Você está na página 1de 36

Saúde ao alcance de todos

NEWTON BURMEISTER
. Terapeuta Quântico
. Radiestesista e Radionicista
. Engenheiro
. Pós graduação em Gestão Empresarial
. Pós graduação em Terapias Naturais e Holísticas
Comunicação e Desinformação
• Estamos quase terminando a segunda década do século XXI. Nossa
evolução tecnológica nos últimos 40 anos foi surpreendentemente veloz.
A Internet nos permite trocar informações em qualquer lugar do mundo.
Os tradutores automáticos eliminam as barreiras de linguagem,
tornando o conhecimento disponível à todos. Contudo a quantidade de
informação não significa qualidade, e nem que a mesma seja fidedigna.
• Os meios de comunicação de massa divulgam conhecimento limitado e
muitas vezes criam situações para encobrir a verdade ou simplesmente
as omitem. Grandes corporações detém o domínio de ínúmeras
plataformas de comunicação, impedindo a veiculação de notícias que
são contrárias aos interesses de um pequeno grupo de pessoas que
manipulam os sistemas corporativos e sociais.
• Há inúmeros livros e posts que nos informam o estado precário de saúde
da população mundial. A saúde é uma riqueza inerente a cada ser
humano. Contudo esta riqueza vem sendo confiscada sistematicamente
por interesses econômicos de corporações e governos, em detrimento
do direito universal do ser humano ao bem-estar e saúde.
www.youtube.com/watch?v=rRIdr43uZxE
• Durante o século XX emergiu um sistema de crenças devido ao
desenvolvimento da química. A revolução dos produtos sintéticos é um
subproduto das atividades de três importantes setores da economia: a
indústria de alimentos processados, a indústria farmacêutica e a
indústria química. Os interesses econômicos desses grupos influenciam
nossos hábitos alimentares e nossa saúde, desde o útero materno até o
túmulo.
• Vivemos em um sistema próspero, no qual os princípios econômicos de
oferta e procura, mercados competitivos e do lucro como motivação
dirigem, implacávelmente, a industrialização da nossa comida, nossos
remédios, e os cuidados com a nossa saúde. Esse sistema criou uma
alimentação mais barata, abundante e produziu uma variedade de
tecnologias médicas capazes de salvar e de prolongar nossas vidas de
maneiras quase miraculosas. Mas e a qualidade dessa vida?
De acordo com as escolhas alimentares que fazemos, nós parecemos haver trocado a segurança de nossa
saúde a longo prazo, por preços mais baixos e praticidade – ainda que a vantagem econômica seja
ilusória, visto o montante das despesas médicas que uma dieta de alimentos processados pode acabar
acarretando.
• O Dr. Ray Strand viveu a experiência de, após 30 anos de prática
médica, ser incapaz de cuidar de sua esposa que sofria com
fibromialgia há 10 anos. Vitaminas e suplementos a salvaram. Em seu
livro ele escreve:

• Os médicos se concentram em doenças. Estudam doenças. Procuram doenças.


São treinados farmaceuticamente para tratar doenças. E para isto conhecem os
medicamentos e cirurgias.
• A comunidade médica trouxe ao seculo XXI essa atitude e esse método agressivos,
na tentativa de tratar de todas as doenças degenerativas crônicas.
• Médicos e empresas de planos de saúde depositaram todas as esperanças nas
drogas como o meio de tratar e, quem sabe, reduzir essa epidemia de doenças
degenerativas crônicas – para a grande alegria do setor farmacêutico.

