quando Jefté voltou, a primeira pessoa que saiu da casa dele foi
sua filha. Ela estava dançando e tocando pandeiro. Jefté lembrou do
que tinha prometido e ficou arrasado, porque ele não tinha nenhum
outro filho. E agora? O que será que ele ia fazer? Ele explicou:
— Filha, eu fiz uma promessa pra Jeová. E, por causa disso, vou ter
que mandar você pra trabalhar lá no tabernáculo em Silo.
— Pai, se o senhor prometeu isso, agora tem que cumprir. Antes
de ir, eu só te peço uma coisa. Eu quero ficar dois meses com as
minhas amigas nos montes.
A filha de Jefté trabalhou no tabernáculo a vida toda. As amigas
dela iam uma vez por ano fazer uma visita para ela.

Sabe responder? O que Jefté prometeu para Jeová?


O que a filha de Jefté fez quando ficou sabendo da promessa de seu pai?
Juízes 10:6–11:11; 11:29-40; 1 Samuel 12:10, 11

89
37 Jeová fala com Samuel
O sumo sacerdote Eli tinha dois filhos que se chamavam Hofni e
Fineias. Eles não obedeciam a Jeová e eram muito maus com as
pessoas. Quando os israelitas iam para o tabernáculo levar ofertas
de presente para Jeová, Hofni e Fineias pegavam a melhor parte
delas. Eli ficou sabendo disso e não fez nada. Mas e Jeová? Será que
ele também não ia fazer nada?
Samuel era bem novinho, e as crianças gostam de imitar os mais
velhos. Mas Samuel não imitou Hofni e Fineias. Jeová viu isso e ficou
muito contente com ele. Uma vez, Samuel estava dormindo e ouviu
uma voz chamando o nome dele. Ele levantou e foi correndo até Eli.
Mas Eli disse que não tinha chamado ninguém e que ele devia voltar
para cama. Isso aconteceu três vezes. Na terceira vez, Eli desconfiou
que era Jeová que estava tentando falar com Samuel. Eli disse que,
se Samuel ouvisse essa voz de novo, ele devia responder assim:
— Jeová, pode falar que eu estou ouvindo.
Quando Samuel voltou para cama, aquela voz chamou o seu nome
de novo. Ele respondeu do jeito que Eli tinha falado. Então, Jeová
disse a ele:

90
— Avise a Eli que ele e a família dele não vão escapar do castigo.
Isso porque Eli sabe que Hofni e Fineias são maus, mas não faz nada.
No dia seguinte, Samuel acordou cedo e foi abrir as portas do
tabernáculo, como ele fazia todo dia. Ele estava com medo de falar
para Eli tudo o que Jeová tinha dito. Mas Eli pediu para ele contar.
Aí, Samuel contou tudo.
Samuel foi crescendo, e Jeová continuou a ser amigo dele. Todo
mundo em Israel sabia que Jeová tinha escolhido Samuel para ser
profeta e juiz.

Sabe responder? O que Samuel fez ao ver o mau exemplo de Hofni e Fineias?
O que Jeová mandou Samuel dizer para Eli?
1 Samuel 2:12-17, 22-26; 3:1-21; 7:6

“Lembre-se, então, do
seu Grandioso Criador nos
dias da sua juventude.”
— Eclesiastes 12:1
38 Jeová deu força para Sansão
Muitos israelitas voltaram a adorar deuses falsos. Por isso, Jeová
deixou os israelitas sofrer na mão do povo filisteu. Mas alguns
israelitas amavam a Jeová. Um deles se chamava Manoá. Ele e a
esposa não tinham filhos. Um dia, um anjo disse para a esposa de
Manoá:
— Jeová vai te dar um filho que vai salvar os israelitas dos filisteus.
Seu filho vai ser um nazireu.
Sabe quem eram os nazireus? Eram pessoas que serviam a Jeová de
um jeito especial e que não podiam cortar o cabelo.
Manoá e a esposa tiveram mesmo um filho, que chamaram de
Sansão. Jeová fez Sansão ficar um homem muito forte. Tão forte que
conseguia matar um leão usando só as mãos. Um dia, Sansão matou
30 filisteus sozinho. Os filisteus tinham ódio
“Para todas as coisas tenho dele e viviam tentando matar Sansão. Uma
forças graças àquele que
me dá poder.” noite, Sansão estava dormindo em uma
— Filipenses 4:13 cidade chamada Gaza. Os filisteus queriam
matá-lo e por isso foram para o portão de
Gaza esperar Sansão até de manhã. Mas Sansão acordou no meio da
noite e arrancou o portão da cidade. Ele carregou o portão nas costas
até o topo de um monte que ficava quase em outra cidade!
Os filisteus não desistiram de pegar Sansão. Então, foram pedir
ajuda a Dalila, a namorada de Sansão. Eles disseram:
— A gente quer prender Sansão. Se você contar qual é o segredo
de Sansão ser tão forte, a gente vai te dar um montão de moedas de
prata.
Dalila queria muito o dinheiro. Por isso ajudou os filisteus. Ela ficou
no pé de Sansão até ele contar seu segredo. No começo, Sansão não
quis contar de jeito nenhum. Mas depois ele acabou falando:
— Tá bom! Eu vou contar. Eu sou nazireu, nunca cortei o cabelo. Se
alguém cortar meu cabelo, eu fico fraco.

92
Sansão se deu muito mal por ter contado o segredo de sua força para
Dalila! Sabe o que ela fez?
Dalila foi correndo contar para os filisteus. Depois ela voltou, colocou
Sansão para dormir no colo dela e pediu para alguém cortar o cabelo
dele. Aí, quando os filisteus atacaram Sansão, ele foi tentar se
defender, mas viu que sua força tinha ido embora. Então, os filisteus
pegaram Sansão, furaram os olhos dele e o jogaram na prisão.
Um dia, os filisteus se juntaram para adorar Dagom, o deus deles.
Eles ficavam gritando que tinham conseguido prender Sansão porque
Dagom tinha ajudado. Eles colocaram Sansão perto de duas colunas
que seguravam o teto daquele lugar e começaram a rir da cara dele.
O cabelo dele já tinha crescido de novo. Aí, Sansão implorou:
— Jeová, por favor, me dê sua força só mais uma vez!
Então, Sansão ficou forte de novo e conseguiu empurrar aquelas
duas colunas. O lugar estava lotado de filisteus e o teto caiu em cima
deles. Todo mundo morreu, até Sansão.

Sabe responder? Por que Sansão era tão forte?


O que aconteceu depois que Sansão contou o segredo dele para Dalila?
Juízes 13:1–16:31
7
A partir de agora, vamos aprender sobre o rei Saul e o rei Davi. Vamos
ver 80 anos em cinco histórias. Saul era humilde e obedecia a Jeová.
Mas, com o tempo, ele mudou e parou de ser obediente. Por isso, Jeová
não quis mais saber dele e mandou Samuel ungir Davi como próximo
rei de Israel. Saul sentia muito ciúme de Davi e tentou matá-lo várias
vezes, mas Davi nunca se vingou. O filho de Saul, Jonatã, sabia que
Davi tinha sido escolhido por Jeová e sempre foi leal a Davi. Davi
cometeu erros bem graves, mas deixou que Jeová o corrigisse. Se você
é pai ou mãe, ajude seu filho a ver como é importante ser obediente e
leal a Jeová e às pessoas que ele usa para cuidar de nós.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ A melhor coisa que podemos dar para Jeová é nossa obediência


de coração.

˛ Não devemos nos vingar, mas esperar que Jeová conserte


as injustiças.

˛ Se cometermos um erro grave, não devemos tentar esconder.

95
39 O primeiro rei de Israel
Jeová tinha escolhido juízes para cuidar dos israelitas. Mas, como
todos os outros povos tinham um rei, os israelitas também queriam ter
um. Eles foram pedir isso para Samuel. Mas Samuel achou errado e
orou a Jeová. Jeová disse:
— Samuel, o problema deles não é com você, é comigo. Fale que eles
podem ter um rei, mas vão sofrer muito na mão dele.
Aí, Samuel disse isso para o povo. Mesmo assim, eles responderam:
— A gente não tá nem aí. O que a gente quer é ter um rei!
Jeová disse para Samuel que um homem chamado Saul seria o rei.
Certo dia, Saul foi ver Samuel em Ramá. Aí, para mostrar que Saul tinha
sido escolhido para ser o rei de Israel, Samuel colocou óleo na cabeça
dele.
Depois, Samuel chamou todo o povo para mostrar o novo rei de
Israel. Mas ninguém conseguia encontrar Saul. Sabe por quê?
Porque ele estava se escondendo. Depois de procurar bastante,
eles acharam Saul. Ele era mais alto do que todo mundo e muito
bonito. Então, Samuel levou Saul para o meio do povo e disse:
— Vejam! Esse é o rei que Jeová escolheu pra vocês.
O povo gritou de alegria quando viu que agora tinha um rei.
No começo, Saul obedecia a Jeová e fazia o que Samuel mandava.
Mas, depois, ele ficou desobediente. Uma vez, Saul queria fazer uma
oferta ou sacrifício para Jeová. Mas ele não podia fazer isso. Quem
podia era Samuel. Samuel até falou para Saul esperar ele chegar. Mas
Saul não esperou e fez tudo sozinho. Por isso, Samuel deu uma bronca
em Saul:
— Você não devia ter desobedecido a Jeová!
Depois da bronca, será que Saul parou de desobedecer a Jeová?
Não. Mais tarde, Saul foi lutar contra um povo chamado amalequitas.
Jeová disse que ele não devia ter pena desse povo. Mas Saul teve pena
do rei dos amalequitas, chamado Agague. Jeová disse para Samuel:
— Saul não quer saber de mim nem de me escutar.

96
“Obedecer é melhor do que um
sacrifício.” — 1 Samuel 15:22

Samuel ficou muito triste com isso e foi falar com Saul. Ele disse
que, já que Saul era desobediente, Jeová ia colocar outro rei em seu
lugar. Quando Samuel se virou para ir embora, Saul agarrou Samuel
pela roupa e arrancou um pedaço dela. Samuel disse:
— Jeová também vai arrancar o reino de Israel de você.
Mas quem ia ser o novo rei de Israel? Jeová ia escolher alguém que
amasse e obedecesse a ele.

Sabe responder? O que os israelitas pediram para Samuel?


Por que Jeová decidiu colocar outro rei no lugar de Saul?
1 Samuel 8:1-22; 9:1, 2, 15-17; 10:8, 20-24; 13:1-14; 15:1-35
40 Davi e Golias
Depois de um tempo, Jeová disse
para Samuel ir na casa de um
homem chamado Jessé. Um dos
filhos dele seria o próximo rei de
Israel. Quando Samuel chegou lá,
ele viu o filho mais velho de Jessé e pensou que ele seria o próximo rei.
Mas Jeová disse:
— Não foi ele que escolhi. Eu não ligo para a aparência da pessoa.
Pra mim o importante é que ela tenha um bom coração.
Então, Jessé trouxe mais seis filhos. Mas
Jeová não tinha escolhido nenhum deles. Samuel
perguntou se Jessé tinha outros filhos. Jessé
respondeu:
— Eu tenho outro chamado Davi, que é o mais
novo. Ele está cuidando das ovelhas.
Aí, Jessé mandou buscar Davi. Quando Davi
chegou, Jeová disse para Samuel que Davi era o
escolhido! Samuel pegou um pouco de óleo e
derramou na cabeça de Davi, mostrando que ele
seria o próximo rei de Israel.
Algum tempo depois, os filisteus vieram lutar
contra os israelitas. Um dos soldados filisteus
era um gigante. O nome dele era Golias. Todo
dia ele ficava rindo da cara dos israelitas e
dizendo:
— Duvido que vocês consigam alguém pra
lutar comigo! Se vocês conseguirem e ele ganhar
de mim, a gente vira escravo de vocês. Mas, se eu
ganhar, aí vocês é que vão ser nossos escravos.
Um dia, Davi foi levar comida para seus irmãos
lá no meio do exército. Aí ele ouviu Golias
provocando os israelitas e disse que ia lutar
contra Golias. Mas Saul disse que isso não ia
“Para os homens é
impossível, mas não é
dar certo porque Davi era só um menino. Davi assim para Deus, pois
respondeu: para Deus todas as
— Não tem problema. Jeová vai me ajudar. coisas são possíveis.”
— Marcos 10:27
Saul deu sua armadura para Davi usar. Mas Davi
devolveu, porque ela só atrapalhou. Então, Davi
pegou cinco pedras e colocou numa sacola. Pegou também uma arma de
atirar pedras chamada funda e correu até Golias. Golias disse:
— Vem cá, baixinho, eu vou te matar e dar para os bichos comerem.
Mas Davi não ficou com medo. Ele respondeu:
— Você vem lutar comigo confiando na sua espada e na sua lança. Mas eu
vou lutar confiando em Jeová. Você acha que está lutando contra a gente?
Você está lutando contra Jeová. Todo mundo aqui vai ver que Jeová é muito
mais forte do que qualquer arma. Ele vai ajudar a gente a acabar com vocês!
Davi colocou uma pedra na funda e atirou com toda a força. Jeová fez a
pedra acertar bem no meio da testa de Golias. Golias caiu duro no chão e
morreu. Os filisteus saíram correndo. Viu só como Davi confiou em Jeová?
Você também confia em Jeová?

Sabe responder? Quem Jeová escolheu para ser o rei depois de Saul?
Por que Davi conseguiu vencer Golias?
1 Samuel 16:1-13; 17:1-54

99
41 Davi e Saul
Depois que Davi matou Golias, ele se tornou o chefe do exército de
Saul. Davi ganhou várias guerras e ficou bem famoso. As mulheres até
cantavam músicas dizendo que Davi era um guerreiro melhor do que Saul.
Isso deixou Saul morrendo de ciúme. Então, ele decidiu matar Davi.
Um dia, Davi estava tocando harpa para Saul. Então, Saul pegou uma
lança e jogou em Davi. Mas ele conseguiu se desviar. Depois disso, Saul
tentou matar Davi várias vezes. Por isso, Davi achou melhor fugir para o
deserto.
Saul juntou 3 mil homens e foi atrás de Davi. Saul acabou entrando
na mesma caverna onde Davi e seus homens
estavam escondidos. Os homens de Davi
disseram:
— Davi, essa é a sua chance de matar
Saul!

“Se possível, no que depender


de vocês, sejam pacíficos com
todos. Não se vinguem, amados,
mas deem lugar à ira.”
— Romanos 12:18, 19
Então, Davi foi de fininho até onde Saul estava e cortou um pedaço da
roupa dele. Saul nem percebeu. Só que Davi se sentiu mal por ter feito
isso. Afinal, isso foi uma falta de respeito com o rei que Jeová tinha
escolhido. Então, Davi não deixou seus homens atacar Saul. Quando Saul
saiu da caverna, Davi disse para ele:
— Eu podia ter matado o senhor, mas não fiz isso.
Será que isso fez Saul desistir de matar Davi? Não. Saul continuou indo
atrás dele. Numa noite, Davi e seu sobrinho Abisai entraram escondidos no
acampamento de Saul. Até mesmo Abner, que devia proteger o rei, estava
dormindo. Quando viu isso, Abisai já queria matar Saul. Mas Davi disse:
— Deixa, Abisai. Jeová vai dar um jeito em Saul. Vamos só pegar a
lança e a jarra de água dele e sair daqui.
Davi e Abisai saíram do acampamento e subiram num
monte que ficava ali perto. Lá de cima, Davi gritou:
— Abner, por que você não protegeu o seu rei? A gente
pegou a lança e a jarra dele, e você nem viu.
Saul reconheceu a voz de Davi e disse:
— Você podia ter me matado, mas não me matou. Com
certeza, você vai ser o rei de Israel.
Depois disso, Saul voltou para o seu palácio. Será que todos da
família de Saul odiavam Davi? Vamos ver.

Sabe responder? Por que Saul queria matar Davi?


Por que Davi não quis matar Saul?
1 Samuel 16:14-23; 18:5-16; 19:9-12; 23:19-29; 24:1-15; 26:1-25

101
42 Jonatã foi um amigo corajoso e leal
O filho mais velho de Saul, Jonatã, era um soldado muito corajoso. Davi
até disse que ele era mais rápido do que uma águia e mais forte do que um
leão. Certo dia, Jonatã e seu ajudante viram alguns filisteus num monte.
Jonatã disse para o seu ajudante:
— Se os filisteus nos chamarem para subir o monte e lutar contra eles, é
um sinal de que Jeová vai nos ajudar a vencer.
E foi isso o que aconteceu. Os filisteus chamaram Jonatã e seu ajudante
para subir o monte. Os dois lutaram e conseguiram derrotar 20 filisteus.
Como Jonatã era o filho mais velho de Saul, ele tinha o direito de ser
rei. Mas ele sabia que Jeová tinha escolhido Davi para ser rei depois de
Saul. Mesmo assim, Jonatã não tinha ciúme de Davi. Ao contrário, eles se
tornaram grandes amigos. Jonatã e Davi prometeram que iam proteger e

102
defender um ao outro. Para provar a sua amizade, Jonatã deu para Davi
seu casaco, sua espada, seu arco e seu cinto.
Quando Davi estava fugindo de Saul, Jonatã foi se encontrar com ele e
disse:
— Davi, seja forte e tenha coragem! Jeová escolheu você para ser o rei.
Até meu pai sabe disso.
Seria bom ter um amigo igual a Jonatã, não acha?
Jonatã arriscou a vida várias vezes para ajudar seu amigo.
Quando soube que Saul queria matar Davi, Jonatã fez de tudo para Saul
mudar de ideia. Mas Saul ficou muito bravo com Jonatã.
Depois de um tempo, Jonatã morreu junto com Saul numa batalha.
Então, Davi procurou Mefibosete, o filho de Jonatã, e disse:
— Seu pai foi um grande amigo pra mim. Por isso, eu vou cuidar de você
pelo resto de sua vida. Você vai morar no meu palácio e vai comer do bom
e do melhor.
Davi nunca se esqueceu de seu grande amigo Jonatã.

Sabe responder? Como Jonatã mostrou


que era corajoso? Como Jonatã
mostrou que era um bom amigo?
1 Samuel 14:1-23; 18:1-4; 19:1-6;
20:32-42; 23:16-18; 31:1-7; 2 Samuel 1:23;
9:1-13

“Amem uns aos outros,


assim como eu amei
vocês. Ninguém tem
maior amor do que
aquele que dá a sua vida
pelos seus amigos.”
— João 15:12, 13
43 O erro do rei Davi
Quando Saul morreu, Davi se tornou rei. Ele tinha 30 anos. Uma
noite, Davi conseguiu ver do seu palácio uma mulher muito bonita. Davi
descobriu que ela se chamava Bate-Seba e que ela era casada com um
soldado chamado Urias. Mesmo assim, Davi fez Bate-Seba vir até o
palácio e eles fizeram sexo. Aí, Bate-Seba ficou grávida. Davi quis
esconder o que tinha feito se casando com Bate-Seba. Por isso, deu um
jeito de Urias morrer na próxima batalha. Depois que Urias morreu,
Davi se casou com Bate-Seba.
Mas Jeová viu todas as coisas ruins que Davi tinha feito. Então,
ele mandou o profeta Natã falar
com Davi. Natã disse:
— Um homem rico tinha
muitas ovelhas e um homem
pobre tinha apenas uma ovelha
que ele amava muito. Sabe o que
o homem rico fez? Roubou a
única ovelha do homem pobre.
Quando Davi ouviu isso, ele
ficou com muita raiva e disse
que aquele homem rico merecia
morrer. Então, Natã respondeu:
— Mas foi isso que o senhor fez
com Urias.
Davi ficou muito triste e falou
que tinha errado. Por causa
desse erro, Jeová deixou muitas coisas ruins acontecer com Davi e com
a família dele. Mas, como Davi foi humilde e contou o que fez, Jeová o
perdoou.
Anos depois, Davi quis construir um templo para Jeová. Mas Jeová
escolheu Salomão, o filho de Davi, para fazer isso. Davi começou a
preparar as coisas para Salomão e disse:

104
— Como Salomão ainda é jovem e o templo
de Jeová tem que ficar fantástico, eu vou dar
uma ajuda pra ele.
Davi deu bastante dinheiro para a
construção. Ele chamou muitos trabalhadores
e juntou ouro, prata e madeira para a obra.
Pouco antes de morrer, Davi disse para
Salomão:
— Jeová pediu pra te entregar esses
desenhos de como construir o templo.
Não tenha medo, meu filho, porque
Jeová vai te ajudar. Seja forte e mãos à
obra!

Sabe responder? Qual foi o erro de Davi?


O que Davi fez para ajudar Salomão?
2 Samuel 5:3, 4, 10; 7:1-16; 8:1-14; 11:1–12:14; 1 Crônicas
22:1-19; 28:11-21; Salmo 51:1-19

“Quem encobre as suas transgressões


não será bem-sucedido, mas aquele
que as confessa e abandona será
tratado com misericórdia.”
— Provérbios 28:13
8
Nas próximas histórias, vamos ver que Jeová deu para Salomão muita
inteligência e deixou que ele construísse o templo. Mas, aos poucos,
Salomão foi se esquecendo de Jeová. Se você é pai ou mãe, explique para
seu filho como pessoas que adoravam deuses falsos fizeram Salomão se
afastar de Deus. Vamos ver também que o reino de Israel se dividiu em
dois, e que reis maus fizeram o povo se envolver com a adoração de
deuses falsos. Durante esse tempo, muitos profetas leais de Jeová foram
perseguidos e mortos. A rainha Jezabel afundou ainda mais o reino de
dez tribos na adoração falsa. Foi um período bem difícil na história de
Israel. Mas vários israelitas, como o rei Jeosafá e o profeta Elias,
continuaram fieis a Jeová.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Sempre seja fiel a Jeová, mesmo que sua família e seus amigos
não sejam.

˛ Se você abandonar a Jeová, vai dar tudo errado na sua vida.


Mas se continuar sendo amigo de Deus, ele vai abençoar você.

˛ Quando achar que não existe saída para o seu problema, lembre
que Jeová mostra seu poder de modos que você nem imagina.

107
44 Um templo para Jeová
Quando Salomão se tornou o rei de Israel, Jeová perguntou:
— Salomão, o que você quer que eu te dê?
— Senhor Jeová, eu sou jovem e não sei direito o que fazer. Por favor, me
dê inteligência para eu saber cuidar bem de seu povo.
Quando ouviu isso, Jeová disse:
— Como você me pediu inteligência, eu vou fazer de você
o homem mais inteligente na Terra. Eu também vou fazer
você ficar muito rico. E, se me obedecer, você vai viver por
muitos anos.
Salomão começou a construir o templo. Muitos homens e mulheres
trabalharam na construção usando os melhores materiais. Depois de
sete anos, o templo ficou pronto. Então, Salomão quis dar o templo
para Jeová. Ele colocou presentes em cima do altar, se ajoelhou e fez
uma oração:
— Jeová, o Senhor merece um lugar muito melhor do que este templo.
Mas, por favor, aceite este lugar e escute as orações que a gente fizer aqui.
Sabe o que Jeová fez para mostrar que tinha gostado do templo? Assim
que Salomão acabou de orar, Jeová mandou um fogo do céu que queimou
tudo que estava em cima do altar. Quando os israelitas viram isso, ficaram
muito felizes.
Salomão ficou famoso por causa de sua inteligência. Pessoas de todos os
lugares iam até Salomão e pediam para ele resolver os problemas delas.
Até uma rainha que morava num lugar bem longe, chamado Sabá, foi falar
com Salomão. Ela queria saber se ele era mesmo inteligente. Depois de
conversar com Salomão, a rainha disse:
— Quando me disseram que você era muito inteligente, eu não acreditei,
mas agora eu sei que é verdade. Jeová, seu Deus, está mesmo te ajudando.
A vida em Israel era boa, e as pessoas eram felizes. Mas logo as coisas
iam mudar.

