Você está na página 1de 137

Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

LAUDO DE VISTORIA DE

ENGENHARIA, ACESSIBILIDADE E

CONFORTO

1
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

IDENTIFICAÇÃO DO ESTÁDIO
Nome do estádio: E.M. Prof. Luiz Augusto de Oliveira

Apelido do estádio: Luizão

Endereço do estádio: R. Desembargador Julio de Faria, 800

Cidade: São Carlos / SP - CEP : 13575-250

Telefone: (016) 3376-1404

Email:

Responsável pela manutenção do estádio:

Nome: Secretaria Municipal de Esportes e Lazer

Tel: (016) 3376-1509

Email:

Clube responsável pelo uso: São Carlos Futebol Ltda.

Telefone: (016) 3376-1404

Email: www.saocarlosfc.com.br

IDENTIFICAÇÃO DO SOLICITANTE

Nome: Secretaria Municipal de Esportes e Lazer

Telefone: (016) 3376-1509

Email:

2
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

1. INTRODUÇÃO

Com o Decreto Federal nº 6.795, de 16 de março de 2009, que


regulamenta o art. 23 do Estatuto do Torcedor, Lei nº 10.671, de 15 de
março de 2005, o Sistema CONFEA/CREA, elaborou o presente rito,
padronizado para a vistoria de engenharia nos Estádios de Futebol, a ser
realizada pelos profissionais registrados nos CREAs, com o objetivo de
proporcionar aos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos parâmetros
mínimos para elaboração dos Laudos de Vistoria de Engenharia nessas
edificações de uso público, a fim de atender às condições técnicas
exigidas de segurança, conforto, acessibilidade e qualidade.

As Diretrizes Básicas para Elaboração de Laudo de Vistoria de


Engenharia substituem integralmente as Diretrizes Básicas para
Elaboração de Relatórios de Inspeção Predial em Estádios de Futebol,
datada de fevereiro de 2009, a fim de atender o disposto no referido
Decreto Federal nº 6.795, de 16 de março de 2009.

As Diretrizes Básicas apresentadas baseiam-se nos conceitos,


definições, procedimentos e metodologia da “Norma de Inspeção Predial
do Ibape/SP – Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia
de São Paulo”, ABNT NBR 5674 – “Manutenção de Edificações:
Procedimentos” e ABNT NBR 13752 – “Perícias de engenharia na
construção civil.”

A denominada vistoria de engenharia, conforme dispõe o Art 2º, § 1º,


item II do referido Decreto Federal, é caracterizada pela inspeção predial
que contempla um diagnóstico geral sobre o estádio, com a
identificação de falhas e anomalias dos sistemas construtivos listados
neste documento, classificações quanto à criticidade dessas deficiências
e à urgência de reparos, recuperações, reformas, medidas de
manutenção preventivas e corretivas e orientações técnicas saneadoras.

Esta iniciativa visa contribuir para o estabelecimento de um padrão


mínimo no processo de melhoria dos estádios do País, com a prevenção

3
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

de acidentes - inclusive fatais - provocados pela falta de manutenção


preventiva e corretiva, bem como de investimentos patrimoniais que
assegurem conforto, logística, segurança, funcionalidade e a qualidade
dos serviços prestados aos usuários.

2. OBJETIVOS E ABRANGÊNCIA

Este documento apresenta diretrizes, conceitos, critérios e


procedimentos básicos para a vistoria de engenharia, ou inspeção
predial, em estádios utilizados exclusivamente para a finalidade de
jogos de futebol e competições desportivas, com base nos parâmetros
das Normas citadas.

Destaca-se que as Vistoria de Engenharia não substituem ou


complementam vistorias e demais inspeções obrigatórias, exigidas pelo
Poder Público, como exemplos: vistorias do Corpo de Bombeiros,
vistorias da municipalidade, dentre outras.

O Laudo de Vistoria de Engenharia deverá observar as condições


técnicas, de uso, de operação e de manutenção à data e hora da vistoria.
Não contempla ou considera outros aspectos do uso e operação em dia
de jogo, bem como eventuais adequações provisórias, dentre outras
situações que comprometam as características técnicas dos sistemas e
elementos inspecionados.

3. QUALIFICAÇÃO DAS EQUIPES DE VISTORIA OU INSPEÇÃO

A realização das vistorias de engenharia ou inspeções prediais é de


responsabilidade e da exclusiva competência dos profissionais,

4
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Engenheiros e Arquitetos, legalmente habilitados pelos Conselhos


Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CREAs, de acordo
com a Lei Federal nº 5.194, de 21 de dezembro de 1966, e resoluções
do CONFEA.

O signatário do presente Laudo é:

ANSEL LANCMAN, engenheiro civil, CREA 060088993-0

A equipe de vistoria, além do signatário, é formada por:

ISMAEL MENDONÇA REZENDE, engenheiro eletricista, CREA 068511476-7

4. CRITÉRIO E METODOLOGIA DA VISTORIA OU INSPEÇÃO

Este documento segue a orientação geral dos trabalhos anteriores


elaborados pelo Sistema CONFEA/CREA, visando atender ao Decreto
Federal no 6.795, de 16 de março de 2009 que regulamenta o art. 23 do
Estatuto do Torcedor, Lei no 10.671, de 15 de março de 2005, onde um
dos objetivos principais é estabelecimento do rito que padroniza as
vistorias de engenharia nos Estádios de Futebol.

Este documento considera, conceitualmente, que a Vistoria de


Engenharia é baseada na Inspeção Predial, definida na Norma de
Inspeção Predial do IBAPE/SP – (Instituto Brasileiro de Avaliações e
Pericias de Engenharia de São Paulo) e na Norma de Inspeção Predial
Nacional do IBAPE Nacional, segundo a qual tal Vistoria de Engenharia “É
a análise isolada ou combinada das condições técnicas, de uso e de
manutenção da edificação”.

A definição citada complementa o disposto na ABNT NBR 5674, onde a


inspeção é “avaliação do estado da edificação e de suas partes
constituintes, realizadas para orientar as atividades de manutenção”.

5
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Os critérios utilizados para elaboração dos Laudos de Vistoria de


Engenharia, Acessibilidade baseiam-se naqueles que dão origem aos
Laudos de Inspeção Predial, os quais se caracterizam pela análise do
risco oferecido aos usuários, ao meio ambiente e ao patrimônio, diante
das condições técnicas, de uso, operação e manutenção da edificação,
bem como da natureza da exposição ambiental, conforme as normas
técnicas.

Os critérios adotados para a elaboração do Laudo de Acessibilidade


fundamentam-se no direito de cidadania assegurado a todas as
pessoas, conforme assegura a Constituição Brasileira e a Declaração de
Direitos Humanos da ONU, incluindo aquelas que apresentam, de modo
permanente ou temporário, qualquer tipo de limitação física ou mental,
diante das condições específicas previstas em norma para atender às
diferentes necessidades.

Os critérios adotados para a elaboração do Laudo de Conforto baseiam-


se nas condições mínimas de conforto dos usuários das edificações,
considerando-se neste grupo, além dos torcedores, os profissionais
ligados ao evento esportivo.

As não conformidades observadas durante o processo de vistoria


ensejam análise e avaliação de falhas e anomalias, classificação dessas
deficiências quanto ao grau de risco e indicações de orientações
técnicas para cada problema verificado.

A análise do risco consiste na classificação das anomalias e falhas


identificadas nos diversos componentes de uma edificação, quanto a
seu grau de risco, relacionado com fatores de conservação, depreciação,
saúde, segurança, funcionalidade, comprometimento da vida útil e
perda de desempenho.

A classificação das falhas e anomalias quanto ao grau de risco deve


atender as definições e níveis de classificação, dispostos nas referidas

6
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

normas de inspeção predial citadas, adaptadas segundo a ótica do


Sistema CONFEA/CREA que redefine e reescreve tais riscos como:

CRÍTICO

Impacto irrecuperável, relativo ao risco contra a saúde, segurança

do usuário e do meio ambiente, bem como perda excessiva de

desempenho, recomendando intervenção imediata.

MÉDIO

Impacto parcialmente recuperável, relativo ao risco quanto à

perda parcial de funcionalidade e desempenho, recomendando

programação e intervenção em curto prazo.

MÍNIMO

Impacto recuperável, relativo a pequenos prejuízos, sem

incidência ou a probabilidade de ocorrência dos riscos acima expostos,

recomendando programação e intervenção em médio prazo.

O vistoriador/inspetor predial deve analisar condições de desempenho


potencial ou perda de desempenho ao longo do tempo e, quando
possível, descrever evolução provável dos sintomas e indicar possíveis
desdobramentos (consequências) a curto e médio prazo, em caso de
não intervenção.

As orientações técnicas para os reparos ou estudos mais específicos das


anomalias e falhas constatadas devem ser ordenadas e formuladas em
função da criticidade do evento ou fato verificado. As orientações
técnicas devem ser apresentadas por ordem de prioridade.

7
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Os presentes critérios e metodologias privilegiam todas as


recomendações dos trabalhados elaborados pelo Sistema CONFEA/CREA
relativos ao assunto.

5. ELEMENTOS E SISTEMAS CONSTRUTIVOS INSPECIONADOS

Os sistemas construtivos que devem ser inspecionados em seus


elementos aparentes, considerada a abrangência minima das LISTAS DE
VERIFICAÇÃO, descritas no item 7 deste documento, são:

5.1. Sistema estrutural – A inspeção deverá ser restrita aos elementos


aparentes - pilares, vigas, lajes, consoles, cobertura, marquises,
arquibancadas e juntas de dilatação, reservatórios de água potável e
casa de máquinas e jardineiras em geral, a fim de constatar a existência
de anomalias e falhas, sem uso de ensaios tecnológicos, medições e
outros mecanismos indiretos de aferições, bem como a exposição
ambiental das estruturas, se revestidas ou não, idade e condições de
manutenção. Dependendo das condições de exposição, podem ser
recomendadas investigações mais aprofundadas quanto aos ataques de
agentes químicos.

É preciso investigar, também, no local, a ocorrência de intervenções


posteriores à construção original, principalmente as que se referem aos
serviços relacionados a qualquer tipo de reparo, reforço ou obras que
resultem em carregamento adicional à estrutura. Para a tipologia em
estudo, deve-se investigar, também, se já foi realizado algum tipo de
monitoramento na estrutura ligado às cargas dinâmicas, dentre outros
ensaios relacionados a carregamentos.

8
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

A fundação, sempre que houver anomalias relacionadas às trincas e


manifestações típicas de recalques, deverá ter recomendada sua
investigação.

Dependendo das anomalias, pode-se sugerir vistoria em dia de jogo,


para verificação preliminar de aspectos relacionados ao comportamento
estrutural em relação a cargas dinâmicas (torcidas), e realização de
ensaios tecnológicos, dentre outras avaliações mais aprofundadas.

5.2. Sistema de impermeabilização – Restrito à verificação visual da


interface com sistemas estrutural, com o sistema vedação e
revestimentos e com o sistema de coberturas.

5.3. Sistema de vedação e revestimentos – Restrito à verificação de


alvenarias, dos revestimentos externos e fachadas. Proceder à descrição
sucinta do sistema construtivo e de revestimento, abordando os
aspectos gerais a serem verificados para as alvenarias e revestimentos,
associados aos fatores que podem indicar a incidência de anomalias
construtivas ou falhas que geram risco à segurança dos usuários.

5.4. Sistema de esquadrias – Restrito aos elementos de gradil, guarda-


corpo e alambrados externos, com interface direta ao usuário. Devem-
se verificar, visualmente, as condições físicas das estruturas de guarda-
corpos, alambrados e gradis em geral das áreas externas,
principalmente aqueles que ficam em contato com o usuário.

5.5. Sistema de coberturas – As marquises em concreto armado devem


ser verificadas com o sistema estrutural. A inspeção desse sistema é
limitada às coberturas que possuam interface direta com o usuário, tal
que as em concreto armado devem ser inspecionadas considerando as
anomalias existentes.

5.6. Sistema de instalações hidrossanitárias prediais – A verificação


mínima deste sistema refere-se à análise de vazamentos com indícios
aparentes de infiltrações, interface com deterioração de revestimentos,

9
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

vedações e estruturas, além de tubulações aparentes em geral, captação


de águas pluviais em áreas de circulação e reservatórios de agua
potável; avaliar as condições de proteção quanto à exposição ambiental
e uso.

5.7. Sistema de instalações elétricas prediais e Sistema de Proteção


contra Descargas Atmosféricas (SPDA) – Restritos às verificações visuais
de proteções, cabos, dentre outros componentes: entrada de energia;
subestação principal; ramais principais (saídas dos transformadores);
subestações unitárias; quadros gerais de distribuição em baixa tensão e
quadros terminais; circuitos em geral; aparelhos em geral, motores;
iluminação do estádio; iluminação de emergência; SPDA – Sistema de
Proteção contra Descargas Atmosféricas; e Telefonia.

Deve ser considerada a tipologia de construção, os sistemas de proteção


atmosférica e aterramento, bem como as características das instalações,
levando-se em consideração os seguintes aspectos: confiabilidade do
sistema instalado; segurança do sistema instalado e periculosidade.

5.8. Sistema de combate a incêndio – Elementos de combate e controle


em geral, sinalizações e rota de fuga, número de saídas de emergências
e outros. Deverão ser verificados os seguintes itens: extintores;
hidrantes; saídas de emergência; brigadas de incêndio (ABNT NBR
14276); sinalização de emergência; e outros, em função da
especificidade do estádio.

5.9. Equipamentos e máquinas em geral – Motores acoplados a


geradores, caldeiras, elevadores, escadas rolantes, ar condicionados e
outros cujos procedimentos de manutenção e operação devem ser estar
em conformidade com os planos de lubrificação, manutenção e
operação, como recomendado pelos fornecedores.

10
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

5.10. Acessibilidade – Restrito aos aspectos físicos e de comunicação. O


item acessibilidade deve atender às disposições previstas no Decreto nº
5.296/2004 e à ABNT NBR 9050/2004. Destaca-se que todas as
intervenções que promovam acessibilidade devem garantir a todos o
direito de ir e vir, com AUTONOMIA, CONFORTO e SEGURANÇA, em
todos os locais do estádio.