• Em 1990, os americanos gastaram 37,7 bilhões de dólares em


prescrições. Em 1997, esses gastos subiram para 78,9 bilhões.
Disponivel na Internet gratuitamente
Aumento de cerca de 17% ao ano. Os médicos parecem contentes
em permitir que as companhias farmacêuticas determinem novas
terapias conforme desenvolvem novas substâncias.
Outros exemplos
• Dr. Rangan Chatterjee – teve a experiência de não ter conhecimentos
para cuidar de seu filho doente. Quase o perdeu.
• A causa da doença era falta de cálcio provocada pela falta da vitamina
que absorvia o cálcio. Ele se perguntou como isto não foi ensinado na
faculdade.
• O vídeo dele está traduzido no YouTube – How to Make Diseases
Disappear – TED Talks – 05/12/2016.
• O Dr. Lair Ribeiro – médico brasileiro Cardiologista e Nutrólogo - tem
diversos vídeos no YouTube onde mostra que os médicos tem apenas
6 horas de estudo em nutrição ao longo de 6 anos de formação.
• A indústria farmacêutica trabalha com uma lucratividade fantástica que chega a
1000% em cada medicamento. O setor financeiro investiu forte nas ações dessas
companhias e fez fusões de grandes companhias, pois o mesmo grupo financeiro
era dono de duas ou mais empresas.
• O banco J.P.Morgan, por exemplo, é o grande proprietário da indústria farmacêutica
e tem participação em mais de 20 grandes empresas do setor. Ele é o acionista
majoritário das cinco maiores indústrias neste setor.
• As corporações existem para dar lucro aos seus acionistas. Uma das estratégias de
marketing para atingir este objetivo é a obsoletização de certas drogas e o
lançamento de novas constantemente. A nova droga vai lhe dar o monopólio por
cinco anos, garantir a lucratividade e o market share.
• Em vez de se preocupar com a pesquisa médica, preocupa-se com os grandes males
que afetam a população global, os grandes sintomas que provocam o consumo.
“O primeiro desastre é se você mata pessoas. O segundo desastre é se as cura. As boas drogas
de verdade são aquelas que você pode usar por longo e longo tempo.” – Herald Tribune

Não há interesse em curar o paciente. Os laboratórios farmacêuticos detêm 95% das pesquisas em terapêutica
química. Praticamente não existe pesquisa independente. Como financiam grande parte das pesquisas nas
universidades, acabam definindo as linhas de pesquisa. Não há interesse em pesquisas de doenças endêmicas
ligadas a pobreza.
Corporações, Petróleo e Doenças
29 Novembro 1929:
IG-Farben (complexo químico alemão) e Standard Oil
(companhia de petróleo americana da família
Rockefeller) dividem o mundo em dois domínios
(claims):
Domínio do Petróleo: Standard Oil (Rockefeller)
Domínio da Química e Drogas: I.G.Farben (BASF, Bayer,
Hoeschst)

Investimentos do Negócio Farmacêutico com Doenças


►Definir o corpo humano como um local de mercado
global
►Explorar doenças como mercados para drogas http://www.eu-facts.org/pdf/educat_mat_20090929a.pdf
patenteadas.
►Estabelecer um monopólio para drogas químicas http://www.rath.co.uk/

patenteadas em medicina em uma escala global


►Eliminar toda e qualquer competição de terapias
naturais não-patenteáveis.
• Mikkel Hindheed – médico e nutricionista dinamarquês. Testou em si mesmo e
descobriu que 32g/dia de proteínas provenientes de batatas e pão integral são
suficientes para manter um jovem forte e saudável durante muitos meses.
Durante a Primeira Guerra Mundial (WW1) o alimento escasseou e a Alemanha
impôs bloqueio.
• A Dinamarca vendeu 80% dos porcos para Alemanha e Grã-Bretanha, reduziu
número de vacas leiteiras a um terço (1/3), reduziu pela metade a produção de
cerveja e a produção de bebidas destiladas foi totalmente abolida para reservar
as batatas e os cereais para o consumo humano. Consumo de carne foi
reduzido para 40 g/dia. Todo o farelo que antes servia de ração para os porcos
foi destinado a alimentação da população.
• O farelo contém a maioria dos minerais, quase todas as vitaminas, bem como
as proteínas valiosas do grão. Após a Guerra veio a epidemia de gripe em 1918,
matando mais que a guerra. A Dinamarca foi o único país do continente
europeu que manteve níveis normais de mortalidade. O plano de Hindheed
mobilizou a defesa imunológica da população.
• Durante a Segunda Guerra Mundial (WW2) a produção de carne e leite dos
Estados Unidos foram direcionados para os soldados que lutavam na
Europa. A taxa de doenças coronarianas decolara depois da WW2 [ nos
Estados Unidos], enquanto nos países onde a dieta era mais rica em vegetais
do que em produtos animais essas doenças eram praticamente inexistentes.
• Os epidemiologistas tinham também observado que, na ocasião do
racionamento de carne e laticínios durante a guerra, a taxa de doenças
cardíacas caíra consideravelmente.
• Como os pacientes, os médicos se vêem esmagados entre duas indústrias
muito poderosas:
A indústria farmacêutica – sua lógica natural consiste em propor soluções
farmacológicas, em vez de encorajar os pacientes a se defender.
A indústria agroalimentar – protege avidamente os próprios interesses,
impedindo a difusão de recomendações excessivamente explícitas sobre
as relações entre alimentos e doenças. Seu mais vivido desejo é que nada
mude.
• Seu corpo é colonizado por uma infinidade de microorganismos, cujo
numero supera em aproximadamente dez vezes o de suas próprias células.
Esses cerca de 100 trilhões de criaturas invisíveis – micróbios – o recobrem
por dentro e por fora. Se fosse possível isolá-las, encheriam uma garrafa de 2
litros. Já foram identificados 10 mil espécies e cada um deles tem seu
próprio DNA, o que significa que para cada gene humano existem pelo
menos 360 genes microbianos.