Sabe responder? Por que Jeová fez Salomão ficar muito inteligente?
O que Jeová fez para mostrar que tinha gostado do templo?
1 Reis 2:12; 3:4-28; 4:29–5:18; 6:37, 38; 7:15–8:66; 10:1-13; 2 Crônicas 7:1; 9:22

108
“A rainha do sul será
levantada no julgamento
com esta geração e a
condenará, porque ela
veio dos confins da terra
para ouvir a sabedoria de
Salomão.” — Mateus 12:42
45 A divisão do reino
Durante o tempo em que Salomão obedeceu a Jeová, o reino de Israel
ficou em paz. Mas Salomão se casou com muitas mulheres que não eram
israelitas e que não adoravam a Jeová. Pouco a pouco, Salomão começou a
mudar e a adorar os deuses de suas esposas. Jeová ficou muito bravo. Ele
disse para Salomão:
— Eu vou tirar Israel de você e de sua família. O reino vai ser dividido em
dois. A parte maior vai ficar com um empregado seu, e só a parte menor vai
ficar com sua família.
Um dos empregados de Salomão, chamado Jeroboão, estava viajando
pela estrada e encontrou o profeta Aías. Aías pegou uma de suas roupas e a
rasgou em 12 pedaços. Daí, ele disse para Jeroboão:
— Jeová vai tirar o reino de Israel da família de Salomão e vai dividir em
dois. Pegue dez pedaços dessa roupa, porque você vai ser o rei de dez tribos.
Salomão ficou sabendo disso e quis matar Jeroboão. Então, Jeroboão
fugiu para o Egito. Anos depois, Salomão morreu e o filho dele, chamado
Roboão, se tornou o rei. Aí, Jeroboão achou que já era hora de voltar
para Israel.
Os homens mais velhos em Israel disseram para Roboão:

110
‘Não se ponham em jugo
— Se você tratar bem os israelitas, eles vão desigual com descrentes.
Pois que afinidade a justiça
continuar do seu lado.
tem com o que é contra a lei?
Mas os amigos mais jovens de Roboão Ou o que o crente tem em
disseram para ele: comum com o descrente?’
— Não seja bonzinho com o povo. Mande os — 2 Coríntios 6:14, 15
israelitas trabalharem ainda mais!
Roboão fez o que seus amigos jovens disseram. Só que isso fez os
israelitas se revoltarem. Então, dez tribos de Israel escolheram Jeroboão
para ser o rei deles, e as outras duas continuaram do lado de Roboão. Assim,
as 12 tribos de Israel ficaram divididas em dois reinos. O de dez tribos se
chamava reino de Israel, e o de duas tribos se chamava reino de Judá.
Jeroboão não queria que seu povo fosse adorar a Jeová em Jerusalém,
que ficava no reino de Roboão. Sabe por quê? Porque ele tinha medo de que
o povo pudesse ficar contra ele e preferir Roboão como rei. Então, Jeroboão
fez dois bezerros de ouro e disse para seu povo:
— Jerusalém é muito longe. Adorem a Deus aqui
mesmo.
Aí, o povo começou a adorar os bezerros de ouro.
Mais uma vez, eles se esqueceram de Jeová.

Sabe responder? Por que Israel ficou dividido em dois reinos?


Que coisas ruins o rei Roboão e o rei Jeroboão fizeram?
1 Reis 11:1-13, 26-43; 12:1-33
46 Um teste no monte Carmelo
O reino das dez tribos teve muitos reis malvados, mas um dos piores
foi Acabe. Ele se casou com uma mulher muito má chamada Jezabel.
Jezabel e Acabe fizeram todos em Israel adorar um deus falso chamado
Baal. Eles também mandaram matar muitos profetas de Jeová. O que será
que Jeová fez? Ele mandou o profeta Elias falar com Acabe.
Elias disse que, por causa da maldade de Acabe, não ia mais chover
em Israel. E, por mais de três anos, não choveu mesmo. Por isso, faltou
alimento e o povo ficou com fome. Mais tarde, Jeová mandou Elias falar de
novo com Acabe. Quando Acabe viu Elias, ele disse:
— Tudo isso que está acontecendo é culpa sua, Elias!
— Minha culpa? Foi o senhor que fez todo mundo adorar Baal. Mas
vamos fazer um teste pra ver quem é o Deus verdadeiro. Junte o povo e
todos os profetas de Baal no monte Carmelo.
O povo foi para o monte Carmelo. Lá, Elias disse:
— Vocês têm que decidir a quem vão servir: a Jeová ou a Baal. Vamos
fazer um teste pra ver quem é o Deus verdadeiro. Os 450 profetas de Baal
devem preparar um sacrifício pra ele. Eu vou preparar um sacrifício pra
Jeová. O deus que mandar fogo do céu pra queimar o sacrifício é o Deus
verdadeiro.
Os profetas de Baal prepararam um sacrifício. Eles ficaram o dia inteiro
chamando Baal, mas Baal não respondia. Aí, Elias começou a rir da cara
daqueles profetas e falou:
— Baal só pode estar dormindo. Gritem mais alto pra ver
se ele acorda.
Anoiteceu e os profetas de Baal continuaram gritando.
Mas nada acontecia. Então, Elias colocou seu sacrifício no
altar e jogou água em volta dele. Aí, Elias orou:
— Por favor, Jeová. Mostre pra todo mundo que o Senhor
é o Deus verdadeiro.
Na mesma hora, Jeová fez cair um fogo em cima do
altar. Aí, os israelitas tiveram certeza de que Jeová era o
Deus verdadeiro. E, naquele mesmo dia, os 450 profetas

112
“Que as pessoas saibam
de Baal foram mortos. Então, Elias viu uma que tu, cujo nome é Jeová,
somente tu és o Altíssimo
pequena nuvem se aproximando. Ele disse sobre toda a terra.”
para Acabe: — Salmo 83:18
— Uma chuva forte está vindo. Rápido!
Prepare seu carro de guerra e vá para casa antes que a chuva
caia.
Então, o céu ficou cheio de nuvens escuras, o vento soprou
e começou a chover bem forte. Acabe subiu no seu carro de
guerra e dirigiu o mais rápido que pôde. E, com a ajuda de
Jeová, Elias conseguiu correr mais rápido do que o carro
de Acabe. Finalmente, voltou a chover em Israel. Mas Elias
ainda ia passar por outros problemas.

Sabe responder? Que teste aconteceu no monte Carmelo?


Como Jeová respondeu à oração de Elias?
1 Reis 16:29-33; 17:1; 18:1, 2, 17-46; Tiago 5:16-18
47 Jeová cuidou de Elias
Jezabel soube o que tinha acontecido com os profetas de Baal, e não
gostou nada daquilo. Então, ela disse que ia matar Elias, assim como ele tinha
matado os profetas de Baal. Elias ficou com medo e fugiu para o deserto. Ele
orou:
— Jeová, eu não aguento mais. Por favor, me deixe morrer.
Elias estava tão cansado que se sentou e dormiu debaixo de uma árvore.
Aí, Jeová mandou um anjo. O anjo acordou Elias e disse:
— Elias, tenho algo pra você comer. Levante-se.
Elias viu um pão redondo bem quentinho e uma jarra de água. Ele comeu,
bebeu e voltou a dormir. Então, o anjo acordou Elias de novo:
— Coma um pouco mais. Você precisa ficar forte para a viagem.
Depois de comer, Elias viajou por 40 dias até chegar no monte Horebe. Lá,
ele entrou numa caverna e foi dormir. Mas Jeová estava preocupado com Elias
e perguntou por que ele estava triste e por que tinha fugido. Elias respondeu:
— Senhor Jeová, os israelitas tinham prometido te adorar, mas não estão
fazendo isso. Eles mataram os seus profetas e agora querem me matar
também.
Então, Jeová pediu para Elias sair da caverna e ficar de pé na montanha.
Ali, Jeová mostrou seu poder. Primeiro, fez um vento bem forte passar pela
caverna. Depois, mandou um terremoto e um fogo. No fim, Elias ouviu uma
voz baixa bem calma. Ele cobriu o rosto e saiu da caverna. Jeová perguntou:
— Por que você fugiu, Elias?
— Eu fugi porque ninguém mais adora o Senhor. Só eu.
— Não, você não está sozinho. Ainda tem umas 7 mil pessoas em Israel que
me adoram.
Então, Jeová falou para Elias chamar Eliseu para ser profeta no seu lugar.
Sem perder tempo, Elias foi e fez o que Jeová tinha mandado. O que a gente
pode aprender de tudo o que aconteceu com Elias? Se sempre fizermos o que
Jeová manda, ele vai cuidar de nós. Agora, vamos voltar um pouco no tempo
e ver algo que Elias fez alguns anos antes.

Sabe responder? Por que Elias fugiu? O que Jeová disse para Elias?
1 Reis 19:1-18; Romanos 11:2-4

114
“Não fiquem ansiosos por
causa de coisa alguma,
mas em tudo, por orações
e súplicas, junto com
agradecimentos, tornem
os seus pedidos
conhecidos a Deus.”
— Filipenses 4:6
48 O filho de uma viúva volta a viver
Durante os anos de seca, Jeová mandou Elias sair de Israel e ir para
Sarefá, porque uma viúva que morava lá ia dar comida para ele. Quando
chegou, Elias viu uma mulher pobre pegando galhos no chão. Era dessa
viúva que Jeová tinha falado. Elias pediu para ela pão e um pouco de
água. A viúva disse:
— Eu não tenho pão, só tenho um pouco de farinha e de azeite. E isso
só dá pra mim e pro meu filho.
Elias falou:
— Jeová prometeu que, se você fizer um pão pra mim, você vai ter
farinha e azeite até que volte a chover.
Então, a viúva foi para casa e fez um pão para Elias. E, assim como
Jeová tinha prometido, a viúva e o filho dela sempre tiveram o que
comer durante os anos de seca. A jarra de farinha e a jarra de azeite
dela nunca se esvaziaram.
Mas uma coisa terrível aconteceu. O filhinho da viúva ficou
muito doente e morreu. A viúva implorou para Elias fazer alguma
“Vejam os corvos: eles não semeiam nem colhem, não têm nem
celeiro nem depósito; contudo, Deus os alimenta. Será que
vocês não valem muito mais do que as aves?” — Lucas 12:24

coisa. Elias pegou o menino dos braços da mãe e o levou para um


quarto que ficava no andar de cima da casa. Ele colocou o menino
numa cama e orou:
— Jeová, por favor, faça esse menino viver de novo.
O que Elias pediu parecia impossível! Até onde se sabe, isso nunca
tinha acontecido antes. E a viúva e o filho dela nem eram do povo de
Jeová. Mas o menino voltou a viver! Elias disse para a viúva:
— Veja! Seu filho está vivo!
A viúva ficou tão feliz que disse para Elias:
— Agora eu sei que o senhor é mesmo um homem de Deus e que a
palavra que o senhor fala vem de Jeová e é verdade!

Sabe responder? Como a viúva mostrou que confiava em Jeová?


Como sabemos que Elias era mesmo um profeta de Deus?
1 Reis 17:8-24; Lucas 4:25, 26

117
49 O fim de uma rainha má
Da janela do palácio em Jezreel, o rei Acabe conseguia ver o terreno de
um homem chamado Nabote. Acabe queria muito aquele terreno e tentou
comprá-lo. Mas Nabote não quis vender o terreno porque a lei de Jeová não
deixava. Nabote fez o que era certo. Mas o que Acabe achou disso? Ele ficou
muito chateado. Ficou tão aborrecido que não queria mais sair do quarto e
não queria mais comer. Jezabel, a esposa malvada de Acabe, disse:
— Acabe, você é o rei de Israel. Você pode ter o que quiser. Deixa comigo.
Eu vou conseguir o terreno pra você.
Então, Jezabel bolou um plano para matar Nabote e conseguir o terreno.
Ela mandou os homens importantes da cidade acusar Nabote de xingar a
Deus. Por isso, Nabote foi morto. Aí, Jezabel disse para Acabe:
— Nabote morreu. Pode ficar com o terreno dele.
Nabote não foi a única pessoa boa que Jezabel matou. Ela mandou matar
muitas pessoas que amavam a Jeová. Ela adorava deuses falsos e fazia
muitas coisas más. Só que Jeová estava vendo tudo aquilo. Será que ele não
ia fazer nada?
Depois de um tempo, Acabe morreu. Jeorão, um dos filhos dele, se tornou
o rei. Nessa época, Jeová mandou um homem chamado Jeú matar Jezabel
e a família dela.
Jeú subiu no seu carro de guerra e foi
para Jezreel. Jeorão também subiu no
seu carro de guerra e foi se encontrar com
Jeú. Quando se encontraram, Jeorão
perguntou:
— Jeú, você está vindo em paz?
— Não, Jeorão. Nunca teremos paz
enquanto Jezabel, sua mãe, continuar
fazendo coisas más.
Nisso, Jeorão tentou virar seu carro
de guerra para fugir. Mas Jeú deu uma
flechada em Jeorão e ele morreu.
“Uma fortuna iniciada
com ganância
não será uma
bênção no fim.”
— Provérbios 20:21

Então, Jeú foi para o palácio de Jezabel. Quando ficou sabendo que Jeú
estava chegando, ela se maquiou, arrumou o cabelo e ficou esperando na
janela do andar de cima. Quando Jeú chegou, Jezabel começou a tratá-lo
mal. Daí, Jeú gritou para os servos que estavam do lado dela:
— Joguem essa mulher pela janela!
Os servos empurraram Jezabel pela janela, e ela caiu no chão e morreu.
Depois disso, Jeú matou os 70 filhos de Acabe. Ele também acabou com a
adoração de Baal em Israel. O que a gente pode aprender de tudo isso? Que
Jeová sabe de tudo o que acontece e que, na hora certa, ele castiga os que
fazem coisas ruins.

Sabe responder? O que Jezabel fez para conseguir o terreno de Nabote?


Por que Jeová castigou Jezabel?
1 Reis 21:1-29; 2 Reis 9:1–10:30

119
50 Jeová defende Jeosafá
Jeosafá era o rei de Judá. Ele acabou com a adoração de Baal em
seu reino. Jeosafá queria que todo mundo obedecesse a Jeová. Então,
ele escolheu alguns homens que conheciam bem as leis de Jeová para
ensinar as leis ao povo.
As nações que ficavam ali perto tinham medo de atacar Judá,
porque sabiam que Jeová protegia o povo dele. Essas nações até
levavam presentes para o rei Jeosafá. Mas os moabitas, os amonitas e
os que moravam na região de Seir foram lutar contra Judá. Jeosafá
sabia que precisava da ajuda de Jeová. Aí, Jeosafá mandou todos os
homens, mulheres e crianças ir para Jerusalém. Na frente de todo
mundo, ele orou:
— Jeová, não vamos conseguir ganhar sem sua ajuda. Por favor, diga
o que devemos fazer.
Então, Jeová respondeu:
— Não tenham medo. Eu estou com vocês. Ninguém vai precisar
lutar. Vejam o que eu vou fazer.
O que será que Jeová ia fazer para salvar o povo?
No dia seguinte, Jeosafá escolheu alguns homens que eram
cantores. Os cantores deviam ir na frente do exército cantando com
alegria músicas para Jeová. Eles marcharam de Jerusalém até o lugar
em que a luta ia acontecer, chamado Tecoa.
Enquanto eles cantavam, Jeová fez algo impressionante. Ele fez
os amonitas e os moabitas lutar uns contra os outros. Então, todos
eles morreram. Mas Jeová protegeu seu povo, assim como tinha
prometido. As nações perto de Judá ficaram sabendo o que Jeová
tinha feito, e viram que ele ainda estava defendendo o seu povo. Viu
só? Jeová sempre dá um jeito de salvar o seu povo. E ele não precisa da
ajuda de ninguém para fazer isso!

Sabe responder? Que coisas boas o rei Jeosafá fez?


Como Jeová protegeu Judá?
2 Crônicas 17:1-19; 20:1-30

120
“Vocês não terão de
lutar nesta batalha.
Tomem a sua posição,
fiquem parados e
vejam a salvação de
Jeová a seu favor.”
— 2 Crônicas 20:17
9
Nas próximas histórias, vamos conhecer pessoas que tiveram muita
fé em Jeová. Na Síria, uma menininha israelita tinha fé que o profeta
de Jeová podia curar Naamã. O profeta Eliseu não tinha dúvida de
que Jeová iria protegê-lo do exército inimigo. O sumo sacerdote
Jeoiada arriscou a vida para que Atalia não matasse o pequeno
Jeoás. O rei Ezequias confiava que Jeová ia salvar Jerusalém e não
se deixou levar pela ameaça dos assírios. O rei Josias acabou com
a idolatria em Judá, restaurou o templo e ajudou o povo a voltar
para Jeová.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Crianças também podem falar a outros sobre Jeová.

˛ Se fizermos o que é certo, Jeová promete ficar do nosso lado.

˛ Assim como Jonas, temos que fazer o que Jeová pede e não
reclamar quando as coisas não saem do nosso jeito.

123
51 Naamã e a menininha israelita
Bem longe de Israel, num lugar chamado Síria, vivia uma menininha
israelita. Ela tinha sido levada para longe de sua família pelo exército da
Síria. A menininha começou a trabalhar como empregada na casa de
Naamã, um dos chefes do exército sírio. Ninguém ali adorava a Jeová,
só a menina israelita.
Naamã tinha uma doença de pele horrível que doía bastante. A
menininha queria muito ajudá-lo. Então, ela falou para a esposa de
Naamã:
— Eu sei quem pode curar seu marido. Lá em Israel tem um profeta de
Jeová chamado Eliseu. Ele pode curar seu marido dessa doença.
A esposa de Naamã contou isso para ele. Naamã queria muito
melhorar. Então, foi para a casa de Eliseu em Israel. Como Naamã se
achava um homem importante, ele esperava que Eliseu saísse para falar
com ele. Mas, na verdade, Eliseu mandou o servo dele dar um recado
para Naamã:
— Vá até o rio Jordão e
mergulhe nele sete vezes. Aí, você
vai ficar curado.
Naamã não gostou nada disso. Ele
falou:
— Eu achei que esse profeta ia
me curar orando para o Deus dele e
movendo a mão pra lá e pra cá. Em vez
disso, ele me manda ir para um rio aqui
em Israel. Os rios da Síria são muito
melhores. Por que ele não me mandou
pra lá?
Naamã ficou muito bravo e foi embora
da casa de Eliseu. Mas os servos de
Naamã conversaram com ele:
— O senhor disse que faria de tudo pra se curar. Por
que não tenta fazer o que o profeta falou? Parece ser tão
fácil.
Naamã fez o que seus servos disseram. Ele foi até o rio Jordão
e mergulhou nele sete vezes. Quando saiu da água na sétima vez,
Naamã viu que estava completamente
curado! Ele ficou muito feliz e voltou para
agradecer a Eliseu. Naamã disse: “Da boca de crianças e
— Agora eu sei que Jeová é o verdadeiro de bebês fizeste sair
Deus. louvor.” — Mateus 21:16
Imagine como aquela menininha israelita
deve ter ficado feliz quando viu Naamã
voltando para casa totalmente curado!

Sabe responder? Será que foi fácil para a menininha


israelita falar com a esposa de Naamã? O que você acha
que ajudou a menininha a ter coragem?
2 Reis 5:1-19; Lucas 4:27

125
52 O exército poderoso de Jeová
Ben-Hadade, o rei da Síria, tentou várias vezes atacar Israel. Mas o profeta
Eliseu sempre avisava ao rei de Israel o que Ben-Hadade ia fazer. Por isso, os
ataques de Ben-Hadade nunca davam certo. Então, ele resolveu mandar o
exército da Síria ir até a cidade de Dotã para prender Eliseu.
O exército da Síria chegou em Dotã à noite. No dia seguinte, o servo de
Eliseu viu que a cidade estava cercada por um exército enorme. Ele ficou
morrendo de medo e gritou:
— Eliseu, e agora? O que vamos fazer?
Eliseu respondeu:
— Não se preocupe. Tem mais gente do nosso lado do que do lado deles.
Nessa hora, Jeová fez o servo de Eliseu enxergar algo impressionante. Ele
viu que todas as montanhas em volta da cidade estavam cheias de cavalos e
carros de guerra de fogo.
Quando os soldados sírios tentaram prender Eliseu, ele orou:
— Jeová, por favor, faça esses homens ficarem cegos.
Os soldados não ficaram cegos de verdade, mas, de repente, eles ficaram
sem saber onde estavam. Eliseu disse para eles:

126
“Esta é a confiança que
temos nele: não importa
o que peçamos segundo
a sua vontade, ele nos
ouve.” — 1 João 5:14

— Vocês vieram pra cidade errada. Venham comigo. Vou levar vocês até a
pessoa que estão procurando.
O exército seguiu Eliseu até Samaria, a mesma cidade em que o rei de Israel
morava. Quando os sírios perceberam onde estavam, já era tarde demais.
O rei de Israel perguntou para Eliseu:
— Devo matar esses soldados?
Eliseu poderia ter aproveitado essa chance para se vingar. Mas sabe o que
ele fez? Ele disse:
— Não mate esses homens. Dê comida pra eles e mande todos embora.
Assim, o rei de Israel mandou preparar uma mesa cheia de comida para
os soldados sírios. Depois, mandou todos de volta para casa.

Sabe responder? Como Jeová protegeu Eliseu e o servo dele?