5.11.Conforto - Restrito aos aspectos físicos e de comunicação


analisados a partir das condições oferecidas aos usuários da edificação.
Destaca-se que, na falta de legislação específica para as condições de
conforto em estádios de futebol, foram estendidas e adaptadas a estes
edifícios as exigências dos usuários das edificações, expressas na
norma ABNT NBR 15575-1:2013, no que concerne às diferentes
condições de conforto e segurança: segurança no uso e na operação,
desempenho térmico, desempenho acústico, desempenho lúminico,
funcionalidade e acessibilidade, conforto tátil e antropodinâmico.

As listas de verificações apresentadas no item 7 deste documento não


limitam ou restringem as constatações e diretrizes mínimas necessárias
aos Laudos de: segurança, prevenção e combate a incêndio e condições
sanitárias e de higiene, estabelecidas nos demais regulamentos do Art.
2o, § 1o, itens I, III e IV, do Decreto Federal no 6.795, de 16 de março
de 2009.

Os elementos e sistemas descritos devem possuir condições seguras de


inspeção; caso contrário, o profissional deverá restringir a vistoria, bem
como apontar no Laudo aspectos das deficiências com segurança e
manutenção.

Antes da aplicação direta das LISTAS DE VERIFICAÇÃO mínimas


relacionadas no item 7, deve o inspetor predial analisar os documentos
listados no item 8, DOCUMENTACAO deste, a fim de verificar eventuais
pontos de ajuste das verificações sugeridas, bem como
complementações.

11
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

6.1 INFORMAÇÕES INICIAIS

Solicitante: Secretaria Municipal de Esportes e Lazer

Objeto da Vistoria: Estádio de futebol dividido em quatro setores cuja


capacidade nominal é a seguinte:

Setor 1 – 1.020 lugares

Setor 2 – 2.017 lugares

Setor 3 – A 6.286 lugares

Setor 3 – B (Visitantes) 1.054 lugares

CAPACIDADE TOTAL 10.377 lugares

Localização: Rua Desembargador Julio de Faria, 800

São Carlos (SP) – CEP: 13575-250

Data e hora da vistoria: 18 de Dezembro de 2017, das 10 às 12 horas

DESENVOLVIMENTO DO LAUDO

Trata-se o objeto vistoriado de um estádio de futebol dividido em três


setores construídos em alvenaria e concreto armado. Os vestiários e os
sanitários estão localizados sob as arquibancadas de alvenaria e as
cabines de imprensa/tribunas estão localizados no Setor 1.

12
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Croqui Simplificado

Portões
Secundário
s
Setor 2 Setor 1

Portão
Principal

Portão

Setor 3-A Setor 3-B

Portões
Laterais

A vistoria foi realizada com Nível de Rigor II


Na vistoria foi utilizada unicamente a INSPEÇÃO VISUAL, sendo que
pequenas medidas foram tomadas com o auxílio de uma trena.

Os elementos construídos vistoriados estão relacionados a seguir,


acompanhados das respectivas anomalias que puderam ser constatadas
através da metodologia utilizada.

SISTEMA ESTRUTURAL
SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇÃO

13
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

SISTEMA DE VEDAÇÕES E REVESTIMENTOS


SISTEMA DE ESQUADRIAS
SISTEMA DE COBERTURAS
SISTEMA DE INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS PREDIAIS

A) SETOR 1

O setor foi construído com superestrutura de concreto armado com


aproveitamento da área inferior onde estão localizados os vestiários das
equipes, cozinha e dependências administrativas.

FOTO 1: VISÃO GERAL DO SETOR 1

Os lugares estão numerados e o público acomoda-se nas laterais


diretamente sobre os degraus de concreto. Na parte central o público

14
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

acomoda-se em cadeiras de concreto. Dispõe de condições satisfatórias


de guarda-corpos e corrimãos, necessitando somente complementação
da pintura.

FOTOS 2 / 3: VISTA DOS DEGRAUS E CADEIRAS

FOTO 4: VISTA DO GUARDA-CORPOS FRONTAL

15
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

A cobertura do setor é composta por estrutura de treliças metálicas e


telhas de chapa galvanizadas. Não há defeitos estruturais evidentes,
apenas desgaste superficial da pintura. A parte inferior do telhado é
dotada de uma tela destinada a impedir a entrada e aninhamento de
aves, mas elas entram pelo forro das cabines.

FOTO 5: COBERTURA DO SETOR 1

As laterais externas do setor apresentam umidade; os pontos de


desagregação do revestimento descritos no laudo anterior foram
reparados. Há necessidade de pintura.

16
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 6 / 7 / 8: REVESTIMENTO REPARADO

FOTO 9: PINTURA A SER REFEITA

LANCHONETE

A lanchonete deste setor se encontra devidamente equipada e em boas


condições de manutenção.

17
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTO 10: LANCHONETE

B) CABINES DE IMPRENSA/TRIBUNAS

As cabines ficam localizadas no alto do setor 1, em um mezanino


constituído de estrutura de metal e madeira.

FOTO 11: VISÃO GERAL CABINES

Há ocorrência de aninhamento de aves nas frestas localizadas na parte


inferior do piso; os elementos metálicos de fixação necessitam de
pintura protetora e os elementos de madeira, com manchas de umidade,
devem ser mantidos sob monitoramento.

18
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 12 / 13: VISTA DA PARTE INFERIOR DAS CABINES/TRIBUNAS E


FIXAÇÃO METÁLICA

Na parte interna os ambientes são separados por divisórias, tem a sua


parte frontal protegida por janelas teladas e não apresentam anomalias.

FOTOS 14 / 15: INTERIOR DE TRIBUNA E CORREDOR DE CIRCULAÇÃO

O acesso ao local é feito por escada metálica externa e interna e não


apresenta defeitos aparentes.

19
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTO 16: ESCADA DE ACESSO

C) SETOR 2

O setor 2 também é constituído de estrutura de concreto armado com


aproveitamento da área inferior. Não dispõe de cobertura e os lugares
são demarcados e numerados; a manutenção dos números estava sendo
refeita no dia da vistoria.

FOTOS 17 / 18: VISÃO GERAL DO SETOR 2

Os guarda-corpos são constituídos em alvenaria e concreto, sendo que


os guarda-corpos laterais e frontais possuem altura completada por
barras metálicas. São boas as condições de altura, rigidez e
manutenção.

20
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 19 / 20 / 21: GUARDA-CORPOS LATERAL, POSTERIOR E FRONTAL

Os corrimãos também se apresentam com boas condições de altura,


rigidez e manutenção.

FOTO 22: CORRIMÃO

SANITÁRIOS

Os sanitários deste setor, localizados na área inferior, são


compartilhados com o setor 1 e apresentam algumas trincas nas
paredes; há pontos de descolamento do reboco, mas as condições
gerais de utilização são satisfatórias.

21
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 23 / 24 / 25 / 26: VISÃO GERAL DO SANITÁRIO E DETALHE DE


DEFEITO

D) SETOR 3

O setor 3 foi construído em alvenaria e concreto. Não dispõe de


cobertura e o público acomoda-se diretamente sobre os degraus; os
lugares estavam sendo demarcados e numerados no dia da vistoria.

22
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 27 / 28: VISÃO GERAL DO SETOR 3

Os guarda-corpos e corrimãos do setor se encontram em condições


satisfatórias de uso e manutenção.

FOTOS 29 / 30: GUARDA-CORPO POSTERIOR E CORRIMÃO

Em uma das extremidades do setor, oposta ao Portão Principal, há


ocorrência de exposição e oxidação de armadura em elementos
estruturais de concreto. Não apresentam risco imediato mas devem ser
recuperadas para o defeito não evoluir.

23
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 31 / 32: PILARES COM EXPOSIÇÃO DE ARMADURA

SANITÁRIOS

Os sanitários destinados ao público deste setor estão localizados em


edificação independente e apresentam condições satisfatórias de
utilização, com apenas algumas manchas de umidade no revestimento
externo.

24
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 33 / 34: VISÃO GERAL DA EDIFICAÇÃO E DA PARTE INTERNA

LANCHONETE

A lanchonete se apresenta bem equipada e não possui anomalias


visíveis. Há necessidade apenas de instalação de grade no balcão.

FOTO 35: LANCHONETE

E) PORTÕES

Os portões estão distribuídos em todo o estádio. Todos são constituídos


de barras e chapas de fechamento metálicas. As condições de altura,
rigidez e manutenção são satisfatórias.

25
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

VESTIÁRIOS DAS EQUIPES

FOTOS 36 / 37 / 38: PORTÕES

CAMPO DE JOGO

BANCO DE RESERVAS

O banco de reservas está localizado em frente ao setor 1. Está sendo


reconstruído com barras metálicas e cobertura de material ainda não
definido.

26
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

VESTIÁRIOS DAS EQUIPES

FOTO 39: BANCO DE RESERVAS

ALAMBRADO

O alambrado é constituído por mureta de alvenaria e mourões


metálicos. Apresenta boas condições de altura, rigidez e manutenção.

VESTIÁRIOS DAS EQUIPES

FOTO 40: ALAMBRADO

VESTIÁRIO

VESTIÁRIO DA EQUIPE LOCAL

O vestiário da equipe local apresenta boas condições de conservação de


pisos e revestimentos, sendo a área seca constituída de paredes
revestidas com argamassa e pintadas; o piso é cimentado liso.

27
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTO 41: VISÃO GERAL DA ÁREA SECA DO VESTIÁRIO

Dispõe de boas condições de iluminação e ventilação, no entanto, na


parte superior há marcas de umidade.

FOTO 42: VISTA DO LOCAL COM MANCHAS DE UMIDADE

A área dos chuveiros e sanitários (área úmida) é revestida por cerâmica


nas paredes e piso. Dois dos boxes dos sanitários estão sem porta.

FOTO 43: VISÃO GERAL DA ÁREA ÚMIDA

28
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

VESTIÁRIO DA EQUIPE VISITANTE

Na área seca do vestiário da equipe visitante as paredes são revestidas


com argamassa e pintadas e o piso é cimentado liso. Há boas condições
de iluminação e ventilação.

FOTOS 44 / 45: VISÃO GERAL DA ÁREA SECA DO VESTIÁRIO

FOTO 46: PONTO DE


VENTILAÇÃO

29
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

A área dos chuveiros e sanitários (área úmida) tem suas paredes


revestidas com azulejos até uma altura próxima aos chuveiros e o piso é
cerâmico. São boas as condições de manutenção.

FOTO 47: VISÃO GERAL DOS CHUVEIROS

VESTIÁRIO DOS ÁRBITROS

Na área seca as paredes são pintadas e o piso é cerâmico. São boas as


condições de iluminação e ventilação.

FOTOS 48: VISÃO GERAL DO VESTIÁRIO

Na área dos chuveiros e sanitários as paredes e o piso são cerâmicos e


se encontram em boas condições de conservação.

30
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTO 49: VISÃO GERAL DO SANITÁRIO

SISTEMA DE INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS PREDIAIS

SANITÁRIOS

SETOR 1

Os sanitários deste setor estão localizados na sua área inferior e


atendem também aos torcedores do Setor 2; estão equipados da
seguinte maneira:

Masculino: Mictórios coletivos 8 pessoas, 4 vasos sanitários e 2 pias.


Feminino: 3 vasos sanitários e 2 lavatórios.

31
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 50 / 51: SANITÁRIOS


MASCULINO E FEMININO

O número de unidades sanitárias destinadas ao público masculino e


feminino (mictórios + vasos sanitários), é de 15, correspondendo a 1
u.s. para cada 202 torcedores. Satisfatório.

Setor 3-A

Estão equipados da seguinte forma:

Masculino: Mictório coletivo para 11 pessoas, 3 vasos sanitários e 2


lavatórios.

Feminino: 3 vasos sanitários e 2 lavatórios.

32
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 52 / 53: SANITÁRIOS MASCULINO E FEMININO

O número de unidades sanitárias destinadas ao público masculino e


feminino (mictórios + vasos sanitários), é de 17, correspondendo a 1
u.s. para cada 369 torcedores. Satisfatório.

Setor 3-B (Visitantes)

Estão equipados da seguinte forma:

Masculino: Mictório coletivo para 9 pessoas, 1 vaso sanitário e 2


lavatórios.

Feminino: 4 vasos sanitários e 2 lavatórios.

33
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 52-A / 53-A: SANITÁRIOS MASCULINO E FEMININO

O número de unidades sanitárias destinadas ao público masculino e


feminino (mictórios + vasos sanitários), é de 14, correspondendo a 1
u.s. para cada 75 torcedores. Satisfatório.

RESERVATÓRIOS DE ÁGUA POTÁVEL

As caixas d´água que abastecem os sanitários, vestiários e demais


dependências estão devidamente tampadas e não apresentam
vazamentos.

34
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 54 / 55 / 56 / 57: CAIXAS D’ÁGUA

SISTEMA DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS E SPDA

DESCRIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS:

ENTRADA DE ENERGIA PRINCIPAL:


Entrada subterrânea realizada pela Rua Francisco Fiorentino em alimentação
13.8KV, com ligação aérea até a Cabine Primária Estádio Municipal Prof. Luís
Augusto de Oliveira - São Carlos (SP).
Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa

 Cruzetas de madeira conforme NBR8453: Com estruturas envelhecidas,


 Chave Fusível Tipo MZ – Em bom estado de conservação.
 Os condutores do ramal de entrada subterrâneo de cobre, unipolares.

35
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

 Chave Fusível: Tipo contra curto em bom estado.


 Para-raios Poliméricos: Envelhecidos, mas em bom estado.
o Invólucro: Estrutura de material polimérico esta em boas
condições
o Terminais e conectores: aparentemente em bom estado
o Conectores: Em bom estado, aparentemente não estão soltos.
 Eletroduto de ferro galvanizado para descida, de instalação ao tempo,
junto ao poste com diâmetro mínimo de 100 mm, com altura de 3m
apresenta pontos de oxidação.

Foto 101: Cruzetas da Entrada Principal da Concessionária


Cabine Primária

Foto 102: Para-raio Polimérico atuado, necessitando de troca


Entrada da Cabine Primária

CABINE PRIMÁRIA
Entrada realizada pela Rua Francisco Fiorentino até a lateral do
campo nas proximidades do Setor 2.