• A maioria desses organismos vive em seu trato digestivo e ocupam um lugar


central no suporte a todos os aspectos imagináveis de sua saúde. Esta
complexa ecologia interna chama-se “microbioma”. Pesquisas de ponta na
medicina estão reconhecendo que o estado desse microbioma é tão vital
para a saúde humana que ele deve ser considerado um órgão do corpo à
parte.

• Mesmo que você não sofra de problemas de saúde graves e crônicos, uma
disfunção no microbioma pode estar na origem de incômodos como dores
de cabeça, ansiedade, dificuldade de concentração ou negatividade em
relação a vida.
Glúten e a Permeabilidade Intestinal
• O glúten é um tipo de proteína presente em cereais como trigo,
cevada, centeio, bulgur, kamut ou triticale. Mas na dieta ocidental o
trigo é o mais comum.
• O termo glúten abrange duas famílias básicas de proteínas: as
gliadinas e as gluteninas.
• Pesquisas recentes indicam que as gliadinas são responsáveis pela
liberação de uma proteína do intestino chamada zonulina,
reguladora da permeabilidade intestinal. As zonulinas tem o efeito
peculiar de afrouxar as firmes junções intercelulares, a barreira
geralmente segura entre as células intestinais.
• Quando isto acontece, proteínas indesejadas conseguem penetrar
na corrente sanguínea, dando inicio à auto-imunidade - ou seja, a
resposta imunológica corporal é ativada “por engano” e ataca órgãos
do próprio corpo, como a glândula tireoide ou o tecido das
articulações. Isso pode resultar em transtornos autoimunes como a
tireoide de Hashimoto e a artrite reumatoide.
Cérebros Permeáveis e Viciados
• O glúten, a principal proteína do trigo (e outros cereais), exposto à
pepsina (uma enzima estomacal) e ao ácido clorídrico (o ácido
estomacal), é decomposto, transformando-se numa mistura de
polipeptídeos.
• Esses polipeptídeos tem a capacidade peculiar de atravessar a
barreira hematoencefálica (no cérebro), que separa a corrente
sanguínea do sistema nervoso central.
• Essa barreira existe por um motivo: o sistema nervoso central é
altamente sensível à larga variedade de substâncias que tem acesso
ao sangue, algumas das quais podem provocar efeitos indesejáveis
caso penetrem em algumas partes do cérebro, como a amigdala, o
hipocampo, o córtex cerebral ou outras estruturas.
• Uma vez dentro do cérebro, os polipeptídeos do trigo ligam-se aos
receptores de morfina, exatamente os mesmos aos quais se ligam as
drogas opiáceas – como heroína, morfina ou oxicodona. O trigo (e
outros alimentos com glúten) vicia e provoca dependência.
Açúcar
• A glicose, leia-se o açúcar dos alimentos, não faz mal à saúde. O
problema está no açúcar refinado. Durante o “refino”, inúmeros
produtos químicos são utilizados para que o “veneno doce” fique
branco, bem solto e bonito.
• Nesta hora, as fibras, os sais minerais, as proteínas e demais nutrientes
são eliminados e o que sobra é um produto químico que é apenas
calorias vazias.
• Afora isso, o consumo de açúcar produz um estado de superacidez que
desmineraliza o organismo. O corpo então passa a ter falta de cálcio,
magnésio, zinco, cobre e selênio, dentre outros nutrientes.
Criando clientes para a indústria da doença
• A obesidade, o excesso de açúcar no sangue e a pressão alta
agravada por doses cavalares de sal já matam mais que a
fome em muitos países, inclusive o Brasil.