Será que Jeová pode proteger você também?
2 Reis 6:8-24
53 Jeoiada foi corajoso
Jezabel teve uma filha chamada Atalia. Atalia era muito má, igual à
mãe, e se casou com o rei de Judá. Quando ele morreu, o filho de Atalia
se tornou o rei. Mas o filho dela também morreu. Aí, Atalia decidiu ser a
rainha de Judá. Para isso, ela matou todos os que tinham o direito de
ser rei, até os próprios netos. Todo mundo tinha medo dela.
Jeoiada, o sumo sacerdote, e sua esposa Jeoseba sabiam que tudo
aquilo que Atalia estava fazendo era errado. Então, eles foram muito
corajosos. Eles esconderam no templo um dos netos de Atalia, um
bebê chamado Jeoás, e ficaram cuidando dele.
Quando Jeoás tinha 7 anos, Jeoiada reuniu todos os homens
importantes de Judá e disse:
— Fiquem de olho nas portas do templo e não deixem ninguém
entrar.
Então, Jeoiada fez de Jeoás o novo rei de Judá e colocou uma coroa
na cabeça dele. O povo de Judá gritou:
— Viva o rei!
A rainha Atalia ouviu o povo
gritando e correu para o templo.
Quando viu o novo rei, ela começou a
gritar:
— Seus traidores! Seus traidores!
Aí, alguns homens levaram Atalia
para fora do templo e a mataram. O
reino de Judá finalmente estava livre
daquela rainha má, mas não das
coisas ruins que ela tinha feito. O que
Jeoiada ia fazer?
Jeoiada e todo o povo prometeram
que iam adorar apenas a Jeová. Daí,
eles destruíram o templo de Baal e
todas as imagens. Depois disso,
“Não fiquem com medo dos que
matam o corpo, mas não podem
matar a alma; em vez disso,
temam aquele que pode destruir
na Geena tanto a alma como o
corpo.” — Mateus 10:28

Jeoiada escolheu sacerdotes, levitas e porteiros para


trabalhar no templo de Jeová. Assim, o povo poderia
novamente adorar a Jeová do jeito certo. Daí, Jeoiada e outros homens
levaram Jeoás para o palácio e o colocaram no trono. Todo o povo de
Judá ficou muito feliz. Agora, eles podiam servir a Jeová sem Atalia e
sem a adoração de Baal para atrapalhar. Viu só? A coragem de Jeoiada
ajudou muita gente!

Sabe responder? Como Jeoiada provou que era um homem corajoso?


Será que Jeová pode ajudar você a ser corajoso também?
2 Reis 11:1–12:12; 2 Crônicas 21:1-6; 22:10–24:16

129
54 Jeová foi paciente com Jonas
Nínive era uma cidade que ficava na Assíria. As pessoas de lá eram
muito más. Por isso, Jeová mandou o profeta Jonas ir até lá e dizer para
aquelas pessoas que elas deviam se arrepender. Mas, em vez de ir para
lá, Jonas pegou um barco e fugiu para a cidade de Társis, que ficava bem
longe de Nínive.
Durante a viagem de barco, começou uma tempestade bem forte. Os
marinheiros ficaram com muito medo. Eles começaram a orar para os
deuses deles para saber por que aquela tempestade estava
acontecendo. Então, Jonas disse para os marinheiros:
— A culpa é minha. Jeová me mandou fazer uma coisa e eu fugi. Se
vocês me jogarem no mar, a tempestade vai parar.
Os marinheiros não queriam fazer isso, mas Jonas insistiu. Quando os
marinheiros jogaram Jonas no mar, a tempestade parou.
Jonas começou a afundar. Ele achou que ia morrer, então orou para
Jeová. Nessa hora, Jeová mandou um peixe gigante. O peixe engoliu
Jonas, mas Jonas não morreu. Dentro da barriga do peixe, Jonas orou:
— Jeová, prometo que, de agora em diante, vou sempre te obedecer.
Jonas ficou dentro da barriga do peixe por três dias. Depois, Jeová fez
o peixe cuspir Jonas em terra seca.
Será que isso queria dizer que Jonas podia voltar para casa? Não.
Jeová, mais uma vez, mandou Jonas ir para Nínive. Mas dessa vez Jonas

130
‘Jeová é paciente com vocês,
porque não deseja que ninguém
obedeceu. Quando chegou lá, Jonas disse seja destruído, mas deseja que
para aquelas pessoas ruins: todos alcancem o arrependimento.’
— Em 40 dias, Nínive vai ser destruída. — 2 Pedro 3:9
Só que aconteceu uma coisa que
ninguém esperava. Os ninivitas se arrependeram! O rei de Nínive disse:
— Vamos pedir para Deus nos perdoar. Talvez ele decida não matar a
gente.
Quando Jeová viu que os ninivitas tinham se arrependido, ele decidiu
não destruir a cidade.
Jonas ficou muito bravo com isso. Ele não foi paciente com os
ninivitas, assim como Jeová tinha sido com ele. Em vez disso, ele saiu
da cidade com a cara emburrada e se sentou na sombra de uma planta
chamada cabaceiro. Só que o cabaceiro morreu, e isso deixou Jonas
chateado. Então, Jeová ensinou uma lição importante para Jonas:
— Você ficou com pena de um cabaceiro e ficou bravo quando
ele morreu. Você não acha que as pessoas de Nínive são mais
importantes do que uma planta?

Sabe responder? Que lições Jeová queria ensinar para Jonas?


O que podemos aprender do que aconteceu com Jonas?
Jonas 1:1–4:11
55 O anjo de Jeová protegeu Ezequias
A Assíria já tinha conquistado o reino de dez tribos de Israel e também
queria conquistar o reino de duas tribos de Judá. Senaqueribe, o rei da
Assíria, foi invadindo as cidades de Judá uma por uma. Mas a cidade que
ele mais queria era Jerusalém. Só que ele não contava com uma coisa.
Jeová estava protegendo Jerusalém.
Ezequias, o rei de Judá, deu um monte de dinheiro para Senaqueribe
não atacar Jerusalém. Senaqueribe pegou o dinheiro, mas mesmo assim
mandou seu poderoso exército atacar a cidade. O povo ficou com muito
medo. Os assírios estavam cada vez mais perto. Então, Ezequias disse para
o povo:
— Não tenham medo. Os assírios são fortes, mas Jeová vai nos ajudar a
ser mais fortes do que eles.
Senaqueribe mandou seu mensageiro até Jerusalém. Quando chegou lá,
o mensageiro ficou parado do lado de fora da cidade e começou a rir da
cara das pessoas de Jerusalém. Ele gritou:
— Jeová não vai ajudar vocês. Ezequias está tentando enganar vocês.
Nenhum deus pode proteger sua cidade de nós!
Ezequias perguntou para Jeová o que ele deveria fazer. Jeová respondeu:
— Não tenha medo do que aquele mensageiro disse. Senaqueribe nunca
vai conquistar Jerusalém.
Pouco depois, Ezequias recebeu algumas cartas de Senaqueribe. As
cartas diziam: “Desistam. Jeová não pode salvar vocês.” Aí, Ezequias orou:
— Por favor, Jeová, nos salve. Assim todo mundo vai saber que só o
Senhor é o Deus verdadeiro.
Jeová respondeu para Ezequias:
— O rei da Assíria não vai entrar em Jerusalém. Eu vou proteger a
minha cidade.
Então, o exército assírio veio e ficou ao redor de
Jerusalém. Senaqueribe tinha certeza de que ia conseguir
entrar na cidade. Mas sabe o que aconteceu? De noite,

132
Jeová mandou um
anjo para o
acampamento, e o anjo
matou 185 mil soldados!
Senaqueribe perdeu
todos os seus soldados
mais fortes. Tudo o que ele podia
fazer era baixar a cabeça e voltar para
casa. Jeová fez o que tinha prometido e
protegeu Ezequias e Jerusalém. E se
você estivesse lá em Jerusalém? Você
teria confiado em Jeová?

Sabe responder? Como Jeová


protegeu Jerusalém? Você acha que
Jeová vai proteger você também?
2 Reis 17:1-6; 18:13-37; 19:1-37;
2 Crônicas 32:1-23
“O anjo de Jeová
acampa ao redor
dos que O temem,
e ele os socorre.”
— Salmo 34:7
56 Josias amava aprender sobre Jeová
Josias se tornou o rei de Judá quando tinha 8 anos. Naquela época,
as pessoas faziam coisas que Jeová não gostava. Elas faziam magia e
adoravam deuses falsos. Quando tinha 16 anos, Josias quis saber
como era o jeito certo de adorar a Deus. Aos 20, ele destruiu todas as
imagens e altares de deuses falsos que existiam em Judá. E quando
tinha 26 anos, Josias mandou reformar o templo.
Durante a reforma, o sumo sacerdote Hilquias encontrou o rolo com
as leis de Jeová, talvez o mesmo rolo que Moisés tinha escrito. Safã, o
secretário do rei, levou o rolo até Josias e começou a ler as leis em voz
alta. Quando ouviu a leitura, Josias ficou triste porque o povo não
estava fazendo o que as leis de Jeová mandavam. Então, Josias disse
para Hilquias:
— Jeová deve estar muito bravo com a gente. Vá e fale com ele. Jeová
vai dizer o que a gente precisa fazer.
Jeová respondeu:
— Como as pessoas de Judá me abandonaram, elas vão ser
castigadas. Mas isso só vai acontecer depois que Josias morrer, porque
ele leu as minhas leis e quis fazer o que era certo.
Quando soube da resposta de Jeová, Josias foi ao templo e juntou ali
todas as pessoas de Judá. Aí, ele leu as leis de Jeová em voz alta para
todo mundo. Josias e o povo prometeram obedecer a Jeová de todo o
coração.

134
“Tua palavra é lâmpada
para o meu pé, e luz
Josias viu que, nas leis, Jeová mandava seu para o meu caminho.”
povo comemorar a Páscoa todo ano. Mas as — Salmo 119:105
pessoas de Judá passaram muitos anos sem
fazer isso. Então, Josias decidiu organizar uma Páscoa para Jeová.
Ele deu muitos animais para os sacrifícios e colocou no templo um
coral para cantar cânticos. Depois da Páscoa, o povo fez outra festa
que durou sete dias, chamada de Festividade dos Pães sem Fermento.
A última vez que o povo tinha feito uma Páscoa como aquela foi nos
dias de Samuel. Josias amava mesmo aprender sobre Jeová e sobre
as leis dele. E você? Também gosta de aprender sobre Jeová?

Sabe responder? Como o rei Josias se sentiu quando ouviu as leis de Deus?
O que Jeová achava de Josias?
2 Reis 21:26; 22:1–23:30; 2 Crônicas 34:1–35:25
10
Jeová é o Rei de tudo. Ele sempre esteve no controle das coisas e
sempre vai estar. Por exemplo, ele não deixou Jeremias morrer num
buraco cheio de lama. Ele salvou Sadraque, Mesaque e Abednego
de uma fornalha ardente, e salvou Daniel da boca dos leões. Jeová
protegeu Ester para ela poder salvar seu povo. Ele não vai deixar a
maldade continuar para sempre. E, nas profecias sobre a estátua
gigante e sobre a árvore bem alta, Jeová nos garante que seu Reino
vai acabar logo com toda a maldade e vai governar a Terra inteira.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ O Reino de Jeová é muito mais poderoso do que qualquer governo.

˛ Assim como Ester e Daniel, devemos sempre fazer o que é certo,


não importa onde nós estejamos.

˛ Quando enfrentamos alguma situação bem difícil, devemos confiar


totalmente em Jeová, assim como Jeremias e Neemias fizeram.

137
57 Jeremias pregou com coragem
Jeová escolheu Jeremias para ser um profeta em Judá. Jeremias teria
que pregar e dizer para as pessoas pararem de fazer coisas erradas. Mas
Jeremias disse:
— Jeová, eu sou apenas um jovem. Não sei como falar com o povo.
— Não tenha medo, Jeremias. Eu vou dizer o que você deve falar. Eu vou te
ajudar.
Um dia, Jeová mandou Jeremias reunir os homens importantes de Judá
e quebrar um jarro de barro na frente deles. Depois, Jeremias devia explicar
que ia acontecer com Jerusalém o mesmo que tinha acontecido com o jarro.
Ele fez isso, e os homens de Judá ficaram muito bravos. Um sacerdote
chamado Pasur bateu em Jeremias e prendeu as mãos e os pés dele numa
madeira. Jeremias ficou uma noite inteira sem conseguir se mexer. No dia
seguinte, foi solto. Ele estava tão triste que disse que não ia mais pregar.
Mas será que Jeremias desistiu mesmo? Não. Ele pensou um pouco mais e
disse:
— A mensagem de Jeová é como um fogo dentro de mim. Não consigo
parar de pregar.
Os anos se passaram, e um novo
rei começou a reinar em Judá. Os
sacerdotes e os profetas falsos
odiavam o que Jeremias dizia. Então,
eles disseram para os príncipes de
Judá matar Jeremias. Mas Jeremias
disse:
— Se vocês me matarem, vão matar
um homem inocente. As coisas que eu
falo não vêm de mim. Vêm de Jeová.
Os príncipes de Judá ouviram isso e
disseram:
— Este homem não merece morrer.
Jeremias continuou pregando. Mas,
com o tempo, até os príncipes
começaram a ficar com raiva dele.
“Vocês serão odiados
Daí, eles pediram para o rei matar Jeremias. O rei disse por todos, por causa
do meu nome. Mas
que os príncipes podiam fazer o que quisessem. Então,
quem perseverar até
os príncipes decidiram matar Jeremias. Eles o o fim será salvo.”
agarraram e o jogaram num buraco bem fundo e cheio — Mateus 10:22
de lama. Aí, Jeremias começou a afundar.
Quando soube disso, um homem chamado Ebede-Meleque foi falar com o
rei:
— Os príncipes jogaram Jeremias num buraco. Se ele não sair de lá, ele vai
morrer!
O rei mandou Ebede-Meleque ir com mais 30 homens salvar Jeremias.
Apesar de tudo o que sofreu, Jeremias foi corajoso e nunca parou de pregar.
E você? Quer ser como ele?

Sabe responder? Por que Jeremias conseguiu ser obediente a Jeová, mesmo quando era
jovem? Quem tentou fazer Jeremias parar de pregar?
Jeremias 1:1-19; 19:1-11; 20:1-13; 25:8-11; 26:7-16; 38:1-13

139
58 A destruição de Jerusalém
O povo de Judá vivia se afastando de Jeová e adorando deuses falsos.
Por muitos anos, Jeová mandou profetas para ajudar o povo de Judá.
Mas as pessoas não estavam nem aí para os profetas. Elas até riam do
que eles falavam. O que Jeová ia fazer para acabar com aquela adoração
falsa?
Naquele tempo, o rei de Babilônia, Nabucodonosor, estava invadindo
várias cidades e ficando com todas elas. Ele invadiu Jerusalém e levou o
rei Joaquim, os príncipes, os soldados e muitos outros homens de Judá
para Babilônia. Nabucodonosor também pegou todos os tesouros do
templo de Jeová. Então, ele fez Zedequias ser o rei de Judá no lugar de
Joaquim.
No começo, Zedequias obedecia ao rei de Babilônia. Mas alguns
profetas falsos e outras pessoas falaram para Zedequias ficar contra
Babilônia. Então, Jeremias deu um aviso:
— Se você parar de obedecer ao rei de Babilônia, vão acontecer coisas
ruins em Judá. Muitos vão morrer, passar fome e ficar doentes.
Oito anos depois, Zedequias decidiu ficar contra Babilônia e pediu
ajuda para o exército do Egito. Então, Nabucodonosor mandou seu
exército cercar e atacar Jerusalém. Jeremias disse para Zedequias:
— Se entregue para Babilônia! Jeová disse que só assim você e
a cidade vão sobreviver. Se você não se entregar, os babilônios vão
queimar Jerusalém e vão te levar preso.
Mas Zedequias disse:
— Me entregar? Nunca!
“Jeová Deus, o Todo-Poderoso,
verdadeiros e justos são
os teus julgamentos.”
— Apocalipse 16:7
Um ano e meio depois, os babilônios
conseguiram entrar em Jerusalém e
colocaram fogo na cidade. Eles queimaram o templo, mataram um
monte de gente e levaram milhares de pessoas presas para Babilônia.
Zedequias fugiu de Jerusalém, mas os babilônios conseguiram prender
e levar Zedequias para o rei Nabucodonosor. Então, o rei mandou matar
os filhos de Zedequias na frente dele. Depois, ele cegou Zedequias e o
mandou para a prisão. Zedequias ficou lá até morrer. Mas Jeová
prometeu para o povo de Judá:
— Depois de 70 anos, eu vou trazer vocês de volta para Jerusalém.
Mas sabia que alguns jovens que amavam a Jeová também foram
levados para Babilônia? O que ia acontecer com eles? Será que iam
continuar leais a Jeová?

Sabe responder? Quem foi Nabucodonosor? O que ele fez com Jerusalém?
Quem foi Zedequias?
2 Reis 24:1, 2, 8-20; 25:1-24; 2 Crônicas 36:6-21; Jeremias 27:12-14; 29:10, 11;
38:14-23; 39:1-9; Ezequiel 21:27

141
59 Quatro jovens obedecem a Jeová
O rei Nabucodonosor queria que alguns dos príncipes de Judá
trabalhassem para ele. Então, ele mandou um homem chamado
Aspenaz escolher os príncipes mais saudáveis e espertos. Esses
jovens iam receber um treinamento de três anos. Os príncipes teriam
que aprender a ler, escrever e falar a língua de Babilônia. Também
comeriam a mesma comida do rei e de todos do palácio. O nome de
quatro jovens que foram escolhidos era Daniel, Hananias, Misael e
Azarias. Aspenaz deu um novo nome para cada um deles. Eles
passaram a se chamar Beltessazar, Sadraque, Mesaque e Abednego.
Será que o treinamento em Babilônia ia estragar a amizade desses
jovens com Jeová?

142
“Nunca deixe que ninguém
o menospreze por você ser
jovem. Em vez disso,
Esses quatro jovens estavam torne-se exemplo para os
decididos a obedecer a Jeová. Eles fiéis no falar, na conduta, no
amor, na fé, na castidade.”
sabiam que os babilônios comiam — 1 Timóteo 4:12
coisas que as leis de Jeová não
permitiam. Por isso, eles falaram com
Aspenaz e pediram para não comer a comida do rei. Aspenaz
respondeu:
— Mas, se vocês não comerem a comida do rei, e ele achar que
vocês parecem doentes, eu vou ser um homem morto!
Aí, Daniel foi conversar com o homem que cuidava dos jovens:
— Que tal o senhor fazer um teste? Durante dez dias dê só verduras
e água pra gente. Depois desse tempo, compare a gente com os
outros jovens que estão comendo a comida do rei.
O homem concordou e, depois dos dez dias, Daniel e seus amigos
pareciam ter mais saúde do que todos os outros jovens. Jeová ficou
muito feliz por ver a obediência deles. Ele até deu a Daniel sabedoria
para entender o significado de sonhos.
Quando o treinamento acabou, Aspenaz levou todos os jovens
até o rei Nabucodonosor. O rei conversou com eles e percebeu que
Daniel, Hananias, Misael e Azarias eram os mais inteligentes e
atentos. Por isso, escolheu esses quatro jovens para trabalhar no
palácio. O rei sempre pedia a opinião deles para resolver assuntos
importantes. Jeová ajudou Daniel e seus amigos a ser mais
inteligentes do que os magos e adivinhos do rei.
Daniel, Hananias, Misael e Azarias estavam longe de casa e da
família. Mesmo assim, eles não esqueceram de Jeová. E você? Será
que vai sempre lembrar de Jeová, mesmo que seus pais não estejam
por perto?

Sabe responder? Por que você acha que Daniel e seus amigos obedeceram a Jeová?
Como Jeová ajudou esses quatro jovens?
Daniel 1:1-21

143
60 Um Reino que vai durar para sempre
Numa noite, o rei Nabucodonosor teve um sonho muito estranho. Aquele
sonho incomodou tanto o rei que ele não conseguia mais dormir. Então,
Nabucodonosor chamou os seus magos e disse:
— Expliquem o sonho que eu tive.
— Claro, senhor! Mas, por favor, conte primeiro pra nós qual foi o sonho.
— Não! Vocês é que têm que me contar o sonho, ou eu mato todos vocês!
— Mas, rei Nabucodonosor, por favor! Conte qual foi o sonho, e nós
explicaremos o que ele quer dizer.
— Vocês estão tentando me enrolar! Contem logo qual foi o meu sonho.
— Isso é impossível, senhor. Ninguém consegue fazer isso.
Nabucodonosor ficou tão bravo que mandou matar todos os homens
sábios de Babilônia. Isso colocou Daniel, Sadraque, Mesaque e Abednego
em perigo. Daniel foi falar com Nabucodonosor e pediu um pouco mais de
tempo. Então, Daniel e seus amigos oraram e pediram a ajuda de Jeová.
O que será que Jeová fez?
Jeová contou para Daniel o sonho de Nabucodonosor e o que o sonho
queria dizer. Aí, no dia seguinte, Daniel disse para um dos servos do rei:
— Não mate nenhum dos homens sábios. Eu posso explicar o sonho
do rei.
O servo levou Daniel até Nabucodonosor. Então, Daniel disse para o rei:
— Deus está te contando o futuro. O seu sonho foi esse: o senhor
viu uma estátua enorme com cabeça de ouro, peito e braços de prata,
barriga e coxas de cobre, pernas de ferro e pés de
ferro com argila. Então, uma pedra foi cortada de
um monte e bateu com tudo nos pés da
estátua, e a estátua virou pó. Aí, veio um
vento que levou todo o pó embora. Depois,
aquela pedra virou um monte bem grande
e cobriu a Terra inteira.

144
Daí, Daniel explicou para Nabucodonosor:
— A cabeça de ouro da estátua é o seu reino. A prata é o reino que vai
vir depois do senhor. Então, vai vir outro reino que vai ser como o cobre e
que vai dominar a Terra inteira. Depois vai ter mais um reino que vai ser
forte como o ferro. Por último, vai existir um reino dividido. Partes desse
reino vão ser fortes como o ferro, mas outras vão ser fracas como a argila.
A pedra que vira um monte é o Reino de Deus. Esse Reino vai destruir todos
os reinos e vai durar para sempre.
Quando ouviu isso, Nabucodonosor se ajoelhou e disse a Daniel:
— Foi o seu Deus que contou o sonho pra você. Não existe nenhum Deus
como ele!
Em vez de matar Daniel, Nabucodonosor fez dele o
chefe de todos os homens sábios, e Daniel se tornou o
governador de Babilônia. Viu só? Jeová respondeu
mesmo a oração de Daniel e seus amigos!