36
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa.
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa – Não apresenta iluminação a prova de
explosão conforme norma.
Aterramento: (item 5.1.2) – NBR 14039: Bom
Inspeção visual (item 7.2.2) – NBR 14039: Bom
Estado Geral:

A Cabine Primária alimenta todo o complexo do Estádio Municipal


Prof. uís Augusto de liveira e foram realizadas inspeções visuais conformes
NBR 14039 – Item 7.2.2- A inspeção visual deve incluir no mínimo a
verificação dos seguintes pontos, quando aplicáveis:

a) Medidas de proteção contra choques elétricos, incluindo medição de


distâncias relativas à proteção por barreiras ou invólucros, por obstáculos ou
pela colocação fora de alcance:
SIM, em bom estado de conservação e segurança, todas as cabines
contemplam grade de proteção lacrada.

Fotos 103 e 104: Cabine com Porta Blindada e Grade de Proteção contra
Choques junto ao cubículo.
Cabine Primária

b) Presença de barreiras contra fogo e outras precauções contra propagação de


incêndio e proteção contra efeitos térmicos:
Sim, apresenta barreira contra fogo dividindo os cubículos conforme foto
acima onde pode ser observar que a Cabine Primária apresenta barreira de
alvenaria conforme foto acima.
37
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

c) Presença de dispositivos de seccionamento e comandos, corretamente


localizados.
Contempla os seguintes dispositivos abaixo:

CUBICULO DO TRANSFORMADOR:

TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO – CUBÍBULO 1


Transformador a óleo com ligação D/Y, entrada 13.8KV e saída 220 v – 3Ø.
Buchas de Alta Tensão: Encontram-se sujas, mas aparentemente em bom
estado de conservação.
Buchas de Baixa Tensão: Encontram-se sujas, mas aparentemente em bom
estado de conservação.
Estrutura física do Transformador: Encontra-se em bom estado aparente de
funcionamento, não foram observados vazamento de óleo.
Dados:
Fabricante: Não observado
Potência: 225kva
Impedância: Não observado
Ano de Fabricação: Não observado
Tensão: Não observado

Foto 105: Buchas de Alta e Baixa – Classe 15kv


Cabine Primária

Foto 106: Estrutura em bom estado


não apresenta
pontos de vazamento de óleo

38
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Cabine Primária

GRADE DE TELA METÁLICA, ARTICULÁVEL E REMOVÍVEL.


Fixa, e em bom estado de conservação, com sistema de aterramento.

Foto 107: Grade de Proteção em bom estado de fixação


Cabine Primária

CHAVE SECCIONADORA TRIPOLAR


Em bom estado visual de conservação, com barramento aparentemente fixo,
sem problemas visuais aquecimento.

Foto 108: Chave Seccionadora em


bom estado apresenta apenas
acúmulo de poeira
Classe 15kv - Cabine Primária

39
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

INSPEÇÕES GERAIS NAS INSTALAÇÕES:


Presença de esquemas, avisos e outras informações similares, (Placa de
Advertência com os Seguintes Dizeres: “PERIG DE M RTE A TA TENSÃ ”, com
símbolos indicativos).
ENTRADA PRINCIPAL – CABINE PRIMÁRIA PRINCIPAL
SIM, apresenta placa de aviso em local adequado, de acordo com norma.

Foto 109: Aviso contra choque em conformidade com a


norma.
Cabine Primária

CUBÍCULO DE ENTRADA DA CONCESSIONÁRIA

SIM, apresenta placa de aviso em local adequado, de acordo com norma.


Contudo, está envelhecida e ilegível.

Foto 110: Aviso contra choque legível


Cabine Primária

CUBICULO DE
TRANSFORMAÇÃO
Apresenta placa de aviso em local adequado, de acordo
com norma.

40
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 111: Todos os cubículos apresentam


avisos contra choques conforme exigido por norma.
Cabine Primária

Identificação dos demais Componentes do Conjunto da Cabine Primária;

MANTA DE ISOLAÇAO PARA MANOBRA


Deve ser situado em frente a todas as cabines, promovendo isolação do
operador: A Cabine Primária não apresenta em nenhum lugar a manta de
isolação.

Foto 112: Cubículo sem Placa de Isolação para Operador em Manobra


Cabine de Transformação 1

TERMINAL DE INTERLIGAÇÃO TERRA NEUTRO


Existente, contudo, em alguns equipamentos não foram observados a
existência da malha de aterramento e outros esta está comprometida
(enferrujada) e a conexão é precária. Recomenda-se revisão de todos os
pontos a serem aterrados dentro da cabine primária

Foto 113: Janela de ventilação da


Cabine Primária aterrada
Cabine Primária

41
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 114: Entrada de Energia em 3.8KV


bases aterradas
Cabine Primária

Foto 115: Cordoalha de aterramento com conexões


enferrujadas na Porta de Saída da
Cabine Primária

Foto 116: Estrutura das grades aterradas


Cabine Primária

Foto 117: Painel de Medição


devidamente aterrado.
Cabine Primária

42
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

ILUMINAÇÃO
Não apresenta iluminação de emergência, a iluminação local não é a prova de
explosão.
Foto 118: Apresenta iluminação local não é a prova
de explosão.
Cabine Primária.

QUADRO DE MEDIÇÃO PRINCIPAL DO ESTÁDIO:


Situado no fundo da Cabine Primária próxima ao transformador, em
quadro de ferro afixado sobre base de alvenaria. O quadro comporta a
proteção geral do campo, medição em baixa tensão de consumo do estádio e
das torres de iluminação.

O quadro é velho não apresenta conformidade com a norma NR10.


O local é abrigado e contempla espaço para movimentação e acesso do
operador.

O quadro é composto por chave seccionadora do fabricante Beghin


Modelo GAF63 com Corrente Nominal de 630A com corrente máxima de 10KA.

Circuitos: Afixados parte em parede de alvenaria e outra parte em quadro de


ferro galvanizado, estão dispostos sem desgaste aparente e não estão
identificados.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional: Não.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos: Não.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição: Não.

43
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Fiação: O quadro contempla fiações bem dimensionadas, bem como, também


foram observados fios de formas precárias que necessita de revisão elétrica.
Leito ou Esteira de Cabos: Apresenta os cabos em leito de alvenaria.

Foto 119: Painel de proteção e medição


principal
Cabine Primária

Foto 120: Proteção Interna do Quadro


Medição do Estádio
Modelo: GEA63
Corrente; 630A
Tensão: 500 v
Sem proteção das partes vivas
Cabine Primária

Foto 121: Leito de cabos com fios mal


arranjados
Cabine Primária

Foto 122: Quadro de medição do Estádio em boas


condições.
Cabine Primária

44
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QFL - PROTEÇÃO DAS TORRES DE ILUMINAÇÃO

Situado ao lado do quadro de medição principal do estádio, o


quadro está instalado em quadro de alvenaria com porta de ferro.
Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim, com grande acúmulo de poeira.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Ruim
Estado Geral:

Composto por painel em porta ferro com medição de tensão e


corrente junto à porta frontal, internamente é composto por 9 disjuntores
termomagnético trifásico de 125A. A estrutura do quadro é boa, apresenta
pontos de ferrugem bem como, a estrutura suporte de alvenaria está bem
dimensionada e fixa.
Circuitos: Os circuitos estão bem distribuídos dentro do quadro e estão bem
presos.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação – Não.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Não.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Existente.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Os fios estão bem dispostos dentro do quadro, junto à base do quadro
necessitam de revisão.
Leito ou Esteira de Cabos: Apresenta os cabos em leito de alvenaria.

45
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 123: Painel de Proteção com porta frontal com medição


de tensão e corrente, sem identificação e aviso de
equipamento energizado.
Cabine Primária.

Foto 124: Vista interna do quadro de com circuitos dispostos


internamente com proteção de partes vivas.
Cabine Primária.

QFL - PROTEÇÃO DE SERVIÇOS DIVERSOS.


Chave de proteção trifásica instalada diretamente em parede de
alvenaria, próximo à chave de proteção principal e ao painel de proteção das
torres de iluminação.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim, com grande acúmulo de poeira.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa

Estado Geral:

Composta por chave seccionadora porta fusível do fabricante


Contapar com capacidade de tensão de 500 v e com corrente nominal 125A.

Circuito: Afixado diretamente em parte em parede de alvenaria apresenta


barras de conexão de ligações sem proteção de isolação.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional: Não.

46
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos: Não.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição: Não.
Fiação: O quadro contempla fiações soltas sem infraestrutura.
Eletrodutos/Eletrocalha: - Não apresenta eletrodutos ou eletrocalhas para
encaminhamento de cabos.

Foto 125: Chave seccionadora porta fusível instalado


diretamente em parede de alvenaria sem proteção de
partes vivas.
Cabine Primária

BANCO DE CAPACITORES
Situado ao lado do quadro de medição principal do estádio, o banco
de capacitores encontra-se em boas condições de uso e conservação.
Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa.
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim, com grande acúmulo de poeira.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Ruim
Estado Geral:

É composto por uma peça em caixa moldada de ferro com


capacidade de 2,5KVar. A estrutura suporte esta solta sobre a base do leito de
cabos da Cabine Primária.
Circuitos: Os circuitos estão bem distribuídos dentro do quadro e não se
encontram soltos.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação – Não apresenta.

47
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Apresenta.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Existente.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: As fiações estão mal dispostas com fios soltos sobre o chão.
Eletroduto: Não apresenta.
Foto 126: Banco de capacitor de 25kvar
instalado diretamente sobre o piso com fios
soltos sem infraestrutura.
Cabine Primária

COMPONENTES DO GERADOR AUXILIAR – GMG – GRUPO MOTOR GERADOR A


DIESEL
Entrada realizada pela Avenida Vicente Ferreira, entrada subterrânea até a
Cabine Primária do complexo.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Razoável
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Aterramento: (item 5.1.2) – NBR 14039: Bom
Inspeção visual (item 7.2.2) – NBR 14039: Bom

48
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Estado Geral:

O conjunto Cabine Primária, tem como estrutura de suporte o Grupo Motor


Gerador, situado ao lado da mesma, que conta com um Gerador Stemac e
chave de transferência Automática:

UNIDADE DE PARALELISMO DE REDE


Composto por chave de transferência por contatares eletromagnéticos e
proteção por fusíveis NH, montado junto ao comando ST2030 da Stemac
Geradores. Está em bom estado de conservação, apresenta equipamentos para
efetuar o comando, medição, e sinalização de proteção das Fontes de C.A.
(Rede interna e Gerador) para as cargas emergenciais.

Circuitos: estão bem dispostos e sem desgaste aparente, o quadro de


distribuição é novo e seus componentes estão bem identificados.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional: Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos: Sim.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição: Sim.
As Fiações de saída: Encontra-se bem instalada dentro do quadro, não
apresentam pontos quentes ou derivações.
Leito ou Esteira de Cabos: Apresenta os cabos instalados em leito no piso.
As Fiações de saída: Encontra instalado e forma precária sobre o piso.

Foto 127: Unidade de Paralelismo de Rede


Grupo Motor Gerador

49
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

GMG – GRUPO MOTOR GERADOR A DIESEL


Localizado dentro do cubículo especialmente construído para este o
Grupo Motor Gerador encontra-se em espaço delimitado por grade de ferro
com cobertura, com acesso restrito ao operador/manutenção o local é bem
arejado e contempla além do grupo gerador o tanque de óleo.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim com acúmulo de poeira.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do dia
Aterramento: (item 5.1.2) – NBR 14039: Existente
Inspeção visual (item 7.2.2) – NBR 14039: Bom
Estado Geral:

O conjunto composto por motor gerador fabricante Stemac, está em bom


estado de conservação e limpeza.

Dados: Fabricante – Stemac do Brasil Ltda. – Motor MWM - WEG


Modelo: D3
Nº de Série: 0040081705
Potência – 40/37KVA
Tensão: 220 v
Corrente Nominal: 97A
Fator de Potência: 0.8
ACESSO E SEGURANÇA:
Idealmente deve apresentar acesso controlado e desobstruído desde a área
externa da edificação até a Cabine Primária.
Não apresenta placa de aviso e outras informações similares, (Placa de
Advertência com os Seguintes Dizeres: ”PERIG DE M RTE A TA TENSÃ , C M
SÍMB S INDICATIV S”).

50
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 128: Porta de Acesso não apresenta aviso contra choques


Grupo Motor Gerador

TOMADA DE AR EXTERNO
Não apresenta duto de admissão de ar, a tomada de ar é realizada por grade
aberta sem risco de captar fumaça ou objetos.

Foto 129: Tomada de Ar Externo sem


atenuador de ruído.
Grupo Motor Gerador

COMPARTIMENTO RESISTENTE AO FOGO

O GMG deve ser instalado em compartimento resistente ao fogo por 2h, com
acesso protegido.
Não apresenta estrutura com isolação interna com proteção contra fogo, o
grupo motor gerador encontra-se em estrutura independente de ferro,
podendo ser considerada resistente ao fogo e não oferecendo perigo às
demais estruturas da edificação.

51
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 130: Não apresenta isolação interna


com proteção contra fogo
Grupo Motor Gerador

CONJUNTO MOTOR E GERADOR


O conjunto de motor diesel e gerador trifásico devem estar montados
sobre base metálica provida de coxins de borracha e amortecedores de
vibração.
O conjunto apresenta-se instalado em base de ferro com sistema de
amortecimento com coxins de borracha.

Foto 131: Base Metálica com coxins de amortecimento de vibração


Grupo Motor Gerador

SISTEMA DEÓLEO COMBUSTÍVEL


O sistema tanque de combustível interno deve contemplar tubulação e registro
destinado a fornecer óleo combustível ao motor diesel, o tanque de
combustível deve garantir autonomia para o GMG.
Apresenta tanque de combustível 120 litros com kit de interligação.

52
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 132: Tanque de Combustível


Grupo Motor Gerador

SISTEMA DE ESCAPAMENTO
Composto com conjunto de coletor de descarga, tubo flexível para isolamento
de vibrações, tubulação circulação, caixa de fumaça e tubo de saída destinado
a expelir os gases emitidos pelo motor diesel. Não apresenta isolamento
térmico na tubulação de descarga do gerador.

Foto 133: Escapamento


Grupo Motor Gerador

BATERIA DE PARTIDA
Apresenta no conjunto uma bateria chumbo-ácido 12 Vcc com cabos e
terminais destinadas a fornecer alimentação em CC ao QTA e ao arranque do
motor diesel.

Foto 134: Conjunto de Baterias em boas condições.