• A obesidade infantil cresceu 550% no Brasil entre 1974 e


2009. Uma pesquisa da Universidade Federal de São Paulo
mostrou que 31% dos recém-nascidos com menos de 3 meses
de vida já tinham experimen- tado açúcar. Bebês com menos
de 1 ano de idade que tomam refrige- rantes chegam a
56,5%.

• Crianças obesas na faixa dos 10 anos já tem artérias


envelhecidas de adultos de 45 anos. Documentários no
Youtube:
. Muito além do peso
. Super Size Me – A dieta do palhaço.
Adoçantes são seguros ?
• FDA (Food and Drugs Administration) inicialmente rejeitou o Aspartame
desenvolvido pela companhia farmacêutica G.D. Searle, que pagou estudos
mostrando que era seguro. Estudos independentes mostravam que era
perigoso para consumo humano. Foi iniciada uma investigação criminal pela
FDA na Searle. Foi descoberto que as cobaias não eram autopsiadas por
meses apodrecendo e arruinando os registros. O FDA registrou os tumores
(que foram removidos) como “inchaços normais”.
• Samuel Skinner advogado que estava liderando a investigação, renunciou
parando a investigação e foi trabalhar na Searle. Logo depois, Donald
Rumsfeld foi admitido como CEO da Searle. O mesmo que depois foi
secretario de Defesa do governo de George Busch. Ele indicou diversas
pessoas para importantes posições politicas.
• Ronald Reagan foi eleito e Rumsfeld fazia parte da equipe de transição, que
deveria escolher o novo comissário da FDA. Foi nomeado Hayes que montou
uma comissão de 5 membros para rever o assunto. 3 foram contra e 2 a
favor da aprovação. Hayes então nomeou um sexto membro que votou a
favor e então Hayes desempatou votando a favor da aprovação.
• Em seguida, Hayes renunciou a posição na FDA e foi contratado pela G.D.
Searle por centenas de milhares de dólares.ao ano.
Leite
• Foi constatado que alguns distúrbios psiquiátricos, como depressão,
ansiedade e até mesmo convulsões, acontecem em função da absorção
indevida de certos peptídeos, que são substâncias derivadas das proteínas,
que são compostas de aminoácidos. Os peptídeos são moléculas
compostas de poucos aminoácidos. Se há mais de 20 aminoácidos então
podemos considerar uma proteína.
• Alguns hormônios são peptídeos. Quando a digestão não é bem feita e a
mucosa intestinal está mais permeável, alguns deles podem se fixar
indevidamente no cérebro. Além de distúrbios de ordem psíquica, a
absorção de certos peptídeos pode provocar avidez por alimentos. Um
exemplo muito comum é o que acontece com a caseína, uma das
proteínas do leite de vaca.
• Quando não corretamente metabolizada, a caseína forma um peptídeo
bastante interessante, chamado exorfina, que tem efeito semelhante a
endorfina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer. Por isso
muitas pessoas desenvolvem avidez por este alimento e seus derivados.
Carnes e Sustentabilidade
• A população humana no planeta está em 7,5 bilhões de pessoas e a de animais para abate em cerca
de 70 bilhões, 50% do que se produz é para alimentação animal. 90% da soja é para alimentação
animal. A produção atual de comida alimentaria entre 12 a 15 bilhões de pessoas.
• O consumo de água de uma vaca corresponde ao consumo de 40 pessoas e o de comida a 30
pessoas. Há cerca de 1,5 bilhão de vacas no planeta. O consumo de agua das vacas corresponde ao de
60 bilhões de pessoas e o de comida a 45 bilhões de pessoas.
• A área da superfície terrestre destinada a criação de gado ( incluindo a produção de grãos) é de 45%,
91% da destruição da Amazônia é devido a criação de gado, o que implica na extinção de diversas
espécies selvagens.
• Em uma área de 0,61 ha pode-se produzir 169 kg de carne ou 17.000 kg de vegetais.