Sabe responder? Por que Daniel conseguiu explicar o sonho


de Nabucodonosor? O que o sonho queria dizer?
Daniel 2:1-49

“E elas os reuniram
no lugar que em
hebraico se chama
Armagedom.”
— Apocalipse 16:16
61 Eles não adoraram a estátua
Depois de um tempo, o rei Nabucodonosor fez uma estátua de
ouro bem grande. Daí, ele chamou todas as pessoas importantes de
Babilônia para ver a estátua. Entre essas pessoas estavam Sadraque,
Mesaque e Abednego. O rei mandou:
— Quando vocês ouvirem a música tocar, se ajoelhem e adorem a
estátua! Quem não fizer isso vai ser jogado numa fornalha ardente.
E agora? Será que eles iam adorar a estátua, ou iam continuar leais
a Jeová?
Quando a música começou, todo mundo se ajoelhou e adorou a
estátua, menos Sadraque, Mesaque e Abednego. Alguns homens viram
isso e foram contar para Nabucodonosor. Então, o rei mandou buscar
os três e disse:
— Vou dar só mais uma chance pra vocês. Se não adorarem a
estátua, eu vou jogar vocês na fornalha. E nenhum Deus vai poder
salvar vocês de mim.
Os três responderam:
— Senhor, não queremos outra chance. Nosso Deus pode nos salvar.
Mas, mesmo que ele não nos salve, não vamos adorar a estátua.
Nabucodonosor ficou tão bravo que disse:
“Adore a Jeová, — Deixem a fornalha sete vezes mais quente!
seu Deus, e preste Amarrem esses homens e joguem os três na fornalha.
serviço sagrado
apenas a ele.” Os soldados fizeram isso. Mas a fornalha estava
— Mateus 4:10 tão quente que os soldados morreram só de chegar

146
perto dela! Quando o rei olhou dentro da fornalha, ele viu quatro
homens andando. Então, ele ficou assustado e perguntou:
— Nós jogamos três homens na fornalha, não foi? Mas tem quatro
homens lá dentro. E um deles parece um anjo!
Nabucodonosor chegou mais perto da fornalha e mandou Sadraque,
Mesaque e Abednego sair de lá. Para a surpresa de todos, os três
saíram do fogo sem nenhuma queimadura. A pele, o cabelo e a roupa
deles não tinham se queimado. Eles não estavam nem com cheiro de
fumaça! Nabucodonosor disse:
— O Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego é o mais poderoso de
todos. Ele mandou um anjo pra salvar os três. Nenhum deus é igual ao
deles!
O que a gente pode aprender de Sadraque, Mesaque e Abednego?
Que devemos estar decididos a ser leais a Jeová, não importa o que
aconteça.

Sabe responder? O que Sadraque, Mesaque e Abednego decidiram não fazer?


Como Jeová salvou os três?
Daniel 3:1-30
62 Uma árvore muito alta
Uma noite, o rei Nabucodonosor teve outro sonho e ficou com muito
medo. Ele pediu para os sábios do reino explicarem o que o sonho
queria dizer. Mas nenhum deles conseguiu. Então, o rei decidiu falar
com Daniel. O rei disse:
— Eu sonhei com uma árvore. Ela era tão alta que chegava no céu.
Em qualquer lugar da Terra, dava pra ver a árvore. Ela tinha folhas
bonitas e muitas frutas. Os animais gostavam de descansar na sombra
dela, e os pássaros faziam ninhos nos seus galhos. Aí, apareceu um
anjo que veio do céu. Ele falou: “Derrubem a árvore e cortem os galhos
dela. Só deixem o toco com a raízes no chão, e coloquem em volta do
toco faixas de ferro e de cobre. O coração da árvore vai mudar de
humano para animal, e sete tempos vão passar. Todo mundo vai saber
que Deus é o Governante e que ele pode dar um reino pra quem ele
quiser.”
Então, Jeová fez Daniel saber o que o sonho queria dizer. Quando
Daniel entendeu o sonho, ficou com medo. Daniel disse para o rei:
— Eu queria que esse sonho fosse sobre seus inimigos, mas ele tem
a ver com o senhor. A árvore grande que foi derrubada é o senhor. O
senhor vai perder o seu reino e vai comer mato como um animal. Mas,
como o anjo disse para deixarem o toco com a raiz, o senhor vai voltar
a ser rei.
Um ano depois, Nabucodonosor estava andando no terraço do seu
palácio, admirando Babilônia. Ele falou:
— Veja como é linda esta cidade que eu construí. Eu sou mesmo o
melhor rei de todos!
O rei mal acabou de falar isso quando ouviu uma voz do céu dizer:
— Nabucodonosor! Agora você perdeu o seu reino.
Naquele momento, Nabucodonosor ficou louco e começou a agir
como um animal. Por isso, ele teve que sair do palácio e viver com os
animais no campo. O cabelo do rei cresceu tanto que parecia penas de
águia, e as unhas dele ficaram parecendo as garras de uma águia.

148
Depois de sete anos,
Nabucodonosor voltou ao
normal. Então, Jeová deixou
que ele fosse o rei de Babilônia de
novo. Nabucodonosor disse:
— Jeová é o Rei dos céus, e ele
merece toda a adoração. Agora eu sei que
Jeová é o Governante. Ele ensina as pessoas
orgulhosas a ser humildes e dá um reino a
quem ele quiser.

Sabe responder? O que o sonho de Nabucodonosor


queria dizer? Qual foi a lição que Nabucodonosor
aprendeu?
Daniel 4:1-37

“O orgulho vem
antes da queda,
e o espírito
arrogante antes
do tropeço.”
— Provérbios 16:18
63 As palavras que apareceram na parede
Depois de um tempo, Belsazar virou o rei de Babilônia. Numa noite,
ele deu uma grande festa e convidou as pessoas mais importantes de
Babilônia. Daí, Belsazar mandou seus empregados
trazerem os copos de ouro que Nabucodonosor tinha
tirado do templo de Jeová. Belsazar e todas as
pessoas que estavam na festa bebiam nos copos de
ouro enquanto falavam bem dos deuses deles. Então,
do nada, apareceu a mão de um homem! A mão
escreveu umas palavras estranhas na parede do
salão onde eles estavam.
Belsazar ficou morrendo de medo. Ele chamou os
magos do reino e disse:
— Quem me explicar essas palavras vai se tornar a terceira pessoa mais
importante de Babilônia!
Todos os magos tentaram explicar, mas ninguém conseguiu. Daí, a
rainha disse para Belsazar:
— Um homem chamado Daniel sempre explicava coisas para
Nabucodonosor. Ele pode te explicar o que essas palavras querem dizer.
Então, Daniel veio falar com o rei. Belsazar disse:
— Daniel, se você conseguir ler e me explicar essas palavras, vou te dar
um colar de ouro e vou fazer de você o terceiro homem mais importante de
Babilônia.
— Senhor, não quero nada disso, mas eu vou te dizer o que essas
palavras significam. Seu pai, Nabucodonosor, era um homem orgulhoso,
mas Jeová ensinou uma lição pra ele. Mesmo sabendo
tudo o que aconteceu com ele, o senhor bebeu vinho nos
“Caiu! Caiu
copos do templo. Jeová ficou muito bravo. Foi por isso
Babilônia, a
Grande, e ela que ele escreveu na parede as palavras Mene, Mene,
se tornou morada Tequel e Parsim. Elas querem dizer que o rei da Média e da
de demônios.” Pérsia vai invadir Babilônia, e o senhor não vai mais ser rei.
— Apocalipse 18:2
Em volta de Babilônia tinha uma muralha bem grossa
e um rio bem fundo. Por isso, todo mundo achava que

150
nunca ninguém ia invadir Babilônia. Mas, bem na noite da festa, os
soldados da Média e da Pérsia atacaram Babilônia. O rei da Pérsia,
chamado Ciro, desviou o rio. Assim, ficou fácil para os soldados dele
chegar até os portões de Babilônia. Quando eles chegaram lá, os portões
já estavam abertos! Os soldados entraram com tudo, tomaram Babilônia
e mataram Belsazar. Então, Ciro virou o rei de Babilônia.
Um ano depois, Ciro disse para todo mundo:
— Jeová me mandou reconstruir o templo dele em Jerusalém. Eu vou
deixar todos os judeus que quiserem ajudar no trabalho ir pra lá.
Assim como Jeová tinha prometido, muitos judeus voltaram para casa
70 anos depois de Jerusalém ser destruída. Ciro mandou de volta os copos
de ouro e de prata e tudo o que Nabucodonosor tinha tirado do templo.
Viu só? Jeová usou Ciro para ajudar os judeus.

Sabe responder? O que as palavras escritas na parede queriam dizer?


O que Jeová mandou Ciro fazer?
Esdras 1:1-11; Daniel 5:1-30; Isaías 44:27–45:2; Jeremias 25:11, 12
64 Daniel na cova dos leões
Outro rei de Babilônia se chamava Dario. Dario sabia que Daniel era
especial. Por isso, fez Daniel ser o chefe de todos os homens importantes de
Babilônia. Só que esses homens tinham inveja de Daniel e queriam se livrar
dele. Eles sabiam que Daniel orava a Jeová três vezes por dia. Então, foram
falar com o rei:
— Rei Dario, assine uma lei que mande todo mundo orar apenas para o
senhor. Quem orar pra qualquer outro deus deve ser jogado numa cova cheia
de leões.
Dario gostou da ideia e assinou a lei. Quando Daniel soube disso, foi para
casa. Ele se ajoelhou em frente a uma janela aberta e orou a Jeová. Então, os
inimigos de Daniel invadiram a casa dele bem na hora que ele estava orando.
Daí, eles foram correndo contar para o rei Dario:
— Daniel te desobedeceu! Ele ora para o Deus dele três vezes, todo dia.
Mas Dario gostava de Daniel e não queria que ele
morresse. Dario ficou o dia todo pensando num jeito de
salvar Daniel. Mas era tarde demais. Ele já tinha
assinado a lei e não dava mais para mudar. Então, ele
teve que mandar seus homens jogar Daniel numa cova
cheia de leões ferozes.

152
Naquela noite, Dario ficou tão preocupado com
Daniel que não conseguiu dormir. De manhã, ele
correu até a cova e gritou:
— Daniel, seu Deus te salvou?
Para a surpresa de Dario, Daniel respondeu:
— Eu estou bem! O anjo de Jeová fechou a boca
dos leões!
Dario ficou muito feliz e mandou seus homens
tirar Daniel de lá. Daniel não tinha nenhum arranhão! Então, o rei
mandou jogar os homens que tinham inveja de Daniel na cova.
Os homens nem caíram na cova e os leões já os devoraram.
Depois de tudo isso, Dario mandou dizer para
o povo:
— Todos devem adorar o Deus de Daniel. Ele “Jeová sabe livrar
salvou Daniel dos leões. da provação os que
têm devoção a ele.”
Que tal imitar a Daniel e orar a Jeová todo dia?
— 2 Pedro 2:9
Sabe responder? O que Daniel fazia três vezes por dia?
Como Jeová salvou Daniel?
Daniel 6:1-28
65 Ester salva o seu povo
Ester era uma moça judia que morava em Susã, uma cidade da Pérsia. Ela
morava lá porque, muitos anos antes, Nabucodonosor tinha tirado a família
dela de Jerusalém. Ester foi criada por Mordecai, o primo dela. Mordecai
trabalhava para Assuero, o rei da Pérsia.
O rei Assuero queria uma nova rainha. Então, seus empregados levaram
para ele as mulheres mais bonitas do reino, incluindo Ester. Sabe quem o rei
escolheu? Ester! Mas Mordecai disse para ela não contar para ninguém que
ela era filha de judeus.
No reino, tinha um homem muito orgulhoso chamado Hamã. Ele era o
chefe de todos os príncipes, e queria que todo mundo se ajoelhasse na frente
dele. Mas Mordecai nunca se ajoelhava. Isso deixou Hamã com tanta raiva
que ele quis matar Mordecai! E, quando descobriu que Mordecai era judeu,
Hamã teve uma ideia para matar todos os judeus. Ele disse para o rei:
— Os judeus são perigosos! É melhor o senhor se livrar deles.
Quando o rei Assuero ouviu isso, deixou Hamã criar uma lei. Essa lei dizia
que todos os judeus seriam mortos no dia 13 do mês de adar. Mas Jeová
estava de olho em tudo aquilo.
Ester não sabia dessa lei. Então, Mordecai mandou uma cópia para ela e
disse que ela teria que dar um jeito de falar com o rei. Ester respondeu:
— Mas toda pessoa que vai falar com o rei
sem ser convidada pode morrer. E já faz 30
dias que ele não me chama! Mas, tudo bem,
eu vou. Se o rei estender o cetro dele pra
mim, eu vou viver. Se não, eu vou morrer.
Então, Ester foi até o pátio do rei. Quando
o rei viu Ester, ele estendeu o cetro. Ela
entrou até Assuero, e ele perguntou:
— O que eu posso fazer por você, rainha
Ester?
— Eu quero convidar o senhor e Hamã
para um jantar.
Durante o jantar, Ester convidou o rei e
“Vocês serão levados diante
Hamã para outro jantar. No segundo jantar, o de governadores e reis, por
minha causa, para darem
rei perguntou de novo o que podia fazer por
testemunho a eles e às nações.”
Ester. Ela disse: — Mateus 10:18
— Tem uma pessoa que quer matar meu
povo. E me matar também! Por favor, nos salve!
— Mas quem quer matar vocês, rainha?
— Hamã, esse homem mau!
Assuero ficou tão bravo que, naquela mesma hora, mandou matar Hamã.
Mas ninguém podia mudar a lei de Hamã, nem mesmo o rei. Daí, Assuero
fez de Mordecai o chefe dos príncipes e deixou que Mordecai criasse uma
outra lei. Essa outra lei dizia que os judeus podiam se defender quando
fossem atacados. Assim, no dia 13 de adar, os judeus venceram seus
inimigos. Depois disso, os judeus passaram a comemorar essa vitória todo
ano.

Sabe responder? Qual foi o plano de Hamã contra os judeus?


Como Ester mostrou que tinha fé em Jeová?
Ester 2:5-20; 3:1–5:8; 7:1–8:14; 9:1-28

155
66 Esdras ensinou a lei de Deus
Já fazia uns 70 anos que a maioria dos israelitas tinha voltado para
Jerusalém. Mas alguns deles ainda estavam morando em vários lugares
diferentes do reino da Pérsia. Um desses israelitas era um sacerdote
chamado Esdras. Ele sempre ensinava para as pessoas as leis de Jeová.
Esdras ficou sabendo que os israelitas em Jerusalém não estavam
obedecendo às leis de Jeová. Então, ele quis ir para lá e ajudar o povo. O rei
da Pérsia, Artaxerxes, disse para Esdras:
— Deus deu pra você a sabedoria para ensinar as leis dele. Volte para
Jerusalém. Se alguém quiser ir junto, pode ir.
Então, Esdras se reuniu com todas as pessoas que queriam voltar
para Jerusalém. Eles oraram para Jeová proteger a viagem deles e então
partiram.
Quatro meses depois, eles chegaram em Jerusalém. Os príncipes de lá
disseram para Esdras que os israelitas tinham se casado com mulheres que
adoravam deuses falsos. Quando soube disso, Esdras se ajoelhou na frente
do povo e orou:
— Jeová, o Senhor fez tanta coisa boa por nós, mas nós só fizemos
coisas que o Senhor não gosta.
Os israelitas se arrependeram, mas continuaram a fazer coisas erradas.
Por isso, Esdras escolheu anciãos e juízes para cuidar desses problemas.
Nos três meses seguintes, as pessoas que não adoravam a Jeová foram
mandadas embora.
Então, se passaram 12 anos. Nesse meio-tempo, os muros em volta
de Jerusalém foram reconstruídos. Aí, Esdras reuniu todo o povo na
praça para ler as leis de Deus. Quando ele abriu o livro, todo o povo
ficou de pé. Esdras louvou a Jeová, e o povo concordou com
Esdras. Enquanto ele lia e explicava as leis, o povo prestava
bastante atenção. Os israelitas confessaram que tinham
desobedecido a Jeová outra vez e choraram. No dia seguinte,
Esdras leu mais leis para o povo. Os israelitas viram que
faltava pouco tempo para chegar a Festividade das
Barracas. Eles não perderam tempo e começaram a se
preparar para essa grande festa.

156
Nos sete dias de festa, os israelitas ficaram muito felizes e agradeceram
a Jeová por ter abençoado as plantações deles. A última vez que os
israelitas fizeram uma Festividade das Barracas como essa foi nos dias de
Josué. Depois da festa, o povo se reuniu e orou:
— Jeová, o Senhor nos tirou do Egito, nos deu comida no deserto e
esse lugar muito bonito. Mas toda hora fazíamos coisas erradas. O Senhor
mandava profetas pra nos avisar, mas a gente nem ligava. Mesmo assim, o
Senhor continuou paciente e cumpriu o que prometeu pra Abraão. Agora, a
gente promete que vai te obedecer.
Aí, eles colocaram tudo isso por escrito. E, para provar que o povo ia
cumprir a promessa, os príncipes, os levitas e os sacerdotes colocaram
seus selos.

Sabe responder? O que Esdras ensinou para


os israelitas que estavam em Jerusalém?
O que os israelitas prometeram fazer?
Esdras 7:1-28; 8:21-23, 31, 32; 9:1–10:19;
Neemias 8:1-18; 9:1-38

“Felizes os que ouvem


a palavra de Deus e a
põem em prática!”
— Lucas 11:28
67 Os muros de Jerusalém
Vamos voltar um pouquinho no tempo. Lá na Pérsia morava Neemias,
um israelita que trabalhava no palácio do rei Artaxerxes. Um dia, o irmão
de Neemias voltou de Judá com más notícias:
— As pessoas que voltaram para Jerusalém estão em perigo. Até hoje
ninguém consertou os muros e os portões da cidade que os babilônios
destruíram.
Isso deixou Neemias triste. Ele queria muito ir até Jerusalém para
ajudar, mas não sabia se o rei ia deixar. Então, orou para Jeová
ajudá-lo.
Um dia, o rei viu que Neemias estava com a cara triste e perguntou
por que ele estava assim. Então, Neemias falou sobre Jerusalém e como
estavam os muros e os portões. O rei perguntou se podia fazer alguma
coisa. Naquele instante, Neemias fez uma oração em silêncio e disse
para o rei:
— Eu queria ir para Jerusalém reconstruir os muros. O senhor deixa?
O rei Artaxerxes deixou e fez de tudo para que Neemias tivesse uma
boa viagem. O rei também deixou Neemias ser o governador de Judá e
deu madeira para fazer os portões de Jerusalém.
Quando Neemias chegou em Jerusalém, ele foi ver como estavam os
muros da cidade. Depois, reuniu os homens importantes de Jerusalém e
disse:
— A situação está muito ruim. Temos que dar um jeito nisso!
Todos concordaram e começaram a consertar os muros. Só que alguns
inimigos dos israelitas começaram a rir deles e disseram:
— Esse muro não aguenta nada. Até uma raposa consegue derrubar!
Mas os israelitas nem ligaram e continuaram trabalhando. Com o
tempo, os muros foram ficando cada vez mais altos e mais fortes.
Então, os inimigos decidiram atacar Jerusalém de surpresa.
Quando os judeus souberam disso, ficaram apavorados.
Mas Neemias disse:
— Não tenham medo. Jeová está com a gente.

158
“Nenhuma arma fabricada
contra você será
Aí, Neemias colocou guardas para proteger bem-sucedida.”
quem estava consertando os muros. Assim, os — Isaías 54:17
inimigos não conseguiram atacar Jerusalém.
Em apenas 52 dias, os muros e os portões ficaram prontos.
Para comemorar, Neemias trouxe todos os levitas para Jerusalém e os
dividiu em dois grupos. Neemias ficou em um grupo e Esdras ficou no
outro. Os dois grupos subiram na muralha e foram um para cada lado.
Eles andaram em volta da cidade, tocando e cantando músicas para
Jeová, até que os dois grupos se encontraram no templo. Todos os
homens, mulheres e crianças de Jerusalém ofereceram sacrifícios
para Jeová e comemoraram. Eles estavam tão felizes que, de
longe, dava para ouvir a voz deles.

Sabe responder? Por que Neemias queria ir para Jerusalém?


Em quanto tempo os muros de Jerusalém ficaram prontos?
Neemias 1:1-11; 2:1-20; 4:1-23; 5:14;
6:1-19; 12:27-43
11
A partir de agora, vamos ver histórias das Escrituras Gregas Cristãs.
Vamos aprender muitas coisas sobre Jesus. Ele nasceu em uma
família bem humilde que morava numa cidade pequena, e trabalhava
como carpinteiro com seu pai. Jesus foi escolhido por Jeová para
salvar a humanidade e para ser o Rei do Reino de Deus. Se você é pai
ou mãe, ajude seu filho a perceber como Jeová escolheu uma boa
família para Jesus. Mostre como Jeová não deixou Herodes matar
Jesus, e como nada pode impedir Deus de fazer o que ele quer.
Vamos aprender também como Jeová usou João para preparar as
pessoas para a chegada de Jesus. Destaque como Jesus dava valor
à sabedoria de Jeová, mesmo quando era bem jovem.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Sempre apoie tudo o que Jeová decidir.

˛ Mesmo sendo o Filho poderoso de Deus, Jesus aceitou vir


para a Terra e nascer como humano.

˛ João Batista foi humilde e ajudou as pessoas a ver que


o Messias logo ia chegar.

161
68 Elisabete fica grávida
Já fazia mais de 400 anos que os muros de Jerusalém tinham sido
reconstruídos. Perto de lá moravam o sacerdote Zacarias e sua esposa
Elisabete. Eles já eram casados por muitos anos, mas nunca tiveram
filhos. Um dia, Zacarias entrou no Santo do templo para queimar incenso
para Jeová. Então, o anjo Gabriel apareceu. Zacarias ficou com muito
medo, mas Gabriel disse:
— Não tenha medo, Zacarias. Jeová me mandou aqui pra te dar boas
notícias. Sua esposa vai ter um filho, e ele vai se chamar João. Jeová
escolheu João para um trabalho especial.
Mas Zacarias e Elisabete já eram velhos demais para ter filhos. Então,
Zacarias não acreditou no que o anjo disse. Daí, o anjo Gabriel falou:
— Foi Deus que me mandou aqui pra te dizer isso. Mas, como você não
acreditou em mim, você vai ficar mudo até o menino nascer.
Zacarias ficou um tempão dentro do Santo do templo. Quando ele
finalmente saiu, as pessoas ali fora queriam saber o que tinha
acontecido. Mas Zacarias não conseguia falar. Só conseguia fazer
sinais com as mãos. Então, as pessoas perceberam que Zacarias
tinha recebido uma mensagem de Deus.
Tempos depois, assim como o anjo tinha falado, Elisabete
ficou grávida e teve um menino. Os amigos e parentes dela
ficaram muito felizes e vieram ver o bebê. Elisabete falou que
o nome do menino ia ser João. Mas eles disseram:
— Não tem ninguém na sua família chamado João. Chame
o menino de Zacarias. Esse é o nome do pai dele.
Daí, Zacarias pegou uma tabuinha e escreveu: “O nome
dele vai ser João.” Naquele momento, Zacarias voltou a falar!
Todo mundo que morava na Judeia ficou sabendo o que
tinha acontecido, e as pessoas pensavam:
— O que será que esse menino vai ser?
Então, Jeová fez Zacarias ficar cheio de espírito santo.
Zacarias disse:

162
— Jeová é um Deus maravilhoso! Ele prometeu para Abraão que
mandaria o Messias para nos salvar. João vai ser um profeta, e o
trabalho dele vai ser preparar as pessoas para a chegada do Messias.
Uma coisa especial também aconteceu com outra mulher da família de
Elisabete, chamada Maria. O que será? Vamos descobrir.