Grupo Motor Gerador

53
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

TRATAMENTO ACÚSTICO DA CASA DE MÁQUINAS


Não apresenta Isolamento Acústico visando atenuar ruído na casa de
máquinas do GMG, para o controle da reverberação:

Atenuadores de ruído nas venezianas de ventilação (entrada e saída de ar);


Revestimento acústico nas paredes e no teto da casa de máquinas, através de
placas de fibras minerais incombustíveis, recobertas com véu de vidro para
evitar o desprendimento de fibras, com proteção total ou parcialmente com
tela metálica galvanizada ou chapa perfurada, para maior resistência,
durabilidade e acabamento;
Não apresenta atenuadores de ruído em venezianas de ventilação,
automatizados para entrar em operação em conjunto com o GMG;

Não apresenta abafadores de ruído nas tubulações de exaustão do sistema de


ventilação, para descarga dos gases de combustão e para minimizar a emissão
sonora conduzida na tubulação de descarga de ar no meio ambiente,
dimensionada de forma a não prejudicar a vazão de ar e a desempenho dos
equipamentos.

CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS
Os cabos e fios devem estar em leitos de cabos ou eletrocalhas. Contudo,
apresentam dispostos sobre o piso, em lugar de acesso ao operador, trazendo
grande risco de acidentes. Os mesmos percorrem juntos com os tubos de
alimentação de combustível.

Foto 135: Condutores de Alimentação sobre o piso


junto aos tubos de alimentação de combustível,
deve estar isolado e em esteira. Grupo Motor
Gerador

54
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QDT- QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE TELEFONIA – CAMPO


Localizado junto ao campo próximo à arquibancada coberta do estádio o
quadro de Telefonia do Campo é confeccionado em alvenaria com porta de
metal. O mesmo não apresenta identificação externa ao quadro conforme
norma NR10. As ligações internas estão em péssimo estado de conservação e a
estrutura do quadro está envelhecida. A placa suporte esta deteriorada e solta
às conexões dos blocos terminais foram arrancadas e o quadro apresenta
acúmulo de sujeira.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – Ruim.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Circuitos de Telefonia: Estão em boas condições de instalação, necessitando de


revisão nas ligações. A placa suporte encontra-se deteriorada com necessidade
de troca.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Não apresenta.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Estão bem dispostos e necessitam de pouca revisão.
Eletroduto: Em ferro galvanizado estão embutidas em parente, dispostos
internamente ao quadro, às conexões estão em bom estado não necessitando
de revisão.

Foto 136: Quadro sem identificação funcional,


necessitando de manutenção.
DG – Telefonia Campo

55
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 137: Vista interna do quadro que apresenta necessidades de revisão e


manutenção.
DG – Telefonia Campo

QUADRO DE ALARME DE INCÊNDIO E EMERGÊNCIA – PORTARIA


Análise do Local:

Localizado junto à portaria do estádio em local abrigado, instalado de forma


aparente, o quadro não estava em operação.

Facilidade de Acesso (item 5.2.1.1) NBR9441: Boa, localizada em áreas de fácil


acesso.
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa.
Estado Geral do Quadro: Desligado.
Desenhos: Não Apresentados.
Estado Geral:

Adequado diretamente a parede, o quadro está em boas condições, de


operação e alarme, o quadro esta bem visível e de fácil acesso ao operador e
aos usuários, o conjunto de baterias não foi acessível. Composto por painel
microprocessado com 18 setores de supervisão fica junto à portaria principal.

Acionador Manual (item 5.2.5.2) NBR 9441- Devendo ser instalado a uma
altura entre 1,20 m e 1,60 m do piso acabado na forma embutida ou de
sobrepor: Sim, atende a norma.
Identificação da Central: (item 5.3.1- item l) NBR 9441
- Nome do fabricante, endereço e telefone: Apenas nome do fabricante GEVI
GAMA EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS LITA:
- Ano de fabricação e número de série: Não contém
– Modelo: CENTRAL COMPACTA DE 5 A 10 PONTOS
Quanto aos instrumentos, dispositivos e equipamentos,

56
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

a) Indicação visual individual de “fogo” para cada circuito: (item 5.3.1.3) NBR
9441
Indicação sonora e visual geral de “fogo”: Contém.
Indicação visual individual de “defeito” para cada circuito de detecção, circuitos
de alarme e circuitos auxiliares quando supervisionados: Sim, contém no
painel microprocessado.
Indicação sonora e visual de “defeito geral”: Não verificado quadro desativado
e) Indicação sonora e visual geral de “fuga a terra”: Não verificado quadro
desativado.

f) Dispositivo de inibição do indicador sonoro da central, que possibilite,


contudo, a atuação de qualquer nova informação de fogo ou defeito,
permitindo sucessivas inibições: Sim contém no painel microprocessado.

g) dispositivos de ensaios de funcionamento da central individual para cada


elemento ou função, quando existe a possibilidade do cruzamento de
informações fora ou dentro da central: Sim contém no painel microprocessado.

Eletrodutos: Instalados de forma aparente em alvenaria, estão bem fixados e


presos.
Placa de Aviso: Apresenta avisos e outras informações similares bem visíveis e
em local adequado, de acordo com norma.

Foto 138: Quadro de alarme de incêndio, painel de


incêndio desativado.
Portaria Principal

Foto 139: Descritivo de sistemas de incêndio.


Portaria Principal

57
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QFL – BILHETERIA
Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Situado dentro da Portaria Principal o quadro atende a iluminação e tomadas


da portaria.
Composto por quadro de comando em caixa moldada de Ferro, com dois
disjuntores termomagnéticos monofásico de 50A.
Circuitos: Estão distribuídas internamente ao quadro que apresenta
visualmente boa estrutura suporte.
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Sim, painel lacrado.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Inexistente.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Existente
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Quadro é lacrado, externamente encontra-se com problemas de
conexão e ligações precárias que necessitam de revisões elétricas.
Eletroduto: Em ferro galvanizado encontram-se afixados de modo aparente na
parte superior do quadro.

Foto 140: O quadro necessita de melhorias junto aos


eletrodutos para adequação dos cabos.
QFL – Portaria Principal

58
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QFL – BAR PORTARIA PRINCIPAL


Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Situado dentro da Portaria Principal o quadro atende a iluminação e tomadas


do Bar. Composto por quadro de comando em caixa moldado de Ferro, com
três disjuntores termomagnéticos monofásico com capacidade não
identificada.
Circuitos: Estão mal afixados internamente ao quadro que apresenta
visualmente péssimas condições de instalação.
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Inexistente.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Não apresenta.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Encontram-se mal distribuídas dentro do quadro que necessita de
troca.
Eletroduto: Em ferro galvanizado encontram-se afixados de modo aparente na
parte superior do quadro.

Foto 141: Quadro de proteção em péssimas condições


Bar 1 – Portaria principal.

59
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QC-QUADRO DE COMANDO – BOMBA DE COMBATE A INCÊNDIO

Situado junto a Grupo Gerador o quadro atende a alimentação da


bomba de incêndio do estádio.
Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim, com grande acúmulo de poeira.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Ruim

Estado Geral:

Composto por quadro de ferro galvanizado instalado de forma


aparente dentro do cubículo do gerador o quadro apresenta proteção principal
com disjuntor termomagnético trifásico de 150A e contator trifásico. A
estrutura do quadro é boa não apresenta pontos de ferrugem e a estrutura
suporte de alvenaria está bem dimensionada e fixa.
Circuitos: Os circuitos estão bem distribuídos dentro do quadro e estão bem
presos.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Não Apresenta.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Existente.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Os fios estão bem dispostos dentro do quadro, externamente
apresentam fios soltos necessitando de manutenção.
Eletrodutos: instalados junto à base do quadro necessita de
revisão.

60
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 142: Quadro sem identificação necessita de melhorias junto à fixação dos
eletrodutos e cabos.
Painel de Combate a Incêndio.

Foto 143: Vista interna do quadro de com circuitos


Dispostos internamente com proteção de partes
vivas.
Painel de Combate a Incêndio.

Foto 144: Alimentação aérea sem infraestrutura.


Painel de Combate a Incêndio.

CONJUNTO BOMBA DE COMBATE A INCÊNDIO

Análise do Local:
Situado próximo à torre de iluminação 1 do lado direito do campo e próximo a
Arquibancada coberta, o quadro atende aos hidrantes de combate a incêndio
do estádio.
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Ruim
Inspeção visual (item 7.2.2) – Boa.
Estado Geral:

Quadro padrão instalado em estrutura de alvenaria com porta de ferro próximo


a torre 1 do estádio, sua estrutura suporte está em boas condições de

61
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

instalação e conexão, o quadro é composto por caixa moldada de ferro com


botoeira frontal.
Circuitos: Estão mal distribuídos dentro do quadro que apresenta disjuntor e
fios soltos internamente.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Inexistente.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Existente.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Não apresentados.
Fiação: Estão mal dispostos dentro do quadro necessitando de manutenção.
Eletroduto: Em PVC flexível instalados de forma aparente, apresentam
problemas de conexão.

Foto 145: Quadro sem identificação e sem aviso de


equipamento energizado
Quadro de Comando de combate a incêndio

Foto 146: Quadro sem identificação externa e com estrutura


comprometida.
Quadro de Comando de combate a incêndio

Foto 147: Quadro necessita de melhorias junto às


ligações internas que se encontram soltas.
Quadro de Comando de combate a incêndio

62
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Aparelhos em Geral: MOTORES:

Afixado sobre patamar de elevação de concreto, a estrutura encontra-se


aparentemente bem afixada.

BOMBA PRINCIPAL
Fabricante: WEG
Tensão: 220/380 v
Potência: 5,0cv
CONEXÃO: Em boas condições de conservação.
ELETRODUTOS: Em PVC flexível instalados de
forma aparente.
Foto 148: Bomba de incêndio instalada sobre
patamar
De elevação bem afixada e em bom estado de conservação.

63
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 149: Os equipamentos de combate a incêndio estão


distribuídos junto ao campo sua estrutura encontra-se
enferrujada necessitam de manutenção e pintura.
Hidrantes de combate a incêndio.

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA LOCAL – BAR 2


Análise do Local:
Situado próximo à arquibancada coberta e a torre de iluminação 2, o BAR2
comporta vários equipamentos elétricos.
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

O local não contempla um quadro de proteção, os equipamentos estão


protegidos por disjuntores individuais dispostos sobre placa de madeira
afixada diretamente em parede de forma irregular com risco ao operador em
desacordo com a NBR5410.

Foto 150: Alimentação Elétrica – Ligação


precária com disjuntores afixados
diretamente em parede de alvenaria sobre
placa de madeira.
BAR 2 – Proximo a Torre de Iluminação 2

64
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DOS EQUIPAMENTOS DA LAVANDERIA


Análise do Local:
Situado próximo à arquibancada da Seção 1, a lavanderia comporta várias
máquinas de lavar de uso residencial.
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

O local não contempla um quadro de proteção, os equipamentos estão


protegidos por disjuntores individuais dispostos sobre placa de madeira ou
afixados diretamente em parede de forma irregular com risco ao operador em
desacordo com a NBR5410.

Foto 151: Alimentação Elétrica – Ligação precária com


disjuntores afixados diretamente em parede de alvenaria.
Local: Lavanderia

Alimentação elétrica da máquina lavadora: Efetuado por fiação exposta sem


proteção local, com botoeira de liga e desliga.

Foto 152: Alimentação Elétrica – Ligação


precária diretamente em parede com fios
expostos.
Local: Lavanderia

65
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – VESTIÁRIO LOCAL 1


Análise do Local:
Situado no corredor principal de acesso ao vestiário Local, no pavimento térreo
no setor coberto, o quadro de Iluminação e Tomadas do Vestiário Local atende
as tomadas vestiário, chuveiros dos banheiros e iluminação do vestiário.

Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa


Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Compostos por chave seccionadora sobre base de mármore que alimenta o


barramento principal onde se encontram 22 disjuntores termomagnéticos
monofásicos que alimentam os seguintes setores: departamento médico,
vestiário masculino, chuveiros e circuitos reserva.
Circuitos: Estão mal dispostos junto ao quadro que necessita de revisão.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Sim apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos – Não
apresenta.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Apresenta.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: O quadro apresenta fios mal arranjados dentro do quadro necessitando
de revisão.
Eletroduto: Embutido em alvenaria não apresentam
problemas aparentes de conexão.

66
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 153: Quadro sem identificação funcional e com placa de aviso de


equipamento energizado.
QFL - Vestiário Local 1

Foto 154: Placa de proteção sem identificação dos


circuitos.
QFL - Vestiário Local 1.
l

Foto 155: Vista interna do quadro que necessita de


melhorias junto às conexões e fixação dos disjuntores e
Instalação de Dispositivo de Proteção Residual (DPR) junto
aos circuitos dos chuveiros.
QFL - Vestiário Local 1

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DOS EQUIPAMENTOS DO VESTIÁRIO LOCAL 1


Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

O vestiário Local conta com um conjunto de equipamentos elétricos distintos a


alimentação de chuveiros, iluminação e tomadas, foram verificados os modos
de instalação tendo como referência a norma NBR5410 sendo encontradas as
seguintes observações.

67
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Chuveiros: A interligação dos chuveiros estão bem dispostas conforme norma


NR10 - Item 10.3.4 e NBR5410- Item 8.3.2.1.

Fotos 156 a 159: Chuveiros em boas condições de instalação.


Vestiário Local 1
Iluminação de Emergência: A iluminação de emergência deve estar em
conformidade com a norma NBR10898, item 3.12 para iluminação de
balizamento, 4.8.8. Instalação de eletrodutos e 8.1.11 tensão de alimentação
para luminárias. Os pontos de alimentação das luminárias devem conter
tomada externa à edificação, compatível com a potência da iluminação, para
ligação de um gerador móvel. Esta tomada deve ser acessível, protegida
adequadamente contra intempéries e devidamente identificada autônoma.
Conforme vistoria foi observada que o local apresenta conjunto de luminária
de emergência.

Foto 160: Iluminação de Emergência junto ao Corredor de


Acesso aos Vestiários.
Vestiário Local 1

68
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – VESTIÁRIO LOCAL 2


Análise do Local:
Situado no corredor principal de acesso ao vestiário Local, no pavimento térreo
no setor coberto, o quadro de Iluminação e Tomadas do Vestiário Local-2
atende as tomadas vestiário, chuveiros dos banheiros e iluminação do
vestiário.

Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa


Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Compostos por chave seccionadora sobre base de mármore que alimenta o


barramento principal onde se encontram 24 disjuntores termomagnéticos
monofásicos que alimentam a iluminação, tomadas e chuveiros do vestiário
local 2.
Circuitos: Estão mal dispostos junto ao quadro que necessita de revisão.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Sim apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos – Não
apresenta.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Apresenta.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: O quadro apresenta fios mal arranjados dentro do quadro necessitando
de revisão.
Eletroduto: Embutido em alvenaria não apresentam problemas aparentes de
conexão.

Foto 161: Quadro sem identificação funcional e com placa de


aviso de equipamento energizado.

69
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QFL – Vestiário Local 2.

Foto 162: Placa de proteção sem identificação


dos circuitos.
QFL – Vestiário Local 2
.
l

Foto 163: Vista interna do quadro que necessita de melhorias


junto às conexões e fixação dos disjuntores e Instalação de
Dispositivo de Proteção Residual (DPR) junto aos circuitos
dos chuveiros.
QFL – Vestiário Local 2.

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DOS EQUIPAMENTOS DO VESTIÁRIO LOCAL 2


Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

O vestiário Local 2, conta com um conjunto de equipamentos elétricos


distintos a alimentação de chuveiros, iluminação e tomadas, foram verificados
os modos de instalação tendo como referência a norma NBR5410 sendo
encontradas as seguintes observações.

Chuveiros: A interligação dos chuveiros estão bem dispostas conforme norma


NR10 - Item 10.3.4 e NBR5410- Item 8.3.2.1.

70
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 164 : Chuveiros em boas condições de instalação.


Vestiário Local 2.
Iluminação de Emergência: A iluminação de emergência deve estar em
conformidade com a norma NBR10898, item 3.12 para iluminação de
balizamento, 4.8.8. Instalação de eletrodutos e 8.1.11 tensão de alimentação
para luminárias. Os pontos de alimentação das luminárias devem conter
tomada externa à edificação, compatível com a potência da iluminação, para
ligação de um gerador móvel. Esta tomada deve ser acessível, protegida
adequadamente contra intempéries e devidamente identificada autônoma.
Conforme vistoria foi observada que o local apresenta conjunto de luminária
de emergência.

71
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS - TÉRREO


Análise do Local:
Situado na parte interna da arquibancada coberta principal, o quadro de
Iluminação e Tomadas e chuveiros dos alojamentos situados no Térreo do
complexo.
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Compostos por 6 disjuntores termomagnéticos monofásicos de 40A, 3


disjuntores monofásicos de 20A, 1 disjuntor monofásico de 25A e 1 disjuntor
bifásico de 30A. Atendendo a chuveiros dos banheiros e iluminação dos
alojamentos.
Circuitos: Não apresenta instalação de Dispositivo de Proteção Residual (DPR)
junto aos Circuitos dos Chuveiros.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Sim.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Inexistente.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Não verificado
quadro lacrado.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Não verificado, o quadro está fechado não sendo possível verificação
do mesmo.
Eletroduto: Embutido em alvenaria não apresentam problemas aparentes de
conexão.

72
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Fotos 165 e 166: Quadro de Iluminação e Tomadas


Alojamentos - Térreo

QFL 1 - QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS – 1º ANDAR


Análise do Local:
Situado na parte interna da arquibancada coberta principal, o quadro de
Iluminação e Tomadas e chuveiros dos alojamentos situados no 1º Andar do
complexo.

Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa


Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Compostos por 12 disjuntores termomagnéticos monofásicos de 30A,


atendendo a chuveiros, secretaria e apartamentos de 3 a 10.
Circuitos: Não apresenta instalação de Dispositivo de Proteção Residual (DPR)
junto aos Circuitos dos Chuveiros.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Sim.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Inexistente.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Não verificado
quadro lacrado.

73
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Conformidades com Norma NBR5410


Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Não verificado, o quadro está fechado não sendo possível verificação
do mesmo.
Eletroduto: Embutido em alvenaria não apresentam problemas aparentes de
conexão.

Fotos 167 e 168: Quadro de Iluminação e Tomadas


QFL1 - Alojamentos – 1ºAndar

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DOS EQUIPAMENTOS DOS ALOJAMENTOS


Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Os Alojamentos contam com a alimentação de diversos equipamentos elétricos


distintos como chuveiros, iluminação e tomadas locais onde foram verificados
os modos de instalação tendo como referência a norma NBR5410 sendo
encontradas as seguintes observações:

Chuveiros: A interligação dos chuveiros está mal disposta os fios estão mal
arranjados necessitando de revisão, contempla tomada de conexão dos
mesmos e sistema de aterramento conforme norma NR10 - Item 10.3.4 e
NBR5410- Item 8.3.2.1.

74
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Fotos 169 e 170: Chuveiros em boas condições de instalação.


Alojamentos do 1º Andar.
Iluminação de Emergência: A iluminação de emergência deve estar em
conformidade com a norma NBR10898, item 3.12 para iluminação de
balizamento, 4.8.8. Instalação de eletrodutos e 8.1.11 tensão de alimentação
para luminárias. Os pontos de alimentação das luminárias devem conter
tomada externa à edificação, compatível com a potência da iluminação, para
ligação de um gerador móvel. Esta tomada deve ser acessível, protegida
adequadamente contra intempéries e devidamente identificada autônoma.
Conforme vistoria foi observada que o local não apresenta conjunto de
luminária de emergência.

QFL 2 - QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS – 1º ANDAR


Análise do Local:

75
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Situado na parte interna da arquibancada coberta principal, o quadro de


Iluminação e Tomadas e chuveiros dos alojamentos situados no corredor de
acesso do 1º Andar do complexo.

Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa


Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Compostos quadro de ferro galvanizado instalado de forma aparente em


parede de alvenaria no corredor de acesso dos alojamentos. O quadro é
composto por 1 disjuntor termomagnético trifásicos de que alimenta o
barramento principal onde estão interligados 20 disjuntores termomagnéticos
monofásicos que atendem a iluminação, tomadas e chuveiros dos alijamentos.
Circuitos: O quadro é novo, os circuitos estão bem afixados junto à placa
suporte.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta placa de proteção contra
contatos diretos junto aos disjuntores.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Inexistente.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Apresenta.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Estão bem dispostas internamente ao quadro.
Eletroduto: Em ferro galvanizado, instalados de forma aparente junto ao
quadro, não apresentam problemas aparentes de conexão.

76
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Fotos 171 e 172: O Quadro não apresenta placa de isolação contar contatos
diretos junto aos disjuntores
QFL2 - Alojamentos – 1ºAndar

QFL - QUADRO DE FORÇA DE LUZ VESTIÁRIO DOS ARBITROS.


Análise do Local:
Situado próximo à arquibancada metálica, o quadro de Iluminação e Tomadas
do Vestiário dos Árbitros atende as tomadas vestiário, chuveiros dos banheiros
e iluminação do vestiário. O quadro é velho e necessita de manutenção.

Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa


Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Compostos por chave seccionadora sobre base de mármore que alimenta o


barramento principal onde se encontram 11 disjuntores termomagnéticos
monofásicos que alimentam a iluminação, tomadas e chuveiros do vestiário.
Circuitos: Não apresenta Dispositivo de Proteção Residual (DPR) junto aos
Circuitos dos Chuveiros.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta.

77
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos – Não
apresenta.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Não apresenta.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: O quadro apresenta fiação em péssimas condições de instalação, com
fios soltos e conexões mal arrajadas. O quadro apresenta fios mal arranjadas.
Eletroduto: Em ferro galvanizado, apresentam-se mal instaladas necessitando
de reforma.

Foto 173: Quadro sem identificação funcional e com placa de aviso de


equipamentos energizado.
QFL – Vestiário dos Árbitros.

78
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 174: Quadro necessitando de manutenção junto a


alimentação, não apresenta Dispositivo de Proteção
Residual (DPR) junto aos Circuitos dos Chuveiros.
QFL – Vestiário dos Árbitros.

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DOS EQUIPAMENTOS DO VESTIÁRIO DOS ÁRBITROS.


Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

O vestiário dos Visitantes conta com um conjunto de equipamentos elétricos


distintos a alimentação de chuveiros, iluminação e tomadas, foram verificados
os modos de instalação tendo como referência a norma NBR5410 sendo
encontrados as seguintes observações.

Chuveiros: A interligação dos chuveiros está bem disposta, contempla tomada


de conexão dos mesmos e sistema de aterramento conforme norma NR10 -
Item 10.3.4 e NBR5410- Item 8.3.2.1.

Fotos 175 e 176: Chuveiros em boas condições de instalação.


Vestiário dos Árbitros.

79
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

DG – GERAL - DISTRIBUIÇÃO GERAL DE TELEFONIA – CABINE DE IMPRENSA

Localizado no corredor de acesso das Cabines de Imprensa o quadro de


distribuição geral de telefonia atende as Cabines. O mesmo não apresenta
identificação externa ao quadro conforme norma NR10. As ligações internas
estão em bom estado, e a estrutura do quadro está envelhecida e apresenta
pontos de ferrugem e acúmulo de poeira.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – Ruim. Apresenta acúmulo de sujeira.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Circuitos de Telefonia: Estão bem dispostos dentro quadro e bem conectados


aos blocos terminais.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Não apresenta.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Bem afixada dentro do quadro e junto aos blocos terminais não
necessitam de revisão.
Eletroduto: Em ferro galvanizado estão embutidas em parente, dispostos
internamente ao quadro, às conexões estão em bom estado não necessitando
de revisão.

80
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Fotos 177 e 178: Distribuição Geral de Telefonia em boas condições de


instalação.
Corredor de Acesso a Cabine de Imprensa

QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – CABINE DE IMPRENSA


Análise do Local:
Situado junto à arquibancada coberta principal, o quadro de Iluminação e
Tomadas esta instalado de forma aparente em parede de alvenaria sendo
responsável pela alimentação das cabines de imprensa.

Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa


Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa
Estado Geral:

Compostos por 12 disjuntores termomagnéticos monofásicos sendo, 10


disjuntores monofásicos de 25A, 1 disjuntor bifásico de 30A, atendendo a as
cabines de imprensa.
Circuitos: O quadro é velho e esta lacrado, mas apresenta visualmente bom
estado de conservação, os disjuntores estão bem presos e firmes no local.
Conformidades com Norma NR10:
Item 10.10.1 - Placa de identificação funcional – Não apresenta.
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Sim.

81
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos item
– Inexistente.
Item 10.3.4- NR10 e Item 8.3.2.1 NBR5410- Aterramento: Não verificado
quadro lacrado.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição – Inexistente.
Fiação: Não verificado, o quadro está fechado não sendo possível verificação
do mesmo.
Eletroduto: Em ferro galvanizado instalados de forma aparente não apresentam
problemas visíveis de conexão.

Foto 179: Quadro sem identificação funcional e sem


aviso de equipamento energizado.
QFL – Cabines de Imprensa.

Foto 180: Quadro sem aviso de equipamento


energizado e sem identificação dos componentes.
QFL – Cabines de Imprensa.

QUADRO DE CENEXÃO DE PONTOS DE TELEFONIA – CABINES DE IMPRENSA


Localizado junto às cabines de imprensa o quadro de conexão de pontos de
telefonia atende os jornalistas. O mesmo não apresenta identificação externa
ao quadro conforme norma NR10. A régua de contato para ligação de tomadas
e telefonia comporta por 6 pontos de telefonia.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – Ruim, com acúmulo de sujeira.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Boa

82
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Estado Geral:

Circuitos de Telefonia: mal instalados junto à placa de madeira com pontos de


contato para conexão de telefonia tipo “Borboleta” sobre placa isoladora de
madeira, garantindo a integridade das conexões.

Foto 181: Quadro de conexão e Telefonia em boas


condições.
Cabines de Imprensa.

Foto 182 Quadro de conexão e Telefonia em boas


condições.
Cabines de Imprensa.

Foto 183: Quadro de conexão e Telefonia em boas


condições.
Cabines de Imprensa.

Foto 184 Quadro de conexão e Telefonia em boas


condições.
Cabines de Imprensa.

Foto 185: Quadro de conexão e Telefonia em boas


condições.
Cabines de Imprensa.

83
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 186 Quadro de conexão e Telefonia em boas


condições.
Cabines de Imprensa.

Foto 187: Quadro de conexão e Telefonia em boas


condições.
Cabines de Imprensa.

Foto 188 Quadro de conexão e Telefonia em boas


condições.
Cabines de Imprensa.

QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 1


Situado atrás da arquibancada coberta com acesso pelo lado externo do campo
próximo a Cabine Primária, o quadro de iluminação é confeccionado em
alvenaria com porta de metal, responsável pela alimentação da Torre de
Iluminação 1.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim, com grande acúmulo de sujeira
internamente ao quadro.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do dia
Estado Geral:

84
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Composto por proteção principal realizada por 1 disjuntor termomagnético


trifásico de 150A que alimento o barramento central onde derivam as
proteções localizadas, realizadas 24 disjuntores termomagnéticos monofásicos
de 20A, o quadro apresenta acúmulo de terra. A estrutura do quadro de
proteção esta enferrujado, com a estrutura comprometida, o mesmo não
apresenta instalação de disjuntor diferencial residual (DDR) e dispositivo de
proteção contra surtos (DPS) para atender as Normas NBR5410 e NR10.

Circuitos: Estão bem instalados dentro do quadro, não apresenta dispositivo


de proteção contra surtos (DPS).
Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta isolação de partes vivas juto aos
barramentos.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos: Não
apresenta identificação.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição: Não fornecidos.
Fiação: Encontram-se mal arranjados dentro do quadro necessitando de
revisão.
Eletroduto: Não apresenta eletrodutos ou eletrocalhas de PVC para
encaminhamento dos cabos.

Foto 189: Quadro em local abrigado e com área


delimitada com porta sem identificação e com
aviso de equipamento energizado
Torre de iluminação 1

Foto 190: Quadro sem proteção de


partes vivas junto ao barramento.
Torre de Iluminação 1

85
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 191: O quadro apresenta-se enferrujado,


necessitando de manutenção.
Torre de Iluminação 1

Foto 192: O piso necessita de melhorias.


Torre de iluminação 1

ESTRUTURA SUPORTE DOS REATORES. – TORRE DE ILUMINAÇÃO 1


Os reatores estão bem afixados dentro do quadro com os encaminhamentos
de cabos realizados por eletrocalhas de PVC, não apresentam visualmente
problemas de conexão. Composto por 24 reatores para Lâmpada de Vapor
Metálico de 1000 W com capacitor e ignitor que estão bem adequados junto à
estrutura suporte. Os capacitores estão adequados junto à estrutura suporte e
não apresentam sinais de ferrugem.