Para alimentar uma Tipo de dieta Area (Ha) Cowspiracy: The Sustainability Secret
pessoa durante 1 ano a Vegana 0,07 (legendado)
área necessária varia Vegetariana (ovos, laticinios) 3 vezes mais – 0,21 A Conspiração da Vaca: O Segredo da
conforme a dieta. Onivoro ( come de tudo) 18 vezes mais – 1,26 Sustentabilidade
https://www.youtube.com/watch?v=X0CS
pNHEbmg
• Nos Estados Unidos e outros países, os materiais educacionais
relacionados à nutrição usados na maioria das escolas tem sido
fornecidos “de graça” por indústrias de carne, leite e ovos há mais
de 70 anos. Essas indústrias conseguiram pressionar e influenciar o
governo, obtendo leis e subsídios favoráveis – e também
propaganda.
• Elas tem vendido a ideia enganosa de que precisamos de carne,
derivados de leite e ovos para estar bem alimentados. Assim,
recebemos informações incorretas e perigosas. O máximo de massa
muscular que o corpo humano consegue acumular em uma semana
é cerca de meio quilo. Qualquer proteína a mais é transformada em
gordura.
• O uso de suplementos proteicos não é apenas perda de dinheiro;
também não é saudável.
Pg 128
Intestinos e Cérebro
• Cerca de 80 a 90% de toda a serotonina – substancia química do
“bem-estar” - em seu corpo é fabricada pelas células nervosas do
intestino!
• Os neurônios no intestino são tão inumeráveis que muitos cientistas
passaram a chamá-los, globalmente, de “segundo cérebro”.
• Na verdade, o “cérebro intestinal” fabrica mais serotonina – a grande
molécula da felicidade – que o cérebro da sua cabeça.
• Isto traz uma importância enorme ao cuidado que dispensamos a
nossa alimentação. Através dela estaremos garantindo o adequado
funcionamento de nosso cérebro que comanda todas as nossas
funções vitais.
pg39.
Epigenética
• Sua vida não é determinada pela sua genética! Por 50 anos os cientistas
focaram no DNA (e nos genes) e esqueceram os outros 50% do núcleo das
células constituídos de proteínas.

• As proteínas formam uma “luva” protetora em torno do DNA. A genética


só é ativada se a “luva” de proteínas (epigenes) afetada pelo ambiente
permitir que os sinais (elétricos, magnéticos e moleculares) cheguem ao
DNA. A célula comporta-se tal como um chip de silício de um computador.
O que comanda a ativação dos genes do DNA é o ambiente onde a célula
vive.

• Atualmente acredita-se que estes fatores ambientais sejam responsáveis


por até 98% de nosso bem estar físico. Isto faz com que o ambiente
sozinho seja uma das influências mais importantes em nossas vidas.
Ambientes Interno e Externo
• Seu Sistema Gastrointestinal é uma das interfaces entre o ambiente
externo e interno. Recebemos alimentos e líquidos do meio externo,
processamos no Sistema Gastrointestinal, e os inserimos no meio interno
através do sangue. Os excrementos são eliminados retornando ao meio
externo.

• Também os olhos, os ouvidos, a pele são orgãos sensoriais que interagem


com o ambiente externo trazendo informações ao corpo.
Estas interações são sinais eletromagnéticos, ondas de pressão, e outras
manifestações que são estudadas pela ciência da Fisica.