Sabe responder? O que Gabriel disse para Zacarias? Que trabalho especial João ia fazer?
Mateus 11:7-14; Lucas 1:5-25, 57-79; Isaías 40:3; Malaquias 3:1

“Para os homens isso é


impossível, mas para Deus
todas as coisas são possíveis.”
— Mateus 19:26
69 O anjo Gabriel visita Maria
Na cidade de Nazaré, na Galileia, morava uma jovem chamada Maria. Ela
era da família de Elisabete e estava noiva de um carpinteiro chamado José.
Quando Elisabete estava no sexto mês de gravidez, o anjo Gabriel foi falar
com Maria. Ele disse:
— Bom dia, Maria! Jeová escolheu você para uma coisa muito especial.
Maria não entendeu o que o anjo quis dizer. Então, Gabriel explicou:
— Você vai ter um filho. O nome dele vai ser Jesus. Ele vai ser o Rei de um
Reino que vai durar pra sempre.
Mas Maria ficou preocupada, porque ela era virgem. Como ela poderia ter
um filho? O anjo disse:
— Maria, pra Jeová nada é impossível. Com o poder dele, você vai ter um
filho. Elisabete, que é da sua família, também ficou grávida.
Maria falou para o anjo:
— Tudo bem. Aconteça comigo o que Jeová quiser.
“Jeová faz tudo o que
Então, Maria foi visitar Elisabete. Quando Maria deseja fazer nos
céus e na terra.”
falou com ela, Elisabete sentiu o bebê pular e disse: — Salmo 135:6
— Maria, você é uma mulher abençoada por
Jeová. É uma alegria pra mim receber a mãe do Messias.
— É verdade, Elisabete. Eu agradeço muito a Jeová por isso!
Maria ficou três meses na casa de Elisabete e depois voltou pra casa em
Nazaré.
Quando José soube que Maria estava grávida, ele quis terminar o noivado.
Mas, num sonho, um anjo falou para José:
— Não tenha medo de casar com Maria. Ela não fez nada errado.
Então, José casou com Maria e a levou
para sua casa.

Sabe responder? O que Gabriel disse para Maria


sobre o filho dela? Como você acha que Elisabete e
Maria se sentiram com tudo o que aconteceu com
elas?
Mateus 1:18-25; Lucas 1:26-56; Isaías 7:14; 9:7;
Daniel 2:44; Gálatas 4:4

165
70 O nascimento de Jesus
O imperador de Roma, César Augusto, mandou todos os judeus se
registrarem na cidade onde nasceram. Por isso, José e Maria viajaram
para Belém, que era a cidade onde José tinha nascido. O bebê de Maria
logo ia nascer.
Quando chegaram em Belém, o único lugar que encontraram para ficar
foi um estábulo, onde jumentos e outros animais ficam. Foi nesse lugar
que Jesus nasceu. Maria enrolou o bebê com panos bem macios e, com
todo carinho, o colocou numa manjedoura, que é onde se coloca comida
para animais.
Perto de Belém, alguns pastores estavam no campo cuidando de suas
ovelhas. De repente, um anjo apareceu na frente deles, e uma luz bem
forte começou a brilhar. Os pastores ficaram muito assustados, mas o
anjo disse:

“Vim de Deus e estou aqui. Eu não vim


de minha própria iniciativa, mas foi
ele que me enviou.” — João 8:42
— Não tenham medo. Estou aqui para contar uma novidade! O Messias
nasceu hoje em Belém.
Daí, apareceram muitos anjos no céu, dizendo:
— Glória a Deus no céu e paz na Terra.
Então, os anjos sumiram. O que os pastores fizeram? Eles disseram um
para o outro:
— Vamos pra Belém agora mesmo!
Os pastores foram logo para Belém e encontraram José e Maria no
estábulo com o seu bebezinho.
Quando os pastores contaram o que o anjo tinha dito, todo mundo
ficou impressionado. Maria ficou pensando bastante no que o anjo tinha
falado e nunca se esqueceu. Depois, os pastores foram embora,
agradecendo a Jeová por todas as coisas que viram e ouviram.

Sabe responder? O que os anjos contaram para alguns pastores?


Quem os pastores encontraram em Belém?
Lucas 2:1-20; Isaías 9:6

167
71 Jeová protegeu Jesus
Certa noite, alguns homens que moravam bem longe de Israel viram
uma luz brilhante no céu. Parecia a luz de uma estrela. Eles acreditavam
que as estrelas podiam guiar e ajudar as pessoas. Por isso, resolveram
segui-la. A “estrela” levou os homens até Jerusalém. Chegando lá, eles
perguntaram para as pessoas:
— Cadê o menino que vai ser o rei dos judeus? Nós queremos
dar presentes pra ele.
Herodes, o rei de Jerusalém, não gostou nada de ouvir falar
de um outro rei. Então, chamou os sacerdotes e perguntou
onde esse rei ia nascer. Os sacerdotes disseram que ele ia
nascer em Belém. Herodes chamou os homens que vieram de longe
e disse:
— Vão pra Belém e encontrem esse menino. Daí, voltem e me digam
onde ele está. Eu também quero fazer uma visita pra ele.
Mas Herodes estava mentindo. Depois disso, os homens continuaram
seguindo a “estrela” até chegarem em Belém. Daí, a “estrela” parou
bem em cima de uma casa. Os homens entraram e encontraram Jesus
com sua mãe, Maria. Eles se ajoelharam na frente de Jesus e deram
para ele presentes caros. Mas será que foi Jeová que mandou esses
homens encontrarem Jesus? Não.
Naquela noite, Jeová disse para José em um sonho:
— Herodes quer matar Jesus. Fuja com Maria e Jesus
para o Egito. Quando vocês puderem voltar, eu aviso.
Sem perder tempo, José fugiu com sua família para o
Egito. Jeová também disse para os homens que vieram
de longe não falarem de novo com Herodes. Quando
Herodes viu que os homens não iam mais voltar, ele
ficou muito bravo. E, como não conseguia encontrar
Jesus, Herodes mandou matar todos os meninos de
Belém que tivessem a idade de Jesus. Mas Jesus já
estava protegido, lá no Egito.

168
Depois de um tempo, Herodes morreu. Jeová disse para José:
— Agora vocês já podem voltar.
Então, José, Maria e Jesus voltaram para Israel e foram morar na
cidade de Nazaré.

Sabe responder? O que Herodes queria fazer com Jesus? Como Jeová protegeu Jesus?
Mateus 2:1-23; Miqueias 5:2

‘Assim será a palavra que


sai da minha boca. Sem
falta cumprirá o objetivo
para o qual a enviei.’
— Isaías 55:11
72 Jesus vai ao templo
José e Maria moravam em Nazaré com Jesus e com seus outros
filhos e filhas. José trabalhava como carpinteiro e ensinava sua
família sobre Jeová e sobre as leis dele. A família de José sempre ia à
sinagoga para adorar a Deus, e todo ano fazia uma longa viagem
para comemorar a Páscoa em Jerusalém.
Quando Jesus tinha 12 anos, ele e a família fizeram uma dessas
viagens para Jerusalém. A cidade estava cheia de gente por causa da
Páscoa. Quando a Páscoa terminou, José e Maria começaram a
viajar de volta pra casa junto com um grupo de parentes. Eles
achavam que Jesus estava no grupo. Mas, quando foram procurar
Jesus, não o encontraram.
Então, José e Maria voltaram para Jerusalém e procuraram Jesus
por três dias, mas não o acharam. Aí, decidiram voltar para o templo.
E foi lá que encontraram Jesus. Ele estava com os instrutores,
ouvindo o que eles ensinavam sobre Deus e fazendo perguntas.

170
Os instrutores ficaram tão impressionados com Jesus que até
começaram a fazer perguntas para ele. E eles estavam gostando do
que Jesus respondia! Eles conseguiam ver que Jesus entendia bem
as leis de Jeová.
José e Maria estavam muito preocupados. Maria disse:
— Filho, procuramos você em todo lugar! Onde você estava?
Jesus respondeu:
— Eu estava aqui, na casa do meu Pai.
Jesus voltou para Nazaré com seus pais. Lá, José ensinou para ele o
trabalho de carpinteiro. Jesus foi crescendo e ficando mais inteligente.
As pessoas gostavam cada vez mais dele, e Jeová ficava feliz com o
que Jesus fazia. Consegue imaginar como Jesus era nessa época?

Sabe responder? Onde José e Maria encontraram Jesus? Por que ele estava lá?
Mateus 13:55, 56; Marcos 6:3; Lucas 2:40-52; 4:16; Deuteronômio 16:15, 16

“Fazer a tua vontade,


ó meu Deus, é o meu
prazer, e a tua lei está
no meu íntimo.”
— Salmo 40:8
73 A mensagem de João Batista
João, o filho de Zacarias e Elisabete, cresceu e se tornou um
profeta. Jeová escolheu João para dizer às pessoas que o Messias
estava chegando. João não ensinava nas sinagogas ou perto das
casas. Ele ensinava longe das cidades. Pessoas de Jerusalém e da
Judeia procuravam João para aprender com ele. Ele ensinava que,
para deixar Deus feliz, as pessoas tinham que parar de fazer coisas
erradas. Então, muitos se arrependiam e eram batizados por João.
A vida de João era bem simples. A roupa dele era de pelo
de camelo, e ele comia gafanhotos e mel. Muita gente queria
conhecê-lo. Até os fariseus e saduceus, que eram muito orgulhosos,
iam falar com João. Mas João dizia para eles:
— Não achem que Deus gosta mais de vocês do que dos outros.
Vocês precisam mudar e se arrepender.
Muitas pessoas perguntavam para João o que elas deviam fazer
para deixar Deus feliz. João respondia:
— Se vocês tiverem duas roupas, deem uma pra quem não tem.
Sabe por que João dizia isso? Ele queria ensinar que, para deixar
Deus feliz, temos que amar as pessoas.
Para os homens que cobravam impostos, João dizia:
— Sejam honestos e não enganem ninguém.
Para os soldados, João falava:
— Não mintam e não tentem tirar dinheiro dos outros.

“Esse homem veio como


testemunha, a fim de dar
testemunho da luz, para que
pessoas de todo tipo cressem
por meio dele.” — João 1:7

172
Quando os sacerdotes e os levitas perguntaram a
João quem ele realmente era, João disse:
— Eu sou aquele que leva as pessoas pra Jeová. O
profeta Isaías falou sobre mim.
As pessoas amavam o que João ensinava. Muitos até
se perguntavam se João era o Messias. Mas João dizia:
— Alguém bem mais importante do que eu está
chegando. Eu não mereço nem tirar as sandálias dele!
Eu batizo com água, mas ele vai batizar com espírito
santo.

Sabe responder? Jeová escolheu João para fazer o quê?


O que as pessoas achavam do que João falava?
Mateus 3:1-11; Marcos 1:1-8; Lucas 3:1-18; João 1:19-28; Isaías 40:3
12
Jesus ensinou as pessoas sobre o Reino de Deus. Ele também ensinou
como devemos orar: devemos pedir que o nome de Deus seja santificado,
que o Reino de Deus venha e que a vontade de Deus seja feita na Terra. Se
você é pai ou mãe, explique para seu filho por que essa oração é tão
importante. Mostre também que Jesus sempre foi leal a Jeová, mesmo
sofrendo pressão de Satanás. Jesus escolheu seus apóstolos, e eles foram
os primeiros a fazer parte do Reino. Ajude seu filho a ver como Jesus
amava a adoração verdadeira. Ele queria ajudar as pessoas. Por isso ele
curava os doentes, dava comida para quem tinha fome e ressuscitava
mortos. Com esses milagres, Jesus mostrou o que o Reino de Deus vai fazer
por todo o mundo.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Jesus mandou seus seguidores pregar sobre o Reino de Deus


e fazer discípulos.

˛ Antes de orar sobre coisas que você quer, ore sobre coisas
que têm a ver com o que Jeová quer.

˛ Perdoe as pessoas de coração e trate outros do mesmo jeito


que você quer ser tratado.

175
74 Jesus se torna o Messias
João pregava que uma pessoa mais importante do que ele estava
chegando. Então, quando Jesus tinha uns 30 anos, ele foi até o
rio Jordão, onde João costumava batizar pessoas. Jesus pediu para
ser batizado também, mas João disse:
— Jesus, eu não posso te batizar. Você é que devia me batizar.
— João, Jeová quer que você me batize.
Então, eles entraram no rio Jordão, e João mergulhou Jesus
completamente dentro da água.
Assim que Jesus saiu da água, ele fez uma oração. Daí, o céu se
abriu e o espírito de Deus desceu sobre Jesus em forma de pomba.
Então, Jeová falou lá do céu:
— Você é o meu Filho. Eu te amo muito e te aprovo.
Foi naquela hora que Jesus se tornou o Cristo, ou Messias. Agora
ele estava pronto para começar o trabalho que Jeová tinha dado
para ele.
Logo depois de ser batizado, Jesus foi para o deserto e ficou 40
dias lá. Quando voltou, foi falar com João. João viu Jesus vindo e
disse:
— Vejam o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
João chamou Jesus de Cordeiro de Deus porque queria que as
pessoas soubessem que Jesus era o Messias. Mas, enquanto Jesus
estava lá no deserto, aconteceu uma coisa com ele. Que coisa?
Vamos descobrir.

Sabe responder? Por que Jesus foi batizado?


Por que João disse que Jesus era o Cordeiro de Deus?
Mateus 3:13-17; Marcos 1:9-11; Lucas 3:21-23; João 1:29-34; Isaías 42:1; Hebreus 10:7-9

176
“Uma voz saiu dos céus:
‘Você é meu Filho,
o amado; eu o aprovo.’ ”
— Marcos 1:11
75 O Diabo testa Jesus
Depois de ser batizado, Jesus foi para o deserto. Ele ficou 40 dias sem
comer nada e estava com muita fome. Então, o Diabo veio para fazer um
teste com Jesus. O Diabo disse:
— Se você é mesmo o Filho de Deus, fale pra essas pedras virarem pães.
Jesus respondeu repetindo uma lei de Deus:
— Pra viver, o homem não precisa só de comida. Ele precisa ouvir tudo o
que Jeová diz.
Aí, o Diabo fez um segundo teste com Jesus:
— Se você é mesmo o filho de Deus, se jogue do lugar mais alto do
templo. Afinal, está escrito que Deus vai mandar os anjos dele pra te
segurar.
Mas Jesus repetiu outra lei de Deus:
— Não podemos pôr Jeová à prova.
Daí, Satanás fez um terceiro teste. Ele mostrou para Jesus todos os
reinos do mundo e disse:
— Se você me adorar só uma vez, eu te dou todos esses reinos.
Jesus respondeu com outra lei de Deus:
— Vá embora, Satanás! Só devemos
adorar a Jeová.
O Diabo foi embora, e alguns anjos
vieram e deram comida para Jesus.
Depois de tudo isso, Jesus começou a
fazer o trabalho que Jeová tinha dado
para ele: falar para todo mundo sobre
o Reino de Deus. As pessoas amavam
o que Jesus ensinava. E, para onde
Jesus ia, as pessoas iam também.

Sabe responder? Quais foram os três testes


que o Diabo fez? Que respostas Jesus deu para
o Diabo?
Mateus 4:1-11; Marcos 1:12, 13; Lucas 4:1-15;
Deuteronômio 6:13, 16; 8:3; Tiago 4:7
‘Quando o Diabo fala a mentira,
está fazendo o que lhe é próprio,
porque é um mentiroso e o pai
da mentira.’ — João 8:44

179
76 Jesus expulsa os vendedores do templo
Uns meses depois de ser batizado, Jesus foi para Jerusalém. Muita
gente estava lá para comemorar a Páscoa. Na Páscoa, as pessoas
costumavam ir ao templo para oferecer sacrifícios de animais.
Algumas pessoas levavam seus próprios animais para sacrificar, mas
outras só compravam os animais quando chegavam em Jerusalém.
Quando Jesus chegou no templo, ele viu pessoas vendendo
ovelhas, bois e pombas. Aquelas pessoas não estavam lá para
adorar a Jeová. Estavam lá
para ganhar dinheiro! Sabe o
que Jesus fez? Ele pegou
umas cordas, fez um chicote e
colocou as ovelhas e os bois
para fora do templo. Daí, ele
derrubou as mesas dos

180
vendedores e jogou as moedas deles no chão. Jesus disse para os
homens que vendiam pombas:
— Tirem tudo isso daqui! A casa do meu Pai não é lugar pra ficar
comprando e vendendo coisas!
As pessoas no templo ficaram surpresas com o que Jesus fez.
Os discípulos de Jesus se lembraram de uma profecia sobre o
Messias que dizia: ‘Eu vou ter muito zelo pela casa de Jeová.’
Três anos depois, Jesus foi ao templo e expulsou os
vendedores de novo. Ele queria que todo mundo respeitasse
a casa de seu Pai.

Sabe responder? O que Jesus fez quando viu pessoas vendendo


animais no templo? Por que Jesus fez isso?
Mateus 21:12, 13; Marcos 11:15-17; Lucas 19:45, 46; João 2:13-17; Salmo 69:9

“Vocês não podem


ser escravos de Deus
e das Riquezas.”
— Lucas 16:13
77 Jesus e a mulher samaritana
Depois da Páscoa, Jesus e seus discípulos foram para a Galileia. No
caminho, passaram por Samaria. Então, Jesus parou para descansar perto
de um poço, e seus discípulos foram para a cidade comprar comida.
Daí, uma mulher samaritana chegou no poço para tirar água. Jesus pediu
para ela um pouco de água. A mulher achou isso estranho e falou:
— Eu sou samaritana. Os judeus não falam com os samaritanos.
Jesus respondeu:
— É que você não sabe quem eu sou. Se soubesse, você ia me pedir água,
e eu ia te dar a água que dá vida.
— Como assim? O senhor nem tem balde pra tirar água.
— Quem bebe a água que eu dou nunca mais fica com sede.
— Senhor, me dê essa água.
“ ‘Venha!’ Quem tem Então, Jesus pediu para a mulher chamar o
sede venha; quem marido dela. Mas ela disse que não tinha marido.
quiser tome de graça Jesus disse para a mulher que sabia que ela já tinha
a água da vida.”
— Apocalipse 22:17 se casado cinco vezes e que agora morava com um
homem que não era o marido dela. A mulher ficou
surpresa e percebeu que Jesus era
um profeta. Ela disse:
— Os samaritanos acreditam que
podem adorar a Deus aqui em
Samaria, mas os judeus acham que
devemos adorá-lo só em
Jerusalém. Eu sei que o Messias vai
chegar e nos ensinar como
devemos adorar a Deus.
Aí, Jesus falou uma coisa que
não tinha dito para mais ninguém:
— Eu sou o Messias.
A mulher correu para a cidade
dela e disse para os samaritanos:

182
— Falei com um homem que sabe tudo de mim. Acho que
ele é o Messias. Venham ver!
Os samaritanos foram com a mulher até o poço para
ouvir Jesus.
Então, os samaritanos pediram para Jesus ficar na
cidade deles. Jesus ficou lá dois dias ensinando as pessoas,
e muitas começaram a acreditar que ele era o Messias.
Depois de ouvirem Jesus, as pessoas da cidade disseram
para a mulher samaritana:
— Agora a gente sabe que esse homem é aquele
que vai salvar o mundo.

Sabe responder? Por que a mulher samaritana achou


estranho Jesus falar com ela? O que Jesus disse para ela?
João 4:1-42
78 Jesus prega sobre o Reino de Deus
Logo depois de ser batizado, Jesus começou a pregar para todo
mundo que o Reino de Deus estava chegando. Jesus pregou na Galileia e
na Judeia, e seus discípulos foram com ele. Aí, Jesus foi para Nazaré, a
cidade onde tinha sido criado. Lá, ele entrou na sinagoga e leu em voz
alta uma coisa que o profeta Isaías tinha escrito:
— Jeová me deu espírito santo para pregar as boas novas.
Sabe por que Jesus disse isso? Porque as pessoas só queriam que ele
fizesse milagres. Mas Jeová tinha dado espírito santo para Jesus pregar
sobre o Reino de Deus. Então, Jesus disse:
— Hoje essa profecia de Isaías se cumpriu.
Depois, Jesus foi para o mar da Galileia e lá encontrou quatro de seus
discípulos. Eles se chamavam Pedro, André, Tiago e João, e os quatro
eram pescadores. Então, Jesus disse:
— Venham comigo, e eu vou ensinar vocês a ser pescadores de
homens.
Na mesma hora, eles deixaram a pesca e foram com Jesus. Eles
andaram por toda a Galileia para pregar sobre o Reino de Jeová. Eles
pregavam nas sinagogas, nas praças e nas ruas. Por onde Jesus ia, um
monte de gente ia atrás dele. Mesmo na Síria, que ficava bem longe dali,
as pessoas ouviram falar de Jesus.
Mais tarde, Jesus deu para alguns discípulos o poder de curar doenças
e de expulsar demônios. Jesus pregava de cidade em cidade, de aldeia
em aldeia, e os discípulos iam com ele. E mulheres fiéis, como Maria
Madalena, Joana e Susana, faziam o que podiam para ajudar Jesus e os
discípulos.
Depois de serem treinados por Jesus, os discípulos saíram para pregar
em toda a Galileia. Muitos que ouviram a mensagem do Reino também se
tornaram discípulos e se batizaram. Mas muitas pessoas ainda
precisavam ouvir sobre o Reino. Eram tantas que Jesus as comparou
com um campo pronto para a colheita. Por isso, Jesus disse:
— Orem para Jeová mandar mais pessoas pra trabalhar na colheita.

184
“Tenho de declarar as boas
novas do Reino de Deus também
a outras cidades, porque fui
enviado para isso.” — Lucas 4:43

Mais tarde, Jesus escolheu 70 discípulos. Ele os mandou de dois em


dois para pregar sobre o Reino de Deus em toda a Judeia. Os discípulos
ensinaram todo tipo de pessoas. Eles voltaram ansiosos para contar
para Jesus como o trabalho tinha sido bom. Nem mesmo o Diabo podia
parar a pregação.
Jesus ia voltar para o céu, mas ele queria que seus discípulos
continuassem a pregar. Ele mandou:
— Preguem sobre o Reino de Deus em toda a Terra. Ensinem as
pessoas sobre a Palavra de Deus e as batizem.

Sabe responder? Que trabalho Jesus mandou seus discípulos fazer?


Como você acha que os discípulos se sentiram quando receberam esse trabalho?
Mateus 4:17-25; 9:35-38; 28:19, 20; Marcos 1:14-20; Lucas 4:14-21; 8:1-3; 10:1-22

185
79 Jesus faz muitos milagres
Jeová mandou Jesus à Terra para falar sobre o Reino de Deus. Ele também
deu poder para Jesus fazer milagres. Esses milagres mostravam o que Jesus
ia fazer pelas pessoas quando fosse o rei do Reino de Deus. Jesus podia
curar qualquer doença. Por isso, as pessoas doentes iam atrás dele, e ele
curava todas elas. Jesus curava cegos, surdos e paralíticos. Ele também
expulsava demônios. Alguns ficavam curados só por tocar na roupa de
Jesus. As pessoas seguiam Jesus para todo lugar. Ele nunca deixou de
ajudar ninguém, mesmo quando queria ficar sozinho.
Certa vez, alguns homens levaram um paralítico até a casa em que Jesus
estava. Mas a casa estava tão cheia que eles não conseguiram entrar. Então,
os homens subiram no telhado, fizeram um buraco e desceram o paralítico
até onde Jesus estava. Jesus disse para o homem:
— Levante e ande!
O paralítico levantou e saiu andando, e todo mundo ficou impressionado!
Num outro dia, Jesus entrou numa aldeia. Daí, dez homens que tinham
uma doença chamada lepra foram atrás dele. Naquela
“Deus o ungiu com época, quem tinha lepra não podia chegar perto de
espírito santo e ninguém. Por isso, eles ficaram de longe e gritaram:
poder; e ele andou
por toda a região — Jesus, nos ajude!
fazendo o bem e Jesus disse para os homens irem até o templo. No
curando todos os
caminho para o templo, eles ficaram curados. Quando
oprimidos pelo
Diabo, porque Deus um dos leprosos viu que estava curado, ele voltou para
estava com ele.” agradecer a Jesus e a Deus. Dos dez leprosos, só um
— Atos 10:38 agradeceu.