Dados dos Reatores:

Fabricante: Philips
Modelo: RMV1000 B/26 H
Potência: 1000 w
Tensão: 2200 v
Foto 193: Estrutura suporte dos reatores
Dados dos Reatores:

Fabricante: Philips
Modelo: RMV1000 B/26 T-OC
Potência: 1000 w
Tensão: 2200 v

86
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 194: Estrutura suporte dos reatores


Torre de Iluminação 1

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DA TORRE DE ILUMINAÇÃO - TORRE 1


Situado atrás da arquibancada coberta com acesso pelo lado externo do
campo, a estrutura de alimentação da Torre de iluminação 1 é realizada por
eletroduto de ferro galvanizado interligando o quadro situado na base da torre
até os holofotes. Os equipamentos de iluminação a torre contemplam escada
de acesso “tipo marinheiro” sem patamar de descanso com guarda corpo,
sendo composta por 12 holofotes de 2000 w, a estrutura e apresenta ainda
Iluminação de balizamento.

87
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Ruim, apresenta escada “tipo
marinheiro” sem patamar de descanso e com guarda corpo.
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do Dia.
Estado Geral das Torres: Estrutura de concreto, não apresenta aparentemente
problemas estruturais.
Holofotes: 12 holofotes de 2000 w
Lâmpadas: Vapor Metálico
Reatores: Afixados junto à base da torre em quadro de alvenaria.
Desenhos: Não apresentados.

Estado Geral:

Composta por 12 holofotes de 2000 w sendo distribuídas junto à estrutura


suporte da torre encontra-se em bom estado conservação, os holofotes estão
bem afixados.

Holofotes: Composta por 12 lâmpadas de Vapor de Metálico com estrutura em


ferro afixada na parte superior da torre, sendo 6 fileiras de com 2 holofote
cada. O conjunto apresenta ainda lâmpada de balizamento, durante a vistoria a
torre apresentou dois holofotes com lâmpadas queimadas, os demais estavam
em funcionamento.
Eletrodutos: Em ferro galvanizado, instalado internamente a torre não
apresentam problemas de estrutura.

Foto 195: Estrutura de ferro com patamar para


manutenção, a torre não contempla escada de acesso.
Torre de iluminação 1

88
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 196: Estrutura de alimentação dos Holofotes,


estrutura afixada internamente a torre apresenta boas
condições de instalação.
Torre de Iluminação 1

Foto 197: Estrutura de acesso sendo realizada por


escada “tipo marinheiro” com guarda corpo e sem
patamar de descanso.
Torre de Iluminação 1

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE ATERRAMENTO: TORRE DE


ILUMINAÇÃO 1.
Apresenta sistema de Proteção contra descarga Atmosférica conforme norma
NBR 5419.

Estado Geral:

Para-raios: A torre contempla para-raios tipo Franklin e estes estão instalados


muito baixos em relação à estrutura suporte de ferro dos holofotes.
Isolador de Afastamento: Apresenta isolador de afastamento, o cabo percorre a
torre externamente.
Cordoalha de Aterramento: Apresenta cordoalha de aterramento em boas
condições necessitando ser tensionadas.
Conexão de Medição: Apresenta conexão de medição.
Medição de Resistência de Terra de Laudo de Aterramento: Não Apresentados.
Proteção de danos mecânicos, os condutores de descida, quando exteriores,
devem ser protegidos contra danos mecânicos até no mínimo 2,5 m acima do
nível do solo: Não Apresenta.

89
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Áreas de Cobertura: Os captores encontram-se muito baixo não atendendo


totalmente a estrutura da torre conforme norma NBR 5419.
Foto 198: Captor Tipo Franklin
Aparentemente em bom estado de instalação
Torre de Iluminação 1

Foto 199: Não apresenta


proteção de danos mecânicos, cordoalha afixada
junto à base de concreto em desconformidade com
a norma.
afixado junto à estrutura da torre.
Torre de iluminação 1

QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 2


Situado atrás da arquibancada coberta com acesso pelo lado externo do campo
próximo ao BAR2, o quadro de iluminação é confeccionado em alvenaria com
porta de metal, responsável pela alimentação da Torre de Iluminação 2.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim, com grande acúmulo de sujeira
internamente ao quadro.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do dia
Estado Geral:

Composto por proteção principal realizada por 1 disjuntor termomagnético


trifásico de 150A que alimento o barramento central onde derivam as
proteções localizadas, realizadas 24 disjuntores termomagnéticos monofásicos
de 20A, o quadro apresenta acúmulo de terra. A estrutura do quadro de
proteção esta enferrujado, com a estrutura comprometida, o mesmo não

90
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

apresenta instalação de disjuntor diferencial residual (DDR) e dispositivo de


proteção contra surtos (DPS) para atender as Normas NBR5410 e NR10.

Circuitos: Estão bem instalados dentro do quadro.


Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta isolação de partes vivas juto aos
barramentos.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos: Não
apresenta identificação.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição: Não fornecidos.
Fiação: Encontram-se mal arranjados dentro do quadro necessitando de
revisão.
Eletroduto: Não apresenta eletrodutos ou eletrocalhas de PVC para
encaminhamento dos cabos.

Foto 200: Quadro em local abrigado e com


área delimitada com porta sem identificação
e com aviso de equipamento energizado
Torre de Iluminação 2

Foto 201: Quadro sem proteção de


partes vivas junto ao barramento.
Torre de Iluminação 2

91
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 202: O piso necessita de melhorias.


Torre de Iluminação 2

ESTRUTURA SUPORTE DOS REATORES. – TORRE DE ILUMINAÇÃO 2


Os reatores estão mal afixados dentro do quadro necessitando de melhorias
junto à adequação de alguns reatores, o encaminhamento de cabos é realizado
por eletrocalhas de PVC, não apresentam visualmente problemas de conexão.
Composto por 24 reatores para Lâmpada de Vapor Metálico de 1000 W com
capacitor e ignitor que estão bem adequados junto à estrutura suporte. Os
capacitores estão adequados junto à estrutura suporte e não apresentam sinais
de ferrugem.

Dados dos Reatores:

Fabricante: Philips
Modelo: RMV1000 B/26 H
Potência: 1000 w
Tensão: 2200 v
Foto 203: Estrutura suporte dos reatores
Torre de Iluminação 2
Dados dos Reatores:

Fabricante: Philips
Modelo: RMV1000 B/26 T-OC
Potência: 1000 w
Tensão: 2200 v

Foto 204: Estrutura suporte dos reatores


Torre de Iluminação 2

92
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DA TORRE DE ILUMINAÇÃO - TORRE 2


Situado atrás da arquibancada coberta com acesso pelo lado externo do
campo, a estrutura de alimentação da Torre de Iluminação 2 é realizada por
eletroduto de ferro galvanizado interligando o quadro situado na base da torre
até os holofotes. Os equipamentos de iluminação a torre contemplam escada
de acesso “tipo marinheiro” sem patamar de descanso com guarda corpo,
sendo composta por 12 holofotes de 2000 w, a estrutura e apresenta ainda
Iluminação de balizamento.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Ruim, apresenta escada “tipo
marinheiro” sem patamar de descanso e com guarda corpo.
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do Dia.
Estado Geral das Torres: Estrutura de concreto, não apresenta aparentemente
problemas estruturais.
Holofotes: 12 holofotes de 2000 w
Lâmpadas: Vapor Metálico
Reatores: Afixados junto à base da torre em quadro de alvenaria.
Desenhos: Não apresentados.

Estado Geral:

Composta por 12 holofotes de 2000 w sendo distribuídas junto à estrutura


suporte da torre encontra-se em bom estado conservação, os holofotes estão
bem afixados.

Holofotes: Composta por 12 lâmpadas de Vapor de Metálico com estrutura em


ferro afixada na parte superior da torre, sendo 6 fileiras de com 2 holofote
cada. O conjunto apresenta ainda lâmpada de balizamento, durante a vistoria
todos os holofotes estavam em funcionamento.
Eletrodutos: Em ferro galvanizado, instalado internamente a
torre não apresentam problemas de estrutura.

93
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 205: Estrutura de ferro com patamar para manutenção, a torre não
contempla escada de acesso.
Torre de Iluminação 2

Foto 206: Estrutura de alimentação dos


Holofotes, estrutura afixada internamente a
torre apresenta boas condições de instalação.
Torre de Iluminação 2

Foto 207: Estrutura de acesso sendo realizada por escada


“tipo marinheiro” com guarda corpo e sem patamar de
descanso.
Torre de Iluminação 2

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE ATERRAMENTO: TORRE DE


ILUMINAÇÃO 2.
Apresenta sistema de Proteção contra descarga Atmosférica conforme norma
NBR 5419.

Estado Geral:

Para-raios: A torre contempla para-raios tipo Franklin e estes estão instalados


muito baixos em relação à estrutura suporte de ferro dos holofotes.
Isolador de Afastamento: Apresenta isolador de afastamento, o cabo percorre a
torre externamente.
Cordoalha de Aterramento: Apresenta cordoalha de aterramento em boas
condições necessitando ser tensionadas.
Conexão de Medição: Apresenta conexão de medição.
Medição de Resistência de Terra de Laudo de Aterramento: Não Apresentados.

94
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Proteção de danos mecânicos, os condutores de descida, quando exteriores,


devem ser protegidos contra danos mecânicos até no mínimo 2,5 m acima do
nível do solo: Não Apresenta.
Áreas de Cobertura: Os captores encontram-se muito baixo não atendendo
totalmente a estrutura da torre conforme norma NBR 5419.
Foto 208: Captor Tipo Franklin
Aparentemente em bom estado de instalação
Torre de Iluminação 2

Foto 209: Não apresenta


proteção de danos mecânicos
afixado junto à estrutura da torre.
Torre de iluminação 2

QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 3


Situado atrás da arquibancada descoberta próximo ao Setor 4,arquibancada
metálica, o quadro de iluminação é confeccionado em alvenaria com porta de
metal, responsável pela alimentação da Torre de Iluminação 3.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim, com grande acúmulo de sujeira
internamente ao quadro.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do dia

95
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Estado Geral:

Composto por proteção principal realizada por 1 disjuntor termomagnético


trifásico de 150A que alimento o barramento central onde derivam as
proteções localizadas, realizadas 24 disjuntores termomagnéticos monofásicos
de 20A, o quadro apresenta acúmulo de terra. A estrutura do quadro de
proteção esta enferrujado, com a estrutura comprometida, o mesmo não
apresenta instalação de disjuntor diferencial residual (DDR) e dispositivo de
proteção contra surtos (DPS) para atender as Normas NBR5410 e NR10.

Circuitos: Estão bem instalados dentro do quadro.


Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta isolação de partes vivas juto aos
barramentos.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos: Não
apresenta identificação.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição: Não fornecidos.
Fiação: Encontram-se mal arranjados dentro do quadro necessitando de
revisão.
Eletroduto: Não apresenta eletrodutos ou eletrocalhas de PVC para
encaminhamento dos cabos.

Foto 210: Quadro em local abrigado e com área


delimitada com porta sem identificação e com aviso
de equipamento energizado
Torre de Iluminação 3

Foto 211: Quadro sem proteção de


partes vivas junto ao barramento.
Torre de Iluminação 3

96
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 212: O quadro apresenta-se enferrujado,


necessitando de manutenção.
Torre de Iluminação 3

ESTRUTURA SUPORTE DOS REATORES. – TORRE DE ILUMINAÇÃO 3


Os reatores estão mal afixados dentro do quadro necessitando de melhorias
junto à adequação de alguns reatores, o encaminhamento de cabos é realizado
por eletrocalhas de PVC, não apresentam visualmente problemas de conexão.
Composto por 24 reatores para Lâmpada de Vapor Metálico de 1000 W com
capacitor e ignitor que estão bem adequados junto à estrutura suporte. Os
capacitores estão adequados junto à estrutura suporte e não apresentam sinais
de ferrugem.

Dados dos Reatores:

Fabricante: Philips
Modelo: RMV1000 B/26 H
Potência: 1000 w
Tensão: 2200 v

Foto 213: Estrutura suporte dos reatores


Torre de Iluminação 3

97
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Dados dos Reatores:

Fabricante: Philips
Modelo: RMV1000 B/26 T-OC
Potência: 1000 w
Tensão: 2200 v

Foto 214: Estrutura suporte dos reatores


Torre de Iluminação 3

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DA TORRE DE ILUMINAÇÃO - TORRE 3


Situado atrás da arquibancada descoberta próximo ao Setor 4, arquibancada
metálica, a estrutura de alimentação da Torre de Iluminação 3 é realizada por
eletroduto de ferro galvanizado interligando o quadro situado na base da torre
até os holofotes. Os equipamentos de iluminação a torre contemplam escada
de acesso “tipo marinheiro” sem patamar de descanso com guarda corpo,
sendo composta por 12 holofotes de 2000 w, a estrutura e apresenta ainda
Iluminação de balizamento.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Ruim, apresenta escada “tipo
marinheiro” sem patamar de descanso e com guarda corpo.
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do Dia.
Estado Geral das Torres: Estrutura de concreto, não apresenta aparentemente
problemas estruturais.
Holofotes: 12 holofotes de 2000 w
Lâmpadas: Vapor Metálico
Reatores: Afixados junto à base da torre em quadro de alvenaria.
Desenhos: Não apresentados.

98
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Estado Geral:

Composta por 12 holofotes de 2000 w sendo distribuídas junto à estrutura


suporte da torre encontra-se em bom estado conservação, os holofotes estão
bem afixados.

Holofotes: Composta por 12 lâmpadas de Vapor de Metálico com estrutura em


ferro afixada na parte superior da torre, sendo 6 fileiras de com 2 holofote
cada. O conjunto apresenta ainda lâmpada de balizamento, durante a vistoria a
torre apresentou dois holofotes com lâmpadas queimadas, os demais estavam
em funcionamento.
Eletrodutos: Em ferro galvanizado, instalado internamente a torre não
apresentam problemas de estrutura.