• A qualidade do que ingerimos e do ambiente em que vivemos (poluição,


sons, cheiros, imagens, etc.) afetam diretamente o nosso meio interno.
Fatores ambientais de Estresse Celular

• Deficiência Nutricional
• Poluição Química
• Contaminação microbiológica
• Fatores emocionais e psíquicos
• Poluição Eletromagnética
• Geopatologias
Geopatologias
• A ciência que estuda as patologias advindas das influências do ambiente nos seres
vivos é a Geobiologia. A crosta terrestre tem correntes elétricas e magnéticas que
emitem radiação. Isto afeta as células dos seres vivos do planeta, inclusive os
humanos.

• As irregularidades – falhas geológicas, rios subterrâneos, lençóis freáticos, etc-


também geram sinais elétricos e magnéticos que afetam as células de seres vivos.
A medicina convencional percebe os efeitos dessas influências energéticas
(sintomas) e tenta tratá-los químicamente, sem conhecer a causa.

• Ambientes com radiações nocivas são a causa de diversos males que são gerados
pela desordem celular causada por estas influências energéticas. Tal desordem
pode levar a níveis extremos de perturbação do equilíbrio celular (homeostase)
resultando em mortes.

• As formas também emitem radiação, assim como cores, sons, luzes e muitas
outras fontes de desequilíbrio celular.
Poluição química
• Entre 1965 e 1995 a quantidade de plástico produzida no mundo saltou de
2 milhões de toneladas para mais de 24 ton. Por volta do ano 2000,
produzíamos cerca de 100 ton/ano.
• Certos tipos de moléculas plásticas penetram no organismo humano e
teimosamente recusam-se a morrer. O Bisfenol-A (BPA) é adicionado a
embalagens de alimentos, mamadeiras para crianças e uma infinidade de
outros produtos e objetos.
• Estudos provaram que o BPA é capaz de afetar o desenvolvimento fetal de
ratos e causar anormalidades reprodutivas, mesmo em dosagens
extremamente baixas, da ordem de duas partes por milhão.
• Especula-se que o BPA possa ser um fator determinante para o
desenvolvimento do Mal de Alzheimer e de distúrbios de aprendizado em
crianças.
• Este é apenas um exemplo de poluição química. O uso massivo de
produtos quimicos na vida cotidiana, tem gerado inumeras doenças desde
alergias, até intoxicações fatais, resultando em mortes ou invalidez.
• Os organismos geneticamente modificados (OGM), pela necessidade de
produtos químicos na produção (nas areas agrícolas), podem ser
considerados um grande fator de poluição química, além dos efeitos ao
organismo quando consumidos. Nesta categoria incluem-se metais tóxicos
como mercúrio, chumbo, alumínio, cadmio e outros.
Tecnologias Bioenergéticas
• Essas tecnologias, conhecidas genericamente como terapias de regulação
bioenergética, bioeletromagnética, ou ainda bioeletrônica, utilizam a energia
biológica para processar informações. O Instituto Nacional de Saúde dos Estados
Unidos define a bioenergética como “o estudo científico das interações entre os
organismos vivos e campos, forças, energias, correntes e cargas
eletromagnéticas”. Essas interações envolvem desde níveis atômicos e
moleculares até níveis intracelulares e orgânicos.
• Os instrumentos bioenergéticos medem uma resposta biológica direta ou
indireta a um potencial evocado, que é a resposta do organismo a certo nível de
energia ou a variações deste. A resposta permite que os músculos se
movimentem, que o alimento seja digerido, que os olhos vejam, que os ouvidos
ouçam, que a pele sinta e que todos os outros processos orgânicos funcionem,
pois todos utilizam energia.
• Alguns destes instrumentos podem analisar mais de 10 mil itens, entre minerais,
vitaminas, hormônios, aminoácidos, alérgenos, bactérias, vírus, fungos, parasitas
intestinais, medicamentos homeopáticos e alopáticos, florais, etc. diretamente
no paciente.
SCIO – Scientific Quantum Interference Output
*Bioressonância e Biofeedback
*Scan eletrônico do corpo
*Avaliação de desequilíbrios energéticos
*42 terapias integradas no equipamento
permitindo o reequilibrio do organismo
rápidamente
*Alívio imediato de sintomas
*Tratamento exige sessões continuadas até um
estado estável de otimização.
3 fios de cabelo da nuca Relatório
individualizado com
Digitalização e envio
35 páginas de infor-
para laboratórios
mação e orientação
computadorizados CWB
nutricional persona-
–Alemanha
lizada.
20 minutos
Radiestesia
• A radiestesia foi estudada por Yves Rocard – Professor Honorário da
Faculdade de Ciências de Paris e Diretor do Laboratório de Física da
Escola Normal Superior. É considerado o “pai” da bomba atômica
francesa.