186
Uma mulher que já estava doente por 12 anos queria muito ser
curada. Ela entrou no meio da multidão, ficou atrás de Jesus e tocou na
roupa dele. Na mesma hora, ela ficou curada! Jesus sentiu isso e perguntou
quem tinha tocado nele. A mulher ficou tremendo de medo, porque quem
tinha essa doença não podia chegar perto de outras pessoas. Mesmo assim,
ela disse que tinha tocado na roupa de Jesus. Ele acalmou a mulher e falou:
— Filha, vá em paz.
Um homem chamado Jairo implorou que Jesus fosse até a casa dele e
curasse sua filha que estava muito doente. Mas, antes de Jesus chegar na
casa de Jairo, a menina morreu. Quando Jesus chegou lá, ele viu muitas
pessoas chorando com a família. Jesus disse:
— Não chorem. Ela só está dormindo.
Então, Jesus pegou a mão da menina e disse:
— Menina, levante!
No mesmo instante, a menina se levantou! Aí, Jesus disse para os pais
dela darem algo para ela comer. Imagine como os pais dela ficaram felizes!

Sabe responder? Por que Jesus conseguia curar todas as doenças?


O que aconteceu com a filha de Jairo?
Mateus 9:18-26; 14:36; Marcos 2:1-12; 5:21-43; 6:55, 56; Lucas 6:19; 8:41-56; 17:11-19

187
80 Jesus escolhe seus 12 apóstolos
Depois de pregar por um ano e meio, Jesus teve que tomar uma
decisão muito importante. Ele precisava escolher quem ia trabalhar
com ele na pregação e quem ia cuidar das primeiras congregações.
Jesus quis a ajuda de Jeová para decidir isso. Por isso, ele foi sozinho
para um monte e ficou orando a noite toda. De manhã, Jesus juntou
alguns discípulos e escolheu quem seriam seus 12 apóstolos. Você
lembra o nome de alguns deles? Eles se chamavam: Pedro, André,
Tiago, João, Filipe, Natanael, Tomé, Mateus, Tiago (o filho de Alfeu),
Tadeu, Simão e Judas Iscariotes.
Esses 12 homens viajavam com Jesus. Depois de serem treinados,
os apóstolos foram pregar sozinhos. Jeová deu a eles poder para
André
expulsar demônios e para curar pessoas doentes.
Para Jesus, os 12 apóstolos eram seus amigos. Jesus confiava
neles. Os apóstolos ficaram do lado dele nos momentos mais
importantes, como antes da morte de Jesus e depois da sua
ressurreição. Assim como Jesus, muitos apóstolos eram da Galileia.

Pedro
Tiago

João

Filipe

188
E alguns eram casados. Os fariseus não davam importância para os
apóstolos porque nenhum dos 12 tinha estudado em escolas
famosas. Mas os apóstolos tinham sido treinados por Jesus para o
trabalho de pregação.
Os apóstolos não eram perfeitos. Nem sempre eles faziam o que
era certo. Eles falavam sem pensar, faziam escolhas ruins e não
tinham paciência. Às vezes, eles até discutiam para ver quem era o
mais importante. Mas eles eram bonzinhos e amavam a Jeová. Eles
iam ajudar a formar a congregação cristã depois que Jesus
morresse.

Sabe responder? Quem eram os 12 apóstolos de Jesus?


Simão
O que Jesus mandou seus apóstolos fazer?
Mateus 10:1-10; Marcos 3:13-19; 10:35-40; Lucas 6:12-16; João 15:15; 20:24, 25;
Atos 2:7; 4:13; 1 Coríntios 9:5; Efésios 2:20-22

“Eu os chamo de amigos, porque


lhes revelei tudo que ouvi do Tadeu
meu Pai.” — João 15:15
Natanael

Judas
Iscariotes

Mateus

Tomé

Tiago (o filho
de Alfeu)
81 O Sermão do Monte
Depois de escolher seus 12 apóstolos, Jesus viu que tinha um
montão de pessoas esperando por ele. Elas tinham vindo de vários
lugares, como Galileia, Judeia, Tiro, Sídon e Síria. Algumas pessoas
estavam doentes, e outras estavam controladas por demônios. Mas
Jesus curou todas elas. Aí, ele sentou e começou a fazer um discurso
que hoje é bem famoso, o Sermão do Monte. Nesse discurso, Jesus
explicou o que precisamos fazer para ser amigos de Deus. Ensinou que
não podemos viver sem Jeová e que devemos amá-lo. Mas não
podemos dizer que amamos a Deus se não amarmos as pessoas. Jesus
falou que sempre devemos fazer o que é bom para todos.
Jesus também disse:
— Vocês não devem amar só seus amigos. Também devem amar seus
inimigos e perdoar as pessoas. Se alguém está triste com você, vá logo
conversar com ele e peça desculpas. Trate os outros como você quer
ser tratado por eles.

190
Jesus também deu conselhos sobre o dinheiro. Ele disse:
— É mais importante ser amigo de Jeová do que ter muito dinheiro.
Um ladrão pode vir e roubar seu dinheiro, mas ninguém pode roubar
sua amizade com Jeová. Parem de se preocupar com o que vão comer,
beber ou vestir. Vejam só os pássaros. Deus sempre dá o que eles
precisam para comer. Ficar preocupado não ajuda ninguém a viver
mais. Lembrem que Jeová sabe do que precisamos.
Aquelas pessoas nunca tinham ouvido ninguém falar como Jesus. Os
líderes religiosos, que deviam ajudar o povo a aprender sobre Deus,
não ensinavam nada daquilo. Mas por que Jesus ensinava tão bem?
Porque Jeová dizia para Jesus o que ele devia ensinar.

Sabe responder? O que devemos fazer para ser amigos “Tomem sobre vocês o meu
de Jeová? Como Jeová quer que você trate as pessoas? jugo e aprendam de mim, pois
Mateus 4:24–5:48; 6:19-34; 7:28, 29; Lucas 6:17-31 sou de temperamento brando e
humilde de coração, e acharão
revigoramento para si mesmos.”
— Mateus 11:29
82 Jesus ensina o jeito certo de orar
Os fariseus faziam coisas boas só para se mostrar para outras
pessoas. Eles gostavam de fazer orações em lugares com muita gente,
para todo mundo poder ver. Eles também decoravam orações bem
longas. Daí, eles iam para as sinagogas e para as ruas e repetiam as
orações em voz alta, para todo mundo ouvir. Mas Jesus ensinou seus
discípulos a orar de um jeito diferente. Ele disse:
— Não orem como os fariseus. Eles acham que Deus gosta das
orações longas deles, mas Deus não gosta. A oração é uma coisa entre
você e Jeová. Não fique dizendo as mesmas coisas em toda oração.
Jeová quer que você diga pra ele tudo o que está sentindo.
Daí, Jesus disse:
— Vocês devem orar assim: ‘Pai nosso, que estás nos céus,
santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino. Seja feita tua vontade,
como no céu, assim também na terra.’
Jesus também disse que seus discípulos deviam orar para ter comida
naquele dia, para Deus perdoar os erros deles e por qualquer coisa que
fosse importante para eles. Jesus falou:
— Nunca parem de orar. Continuem pedindo coisas boas para Jeová.
Ele é nosso Pai, e todo pai quer dar coisas boas para seu filho. Se um
filho pede pão para o pai, será que o pai vai dar uma pedra pra ele? E se
o filho pede um peixe, será que o pai vai dar uma cobra? Se os pais
sabem dar coisas boas para os filhos, quanto mais Jeová! Ele quer dar
espírito santo pra vocês. É só vocês pedirem.
Você ora como Jesus ensinou? Sobre que coisas você fala nas suas
orações?

Sabe responder? O que Jesus ensinou sobre orações?


Você ora sobre coisas que são importantes para você?
Mateus 6:2-18; 7:7-11; Lucas 11:13

“Persistam em pedir, e lhes


será dado; persistam em
buscar, e acharão; persistam
em bater, e lhes será aberto.”
— Mateus 7:7

193
83 Jesus alimenta uma multidão
Certa vez, os apóstolos fizeram uma viagem de pregação e voltaram
muito cansados. Então, Jesus decidiu levar os apóstolos para a cidade
de Betsaida para descansar um pouco. Eles entraram num barco e
foram até lá. Perto da margem, Jesus viu uma multidão. Eram milhares
de pessoas que estavam seguindo Jesus. Ele queria ficar sozinho com
seus apóstolos, mas mesmo assim tratou todo mundo bem. Ele curou
os doentes e depois ficou o dia todo ensinando a multidão sobre o
Reino de Deus. Quando anoiteceu, os apóstolos foram falar com Jesus:
— As pessoas devem estar morrendo de fome. É melhor todo mundo
ir embora pra conseguir comida.
Mas Jesus disse para os apóstolos que a multidão não precisava
ir embora. Todos poderiam comer ali mesmo. Os apóstolos acharam
estranho e perguntaram:
— O senhor quer que a gente vá comprar
pão pra eles?
Filipe, um dos apóstolos, falou:
— Mesmo que a gente tivesse um monte
de dinheiro, não ia dar pra comprar pão pra
todo mundo.
Jesus perguntou quanta comida os
apóstolos ainda tinham. André disse:
— Só temos cinco pães e dois peixinhos.
Isso não dá pra nada!
Então, Jesus pediu para trazerem os
pães e os peixes. Ele pediu para todo
mundo sentar no chão e se dividir em
grupos de 50 e de 100 pessoas. Jesus
pegou os pães e os peixes, olhou para o
céu e orou. Depois, ele deu a comida para
os apóstolos, e eles começaram a distribuir
“Trabalhem, não pelo
a comida. Todos os 5 mil homens que estavam ali, alimento que perece,
mas pelo alimento que
além das mulheres e crianças, comeram até permanece para a vida
ficarem com a barriga cheia. E, para não ter eterna, que o Filho do
desperdício, os apóstolos recolheram o que Homem lhes dará.”
sobrou. Sobraram 12 cestas cheias! Esse milagre — João 6:27
de Jesus foi incrível, não acha?
As pessoas ficaram tão impressionadas que queriam que Jesus fosse
o rei delas. Mas Jesus sabia que Jeová não queria que ele fosse rei
ainda. Então, ele mandou a multidão embora e disse para os apóstolos
atravessarem o mar da Galileia. Os apóstolos entraram no barco, e
Jesus subiu sozinho num monte. Por quê? Porque ele queria orar a
Jeová. Mesmo quando estava bem ocupado, Jesus sempre tirava um
tempo para orar.

Sabe responder? Como Jesus mostrou que se importava com as pessoas?


O que isso nos ensina sobre Jeová?
Mateus 14:14-22; Lucas 9:10-17; João 6:1-15

195
84 Jesus anda por cima da água
Além de curar doentes e de ressuscitar mortos, Jesus também podia
controlar o vento e a chuva. Depois de ter subido num monte para orar, Jesus
olhou para o mar da Galileia e viu que tinha começado uma tempestade. Aí, ele
viu seus apóstolos no barco, remando com toda a força contra o vento. Jesus
desceu do monte e foi andando por cima da água até o barco. Quando os
apóstolos viram uma pessoa andando por cima da água, ficaram com muito
medo. Mas Jesus disse para eles:
— Sou eu! Não tenham medo!
Pedro falou:
— Jesus, se é mesmo o senhor, me mande ir até aí!
— Venha, Pedro!
Então, no meio da tempestade, Pedro saiu do barco e começou a andar
por cima da água. Mas, quando chegou perto de Jesus, Pedro olhou para a
tempestade e ficou com muito medo. Aí, ele começou a afundar! Pedro gritou:
— Senhor, me salve!
Jesus agarrou a mão de Pedro e disse:
— Por que você ficou com medo? Cadê a sua fé?
Assim que Jesus e Pedro subiram no barco, a tempestade parou. Imagine
como os apóstolos se sentiram quando viram tudo aquilo! Eles disseram:
— O senhor é mesmo o Filho de Deus!
Essa não foi a única vez que Jesus controlou a natureza. Um dia, Jesus
e seus apóstolos estavam num barco, e ele foi dormir. Enquanto estava
dormindo, começou uma tempestade bem forte. As ondas batiam tanto no
barco que ele foi ficando cheio de água. Os apóstolos acordaram Jesus
gritando:
— Senhor, nós vamos morrer! Nos ajude!
Jesus se levantou e disse para o mar:
— Silêncio!
Na mesma hora, a tempestade parou. Jesus perguntou aos apóstolos:
— Vocês não têm fé?
Os apóstolos disseram um para o outro:
— Até o vento e o mar fazem o que ele manda!

196
Com isso, os apóstolos aprenderam que, se
confiassem totalmente em Jesus, não precisavam ter
medo de mais nada.

Sabe responder? Por que Pedro começou a afundar?


O que os apóstolos aprenderam?
Mateus 8:23-27; 14:23-34; Marcos 4:35-41; 6:45-52; Lucas 8:22-25;
João 6:16-21

“Onde eu estaria se não tivesse


fé em que veria a bondade de
Jeová na terra dos vivos?”
— Salmo 27:13
85 Jesus cura um cego
Os fariseus odiavam Jesus e viviam procurando um jeito de prendê-lo. Eles
disseram que Jesus não podia curar pessoas no dia de sábado. Mas, num
sábado, Jesus viu um homem cego pedindo dinheiro e disse para os discípulos
que ia curar aquele homem com o poder de Deus. Então, Jesus misturou sua
saliva com um pouco de terra, colocou nos olhos do homem e disse:
— Vá e lave seus olhos no tanque de água de Siloé.
O homem fez o que Jesus mandou. Então, pela primeira vez na vida, ele
enxergou.
As pessoas não acreditavam que aquele era
“Vocês estão enganados, o homem que tinha nascido cego. E, toda vez, o
porque não conhecem nem homem dizia que era ele mesmo. Então, as pessoas
as Escrituras, nem o poder perguntaram como ele tinha sido curado. Quando o
de Deus.”— Mateus 22:29 homem explicou o que tinha acontecido, elas o levaram
para os fariseus.
O homem explicou para os fariseus como tinha sido curado naquele sábado.
A lei de Deus dizia que ninguém podia trabalhar no sábado. Por isso, alguns
fariseus disseram:
— Esse Jesus curou num sábado? Então, não é Deus que dá poder para ele.
Mas outros fariseus disseram que Jesus só conseguia curar as pessoas
porque Deus dava poder para ele.
Aí, os fariseus chamaram os pais do homem e perguntaram como é que
agora ele estava enxergando. Os
pais dele ficaram com muito medo.
Eles não queriam ser expulsos da
sinagoga pelos fariseus. Por isso,

198
eles disseram que não sabiam de nada. Então, os fariseus foram de novo
fazer mais perguntas para o homem. Ele respondeu:
— Eu já falei como fui curado, mas vocês não querem acreditar.
Os fariseus ficaram furiosos e expulsaram o homem da sinagoga.
Jesus ficou sabendo de tudo isso e foi falar com o homem:
— Você tem fé no Messias?
— Mas quem é o Messias, senhor?
— Eu sou o Messias!
Com certeza, depois de ouvir isso, aquele homem passou a ter fé.
Jesus era uma pessoa muito boa! Ele não só curou aquele homem,
mas se preocupou com a fé dele.

Sabe responder? Como Jesus ajudou o homem cego?


Por que você acha que os fariseus odiavam Jesus?
João 9:1-41
86 Jesus ressuscita Lázaro
Jesus tinha três amigos que moravam na cidade de Betânia. Eram Lázaro
e suas duas irmãs, Maria e Marta. Um dia, Jesus estava numa cidade longe de
Betânia. Daí, ele recebeu um recado urgente de Maria e Marta:
— Lázaro está muito doente. Por favor, venha logo!
Mas Jesus demorou para ir. Depois de dois dias, ele disse para seus
discípulos:
— Vamos pra Betânia. Lázaro está dormindo, e eu vou lá para acordá-lo.
Os discípulos disseram:
— Se ele está dormindo, vai ficar bem.
Quando viu que os discípulos não tinham entendido, Jesus falou:
— Lázaro morreu.
Quando Jesus chegou em Betânia, já fazia quatro dias que Lázaro tinha
morrido. Muitas pessoas estavam lá para consolar Marta e Maria. Quando
Marta soube que Jesus tinha chegado, ela correu até ele e disse:
— Senhor, se estivesse aqui, meu irmão não teria morrido.
— Seu irmão vai viver de novo, Marta. Você acredita nisso?
— Sim, Jesus, eu acredito que ele vai ser ressuscitado no futuro.
— Marta, eu sou a ressurreição e a vida.
Aí, Marta foi dizer para Maria que Jesus tinha chegado. Maria correu até
Jesus, e as pessoas foram atrás dela. Chorando sem parar, Maria se ajoelhou
na frente de Jesus e disse:
— Senhor, se estivesse aqui, meu irmão não teria morrido.
Quando viu Maria chorando de tanta tristeza, Jesus também começou a
chorar. As pessoas que viram Jesus chorando disseram:
— Olha só como Jesus amava Lázaro!
Mas algumas pessoas se perguntavam por que Jesus não tinha feito nada
para salvar Lázaro. E agora? O que Jesus ia fazer?
Jesus foi até o túmulo de Lázaro e pediu para tirarem a pedra enorme que
ficava na entrada. Marta disse:
— Já faz quatro dias que ele morreu! O corpo já deve estar cheirando mal.
Mesmo assim, tiraram a pedra. Aí, Jesus orou:

200
“O verdadeiro Deus é para nós
— Pai, obrigado por me ouvir. Eu sei que o um Deus que salva; Jeová,
o Soberano Senhor, livra da
Senhor sempre me ouve, mas eu estou falando
morte.” — Salmo 68:20
isso para que as pessoas aqui saibam que foi o
Senhor que me mandou aqui pra Terra.
Então, Jesus falou bem alto:
— Lázaro, venha para fora!
Daí, aconteceu algo incrível: Lázaro saiu do túmulo! Depois disso, Jesus
mandou tirar todos os panos que estavam em volta de Lázaro.
Muitas pessoas que viram esse milagre começaram a acreditar em Jesus.
Mas outras foram contar isso para os fariseus. Os fariseus ficaram com tanta
raiva que decidiram matar Lázaro e Jesus. Sem ninguém saber, Judas
Iscariotes, um dos 12 apóstolos, foi até os fariseus e perguntou:
— Quanto vocês me pagam para eu dizer onde Jesus está?
Os fariseus responderam que pagariam 30 moedas de prata. Então, Judas
ficou pensando num jeito de entregar Jesus para os fariseus.

Sabe responder? Como foi a ressurreição de Lázaro?


O que os fariseus queriam fazer com Lázaro e com Jesus?
Mateus 26:14-16; João 11:1-53; 12:10
13
Jesus veio à Terra para dar sua vida por todos. Apesar de ter
morrido, Jesus venceu o mundo. Jeová foi leal a seu Filho e o
ressuscitou. Durante toda sua vida na Terra, Jesus foi humilde e
ajudou as pessoas. Ele também perdoou os erros delas. Depois de
ser ressuscitado, Jesus apareceu para seus discípulos e ensinou
como eles deviam pregar. Se você é pai ou mãe, ajude seu filho a
entender que nós também participamos desse trabalho importante.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Nenhum problema é grande demais para Jeová resolver.

˛ Assim como Jesus, devemos estar dispostos a ajudar as pessoas.

˛ O que identifica os cristãos verdadeiros é o amor que eles têm


uns pelos outros.

203
87 Uma refeição especial
Todo ano, os judeus comemoravam a Páscoa no dia 14 do mês de nisã.
Eles faziam isso para se lembrar de como Jeová tinha tirado os israelitas
do Egito. No ano 33, Jesus e seus apóstolos estavam comemorando a
Páscoa. Quando acabaram de comer, Jesus disse aos apóstolos:
— Um de vocês vai me trair.
Os apóstolos ficaram assustados e perguntaram para Jesus quem ia
fazer isso. Jesus respondeu:
— É o homem para quem eu vou dar este pão.
Então, Jesus deu um pedaço de pão para Judas Iscariotes. Daí, Judas
levantou e foi embora.
Depois que Judas saiu, Jesus fez uma oração, dividiu um pão em
pedaços, e cada apóstolo pegou uma parte. Ele falou:
— Quando comerem esse pão, lembrem do meu corpo, que eu vou dar
por vocês.
Aí, Jesus fez outra oração, pegou um copo de vinho e deu para os
apóstolos. Ele falou:
— Quando beberem esse vinho, lembrem do meu sangue, que eu vou
dar para que Jeová perdoe os erros de todos. Eu prometo que vocês vão
ser reis comigo no céu. Façam essa refeição especial todo ano pra se
lembrarem de mim.

204
“Não tema, pequeno rebanho,
porque o seu Pai se agradou
Até hoje, os seguidores de Jesus se juntam de dar o Reino a vocês.”
todo ano para lembrar do que Jesus fez. Essa — Lucas 12:32
reunião se chama Celebração da morte de Cristo.
Quando a refeição terminou, os apóstolos começaram a brigar para
ver quem era o mais importante. Jesus disse para eles:
— A pessoa mais importante é aquela que não se acha melhor do que
os outros.
Jesus disse também:
— Vocês são meus amigos. Eu conto pra vocês tudo o que o meu Pai
quer que eu conte. Em pouco tempo, eu vou estar de novo no céu junto
com meu Pai, e vocês vão ficar aqui. Para todo mundo saber que vocês
são meus discípulos, amem uns aos outros assim como eu amei vocês.
No fim, Jesus fez outra oração. Ele pediu para Jeová proteger todos os
discípulos e para ajudá-los a trabalhar juntos sem brigar. Jesus também
orou para que todo mundo conhecesse o nome de Jeová. Então, Jesus e
os apóstolos cantaram músicas para Jeová e foram embora. Já estava
quase chegando a hora de Jesus ser preso.

Sabe responder? O que Jesus prometeu para os apóstolos?