Foto 215: Estrutura de ferro com patamar para manutenção,


a torre não contempla escada de acesso.
Torre de Iluminação 3

Foto 216: Estrutura de acesso sendo realizada por escada


“tipo marinheiro” com guarda corpo e sem patamar de
descanso.
Torre de Iluminação 3

99
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE ATERRAMENTO: TORRE 3


Apresenta sistema de Proteção contra descarga Atmosférica conforme norma
NBR 5419.

Estado Geral:

Para-raios: A torre contempla para-raios tipo Franklin e estes estão instalados


muito baixos em relação à estrutura suporte de ferro dos holofotes.
Isolador de Afastamento: Apresenta isolador de afastamento, o cabo percorre a
torre externamente.
Cordoalha de Aterramento: Apresenta cordoalha de aterramento em boas
condições necessitando ser tensionadas.
Conexão de Medição: Apresenta conexão de medição.
Medição de Resistência de Terra de Laudo de Aterramento: Não Apresentados.
Proteção de danos mecânicos, os condutores de descida, quando exteriores,
devem ser protegidos contra danos mecânicos até no mínimo 2,5 m acima do
nível do solo: Não Apresenta.
Áreas de Cobertura: Os captores encontram-se muito baixo não atendendo
totalmente a estrutura da torre conforme norma NBR 5419.
Foto 217: Captor Tipo Franklin
Aparentemente em bom estado de instalação
Torre de Iluminação 3

Foto 218: Apresenta cordoalha


de aterramento rompida.
Torre de Iluminação 3

100
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 4


Situado atrás da arquibancada descoberta próximo ao Setor 4, arquibancada
metálica, o quadro de iluminação é confeccionado em alvenaria com porta de
metal, responsável pela alimentação da Torre de Iluminação 4.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Boa
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Ruim, com grande acúmulo de sujeira
internamente ao quadro.
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do dia
Estado Geral:

Composto por proteção principal realizada por 1 disjuntor termomagnético


trifásico de 150A que alimento o barramento central onde derivam as
proteções localizadas, realizadas 24 disjuntores termomagnéticos monofásicos
de 20A, o quadro apresenta acúmulo de terra. A estrutura do quadro de
proteção esta enferrujado, com a estrutura comprometida, o mesmo não
apresenta instalação de disjuntor diferencial residual (DDR) e dispositivo de
proteção contra surtos (DPS) para atender as Normas NBR5410 e NR10.

Circuitos: Estão bem instalados dentro do quadro.


Item 10.2.8.2.1 - Isolação das partes vivas, placa de proteção contra choques
elétricos por contatos diretos: Não apresenta isolação de partes vivas juto aos
barramentos.
Item 10.10.1- NR10 e Item 6.5.4.9 NBR5410 - Identificação dos circuitos: Não
apresenta identificação.
Conformidades com Norma NBR5410
Item 6.8.1.3 – Esquemas dos quadros de distribuição: Não fornecidos.
Fiação: Encontram-se mal arranjados dentro do quadro necessitando de
revisão.
Eletroduto: Não apresenta eletrodutos ou eletrocalhas de PVC para
encaminhamento dos cabos.

101
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 219: Quadro em local abrigado e com área


delimitada com porta com identificação e com aviso
de equipamento energizado
Torre de Iluminação 4

Foto 220: Quadro sem proteção de


partes vivas junto ao barramento.
Torre de Iluminação 4

Foto 221: O quadro apresenta-se enferrujado,


necessitando de manutenção.
Torre de Iluminação 4

ESTRUTURA SUPORTE DOS REATORES. – TORRE DE ILUMINAÇÃO 4


Os reatores estão mal afixados dentro do quadro necessitando de melhorias
junto à adequação de alguns reatores, o encaminhamento de cabos é realizado
por eletrocalhas de PVC, não apresentam visualmente problemas de conexão.
Composto por 24 reatores para Lâmpada de Vapor Metálico de 1000 W com
capacitor e ignitor que estão bem adequados junto à estrutura suporte. Os
capacitores estão adequados junto à estrutura suporte e não apresentam sinais
de ferrugem.

Dados dos Reatores:

Fabricante: Philips
Modelo: RMV1000 B/26 H
Potência: 1000 w
Tensão: 2200 v
Foto 222: Estrutura suporte dos reatores
Torre de Iluminação 4

102
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Dados dos Reatores:

Fabricante: Philips
Modelo: RMV1000 B/26 T-OC
Potência: 1000 w
Tensão: 2200 v

Foto 223: Estrutura suporte dos reatores


Torre de Iluminação 4

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DA TORRE DE ILUMINAÇÃO – TORRE 4


Situado atrás da arquibancada descoberta próximo ao Setor 4 arquibancada
metálica, a estrutura de alimentação da Torre de Iluminação 4 é realizada por
eletroduto de ferro galvanizado interligando o quadro situado na base da torre
até os holofotes. Os equipamentos de iluminação a torre contempla escada de
acesso “tipo marinheiro” sem patamar de descanso com guarda corpo, sendo
composta por 12 holofotes de 2000 w, a estrutura e apresenta ainda
Iluminação de balizamento.

Análise do Local:
Facilidade de Acesso (item 6.5.4.8) NBR5410: Ruim, apresenta escada “tipo
marinheiro” sem patamar de descanso e com guarda corpo.
Limpeza (item 10.4.4.1) – NR10: Boa
Iluminação (item 10.4.5 1) – NR10: Luz do Dia.
Estado Geral das Torres: Estrutura de concreto, não apresenta aparentemente
problemas estruturais.
Holofotes: 12 holofotes de 2000 w
Lâmpadas: Vapor Metálico
Reatores: Afixados junto à base da torre em quadro de alvenaria.
Desenhos: Não apresentados.

103
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Estado Geral:

Composta por 12 holofotes de 2000 w sendo distribuídas junto à estrutura


suporte da torre encontra-se em bom estado conservação, os holofotes estão
bem afixados.

Holofotes: Composta por 12 lâmpadas de Vapor de Metálico com estrutura em


ferro afixada na parte superior da torre, sendo 6 fileiras de com 2 holofote
cada. O conjunto apresenta ainda lâmpada de balizamento, durante a vistoria
todos os holofotes estavam em funcionamento.
Eletrodutos: Em ferro galvanizado, instalado internamente a torre não
apresentam problemas de estrutura.

Foto 224: Estrutura de ferro com patamar para


manutenção, a torre não contempla escada de acesso.
Torre de Iluminação 4

Foto 225: Estrutura de acesso sendo realizada por escada


“tipo marinheiro” com guarda corpo e sem patamar de
descanso.
Torre de Iluminação 4

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE ATERRAMENTO: TORRE DE


ILUMINAÇÃO 4.
Apresenta sistema de Proteção contra descarga Atmosférica conforme norma
NBR 5419.

104
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Estado Geral:

Para-raios: A torre contempla para-raios tipo Franklin e estes estão instalados


muito baixos em relação à estrutura suporte de ferro dos holofotes.
Isolador de Afastamento: Apresenta isolador de afastamento, o cabo percorre a
torre externamente.
Cordoalha de Aterramento: Apresenta cordoalha de aterramento em boas
condições necessitando ser tensionadas.
Conexão de Medição: Apresenta conexão de medição.
Medição de Resistência de Terra de Laudo de Aterramento: Não Apresentados.
Proteção de danos mecânicos, os condutores de descida, quando exteriores,
devem ser protegidos contra danos mecânicos até no mínimo 2,5 m acima do
nível do solo: Não Apresenta.
Áreas de Cobertura: Os captores encontram-se muito baixo não atendendo
totalmente a estrutura da torre conforme norma NBR 5419.
Foto 226: Captor Tipo Franklin
Aparentemente em bom estado de instalação
Torre de Iluminação 4

Foto 227: Não apresenta proteção de


danos mecânicos
afixado junto à estrutura da torre.
Torre de Iluminação 4

ANÁLISE DAS ESTRUTURAS PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFÉRICAS


DO ESTÁDIO
Foi observado junto ao complexo do Estádio Municipal Prof. Luís Augusto de
Oliveira - São Carlos comporta Sistema de Proteção Contra Descargas
Atmosféricas (SPDA), conforme norma NBR5419, com intuito de garantir ao
público integridade contra as intempéries devem-se observar os modos de
instalação prescritos na norma NBR5419 para que sejam tomados como

105
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

referência na revisão dos mesmos. Durante vistoria foram observadas áreas


que necessitam de atenção em relação ao sistema SPDA conforme abordado
abaixo:

Foto 228: Aterramento das grades em torno do campo

Foto 229: Aterramento das grades em torno do campo

Foto 230: Verificação da Área de Cobertura do Sistema de SPDA

106
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Foto 231: Verificação da Área de Cobertura do Sistema de SPDA

Foto 232: Verificação da Área de Cobertura do Sistema de SPDA

Foto 233: Verificação da Área de Cobertura do Sistema de SPDA

107
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

SISTEMA DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO

Este sistema foi avaliado por autoridade competente, corpo de


bombeiros.

SISTEMA DE MÁQUINAS E MOTORES

Não aplicável.

6.2.4.10 ACESSIBILIDADE

Há dois locais acessíveis reservados a portadores de necessidades


especiais (PNE) junto a um dos portões do Setor 3. Cada um dispõe de
espaço para 04 (quatro) cadeirantes. Próximo a eles há dois banheiros
adaptados.

FOTO 58 : LOCAL RESERVADO PARA PNE

Os sanitários apresentam boas condições gerais de conservação de


pisos, revestimentos cerâmicos e instalações hidráulicas, no entanto
sofre infiltrações que causam manchas escuras e esverdeadas na parte
alta das paredes.

108
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

FOTOS 59 / 60: SANITÁRIO PARA PNE

A entrada principal dispõe de rampa de acesso e possui boas condições


de uso e manutenção.

FOTO 61: VISÃO GERAL DA RAMPA DE ACESSO

A seguir estão respondidos os quesitos relativos a acessibilidade.

01- Há uma área mínima equivalente a um círculo de 150 cm de


diâmetro para uma rotação de 360° de uma cadeira de rodas sem
deslocamento?
Sim
Não
Não Aplicável

109
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

02- Para a transposição de obstáculos isolados (portas ou outros


obstáculos fixos com extensão de no máximo 40 cm), existe uma
largura livre mínima de 80cm?
Sim
Não
Não Aplicável

03- A largura para a circulação de uma cadeira de rodas é de no mínimo


90 cm?
Sim
Não
Não Aplicável

04- Há uma largura mínima de 120 cm para a circulação de uma pessoa


em pé e outra numa cadeira de rodas?
Sim
Não
Não Aplicável

05- Os espaços para cadeiras de rodas têm 80 cm de largura e 120 cm


de comprimento?

Sim
Não
Não Aplicável

06- Os espaços para cadeiras de rodas são planos?


Sim
Não
Não Aplicável

110
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

07- Há uma faixa de no mínimo 30cm para a circulação, localizada na


frente do espaço para cadeira de rodas, atrás ou em ambas posições?
Sim
Não
Não Aplicável

08- Os espaços para cadeira de rodas estão distribuídos pelo recinto?


Sim
Não
Não Aplicável

Observações: Não, estão presentes apenas no Setor 3.

09- Os espaços para pessoas em cadeira de rodas permitem que estes


possam sentar-se próximos a seus acompanhantes?
Sim
Não
Não Aplicável

10- Os espaços para cadeira de rodas estão localizados em uma rota


acessível, vinculada a uma rota de fuga?
Sim
Não
Não Aplicável

11- O sanitário ou vestiário está localizado em lugar acessível?


Sim
Não
Não Aplicável

111
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

12- O sanitário ou vestiário está localizado próximo à circulação


principal?
Sim
Não
Não Aplicável

13- Os boxes para bacia sanitária têm dimensões mínimas de 150cm x


170cm?
Sim
Não
Não Aplicável

14- Há área livre de 80 cm de largura por 120cm de comprimento para


transferência lateral perpendicular e diagonal ao vaso sanitário?
Sim
Não
Não Aplicável

15- A bacia sanitária está a uma altura entre 43cm e 45cm do piso,
medido a partir da borda superior sem assento?
Sim
Não
Não Aplicável

16- No caso de bacia com caixa acoplada, há barra na parede do fundo,


de forma a evitar que a caixa seja usada como apoio?
Sim
Não
Não Aplicável

112
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

17- As barras de apoio sanitária têm comprimento mínimo de 80cm?


Sim
Não
Não Aplicável

18- As barras possuem seção circular com diâmetro entre 3,0cm x


4,5cm?
Sim
Não
Não Aplicável

19- A distância entre o eixo do vaso e a face da barra lateral é de 40cm?


Sim
Não
Não Aplicável

20 - O lavatório está fixado à uma altura entre 78cm e 80cm em relação


ao piso?
Sim
Não
Não Aplicável

21 - Há barras de apoio instaladas junto ao lavatório, na altura do


mesmo?

Sim
Não
Não Aplicável

113
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

22- Os acessórios do sanitário estão localizados a uma altura entre


50cm e 120cm em relação ao piso?
Sim
Não
Não Aplicável

23 - Há o Símbolo Internacional de Acesso afixado na porta do


sanitário?
Sim
Não
Não Aplicável

7. ANÁLISE DOCUMENTAÇÃO

A documentação apresentada foi suficiente para a tomada de


conclusões do presente laudo.

8. CONCLUSÕES

Foram inspecionados os sistemas Estrutural, Impermeabilização,


Vedação e Revestimentos, Esquadrias, Coberturas, Instalações hidros
sanitárias Prediais, Instalações Elétricas prediais e SPDA, Prevenção e
Combate a Incêndio e Pânico, Máquinas em geral, Acessibilidade e
Conforto, com base no disposto no Decreto 6.795/2009, tendo sido
encontradas as anomalias descritas abaixo:

114
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Sistema Estrutural:

Elemento: Setor 1 – Inferior das cabines


Não
conformidade: Elementos metálicos e de madeira
Grau de risco: Mínimo
Providências: Manter sob monitoramento
Sem prazo definido
Prazo:

Fotografias: 12 e 13

Elemento: Setor 3 –Inferior arquibancadas


Não
conformidade: Pilar com armadura exposta
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 31 e 32

Sistema de Impermeabilização:

Elemento: Vestiário local


Não
conformidade: Manchas de umidade
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 42

115
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Sistema de Vedação e Revestimentos:

Elemento: Setor 1
Não
conformidade: Desgaste da pintura
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 9

Elemento: Setor 2 - Sanitários


Não
conformidade: Destacamento de reboco
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 24

Sistema de Esquadrias: Sem anomalias visíveis.