• Durante seis séculos, os radiestesistas foram suspeitos de serem apenas


charlatães. Por vinte anos, o professor Yves Rocard mostrou que eles
são, como todos nós, sujeitos a certos gradientes no campo magnético
da Terra.

• O Pêndulo Explorador traz resultados completamente novos sobre as


propriedades magnéticas do homem. Com esta capacidade, é possível
interagir com os campos emitidos por diversos seres vivos e
inanimados, assim como aqueles puramente energéticos. A radiestesia
é uma ciência com bases na Física !
Evolução da Física
• 1610 – Galileu Galilei – início da revolução cientifica – teoria heliocêntrica – o Sol é o centro do universo.
• 1687 - Isaac Newton publica Princípios Matemáticos da Filosofia Natural. Neste livro, Newton define as principais leis da mecânica e demonstra que os corpos se
atraem pela força de gravidade.
• 1862 – J.C. Maxwell – Equações de Maxwell – base do eletromagnetismo
• 1895 – Nikola Tesla e George Westhinghouse criam a primeira usina hidroelétrica de geração de energia eletrica em corrente alternada em Niagara Falls –EUA.
• 1901 – Max Planck – Quantas de Energia – E= h x f
• 1905 – Albert Einstein – Efeito Foto Elétrico – fóton + E=mc². Materia e energia se convertem uma na outra.
• 1910 – Albert Abhrams – detecta a eletricidade no corpo humano, e faz medições elétricas para estados de doenças.
• 1923 - Alexander Gurvitch – observou a atividade eletromagnética associada a mitose (duplicação celular)
• 1925 – Erwin Schrödinger – Mecanica Ondulatoria – Equação de Onda – nasce a Fisica Quantica.
• 1927 – Werner Heisenberg – Principio da Incerteza de Heinzerberg (PIH) – um dos pilares da Física Quântica.
• 1935 – Einstein propõe o Paradoxo EPR – Einsten, Podolsky e Rosen- o que exigiria que houvesse uma “ação a distancia” em velocidade maior que a da luz. E isto
não seria aceitável, pois a maior velocidade é a da luz = 300.000 km/ s.
• 1932 – Irving Lagmuir descobre o quarto estado da matéria – o plasma – um estado de gases ionizados. Premio Nobel de Quimica em 1932.
• 1945 – Bomba atomica em Hiroshima e Nagasaki
• 1973 – Inicio da Internet
• 1982 – Alain Aspect prova que existem partículas que se movem a velocidades maiores que a da luz. O paradoxo EPR de 1935 foi respondido. O Teorema de John
Bell de 1964 mostra que tudo está conectado, e Aspect o provou.
• 1995 – Eric Cornell e Carl Wieman - provam o quinto estado da matéria – o Condensado Bose-Einstein – condensação de energia em matéria. Isto havia sido
teorizado em 1920.
• Em um universo quântico, o espaço e o tempo são probabilidades em vez de
absolutos. A essência da física foi abalada há um século pelo surgimento da física
quântica(FQ). Quando foram feitas as primeiras descobertas da FQ, e suas
implicações começaram a reverberar por todas as pesquisas e pela teoria, as
certezas da antiga física newtoniana foram derrubadas. A medicina está passando
hoje por uma revolução semelhante.
• O universo quântico é um conjunto de probabilidades, suscetível de ser
influenciado por um sem numero de fatores, entre eles o pensamento, a vontade
e a intenção. É um universo no qual a remissão espontanea da doença é possivel e
no qual a influência de um agente de cura usando métodos não físicos pode ser
tão eficaz quanto um tratamento médico.