Que coisas importantes Jesus ensinou para eles naquele dia?
Mateus 26:20-30; Lucas 22:14-26; João 13:1, 2, 26, 30, 34, 35; 15:12-19; 17:3-26

205
88 Os inimigos prendem Jesus
Jesus e os apóstolos foram para o monte das Oliveiras. Já era mais
de meia-noite e a lua estava cheia. Quando eles chegaram no jardim de
Getsêmani, Jesus pediu para seus apóstolos ficarem vigiando. Ele estava
muito preocupado. Aí, se afastou um pouco dos apóstolos, se ajoelhou e
orou:
— Pai, que aconteça comigo o que o Senhor quiser.
Então, Jeová mandou um anjo para animar Jesus. Depois, Jesus voltou e
viu que os apóstolos estavam dormindo. Jesus disse:
— Acordem! Não é hora de dormir. Meus inimigos estão chegando pra me
prender.
Pouco depois, Judas chegou no jardim com um monte de pessoas que
carregavam espadas e pedaços de pau. Como Jesus sempre ia naquele
jardim com os apóstolos, Judas sabia que ele estaria lá. Judas tinha
combinado com os soldados que ia mostrar para eles quem era Jesus.
Então, Judas chegou perto de Jesus e deu um beijo nele. Jesus falou:
— Judas, você está traindo o Filho de Deus com um beijo?
Daí, Jesus perguntou para aquelas pessoas quem elas estavam
procurando. Elas disseram que estavam procurando Jesus. Então, Jesus
disse:
— Sou eu.
Os inimigos ficaram tão surpresos com a coragem de Jesus que deram
um passo para trás e caíram no chão. Daí, Jesus perguntou de novo para as
pessoas quem elas estavam procurando.
Quando repetiram que estavam procurando
Jesus, ele falou:
— Eu já disse que sou eu. Deixem meus
discípulos ir embora.
Quando Pedro viu o que estava
acontecendo, ele pegou uma espada e
arrancou a orelha de um homem chamado
Malco. Mas Jesus tocou na orelha de Malco
e o curou. Daí Jesus disse:

206
— Pedro, guarde essa espada. Quem usa uma espada será morto com
uma espada.
Os soldados amarraram as mãos de Jesus, e os apóstolos fugiram. Então,
Jesus foi levado para Anás, o sacerdote principal. Anás fez um monte de
perguntas para Jesus e o mandou para a casa de Caifás, o sumo sacerdote.
E os apóstolos? O que aconteceu com eles?
“No mundo vocês
Sabe responder? O que aconteceu no jardim de Getsêmani?
terão tribulação,
O que você aprendeu do que Jesus fez naquela noite?
mas coragem! Eu
Mateus 26:36-57; Marcos 14:32-50; Lucas 22:39-54; João 18:1-14, 19-24 venci o mundo.”
— João 16:33
89 Pedro diz que não conhece Jesus
Quando Jesus disse a seus apóstolos que todos eles o abandonariam
naquela noite, Pedro disse que nunca faria isso. Mas Jesus falou para
Pedro:
— Antes de o galo cantar, você vai dizer três vezes que não me conhece.
Mais tarde, quando os soldados levaram Jesus para a casa de Caifás,
quase todos os apóstolos fugiram. Mas Pedro e outro apóstolo seguiram
Jesus de longe. Pedro entrou no pátio da casa de Caifás e ficou perto de
uma fogueira. Quando a luz do fogo iluminou o rosto de Pedro, uma serva
o reconheceu e disse que ele andava com Jesus. Pedro disse:
— Eu, não! Você deve estar me confundindo com alguém.
Então, Pedro foi para perto do portão. Mas outra serva o viu e disse
para todo mundo que estava ali que Pedro andava
com Jesus. Pedro disse:
‘Vem a hora em que vocês
serão espalhados, cada — Eu nem conheço esse Jesus!
um para a sua própria Aí, outro homem falou:
casa, e me deixarão
sozinho. Mas eu não estou — Você é um deles. Seu sotaque é da Galileia, igual
sozinho, porque o Pai está ao de Jesus.
comigo.’ — João 16:32 Pela terceira vez, Pedro disse que não conhecia
Jesus. Bem naquele momento, um galo cantou. Jesus
se virou e olhou para Pedro. Aí, Pedro se lembrou do
que Jesus tinha falado. Pedro saiu dali e começou a chorar muito.
Enquanto isso, o sumo sacerdote e outros homens se reuniram para
julgar Jesus na casa de Caifás. Eles já tinham decidido matar Jesus, mas
para isso precisavam provar que ele tinha cometido algum crime. Só que
eles não conseguiram, porque Jesus nunca tinha feito nada de errado.
Então, Caifás perguntou para Jesus se ele era o Filho de Deus. Quando
Jesus respondeu que sim, Caifás disse:
— Não precisamos de mais provas! Ele falou contra Deus!
Todos concordaram e disseram que Jesus tinha que morrer. Aí, bateram
em Jesus e cuspiram nele. Eles também cobriram o rosto de Jesus e deram
socos nele, dizendo:

208
— Já que você é um profeta, diga pra nós quem te bateu!
Quando amanheceu, Caifás e os homens se reuniram e perguntaram de
novo para Jesus se ele era o Filho de Deus. Jesus respondeu:
— Vocês é que estão dizendo que eu sou.
Então, os homens disseram que Jesus era culpado pelo crime de falar
contra Deus. Daí, eles o levaram para o palácio de Pôncio Pilatos, o
governador romano. O que ia acontecer com Jesus?

Sabe responder? O que aconteceu com Pedro na casa de Caifás?


Por qual crime Jesus foi condenado à morte?
Mateus 26:31-35, 57–27:2; Marcos 14:27-31, 53–15:1; Lucas 22:55-71;
João 13:36-38; 18:15-18, 25-28
90 A morte de Jesus
Os principais sacerdotes levaram Jesus até o palácio do governador
Pilatos. Quando Pilatos perguntou o que Jesus tinha feito de errado, os
sacerdotes falaram muitas mentiras sobre Jesus. Até disseram que ele
queria ser o rei. Então, Pilatos perguntou a Jesus se ele era o Rei dos judeus.
Mas Jesus respondeu:
— Meu Reino não faz parte deste mundo.
Pilatos não achou que Jesus tinha feito algo errado e o mandou para
Herodes, o governante da Galileia. Mas Herodes também não achou que
Jesus fosse criminoso e o mandou de volta para Pilatos. Então, Pilatos disse
que ia libertar Jesus. Só que o povo não gostou disso e começou a gritar que
Jesus devia morrer. Aí, os soldados bateram em Jesus com um chicote,
cuspiram nele e deram socos nele. Os soldados colocaram uma coroa de
espinhos na cabeça de Jesus e começaram a rir dele. Pilatos disse outra vez
para o povo que achava que Jesus era inocente. Mas o povo insistiu que
Jesus devia ser pregado numa estaca. Então, Pilatos deixou Jesus ser morto.
Jesus foi levado para um lugar chamado Gólgota. Daí, pregaram seus pés
e suas mãos numa estaca. Jesus orou:
— Pai, perdoe essas pessoas. Elas não sabem o que estão fazendo.
As pessoas continuaram rindo da cara de Jesus, dizendo:
— Você não é o Filho de Deus? Então, saia dessa estaca. Se salve!
Do lado de Jesus, tinha um criminoso pregado numa estaca. O criminoso
pediu para Jesus:
— Quando o senhor entrar no seu Reino, lembre de mim.
Jesus prometeu para o criminoso:
— Você vai estar comigo no Paraíso.
De repente, o dia ficou escuro como a noite, e ficou assim por três horas.
Maria, a mãe de Jesus, e alguns discípulos estavam perto da estaca. Então,
Jesus pediu para João cuidar de Maria como se ela fosse a mãe dele.
Por fim, Jesus disse:
— Está terminado!
Jesus baixou a cabeça e morreu. Naquele momento, aconteceu um
terremoto bem forte. E, lá no templo, a cortina que separava o Santo

210
“Não importa quantas
do Santíssimo se rasgou ao meio. Um soldado sejam as promessas de
Deus, elas se tornaram
disse: ‘sim’ por meio dele.”
— Ele era mesmo o Filho de Deus! — 2 Coríntios 1:20

Sabe responder? Por que você acha que Pilatos deixou Jesus ser morto?
Como Jesus mostrou que se importava mais com os outros do que com ele mesmo?
Mateus 27:11-14, 22-31, 38-56; Marcos 15:2-5, 12-18, 25, 29-33, 37-39;
Lucas 23:1-25, 32-49; João 18:28–19:30
91 A ressurreição de Jesus
Depois que Jesus morreu, um homem muito rico chamado José foi até
Pilatos e pediu permissão para tirar o corpo de Jesus da estaca. Então, José
enrolou o corpo de Jesus num tecido com óleo perfumado. Aí, ele colocou o
corpo de Jesus num túmulo novo e fechou a entrada com uma pedra bem
grande. Depois disso, os principais sacerdotes foram falar com Pilatos:
— Estamos com medo de que alguns discípulos de Jesus tirem o corpo
dele do túmulo e saiam por aí dizendo que ele ressuscitou.
— Tudo bem. Bloqueiem a entrada do túmulo e mandem alguns soldados
ficar vigiando.
Três dias depois, logo de manhã, Maria Madalena e outras mulheres foram
até o túmulo. Lá, elas viram que alguém tinha tirado a pedra da entrada.
Quando entraram no túmulo, viram um anjo. O anjo disse:
— Não fiquem com medo. Jesus foi ressuscitado! Vão e digam para os
discípulos irem até a Galileia pra se encontrar com ele.
Maria Madalena foi correndo procurar Pedro e João e disse:
— Alguém levou o corpo de Jesus!
Pedro e João foram depressa até o túmulo. Chegando lá, viram
que o túmulo estava vazio. Então, eles voltaram para casa.
Quando Maria voltou para o túmulo, ela viu dois anjos lá dentro. Ela
disse para eles que não sabia para onde tinham levado o corpo de Jesus.
Aí, ela viu um homem e achou que ele fosse um jardineiro. Maria disse:
— Por favor, me conte! Para onde você levou meu senhor Jesus?
O homem chamou Maria pelo nome. Foi aí que ela reconheceu que ele era
Jesus e o abraçou. Jesus mandou Maria contar para os discípulos o que
tinha acontecido. Então, ela foi correndo falar para os discípulos que tinha
visto Jesus.
Mais tarde, dois discípulos estavam indo para um lugar chamado Emaús.
Aí, um homem começou a andar com eles e perguntou sobre o que os
discípulos estavam conversando. Eles disseram:
— Você não ficou sabendo? Três dias atrás, os principais sacerdotes
mandaram matar Jesus. Agora, algumas mulheres estão dizendo que ele
está vivo.

212
— Mas vocês não acreditam nos profetas? Eles disseram que Jesus ia
morrer e ia ser ressuscitado.
O homem continuou explicando a Palavra de Deus para os discípulos.
Então, eles foram comer juntos. Antes de comer o pão, o homem fez uma
oração. Naquela hora, os discípulos reconheceram que ele era Jesus. Mas,
de repente, ele desapareceu!
Os dois discípulos foram correndo até Jerusalém e contaram para os
apóstolos o que tinha acontecido. De repente, Jesus apareceu na casa onde
eles estavam. Eles não conseguiam acreditar que estavam mesmo vendo
Jesus. Mas Jesus falou:
— Podem olhar minhas mãos e tocar em mim. A Palavra de Deus já tinha
dito que o Cristo ia morrer e ia ser ressuscitado.

Sabe responder? O que aconteceu quando algumas mulheres foram até o túmulo de Jesus?
O que aconteceu quando dois discípulos estavam viajando para Emaús?
Mateus 27:57–28:10; Marcos 15:42–16:8;
Lucas 23:50–24:43; João 19:38–20:23 “Eu sou o caminho, a
verdade e a vida. Ninguém
vem ao Pai senão por mim.”
— João 14:6
92 Jesus aparece para seus discípulos
Depois de um tempo, Pedro foi pescar no mar da Galileia. Tomé, Tiago, João
e outros discípulos foram com ele. Eles passaram a noite toda pescando, mas
não conseguiram pegar nenhum peixe.
De manhã cedo, eles viram um homem em pé na praia. Falando bem alto,
o homem perguntou se os discípulos tinham conseguido pegar algum peixe.
Eles responderam que não. Aí, o homem disse para eles jogarem a rede do
lado direito do barco. Os discípulos fizeram isso. Então, quando eles puxaram
a rede, ela estava cheia de peixes. Eram tantos peixes que eles não
aguentaram puxar a rede para dentro do barco! Naquela hora, João
descobriu que aquele homem era Jesus e disse:
— É Jesus!
Pedro foi logo se jogando no mar e nadou até a praia. Os discípulos foram
de barco seguindo Pedro.
Quando os discípulos chegaram na praia, eles viram alguns pães e peixes
assando numa fogueira. Jesus disse para os discípulos trazerem mais alguns
‘Jesus lhes disse: “Sigam-me, e eu farei
de vocês pescadores de homens.” Eles
abandonaram imediatamente as redes
e o seguiram.’ — Mateus 4:19, 20

peixes para assar. Então, ele e os discípulos começaram a comer. Depois,


Jesus começou a falar com Pedro:
— Pedro, você me ama mais do que ama seu trabalho?
— É claro que eu te amo! O senhor sabe disso.
— Então, alimente minhas ovelhinhas.
Jesus perguntou de novo se Pedro o amava. E Pedro, mais uma vez, disse
que amava. Aí, Jesus mandou Pedro pastorear as suas ovelhinhas. Quando
Jesus perguntou a Pedro, pela terceira vez, se ele o amava, Pedro ficou triste e
respondeu:
— O senhor sabe de tudo. O senhor sabe que eu te amo.
Então, Jesus mandou Pedro alimentar suas ovelhinhas e continuar a ser
seu discípulo.

Sabe responder? Que milagre Jesus fez?


Em sua opinião, por que Jesus perguntou três vezes se Pedro o amava?
João 21:1-19, 25; Atos 1:1-3

215
93 Jesus volta para o céu
Jesus foi encontrar seus discípulos na Galileia. Lá, ele deu aos discípulos
uma tarefa muito importante. Ele disse:
— Vão e ajudem pessoas de todos os lugares a serem meus discípulos.
Ensinem a elas tudo o que eu ensinei pra vocês e batizem essas pessoas.
Eu prometo que sempre estarei com vocês.
Durante 40 dias, Jesus apareceu para muitos discípulos na Galileia e
em Jerusalém. Ele ensinou a seus discípulos algumas lições importantes e
também fez muitos milagres. Jesus disse a seus apóstolos:
— Não saiam de Jerusalém. Continuem esperando Deus fazer o que
prometeu.
Os apóstolos não entenderam muito bem o que Jesus quis dizer com
aquilo. Depois, Jesus se encontrou com seus apóstolos pela última vez no
monte das Oliveiras. Eles perguntaram:
— O senhor vai ser o rei de Israel?
Mas Jesus explicou:
— Para Jeová, ainda não é hora de eu ser rei. Em breve, vocês vão receber
espírito santo e vão se tornar minhas testemunhas. Preguem em Jerusalém,
na Judeia, em Samaria e até nos lugares mais distantes da Terra.
Então, Jesus começou a flutuar e subir em direção ao céu. Aí, uma nuvem
o cobriu e os discípulos não conseguiram mais enxergá-lo.
Os discípulos saíram do monte das Oliveiras e foram para Jerusalém.
Eles sempre se reuniam e oravam, aguardando que Jesus dissesse o que
eles deviam fazer.

Sabe responder? Que tarefa importante Jesus deu para os seus discípulos?
O que aconteceu no monte das Oliveiras?
Mateus 28:16-20; Lucas 24:49-53; João 20:30, 31; Atos 1:2-14; 1 Coríntios 15:3-6

“Estas boas novas do Reino serão pregadas


em toda a terra habitada, em testemunho
a todas as nações, e então virá o fim.”
— Mateus 24:14

216
14
Os primeiros cristãos pregaram as boas novas do Reino até nas
partes mais distantes da Terra. Jesus mostrava onde eles deviam pregar
e até deu para eles a capacidade de falar em outros idiomas. Assim, as
pessoas conseguiram ouvir a mensagem no idioma delas. Os discípulos
enfrentaram muita perseguição, mas Jeová deu para eles coragem e força.
Jesus deu para o apóstolo João uma visão do trono de Jeová. Em outra
visão, João viu o Reino de Deus vencendo Satanás e tirando dele o
controle da Terra para sempre. João viu Jesus governando como Rei e
144 mil reinando com ele. João também viu a Terra se tornar um paraíso,
e todos adorando a Jeová em paz e união.
O QUE A CRIANÇA DEVE APRENDER

˛ Se nós fizermos o trabalho que Jeová nos dá para fazer,


ele vai ficar muito feliz.

˛ Dedique sua vida a Jeová e mostre que você apoia o Reino dele.

˛ Lembre-se que Jeová deve ser o seu melhor amigo.

219
94 Os discípulos recebem espírito santo
Dez dias depois de Jesus voltar para o céu, seus discípulos
receberam espírito santo. No ano 33, muita gente tinha ido para
Jerusalém para comemorar uma festa chamada Pentecostes. No dia do
Pentecostes, uns 120 discípulos de Jesus estavam reunidos numa casa.
De repente, aconteceu algo incrível! Um barulho de vento bem forte
encheu a casa toda. Daí, apareceram chamas de fogo em cima da
cabeça de cada discípulo, e todos começaram a falar em idiomas
diferentes.
Os visitantes que estavam em Jerusalém ouviram o barulho do
vento e se juntaram para falar sobre isso. Eles ficaram impressionados
quando ouviram os discípulos falando no idioma deles e disseram:
— Esse povo é da Galileia. Como é que estão conseguindo falar no
nosso idioma?
Então, Pedro e os outros apóstolos foram até a multidão. Pedro
contou para o povo como Jesus tinha sido morto e que Jeová tinha
ressuscitado Jesus. Pedro também falou:

220
“Se você declarar
— Agora, Jesus está no céu ao lado de publicamente com a sua
Deus e está nos dando o espírito santo que boca que Jesus é Senhor,
prometeu. É por isso que vocês estão vendo e no seu coração tiver fé em
milagres acontecendo. que Deus o levantou dentre
os mortos, você será salvo.”
O que Pedro falou deixou as pessoas muito — Romanos 10:9
emocionadas. Por isso, elas perguntaram a ele
o que deviam fazer. Pedro respondeu:
— Se arrependam das coisas erradas que fizeram e se batizem em
nome de Jesus, e vocês também vão receber espírito santo.
Naquele mesmo dia, umas 3 mil pessoas foram batizadas. Daquele
dia em diante, a quantidade de discípulos em Jerusalém foi
aumentando bem rápido. Com a ajuda do espírito santo, o número de
congregações aumentou, e os apóstolos puderam ensinar para as
pessoas tudo o que Jesus tinha mandado.

Sabe responder? O que aconteceu no Pentecostes do ano 33?


Por que muitas pessoas foram batizadas?
Atos 1:15; 2:1-42; 4:4; João 15:26

221
95 Eles pregaram com coragem
Um homem manco sentava todo dia em um dos portões do templo para
pedir dinheiro. Um dia, Pedro e João foram ao templo e o homem pediu
dinheiro para eles. Pedro disse:
— Eu vou te dar algo muito melhor do que dinheiro. Em nome de Jesus,
levante e ande!
Então, o homem começou a andar! Muitos dos que viram isso ficaram
impressionados e se tornaram discípulos de Jesus.
Mas os sacerdotes e os saduceus ficaram muito bravos e os levaram
para o tribunal. Lá, perguntaram para Pedro e João quem tinha dado para
eles o poder para curar aquele homem. Pedro respondeu:
— Foi Jesus Cristo, o homem que vocês mataram.
Aí, os sacerdotes e os saduceus disseram que eles não deviam mais
falar sobre Jesus. Mas Pedro e João disseram:
— Não vamos parar. Temos que falar sobre Jesus!
Assim que foram soltos, Pedro e João foram contar para os outros
discípulos o que tinha acontecido. Todos juntos oraram e pediram a ajuda
de Jeová. Então, Jeová deu espírito santo para os discípulos, e eles
continuaram pregando com coragem e fazendo curas. O
número de discípulos aumentava cada vez mais. Só que os
saduceus não gostaram nada disso. Aí, eles prenderam
os apóstolos. Mas, durante a noite, o anjo de Jeová
abriu as portas da prisão e disse para eles:
— Voltem para o templo e continuem
ensinando lá.
No dia seguinte, os saduceus ficaram sabendo
que os apóstolos tinham saído da prisão e
estavam ensinando no templo. Mais uma vez, os
apóstolos foram presos e levados para o tribunal.
O sumo sacerdote disse:
— Nós proibimos vocês de falar sobre Jesus,
não foi?
Mas Pedro respondeu:

222
“Temos de obedecer a Deus
— Nós obedecemos a Deus como como governante em vez
de a homens.” — Atos 5:29
governante em vez de a homens.
Os homens do tribunal ficaram tão bravos
que quiseram matar os apóstolos. Mas um fariseu chamado Gamaliel
disse:
— Tenham cuidado! Pode ser que Deus esteja do lado destes homens.
Vocês não querem ficar contra Deus, querem?
Os homens do tribunal concordaram e deixaram os apóstolos ir embora.
Mas, antes disso, bateram neles e avisaram mais uma vez que eles não
deviam pregar. Mesmo assim, os apóstolos foram corajosos. Todo dia, no
templo e de casa em casa, eles pregavam as boas novas.

Sabe responder? Por que os discípulos não pararam de pregar?


Como Jeová ajudou os discípulos?
Atos 3:1–4:31; 5:12-42
96 Jesus escolhe Saulo
Saulo nasceu na cidade deTarso. Ele era um fariseu e conhecia muito
bem as leis dos judeus. Mas ele odiava os cristãos. Ele arrancava homens e
mulheres cristãos de suas casas e os mandava para a prisão. Quando uma
multidão furiosa matou o discípulo Estevão com pedradas, Saulo só ficou
parado olhando.
Saulo tinha tanto ódio dos cristãos que pediu permissão ao sumo
sacerdote para ir até Damasco prender os cristãos que moravam lá. Quando
Saulo chegou perto de Damasco, uma luz bem forte começou a brilhar em
volta dele, e ele caiu no chão. Saulo ouviu uma voz dizendo:
— Saulo, por que você me persegue?
Saulo perguntou:
— Quem é o senhor?
— Eu sou Jesus. Eu quero que vá para Damasco. Lá você vai saber o que
deve fazer.
Naquele instante, Saulo ficou cego, e os homens que viajavam com ele
pegaram na mão dele e o levaram a Damasco.
Em Damasco, morava um cristão fiel chamado Ananias. Jesus apareceu
para ele numa visão e disse:
— Vá até a casa de Judas, na rua chamada Direita, e procure por Saulo.
Ananias disse:
— Mas, Senhor, eu já ouvi falar muito
de Saulo. Ele quer mandar todos os
seus discípulos pra cadeia!
— Vá até ele. Eu escolhi Saulo
para pregar as boas novas em muitos
lugares.
Ananias foi e encontrou Saulo e
disse:
— Jesus me enviou para curar a sua
visão.
Então, Saulo voltou a enxergar. Ele
aprendeu sobre Jesus e se tornou um
“Cristo Jesus veio ao
discípulo. Depois de se batizar, Saulo começou a mundo para salvar
pecadores. Desses,
pregar na sinagoga junto com outros cristãos. eu sou o principal.”
Imagine como os judeus devem ter achado — 1 Timóteo 1:15
estranho ver Saulo falando sobre Jesus!
Saulo ficou três anos pregando em Damasco. Mas os judeus
ficaram com muita raiva dele e bolaram um plano para
matá-lo. Quando os irmãos da congregação ficaram sabendo
desse plano malvado, eles ajudaram Saulo a escapar. Eles o
colocaram dentro de uma cesta grande, amarraram a cesta
numa corda e desceram a cesta por um buraco na muralha
da cidade.
Quando chegou em Jerusalém, Saulo tentou se juntar aos
outros cristãos. Mas os cristãos tinham medo dele. Então,
um discípulo chamado Barnabé foi bondoso com Saulo. Ele
levou Saulo aos apóstolos e explicou para eles que Saulo
tinha mudado mesmo. Depois disso, Saulo começou a
pregar as boas novas com a congregação em
Jerusalém. Mais tarde, ele começou a ser chamado de
Paulo.