Sistema de Coberturas: Sem anomalias visíveis.

Sistema de Instalações Hidrossanitárias Prediais: Sem anomalias visíveis

Sistema de Instalações Elétricas e SPDA:

116
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Elemento: ENTRADA DE ENERGIA PRINCIPAL


Não conformidade: Troca do Para-raios Polimérico que se encontra atuado
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 101 e 102

Elemento: CABINE PRIMÁRIA


Desligamento para rotinas de manutenção e limpeza nos
componentes, Instalação de manta isoladora para proteção do
Não conformidade:
operador, Instalação de placa de identificação funcional
instalação de luminária a prova de explosão conforme norma.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 108 e 112

Elemento: QUADRO DE MEDIÇÃO PRINCIPAL DO ESTÁDIO


Placa de identificação funcional, revisão elétrica com troca da
Não conformidade: estrutura de fixação do disjuntor. Instalação de placa
“EQUIPAMENT ENERGIZAD ”, com símbolos.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 119 e 122

117
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Elemento: QFL - PROTEÇÃO DAS TORRES DE ILUMINAÇÃO


Placa de identificação funcional. Instalação de placa
Não conformidade:
“EQUIPAMENT ENERGIZAD ”, com símbolos.
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 123 e 124

Elemento: QFL - PROTEÇÃO DE SERVIÇOS DIVERSOS.


Troca da estrutura e instalação de quadro de ferro galvanizado
com porta e chave com alavanca, impedindo contado do
Não conformidade:
operador com as partes vivas do painel. Instalação de placa
“EQUIPAMENT ENERGIZAD ”, com símbolos.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 125

Elemento: BANCO DE CAPACITORES


Fixação do banco de capacitores com melhoria na adequação
Não conformidade:
dos cabos. Instalação de identificação funcional.
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 126

118
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

COMPONENTES DO GERADOR AUXILIAR – GMG – GRUPO MOTOR


Elemento:
GERADOR A DIESEL
impeza local. Instalação de placa de “PERIG DE M RTE”, com
símbolos. Instalação de caixa de alvenaria para contenção de
Não conformidade: líquidos junto ao tanque de combustível do gerador. Instalação
de proteção mecânica, instalação de luminária a prova de
explosão conforme norma.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 126 a 135

Elemento: QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO LOCAL DE TELEFONIA – CAMPO


Reforma do quadro, readequação das ligações internas. (Fotos
Não conformidade:
35 e 36). O grau de risco é MÍNIMO.
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 136 e 137

Elemento: QUADRO DE ALARME DE INCÊNDIO E EMERGÊNCIA – PORTARIA


Deverá ser providenciada verificação de funcionamento do
quadro e dos circuitos supervisão de incêndio, instalação de
Não conformidade: quadro informativo das áreas atendidas com telefone do
responsável pelo atendimento de emergência. (Fotos 37 e 38). O
grau de risco é REGULAR.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 138 e 139

119
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Elemento: QFL – BAR PORTARIA PRINCIPAL


Troca do quadro local e instalação de outro que atenda a norma
Não conformidade:
NBR5410. (Foto 40). O grau de risco é REGULAR.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 141

Elemento: QC-QUADRO DE COMANDO – BOMBA DE COMBATE A INCÊNDIO


Instalação eletroduto/Eletrocalha de ferro galvanizado.
Não conformidade: Instalação de placa “EQUIPAMENT ENERGIZAD ”, com
símbolos.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 142 a 144

Elemento: CONJUNTO BOMBA DE COMBATE A INCÊNDIO


Revisão elétrica nas ligações. Instalação de placa “EQUIPAMENT
Não conformidade: ENERGIZAD ”, com símbolos, pintura e revisão hidráulica nas
caixas de hidrantes.
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 145 a 149

120
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Elemento: ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA LOCAL – BAR 2


Não conformidade: Troca e instalação de outro que atenda a norma NBR5410.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 150

Elemento: QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – VESTIÁRIO LOCAL 1


Não conformidade: Instalação de DPR junto aos circuitos dos chuveiros
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 153 a 155

Elemento: QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – VESTIÁRIO LOCAL 2


Não conformidade: Instalação de DPR junto aos circuitos dos chuveiros
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 161 a 163

121
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS -


Elemento:
TÉRREO
Não conformidade: Instalação de DPR junto aos circuitos dos chuveiros
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 165 a 166

QFL 1 - QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS


Elemento:
– 1º ANDAR
Instalação de identificação funcional e avisos e outras
Não conformidade: informações similares, Instalação de placa “EQUIPAMENT
ENERGIZAD ”, com símbolos.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 167 e 168

QFL 2 - QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS


Elemento:
– 1º ANDAR
Instalação de placa de proteção contra contatos diretos junto
Não conformidade: aos disjuntores impedindo contato do operador com as partes
vivas do painel.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 171 e 172

122
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Elemento: QFL - VESTIÁRIO DOS ARBITROS.


Não conformidade: Instalação de DPR junto aos circuitos dos chuveiros
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 173 e 174

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 1


Instalação de DPR, revisão elétrica, melhoria no piso de acesso
ao quadro, identificação funcional, instalação de placa de
Não conformidade:
proteção por contatos diretos. Instalação de placa
“EQUIPAMENT ENERGIZAD ”, com símbolos.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 189 e 192

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE


Elemento:
ATERRAMENTO: TORRE DE ILUMINAÇÃO 1.
Apresentação do Laudo de Resistência de Aterramento conforme
Não conformidade:
norma NBR5419.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 198 e 199

123
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 2


Não conformidade: Idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 200 a 202

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE


Elemento:
ATERRAMENTO: TORRE DE ILUMINAÇÃO 2.
Não conformidade: idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 201 e 202

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 3


Não conformidade: idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 210 a 212

124
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE


Elemento:
ATERRAMENTO: TORRE DE ILUMINAÇÃO 3.
Não conformidade: idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 217 e 218

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 4


Não conformidade: idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 219 a 221

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE


Elemento:
ATERRAMENTO: TORRE DE ILUMINAÇÃO 4.
Não conformidade: idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 226 e 227

125
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

ANÁLISE DAS ESTRUTURAS PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS


Elemento:
ATMOSFÉRICAS DO ESTÁDIO
Verificação no sistema de proteção contra descargas
atmosféricas, com verificação da área de cobertura das torres
Não conformidade:
em relação às demais áreas do estádio e aterramento das
estruturas metálicas.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 210 1 212

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 3


Não conformidade: idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 210 1 212

QFL 1 - QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS


Elemento:
– 1º ANDAR
Instalação de identificação funcional e avisos e outras
Não conformidade: informações similares, Instalação de placa “EQUIPAMENT
ENERGIZAD ”, com símbolos.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 167 e 168

126
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

QFL 1 - QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS


Elemento:
– 1º ANDAR
Instalação de identificação funcional e avisos e outras
Não conformidade: informações similares, Instalação de placa “EQUIPAMENT
ENERGIZAD ”, com símbolos.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 167 e 168

QFL 2 - QUADRO DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS – ALOJAMENTOS


Elemento:
– 1º ANDAR
I Instalação de placa de proteção contra contatos diretos junto
Não conformidade: aos disjuntores impedindo contato do operador com as partes
vivas do painel.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 171 e 172

Elemento: QFL - VESTIÁRIO DOS ARBITROS.


Não conformidade: Instalação de DPR junto aos circuitos dos chuveiros
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 173 a 174

127
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 1


Instalação de DPR, revisão elétrica, melhoria no piso de acesso
ao quadro, identificação funcional, instalação de placa de
Não conformidade:
proteção por contatos diretos. Instalação de placa
“EQUIPAMENT ENERGIZAD ”, com símbolos.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 189 e 192

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE


Elemento:
ATERRAMENTO: TORRE DE ILUMINAÇÃO 1.
Apresentação do Laudo de Resistência de Aterramento conforme
Não conformidade:
norma NBR5419.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 198 e 199

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 2


Não conformidade: Idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 200 a 202

128
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE


Elemento:
ATERRAMENTO: TORRE DE ILUMINAÇÃO 2.
Não conformidade: Idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 201 e 202

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 3


Não conformidade: Idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 210 a 212

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE


Elemento:
ATERRAMENTO: TORRE DE ILUMINAÇÃO 3.
Não conformidade: Idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 217 e 218

129
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Elemento: QF - QUADRO DE FORÇA - TORRE DE ILUMINAÇÃO 4


Não conformidade: Idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 219 a 221

SISTEMA DE CAPTORES E DESCIDA DOS CABOS DE


Elemento:
ATERRAMENTO: TORRE DE ILUMINAÇÃO 4.
Não conformidade: Idem torre de iluminação 1
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 226 e 227

ANÁLISE DAS ESTRUTURAS PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS


Elemento:
ATMOSFÉRICAS DO ESTÁDIO
Verificação no sistema de proteção contra descargas
atmosféricas, com verificação da área de cobertura das torres
Não conformidade:
em relação às demais áreas do estádio e aterramento das
estruturas metálicas.
Grau de risco: Regular
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: 228 a 233

130
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Sistema de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico: Vide laudo Corpo


de Bombeiros.

Sistema de Máquinas em Geral: Não se aplica.

Condições de Conforto: Sem anomalias visíveis.

Sistema de Acessibilidade:

Elemento: Setores em geral


Não
conformidade: Cumprir quesitos
Grau de risco: Mínimo
Providências: Reparar
Prazo: 120 dias
Fotografias: -

CONCLUSÕES FINAIS

Conclusão do Laudo de Engenharia quanto a Obras Civis

Atendido

Atendido com Restrições

Não atendido

131
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Conclusão do Laudo de Engenharia quanto a Instalações Prediais

Elétricas:

Atendido

Atendido com Restrições

Não atendido

Conclusão do Laudo de Engenharia quanto ao SPDA:

Atendido

Atendido com Restrições

Não atendido

Conclusão do Laudo de Engenharia quanto a Instalações especiais e

Telefonia:

Atendido

Atendido com Restrições

Não atendido

Conclusões do Laudo de Vistoria de Engenharia.

As não conformidades existentes não são impeditivas para a


realização de jogos de futebol nesta praça esportiva.

132
Ansel Lancman engenheiro civil

Rua Sergipe, 475 cj. 204 – CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0866
e-mail: ansel@lankengenharia.com.br

Data de emissão do laudo: 20 de Dezembro de 2017

Prazo de validade do laudo: 2 anos

Responsáveis técnicos:

Sistema(s) inspecionado(s): Todos exceto Sistema Elétrico e SPDA


Nome do Profissional: Ansel Lancman
Modalidade/Especialidade: Engenheiro Civil
Órgão de classe: CREA
No de inscrição no órgão competente: 060088993-0
ART: 2802723017285532

Sistema(s) inspecionado(s): Sistema Elétrico e SPDA


Nome do Profissional: Ismael Mendonça Rezende
Modalidade/Especialidade: Engenheiro Eletricista
Órgão de classe: CREA
No de inscrição no órgão competente: 068511476-7
ART: 28027230172855462

Eng. ANSEL LANCMAN Eng. ISMAEL M. REZENDE

133
Resolução nº 1.025/2009 - Anexo I - Modelo A
Página 1/2

Anotação de Responsabilidade Técnica - ART ART de Obra ou Serviço


Lei nº 6.496, de 7 de dezembro de 1977 CREA-SP
Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo 28027230172855462
1. Responsável Técnico

ISMAEL MENDONCA REZENDE


Título Profissional: Engenheiro Eletricista RNP: 2608401023
Registro: 0685114767-SP
Empresa Contratada: Registro:

2. Dados do Contrato

Contratante: Prefeitura Municipal de São Carlos CPF/CNPJ: 45.358.249/0001-01


Endereço: Rua RUA EPISCOPAL 1575 N°:
Complemento: Bairro: CENTRO
Cidade: São Carlos UF: SP CEP: 13560-905
Contrato: Celebrado em: 09/11/2017 Vinculada à Art n°:
Valor: R$ 2.000,00 Tipo de Contratante: Pessoa Jurídica de Direito Público
Ação Institucional:

3. Dados da Obra Serviço


Endereço: Rua DESEMBARGADOR JÚLIO FARIA N°: 800
Complemento: Bairro: VILA PRADO

Cidade: São Carlos UF: SP CEP: 13574-250

Data de Início: 09/11/2017


Previsão de Término: 09/11/2018
Coordenadas Geográficas:

Finalidade: Esportivo Código:

Proprietário: Prefeitura Municipal de São Carlos CPF/CNPJ: 45.358.249/0001-01

4. Atividade Técnica

Quantidade Unidade
Assistência
1 Laudo Instalação Elétrica de 30,00000 hora
Baixa Tensão
Após a conclusão das atividades técnicas o profissional deverá proceder a baixa desta ART

5. Observações

Elaboração de Laudo Técnico de verificação dos Sistemas de Instalações Elétricas Prediais Decreto Federal nº 6.795, de 16 de março de 2009, NBR e normas técnicas vigentes.

6. Declarações

Acessibilidade: Declaro atendimento às regras de acessibilidade previstas nas normas técnicas da ABNT, na legislação específica e
no Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004.
Resolução nº 1.025/2009 - Anexo I - Modelo A

Página 2/2

7. Entidade de Classe 9. Informações


- A presente ART encontra-se devidamente quitada conforme dados
99 - SINTEC - SINDICATO DOS TÉCNICOS INDUSTRIAIS DE constantes no rodapé-versão do sistema, certificada pelo Nosso Número .
NÍVEL MÉDIO DO ESTADO DE SÃO PAULO - SINTEC
8. Assinaturas - A autenticidade deste documento pode ser verificada no site
www.creasp.org.br ou www.confea.org.br
Declaro serem verdadeiras as informações acima
São Bernardo do Campo, 06 de dezembro de 2017 - A guarda da via assinada da ART será de responsabilidade do profissional e do
Local data contratante com o objetivo de documentar o vínculo contratual.

ISMAEL MENDONCA REZENDE - CPF: 532.547.676-91

www.creasp.org.br
tel: 0800-17-18-11
Prefeitura Municipal de São Carlos - CPF/CNPJ: 45.358.249/0001-01

Valor ART R$ 81,53 Registrada em: 05/12/2017 Valor Pago R$ 81,53 Nosso Numero: 28027230172855462 Versão do sistema
Impresso em: 06/12/2017 08:48:47

Você também pode gostar