• No modelo quântico emergente, é a ação da coerência quântica que organiza as partes


em estruturas vivas, e é a ação da coerência quântica que dá origem à consciência
como uma propriedade dispersa e emergente das partes reunidas.
• As últimas seis décadas de pesquisas biomédicas e farmacológicas conseguiram deixar
de fora, quase completamente, o estudo de fatores cruciais da cura como a
consciência, o eletromagnetismo, a fé , a oração e os processos quânticos. A medicina
da alma volta a considerer esses fatores.
Saúde Quântica
• Muitas vezes uma doença manifesta-se sem sintomas e testes de laboratório
ainda não dão resultados concretos, porque as alterações a nível celular são
ainda imperceptíveis.
• De acordo com a medicina quântica, a razão por que ficamos doentes está na
alteração do ritmo oscilatório dos elétrons que compõem o núcleo atômico,
isto provoca alterações no material constitutivo do átomo, células e
consequentemente nos órgãos.
• Outra razão que deve ser considerada é o bloqueio de energia que não é
corrigida prontamente, o que se reflete em uma explosão final súbita com
consequências negativas. Mudança de ritmo oscilatório e o aumento na
frequência oscilatória mostram a falta de saúde e bem-estar.
• Utilizando tecnologias eletrônicas que interagem com a matriz elétrica do
corpo humano, é possível identificar desequilíbrios energéticos antes que se
tornem sintomas físicos e também corrigí-los em seu nível de oscilação –
vibração/ frequência. Esta é a prevenção em saúde em sua forma mais
efetiva.
O Fator Humano
• O principal responsável pela sua saúde é você
mesmo!
• O corpo humano tem a capacidade de
regeneração. Você pode reconstruí-lo!
• Nenhuma tecnologia substitui a interação
humana entre o terapeuta e o cliente.
• O terapeuta tem por missão ajudá-lo a
desenvolver seu conhecimento para que possa
fazer escolhas mais conscientes, para si mesmo,
para a sociedade e para o planeta!
Serviços
• Coaching em Qualidade de Vida e Maximização de Desempenho –
atendimentos individuais.
• Educação – Palestras, Cursos e Seminários.
• Florais de Bach e de Minas
• Florais Quânticos
• Radiestesia e Radiônica
• Bioeletrônica / Biofeedback
• SCIO
• Cell Well Being / S-Drive
Curso Despertando seu Corpo Energético
(8 horas)
• Macrocosmo e Microcosmo • Matéria e Energia • Sinais eletrônicos e
• Divisão celular, biofótons e fotônica biológicos
• Breve história da Física
• Magnetismo humano, A célula • Os 3 cérebros e o
• Ondas, Frequência e Espectro inteligente – B. Lipton mecanismo do estresse
eletromagnético • Comunicação Celular • Estresse e sistema
• Estados da Matéria • Biochip – computador celular imunológico
• Vórtex e Geometria • A matriz energética humana • Fatores de estresse –
• Radiestesia Epigenética.
• Geometria, Sons e frequência. • Chakras, Vórtices e frequências • Bioeletrônica e o SCIO
• Ressonância – Rife, Clark e Lakhovsky • Saúde, doença e auto-
• GDV e PIP liderança.
Curso Ativando seu Corpo Energético
(8 horas)
• Epigenética • Microbioma humano
• Radicais Livres • Digestão e Oxigenação do Intestino
• Macro e Micronutrientes
• Antioxidantes, Minerais e Vitaminas
• Sistema Imunológico e Síndrome X
• Células e Mitocôndrias • Açúcar, Trigo e Diabetes
• Metais Tóxicos e Essenciais • Gorduras e Colesterol
• Proteínas
• Alimentação e Comportamento
• Stress e Síndrome de Burnout
• Combinação de Alimentos • Sono
• Oligoelementos • Inteligência Emocional e Espiritual
Contatos
• 21 994407213 - Newton Burmeister
• 21 982605675 – Maria Tereza Montes
• contato@quantumgeneration.com.br
• www.quantumgeneration.com.br

• Siga-nos:

• Facebook - Quantum Generation


• Facebook – Newton Burmeister Terapeuta Quântico e Radiestesista
• Instagram – Quantum Generation

Você também pode gostar