Sabe responder? Por que os cristãos


tinham medo de Saulo? Por que ele mudou?
Atos 7:54–8:3; 9:1-28; 13:9; 21:40–22:15;
Romanos 1:1; Gálatas 1:11-18

225
97 Cornélio aprende sobre Jeová
Na cidade de Cesareia morava um oficial do exército romano chamado
Cornélio. Ele não era judeu, mas era muito respeitado pelos judeus. Cornélio
era generoso e gostava de ajudar os pobres. Ele acreditava em Jeová e sempre
orava a ele. Um dia, um anjo apareceu para Cornélio e disse:
— Deus ouviu as suas orações. Agora, mande alguns homens irem até a
cidade de Jope buscar Pedro.
Sem perder tempo, Cornélio mandou três homens ir a Jope.
Enquanto isso, lá em Jope, Pedro teve uma visão. Ele viu animais que os
judeus não podiam comer. Aí, ele ouviu uma voz que disse para ele comer
aqueles animais. Mas Pedro não quis, porque isso era algo que a lei não
deixava. A voz disse:
— Não ache que esses animais não são puros. Deus os tornou puros.
Depois, Deus disse a Pedro:
— Três homens estão na porta procurando você. Vá com eles.
Pedro foi atender a porta e perguntou aos três homens por que eles estavam
ali. Eles responderam:
— Foi Cornélio, um oficial do exército romano, que nos mandou aqui.
Ele pediu para você ir até a casa dele em Cesareia.
‘Em toda nação, Deus aceita
Então, os três homens ficaram até o dia aquele que o teme e faz o que
é direito.’ — Atos 10:35
seguinte na casa em que Pedro estava.
Quando amanheceu, Pedro, os três homens
e alguns irmãos de Jope foram a Cesareia.
Quando Pedro chegou, Cornélio se ajoelhou na frente dele. Mas Pedro disse:
— Levante! Eu sou um homem como você. Apesar de judeus não entrarem
na casa de quem não é judeu, Deus me mandou vir até a sua casa. Me diga, por
favor, por que você mandou me buscar.
Cornélio respondeu:
— Quatro dias atrás, eu orei a Deus e um anjo me disse que eu deveria te
chamar aqui. Por favor, ensine pra gente tudo o que Jeová tem pra nos dizer.
Pedro disse:
— Agora eu sei que, pra Deus, não importa se um homem é judeu ou não.
Ele aceita que todo tipo de pessoa adore a ele.
Pedro começou a ensinar muitas coisas sobre Jesus. Então, Cornélio e todos
os que estavam com ele receberam espírito santo e foram batizados.

Sabe responder? Por que Pedro não queria comer os animais da visão que teve?
Por que Jeová mandou Pedro ir até a casa de Cornélio?
Atos 10:1-48

227
98 Muitos se tornam cristãos
Jesus tinha mandado seus apóstolos pregar as boas novas na Terra
inteira, e eles obedeceram. No ano 47, os irmãos em Antioquia enviaram
Paulo e Barnabé numa viagem de pregação. Nessa viagem, Paulo e
Barnabé pregaram em muitos lugares da Ásia Menor, como Derbe, Listra e
Icônio.
Paulo e Barnabé falavam das boas novas com todo mundo. Eles
pregavam para ricos e pobres, para jovens e idosos. E muitos começaram
a acreditar em Jesus. Uma vez, Paulo e Barnabé pregaram para Sérgio
Paulo, o governador de Chipre. Mas um feiticeiro tentou impedir. Paulo
disse para o feiticeiro:
— Jeová está contra você!
Naquele momento, o feiticeiro ficou cego. Quando o governador viu
isso, ficou impressionado e decidiu se tornar cristão.
Paulo e Barnabé pregavam em todos os lugares. Eles ensinavam de casa
em casa, nas feiras, nas estradas e nas sinagogas. Quando passaram pela
cidade de Listra, Paulo e Barnabé curaram um homem manco. As pessoas
que viram esse milagre acharam que eles eram deuses e começaram a
adorá-los. Mas Paulo e Barnabé disseram:
— Não façam isso. Nós somos apenas homens. Adorem a Deus!
Daí, alguns judeus começaram a falar mal de Paulo e Barnabé para as
pessoas de Listra. Por isso, elas jogaram pedras em Paulo e o arrastaram
para fora da cidade. Elas acharam que Paulo tinha morrido, mas ele não
morreu. Sem perder tempo, os irmãos vieram para ajudá-lo e o levaram de
volta para a cidade. Um tempo depois, Paulo voltou para Antioquia.

228
“Portanto, vão e façam
No ano 49, Paulo começou outra viagem discípulos de pessoas
de pregação. Primeiro, ele visitou novamente de todas as nações.”
— Mateus 28:19.
os irmãos na Ásia Menor. Depois, viajou para
lugares ainda mais distantes na Europa. Ele foi para Atenas, Éfeso, Filipos,
Tessalônica e outras cidades. Lucas, Silas e um jovem chamado Timóteo
também viajaram com Paulo. Eles formaram congregações e as ajudaram
a crescer. Paulo ficou um ano em Corinto para fortalecer os irmãos de lá.
Ele pregou, ensinou e escreveu cartas para muitas congregações. Paulo
também trabalhava fabricando barracas. Mais tarde, Paulo voltou para
Antioquia.
No ano 52, Paulo começou uma terceira viagem de pregação. Ele
começou na Ásia Menor e foi subindo até chegar em Filipos. Depois, foi
descendo até Corinto. Paulo ficou vários anos em Éfeso pregando as boas
novas, curando pessoas e ajudando a congregação. Ele também ia todo
dia para uma escola fazer discursos. Muitos que escutavam se tornavam
cristãos. Depois de pregar em muitos lugares, Paulo foi para Jerusalém.

Sabe responder? Que lugares Paulo visitou em suas três viagens de pregação? (Veja
o mapa que aparece no Apêndice B13 da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.)
Atos 13:1–23:35
99 Um guarda se torna cristão
Na cidade de Filipos, vivia uma moça que tinha um demônio dentro dela.
O demônio fazia a moça adivinhar o futuro, e os patrões dela ganhavam muito
dinheiro por causa disso. Quando Paulo e Silas foram para Filipos, ela ficou
andando atrás deles por muitos dias, gritando:
— Estes homens são escravos do Deus Altíssimo!
Então, Paulo disse para o demônio:
— Em nome de Jesus, saia dessa moça!
Na mesma hora, o demônio saiu da moça. Quando os patrões viram que
não iam mais ganhar dinheiro com a moça, ficaram muito bravos. Eles
arrastaram Paulo e Silas até as autoridades e disseram:
— Estes homens estão desobedecendo às leis e perturbando a cidade toda!
Então, as autoridades mandaram bater em Paulo e Silas e mandaram
prendê-los. O guarda da prisão jogou Paulo e Silas na cela mais escura e
escondida da prisão e prendeu os pés deles numa madeira.
Paulo e Silas começaram a cantar músicas para Jeová, e todos os outros
prisioneiros ouviam. De repente, no meio da noite, um terremoto bem forte
sacudiu a prisão toda. As portas das celas se abriram com tudo, e as correntes
de todos os prisioneiros se soltaram. O guarda da prisão correu até as celas e
viu que todas estavam abertas. Achando que todos os prisioneiros tinham
escapado, ele pegou uma espada para se matar. Bem nessa hora, Paulo
gritou:
— Não se mate! A gente está aqui!
O guarda da prisão correu até Paulo e Silas e se ajoelhou na frente deles.
Aí, perguntou:
— O que eu preciso fazer para ser salvo?
Eles responderam:
— Você e sua família precisam acreditar em Jesus.
Então, Paulo e Silas pregaram para o guarda da prisão, e ele e toda a sua
família se tornaram cristãos.

Sabe responder? Por que Paulo e Silas foram presos?


Como foi que um guarda se tornou cristão?
Atos 16:16-34

230
“Prenderão e perseguirão vocês, entregando-os
às sinagogas e às prisões, e vocês serão
levados diante de reis e governadores por
causa do meu nome. Isso resultará numa
oportunidade para vocês darem testemunho.”
— Lucas 21:12, 13
100 Paulo e Timóteo
Timóteo era um jovem da congregação na
cidade de Listra. O pai dele era grego, e a mãe era
judia. A mãe dele se chamava Eunice e a avó dele,
Lóide. Elas ensinaramTimóteo sobre Jeová desde
que ele era bem pequeno.
Quando Paulo passou por Listra em sua
segunda viagem de pregação, ele viu queTimóteo
era muito amoroso e que gostava de ajudar os
irmãos. Então, Paulo convidou Timóteo para viajar
com ele. Com a ajuda de Paulo, Timóteo aprendeu
a pregar e a ensinar muito bem.
Deus usava seu espírito santo para mostrar
onde Paulo eTimóteo deviam ir. Numa noite,
Paulo teve uma visão. Nessa visão, um homem disse para Paulo:
— Venha para a Macedônia e nos ajude!
Aí, Paulo, Timóteo, Silas e Lucas foram para a região da Macedônia
pregar e formar congregações.
EmTessalônica, uma cidade da Macedônia, muitos se tornaram
cristãos. Mas alguns judeus não gostavam de Paulo e de seus amigos.
Então, eles se juntaram num grupo grande e arrastaram Paulo e seus
amigos até as autoridades da cidade, gritando:
— Estes homens são inimigos do governo de Roma!
Continuar ali seria muito perigoso para Paulo eTimóteo. Por isso, eles
fugiram à noite para Bereia.
As pessoas em Bereia tinham muita vontade de aprender sobre as boas
novas. Não só judeus, mas também gregos, se tornaram cristãos. Quando
alguns judeus deTessalônica foram para Bereia causar problemas, Paulo
teve que ir para Atenas. Mas Timóteo e Silas continuaram em Bereia para
fortalecer a fé dos irmãos. Com o tempo, Paulo pediu para Timóteo voltar
para Tessalônica e ajudar os irmãos de lá a aguentar a perseguição que
estavam sofrendo. Mais tarde, Paulo pediu para Timóteo visitar e animar
muitas outras congregações.

232
‘Não tenho a nenhum
outro de disposição igual
à de Timóteo, que
cuidará de vocês. Pois
todos os outros estão
buscando os seus
próprios interesses, não
os de Jesus Cristo.’
— Filipenses 2:20, 21

Paulo disse para Timóteo:


— Quem quiser servir a Jeová vai ser perseguido e maltratado.
Timóteo foi perseguido e preso por ser cristão. Mas ele se sentia feliz
porque assim podia provar que era leal a Jeová.
Paulo disse para os filipenses:
— Eu pedi para Timóteo ir até aí. Ele vai ensinar o que é andar na
verdade e vai treinar vocês para fazer o trabalho de pregação.
Paulo sabia que podia contar comTimóteo. Eles trabalharam juntos por
muitos anos e se tornaram grandes amigos.

Sabe responder? Quem era Timóteo? Por que você acha que Paulo e Timóteo
eram grandes amigos?
Atos 16:1-12; 17:1-15; Filipenses 2:19-22; 2 Timóteo 1:1-5; 3:12, 14, 15; Hebreus 13:23
101 Paulo viaja para Roma
A terceira viagem de pregação de Paulo terminou em Jerusalém. Lá, ele
foi preso e jogado numa cela. Numa noite, Jesus apareceu para Paulo
numa visão e disse:
— Você vai para Roma e vai pregar lá.
Paulo foi levado de Jerusalém para Cesareia, e ficou preso lá por dois
anos. Quando estava sendo julgado pelo governador Festo, Paulo pediu:
— Eu quero ser julgado por César em Roma.
Festo concordou, e Paulo foi colocado em um navio que ia para Roma.
Dois outros amigos de Paulo, chamados Lucas e Aristarco, foram com
ele.
Durante a viagem, caiu uma tempestade bem forte que durou muitos
dias. Todo mundo no navio achou que ia morrer! Mas Paulo disse:
— Homens, coragem! A gente não vai morrer! Um anjo me disse num
sonho: “Não tenha medo, Paulo. Você vai chegar em Roma, e todo mundo
que está no navio com você vai se salvar.”
A tempestade continuou bem forte por 14 dias. Daí, os homens no
navio conseguiram ver uma ilha e decidiram ir para lá. Era a ilha de Malta.
Chegando na praia, o navio encalhou e se quebrou todo, mas todos os
276 passageiros se salvaram. Alguns foram nadando até a ilha, e outros
chegaram lá segurando em pedaços do navio. Quando todos chegaram,
o povo de Malta cuidou deles e acendeu uma fogueira para eles se
aquecerem.
Três meses depois, os soldados levaram Paulo para Roma em outro
navio. Quando Paulo chegou em Roma, os irmãos foram se encontrar
com ele. Ao ver os irmãos chegando, Paulo agradeceu a Jeová e ficou
com mais coragem. Mesmo sendo um prisioneiro, Paulo podia morar
numa casa alugada, mas com um soldado para vigiá-lo. Ele ficou lá por
dois anos. Quando as pessoas iam ver Paulo, ele falava sobre o Reino de
Deus e sobre Jesus. Ele também escreveu cartas para as congregações
que ficavam na Ásia Menor e na Judeia. A história de Paulo nos ensina
que Jeová o usou para levar as boas novas para pessoas de muitos
lugares.

234
Sabe responder? Por que Festo mandou Paulo para Roma?
O que aconteceu com Paulo durante a viagem para Roma?
Atos 21:30; 23:11; 25:8-12; 27:1–28:31; Romanos 15:25, 26

“Nós nos recomendamos de todos os


modos como ministros de Deus, por
perseverar em muitas provações, em
tribulações, em tempos de privações,
em dificuldades.” — 2 Coríntios 6:4
102 As visões de João
O apóstolo João estava preso na ilha de Patmos. Enquanto
estava lá, ele teve 16 visões de coisas que iam acontecer no
futuro. Nessas visões, Jesus mostrou para João como o
nome de Jeová seria santificado, como o Reino viria e como a
vontade de Deus seria feita na Terra e no céu.
Em uma visão, João vê o maravilhoso trono de Jeová no céu.
Do trono, saem relâmpagos e trovões. Em volta do trono, João vê
24 anciãos. Eles estão vestidos com roupas brancas e usam uma
coroa de ouro. Os 24 anciãos se ajoelham e adoram a Jeová. Numa
outra visão, João vê uma grande multidão de pessoas de toda a Terra
adorando a Jeová. Daí, o Cordeiro leva essas pessoas para fontes de
água da vida. Esse Cordeiro é Jesus. Numa outra visão, Jesus
começa a reinar junto com os 24 anciãos. Na visão seguinte, João vê
Jesus lutando contra o dragão e os demônios. Esse dragão é
Satanás. Jesus expulsa o dragão e os demônios do céu, e eles vêm
morar na Terra.
“E porei inimizade entre você e a mulher, e
entre o seu descendente e o descendente
dela. Este esmagará a sua cabeça, e você
ferirá o calcanhar dele.” — Gênesis 3:15

Depois, João tem uma visão muito bonita. Ele vê o Cordeiro e os


144 mil de pé no monte Sião. João também vê um anjo voando por
toda a Terra. Esse anjo diz para as pessoas:
— Adorem a Deus! Deem glória a ele!
Em outra visão, João vê a guerra do Armagedom. Nessa guerra,
Jesus e seu exército lutam contra o mundo mau de Satanás e
ganham. Aí, na última visão, João vê paz e união no céu e na Terra.
Satanás e todos os que estão do lado dele são destruídos.
Finalmente, todo mundo no céu e na Terra respeita o nome de Jeová
e adora só a ele.

Sabe responder? Quantas visões João teve?


O que Jesus vai fazer na guerra do Armagedom?
Apocalipse 1:1-3; 4:1-11; 7:4, 9-17; 11:15-18; 12:5-12; 14:1, 6, 7; 16:14, 16; 21:5

237
103 A Terra vai ser um paraíso!
Jeová prometeu:
— A tristeza, a dor, a doença e a morte não vão mais existir. Eu vou
enxugar as lágrimas dos olhos de todo mundo, e ninguém vai lembrar de
coisas ruins.
Jeová queria que Adão e Eva vivessem felizes e em paz no jardim do
Éden. Eles deviam adorar a Deus e ter muitos filhos para encher a Terra.
Adão e Eva desobedeceram a Jeová, mas Jeová ainda quer que a Terra seja
um paraíso. Neste livro, a gente viu que Deus cumpre tudo o que promete.
E o Reino de Deus vai trazer todas as coisas boas que Jeová prometeu
para Abraão.
O Diabo, os demônios e todas as pessoas más logo vão ser destruídos.
Todos no céu e na Terra vão adorar a Jeová. Ninguém vai ficar doente e
ninguém vai morrer. Todo dia, vamos acordar felizes e com muita saúde. A
Terra vai virar um paraíso! Todo mundo vai ter comida boa e vai morar em

“Digno és, Jeová, nosso Deus, de


receber a glória, a honra e o poder,
porque criaste todas as coisas.”
— Apocalipse 4:11
casas seguras, sem ter medo de nada. As pessoas não vão ser
malvadas nem vão machucar ninguém. Os animais não vão ficar
com medo de nós, e nós não vamos ter medo deles.
Já imaginou como vai ser bom quando Jeová começar
a ressuscitar as pessoas? A gente vai poder conhecer pessoas
que viveram muito tempo atrás, como Abel, Noé, Abraão, Sara,
Moisés, Rute, Davi e Ester. Eles vão ajudar a gente a transformar a
Terra num paraíso. Sempre vamos ter um monte de trabalho legal
para fazer!
Jeová quer que você esteja no Paraíso! Nem dá para imaginar
quanta coisa você vai aprender sobre Deus. Então, seja cada dia
mais amigo de Jeová. Assim, você vai poder ser amigo dele para
sempre!

Sabe responder? Que coisas boas o Reino de Deus vai fazer na Terra?
Que servo de Jeová do passado você quer conhecer no Paraíso?
Apocalipse 21:3, 4; Jó 33:25; Provérbios 2:21, 22; Isaías 11:2-10; 33:24; 65:21;
Mateus 6:9, 10; João 5:28, 29; 17:3

239
Aprenda com as histórias da Bíblia
HISTÓRIAS
A adoração falsa vem do Diabo ____________________________________________________ 19, 20, 22, 38, 46, 49, 52, 58
A raiva é perigosa _________________________________________________________________________ 4, 12, 41, 45, 49, 65, 89
A vontade de Deus será feita no céu e na Terra ____________________________ 25, 55, 60, 62, 63, 71, 96, 102
Cumpra as suas promessas, assim como Jeová ___________________________ 8, 9, 11, 23, 24, 31, 34, 35, 36, 66, 93
Dê valor ao que Jeová dá para você _____________________________________________ 12, 13, 24, 35, 36, 56, 75, 95, 100

Deus nos deu a Bíblia para nos ajudar a fazer o que é certo ________ 56, 66, 72, 75, 81
Devemos pregar as boas novas do Reino de Deus _______________________ 73, 76, 94, 95, 96, 97, 98
Jeová ama pessoas de todos os lugares ______________________________________ 30, 33, 48, 54, 77, 94, 97, 98, 99
Jeová criou a Terra para ser o nosso lar ________________________________________ 1, 2, 102, 103
Jeová é todo-poderoso ________________________________________________________________ 1, 7, 18, 19, 20, 21, 22, 26, 55, 60

Jeová escuta orações feitas de coração _______________________________________ 35, 38, 50, 64, 82
Jeová não gosta de quem é rebelde _____________________________________________ 7, 17, 26, 27, 28, 88
Jeová nunca mente ______________________________________________________________________ 3, 10, 16, 63, 68, 70, 102, 103
Jeová orienta o povo dele _____________________________________________________________ 18, 25, 26, 27, 29, 34, 39, 44, 73, 80
Jeová protege quem ama a ele _____________________________________________________ 6, 22, 40, 50, 52, 55, 64, 71, 84

Jeová protege quem é humilde _____________________________________________________ 43, 45, 65, 67, 69


Jeová sempre vai lembrar do que fazemos para ele _____________________ 16, 29, 32, 48, 65, 69, 77, 100
Não desanime quando passar por situações difíceis ____________________ 16, 47, 51, 57, 64, 75, 90, 95, 99, 101
Nossa vida depende de escutarmos e obedecermos a Deus ________ 3, 5, 10, 37, 39, 54, 59, 65, 72
Nunca faça o que é errado ___________________________________________________________ 14, 27, 49, 53, 58, 88, 89

O ciúme acaba com as amizades _________________________________________________ 4, 14, 41


O Reino de Deus vai trazer felicidade para todos _________________________ 1, 48, 62, 79, 81, 83, 85, 86
Os jovens também podem servir a Jeová de coração __________________ 37, 51, 59, 61, 72, 100
Os maus não vão mais existir _______________________________________________________ 5, 10, 32, 46, 102
Os melhores amigos que podemos ter são os amigos de Jeová __ 16, 33, 42, 80, 87, 100, 103

Os mortos vão ser ressuscitados _________________________________________________ 48, 86, 91, 93


Perdoe os outros assim como Jeová perdoa você ________________________ 13, 15, 31, 43, 92
Quem é egoísta prejudica a si mesmo e a outros _________________________ 3, 4, 12, 27, 28, 39, 49, 88
Se você não ama seu irmão, não pode amar a Deus ____________________ 4, 13, 15, 41
Seja amigo de Jeová ____________________________________________________________________ 11, 30, 33, 51, 56, 59, 69, 81, 82

Seja corajoso, porque Jeová sempre vai ajudar você ___________________ 40, 47, 51, 53, 57, 61, 64, 65, 76, 88, 101
Sempre agradeça a Jeová ____________________________________________________________ 2, 6, 67, 103
Temos que obedecer a Jesus Cristo, o Rei do Reino de Deus _______ 74, 78, 79, 83, 84, 85, 91, 92, 99
Todas as pessoas são preciosas para Jeová ________________________________ 8, 9, 11, 21, 23, 68, 70, 74, 87, 90
Você não pode adorar a Deus e às riquezas _________________________________ 10, 17, 44, 59, 75, 76

240